PPGAC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS (PPGAC) ESCOLA DE TEATRO Telefone/Ramal: Não informado

Banca de DEFESA: MARIANA TERRA MOREIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIANA TERRA MOREIRA
DATA : 22/12/2021
HORA: 16:00
LOCAL: Online
TÍTULO:

Imersão Blackout: Luz e Iluminação em Contexto Interdisciplinar na Universidade


PALAVRAS-CHAVES:

Luz e Iluminação; Prática Imersiva; Interdisciplinaridade; Pesquisa Artística; Ensino em Artes


PÁGINAS: 370
RESUMO:

Diversos campos artísticos lidam com a Luz em seus processos de criação, tendo com o tempo desenvolvido técnicas e tecnologias específicas. A partir do século XXI, vemos emergir no ensino superior a oferta de cursos com currículos interdisciplinares (FARIAS, 2012; LÜCK, 2018) que pretendem integrar as práticas artísticas, superando as antigas ideias hierárquicas e doutrinárias. Essa nova demanda pedagógica exige dos artistas educadores uma revisão epistemológica e estética para o ensino da Luz de maneira ampla e não restrita a particularidades de linguagens. Nesta pesquisa artística e performativa (HASEMAN, 2006; ARLANDER, 2014; FERNANDES, 2012;) revisitamos a obra clássica do iluminador e educador Stanley McCandless (1984) em busca de fundamentos do design moderno que sirvam de base para o ensino interdisciplinar de iluminação. Investigamos em especial a intensidade, a primeira e mais importante propriedade da luz descrita pelo autor. Nesta pesquisa foram criados objetos (wereables) para cobrir o campo visual e gerar um ambiente escuro para o observador - os Paninhos de Blackout.  Realizamos um experimento chamado Imersão Blackout, com ambiente escuro preparado para usar os Paninhos e proporcionar contato com a escuridão física real. O objetivo geral do estudo é a composição de uma proposição artística que proporcione o aprendizado de iluminação por meio da experiência prática e performativa. Nossa hipótese é que frente à atual tendência à exacerbação luminosa em diversas áreas da vida humana, a experiência empírica com o escuro concreto - blackout -, é potencializadora de um tipo especial de aprendizado, aquele estético, corpóreo, integral. Defendemos os experimentos da Imersão Blackout enquanto um tipo de aula baseada na experiência (experience-based) em que a prática sensível opera como eixo para conexões pedagógicas entre o mundo sensorial, ciência e treinamento pessoal de artistas-estudantes. Esta pesquisa aproxima o ensino da luz com abordagens somáticas e interdisciplinares, e visa servir de fonte para investigações vindouras na área.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1220052 - CIANE FERNANDES
Interno - 6284477 - EDUARDO AUGUSTO DA SILVA TUDELLA
Interno - 2091873 - LEONARDO JOSE SEBIANE SERRANO
Externa à Instituição - CIBELE FORJAZ SIMÕES - USP
Externo à Instituição - DIEGO PIZARRO
Externo à Instituição - SERGIO COELHO BORGES FARIAS - UFBA
Notícia cadastrada em: 01/12/2021 14:16
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2022 - UFBA