Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFBA

2022
Dissertações
1
  • ANDRESSA CHANG RODRIGUES FERNANDES DA SILVA
  • CARACTERIZAÇÃO DA MICROBIOTA SALIVAR DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES CARDIOPATAS INTERNADOS EM UM HOSPITAL DE REFERÊNCIA EM SALVADOR-BA

  • Orientador : ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA BERTOLDI FRANCO
  • ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 24/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • Pacientes cardiopatas podem ter os cuidados com a higiene oral negligenciados por
    conta dos longos períodos de hospitalização, os tornando mais expostos às infecções.
    O estudo teve como objetivo identificar na saliva microrganismos expressivos para
    infecções nosocomiais em crianças e adolescentes cardiopatas internados em um
    Hospital de Referência de Salvador-BA. O estudo foi realizado com crianças e
    adolescentes até 18 anos e foram coletadas três amostras da saliva com swab nas
    primeiras 24 horas na enfermaria e após cirurgia cardíaca, em Unidade de Terapia
    Intensiva, nas primeiras 24 horas e 48 horas. Foi realizado exame clínico utilizando o
    CPOD-D, ceo-d e Índice de Placa Visível (IPV), além disso, foi aplicado um
    instrumento de estudo. Os dados coletados foram digitados no Excel e a análise foi
    realizada no Programa SPSS Statistics. Foram calculadas frequências e medidas de
    tendência central e dispersão e para as associações foi utilizado o teste Qui quadrado
    observando um IC de 95% e valor de p <0,05. A amostra foi de 50 pacientes
    portadores de cardiopatia congênita com média de idade de 3,63 anos (DP=3,93). A
    média do IPV foi de 21,20 (DP = 16,61), CPO-D de 0,82 (DP = 1,83) e ceo-d de 1,35
    (DP = 1,97). Houve alteração da microbiota em 44% dos pacientes, sendo a Klebsiella
    pneumoniae a mais prevalente (25%) nas amostras de saliva e quatro pacientes (8%)
    apresentaram infecções nosocomiais. Ter idade ≤ 12 meses, apresentar SIRS, ter
    tempo de VM ≥ 72 horas e tempo de Circulação Extracorpórea (CEC) ≥ 60 minutos
    mostraram-se associados com a alteração da microbiota salivar (p<0,05). A presença
    do cirurgião-dentista nesse ambiente pode reduzir o número de contaminações por
    patógenos com potenciais riscos de vida e infecções nosocomiais, consequentemente
    reduzir tempo de internação e custos hospitalares.


  • Mostrar Abstract
  • Patients with heart diseases may have their oral hygiene care neglected due to long
    periods of hospitalization, making them more exposed to infections. The study aimed
    to identify in saliva microorganisms expressive for nosocomial infections in children
    and adolescents with heart disease admitted to a Reference Hospital in Salvador-BA.
    The study was conducted with children and adolescents up to 18 years of age and
    three saliva samples were collected with swab in the first 24 hours in the ward and
    after cardiac surgery in the Intensive Care Unit in the first 24 hours and 48 hours.
    Clinical examination was performed using the CPOD-D, ceo-d and Visible Plaque
    Index (VPL), in addition, a study instrument was applied. The collected data were
    entered into Excel and analysis was performed in SPSS Statistics Program.
    Frequencies and measures of central tendency and dispersion were calculated and for
    associations the Chi square test was used observing a 95% CI and p value <0.05. The
    sample was 50 patients with congenital heart disease with a mean age of 3.63 years
    (SD=3.93). The mean IPV was 21.20 (SD = 16.61), CPO-D was 0.82 (SD = 1.83) and
    ceo-d was 1.35 (SD = 1.97). There were altered microbiota in 44% of patients, with
    Klebsiella pneumoniae being the most prevalent (25%) in the saliva samples and four
    patients (8%) had nosocomial infections. Being aged ≤ 12 months, presenting SIRS,
    having MV time ≥ 72 hours and Extracorporeal Circulation (ECC) time ≥ 60 minutes
    were shown to be associated with altered salivary microbiota (p<0.05). The presence
    of the dental surgeon in this environment can reduce the number of contaminations by
    pathogens with potential life-threatening and nosocomial infections, consequently
    reducing hospital length of stay and hospital costs.

2
  • FELIPE BARRETO LEMOS
  • SINTOMASDEPRESSIVOSE MUCOSITE ORAL EM PACIENTES PEDIÁTRICOS COM DOENÇAS ONCOLÓGICAS

  • Orientador : ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ARNALDO DE FRANCA CALDAS JUNIOR
  • ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • Data: 27/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • Os sintomas depressivos figuram entre os desafios enfrentados por crianças e
    adolescentes durante tratamento oncológico, devidoaosefeitos adversos da
    terapia, que podem levar a queda na qualidade de vida e por consequência podem
    induzir sintomas de irritabilidade, mudanças de humore comportamento dos
    indivíduos.Umimportanteefeitocolateralcausadoéamucositeoral,que
    apresentaetiologiamultifatorial e causa prejuízo na mastigação, deglutição,
    fonética, além de uma experiência dolorosa. Portanto, o objetivo desse estudofoi
    verificar a correlação entre sintomas depressivos e aparecimento de mucosite oral
    em crianças com doençasoncológicas tratadas em um hospital de referência na
    Bahia.Trata-se deum estudo transversal,realizadocom crianças e adolescentes
    entre 4 a 18 anos, diagnosticadascom neoplasias primárias. A coleta de dados
    foirealizadacomauxíliodeumquestionárioquetratousobreaspectos
    sociodemográficos, de higiene oral, além de exames clínicos para determinar a
    experiência de cárie, grau de mucosite oral pelo índicedaOrganizaçãoMundial
    daSaúde, risco de mucosite oral pelo índiceChild's Internacional Mucositis
    Evaluation Scalee sintomas depressivos pelo
    Children’s Depression Inventory.
    Os dados foram analisados e submetidos a Correlação de Spearman, teste qui-
    quadrado e Exato de Fisher, considerando p<0,05. Observou-se uma correlação
    estatisticamente significante entre os sintomas depressivos e o grau de mucosite
    oral(p=0,044), como também entre a variável “dor”, dentro de risco de mucosite
    orale os sintomas depressivos(p=0,021). Foramobservadastambém astaxasde
    prevalência da mucosite oralde 4,4% e 1,1% de sintomas depressivos dentro da
    amostraestudada;foramencontradas tambémassociações estatisticamente
    significantes entre o aparecimento das lesões com a neutropenia(p=0,012)e a
    hospitalização dos participantes da pesquisa(p=0,01). Com base nos achados,
    foi possível inferir que a mucosite oral pode estar associada ao estabelecimento
    desintomasdepressivoseprovavelmentepodeserinfluenciadapela
    hospitalização do indivíduo e pelo grau de toxicidade hematológica que apresenta,
    devido a terapia oncológica.


  • Mostrar Abstract
  • LEMOS,Felipe Barreto.Depressive symptoms and oral mucositis in pediatric
    patientswithoncologicaldiseases.Thesisadvisor:AndréiaCristinaLeal
    Figueiredo. 2022.69f. il.Dissertation (Master inDentistry)Dentistry School,
    Federal University of Bahia, Salvador, 2022.

    ABSTRACT

    Depressivesymptomsareamongthechallengesfacedbychildrenand
    adolescents during cancer treatment, due to the adverse effects of the therapy,
    which can lead to a decrease in quality of life and, consequently, can induce
    symptoms of irritability,moodand behaviorchanges. An important side effect
    causedby itis oral mucositis, which has a multifactorial etiology and causes
    impairmentinchewing,swallowing,phonetics,andisapainfulexperience.
    Therefore, the objective of this study was to verify the correlation between
    depressive symptoms and the appearance of oral mucositis in children with
    oncological diseases treated at a hospital in Bahia. This is a cross-sectional study,
    carried out with children and adolescents between 4 and 18 years old, diagnosed
    withprimaryneoplasms.Datacollectionwascarriedoutwiththeaidofa
    questionnaire that dealt with sociodemographic and oral hygiene aspects, in
    addition to clinical examinations to determine the caries experience, degree of oral
    mucositis by the World Health Organization index, risk of oral mucositis by the
    Child's International Mucositis Evaluation Scale and depressive symptoms by the
    Children'sDepressionInventory.Datawereanalyzedandsubmittedto
    Spearman'scorrelation,chi-squaretestandFisher'sexacttest,considering
    p<0.05.Therewasastatisticallysignificantcorrelationbetweendepressive
    symptoms and the degree of oral mucositis (p=0.044), as well as between the
    variable“pain”,withintheriskoforalmucositisanddepressivesymptoms
    (p=0.021). Oral mucositis prevalence rates of 4.4% and depressive symptomswas
    1.1%within the studied sample were also observed; statistically significant
    associations were also found between the appearance of lesions and neutropenia
    (p=0.012) andhospitalization of research participants (p=0.01). Based on the
    findings, it was possible to infer that oral mucositis may be associated with the
    establishment of depressive symptoms and may probably be influenced by the
    individual's hospitalization and the degree of hematological toxicity he presents,
    due to oncological therapy.

3
  • HANNAH BARROS SIMOES
  • EFEITO DA FOTOBIOMODULAÇÃO LASER NO REPARO DE DEFEITOS ÓSSEOS EM FÊMUR DE RATOS PREENCHIDOS OU NÃO COM CIMENTOS À BASE DE SILICATO DE CÁLCIO

  • Orientador : FABIOLA BASTOS DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALFONSO GALA GARCIA
  • FABIOLA BASTOS DE CARVALHO
  • ROBERTA BOSSO MARTELO
  • Data: 31/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • Os cimentos reparadores à base de silicato de cálcio, são considerados biomateriais
    transformadores na Odontologia por induzirem a formação de tecido mineralizado,
    contribuindo para o reparo e regeneração tecidual. Outros recursos terapêuticos como a
    fotobiomodulação laser, podem ser associados a esses cimentos, na tentativa de proporcionar
    uma maior rapidez no processo regenerativo devido a indução de diversas reações químicas.
    Sendo assim, o objetivo do presente estudo foi a avaliar o efeito da fotobiomodulação laser (λ
    780nm) no reparo de defeitos ósseos em fêmur de ratos preenchidos ou não com diferentes
    cimentos à base de silicato de cálcio (BioMTA e Biodentine). Para isso, 52 ratos foram
    submetidos à cirurgia para confecção de um defeito ósseo padronizado com 2 mm de diâmetro
    no terço superior, da face lateral do fêmur esquerdo de cada rato. Após a confecção do defeito
    ósseo, os animais foram divididos em 06 grupos: Grupo BioMTA (n=10); Grupo Biodentine
    (n=10); Grupo Coágulo (n=6); Grupo BioMTA laser (n=10); Grupo Biodentine laser (n=10);
    Grupo coágulo laser (n=6), de acordo com o preenchimento do defeito. A fotobiomodulação
    laser (780 nm, P = 70 mW, emissão contínua, Ф = 0,5 cm2, 20,4 J/cm² por sessão, t= 300 s,
    142,8 J/cm2 por tratamento) foi realizada imediatamente após o procedimento cirúrgico, e a
    cada 48 horas por 15 dias. Para a obtenção das amostras teciduais, os animais foram
    eutanasiados de acordo com o período experimental de 15 e 30 dias após as cirurgias. A peça
    cirúrgica removida foi encaminhada para análise histológica, por microscopia de luz. Os
    espécimes foram processados, avaliados através de análise descritiva e comparativa, e os dados
    foram submetidos ao teste estatístico Exato de Fisher (p=0,05). No período experimental de 15
    dias houve maior neoformação óssea no grupo BioMTA (p<0,05) quando comparado aos
    demais, bem como no critério infiltrado inflamatório quando os grupos com fotobiomodulação
    Laser foram comparados aos demais. Já período de 30 dias não houve diferença estatística no
    critério neoformação óssea, entretanto houve uma maior pavimentação osteoblástica (p<0,05)
    no grupo Biodentine Laser quando comparado os demais. Foi possível concluir que a associação
    dos cimentos a base de silicato de cálcio a fotobiomodulação laser, permitiu a diminuição do
    infiltrado inflamatório e maior deposição colagênica no período de 15 dias. E aumento da
    pavimentação osteoblástica e diminuição do infiltrado inflamatório na associação
    fotobiomodulação Laser e o cimento Biodentine no período de 30 dias.


  • Mostrar Abstract
  • Restorative cements based on calcium silicate are considered transforming biomaterials in
    Dentistry because they induce the formation of mineralized tissue, contributing to tissue repair
    and regeneration. Other therapeutic resources such as laser photobiomodulation can be
    associated with these cements, in an attempt to speed up the regenerative process due to the
    induction of several chemical reactions. Therefore, the aim of the present study was to evaluate
    the effect of laser photobiomodulation (λ 780nm) in the repair of bone defects in the femur of
    rats filled or not with different cements based on calcium silicate (BioMTA and Biodentine).
    For this, 52 rats underwent surgery to create a standardized bone defect measuring 2 mm in
    diameter in the upper third of the lateral side of the left femur of each rat. After making the
    bone defect, the animals were divided into 06 groups: BioMTA Group (n=10); Biodentine
    Group (n=10); Clot Group (n=6); BioMTA laser group (n=10); Biodentine laser group (n=10);
    Laser clot group (n=6), according to defect filling. Laser photobiomodulation (λ780 nm, P = 70
    mW, continuous emission, Ф = 0.5 cm2, 20.4 J/cm² per session, t= 300 s, 142.8 J/cm2 per
    treatment) was performed immediately after the surgical procedure, and every 48 hours for 15
    days. To obtain tissue samples, the animals were euthanized according to the experimental
    period of 15 and 30 days after surgery. The surgical specimen removed was sent for histological
    analysis by light microscopy. The specimens were processed, evaluated through descriptive and
    comparative analysis, and the data were submitted to Fisher's exact statistical test (p=0.05). In
    the experimental period of 15 days, there was greater bone neoformation in the BioMTA group
    (p<0.05) when compared to the others, as well as in the inflammatory infiltrate criterion when
    the groups with laser photobiomodulation were compared to the others. In the 30-day period,
    there was no statistical difference in the bone neoformation criterion, however there was a
    greater osteoblastic paving (p<0.05) in the Biodentine Laser group when compared to the
    others. It was possible to conclude that the association of calcium silicate-based cements with
    laser photobiomodulation allowed a decrease in the inflammatory infiltrate and greater collagen
    deposition in the period of 15 days. And increased osteoblastic paving and decreased
    inflammatory infiltrate in the association of Laser photobiomodulation and Biodentine cement
    within 30 days.

4
  • DAVID JÚNIO DE OLIVEIRA POPPE
  • FIBROBLASTOS ASSOCIADOS AOS CARCINOMAS DE GLÂNDULAS SALIVARES: UM ESTUDO PRELIMINAR

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • PATRÍCIA MEIRA BENTO
  • Data: 14/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Os Fibroblastos Associados ao Câncer são populações de células dominantes do conteúdo estromal de diversas lesões. Estes fibroblastos são capazes de modular a capacidade migratória e invasiva de células malignas. Há escassez de pesquisas relacionadas ao papel dos FACs em Carcinomas de Glândula Salivar, em especial, utilizando-se FSP-1 (S100A4) e α-SMA, considerando estes anticorpos como marcadores de prognósticos desfavoráveis dos carcinomas. Assim, este trabalho teve por objetivo estudar as populações dos fibroblastos ativados, positivos para estes anticorpos, no Carcinoma Mucoepidermóide (CME) e no Carcinoma Adenoide Cístico (CAC), a fim de conhecer o papel dos FACs no desenvolvimento destas neoplasias malignas. Desta forma, foi desenvolvido um estudo observacional, do tipo corte transversal, dos casos dos arquivos de anatomia patológica da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia e do Hospital Aristides Maltez, do período de 2018 a 2019, dos quais foram avaliados 48 tumores de glândulas salivares, sendo 26 CACs e 22 CMEs. Quanto a categorização da contagem de células imunomarcadas para ambos anticorpos, 29 (60,4%) casos corresponderam ao escore (+), 18 (37,5%) ao escore (++) e em apenas um caso (2,1%) apresentou (+++). As maiores contagens de α-SMA+ e S100A4 estavam presentes no CAC na categoria de até 30%, n=7 (14,6%) e n=11 (22,9%) respectivamente. Foram encontradas significâncias estatísticas para tal comparação CAC S100A4 x CAC α-SMA (p=0,04), CAC S100A4 x CME α-SMA (p=0,05) e CAC S100A4 x CME S100A4 (p=0,04), significando uma maior imunomarcação do CAC S100A4 positivo em relação ao outro tumor e o outro anticorpo. Tais resultados permitem estabelecer a contribuição dos FACs na indução da carcinogênese e modulação da capacidade migratória e invasiva das células malignas por remodelar a matriz extracelular e influenciar em seu fenótipo.


  • Mostrar Abstract
  • Cancer-Associated Fibroblasts are populations of cells dominant in the stromal content of various lesions. These fibroblasts are able to modulate the migratory and invasive capacity of malignant cells. There is a lack of research related to the role of FACs in Salivary Gland Carcinomas, especially using FSP1 (S100A4) and α-SMA, considering these antibodies as markers of unfavorable prognosis of carcinomas. Thus, this work aimed to study the populations of activated fibroblasts, positive for these antibodies, in Mucoepidermoid Carcinoma (MEC) and Adenoid Cystic Carcinoma (ACC), in order to know the role of FACs in the development of these malignant neoplasms. In this way, an observational, cross-sectional study was developed of cases from the pathological anatomy files of the Faculty of Dentistry of the Federal University of Bahia and Aristides Maltez Hospital, from 2018 to 2019, of which 48 tumors were evaluated. salivary glands, being 26 CACs and 22 CMEs. Regarding the categorization of the count of immunostained cells for both antibodies, 29 (60.4%) cases corresponded to the score (+), 18 (37.5%) to the score (++) and in only one case (2.1% ) presented (+++). The highest α-SMA+ and S100A4 counts were present in the CAC in the up to 30% category, n=7 (14.6%) and n=11 (22.9%) respectively. Statistical significance was found for such comparison CAC S100A4 x CAC α-SMA (p=0.04), CAC S100A4 x CME α-SMA (p=0.05) and CAC S100A4 x CME S100A4 (p=0.04), meaning a greater immunostaining of the positive CAC S100A4 in relation to the other tumor and the other antibody. These results allow us to establish the contribution of FACs in inducing carcinogenesis and modulating the migratory and invasive capacity of malignant cells by remodeling the extracellular matrix and influencing its phenotype.

5
  • PAULA ANDRADE CORTIZO
  • USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO ENTRE ENDODONTISTAS BRASILEIROS

  • Orientador : MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • ERICK MIRANDA SOUZA
  • Data: 04/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • A avaliação de imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) pode alterar consideravelmente a tomada de decisão do tratamento endodôntico. Deste modo, dada a escassez de estudos que fornecem dados sobre a frequência de uso da TCFC em indicações endodônticas e as preferências dos endodontistas brasileiros, justifica-se a realização desta pesquisa. O presente trabalho tem como objetivo investigar, por meio de uma pesquisa online, a acessibilidade, as preferências e o conhecimento sobre o uso de imagens de TCFC entre endodontistas. Foram enviados convites para participação voluntária da pesquisa virtual aos membros da Sociedade Brasileira de Endodontia (SBENDO) e aos dentistas com registro de especialista em Endodontia no Conselho Federal de Odontologia (CFO) e respectivas regionais (CRO). O questionário é composto por 4 blocos de questões sobre dados demográficos, dados profissionais, métodos utilizados para diagnóstico e preferências de uso da TCFC. Os questionários foram enviados no período de novembro a dezembro de 2021. Estatísticas descritivas e análise do qui-quadrado foram realizadas para comparação entre as respostas com nível de significância de 95%. No Brasil, 70,3% dos endodontistas usam TCFC, a maioria formado a 16 anos, com 10 anos de especialização. 3,2% são pós- doutores, 11,4% doutores, 18,9% mestres e 66,6% especialistas. A utilização dessa tecnologia é mais prevalente em casos complexos com maior indicação para diagnóstico e avaliação da anatomia interna, e menor para proservação dos casos. Embora tenha ficado claro que a maioria dos endodontistas utilizem o FOV/voxel ideal e indicam com consciência e respaldo a imagem de TCFC. Estes resultados destacam a importância do uso da TCFC na prática clínica, mas ainda se percebe como necessário a capacitação e educação permanente para o uso e interpretação das imagens tridimensionais, visto que uma parcela importante demonstrou conhecimento insuficiente sobre a técnica.


  • Mostrar Abstract
  • The evaluation of cone-beam computed tomography (CBCT) images can considerably alter endodontic treatment decision-making. Thus, given the scarcity of studies that provide data on the frequency of use of CBCT in endodontic indications and the preferences of Brazilian endodontists, this research is justified to investigate the accessibility and frequency of use of CBCT among endodontists. The present work aims to investigate, through an online survey, accessibility, preferences and knowledge about the use of CBCT images among Brazilian endodontists. Invitations for voluntary participation in the virtual survey were sent to members of the Brazilian Society of Endodontics (SBENDO) and to dentists registered as specialists in Endodontics at the Federal Council of Dentistry (CFO) and their respective regions (CRO). The questionnaire consists of 4 blocks of questions about demographic data, professional data, methods used for diagnosis and preferences for the use of CBCT. The questionnaires were sent from November to December 2021. Descriptive statistics and chi-square analysis were performed to compare responses with a significance level of 95%. In Brazil, 70.3% of endodontists use CBCT, most of them graduated 16 years ago, with 10 years of specialization. 3.2% are post-docs, 11.4% are doctors, 18.9% are masters and 66.6% are specialists. The use of this technology is more prevalent in complex cases with a greater indication for diagnosis and evaluation of the internal anatomy, and less for case follow-up. Although it has become clear that most endodontists use the ideal FOV/voxel and indicate with awareness and support the CBCT image. These results highlight the importance of using CBCT in clinical practice, but training and continuing education for the use and interpretation of three-dimensional images are still perceived as necessary, since an important portion showed insufficient knowledge about the technique.

6
  • MIDIAN SOUSA ASSIS
  • AVALIAÇÃO RADIOMORFOMÉTRICA MANDIBULAR EM TOMOGRAFIAS COMPUTADORIZADAS DE PESSOAS COM DOENÇAS CARDIOVASCULARES

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • PATRICIA MIRANDA LEITE RIBEIRO
  • THAIS FEITOSA LEITAO DE OLIVEIRA
  • Data: 10/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • A doença cardiovascular, uma das principais causas de mortalidade em todo o mundo, é causada principalmente pela aterosclerose, uma doença inflamatória crônica dos vasos sanguíneos. A doença cardiovascular aterosclerótica (DCVA) tem sido relacionada à baixa densidade mineral óssea (DMO) e alterações ósseas sistêmicas parecem poder ser avaliadas em exames de tomografia computadorizada (TC) de mandíbula. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade óssea mandibular de pessoas com DCVA, por meio de índices radiomorfométricos obtidos de imagens tomográficas. A amostra foi composta por 130 exames de TC multislice de mandíbula de pessoas com DCVA. Em cortes transversais da mandíbula na região do forame mentual, bilateralmente, foram avaliados os seguintes índices radiomorfométricos: Índice Mandibular Tomográfico Inferior [ITC (I)], Índice Mandibular Tomográfico Superior [ITC (S)], Índice Mentual Tomográfico (IMTC), Índice Cortical Tomográfico (ICTC) e Índice de Reabsorção Alveolar Mandibular (IROAM). A concordância intraobservador foi avaliada por meio do teste Kappa e estatísticas de coeficiente de correlação intraclasse, e os resultados entre os grupos foram comparados pelo teste de Kruskal Wallis e Qui-quadrado para uma probabilidade de erro de 5%. Os resultados mostraram que a grande maioria dos pacientes com DCVA apresentou IMTC, ITC (S) e ITC (I) abaixo dos valores considerados normais. A categoria C3 do ICTC foi a mais prevalente na amostra (50%). Os valores de ITC (S), ITC (I) e IMTC foram maiores nas categorias C1 e C2 e diminuíram gradualmente na categoria C3 (p<0,01). Indivíduos etilistas e com 70 anos ou mais apresentaram IMTC, ITC (S) e ITC (I) consistentemente mais baixo do que os indivíduos nas demais faixas etárias (p<0,01). O número de dentes presentes e a condição dentária foram significativamente associados ao IROAM (p<0,01). Dentre todas as comorbidades, apenas a desnutrição estava associada de forma significativa ao ICTC (p<0,05). Pôde-se concluir que a maioria dos indivíduos com DCVA apresentou corticais mandibulares finas e porosas, sendo esta tendência influenciada pelas variáveis desnutrição, etilismo e idade avançada.


  • Mostrar Abstract
  • Cardiovascular disease, a leading cause of mortality worldwide, is primarily caused by atherosclerosis, a chronic inflammatory disease of blood vessels. Atherosclerotic cardiovascular disease (ASCVD) has been related to low bone mineral density (BMD) and systemic bone changes seem to be able to be evaluated on computed tomography (CT) scans of mandible. Thus, the objective of this study was to evaluate the mandibular bone quality of people with ASCVD through radiomorphometric indexes obtained from tomographic images. The sample consisted of 130 multislice CT scans of mandible of people with ASCVD. In cross-sections of mandible in the region of the mental foramen, bilaterally, the following radiomorphometric indexes were evaluated: Computed Tomography Mandibular index ((inferior) [CTI (I)], Computed Tomography Mandibular Index (superior) [CTI(S)], Computed Tomography Mental Index (CTMI), Computed Tomography Cortical Index (CTCI) and Mandibular Alveolar Resorption Index (MARI). Intra-examiner agreement was assessed using the Kappa test and intraclass correlation coefficient statistics, and the results between groups were compared using the Kruskal Wallis and Chi-square test for a 5% error probability. The results showed that the vast majority of patients with ASCVD presented CTMI, CTI (I) and CTI (S) below the values considered normal. The CTCI C3 category was the most prevalent in the sample (50%). The values of CTI (I), CTI (S) and CTMI were higher in categories C1 and C2 and gradually decreased in category C3 (p<0.01). Alcoholic individuals and aged 70 years old or older had a consistently lower CTMI, CTI (I) and CTI (S) than individuals in the other age groups (p<0.01). The number of teeth presented, and dental condition were significantly associated with MARI (p<0.01). Among all comorbidities, only malnutrition was significantly associated with CTCI (p<0.05). It can be concluded that the majority of individuals with ASCVD had thin and porous mandibular cortices, and this tendency was influenced by the variables malnutrition, alcohol consumption and advanced age.

7
  • DAIANE SILVA SAMPAIO
  • CONDIÇÃO PERIODONTAL E FATORES RELACIONADOS À DISLIPIDEMIA

  • Orientador : JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • SAMILLY SILVA MIRANDA
  • SIMONE SEIXAS DA CRUZ
  • Data: 26/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • A dislipidemia é uma desordem caracterizada por aumentados níveis séricos de co-lesterol total (CT), triglicérides (TG) e colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL-C) e níveis reduzidos de colesterol de lipoproteína de alta densidade (HDL-C). Essa condição representa um importante fator de risco para doenças cardiovascula-res e por isso deve ser cada vez mais investigada. A periodontite, bem como outros fatores, tem sido associada às alterações lipídicas. O presente trabalho objetivou avaliar a condição periodontal e identificar os fatores relacionados à dislipidemia. Este trabalho foi desenvolvido em duas etapas. Na primeira etapa foi feito um estudo umbrella review, que sintetizou as meta-análises existentes sobre os fatores associ-ados à dislipidemia. As buscas foram feitas nas bases de dados EMBASE, PubMed, Scopus, LILACS, Web of Science, e Cochrane Database of Systematic Reviews. Ao final, 47 estudos foram elegíveis, reunindo 808 estudos primários, totalizando 160 meta-análises que avaliaram 43 fatores associados à hiperlipidemia. Apenas 03 dos 43 fatores avaliados não apresentaram associação com nenhum dos componentes lipídicos. Na segunda etapa, foi executado um estudo epidemiológico transversal em 259 indivíduos adultos atendidos em Unidades de Saúde de Salvador, Bahia, para estimar a associação entre a periodontite e os componentes lipídicos. Para a análise descritiva foi utilizada a mediana e intervalos interquartílicos para variáveis contínuas e frequências para as categóricas. O teste T Mann-Whitney foi empregado na análi-se bivariada e as variáveis com p<0,10 foram incluídas no modelo de regressão mul-tinomial. A análise multivariada mostrou que o TG foi o único lipídio associado à pe-riodontite, quando TG> 162mg/dl, e esta associação foi estatisticamente significante (OR=2,97; IC95%=1,14-1,71). Conclui-se que a dislipidemia é uma doença multifato-rial e apresenta associação com a periodontite, demonstrando a importância da abordagem multiprofissional para o controle desta desordem lipídica.


  • Mostrar Abstract
  • Dyslipidemia is a disorder characterized by increased serum levels of total cholesterol (TC), triglycerides (TG), and low-density lipoprotein cholesterol (LDL-C) and reduced levels of high-density lipoprotein cholesterol (HDL-C). This condition represents an important risk factor for cardiovascular diseases and, therefore, should be increasingly investigated. Periodontitis, like other factors, has been associated with lipid alterations. The present study aimed to evaluate the periodontal condition and identify factors related to dyslipidemia. This work was developed in two stages. In the first stage, an umbrella review study was carried out, which synthesized existing meta-analyses on factors associated with dyslipidemia. Searches were performed on EMBASE, PubMed, Scopus, LILACS, Web of Science and Cochrane Database of Systematic Reviews. In the end, 47 studies were eligible, bringing together 808 primary studies, totaling 160 meta-analyses that evaluated 43 factors associated with hyperlipidemia. Only 03 of the 43 factors evaluated showed no association with any of the lipid components. In the second stage, a cross-sectional epidemiological study was carried out in 259 adult individuals treated at Health Units in Salvador, Bahia, to estimate the association between periodontitis and lipid components. For the descriptive analysis, medians and interquartile ranges were used for continuous variables and frequencies for categorical ones. The Mann-Whitney T test was used in the bivariate analysis and variables with p<0.10 were included in the multinomial regression model. Multivariate analysis showed that TG was the only lipid associated with periodontitis, when TG > 162mg/dl, and this association was statistically significant (OR=2.97; 95% CI=1.14-1.71). It is concluded that dyslipidemia is a multifactorial disease and is associated with periodontitis, demonstrating the importance of a multidisciplinary approach for the control of this lipid disorder.

8
  • DAIANA CRISTINA PEREIRA SANTANA
  • CARACTERIZAÇÃO SOCIODEMOGRÁFICA E CLÍNICA DE CASOS DO QUERATOCISTO ODONTOGÊNICO: UM ESTUDO MULTICÊNTRICO BRASILEIRO

  • Orientador : AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • RICARDO ALVES DE MESQUITA
  • Data: 27/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • O Queratocisto Odontogênico (QO) é uma lesão benigna e alvo de discussões em razão do seu comportamento biológico. Embora existam trabalhos no Brasil referentes a sua caracterização clínicopatológica, a maioria consiste em relatos ou séries de caso, os quais não são capazes de traçar o real perfil desta lesão na população brasileira, especialmente quando se considera o tipo sindrômico. Nesse contexto, este estudo se propõe a descrever as características sociodemográficas e clínicas desta lesão em uma amostra multicênctrica no Brasil. Este trabalho, de caráter retrospectivo e descritivo, analisou variáveis relacionadas ao sexo, idade e presença de lesões múltiplas em 1253 indivíduos, atendidos em 10 Centros de Patologia Oral e Maxilofacial brasileiros. Das 1442 lesões provenientes destes indivíduos, foram analisadas e correlacionadas informações sobre diagnóstico clínico, tamanho, localização, aspecto radiográfico, sinais, sintomas, tipos de biópsia, tratamentos executados e recidivas. O diagnóstico clínico de QO foi o mais apontado. No grupo de sindrômicos e não sindômicos foi observada semelhança quanto a distribuição do sexo, com mediana de idade de 32 anos no grupo não sindrômico e 17,5 no sindrômico. Em ambos os espectros e nos casos redidivantes, a região posterior da mandíbula foi o sítio mais afetado, com lesões pequenas (<3cm) e grandes (>3cm). O aspecto unilocular foi o mais frequente na amostra total, incluindo os casos recidivantes. Este aspecto esteve atrelado principalmente a lesões pequenas. Sinais e sintomas foram pobremente descritos nas fichas, mas estavam ausentes na maioria dos casos relatados. O tratamento conservador foi o mais executado em todas as faixas etárias, independente da condição do paciente e das recidivas, tendo a enucleação combinada como princiapal tratamento para lesões pequenas e grandes nos não sindrômicos e curetagem isolada para as lesões grandes em sindrômicos. As recidivas foram infrequentes, e quando presentes, foram predominantes em adultos, sem predileção por sexo, com intervalo médio de ocorrência de 2 anos em casos não sindrômicos e 1 ano em casos sindrômicos.


  • Mostrar Abstract
  • Odontogenic Keratocyst (OKC) is a benign lesion and the subject of discussions due to its behavior. Although many studies in Brazil focused on OKC, most of them consist of case reports or series, which are not capable of tracing the real profile of this lesion in the Brazilian population, especially in relation to syndromic lesions. This study aims to describe the sociodemographic and clinical characteristics of this lesion in a multicentric sample from Brazil. This retrospective and descriptive study analyzed variables related to sex, age, and presence of multiple lesions in 1253 individuals followed up at 10 Brazilian Oral and Maxillofacial Pathology Centers. Of the 1442 lesions from these individuals, information on clinical diagnosis, size, location, radiographic appearance, signs, symptoms, types of biopsy, treatments performed, and recurrences were analyzed and correlated. The clinical diagnosis of QO was the most pointed out. In the syndromic and non-syndromic groups, a similarity was observed in terms of sex distribution, with a median age of 32 years in the non-syndromic group and 17.5 in the syndromic group. In both spectra and recurrent cases, the posterior region of the mandible was the most affected site, with small and large lesions. The unilocular aspect was the most frequent in the total sample, including recurrent cases; this aspect was mainly linked to small lesions. Signs and symptoms were poorly described on the records, but they were absent in most reported cases. Conservative treatment was the most performed in all age groups, regardless of the patient's condition and recurrences, with combined enucleation as the main treatment for small and large lesions in non-syndromic cases and isolated curettage for large lesions in syndromic cases. Recurrences were infrequent and, when they are present, were predominant in adults, with no difference in sex, with a mean interval of occurrence of 2 years in non-syndromic cases and 1 year in syndromic cases.

9
  • NAIARA SANTANA RODRIGUES
  • PREVALÊNCIA DE CÔNDILO MANDIBULAR BÍFIDO AVALIADO POR EXAME DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

  • Orientador : JOAO FRANK CARVALHO DANTAS DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILO BATISTA MARTINS
  • JOAO FRANK CARVALHO DANTAS DE OLIVEIRA
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 12/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • O côndilo mandibular bífido (CMB) é uma alteração rara e de baixa incidência na população. A bifidez da cabeça da mandíbula pode determinar a formação de uma cabeça medial e outra lateral, ou de uma cabeça anterior e outra posterior. Geralmente, o diagnóstico do CMB é baseado em evidências imaginológicas ao invés de clínicas. O presente trabalho teve o objetivo de avaliar a prevalência de indivíduos portadores do CMB e estabelecer uma classificação imaginológica através dos exames de ressonância magnética (RM) das articulações temporomandibulares (ATMs). Desenvolveu-se um estudo observacional, transversal e retrospectivo. Realizou-se coleta no banco de dados referente aos pacientes submetidos ao exame bilateral de RM das ATMs, no período de janeiro a dezembro de 2018. A amostra foi composta por exames de RM de 1.153 indivíduos, avaliados bilateralmente, totalizando 2.306 registros imaginológicos das ATMs. Os exames selecionados foram avaliados em cortes parassagitais e paracoronais, nas posições de boca aberta e fechada. Após a análise e classificação dos CMBs, estes foram associados ao gênero, lado de acometimento, posicionamento do disco articular, fossas mandibulares duplas ou únicas, presença de efusão, alterações degenerativas e morfológicas. Além disso, houve a mensuração da profundidade do sulco e distância entre as cabeças bífidas. Na amostra, 77,88% (898) foram do gênero feminino e 22,11% (255) foram do gênero masculino. A prevalência do CMB foi de 0,6% (07 indivíduos). Houve maior prevalência do CMB com orientação mediolateral (0,52%), em comparação com o anteroposterior (0,09%). Quanto ao lado de acometimento, 06 indivíduos possuíam o CMB unilateral (85,7%), sendo mais raro o CMB bilateral (14,2%). Foram diagnosticados cinco indivíduos e cinco ATMs correspondentes (62,5%) com CMB associado ao deslocamento de disco articular com redução. Portanto, a prevalência do CMB nessa população foi baixa. Além disso, com base nos resultados desta pesquisa, foi possível estabelecer uma classificação imaginológica e caracterizar imaginologicamente o CMB no que concerne à orientação exata das cabeças bífidas, tipos de deslocamento de disco articular, presença de efusão, alterações degenerativas e morfológicas.


  • Mostrar Abstract
  • Bifid mandibular condyle (BMC) is a rare and low-incidence alteration in the population. The bifidity of the condyle can determine the formation of a medial and a lateral head, or an anterior and a posterior head. Generally, the diagnosis of BMC is based on imaging rather than clinical evidence. The present study aimed to evaluate the prevalence of individuals with BMC and establish an imaging classification through magnetic resonance imaging (MRI) of the temporomandibular joints (TMJs). An observational, cross-sectional and retrospective study was developed. Data collection was performed on patients submitted to bilateral MRI examination of TMJs, from January to December, in 2018. The sample consisted of MRI scans of 1,153 individuals, evaluated bilaterally, totalizing 2,306 TMJ imaging records. The selected exams were evaluated in parasagittal and paracoronal sections, in open and closed mouth positions. After analyzing and classifying the BMCs, they were associated with gender, affected side, positioning of the articular disc, double or single mandibular fossae, presence of effusion, degenerative and morphological alterations. In addition, the sulcus depth and distance between the bifid heads were measured. In the sample, 77.88% (898) were female and 22.11% (255) were male. The prevalence of BMC was 0.6% (07 individuals). There was a higher prevalence of BMC with mediolateral orientation (0.52%) compared to anteroposterior orientation (0.09%). As for the affected side, 06 individuals had unilateral BMC (85.7%), with bilateral BMC being rarer (14.2%). Five individuals and five corresponding TMJs (62.5%) were diagnosed with BMC associated with articular disc displacement with reduction. Therefore, the prevalence of BMC in this population was low. Furthermore, based on the results of this research, it was possible to establish an imaging classification and to characterize the BMC imaging in terms of the exact orientation of the bifid heads, types of articular disc displacement, presence of effusion, degenerative and morphological changes.

Teses
1
  • GABRIEL QUEIROZ VASCONCELOS OLIVEIRA
  • COMPARAÇÃO DA ACURÁCIA ENTRE GUIAS APOIADOS EM ZIGOMAS PARA REPOSICIONAMENTO MAXILAR E GUIAS INTEROCLUSAIS EM CIRURGIA ORTOGNÁTICA: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO

  • Orientador : FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • WEBER CEO CAVALCANTE
  • GABRIELLA LOPES DE REZENDE BARBOSA
  • JOAQUIM DE ALMEIDA DULTRA
  • ALEXANDRE PROTASIO VIANNA
  • Data: 21/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • A tentativa de melhorar a acurácia entre o planejamento e o resultado obtido para as movimentações ósseas em cirurgia ortognática tem sido objeto de pesquisa e muitos métodos têm sido propostos. Há uma hipótese de que os métodos que utilizam guias e/ou placas customizadas que não dependam dos côndilos para posicionar a maxila possam ser a alternativa para melhorar essa acurácia. O objetivo deste estudo foi avaliar comparativamente a acurácia dos guias apoiados em zigoma para osteotomia e reposicionamento maxilar em cirurgias ortognáticas e dos guias interoclusais virtuais de cirurgias iniciadas pela mandíbula. A amostra foi composta por 13 indivíduos que foram divididos em dois grupos: grupo guias apoiados em zigoma (uso de guias customizados de osteotomia e de reposicionamento maxilar), composto por 09 indivíduos, e o grupo guias interoclusais (guias interoclusais de cirurgias iniciadas pela mandíbula), composto por 04 indivíduos. Foram realizadas tomografias pré e pósoperatórias para customização dos guias e aferição das movimentações. Realizou-se a sobreposição dos modelos pré-cirúrgico, planejamento e pós-operatório. Para determinar as medidas, foram utilizados os pontos: ponto 1- região anterior semelhante ao ponto A, ponto 2- ponto ósseo acima da coroa do primeiro molar direito ou dente equivalente (em caso de ausência) e ponto 3- ponto ósseo acima da coroa do primeiro molar esquerdo ou dente equivalente. Ambos os guias cirúrgicos obtiveram resultados aceitáveis (<2mm de erro) para a maioria das medidas realizadas. No entanto, o grupo guias apoiados em zigoma mostrou resultados de maior acurácia, no sentido anteroposterior, para o ponto 1 (1,03 mm x 2,25 mm) e ponto 2 (1 mm x 2,57 mm) com diferença estatisticamente significante, quando comparado com o grupo guias interoclusais. Além disso, as medidas da linha média, na região anterior da maxila, obtiveram resultados menor que 0,5 mm para o grupo guias apoiados em zigoma e maiores que 1 mm para o grupo guias interoclusais. Ambas as técnicas demonstraram resultados aceitáveis em relação a acurácia da posição maxilar. No entanto, o uso dos guias apoiados em zigoma mostrou-se mais acurado para o posicionamento da maxila, em especial no sentido anteroposterior


  • Mostrar Abstract
  • The optimization of accuracy in orthognathic surgery has been sought through different methods. Despite acceptable results, there is still a search for treatment methods that more accurately reproduce the planning. There is a hypothesis that methods that do not rely on the condyles to position the maxilla may obtain better accuracy. This study aimed to evaluate the accuracy of customized osteotomy and maxillary repositioning guides in orthognathic surgeries and to compare their results with virtual intermediate guides in jaw-initiated surgeries. The sample consisted of 13 individuals who were divided into a customized guide group (use of customized osteotomy and maxillary repositioning guides) and an interocclusal guide group (interocclusal guides for mandibular-initiated surgery). Pre and postoperative tomographies were performed to customize the guides and measure the movements. After superimposing the presurgical, planning and postoperative models, the points were used: point 1 - anterior region similar to point A, point 2 - bone point above the crown of the right first molar or equivalent tooth (in case of absence) and point 3- bone point above the crown of the left first molar or equivalent tooth. Both surgical guides obtained acceptable results (<2mm error) for most measurements performed. However, the customized group obtained more accurate results in the anteroposterior direction for point 1 (1.03 mm x 2.25 mm) and point 2 (1 mm x 2.57 mm) with a significant difference (95% confidence interval), when compared with the interocclusal guide group. In addition, midline measurements in the anterior region of the maxilla obtained results lower than 0.5 mm for the customized guides group and greater than 1 mm for the interocclusal guides group. Both techniques showed acceptable results regarding the accuracy of the maxillary position. However, the use of customized guides can be a method that improves the accuracy of maxillary positioning, especially in the anteroposterior direction.

2
  • KATIA MONTANHA DE ANDRADE
  • SEGMENTAÇÃO AUTOMÁTICA DA PLACA DENTÁRIA COM BASE EM APRENDIZADO PROFUNDO

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • KALYF ABDALLA BUZAR LIMA
  • LUCIANO REBOUCAS DE OLIVEIRA
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • RODRIGO TRIPODI CALUMBY
  • Data: 04/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • O biofilme da placa dentária é o principal fator etiológico para cárie dentária e doenças periodontais. No entanto, sua visualização é difícil e o uso de agentes evidenciadores é um processo trabalhoso e desagradável. Por isso, a identificação de placa através de um processo automático é importante. Esta pesquisa teve como objetivo aplicar um modelo de Convolution Neural Network (CNN) para segmentar a placa dentária em fotografias digitais intraorais sem o uso de evidenciadores. O conjunto de dados usado para avaliação do sistema proposto incluiu 480 fotos nas vistas laterais e frontal de dentições permanente e decídua, contemplando a presença e ausência de aparelhos ortodônticos. As fotografias foram divididas em três subconjuntos: 360 imagens foram usadas para treinamento; 60 fotos foram usadas para validação; e 60 fotos foram usadas para teste. Todas as imagens foram rotuladas por um dentista especialista com mais de 30 anos de experiência. A arquitetura U-Net foi utilizada para segmentação nas imagens. As métricas de acurácia, sensibilidade, especificidade e F1 score foram usadas para avaliar o desempenho do modelo em cada unidade dentária. O modelo treinado obteve 91.8% de acurácia, 67.2% de sensibilidade, 94.4% de especificidade e 60.6% de F1 score. Essas métricas foram escolhidas pela sua fácil interpretabilidade (acurácia), uso em áreas da saúde (sensibilidade e especificidade) e por ponderar classes desbalanceadas (F1 score). Maior fração de placa foi observada nas imagens em vista lateral, bem como nas imagens com aparelhos ortodônticos. Essas imagens também exibiram maiores F1 score (61,7% e 61,5%, respectivamente) e especificidade (94,5% e 95,6%, respectivamente). Em conclusão, um método de aprendizado profundo para segmentação do biofilme dentário nas dentições permanente e decídua é viável e pode ser utilizado por e pacientes, melhorando a higiene e a saúde bucal.


  • Mostrar Abstract
  • Dental plaque biofilm is the main etiologic factor for dental caries and periodontal diseases. However, its visualization is difficult, and the use of disclosing agents is a laborious and unpleasant process. Therefore, plaque identification through an automatic process is important. The present research aimed to apply a Convolution Neural Network (CNN) model to segment dental plaque in intraoral digital photographs without the use of disclosing agents. The dataset used to evaluate the proposed system included 480 intraoral photos including lateral and frontal views of permanent and deciduous dentition, contemplating the presence and absence of orthodontic appliances. The photographs were divided into three subsets: 360 images were used for training; 60 photos were used for validation; and 60 photos were used for testing. All images have been labeled by a specialist dentist with over 30 years of experience. The U-Net architecture was used for image segmentation. Metrics of accuracy, sensitivity, specificity and F1 score were used to evaluate the performance of the model in each dental unit. The trained model obtained 91.8% accuracy, 67.2% sensitivity, 94.4% specificity and 60.6% F1 score. These metrics were chosen for their easy interpretability (accuracy), their use in health areas (sensitivity and specificity) and for weighting unbalanced classes (F1 score). A higher plaque fraction was observed in the lateral view images, as well as in the images with orthodontic appliances. These images also exhibited higher F1 scores (61.7% and 61.5%, respectively) and specificity (94.5% and 95.6%, respectively). In conclusion, a deep learning method for segmenting dental biofilm in permanent and deciduous dentitions is feasible and could be a visual aid tool to improve oral hygiene and patient control of dental plaque.

3
  • EDUARDO AZOUBEL
  • ANÁLISE DA SOBREVIDA DE IMPLANTES DENTÁRIOS EM MAXILAS SEVERAMENTE REABSORVIDAS APÓS RECONSTRUÇÃO COM ENXERTO XENÓGENO: UMA SERIE DE CASOS

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • NARA SANTOS ARAUJO
  • LUIS ROGÉRIO DUARTE
  • MARCO ANTONIO TREVIZANI MARTINS
  • FÁBIO JOSÉ BARBOSA BEZERRA
  • Data: 18/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • A perda dentária é uma condição odontológica que acomete uma parcela representativa da população brasileira e é frequente constatar-se indivíduos acima de 50 anos que tiveram pouco acesso a um tratamento odontológico restaurador ou reabilitador e que foram submetidos à exodontias em idades precoces, consequentemente, apresentam sequelas de um tratamento mutilador, que culmina com reabsorção severa dos ossos maxilares. O advento da tecnologia e o uso de biomateriais têm contribuído para oferecer diferentes métodos de reconstrução do aparato ósseo perdido, ossos autógenos, xenógenos e heterógenos foram avaliados isoladamente ou em associação, com evidências de bons resultados e previsibilidade. Atualmente, o osso xenógeno representa uma opção terapêutica viável e previsível, devido à facilidade na aquisição e possibilidade de otimização do procedimento cirúrgico, com consequência direta na redução da morbidade e tempo cirúrgico. Esta pesquisa se caracteriza por um estudo retrospectivo de casos e que partiu da premissa de que os artigos referentes a regeneração óssea se limitavam apenas a pequenas áreas de reconstrução e que muitas vezes associavam diversos tipos de enxertos e técnicas alternativas. Foram tabuladas as cirurgias de enxerto operadas entre os anos de 2011 a 2020 e dos 622 enxertos foram selecionados 26 casos operados para avaliar a sobrevida de implantes instalados em maxilas severamente reabsorvidas reconstruídas exclusivamente com osso xenógeno, baseando-se na permanência ou perda do implante no período de proservação. Um total de 208 implantes foram instalados e destes implantes apenas 12 não osseointegraram, sendo um percentual de sucesso estatisticamente significante de 94,2%. Chegou-se a conclusão de que a técnica de reconstrução unicamente com enxerto xenógeno é confiável e previsível.


  • Mostrar Abstract
  • Tooth loss is a dental condition that affects a representative portion of the Brazilian population, and it is common to find individuals over 50 years who had little access to restorative or rehabilitative dental treatment and who underwent extractions at an early age, consequently, present sequelae of a mutilating treatment, which culminates in severe resorption of the maxillary bones. The advent of technology and the use of biomaterials have contributed to offer different methods for reconstructing the lost bone apparatus; autogenous, xenogenous, and heterogenous bone have been evaluated alone or in association, with evidence of good results and predictability. Currently, xenogeneic bone represents a viable and predictable therapeutic option, due to the ease of acquisition and the possibility of optimizing the surgical procedure, with direct consequences on the reduction of morbidity and surgical time. This research is characterized by a retrospective study of cases and was based on the premise that the articles referring to bone regeneration were limited to only small areas of reconstruction and often associated several types of grafts and alternative techniques. Graft surgeries operated between the years 2011 to 2020 were tabulated and from the 622 grafts 26 operated cases were selected to evaluate the survival of implants installed in severely resorbed maxillae reconstructed exclusively with xenogenous bone, based on the permanence or loss of the implant in the proservation period. A total of 208 implants were installed, and of these implants only 12 failed to osseointegrate, with a statistically significant success rate of 94.2%. The conclusion was reached that the reconstruction technique using only xenografts is reliable and predictable.

4
  • JULIA DOS SANTOS VIANNA NERI
  • Avaliação do osso trabecular e cortical da mandíbula de pacientes oncológicos em uso de medicamentos antirreabsortivos

  • Orientador : LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELA FERNANDES
  • ALENA RIBEIRO ALVES PEIXOTO MEDRADO
  • GABRIELA BOTELHO MARTINS OLIVEIRA SOUZA
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • Data: 10/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: Avaliar as mudanças e complexidade do osso trabecular da mandíbula em indivíduos com câncer em uso ou não de medicamentos antirreabsortivos, por meio de índices radiomorfométricos panorâmicos e da dimensão fractal (DF). Métodos: Caracteriza-se por ser um estudo retrospectivo que analisou prontuários clínicos e radiografias panorâmicas de indivíduos com câncer. O grupo de risco (GR) consistiu de 22 indivíduos em uso de ácido zoledrônico (AZ) ou denosumabe, por um período mínimo de 12 meses. O grupi controle (GC) consistiu de 26 indivíduos sem histórico de uso de drogas antirreabsortivas. Medidas linerares foram realizadas para a obtenção dos índices radiomorfométricos panorâmicos e a DF em quatro regiões de interesse (ROIs). Resultados: No GR, 72.7% dos pacientes faziam o uso do AZ, enquanto 27.3% faziam uso do denosumabe. Óbito foi confirmado em 36.3% nos pacientes do GR, todos decorrentes do câncer (p = 0.004). Na análise da DF, os ROIs do ângulo da mandíbula (p = 0.000) e da região de prémolar (p = 0.005) do GR demonstraram diferenças significativas na complexidade óssea quando comparados ao GC. Na análise dos índices radiomorfométricos panorâmicos, o índice mentual mostrou aumento significativo nas medidas lineares no GR quando comparadas ao GC (p = 0.008). Conclusões: As análises da DF do ângulo da mandíbula e na região de pré-molar do GR demonstraram maior complexidade óssea quando comparadas aos pacientes do GC. Em associação com a análise do índice mentual radiomorfométricos, sugerimos que estas localizações são possíveis preditores de mudanças incipentes do osso trabecular da mandíbula em pacientes com câncer em uso de drogas antirreabsortivas.


  • Mostrar Abstract
  • Purpose: To evaluate the changes and complexity of bone trabeculae of the jaw in individuals with cancer who were or were not using antiresorptive drugs through panoramic morphometric indices and fractal dimensions (FDs). Methods: This was a retrospective study that analyzed clinical records and panoramic radiographs of individuals with cancer. The risk group (RG) consists of 22 individuals using zoledronic acid (ZA) or denosumab for a minimum period of 12 months. The control group (CG) consisted of 26 individuals without a history of the use of any antiresorptive drugs. Linear measurements were performed to obtain the panoramic radiomorphometric indices and the FD in four different regions of interest (ROIs). Results: In the RG, 72.7% of the patients were using ZA, while 27.3% were using denosumab. Death was confirmed in 36.3% of RG patients, all due to cancer (p = 0.004). In the FD analysis, the ROIs of the mandibular angle (p = 0.000) and premolar region (p = 0.005) of the RG showed significant changes in bone complexity when compared to the CG. In the analysis of panoramic radiomorphometric indices, the mental index showed a significant increase in linear measurements of the RG when compared to the CG (p = 0.008).

    Conclusions: The FD analysis of the mandibular angle and premolar angle regions of the RG showed greater bone complexity when compared to patients in the CG. In association with the radiomorphometric analysis of the mental index, we suggest that these locations are possible predictors of incipient changes in the mandibular bone trabeculate in cancer patients using antiresorptive drugs.

5
  • SIMONE CRISTINA LEAL TOSTA DOS SANTOS
  • EXPRESSÃO IMUNOISTOQUÍMICA DE MARCADORES DE CÉLULAS ESTROMAIS MESENQUIMAIS MULTIPOTENTES EM LESÕES PERIAPICAIS CRÔNICAS

  • Orientador : AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • POLLIANA MUNIZ ALVES
  • CARLOS AUGUSTO GALVÃO BARBOZA
  • Data: 21/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • As lesões periapicais crônicas (LPCs) são patologias inflamatórias comumente encontradas nos maxilares, decorrentes do envolvimento direto ou indireto de bactérias orais da polpa dental e de suas toxinas na região do periápice dentário. O tratamento endodôntico é uma opção terapêutica que visa criar condições favoráveis para o processo de reparo tecidual na região periapical. Pesquisas sugerem a importante participação das células estromais mesenquimais multipotentes (MSCs) no processo de reparo das LPCs. O objetivo deste trabalho foi analisar a expressão imunoistoquímica de marcadores de MSCs (CD44, CD90 e CD146) e sua relação com características do reparo tecidual em uma série de casos de LPCs humanas associadas ou não a dentes tratados endodonticamente. Foram utilizados 15 amostras de LPCs associadas a dentes sem tratamento endodôntico (LPC1) e 10 LPCs associadas a dentes com tratamento endodôntico (LPC2), das quais, cortes parafinados foram submetidos à imunoistoquímica pela técnica da imunoperoxidade para os anticorpos anti-CD44, anti-CD90, anti-CD146 e anti-colágeno I e histoquímica para o picrosirius red. Foi verificada maior frequência das MSCs nas LPC2, através da imunoexpressão positiva para o CD44, CD90 e CD146. A maior expressão dos marcadores de MSCs foi relacionada à menor intensidade do infiltrado inflamatório e maior percentual de marcação para o picrosirius red. Os resultados sugerem que as lesões associadas a dentes tratados endodonticamente encontram-se em uma etapa mais avançada do processo de reparo e que as MSCs parecem influenciar positivamente os eventos biológicos do reparo nas LPCs.


  • Mostrar Abstract
  • Chronic periapical lesions (CPLs) are inflammatory pathologies commonly found in the jaws, resulting from the direct or indirect involvement of oral bacteria in the dental pulp and their toxins in the dental periapical region. Endodontic treatment is a therapeutic option that aims to create favorable conditions for the tissue repair process in the periapical region. Research suggests the important role of multipotent mesenchymal stromal cells (MSCs) in the repair process of CPLs. The objective of this work was to analyze the immunohistochemical expression of MSC markers (CD44, CD90 and CD146) and its relationship with characteristics of tissue repair in a series of cases of human LPCs associated or not with endodontically treated teeth. Fifteen samples of LPCs without endodontic treatment (CPL1) and 10 CPLs with endodontic treatment (CPL2) were used, of which paraffin sections were submitted to immunohistochemistry by the immunoperoxide technique for anti-CD44, anti-CD90, anti-CD146 and anti-collagen I antibodies and histochemistry for picrosirius red. A higher frequency of MSCs was verified in LPC2, through positive immunoexpression for CD44, CD90 and CD146. The higher expression of MSC markers was related to lower intensity of the inflammatory infiltrate and higher percentage of labeling for picrosirius red. The results suggest that lesions associated with endodontically treated teeth are at a more advanced stage of repair and MSCs appear to influence the biological events associated with repair in LPCs.

6
  • HELOISA LAÍS ROSARIO DOS SANTOS
  • GRAVIDADE DE PERIODONTITE E SÍNDROME METABÓLICA EM ADULTOS ASSISTIDOS EM UNIDADES DE SAÚDE EM SALVADOR-BAHIA

  • Orientador : JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • KIONNA OLIVEIRA BERNARDES SANTOS
  • ANA CLAUDIA MORAIS GODOY FIGUEIREDO
  • ISAAC SUZART GOMES FILHO
  • Data: 26/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho teve como objetivo estudar a associação entre os níveis de gravidade da periodontite e síndrome metabólica (SM) em adultos. Para isso, dois estudos foram conduzidos: uma revisão sistemática com meta-análise e um estudo transversal em adultos assistidos por serviços públicos de saúde. A revisão sistemática incluiu 14 artigos (24.567 participantes). Os estudos passaram por avaliação metodológica usando a escala Newcastle-Ottawa. Foram calculadas medidas sumárias (odds ratio agregada) através do método DerSimonian-Laird, além da realização da análise de sensibilidade, subgrupo e meta-regressão. Foi observada odds ratio (OR) global da SM maior em indivíduos com periodontite moderada (OR ajustada= 1,16; IC: 95%= 2,10-5,37; p<0,001) e grave 1,47 (IC: 95%= 1,24-1,69; p<0,001). Para a realização do estudo transversal, foi aplicado um questionário estruturado, avaliação bucal e antropométrica dos participantes. Os diagnósticos de periodontite e de SM foram estabelecidos a partir de dois critérios consolidados na literatura científica. Para a comparação das frequências de SM segundo as variáveis, foi utilizado o teste quiquadrado de Pearson e/ou de Fischer, com valor de p de 5% e intervalo de confiança em 95%. Foi empregada análise de regressão logística não condicional para estimar as OR bruta e ajustada. As medidas de OR foram convertidas em medidas de Razão de prevalência através do modelo de Poisson com variância robusta, ajustadas e controladas. Um total de 259 indivíduos com média de 53,2 anos participaram do estudo. A ocorrência de SM foi observada em ao menos 40% dos indivíduos a depender do critério utilizado. Em ambos os critérios para periodontite, a periodontite moderada foi mais frequente. Houve associação positiva entre periodontite grave e SM tanto na avaliação bruta (OR=1,57; IC: 95%=1,06-2,31; p< 0,05), quando na ajustada (OR=1,58; IC: 95%=1,01-2,49; p< 0,05). Os achados deste trabalham sinalizam uma associação positiva e gradativa entre periodontite e síndrome metabólica.


  • Mostrar Abstract
  • This work aimed to study the association between levels of periodontitis severity and metabolic syndrome (MetS) in adults. For this, two studies were conducted: a systematic review with meta-analysis and a cross-sectional study in adults assisted by public health services. The systematic review included 14 articles (24,567 participants). The studies underwent methodological evaluation using the NewcastleOttawa scale. Summary measures (aggregate odds ratio) were calculated using the DerSimonian-Laird method, in addition to performing sensitivity, subgroup and metaregression analysis. Individuals with moderate periodontitis had a higher overall Odds Ratio (adjusted OR= 1.16; CI: 95%= 2.10-5.37; p<0.001), while the OR for severe periodontitis was 1.47 (CI: 95%=1.24-1.69; p<0.001). For the cross-sectional study, a structured questionnaire, oral and anthropometric assessment of the participants was applied. The diagnoses of periodontitis and MetS were established based on two criteria consolidated in the scientific literature. To compare the frequencies of MetS according to the variables, Pearson's and/or Fischer's chi-square test was used, with a p value of 5% and a confidence interval of 95%. Unconditional logistic regression analysis was used to estimate crude and adjusted OR. The OR measures were converted into Prevalence Ratio measures using the Poisson model with robust variance, adjusted and controlled. A total of 259 subjects with a mean age of 53.2 years participated in the study. The occurrence of MS was observed in at least 40% of the individuals, depending on the criterion used. In both criteria for periodontitis, moderate periodontitis was more frequent. There was a positive association between severe periodontitis and MetS both in the crude assessment (OR=1.57; CI: 95%=1.06-2.31; p< 0.05) and in the adjusted assessment (OR=1.58; CI: : 95%=1.01-2.49; p<0.05). The results of this work indicate a positive and gradual association between periodontitis and metabolic syndrome.

2021
Dissertações
1
  • EDVAL REGINALDO TENÓRIO JÚNIOR
  • TUMOR DE WARTHIN: UM ESTUDO DE CASOS E DE EXPRESSÃO IMUNOISTOQUÍMICA DE MASTÓCITOS

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MÁRCIO CAMPOS OLIVEIRA
  • Data: 09/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo teve como objetivo estudar por meio da imunoistoquímica, a participação de mastócitos em uma série de tumor de Warthin, bem como descrever suas características demográficas. A amostra foi composta por 11 casos de tumores de Warthin. Para a avaliação dos mastócitos foram quantificadas as células imunorreativas aos marcadores mast cell triptase, em 10 campos (400x). Foram utilizados o teste T e a Correlação de Pearson para análise estatística. Foi observado na população, predominância pelo sexo masculino (72,7%), localização 100% em glândula parótida, o tratamento foi a parotidectomia (100%). A análise da expressão de mastócitos pela estatística (p< 0,05), não revelou diferença significativa entre mastócitos x idade (p 0,69) e mastócitos x gênero (p 0,46). Os resultados demográficos do presente estudo corroboram com dados encontrados na literatura e apontam para uma possível participação dos mastócitos no desenvolvimento tumoral.


  • Mostrar Abstract
  • The present study aimed to study, through immunohistochemistry, the participation of mast cells in a Warthin tumor series, as well as to describe their demographic characteristics. The sample consisted of 11 cases of Warthin's tumors. For the evaluation of mast cells, the immunoreactive cells were quantified to the mast cell tryptase markers, in 10 fields (400x). The T test and Pearson's correlation were used for statistical analysis. It was observed in the population, predominance by the male sex (72.7%), 100% location in the parotid gland, the treatment was parotidectomy (100%). The analysis of mast cell expression by statistics (p <0.05), did not reveal a significant difference between mast cells x age (p 0.69) and mast cells x gender (p 0.46). The demographic results of the present study corroborate data found in the literature and point to a possible participation of mast cells in tumor developmen

2
  • SARAH IANE CARVALHO BAHIANA
  • AVALIAÇÃO DA RESPOSTA CLÍNICA AO TRATAMENTO PERIODONTAL NÃO CIRÚRGICO EM PESSOAS COM HISTÓRICO FAMILIAR DE PERIODONTITE

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • NARA SANTOS ARAUJO
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • Data: 30/11/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: Este ensaio clínico intervencional avaliou a resposta ao tratamento periodontal não cirúrgico (TPNC) e fatores moduladores em pacientes com periodontite e histórico familiar da doença. Materiais e Métodos: Um total de 52 pacientes diagnosticados com periodontite leve ou moderada foram incluídos. Dados sociodemográficos, histórico familiar da doença, saúde sistêmica e bucal foram acessados. Profundidade de sondagem (PS), sangramento à sondagem (SS) e Nível clínico de inserção (NIC) foram avaliados antes e 6 meses após TPNC. Análise de regressão logística foi realizada para determinar associações entre fatores moduladores e histórico familiar de periodontite (p≤0,05). Resultados: Presença de histórico familiar foi associada com maior porcentagem de sítios com PS final≥5mm (OR=12,0; IC=1,99 – 72,31, P<0,001). PS final≥5mm foi também associada ao sexo masculino (OR= 10,7; IC 95%= 1,96 – 58,16; P=0,01) e menor renda (OR = 5,8; IC=1,33 – 24,1; P=0,02). Sangramento à sondagem e ganho de nível clínico de inserção não foram associados a histórico de periodontite na família (p ≤0,07). Conclusão: O histórico familiar de periodontite foi associado a maior taxa de sítios com profundidade à sondagem maior que 5mm após 6 meses de tratamento, porém não foi relacionado a piores índices de sangramento à sondagem ou nível de inserção clínica. Sugere-se que a presença de periodontite na família pode influenciar negativamente no reparo periodontal após terapia periodontal não cirúrgica, devendo ser investigada em maiores amostras populacionais.


  • Mostrar Abstract
  • Aim: This interventional clinical trial evaluated the response to non-surgical periodontal treatment (NSPT) and modulating factors in patients with periodontitis and a family history of the disease. Materials and Methods A total of 52 patients diagnosed with mild or moderate periodontitis were included. Sociodemographic data, family history of the disease, systemic and oral health were accessed. Probing Depth (PD), Bleeding on Probing (BOP) and Clinical Attachment Level (CAL) were assessed before and 6 months after NSPT. Logistic regression analysis was performed to determine associations between modulating factors and family history of periodontitis (p≤0.05). Results: Presence of family history was associated with a higher percentage of sites with final PD≥5mm (OR=12.0; CI=1.99 – 72.31, P<0.001). Final PD≥5mm was also associated with male gender (OR= 10.7; 95% CI= 1.96 – 58.16; P=0.01) and lower income (OR = 5.8; CI=1.33 – 24.1; P=0.02). Bleeding on probing and clinical attachment level gain were not associated with a family history of periodontitis (p ≤ 0.07). Conclusion: A family history of periodontitis was associated with a higher rate of sites with probing depth greater than 5mm after 6 months of treatment, but was not related to worse bleeding on probing rates or clinical attachment level. It is suggested that the presence of periodontitis in the family can negatively influence periodontal repair after non-surgical periodontal therapy, and should be investigated in larger population samples.

3
  • GUILHERME NUNES DE CARVALHO
  • ACURÁCIA DA DETECÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE PLACA DENTÁRIA EM FOTOGRAFIAS INTRABUCAIS

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • NARA SANTOS ARAUJO
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • Data: 15/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • O processo de detecção e quantificação de placa bacteriana dentária é importante para guiar paciente e dentista em relação ao diagnóstico e plano de tratamento odontológicos, controle da placa, bem como para realização de estudos epidemiológicos. O objetivo desse estudo foi avaliar a acurácia da detecção e quantificação de placa dentária em dentes permanentes pela visão humana, analisando fotografias intrabucais. Foi realizado um estudo transversal diagnóstico, com amostra composta por imagens de 30 voluntários selecionados entre os pacientes de uma clínica odontológica da cidade de Salvador. Fotografias intrabucais antes e depois de evidenciação de placa dentária através de agentes corantes (padrão-ouro) foram analisadas quanto a presença e quantidade de placa dentária. Dois examinadores cirurgiões-dentistas avaliaram as fotografias não evidenciadas, e um deles também avaliou as fotografias evidenciadas. O examinador 1 analisou 638 superfícies dentárias e o examinador 2, 336 superfícies dentárias. Foram calculadas a curva ROC, score F1 e a concordância intra e interexaminadores de cinco índices de placa. A maior concordância intraexaminador encontrada foi para a porcentagem de placa, com um ICC de 0,934 e a menor foi para o navy plaque index com um kappa ponderado de 0,602. A maior concordância interexaminadores encontrada foi para a porcentagem de placa com um ICC de 0,883 e a menor foi para a detecção de placa com um kappa de 0,058. A área abaixo da curva ROC e score F1 encontrados para a detecção de placa do primeiro examinador foram de 0,751 e 0,880 respectivamente, e para o segundo examinador foram de 0,568 e 0,893 respectivamente. A área abaixo da curva ROC e score F1 encontrados para a quantificação de placa do primeiro examinador foram de 0,763 e 0,709 respectivamente, e para o segundo examinador foram de 0,828 e 0,800 respectivamente. Dessa forma, é possível concluir que a detecção visual e, principalmente a quantificação de placa dentária em fotografias de dentes permanentes sem evidenciação é um método suficientemente acurado, podendo significar mais economia, simplicidade e menos tempo nos tratamentos odontológicos.


  • Mostrar Abstract
  • The process of dental plaque detection and quantification is important to guide the patient and dentist in the diagnosis and dental treatment plan, plaque control, as well as for epidemiological studies. The aim of this study was to evaluate the accuracy of the detection and quantification of dental plaque in permanent teeth by human vision, analyzing intraoral photographs. A diagnostic study was conducted, with a sample composed of images of 30 volunteers selected among the patients from a dental clinic in the city of Salvador. Intraoral photographs before and after dental plaque evidencing through dyes agents (gold standard) were analyzed for the presence and quantity of dental plaque. Two dentist examiners evaluated the photographs without disclosing, and one of them also evaluated the disclosing photographs. Examiner 1 analyzed 638 dental surfaces and examiner 2, 336 dental surfaces. The ROC curve, F1 score and the intra- and inter-examiner agreement of five dental plaque indices were calculated. The highest intra-examiner agreement was found for the dental plaque percentage, with an ICC of 0.934 and the lowest was for the navy plaque index with a weighted kappa of 0.602. The highest inter-examiner agreement found was for the percentage of dental plaque with an ICC of 0.883 and the lowest was for dental plaque detection with a kappa of 0.058. The area under the ROC curve and F1 score found for the dental plaque detection of the first examiner were 0.751 and 0.880, respectively, and for the second examiner they were 0.568 and 0.893, respectively. The area under the ROC curve and F1 score found for the dental plaque quantification of the first examiner were 0.763 and 0.709, respectively, and for the second examiner they were 0.828 and 0.800, respectively. Thus, it is possible to conclude that visual detection and, mainly, the quantification of dental plaque in photographs of permanent teeth without disclosing is a sufficiently accurate method, which may mean more savings, simplicity and less time in dental treatments.

Teses
1
  • EDNALDO DE JESUS FILHO
  • TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA E SAÚDE BUCAL: morbidade referida, oferta, acesso e utilização dos serviços de saúde bucal em Salvador- Bahia.

  • Orientador : MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLA MARIA LIMA SANTOS
  • DENISE NOGUEIRA CRUZ
  • ISAAC SUZART GOMES FILHO
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • SANDRA GARRIDO DE BARROS
  • Data: 21/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • Com o objetivo de identificar a morbidade referida em saúde bucal das pessoas
    com Transtorno do Espectro Autista (TEA) acompanhadas em unidades de
    referência em reabilitação e educação localizadas em Salvador – Bahia,
    descrever as condições de acesso e utilização dos serviços odontológicos
    oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a essas pessoas e analisar a
    oferta e percepção dos profissionais, dentistas e não dentistas, sobre a atenção
    à saúde bucal, foi desenvolvido um estudo observacional, exploratório e
    censitário. Analisou-se estes elementos coletados através de formulários
    eletrônicos respondidos por 209 profissionais dentistas, 145 profissionais não
    dentistas e 310 cuidadores, entre setembro de 2020 e fevereiro de 2021.
    Observou-se entre os respondentes a predominância do sexo feminino nas três
    categorias (78,26%, 94,48% e 92,81%, respectivamente) e do sexo masculino
    entre as pessoas com TEA (73,85%). Os profissionais dentistas eram pardos e
    brancos (91,30%), 40 a 50 anos de idade (49,27%) e mais de 10 anos de
    graduação (83,25%). Trabalhavam na Atenção Primária à Saúde (89,47%),
    consideravam-se capacitados para o atendimento apenas das pessoas com
    grau leve da condição (67,00%) e apontavam a cárie (35,99%) e a doença
    periodontal (31,32%) como os principais problemas encontrados. Os
    profissionais não dentistas eram pardos e negros (74,49%), 40 a 50 anos
    (43,88%) e mais de 10 anos de graduação (60,43%). Não conheciam o
    fluxograma para o atendimento público de odontologia (90,90%) e 60,83%
    acreditavam que devia haver um consultório odontológico na instituição onde
    trabalhavam. Os cuidadores eram pardos e pretos (84,87%), menos de 40 anos
    (57,81%), ensino médio completo (61,33%) e desempregados (59,12%).
    Conseguem identificar pelo menos 01 dente cariado na pessoa com autismo
    (44,70%), embora 23,84% não conseguem ter acesso à cavidade bucal. Não
    conheciam qualquer local para atendimento odontológico público para autistas
    (66,62%), 61,13% consideravam “Difícil” conseguir marcar uma consulta e
    38,75% levariam as pessoas com TEA para uma clínica particular em caso de
    urgência. Há uma escassez de serviços odontológicos para atender a pessoas
    autistas e um despreparo profissional, acarretando em desigualdade no acesso
    e utilização. Sugere-se a ampliação da oferta, adaptação e reorganização da
    marcação de consultas, qualificação e estruturação para o acolhimento, e
    divulgação do fluxograma e dos locais de atendimento.


  • Mostrar Abstract
  • In order to identify the referred oral health mobidity of people with Austistic
    Spectrum Disorder (ASD) followed up in reference units in rehabilitation and
    education located in Salvador – Bahia, describe the conditions of access and
    use of dental services offered by Brazilian Unified Health System (SUS) to
    these people and analyzing the supply and perception of professionals, dentists
    and non-dentists, about oral health care, an observational, exploratory and
    census study was developed. We analyzed these elements collected through
    electronic forms answered by 209 dentists, 145 non-dental professionals and
    310 caregivers, between september 2020 and february 2021. Among the
    respondentes, there was a predominance of females in the three categories
    (78,26%, 94,48% and 92,81%, respectively) and males among people with ASD
    (73,85). Dentists were brown and white (91,30%), 40 t0 50 years old (49,27%)
    and had more than 10 years of graduation (83,25%). They worked in Primary
    Health Care (89,47%), considered themselves qualified to care only for people
    with a mild degree of the condition (67,00%) and pointed out caries (35,99%)
    and periodontal disease (31,32%) as the main problems encountered. Non-
    dental professionals were brown and black (74,49%), 40 to 50 years old
    (43,88%) and had more than 10 years of graduation (60,43%). They did not
    know the flowchart for public dental care(90,90%) and 60,83% believed that
    there should be a dental office at the institution where they worked. Caregivers
    were brown and black (84,87%), under 40 years old (57,81%), had completed
    high school (61,33%) and were unemployed (59,12%). They are able to identify
    at least 01 decayed tooth in the person with autismo (44,70%), although
    23,84% are unable to access the oral cavity. They did not know any place for
    public dental care for autistc people (66,62%), 61,13% considered it “Difficult” to
    be able to make an appointment and 38,75% would take people with ASD to a
    private clinic in na emergency.There is a shortage of dental services to assist
    autistic people and a professional lack of preparation, resulting in inequality in
    access and use. It is suggested to expand the offer, adapt and reorganize the
    scheduling of consultations, qualification and structuring for the reception, and
    dissemination of the flowchart and the servisse locations.

2
  • REBECA BARROS NASCIMENTO
  • ESTUDO DO EFEITO DA MODULAÇÃO DE CAVEOLINA-1 EM CARCINOMA EPIDERMÓIDE DE BOCA

  • Orientador : FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • CAMILA DE OLIVEIRA RODINI PEGORARO
  • FÁBIO DAUMAS NUNES
  • RICARDO DELLA COLETTA
  • Data: 26/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: O Carcinoma epidermóide bucal (CEB) apresenta capacidade invasiva e
    metastática como consequência de alterações fenotípicas e genotípicas, como o processo de
    transição epitelial-mesenquimal (TEM). Alterações nas membranas das células podem afetar a estrutura
    de cavéolas, compostas por colesterol e caveolinas (CAV), estando associadas ao processo de
    tumorigênese. A depleção de colesterol e alteração da expressão de CAV1 podem afetar células
    tumorais e interferir na carcinogênese. Objetivo: Avaliar a expressão de CAV1 em tumores de
    CEB e o efeito da depleção de colesterol e do silenciamento de CAV1 (siCAV1) em linhagens
    celulares de CEB de língua. Material e métodos: Hibridização por microarray, expressão de
    mRNA e imunohistoquímica foram realizadas em amostras de CEB e de tecido não tumoral
    (margem). Os tumores foram divididos nos grupos: mais (T1 / T2 N +, n = 14) e menos (T3 /
    T4 N0, n = 19) agressivos. O efeito da depleção de colesterol e do silenciamento de CAV1
    foram analisados em linhagens celulares SCC-25, com perfil não metastático, e HSC-3, com
    perfil metastático, e foram avaliados viabilidade celular, fluidez da membrana, expressão gênica
    e protéica de CAV1 e dos marcadores de TEM (E-caderina, N-caderina, β-catenina e
    Vimentina) e suas capacidades migratória e invasiva. Resultados: CAV1 foi 1,77 vezes mais
    expressa em tumores do que em tecidos não tumorais e cerca de 2 x mais expresso em tumores
    mais agressivos do que em menos agressivos. qRT-PCR não mostrou diferença na expressão
    de CAV1 em nenhuma comparação feita. A proteína CAV1 foi localizada tanto no epitélio
    tumoral quanto no estroma, em três padrões diferentes. Positividade no estroma foi associado a
    tumores de maior tamanho. Além disso, as células epiteliais tumorais positivas para CAV1
    tenderam a estar associadas a CAV1 baixo ou negativo no estroma tumoral.  A depleção de colesterol reudziu a viabilidade celular e fluidez de membrana nas células SCC-25, enquanto que a viabilidade das células HSC-3 foi menos afetada pela depleção e sem alterações na fluidez da membrana. A depleção de colesterol interferiu na expressão de CAV1 e de marcadores de TEM em ambas as células, e diminuiu sua capacidade migratória, sendo a SCC-25 mais afetada. A capacidade invasiva das células metastáticas também reduziu, mas a das células não metastáticas aumentou com a depleção de colesterol. O siCAV-1 aumentou a viabilidade celular apenas em SCC-25 e a expressão gênica de marcadores de TEM (N-caderina e β-catenina), mas não os níveis de proteína, apenas em HSC-3. Além disso, o siCAV1 estimulou a capacidade de invasão de células metastáticas. Conclusão: A mudança da expressão de CAV1 de células epiteliais tumorais para células estromais tumorais pode ser útil para prever a agressividade do CEB. Tanto a depleção de colesterol quando o siCAV1 alteram a viabilidade de células tumorais e afetam a expressão de marcadores de TEM, o que interfere nas capacidades migratória e invasiva. A resposta celular à depleção de colesterol foi diferente da resposta ao silenciamento de CAV1, o que também variou entre as células não metastáticas e metastáticas.


  • Mostrar Abstract
  • rrrrr

3
  • MÉRCIA SACRAMENTO DOS SANTOS
  • ASSOCIAÇÃO ENTRE MÁ OCLUSÃO E QUALIDADE DE VIDA RELACIONADA À SAÚDE BUCAL EM PRÉ- ESCOLARES DE SALVADOR-BA.

  • Orientador : MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAROLINA MONTAGN CARVALHO
  • CRISTIANE RIBEIRO DA SILVA CASTRO
  • JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • LILIANE ELZE FALCAO LINS KUSTERER
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • Data: 18/11/2021

  • Mostrar Resumo
  • A má oclusão é potencialmente capaz de interferir na Qualidade de Vida Relacionada à Saúde Bucal (QVRSB) de pré-escolares, embora sejam raras as evidências de prejuízos funcionais, psicossociais e sobre a percepção da saúde desta população. Assim, objetivou-se mensurar a associação entre má oclusão e QVRSB em uma amostra representativa de pré-escolares de Salvador-Ba. Entre agosto e novembro de 2018, examinadores calibrados avaliaram 1566 crianças quanto a presença de má oclusão utilizando o índice de Foster e Hamilton. Os responsáveis preencheram um questionário sociodemográfico e de aspectos de saúde, além do Questionário sobre a Qualidade de Vida Relacionada à Saúde Bucal de Crianças na Idade Pré- escolar (B-ECOHIS). A análise estatística envolveu a dicotomização e a descritiva das variáveis, teste qui-quadrado de Pearson, análise de interação com a cárie dentária e regressão logística binomial, considerando um nível de significância de 5%. A prevalência de má oclusão foi de 26%, sendo mais frequentes as mordidas abertas (13,9%) e profundas (11,1%). Efeitos negativos sobre a QVRSB foram relatados por 32,8% dos responsáveis, sendo maiores sobre a seção infantil (27,1%), nos domínios de sintoma (20,9%) e função (17,1%); e no domínio familiar de estresse parental (17,9%). Má oclusão e QVRSB geral (p=0,01), infantil (p=0,07) e familiar com cárie dentária (p=0,01) estiveram associadas na análise bivariada. Na associação bruta, apenas o QVRSB geral (OR=0,71; IC 95% 0,56 – 0,92) e familiar com cárie (OR=0,58; IC 95% 0,38 – 0,90) tiveram significância estatística. Contudo, após ajuste por covariáveis, nenhum modelo avaliado manteve significância estatística: QVRSB geral OR=0.83, IC95% 0,58-1,17; infantil OR=0.89, IC95% 0.61-1.28; familiar com cárie OR=0.76, IC95% 0.38-1.53; e familiar sem cárie OR=1.08, IC95%1.59-1.96. Não foram encontradas evidências de associação entre a má oclusão e QVRSB nos pré-escolares de Salvador-Ba. A má oclusão e efeitos negativos sobre a QVRSB também foram pouco prevalentes.


  • Mostrar Abstract
  • Malocclusion has the potential of interfering in the oral health-related quality of life (OHRQoL) of preschool children, regardless of the scarcity of evidence indicating impairment of functional, psychosocial, and health perception aspects. This study aimed to measure the relationship between malocclusion and OHRQoL in a representative sample of preschool children from Salvador, in the Brazilian state of Bahia. From August to November 2018, calibrated examiners assessed 1566 children for the presence of malocclusion, applying the Foster and Hamilton index. The children’s tutors filled in a sociodemographic and health questionnaire and an Early Childhood Oral Health Impact Scale (B-ECOHIS) questionnaire. Statistical analysis involved dichotomizing and describing the variables, the Pearson’s chi- squared test, assessing the interaction between dental caries and binomial logistic regression, considering a significance level of 5%. Malocclusion prevalence reached 26%, open bite (13.9%) and deep bite (11.1%). Negative effects on OHRQoL were reported by 32.8% of the tutors, in the child impact section (27.1%), the areas of symptoms (20.9%) and function (17.1%), and in the family section of parental stress (17.9%). Malocclusion and the general OHRQoL (p=0.008), children’s OHRQoL (p=0.066), and family’s OHRQoL in case of caries (p=0.015) were associated in the bivariate analysis. In the crude association, only general OHRQoL (OR=0.71; CI 95% 0.56-0.92) and family’s OHRQoL in case of caries (OR=0.58; CI 95% 0.38-0.90) had statistical significance. However, after covariate adjustment, none of the assessed models maintained statistical significance: general OHRQoL (OR=0.83, CI 95% 0.58- 1.17), children’s OHRQoL (OR=0.89, CI 95% 0.61-1.28), family’s OHRQoL in case of caries (OR=0.76, CI 95% 0.38-1.53), and family’s OHRQoL in absence of caries (OR=1.08, CI 95% 1.59-1.96). We did not find further evidence in the relationship between malocclusion and OHRQoL among preschool children in Salvador, Bahia. Malocclusion and the negative effects over OHRQoL also had low prevalence.

4
  • MÁRCIO BASTOS DE OLIVEIRA
  • AVALIAÇÃO TRIDIMENSIONAL DA ATRATIVIDADE FACIAL DE PACIENTES CLASSE II ESQUELÉTICA: ANÁLISE COMPARATIVA APÓS SIMULAÇÕES ORTODÔNTICAS E CIRÚRGICAS

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • LUCAS SENHORINHO VENTURA ESTEVES
  • MARCIO COSTA SOBRAL
  • THIAGO MARTINS MEIRA
  • Data: 13/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi aferir a percepção de ortodontistas, cirurgiões bucomaxilo-faciais e leigos em frente à atratividade da face em pacientes portadores de classe II esquelética e a simulações de possíveis tratamentos para esta condição. Foram utilizados escaneamentos de boca, de face e tomografias computadorizadas de feixe cônico de 3 indivíduos modelo. Essas imagens foram agrupadas em um software, onde o arquivo original foi editado de forma a se alcançar uma classe II esquelética semelhante para todos os pacientes, assim como os diferentes tratamentos propostos: 1) Ortodontia compensatória com exodontia dos primeiros pré-molares superiores; 2) Ortodontia compensatória associada a avanço cirúrgico do mento e 3) Ortodontia associada a cirurgia ortognática combinada de maxila, mandíbula e giro anti-horário do plano oclusal. Estas simulações foram apresentadas em forma de vídeos e acompanhadas de um questionário quanto a atratividade das simulações geradas na face. Os vídeos foram submetidos à análise de 275 avaliadores: 109 ortodontistas, 91 cirurgiões buco-maxilo-faciais e 165 leigos. Cada examinador avaliou a estética facial utilizando uma escala de 0 a 10 ( 0 = péssima atratividade e 10 = excelente atratividade). Os dados recolhidos foram submetidos aos testes de ANOVA e T de Student, com nível de significância de 95%. A face mais atrativa foi alcançada pela cirurgia ortognática combinada, seguida do tratamento ortodôntico compensatório com avanço cirúrgico do mento, tratamento ortodôntico compensatório, enquanto a menos atrativa foi o da classe II sem tratamento. A faixa etária de 36-55 anos atribuiu notas maiores em relação às outras faixas etárias, assim como os negros atribuíram notas maiores em relação aos indivíduos que se autodeclaram brancos. O gênero não influenciou nas avaliações, porém a escolaridade sim, com indivíduos pós-graduados atribuindo notas inferiores aos outros grupos, assim como os leigos atribuíram notas superiores aos ortodontistas e cirurgiões buco-maxilo-faciais. Os resultados deste estudo indicam que ortodontistas e cirurgiões concederam notas semelhantes e menores em relação aos leigos para todas as faces, porém todos os grupos foram unânimes em afirmar que a face resultante de uma classe II esquelética é esteticamente desfavorável e que o tratamento que gera a face mais atrativa é o preparo ortodôntico associado à cirurgia ortognática combinada.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to assess the perception of orthodontists, oral and maxillofacial surgeons and laypersons regarding the attractiveness of the face in patients with skeletal class II and simulations of possible treatments for this condition. Dental scans, face scans and cone beam computed tomography scans of 3 model subjects were used. These images were grouped in a software, where the original file was edited in order to achieve a similar skeletal class II for all patients, as well as the different proposed treatments: 1) Compensatory orthodontics with extraction of the maxillary first premolars; 2) Compensatory orthodontics associated with surgical advancement of the chin and 3) Orthodontics associated with combined orthognathic surgery of the maxilla, mandible and counterclockwise rotation of the occlusal plane. These simulations were presented in the form of videos and accompanied by a questionnaire regarding the attractiveness of the simulations generated on the face. The videos were analyzed by 275 evaluators: 109 orthodontists, 91 oral and maxillofacial surgeons and 165 laypersons. Each examiner rated facial aesthetics using a scale from 0 to 10 (0 = poor attractiveness and 10 = excellent attractiveness). The collected data were submitted to ANOVA and Student's T tests, with a significance level of 95%. The most attractive face was achieved by combined orthognathic surgery, followed by compensatory orthodontic treatment with surgical advancement of the chin, compensatory orthodontic treatment, while the least attractive was class II without treatment. The 36-55 age group assigned higher scores in relation to the other age groups, just as blacks gave higher scores in relation to individuals who declared themselves white. Gender did not influence the assessments, but education did, with postgraduate individuals assigning lower scores to the other groups, as well as lay people giving higher scores to orthodontists and oral and maxillofacial surgeons. The results of this study indicate that orthodontists and surgeons awarded similar and lower scores compared to laypersons for all faces, but all groups were unanimous in stating that the face resulting from a skeletal class II is aesthetically unfavorable and that the treatment that generates the most attractive face is the orthodontic preparation associated with combined orthognathic surgery

2020
Dissertações
1
  • ROBERTA BASANEZ ALELUIA COSTA
  • AVALIAÇÃO TOMOGRÁFICA VISANDO A INSTALAÇÃO DE MINI-IMPLANTES EXTRA-ALVEOLARES PELA TÉCNICA BUCCAL SHELF

  • Orientador : FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MARCIO COSTA SOBRAL
  • Data: 14/01/2020

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi avaliar medidas tomográficas lineares de altura e espessura ósseas da região de buccal shelf mandibular e comparar diferenças entre os sítios anatômicos do buccal shelf em relação ao gênero, lado e padrões esqueléticos vertical e sagital, visando a instalação de mini-implantes extraalveolares pela técnica Buccal Shelf. Foram avaliadas imagens por Tomografia Computadorizada Multislice (TCMS) de 94 indivíduos e as medidas foram realizadas em três regiões distintas do buccal shelf mandibular: na mesial do segundo molar, na direção do sulco central do segundo molar e na distal do segundo molar. A espessura óssea foi obtida 3mm, 5mm e 7mm abaixo da crista óssea em direção a cortical mais externa da mandíbula de forma perpendicular. A partir do ponto mais superior, pré-determinado a 3mm de distância da crista óssea, foi medida a altura óssea de forma perpendicular até a cortical mais externa da base da mandíbula. O padrão esquelético no sentido sagital foi determinado pelo ângulo ANB e o padrão esquelético no sentido vertical pelo ângulo SN.GoGn. O buccal shelf mandibular apresentou maior espessura na região distal ao segundo molar e sua espessura aumentou gradativamente no sentido posterior e no sentido basal. Maior altura óssea foi encontrada na região mesial ao segundo molar, sem diferença significante entre os gêneros e lados. Foram encontradas diferenças estatisticamente significantes para indivíduos hipodivergentes e indivíduos classe III, que apresentaram maior espessura óssea. Maior altura óssea, estatisticamente significante, foi encontrada na região mesial ao segundo molar em indivíduos classe III, quando comparados aos indivíduos classe I, e em indivíduos hiperdivergentes do gênero masculino, quando comparados aos hipodivergentes. A região distal ao segundo molar é a mais interessante para a instalação dos mini-implantes extra-alveolares, do ponto de vista da espessura óssea. Indivíduos hipodivergentes e indivíduos classe III apresentam maior espessura óssea na região de buccal shelf mandibular.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to evaluate tomographic linear measurements of bone height and bone thickness of the mandibular buccal shelf region and to compare differences between anatomical sites of buccal shelf in relation to gender, side and vertical and sagittal skeletal patterns, for placement of extra-alveolar miniimplants by the Buccal Shelf technique. Images by CT scan from 94 subjects were evaluated and measurements were performed in three distinct regions of mandibular buccal shelf: mesial to second molar, towards the central groove of the second molar and distal to second molar. Bone thickness was obtained 3mm, 5mm and 7mm below the bone crest toward the mandible outer cortex, perpendicularly. From the highest point, predetermined 3mm away from the bone crest, bone height was measured, perpendicularly to the outer cortex of mandible basis. Sagittal skeletal pattern was determined by ANB angle and the vertical skeletal pattern by SN.GoGn angle. Mandibular buccal shelf presented greater thickness distal to second molar, and its thickness increased gradually in the posterior and basal direction. Higher bone height was found mesial to second molar, with no significant difference between genders and sides. Statiscally significant differences were found for hypodivergent subjects and class III subjects, who had greater bone thickness. Higher bone height, statiscally significant, was found mesial to second molar in class III subjects, when compared to class I, and in hyperdivergent subjects of male gender, when compared to hypodivergent. The distal region of the second molar is the most interesting for placement of extra-alveolar mini-implants, from the point of view of bone thickness. Hypodivergents and class III subjects have greater bone thickness in the mandibular buccal shelf region.

2
  • SARA RAMOS BRAGA SANTOS
  • EFETIVIDADE DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO COM ALINHADORES AVALIADA POR MEIO DO SISTEMA PROPOSTO PELO BOARD AMERICANO DE ORTODONTIA

  • Orientador : MARCOS ALAN VIEIRA BITTENCOURT
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • MARCELO DE CASTELLUCCI E BARBOSA
  • MARCOS ALAN VIEIRA BITTENCOURT
  • Data: 15/01/2020

  • Mostrar Resumo
  • Os alinhadores ortodônticos constituem uma técnica de tratamento cada vez mais utilizada pelos profissionais e requisitada pelos pacientes, principalmente por conta do apelo estético que possui. Apesar de existirem há cerca de 20 anos, poucos estudos avaliaram, de forma objetiva e precisa, a qualidade do resultado final do tratamento realizado através desta ferramenta. Então, o objetivo deste estudo foi avaliar, utilizando o método proposto pelo Board Americano de Ortodontia (ABO), se os resultados dos tratamentos ortodônticos realizados por meio de alinhadores são satisfatórios e se há associação entre estes resultados e o grau de complexidade do caso ou a maloclusão apresentada pelo paciente ao início do tratamento. Foram analisados, segundo os critérios propostos pelo ABO, exames pré e pós-tratamento (modelos de estudo, telerradiografia lateral inicial e panorâmica ou conjunto de periapicais finais) de 44 pacientes, tratados exclusivamente com o sistema Invisalign®. Por meio da avaliação dos exames iniciais, foi mensurado o Índice do Grau de Complexidade (IGC) e, na avaliação dos exames pós-tratamento, por meio dos critérios estabelecidos pelo Sistema Objetivo de Avaliação (SOA), foi mensurada a qualidade do resultado final. Todas as avaliações foram feitas digitalmente, utilizando-se os softwares OrthoAnalyzer® e Dolphin®. Os erros intra e interexaminadores foram calculados por meio dos Coeficientes de Lin e Bland-Altman e os dados obtidos foram tratados estatisticamente. Foram calculadas as médias e medianas para cada variável do IGC e do SOA, bem como as associações entre cada aspecto do IGC ou o tipo de maloclusão apresentado pelo paciente, de acordo com a classificação de Angle, e o escore do SOA, por meio de testes de soma de rankings de Wilcoxon. Foi considerado nível de significância de 5%. Dos 44 pacientes, 36 apresentaram IGC de grau leve, cinco grau moderado e três grau severo, tendo-se obtido um IGC médio de 10,9 pontos. Para o SOA, obteve-se média de 21,1 pontos perdidos na avaliação pós-tratamento. Não foi encontrada associação entre a complexidade inicial da maloclusão (IGC) e o SOA, embora, ao se considerar individualmente cada aspecto que compõe o IGC, observou-se associação significativa (p<0,05) com o ângulo SN-GoGn. Em relação ao tipo de maloclusão presente ao início do tratamento, 25 pacientes apresentaram maloclusão de Classe I, 14, de Classe II e cinco, de Classe III. Os pacientes com maloclusão de Classe II foram os que sofreram maior quantidade de pontos perdidos na avaliação final (25 pontos), seguidos pelos portadores de maloclusão de Classe I (19 pontos) e Classe III (12 pontos), com diferença estatisticamente significante entre eles (p<0,05). Assim, uma vez que a quantidade de pontos perdidos para um tratamento ser considerado satisfatório é de até 30 pontos, pode-se concluir que o uso de alinhadores pode produzir resultados finais adequados, especialmente em pacientes que apresentam, ao início do tratamento, ângulo do plano mandibular próximo da normalidade e maloclusões de Classe I ou III.


  • Mostrar Abstract
  • Orthodontic aligners are a treatment technique increasingly used by professionals and requested by patients, mainly because of its great aesthetic. Although they have existed for about 20 years, few studies have objectively and accurately assessed the quality of the outcome of the treatment performed using this tool. Then, the aim of this study was to assess, by using the American Board of Orthodontics (ABO) grading system, whether the results of orthodontic treatments using aligners are satisfactory and if there is an association between these results and the case complexity, or the patient malocclusion, according to Angle classification, at the beginning of treatment. Pre- and post-treatment records (dental casts, initial cephalometric radiograph, final panoramic or complete periapical set) of 44 patients, treated exclusively with Invisalign® system, were analyzed, according to the ABO grading system. By the evaluation of the initial records, the Discrepancy Index (DI) was measured, and using the post-treatment exams, the quality of treatment results was assessed by the Objective Grading System (OGS). All measurements were digitally performed using OrthoAnalyzer® and Dolphin® softwares. Intra- and interexaminers reliability was assessed by Lin and Bland-Altman coefficients and the data obtained were statistically treated. Means and medians were calculated for each DI and OGS variable, as well as associations between each DI variable or the patient malocclusion, according to Angle classification, and the OGS score, using Wilcoxon rank sum tests. The significance level was set at 5%. Among the 44 patients, the discrepancy was mild in 36, moderate in five, and severe in three, there have been a mean DI of 10.9 points. For OGS, a mean of 21.1 lost points was scored at posttreatment evaluation. No association was found between the initial case complexity (DI) and OGS, although considering each DI variable individually, a significant association (p<0.05) was found at SN-GoGn angle. Regarding the malocclusion present at the beginning of the treatment, 25 patients were Class I, 14 Class II, and five Class III. Class II malocclusion patients had the most points lost in the final evaluation (25 points), followed by those Class I (19 points) and Class III (12 points) patients, with statistically significant difference between them (p<0.05). Thus, since an orthodontic treatment with up to 30 lost points is considered satisfactory, it can be concluded that the use of aligners can produce very acceptable outcomes, especially in patients who have, at the beginning of the treatment, close to normal mandibular plane angle and Class I or Class III malocclusions.

3
  • GABRIELA DIAS PRADO
  • EPIDEMIOLOGIA DOS DESLOCAMENTOS DO DISCO DA ATM: AVALIAÇÃO POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

  • Orientador : MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRAULIO CARNEIRO JUNIOR
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • Data: 15/01/2020

  • Mostrar Resumo
  • O deslocamento do disco articular é o precursor mais comum da disfunção temporomandibular e, a partir dele, outras alterações das superfícies articulares podem ser observadas. Por este motivo, a prevalência com que os tipos de deslocamento acometem a articulação temporomandibular (ATM), se torna uma importante informação para o diagnóstico e terapêutica deste desarranjo articular. Desenvolveuse um estudo transversal com 1.017 pacientes que realizaram exame bilateral de Ressonância Magnética da ATM, em cortes parassagitais e paracoronais, nas posições de boca aberta e boca fechada, totalizando 2.034 registros imaginológicos das ATMs. Após a análise e classificação dos deslocamentos de disco, estes foram associados ao gênero, idade e presença de alterações degenerativas dos pacientes e suas respectivas articulações, utilizando o teste qui-quadrado de Pearson. Do total, 78% pacientes dos eram mulheres, 75,22% possuíam deslocamento de disco (DD) e o tipo mais prevalente foi o anterior parcial do segmento lateral. Além disto, observou-se associação entre a presença de DD, principalmente sem redução, e a presença de alterações articulares degenerativas (ADs), sendo o côndilo o componente ósseo articular mais acometido e as faixas etárias mais avançadas as com maior prevalência de alterações degenerativas. Pôde-se constatar, portanto, que a evolução da Doença Articular Degenerativa é negativa, sendo esperado, com isto, maior comprometimento das estruturas articulares quanto maior dor o tempo que o fator desencadeante, deslocamento de disco, se apresente.


  • Mostrar Abstract
  • The disc displacement is the most common precursor of temporomandibular dysfunction and, from it, other alterations of the articular surfaces can be observed. For this reason, the prevalence with which the types of displacement affect the temporomandibular joint (TMJ) becomes important information for the diagnosis and therapy of this joint disorder. A cross-sectional study was carried out with 1,017 patients who underwent bilateral TMJ MRI examination, in parasagital and paracoronal sections, in the open mouth and closed mouth positions, totaling 2,034 TMJ imaging records. After analysis and classification of disc displacements, these were associated with gender, age and presence of degenerative changes of patients and their respective joints, using Pearson's chi-square test. Of the total, 78% female patients, 75.22% had disc displacement (DD) and the most prevalent type was the anterior partial of the lateral segment. In addition, there was an association between the presence of DD, especially without reduction, and the presence of degenerative joint changes (ADs), with the condyle being the most affected joint bone component and the most advanced age groups the most prevalent of degenerative changes. Therefore, it can be seen that the evolution of Degenerative Joint Disease is negative, and it is expected, therefore, greater impairment of the joint structures as greater pain the time that the triggering factor, disc displacement, is present.

4
  • WILLIAM SANTOS CARVALHO
  • AVALIAÇÃO RADIOMORFOMÉTRICA MANDIBULAR EM PACIENTES COM MIELOMA MÚLTIPLO POR MEIO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LILIANE ELZE FALCAO LINS KUSTERER
  • PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 16/01/2020

  • Mostrar Resumo
  • O mieloma múltiplo (MM) é uma neoplasia hematológica que se caracteriza pela osteopenia e lise óssea, com tendência progressiva, tendo como algumas das opções de tratamento à quimioterapia com medicamentos antirreabsortivos ou que interfiram na atividade osteoclástica ou mais recentemente pelo transplante de células tronco-hematopoiéticas (TCTH), mas também algumas das opções terapêuticas podem determinar a reabsorção óssea. Assim exames de imagem são importantes para avaliar a progressão da doença e monitorar a resposta terapêutica, embora não haja uma avaliação específica com este fim. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar as características radiomorfométricas da mandíbula de pacientes com MM, em exames de tomografia computadorizada (TC), relacionando-as ao sexo e idade das pessoas acometidas, assim como à fase do tratamento. A amostra foi composta por exames de TC de mandíbula de pessoas com MM (grupo teste) e de pessoas sem doença hematológica ou óssea, pareadas por idade e sexo (grupo controle), na proporção 1:1. A partir dos cortes axiais, foram realizadas reconstruções panorâmicas de forma padronizada em software específico. Nessas imagens foram avaliados os índices radiomorfométricos relacionados a densidade mineral óssea, a saber: Largura da Cortical Mandibular (LCM), Índice de Reabsorção Alveolar Mandibular (IROAM) e Índice Panorâmico Mandibular (IPM), nos dois lados da mandíbula. A reprodutibilidade intra-examinador foi testada pelo coeficiente de correlação intraclasse e os resultados entre os grupos foram comparados pelo teste de Wilcoxon e Qui-quadrado para uma probabilidade de erro de 5%. Os resultados mostraram que a grande maioria dos exames do grupo teste apresentavam áreas osteolíticas maxilo-mandibulares, e que apesar de os valores da LCM serem sempre inferiores nas TCs do grupo teste, em todas as fases do tratamento, não houve diferença significante em relação ao grupo controle.


  • Mostrar Abstract
  • Multiple myeloma (MM) is a hematological neoplasia that is characterized by osteopenia and bone lysis, with a progressive tendency, having as some of the treatment options to chemotherapy with antiresorptive drugs or that interfere in osteoclastic activity or more recently by stem cell transplantation hematopoietic (HSCT), but also some of the therapeutic options can determine bone resorption. Thus, imaging exams are important to assess disease progression and monitor therapeutic response, although there is no specific evaluation for this purpose. Thus, the aim of this study was to evaluate the radiomorphometric characteristics of the mandible of patients with MM in computed tomography (CT) examinations, relating them to the gender and age of the affected people, as well as to the treatment phase. The sample consisted of mandible CT scans of people with MM (test group) and people without hematologic or bone disease, matched for age and sex (control group), in a 1: 1 ratio. From the axial sections, panoramic reconstructions were performed in a standardized way in specific software. In these images, radiomorphometric indices related to bone mineral density were evaluated, namely: Mandibular Cortical Width (MCW), Mandibular Alveolar Resorption Index (MARI) and Panoramic Mandibular Index (PMI), on both sides of the mandible. Intra-examiner reproducibility was tested by the intraclass correlation coefficient and the results between groups were compared by the Wilcoxon and Chi-square test for a 5% error probability. The results showed that the vast majority of test group exams had maxillomandibular osteolytic areas, and although the MCW values were always lower in the CTs of the test group, in all phases of treatment, there was no significant difference in relation to the control group.

5
  • NAIADJA DE SANTANA CERQUEIRA
  • EXPRESSÃO DE MASTÓCITOS EM MUCOSITES QUIMIOINDUZIDAS E SUBMETIDAS A FOTOBIOMODULAÇÃO A LASER: ESTUDO EXPERIMENTAL EM UM MODELO ANIMAL

  • Orientador : LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GUSTAVO PINA GODOY
  • LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • VIVIANE PALMEIRA DA SILVA
  • Data: 16/01/2020

  • Mostrar Resumo
  • A mucosite oral (MO) é uma das complicações agudas mais comuns da terapia oncológica, provocada pelos efeitos citotóxicos da quimioterapia ou radioterapia de cabeça e pescoço. Tem sido sugerido que o efeito da fotobiomodulação a laser na microcirculação ocorre em virtude do estímulo da degranulação dos mastócitos e consequente aumento da permeabilidade celular. Este estudo teve o objetivo de avaliar a influência da fotobiomodulação a laser na expressão e degranulação de mastócitos em lesões de MO quimioinduzidas. Trinta e seis hamsters da raça Syrian (Mesocrietus auratus) da linhagem dourada, adultos e machos, foram aleatoriamente distribuídos em três grandes grupos de acordo com o procedimento experimental a que foram submetidos: Mucosite sem tratamento (M), Mucosite com Laser Vermelho (LV) (GaAlAs, λ660nm, 40mW, 0,04cm2 , t=30s, D=1.2J/cm2, Twin Flex Evolution, MMoptics®, São Carlos, SP) e Mucosite com Laser Infravermelho (LI) (GaAlAs, λ780nm, 40mW, 0,04cm2 , t=30s, D=1.2J/cm2, Twin Flex Evolution, MMoptics®, São Carlos, SP). Os grupos foram subdivididos em 3 subgrupos de acordo com o tempo de morte dos animais: grupos de 7, 11 e 15 dias (M-7, M-11, M-15, LV-7, LV-11, LV15, LI-7, LI-11 e LI-15). As lesões de MO foram provocadas através da confecção de ranhuras na bolsa jugal direita de cada animal e, imediatamente após o procedimento, foram submetidas à irradiação, que se repetiu a cada 48 horas, até a morte dos animais. Os espécimes foram processados e corados usando as técnicas de Hematoxilina-eosina e Azul de Toluidina. Os resultados demonstraram que entre os grupos irradiados, o LV-7 apresentou maior média de expressão de mastócitos (38,28 ± 19,05) (p<0,001). Quanto à degranulação, o grupo com maior quantidade de campos com mais de 50% de mastócitos degranulados foi o M-11 (p<0,001) e, dentre os irradiados, o LV-11 (p=0,008). A irradiação com laser, em ambos os comprimentos de onda, diminuiu o percentual de degranulação dos mastócitos. O grupo irradiado com laser infravermelho revelou menor expressão de mastócitos e menor percentual de mastócitos em degranulação. Observou-se predomínio de inflamação crônica discreta. De modo geral, não foi possível observar importante expressão de mastócitos degranulados nos grupos irradiados, o que sugere que a luz laser pode acelerar o processo inflamatório e aviltra uma análise futura em grupos com menor tempo experimental.


  • Mostrar Abstract
  • Oral mucositis (OM) is one of the most common acute complications of cancer therapy, caused by the cytotoxic effects of head and neck chemotherapy or radiotherapy. It has been suggested that the effect of laser photobiomodulation on microcirculation occurs due to stimulation of mast cell degranulation and consequent increase in cell permeability, as these cells produce and release a wide range of chemical mediators associated with different biological processes. The aim this study was to evaluate the influence of laser photobiomodulation on mast cell expression and degranulation in chemoinduced oral mucositis lesions. Thirty-six Syrian hamsters (Mesocrietus auratus) of the golden lineage, adult and male, were randomly assigned to four large groups according to the experimental procedure: Untreated Mucositis (M), Mucosite with Red Laser (LV) (GaAlAs, λ660nm, 40mW, 0.04cm2, t = 30s, D = 2.4J / cm2, Twin Flex Evolution, MMoptics®, São Carlos, SP) and Infrared Laser Mucositis (LI) λ780nm, 40mW, 0.04cm2, t = 30s, D = 2.4J / cm2, Twin Flex Evolution, MMoptics®, São Carlos, SP). The groups were subdivided into 3 subgroups according to the time of death of the animals: 7, 11 and 15 day groups (M-7, M-11, M-15, LV-7, LV -11, LV-15, LI-7, LI11, and LI-15). OM injuries were caused by making grooves in the right cheek pouch of each animal and, immediately after the procedure, they were subjected to irradiation, which was repeated every 48 hours, until the animals died. The specimens were processed and stained using Hematoxylin-eosin and Toluidine Blue techniques. The results showed that among the irradiated groups, LV-7 presented the highest mean mast cell expression (38.28 ± 19.05) (p <0.001). Regarding degranulation, the group with the largest number of fields with more than 50% of degranulated mast cells was M-11 (p <0.001) and, among the irradiated ones, LV-11 (p = 0.008). Laser irradiation at both wavelengths decreased the percentage of mast cell degranulation. The group irradiated with infrared laser showed lower expression of mast cells and lower percentage of mast cells in degranulation. There was a predominance of mild chronic inflammation. In general, it was not possible to observe significant expression of degranulated mast cells in the irradiated groups, which suggests that laser light may accelerate the inflammatory process and proposes future analysis in groups with shorter experimental time.

6
  • ANA CAROLINA LEMOS PIMENTEL
  • ESTUDO HISTOMORFOLÓGICO DA GLÂNDULA SUBMANDIBULAR DE RATOS HIPOTIREOIDIANOS APÓS OBSTRUÇÃO DE DUCTO EXCRETOR SOB EFEITO DE FOTOTERAPIA A LASER

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MARCIO TEIXEIRA MARCHIONNI
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • Data: 17/01/2020

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo é avaliar as alterações histomorfológicas das glândulas submandibulares de ratos hipotireoideanos submetidos à obstrução do ducto excretor e à fototerapia a laser. Foram utilizados 56 ratos machos Wistar (250 a 300 g), divididos em oito grupos, separados de acordo com o procedimento cirúrgico: grupos eutireoidianos (EU) e grupos hipotireoidianos (HIPO) com e sem irradiação a laser e com tempo de morte em 24h e 72h após a obstrução do ducto excretor da glândula submandibular (GSM) esquerda. Cada grupo foi dividido em não irradiado e irradiado a laser (GaAlAs), 808nm, 40mw, 4,8cm2 /sessão. Após 24h e 72h da obstrução, foram analisados o peso das GSM e os ácinos mucosos e serosos quanto a: grau de atrofia de células acinares; edema da glândula salivar; grau de fibrose glandular; e intensidade do infiltrado inflamatório. As comparações intra e inter grupos foram realizadas por métodos de Wilcoxon, Mann-Whitney e Teste Exato de Fisher. Os resultados encontrados evidenciaram que o hipotireoidismo causou atrofia glandular, com diminuição do peso e volume glandular. A obstrução do ducto excretor da GSM esquerda (GSME) provocou um quadro de sialoadenite com atrofia expressiva do parênquima glandular e perda progressiva e gradual das unidades secretoras. Nos períodos de 24h e 72h, a aplicação do laser de baixa potência (LBP) modulou o processo inflamatório, diminuindo o peso relativo das GSME dos grupos HIPO irradiados, comparados a seus controles EU irradiados e HIPO não irradiados, respectivamente. Desta forma, concluímos que o LBP modula o processo inflamatório no grupo HIPO. Entretanto, a obstrução glandular é causa dependente; logo, se não removermos a causa, não teremos regressão total do processo inflamatório e restabelecimento da morfologia glandular normal. Estudos adicionais são necessários para melhor compreensão do efeito do LBP sobre as alterações histomorfológicas em outros períodos de avaliação, a fim de determinar um protocolo terapêutico em pacientes com hipotireoidismo e processos obstrutivos glandulares.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study is to evaluate the histomorphological changes of the submandibular glands of hypothyroid rats, excretory duct obstruction and LASER phototherapy. We used 56 male Wistar rats (250 to 300 g), divided into 08 groups, separated according to the surgical procedure: euthyroid groups (EU) and hypothyroid groups (HIPO) with and without LASER irradiation and with a 24 or 72 hour death time, after obstruction of the left submandibular excretory duct (LSMG). Each groups were divided in irradiated and nonirradiated with LASER (GaAlAs), 808nm, 40mw, 4.8cm2 / session. After 24h and 72h of obstruction were analyze SMG weight and mucosal and serous acini regarding: degree of acinar cell atrophy; salivary gland edema; degree of glandular fibrosis; and intensity of inflammatory infiltrate. Intra and intergroup comparisons were performed by Wilcoxon, Mann-Whitney and Fisher's Exact Test. The evidence found is that hypothyroidism causes glandular atrophy, with decreased weight and glandular volume. This excretory left SMG (LSMG) causes a sialoadenite with expressive glandular atrophy and progressive and gradual loss of the glandular parenchyma and the secretory units. At 24h and 72h estimates, a low-power LASER (LPL) application modulates the inflammatory process, decreases the relative weight of the HIPO irradiated LSMG groups compared to their non-irradiated EU and HIPO irradiated controls, respectively. Thus, it is concluded that the LPL module the inflammatory process in the HIPO group, however, a glandular obstruction is cause dependent, if does not remove the cause, does not reduce all the inflammatory process and the restoration of normal glandular morphology. Further studies are necessary to better understand the effect of LPL on histomorphological changes and of application of a therapeutic protocol in patients with hypothyroidism and obstructive processes in salivary glands.

7
  • MAYARA SIMÕES BISPO
  • ANÁLISE DO DESEMPENHO DE REDE NEURAL CONVOLUCIONAL NA CLASSIFICAÇÃO AUTOMÁTICA DE IMAGENS TOMOGRÁFICAS DE QUERATOCISTOS ODONTOGÊNICOS E AMELOBLASTOMAS

  • Orientador : IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • GABRIELA BOTELHO MARTINS OLIVEIRA SOUZA
  • Data: 28/01/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Dentre as várias entidades patológicas do grupo lesões intraósseas odontogênicas benignas, confere-se destaque ao queratocisto odontogênico e ao ameloblastoma em razão de suas altas taxas de prevalência e similaridade nas características radiográficas, que tornam desafiador o diagnóstico diferencial entre elas. Nesse contexto, as Redes Neurais Convolucionais (Convolutional Neural Networks - CNNs), uma das vertentes da Inteligência Artificial, podem sugerir diagnóstico de lesões com alta precisão e rapidez ao aprender com padrões reconhecidos nas imagens de maneira supervisionada. Objetivo: analisar o desempenho da classificação automática de queratocistos odontogênicos e ameloblastomas, a partir de imagens de Tomografia Computadorizada de Multidetectores (TCMD) através do uso de um modelo de CNN. Metodologia: Para a construção do dataset foram selecionados exames por TCMD de pacientes portadores de ameloblastomas convencionais (n=22) e queratocistos odontogênicos (n=18) com laudo anatomopatológico conclusivo. As imagens tomográficas axiais foram segmentadas manualmente por um examinador experiente e submetidas a algoritmos de incremento de base, totalizando 2000 imagens. Para estimativa de acurácia do modelo CNN GooglLe Inception v.3 como classificador binário foi utilizado o método de validação cruzada k-fold, com k = 5. Resultados: Os valores de acurácia e desvio padrão (%) da validação cruzada para as cinco iterações realizadas foram de 90,16±0,95, 91,37±0,57, 91,62±0,19, 92,48±0,16 e 91,21±0,87, respectivamente. Conclusão: O modelo de CNN GoogLe Inception v.3 demonstrou resultados positivos para classificação de imagens tomográficas de queratocistos odontogênicos e ameloblastomas.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Among the various pathological entities in the group benign odontogenic intraosseous lesions, odontogenic keratocyst and ameloblastoma are highlighted due to their high prevalence rates and similarity in radiographic characteristics, which make the differential diagnosis between them challenging. In this context, the Convolutional Neural Networks (CNNs), one of the strands of Artificial Intelligence, can suggest diagnosis of injuries with high precision and speed when learning from patterns recognized in the images in a supervised manner. Objective: to analyze the performance of the automatic classification of odontogenic keratocysts and ameloblastomas, using Multidetector Computed Tomography (MDCT) images using a CNN model. Methodology: For the construction of the dataset, MDCT examinations of patients with conventional ameloblastomas (n = 22) and odontogenic keratocysts (n = 18) with conclusive anatomopathological report were selected. The axial tomographic images were manually segmented by an experienced examiner and subjected to basic incremental algorithms, totaling 2000 images. To estimate the accuracy of the CNN GooglLe Inception v.3 model as a binary classifier, the k-fold cross-validation method was used, with k = 5. Results: The values of accuracy and standard deviation (%) of the cross-validation for the five iterations performed were 90.16 ± 0.95, 91.37 ± 0.57, 91.62 ± 0.19, 92.48 ± 0.16 and 91.21 ± 0.87, respectively. Conclusion: The CNN GoogLe Inception v.3 model showed positive results for the classification of odontogenic keratocysts and ameloblastomas tomographic images.

8
  • LARISSA ABBEHUSEN COUTO DE CARVALHO
  • CISTOS ODONTOGÊNICOS DO DESENVOLVIMENTO: PERFIL CLINICOPATOLOGICO E IMUNOEXPRESSÃO DE MARCADORES DE CÉLULAS TRONCO MULTIPOTENTES EM UMA POPULAÇÃO BRASILEIRA

  • Orientador : AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • ALENA RIBEIRO ALVES PEIXOTO MEDRADO
  • FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • Data: 14/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Os cistos odontogênicos (COs) do desenvolvimento constituem lesões frequentes que acometem o complexo maxilo-mandibular, possuem etiologia intimamente relacionada aos remanescentes da odontogênese, os quais são ricos em células-tronco (CT) multipotentes. A presença e atuação das células-tronco neste grupo de lesões não é clara, porém acredita-se que suas características e propriedades permitam a grande variação morfológica e comportamental exibida nos COs do desenvolvimento. Objetivo: Determinar o perfil clinicopatologico e de imunoexpressão de marcadores de células-tronco multipotentes, CD44 e CD90, em COs do desenvolvimento de uma população brasileira. Metodologia: Foram avaliados 150 casos de COs do desenvolvimento, sendo 74 queratocistos odontogênicos (QO), 59 cistos dentígeros (CD), 7 cistos odontogênicos calcificantes (COC), 4 cistos gengivais do adulto (CGA), 3 cistos odontogênicos glandulares (COG) e 1 caso para os demais, cisto periodontal lateral (CPL), cisto odontogênico botrioide (COB) e o cisto odontogenico ortoqueratinizado (COO). Dados referentes à idade e sexo dos pacientes, bem como localização e tamanho da lesão, além do tipo de biópsia foram obtidos das fichas de requisição do anatomopatológico. Cortes parafinados foram obtidos de 20 casos de QO, 7 de CD, 7 de COG, 4 de COC, 2 de CGA, 1 de CPL, 1 de COB e 1 de COO e submetidos à imunoistoquímica pela técnica da imunoperoxidase para os anticorpos anti-CD44 e anti-CD90. Resultado: Dos 150 casos de COs do desenvolvimento, o QO (49,3%, 74) e o CD (39,3%, 59) foram os mais frequentes (p=0,001). A média de idade encontrada foi de 32 anos, sem predileção por sexo e o sítio de maior ocorrência foi a mandíbula posterior, com o QO, COC e COG exibindo os maiores tamanhos. As proteínas estudadas CD44 e CD90 mostraram positividade tanto no componente epitelial como na cápsula. O CD44 exibiu padrão similar no epitélio e cápsula, onde o QO apresentou maior positividade, seguido pelo CD, e COG (p=0,000). Para o CD90, o componente epitelial não demonstrou diferença estatisticamente significativa, porém para a cápsula o QO também demonstrou os maiores escores, seguido pelo COC e CD (p=0,000). Ao separar as lesões em agressivas e indolentes, o CD44 exibiu maior positividade para as lesões agressivas no epitélio (p=0,007) e na cápsula houve uma tendência para as lesões agressivas, mas sem diferença estatística. O CD90, novamente não demonstrou diferença estatística no epitélio, mas a cápsula demonstrou expressão superior para os cistos agressivos (p=0,006). Conclusão: A imunopositividade do CD44 e CD90 indicam que as CTs multipotentes podem participar da histogênese e patogênese, além de possivelmente influenciar o comportamento biológico deste grupo de lesões.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Developmental odontogenic cysts (OCs) are frequent lesions that affect the maxillo-mandibular complex, their etiology is closely related to the remaining odontogenesis, which are rich in multipotent stem cells (SC). The presence and performance of stem cells in this group of lesions is not clear, but it is believed that their characteristics and properties allow the great morphological and behavioral variation exhibited in the developmental OCs. Objective: To determine the clinicopathological and immunoexpression profile of multipotent stem cell markers, CD44 and CD90, in OCs of the development of a Brazilian population. Methodology: 150 cases of developmental OCs were evaluated, being 74 keratocysts odontogenic (KO), 59 dentigerous cysts (DC), 7 calcifying odontogenic cysts (COC), 4 adult gingival cysts (AGC), 3 glandular odontogenic cysts (GOC) and 1 case for the others, lateral periodontal cyst (LPC), botryoid odontogenic cyst (BOC), orthokeratinized odontogenic cyst (OOC). Data regarding the age and sex of the patients, as well as the location and size of the lesion, as well as the type of biopsy were obtained from the anatomopathological requisition forms. Paraffin sections were obtained from 20 cases of KO, 7 of DC, 7 of GOC, 4 of COC, 2 of AGC, 1 of LPC, 1 of BOC and 1 of OOC and subjected to immunohistochemistry using the immunoperoxidase technique for antiCD44 and anti-CD90. Result: Of the 150 cases of developmental OCs, KO (49.3%, 74) and DC (39.3%, 59) were the most frequent (p = 0.001). The average age found was 32 years old, with no predilection for sex and the most frequent site was the posterior mandible, with KO, COC and GOC showing the largest sizes. The studied proteins CD44 and CD90 showed positivity both in the epithelial component and in the capsule. CD44 showed a similar pattern in the epithelium and capsule, where KO was more positive, followed by DC, and GOC (p = 0.000). For CD90, the epithelial component showed no statistically significant difference, but for the capsule, KO also showed the highest scores, followed by COC and DC (p = 0.000). By separating the lesions into aggressive and indolent ones, the CD44 showed greater positivity for aggressive lesions in the epithelium (p = 0.007) and in the capsule there was a tendency towards aggressive lesions, but without statistical difference. The CD90, again, showed no statistical difference in the epithelium, but the capsule showed superior expression for aggressive cysts (p = 0.006). Conclusion: The immunopositivity of CD44 and CD90 indicates that multipotent CTs can participate in histogenesis and pathogenesis, in addition to possibly influencing the biological behavior of this group of lesions.

9
  • CAIO CEZAR REBOUÇAS E CERQUEIRA
  • EPIDEMIOLOGIA DO TRAUMA DE FACE NA REGIÃO METROPOLITANA DE FEIRA DE SANTANA – BA, 2015 A 2018

  • Orientador : MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MARIA ISABEL PEREIRA VIANNA
  • JORGE ANTONIO FERREIRA MARQUES
  • Data: 27/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • Os traumatismos das mais diversas etiologias são uma das grandes causas de
    internamentos hospitalares e óbitos em todo país, constituindo um grave
    problema de saúde pública. Destes, os traumas de face merecem destaque
    devido às repercussões estéticas e funcionais que acarretam ao paciente.
    Desenvolveu-se, então um estudo transversal a partir de dados secundários do
    trauma de face em Feira de Santana e região metropolitana no período de
    2015 a 2018, bem como realizou análise comparativa da etiologia do trauma de
    acordo com a natureza do serviço, se público ou privado. Foram fontes de
    informação os prontuários dos centros de referência em Cirurgia
    Bucomaxilofacial no setor público e no setor privado da região. Realizou-se a
    tabulação eletrônica dos dados e análise descritiva das variáveis de interesse.
    Analisou-se um total de 360 prontuários, 153 oriundos do serviço público e 207
    do privado. No serviço púbico a etiologia mais prevalente foram os acidentes
    motociclísticos com 44,76% dos casos, seguido por número expressivo de
    ferimentos por armas de fogo 18,09%. No serviço privado os acidentes com
    automóveis ocuparam o topo com 20,52% dos casos, seguidos das quedas da
    própria altura com 20% e os acidentes motociclísticos com 19,47% dos casos.
    Quanto ao tipo de fratura, as fraturas mandibulares somaram 46,25% no
    serviço público, já no serviço privado as fraturas zigomáticas foram o destaque
    com 24,89%. Puderam-se encontrar diferenças na etiologia do trauma
    comparando-se os sistemas público e privado. O perfil da gravidade e
    localização das fraturas também se mostrou distinto, o que pode sugerir uma
    associação entre condição socioeconômica e a morbidade das fraturas faciais.
    A violência ocupou lugar de destaque frente aos acidentes de trânsito que
    outrora se destacavam isolados, apresentando maior demanda de ações
    públicas neste sentido.


  • Mostrar Abstract
  • The trauma due the most variable etiologies is responsible for most of hospitalizations and deaths all over the country, emerging as a major problem of public health. Among them, the facial trauma deserves a highlight, once it has dramatic aesthetic and functional repercussions for the patient. Therefore was developed a cross-sectional study based on secondary data of facial trauma at Feira de Santana – BA and metropolitan region from 2015 to 2018, as well, were compared the different etiological pattern between public and private services. The data sources were the regional reference institutions on Maxillofacial Surgery, at the public and private service. At last data were electronically tabulated and a descriptive analysis was carried. A total of 360 files were collected, 153 from the public sector and 207 from the private institutions. At the public service the most prevalent etiology were the motorcycle accidents with 44.76% of cases, followed by an expressive amount of gunshot wounds 18.09%. On the other side, at private sector, the car accident was at the top with 20.52% of cases, followed closer by falls from own high with 20%. The motorcycle accidents came only at the third position with 19.47%. When talking about the fracture type, the mandible fractures amounted 46.25% at the public hospital, on the other hand, the zygoma fractures were prominent with 24.89%. Sensible differences were found at the trauma etiology when comparing the two sectors. The severity of injuries and the fractures location also presented distinct pattern, which can suggest a relation between social and economic status and facial fractures morbidity. The study revealed as well, how the violence has taken a highlight place on facial trauma epidemiology, once the traffic accidents used to be isolated as the main cause. This elucidates the demand for public actions on this regard.

10
  • CAROLINE LOUISE SAMPAIO PINHEIRO
  • Caracterização da Microbiota Bucal e Traqueal de Pacientes Pediátricos e Adolescentes em Unidade de Terapia Intensiva

  • Orientador : ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • ALESSANDRA CASTRO ALVES
  • VIVIANE PALMEIRA DA SILVA
  • Data: 02/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • Pacientes hospitalizados tornam-se predispostos à colonização oral por microrganismos comuns ao trato respiratório, de alta virulência e resistência a agentes antimicrobianos que podem predispor à Infecções Respiratórias, sendo a mais comum a Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica (PAV). A literatura acerca desta relação em adultos é vasta, porém pouco ainda se sabe sobre a problemática na população pediátrica. O objetivo deste estudo foi caracterizar a microbiota bucal e traqueal em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica.O estudo foi realizado com pacientes de 05 meses até 13 anos de idade, internados na unidade fechada de um Hospital de Referência. Foram coletadas 02 amostras microbiológicas em região posterior de língua por meio de swab em todos pacientes selecionados durante as primeiras 24 e 48 horas após internamento em UTI, em ventilação mecânica e espontânea.Dentre as crianças em ventilação mecânica também foram colhidas secreção traqueal durante a coleta das 48 horas. Além disso, foi avaliado a experiência de cárie através dos índices CPO-D e ceo-d, e a qualidade da higiene mensurada através do IPV. Aplicou-se questionário com questões sobre os hábitos relacionados a higiene bucal e questões socioeconômicas. A amostra final foi de 35 pacientes , com uma média de idade de 5,02 anos ( DP= 4,22). O índice de CPOD,ceo-d foi 1,66 (DP= 2,18) e a média do índice de placa 43,03 (DP= 36,93). Os microrganismos mais isolados em ambos momentos da coleta e tipos de ventilação foram a Klebisiella pneumoniae (15%) e Enterobacter clocae complex (12%). A mesma espécie bacteriana persistiu em ambas coletas orais em 20% dos pacientes. Foi encontrada diferença estatisticamente significativa entre estar sob ventilação mecânica e modificações da microbiota bucal (p<0,05). Não houve relação entre IPV e CPOD/ceod e alterações microbiológicas orais. Entretanto , houve um decréscimo no numero de escovação após as crianças darem entrada na UTI. Um total de 48,6% dos pacientes nunca consultaram com um cirurgião-dentista Dentre aqueles que já passaram por assistência odontológica, 88,3% foi por meio do SUS. Através dos resultados obtidos é possível perceber que crianças hospitalizadas em UTI, independentemente do tipo de ventilação em que estão submetidas, estão susceptíveis à colonização por patógenos respiratórios e oportunistas desde as primeiras horas de internamento, e por isso a necessidade do cuidado com a higiene bucal desde o início da hospitalização.


  • Mostrar Abstract
  • Hospitalized patients become predisposed to oral colonization by microorganisms common to the respiratory tract, highly virulent and resistant to antimicrobial agents that can predispose to Respiratory Infections, the most common being Pneumonia Associated with Mechanical Ventilation (VAP).The literature on adults about the subject is vast, but little is known about the problem in the pediatric population. The aim of this study wa to characterize the oral and tracheal microbiota in patients admitted to the Pediatric Intensive Care Unit. The study was carried out with children from 05 month-old to 13 years-old admitted to the closed unit of a Reference Hospital. Two microbiological samples were collected in the posterior region of the tongue by means of swabs in all selected patients during the first 24 after admission to the ICU and 48 hours later. Among children on mechanical ventilation, tracheal secretion was also collected. In addition, the caries experience was evaluated using the DMFT and dmft indexes, and the quality of hygiene measured using the visible plaque index. A questionnaire about habits related to oral hygiene and socioeconomic issues was applied. The final sample consisted of 35 patients, with an average age of 5.02 years (SD = 4.22). The DMFT, dmft index was 1.66 (SD = 2.18) and the mean plaque index was 43.03 (SD = 36.93). The most isolated microorganisms at both times of collection and types of ventilation were Klebisiella pneumoniae (15%) and Enterobacter clocae complex (12%). The same bacterial species persisted in both oral collections in 20% of patients. A significant statistical difference was found between being on mechanical ventilation and changes in the oral microbiota (p <0.05).There was no relationship between visible plaque index and DMFT / dmft and oral microbiological changes. However, there was a decrease in the number of brushings after the children were admitted to the ICU. A total of 48.6% of patients never consulted a dentist. Among those who have undergone dental care, 88.3% were through SUS. Through the results obtained, it is possible to see that children hospitalized in the ICU, regardless of the type of ventilation they are submitted to, are susceptible to colonization by respiratory and opportunistic pathogens from the first hours of hospitalization, therefore, care in oral hygiene from the beginning of hospitalization is essencial.

11
  • RENAN FERREIRA TRINDADE
  • AVALIAÇÃO HISTOLÓGICA DO EFEITO DA FOTOBIOMODULAÇÃO LED NA RESPOSTA DO TECIDO ÓSSEO DE RATOS A DIFERENTES CIMENTOS BIOCERÂMICOS

  • Orientador : FABIOLA BASTOS DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABIOLA BASTOS DE CARVALHO
  • LUIS CARDOSO RASQUIN
  • VIVIANE PALMEIRA DA SILVA
  • Data: 04/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • Diversos materiais promissores para o reparo tecidual em endodontia tem emergido nos últimos anos. Dentre esses materiais destacam-se os cimentos biocerâmicos à base de silicato de cálcio, que tem demostrado boa capacidade de indução de mineralização. A fotobiomodulação LED é uma modalidade terapêutica que, tem proporcionado diversos benefícios principalmente em tecidos ósseos danificados. Desta forma, o objetivo desse estudo foi avaliar histologicamente os efeitos da fotobiomodulação LED na resposta do tecido ósseo de ratos após a implantação dos cimentos endodônticos biocerâmicos BioMTA e Biodentine. Para isso, 26 ratos foram submetidos à cirurgia para confecção de um defeito ósseo no fêmur esquerdo. Após a confecção do defeito, os animais foram divididos em 06 grupos (GC - coágulo; e GCLED – coágulo + LED; GMTA - BioMTA; GMTALED - BioMTA + LED; GBIO - Biodentine; GBIOLED - Biodentine + LED). A fotobiomodulação LED foi realizada imediatamente após o procedimento cirúrgico, e a cada 48 horas por 15 dias. Os animais foram mortos 15 dias após a cirurgia. A peça cirúrgica removida foi encaminhada para análise histológica, em microscopia de luz. Os resultados evidenciaram que o GMTA apresentou intensa neoformação óssea, semelhante ao GC (p > 0,05) e quando associado a fotobiomodulação a LED (GMTALED), houve redução do infiltrado inflamatório e aumento da pavimentação osteoblástica (p < 0,05). O Biodentine quando associado a fotobiomodulação a LED, apresentou aumento da neoformação óssea e redução da reação de corpo estranho, em relação ao GBIO (p < 0,05). A fotobiomodulação a LED, sem os cimentos, apresentou efeito negativo no reparo ósseo, causando aumento da fibrose e aumento da reabsorção óssea (p < 0,05). Pode-se concluir que o cimento BioMTA foi superior ao Biodentine, na neoformação óssea e que a fotobiomodulação a LED foi eficaz no reparo ósseo somente quando associada ao cimento biocerâmicos Biodentine.


  • Mostrar Abstract
  • Several materials promised for the technical repair in endodontics emerged in recent years. Other outstanding materials - calcium bioceramics based on calcium silicon, which demonstrate good mineralization induction capacity. LED photobiomodulation is a therapeutic form that offers several benefits mainly on damaged tissues. Thus, the aim of this study was to histologically evaluate the effects of LED photodiomodulation on the bone tissue response of rats after implantation of BioMTA and Biodentine bioceramic endodontic cements. For this, 26 rats were submitted to surgery to make a bone defect in the left femur of each rat. After making the bone defect, the animals were divided into 06 groups (GMTA - BioMTA; GMTALED - BioMTA + LED; GBIO - Biodentine; GBIOLED - Biodentine + LED; GC - Coágulo; e GCLED – coágulo + LED). A photobiomodulation LED was performed after the surgical procedure and every 48 hours for 15 days. The animals were killed 15 days after surgery. A removed surgical specimen was sent for historical analysis, under light microscopy. The results showed that GMTA showed intense bone neoformation, similar to GC (p> 0.05) and when associated with LED photobiomodulation (GMTALED), there was a reduction in the inflammatory infiltrate and an increase in osteoblastic paving (p <0.05). When associated with LED photobiomodulation, Biodentine showed an increase in bone neoformation and a reduction in the foreign body reaction, in relation to GBIO (p <0.05). The LED photobiomodulation, without cement, had a negative effect on bone repair, causing increased fibrosis and increased bone resorption (p <0.05). It can be concluded that BioMTA was superior to Biodentine in bone neoformation and LED Photobiomodulation was effective in bone repair only when associated with Biodentine bioceramic cement.

12
  • YANN VICTOR PAIVA BASTOS
  • CARACTERIZAÇÃO CLINICOPATOLÓGICA DE OSTEONECROSES DOS MAXILARES POR MEDICAMENTOS E ASSOCIADAS A DISPLASIA CEMENTO-ÓSSEA FLORIDA: UMA SÉRIE DE CASOS

     

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • SONIA MARIA SOARES FERREIRA
  • Data: 10/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • O aumento no número de casos de osteonecrose dos maxilares trouxe mais destaque a esse tipo de patologias nos últimos anos. A osteonecrose por medicamento (OPM) é uma consequência comum principalmente quanto aos fármacos da categoria dos bisfosfonatos, denosumabe e os antiangiogênicos. Descrita pela primeira vez em 1976 a displasia cemento-óssea florida (DCOF) é uma lesão rara presente na mandíbula, normalmente assintomática, de etiologia incerta e normalmente diagnosticada por radiografias de rotina, a qual tem a osteonecrose como uma das suas complicações. A fim de contribuir para um melhor conhecimento do perfil biológico destas lesões o objetivo do presente estudo foi caracterizar clinicopatologicamente utilizando colorações de H&E, Grocott-Gomori e PAS além de análise de fluorescência e luz polarizada em uma série de 44 casos de osteonecrose dos maxilares de diferentes origens, 22 de OMPM e 22 DCOF, diagnosticados no serviço de patologia cirúrgica da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia e no Centro Clínico de Cabeça e Pescoço, Cidade da Guatemala, Guatemala, dentre os anos de 2002 a 2019. Ambas as lesões necróticas acometeram a mandíbula com maior frequência (p=0,03; Pearson) e indivíduos após a quinta década de vida (p=0,04, T de Student). Mulheres (88,63%) e indivíduos não-brancos (40,9%) foram mais acometidos pela lesão. Histopatologicamente apresentaram reabsorção óssea superficial em “taça” em 100% dos casos, tendo uma associação inversa nos casos de OPM, onde, quanto maior presença de reabsorção menor a presença de aumento de volume (p=0, Fisher). A osteomielite esteve presente em 82% dos casos, tendo sua presença associada à presença de reabsorção óssea (p=0.049, Pearson). A presença de colônias bacterianas para OPM e DCOF foi de 90,91% e 100% respectivamente, tendo associação relevante para ambas as necroses (p=0,05, Pearson). Grãos actinomicóticos estavam presentes em ambas as patologias, bem como Candida albicans. Linhas basofílicas “grosseiras” em ambas as patologias (p=0,03, Pearson), já as “não grosseiras” obtiveram associação a colônias bacterianas moderadas (p=0,04, Fisher). As diferenças entre as médias da espessura das trabéculas ósseas da OPM e DCOF mostrou-se um diferencial entre as patologias (p=0,05; T de student). Esse estudo contribui com o conhecimento de ambas as necrose ósseas, categorizando achados clinicopatológicos que possam no futuro, facilitar o diagnóstico, suas diferenciações e o entendimento da etiopatogenia de ambas as lesões osteonecroticas


  • Mostrar Abstract
  • The increase in the number of cases of osteonecrosis of the jaws has brought more emphasis to this type of pathologies in recent years. medication-related osteonecrosis of the jaws (MRONJ) is a common consequence mainly in the drugs of the bisphosphonates, denosumab and antiangiogenics category. First described in 1976, florid cemento-osseous dysplasia (FCOD) is a rare lesion present in the mandible, usually asymptomatic, of uncertain etiology and usually diagnosed by routine radiographs, which has osteonecrosis as one of its complications. In order to contribute to a better knowledge of the biological profile of these lesions, the objective of the present study was to characterize clinically and pathologically using H&E, GrocottGomori and PAS stains in addition to fluorescence and polarized light analysis in a series of 44 cases of osteonecrosis of the jaws of different origins, 22 of OMPM and 22 DCOF, diagnosed in the surgical pathology service of the School of Dentistry of the Federal University of Bahia and in the Clinical Center of Head and Neck, Guatemala City, Guatemala, from 2002 to 2019. Both necrotic lesions affected the mandible more frequently (p=0.03, Pearson) and individuals after the fifth decade of life (p=0.04, Student's T). Women (88.63%) and non-white individuals (40.9%) were more affected by the lesion. Histopathologically, they presented superficial bone resorption in "cup" in 100% of the cases, with an inverse association in PMO cases, where, the higher the presence of resorption, the lower the presence of volume increase (p=0, Fisher). Osteomyelitis was present in 82% of the cases, having its presence associated to the presence of bone resorption (p=0.049, Pearson). The presence of bacterial colonies for OPM and DCOF was 90.91% and 100% respectively, with a relevant association for both necrosis (p=0.05, Pearson). Actinomychotic grains were present in both pathologies, as well as Candida albicans. Basophilic "coarse" lines in both pathologies (p=0.03, Pearson), already the "coarse" ones obtained association to moderate bacterial colonies (p=0.04, Fisher). The differences between the mean thickness of bone trabeculae of OPM and DCOF showed a differential between the pathologies (p=0.05, T for student). This study contributes to the knowledge of both bone necrosis, categorizing clinicopathological findings that may in the future facilitate diagnosis, differentiation and understandingof  the etiopathogeny of both osteonecrotic lesion.

13
  • CAMILLA PALMEIRA ESTEVES
  • CARACTERIZAÇÃO DE PROPRIEDADES FÍSICAS E CELULARES DE MEMBRANAS DE L-PRFs PRODUZIDAS POR DIFERENTES CENTRÍFUGAS/ PROTOCOLOS DE CENTRIFUGAÇÃO

  • Orientador : LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE CARLOS DE FREITAS
  • JORGE MOREIRA PINTO FILHO
  • LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • Data: 16/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A Fibrina Rica em Plaquetas e Leucócitos, do inglês Leukocyte and Platelet-Rich Fibrin (L-PRF) tem sido utilizada como reguladora do processo cicatricial por ser importante fonte de citocinas e fatores de crescimento. O L-PRF é um produto autólogo oriundo da centrifugação de amostras sanguíneas. O sucesso da técnica está intrinsecamente relacionado aos protocolos de processamento do sangue coletado e do tipo de centrífuga utilizada. Este estudo teve como objetivo avaliar comparativamente macro e microscopicamente pela técnica da hematoxilina/eosina (H/E) a formação da membrana/ coágulo de L-PRF em dois modelos diferentes de centrífugas, a Intra Spin -Intra-Lock e a centrífuga Montserrat. Foram utilizadas 4 amostras de sangue de 8 voluntários saudáveis submetidos à cirurgia de reabilitação com implantes dentários. Dois tipos de centrífuga com diferentes protocolos de centrifugação foram utilizados. No grupo 1 da centrífuga Montserrat foram utilizadas 400g de força centrífuga por 10 minutos, 27ºC e 2700 de rpm, já no grupo 2 da centrífuga Intra Spin -Intra-Lock foram utilizadas 400g de força centrífuga por 12 minutos, 27ºC e 2700 de rpm. O sangue foi coletado rapidamente e distribuído de forma randomizada nas centrífugas. Ao final foram obtidos 32 L-PRFs coágulos/ membranas. Em seguida, as peças foram registradas e encaminhadas para análise macroscópica, das variáveis de pesos e tamanhos dos coágulos/membranas de L-PRFs e peso do sobrenadante/coágulo de glóbulos vermelhos remanescentes nos tubos. Em seguida, os espécimes foram processados para a técnica histológica de rotina (H/E). Cada lâmina foi dividida em três áreas de tamanho igual: Proximal (Cabeça e Face), Centro (Corpo) e Distal (Cauda) e analisadas semi-quantitativamente para a presença de leucócitos. Os resultados demonstraram que as membranas produzidas na centrífuga Intra Spin - IntraLock apresentam presença de leucócitos em pelo menos 2 áreas concomitantemente (62,5%) (p= 0,003). Em relação a intensidade de leucócitos (p=0,012), porcentagem de leucócitos (p=0,037), distribuição de leucócitos (p=0,005) e localização de leucócitos (p=0,037) ambas foram estatisticamente maiores na áreas centrais das membranas de L-PRFs produzidas na centrífuga Intra Spin -Intra-Lock quando comparadas as áreas centrais das produzidas na

    Montserrat. No que se refere as características macroscópicas, em nenhum dos L-PRFs produzidas pelas duas centrífugas foram encontradas diferenças estatisticamente relevantes. Sugere-se então que os diferentes protocolos influenciam na presença e distribuição dos leucócitos entre as membranas de LPRFs. Novos estudos devem ser realizados para ampliar essa caracterização.

     


  • Mostrar Abstract
  • Leukocyte and Platelet-Rich Fibrin (L-PRF) has been used as a regulator of the healing process because it is an important source of cytokines and growth factors. L-PRF is an autologous product from the centrifugation of blood samples. The success of the technique is intrinsically related to the blood processing protocols collected and the type of used centrifuge. This study aimed to evaluate, comparatively macro and microscopically using the hematoxylin/eosin (H/E) technique, the formation of the L-PRF membrane/clot in two different models of centrifuges, the Intra-Spin - Intra-Lock and the Montserrat centrifuge. Four blood samples were used from 8 healthy volunteers who underwent rehabilitation surgery with dental implants. Two types of centrifuge with different centrifugation protocols were used. In group 1 of the Montserrat centrifuge, 400gm of centrifugal force at 10 minutes, 27ºC and 2700 rpm were used, while in group 2 of the IntraSpin  Intra-Lock centrifuge, 400g of centrifugal force at 12 minutes, 27ºC and 2700 rpm were used. The blood was collected quickly and randomly distributed in the centrifuges. At the end, 32 clot/membrane L-PRFs were obtained. Then, the pieces were registered and sent for macroscopic analysis, of the variables of weights and sizes of clots/membranes of L-PRFs and weight of the supernatant/clot of red blood cells remaining in the tubes. Then, the specimens were processed for routine histological technique (H/E). Each slide was divided into three areas of equal size: Proximal (Head and Face), Center (Body) and Distal (Tail), andw was analyzed semiquantitatively for the presence of leukocytes. The results demonstrate that the membranes produced in the IntraSpin - Intra-Lock centrifuge present leukocytes in, at least, 2 areas simultaneously (62.5%) (p = 0.003). Regarding leukocyte intensity (p = 0.012), leukocyte percentage (p = 0.037), leukocyte distribution (p = 0.005) and leukocyte location (p = 0.037), both were statistically higher in the central areas of the L- PRFs produced in the Intra-Spin - Intra-Lock centrifuge when compared to the central areas of those produced in Montserrat. With regard to macroscopic characteristics, no statistically relevant differences were found in any of the LPRFs produced by the two centrifuges. It is suggested that the different protocols influence the presence and distribution of leukocytes between the membranes of L-PRFs. New studies must be carried out to expand this characterization.

Teses
1
  • MAÍRA DIAS SAMPAIO
  • AVALIAÇÃO DA RELAÇÃO DAS RAIZES DOS DENTES SUPERIORES POSTERIORES COM O SEIO MAXILAR POR MEIO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IZABEL REGINA FISCHER RUBIRA
  • JOAO FRANK CARVALHO DANTAS DE OLIVEIRA
  • LILIANE ELZE FALCAO LINS KUSTERER
  • PATRICIA MIRANDA LEITE RIBEIRO
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 10/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de tomografia computadorizada (TC), a
    relação das raízes de pré-molares e molares superiores com o seio maxilar, bem
    como, relacionar a proximidade dessas raízes com a presença de sinusopatias. O
    estudo incluiu 200 exames de TC multidetectores da face, de pessoas adultas, nos
    quais foram analisados cortes axiais, reformatações panorâmicas e transversais da
    maxila. Nas imagens, um único avaliador analisou a proximidade doas raízes dos
    dentes com o seio maxilar, a presença de alterações sinusais, lesões cariosas e
    periapicais e condutos radiculares obturados endodonticamente. Os dados obtidos
    foram submetidos à análise descritiva e aos testes de Qui-Quadrado, para uma
    probabilidade de erro de 5%. Os resultados mostraram que houve uma maior
    frequência de raízes além da cortical do seio maxilar (1.313 raízes, 48,5%), seguida
    pela relação aquém do assoalho (811 raízes, 29,97%) e em contato com o assoalho
    do seio maxilar (582 raízes, 21,5%). Para os dentes pré-molares, a maior frequência
    foi de raízes além do assoalho do seio maxilar, e para os molares, a maior parte das
    raízes dos primeiros molares estava além do assoalho e dos segundos molares
    estavam aquém (p< 0,0001). Não foi encontrada correlação estatisticamente
    significante entre presença de lesões sinusais e dentes com uma ou mais raízes além

    do assoalho do seio maxilar (p= 0,68). Quando testada a associação entre a presença
    de sinusopatias e de alterações dentárias e periapicais, os resultados não
    apresentaram significância estatística para cárie (p= 0,22), nem para dentes com
    condutos radiculares obturados (p= 0,06), mas houve associação entre a presença de
    lesão periapical e lesão sinusal (p= 0,007). As alterações sinusais foram mais
    frequentes no sexo feminino (p= 0,002), e aumentaram com a idade neste sexo (p=
    0,0004). Pode-se concluir que existe uma alta prevalência de proximidade dos ápices
    dos dentes posteriores superiores com o assoalho do seio maxilar, mas isto não foi
    associado à ocorrência de sinusopatia.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to evaluate, by computed tomography (CT), the relationship
    between the roots of the upper premolars and upper molars with the maxillary sinus,
    as well as to relate the proximity of these roots to the presence of sinus disorders. The
    study included 200 multidetector CT scans of the adult face, in which thin axial
    sections, panoramic and transverse maxillary reformats were analyzed. In the images,
    a single evaluator analyzed the proximity of the roots of the teeth to the maxillary sinus,
    the presence of sinus changes, carious and periapical lesions and endodontically filled
    root. The data obtained were submitted to descriptive analysis and Chi-square tests,
    for a 5% probability of error. The results showed higher frequency of roots beyond the
    maxillary sinus cortex (1,313 roots, 48.5%), followed by the ratio below the cortical
    (811 roots, 29.97%) and in contact with the maxillary sinus cortex (582 roots, 21.5%).
    For the premolar teeth, the highest frequency was roots beyond the maxillary sinus
    floor, and for the molars, most first molar roots were beyond the cortical and the second
    molars were below (p <0.0001). No statistically significant correlation was found
    between the presence of sinus lesions and teeth with one or more roots beyond the
    maxillary sinus floor (p = 0.68). When the association between the presence of sinus

    disorders and dental and periapical alterations was tested, the results were not
    statistically significant for caries (p = 0.22), nor for teeth with root filled (p = 0.06), but
    there was an association statistically significant between the presence of periapical
    lesion and sinus lesion (p = 0.007). Sinus changes were more frequent in females (p
    = 0.002) and increased with age in this sex (p = 0.0004). It can be concluded that there
    is a high prevalence of proximity of the apex of the upper posterior teeth with the
    maxillary sinus but this was not associated with the occurrence of sinusopathy.

2
  • MÔNICA SENA BARRETO
  • DOSES ABSORVIDAS EM ÓRGÃOS-ALVO EM TCFC E TCMD

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IZABEL REGINA FISCHER RUBIRA
  • JOAO FRANK CARVALHO DANTAS DE OLIVEIRA
  • LILIANE ELZE FALCAO LINS KUSTERER
  • PATRICIA MIRANDA LEITE RIBEIRO
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 10/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi comparar as doses de radiação X em exames de tomografia computadorizada multidetectores (TCMD) e tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) da face. Dosímetros termoluminescentes (TLDs) foram posicionados em um simulador antropomórfico feminino para identificar as doses efetivas e doses absorvidas de órgãos-alvo da região de cabeça e pescoço, em equipamentos de TCMD de quatro, 64 e 128 canais e um equipamento de TCFC utilizando dois tipos de escaneamentos: standard e high-fidelity (Hi-Fi). Os resultados mostraram que existiu diferença estatisticamente significante das doses absorvidas entre o equipamento de TCFC nos dois tipos de protocolo, standard e Hi-Fi, e nos equipamentos de TCMD de quatro e 64 canais. As doses absorvidas variaram de 6,5 a 27,2 mGy no cristalino; 2,4 a 20,1 mGy nas vértebras cervicais; 9,5 a 30,8 mGy na parótida; 6,5 a 32,4 mGy na mandíbula; 6,9 a 65,5 mGy na glândula submandibular; 7,0 a 31,9 mGy no assoalho de boca; e de 0,9 a 26,8 mGy na glândula tireoide. Quanto à dose efetiva, todos os equipamentos de TCMD tiveram valores mais altos em relação ao equipamento TCFC no protocolo standard. Do exposto pode-se concluir que, existe diferença estatisticamente significante das doses absorvidas entre o equipamento de TCFC com protocolo Hi-Fi e os equipamentos de TCMD de quatro canais e de 64 canais, porém não foi encontrada diferença estatisticamente significativas nos três equipamentos de TCMD. Em relação à dose efetiva, todos os equipamentos de TCMD tiveram valores mais altos quando comparados ao equipamento de TCFC com protocolo standard.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to compare the doses of X-radiation in multidetector computed tomography (TCMD) and cone beam computed tomography (TCFC) exams of the face. Thermoluminescent dosimeters (TLDs) were positioned in a female anthropomorphic simulator to identify as effective doses and doses absorbed by target organs in the head and neck region, in TCMD equipment with four, 64 and 128 channels and a TCFC equipment using two types scans: standard and high fidelity (HiFi). The results show that there is a statistically significant difference in the absorbed doses between the TCFC equipment in the two types of protocol, standard and Hi-Fi, and in the TCMD equipment with four and 64 channels. As absorbed doses ranged from 6.5 to 27.2 mGy in the lens; 2.4 to 20.1 mGy in the cervical vertebrae; 9.5 to 30.8 mGy in the parotid; 6.5 to 32.4 mGy in the mandible; 6.9 to 65.5 mGy in the submandibular gland; 7.0 to 31.9 mGy on the floor of the mouth; and from 0.9 to 26.8 mGy in the thyroid gland. As for the effective dose, all TCMD equipment had higher values in relation to the TCFC equipment in the standard protocol. It can be concluded that, there is a statistically significant difference in the absorbed doses between the TCFC equipment with the Hi-Fi protocol and the four-channel and 64-channel TCMD equipment, but the statistically significant difference between the three equipment of the TCMD was not found. Regarding the effective dose, all TCMD equipment had higher values when compared to the TCFC equipment with the standard protocol.

3
  • LUCIANA LOYOLA DANTAS
  • Qualidade da imagem em diferentes protocolos e aparelhos de tomografia computadorizada de feixe cônico na avaliação de estruturas periodontais

  • Orientador : IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • LUCIANA SOARES DE ANDRADE FREITAS OLIVEIRA
  • PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • THAIS FEITOSA LEITAO DE OLIVEIRA
  • Data: 04/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo avaliar a qualidade da imagem de diferentes protocolos e aparelhos de Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) através de características de estruturas periodontais de forma subjetiva e correlacioná-la com a razão contraste-ruído (RCR), como forma objetiva de mensuração da qualidade de imagem. Foram adquiridas 13 imagens de TCFC de um crânio seco, em 6 diferentes tomógrafos (Accuitomo 3D 170- J. Morita, Kyoto, Japão, CS 9000 e CS 9300- Carestream Dental, Trophy, França, Eagle 3D- Dabi Atlante, Ribeirão Preto, Brasil, i-CAT ClassicImaging Sciences International, Pensilvânia, EUA e Orthophos XG 3D- Sirona Dental System, Charlote, EUA), e então avaliadas por três radiologistas. As imagens foram interpretadas através de reconstruções multiplanares no software CS Dental Imaging 3D module versão v3.5.7 (Carestream Health, Atlanta, EUA), e realizadas perguntas direcionadas envolvendo dados subjetivos de qualidade da imagem da cobertura óssea (CO); classificação da CO vestibular de acordo com sua presença ou ausência; avaliação do espaço do ligamento periodontal (ELP) de acordo com características de densidade e quantidade de ruído presente. Nestes mesmos exames foram então selecionadas regiões de interesse (ROI) e mensurada a RCR de cada protocolo no software Image J (National Institutes of Health, Bethesda, MD, USA). Concluiu-se que a maioria dos protocolos estudados apresenta boa qualidade de imagem para o diagnóstico direcionado de avaliação do periodonto, porém, levando-se em consideração os valores das médias para as avaliações subjetivas e a RCR na avaliação objetiva, o protocolo do aparelho Accuitomo 60mmx60mm HiFi 180° apresentou superioridade sobre os demais.


  • Mostrar Abstract
  • The present study aims to evaluate the image quality of different protocols and devices of Cone Beam Computed Tomography (CBCT) through characteristics of periodontal structures in a subjective way and correlate it with the contrastnoise ratio (CNR), as a way objective measurement of image quality. Thirteen images of CBCT of a dry skull were acquired in 6 different CT scanners (Accuitomo 3D- J. Morita, Kyoto, Japan, CS 9000 and CS 9300- Carestream Dental, Trophy, France, Eagle 3D- Dabi Atlante, Ribeirão Preto, Brazil, i-CAT Classic- Imaging Sciences International, Pennsylvania, USA and Orthophos XG 3D 170- Sirona Dental System, Charlote, USA), and then evaluated by three radiologists. The images were interpreted through multiplanar reconstructions in the CS Dental Imaging 3D module version v3.5.7 software (Carestream Health, Atlanta, USA), and directed questions were asked involving subjective data on the image of bone coverage (BC); classification of vestibular BC according to its presence or absence; evaluation of periodontal ligament space according to characteristics of density and amount of noise present. In these same exams, regions of interest (ROI) were then selected and the CNR of each protocol was measured using the Image J software (National Institutes of Health, Bethesda, MD, USA). It was concluded that most of the studied protocols presents good image quality for the directed diagnosis of periodontal assessment, however, taking into account the values of the means for subjective assessments and the CNR in the objective assessment, the Accuitomo appliance protocol 60mmx60mm HiFi 180 ° showed superiority over the others.

4
  • DANIELE VEIGA DA SILVA SIQUEIRA
  • FATORES DE RISCO PARA A PERIODONTITE EM PACIENTES HIV+/AIDS

     

  • Orientador : ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • GABRIELA BOTELHO MARTINS OLIVEIRA SOUZA
  • JAMILLY DE OLIVEIRA MUSSE
  • ROSANE BORGES DIAS
  • Data: 06/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • A Periodontite representa um dos primeiros sinais clínicos bucais da infecção pelo HIV, entretanto não está estabelecida a sua associação com o estado de imunossupressão e estágio de desenvolvimento do HIV. O objetivo desse trabalho foi verificar a associação entre a periodontite, dimensão fractal e fatores associados em indivíduos com e sem HIV+/AIDS em Salvador-Bahia. A amostra estudada foi composta por 100 indivíduos com HIV+/AIDS e 100 indivíduos sem o vírus. Foram coletados dados por meio de exame clínico, periodontograma completo, exame radiográfico e aplicação de questionário sobre informações pessoais relacionadas à categorização pessoal, hábitos deletérios e padrão de higienização. Os dados obtidos foram analisados através do SPSS versão 22.0 e foram utilizados os testes Qui- quadrado de Pearson e teste de T de Student. Para a análise multivariada foi realizada a Regressão Logística a partir de um modelo teórico construído. Dos indivíduos sem o vírus HIV a maioria eram do sexo feminino, 73% não possuiam periodontite, escovavam os dentes e não utilizavam o fio dental diariamente. Já os indivíduos com o vírus HIV, a maioria era do sexo feminino, 54% da amostra possuia periodontite, escovavam os dentes, usavam fio dental, eram fumantes e possuiam xerostomia. Os valores das médias da dimensão fractal foram menores em indivíduos com o vírus HIV e com a periodontite. Os indivíduos mais velhos, fumantes, ex fumantes e portador do vírus HIV foram os indivídos com mais chance de desenvolver periodontite. Devido à complexidade de fatores que se relacionam com a doença AIDS, esta se configura como uma condição de difícil controle e análise. Estudos posteriores de imagem utilizando a dimensão fractal devem ser realizados como forma de avaliar quantitativamente o padrão ósseo trabecular desses indivíduos contribuindo assim, para melhoria da qualidade de assistência a essa população.


  • Mostrar Abstract
  • Periodontitis represents one of the first oral clinical signs of HIV infection, however its association with the state of immunosuppression and stage of HIV development has not been established. The objective of this work was to verify the association between periodontitis, fractal dimension and associated factors in individuals with and without HIV + / AIDS in Salvador-Bahia. The sample studied was composed of 100 individuals with HIV + / AIDS and 100 individuals without the virus. Data were collected through clinical examination, complete periodontogram, radiographic examination and questionnaire on personal information related to personal categorization, deleterious habits and hygiene pattern. The data obtained were analyzed using SPSS version 22.0 and Pearson's chi-square test and Student's T test were used. For multivariate analysis, Logistic Regression was performed based on a constructed theoretical model. Of the individuals without the HIV virus, the majority were female, 73% did not have periodontitis, brushed their teeth and did not floss daily. As for individuals with the HIV virus, the majority were female, 54% of the sample had periodontitis, brushed their teeth, used dental floss, were smokers and had xerostomia. The values of the means of the fractal dimension were lower in individuals with the HIV virus and with periodontitis. Older individuals, smokers, ex-smokers and HIV carriers were the individuals most likely to develop periodontitis. Due to the complexity of factors that are related to the AIDS disease, this is configured as a condition of difficult control and analysis. Subsequent imaging studies using the fractal dimension should be performed as a way to quantitatively assess the trabecular bone pattern of these individuals, thus contributing to improving the quality of care for this population.

5
  • LIVIA ANDRADE VITÓRIA REIS
  • EFEITOS DA FOTOBIOMODULAÇÃO A LASER SOBRE A EXPRESSÃO DA COX-2, VEGFA E COLÁDENO IV, EM UM MODELO ANIMAL

  • Orientador : LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • FABIOLA BASTOS DE CARVALHO
  • MARCIO CAJAZEIRA AGUIAR
  • ALLAN ULISSES CARVALHO DE MELO
  • VIVIANE PALMEIRA DA SILVA
  • Data: 06/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • A mucosite oral (MO) é considerada a complicação estomatológica mais severa
    associada ao tratamento antineoplásico, podendo acarretar a sua interrupção.
    Diversos protocolos vêm sendo propostos para a prevenção e controle da MO, com
    destaque para laserterapia, pelo seu potencial analgésico, anti-iflamatório e
    biomodulador. O objetivo deste estudo foi avaliar a fotobiomodulação a laser no
    tratamento da MO quimioinduzida bolsa jugal de Hamster. Para isso foram utilizados
    36 Hamsters, separados em 9 grupos, segundo tratamento (Laser λ660nm e Laser
    λ780nm) e tempos experimentais 07, 11 e 15 dias. Para indução de MO, inicialmente
    foi aplicado o quimioterápico 5-Fluoruracil (5-FU) nos dias 0 e 1, seguido de ranhuras
    na mucosa jugal dos animais nos dias 2 e 3. A fotobiomodulação foi iniciada no dia 0
    e reaplicada a cada 48 horas, até 24h antes da morte dos animais, utilizando um
    Laser de diodo de arseneto de galio (GaAlAs), em uma dose diaria de 2.4J/cm2. Os
    animais foram avaliados clinicamente por fotografias realizadas antes da morte. Após
    a morte as amostras foram coletadas e os espécimes foram processados usando a
    técnica histológica de Hematoxilina-eosina e imunohistoquímica para os anticorpos
    Anti-Colágeno IV, Anti-VEGFA e Anti-COX2. Os dados foram tabulados e realizadas
    análises estatísticas com auxílio do programa Minitab®, versão 14, com nível de
    significância estatística de 5 %, utilizando os testes Qui- quadrado e ANOVA. Na
    análise histológica foi observada persistência da inflamação sem significância
    estatística. Na avaliação imunohistoquímica foi possível observar a expressão de
    COX2 e VEGFA, contudo estas não foram significativas entre os grupos. O colágeno
    obteve maior expressão nos tempos 11 e 15 dias nos grupos que receberam
    tratamentos com laser 660nm e 780 nm, com diferenças estatisticamente
    significativos (p = 0,042) e sem diferença entre os dois comprimentos. A fototerapia,

    nos parâmetros utilizados, não contribuiu para redução dos aspectos clínicos da

    inflamação e do processo de reparo tecidual, embora o laser no comprimento 780nm
    tenha sido capaz de aumentar a espessura do epitélio que revestia as mucosites
    quimioinduzidas. Bem como não influenciou a experessão de COX2 e VEGFA, no
    entanto, estimulou a expressão de colágeno tipo IV nas fases tardias do reparo das
    referidas lesões.


  • Mostrar Abstract
  • Oral mucositis (OM) is considered the most severe stomatological complication
    associated with antineoplastic treatment, which may cause its interruption. Several
    protocols have been proposed for the prevention and control of OM, especially laser
    therapy, due to its analgesic, anti-inflammatory and biomodulator potential. This
    study’s aim was to evaluate laser photobiomodulation in the treatment of chemo-
    induced OM in Hamster mucosa. For this, 36 Hamsters were used, separated into 10
    groups, according to treatment (Laser λ660nm and Laser λ780nm) and experimental
    times 07, 11 and 15 days. For MO induction, 5-Fluoruracil (5-FU) chemotherapy was
    initially applied on days 0 and 1, followed by grooves in the cheek pouch of animals
    on days 2 and 3. Photobiomodulation was started on day 0 and reapplied every 48
    hours, up to 24h before the animals' death, using a Gallium Arsenide Diode Laser
    (GaAlAs), in a daily dose of 2.4J / cm2. The animals were clinically evaluated by
    photographs taken before death. After death, samples were collected and specimens
    were processed using the histological technique of Hematoxylin-eosin and
    immunohistochemistry for antibodies Collagen IV, VEGFA and COX2. The data were
    tabulated and statistical analyzes were performed with the aid of the Minitab®
    program, version 14, with a level of statistical significance of 5%, using Chi-square
    and ANOVA tests. In the histological analysis, persistence of inflammation was
    observed without statistical significance. In the immunohistochemical evaluation it was
    possible to observe the expression of COX2 and VEGFA, however these were not
    significant between groups. In the evaluation of the expression of Collagen IV,
    Collagen obtained greater expression in the times 11 and 15 days in the groups that
    received treatments with laser 660nm and 780 nm, with statistically significant
    differences (p = 0.042) and without difference between the two lenghts. Phototherapy,
    in the parameters used, did not contribute to reduce the clinical aspects of
    inflammation and the tissue repair process, although the laser at length 780nm was
    able to increase the thickness of the epithelium that covered the chemo-induced 

    mucositis. As well as not influencing the experimentation of COX2 and VEGFA,
    however, it stimulated the expression of type IV collagen in the late stages of repair of
    the referred lesions.

6
  • GABRIELA MEYGE DE BRITO
  • A POSIÇÃO VERTICAL DOS INCISIVOS CENTRAIS SUPERIORES EM MULHERES ENTRE 40- 50 ANOS MODIFICA O DIAGNÓSTICO ESTÉTICO ODONTOLÓGICO?

  • Orientador : PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE WILSON LIMA MACHADO
  • BERNARDO QUIROGA SOUKI
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • SERGEI GODEIRO FERNANDES RABELO CALDAS
  • Data: 06/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi de avaliar a associação entre o posicionamento vertical dos incisivos centrais superiores e a agradabilidade estética do sorriso, sob a perspectiva de ortodontistas e leigos em análise de face completa de mulheres de idade entre 40 e 50 anos. Imagens fotográficas frontais de sorrisos de duas mulheres adultas foram digitalmente manipuladas e montadas em sequencia aleatória em um álbum. Na manipulação inicial das imagens fotográficas buscou-se simetria no nivelamento das margens gengivais dos caninos superiores e dos incisivos centrais superiores, além de um degrau incisal entre incisivo central e incisivo lateral de 1 milímetro (imagem controle). A partir desta, criou-se seis variações de deslocamento vertical dos incisivos centrais em relação aos incisivos laterais, com intervalos de 0,5 mm (nomeadas como posições 0,0; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0 e 2,5mm). A partir de um estudo piloto, tendo como desfecho primário a agradabilidade do sorriso, avaliada em escala analógica visual, calculou-se uma amostra de 52 avaliadores em cada um dos dois grupos (ortodontistas e leigos). Os dados coletados foram analisados estatisticamente com os testes ANOVA e o pósteste de Tukey, para realizar comparações entre as diferentes alterações do posicionamento vertical dos incisivos centrais, e o teste t de Student, para comparar a opinião dos ortodontistas e leigos. Encontrou-se que os sorrisos com as maiores pontuações de agradabilidade estética foram aqueles que apresentaram o degrau entre incisivo central e lateral entre 1 mm e 2 mm, enquanto que os sorrisos com as menores avaliações foram aqueles que não apresentaram degrau entre incisivo central e lateral, ou apresentaram degrau de 2,5 mm. Conclui-se que em mulheres com faixa etária entre 40 e 50 anos, um degrau de 1 a 2 mm entre os incisivos centrais e laterais superiores são esteticamente atrativos, enquanto que o nivelamento entre os incisivos centrais e laterais superiores são menos atrativos esteticamente. 


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to evaluate the association between the vertical positioning of the upper central incisors and the aesthetic pleasantness of the smile, from the perspective of orthodontists and laypeople in a full face analysis of women aged between 40 and 50 years. Front photographic images of the smiles of two adult women were digitally manipulated and assembled in a random sequence in an album. In the initial manipulation of the photographic images, symmetry was sought in the leveling of the gingival margins of the upper canines and the upper central incisors, in addition to an incisal step between the central and lateral incisors of 1 millimeter (control image). From this, six variations of vertical displacement of the central incisors in relation to the lateral incisors were created, with 0.5 mm intervals (named as positions 0.0; 0.5; 1.0; 1.5; 2. 0 and 2.5mm). From a pilot study, with the primary outcome of smile pleasantness, assessed on a visual analog scale, a sample of 52 evaluators was calculated in each of the two groups (orthodontists and laymen). The collected data were analyzed statistically with the ANOVA tests and the Tukey post-test, to make comparisons between the different changes in the vertical positioning of the central incisors, and the Student t test, to compare the opinion of orthodontists and laypeople. It was found that the smiles with the highest scores of aesthetic pleasantness were those that presented the step between central and lateral incisor between 1 mm and 2 mm, while the smiles with the lowest evaluations were those that did not present a step between central and lateral incisor, or had a 2.5 mm step. It is concluded that in women aged between 40 and 50 years, a step between 1 and 2 mm between the upper central and lateral incisors are aesthetically attractive, while the leveling between the central and upper lateral incisors is less attractive aesthetically. .

7
  • GLEICY GABRIELA VITÓRIA SPÍNOLA CARNEIRO FALCÃO
  • AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA, CONDIÇÃO ESTOMATOLÓGICA E FLUXO SALIVAR EM PACIENTES COM   HTLV-1

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IZABEL REGINA FISCHER RUBIRA
  • JOAO FRANK CARVALHO DANTAS DE OLIVEIRA
  • PATRICIA MIRANDA LEITE RIBEIRO
  • SORAYA CASTRO TRINDADE
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 26/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: Apesar de existirem doenças relacionadas à infecção pelo HTLV-1, o
    envolvimento dos tecidos bucais ainda não está claramente estabelecido. Objetivos:
    Avaliar a qualidade de vida (QV) relacionada à saúde geral e bucal, frequência de
    doenças bucais e taxa de fluxo salivar de pacientes com HTLV-1. Métodos: Estudo
    transversal, observacional, com amostra de indivíduos soropositivos para o HTLV-1,
    divididos em dois grupos de acordo com a presença ou não de agravos associados à
    infecção. Foram analisados: fluxos da saliva total não estimulada; alterações da
    mucosa bucal; Índice CPOD e Registro Periodontal Simples (PSR). A QV relacionada
    à saúde geral e bucal foram analisadas através dos questionários sobre o Perfil de
    Impacto na Saúde Oral (OHIP14) e SF36 respectivamente. As variáveis qualitativas
    foram analisadas por meio do teste Qui-Quadrado e Exato de Fischer e as
    quantitativas foram analisadas por meio do teste t e Mann-Whitney para amostras
    independentes. A relação entre variáveis independentes e OHIP foi avaliada, nos dois
    grupos, através da regressão múltipla. Em todos os testes estatísticos foi aplicado um
    nível de significância de 5%. Resultados: A amostra foi constituída por 204 pacientes,
    sendo 69 do grupo sintomático e 135 do grupo assintomático. A QV relacionada à
    saúde geral e bucal foi baixa nos pacientes com HTLV-1. Houve diferença entre os
    grupos para todos os componentes do SF36 com exceção do sumário de saúde
    mental. Não houve diferença do OHIP entre os grupos avaliados. Os indivíduos da 

    amostra apresentaram alta frequência de doenças dentárias e periodontais, e os
    sintomáticos revelaram maiores frequências de sintomas relacionados à xerostomia e
    menor fluxo salivar quando comparados com assintomáticos. Conclusão: A infecção
    pelo HTLV-1 está relacionada a sintomas de xerostomia e índices como CPOD e fluxo
    salivar depreciam a QV, notadamente nos sintomáticos, impactando negativamente a
    QV relacionada à saúde bucal.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Although there are diseases related to HTLV-1 infection, the
    involvement of oral tissues is not yet clearly established. Objectives: To assess quality
    of life (QOL) related to general and oral health, frequency of oral diseases and salivary
    flow rate of patients with HTLV-1. Methods: Cross-sectional, observational study, with
    a sample of HTLV-1 seropositive individuals, divided into two groups according to the
    presence or absence of diseases associated with the infection. Were analyzed: flows
    of total unstimulated saliva; changes in the oral mucosa; CPOD Index and Simple
    Periodontal Record (PSR). The QoL related to general and oral health were analyzed
    through questionnaires on the Profile of Impact on Oral Health (OHIP14) and SF36
    respectively. Qualitative variables were analyzed using the Chi-Square and Fischer
    Exact tests and quantitative variables were analyzed using the t test and Mann-
    Whitney for independent samples. The relationship between independent variables
    and OHIP was assessed, in both groups, using multiple regression. In all statistical
    tests, a significance level of 5% was applied. Results: The sample consisted of 204
    patients, 69 from the symptomatic group and 135 from the asymptomatic group. QoL

    related to general and oral health was low in patients with HTLV-1. There was a
    difference between groups for all components of SF36 with the exception of the mental
    health summary. There was no difference in OHIP between the groups evaluated. The
    individuals in the sample had a high frequency of dental and periodontal diseases, and
    the symptomatic ones showed a higher frequency of symptoms related to xerostomia
    and less salivary flow when compared with asymptomatic patients. Conclusion:
    HTLV-1 infection is related to xerostomia symptoms and indices such as DMFT and
    salivary flow depreciate QOL, notably in symptomatic patients, negatively impacting
    QOL related to oral health.

8
  • MARIA LIZZIA MOURA FERREIRA DOS SANTOS
  • AVALIAÇÃO DA EFETIVIDADE DO PROGRAMA DE ATENÇÃO EM SAÚDE BUCAL NA PRIMEIRA INFÂNCIA NA INCIDÊNCIA DE CÁRIE NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA (ESF)

  • Orientador : MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JENNY HAYDEE ABANTO ALVAREZ
  • JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MARIA DE LURDES FERREIRA LOBO PERREIRA
  • TATIANA FREDERICO DE ALMEIDA
  • Data: 04/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • A cárie dentária na primeira infância é preocupante, por se tratar de uma doença
    crônica, multifatorial, de alta prevalência e persistente, causando impactos negativos na
    qualidade de vida das crianças e seus familiares, configurando-se como um problema
    desafiador global de Saúde Pública. Diversas estratégias de prevenção e promoção da
    saúde bucal em crianças são experimentadas em todo o mundo, porém ainda não há um
    consenso sobre o melhor conjunto de medidas e tratamentos para reduzir efetivamente a
    incidência de cárie na infância. A Estratégia de Saúde da Família (ESF) é a
    materialização dos princípios do SUS na Atenção Básica, tornando-se oportuno o
    desenvolvimento de ações prioritárias de saúde bucal na infância. Os programas de
    saúde bucal na primeira infância podem apresentar pontencialidades para prevenir cárie
    na primeira infância e melhorar os indicadores epidemiológicos nesta faixa etária. O
    objetivo deste trabalho é analisar o impacto de um Programa de Saúde Bucal na
    primeira infância, com crianças de 6 a 36 meses, na ESF, em Salvador-BA, de 2017 a
    2019. Trata-se de um estudo de intervenção longitudinal, realizado em 11 USF, em
    Salvador-BA, sendo a USF Canabrava (intervenção) e dez USF (controle), aprovado
    pelo Comitê de Ética em Pesquisa (UFBA). Os critérios de inclusão foram crianças de 6
    a 36 meses, residentes das áreas de abrangência das USF selecionadas, expostas ou não
    expostas ao Programa de Saúde Bucal na primeira infância. A USF Canabrava
    desevolve um Programa de Saúde Bucal na primeira infância, contendo ações integradas
    preventivas e curativas, com o pré-natal odontológico, visita puerperal, puericultura
    odontológica, ações educativas mensais e na sala de vacina, atendimento clínico e
    acompanhamento longitudinal da saúde bucal da criança. A coleta de dados foi
    realizada através de um questionário aplicado aos pais e exames bucais da criança, com
    análise de lesões iniciais, pelo ICDAS II (Sistema Internacional de Detecção e
    Avaliação de Cárie). A amostra contou que 634 crianças e os resultados mostraram que
    houve uma predominância da raça/cor preta e parda, sexo masculino, baixa escolaridade
    da mãe e do pai e baixa renda familiar. O aleitamento materno exclusivo até 6 meses e
    famílias que recebem o benefício “Bolsa Família” foram identificados como fatores de
    proteção para prevenção de cárie na infância. A idade, o menor número de cômodos na
    casa, número baixo de consultas de pré-natal e peso inadequado ao nascer
    apresentaram-se estatisticamente significante como fatores associados á carie. A maior
    parte das crianças apresentaram higiene bucal inadequada. Do total das crianças 

    participantes do estudo, 352 participaram da análise longitudinal. O programa de Saúde
    Bucal da criança foi estatisticamente eficaz, pois a incidência de cárie foi menor (21%)
    em USF com o programa do que em USF sem programa (42%), apresentando 79% de
    crianças livres de cárie, a partir da intervenção. Diante dos resultados apresentados,
    torna-se pertinente afirmar que os programas de saúde bucal na primeira infância
    possuem a potencialidade de ampliar o acesso desta faixa etária aos serviços
    odontológicos, sensibilizar e conscientizar os pais e/ou responsáveis com os cuidados
    bucais, aumentando seus conhecimentos em sáude bucal, melhorar dos hábitos
    alimentares e de higiene bucal e melhorar os indicadores de saúde bucal em crianças,
    evitando impactos negativos na qualidade de vida. Portanto, é relevante investir e
    priorizar políticas públicas direcionadas aos programas odontológicos na primeira
    infância, com acompanhamento longitudinal, educação em saúde bucal e abordagem
    integral das ações, preventivas, curativas e de promoção da saúde bucal, desenvolvendo
    uma geração livre de cárie. Sugere-se mais estudos longitudinais com amostras mais
    abrangentes.


  • Mostrar Abstract
  • Dental caries in early childhood is a cause for concern, as it is a chronic, multifactorial,
    highly prevalent and persistent disease, causing negative impacts on the quality of life
    of children and their families, representing a challenging global public health problem.
    Several strategies for the prevention and promotion of oral health in children are tried
    around the world, but there is still no consensus on the best set of measures and
    treatments to effectively reduce the incidence of childhood caries. The Family Health
    Strategy (ESF) is the materialization of the principles of SUS in Primary Care, making
    it opportune to develop priority oral health actions in childhood. Oral health programs
    in early childhood can have potential to prevent caries in early childhood and improve
    epidemiological indicators in this age group. The objective of this work is to analyze the
    impact of an Oral Health Program in early childhood, with children aged 6 to 36
    months, at the ESF, in Salvador-BA, from 2017 to 2019. This is a longitudinal
    intervention study, carried out in 11 USF, in Salvador-BA, with USF Canabrava
    (intervention) and ten USF (control), approved by the Research Ethics Committee
    (UFBA). The inclusion criteria were children aged 6 to 36 months, living in the areas
    covered by the selected USF, exposed or not exposed to the Oral Health Program in
    early childhood. The USF Canabrava develops an Oral Health Program in early
    childhood, containing integrated preventive and curative actions, with dental prenatal
    care, puerperal visit, dental childcare, monthly educational activities and in the
    vaccination room, clinical care and longitudinal monitoring of oral health of child. Data
    collection was performed through a questionnaire applied to parents and oral
    examinations of the child, with analysis of initial injuries, by ICDAS II (International
    System for Detection and Evaluation of Caries). The sample counted that 634 children
    and the results showed that there was a predominance of black / brown race / color,
    male gender, low education of mother and father and low family income. Exclusive
    breastfeeding for up to 6 months and families receiving the “Bolsa Família” benefit
    have been identified as protective factors for preventing childhood caries. Age, the
    smallest number of rooms in the house, low number of prenatal consultations and 

    inadequate birth weight were statistically significant as factors associated with caries.
    Most children had inadequate oral hygiene. Of the total children participating in the
    study, 352 participated in the longitudinal analysis. The child's Oral Health program
    was statistically effective, since the incidence of caries was lower (21%) in USF with
    the program than in USF without a program (42%), with 79% of children free of caries,
    from the intervention. In view of the results presented, it becomes pertinent to affirm
    that oral health programs in early childhood have the potential to expand access of this
    age group to dental services, sensitize and make parents and / or guardians aware of oral
    care, increasing their knowledge in oral health, improving eating habits and oral hygiene
    and improving oral health indicators in children, avoiding negative impacts on quality
    of life. Therefore, it is relevant to invest and prioritize public policies aimed at dental
    programs in early childhood, with longitudinal monitoring, oral health education and
    comprehensive approach to preventive, curative and oral health promotion actions,
    developing a caries-free generation. Further longitudinal studies with more
    comprehensive samples are suggested.

9
  • NARA SANTOS ARAUJO
  • DESEMPENHO BIOMECÂNICO E LONGEVIDADE DE LAMINADOS CERÂMICOS MINIMAMENTE INVASIVOS: ESTUDO DE COORTE RETROSPECTIVO

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MARIA DAS GRACAS ALONSO OLIVEIRA
  • PAULO VICENTE BARBOSA DA ROCHA
  • CAROLINA LETÍCIA ZILLI VIEIRA
  • Data: 15/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • O comportamento biomecânico e longevidade de restaurações laminadas cerâmicas
    (RLCs) minimamente invasivas é pouco conhecido. Este estudo de coorte
    retrospectivo teve como proposta avaliar o comportamento biomecânico e a sobrevida
    cumulativa de RLCs sobre dentes com mínimo preparo prévio. Um total de 393 RLCs
    em 47 pacientes adultos (média de 8,5 RLCs/ paciente) foram inspecionadas após,
    pelo menos, 1 ano de instalação. A análise clínica das RLCs foi realizada com base
    nos critérios USPHS modificados (United States Public Health Service), considerando:
    adaptação e descoloração marginal, rugosidade superficial, correspondência de cor,
    forma anatômica, fratura da restauração e do dente, sensibilidade pós-operatória e
    cárie secundária. Adicionalmente a taxa de sobrevida foi calculada e a condição
    periodontal foi avaliada tendo como parâmetros a presença de placa dental,
    sangramento à sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS), nível clínico de
    inserção e distância da junção cemento esmalte à margem gengival (JCE-MG). As
    faces linguais não restauradas dos dentes serviram como controle. O tempo médio de
    função das RLCs foi de 2,03 ± 1,1 anos e os resultados da análise de Kaplan-Meier
    mostraram estimativa de sobrevivência de 95,5% aos 2 anos, sem decréscimo no
    período entre 3 e 5 anos. As intercorrências mais frequentes, porém, passiveis de
    reparo, foram fenda marginal evidente mediante sondagem (2%), fratura/trinca
    cerâmica, em sua extensão vertical e/ou horizontal, de até ¼ (2,5%), descoloração
    marginal superficial (4,1%) e sensibilidade pós-operatória (5,1%). Enquanto
    deslocamento total da restauração (0,8%), fratura catastrófica da cerâmica (1,5%) e
    fratura dental (0,3%), além de descoloração marginal evidente (1,3%) foram as
    principais falhas não passiveis de reparo. A PS foi semelhante entre as faces
    restauradas e o controle (p=0,60). Entretanto foram observados maiores valores nas
    faces restauradas, quanto à frequência de SS (p<0,0001), distância JCE-MG
    (p=0,008) e perda de inserção clínica (p=0,03). Portanto, conclui-se que as RLCs
    minimamente invasivas apresentaram comportamento biomecânico e longevidade

    clínica satisfatórios, porém condições menos favoráveis nos tecidos periodontais

    adjacentes foram registradas; o que demanda futuras análises para identificar os
    possíveis fatores associados.


  • Mostrar Abstract
  • The biomechanical performance and longevity of minimally invasive ceramic dental
    veneers (DVs) is little known. This retrospective cohort study aimed to evaluate the
    biomechanical performance and cumulative survival of DV with minimal preparation.
    Forty-seven patients (≥ 18 years old) were evaluated. A total of 393 DVs (average 8.5
    DVs / patient) were inspected after at least 1 year of installation. The clinical analysis
    of DVs was performed based on modified USPHS (United States Public Health
    Service) criteria, considering: marginal adaptation and discoloration, superficial
    roughness, color match, anatomical shape, presence of ceramic fracture and tooth
    fracture, postoperative sensitivity and secondary caries. Additionally, the survival rate
    was calculated, and the periodontal status was evaluated considering the presence of
    dental plaque, bleeding on probing (BOP), the probing depth (PD), the clinical
    attachment level (CAL) and distance of the enamel- cement junction to gingival
    margin (ECJ/ GM). The unrestored lingual faces of the teeth were the control. The
    mean time of DVs function was 2.03 ± 1.1 years and the Kaplan-Meier results showed
    an estimated survival rate of 95.5% at 2 years, without decrease between 3 and 5
    years. The most frequent complications, however, liable to repair, were evident
    marginal crack through probing (2%), ceramic fracture / crack, in its vertical and/ or
    horizontal extension, up to ¼ (2.5%), superficial marginal discoloration (4.1%) and
    postoperative sensitivity (5.1%). While partial or total displacement of the restoration
    (0.8%), ceramic (1.5%) and dental fracture (0.3%), in addition to evident marginal
    discoloration and not subject to polishing (1.3%) were the main documented “absolute
    failures”. PS mean values were similar between the restored faces and the control (p=
    0.60). However, the restored faces showed higher values about SS frequency
    (p<0.0001), JCE-MG distance (p= 0.008) and loss of clinical insertion (p= 0.03).
    Therefore, it is concluded that minimally invasive DVs presented satisfactory
    biomechanical behavior and clinical longevity, but less favorable conditions on
    periodontal tissues were observed; which requires future analysis to identify

    associated factors.

10
  • JOAQUIM DE ALMEIDA DULTRA
  • Guia cirúrgico para mentoplastia: proposta de criação e validação.

  • Orientador : IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CHRISTIANO DE OLIVEIRA SANTOS
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MATHEUS MELO PITHON
  • ROBERTO ALMEIDA DE AZEVEDO
  • WEBER CEO CAVALCANTE
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • O avanço computacional melhorou consideravelmente a qualidade de vida no mundo. Esta evolução também se deu na cirurgia ortognática, permitindo alcançar resultados mais previsíveis e precisos. No entanto, ainda não existe um sistema de guias consolidado para mentoplastias. O objetivo deste estudo foi avaliar a precisão da transferência dos movimentos oriundos do planejamento virtual executado no software Dolphin Imaging 11.95 Premium (São Francisco, EUA) para a cirurgia usando sistemas de guias modelado no software livre Blender 2.79b (Amsterdã, NL). Metodologia: O estudo foi realizado em indivíduos candidatos a cirurgia ortognática com mentoplastia, no serviço de CTBMF do Hospital Santo Antônio – Associação Obras Sociais Irmã Dulce que compreenderam e concordaram participar desta pesquisa. Seguindo protocolo de planejamento cirúrgico para cirurgia ortognática, estes indivíduos foram tomografados, suas arcadas dentárias escaneadas e os arquivos importados para o software Dolphin Imaging 11.95 Premium para planejamento cirúrgico virtual. Os biomodelos 3D obtidos nesta etapa foram exportados para modelagem no software Blender 2.79b e os guias impressos em impressora 3D Moonray S10®. Após a cirurgia, cada indivíduo foi tomografado para controle pós-operatório de osteotomias e materiais de osteossíntese. Foram adicionadas esferas de 0,1mm em 03 vértices dos mentos dos modelos oriundos do planejamento virtualmente e estes foram sobrepostos à tomografia pós- operatória. A coordenadas x, y e z de cada uma destes pontos foram usadas para criar planos triangulares e as relações lineares e angulares entres eles determinaram as movimentações planejadas e as que efetivamente foram alcançadas com a cirurgia. Os resultados para cada variável linear e angular foram apresentados através do método de Bland-Altmam e a pela média modular das diferenças. Resultados: Todos os 26 indivíduos desta série de casos cursaram com bons resultados. A média modular das diferenças (MMD) para o movimento linear transverso foi 0,32mm ± 0,28mm (média modular e desvio padrão), 0,83 mm ± 0,74 mm para o vertical e 0,92mm ± 0,77 para o anteroposterior. A MMD para a alterações angulares para o yaw foi 1,29o ± 0,97,

    1,32o ± 1,21 mm para o roll e 3,58o ± 2,57mm para o pitch. Conclusão: O 12sistema de guias para mentoplastias modelado no Blender 2.79b foi eficiente em transferir o planejamento cirúrgico virtual para as mentoplastias e o método avaliação de resultados propiciou quantificação das alterações lineares e angulares das mentoplastias.


  • Mostrar Abstract
  • Computational advancement has considerably improved the quality of life in the world. This evolution also occurred in orthognathic surgery, allowing to achieve more predictable and accurate results. However, there is still no consolidated guide system for genioplasty. The objective of this study was to evaluate the accuracy of the transfer of movements from the virtual planning obtained in the software Dolphin Imaging 11.95 Premium (San Francisco, USA) to surgery using guide systems modeled in the free software Blender 2.79b (Amsterdam, NL). Methodology: The study was carried out on candidates for orthognathic surgery with genioplasty, at the oral and maxillofacial surgery service of Hospital Santo Antônio - Associação Obras Sociais Irmã Dulce who understood and agreed to participate in this research. Following the surgical planning protocol for orthognathic surgery, these were scanned, their dental arches scanned and the files imported into the Dolphin Imaging 11.95 Premium software for virtual surgical planning. The 3D biomodels were used in this stage and exported for modeling using the Blender 2.79b software and the guides printed on a 3D printer Moonray S10®. After surgery, each individual was scanned for postoperative control of osteotomies and osteosynthesis materials. Spheres of 0.1 mm were added to 03 vertices of the chin of the models from the planning virtually and these were superimposed on the postoperative tomography. The x, y and z coordination of each of these points were used to create triangular planes and the linear and angular relations between them determined the planned movements and how they were achieved with the surgery. The results for each linear and angular variable were obtained using the Bland-Altmam method and the absolute mean of the differences. Results: The 26 belonging to the case series had good results. The absolute mean of the differences for the transverse linear movement was 0.32 mm ± 0.28 mm (absolute mean and standard deviation), 0.83 mm ± 0.74 mm for the vertical and 0.92 mm ± 0.77 for the antero- later. The absolute mean of the differences for the angular changes for the yaw was 1.29o ± 0.97, 1.32o ± 1.21 mm for the roll and 3.58o ± 2.57 mm for the pitch. Conclusion: The guide system for chin surgery modeled in Blender 2.79b was efficient in transferring the virtual surgical planning to the chin surgery and the results evaluation method provided quantification of linear and angular changes in the genioplasty.

2019
Dissertações
1
  • TAÍS BACELAR SACRAMENTO DE ARAÚJO
  • AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ANTI-TUMORAL DE UM INIBIDOR DE GLI1 EM CARCINOMA ESCAMOCELULAR ORAL

  • Orientador : CLARISSA ARAUJO GURGEL ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNO SOLANO DE FREITAS SOUZA
  • CLARISSA ARAUJO GURGEL ROCHA
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • Data: 01/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Introdução. O carcinoma escamocelular oral (CEO) é uma doença que apresenta um pobre
    prognóstico e poucos avanços terapêuticos, sendo necessário desvendar os mecanismos
    envolvidos em sua patogênese, incluindo a participação de vias de sinalização embrionárias,
    como a via Hedgehog (HH). Esta cascata é importante para a iniciação e comportamento
    biológico tumoral, bem como para a manutenção da população de células-tronco tumorais, com
    reflexos diretos na resistência à fármacos. Objetivo. Estudar os efeitos antitumorais do
    composto X sobre a expressão gênica de componentes da via HH, proliferação e morte em
    células de CEO. Metodologia. As células de CEO (HSC3, CAL27, SCC4, SCC9, SCC15 e
    SCC25) foram cultivadas em meio DMEM. Inicialmente, a citotoxicidade foi avaliada contra
    diferentes células tumorais e não tumorais através do ensaio do alamar blue. A expressão de
    componentes da via HH foi avaliada através de reações de qPCR, utilizando TaqMan Gene
    Expression AssaysTM, após 12 horas de tratamento com os compostos-teste. Os ensaios de
    viabilidade, ciclo celular e padrão de morte em células HSC3 foram realizados em diferentes
    tempos de incubação do composto X (18 e 36 μM), através da citometria de fluxo. As alterações
    morfológicas foram avaliadas através dos parâmetros FSC (tamanho/volume) e SSC
    (granulosidade), obtidos por citometria. Resultados. A análise da citotoxicidade do compostoteste
    por Alamar Blue demonstrou uma maior sensibilidade ao tratamento para célula HSC3
    (CI50: 36 μM) em relação aos outros tipos celulares testados, sendo escolhida para realização
    dos ensaios de análise dos efeitos do composto X em células de CEO. O composto X foi capaz
    de reduzir os níveis de mRNA do fator de transcrição GLI1 na concentração de 36 μM, após
    12h de tratamento. O inibidor de GLI reduziu significativamente a viabilidade celular das
    células HSC3 a partir de 24h de tratamento. Os ensaios de análise do ciclo celular e padrão de
    morte demonstraram um aumento significativo da fragmentação nuclear na fase sub-G1 e morte
    celular por apoptose. Conclusão. O inibidor de GLI reduziu significativamente a expressão do
    gene GLI1, indicando redução da atividade downstream da via HH em 12 horas de tratamento.
    Além disso, o composto-teste reduziu significativamente a viabilidade e promoveu um aumento
    significativo da fragmentação nuclear e morte celular por apoptose em células de CEO.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction. Oral squamous cell carcinoma (OSCC) is a disease that presents a poor prognosis
    and few therapeutic advances. It´s necessary to uncover the mechanisms involved in its
    pathogenesis, including the participation of embryonic signaling pathways, such as the
    Hedgehog (HH) pathway. This cascade is important for tumor initiation and biological
    behavior, as well as maintenance of the tumor stem cell population, with direct reflexes in drug
    resistance. Aim. To study the antitumor effects of the X compound on gene expression of HH
    pathway components, proliferation and death in OSCC cells. Methodology. The OSCC cells
    (HSC3, CAL27, SCC4, SCC9, SCC15 e SCC25) were cultured in DMEM medium. Initially,
    cytotoxicity was assessed against different tumor and non-tumor cells by the Alamar Blue
    assay. Expression of HH pathway components was assessed by qPCR reactions using TaqMan
    Gene Expression Assays ™ after 12 hours of treatment with the test compounds. Viability, cell
    cycle and death standard assays in HSC3 cells were performed at different incubation times
    with the X compound (18 and 36 μM) by flow cytometry. The morphological alterations were
    evaluated through FSC (size / volume) and SSC (granulosity) parameters, obtained by
    cytometry. Results. Cytotoxicity analysis of the test compound by Alamar Blue demonstrated
    greater sensitivity to treatment in HSC3 cell (IC50: 36 μM) in relation to the other cell types
    tested, and it was chosen to the analysis of the effects of the X compound in OSCC cells. The
    X compound was able to reduce mRNA levels of the GLI1 transcription factor at the
    concentration of 36 μM after 12 hours of treatment. The GLI inhibitor significantly reduced the
    cell viability of HSC3 cells after 24 hours of treatment. Cell cycle and death standard assays
    demonstrated a significant increase in nuclear fragmentation in the sub-G1 phase and cell death
    by apoptosis. Conclusion. The GLI inhibitor significantly reduced GLI1 gene expression,
    indicating reduction of HH pathway downstream activity within 12 hours of treatment. In
    addition, the test compound significantly reduced viability and promoted a significant increase
    in nuclear fragmentation and cell death by apoptosis in OSCC cells.

2
  • TAYANE DA ROCHA COSTA COELHO
  • AVALIAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO ENTRE DOENÇAS PERIIMPLANTARES E FATORES SISTÊMICOS: UM ESTUDO TRANSVERSAL

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • ROBERTA SANTOS TUNES
  • ROBERTO ALMEIDA DE AZEVEDO
  • Data: 11/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • OBJETIVO: O presente estudo objetivou identificar os fatores sistêmicos associados à mucosite peri-implantar e à peri-implantite em indivíduos com próteses fixas implantossuportadas. MATERIAIS E MÉTODOS: Neste estudo transversal, o exame clínico periodontal e peri-implantar foram realizados em uma amostra de 71 voluntários. A mucosite periimplantar foi definida como a presença de sangramento à sondagem em associação com vermelhidão, inchaço ou supuração, sem perda óssea. Peri-implantite foi definida como imagem radiográfica de perda óssea ≥ 3 mm ou profundidade de sondagem ≥ 6 mm, associada à sangramento e/ou supuração ao sondar. Os fatores sistêmicos foram avaliados por exame físico ou questionário e incluíram obesidade, terapia de reposição hormonal, osteopenia e osteoporose, hipertensão e hipercolesterolemia. Modelos logísticos foram aplicados para avaliar associações entre doenças periimplantares e fatores sistêmicos (p≤0,05). RESULTADOS: Mucosite e peri-implantite foram encontradas em 70,4% (n = 50) e 15,5% (n = 11) da amostra, respectivamente. A análise de regressão mostrou que a terapia de reposição hormonal diminuiu o risco de mucosite peri-implantar (RP = 0,40, IC 95%: 0,21-0,95; p = 0,04), enquanto a pressão sistólica alta (RP = 4,48, IC 95%: 1,38- 35,48; p = 0,01) aumentou o risco de peri-implantite. Os demais fatores sistêmicos não foram associados às doenças peri-implantares. CONCLUSÃO: A terapia de reposição hormonal diminuiu o risco de mucosite periimplantar, enquanto a hipertensão arterial sistólica aumentou o risco de periimplantite. Consequentemente, os pacientes com hipertensão arterial sistólica devem ser informados antes da colocação do implante e, mais frequentemente, convocados para visitas de manutenção; enquanto um acompanhamento hormonal pode ser sugerido em mulheres que apresentem quadro de mucosite peri-implantar persistente.


  • Mostrar Abstract
  • AIM: The present study aimed to identify the systemic factors that are associated with peri-implant mucositis and peri-implantitis in individuals with implant-supported fixed prostheses. MATERIAL AND METHODS: In this cross-sectional study, periodontal and peri-implant clinical examination were performed on a sample of 71 volunteers. Peri-implant mucositis was defined as the presence of blending on probing in association with redness, swelling or suppuration, without bone loss. Peri-implantitis was defined as radiographic image of bone loss ≥ 3 mm or probing depth ≥ 6 mm, associated with bleeding and/or suppuration on probing. The systemic factors were evaluated by clinical examination or questionnaire and included obesity, hormone replacement therapy, osteopenia and osteoporosis, hypertension and hypercholesterolemia. Logistic models were applied to assess associations between peri-implant diseases and systemic factors (p≤0.05). RESULTS: Mucositis and peri-implantitis were found in 70.4% (n=50) and 15.5% (n=11) of the sample, respectively. The regression analysis showed that hormone replacement therapy decreased the risk for peri-implant mucositis (PR = 0.40, 95% CI: 0.21-0.95; p =0.04), whereas systolic hypertension (PR = 4.48, 95% CI: 1.38-35.48; p = 0.01) increased the risk for peri-implantitis. The other systemic factors were not associated with peri-implant diseases. CONCLUSION: Hormone replacement therapy decreased the risk of peri-implant mucositis, whereas high systolic blood pressure increased the risk of peri-implantitis. Consequently, patients with high systolic blood pressure should be informed before implant placement and more frequently re-called for maintenance visits. While hormonal monitoring may be suggested in women with persistent peri-implant mucositis.

3
  • PALOMA SOUZA GONÇALVES CERQUEIRA
  • A DEPLEÇÃO DE COLESTEROL INTERFERE NA EXPRESSÃO DE CAVEOLINAS EM LINHAGEM CELULAR DE ARCINOMA EPIDERMÓIDE DE BOCA

  • Orientador : FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGUIDA CRISTINA GOMES HENRIQUES LEITAO
  • FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • MANOELA CARRERA MARTINEZ CAVALCANTE PEREIRA
  • Data: 19/09/2019

  • Mostrar Resumo
  • A cavéola é um microdomínio de membrana celular, rica em colesterol e
    esfingolipídios, constituída por proteínas estruturais e regulatórias denominadas
    de caveolinas (Cav-1, -2, e -3). Corresponde a um tipo de balsa lipídica e é um
    local de ancoramento de receptores celulares e moléculas envolvidas nas vias
    de transdução de sinal intracelular, inclusive em células neoplásicas. O
    desenvolvimento do câncer decorre da interrupção da homeostase entre a
    proliferação celular e apoptose, sendo tais células caracterizadas ainda pela
    elevada capacidade de invasão tecidual e metástase, evento este dependente
    do processo de transição epitélio-mesenquimal (TEM). Por meio deste, as
    células sofrem alterações em suas características epiteliais, adquirindo um
    fenótipo invasivo (mesenquimal). Dentre as moléculas sinalizadoras da TEM, a
    Cav-1 tem sido descrita, porém pouco se sabe da sua participação no câncer de
    boca, bem como em respeito a Cav-2 e Cav-3. Para avaliar a participação de
    caveolinas no carcinoma epidermóide de boca (CEB) e sua possível relação com
    a TEM, o presente estudo induziu a desestabilização da estrutura caveolar
    através do ensaio de depleção do colesterol em linhagem celular de CEB
    (SCC9). A expressão das Caveolinas 1 e 2 (Cav- 1 e Cav-2) foi avaliada pré e
    após ruptura da estrutura caveolar. As expressões gênica e proteica foram
    mensuradas através de qRT-PCR e Western blot, respectivamente, e a
    sublocalização celular avaliada através de imunofluorescência. A depleção do
    colesterol resultou em alteração da morfologia celular de CEB nas diferentes
    concentrações de MβCD, bem como diminuição das taxas de proliferação e
    viabilidade celular e aumento das taxas de apoptose tardia. A análise da
    expressão de transcritos de CAV-1 revelou a expressão gênica aumentada nas
    SCC9 tratadas no período de 24 horas em diferentes concentrações de MβCD:
    (5mM, 7,5mM, 10mM e 15mM) em relação SCC9 parental com diferença
    estatisticamente significativa (p= 0,0004, teste Kruskal-Wallis). Não houve
    diferença estatística para a mesma análise em CAV 2 (p= 0,1, teste Kruskal
    Wallis), assim como na análise de associação entre os transcritos CAV 1 e CAV2
    (p= 0,88, teste de Mann-Whitney). A expressão proteica da Cav-1 mostrou-se
    aumentada, com posterior diminuição dose-dependente. Apenas nas amostras
    tratadas com MβCD a 5mM observou-se diferença estatisticamente significante
    (p= 0,02, teste Krukal-Wallis). O ensaio de imunofluorescência exibiu menor
    intensidade de marcação citoplasmática e membranar nas amostras tratadas,
    tanto para Cav-1, quanto para Cav-3. Tais achados indicam a modulação de
    colesterol como possível mecanismo subjacente à regulação dessas moléculas
    e ativação da TEM no CEB.


  • Mostrar Abstract
  • Caveola is a microdomain of cell membrane, rich in cholesterol and
    sphingolipídios, constituted by structural and regulatory proteins denominated
    caveolinas (Cav-1, -2, and -3). It corresponds to a lipid raft type and is an
    anchoring site of cellular receptors and molecules involved in intracellular signal
    transduction pathways, including cancerous cells. The development of cancer
    results from the interruption of homeostasis between cell proliferation and
    apoptosis. These cells are characterized by high tissue invasion capacity and
    metastasis, an event that is dependent on the epithelial-mesenchymal transition
    (EMT) process. Through this, the cells undergo changes in their epithelial
    characteristics, acquiring an invasive phenotype (mesenquimal). Among EMT
    participation in oral cancer, Cav-1 had been described, but litlle is known about
    it, as well as regarding Cav-2 and Cav-3. In order to evaluate the participation of
    caveolins in oral squamous cell carcinoma (OSCC) and its relation to EMT, the
    present study induced destabilization of the caveolar structure through the
    cholesterol depletion assay in OSCC cell line (SCC9). The expression of
    Caveolins 1 and 2 was evaluated before and after rupture of the caveolar
    structure. Gene and protein expression were measured by qRT-PCR and
    Western blot, respectively, and cell sublocalization assessed by
    immunofluorescence. Cholesterol depletion resulted in alteration of OSCC cells
    morphology at different concentrations of MβCD., as well as decreased cell
    proliferation and viability rates. Analysis of CAV-1 transcript expression revealed
    increased gene expression in the treated SCC9, over the 24 hours period, at
    different concentrations of MβCD: 5 mM., 7.5mM, 10mM and 15mM, in relation
    to parental SCC9. The analysis of the CAV 1 gene expression presented a
    statistically significant difference (p = 0.0004, Kruskal-Wallis test). There was no
    statistical difference for the same analysis in CAV 2 expression (p = 0.1, Kruskal
    Wallis test), as well as for the association analysis between the CAV 1 and CAV2
    transcripts (p = 0.88, Mann-Whitney test). Cav-1 protein expression was
    increased, with subsequent dose-dependent decrease. Only in samples treated
    with 5mM MβCD there was a statistically significant difference (p = 0.02, Krukal-
    Wallis test). The immunofluorescence assay showed lower cytoplasmic and
    membrane labeling intensity in the treated samples for both Cav-1 and Cav-3.
    These findings indicate the modulation of cholesterol as a possible mechanism
    underlying the regulation of these molecules and activation of EMT in OSCC.

4
  • BRUNO COSTA MATOS
  • CONDIÇÃO BUCAL E SUA RELAÇÃO COM INCAPACIDADES FÍSICAS E EPISÓDIOS REACIONAIS DECORRENTES DA HANSENÍASE

  • Orientador : JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • MARIA ISABEL PEREIRA VIANNA
  • SORAYA CASTRO TRINDADE
  • Data: 06/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: a hanseníase é uma doença infecciosa crônica, que afeta principalmente nervos periféricos e pele, de grande relevância para a saúde pública no Brasil, com alto poder incapacitante. Estudos anteriores sugerem que a hanseníase pode acometer a cavidade bucal e que as infecções bucais, com destaque para a periodontite, podem influenciar o aparecimento de episódios reacionais. Objetivo: Investigar a condição bucal de adultos com incapacidades físicas e reações hansênicas assistidos em um serviço de referência de hanseníase na cidade de Salvador – Bahia. Método: Esta pesquisa resultou em dois estudos realizados em adultos atendidos no Centro de Referência em Hanseníase, na cidade de Salvador-Bahia: estudo 01 - transversal exploratório da associação entre condição bucal e graus de incapacidades físicas decorrentes da hanseníase em amostra de 188 indivíduos; estudo 2 - caso controle da associação entre periodontite e reação hansênica com 204 indivíduos (110 casos x 98 controles). Os dados foram obtidos através da aplicação de questionários estruturados e registros em fichas clínicas. O exame clínico bucal foi feito por cirurgião-dentista treinado para avaliar índice CPO-D, doença periodontal, lesão bucal, uso e necessidade de prótese. Os procedimentos de análise de dados envolveram testes qui-quadrado de Pearson e T Student, considerando significância de 5%. Razão de prevalência e intervalos de confiança de 95% (IC95%) foram calculados. No estudo 02 foi feita análise multivariada com regressão logística não condicional de backward para estimar a Odds ratios (OR) e seus IC95%. Resultados: No estudo 01 observou-se que as frequências de incapacidades físicas graus I e II foram maiores nos indivíduos multibacilares (p=0,004), com maior tempo de diagnóstico da hanseníase (p=0,003), que relataram episódios reacionais (p<0,001) e com maior tempo de terapia para reação hansênica (p<0,001). Com relação à condição bucal, houve associações estatisticamente significantes entre grupo com graus I e II de incapacidades físicas e dentes cariados (p=0,002), nível de inserção clínica (p=0,01), dentes restaurados (p<0,001) e necessidade de prótese superior e inferior (p=0,012 e p=0,005). No estudo 02, a frequência de periodontite na amostra variou a depender dos critérios diagnósticos utilizados: 74,50% (Page & Eke, 2012), 43% (Estagiamento adaptado AAP; FEP 2018) e 13,60% (Gomesfilho et. al., 2018). Em relação aos descritores clínicos periodontais, houve uma tendência de pior condição bucal nos participantes do grupo caso com significância para as variáveis profundidade de sondagem (p=0,03), nível de inserção clínica (p=0,05); sangramento à sondagem (p=0,03), “dentes com nível de inserção clínica 1 e 2 mm” (p=0,05) e “dentes com nível de inserção clínica 3 e 4 mm” (p=0,03). As medidas de associação (odds ratio) não foram estatisticamente significantes para nenhum dos critérios diagnósticos de periodontite. Conclusão: Os achados mostram que indivíduos com incapacidades físicas e episódios reacionais possuem uma pior condição bucal em relação aos que não possuem esses agravos, reforçando a necessidade de reorientação dos serviços de acompanhamento destes indivíduos de modo a estabelecer a melhor estratégia de ação multiprofissional. 


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Leprosy is a chronic infectious disease that mainly affects peripheral nerves and skin, of great relevance to public health in Brazil, with high disabling power. Previous studies suggest that leprosy may affect the oral cavity and that oral infections, especially periodontitis, may influence the onset of reaction episodes. Objective: To investigate the oral condition of adults with physical disabilities and leprosy reactions assisted at a leprosy referral service in the city of Salvador - Bahia. Method: This research resulted in two studies conducted in adults attended at the Leprosy Reference Center, in the city of Salvador-Bahia: study 01 - exploratory cross-sectional study of the association between oral condition and degrees of physical disability due to leprosy in a sample of 188 individuals; study 2 - case control of the association between periodontitis and leprosy reaction with 204 individuals (110 cases x 98 controls). Data were obtained through the application of structured questionnaires and records in clinical records. Clinical oral examination was performed by a trained dental surgeon to evaluate the DMFT index, periodontal disease, oral injury, use and need for prosthesis. The data analysis procedures involved T Student and Pearson chi-square tests, considering significance of 5%. Prevalence ratios and 95% confidence intervals (95% CI) were calculated. In study 02, multivariate analysis with backward unconditional logistic regression was performed to estimate Odds ratios (OR) and its 95% CI. Results: In study 01 it was observed that the frequency of physical disabilities grades I and II were higher in multibacillary individuals (p = 0.004), with longer leprosy diagnosis (p = 0.003), who reported reaction episodes (p <0.001) and with longer therapy for leprosy reaction (p <0.001). Regarding the oral condition, there were statistically significant associations between groups with physical disabilities grade 1 and 2 and decayed teeth (p = 0.002), clinical insertion level (p = 0.01), restored teeth (p <0.001) and need upper and lower prosthesis (p = 0.012 and p = 0.005). In study 02, the frequency of periodontitis in the sample varied depending on the diagnostic criteria used: 74.50% (Page & Eke, 2012), 43% (Adapted Staging AAP; FEP 2018) and 13.60% (Gomes-Filho et al., 2018). Regarding the periodontal clinical descriptors, there was a tendency for worse oral condition in the participants of the case group with significance for the probing depth (p = 0.03), clinical insertion level (p = 0.05); probing bleeding (p = 0.03), “teeth with clinical insertion level 1 and 2 mm” (p = 0.05) and “teeth with clinical insertion level 3 and 4 mm” (p = 0.03). Odds ratios were not statistically significant for any of the diagnostic criteria for periodontitis. Conclusion: The findings show that individuals with physical disabilities and reaction episodes have a worse oral condition than those without these disorders, reinforcing the need for reorientation of the follow-up services of these individuals in order to establish the best multi-professional action strategy.

Teses
1
  • GETULIO BATISTA DE OLIVEIRA
  • AVALIAÇÃO DA TÉCNICA SOCKET SHIELD NA PRESERVAÇÃO DO REBORDO ÓSSEO ALVEOLAR APÓS EXTRAÇÃO DENTÁRIA: ENSAIO CLÍNICO CONTROLADO RANDOMIZADO

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • ISAAC SUZART GOMES FILHO
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MAURÍCIO ANDRADE BARRETO
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • Data: 04/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • A cicatrização do alvéolo de extração dentária é um processo fisiológico que causa grande perda óssea, podendo chegar a 50% nos primeiros 12 meses da extração. A preservação do volume ósseo é fundamental para os tratamentos com implantes dentários, principalmente na região estética. Diferentes protocolos cirúrgicos e tipos de materiais de enxertia têm sido utilizados para reduzir essa reabsorção. A técnica socket shield é uma abordagem cirúrgica de extração parcial do dente que consiste em deixar uma porção vestibular da raiz dentária com o ligamento periodontal correspondente no alvéolo, para evitar a reabsorção da tábua óssea vestibular. Inicialmente essa técnica foi usada para a colocação imediata de implante dentário e preenchimento do espaço da porção da raiz removida, com biomaterial. O objetivo deste estudo foi avaliar a técnica socket shield na preservação do rebordo alveolar após extração dentária, sem a colocação imediata de implante, comparando com a exodontia minimamente traumática. Um estudo clínico controlado randomizado foi realizado com 31 pacientes que necessitavam de apenas uma extração dentária na região anterior ou de pré-molares. Quinze extrações dentárias foram feitas pela técnica socket shield (grupo teste) e dezesseis extrações dentárias foram feitas pela técnica minimamente traumática (grupo controle). Todos os alvéolos foram fechados com enxerto gengival livre. Foram realizadas tomografias computadorizadas de feixe cônico (TCFC) imediatamente após as extrações dentárias e também aos 100 dias de pós-operatório (PO), tanto nos pacientes do grupo teste como nos pacientes do grupo controle. Foram feitas oito medidas lineares no plano sagital e nove medidas lineares no plano axial das tomografias iniciais e finais, para avaliar a preservação do rebordo alveolar. Os resultados mostraram que houve reabsorção do rebordo alveolar após a técnica socket shield, tanto em altura vestibular (-0,15±1,30mm) e palatina (-0,91 ± 2,24), quanto em largura (-0,76±2,75mm). A largura do rebordo alveolar apresentou menor reabsorção no grupo teste (p=0,04), embora a tábua óssea vestibular tenha sofrido maior reabsorção em espessura (p=0,05). Portanto, pode-se concluir que, dentro dos limites deste estudo, após a técnica socket shield, ocorre reabsorção da largura e da altura do rebordo alveolar, sendo que a reabsorção do rebordo alveolar em largura é menor e a reabsorção da tábua óssea vestibular em espessura é maior se comparada a exodontia minimamente traumática. Diante da dificuldade da técnica socket shield, a experiência e o treinamento prévio do cirurgião dentista devem ser consideradas para indicar esta técnica.


  • Mostrar Abstract
  • The dental alveolus healing is a physiological process that causes great loss of bone volume, reaching up to 50% in the first 12 months of extraction. The bone volume preservation is fundamental for the treatment with dental implants, mainly in the esthetic region. Different surgical protocols and grafting materials have been used to prevent the reduction of the alveolus thickness after an exodontia. The socket shield technique is a partial tooth extraction surgical approach consisting of leaving a buccal portion of the dental root with the corresponding periodontal ligament in the alveolus to prevent reabsorption of the buccal bone plate. Initially this technique was used for the immediate placement of dental implant and filling the space of the root portion removed with biomaterial. The objective of this study was to evaluate the socket shield technique in the preservation of the alveolar ridge after tooth extraction without immediate implant placement, comparing with the minimally traumatic exodontia. A randomized controlled clinical study was conducted with 31 patients requiring only one dental extraction in the anterior or premolar region. Fifteen dental extractions were made by the socket shield technique (test group) and sixteen dental extractions were made by the minimally traumatic technique (control group). All alveoli were closed with a free gingival graft. Cone-beam CT scans (CBCT) were performed immediately after dental extractions and also at 100 postoperative days (PO), both in the patients in the test group and in the patients in the control group. Eight linear measurements were made in the sagittal plane and nine linear measurements in the axial plane of the patients' initial and final tomographies to evaluate the preservation of the alveolar ridge. The results showed that there was reabsorption of the alveolar ridge after the socket shield technique, both in vestibular height (-0.15 ± 1.30 mm) and palatal (-0.91 ± 2.24), as well as in width (-0.76 ± 2.75mm). The width of the alveolar ridge presented less resorption in the test group (p = 0.04), although the buccal bone plate presented greater resorption in thickness (p = 0.05). Therefore, it can be concluded that, within the limits of this study, after the socket shield technique, reabsorption of the width and height of the alveolar ridge occurs, with reabsorption of the alveolar ridge in width being smaller and reabsorption of the buccal bone plate in thickness is higher when compared to minimally traumatic exodontia. Due to the difficulty of the socket shield technique, the experience and previous training of the dental surgeon should be considered to indicate this technique.

2
  • DANIELA ADORNO FARIAS
  • ANÁLISE DE ALTERAÇÕES GENÔMICAS POR MEIO DO SEQUENCIAMENTO DO EXOMA COMPLETO EM UMA SERIE DE CASOS DE DISPLASIAS EPITELIAIS ORAIS

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • IGUARACYRA BARRETO DE OLIVEIRA ARAUJO
  • JOSE CLAUDIO CASALI DA ROCHA
  • ATSON CARLOS DE SOUZA FERNANDES
  • Data: 04/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • As lesões clínicas associadas com o desenvolvimento do carcinoma oral de células escamosas, neoplasia maligna oral de maior importância, são conhecidas como desordens orais potencialmente malignas e, em muitos casos, correspondem histopatológicamente a displasias epiteliais orais. Atualmente é considerado a divisão destas em baixo e alto graus para melhorar a concordância entre os patologistas. As bases genômicas das displasias epiteliais orais são desconhecidas e não existe um método confiável de avaliação de risco de transformação maligna. Entendendo que mutações somáticas são responsáveis pela transformação da mucosa displásica a câncer, e que estas variações genômicas poderiam representar marcadores objetivos para determinar potencial de transformação maligna, realizou-se sequenciamento do exoma completo em dez amostras de displasia epitelial oral de pacientes brasileiros e chilenos. Foram identificadas 42 variantes capazes de produzir alterações de alto impacto nas estruturas aminoacídicas de 39 genes. Deste total de variantes, seis são novas e foram identificadas nos genes: FAM198B, CBWD5, PKD1L3, LRRC37A2, GAREM1 e GIPC1. Observou-se mais de uma variante de efeito deletéreo nos genes TP53I11 e CELA1 As amostras de displasias epiteliais de alto grau mostraram uma tendência a acumular maior número de variantes de sequência de efeitos deletéreos que aquelas de baixo grau. Foram identificadas variantes exclusivas em amostras de displasias de baixo e alto graus. A variante SNV de efeito deletério localizada no gene SIX1, considerado um oncogene, foi observada em todas as amostras. Variantes de secuencia nos genes OR6C1,GABRG3, KRT24, MRPL27 e LAMA5 foram identificados em todas as amostras de displasias de baixo grau, e nos genes: ACTN2, TP53I11, GLYCTK e CELA1 foram observadas em todas as amostras de displasias de alto grau. Sendo assim, estes genes são sugeridos como possíveis marcadores de displasias epiteliais orais. É importante realizar novos estudos com um maior número de amostras que possam confirmar ou refutar as informações obtidas no presente estudo.


  • Mostrar Abstract
  • Clinical conditions associated with the development of oral squamous cell carcinoma, the most important oral cancer, are known as oral potentially malignant disorders and, in many cases, correspond to oral epithelial dysplasias. Nowadays, the division of these in low and high grades is considered to improve agreement among pathologists. The genetic basis of oral epithelial dysplasias is unknown and there is no reliable method of evaluating malignant transformation risk. We understand that somatic mutations are responsible for the transformation of the dysplastic mucosa to cancer. In addition, these genomic variations could represent objective markers to determine potential for malign transformation. In the present study, We performed whole exome sequencing in ten samples of oral epithelial dysplasia of Brazilian and Chilean patients. We identified 42 variants able to produce high-impact alterations in the amino acid structures of 39 genes. Of these total variants, six are new and have been identified in the genes: FAM198B, CBWD5, PKD1L3, LRRC37A2, GAREM1 and GIPC1. More than one deleterious effect variant was observed in the TP53I11 and CELA1 genes. High-grade epithelial dysplasia samples showed a tendency to accumulate more deleterious effect sequence variants than low-grade ones. Exclusive variants have been identified in low and high grade dysplasia samples. The deleterious effect variant SNV located on the SIX1 gene, considered an oncogene, was observed in all samples. Sequence variants in the OR6C1, GABRG3, KRT24, MRPL27 and LAMA5 genes were identified in all low-grade dysplasia samples, and in the genes: ACTN2, TP53I11, GLYCTK and CELA1 were observed in all high-grade dysplasia samples. Thus, these genes are suggested as possible markers of oral epithelial dysplasias. Further studies with more samples should be performed with to confirm or refute the information obtained in the present study.

3
  • ERNESTO SANTOS SOUSA NETO
  • INVESTIGAÇÃO DE MUTAÇÕES EM ONCOGENES E GENES SUPRESSORES DE TUMORES EM MIXOMAS ODONTOGÊNICOS POR SEQUENCIAMENTO DE NOVA GERAÇÃO

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MARIA DA CONCEIÇÃO ANDRADE
  • RICARDO FERNÁNDEZ RAMIRES
  • VIVIANE PALMEIRA DA SILVA
  • Data: 05/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • O mixoma odontogênico (MO) é uma neoplasia odontogênica agressiva benigna cuja patogenia ainda não foi bem esclarecida. Mutações patogênicas têm sido descritas em tumores odontogênicos (TO) epiteliais benignos, como ameloblastomas e tumores odontogênicos adenomatóides, no entanto, a patogênese molecular do MO ainda é pouco caracterizada, dificultando o desenvolvimento de um tratamento personalizado. O sequenciamento de nova geração (SNG) consiste em um dos métodos usado para traçar o perfil molecular de patologias e já está sendo utilizado para identificar mutações genéticas e polimorfismos de nucleotídeo único associados a muitas lesões odontogênicas. Com o objetivo de encontrar mutações genéticas no MO, realizou-se sequenciamento de nova geração (SNG) em nove casos utilizando o painel Ion AmpliSeqTM Cancer Hotspot Panel v2, que investiga 2.855 mutações em 207 amplicons de 50 genes. Após controle de qualidade, três amostras foram excluídas do estudo e apenas 06 amostras seguiram no experimento. O SNG revelou cinco variantes de nucleotídeo único: KDR (rs1870377); TP53 (rs1042522); PIK3CA (rs2230461); KIT (rs3822214); JAK3 (rs3213409), no entanto nenhuma mutação foi predita como patogênica. Em conclusão esses tumores agressivos não abrigam mutações patogênicas em genes comumente mutados em cânceres humanos cobertos por este painel, ou se o fazem, essas mutações provavelmente ocorrem em baixa proporção de casos.


  • Mostrar Abstract
  • Odontogenic myxoma (OM) is a benign aggressive odontogenic neoplasm whose pathogenesis has not yet been well understood. Pathogenic mutations have been described in benign epithelial odontogenic tumors (OT), such as ameloblastomas and adenomatoid odontogenic tumors; however, the molecular pathogenesis of OM is still poorly characterized, making it difficult to develop a personalized treatment. New generation sequencing (SNG) is one of the methods used to trace the molecular profile of pathologies and is already being used to identify genetic mutations and single nucleotide polymorphisms associated with many odontogenic lesions. In order to find genetic mutations in the MO, new generation sequencing (SNG) was performed in nine cases using the Ion AmpliSeq ™ Panel Cancer Hotspot Panel v2, which investigates 2,855 mutations in 207 amplicons of 50 genes. After quality control, three samples were excluded from the study and only six samples were followed in the experiment. The SNG revealed five single nucleotide variants: KDR (rs1870377); TP53 (rs1042522); PIK3CA (rs2230461); KIT (rs3822214); JAK3 (rs3213409), however no mutation was predicted as pathogenic. In conclusion, these aggressive tumors do not harbor pathogenic mutations in commonly mutated genes in human cancers covered by this panel, or if they do, such mutations probably occur in a low proportion of cases.

4
  • ANA CAROLINA RAMOS MARIZ
  • RELAÇÃO ENTRE OS ESPAÇOS ARTICULARES E OS DESLOCAMENTOS DO DISCO DA ATM: AVALIAÇÃO POR
    RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

  • Orientador : PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCO ARSATI
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • JENER GONÇALVES DE FARIAS
  • PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 10/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre a amplitude dos espaços da
    articulação temporomandibular (ATM) e os diferentes tipos de deslocamentos do
    disco, através do exame de ressonância magnética (RM). O estudo incluiu exames
    de RM de 305 pacientes (610 articulações), com idades variando entre 18-79 anos
    (média de idade 37,59 anos ± 13,85). As mensurações dos espaços articulares
    foram realizadas nos planos paracoronal (espaço articular medial, EAM; espaço
    articular central, EAC, e espaço articular lateral, EAL) e parassagital (espaço
    articular anterior, EAA; espaço articular superior, EAS; e espaço articular posterior,
    EAP). Os dados coletados foram tabulados e os testes Qui-Quadrado, t de Student e
    Mann-Whitney foram utilizados (p<0,05). Trezentas e quarenta e oito articulações
    (57%) apresentaram deslocamento do disco articular. O deslocamento anterior
    parcial do segmento lateral do disco foi o mais comum (27,9%). Amplitude maior
    para o EAM e para o EAL mostrou associação com o deslocamento medial
    (p=0,004) e com o deslocamento lateral (p=0,001) do disco articular,
    respectivamente. Amplitude menor para o EAC mostrou associação com o
    deslocamento posterior (p=0,001), com o anterior (p=0,003) e com os rotacionais
    anteromedial (p=0,040) e anterolateral (p=0,002) do disco articular. Amplitude menor
    para o EAS mostrou associação com o deslocamento posterior (p=0,001), com o
    anterior (p=0,001) e com os rotacionais anteromedial (p=0,001) e anterolateral
    (p=0,002) do disco articular. Amplitude menor para o EAP mostrou associação com
    o deslocamento anterior acrescido dos rotacionais anteromedial e anterolateral
    (p=0,014) dos discos articulares. Não houve associação entre amplitude maior do
    EAP e deslocamento posterior (p=0,234) do disco articular. Nossos resultados
    revelaram que os deslocamentos de discos estão significativamente associados à
    mudanças da posição da cabeça da mandíbula na fossa mandibular, tanto no plano
    parassagital quanto no plano paracoronal, e esta informação é de fundamental
    importância quando da avaliação de imagens que não mostram o disco articular.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the relationship between amplitude of joint spaces of
    the temporomandibular (TMJ) and different types of disc displacements, by means of
    MRI exams. Included in the study were MRI exams of 305 patients (610 joints) with
    ages ranging between 18-79 years (mean age 37.59 ± 13.85 years). Joint spaces
    were measured in paracoronal (medial space, MS; central space, CS, and lateral
    space, LS) and parasagittal (anterior space AS; superior space, SS, and posterior
    space, PS) planes. The collected data were tabulated and Chi-Square and Student t
    and Mann-Whitney tests were applied (p<0.05). Of joints, 348 (57%) presented
    articular disc displacements. Partial anterolateral displacement was the most
    common (27.9%) occurrence. Higher amplitude for MS and LS was associated with
    medial (p=0.004) and lateral (p=0.001) articular disc displacements, respectively.
    Lower amplitude for the CS was associated with posterior (p=0.001), anterior
    (p=0.003), rotational anteromedial (p=0.040) and anterolateral (p=0.002)
    displacements of the articular disc. Lower amplitude for the SS was associated with
    posterior (p=0.001), anterior (p=0.001), rotational anteromedial (p=0.001) and
    anterolateral (p=0.002) displacements of the articular disc. Lower amplitude for the
    PS was associated with anterior in addition to rotational anteromedial and
    anterolateral displacements (p=0.014) of articular discs. There was no association
    between higher amplitude PS and posterior displacement (p=0.234) of the articular
    disc. Our results revealed that disc displacements are significantly associated with
    changes in condylar position in the mandibular fossa, both in the parasagittal and
    paracoronal planes, and this information is essencial when evaluating images that do
    not show the articular disc.

5
  • INESSA DA SILVA BARBOSA
  • ASPECTOS CRANIOFACIAIS DE PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME: UMA AVALIAÇÃO RADIOMORFOMÉTRICA TRIDIMENSIONAL

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LILIANE ELZE FALCAO LINS KUSTERER
  • MARCOS ALAN VIEIRA BITTENCOURT
  • PATRICIA MIRANDA LEITE RIBEIRO
  • THAIS FEITOSA LEITAO DE OLIVEIRA
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 15/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo teve como objetivo realizar a avaliação tridimensional de aspectos craniofaciais de
    pessoas com diagnóstico de doença falciforme. Para isto, foram selecionados 70 exames de
    tomografia computadorizada de face de pessoas com o referido diagnóstico (grupo teste),
    atendidas no Serviço de Odontologia do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard
    Santos (Universidade Federal da Bahia). Os exames foram pareados por idade e sexo, na
    proporção de 1:1, com pessoas sem diagnóstico da DF (grupo controle). As imagens
    tomográficas foram analisadas utilizando o programa Dolphin Imaging® versão 11.5 Premium
    (Dolphin Imaging & Management Solutions, Chatsworth, California, EUA), tendo sido
    realizadas medidas mandibulares e condilares, lineares e volumétricas, no módulo
    tridimensional; avaliação qualitativa dos côndilos em reconstruções multiplanares; avaliação
    do padrão esquelético, a partir de medidas lineares e angulares, nas reconstruções
    cefalométricas; além da avaliação volumétrica, de área e linear das vias aéreas superiores. Os
    resultados mostraram uma concordância intra-examinador muito forte (coeficiente de
    correlação intraclasse de 0,998; p<0,0001) e diferenças estatisticamente significativas para
    altura dos côndilos (p=0,02), Go-Gn e Cos-Go (p= 0,0008 e p< 0,0001, respectivamente), sendo
    que para o sexo masculino houve diferença também para a medida Cop-GN (p= 0,0008),
    enquanto em mulheres não houve diferença significante. Na análise cefalométrica, as medidas
    SN-GoGn (p= 0,02) e Co-A (p= 0,0011) apareceram aumentadas no grupo teste, sendo que a
    segunda medida se manteve estatisticamente significante em mulheres (p= 0,002), quando a
    avaliação foi feita de acordo com o sexo do paciente. A avaliação das vias aéreas demonstrou
    valores significativamente menores para o volume e a área (p= 0,007 e p= 0,02,
    respectivamente) no grupo teste. Pode-se concluir que as medidas encontradas indicam
    tendência de menor crescimento mandibular e condilar, especialmente em homens acometidos
    pela doença falciforme, que, combinadas aos achados cefalométricos corroboram para uma
    tendência de crescimento vertical da mandíbula associado à protrusão maxilar, representando
    um padrão de Classe II esquelética hiperdivergente. As vias aéreas superiores dos portadores
    de doença falciforme são menores, o que está de acordo com o padrão esquelético encontrado.




  • Mostrar Abstract
  • The objective of this research was to perform a three-dimensional assessment of craniofacial
    features on subjects with sickle cell disease. On this behalf, 70 TC face scans of individuals
    with diagnosed SCD (test group), attending Dental Sevice at Edgard Santos University
    Hospital (UFBA, Brazil). Those scans were paired up with clinically normal patients (control
    group) regarding age and sex, on a 1:1 proportion. All images were assessed using Dolphin
    Imaging® software version 11.5 Premium (Dolphin Imaging & Management Solutions,
    Chatsworth, California, EUA) and we performed mandibular and condylar, linear and
    volumetric, measurements on the 3D module; condyle qualitative assessment on multiplanar
    reconstructions; evaluation of the skeletal pattern, through linear and angular values, on
    cephalometric reformations; besides upper airways volume, area and linear measurements.
    Results showed a very strong intra-examiner agreement (intraclass correlation coefficient of
    0,998; p<0,0001) and statistically significant differences for condyle heights (p=0,02), Go-Gn
    and Cou-Go (p= 0,008 and p< 0,0001, respectively), with differences also for Cop-Gn (p=
    0,008) for men while no statisticaly significant differences were found for women. On
    cephalometric analysis, both SN-GoGn (p= 0,02) and Co-A (p= 0,0011) values were increased
    whilst the latter kept statistically significant in women (p= 0,001) when evaluation was made
    according to the patient’s gender. Evaluation of the upper airways showed significant smaller
    measurements for volume and area (p= 0,007 and p= 0,02 respectively) on test group. One can
    conclude that these results indicate a tendency of a lower mandibular and condylar growth,
    especially in men affected with SCD, which, combined with cephalometric finds cope with a
    vertical growth resultant associated with maxillary protrusion, representing a hyperdivergent
    Class II skeletal pattern. Upper airways are diminished on SCD subjects, which is in accordance
    with the presented skeletal pattern.


6
  • LIVIA SILVA FIGUEIREDO E RIBEIRO CAPONI
  • Relação entre o resultado da terapia periodontal nãocirúrgica e nível sérico de vitamina D.

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO LUIZ BARBOSA PINHEIRO
  • FABIO MIYAJIMA
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • LUCIANA MARIA PEDREIRA RAMALHO
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • Data: 22/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • A vitamina D pode ser naturalmente produzida pelo organismo quando a pele é exposta à radiação solar, sendo também encontrada em alguns alimentos. Menor quantidade de vitamina D tem sido associada a várias doenças, incluindo osteoporose, cânceres, esclerose múltipla, doença cardiovascular e doença periodontal. O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre o resultado do tratamento periodontal não-cirúrgico e a vitamina D em pacientes com periodontite. Foram incluídos 52 pacientes da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal da Bahia com diagnóstico de periodontite leve ou moderada. Os pacientes responderam a um questionário sobre dados sócio demográficos, saúde sistêmica e bucal. Na sequência, foi realizado exame de sangue para dosagem da vitamina D, o exame periodontal completo e o tratamento periodontal nãocirúrgico de raspagem e alisamento radicular. Os participantes receberam orientações de higiene bucal e profilaxia dentária durante 6 meses. Então, foi realizado novo exame periodontal e novo exame do nível sérico de vitamina D. A análise de regressão evidenciou que não houve associação entre menor nível de vitamina D e o resultado do tratamento periodontal (P≥0,08). Entretanto, índice de placa ≥40% (OR=4,41; 95% IC=0,10–20,46; P=0,05) foi associado a maior chance de apresentar mais sítios com PS final ≥5mm, e história de periodontite na família (OR=7,16; 95% IC=1,02–50,35; P=0,05), índice de placa ≥40% (OR=46,85; 95% IC=4,94–444,21; P=0,001) e idade ≥43 anos (OR=9,74; 95% IC=1,26–75,44; P=0,03) aumentaram a chance de apresentar maior sangramento à sondagem final. Conclui-se que a vitamina D não influenciou no resultado clínico do tratamento periodontal não-cirúrgico.


  • Mostrar Abstract
  • Vitamin D can be naturally applied by the body when the skin is exposed to solar radiation and is also found in some foods. Less vitamin D has been linked to several diseases, including osteoporosis, cancer, muscle sclerosis, cardiovascular disease and periodontal disease. The aim of this study was to evaluate an association between the result of nonsurgical periodontal treatment and vitamin D in patients with periodontitis. 52 patients from the Faculty of Dentistry of the Federal University of Bahia with a diagnosis of mild or moderate periodontitis were included. Patients answer a questionnaire about sociodemographic data, systemic and oral health. Subsequently, a blood test was performed to measure vitamin D, or a complete periodontal examination and a nonsurgical periodontal treatment of scaling and root planning. Participants received oral hygiene and dental prophylaxis guidelines for 6 months. Then, a new periodontal examination and a new vitamin D level examination were performed. The regression analysis showed that there was no association between the lowest level of vitamin D and the result of periodontal treatment (P≥0.08). Plaque index ≥40% (OR=4.41; 95% CI= 0.10–20.46; P=0.05) was associated with a greater chance of presenting more details with final PS ≥5mm, and history of periodontitis in the family (OR = 7.16; 95% CI = 1.02– 50.35; P=0.05), plaque index ≥40% (OR = 46.85; 95% CI=4.94 –444,21; P=0.001) and age ≥43 years (OR=9.74; 95% CI=1.26–75.44; P=0.03) increased the chance of having greater bleeding at the final probe. He concluded that a vitamin D did not influence any clinical outcome of non-surgical periodontal treatment.

7
  • ROSÂNGELA GÓES RABELO
  • AgNOR EM CÉLULAS DA MUCOSA BUCAL DE DEPENDENTES QUÍMICOS DE CRACK E COCAÍNA:ESTUDO TRANSVERSAL

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MARIA ISABEL PEREIRA VIANNA
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • ROBERTO PAULO CORREIA DE ARAUJO
  • URBINO DA ROCHA TUNES
  • Data: 02/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • O consumo de drogas ilícitas é um grave problema mundial de saúde pública, gerando
    agravos sistêmicos relevantes, dentre os quais as neoplasias. Biomarcadores como AgNOR podem possibilitar a identificação de alterações celulares, diagnóstico e prognostico de lesões orais. O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar a atividade proliferativa das células epiteliais orais em dependentes químicos de crack e (ou) cocaína e em
    não dependentes, usando a coloração das regiões organizadoras nucleolares (NORs)
    através da impregnação pela prata (AgNOR). A amostra foi composta por 88 indivíduos
    (com idade ≥ 16 anos) do sexo masculino, distribuídos em dois grupos; um com 44 indivíduos usuários de crack e (ou) cocaína, assistidos por instituições de apoio a químico-dependentes (DQ), e outro com 44 voluntários não usuários de crack e (ou) cocaína
    (NDQ), todos atendidos na disciplina Clínica Integrada da Faculdade de Odontologia da
    Universidade Federal da Bahia (UFBA). Os participantes responderam a um questioná-
    rio semiestruturado sobre saúde geral e dependência de drogas. Foi realizada citologia
    esfoliativa da mucosa jugal clinicamente íntegra e esfregaços em lâminas, as quais foram processadas e coradas pela técnica do AgNOR. A contagem das AgNORs foi realizada por um único examinador treinado. A média de AgNORs foi significantemente
    menor no grupo de dependentes do que no grupo dos não dependentes (p=0,04), bem
    como a porcentagem de células com 3 ou 4 AgNOR/núcleo (pAgNOR > 3 e >4) (p ≤
    0,02). Pode-se concluir, dentro dos limites deste estudo, que o uso de crack e (ou) coca-
    ína reduziu a atividade proliferativa das células epiteliais orais.



  • Mostrar Abstract
  • The consumption of illicit drugs represents a worldwide important public health
    problem, causing relevant systemic diseases, including neoplasms. Biomarkers, such as
    AgNOR, may enable the identification of cellular alterations, diagnosis and prognosis of
    oral lesions. The aims of this study were to evaluate and to compare the proliferative
    activity of oral epithelial cells from crack-cocaine addicted and non-addicted health
    (controls) persons using nucleolar organizer regions (NORs) silver impregnated staining
    (AgNOR). The sample was composed by 88 male subjects ( ≥ 16 years old), divided in
    two groups: the first one with 44 crack and (or) cocaine users, assisted by chemicallydependent support institutions(DQ), and the other one with 44 non-users volunteers
    (NDQ), all attended at the Integrated Clinical discipline of the School of Dentistry of
    the Federal University of Bahia (UFBA). The participants answered a semistructured
    questionnaire about general health and drugs addiction. Clinically, intact exfoliative
    cytology of the chew mucosa and slide smears were obtain, processed and stained by
    the AgNOR technique. AgNORs were counted by a single trained examiner. The mean
    AgNORs was significantly lower in the crack-cocaine addicted group than in the nonaddicted group (p = 0.04), as also the percentage of cells with 3 or 4 AgNOR / nucleus
    (pAgNOR> 3 and> 4) (p ≤ 0.02). It can be concluded, within the limitations of this
    study, that the use of crack and (or) cocaine reduced the proliferative activity of oral
    epithelial cells.


2018
Dissertações
1
  • LUANDERSON LOPES PEREIRA
  • FATORES RELACIONADOS À PERIODONTITE EM PACIENTES HIV+ EM USO DE HAART

  • Orientador : ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREIA CRISTINA LEAL FIGUEIREDO
  • ERICA DEL PELOSO RIBEIRO
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • Data: 31/01/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presença de Doenças Periodontais em pacientes com AIDS representa um dos
    primeiros sinais clínicos de imunossupressão gerada pela doença. Entretanto, o
    impacto das mudanças do padrão imunológico e farmacológico em indivíduos HIV+
    na periodontite ainda não está bem esclarecido. O objetivo deste trabalho foi avaliar
    os fatores relacionados à periodontite em pacientes HIV+/AIDS sob o uso de terapia
    antirretroviral de alta potência (HAART). A amostra foi constituída por indivíduos
    portadores de HIV sob uso de HAART. Foram coletados dados por meio de exame
    clínico anamnésico, periodontograma completo e aplicação de questionário sobre
    informações pessoais relacionadas à categorização pessoal, hábitos deletérios,
    padrão de higienização e uso de medicamentos. Os dados obtidos foram tabulados
    no programa Excel e analisados através do SPSS versão 22.0. Foram examinadas 66
    pessoas, a medicação mais utilizada foi a Lamivudina (3TC), na maioria dos casos,
    não houve interrupção na HAART (68,9%), porém 53,3% dos indivíduos tiveram que
    passar por mudanças em seu esquema terapêutico. A gravidade da periodontite mais
    prevalente foi a moderada (47,0%). Ao analisar o tempo de uso das principais
    medicações antirretrovirais separadamente, pode-se observar que o 3TC, ATV, AZT
    foram administrados por maior tempo nos casos de periodontite severa. O tempo de
    utilização da medicação LPV/R e a presença de perda de inserção maior que 7 mm
    obtiveram uma correlação negativa. Os valores da análise da dimensão fractal
    apresentaram-se maiores nos indivíduos que possuíam gengiva saudável e decaíam
    de acordo à instalação e progressão da periodontite. A análise fractal de radiografias
    panorâmicas mostrou-se eficiente em diferir pacientes com os diferentes níveis de
    periodontite. Quanto maior o tempo de uso da medicação LPV/R, menos sítios com
    perda de inserção maiores que 7mm eram apresentados pela amostra


  • Mostrar Abstract
  • The presence of Periodontal Diseases in patients with AIDS represents one of the first
    clinical signs of immunosuppression generated by the disease. However, the impact
    of immunological and pharmacological pattern changes on HIV + individuals in
    Periodontitis is not well understand. The objective of this study was to evaluate the
    factors related to Periodontitis in HIV + / AIDS patients under the use of high-potency
    antiretroviral therapy (HAART). The groups analyzed were individuals with HIV under
    HAART. Data were collected through anamnestic clinical examination, complete
    periodontogram and questionnaire application on personal information related to
    personal categorization, deleterious habits, standard of hygiene and use of
    medications. The data obtained were tabulate in the Excel program and analyzed
    through SPSS version 22.0. Sixty-six people were examine, the most commonly used
    medication was Lamivudine (3TC), in most cases, there was no interruption in HAART
    (68.9%), but 53.3% of individuals had to undergo changes in their treatment regimen.
    The severity of the most prevalent periodontitis was moderate (47.0%). When
    analyzing the time of use of the main antiretroviral medications separately, it can be
    observed that 3TC, ATV, AZT were administered for a longer time in the cases of
    Severe Periodontitis, the time of use of the LPV / R medication and the presence of
    insertion loss greater than 7 mm showed a negative correlation. The values of fractal
    dimension analysis were higher in individuals who had healthy gingiva and decayed
    according to the installation and progression of periodontitis

2
  • ERICA SANTANA D' AGOSTINO
  • Alterações orofaciais em crianças com microcefalia associada à exposição fetal ao zika vírus

  • Orientador : MARIA ISABEL PEREIRA VIANNA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JANEUSA RITA LEITE PRIMO CHAGAS
  • JOHELLE DE SANTANA PASSOS SOARES
  • MARIA ISABEL PEREIRA VIANNA
  • Data: 20/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A microcefalia é uma má-formação, na qual a cabeça se apresenta em tamanho menor, de acordo com padrão para sexo e idade. É considerada rara, capaz de comprometer o desenvolvimento neurológico e tem etiologia complexa e multifatorial. O expressivo aumento do número de casos observado a partir de outubro de 2015 no Brasil e a recente descoberta do Zika vírus como novo agente etiológico, mobilizaram o campo científico e as políticas públicas na área da saúde. Este trabalho teve o objetivo de descrever as alterações orofaciais das crianças com microcefalia decorrente da exposição fetal ao Zika vírus, acompanhadas na Instituição das Obras Sociais de Irmã Dulce em Salvador- Bahia. Trata-se de um estudo censitário, de delineamento transversal e descritivo. Mediante o levantamento de dados primários foram observadas, através do exame clínico, as características da cavidade bucal quanto às alterações nas estruturas dentárias e periodontais, lesões fundamentais e condições patológicas comuns na infância. Além disso, questionário específico contemplando aspectos relacionados à saúde bucal foi aplicado às mães. Informações referentes à identificação e saúde geral das crianças participantes, resultados de exames laboratoriais e tomografias puderam ser obtidos nos prontuários e bases de dados pré-existentes. Foram descritas as condições e alterações bucais da população de estudo e, exploratoriamente, verificadas potenciais associações entre variáveis de interesse e alterações observadas. Os resultados apontaram importantes alterações orofaciais na população de estudo, com alta prevalência de defeitos de desenvolvimento do esmalte, palato ogival e padrão facial do tipo dolicocéfalo, assim como, alteração na cronologia e sequência eruptiva. Visto que as crianças estão em fase de crescimento, é importante a continuidade do acompanhamento do desenvolvimento orofacial, assim como avaliar o impacto destas alterações no sistema estomatognático. O conhecimento das possíveis alterações orofaciais em crianças com microcefalia em decorrência do Zika vírus será fundamental para a incorporação do cirurgião dentista nas equipes multiprofissionais e implementação de protocolos de acompanhamento e de medidas de promoção da saúde, prevenção e intervenção precoce.


  • Mostrar Abstract
  • Microcephaly is a malformation in which the head is smaller in size according to sex and age. It is considered to be rare, capable of compromising neurological development, and has a complex and multifactorial etiology. The significant increase in the number of cases observed since October 2015 in Brazil and the recent discovery of the Zika virus, as a new etiological agent, mobilized the scientific field and public policies in the health area. This study aimed to describe the orofacial alterations of children with microcephaly resulting from fetal exposure to the Zika virus, accompanied at the Irmã Dulce Social Work Institution in Salvador, Bahia. It is a census study, with a cross-sectional and descriptive design. Through the collection of primary data, the characteristics of the buccal cavity were observed through clinical examination for changes in dental and periodontal structures, fundamental lesions and pathological conditions common in childhood; in addition, a specific questionnaire regarding aspects related to oral health was applied to mothers. Information regarding the identification and general health of the children participating, results of laboratory exams and tomographies could be obtained in the medical records and pre-existing databases. The oral conditions and alterations of the study population were described and, prospectively, potential associations between variables of interest and observed alterations were verified. The results pointed out important orofacial alterations in the study population, with a high prevalence of development of enamel defects, oval palate and dolichocephalic facial pattern, as well as alteration in chronology and eruptive sequence. Since children are in the phase of decline, it is important to continue the follow-up of orofacial development, as well as to evaluate the impact of these changes on the stomatognathic system. The knowledge of the possible orofacial alterations in children with microcephaly due to the Zika virus will be fundamental for the incorporation of the dentist surgeon in the multiprofessional teams and implementation of accompanying protocols and measures of health promotion, prevention and early intervention.

Teses
1
  • PAULA PAES FERREIRA
  • INFLUÊNCIA DOS MODOS DE IMAGEM E DE ROTAÇÃO NA AVALIAÇÃO DO OSSO ALVEOLAR VESTIBULAR ATRAVÉS DE TCFC

  • Orientador : IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MARCOS ALAN VIEIRA BITTENCOURT
  • LUCIANA SOARES DE ANDRADE FREITAS OLIVEIRA
  • THAIS FEITOSA LEITAO DE OLIVEIRA
  • WILSON OTTO GOMES BATISTA
  • Data: 06/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A diversidade de protocolos de aquisição de imagem por Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) tem impulsionado a realização de pesquisas com fins de conhecer a influência dos fatores de exposição na qualidade da imagem para o diagnóstico em diversas áreas da Odontologia. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo comparar os diferentes protocolos de aquisição de imagens por TCFC: HIFI-180o; HIFI-360o; HIRES-180o; HIRES-360o; HISPD-180o; HISPD-360o; STD-180o; STD-360o no diagnóstico da ausência do osso alveolar vestibular (OAV). Para tanto, foram adquiridas imagens de TCFC de um crânio completo (maxila e mandíbula), com 8 modos de aquisição distintos, em um mesmo aparelho, o 3D Accuitomo 170 (J. Morita, Kyoto, Japão). As imagens foram avaliadas por 2 examinadores e os resultados comparados com os achados do crânio seco (padrão ouro). Os resultados mostraram, através da análise de variância, que os protocolos HIFI-360o; HIRES-180o e HIRES-360o demonstraram desempenho superior, e estatisticamente significante, na avaliação do OAV. Diante dos resultados encontrados pôde-se concluir que para a avaliação do OAV é indicado o protocolo HIRES-180o com vistas a expor o paciente a uma menor dose de radiação sem comprometer o diagnóstico por imagem.


  • Mostrar Abstract
  • The diversity of image acquisition protocols using Cone-Beam Computed Tomography (CBCT) has been pushing for research to understand the influence of exposure factors on image quality for diagnosis in several areas of dentistry. So, the aim of this study was to compare the different protocols of acquisition of images by CBCT: HIFI-180o; HIFI-360o; HIRES-180o; HIRES-360o; HISPD-180o; HISPD-360o; STD-180o; STD-360o in the diagnosis of absence of the buccal alveolar bone (BAB). Images of a complete skull (maxilla and mandible), were acquired using 8 different acquisition protocols, in the same device, the 3D Accuitomo 170 (J. Morita, Kyoto, Japan). The images were evaluated by 2 examiners and the results compared with the findings on dry skull (gold standard). The results showed, according to analysis of variance, that the modes HIFI-360o; HIRES-180o and HIRES-360o demonstrated superior and statistically significant performance of in the evaluation of BAB. According to these results, to evaluate the BAB the HIRES-180o protocol is indicated in order to expose the patient to a lower dose of radiation without compromising the diagnosis by imaging

2
  • REBECA CAROLINA MORAES DANTAS
  • TRANSIÇÃO EPITELIAL-MESENQUIMAL E FRAÇÃO DE CRESCIMENTO TUMORAL EM CARCINOMA ESCAMOCELULAR DE BOCA COM A VIA HEDGEHOG ATIVADA

  • Orientador : CLARISSA ARAUJO GURGEL ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAROLINE BRANDI SCHLAEPFER SALES
  • CLARISSA ARAUJO GURGEL ROCHA
  • JAQUELINE FRANCA COSTA
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • VIVIANE PALMEIRA DA SILVA
  • Data: 22/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • INTRODUÇÃO/OBJETIVO: A via Hedgehog (HH) está ativada no Carcinoma
    Escamocelular de Boca (CEB) e pode estar relacionada a transição epitelialmesenquimal
    (TEM) e a proliferação celular neste tumor. Diante disso, o presente
    trabalho teve como objetivo avaliar a TEM e potencial proliferativo em CEBs com a via
    HH ativada. MATERIAL E MÉTODOS: Vinte e três casos de CEBs GLI1 positivos
    foram submetidos à reação imuno-histoquímica para as proteínas Snail, Slug, Ncaderina,
    E-caderina, β-catenina e MCM3. As análises da imunoexpressão foram
    realizadas em front de invasão e ilhas tumorais e os dados clínico-patológicos foram
    avaliados e comparados. RESULTADOS: No front de invasão, os casos de CEBs
    apresentaram expressão positiva para Snail, Slug e MCM3 no núcleo das células
    tumorais e observou-se perda de expressão membranar e citoplasmática de E-caderina e
    β-catenina. A expressão positiva para N-caderina foi observada em 31,78% dos casos.
    Imunoexpressão de GLI1 foi associada com a perda de expressão de E-caderina
    (p<0,001), β-catenina membranar (p<0,001) e β-catenina citoplasmática (p=0,02). Nas
    ilhas tumorais, observou-se expressão nuclear GLI1, Snail, Slug e MCM3. E-caderina e
    β-catenina exibiram marcação positiva membranar restabelecida. Observou-se uma
    correlação positiva e estatisticamente significante entre GLI1 e Snail (p=0,05), Ecaderina
    (p=0,01) e β-catenina citoplasmática (p=0,04). A expressão de β-catenina
    membranar estava relacionada com presença de metástase em linfonodos e estadiamento
    clínico e GLI1 apresentou associação com o estadiamento clínico. CONCLUSÕES: A
    via HH pode atuar na regulação da expressão de fenótipo mesenquimal. A perda de
    expressão de E-caderina e β-catenina está relacionada a região de front, enquanto que a
    adesão celular se encontra reestabelecida em ilhas tumorais, de forma independente de
    MCM3. O padrão de expressão de N-caderina e Slug não refletem de forma significante
    o processo de TEM em CEBs com a via HH ativada.


  • Mostrar Abstract
  • INTRODUCTION/OBJECTIVE: The Hedgehog (HH) pathway is activated in the
    Oral Squamous Cell Carcinoma (OSCC) and may be related to the epithelialmesenchymal
    transition (EMT) and cellular proliferation in this tumor. The aim of the
    present study was to evaluate the EMT and the cell proliferative potential in OSCC with
    the activated HH pathway. MATERIAL AND METHODS: Twenty-three positive
    GLI1 OSCC cases were submitted to the immunohistochemical reaction for Snail, Slug,
    N-cadherin, E-cadherin, β-catenin and MCM3 proteins. Immunoexpression analyzes
    were performed in front of invasion and tumor nests and the clinical and pathological
    data were evaluated and compared. RESULTS: At the invasive front, OSCC cases
    showed positive expression for Snail, Slug and MCM3 in the nucleus of tumor cells and
    the loss of membrane and cytoplasmic expression of E-cadherin and β-catenin were
    observed. Positive expression for N-cadherin was observed in 31.78% of the cases.
    Immunoexpression of GLI1 was associated with loss of E-cadherin expression (p
    <0.001), membrane β-catenin (p <0.001) and cytoplasmic β-catenin (p = 0.02). In the
    tumor nests, it observes nuclear expression GLI1, Snail, Slug and MCM3. E-cadherin
    and β-catenin showed re-established membrane positive expression There was a
    positive and statistically significant correlation between GLI1, Snail (p = 0.05), Ecadherin
    (p = 0.01) and cytoplasmic β-catenin (p = 0.04). The expression of β-catenin
    membrane was related to the presence of matastasis in lymph nodes and to clinical
    staging and GLI1 was associated with clinical staging. CONCLUSIONS: The HH
    pathway may act to regulate the expression of mesenchymal phenotype. The loss of Ecadherin
    and β-catenin expression is related to the front region, while cell adhesion is
    re-established in tumor nests independently of MCM3. The expression pattern of Ncadherin
    and Slug do not significantly reflect the TEM process in positive GLI1 OSCC

3
  • JORGE MOREIRA PINTO FILHO
  • AVALIAÇÃO DA TERAPIA FOTODINÂMICA ANTIMICROBIANA NO TRATAMENTO NÃO CIRÚRGICO DA PERIODONTITE AGRESSIVA: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO CONTROLADO

  • Orientador : PATRICIA RAMOS CURY
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO LUIZ BARBOSA PINHEIRO
  • ISAAC SUZART GOMES FILHO
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • LUCIANA BASTOS ALVES
  • PATRICIA RAMOS CURY
  • Data: 07/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A periodontite agressiva generalizada afeta, em geral, indivíduos sistemicamente saudáveis com menos de 30 anos. Mostra uma progressão rápida, agregação familiar e prevalência maior em melanodermos. A Terapia Fotodinâmica antimicrobiana (TFDa) representa uma proposta de auxiliar o tratamento mecânico local na descontaminação das superfícies radiculares. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia da TFDa associada à raspagem e alisamento radicular (RAR) em pacientes com Periodontite Agressiva generalizada(PA). Metodologia: Foram incluídos neste estudo clínico randomizado controlado cego do tipo “boca dividida” 16 pacientes acometidos por PA generalizada, com comprometimento periodontal similar em dentes contralaterais. Os arcos dentários foram aleatoriamente tratados exclusivamente com RAR no grupo controle, e com RAR associada à TFDa (660nm, 100mW, 10 segundos por sítio) com azul de metileno a 1% no grupo teste. Os pacientes entraram num programa de controle de biofilme. Os seguintes parâmetros clínicos foram avaliados por um examinador antes do tratamento e 90 dias após o mesmo: profundidade de sondagem (PS), distância da junção cemento-esmalte a margem gengival (JCE-MG), nível de inserção clínica (NIC), sangramento à sondagem (SS) e índice de placa (IP). Os dados foram analisados com o auxílio dos testes T pareado e Wilcoxon (p £ 0,05). Resultados: No pósoperatório de 90 dias, tanto o grupo teste quanto o grupo controle exibiram melhora na PS, e NIC (p≤0,001). Houve uma maior redução da profundidade de sondagem do grupo teste comparado ao grupo controle (p=0,05). O grupo teste também exibiu valores significativamente menores para o NIC final em comparação ao controle (p<0,001). A análise isolada dos dentes unirradiculares mostrou uma diferença estatisticamente significante na PS final (p=0,01) e no NIC final (p<0,001), com valores menores para o grupo teste. Ao analisar os dentes multiradiculares separadamente, observou-se uma redução ainda maior na profundidade de sondagem no grupo teste (p=0,01) quando comparada a análise de todos os dentes em conjunto. Conclusão: A TFDa associada a RAR promoveu uma maior redução das profundidades de sondagem, principalmente em dentes multiradiculares . Estudos futuros em populações maiores são necessários para confirmar os benefícios da TFDa em relação ao tratamento mecânico convencional.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: Generalized aggressive periodontitis usually affects systemically healthy individuals that are less than 30 years old. It shows a rapid progression, familial aggregation and greater prevalence in melanoderms. The antimicrobial Photodynamic Therapy (aPDT) represents a proposal as an adjunct to the local mechanical treatment of the of the root surfaces decontamination. Aim: the aim of this study was to evaluate the efficacy of aPDT associated with scaling and root planning (SRP) in patients with generalized Aggressive Periodontitis (AP). Materials and methods: 16 patients with generalized AP, with similar periodontal impairment in contralateral teeth were included in this “split mouth” randomized single blinded clinical trial. The dental arches were randomly treated with SRP alone in the control group, and SRP associated with aPDT (660nm, 100mW, 10 seconds per site) with 1% methylene blue in the test group. All patients entered a biofilm control program. The following clinical parameters were evaluated by single examiner before and 90 days after treatment: probing depth (PD), distance from cement-enamel junction to gingival margin (CEJ-GM), clinical attachment level (CAL), bleeding on probing (BP) and plate index (PI). Data were analyzed with the aid of the paired T student and Wilcoxon tests (p £ 0.05). Results: In the 90-day postoperative period, both the test group and control groups showed improvement in PD, and CAL (p≤0.001). There was a greater reduction in the probing depth of the test group compared to the control group (p = 0.05). The test group also showed significantly lower values for the CAL compared to the control group (p <0.001). The isolated analysis of the single-routed teeth showed a statistically significant difference in the final PD (p = 0.01) and in the final CAL (p <0.001), with smaller values for the test group. When analyzing the multi-routed teeth separately, an even greater reduction in the depth of probing in the test (p = 0.01) when compared to the analysis of all teeth together. Conclusion: aPDT associated with SRP promoted a greater reduction in probing depth, especially in multi-dental teeth. Future studies in larger populations are needed to confirm the benefits of PDTa over conventional mechanical treatment.

4
  • ANDERSON DA SILVA MACIEL
  • AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS DE ENGENHARIA REVERSA NA FIDELIDADE DIMENSIONAL DE BIOMODELOS DE PROTOTIPAGEM RÁPIDA

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • LUCIO COSTA SAFIRA ANDRADE
  • SORAYA CASTRO TRINDADE
  • THAIS FEITOSA LEITAO DE OLIVEIRA
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 12/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Diferentes técnicas de engenharia reversa permitem a aquisição de dados digitais para modelagem computacional e plotagem de biomodelos. A fidelidade desses métodos é essencial para um diagnóstico adequado e um planejamento terapêutico preciso na área da saúde. O objetivo deste estudo foi avaliar a fidelidade dimensional de biomodelos de prototipagem rápida (PR) obtidos a partir de diferentes equipamentos de engenharia reversa, a saber: tomografia computadorizada (TC) multidetectores (MD) de 128 canais, TC de feixe cônico (FC) com voxel de 0,2 mm e escaneamento tridimensional (3D) de superfície. Após confecção de defeitos ósseos padronizados, cinco mandíbulas secas foram capturadas pelos três equipamentos e passaram por processo idêntico de modelagem computacional. Em seguida foram plotados biomodelos de PR pela técnica de deposição de material fundido. Foram então realizadas medidas lineares nos defeitos ósseos das mandíbulas secas (consideradas padrão-ouro) e nos biomodelos obtidos pelas diferentes técnicas de engenharia reversa. Os resultados revelaram que não houve diferença estatisticamente significante entre as medidas das mandíbulas secas e dos biomodelos, porém houve diferença entre os biomodelos gerados a partir da TCMD e os outros equipamentos de engenharia reversa (p= 0.02). Quanto à direção das medidas, as medidas horizontais e verticais das mandíbulas secas também não diferiram das medidas dos biomodelos, embora tenha sido encontrada diferença entre a TCMD e os outros dois equipamentos em relação às medidas horizontais (p=0.007) e entre a TCMD e a TCFC para as medidas verticais (p=0,023). Quanto à localização das medidas, não houve diferença entre as mandíbulas secas e biomodelos nas medidas da região posterior da mandíbula (0,09), porém foi encontrada diferença das medidas na região anterior da mandíbula entre a mandíbula seca e os biomodelos produzidos a partir da TCFC (p=0,0002). Quanto ao erro das medidas, não houve diferença estatisticamente significativa entre os biomodelos produzidos a partir de diferentes tecnologias de engenharia reversa (p= 0,45). Apesar de existirem diferenças significativas observadas no erro dimensional, entre as mandíbulas secas humanas e os biomodelos de prototipagem rápida pela técnica de Modelagem por deposição de material fundido (FDM), geradas por diferentes equipamentos de engenharia reversa, as diferenças foram clinicamente irrelevantes. Assim pode-se concluir que os protótipos produzidos foram adequadamente precisos para utilização com finalidade de uso na área biomédica.


  • Mostrar Abstract
  • Different techniques of reverse engineering have allowed the acquisition of digital data for computed modelling and printing of prototypes. The accuracy of those methods are essential for medical purposes. The aim of this study is to assess the dimensional accuracy of models from rapid prototyping, obtained from different equipment of reverse engineering: 128 channels Multislice computed tomography (CT), Cone Bean CT with 0.2mm of voxel and tridimensional surface scanner. Five dry mandibles with standardized bone defects were scanned by all three equipment, and were submitted to the same computational modelling. Afterwards the digital files of the dry mandibles were printed as models of rapid prototyping by tridimensional printer, fusion deposition modelling (FDM) technique. Linear measures were conducted at each defect of the prototypes and at the real mandible (gold standard). The results showed no statistical difference among the dry mandibles and the prototypes, however there was statistical difference between the models generated from MSCT and the others equipment of reverse engineering (p=0.02). In relation to the direction of the linear measures, also there was no statistically difference among the prototypes and the gold standard, nevertheless it was observed difference among the MSCT and the others equipment for the horizontal measures(p=0.007) and between the MSCT and CBCT for the vertical measures (p=0.023). As for the location of the measures, there was no statistically difference among the dry mandibles and the prototypes at the posterior region of the mandible (p=0.09), however the measures of the anterior region of the mandible were statistically different among the dry mandibles and the prototypes obtained from the CBCT (p=0.002). Regarding the measure of dimensional error, using the dry mandible as gold standard, there was no statistically difference among the prototypes produced from three different reverse engineering technologies (p=0.45). Despite the significant differences of the dimensional errors between the bone defects at the dry mandibles and their prototypes produced by rapid prototyping via FDM technique, generated by different equipment of reverse engineering, those differences were clinically irrelevant, thus can conclude that the prototypes produced were adequately precise for use in medical purposes.

5
  • POLIANA RAMOS BRAGA SANTOS
  • PERFIL DE EXPRESSÃO GLOBAL DE MICRORNAS E PROTEÍNAS RELACIONADAS À TRANSIÇÃO EPITÉLIAL-MESENQUIMAL EM TUMORES DE GLÂNDULA SALIVAR

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIA MALHEIROS COUTINHO CAMILLO
  • FLAVIA CALO DE AQUINO XAVIER
  • IGUARACYRA BARRETO DE OLIVEIRA ARAUJO
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • SILVANE MARIA BRAGA SANTOS
  • Data: 12/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Os tumores de glândula salivar (TGS) estão representados por mais de 40 neoplasias, muitas das quais apresentam uma significante diversidade morfológica e biológica. Recentemente, os microRNAs têm sido identificados como importantes biomarcadores tumorais. A transição epitélio-mesenquimal (TEM) é um processo biológico no qual uma célula epitelial polarizada sofre modificações bioquímicas resultando na aquisição de um fenótipo de célula mesenquimal, cuja capacidade de migração, invasão e resistência a apoptose encontram-se aumentadas. Vários processos moleculares então envolvidos na ativação e resolução da transição epitélio-mesenquimal, como a ativação de fatores de transcrição, a expressão de proteínas especificas de superfície celular e do citoesqueleto, produção de enzimas que atuam na degradação da matriz-extracelular além de alterações na expressão de microRNAs específicos. Nesse contexto, o presente trabalho avaliou o perfil de expressão de microRNAs em amostras tecido parafinado de pacientes com TGS e em glândulas salivares normais através da realização de PCR arrays para 734 diferentes microRNAS. Além disso, avaliou a expressão imunohistoquímica das proteínas E-CAD, N-CAD, SNAIL, SLUG e TWIST, relacionadas com a transição epitélio mesênquimal. Ao compararmos o perfil de expressão de microRNAs nos tumores de glândula salivar com os controles normais, foram observados 29 miRNAs estatisticamente diferentes, além disso, ao serem comparados os grupos tumorais entre si, 78 miRNAs diferentes foram encontrados. Quando comparado a expressão das proteínas E-CAD e N-CAD foi observado uma baixa expressão de E-CAD na maioria dos tumores avaliados e uma alta expressão da N-CAD nos tumores malignos, entretanto sem significância estatística. Já para os fatores de transcrição analisados, foi observado uma diferença estatisticamente significante da expressão do SNAIL(p=0,03), SLUG(p=0,03) e TWIST(p=0,01) no parênquima tumoral do CME, bem como uma alta expressão do SNAIL(p=0,02) no parênquima dos casos de CAC. Sugerimos que o perfil molecular dos miRNAs dos tumores de glândula salivar bem como a expressão diferencial dessas proteínas e fatores de transcrição são importantes para compreender os mecanismos envolvidos na patogênese dessa doença bem como funcionar como possíveis biomarcadores tumorais.


  • Mostrar Abstract
  • Salivary gland tumors (SGT) comprise more than 40 neoplasms with a significant morphological and biological diversity. Recently, microRNAs have been identified as important tumor biomarkers. Epithelial-mesenchymal transition (EMT) is a biological process in which polarized epithelials cells undergoes biochemical modifications resulting in acquisition of a mesenchymal cell phenotype, whose migration capacity, invasion and resistance to apoptosis are increased. Several molecular processes are involved in the activation and resolution of epithelial-mesenchymal transition, such as transcription factors activation, expression of specific cell surface and cytoskeletal proteins, production of extracellular matrix degradation enzymes and expression of specific microRNAs. In this context, the present study evaluated microRNAs expression profile in paraffin-embedded SGT tissues and in normal salivary glands tissue by PCR Arrays for 734 different microRNAS. In addition, we evaluated immunohistochemical expression of E-CAD, N-CAD, SNAIL, SLUG and TWIST proteins, all related to EMT. Comparing microRNAs expression profile in SGT with normal controls, we found 29 miRNAs statistically different; in addition, when the tumor groups were compared, 78 different miRNAs were observed. A low expression of E-CAD was observed in most all tumors evaluated and a high expression of N-CAD was observed in malignant tumors, however with no statistical significance. In relation of transcription factors analyzed, a significant statistically difference was observed in SNAIL (p = 0.03), SLUG (p = 0.03) and TWIST (p = 0.01) CME parenchyma tumor expression. As a high SNAIL expression (p = 0.02) in CAC parenchyma. We suggest that molecular miRNAs profile in salivary gland tumors as well as proteins and transcription factors differential expression are important to understand mechanisms involved in pathogenesis of this disease as well as function as possible tumor biomarkers.

6
  • DANIEL BARROS RODRIGUES
  • EXPANSÃO MAXILAR ATRAVÉS DA OSTEOTOMIA LE FORT I SEGMENTADA: AVALIAÇÃO DENTÁRIA, ESQUELÉTICA E DE COMPLICAÇÕES

  • Orientador : PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • VANESSA DE ALVARES CASTRO
  • LUCIO COSTA SAFIRA ANDRADE
  • ALEXANDRE PROTASIO VIANNA
  • Data: 26/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • A segmentação da maxila para correção de discrepâncias transversas associada a osteotomia Le Fort I é, na verdade, um procedimento que necessita ser realizado com relativa frequência e que tem apresentado morbidade reduzida, mesmo quando necessita-se de expansão da maxila. A prevalência de morbidade está relacionada a magnitude da expansão, a uma correta técnica cirúrgica e a estabilização adequada dos segmentos durante o procedimento cirúrgico. O objetivo deste estudo foi avaliar, utilizando TCFC e análise de prontuários, as alterações dentárias e esqueléticas imediatas, assim como complicações clínicas a médio prazo da expansão maxilar, através da osteotomia Le Fort I segmentada entre incisivo lateral e canino. A mostra foi composta por 25 pacientes, submetidos a cirurgia Le Fort I com segmentação da maxila associada a expansão maxilar. TCFC foram avaliadas utilizando o programa (Dolphin® Imaging 11.0 (Dolphin Imaging and Management Solutions, Chatsworth, Calif., EUA), nos intervalos de tempo T1(pré-cirúrgico), T2(pós-cirúrgico imediato). Para a análise das diferenças entre as medidas dos dois tempos, utilizou-se o teste t de Student. Para testar a associação entre as variáveis, utilizou-se a análise de correlação de Pearson. Os resultados demonstram uma expansão média na coroa dos caninos e molares respectivamente de 1,92mm (SD 1,92) e 7,28mm (SD 3.16), a expansão esquelética foi de 8,04mm (SD 1,35), todos estes resultados foram estatisticamente significantes. Dentre as complicações, 1 paciente (4%) apresentou fístula buconasal. Expansões transversas da maxila através da OLIS, com expansão média no palato de 8,04mm (SD 1,35), apresentam morbidade reduzida em relação a complicações como: fístulas oro-nasais, necrose de segmentos e infecção. A mudança na inclinação dos incisivos não está associada a complicações pós operatórias. Existe uma tendência a uma expansão paralela em relação as estruturas coroa, raiz e palato, na região posterior. Na expansão maxilar através da OLIS ocorre uma abertura na região posterior da maxila maior do que a abertura na região anterior.


  • Mostrar Abstract
  • Segmentation of the maxilla for correction of transverse discrepancies associated with Le Fort I osteotomy is a procedure that need to be performed with relative frequency. The prevalence of morbidity is related to the magnitude of expansion, an appropriate surgical technique and an adequate stabilization of the bone segments during the surgical procedure. The purpose of this study was to evaluate using CBCT and chart analysis, immediate dental and skeletal changes, as well as clinical complications of the maxillary expansion through the Le Fort I osteotomy segmentation between the lateral incisor and the canine. The sample was comprised of 25 patients, submitted to three piece Le Fort I osteotomy associated with maxillary expansion. CBCT were analyzed using the Dolphin® Imaging 11.0 program (Dolphin Imaging and Management Solutions, Chatsworth, California, USA), at time intervals T1 (preoperative), T2 (immediate postoperative). To analyze the differences between measures of the two times interval a Student's t test was used. To evaluate an association between variables, Pearson correlation analysis was used. The results showed a mean crown expansion of the canines and molars, respectively, 1.92 mm (SD 1.92) and 7.28 mm (SD 3.16) and a skeletal expansion of 8.04 mm (SD 1.35), all of these results were statistically significant. Among the complications, 1 patient (4%) presented nasal-oral fistula. Transverse maxillary expansions using segmental Le Fort I osteotomy, with a mean palatal expansion of 8.04mm (SD 1.35), has reduced morbidity, related to complication as: nasal-oral fistulas, necrosis of bone segments and infection. The change in the inclination of the incisors is not associated with postoperative complications. There is a tendency of a parallel expansion, between the crown, root and palate, at the posterior region. The palatal expansion at the posterior region of the maxilla was larger than the expansion in the anterior region.

7
  • LUCAS SENHORINHO VENTURA ESTEVES
  • ESTUDO DEMOGRÁFICO DOS TUMORES ODONTOGÊNICOS DIAGNOSTICADOS NO SERVIÇO DE PATOLOGIA ORAL E MAXILOFACIAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA NOS ANOS DE 2002 À 2016 E UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MARCIO TEIXEIRA MARCHIONNI
  • ISAAC SUZART GOMES FILHO
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • VANESSA DE ALVARES CASTRO
  • Data: 26/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo descreve as características demográficas dos indivíduos diagnosticados com
    tumores odontogênicos (TOs), no serviço de Patologia Oral e Maxilofacial da Universidade
    Federal da Bahia (UFBA) nos anos de 2012 à 2016, assim como as características clínicas e
    histopatológicas destes tumores de acordo com a recente classificação da Organização
    mundial de Saúde (OMS) de 2017 e compara a série de tumores com aquelas publicadas na
    literatura, selecionadas por meio de uma revisão sistemática de 1971 à 2017, obdecendo 15
    critérios de inclusão e exclusão para os artigos selecionados. Entre os 4455 registros dos
    indivíduos analisados, 217 corresponderam àqueles com diagnóstico de tumores
    odontogênicos (4,87%). As lesões benignas representaram 98,16% dos casos. Os
    ameloblastomas e odontomas corresponderam 85,71% destas. O gênero feminino foi mais
    predominante, 1.35:2. A média de idade dos indivíduos acometidos pelos TOs foi de 31,03
    anos com intervalo entre a mínima e máxima entre 2-86 anos. As décadas mais frequentes
    foram a segunda e terceira, 30,88% e 22,12%. Os TOs ocorreram mais nos indivíduos
    melanodermas, 61,75% (134) e menos naqueles leucodermas, 17,75% (37). Os tumores
    benignos, 59,62% ocorreram nas duas primeiras décadas de vida. Já os malignos, 75% na
    terceira e quarta décadas (p=0,042). A mandíbula foi quase três vezes mais acometida pelos
    TOs que a maxila (0.39:1). A ocorrência de dor entre os indivíduos com os tumores
    benignos e malignos foi de 6,10% e 75% (p
    <0,000). Para a revisão sistemática, foram
    identificados 934 artigos na fase preliminar, e entre estes, 16 atenderam os critérios de
    inclusão e exlusão. Não houve diferença entre a frequência dos TOs para o critêrio da
    clasificação de 1992 ou 2005 ou entre 1992, 2005 e 2017. A sequência de tumor
    odontogêncigo mais comum foi: AME; TOA e MO (para os artigos que usaram a
    classificação da OMS de 1992); TQO; OD e MO (para artigos que usaram a classificação
    da OMS de 2005) e para o presente estudo (classificação da OMS de 2017) tivemos s
    sequência AME; OD e MO. A proporção de ocorrência dos TOs entre os gêneros
    masculino e feminino e idade média dos indivíduos com estes tumores não hove
    discrepâncias. O tumor maligno mais comum foi o CA e a proporção entre os tumores
    malignos e benignos foi variada.



  • Mostrar Abstract
  • This study describes the demographic characteristics of individuals diagnosed with
    odontogenic tumors (OTs), in the service of Oral and Maxillofacial Pathology of the
    Federal University of Bahia (UFBA) from 2012 to 2016, as well as the clinical and
    histopathological characteristics of these tumors according to the recent World Health
    Organization (WHO) classification of 2017 and compares the series of it with those
    published in the literature, selected through a systematic review from 1971 to 2017,
    obeying 15 inclusion and exclusion criteria for the selected articles. Among the 4455
    records of the individuals analyzed, 217 corresponded to those diagnosed with odontogenic
    tumors (4.87%). The benign lesions represented 98.16% of the cases. Ameloblastomas and
    odontomas accounted for 85.71% of them. The female gender was more prevalent, 1.35: 2.
    The mean age of the individuals affected by the OTs was 31.03 years with a range between
    the minimum and maximum between 2-86 years. The most frequent decades were the
    second and third, 30.88% and 22.12%. The OTs occurred more in the melanodermal
    individuals, 61.75% (134) and less in the leucodermas, 17.75% (37). Benign tumors,
    59.62% occurred in the first two decades of life. Already, the malignant ones 75% in the
    third and fourth decades (p = 0,042). The mandible was almost three times more affected
    by OTs than the maxilla (0.39: 1). The occurrence of pain among individuals with benign
    and malignant tumors was 6.10% and 75% (p <0.000). For the systematic review, 934
    articles were identified in the preliminary phase, and among these, 16 met the inclusion and
    exclusion criteria. There was no difference between the frequencies of OTs for the
    classification criteria of 1992 or 2005 or between 1992, 2005 and 2017. The most common
    odontogenic tumor sequence was AME; AOT and OM (for articles that used the 1992
    WHO classification); OQD; OD and OM (for articles that used the 2005 WHO
    classification) and for the present study (WHO classification of 2017) we had the AME
    sequence; OD and OM. The proportion of occurrence of OTs between the male and female
    genders and the mean age of individuals with these tumors did not have discrepancies. The
    most common malignant tumor was CA and the proportion between malignant and benign
    tumors was varied.


8
  • MARIANA CARVALHO ANDRADE
  • CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL E FATORES ASSOCIADOS EM TRABALHADORES DA LIMPEZA URBANA DA CIDADE DE SALVADOR, BAHIA

  • Orientador : JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AUGUSTO CESAR COSTA CARDOSO
  • JEAN NUNES DOS SANTOS
  • MARIA ISABEL PEREIRA VIANNA
  • SUZELY ADAS SALIBA MOIMAZ
  • VALÉRIA SOUZA FREITAS
  • Data: 27/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • A “Saúde do Trabalhador” é o campo de conhecimento e de práticas, cujos objetivos são a
    proteção e promoção da saúde, por meio de ações de vigilância à saúde geral e ações
    dirigidas aos riscos ocupacionais e condições de trabalho. Diversos fatores ocupacionais
    podem provocar danos à saúde bucal do trabalhador. Os trabalhadores responsáveis pela
    limpeza urbana estão expostos a grande variedade de agentes, com impacto potencial nas
    condições de saúde geral e bucal. Neste trabalho, buscou-se avaliar a cárie dentária - dentes
    cariados e perdidos por cárie; disfunções temporomandibulares; e lesões de mucosa oral em
    trabalhadores da limpeza urbana de Salvador e fatores associados, focalizando aspectos
    sociodemográficos, individuais, condições de saúde pessoal e ocupacionais. Para tanto, foi
    conduzido um estudo transversal, exploratório, envolvendo trabalhadores do sexo masculino
    de empresa terceirizada de limpeza urbana de Salvador. A coleta de dados contemplou
    exame clínico odontológico, para identificar condições bucais de interesse; aplicação de
    questionários estruturados para informações referentes à identificação e caracterização dos
    participantes, diagnóstico da gravidade dos sintomas de disfunção temporomandibular e
    hábitos etilistas. Foi conduzida, inicialmente, análise descritiva das variáveis de interesse,
    seguida de análise inicial exploratória bivariada, mediante uso do qui-quadrado de Pearson,
    visando identificar variáveis potencialmente associadas aos desfechos de interesse,
    considerando p≤0,20. Por fim, via regressão logística não condicional, obtivemos as medidas
    de associação (p<0,05) brutas e ajustadas (IC=95%.) Fizeram parte do estudo 301
    trabalhadores da limpeza urbana, todos do sexo masculino, com média de idade de 37,7 anos.
    A prevalência de cárie na população foi de 49,50%. O CPO-D médio foi 8,36. O componente
    ‘dentes cariados’ foi o menos expressivo na distribuição percentual do CPO-D (13,64%). Além
    disso, ‘não ter recebido instruções de higiene oral’ e ‘não fazer uso diário de fio dental’ foram
    positivamente associados à ocorrência de ‘dentes cariados’. O desfecho ‘dentes perdidos por
    cárie’ foi observado em 79,73% da população, e representou 48,92% do CPO. Os fatores que
    foram positivamente associados a ‘dentes perdidos por cárie’ foram ‘idade de 38 anos ou mais’
    e ‘trabalhar há mais de 4 anos’ na área de limpeza urbana. Em contraste, ‘ter 5 ou mais
    pessoas na mesma casa foi fator protetor para a ocorrência de ‘dentes perdidos por cárie’. A
    prevalência de DTM foi de 46,85% entre os trabalhadores, e apenas ‘ter 38 anos ou mais de
    idade’ esteve associado negativamente à ocorrência de sintomas mais graves de DTM. A
    prevalência de lesões orais foi de 8,64%, sendo a queilite actínica mais prevalente (2,32%),
    seguida da leucoplasia (0,66%). Não foram encontradas associações de nenhuma natureza
    relacionadas à ocorrência de lesões orais. Esse estudo demonstra que as variáveis
    sociodemográficas e individuais são mais preditoras para o status de saúde oral desses
    trabalhadores que as variáveis ocupacionais. Somente o ‘maior tempo de ocupação’ se
    mostrou importante fator associado à ocorrência de ‘dentes perdidos por cárie’.


  • Mostrar Abstract
  • Occupational Health is a field of knowledge and practices that aims workers health protection
    and promotion, by monitoring general health, occupational risks and work conditions. Several
    factors in workplace may cause damages to worker’s oral health. Urban waste workers are
    exposed to a wide variety of agents, which presents itself as potentially hazardous to both
    general and oral health. In this work, we aimed to evaluate dental caries, especially decayed
    and lost teeth, as well as temporomandibular dysfunctions and oral mucosal lesions of urban
    cleaning waste workers in Salvador, and associated factors, focusing on sociodemographic,
    occupational, individual factors and health condition aspects. An epidemiological exploratory
    cross-sectional study was conducted from an analytical point of view, involving male workers
    from an outsourced company partially responsible for the urban cleaning in Salvador, BA.
    Dental clinical exams were performed to collect data of interest of the worker’s oral health
    status; questionnaires were applied to obtain information regarding identification and
    characterization of the participants, diagnosis of Severity of temporomandibular dysfunctions
    symptoms and questionnaire on alcohol habits. Descriptive analysis of the variables of interest
    were performed first, followed by an exploratory bivariate analysis by means of Pearson Chi-
    Square test, which identified the potentially associated factors with the independent variable
    at analysis. As they showed significance (p≤0.20), they were included in a non-conditional
    logistic regression model, where finally the raw and adjusted association measures, and
    respective confidence interval of 95% (95% CI) were obtained (p<0.05). The 301 male workers
    who participated in this study had a mean age of 37.7 years. Mean DMFT of the sample was
    8.36, and dental caries prevalence of 49.50%. Decayed teeth was the least frequent
    component on DMFT (13.64%).‘Not having oral hygiene orientation’ and ‘not having daily
    flossing routine’ were associated with increased occurrence of dental caries. Missing teeth
    represented 48.92% of the index. Dental losses were found in 79.73% of the individuals.
    Regarding ‘missing teeth’, ‘having 38 years or above’ and ‘occupation time over 4 years’ were
    positively associated with lost teeth, while ‘more people living at the same residence’ was
    negatively associated with it. Temporomandibular dysfunctions presented 46.85% prevalence.
    Occurrence of temporomandibular dysfunctions was higher among participants with ‘less than
    38 years old’. The frequency of oral mucosal lesions was 8.64%, with actinic cheilitis being the
    most prevalent lesion in this study (2.32%). There was no statistically significant association
    related to the occurrence of oral mucosal lesions. In view of the above-mentioned results, it is
    possible to conclude that the sociodemographic and individual variables are more predictive
    for the oral health status of these workers than work-related variables. Only ‘occupation time
    over 4 years’ was an important factor associated with occurrence of dental loss.

9
  • REGINA LUCIA SEIXAS PINTO
  • AVALIAÇÃO DAS VARIAÇÕES ANATÔMICAS DO CANAL MANDIBULAR EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

  • Orientador : VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IZABEL REGINA FISCHER RUBIRA
  • LILIANE ELZE FALCAO LINS KUSTERER
  • PAULO SERGIO FLORES CAMPOS
  • THAIS FEITOSA LEITAO DE OLIVEIRA
  • VIVIANE ALMEIDA SARMENTO
  • Data: 28/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • O uso das técnicas para obtenção de imagens tridimensionais, como os exames de tomografia
    computadorizada (TC), tem contribuído significativamente para a visualização das condições
    de normalidade e alterações das estruturas do complexo dentomaxilofacial, minimizando riscos
    potenciais diante de procedimentos cirúrgicos que possam envolver a integridade dessas estruturas.
    Este estudo teve como objetivo avaliar a presença de variações anatômicas do canal mandibular,
    as quais foram relacionadas ao sexo e lado afetado do indivíduo. A amostra foi constituída
    por 302 exames de TC multidetectores de mandíbula, de alta resolução, com janela óssea.
    Foram obtidas reconstruções panorâmicas e transversais da mandíbula, a partir dos cortes axiais
    obtidos, que foram avaliados duas vezes por um único observador. Os resultados mostraram
    que 85 (28,1%) TC eram de homens e 217 (71,9%) de mulheres. Do total de exames, 209
    (69,2%) apresentaram trajeto único, sendo 44 (14,9%) CMd únicos, bilaterais e altos; 66
    (21,9%) CMd únicos, bilaterais e intermediários, e 98 (32,5%) CMd únicos, bilaterais e baixos.
    As demais TC (93 exames – 30,8%) apresentaram outras variações, sendo 66 (21,9%) com
    ramificações do CMd, com o tipo 1 de duplicação o padrão mais frequente, e 27 (8,9%) com
    ausência de simetria. A presença de forames mentual e mandibular acessórios e loop anterior
    foi pequena; em contrapartida, houve uma grande prevalência de canais na região anterior da
    mandíbula. Já o canal incisivo mostrou-se presente em 238 (78,8%) TC, mais frequente no sexo
    feminino. Não foram encontradas associações significantes entre as variações encontradas e o
    sexo do indivíduo (p> 0,05).


  • Mostrar Abstract
  • The use of techniques to obtain three-dimensional images, such as computed tomography (CT)
    scans, has significantly contributed to the visualization of normal conditions and alterations of
    structures from the dentomaxillofacial complex, minimizing potential risks from surgical procedures
    that may involve integrity structures. This study aimed to evaluate the presence of anatomical
    variations of the mandibular canal, which were related to the sex and affected side.
    The sample consisted of 302 high resolution multidetector mandible CT scans with a bone window.
    Panoramic and transverse reconstructions of the mandible were obtained from the axial
    sections, which were evaluated twice by a single observer. The results showed that, 85 (28.1%)
    CT were men and 217 (71.9%) were women; of the total number of exams, 209 (69.2%) had a
    single course, of which 45 (14.9%) were bilateral single high MC; 66 (21.9%) bilateral single
    intermediate MC and 98 (32.5%) bilateral single low MC. The others CT (93 – 30.8%) CT had
    other variations, 66 (21.9%) were branches of MC and type 1 was the most frequent duplication
    pattern, and 27 (8.9%) lack of symmetry. As for the presence of accessory mental and mandibular
    foramina, and anterior loop was small; in contrast there was a high prevalence of canals in
    the anterior region of the mandible. The mandibular incisive canal was present in 238 (78.8%)
    CT, more frequent in females. No significant associations were observed between the variations
    found and the gender of the individual (p> 0.05).

2017
Dissertações
1
  • MÁRCIO BASTOS DE OLIVEIRA
  • ALTERAÇÕES, A MÉDIO E LONGO PRAZO, NO PERFIL FACIAL DE PACIENTES CLASSE II 1ª DIVISÃO, TRATADOS COM APARELHO EXTRA ORAL: ESTUDO POR TELERRADIOGRAFIA CEFALOMÉTRICA DE PERFIL

  • Orientador : IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DAURO DOUGLAS OLIVIERA
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MARCOS ALAN VIEIRA BITTENCOURT
  • Data: 21/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • A maloclusão de classe II está comumente associada a um perfil facial
    convexo, que desagrada muitos pacientes. Devido a sua prevalência considerável
    na população e à lacuna que existe na literatura a cerca das repercussões dos seus
    tratamentos em longo prazo, o objetivo deste estudo foi avaliar, por meio de medidas
    e sobreposições de traçados cefalométricos, as alterações no perfil facial, que
    ocorrem com o uso do Aparelho Extra Oral de Kloehn (AEOK) e a longo prazo, nas
    maloclusões de Classe II, 1ª divisão. Foram analisadas telerradiografias laterais
    cefalométricas de 24 indivíduos em 3 fases distintas (T1: +/-12,1 anos, T2: +/-16,4
    anos e T3: +/-44,1 anos), por meio de 2 etapas. Na primeira etapa, para avaliação
    dos efeitos do tratamento (T1-T2) e na segunda etapa, para avaliação em longo
    prazo (T2-T3). As medidas realizadas foram: SNA, SNB, ANB, WITS, Eixo Y, 1-NA°,
    1NAmm, ângulo nasolabial, ângulo de Holdaway, ângulo mentolabial, 1NB°,
    1NBmm, ângulo interincisal, SNGoGn, GPrPog, U1NPog, L1NPog, espessura do
    lábio superior, espessura do lábio inferior, lábio superior com linha E, lábio inferior
    com linha E, proeminência nasal, comprimento do lábio superior, comprimento do
    lábio inferior, espessura do queixo e perfil do tecido mole. Além das medidas
    angulares e lineares, também foram realizadas sobreposições cefalométricas,
    visando mensurar a distância entre pontos chave do perfil mole (pronasal, lábio
    superior, lábio inferior e pogônio mole). Os resultados encontrados apontam
    mudanças estatisticamente significantes na obtenção de uma classe I esquelética e
    melhora do perfil, através do reposicionamento labial e desenvolvimento mandibular.
    Além disso, o acompanhamento a longo prazo mostrou mudanças significativas no
    perfil, com um crescimento substancial do nariz, flacidez labial além de um
    crescimento residual anterior do queixo, ainda mais evidente no sexo masculino.
    Mais estudos que avaliam as modificações a longo prazo são essenciais e
    necessários para tornar os tratamentos cada vez mais previsíveis.


  • Mostrar Abstract
  • Class II malocclusion is commonly associated with a convex facial profile, which displeases many patients. Due to its considerable prevalence in the population and the gap in the literature regarding the repercussions of its treatments in the long term, the objective of this study was to evaluate, through measures and overlaps of cephalometric tracings, changes in the facial profile, which occur with the use of the Kloehn Extra Oral Apparatus (AEOK) and in the long term, Class II, 1st division malocclusions. Cephalometric lateral radiographs of 24 subjects were analyzed in 3 different phases (T1: +/- 12.1 years, T2: +/- 16.4 years and T3: +/- 44.1 years), by means of 2 steps. In the first stage, to evaluate the effects of treatment (T1-T2) and in the second stage, for long-term evaluation (T2-T3). The measurements were: SNA, SNB, ANB, WITS, Y axis, 1-NA °, 1NAmm, nasolabial angle, Holdaway angle, mentolabial angle, 1NB °, 1NBmm, interincisal angle, SNGoGn, GPrPog, U1NPog, L1NPog, upper lip thickness, lower lip thickness, upper lip with E line, lower lip with E line, nasal prominence, upper lip length, lower lip length, chin thickness and soft tissue profile. In addition to the angular and linear measurements, cephalometric sobrepositions were also used to measure the distance between key points of the soft profile (pronasal, upper lip, lower lip and soft pogonion). The results show statistically significant changes in obtaining a skeletal class I and improvement of the profile, through lip repositioning and mandibular development. In addition, long-term follow-up showed significant changes in the profile, with substantial nose growth, labial flaccidity and anterior residual chin growth, even more evident in males. More studies that assess long-term changes are essential and necessary to make treatments more predictable.

2
  • LUIZA PALMA LUZ FERREIRA
  • Tecidos peri-implantares e Inclinação implantar: estudo por Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico.

  • Orientador : IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FREDERICO SAMPAIO NEVES
  • IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MAURÍCIO ANDRADE BARRETO
  • Data: 06/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • O sucesso das reabilitações unitárias implantossuportadas em área estética está diretamente ligado ao estabelecimento de tecidos moles peri-implantares harmônicos e passa obrigatoriamente pelo posicionamento ideal das fixações, neste sentido ouso da Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) é de fundamental importância na fase de planejamento e pode auxiliar na identificação de parâmetros de posicionamento que se relacionem diretamente com estes resultados estéticos. Este estudo transversal se propôs a mensurar tecidos peri-implantares correlacionando-os com o eixo de inserção implantar através de imagens de TCFC obtidas com o tomógrafo KODAK 9000 3D (Kodak Dental Systems, Carestream Health, Rochester, NY, EUA). Foram selecionadas imagens de 18 exames de TCFC contendo pelo menos um implante unitário entre dentes. De um total de 20 implantes foram coletadas medidas de inclinação do rebordo alveolar (RA), inclinação implantar (EI), espessura da tábua óssea vestibular (Etov) e mucosa peri-implantar (Em) nos três terços das fixações. Os resultados apresentaram uma média de 4,18mm de distância da margem de mucosa peri-implantar à crista, compatível com o posicionamento ápico-coronal ideal; correlação inversa entre espessura de osso e mucosa, e associação significativa entre inclinações implantares de 3 a 7° e 17 a 26° com espessuras ósseas vestibulares até 1mm. Considera-se, a partir destes resultados, a possibilidade de estabelecimento de uma relação entre angulação implantar e tábua óssea vestibular e uma relação inversa entre tábua óssea vestibular e mucosa, tornando-se necessário analisar longitudinalmente em amostras maiores estes indícios.


  • Mostrar Abstract
  • The success of implant rehabilitation units in the aesthetic área is directly related to the establishment of peri-implant harmonic soft tissues and requires the optimal positioning of the fixations. In this sense, the use of Cone Beam Computed Tomography (CBCT) is of fundamental importance in the planning and can aid in the identification of positioning parameters that are directly related to these aesthetic results. This cross-sectional study proposes to measure peri-implant tissues by correlating them with the implantation axis through CBCT images obtained with the KODAK 9000 3D tomograph (Kodak Dental Systems, Carestream Health, Rochester, NY). Images of 18 CBCT scans containing at least one unitary implant between teeth were selected. From a total of 20 implants, measurements of alveolar ridge (RA) inclination, implant inclination (EI), thickness of the buccal boné board (Etov) and peri-implant mucosa (Em) were collected in three thirds of the fixations. The results presented a mean of 4.18 mm distance from the margin of periimplant mucosa at the crest, compatible with the ideal apex-coronal positioning; inverse correlation between bone and mucosal thickness, and a significant association between implant inclinations from 3 to 7°and17 to 26° with respect to the bony border with boné thickness from 0 to 1 mm. From these results, we consider the possibility of establishing a relation ship between implant angulation and bone crest and na inverse realtion between vestibular boné plate and mucosal thickness, making it necessary to analyze longitudinally and larger samples these indications.

3
  • THAÍS PÉREZ IGLESIAS
  • QUALIDADE DE VIDA RELACIONADA Á SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE BUCAL DA PREFEITURA DE SALVADOR-BAHIA, NOS ANOS DE 2016-2017

  • Orientador : MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LILIANE ELZE FALCAO LINS KUSTERER
  • MARIA CRISTINA TEIXEIRA CANGUSSU
  • MARIA ISABEL PEREIRA VIANNA
  • Data: 15/12/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: O trabalhador tem papel central na construção de um sistema de saúde de
    qualidade e eficaz. Na Odontologia, que tem riscos ocupacionais amplamente
    conhecidos, as fragilidades a que os cirurgiões-dentistas, auxiliares e técnicos em
    saúde bucal do âmbito público estão expostos têm importância no direcionamento de
    políticas que proporcionem maior qualidade de vida para os servidores e melhor
    assistência para a população. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida em saúde dos
    profissionais que atuam nas equipes de Saúde Bucal do município de Salvador-Bahia,
    nos anos de 2016 e 2017, bem como identificar fatores associados à mesma. Materais
    e Métodos: Estudo de corte transversal realizado com servidores efetivos das equipes
    de Saúde Bucal da cidade de Salvador, Bahia, nos anos de 2016 e 2017. Considerouse
    como variável dependente a qualidade de vida em saúde medida pelo instrumento
    SF-36, representada pelos componentes físico e mental, e como variáveis
    independentes os aspectos sociodemográficos e características ocupacionais através
    de questionário fechado auto aplicado, estruturado com 71 questões de múltipla
    escolha. Foi realizada a análise descritiva e a análise de regressão linear múltipla. Este
    trabalho foi aprovado pelo comitê de ética em pesquisa da Faculdade de Medicina da
    Bahia com parecer 955.707 de 2015. Resultados: Os 230 cirurgiões-dentistas que
    responderam à pesquisa mostraram melhores resultados nos domínios vitalidade e
    capacidade funcional (51,49 e 51,35, respectivamente) e piores no estado geral de
    saúde e aspectos sociais (43,25 e 46,78, respectivamente). Tiveram como variáveis
    estatisticamente significantes para componente físico (p <0,05) a história de pósgraduação
    em Saúde Coletiva, maior autonomia no trabalho e satisfação com a
    contribuição do trabalho para a sociedade. Menores escores foram associados à
    presença de filhos e à insatisfação com o tipo de acesso dos pacientes à unidade de
    saúde e com o relacionamento com os pacientes. Maior pontuação no componente
    mental foi associada à etnia branca, ausência de filhos e satisfação com o
    relacionamento com pacientes, com a autoavaliação para o trabalho, com a capacidade
    de trabalho e com cursos e treinamentos disponibilizados pela prefeitura. Os 192
    técnicos e auxiliares em saúde bucal tiveram maiores pontuações em vitalidade e
    aspectos físicos (52,37 e 46,33, respectivamente) e piores no estado geral de saúde e
    capacidade funcional (42,21 e 46,33, respectivamente). Maiores pontuações do
    componente físico relacionaram-se com etnia branca, modalidade de equipe com
    técnico e auxiliar em saúde bucal, concurso público, jornada de trabalho de 20 horas,
    cooperação entre os níveis hierárquicos, satisfação com disposição para o trabalho e
    presença de exercícios físicos na rotina. O maior escore do componente mental
    relacionou-se com: existência de cooperação entre os níveis hierárquicos e satisfação
    com a capacidade de autoavaliação no trabalho, disposição, carga horária e com o
    relacionamento com os colegas. O maior tempo de formação, por sua vez, influenciou
    negativamente este componente. Conclusão: Aspectos sociodemográficos,
    ocupacionais e do processo de trabalho influenciam na qualidade de vida em saúde dos
    profissionais de saúde bucal da prefeitura de Salvador-Bahia e apontam para a
    necessidade de implementação de políticas na área de saúde do trabalhador, a fim de
    manter um bom nível da mesma.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction The worker plays a central role in the construction of an effective and
    quality health system. In dentistry, which has widely known occupational hazards, the
    fragilities to which dental surgeons, dental auxiliaries and dental technicians in the public
    sphere are exposed are important in directing policies that provide higher quality of life
    for the employees and better service for the population. Aim To evaluate the health
    quality of life of professionals working in the Oral Health teams in the city of Salvador-
    Bahia, in the years 2016 and 2017, as well as to identify factors associated with it.
    Materials and Methods A cross-sectional study was carried out with effective servers of
    the Oral Health teams of the city of Salvador, Bahia, in the years 2016 and 2017.
    Physical and mental components of the quality of life measured by the SF-36 instrument
    was considered as dependent variable and the independent variables was
    sociodemographic and occupational aspects present in a closed questionnaire self
    applied, structured with 71 multiple choice questions. Descriptive analysis and multiple
    linear regression analysis were performed. This study was approved by the research
    ethics committee of the Faculty of Medicine of Bahia with number 955.707 of
    2015.Results: 230 dentists who responded SF-36 showed better results in the areas of
    vitality and functional capacity (51,49 and 51,35, respectively) and worse in general
    health and social aspects (43,25 and 46,78, respectively). They had as statistically
    significant variables for physical component (p <0.05) postgraduation in Collective
    Health, greater autonomy at work and satisfaction with the contribution of work to
    society. Lower scores were associated with the presence of children and dissatisfaction
    with the patients access to the service and the relationship with the patients. Higher
    scores in the mental component were associated with white ethnicity, absence of
    children and satisfaction with the relationship with patients, with self-evaluation for work,
    with work capacity and with courses and training provided in the service The 192
    technicians and auxiliaries in oral health had higher scores on vitality and physical
    aspects (52.37 and 46.33, respectively) and worse on general health and functional
    capacity (42.21 and 46.33, respectively). Higher scores of the physical component were
    related to white ethnicity, team modality with assistant and auxiliary in oral health, 20-
    hour working day, public tender, cooperation among hierarchical levels, satisfaction with
    disposition to work and presence of physical exercises in the routine The highest score
    of the mental component was related to: existence of cooperation between the
    hierarchical levels and satisfaction with the capacity of self-evaluation in the work,
    disposition, workload and with the relationship with the colleagues. In turn, longer
    graduation time negatively influenced this component. Conclusion: Socio-demographic,
    occupational and, mainly, the work process influences the quality of life of health
    professionals of oral health in the city of Salvador-Bahia and show the need to
    implement policies in the area of worker health in order to maintain a good level of this.

Teses
1
  • MARCIO COSTA SOBRAL
  • INFLUÊNCIA DE DESGASTES INCISAIS DOS INCISIVOS CENTRAIS SUPERIORES NA PERCEPÇÃO DA ESTÉTICA
    DENTOFACIAL ENTRE ORTODONTISTAS, PROTESISTAS E LEIGOS: UMA ANÁLISE DINÂMICA

  • Orientador : IEDA MARGARIDA CRUSOE ROCHA REBELLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE WILSON LIMA MACHADO
  • DAURO DOUGLAS OLIVIERA
  • FREDERICO AUGUSTO PEIXOTO SILVA
  • MARCOS ALAN VIEIRA BITTENCOURT
  • RIVAIL ALMEIDA BRANDAO FILHO
  • Data: 28/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: O objetivo deste estudo foi determinar, entre ortodontistas,
    protesistas e leigos, através de uma análise dinâmica, a influência de
    assimetrias incisais entre os incisivos centrais superiores e a presença de
    diferentes degraus incisais entre os incisivos centrais e laterais, na percepção
    estética dentofacial. Método: Foram utilizados filmes da face completa, de
    uma mulher adulta, afro-brasileira com ausência de exposição dos incisivos
    superiores em repouso, e grande desgaste incisal na zona estética. Foram
    confeccionados 02 mockups iguais, em resina acrílica, da região ânterosuperior,
    reproduzindo o padrão ouro para um sorriso atrativo e bem
    proporcionado. A partir destes mockups foram simuladas duas situações
    distintas mediante desgaste das bordas incisais dos incisivos centrais: quatro
    diferentes níveis de assimetria incisal entre os centrais superiores, de 0,5 a
    2,0 mm; e quatro diferentes níveis de degrau entre os incisivos centrais e
    laterais, de 2,0 mm a 0 mm. Para cada situação, com a paciente falando uma
    determinada frase, foi feito um filme, totalizando 9 filmagens. Os filmes foram
    submetidos à análise de 138 avaliadores, 46 ortodontistas, 46 leigos e 46
    protesistas. Cada examinador foi convidado a avaliar a estética dentofacial,
    utilizando escala analógica visual. Os dados recolhidos foram então
    analisados estatisticamente. Resultados: Melhores escores para estética
    dentofacial foram encontrados nas filmagens com incisivos centrais
    simétricos, ou com até 0,5 mm de assimetria. Assimetrias de 1,5 mm e 2,0
    mm obtiveram os piores escores, de forma semelhante, nos três grupos.
    Variações nos diferentes níveis de degraus entre os incisivos centrais e
    laterais superiores não apresentaram diferença estatisticamete
    significativa,,nos três grupos, salvo nos ortodontistas, em que a ausência de
    degrau (0 mm) repercutiu em comprometimento estético. Conclusão. Os
    resultados deste estudo indicam que assimetrias maiores que 1,0 mm entres
    os incisivos centrais superiores, comprometem a estética dentofacial,
    enquanto que a variação no degrau entre incisivos centrais e laterais, não
    apresentou influência estatisticamente significativa


  • Mostrar Abstract
  • Introduction:The aim of this study was to identify, in a dinamic analysis
    (movies), if maxillary central incisors asymmetries or different step levels
    between maxillary central to lateral incisors, influence the perception of
    dentofacial esthetics, among orthodontists, laypeople and prosthodontists.
    Methods: It was used full face movies, from an adult afro-Brazilian woman,
    with great maxillary central incisors edge wear and inverted smile arch. Two
    identical resin mockups were performed to achieve ideal tooth proportions in
    superior anterior region. From these mockups, two different situations were
    simulated through maxillary incisors incisal edges wear: four different levels of
    asymmetry between the maxillary central incisors, from 0.5 mm to 2.0 mm;
    and four different levels of step between the central and lateral incisors, from
    2.0 mm to 0 mm. For each situation a film was made, totaling 9 movies.
    These movies were performed with the patient speaking a specific sentence
    that allowed different levels of incisors exposure, than submitted to 138
    evaluators, 46 orthodontists, 46 prosthodontists and 46 laypersons. Each
    evaluator was invited to evaluate the dentofacial esthetics on a visual analog
    scale. The data collected were submitted to statistical analysis. Results:
    Regarding the asymmetry of the maxillary central incisors, the situations with
    best dentofacial aesthetics, in all groups of evaluators, were those in which
    the incisors were symmetrical, or with up to 0.5 mm of asymmetry. The worst
    situations indicated 1.5 mm and 2.0 mm asymmetry in all three groups.
    Variations in the different step levels between the central and lateral maxillary
    incisors did not present statistical significant influence on dentofacial
    esthetics, except in the group of orthodontists, in which the absence of step
    had an effect on dentofacial esthetics worse when compared to the others
    situations. Conclusion: The results of this study indicate that, in a dynamic
    analysis, upper central incisors with asymmetries equal to or greater than 1.0
    mm in length compromise dentofacial aesthetics, whereas the variation in the
    step between central and lateral incisors had no influence on perception of
    aesthetics in the different groups evaluated, except for orthodontists, in which
    the absence of a step was aesthetically unfavorable.

2002
Dissertações
1
  • MARIA OLIMPIA VILAS BOAS DOS SANTOS
  • Determinação de níveis de IgA e IgG Anti-Actinobacillus Actinomycetemcomitans, e de Iga e IgG totais em fluídos de pacientes , com saúde periodontal e pacientes com doença periodontal crônica generalizada.

  • Orientador : SONGELI MENEZES FREIRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SONGELI MENEZES FREIRE
  • MONICA DOURADO
  • CARLOS MARCELO FIGUEIREDO
  • Data: 13/11/2002

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho foi realizado com o propósito de estudar o perfil da Resposta Imune Humoral, pela presença de anticorpos IgA e IgG totais e IgA e IgG anti-Actinobacillus actinomycetemcomitans ( Anti-Aa) em fluidos de saliva total, gengival e sérico de pacientes com saúde periodontal (SP) e pacientes portadores de doença periodontal crônica generalizada (DPCG) (AAP-1999), atendidos em ambulatório de Salvador-Bahia-Brasil. Os grupos de estudo abrangeram uma população de 20 pacientes com saúde periodontal (14 mulheres e 6 homens) e 20 pacientes (16 mulheres e 4 homens) com (DPCG), com idade média de 42 anos. Foi padronizado o tempo de 30 segundos para coleta intra- sulcular de fluido gengival(FG) com “periopaper” em ambos os grupos.O método utilizado para detecção de anticorpo Anti-Aa foi o ELISA e para análise das IgA e IgG totais, foram utilizados reagentes Bethyl-USA. Os resultados mostram diferença significativa ( p<0.001) nos níveis de IgA e IgG totais em FG e IgG Anti-Aa em FG e IgA Anti-Aa em saliva total quando comparados os valores dos fluidos de pacientes com SP e de DPCG. Os pacientes com saúde periodontal apresentaram níveis menores de anticorpos (Ac) totais e de Ac com reatividade Anti-Aa que pacientes com DPCG. Nos ensaios ELISA realizados neste trabalho o “cut -off “para estudos de IgA Anti-Aa em saliva foi de 0,53, apresentando uma sensibilidade de 85% e especificidade de 90%, valor preditivo positivo de 89%, valor preditivo negativo de 85% e eficiência de 87%. O “cut-off” para IgG Anti-Aa em fluido gengival foi de 0,095, com  sensibilidade de 85% e especificidade 90%, valor preditivo positivo de 89%, valor preditivo negativo de 90% e eficiência de 87%. Os dados sugerem a necessidade de um cálculo mais acurado do volume do FG para as determinações das concentrações de suas moléculas, embora o tempo fixado em 30 segundos para a coleta em ambos os grupos tenha possibilitado a observação de diferenças entre os dados dos pacientes com saúde periodontal e pacientes portadores de doença periodontal. Sugerimos que este ELISA pode servir para a diferenciação, dos níveis de IgA anti-Aa em saliva e de IgG anti-Aa em fluido gengival  entre pacientes com DPCG e PS.


  • Mostrar Abstract
  • This study was carried out with the purpose of studying the profile of Humoral Immune Response by the presence of IgA and total IgG antibodies and anti-Actinobacillus actinomycetemcomitans (Anti-Aa) IgA in total saliva, gingival and serum fluids of healthy patients. periodontal disease (SP) and patients with generalized chronic periodontal disease (CPGD) (AAP-1999), treated at an outpatient clinic of Salvador-Bahia-Brazil. The study groups comprised a population of 20 periodontal health patients (14 women and 6 men) and 20 patients (16 women and 4 men) with (DPCG), with a mean age of 42 years. The time period of 30 seconds was standardized for intra-molecular gingival fluid (GF) collection with periopaper in both groups. The method used for detection of Anti-Aa antibody was ELISA and for analysis of total IgA and IgG were Bethyl-USA reagents are used. The results show significant difference (p <0.001) in total IgA and IgG levels in FG and IgG Anti-Aa in FG and IgA Anti-Aa in total saliva when comparing the fluid values of patients with SP and DPCG. Patients with periodontal health had lower total antibody (Ac) and anti-Aa reactivity levels than patients with DPCG. In the ELISA assays performed in this work the cutoff for saliva IgA Anti-Aa studies was 0.53, with a sensitivity of 85% and specificity of 90%, positive predictive value of 89%, negative predictive value of 85% and efficiency of 87%. The cut-off for IgG Anti-Aa in gingival fluid was 0.095, with 85% sensitivity and 90% specificity, 89% positive predictive value, 90% negative predictive value and 87% efficiency. The data suggest the need for a more accurate calculation of the FG volume for the determination of the concentrations of its molecules, although the time set at 30 seconds for collection in both groups made it possible to observe differences between the data of healthy patients. periodontal disease and patients with periodontal disease. We suggest that this ELISA may be used for the differentiation of anti-Aa IgA levels in saliva and anti-Aa IgG in gingival fluid between patients with DPCG and PS.

SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2022 - UFBA