Banca de DEFESA: ADALTON DOS ANJOS FONSECA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ADALTON DOS ANJOS FONSECA
DATA : 13/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Faculdade de Comunicação
TÍTULO:

A IMERSÃO COMO CATEGORIA ESTRUTURANTE E INDUTORA DE INOVAÇÕES NO JORNALISMO EM REDES DIGITAIS


PALAVRAS-CHAVES:

Inovação no Jornalismo, Imersão no Jornalismo, Jornalismo Imersivo, Jornalismo em Redes Digitais, Ecologia da Atenção.


PÁGINAS: 471
RESUMO:

Esta tese tem como propósito a análise de processos de mudanças e inovações no jornalismo em redes digitais tendo como foco o conceito de imersão. Parte-se de um diagnóstico de que o conceito de jornalismo imersivo tem uma forte perspectiva tecnológica nas pesquisas acadêmicas e no mundo do trabalho que sublima diversas dimensões da relação entre jornalismo e imersão. Argumenta-se que a imersão é uma categoria estruturante e indutora de inovações no jornalismo em redes digitais. A investigação encaminha-se pelas dimensões da produção e das estratégias narrativas e atencionais. A metodologia de abordagem qualitativa consiste na combinação do método histórico com o modelo teórico-conceitual dos estudos de caso, utilizando a análise documental, entrevistas semiestruturadas e análise da narrativa de produtos. O corpus empírico é formado por sete peças jornalísticas, de distintos formatos como grande reportagem multimídia, newsgame e realidade virtual, publicadas em meios local (Correio*), nacionais (Estadão, UOL e Vice Brasil) e internacionais El País (Espanha), The Guardian (Reino Unido) e Univision Notícias (EUA), escolhidas por terem sido premiadas ou referenciadas em trabalhos acadêmicos. O tratamento teórico-conceitual inclui os Estudos do Jornalismo, aspectos da Narratologia, além dos conceitos de imersão, atenção e inovação abordagens oriundas de diversos campos científicos. Entre os principais achados da pesquisa estão: a) a evidência de que a atividade jornalística que explora a categoria da imersão de modo extenso se baseia em uma epistemologia da experiência na prática profissional e na adoção de estratégias sintetizadas na proposta das narrativas densas; b) a emergência do impacto como alternativa complementar à tarefa da mensuração editorial; e c) a imersão no jornalismo tem potencial de conduzir inovações sociais como técnica e como uma relação estabelecida entre usuários e produtos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FERNANDO FIRMINO DA SILVA - UEPB
Interno - 1675144 - JOSE CARLOS SANTOS RIBEIRO
Interno - 319.524.025-49 - MARCOS SILVA PALACIOS - UFBA
Interno - 1649812 - SUZANA OLIVEIRA BARBOSA
Externo ao Programa - 287250 - WASHINGTON JOSE DE SOUZA FILHO
Notícia cadastrada em: 31/01/2020 11:05
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2020 - UFBA