Banca de DEFESA: PATRÍCIA FERNANDES LAZZARON NOVAIS ALMEIDA FREITAS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PATRÍCIA FERNANDES LAZZARON NOVAIS ALMEIDA FREITAS
DATA : 11/09/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - NEIM, sala 02
TÍTULO:

CONCEPÇÕES SOBRE CIÊNCIA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA – uma análise interseccional em um Instituto Federal de Educação.


PALAVRAS-CHAVES:

Ciência, Tecnologia, Educação;Gênero, Raça.

.


PÁGINAS: 356
RESUMO:

Esta tese tem por objetivo analisar de que forma o viés androcêntrico característico da Ciência Moderna se manifesta até os dias atuais em uma instituição de ensino, parte da Rede Federal da Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o Instituto Federal da Bahia/ Campus Salvador. Historicamente, a instituição, sob o pretexto de formar profissionais racionais e objetivos para as indústrias, privilegia conhecimentos técnicos em detrimento de conhecimentos humanísticos. Sob essa perspectiva positivista e tecnicista, a abordagem de temáticas tais como relações étnico-raciais e relações de gênero é especialmente desafiadora, e frequentemente negligenciada, embora em contradição à própria missão institucional de formar cidadãos(ãs) histórico-críticos(as), expressa em documentos oficiais. A tese examina esse problema sob três eixos teóricos: a história da ciência, os Estudos Feministas da Ciência e da Tecnologia, em especial a teoria feminista perspectivista, e os estudos sobre currículo. Foi realizada uma pesquisa quanti-qualitativa, em que foram analisados dados quantitativos relativos aos corpos docentes e discentes do Campus Salvador tanto no que se refere ao pertencimento de gênero quanto à autodeclaração de raça/etnia. Também foram analisados os documentos que se propõem a guiar as práticas de ensino e aprendizagem, o Projeto Pedagógico Institucional e Projetos Pedagógicos dos Cursos Superiores do Campus. Por fim, foram investigadas concepções dos(as) próprios(as) docentes no que concerne ao conceito de ciência e à inserção das temáticas de gênero e de raça/etnia, por meio de questionários e entrevistas com gestores(as) e docentes do Campus. A tese destaca a pertinência de uma formação ampla, que supere modelos positivistas, tecnicistas e eurocentrados, em que o processo de ensino e aprendizagem esteja em estreita articulação com as realidades sociais, em consonância com a missão do instituto, a saber, a formação de cidadãos (ãs) críticos (as) e conscientes de seu papel frente às demandas sociais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 109.902.755-15 - ANGELA MARIA FREIRE DE LIMA E SOUZA - UFBA
Interno - 1676942 - IOLE MACEDO VANIN
Interno - 287756 - LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
Externo à Instituição - AMILDE MARTINS DA FONSECA - IFRN
Externo à Instituição - LINDAMIR SALETE CASAGRANDE - UTFPR
Notícia cadastrada em: 08/09/2020 15:28
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2022 - UFBA