PPGBIOCIENCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOCIÊNCIAS (PPGBIOCIENCIAS) INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAÚDE Telefone/Ramal: Não informado
Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFBA

2024
Dissertações
1
  • LUANA WEBER LOPES
  • CORRELAÇÃO EM CONCENTRAÇÕES ELEVADAS DAS CITOCINAS ASSOCIADAS À RESPOSTA Th17 E DESFECHOS DESFAVORÁVEIS EM PACIENTES COM COVID-19 ADMITIDOS À UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

  • Orientador : FABRICIO FREIRE DE MELO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABRICIO FREIRE DE MELO
  • MARCIO VASCONCELOS OLIVEIRA
  • PEDRO FONSECA DE VASCONCELOS
  • Data: 15/03/2024

  • Mostrar Resumo
  • A COVID-19 é uma doença infeciosa causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2). Sabe-se, hoje, que a resposta imunológica desempenha um papel fundamental na modulação da gravidade e desfecho dessa doença; e, nesse contexto, a resposta Th17 tem recebido crescente atenção devido à sua capacidade de modulação da inflamação. Foram incluídos prospectivamente 56 pacientes com COVID-19 admitidos à UTI do Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) – Bahia, Brasil. Todos os pacientes incluídos tiveram a infecção por SARS-CoV-2 confirmada por meio de PCR em tempo real (RT-PCR) de amostras de swab nasofaríngeo. Coletou-se amostras de soro de todos os participantes para determinação da concentração sérica de citocinas associadas à resposta Th17 (IL-1β, TGF-β e IL-6, IL-17 e IL-23) via ELISA (ensaio imunoenzimático). Foi utilizado teste de Shapiro-Wilk para avaliar a normalidade da distribuição dos dados, a homogeneidade de variância foi verificada por meio do teste de Levene. O teste t de Student foi utilizado para comparações de médias. Realizou-se testes qui-quadrado de independência (2x2) para associações entre variáveis categóricas. Por fim, avaliamos as associações entre as citocinas e a variável de desfecho mortalidade utilizandose correlação de Spearman. Foi demonstrado inicialmente que pacientes do sexo masculine apresentavam mais chances de vir a óbito quando comparados com pacientes do sexo feminino. Observou que pacientes falecidos apresentaram níveis mais elevados de IL-1β e IL-6 comparados com pacientes que receberam alta, em relação ao TGF-β os pacientes falecidos apresentaram níveis séricos substancialmente elevados comparados ao grupo. Embora não tenha sido observadas diferenças estatisticamente significativas foi notada uma tendência de níveis mais elevados de IL-17 e IL-23 em pacientes que evoluíram ao óbito. A IL-1β e TGF-β revelaram uma correlação significativa de forte magnitude com o desfecho morte, já a IL-6 apresentou uma correlação moderada. Quanto as correlações das citocinas entre si encontraramse uma correlação significativa forte da IL-1β com TGF-β. A IL-6 também demonstrou uma correlação significativa forte com a IL-17 e com a IL-23, bem como de moderada magnitude com TGF-β. Por fim, IL-17 e IL-23 exibiram uma correlação significativa de entre si. Com base em nossa análise, concluímos que elevados níveis das citocinas IL-1β, TGF-β e IL-6 estão significativamente associados a um desfecho desfavorável em pacientes com SARS-CoV-2, independentemente das comorbidades presentes. Essas citocinas podem desempenhar um papel importante na patogênese da doença e podem ser indicadores úteis para avaliar a gravidade e o prognóstico dos pacientes infectados pelo SARS-CoV-2.


  • Mostrar Abstract
  • COVID-19 is an infectious disease caused by the severe acute respiratory syndrome coronavirus 2 (SARS-CoV-2). It is now understood that the immune response plays a crucial role in modulating the severity and outcome of this disease. In this context, the Th17 response has been receiving increasing attention due to its ability to modulate inflammation. A prospective inclusion of 56 COVID-19 patients admitted to the Intensive Care Unit (ICU) of the General Hospital of Vitória da Conquista (HGVC) in Bahia, Brazil, was conducted. All included patients had SARS-CoV-2 infection confirmed through real-time polymerase chain reaction (RT-PCR) of nasopharyngeal swab samples. Serum samples were collected from all participants to determine the concentration of Th17-associated cytokines (IL-1β, TGF-β, IL-6, IL-17, and IL23) using enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). The Shapiro-Wilk test assessed the normality of data distribution, and Levene's test verified variance homogeneity. Student's t-test was employed for mean comparisons, and chi-square independence tests (2x2) examined associations between categorical variables. Lastly, Spearman correlation evaluated associations between cytokines and the mortality outcome variable. It was initially demonstrated that male patients had a higher likelihood of mortality compared to female patients. Deceased patients exhibited higher levels of IL-1β and IL-6 compared to those discharged, while TGF-β levels in deceased patients were substantially elevated. Although statistically significant differences were not observed, there was a trend of higher levels of IL-17 and IL-23 in patients who succumbed to mortality. IL-1β and TGF-β showed a significant strong correlation with the mortality outcome, while IL-6 presented a moderate correlation. Strong significant correlations were found between IL-1β and TGF-β, as well as between IL-6 and IL-17, and IL-6 and IL-23, with a moderate correlation observed between IL-6 and TGF-β. Finally, IL-17 and IL-23 exhibited a significant correlation with each other. Based on our analysis, we conclude that elevated levels of cytokines IL-1β, TGF-β, and IL-6 are significantly associated with an unfavorable outcome in SARS-CoV-2 patients, irrespective of comorbidities. These cytokines may play a crucial role in the pathogenesis of the disease and serve as useful indicators for assessing the severity and prognosis of SARS-CoV-2-infected patients.


2
  • LARYANA BORGES GARCIA
  • Espectrometria de Massas e Molecular Networking como ferramentas para o estudo da diversidade química de espécies nativas de Passiflora L. (Passifloraceae)

  • Orientador : JULIANO GERALDO AMARAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GABRIEL AZEVEDO DE BRITO DAMASCENO
  • JULIANO GERALDO AMARAL
  • MARILUZE PEIXOTO CRUZ
  • Data: 11/07/2024

  • Mostrar Resumo
  • A família Passifloraceae, com mais de 630 espécies, é predominante em regiões tropicais e subtropicais, sendo Passiflora L. o gênero mais extenso e diversificado. No presente estudo aprofundamos o conhecimento sobre a família Passifloraceae e os perfis metabólicos do subgênero Passiflora, conhecidas por sua rica composição fitoquímica, incluindo flavonoides glicosilados, carotenoides, glicosídeos cianogênicos, alcaloides, esteroides, lignanas, ácidos graxos, aminoácidos, derivados de ácido clorogênico e proantocianidinas. Inicialmente, realizamos uma revisão abrangente que cobre estudos de 1983 a 2023, oferecendo uma visão detalhada das descobertas científicas sobre os compostos químicos presentes nesse gênero. Em seguida, combinamos espectrometria de massas e molecular networking para explorar a diversidade química de espécies nativas do Brasil. Desenvolvemos uma base de dados abrangente com os dados de massas obtidos, que fundamentou a analise do perfil metabólico de várias espécies, os dados gerados foram submetidos a plataforma GNPS, que gerou uma Molecular Networking, na qual a substâncias iguais foram agrupadas em um único nó e as semelhantes em clusters. Os dados gerados pela rede foram desreplicados e também analisados por métodos estatísticos multivariados, e assim este trabalho revelou similaridades metabólicas entre espécies com a P. incarnata, sugerindo potencial farmacológico compartilhado. Documentamos 25 espécies não previamente estudadas, ampliando o conhecimento sobre suas propriedades medicinais e abrindo caminhos para o desenvolvimento de novos produtos.


  • Mostrar Abstract
  • The Passifloraceae family, with more than 630 species, is predominant in tropical and subtropical regions, with Passiflora being the most extensive and diverse genus. This study aims to deepen the knowledge about the Passifloraceae family and the metabolic profiles of Passiflora subgenre, known for their rich phytochemical composition, including glycosylated flavonoids, carotenoids, cyanogenic glycosides, alkaloids, steroids, lignans, fatty acids, amino acids, chlorogenic acid derivatives and proanthocyanidins. Initially, we performed a comprehensive review covering studies from 1983 to 2023, offering a detailed overview of the scientific discoveries on the chemical compounds present in the genus Passiflora. Then, we combined mass spectrometry and molecular networking to explore the chemical diversity of native species of the genus Passiflora from Brazil. We developed a comprehensive database using liquid chromatography coupled to mass spectrometry (HPLC-MS/MS) to analyze the metabolic profile of several subspecies. The generated data were submitted to the GNPS platform, which generated a Molecular Networking, in which the same substances were grouped in a single node and the similar ones in clusters. The data generated by the network were dereplicated and also analyzed by multivariate statistical methods, and thus this work revealed metabolic similarities between species, such as P. incarnata, suggesting shared pharmacological potential. We documented 25 species not previously studied, expanding the knowledge about their medicinal properties and opening paths for the development of new products.

3
  • ÉRIKA AZENATHE BARROS MERCÊS
  • Comparação entre o treinamento intervalado de alta intensidade e treinamentos contínuos sobre a sinalização de klotho/Nrf2 e o estado redox renal em ratas com nefrotoxicidade induzida por cisplatina

  • Orientador : LILIANY SOUZA DE BRITO AMARAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LILIANY SOUZA DE BRITO AMARAL
  • TELMA DE JESUS SOARES
  • Thiago Macêdo Lopes Correia
  • Data: 15/07/2024

  • Mostrar Resumo
  • A cisplatina (cis-diamminedichloroplatinum II, CDDP)é um agente quimioterápico utilizado no tratamento de uma grande variedade de tumores sólidos. No entanto, o seu uso é limitado pela nefrotoxicidade, a qual culmina em injúria renal aguda (IRA). O estresse oxidativo e nitrosativo são os principais mecanismos envolvidos na nefrotoxicidade induzida pela CDDP. O treinamento físico pode promover efeitos antioxidantes por meio da ativação de vias de sinalização, como é o caso da via Klotho/Nrf2. Entretanto, ainda não é bem estabelecido os efeitos da manipulação de variáveis do treinamento, como intensidade, sobre tais efeitos antioxidantes. Dessa forma, este estudo tem como objetivo comparar os efeitos do treinamento de baixa (LIT), moderada (MIT) e alta intensidade intervalada (HIIT) sobre o estado redox renal, através da modulação da via de sinalização Klotho/Nrf2, de ratas com IRA induzida por CDDP. Para tanto, ratas Wistar foram divididas em cinco grupos (n=7): controle sedentário (C+S); CDDP e sedentário (CDDP+S); CDDP e submetido ao LIT (CDDP+LIT); CDDP e submetido ao MIT (CDDP+MIT); e CDDP e submetido ao HIIT (CDDP+HIIT). Os protocolos de treinamento foram realizados em esteira motorizada durante 8 semanas. Após este período, administramos uma única injeção de CDDP (5 mg/kg), ou solução salina, para indução da IRA. Sete dias após a injeção de CDDP, as ratas foram introduzidas em gaiolas metabólicas para a coleta de amostras de urina de 24h, e em seguida elas foram eutanasiadas para a coleta dos rins e sangue do tronco. Foram analisados a função tubular, através da fração de excreção (FE) de eletrólitos; a estrutura tubular; marcadores de lesões nitro oxidativas às macromoléculas celulares (lipídios, proteínas e DNA); os níveis e atividade de enzimas antioxidantes e a expressão de α-Klotho e Nrf2 no tecido renal. Nossos dados demonstram que a CDDP causou perda da borda em escova e redução da função reabsortiva dos túbulos renais, reduziu a expressão de klotho e aumentou marcadores de dano oxidativo e nitrosativo às macromoléculas celulares, como lipídios (4-HNE e TBARS), proteínas (proteínas carbolinadas e 3-NT) e DNA (8-OHDG). No entanto, os protocolos de treinamento foram capazes de reduzir todas essas alterações de uma maneira dependente da intensidade e, portanto, com efeitos mais proeminentes com o HIIT. Nossos protocolos de treinamento também potencializaram as defesas antioxidantes renais, apresentando aumento da expressão das enzimas antioxidantes (SOD-1, catalase e GPx) e aumento da atividade enzimática (catalase e GPx). Tais efeitos podem ter sido, pelo menos em parte, mediados pela ativação da via Nrf2, também de maneira dependente da intensidade. Como conclusão, nossos resultados sugerem que o HIIT promoveu efeitos renoprotetores mais pronunciados do que LIT e MIT, melhorando o estado redox através da ativação da via de sinalização Klotho/Nrf2 em ratas com nefrotoxicidade induzida por CDDP. 


  • Mostrar Abstract
  • Cisplatin (cis-diamminedichloroplatinum II, CDDP) is a chemotherapy agent used to treat various solid tumors. However, its use is limited by nephrotoxicity, which culminates in acute kidney injury (AKI). Oxidative and nitrosative stress are the main mechanisms involved in CDDP-induced nephrotoxicity. Exercise training can promote antioxidant effects by activating signaling pathways, such as the Klotho/Nrf2 pathway. However, the effects of manipulating training variables, like intensity, on these antioxidant effects are not yet well established. Therefore, this study aims to compare the effects of low (LIT), moderate (MIT), and high-intensity interval training (HIIT) on the renal redox state through modulation of the signaling pathway Klotho/Nrf2 of rats with CDDP-induced AKI. To this end, Wistar rats were divided into five groups (n=7): sedentary control (C+S); CDDP and sedentary (CDDP+S); CDDP and submitted to LIT (CDDP+LIT); CDDP and submitted to MIT (CDDP+MIT); and CDDP and submitted to HIIT (CDDP+HIIT). The training protocols were carried out on a motorized treadmill for 8 weeks. After this period, we administered a single injection of CDDP (5 mg/kg), or saline solution, to induce AKI. Seven days after the CDDP injection, the rats were introduced into metabolic cages to collect 24-hour urine samples, and then they were euthanized to collect kidneys and trunk blood. The tubular function was analyzed through the excretion fraction (EF) of electrolytes; the tubular structure; markers of nitro-oxidative lesions to cellular macromolecules (lipids, proteins, and DNA); the levels and activity of antioxidant enzymes, and the expression of α-Klotho and Nrf2 in kidney tissue. Our data demonstrate that CDDP caused loss of the brush border and reduced reabsorptive function of renal tubules, reduced klotho expression, and increased markers of oxidative and nitrosative damage to cellular macromolecules, such as lipids (4-HNE and TBARS), proteins (carbonylated proteins and 3- NT) and DNA (8-OHDG). However, training protocols were able to reduce all these changes in an intensity-dependent manner and, therefore, with more prominent effects with HIIT. Our training protocols also enhanced renal antioxidant defenses, showing increased expression of antioxidant enzymes (SOD-1, catalase, and GPx) and increased enzymatic activity (catalase and GPx). Such effects may have been, at least in part, mediated by the activation of the Nrf2 pathway, also in an intensity-dependent manner. In conclusion, our results suggest that HIIT promoted more pronounced renoprotective effects than LIT and MIT, improving the redox state by activating the Klotho/Nrf2 signaling pathway in rats with CDDP-induced nephrotoxicity.

2023
Dissertações
1
  • JULIANA GOMES BARRETO SOUZA LEITE
  • Co-digestão anaeróbia de resíduos agroindustriais para geração de biogás

  • Orientador : PATRICIA LOPES LEAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNO LOPES BASTOS
  • FABIA GIOVANA DO VAL DE ASSIS
  • PATRICIA LOPES LEAL
  • Data: 19/04/2023

  • Mostrar Resumo
  • A busca por fontes energéticas renováveis cresceu acentuadamente nos últimos anos, incentivada por tratados internacionais e políticas públicas que buscam mitigar os efeitos nocivos, ambientais, causados pelo elevado consumo e dependência dos combustíveis fósseis. Os resíduos agroindustriais são amplamente disponíveis, renováveis e adequados para bioconversão em produtos de valor agregado. Tratam-se de fontes potenciais de açúcares fermentáveis, porém sua composição lignocelulósica confere resistência à hidrólise microbiana. Co-digestão e técnicas de pré-tratamento (físico, químico e biológico) são estudadas para melhorar a biodegradabilidade desses resíduos, como também, parâmetros operacionais para otimizar a produção de biogás e seu teor de metano. Neste estudo, foi realizada uma revisão sistemática sobre produção de biogás e metano a partir de resíduos lignocelulósicos e esterco bovino. Para isso, uma análise refinada da literatura foi estabelecida, incluindo critérios de inclusão e exclusão para a formação de um banco de dados. Além disso, foi objetivo deste trabalho aplicar ferramentas estatísticas de otimização de processos para investigar a influência de parâmetros operacionais (pH, temperatura e volume de substratos) para produção de biogás e CH4, a partir da co-digestão anaeróbica de esterco bovino, manipueira e casca de café. O Delineamento Composto Central (DCC) foi utilizado e avaliados os níveis de pH inicial (8, 9, 10), temperatura (30, 40 e 50°C) e proporção de substrato (casca de café : manipueira : esterco bovino) sobre a produção de biogás e metano, ao longo de 15 dias de retenção hidráulica. A revisão sistemática gerou de um banco de dados com o total de 127 publicações de diversos países, no período dos anos 2012 a 2022. Países Asiáticos, como China e Índia, e Europeus, especialmente, a Alemanha se destacam como promotores de pesquisas relacionadas otimização da produção de biogás a partir de resíduos lignocelulósicos e esterco bovino. Os parâmetros operacionais, mais frequentemente abordados nos estudos selecionados, incluíram a temperatura mesofílica e o ajuste inicial do pH para 7. Dentre os pré-tratamentos estudados, técnicas de preparo físico foi o mais utilizado e comumente associado aos tratamentos químicos e biológicos, a fim de aumentar a degradabilidade e reduzir a recalcitrância da celulose e da lignina. Quantos aos resultados dos ensaios experimentais conduzidos no presente trabalho, constatou-se que apresentaram produção de biogás e metano significativas. A ferramenta estatística possibilitou identificar uma relação inversamente proporcional entre o pH e a temperatura, nas condições utilizadas. As condições operacionais de pH inicial 8 e 30°C de temperatura apresentaram as melhores condições de fermentação, resultando em 798,72 cm3 de biogás e 638,98 cm3 de CH4 acumulados ao final de 15 dias de retenção hidráulica


  • Mostrar Abstract
  • The search on renewable energy sources has grown sharply in recent years, encouraged by international treaties and public policies that seek to mitigate the harmful environmental effects caused by high consumption and dependence on fossil fuels. Agroindustrial residues are widely available, renewable and suitable for bioconversion into value-added products. They are potential sources of fermentable sugars, but their lignocellulosic composition confers resistance to microbial hydrolysis. Co-digestion and pre-treatment techniques (physical, chemical and biological) are studied to improve the biodegradability of these residues, as well as operational parameters to optimize the production of biogas and its methane content. In this study, a systematic review was carried out on the production of biogas and methane from lignocellulosic residues and cattle manure. For this, a refined analysis of the literature was established, including inclusion and exclusion criteria for the formation of a database. In addition, the objective of this work was to apply statistical tools for process optimization to investigate the influence of operational parameters (pH, temperature and volume of substrates) for the production of biogas and CH4, from the anaerobic co-digestion of cattle manure, manipueira and coffee husk. The Central Composite Design (CDC) was used and evaluated the levels of initial pH (8, 9, 10), temperature (30, 40 and 50°C) and proportion of substrate (coffee husk: manipueira: bovine manure) on the production of biogas and methane, over 15 days of hydraulic retention. The systematic review generated a database with a total of 127 publications from different countries, from 2012 to 2022. Asian countries, such as China and India, and European countries, especially Germany, stand out as promoters of research related to optimization the production of biogas from lignocellulosic waste and cattle manure. The operational parameters, most frequently addressed in the selected studies, included the mesophilic temperature and the initial adjustment of the pH to 7. Among the pre-treatments studied, physical preparation techniques were the most used and commonly associated with chemical and biological treatments, in order to to increase the degradability and reduce the recalcitrance of cellulose and lignin. As for the results of the experimental tests carried out in the present work, it was verified that they presented significant production of biogas and methane. The statistical tool made it possible to identify an inversely proportional relationship between pH and temperature, under the conditions used. The operating conditions of initial pH 8 and 30°C temperature showed the best fermentation conditions, resulting in 798.72 cm3 of biogas and 638.98 cm3 of CH4 accumulated at the end of 15 days of hydraulic retention.

2
  • JÚLIO CÉSAR BRAGA DE SOUZA
  • Análise e seleção de proteínas antigênicas de Mycoplasma bovis na busca de candidatos vacinais ou diagnóstico

  • Orientador : LUCAS MIRANDA MARQUES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • MANOEL NERES SANTOS JUNIOR
  • MAYSA SANTOS BARBOSA
  • Data: 12/05/2023

  • Mostrar Resumo
  • Mycoplasma bovis é um dos principais agentes etiológicos em bovinos e está presente principalmente em infecções como mastite, doenças respiratórias e artrite. O tratamento dessas doenças é limitado. Assim, a prevenção demonstra ser uma importante alternativa. Contudo, no Brasil não se tem dados sobre vacinas eficazes contra o M. bovis. Dessa maneira, o objetivo deste trabalho foi a análise e seleção de proteínas conservadas em M. bovis, para a validação e aplicação em vacinas e teste imunodiagnóstico. Os alvos foram selecionados através de ferramentas de bioinformática, utilizando o banco de dados Uniprot para a obtenção dos proteomas. As proteínas foram avaliadas utilizando PsortB para localização subcelular. Adicionado a isso, foram realizadas as seguintes predições: presença de regiões transmembrânicas e peptídeo sinal utilizando o banco de dados TopCons. Foi avaliada ainda a homologia entre os dois proteomas de M. bovis, através do programa público CD-HIT. Para a predição de epítopos foi utilizado o consenso de ferramentas dispostas no IEDB, para a predição de epítopos de células B, e a utilização de NETMHCcons e NETMHCIIpan 3.1 para as predições de epítopos de células T, apresentados em vias de MHCI e MHCII, respectivamente. As proteínas selecionadas foram então, clonadas e expressas em células de Escherichia coli. Após a purificação, as proteínas foram avaliadas quanto a antigenicidade e validadas a partir de ensaios de dot blotting com soro de coelho sabidamente contaminados com M. bovis. A proteína A0A0Y59Y3U4 foi predita pelo consenso entre as ferramentas de bioinformática, como bom alvo ao estudo. A otimização da expressão desta seguiu com a utilização de seis linhas de E. coli. Entretanto, quatro dessas (Arctic, pLysS, BL21 e C41) apresentou resultado significativo, sendo a C41, apresentando o melhor rendimento. Após a purificação, a proteína foi então submetida à avaliação de reatividade contra soros sabidamente infectados com M. bovis, onde a proteína reagiu aos soros testados. Com isso, os resultados obtidos no presente estudo abrem-se margem para avançar com os estudos utilizando esta proteína em etapas de experimentação animal em busca de um candidato vacinal efetivos para o controle dessa enfermidade.


  • Mostrar Abstract
  • Mycoplasma bovis is one of the main bovine pathogens and is present in the etiology of mastitis, respiratory diseases, and arthritis. Treatment of these diseases is limited. Thus, prevention proves to be an important alternative. However, in Brazil, there is no data on effective vaccines against M. bovis. Therefore, this study aimed to analyze and select conserved proteins in M. bovis for validation and application in vaccines and immunodiagnostic tests. The targets were set using bioinformatics tools, using the UniProt database to obtain the proteomes. Proteins were evaluated using PsortB for subcellular localization. The following predictions were realized: the presence of transmembrane regions and signal peptides using the TopCons database. Homology between the two M. bovis proteomes was also evaluated using the public CD-HIT program. For epitope prediction, the consensus of tools provided by IEDB was used to predict B cell epitopes. NETMHCcons and NETMHCIIpan 3.1 were used to predict T cell epitopes presented in MHC I and MHC II pathways, respectively. The selected proteins were then cloned and expressed in Escherichia coli cells. After purification, the proteins were evaluated for antigenicity and validated using dot blotting assays with rabbit serum known to be contaminated with M. bovis. The protein A0A0Y59Y3U4 was predicted by the consensus of bioinformatics tools as a good target for study. Optimization of its expression was carried out using six strains of E. coli cells, and four of them (Arctic, pLysS, BL21, and C41) showed significant results, with C41 showing the best yield. After purification, the protein was evaluated for reactivity against sera known to be infected with M. bovis, and the protein reacted to the tested sera. Thus, the results obtained in the present study open up possibilities to advance studies using this protein in stages of animal experimentation in search of an effective vaccine candidate to control this disease.

3
  • LEONARDO OLIVEIRA SILVA BASTOS ANDRADE
  • AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTILEISHMANIA DA PLA2 Lys49 MjTX-I, ISOLADA DA PEÇONHA DE Bothrops moojeni

  • Orientador : DAIANA SILVA LOPES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LEONEL IVES MONTEALEGRE PAIVA SÁNCHEZ
  • DAIANA SILVA LOPES
  • JULIANO GERALDO AMARAL
  • Data: 05/10/2023

  • Mostrar Resumo
  • A leishmaniose é uma doença causada por protozoários do gênero Leishmania. O tratamento disponível atualmente apresenta alta toxicidade, elevado custo, resistência do parasito, além de dificuldades de cura. Nesse sentido, as peçonhas de serpentes constituem uma fonte de estudo promissora, uma vez que possuem uma série de compostos bioativos com potencial terapêutico. dentre estes, destacam-se as fosfolipases A2 (PLA2). Desta forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da toxina botrópica PLA2, MjTXI, isolada da peçonha de Bothrops moojeni na viabilidade e proliferação de formas promastigota de Leishmania leishmania amazonensis, alterações na ultraestrutura do parasito por microscopia de varredura, além de avaliar a ação da toxina no processo de infectividade em macrófagos. MjTX-I induziu citotoxicidade nas formas promastigota do parasito nos tempos de 24 e 72 horas, com um IC50 = 36,54 ug/mL 72 horas após o tratamento. Além disso, os resultados da curva de crescimento demonstram uma inibição total da proliferação do parasito na concentração de 40μg/mL da toxina após 48 horas de tratamento. Estudos ultraestruturais em promastigotas tratados com MjTX-I revelaram presença de duplo flagelo e arredondamento da extremidade do parasito. Também foi observado que a toxina (10 e 40 μg/mL) aumentou a produção de ROS e diminuiu o potencial de membrana mitocondrial no ensaio utilizando a sonda rodamina 123. A MjTX-I interferiu na capacidade de invasão do promastigota em macrófagos com uma diminuição do número de células infectadas e o número de parasitos por células infectadas. Finalmente o tratamento dos macrófagos infectados diminuiu a proliferação dos parasitos tratados com 10 μg/mL da PLA2 por 72 horas. Nossos resultados sugerem que a PLA2 MjTX-I é uma importante ferramenta para a descoberta de novos alvos no parasito que possam ser explorados para o desenvolvimento de novas drogas para a terapêutica da leishmaniose.


  • Mostrar Abstract
  • Leishmaniasis is a disease caused by protozoa of the genus Leishmania. The currently available treatment presents high toxicity, high cost, parasite resistance and difficulties in cure. In this sense, snake venoms are a promising source of study, since they have a series of bioactive compounds with therapeutic potential, among these, phospholipases A2 (PLA2) stand out. Thus, the objective of the present study was to evaluate the effect of PLA2 MjTX -I, isolated from Bothrops moojeni venom on the growth and viability of promastigote forms of Leishmania Leishmania amazonensis. In addition, were evaluated, changes in the parasite's ultrastructure and action of the toxin in the process of infectivity in macrophages. MjTX-I showed activity against the promastigote forms of the parasite at 24 and 72 hours, with an IC50= 36.54 ug / mL 72 hours after treatment. Furthermore, the results of the growth curve demonstrate a total inhibition of parasite proliferation at a concentration of 40μg/ mL of the toxin after 72 hours of treatment. Ultrastructural studies by scanning electron microscopy in promastigotes treated with MjTX-I revealed the presence of a double flagellum and rounding of the parasite tip. It was also observed that the toxin increased the production of ROS and decreased the membrane potential in the assay (10 and 40 μg / mL) using the rhodamine 123 probe. MjTX-I interfered with the invasion capacity of the pre-treated promastigotes (10 and 40 μg / mL), decreasing the number of infected cells and the number of parasites per infected cell. Finally, the treatment of infected macrophages reduced the proliferation of parasites (10 μg / mL) at 72 hours. Our results suggest that PLA2 MjTX-I is an important tool for the discovery of new targets in the parasite that can be exploited for the development of new drugs for the treatment of leishmaniasis.

4
  • THAISE SILVA ROCHA
  • Prevalência de Neisseria gonorrhoeae e Chlamydia trachomatis entre homens que fazem sexo com homens (HSH) de 15 a 24 anos no município de Vitória da Conquista – BA.

  • Orientador : LUCAS MIRANDA MARQUES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE TEIXEIRA AMORIM
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • MARCOS PEREIRA SANTOS
  • Data: 16/11/2023

  • Mostrar Resumo
  • No Brasil, as infecções sexualmente transmissíveis (IST) causadas por Neisseria gonorrhoeae (NG) e Chlamydia trachomatis (CT) continuam sendo desafiador problema de saúde pública. Homens que fazem sexo com homens (HSH), adolescentes e jovens são afetados de forma desproporcional pelas IST. A maioria dos indivíduos são frequentemente assintomáticos, o que contribui para a falta de diagnóstico. O presente estudo teve como objetivo verificar a prevalência da infecção por N. gonorrhoeae e C. trachomatis, em diferentes sítios anatômicos, em jovens homens que fazem sexo com homens (HSH), no município de Vitória da Conquista (BA) e avaliar fatores associados. Estudo transversal, com jovens HSH de 15 a 24 anos. O recrutamento foi pela técnica de amostragem dirigida pelo participante (RDS). Dados demográficos e amostras biológicas (swab anal, uretral e oral) foram coletados em centro de referência para IST. A detecção de NG e CT foi feita por meio do diagnóstico molecular (qPCR). As associações entre as variáveis desfecho e as variáveis explicativas foram estimadas pelo teste qui quadrado de Pearson ou pelo teste exato de Fisher e por regressão de Poisson, com estimativa das razões de prevalência (RP) e os seus intervalos de confiança 95% (IC95%). Toda a análise dos dados foi ponderada pelo estimador de Gile, utilizando o delineamento survey no software Stata. A prevalência encontrada para NG foi de 8,1%. Ao analisar a prevalência por sítio, foi observado uma maior prevalência no sítio anal (6,7%) quando comparado com os sítios uretral e oral (3,2% e 2,3% respectivamente). Para CT, a prevalência foi de 8,5%, com prevalência oral de 4,6%, anal de 3,0% e uretral de 1,4%. N. gonorrhoeae foi associado com orientação sexual homossexual e ter feito sexo em grupo. C. trachomatis mostrou associação com a idade de 15 a 19 anos e relato de ter três ou mais parceiros nos últimos 3 meses. Foram observadas altas prevalências das IST em todos os sítios anatômicos, especialmente nos extragenitais, o que reforça a importância de testagem em sítios distintos. As associações encontradas sugerem a necessidade da implementação de medidas educativas, especialmente entre este público mais jovem.


  • Mostrar Abstract
  • In Brazil, sexually transmitted infections (STIs) caused by Neisseria gonorrhoeae (NG) and Chlamydia trachomatis (CT) continue to be a challenging public health problem. Men who have sex with men (MSM), adolescents and young adults are disproportionately affected by STIs. Most individuals are often asymptomatic, which contributes to the lack of diagnosis. The present study aimed to verify the prevalence of infection by N. gonorrhoeae and C. trachomatis, in different anatomical sites, in young men who have sex with men (MSM), in the city of Vitória da Conquista (BA) and to evaluate associated factors . Cross-sectional study, with young MSM aged 15 to 24. Recruitment was by participant-directed sampling (RDS) technique. Demographic data and biological samples (anal, urethral and oral swabs) were collected at a reference center for STIs. NG and CT detection was performed using molecular diagnosis (qPCR). Associations between outcome variables and explanatory variables were estimated using Pearson's chi-square test or Fisher's exact test and Poisson regression, with estimation of prevalence ratios (PR) and their 95% confidence intervals (95%CI). ). All data analysis was weighted by the Gile estimator, using the survey design in Stata software. The prevalence found for NG was 8.1%. When analyzing the prevalence by site, a higher prevalence was observed in the anal site (6.7%) when compared to the urethral and oral sites (3.2% and 2.3% respectively). For CT, the prevalence was 8.5%, with an oral prevalence of 4.6%, an anal prevalence of 3.0% and a urethral prevalence of 1.4%. N. gonorrhoeae has been associated with homosexual sexual orientation and having had group sex. C. trachomatis showed an association with age 15 to 19 years and reports of having three or more partners in the last 3 months. High prevalence of STIs was observed in all anatomical sites, especially extragenital sites, which reinforces the importance of testing in different sites. The associations found suggest the need to implement educational measures, especially among this younger audience.

2022
Dissertações
1
  • CAIO MARCELLUS PEREIRA DE ABREU OLIVEIRA
  • Prevalência de Neisseria gonohrroeae e Chlamydia trachomatis entre adolescentes admitidos em uma pesquisa de profilaxia pré-exposição ao HIV no município de Salvador-BA

  • Orientador : TIANA BAQUEIRO FIGUEIREDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GUILHERME BARRETO CAMPOS
  • LAIO MAGNO SANTOS DE SOUSA
  • MARIA INES COSTA DOURADO
  • TIANA BAQUEIRO FIGUEIREDO
  • Data: 26/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • As infecções sexualmente transmissíveis (IST) bacterianas, especialmente a gonorreia e clamídia possuem altas taxas de prevalência no Brasil e no mundo. Homens que fazem sexo com homens (HSH) e mulheres trans (TrMT) são desproporcionalmente afetados por esses patógenos, devido ao seu maior contexto de vulnerabilidade. Outra população muito importante neste contexto é a de adolescentes de 15-19 anos de idade, especialmente de minorias sexuais.

    Este trabalho tem como objetivos estimar a prevalência na linha de base de Neisseria gonorrhoeae (NG) e Chlamydia trachomatis (CT), identificar fatores sociocomportamentais associados a essas infecções e estimar a prevalência de infecções extragenitais por estes patógenos entre 246 indivíduos HSH e TrMT adolescentes de 15-19 anos participantes do estudo PrEP 15-19 na cidade de Salvador-BA. Foram coletados dados sociocomportamentais e clínicos em entrevista, e também foi realizada coleta de amostras orais, anais e uretrais dos participantes. As amostras foram testadas por qPCR para a presença de Neisseria gonorrhoeae e Chlamydia trachomatis.

    Entre os participantes, 15,0% (37/246) tiveram resultado positivo para a presença de NG e 4,9% (12/246) participantes resultaram positivos para a presença de CT. A coinfecção ocorreu em apenas 1 (0,4%) caso. Para a presença de NG, os fatores sociocomportamentais que mais se relacionaram à presença da infecção foram: possuir parceria sexual casual nos últimos 3 meses (RP=2,18; IC95%: 0,99-4,76), praticar relação sexual anal receptiva (RP=3,09; IC95%: 1,13-8,43) ou insertiva (RP= 1,98; IC95%: 0,97-4,03), uso de drogas antes ou durante a relação sexual (RP=3,00 ; IC95%: 1,48-6,09). Não foi encontrada nenhuma variável que apresentasse resultados estatisticamente significantes para a presença de CT. A maior parte das infecções por esses microrganismos deixariam de ser diagnosticadas se a coleta fosse apenas urogenital, com 87,50% das infecções de NG e 61,48% das infecções por CTocorrendo em sítios extragenitais.

    Este trabalho foi um dos primeiros realizados no Brasil estudando a presença destas infecções em adolescentes HSH e TrMT, bem como a identificar os fatores sociocomportamentais associados a essas infecções, permitindo a elaboração de estratégias de saúde pública voltadas para o combate a essas epidemias considerando o contexto dessas populações.


  • Mostrar Abstract
  •  

    Bacterial sexually transmitted Infections (STI), especially gonorrea and chlamydia are very prevalent in Brazil and in the world. Men who have sex with men (MSM) and transgender women (TW) are disproportionatelly affected by these pathogens, on account of a higher context of vulnerability. Adolescents aged 15-19, specially from sexual minorities, are another important population in this context.

    This research aimed to estimate the baseline prevalence of Neisseria gonorrhoeae and

    Chlamydia trachomatis, identify behavioural and socia factor linked to these infections and estimate the prevalence of extragenital infections by these pathogens among 246 adolescent MSM and TW who participated in the PrEP15-19 study in Salvador-BA city. Social and behavioural data were collected by interview, with oral, anal and uretral samples collected from participants. The samples were tested by qPCR for the presence of NG and CT.

    Among the participants, 15.0 % (37/246) tested positive for NG and 4.9% (12/246) tested positive for CT. Coinfection occurred in only one case (0.4%). For the presence of NG, the factors that were linked the most to infection were: having casual partnership in the last 3 months (RP=2.18; IC95%: 0.99-4.76), practice receptive anal intercourse (RP=3.09; IC95%: 1.13-8.43) or insertive anal intercourse (RP= 1.98; IC95%: 0.97-4.03), drug use before or during sexual intercourse (RP=3.00; IC95%: 1.48-6.09). No statistically significant factors were identified for the presence of CT. Most infections by these pathogens would not have been identified if only urogenital samples were

    collected, with 87.5% of NG and 61.48% of CT infections occurring on extragenital sites.

    This study was one of the first researches conducted on Brazil studying the presence of theses infections among adolescent MSM and TW, as well as identifying the social and behavioral factors

    associated with these infections, allowing the development of strategies on public health aimed at the

    control of these epidemics taking in consideration the specific context of these populations.

2
  • FILLIPE DANTAS PINHEIRO
  • Perfil epidemiológico de pacientes com COVID-19 internados em UTI pública no nordeste do Brasil

  • Orientador : FABRICIO FREIRE DE MELO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DULCIENE MARIA DE MAGALHÃES QUEIROZ
  • KADIMA NAYARA TEIXEIRA
  • FABRICIO FREIRE DE MELO
  • TIANA BAQUEIRO FIGUEIREDO
  • Data: 23/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • A pandemia da doença pelo Coronavírus 2019 (COVID-19) tornou-se uma grande preocupação de saúde em todo o mundo. Nesse contexto, a compreensão das características epidemiológicas e clínicas associadas à doença e sua gravidade é fundamental para o estabelecimento de estratégias visando o controle da doença. Este estudo tem como objetivo descrever características epidemiológicas, sinais, sintomas e achados laboratoriais em pacientes graves com COVID-19 de uma unidade de terapia intensiva no Nordeste do Brasil, bem como avaliar fatores preditores para desfechos da doença. O estudo incluiu 115 pacientes hospitalizados com COVID-19, com idade mediana de 65,60 ± 15,78. A dispnéia foi o sintoma mais frequente, acometendo 73,9% dos pacientes, seguido de tosse (54,7%). Febre foi relatada em aproximadamente um terço e mialgia em 20,8% dos pacientes. Pelo menos duas comorbidades foram encontradas em 41,7% dos pacientes, sendo a hipertensão a mais prevalente (57,3%). Além disso, ter duas ou mais comorbidades foi um preditor de mortalidade, e a menor contagem de plaquetas também foi associada positivamente à morte. Em relação aos sintomas, náuseas e vômitos foram preditores de óbito e tosse foi fator de proteção. Algumas diferenças nas características clínicas e epidemiológicas em pacientes com COVID-19 foram encontradas neste estudo quando comparado a investigações anteriores. Este é o primeiro relato de uma correlação negativa entre tosse e morte em indivíduos infectados por SARS-CoV-2 gravemente doentes.


  • Mostrar Abstract
  • The Coronavirus disease 2019 (COVID-19) pandemic has become a major health concern worldwide. In that context, the understanding of epidemiological and clinical features associated with the disease and its severity is crucial for the establishment of strategies aiming at disease control. This study aims to describe epidemiological features, signs, symptoms, and laboratory findings among severely ill COVID-19 patients from an intensive care unit in Northeastern Brazil as well as to evaluate predictor factors for disease outcomes. The study included 115 hospitalized COVID-19 patients, with a median age of 65.60 ± 15.78. Dyspnea was the most frequent symptom, affecting 73.9% of the patients, followed by cough (54.7%). Fever was reported in approximately one third and myalgia in 20.8% of the patients. At least two comorbidities have been found in 41.7% of the patients, and hypertension was the most prevalent one (57.3%). In addition, having two or more comorbidities was a predictor of mortality, and lower platelets count was positively associated with death as well. Regarding symptoms, nausea and vomiting were predictors of death and cough was a protective factor. Some differences in the clinical and epidemiological features in COVID-19 patients were found in this study when compared to previous investigations. This is the first report of a negative correlation between cough and death in severely ill SARS-CoV-2-infected individuals.

3
  • VINÍCIUS QUEIROZ OLIVEIRA
  • Efeito antitumoral e antiangiogênico da BthMP, uma metaloprotease isolada da peçonha de Bothrops moojeni

  • Orientador : DAIANA SILVA LOPES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DAIANA SILVA LOPES
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • PATRÍCIA BIANCA CLISSA
  • Data: 08/12/2022

  • Mostrar Resumo
  • O câncer de pulmão é segundo tipo de câncer mais prevalente e o primeiro em número de óbitos em todo o mundo. Neste contexto, diversos estudos têm demonstrado que toxinas isoladas da peçonha de serpentes vêm sendo investigadas com o objetivo de desenvolver futuros fármacos para terapia contra o câncer. Assim, avaliamos os efeitos antitumorais e antiangiogênicos da metaloprotease BthMP isolada do veneno de Bothrops moojeni em células de câncer de pulmão e linhagem endotelial de cordão umbilical humano (HUVEC). A BthMP foi citotóxica para células de câncer de pulmão (A549) apresentando inibição da formação de colônias pelo ensaio clonogênico e aumento dos níveis de LDH nas concentrações de 40 e 5μg/mL. Além disso, nessas mesmas concentrações, a BthMP inibiu a invasão, migração e adesão das células A549 além de aumentar os níveis de espécies reativas de oxigênio e óxido nítrico.  Interessantemente a toxina não interferiu nos processos de citotoxicidade e adesão das células de pulmão não tumorigênica. A BthMP inibiu a adesão e migração de HUVECs e bloqueou a angiogênese in vitro de forma dependente de VEGF, um fator pró-angiogênico essencial. Além disso, a toxina foi capaz de inibir o processo angiogênico através de um ensaio ex vivo do anel aórtico. Por fim, foi possível observar no ensaio de migração das células A549, que a inativação da atividade catalítica da toxina aboliu o efeito inibitório da toxina, demonstrando que a atividade antitumoral da metaloprotease está associada à sua atividade catalítica. Portanto, esses resultados demostram que a toxina BthMP tem um efeito antitumoral e antiangiogênico significativo no câncer de pulmão e em células endoteliais e representa uma importante ferramenta biotecnológica visando uma nova forma de terapia contra o câncer.


  • Mostrar Abstract
  • Lung cancer is the second most prevalent type of cancer and the first in number of deaths worldwide. In this context, several studies have shown that toxins isolated from snake venom have been investigated with the aim of developing future drugs for cancer therapy. Thus, we evaluated the antitumor and antiangiogenic effects of BthMP metalloprotease isolated from Bothrops moojeni venom on human umbilical cord endothelial cell line (HUVEC) lung cancer cells. BthMP was cytotoxic to lung cancer cells (A549) showing inhibition of colony formation by the clonogenic assay and increased levels of LDH at concentrations of 40 and 5μg/mL. Furthermore, at these same concentrations, BthMP inhibited the invasion, migration and adhesion of A549 cells in addition to increasing the levels of reactive oxygen and nitric oxide species. Interestingly, the toxin did not interfere in the cytotoxicity and adhesion processes of non-tumorigenic lung cells. BthMP inhibited the adhesion and migration of HUVECs and blocked angiogenesis in vitro dependent on VEGF, an essential pro-angiogenic factor. In addition, the toxin was able to inhibit the angiogenic process through an ex vivo assay of the aortic ring. Finally, it was possible to observe in the A549 cell migration assay that the inactivation of the catalytic activity of the toxin abolished the inhibitory effect of the toxin, demonstrating that the antitumor activity of the metalloprotease is associated with its catalytic activity. Therefore, these results demonstrate that BthMP toxin has a significant antitumor and antiangiogenic effect on lung cancer and endothelial cells and represents an important biotechnological tool targeting a new form of cancer therapy..

4
  • THAYSE PITHON QUADROS RAVAZZI
  • Terapia Fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) com curcumina nanotecnológica e LED azul 450nm sobre biofilmes multiespécies em canais radiculares

  • Orientador : FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • LUCIANO PEREIRA ROSA
  • ROGERIO VIEIRA SILVA
  • Data: 13/12/2022

  • Mostrar Resumo
  • A erradicação dos microrganismos nos canais radiculares é um dos principais objetivos da terapia endodôntica e está relacionada com o sucesso do tratamento. A Terapia Fotodinâmica antimicrobiana (antimicrobial Photodynamic Therapy – aPDT) tem despontado como uma nova terapia que visa eliminar microrganismos persistentes ao preparo químico mecânico. O objetivo do estudo foi analisar a eficácia da utilização da aPDT utilizando-se de curcumina nanotecnológica, ativada por LED azul (450nm), sobre a eliminação de microrganismos organizados em biofilme multiespécies, no interior de condutos radiculares de dentes humanos naturais in vitro. Foram utilizadas raízes seccionadas de 40 dentes humanos unirradiculares, que foram randomizados nos grupos experimentais (n=10): grupo controle – sem tratamento; grupo fotossensibilizador (FS) – curcumina nanotecnológica utilizada isoladamente; grupo Luz – LED azul utilizado isoladamente; e grupo aPDT – curcumina nanotecnológica ativada pelo LED azul. Para a realização dos testes, o interior dos condutos foi contaminado por técnica de transposição de biofilme multiespécie constituídos pelas espécies ATCC de Candida albicans (ATCC 90029), Enterococcus faecalis (ATCC 29212), Escherichia coli (ATCC 25922), e Staphylococcus aureus meticilino resistente - MRSA (ATCC 43300). Após o período de incubação, os microrganismos foram tratados conforme os grupos experimentais, sendo que no grupo controle não houve tratamento e sim a realização da coleta aspirando-se 1mL do conteúdo do conduto radicular que foi semeado nos meios seletivos ágar sabouraud dextrose com cloranfenicol, ágar mitis salivarius bacitracina sacarose, ágar Mac Conkey, ágar manitol e incubados em estufa B.O.D. por 24h a 36ºC. Posteriormente, foram contadas as UFC/mL. No grupo FS foi adicionado ao conduto radicular 80µg de curcumina, esperou-se o tempo de préirradiação e os mesmos procedimentos da coleta, semeadura do conteúdo do conduto radicular e contagem de UFC/mL foram realizadas; no grupo luz foi realizada a irradiação da entrada dos condutos radiculares com LED azul por 5 min (450nm; 1000 mW/cm2 ; 300J/cm2 ) e após esta etapa foi realizada coleta, semeadura do conteúdo dos condutos e contagem de UFC/mL. No grupo aPDT os condutos foram preenchidos com o FS, esperou-se o tempo de pré-irradiação, e realizou-se a irradiação com LED azul por 5min, e posteriomente o conteúdo do conduto foi coletado, semeado e foram contadas as UFC/mL. Os dados de redução do número de Log10 UFC/mL dos microrganismos estudados foram comparados entre os grupos testados utilizandose o teste estatístico ANOVA (5%) com pós-teste de Tukey. Concluiu-se que, o tratamento com aPDT utilizando-se curcumina nanotecnológica apresentou efetividade na redução de todos os microrganismos estudados na forma de biofilme multiespécie, sendo que a média de redução foi maior que 1,5 Log10 para todos os microrganismos, exceto Candida albicans, embora esta última também tenha mostrado redução.


  • Mostrar Abstract
  • The eradication of microorganisms in the root canals is one of the main goals of endodontic therapy and is related to the success of the treatment. Antimicrobial Photodynamic Therapy (aPDT) has emerged as a new therapy that aims to eliminate persistent microorganisms in the chemical-mechanical preparation. The aim of this study was to analyze the effectiveness of using aPDT with nanotechnological curcumin activated by blue LED (450nm) on the elimination of microorganisms organized in multispecies biofilm, inside the root canals of natural human teeth in vitro. Sectioned roots of 40 single-rooted human teeth were used, which were randomized into experimental groups (n=10): control group – no treatment; photosensitizer group (FS) – nanotechnological curcumin used alone; Light group – blue LED used alone; and aPDT group – nanotechnological curcumin activated by blue LED. For the tests, the inside of the conduits was contaminated by a multispecies biofilm transposition technique consisting of ATCC species of Candida albicans (ATCC 90029), Enterococcus faecalis (ATCC 29212), Escherichia coli (ATCC 25922), and methicillin-resistant Staphylococcus aureus- MRSA (ATCC 43300). After the incubation period, the microrganisms were treated according to the experimental groups, and in the control group there was no treatment, but the collection was carried out by aspirating 1mL of the root canal content that was seeded in the selective media sabouraud dextrose agar with chloramphenicol, mitis salivarius bacitracin sucrose agar, Mac Conkey agar, mannitol agar and incubated in a B.O.D. for 24 hours at 36°C. Subsequently, the CFU/mL were counted. In the FS group, 80µg of curcumin was added to the root canal, the pre-irradiation time was waited and the same procedures for collection, seeding of the root canal content and CFU/mL count were performed; in the light group, the entrance of the channels was irradiated with blue LED for 5 min (450nm; 1000 mW/cm2 ; 300J/cm2 ) and after this step, collection, seeding of the content of the channels and counting of CFU/mL were performed. In the aPDT group, the conduits were filled with FS, the pre-irradiation time was waited, and the irradiation was performed with blue LED for 5min, and later the conduit contents were collected, seeded and the CFU/mL were counted. The data on the reduction in the number of Log10 CFU/mL of the microorganisms studied were compared between the groups tested using the ANOVA statistical test (5%) with Tukey's posttest. It was concluded that the treatment with aPDT using nanotechnological curcumin was effective in reducing all microorganisms studied in the form of multispecies biofilm, and the average reduction was greater than 1.5 Log10 for all microorganisms, except Candida albicans, although the latter also showed a reduction.

2021
Dissertações
1
  • RAFAEL SILVA ALMEIDA
  • FRACIONAMENTO BIO-GUIADO DO EXTRATO ETANÓLICO DAS FOLHAS DE Mimosa tenuiflora (WILLD.) POIRET E ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DAS FRAÇÕES, SUBFRAÇÕES E SORBIFOLINA SOBRE

    Streptococcus mutans ATCC 700610

  • Orientador : REGIANE YATSUDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNO OLIVEIRA MOREIRA
  • GUILHERME BARRETO CAMPOS
  • REGIANE YATSUDA
  • Data: 17/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Mimosa tenuiflora é conhecida popularmente como jurema-preta, amplamente distribuída no nordeste do Brasil, e utilizada em muitas comunidades para o tratamento de diversas doenças. Streptococcus mutans são patógenos gram-positivos formadores de biofilmes patogênicos e o principal agente etiológico associado ao desenvolvimento da cárie dental. Neste trabalho foi realizado um estudo bioguiado de fracionamento do extrato etanólico das folhas de Mimosa tenuiflora e análise da atividade antimicrobiana in vitro sobre S. mutans ATCC 700610. Extrato etanólico (EEMT), frações de hexano, diclorometano (FDMT) e acetato de etila (FAEMT), e subfrações de FDMT foram testados na determinação de Concentração inibitória mínima (CIM) e bactericida (CBM), inibição da aderência celular (CIMA) com células planctônicas de S. mutans. Compostos foram identificados na FDMT e nas subfrações ativas por cromatografia gasosa acoplada ao espectro de massa (CG-EM), e o composto 5,6,4'-trihidroxi-7-metoxiflavona (sorbifolina) foi identificado por ressonância magnética nuclear (RMN – H1). A atividade antimicrobiana de FDMT foi avaliada in vitro quanto à inibição da formação do biofilme, inibição da via glicolítica (formação de polissacarídeos), inibição da produção de ácido (pH drop), inibição da aciduricidade (permeabilidade à prótons), inibição da produção de DNA extracelular (quantificação de eDNA). A análise fitoquímica dos extratos por cromatografia de camada delgada revelou a presença de alcaloides, esteroides, flavonoides, ácidos fenólicos, polifenóis, saponinas e taninos. Compostos bioativos identificados em FDMT foram galato de etila (14,25%), sorbifolina (4,66%), ácido gálico (3,55%), ácido láctico (3,24%), ácido palmítico (1,42%), ácido salicílico (0,23%) e ácido 4-hidroxibenzóico (0,22%), e nas subfrações foram propilenoglicol, ácido lático, ácido oxálico, R-(3)-ácido hidroxibutírico, ácido salicílico, 4-ácido hidroxibenzoico, ácido vanílico, ácido protocatecóico, galato de etila, ácido gálico, ácido palmítico e sorbifolin, em diferentes concentrações e distribuição. EEMT apresentou CIM – 31,25 µg/mL, CBM – 62,5 µg/mL  e CIMA – 15,75 µg/mL, e FDMT foi a fração mais bioativa CIM – 15,62 µg/mL, CBM – 31,25 µg/mL  e CIMA – 7,875 µg/mL. A sorbifolina apresentou somente atividade bacteriostática (CIM 125 µg/mL) contra S. mutans e está presente em FDMT e nas suas subfrações D5.8, D6.6, D6.7, D5.8.1 e D6.6.1.  FDMT 6,25 mg/mL demonstrou atividade bactericida (diminuição CFU/biofilme), redução da produção de glucanos solúveis (FDMT 3,125 mg/mL) e insolúveis (FDMT 3,125 e 6,25 mg/mL), diminuindo níveis de eDNA (FDMT 3,125 e 6,25 mg/mL) em biofilmes formados maduros em relação ao grupo veículo (Etanol 10%, v/v) (p < 0,05). FDMT (3,125 mg/mL) reduziu a produção de ácido do biofilme de S. mutans no período de 30 a 120 min em comparação ao veículo (p < 0,05). O pH final em 120 min foi de 6,83 para clorexidina, 5,36 para FDMT e 4,4 para veículo. FDMT (6,25 mg/mL) reduziu a permeabilidade de prótons da membrana celular de S. mutans em 80, 82 e 120 min em comparação com o veículo (p < 0,05). Desta forma, a fração de diclorometano possui vários compostos bioativos que agem de forma sinérgica na inibição da formação do biofilme cariogênico com atividade bacteriostática/ bactericida, atuando principalmente na inibição dos principais fatores de virulência de S. mutans, como a produção de polissacarídeos extracelulares, DNA extracelular, e diminuição da acidogenicidade e aciduricidade. Este é o primeiro relato da atividade bacteriostática de sorbifolina sobre S. mutans. Deste modo, M. tenuiflora é uma fonte promissora para o desenvolvimento de novos fitoterápicos e fitofármacos anti-placa e/ou anti-cárie, sendo que novos estudos devem ser realizados futuramente in vivo.


  • Mostrar Abstract
  • Mimosa tenuiflora is popularly known as “black jurema”, widely distributed in northeastern Brazil, and used in many communities to treat various diseases. Streptococcus mutans is gram-positive microorganism that form pathogenic biofilms and the main etiological agent associated with the development of dental caries. In this work, a bioguided study of fractionation of the ethanolic extract of M. tenuiflora leaves and analysis of antimicrobial activity in vitro against S. mutans ATCC 700610. Ethanol extract (EEMT), hexane fractions, dichloromethane (FDMT) and ethyl acetate (FEAMT), and subfractions of FDMT were tested in the determination of minimal inhibitory concentration (MIC) and bactericidal (CBM), inhibition of cell adhesion (MIC) with planktonic cells of S. mutans. Compounds were identified in the FDMT and in active subfractions by gas chromatography coupled to the mass spectrum (GC-MS), and the compound 5,6,4'-trihydroxy-7-methoxyflavone (sorbifolin) was identified by 1H-NMR. The antimicrobial activity of FDMT was evaluated in vitro for inhibition of biofilm formation, inhibition of the glycolytic pathway (polysaccharide formation), inhibition of acid production (pH drop), inhibition of acidity (proton permeability), inhibition of the production of extracellular DNA (quantification of eDNA). Phytochemical analysis of extracts by thin layer chromatography revealed the presence of alkaloids, steroids, flavonoids, phenolic acids, polyphenols, saponins and tannins. Bioactive compounds identified in FDMT were ethyl gallate (14.25%), sorbifolin (4.66%), gallic acid (3.55%), lactic acid (3.24%), palmitic acid (1.42%), salicylic acid (0.23%) and 4-hydroxybenzoic acid (0.22%), and in the subfractions were propylene glycol, lactic acid, oxalic acid, R-(3) hydroxybutyric acid, salicylic acid, 4-hydroxybenzoic acid, vanillic acid, protocatechuic acid, ethyl gallate, gallic acid, palmitic acid and sorbifolin, in different concentrations and distribution. EEMT presented MIC - 31.25 µg/mL, MBC - 62.5 µg/mL and MICA - 15.75 µg/mL, and FDMT was the most bioactive fraction MIC - 15.62 µg/mL, MBC - 31.25 µg/mL and MICA - 7.875 µg/mL. Sorbifolin showed only bacteriostatic activity (MIC 125 µg/mL) against S. mutans and is present in FDMT and its subfractions D5.8, D6.6, D6.7, D5.8.1 and D6.6.1. FDMT 6.25 mg/mL (200 x MBC) demonstrated bactericidal activity (decreased CFU/biofilm), reduced production of soluble (FDMT 3.125 mg/mL) and insoluble (FDMT 3.125 and 6.25 mg/mL) polysaccharides, decreasing levels of eDNA (FDMT 3.125 and 6.25 mg/mL) in mature biofilms formed in relation to the vehicle group (Ethanol 10%, v/v) (p < 0.05). FDMT (3.125 mg/mL) reduced the acid production of the S. mutans biofilm in the period of 30 to 120 min compared to the vehicle (p < 0.05). The final pH in 120 min was 6.83 for chlorhexidine, 5.36 for FDMT and 4.4 for vehicle. FDMT (6.25 mg/mL) reduced proton permeability of the S. mutans cell membrane in 80, 82 and 120 min compared to the vehicle (p < 0.05). Thus, the dichloromethane fraction has several bioactive compounds that act synergistically in inhibiting the formation of cariogenic biofilm with bacteriostatic / bactericidal activity, acting mainly in inhibiting the main virulence factors of S. mutans, such as the production of extracellular polysaccharides, extracellular DNA, and decreased acid tolerance and acidogenic capacity. This is the first report of sorbifolin identified in leaves of M. tenuiflora and bacteriostatic activity on S. mutans. Thus, M. tenuiflora is a promising source for the development of new phytotherapics and phytopharmaceuticals with anti-plaque and /or anti-caries activities, and further studies in vivo should be carried out in the future.

2
  • ALLYNE BAÍA LEITE
  • O treino intervalado de alta intensidade (HIIT) é mais eficaz do que exercícios aeróbicos contínuos em reduzir marcadores da resposta imune inata em ratas com nefrotoxicidade induzida por cisplatina.

  • Orientador : LILIANY SOUZA DE BRITO AMARAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LILIANY SOUZA DE BRITO AMARAL
  • TELMA DE JESUS SOARES
  • SAMIRA ITANA DE SOUZA
  • Data: 28/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • A cisplatina (CP) é um quimioterápico amplamente utilizado para o tratamento de diversos tipos de tumores sólidos, contudo os esquemas terapêuticos envolvendo esta droga são frequentemente associados a vários efeitos adversos, principalmente à nefrotoxicidade. Alguns estudos têm demonstrado efeitos protetores do exercício físico aeróbico sobre a injúria renal aguda (IRA), contudo os mecanismos subjacentes a tais efeitos ainda não são totalmente conhecidos. Ademais, ainda não se sabe qual intensidade de exercício aeróbico é mais eficaz em conferir renoproteção, sobretudo em indivíduos do sexo feminino. Assim, o objetivo deste estudo foi comparar os impactos dos pré-condicionamentos com o treino intervalado de alta intensidade (HIIT) e treinos contínuos de intensidades leve (TL) e moderada (TM) sobre marcadores de imunidade inata em ratas com IRA induzida por CP. Para isso, 40 ratas wistar foram selecionadas e divididas em 5 grupos experimentais (n=8): controle salino e sedentário (C+S); cisplatina e sedentário (CP+S); cisplatina e submetido ao treino leve (CP+LIT); cisplatina e submetido ao treino moderado (CP+TM) e cisplatina submetido ao HIIT (CP+HIIT). A intensidade do treinamento foi determinada por um teste de corrida máxima. Ao final dos protocolos de treinamento, a IRA foi induzida por meio de uma dose única de CP (5 mg/kg, i.p), e 7 dias depois de receberem a injeção as ratas foram eutanasiadas. Foram avaliados parâmetros de função renal (creatinina sérica, taxa de filtração glomerular [TFG], fluxo urinário e proteinúria), estrutura renal, infiltração tecidual de macrófagos, imunolocalização do fator de transcrição nuclear kappa B (NF-κB), níveis renais do fator de necrose tumoral alfa (TNF-α), interleucina 1β (IL-1β) e interleucina 6 (IL-6) e expressão gênica da proteína quimioatrativa de monócitos-1 (MCP-1), receptor toll-like 4 (TLR4) e NF-κB no tecido renal. Os resultados mostraram que, embora tanto o treino moderado quanto o HIIT atenuaram o grau de lesão tecidual, apenas o HIIT foi capaz de prevenir alterações na TGF e creatinina sérica. Os três protocolos de treinamento foram eficazes em atenuar aumentos da expressão de todos os marcadores inflamatórios avaliados nesse estudo, contudo esse efeito foi mais pronunciado no HIIT. Semelhantemente, os três protocolos de treinamento proporcionaram aumentos equivalentes no desempenho físico durante o teste de corrida máxima ao final da 8ª semana de treinamento. Contudo, os dados demonstram que no final da 4ª semana de treinamento apenas HIIT foi capaz de proporcionar um aumento na performance física em relação aos grupos sedentários. Considerados em conjunto, os dados demonstram que embora os três protocolos de treinamento promoveram ações renoprotetoras, os efeitos foram mais pronunciados no HIIT, sugerindo que o HIIT foi mais eficaz em atenuar a IRA induzida por cisplatina nesse modelo experimental, em parte pela modulação de importantes marcadores da resposta imune inata.


  • Mostrar Abstract
  • Cisplatin (CP) is a chemotherapy widely used for treatment of several types of solid tumors, however the therapeutic regimens with this drug are often associated with several adverse effects, mainly nephrotoxicity. Some studies have shown protective effects of aerobic exercise training in the acute kidney injury (AKI), however the mechanisms underlying these effects are not fully understood. Furthermore, it is not yet known which intensity of aerobic exercise training is more effective in providing renoprotection, especially in females. Thus, the aim of this study was to compare the impact of preconditioning with high- intensity interval training (HIIT) with continuous training of low (LIT) and moderate (MIT) intensity on innate immunity markers in female rats with CP-induced acute kidney injury. For this, The rats were divided into five groups (n = 7): saline control and sedentary (C + S); CP and sedentary (CP + S); CP and LIT (CP + LIT); CP and MIT (CP + MIT) and CP and HIIT (CP + HIIT). The training intensity was determined by a maximum running test. At the end of training, AKI was induced by single dose of CP (5 mg/kg), and 7 days later they were euthanized. We evaluated renal function parameters (serum creatinine, glomerular filtration rate [GFR] and proteinuria), renal structure, macrophage tissue infiltration, immunolocalization of nuclear transcription factor kappa B (NF-κB), renal levels of tumor necrosis factor-alpha (TNF-α), interleukin 1β (IL-1β), and interleukin 6 (IL-6), and gene expression of monocyte chemoattractant protein-1 (MCP-1), toll-like receptor 4 (TLR4), and NF-κB in renal tissue. The results showed that, although both MIT and HIIT attenuated the degree of tissue damage, only HIIT was able to prevent changes in GFR and serum creatinine. The three training protocols were effective in attenuating increases in the expression of all inflammatory markers evaluated in this study, however this effect was more pronounced in HIIT. Similarly, the three training protocols provided equivalent increases in physical performance during the maximum run test at the end of the 8th week of exercise training. However, the data shows that at the end of the 4th week, only HIIT was able to provide an increase in physical performance in relation to sedentary groups. Taken together, the data demonstrate that although the three training protocols provided renoprotective actions, the effects were more pronounced in HIIT, suggesting that HIIT was more effective in mitigating cisplatin-induced AKI in this experimental model, in part by modulation of important markers of the innate immune response.

3
  • MARTA MARIA SILVA
  • Prevalência e distribuição dos sorotipos de Streptococcus agalactiae isoladas em gestantes do município de Vitória da Conquista-BA

  • Orientador : MARCIO VASCONCELOS OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO VASCONCELOS OLIVEIRA
  • FABRICIO FREIRE DE MELO
  • CLAUDIO LIMA SOUZA
  • Data: 28/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • Streptococcus agalactiae ou estreptococos do grupo B, são bactérias em forma de cocos, dispostas predominantemente em cadeias, Gram positivas, catalase e oxidase negativas. Podem residir comensalmente nos tratos gastrointestinal e geniturinário de humanos, mas apresentam potencial de desencadear infecções graves. Em neonatos, é um dos motivos mais relevantes de morbidade e mortalidade. As manifestações da doença podem variar entre sepse, pneumonia e meningite. O polissacarídeo capsular representa o mais relevante fator de virulência e determina a classificação dos 10 sorotipos já descritos. Este trabalho configura um recorte de um estudo mais amplo, cujo objetivo foi determinar a prevalência dos sorotipos de 34 cepas de Streptococcus agalactiae isoladas de gestantes colonizadas no município de Vitória da Conquista – BA. Foram utilizadas as técnicas moleculares de sorotipagem, via PCR multiplex e eletroforese em gel. O sorotipo Ia foi o mais prevalente 44,11% (15/34), seguido pelos sorotipos Ib, 26,47% (9/34) e II, 8,82%, (3/34). O sorotipo IX foi o menos prevalente 2,94%, (1/34). Cepas não tipáveis representam 17,64% (6/34). Este estudo apresentou os primeiros dados de distribuição e prevalência de sorotipos de SGB no município que fortalece os dados já encontrados da prevalência de colonização nas gestantes e o perfil de sensibilidade, auxiliando de modo significativo os gestores locais na tomada de decisões para implementação de ações que minorem a transmissão vertical deste microrganismo, corroborando ainda para diminuição de impactos na saúde e na economia do município.


  • Mostrar Abstract
  • Streptococcus agalactiae or group B streptococci (GBS), are Gram positive, catalase and oxidase negative bacteria in the form of cocci, arranged predominantly in chains. They reside commensally in the gastrointestinal and genitourinary tracts of humans, with the potential to trigger serious infections. In neonates, it is one of the most relevant causes of morbidity and mortality. The manifestations of the disease can vary between sepsis, pneumonia and meningitis. The capsular polysaccharide represents the most relevant virulence factor and determines the classification of the 10 serotypes already described. The present paper is an excerpt of a larger study, with the objective of disclosing the prevalence of serotypes of 34 strains of Streptococcus agalactiae isolated from colonized pregnant women in the county of Vitória da Conquista - BA. Molecular serotyping techniques were used, via multiplex PCR and gel electrophoresis. Serotype Ia was the most prevalent 44.11% (15/34), followed by serotypes Ib, 26.47% (9/34) and II, 8.82%, (3/34). Serotype IX was the least prevalent 2.94%, (1/34). Non-typable strains represented 17.64% (6/34) of the sample. This study presented the first data on the distribution and prevalence of GBS serotypes in the county, which strengthens the data already found on the prevalence of colonization in pregnant women and their sensitivity profile. These results also significantly assist local managers in making decisions to implement actions that reduce the vertical transmission of this microorganism, further corroborating to the reduction of impacts on the health and economy of the county.

     

4
  • BEATRIZ ALMEIDA SAMPAIO
  • Avaliação da imunogenicidade de proteínas recombinantes de Mycoplasma agalactiae em caprinos para seleção de candidatos vacinais

  • Orientador : LUCAS MIRANDA MARQUES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • RICARDO EVANGELISTA FRAGA
  • SILVANA BEUTINGER MARCHIORO
  • Data: 22/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • A agalaxia contagiosa é uma doença causada classicamente pelo Mycoplasma agalactiae e afeta pequenos ruminantes no mundo todo, sendo considerada endêmica em alguns países. Caracterizada por ocasionar mastite, agalaxia, artrite e ceratoconjuntivite, a doença resulta em grandes perdas econômicas para pequenos e grandes produtores. Como alternativa as medidas imunoprofiláticas existentes, o presente estudo teve como objetivo o desenvolvimento de uma vacina de subunidade recombinante contra M. agalactiae sendo avaliada quanto a sua resposta imune específica em caprinos. Foram utilizadas 12 cabras, divididas em três grupos (controle, recombinante e bacterina). Os animais do grupo recombinante foram imunizados com uma solução de proteínas recombinantes, sendo essas, duas lipoproteínas de M. agalactiae (P40 e MAG_1560), enquanto o grupo bacterina foi imunizado com M. agalactiae inativado (109 CFU/ml). Ambas soluções foram emulsionadas em adjuvante de Freund’s. Os animais foram avaliados pelo período de 181 dias quanto a produção de anticorpos IgG e resposta in vitro de PBMC’s ao estímulo das proteínas recombinantes com análise posterior da expressão de IL-1β, IFN-γ, IL-12 e MHC-II. Foi observado no soro dos animais imunizados com proteínas recombinantes a produção específica de anticorpos contra extrato total e proteínas de membrana de M. agalactiae. Os animais imunizados com bacterina também foram capazes de produzir anticorpos específicos principalmente contra a proteína MAG_1560. A avaliação do desenvolvimento da resposta imune através da expressão gênica de citocinas apresentou aumento de mRNA da citocina pró-inflamatória IL-1β ao longo do tempo em reposta ao estímulo das proteínas P40 e MAG_1560 pelo grupo recombinante e bacterina. No grupo bacterina foi observada redução dos níveis de mRNA de IFN-γ, enquanto no grupo recombinante em resposta ao estímulo da P40 ocorreu aumento da expressão, mas nenhuma ou redução da expressão com a MAG_1560 foi observada. No grupo recombinante, a expressão citocina IL-12 em 168 dias teve aumento da expressão com o estímulo da P40 quando comparado a células não estimuladas e a MAG_1560 apresentou aumento da expressão com 56 dias. O grupo bacterina ao longo do tempo teve aumento na expressão gênica de IL-12. As proteínas foram capazes de estimular a expressão gênica MHC-II em ambos os grupos. O modelo vacinal de subunidade aqui apresentado possui dados promissores de uma vacina capaz de induzir resposta celular e humoral. A produção de novas vacinas a partir de proteínas antigênicas recombinantes irá possibilitar uma alternativa as vacinas existentes (inativadas e atenuadas), de forma segura e eficaz, para a prevenção da agalaxia contagiosa contribuindo para a saúde animal com impacto econômico no aumento da produtividade caprina.


  • Mostrar Abstract
  • The contagious agalactia is a disease classically caused by Mycoplasma agalactiae affecting small ruminants worldwide being considered endemic in some countries. Characterized by causing mastitis, agalactia, arthritis and keratoconjunctivitis, the disease results in huge losses to small and large producers. Characterized by causing mastitis, agalactia, arthritis and keratoconjunctivitis, the disease results in great economic losses for small and large producers. As an alternative to the existing immunoprophylactic measures, the present study aimed to develop a recombinant subunit vaccine against M. agalactiae being evaluated for its specific immune response in goats. Twelve goats were used, divided into three groups (control, recombinant and bacterin). The animals in the recombinant group were immunized with a solution of recombinant proteins, these being two lipoproteins from M. agalactiae (P40 and MAG_1560), while the bacterin group was immunized with inactivated M. agalactiae (109 CFU/ml). Both solutions were emulsified in Freund's adjuvant. The animals were evaluated for a period of 181 days for the production of IgG antibodies and in vitro response of PBMC's to the stimulus of recombinant proteins with subsequent analysis of the expression of IL-1β, IFN-γ, IL-12 and MHC-II. The specific production of antibodies against total extract and membrane proteins of M. agalactiae was observed in the serum of animals immunized with recombinant proteins. Animals immunized with bacterin were also able to produce specific antibodies mainly against the MAG_1560 protein. The evaluation of the development of the immune response through the gene expression of cytokines showed an increase in mRNA of the proinflammatory cytokine IL-1β over time in response to the stimulation of P40 and MAG_1560 proteins by the recombinant and bacterin groups. In the bacterin group, a reduction in IFN-γ mRNA levels was observed, while in the recombinant group, in response to the P40 stimulus, there was an increase in expression, but none or a reduction in expression with MAG_1560 was observed. In the recombinant group, IL-12 cytokine expression in 168 days has increased expression with the stimulation of P40 when compared to non-stimulated cells and MAG_1560 showed increased expression with 56 days. Over time, the bacterin group had an increase in IL-12 gene expression. The proteins were able to stimulate MHC-II gene expression in both groups. The subunit vaccine model presented here has promising data for a vaccine capable of inducing cellular and humoral responses. The production of new vaccines from recombinant antigenic proteins will enable an alternative to existing vaccines (inactivated and attenuated), in a safe and effective way, for the prevention of contagious agalactia, contributing to animal health with an economic impact on increasing goat productivity

5
  • LUISA CARREGOSA SANTOS
  • EFEITO ANTIMETASTÁTICO EM CÉLULAS DE CÂNCER DE PULMÃO E ANTIANGIOGÊNICO DA PLA2 LYS49 MJTX-II, ISOLADA DA PEÇONHA DE Bothrops moojeni

  • Orientador : DAIANA SILVA LOPES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIÉCER JIMÉNEZ CHARRIS
  • DAIANA SILVA LOPES
  • FABRICIO FREIRE DE MELO
  • Data: 03/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • O câncer é uma doença caracterizada pela divisão descontrolada de células, as quais escapam dos mecanismos de controle do ciclo celular e apoptose, e invadem outros tecidos, promovendo a angiogênese e metástase. O câncer de pulmão é o terceiro tipo mais comum de câncer no Brasil e está associado às altas taxas de incidência e de mortalidade, em consequência da agressividade sustentada pelos processos de angiogênese e metástase. Neste contexto, diversos estudos têm demonstrado que as PLA2 isoladas da peçonha de serpentes vêm sendo investigadas com o objetivo de desenvolver futuros fármacos para terapia contra o câncer. Neste trabalho mostramos pela primeira vez o efeito antimetastático e antiangiogênico da MjTX-II, uma PLA2 isolada da peçonha da serpente Bothrops moojeni sobre células de câncer de pulmão e células endoteliais. A partir de ensaios de cultura celular in vitro e técnicas ex vivo, demonstramos que a PLA2 atua sobre as células tumorais de câncer de pulmão A549, reduzindo sua viabilidade e inibindo processos fundamentais para seu crescimento e metástase, como adesão, migração, invasão e diminuição do citoesqueleto de actina sem interferir significadamente nas células de pulmão não tumorigênicas (BEAS-2B). Além disso, causou alterações no ciclo celular, levou à produção de espécies reativas de oxigênio, bem como modulou a expresão de genes pró e antiangiogênicos e aumentou a expressão do fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) em células endoteliais HUVECs. Por fim, a toxina também inibiu os processos de angiogênese ex vivo em modelo de anel de aorta. Concluimos, portanto, que a MjTX-II apresenta um efeito antimestático e antiangiogênico in vitro e ex vivo, representando uma ferramenta biotecnológica para o estudo de neoplasias e uma molécula promissora o como modelo farmacológico para terapia antitumoral.


  • Mostrar Abstract
  • Cancer is characterized by the uncontrolled division of cells, which escape the control mechanisms of the cell cycle and apoptosis, and invade other tissues, promoting angiogenesis and metastasis. Lung cancer is the third most common type of cancer in Brazil and is associated with high incidence and mortality rates, as a result of the aggressiveness sustained by the processes of angiogenesis and metastasis. In this context, several studies have shown that PLA2 isolated from snake venom have been investigated with the aim of developing future drugs for cancer therapy. In this work we show for the first time the antimetastatic and antiangiogenic effect of MjTX-II, a PLA2 isolated from Bothrops moojeni snake venom on lung cancer cells and endothelial cells. From in vitro cell culture assays and ex vivo techniques, we demonstrate that PLA2 acts on A549 lung cancer tumor cells, reducing their viability and inhibiting processes that are fundamental to their growth and metastasis, such as adhesion, migration, invasion and decrease of actin cytoskeleton without significantly interfering with non-tumorigenic lung cells (BEAS-2B). Furthermore, it caused alterations in the cell cycle, led to the production of reactive oxygen species, as well as modulated the expression of pro and antiangiogenic genes and increased the expression of vascular endothelial growth factor (VEGF) in endothelial cells HUVECs. Finally, the toxin also inhibited ex vivo angiogenesis processes in aortic ring model. We conclude, therefore, that MjTX-II has an antimestatic and antiangiogenic effect in vitro and ex vivo, representing a biotechnological tool for the study of neoplasms and a promising molecule as a pharmacological model for antitumor therapy.

6
  • IASMIN SOUZA LIMA
  • ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE VARREDURA GENÔMICA E ASSOCIAÇÃO COM INFECÇÃO POR HELICOBACTER PYLORI

  • Orientador : CINTIA RODRIGUES MARQUES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CINTIA RODRIGUES MARQUES
  • GUSTAVO NUNES DE OLIVEIRA COSTA
  • RYAN DOS SANTOS COSTA
  • Data: 09/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • A infecção pelo Helicobacter pylori provoca uma resposta inflamatória no hospedeiro e o desenvolvimento de várias doenças gástricas, como o câncer gástrico. Evidências na literatura indicam que a susceptibilidade à infecção pela bactéria está associada a fatores genéticos do indivíduo. Diversos estudos demostram que polimorfismos genéticos em genes relacionados a resposta imunológica possuem relação direta com a infecção por H. pylori. Entretanto, poucos Estudos de Associação Ampla do Genoma (GWAS) têm sido realizados. Até o momento não existem dados para a população brasileira tampouco para uma coorte de crianças. Portanto, este trabalho conduziu uma análise de varredura genômica em uma população Latino Americana miscigenada. Para isso, foram incluídas nesse trabalho 1.162 crianças que participam do Programa Social Changes, Asthma and Allergy in Latin America (SCAALA). O DNA foi extraído de amostras de sangue periférico usando o kit comercial Qiagen Flexigene. Variantes de nucleotídeo único (SNVs) para a população SCAALA foram genotipadas usando o painel comercial Illumina HumanOmni2.5-8. A detecção de infecção por H. pylori foi realizada usando um ensaio de imunização ligada a enzima (ELISA), seguindo as instruções do fabricante. A análise de regressão logística foi usada para examinar a associação com infecção por H. pylori, assumindo um modelo genético aditivo. Como resultado, encontramos 22 SNVs sugestivamente associados à infecção por H. pylori. Desse total, 2 polimorfismos se destacaram em nosso estudo. O primeiro sugestivo SNV foi rs77955022 (OR = 2,27; IC (95%) = 1,65 - 3,13; p=4.83-07), que está localizado no cromossomo 5 em uma região intrônica do gene EXOC3 (componente do complexo exocístico 3). O segundo SNV foi rs10914996 (OR = 0,61; CI (95%) = 0,50 - 0,74; p=8.97-07), que pode ser encontrado na região 1p35.1. Nossos dados sugerem que variantes de nucleotídeo único podem condicionar o indivíduo à infecção por Helicobacter pylori. Além disso, nosso trabalho, até o momento, é o único que traz análises de varredura genômica para infecção por H. pylori em uma população miscigenada e não adulta. No entanto, mais estudos devem ser realizados para melhor compreender os efeitos funcionais dessas variantes, bem como replicar esses achados em outras populações.


  • Mostrar Abstract
  • Helicobacter pylori infection causes an inflammatory response in the host and the development of various gastric diseases, such as gastric cancer. Evidence in the literature indicates that susceptibility to infection by the bacteria is associated with the individual's genetic factors. Several studies demonstrate that genetic polymorphisms in genes related to immune response have a direct relationship with H. pylori infection. However, few Genome Wide Association Studies (GWAS) have been performed. So far, there are no data for the Brazilian population or for a cohort of children. Therefore, this work conducted a genomic scan analysis in a mixed Latin American population. For this purpose, 1,162 children participating in the Social Changes, Asthma and Allergy in Latin America (SCAALA) program were included in this work. DNA was extracted from peripheral blood samples using the commercial Qiagen Flexigene kit. Single nucleotide variants (SNVs) for the SCAALA population were genotyped using the commercial Illumina HumanOmni2.5-8 panel. Detection of H. pylori infection was performed using an enzyme-linked immunization assay (ELISA) following the manufacturer's instructions. Logistic regression analysis was used to examine the association with H. pylori infection, assuming an additive genetic model. As a result, we found 22 SNVs suggestively associated with H. pylori infection. Of this total, 2 polymorphisms stood out in our study. The first suggestive SNV was rs77955022 (OR = 2.27; CI (95%) = 1.65 - 3.13; p=4.83-07), which is located on chromosome 5 in an intronic region of the EXOC3 gene (exocyst complex component 3). The second SNV was rs10914996 (OR = 0.61; CI (95%) = 0.50 - 0.74; p=8.97-07), which can be found in the 1p35.1 region. Our data suggest that single nucleotide variants may condition the individual to Helicobacter pylori infection. Furthermore, our work, so far, is the only one that brings genomic scanning analyzes for H. pylori infection in a mixed and non-adult population. However, further studies should be carried out to better understand the functional effects of these variants, as well as to replicate these findings in other populations.

2020
Dissertações
1
  • ADRIANO FERNANDES TEIXEIRA
  • AVALIAÇÃO DA PRESENÇA DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA EM LARVAS DE AEDES COLETADOS IN NATURA E DOCUMENTAÇÃO DE TRANSMISSÃO VERTICAL SIMULTÂNEA

  • Orientador : FABRICIO FREIRE DE MELO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BARBARA APARECIDA CHAVES
  • FABRICIO FREIRE DE MELO
  • PAULO FILEMON PAOLUCCI PIMENTA
  • TIANA BAQUEIRO FIGUEIREDO
  • Data: 21/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Dengue, Zika e Chikungunya são doenças causadas por arbovírus e possuem grande importância para a saúde pública mundial. O Aedes aegypti é o vetor mais importante para as arboviroses no Brasil. Os três arbovírus circulam de forma simultânea nas mesmas regiões geográficas de forma sinérgica ao Aedes aegypti, levando a custos consideráveis aos serviços de saúde e morbidade significativa à população. Considerando que o papel dos vetores é essencial para a disseminação dos arbovírus e a perpetuação do patógeno na natureza, é necessário compreender aspectos de sua biologia relacionado principalmente a reprodução. A transmissão vertical possibilita a manutenção da circulação viral em momentos de baixa densidade populacional do vetor, como estações com pouca pluviosidade e temperaturas inadequadas para proliferação do mosquito. O estudo da transmissão transovariana de arboviroses por meio da avaliação de ovos coletados na natureza utilizando ovitrampas permite identificar de forma precoce a circulação viral e entender aspectos locais da interação mosquito, vetor e hospedeiro. Objetivo do estudo foi identificar a circulação dos vírus da Zika, Chikungunya e Dengue através de larvas obtidas de ovos coletados em ovitrampas em Vitória da Conquista. A cidade foi dividida em 5 regiões administrativas (Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro) para melhor entendimento dos eventos, considerando o escore obtido com o Estudo Rápido dos Índices de Infestação de Aedes aegypti (LIRAa) de cada região. A coleta dos ovos ocorreu entre os meses de abril a maio de 2019. Os ovos foram eclodidos e as larvas foram alimentadas com ração até os estágios de L2 a L3. O RNA viral foi extraído das larvas e acondicionado a -70 ºC até a síntese de cDNA. A amplificação do material genético ocorreu utilizando o sistema TaqMan 2x Universal PCR Master Mix a partir de primers e sondas específicas. Observou-se que 74% das ovitrampas foram positivas para presença de ovos e em 60% destas possuíam larvas viáveis. No total, foram obtidas 450 larvas que foram distribuídas em 30 pools de 25 larvas. Além disso, 30 larvas foram avaliadas de forma individual. Cinquenta e três por cento dos pools foram positivos para um dos arbovírus, 26% dos pools foram positivos para o ZIKV, 13% para CHIKV e 10% para DENV. Houve a presença simultânea de CHIKV e ZIKV em um pool (3,3%). Quando as larvas foram avaliadas de forma individual, foi detectado a presença de vírus em 30% das amostras, sendo 13% positivas para DENV e 3,3% ZIKV. A transmissão simultânea de DENV e ZIKV foi detectada em quatro larvas (13,3% das amostras) com maior número de cópias virais para o ZIKV. O estudo demonstrou correlação entre o escore de LIRAa e a presença de arbovírus.  documentado a cocirculação de forma heterogênea de DENV, ZIKV e CHIKV em diferentes regiões de Vitória da Conquista e comprovado a correlação entre o escore de LIRAa e a presença viral. A constatação de transmissão vertical individual permite entender a perpetuação viral no contexto das características climáticas regionais. De forma surpreendente, foi identificado cotransmissão transovariana de DENV e ZIKV na natureza, com maior número de cópias virais para ZIKV


  • Mostrar Abstract
  • Dengue, zika and chikungunya are arboviruses of great importance for public health worldwide. Aedes Aegypti is the principal vector for arboviruses in Brazil. The three arboviruses circulate simultaneously in the same geographic regions in a synergistic with for Aedes Aegypti, leading to considerable costs to health services and significant morbidity in the population. Aedes Aegypti is essential for the spread of arboviruses and the perpetuation of the pathogen in nature, it is necessary to understand the aspects of its reproduction. The aim of the study was to identify the circulation of Zika virus (ZIKV), Chinkungunya virus (CHIKV) and Dengue virus (DENV) in larvae hatced from eggs collected from traps (ovitramps) in Vitória da Conquista. The city was divided into 5 administrative regions. The Municipal Health Department guides the distribution of 50 ovitramps, according to the score, with the Rapid Study of Infestation Indexes by Aedes Aegypti (LIRAa) of each region. Egg collection took place between the months of April and May 2019. The eggs were matured and the larvae were fed fish food up to levels L2 to L3. Viral RNA was extracted from larvae and stored at -70 ºC until cDNA synthesis. An amplification of the genetic material occurred using the TaqMan 2x Universal PCR Master Mix system (Thermo Fisher Scientific, USA). There were 74% of ovitraps to be positive for the presence of eggs and 60% of these viable larvae. In total, 450 larvae were distributed in 30 pools of 25 larvae. In addition, 30 larvae were assessed individually. Fifty-three percent of the pools were positive for one of the arboviruses, 26% of the pools were positive for ZIKV, 13% for CHIKV and 10% for DENV. When the larvae were evaluated individually, the presence of a virus was detected in 30% of the samples, 13% positive for DENV and 3.3% ZIKV. Surprisingly, a co-transmission of DENV and ZIKV was detected in four larvae (13.3% of the samples) with the highest number of copies for ZIKV. There was a correlation with statistical significance between the LIRAa score and the presence of arboviruses in different regions. These data prove the co-circulation, presence of individual vertical transmission of DENV, ZIKV and CHIKV and transovarian co-transmission of DENV and ZIKV in nature

2
  • BRENDA OLIVEIRA LIMA
  • Avaliação da atividade antimicrobiana do extrato etanólico, frações e subfrações da folha de Schinopsis brasiliensis Engler sobre Streptococcus mutans UA159

  • Orientador : REGIANE YATSUDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • REGIANE YATSUDA
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • GUILHERME BARRETO CAMPOS
  • Data: 13/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • A cárie é uma doença oral multifatorial e infecciosa que afeta a maioria da população mundial ao longo da vida. Streptococcus mutans é um dos principais agentes etiológicos para a formação do biofilme dental devido a sua capacidade de adesão, acidogenicidade e aciduricidade, que são os principais fatores associados à cariogenicidade. As plantas medicinais podem ser uma alternativa para obtenção de agentes antimicrobianos que possibilitem o controle de biofilmes microbianos. Neste contexto, a Schinopsis brasiliensis Engler conhecida popularmente como Braúna, tem sido bem apreciada localmente na medicina popular, devido a existência de compostos químicos que possuem atividade biológica, principalmente antimicrobiana. Dessa forma, o objetivo desse estudo foi avaliar a atividade antimicrobiana do extrato etanólico, frações e subfrações das folhas de S. brasiliensis contra S. mutans UA159. Para isso, foram realizados os testes de concentração inibitória mínima (MIC), concentração bactericida mínima (MBC) e concentração inibitória mínima de adesão (MICA). A atividade do extrato etanólico (2 g/mL) foram avaliadas em relação à inibição da formação de biofilme, seus efeitos sobre a glicólise e a permeabilidade da membrana à prótons, e análise da formação dos polissacarídeos. Os menores valores de CIM (31,25 μg/mL) foram obtidos com o extrato etanólico, diclorometano, H3 e D4. A fração butanol e a D4.11 não apresentaram CIM na concentração máxima testada. Em relação à CBM, foi demonstrada atividade bactericida no extrato etanólico, hexano, diclorometano, acetato de etila, H2, D2, D3, D4, D4,8 A1 e A2. Butanol, H1, H3, H4, D4.11, D4.12, D4.13 A3 e A4 não demonstraram CBM na máxima concentração testada de 1000 μg/mL. Nas análises da formação dos biofilmes, o tratamento com o extrato etanólico reduziu a biomassa, glucanos insolúveis e solúvel em álcali em comparação com o biofilme do controle (p < 0,05). O extrato etanólico afetou a produção de ácido do biofilme (p < 0,05), porém não alterou a tolerância ácida das células de S. mutans UA159 em biofilmes. Este é o primeiro relato de atividade antimicrobiana do extrato etanólico de S. brasiliensis contra o biofilme de Streptococcus mutans. Assim, o extrato etanólico, frações e subfrações das folhas de S. brasiliensis demonstraram potencial terapêutico para o uso na prevenção da formação da cárie dental, pois apresentou atividade antimicrobiana e inibiu importantes fatores de virulência de S. mutans UA159. Assim, estudos devem ser realizados para aprofundar os conhecimentos sobre o mecanismo de ação desses antimicrobianos e quais compostos são ativos contra S. mutans.


  • Mostrar Abstract
  • Caries is a multifactorial and infectious oral disease that affects the majority of the world's population and for life. Streptococcus mutans is one of the main etiologic agents for the formation of dental biofilm due to its adhesion, acidogenicity and acidity, which are the main factors associated with caryogenesis. Medicinal plants can be an alternative to antimicrobial agents that allow the control of microbial biofilms. In this context, an Schinopsis brasiliensis Engler, popularly known as Brazil, has been much appreciated locally in popular medicine, due to the presence of chemical compounds that have biological activity, mainly antimicrobial. Thus, the objective of this study was to evaluate the antimicrobial activity of the ethanolic extract, fractions and subfractions of the leaves of S. brasiliensis against S. mutans UA159. For this, the tests of minimum inhibitory concentration (MIC), minimum bactericidal concentration (MBC) and minimum inhibitory concentration of adhesion (MICA) were performed. The activity of the ethanolic extract was evaluated in relation to inhibition of biofilm formation, its effects on glycolysis and membrane permeability to protons, and analysis of polysaccharide formation. The lowest MIC values were obtained with the ethanolic extract, dichloromethane, H3 and D4 subfractions at 31.25 μg/mL. Butanol and D4.11 did not showed MIC at the maximum concentration tested. In relation to MBC, bactericidal activity was demonstrated in the ethanolic extract, hexane, dichloromethane, ethyl acetate, H2, D2, D3, D4, D4.8 A1 and A2.  Butanol, H1, H3, H4, D4.11, D4.12, D4.13 A3 and A4 did not show MBC at the maximum concentration tested at 1000 μg/mL. The extracts tested with sub-MIC concentrations did not inhibit adherence of S. mutans UA159. In biofilm analyzes, treatment with the ethanol extract of S. brasiliensis (2 g/mL) in the tested concentration was able to reduce biomass, insoluble and alkaline soluble glucans compared to the control biofilm (p < 0.05). The S. brasiliensis leaves affected the acid production, compared to the saline group (p < 0.05). However, it did not alter the permeability of the S. mutans membrane acid tolerance (p > 0.05). This is the first report of antimicrobial activity of ethanolic extract from S. brasiliensis against Streptococcus mutans biofilm. Thus, the ethanolic extract, fractions and subfractions of the leaves of S. brasiliensis demonstrated therapeutic potential for use in preventing the formation of dental caries, as it presented antimicrobial activity and inhibited important virulence factors of S. mutans UA159. Thus, studies must be carried out to deepen the knowledge about the mechanism of action of these antimicrobials and which compounds are active against S. mutans.

3
  • BRENDA OLIVEIRA LIMA
  • Avaliação da atividade antimicrobiana do extrato etanólico, frações e subfrações da folha de Schinopsis brasiliensis Engler sobre Streptococcus mutans UA159

  • Orientador : REGIANE YATSUDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GUILHERME BARRETO CAMPOS
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • REGIANE YATSUDA
  • Data: 13/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • A cárie é uma doença oral multifatorial e infecciosa que afeta a maioria da população mundial ao longo da vida. Streptococcus mutans é um dos principais agentes etiológicos para a formação do biofilme dental devido a sua capacidade de adesão, acidogenicidade e aciduricidade, que são os principais fatores associados à cariogenicidade. As plantas medicinais podem ser uma alternativa para obtenção de agentes antimicrobianos que possibilitem o controle de biofilmes microbianos. Neste contexto, a Schinopsis brasiliensis Engler conhecida popularmente como Braúna, tem sido bem apreciada localmente na medicina popular, devido a existência de compostos químicos que possuem atividade biológica, principalmente antimicrobiana. Dessa forma, o objetivo desse estudo foi avaliar a atividade antimicrobiana do extrato etanólico, frações e subfrações das folhas de S. brasiliensis contra S. mutans UA159. Para isso, foram realizados os testes de concentração inibitória mínima (MIC), concentração bactericida mínima (MBC) e concentração inibitória mínima de adesão (MICA). A atividade do extrato etanólico (2 g/mL) foram avaliadas em relação à inibição da formação de biofilme, seus efeitos sobre a glicólise e a permeabilidade da membrana à prótons, e análise da formação dos polissacarídeos. Os menores valores de CIM (31,25 μg/mL) foram obtidos com o extrato etanólico, diclorometano, H3 e D4. A fração butanol e a D4.11 não apresentaram CIM na concentração máxima testada. Em relação à CBM, foi demonstrada atividade bactericida no extrato etanólico, hexano, diclorometano, acetato de etila, H2, D2, D3, D4, D4,8 A1 e A2. Butanol, H1, H3, H4, D4.11, D4.12, D4.13 A3 e A4 não demonstraram CBM na máxima concentração testada de 1000 μg/mL. Nas análises da formação dos biofilmes, o tratamento com o extrato etanólico reduziu a biomassa, glucanos insolúveis e solúvel em álcali em comparação com o biofilme do controle (p < 0,05). O extrato etanólico afetou a produção de ácido do biofilme (p < 0,05), porém não alterou a tolerância ácida das células de S. mutans UA159 em biofilmes. Este é o primeiro relato de atividade antimicrobiana do extrato etanólico de S. brasiliensis contra o biofilme de Streptococcus mutans. Assim, o extrato etanólico, frações e subfrações das folhas de S. brasiliensis demonstraram potencial terapêutico para o uso na prevenção da formação da cárie dental, pois apresentou atividade antimicrobiana e inibiu importantes fatores de virulência de S. mutans UA159. Assim, estudos devem ser realizados para aprofundar os conhecimentos sobre o mecanismo de ação desses antimicrobianos e quais compostos são ativos contra S. mutans.


  • Mostrar Abstract
  • Caries is a multifactorial and infectious oral disease that affects the majority of the world's population and for life. Streptococcus mutans is one of the main etiologic agents for the formation of dental biofilm due to its adhesion, acidogenicity and acidity, which are the main factors associated with caryogenesis. Medicinal plants can be an alternative to antimicrobial agents that allow the control of microbial biofilms. In this context, an Schinopsis brasiliensis Engler, popularly known as Brazil, has been much appreciated locally in popular medicine, due to the presence of chemical compounds that have biological activity, mainly antimicrobial. Thus, the objective of this study was to evaluate the antimicrobial activity of the ethanolic extract, fractions and subfractions of the leaves of S. brasiliensis against S. mutans UA159. For this, the tests of minimum inhibitory concentration (MIC), minimum bactericidal concentration (MBC) and minimum inhibitory concentration of adhesion (MICA) were performed. The activity of the ethanolic extract was evaluated in relation to inhibition of biofilm formation, its effects on glycolysis and membrane permeability to protons, and analysis of polysaccharide formation. The lowest MIC values were obtained with the ethanolic extract, dichloromethane, H3 and D4 subfractions at 31.25 μg/mL. Butanol and D4.11 did not showed MIC at the maximum concentration tested. In relation to MBC, bactericidal activity was demonstrated in the ethanolic extract, hexane, dichloromethane, ethyl acetate, H2, D2, D3, D4, D4.8 A1 and A2.  Butanol, H1, H3, H4, D4.11, D4.12, D4.13 A3 and A4 did not show MBC at the maximum concentration tested at 1000 μg/mL. The extracts tested with sub-MIC concentrations did not inhibit adherence of S. mutans UA159. In biofilm analyzes, treatment with the ethanol extract of S. brasiliensis (2 g/mL) in the tested concentration was able to reduce biomass, insoluble and alkaline soluble glucans compared to the control biofilm (p < 0.05). The S. brasiliensis leaves affected the acid production, compared to the saline group (p < 0.05). However, it did not alter the permeability of the S. mutans membrane acid tolerance (p > 0.05). This is the first report of antimicrobial activity of ethanolic extract from S. brasiliensis against Streptococcus mutans biofilm. Thus, the ethanolic extract, fractions and subfractions of the leaves of S. brasiliensis demonstrated therapeutic potential for use in preventing the formation of dental caries, as it presented antimicrobial activity and inhibited important virulence factors of S. mutans UA159. Thus, studies must be carried out to deepen the knowledge about the mechanism of action of these antimicrobials and which compounds are active against S. mutans.

4
  • ANA MARQUES BOTELHO
  • AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE GALACTAGOGA DO EXTRATO ETANÓLICO DE Valeriana officinalis LINN E DA SUA FRAÇÃO DICLOROMETANO, EM MODELO EXPERIMENTAL COM RATAS

  • Orientador : REGIANE YATSUDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • REGIANE YATSUDA
  • ÉRIKA PEREIRA DE SOUZA
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • O leite materno é um alimento completo e adequado para a grande maioria dos recém-nascidos, apresentando diversos benefícios tanto para a mãe quanto para o bebê. No entanto, algumas mulheres apresentam hipogalactia causada por situações como parto prematuro, re-lactação, disfunções metabólicas e problemas psicológicos relacionados ao estresse. Nesse contexto, alimentos, medicamentos e plantas medicinais com propriedades galactagogas são utilizados para aumentar a produção de leite. Valeriana (Valeriana officinalis L.) é uma planta medicinal conhecida por suas propriedades sedativas, sendo por isso comumente utilizada por lactantes como alternativa para tratar estados de ansiedade, comuns durante a amamentação. O objetivo do presente estudo foi avaliar a atividade galactagoga do extrato etanólico de V. officinalis (EEVO) e da fração diclorometano (FD), em modelo experimental animal. Ratas Wistar lactantes foram tratadas durante 17 dias, por meio de injeção intraperitoneal com 0,2ml de água destilada, EEVO (12,5; 25, 50; 100 e 200 mg/Kg) e FD (25 e 50 mg/kg). Ganho de peso diário e total da ninhada, estimativa de produção de leite, composição bioquímica do leite, análise histológica das glândulas mamárias e concentração de prolactina e ocitocina foram avaliadas. O grupo EEVO (50 mg/Kg) obteve os melhores resultados entre as substâncias testadas, com aumento ganho de peso diário e total dos filhotes (p < 0,05), da concentração de proteínas (31,02 %) e triglicerídeos totais (27,94 %) do leite (p < 0,05), bem como maiores concentrações de prolactina sérica (43,41 %) e na glândula mamária ( 25,85 %) (p < 0,05). Houve diminuição dos níveis de ocitocina tanto na neurohipófise, quanto no soro (p < 0,05). Também foi observado uma diminuição de células epiteliais alveolares em fase de involução (p < 0,05), aumento do número de lóbulos e vasos sanguíneos. FD (25 e 50 mg/kg) aumentou ganho de peso total dos filhotes (9 e 11,79 %, respectivamente), proteínas (77,88 e 89,32 %, respectivamente) e triglicerídeos totais (263,24 e 292,02 %, respectivamente). FD (50 mg/kg) aumentou o número de alvéolos e lóbulos (p < 0,05). Assim, o extrato e a fração de diclorometano da raiz de Valeriana officinalis apresentaram atividade galactagoga, por meio do aumento do ganho de peso da ninhada como reflexo do aumento das concentrações de proteínas e triglicerídeos do leite, e por manter uma glândula mamária mais ativa e secretora no final do experimento. Provavelmente esses efeitos foram causados pelo aumento dos níveis de prolactina promovido por fitoestrógenos no extrato etanólico. Deste modo, a Valeriana é uma fonte promissora para o uso como fitoterápico galactagogo por lactantes, porém, mais estudos avaliando os mecanismos de ação e toxicidade devem ser realizados para justificar o seu uso seguro por lactantes.


  • Mostrar Abstract
  • Breast milk is a complete and suitable food for the vast majority of newborns, presenting several benefits for both mother and baby. However, some women have hypogalactia caused by situations such as premature birth, re-lactation, metabolic disorders and psychological problems related to stress. In this context, foods, medicines and medicinal plants with galactagogue properties are used to increase milk production. Valeriana (Valeriana officinalis L.) is a medicinal plant known for its sedative properties, which is why it is commonly used by lactating women as an alternative to treat anxiety states, common during breastfeeding. The objective of the present study was to evaluate the galactagogue activity of the ethanolic extract of V. officinalis (EEVO) and of the dichloromethane fraction (DF), in an experimental animal model. Lactating Wistar rats were treated for 17 days by means of intraperitoneal injection with 0.2 ml of distilled water, EEVO (12.5; 25, 50; 100 and 200 mg / kg) and DF (25 and 50 mg / kg). Daily and total weight gain of the litter, estimate of milk production, biochemical composition of milk, histological analysis of the mammary glands and concentration of prolactin and oxytocin were evaluated. The EEVO group (50 mg / kg) obtained the best results among the tested substances, with an increase in daily and total weight gain of the puppies (p <0.05), protein concentration (31.02%) and total triglycerides (27.94%) of milk (p <0.05), as well as higher concentrations of serum prolactin (43.41%) and in the mammary gland (25.85%) (p <0.05). There was a decrease in oxytocin levels both in the neurohypophysis and in the serum (p <0.05). It was also observed a decrease in alveolar epithelial cells in the involution phase (p <0.05), an increase in the number of lobules and blood vessels. DF (25 and 50 mg / kg) increased the pups' total weight gain (9 and 11.79%, respectively), proteins (77.88 and 89.32%, respectively) and total triglycerides (263.24 and 292, 02%, respectively). DF (50 mg / kg) increased the number of alveoli and lobes (p <0.05). Thus, the extract and fraction of dichloromethane from the root of Valeriana officinalis showed galactagogue activity, by increasing the weight gain of the litter as a reflection of the increased concentrations of proteins and triglycerides in milk, and by maintaining a more active and active mammary gland. secretory at the end of the experiment. These effects were probably caused by the increase in prolactin levels promoted by phytoestrogens in the ethanolic extract. Thus, Valerian is a promising source for use as a galactagogue phytotherapic by lactating women, however, further studies evaluating the mechanisms of action and toxicity should be carried out to justify its safe use by lactating women.

2019
Dissertações
1
  • LUANA ANDRADE MENDES SANTANA
  • IDENTIFICAÇÃO, CARACTERIZAÇÃO DE RESISTÊNCIA E PATOGENICIDADE DE Enterococcus spp. EM AMOSTRAS DE DOADORAS DO BANCO DE LEITE HUMANO DO HOSPITAL ESAÚ MATOS EM VITÓRIA DA CONQUISTA (BA)

  • Orientador : MARCIO VASCONCELOS OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO VASCONCELOS OLIVEIRA
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • MILENA SOARES DOS SANTOS
  • Data: 27/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • O leite humano (LH) é a fonte alimentar primordial para os recém-nascidos (RNs) e lactentes. Frequentemente, RNs internados necessitam de suporte nutricional de um Banco de Leite Humano (BLH).  Considerando a rica composição de nutrientes do LH, o leite humano ordenhado (LHO) pode se tornar um excelente meio de cultura para o desenvolvimento de diversos microrganismos. No BLH, o LHO doado precisa passar por rigoroso controle de qualidade microbiológico para ser disponibilizado. As possíveis causas de elevação da quantidade de microrganismos no leite humano podem estar relacionadas com as técnicas inadequadas de coleta, com condições de higiene da doadora e dos utensílios utilizados e com a forma de conservação do alimento. Entre os microorganismos associados a importantes infecções de RNs, e que podem ser contaminantes de amostras de LHO, estão as espécies pertencentes ao gênero Enterococcus que podem advir da microbiota do trato gastrointestinal e pele de doadoras saudáveis. Essas espécies podem ser patogênicas para os recém-nascidos com vulnerabilidade imunológica e precisam, portanto, serem efetivamente inativadas pelo processo de pasteurização realizado no BLH. Diante da importância de Enterococcus spp. em patologias humanas, sobretudo em neonatos, o objetivo do estudo foi identificar e caracterizar resistência e patogenicidade destes microorganismos no leite materno do BLH do Hospital Municipal Esaú Matos de Vitória da Conquista, associando às condições higiênico-sanitárias das doadoras, a fim de traçar alternativas que impeçam a difusão em ambiente hospitalar. Foram coletadas amostras da região mamilo-areolar e mãos das doadoras, com a utilização de swab estéril único, e alíquotas e leite cru e leite pasteurizado. Os isolados de Enterococcus spp. foram identificados através de técnicas microbiológicas de cultivo e antibiograma (segundo recomendações preconizadas pelo CLSI 2017) de forma convencional, aliado ao uso do meio cromogênico Chromagar Orientation (BD™ CHROMagar™ Orientation). Posteriormente, foram realizados testes de biologia molecular para pesquisa de confirmação de resistência. Foram identificados espécimes de Enterococcus spp. em 30% das doadoras, obtendo um total de 11 isolados. Destes, 63,6% foram oriundos de amostras de swab e 36,4% de LHC. Nas amostras de leite humano pasteurizado não houve detecção de Enterococcus spp. Em relação ao teste de susceptibilidade aos antimicrobianos, os isolados foram sensíveis a Ampicilina, Linezolida e Vancomicina. Observou-se perfil de resistência frente à Penicilina, Norfloxacino e Nitrofurantoína em 18 % dos isolados, separadamente, 9% de resistência a Ciprofloxacino e 63% para Tetraciclina. Os fatores de virulência foram identificados em 63% dos isolados para o gene efaA (Antígeno A) e 27% apresentaram genótipo para o gene ace (Adesina de Colágeno). O presente estudo apresentou a responsabilidade do controle microbiológico pelo Banco de Leite Humano e a necessidade de traçar alternativas para impedir a chegada de espécies de Enterococcus spp. em ambiente hospitalar (dispersão de patógenos comunitários em ambiente hospitalar, e vice-versa), possivelmente como causadores de infecções neonatais importantes que aumentam o tempo de internamento e, consequentemente, os custos do serviço de saúde.


  • Mostrar Abstract
  • Human milk (LH) is the primary food source for newborns (RNs) and infants. Often RNs in the hospital need nutritional support from a Human Milk Bank (BLH). Considering the rich nutrient composition of LH, milked human milk (LHO) can become an excellent culture medium for the development of various microorganisms. At BLH, the donated LHO needs to undergo strict microbiological quality control to be made available. The possible causes of increase of the amount of microorganisms in the human milk can be related to the inadequate techniques of collection, with conditions of hygiene of the donor and the used utensils and with the form of conservation of the food.Among the microorganisms associated with important infections of RNs, which may be contaminants samples of LHO, are the species belonging to the genus Enterococcus that can come from the microbiota of the gastrointestinal tract and skin from healthy donors. These species may be pathogenic for newborns with immunological vulnerability and therefore need to be effectively inactivated by the pasteurization process performed at the BLH. Given the importance of Enterococcus spp. in human pathologies, especially in neonates, the study was identified and characterized the resistance and pathogenicity of these microorganisms in the breast milk of the Hospital of Esau Matos de Vitória da Conquista, associating hygienic-sanitary conditions of the donors with an aim to draw up alternatives that prevent diffusion in a hospital environment. Samples were collected from the nipple-areolar region and donor hands, using single sterile swab, and aliquots and raw milk and pasteurized milk. Isolates of Enterococcus spp. were identified through microbiological cultivation techniques and antibiogram (according to recommendations recommended by CLSI 2017) in a conventional way, together with the use of the chromogenic medium Chromagar Orientation (BD ™ CHROMagar ™ Orientation). Subsequently, molecular biology tests were performed to confirm resistance. Specimens of Enterococcus spp. were identified in 30% of the donors, obtaining a total of 11 isolates. Of these, 63.6% were from swab samples and 36.4% from LHC. Samples of pasteurized human milk did not detect Enterococcus spp. Regarding the antimicrobial susceptibility test, the isolates were sensitive to Ampicillin, Linezolid and Vancomycin. Resistance profile against Penicillin, Norfloxacin and Nitrofurantoin was observed in 18% of the isolates, separately, 9% resistance to Ciprofloxacin and 63% to Tetracycline. The virulence factors were identified in 63% of the isolates for the efaA gene (Antigen A) and 27% presented genotype for the ace gene (Collagen Adesin). The present study presented the responsibility of the microbiological control by the Human Milk Bank and the need to outline alternatives to prevent the arrival of species of Enterococcus spp. in the hospital environment (dispersion of community pathogens in the hospital environment, and the reverse), possibly as causes of important neonatal infections that increase hospitalization time and, consequently, health care costs.

2
  • NIVEA NARA NOVAIS ANDRADE
  • IDENTIFICAÇÃO, CARACTERIZAÇÃO DE RESISTÊNCIA E PATOGENICIDADE DE Escherichia coli e Klebsiella spp EM AMOSTRAS DE DOADORAS DO BANCO DE LEITE HUMANO DO HOSPITAL MUNICIPAL ESAÚ MATOS EM VITÓRIA DA CONQUISTA (BA).

  • Orientador : MARCIO VASCONCELOS OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIO LIMA SOUZA
  • JESSICA BOMFIM DE ALMEIDA
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • MARCIO VASCONCELOS OLIVEIRA
  • Data: 31/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • O leite humano (LH) é considerado o alimento ideal para recém-nascidos (RNs). Devido a sua composição nutricional, fatores imunobiológicos e protetores a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o aleitamento exclusivo até os seis meses. Em algumas situações, como permanência do RN no ambiente hospitalar ou doenças infecciosas maternas, não é possível que o RN obtenha o LH por amamentação e os Bancos de Leite Humano (BLHs) surgem como estratégia para garantir a nutrição desses RNs, através da distribuição de leite humano ordenhado (LHO) fornecido por doadoras cadastradas no serviço. A coleta do LHO pode ser realizada no domicílio das doadoras e as condições higiênico-sanitárias utilizadas desde a ordenha até o processamento devem seguir protocolos para evitar a contaminação microbiológica já que o LH possui características ideais para o crescimento de diversos micro-organismos que podem ser patogênicos aos receptores, em sua maioria prematuros. Dentre as bactérias que podem contaminar o LHO nas etapas de coleta, transporte e processamento destacam-se as Enterobactérias, que em sua maioria são comensais, mas possuem capacidade de adquirir genes de patogenicidade e resistência a antimicrobianos. Nessa família as espécies de Klebsiella spp e Escherichia coli são importantes causadores de infecções neonatais como meningite, pneumonia, infecções intestinais e sepse. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo identificar e caracterizar a patogenicidade e perfil de resistência à antibióticos de isolados de E. coli e Klebsiella spp. em amostras de doadoras provenientes do BLH do Hospital Esaú Matos e correlacionar a presença microbiana com as condições higiênico-sanitárias das participantes do estudo. Foram coletadas amostras das mãos e região mamilo-areolar e alíquotas de leite humano de 30 doadoras cadastradas no BLH durante o ano de 2018. As doadoras também foram submetidas a um questionário versando sobre condições socioeconômicas e higiênico-sanitárias da coleta. As amostras foram semeadas através de técnicas de microbiologia convencional. Foram identificadas cepas de Klebsiella em amostras de 11 doadoras (36,6%). Entre essas, em 36,4% (n=4) o micro-organismo foi isolado apenas nas amostras cutâneas, 36,4% (n=4) apenas no leite humano ordenhado cru (LHOC), 18,2% (n=2) com resultados positivos nas amostras cutâneas e de LHOC e 9,1% (n=1) com crescimento em amostras cutâneas, LHOC e no leite humano ordenhado pasteurizado (LHOP). Não foi isolada a E.coli nas amostras coletadas. Em todas as cepas de Klebsiella spp. isoladas foi realizado o antibiograma com recomendação do CLSI 2017, 42,8% (n=6) das cepas apresentaram resistência a Ampicilina e Sulbactam e 35,7% (n=5) resistentes a Amoxacilina e Ácido Clavulânico. Os isolados também foram submetidos ao teste de detecção fenotípica de ESBL por disco-aproximação, 23,1% (n=3) apresentaram resultados positivos para esse teste. Foi realizado o teste de Hodge modificado em todas as cepas para avaliar a presença da enzima carbapemenase e todas as cepas tiveram resultado negativo. Além dos testes fenotípicos os isolados foram submetidos a técnica de Reação em Cadeia da Polimerase para detecção dos seguintes genes: gyrA, rpoB e pehX, para confirmação do gênero Klebsiella spp. e espécies de Klebsiella pneumoniae e Klebsiella oxytoca respectivamente; também foram pesquisados os genes associados a produção de beta-lactamases de espectro estendido (ESBL) SHV, TEM, CTXM-1, CTXM-2 e CTXM-3 e os genes de virulência rmpA e wcaG. Todas as cepas foram confirmadas como sendo do gênero Klebsiella spp., 53,8% (n=7)  identificadas como Klebsiella pneumoniae, 7,7% (n=1) identificadas como Klebsiella oxytoca e 38,5% (n=5) não fazem parte das duas espécies pesquisadas. Não foram encontrados genes de ESBL e genes de virulência nas amostras isoladas.


  • Mostrar Abstract
  • Breast milk (BM) is considered the ideal food for newborns (NBs). Due to its nutritional composition and immunibiological and protective factors, the World Health Organization (WHO) recommends exclusive breastfeeding up to six months.In some situations, such as NB stay in the hospital setting or maternal infectious diseases, it is not possible for NB to obtain BM due to breastfeeding and Human Milk Banks (HMB) emerge as a strategy to guarantee the nutrition of these NBs through the distribuition of milked human milk (MHM) provided by donors registered in the service. The MHM collection can be carried out at the donors' home and the hygienic-sanitary conditions used from milking to processing must follow protocols to avoid microbiological contamination since BM possesses ideal characteristics for the growth of several microorganisms that can be pathogenic to predominantly premature receptors. Among the bacteria that can contaminate the MHM in the milking, transportation and processing stages are Enterobacteria, which are mostly commensal, but have the capacity to acquire pathogenicity and antimicrobial resistance genes. In this family the species of Klebsiella spp and Escherichia coli are important cause of neonatal infections such as meningitis, pneumonia, intestinal infections and sepsis. Therefore, the present study aimed to identify and characterize the pathogenicity and antibiotic resistance profile of E. coli and Klebsiella spp. in samples of donors from the HMB of the Esau Matos Hospital and to correlate the microbial presence with the hygienic-sanitary conditions of the study participants. Samples were collected from the hands and nipple-areolar region, raw human milk aliquot and human milk aliquot after the pasteurization of 30 donors registered at the HMB during the year 2018. The donors also filled out a questionnaire about their socioeconomic and hygienic-sanitary conditions of milking. Samples were seeded using a conventional microbiology technique and strains of Klebsiella were identified in samples from 11 donors (36.6%). Of these, in 36.6% (n = 4) the microorganism was isolated only in cutaneous samples, 36,6% (n = 4) only in raw milked human milk raw (MHMR), 18.2% (n = 2) with positive results in cutaneous and MHMR samples and 9.1% (n = 1) with growth in the three seed samples. E. coli was not isolated in the samples collected. In all strains of Klebsiella spp. the antibiogram with recommendation of the CLSI 2017 was performed. 42.8% (n = 6) of the strains showed resistance to Ampicillin and Sulbactam and 35.7% (n = 5) resistant to Amoxicillin and Clavulanic Acid. The isolates were also subjected to the phenotypic detection of ESBL by disk-approximation, 23.1% (n = 3) presented positive results for this test. The modified Hodge test was performed on all strains to evaluate the presence of the carbapemenase enzyme and all strains tested negative. In addition to the phenotypic tests, the isolates were submitted to the Polymerase Chain Reaction technique to detect the following genes: gyrA, rpoB and pehX, for confirmation of the genus Klebsiella spp. and species of Klebsiella pneumoniae and Klebsiella oxytoca respectively; the genes associated with the production of extended spectrum beta-lactamases (ESBL) SHV, TEM, CTXM-1, CTXM-2 and CTXM-3 and the virulence genes rmpA and wcaG were also investigated. All strains were confirmed as Klebsiella spp., 53.8% (n = 7) identified as Klebsiella pneumoniae, 7.7% (n = 1) identified as Klebsiella oxytoca and 38.5% (n = 5) are not part of the two species surveyed. No ESBL genes and virulence genes were found in the isolated samples.

3
  • SUZETE CARVALHO LANDULFO LUZ
  • TERAPIA FOTODINÂMICA: EFETIVIDADE E MECANISMOS MOLECULARES DA AÇÃO DA CURCUMINA COMO FOTOSSENSIBILIZADOR FRENTE A BIOFILME DE Pseudomonas aeruginosa
  • Orientador : LUCIANO PEREIRA ROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCIANO PEREIRA ROSA
  • FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • NATALIA MAYUMI INADA
  • Data: 03/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • Pseudomonas aeruginosa é uma bactéria gram-negativa com alta capacidade de formar biofilmes densos, uma estrutura complexa que predispõe o desenvolvimento de fenótipos resistentes a antibióticos, contribuindo para que as infecções relacionadas aos cuidados de saúde se tornem um grave problema de saúde pública mundial. Trata-se de uma pesquisa in vitro, do tipo experimental cujo objetivo foi avaliar a efetividade de distintos protocolos de Terapia Fotodinâmica (PDT) mediada por curcumina frente a biofilmes de Pseudomonas aeruginosa que foram submetidos a protocolos de PDT mediada por curcumina em três distintas concentações (5µg/ml, 20µg/ml e 40µg/ml), ativada por luz LED azul em três diferentes doses de energia (3,24J/cm², 5,4J/cm² e 10,8J/cm²) comparados a grupo controle negativo (sem tratamento) e grupos controle positivos (LED e curcumina, isoladamente, nas concentrações e doses de energia delineadas para o estudo), totalizando 16 grupos experimentais. Após checagem dos pressupostos de normalidade e homogeneidade, a análise estatística foi realizada por meio de Anova e Kruskal-Wallis, com pós-teste de Bonferroni e Dunn, respectivamente e a interpretação dos dados  levou em conta os valores de redução de Log10 de unidades formadora de colônia por ml (UFC/ml) para avaliar o efeito antimicrobiano da terapia instituída. As análises da estrutura do biofilme foram realizadas a partir de imagens geradas por microscopia confocal de varredura a laser (CSLM) e a microespectroscopia Raman possibilitou avaliar os mecanismos moleculares da ação da curcumina através dos picos observados no espectro. Os resultados demonstraram uma ação centrada no efeito disruptivo do biofilme, além de um efeito antimicrobiano em todos os protocolos de PDT, com melhores resultados observados nos protocolos com maior concentração de fotossensibilizador e dose de energia mais alta.  A PDT mediada por curcumina avaliada nesta pesquisa mostrou-se eficaz não só em reduzir a viabilidade de células bacterianas, mas principalmente pelo seu efeito antibiofilme, podendo ser utilizada como potencializador de antimicrobianos.


  • Mostrar Abstract
  • Pseudomonas aeruginosa is a gram-negative bacteria with a high capacity to form dense biofilms, a complex structure that predisposes the development of antibiotic-resistant phenotypes, contributing to health-care-related infections becoming a serious public health problem worldwide. It is an in vitro research of the experimental type whose objective was to evaluate the effectiveness of different protocols of Photodynamic Therapy (PDT) mediated by curcumin against Pseudomonas aeruginosa biofilms that were submitted to protocols of PDT mediated by curcumin in three different concentrations (5μg / ml, 20μg / ml and 40μg / ml), activated by blue LED light at three different energy doses (3.24J / cm², 5.4J / cm² and 10.8J / cm²) compared to a negative control group ( without treatment) and positive control groups (LED and curcumin, alone, in the concentrations and energy doses delineated for the study), totaling 16 experimental groups. After checking the assumptions of normality and homogeneity, the statistical analysis was performed by Anova and Kruskal-Wallis, with post-test of Bonferroni and Dunn, respectively and the interpretation of the data took into account the values of reduction of Log10 of formative units colony count per ml (CFU / ml) to evaluate the antimicrobial effect of the therapy instituted. The biofilm structure analyzes were performed using confocal laser scanning (CSLM) images and Raman microspectroscopy allowed to evaluate the molecular mechanisms of curcumin action through the observed peaks in the spectrum. The results demonstrated an action centered on the disruptive effect of the biofilm, besides an antimicrobial effect in all PDT protocols, with better results observed in the protocols with higher concentration of photosensitizer and higher energy dose. The curcumin-mediated PDT evaluated in this research proved to be effective not only in reducing the viability of bacterial cells, but mainly because of its antibiofilm effect, and could be used as an antimicrobial potentiator.

4
  • MARISOL PORTO ROCHA
  • DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE ENXAGUATÓRIO ORAL MICROEMULSIONADO CONTENDO CURCUMINA PARA TERAPIA FOTODINÂMICA INTRAORAL

  • Orientador : FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE LUIS MORAIS RUELA
  • FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • LUCIANO PEREIRA ROSA
  • NATALIA MAYUMI INADA
  • Data: 17/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • A PDT (do inglês, Photodynamic Therapy - PDT) utiliza uma fonte luminosa, um fotossensibilizador (FS) e oxigênio no meio reacional para produzir como resultado espécies altamente reativas capazes de provocar inviabilização de microrganismos, tais como: bactérias e fungos. O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma formulação de enxaguatório baseado em microemulsão para uso odontológico em PDT. O FScurcumina foi incorporado na formulação e seu potencial antimicrobiano foi avaliado usando PDT.Após construção de diagrama de fases pseudoternário, selecionou-se microemulsão óleo em água (O/A) composta de polissorbato 80, óleo de Linhaça, sobitol, Polietilenoglicol 400 e água como um veículo apropriado para incorporação da curcumina. Os sistemas selecionados foram caracterizados por medidas de condutividade, perfil reológico, tamanho de gotículas e potencial zeta. A estabilidade física da formulação também foi avaliada. A avaliação antimicrobiana do enxaguatório desenvolvido foi avaliada frente à PDT. Foram utilizados 360 corpos-de-prova de resina acrílica divididos em grupos (n=10) com concentrações de curcumina de 80 e 40 µg/mL e tempos de irradiação de 10 e 30 minutos. Os corpos-de-prova foram contaminados por cepas de Staphylococcus aureu meticilino resistente, Candida albicans e Escherichia coli em poços de placa de cultura de células contendo meio BHI ou Sabouraud e incubados a 35º ± 2º C por 24 horas para a formação dos biofilmes. Após a incubação, os grupos experimentais foram tratados com PDT, utilizando-se LED de 460 nm para ativação do FS presente no enxaguatório oral. Foram acrescentados outros três grupos: controle em que nenhum tratamento foi realizado, somente o enxaguatório com FS e somente as luzes. Os resultados mostraram efetividade acima de 5Log10 nos grupos tratados com PDT 40 e 80µg/mL no tempo de 30 minutos.


  • Mostrar Abstract
  • PDT (Photodynamic Therapy - PDT) uses a light source, a photosensitizer (FS) and oxygen in the reaction medium to produce as a result highly reactive species capable of causing unfeasibility of microorganisms, such as: bacteria and fungi. The objective of this work was to develop a microemulsion based rinse formulation for dental use in PDT. FScurcumine was incorporated into the formulation and its antimicrobial potential was evaluated using PDT. After the construction of a pseudoternario phase diagram, oil-in-water (O / W) microemulsion composed of polysorbate 80, linseed oil, sobitol, polyethylene glycol 400 and water as an appropriate vehicle for curcumin incorporation. The selected systems were characterized by measurements of conductivity, rheological profile, droplet size and zeta potential. The physical stability of the formulation was also evaluated. The antimicrobial evaluation of the developed mouthwash was evaluated against PDT. A total of 360 acrylic resin specimens were divided into groups (n = 10) with curcumin concentrations of 80 and 40 μg / mL and irradiation times of 10 and 30 minutes. The specimens were contaminated with Staphylococcus aureus methicillin resistant strains, Candida albicans and Escherichia coli in wells of culture medium containing BHI or Sabouraud medium and incubated at 35 ± 2 ° C for 24 hours for the formation of biofilms. After incubation, the experimental groups were treated with PDT, using 460 nm LEDs for activation of FS present in the oral mouthwash. Three other groups were added: control in which no treatment was performed, only the FS and only the FS. The results showed effectiveness above 5Log10 in the groups treated with PDT 40 and 80μg / mL in the time of 30 minutes.

5
  • DANIELBA ALMEIDA DA SILVA
  • Efeitos in vitro e in vivo do nitróxido tempol sobre a inflamação e o estresse redox induzidos pela exposição aguda à fumaça de cigarro.
  • Orientador : RAPHAEL FERREIRA QUEIROZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMELIA CRISTINA MENDES DE MAGALHAES GUSMAO
  • FLÁVIA VIANA SANTA CECÍLIA
  • RAPHAEL FERREIRA QUEIROZ
  • Data: 05/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • A fumaça de cigarro é uma mistura complexa composta por mais de 6000 substâncias químicas diferentes. No pulmão, esses componentes podem direta ou indiretamente desencadear inflamação e estresse redox, característicos de algumas doenças pulmonares, incluindo a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. Tempol (4-hidroxi-2,2,6,6-tetrametil-1-piperidiniloxil) e outros nitróxidos cíclicos reduzem a injúria tecidual associada à inflamação por mecanismos ainda pouco compreendidos. Na literatura não há relato sobre os efeitos do tempol sobre a lesão pulmonar causada pela fumaça de cigarro bem como seu envolvimento na ativação da via do Nrf2. Nesse contexto, este estudo objetivou avaliar o efeito do tempol sobre a inflamação e estresse redox induzidos pela exposição aguda à fumaça de cigarro in vitro e in vivo. Camundongos C57BL/6 machos (n=32) foram divididos em 4 grupos (n=8, cada): 1) controle exposto ao ar ambiente (GC), 2) animais expostos à fumaça do cigarro por 5 dias (GFC),  camundongos tratados 3) preventivamente ou 4) terapeuticamente com tempol (50 mg/kg/dia) e expostos à fumaça do cigarro por 5 dias (TP50+FC e TT50+FC, respectivamente). Os animais foram eutanaziados após 24 h da última exposição à fumaça de cigarro, e o lavado broncoalveolar e pulmões foram coletados para as análises posteriores. O número de leucócitos totais e neutrófilos bem como concentração e atividade da mieloperoxidase aumentaram no trato respiratório e no parênquima pulmonar dos camundongos expostos à fumaça de cigarro. Como consequência, houve aumento da peroxidação de lipídeos, e nitração e carbonilação de proteínas do pulmão. A administração de tempol antes ou durante à exposição à fumaça de cigarro inibiu entre 60-80% todos os parâmetros acima. Tempol também reduziu a expressão das citocinas inflamatórias IL-6, IL-1β e IL-17 para níveis basais e de TNF-α em aproximadamente 50%. Por outro lado, as transcrições de IL-10, TGF-β, e marcadores de ativação da via do Nrf2, hemeoxigenase 1 (HO-1) e GPx2, aumentaram significativamente nos camundongos tratados preventivamente e terapeuticamente com o nitróxido, o que refletiu diretamente na maior atividade da glutationa peroxidase no homogenato do pulmão. Em seguida, os efeitos do tempol foram avaliados sobre o estado redox intracelular, atividade da óxido nítrico sintase e expressão da HO-1 em macrófagos murinos RAW 264.7. Quando as células RAW 264.7 foram pré-incubadas com tempol (25, 50 e 100 µM) por 24 h e estimuladas com extrato da fumaça do cigarro, a oxidação intracelular da diclorofluoresceína foi reduzida de maneira concentração dependente, embora as concentrações de nitrito e nitrato, marcadores indiretos da atividade da  óxido nítrico sintase, não se alteraram. Nas células tratadas com tempol (50 e 100 µM) por 24 h os níveis de HO-1 aumentaram de acordo com SDS-PAGE/Western Blotting. Coletivamente, esses dados indicam que tempol protege células e tecidos contra o dano oxidativo e inflamação na exposição à fumaça de cigarro provavelmente através da ativação da via do Nrf2.


  • Mostrar Abstract
  • Cigarette smoke is a complex mixture of more than 6000 different chemicals substances. In the lung, these components can directly or indirectly trigger inflammation and redox stress, characteristic of some pulmonary diseases, including Chronic Obstructive Pulmonary Disease. Tempol (4-hydroxy-2,2,6,6-tetramethyl piperidine-1-oxyl) and other cyclic nitroxides reduce tissue injury associated with inflammation by mechanisms that are not fully understood. In the literature there is no report on the effects of tempol on lung injury caused by cigarette smoke as well as its involvement in the activation of the Nrf2 pathway. In this context, this study aimed to evaluate the in vitro and in vivo effect of tempol on inflammation and redox stress induced by acute exposure to cigarette smoke. C57BL/6 (n=32) were assigned to four groups (n = 8 each): 1) control exposed to ambient air (CG), 2) mice exposed to cigarette smoke for 5 days (CSG), mice treated 3) preventively or 4) therapeutically with tempol (50 mg/kg/day) and exposed to cigarette smoke for 5 days (TP50+CS and TT50+CS, respectively). The animals were euthanized after 24 h of last exposure to cigarette smoke, and bronchoalveolar lavage and lungs were collected for further analysis. The number of total leukocytes and neutrophils as well as myeloperoxidase concentration and activity increased in the respiratory tract and lung parenchyma of mice exposed to cigarette smoke. As consequence, there was an increase in lipid peroxidation, and nitration and carbonylation of lung proteins. Administration of tempol before or during exposure to cigarette smoke inhibited 60-80% all of the above parameters. Tempol also reduced inflammatory cytokines expression IL-6, IL-1β and IL-17 for basal levels and TNF-α by approximately 50%. On the other hand, IL-10, TGF-β transcription, and activation Nrf2 pathway markers, heme oxygenase 1 (HO-1) and GPx2 increased significantly in the mice treated preventively and therapeutically with the nitroxide, which reflected a higher activity of glutathione peroxidase in the lung homogenate. Then, the effects of tempol were evaluated on intracellular redox state, nitric oxide synthase activity and HO-1 expression in RAW 264.7 murine macrophages. When RAW 264.7 cells were preincubated with tempol (25, 50 and 100 μM) for 24 h and stimulated with cigarette smoke extract, the intracellular oxidation of dichlorofluorescein was reduced in a concentration dependent manner, although nitrite and nitrate concentrations, indirect marker of nitric oxide synthase activity, did not change. In the cells treated with tempol (50 and 100 μM) for 24 h, HO-1 levels increased according to SDS-PAGE / Western Blotting. Collectively, these data indicate that tempol protects cells and tissues against oxidative damage and inflammation on exposure to cigarette smoke probably through the activation of the Nrf2 pathway.

6
  • BRUNO PEREIRA DE ARAÚJO
  • ESTUDO DA ATIVIDADE LARVICIDA DA TERAPIA FOTODINÂMICA MEDIADA POR CURCUMINA EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES E LED AZUL (460nm) SOBRE LARVAS DE MOSQUITOS SELVAGENS DO GÊNERO Aedes

     

  • Orientador : FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGDA ALVES DA ROCHA
  • FABRICIO FREIRE DE MELO
  • FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • LUCIANO PEREIRA ROSA
  • Data: 26/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: No primeiro trimestre de 2019 foram registrados 273.193 casos confirmados de dengue no país, o que representou um aumento de 74% em relação ao mesmo período do ano anterior. Ainda em 2019, no mesmo período, foram registrados 15.352 casos prováveis de chikungunya, sendo confirmados 2 óbitos (1 na Bahia e 1 no Rio de Janeiro) e 14 óbitos em investigação. Quanto a zika, nesse período, foram registrados 2.344 casos prováveis no país, sendo o Norte e Sudeste as regiões com maior número de casos prováveis. É notório que as políticas atuais para controle dos vetores dessas arboviroses não são eficazes. Estudos para utilização de fotossensibilizadores ativados pela luz como alternativa aos inseticidas convencionais para o controle sustentável dos mosquitos vetores como Aedes (dengue, febre amarela, chikungunya), Anopheles (malária), Culex (febre amarela) já podem ser encontrados, evidenciando vantagens sobre os inseticidas convencionais (eficácia, segurança, não-mutagenicidade e rápida degradação). Objetivo: Avaliar a efetividade da Terapia Fotodinâmica (PDT) mediada por curcumina e LED azul (460nm) na mortalidade de larvas selvagens de mosquitos do gênero Aedes aegypti. Materiais e métodos: Foram colocadas armadilhas ovitrampas em regiões estratégicas identificadas pelo LIRA emitido pela secretaria de Vigilância Epidemiológica da cidade de Vitória da Conquista-BA e as larvas coletadas nos estágios L2 e L3 foram alimentadas durante 24h com curcumina nas concentrações de 10, 20 e 50% misturada à ração de peixe e em seguida foram submetidas à irradiação com LED azul por 2h (22mW/cm2 e 158,4 J/cm2). As larvas foram colocadas em recipiente com água desclorada e a mortalidade foi acompanhada pelo período de 24 e 48h. Grupos controle em que foi realizada somente a exposição das larvas ao LED azul por 2h e em que larvas foram somente alimentadas com ração misturada à curcumina (10, 20 e 50%) foram incluídos no estudo, além do grupo sem tratamento. Todos experimentos foram repetidos após intervalo de 2 meses para confirmação dos resultados, totalizando 256 testes (testes 1 e 2, n=16) entre os grupos PDT 10%, PDT 20%, PDT 50%, curcumina 10%, curcumina 20%, curcumina 50%, LED azul e grupo sem tratamento. As larvas pertencentes ao grupo PDT 20% foram submetidas a confecção de lâminas histológicas, microsopia confocal e espectroscopia Raman. Resultados: Todos os grupos de PDT apresentaram atividade larvicida, evidenciada pelos testes complementares realizados no grupo PDT 20%. Conclusão: Concluiu-se que a PDT em todas as concentrações foi efetiva na mortalidade das larvas, sendo a concentração de 20% de curcumina a que apresentou melhor atividade com mortalidade de 100% em 24h.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: In the first quarter of 2019, there were 273193 confirmed cases of dengue in the country, which represented an increase of 74% over the same period in last year. Also in 2019, in the same period, 15352 probable cases of chikungunya were register, with 2 deaths confirmed (1 in Bahia and 1 in Rio de Janeiro) and 14 deaths are under investigation. As for Zika, in this period, 2344 probable cases were register in the country, with the North and Southeast being the regions with the highest number of probable cases. It is notorious that current policies for vector control of these arboviruses are not effective. Studies of the use of light-activated photosensitizers as an alternative to conventional insecticides for sustainable control of vector mosquitoes such as Aedes (dengue, yellow fever, chikungunya), Anopheles (malaria), Culex (yellow fever) can already be found, showing advantages over conventional insecticides (efficacy, safety, non-mutagenicity and fast degradation). Objective: Evaluate the effectiveness of curcumin-mediated photodynamic therapy (PDT) and blue LED (460nm) on mortality of wild larvae of Aedes aegypti’s mosquitoes. Material and methods: Traps were place in strategic regions identified by the LIRA issued by the Secretariat of Epidemiological Surveillance of the city of Vitória da Conquista-BA. The larvae collected in stages L2 and L3 were feed for 24h with curcumin at concentrations of 10, 20 and 50% mixed with fish food and then underwent blue LED irradiation for 2h (22mW / cm2 and 158.4 J / cm2). The larvae were place in a container with chlorinated water and mortality was followed for 24 and 48h. Control groups in which only larvae were expose to blue LED for 2h and where larvae were only fed with curcumin mixed feed (10, 20 and 50%) were included in the study, in addition to the untreated group. All experiments were repeated after a 2-month interval for confirmation of the results, totaling 256 tests (tests 1 and 2, n = 16) between the PDT 10%, PDT 20%, PDT 50%, curcumin 10%, curcumin 20%, curcumin 50%, blue LED and untreated group.  Larvae belonging to the 20% PDT group were submitted to histological slides, confocal microscopy and Raman spectroscopy. Results: All PDT groups showed larvicidal activity, evidenced by the complementary tests performed in the PDT 20% group. Conclusion: The PDT in all concentrations was effective in larval mortality, with the concentration of 20% curcumin showing the best activity with mortality of 100% in 24h.

7
  • MAGDA SOUZA VIANA
  • RECURSOS FOTÔNICOS APLICADOS AO PROCESSO FERMENTATIVO DA PRODUÇÃO DE VINHO TINTO: AVALIAÇÃO DO PROCESSO INICIAL
  • Orientador : LUCIANO PEREIRA ROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCIANO PEREIRA ROSA
  • FRANCINE CRISTINA SILVA ROSA
  • BRUNO LOPES BASTOS
  • Data: 28/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • O vinho é considerado uma bebida alcoólica resultante da fermentação da uva. Para isso, durante o processo de sua produção, várias reações químicas são provocadas pelas leveduras, transformando os açúcares presentes na fruta em álcool e posteriormente dando origem a bebida. A obtenção de vinho de qualidade depende de uma série de pré-requisitos, dentre estes, fatores ambientais e intervenção humana que, quando otimizados, resultam em um aumento significativo da qualidade do processo inicial e consequentemente em melhoria do produto final. Neste cenário, a busca por melhorias no processo de produção do vinho vem sendo estudadas, uma delas, analisada por este trabalho é a aplicação da fotoestimulação, visto que a luz é capaz de acelerar o metabolismo da levedura levando a redução no tempo gasto na fermentação sem alterar a qualidade da bebida, como já comprovado em estudos com cerveja. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de Diodos Emissores de Luzes (LEDs) na seleção microbiana, no rendimento e produtividade da fermentação durante o processo inicial de produção de vinho tinto. Os reatores fotônicos utilizados no processo foram confeccionados com quatro fitas de LED RGB (Red – Green – Blue) (MSS LED Lightining Co., Ltda., Shenzhen, Guangdong, China) medindo 10 cm de comprimento, essas fitas foram fixadas nas paredes externas de um tubo de ensaio de vidro de 12 x 100 mm. Cada fita continha 6 LEDs RGB, perfazendo o conjunto um total de 24 LEDs RGB. Os reatores foram inseridos em elermayer contendo mosto de uva com leveduras do gênero Saccharomyces, isoladas das próprias uvas. Para grupos que foram avaliados a capacidade microbiológica, foi utilizada a luz LED azul e para os grupos que foram avaliados a produtividade e rendimento da fermentação, foi utilizada a luz vermelha. Para que não houvesse interferência da luz ambiente, em todos os grupos irradiados com luz o erlenmeyer contendo o mosto foi totalmente recoberto por papel filme. Ao realizar as análises intergrupos, pode-se observar que o LED foi eficiente na diminuição bacteriana principalmente nos tempos de 48 e 72 horas de aplicação, mostrando diferença estatística significante (p < 0,001) quando comparados a todos os tempos do grupo Puro (P24h, P48h e P72h) e aos tempos de 24 horas do grupo Metabissulfito (M24h). Outro ponto positivo foi o teor alcoólico obtido nas amostras que foram irradiadas com LED vermelho de 525nm, estas obtiveram resultados superiores quando comparados a todos os demais grupos (p < 0,001) no tempo final avaliado de 72 horas, mostrando que a luz estimula produção de etanol pelas leveduras. Assim percebe-se que a utilização das luzes azul (460 nm) e vermelha (630 nm) tem efeito positivo em mostos de uvas tanto na parte de descontaminação microbiológica quando na obtenção de etanol, podendo assim ser utilizada como uma técnica inovadora como forma de aprimorar e facilitar a produção de vinho tinto.


  • Mostrar Abstract
  • Wine is considered an alcoholic beverage resulting from the fermentation of grapes. For this, during the process of its production, several chemical reactions are provoked by the yeast, transforming the sugars present in the fruit in alcohol and later giving rise to drink. Obtaining quality wine depends on a number of prerequisites, including environmental factors and human intervention, which, when optimized, result in a significant increase in the quality of the initial process and consequently in the improvement of the final product. In this scenario, the search for improvements in the wine production process has been studied, one of them, analyzed by this work is the application of photostimulation, since light is able to accelerate the yeast metabolism leading to a reduction in the time spent on fermentation. without altering the quality of the drink, as already proven in studies with beer number of prerequisites, including environmental factors and human intervention, which, when optimized, result in a significant increase in the quality of the initial process and consequently in the improvement of the final. product. In this scenario, the search for improvements in the wine production process has been studied, one of which, analyzed by this work is the application of photostimulation, since light is able to accelerate the yeast metabolism leading to a reduction in the time spent on fermentation . without changing the quality of the drink, as proven in studies with beer. Thus, the present work aimed to evaluate the effects of Light Emitting Diodes (LEDs) on microbial selection, fermentation yield and productivity during the initial process of red wine production. The photonic reactors used in the process were made with four RGB (Red - Green - Blue) LED strips (MSS LED Lightining Co., Ltd., Shenzhen, Guangdong, China) measuring 10 cm in length, these strips were fixed to the outer walls. of a 12 x 100 mm glass test tube. Each ribbon contained 6 RGB LEDs, making up a total of 24 RGB LEDs. The reactors were inserted in elermayer containing grape must with yeast of the genus Saccharomyces, isolated from the grapes themselves. For groups that were evaluated for microbiological capacity, the blue LED light was used and for groups that were evaluated the productivity and yield of fermentation, the red light was used. In order to avoid interference from ambient light, in all groups irradiated with light the erlenmeyer containing the must was completely covered with film paper. When performing the intergroup analyzes, it can be observed that the LED was efficient in the bacterial decrease mainly at 48 and 72 hours of application, showing a statistically significant difference (p <0.001) when compared to all times of the Pure group (P24h, P48h and P72h) and at the 24 hour time of the Metabisulfite group (M24h). Another positive point was the alcohol content obtained in the samples that were irradiated with 525nm red LED, which obtained superior results when compared to all other groups (p <0.001) in the final time of 72 hours, showing that the light stimulates the production of ethanol by yeast. Thus, it can be seen that the use of blue (460 nm) and red (630 nm) lights has a positive effect on grape must both in the microbiological decontamination and ethanol production, and can thus be used as an innovative technique as a means of enhance and facilitate the production of red wine.

8
  • ROBERTA DE SOUZA SANTOS
  • DIVERSIDADE TAXÔNOMICA DE FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES EM CAFEEIRO COM DIFERENTES TIPOS DE MANEJO E EFICIÊNCIA NA PROMOÇÃO DO CRESCIMENTO DO FEIJÃO-CAUPI

  • Orientador : PATRICIA LOPES LEAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PATRICIA LOPES LEAL
  • JOILSON SILVA FERREIRA
  • RENATA CORREIA ASSUNÇÃO SPÓSITO
  • Data: 03/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA) são organismos mutualísticos e estabelecem simbiose com a maioria dos vegetais conhecidos, oferecendo diversos benefícios nutricionais. A diversidade desses fungos conhecida até o momento ainda é baixa, principalmente em sistemas agro florestais e culturas de café presentes no Nordeste brasileiro. Assim, objetivamos investigar (1) a ocorrência e diversidade de FMAs em solos cultivados com café sob diferentes manejos (arborizado com grevílea e a pleno sol com espaçamentos de 1,70 x 0,70 cm e 2,50 x 0,50 cm), e em solos de áreas de entorno sob pastagem e mata nativa (mata de cipó), localizadas no município de Barra do Choça, Bahia, Brasil e (2) determinar a eficiência destas comunidades fúngicas na cultura de feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp). Uma parte do solo coletado de cada área foi encaminhada para extração e identificação dos esporos de FMAs, e outra parte encaminhada para o experimento de cultura armadilha para determinação da eficiência em feijão caupi. O experimento de cultura armadilha foi conduzido em casa de vegetação, em vasos, com delineamento inteiramente casualisado (DIC), com três repetições onde foram analisadas duas espécies de FMAs em mistura (Claroideoglomus etunicatum e Rhizophagus clarus) como tratamento referência, um tratamento testemunha não inoculado e outros cinco tratamentos compostos por comunidades de FMAs provenientes das cinco áreas de coleta. Após 80 dias de crescimento das plantas o experimento foi desmontado e os dados tabulados estatisticamente. Esporos de 43 morfotipos de FMAs foram recuperados e identificados das amostras de campo referentes às áreas de coleta, distribuídos entre 14 gêneros pertencentes a seis famílias de Glomeromycota: Glomeraceae (35%), Acaulosporaceae (35%) ,Gigasporaceae (21%), Ambisporaceae (5%), Archaeosporaceae (2%) e Diversisporaceae (2%). De modo geral, foi observada a predominância de ocorrência de FMAs do gênero Acaulospora (34,8%) seguido de Glomus (16,27%). Segundo a frequência de ocorrência, Rhizophagus fasciculatus, Acaulospora mellea e Glomus sp.1foram as espécies dominantes em nosso estudo. Nas áreas de cultivo de café foram identificados 12 gêneros, sendo que dois desses (Dominikia e Fuscutata) nunca reportados na literatura quanto à associação com café cultivado no Brasil. Já os resultados referentes à cultura armadilha demonstraram que o tratamento referência, como esperado, apresentou os melhores resultados de massa seca da parte aérea e massa seca da raiz (MSPA+MSR) do feijão caupi, 7,55 g, e o tratamento com solo sob cultivo de café sombreado com grevílea foi o que mais se aproximou do tratamento referência com valores de (MSPA+MSR) igual a 4,31 g e teor de fósforo de 7,60 g kg-1. O tratamento com solo sob o cultivo de mata nativa apesar de não ter se destacado no tocante a massa seca do feijão caupi, apresentou a maior diversidade de FMAs, 23 morfotipos, indicando que maior diversidade de espécies não traduz, necessariamente, em maiores benefícios para a planta. Este estudo contribui significativamente para o nosso conhecimento sobre a composição da comunidade de FMAs em solos de locais de referência no cultivo de café no nordeste brasileiro, e mostrou que o feijão caupi foi responsivo a inoculação de muitas dessas comunidades.


  • Mostrar Abstract
  • Arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) are considered mutualistic organisms that establish symbiotic relationships with most known plant species, offering plenty nutritional benefits. The knowledge regarding the diversity of these fungi is rather low, mainly in agroforestry systems and coffee plantations of Northeast Brazil. Thereby, our aim (1) was to examine the occurrence and diversity of AMF in growing coffee soils under different management (underneath grevília’s canopy and sun-grown with spacing of 1.7 x 0.7 cm and 2.5 x 0.5 cm), and in Soils of surrounding areas under pasture and native forest , located in the municipality of Barra do Choça, Bahia, Brazil and (2) to determine the efficiency of these fungal communities in cowpea (Vigna unguiculata (L.) Walp) culture. Part of soil samples of each area was sent to extraction and identification of AMF spores, whereasthe other was used in the trap culture experiment to determine the caupi-bean efficiency. The trap culture experiment was conductedin a greenhouse, in pots, by using a completely randomized design (CRD), with three repetitions, in which two AMF species in a mixture (Claroideoglomus etunicatum and Rhizophagus clarus) was used as reference treatment, one control treatment not inoculated and five treatments composed by AMF communities from the five areas sampled were analysed. After 80 days of plant growth the experiment was disassembled and the data was tabulated and statistically tested. Spores from 43 AMF morphotypes were recovered and identified from the field samples, distributed among 14 genera belonging to six Glomeromycota families: Glomeraceae (35%), Acaulosporaceae (35%), Gigasporaceae (21%), Ambisporaceae (5%), Archaeosporaceae (2%) e Diversisporaceae (2%). Overall, it was observed the predominance of occurrence of Acaulospora AMFs (34.8%) followed by Glomus (16.27%). According to the frequency of occurrence, Rhizophagus fasciculatus, Acaulospora mellea and Glomus sp.1 were the most dominant species in our study. In the coffee growing areas 12 generas were identified, two of these (Dominikia and Fuscutata) have never been reported in the literature associated to coffee growing in Brazil. Results from the trap culture experiment suggested that the reference treatment, as expected, showed significant results related to both shoot and root dry mass (SDM+RDM) of caupi-bean (7.55 g), and the soil from the shade-grown coffee treatment underneath grevílea was the closest to the reference treatment with values of (SDM+RDM) equal to (4.31 g) and phosphorus content equals to (7.60 g kg-1). Although the treatment of coffee growing underneath native forest did not show any change related to dry mass of caupi-bean, it showed the highest diversity of AMF, 23 morphotypes, suggesting that high diversity of AMF does not translate, necessarily, into benefits to plants. This study advances significantly our knowledge regarding the community composition of AMF in soils of an important coffee growing location in the Brazilian northeast, showing that caupi-bean was responsive to the inoculation of many of these communities.

9
  • LORENA ALVES DE OLIVEIRA SILVA
  • Desenvolvimento de sistemas nanodispersos contendo peróxido de Carbamida para clareamento dental

  • Orientador : MATEUS FREIRE LEITE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANO MAIA DOS SANTOS
  • ANGELICA FERRAZ GOMES
  • MATEUS FREIRE LEITE
  • Data: 05/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • O crescimento no ramo da odontologia estética tem aumentado, em consequência da exigência no padrão estético do sorriso. Um sorriso saudável e bonito melhora a autoimagem e confiança, e está diretamente associada a busca por dentes mais brancos, o que torna o clareamento dental um procedimento bastante requisitado na atualidade. O clareamento consiste no resultado de uma complexa interação física e química entre o dente e o agente causador do manchamento. Quando se pensa em desenvolvimento de novos produtos, a nanotecnologia tem sido apontada como a revolução tecnológica, que despertou um enorme interesse na comunidade científica ao longo das últimas décadas, sendo um dos principais focos das atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação em todos os países. As microemulsões (MEs) são sistemas nanotecnológicos, termodinamicamente estáveis, isotrópicos, dispersos que consistem em dois líquidos imiscíveis. A validação de método analítico, no controle de qualidade de produtos farmacêuticos, é demonstrar que o método é apropriado para determinada finalidade, ou seja, a determinação quantitativa de fármacos. Neste trabalho foi caracterizado e avaliado a estabilidade sistemas nanotecnológicos contendo peróxido de carbamida 16% para clareador dental, com potencial de permeação nos canalículos dentinários a fim de otimizar o processo de clareamento. A formulação selecionada, a partir do diagrama de fases, foi incorporada o peróxido de carbamida a 16% e em seguida caracterizada (microscopia óptica, pH, tamanho de partículas, índice de polidispersividade, potencial zeta, condutividade). A formulação também foi submetida ao estudo de estabilidade preliminar e acelerada. Validou o método para quantificação do peróxido de carbamida, conforme a RDC 166 - ANVISA. O produto contendo Peróxido de Carbamida 16% obteve valores de pH de 5,86 ± 0,05; potencial zeta de -6,38 ± 0,37 mV; tamanho de gotículas de 22,52 ± 0,37 nm; Índice de Polidispersividade de 0,164 ± 0,02 e Condutividade de 0,1063 ± 0,001 µs/cm. O perfil reológico das amostras analisadas apresentou-se com comportamento tixotrópico. O produto apresenta-se estável.


  • Mostrar Abstract
  • Growth in the field of aesthetic dentistry has increased, as a result of the requirement in the aesthetic pattern of smile. A healthy and beautiful smile improves self-image and confidence, is directly associated with searching for whiter teeth, which makes dental whitening a requested procedure today. Whitening consists a result of a complex physical and chemical interaction between the tooth and the stain causative agent. When thinking about developing new products, nanotechnology has been pointed out as the technological revolution, which has aroused a huge interest in the scientific community over the past few decades, being one of the main focuses of development and innovation in all countries. Microemulsions (EMs) are nanotechnological, thermodynamically stable, isotropic, dispersed systems consisting of two imiscible liquids. The validation of an analytical method, in the quality control of pharmaceutical products, is to demonstrate that the method is appropriate for a given purpose, that is, the quantitative determination of drugs. In this work, the stability of nanotechnological systems containing carbamide peroxide 16% for tooth whitener was characterized and evaluated, with permeation potential in the dentin canaliles in order to optimize the bleaching process. The selected formulation, from the phase diagram, carbamide peroxide 16% was incorporated, and then characterized (optical microscopy, pH, particle size, polydispersivity index, zeta potential,conductivity). The formulation also submitted to the study of preliminary and accelerated stability. Validated the method for quantifying carbamide peroxide, according to RDC 166 – ANVISA. The product containing Carbamide Peroxide 16% obtained pH values of 5.86 ± 0.05; zeta potential -6.38 ± 0.37mV; droplet size 22.52 ± 0.37nm; Polydispersivity index 0.164±0.02 and Conductivity 0.1063±,001μs/cm. The rheological profile of the analyzed samples presented with thixotropic behavior. The product is stable.

10
  • MAIARA PRATES DE ALMEIDA
  • Obtenção de comprimidos contendo extrato hidroalcoólico spray dried padronizado de Lippia alba (Miller) N. E. Brown

  • Orientador : MATEUS FREIRE LEITE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE LUIS MORAIS RUELA
  • JULIANO GERALDO AMARAL
  • MATEUS FREIRE LEITE
  • Data: 06/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • A Lippia alba (Miller) N. E. Brown é uma das espécies promissoras ao desenolvimento de um novo medicamento. É popularmente conhecida como erva-cidreira e diversos estudos farmacológicos foram realizados avaliando tanto a atividade dos seus óleos essenciais, quanto dos extratos das folhas dos seus diferentes quimiotipos. Dentre as atividades farmacológicas da planta estão antiulcerogênica, antiespasmódica, anestésica e sedativa, além de antioxidantes e antibacteriana. A Lippia alba apresenta como constituintes fixos desde iridoídes, flavonoídes e também fenilpropanoídes. O acteosideo é um composto glicosilado, um fenilpropanoíde presente na Lippia alba, em quantidades superiores a outras substâncias, podendo ser um marcador analítico para a planta. Suas ações farmacológicas constam desde atividade antioxidante, ansiolíticas e até neuroprotetiva. O presente estudo objetiva o desenvolvimento e caracterização fisíco-química de comprimidos obtidos a partir do extrato hidroalcoólico de Lippia alba seco por spray dried. Análises de modelagem molecular das estruturas de 15 compostos identificados e quantificados para a planta foram submetidas à avaliação das atividades ansiolíticas e sedativas com o auxílio do programa PASS. Foi realizada a secagem por spray dried do extrato hidroalcoólico da planta (SDLA), o cálculo do índice de Carr (IC) e razão de Hausner (RH) do pó obtido. Como também, o desenvolvimento de formulações com os extratos padronizados e a análise do ângulo de repouso para a formulação escolhida. A compressão se deu por via direta e posteriormente analisaram-se os parâmetros de peso médio, friabilidade, dureza e desintegração dos comprimidos. Foi validado método analítico por CLAE, para quantificação do acteosideo. O teste de solubilidade do insumo farmacêutico ativo, o extrato, foi realizado a partir da quantificação do acteosideo exposto em meio aquoso com variação de pH de 1,0 a 6,8 após 24h. Realizou-se o doseamento do extrato e do comprimido, e também a dissolução do produto final. Sugere-se através das análises dos resultados obtidos com a predição do servidor PASS uma possível ação ansiolítica do acteosídeo devido à inibição da enzima GABA-transaminase. O extrato SDLA 7 apresentou excelentes resultados para o IC e RH, sendo o escolhido para o desenvolvimento. Os comprimidos obtidos foram aprovados quanto aos testes de peso médio, dureza, friabilidade e desintegração. O método validado utilizou metanol e ácido fórmico 0,9% (1:9), com faixa de trabalho variando de 2,10 a 18,90 µg/mL, analisados a 325 nm. A linearidade, precisão, seletividade, robustez, exatidão e limites de quantificação e detecção apresentaram-se de acordo as diretrizes vigentes. O teste de solubilidade apresentou melhores resultados no meio HCl 0,1M. O doseamento do extrato e comprimido foi aprovado, assim como a dissolução do produto desenvolvido.


  • Mostrar Abstract
  • One of the promising native species to develop a new drug is Lippia alba (Miller) N. E. Brown. This plant is popularly known as “erva-cidreira” and several pharmacological studies were carried out evaluating the activity of both its essential oils and the leaf extracts of its different chemotypes. Among the pharmacological activities of the plant are antiulcerogenic, antispasmodic, anesthetic and sedative, as well as antioxidants and antibacterial. Lippia alba presents as fixed constituents from iridoids, flavonoids and also phenylpropanoids. Acteoside is a glycosylated compound, a phenylpropanoid present in Lippia alba in high quantities than other substances and maybe an analytical marker for the plant. Its pharmacological actions range from antioxidant, anxiolytic and even neuroprotective activity. The present study aims for the development and chemical-physical characterization of tablets obtained from spray-dried Lippia alba hydroalcoholic extract. Molecular modeling analyzes of the structures of 15 compounds identified and quantified for the plant were submitted to the evaluation of anxiolytic and sedative activities with de aid of the PASS program. It was performed spray drying of the hydroalcoholic extract (SDLA) of the plant, the calculation of the Carr index (IC) and Hausner ratio (RH) of the obtained powder. The developing formulations with standardized extracts and the angle of repose analyses for the chosen were investigated. Compression was performed directly and subsequently, the parameters of mean weight, friability, hardness and disintegration of the tablets were analyzed. An analytical method was validated by HPLC to quantify acteoside. The solubility test os the active pharmaceutical ingredient, the extract, was performed from the quantification of the exposed acteoside in aqueous médium with pH variation from 1.0 to 6.8 after 24h. The extract and tablets were dosed and the final product was dissolved. A possible anxiolytic action of acteoside due to inhibition of the enzyme GABA transaminase is suggested by analysis of the results obtained with the PASS server prediction. SDLA 7 extract showed excellent results for IC and RH, being chosen for development. The tablets were approved for the tests of average weight, hardness, friability, and disintegration. The validity method used methanol and formic acid 0,9% (1:9) with the working range from 2.10 to 18.90 µg/mL, analyzed at 325 nm. The linearity, precision, selectivity, robustness, accuracy, and limits of quantification and detection were following current guidelines. The solubility test showed better results in HCl 0.1M. The dosage of the extract and tablets was approved, as well as the dissolution of the developed product.

2018
Dissertações
1
  • MÁRCIO WALUCE PINHEIRO ROCHA DE SANTANA
  • PRODUÇÃO DE MONOXIGENASE LÍTICA DE POLISSACARÍDEO EM KOMAGATAELLA PHAFFII COMO ADITIVO A COQUETEL DE CELULASES APLICADO EM PROCESSO DE HIDRÓLISE ENZIMÁTICO DE BAGAÇO DE CANA-DE-AÇÚCAR

  • Orientador : FELIX GONCALVES DE SIQUEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILA SOUZA OLIVEIRA COQUEIRO
  • FELIX GONCALVES DE SIQUEIRA
  • LAIZE TOMAZI
  • Data: 03/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • Alguns estudos têm dado um maior enfoque no aproveitamento de resíduos
    agroindustriais e coprodutos, como o aproveitamento da celulose e hemicelulose, que
    compõem a parede celular vegetal de materiais lignocelulósicos (ou biomassas
    lignocelulósicas), para produção de etanol de segunda geração (E2G) e outros
    bioprodutos. Diversas enzimas provenientes de fungos e bactérias atuam na
    desconstrução desses polissacarídeos em monossacarídeos, possibilitando assim a
    posterior fermentação alcoólica. As enzimas celulases e hemicelulases já têm sido bem
    estudadas, porém, na última década, novas enzimas com atividade oxidativa, tais como
    as mono-oxigenases líticas de polissacarídeos (LPMOs do inglês Lytic polysaccharide
    monooxygenases), que aumentam a liberação de glicose conjuntamente com as celulases
    e hemicelulases têm despertado grande atenção da comunidade científica. Para a
    caracterização de novas LPMOs, faz-se necessária a inserção de genes codificadores
    dessas enzimas em sistemas de expressão, como por exemplo, de Komagataella phaffii
    (K. phaffii). A LPMO TrCel61A de Trichoderma reesei (T. reesei), pertencente à
    família AA9, foi previamente caracterizada e no presente trabalho ela foi utilizada como
    modelo, juntamente com cinco novas LPMOs provenientes de Basidiomycota e
    Ascomycota, as quais foram selecionadas do banco de dados CAZy, sintetizadas,
    clonadas em vetor de expressão pPICZαA e então transformadas em K. phaffii. Embora
    nenhuma das cinco novas enzimas tenham sido produzidas por K. phaffii, a LPMO
    modelo TrCel61A foi produzida com sucesso. O trabalho prosseguiu com a hidrólise
    enzimática do bagaço de cana-de-açúcar pré-tratado por auto-hidrólise, utilizando os
    extratos brutos enzimáticos do fungo mutante hipercelulolítico Trichoderma reesei
    RUT-C30 e da linhagem padrão Aspergillus aculeatus F-50. Com base nos resultados
    de hidrólise enzimática, foi possível observar que com a adição da LPMO TrCel61A
    houve aumento significativo da liberação de glicose, conseguindo superar a liberação
    ocorrida com a enzima comercial celluloclast. De fato, a adição de LPMO-TrCel61A na
    mistura enzimática ideal aumenta a conversão de celulose até 18,35%. Estes dados
    indicaram que TrCel61A tem um efeito positivo maior na hidrólise do bagaço de canade-
    açúcar, aumentando a conversão bioquímica de extratos celulolíticos de T. reesei e
    A. aculeatus quando adicionada como enzima acessória em misturas enzimáticas ideais.


  • Mostrar Abstract
  • Several studies have focused on the use of agro-industrial residues and co-products,
    such as the use of cellulose and hemicellulose, which is component of the plant cell wall
    of lignocellulosic biomass for the production of second generation ethanol (2G) and
    other bioproducts. Several enzymes derived from fungi and bacteria act in the
    deconstruction of these polysaccharides in monosaccharides, thus allowing subsequent
    alcoholic fermentation. The enzymes cellulases and hemicellulases have already been
    well studied, but in the last decade, new enzymes with oxidative activity, such as lytic
    polysaccharide monooxygenases (LPMOs), which increase the release of glucose
    together with the cellulases and hemicellulases have attracted attention of the scientific
    community. For the characterization of new LPMOs, it is necessary to insert genes
    encoding these enzymes in expression systems, such as, for example, Komagataella
    phaffii. The LPMO TrCel61A from Trichoderma reesei, belonging to the AA9 family,
    was previously characterized and in the present work it was used as a model, together
    with five new LPMOs from Basidiomycota and Ascomycota, which were selected from
    the CAZy database, synthesized, cloned into expression vector pPICZαA and then
    transformed into K. phaffii. Although none of the five new enzymes were successfully
    produced by K. phaffii, but the LPMO model TrCel61A was produced. The work
    continued with the enzymatic hydrolysis of sugarcane bagasse pretreated by
    autohydrolysis using the enzymatic crude extracts of the mutant hyperchololytic fungus
    Trichoderma reesei RUT-C30 and the standard lineage Aspergillus aculeatus F-50.
    Based on the results of enzymatic hydrolysis, it was possible to observe that with the
    addition of LPMO TrCel61A there was a significant increase in the glucose release,
    being able to overcome the release occurred with the commercial enzyme celluloclast.
    In fact, the addition of LPMO-TrCel61A in the optimum enzyme mix increases the
    cellulose conversion to 18.35%. These data indicate that TrCel61A has a greater
    positive effect on the hydrolysis of sugarcane bagasse, increasing the biochemical
    conversion of cellulolytic extracts of T. reesei and A. aculeatus when added as
    accessory enzyme in ideal enzymatic mixtures.

2
  • DEIVISON SANTOS BONFIM
  • Estudo clínico da efetividade do laser de 780nm como coadjuvante no processo de reparação pós-cirúrgica de fraturas ósseas

  • Orientador : LUCIANO PEREIRA ROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDER RICARDO DE MORAES
  • LUCIANO PEREIRA ROSA
  • ROBSON AMARO AUGUSTO DA SILVA
  • Data: 26/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • As fraturas ósseas resultantes de traumas são responsáveis por grande número de internamentos e cirurgias nos serviços públicos de saúde, impactando no afastamento dos indivíduos das atividades do trabalho, na alteração da economia familiar e previdenciária. A Laserterapia de Baixa Intensidade (LTBI) surge como alternativa coadjuvante para acelerar o processo de cura das fraturas ósseas. O objetivo desse estudo foi avaliar a efetividade da LTBI com laser GaAlAs de 780nm como coadjuvante do tratamento cirúrgico na regeneração de fraturas ósseas. 20 pacientes foram alocados em dois grupos experimentais, controle e tratamento (LTBI), acompanhados durante dois meses. O grupo LTBI recebeu o protocolo de laserterapia, o grupo Controle recebeu o tratamento placebo. Foram avaliados o efeito analgésico da laserterapia pelas escalas EVA e McGill, o uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, os níveis das citocinas inflamatórias TNF-α, IFN-γ, IL-1β, IL-10 e IL-17 no soro sanguíneo e o nível da regeneração óssea mediante radiografias realizadas em quatro momentos diferentes nos dois grupos de pacientes.  A LTBI contribuiu para diminuir os níveis de dor, com diferenças notadas a partir da 4ª sessão, resultando em diminuição do uso de medicamentos. O progresso de regeneração óssea avaliado pelo aumento da densidade óssea aos 30 e 60 dias de tratamento, comparada à avaliação inicial das radiografias foi significativamente diferente para o grupo LTBI (p=0,005 e p=0,002, respectivamente), ao contrário do grupo controle (p>0,05). Foi observada aumento na dosagem de IL-1β com diferença estatística significante (p=0,0267) para nos indivíduos do grupo LTBI após os 60 dias de tratamento. Pode ser concluído que a terapia com laser foi efetiva como coadjuvante no processo de regeneração das fraturas ósseas estudadas, evidenciando que o tempo da regeneração óssea pode ser diminuído quando associada ao tratamento convencional, além de ter reduzido o uso de analgésicos e anti-inflamatórios e alterado os níveis da IL-1β.


  • Mostrar Abstract
  • Bone fractures resulting from trauma are responsible for a large number of hospitalizations and surgeries in public health services, impacting on individuals' absence from work activities, altering family and social security; Low Intensity Laser Therapy (LILT) arises to accelerate the healing process of bone fractures. The objective of this study was to evaluate the effectiveness of LILT with 780nm GaAlAs laser as a coadjuvant in the regeneration of bone fractures. 20 patients were allocated in two experimental groups, control and treatment, followed for two months. The LILT group received the laser therapy protocol, whereas the control group received the placebo treatment. The analgesic effect of laser therapy, the use of analgesic and anti-inflammatory drugs, the levels of inflammatory cytokines TNF-α, IFN-γ, IL-1β, IL-10 and IL-17 in the serum and the level of regeneration using radiographs were analyzed at four different moments of the groups. The results obtained by applying the Visual Analogic Scale (VAS) and McGill Pain Questionnaire (MPQ) pain evaluation scales revealed that LILT contributed to decrease pain levels, with differences noted from the 4th and 5th sessions, respectively; there was no statistical difference in relation to the number of sessions using analgesics and anti-inflammatories, although it was lower in the LILT group; The number of patients who used these drugs was lower in the laser group; in the LILT group, was observed improvement in the progression of bone regeneration by increasing of bone density at 30 and 60 days of treatment compared to the initial evaluation of the radiographs, with no statistical difference for the control group. The laser therapy was effective as a coadjuvant in the regeneration process of the bone fractures, evidencing that the time of bone regeneration can be reduced when associated with conventional treatment, in addition, the treatment reduces the use of analgesics and anti-inflammatories drugs and alters the levels of IL-1β.

3
  • JEISA ZIELLE DE SOUZA RODRIGUES
  • AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE Lactobacillus fermentum TcUESC01 SOBRE Streptococcus mutans

  • Orientador : REGIANE YATSUDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GUILHERME BARRETO CAMPOS
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • REGIANE YATSUDA
  • Data: 27/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • A cárie dentária é uma doença crônico-infecciosa de caráter multifatorial que se inicia com a formação do biofilme bacteriano causado principalmente pelo Streptococcus mutans. Além da higienização diária que é inerente ao indivíduo, existem poucos métodos preventivos para combater a cárie. Os probióticos vêm apresentando inúmeros benefícios a saúde, inclusive no combate a doenças orais. Cepas de Lactobacillus fermentum já apresentaram potencial probiótico contra S. mutans, mas ainda é pouco estudada. Dessa forma, o objetivo desse estudo foi avaliar a atividade antimicrobiana do inóculo e dos metabólitos produzidos pelo L. fermentum TcUESC01 contra S. mutans UA159. Para isso, foi realizada uma curva de crescimento de L. fermentum e tanto o inóculo como os metabólitos formados na fermentação foram testados contra o crescimento de S. mutans nos testes de difusão em ágar, e apenas seus metabólitos nos testes de concentração inibitória mínima, concentração bactericida mínima e inibição da aderência celular. A inibição da formação de biofilmes, queda de pH e permeabilidade à prótons também foram testadas com os metabólitos. A zona de inibição começou a ser formada às 14 horas e continuou até as 16 horas. O inóculo contendo L. fermentum também apresentou zona de inibição. A CIM para os metabólitos foi de 1280 mg/mL e o CBM foi obtido com a concentração maior ao do CIM (5120 mg/mL). Metade da concentração de CIM (640 mg/mL) foi necessária para inibir a adesão de S. mutans à superfície das microplacas. Nas análises dos biofilmes, o tratamento com os metabólitos, na concentração testada, não foi capaz de reduzir a biomassa, glucanos insolúveis e solúvel em álcali em comparação com o biofilme do controle (p> 0.05). Os metabólitos também não afetaram a produção de ácido e a tolerância ácida das células de S. mutans em biofilmes comparado ao grupo salina (p> 0.05). Os resultados demonstram uma possível concentração-dependência dos metabólitos na eficácia em combater S. mutans como já mostrado em estudos anteriores. Desta forma, nosso trabalho mostrou que os metabólitos produzidos pelo Lactobacillus fermentum TcUESC01 têm grande potencial para serem utilizados como agente antimicrobiano contra S. mutans por apresentarem atividade antiaderente e atividade bactericida em células planctônicas. Entretanto, mais pesquisas devem ser feitas para caracterizar esses metabólitos e, assim, concentrá-los para obter melhores resultados nos testes de biofilmes.


  • Mostrar Abstract
  • Dental caries is a multifactorial chronic-infeccion disease, which starts with a bacterial biofilm formation caused mainly by Streptococcus mutans. Besides the daily hygiene that is inherent to the individual, there are few preventive methods to combat dental caries. The use of probiotics has shown numerous health benefits, including in the fight against oral diseases. Strains of Lactobacillus fermentum have already shown probiotic potential against S. mutans, but there are still few studies. Thus, the aim of our study was to evaluate the antimicrobial activity of the inoculum and metabolites produced by L. fermentum TcUESC01 against S. mutans UA159. For this, a growth curve of L. fermentum was performed and both the inoculum and the metabolites formed in the fermentation were tested against the growth of S. mutans UA159 in agar diffusion tests, and only its metabolites were tested to determine the minimum inhibitory concentration, minimal bactericidal concentration and inhibition of cell adhesion. Inhibition of biofilm formation, pH drop and proton permeability were also tested with the metabolites. The zone of inhibition began to be formed at 14 hours and continued until 16 hours. The inoculum containing L. fermentum also showed zone of inhibition. The MIC for the metabolites was 1280 mg/mL and the MBC was obtained with a concentration higher than the MIC equal to 5120 mg/mL. Half of the MIC concentration (640 mg/mL) was required to inhibit S. mutans adhesion to the surface of the microplates. In the biofilm analyzes, the treatment with the metabolites in the tested concentration was not able to reduce biomass (17.40 ± 9.79 mg/biofilm), insoluble glucans (11.24 ± 0.78 mg/biofilm) and alkali soluble (1.74 ± 0.52a mg/biofilm) compared to the control biofilm (p> 0.05). The metabolites also did not affect acid production and acid tolerance of S. mutans cells in biofilms compared to saline group (p> 0.05). The results explain the concentration-dependence of the metabolites in the efficacy in fighting S. mutans how previous studies have already shown. Thus, our work showed that the metabolites produced by the Lactobacillus fermentum TcUESC01 have a great potential to be used as an antimicrobial agent against S. mutans for presenting anti-adherence activity and bactericidal activity in planktonic cells. However, more researches should be done in order to characterize these metabolites and thus, concentrate them to obtain better results in the biofilms tests.

4
  • FERNANDA CASTRO PIRES DOS SANTOS
  • IDENTIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL DE GENES DIFERENCIALMENTE EXPRESSOS COMPARTILHADOS EM ESTUDOS DE CÂNCER DE PULMÃO

  • Orientador : SAVIO TORRES DE FARIAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNO LOPES BASTOS
  • CINTIA RODRIGUES MARQUES
  • LEANDRO MARTINS DE FREITAS
  • SAVIO TORRES DE FARIAS
  • Data: 13/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • O câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC) é o câncer com efeito adverso, mais letal. O mecanismo específico desta doença não é totalmente compreendido. Para analisar sistematicamente os genes associados com o subtipo adenocarcinoma de pulmão, dados de genes foram extraídos utilizando inicialmente o Gene Expression Omnibus conjunto de dados (GEO), em seguida foi feita para as proteínas análise de interação proteína-proteína (PPI) usando banco de dados APID. O gene ontology (GO) e a análise de enriquecimento da via foi realizado para os genes diferencialmente expressos. A rede PPI gerada por APID foi visualizada pelo Cytoscape. As regiões funcionais foram analisadas utilizando-se plugin GOlorize. Na meta-análise 213 genes diferencialmente expressos foram identificados, 49 genes superexpressos e 164 subexpressos. A análise de enriquecimento gênico retornou 10 termos GO enriquecidos. GO revelou 2 processos biológicos de relevância para os genes superexpressos, divisão celular (GO: 0051301) e regulação positiva do processo apoptótico (GO: 0043065). Foram associados com resposta de subexpressão 8 processos biológicos, transdução de sinal (GO: 0007165), adesão celular (GO: 0007155), resposta imune (GO: 0006955), resposta imune inata (GO: 0045087), apoptótica (GO: 0006915), resposta inflamatória (GO: 0006954), regulação negativa da proliferação celular (GO: 0008285), regulação positiva da célula proliferação (GO: 0008284). A expressão dos genes foi usada para classificar as amostras em normal ou tumoral usando heatmap e análise de componentes principais (PCA). A classificação das amostras revela a separação dos dois grupos com taxa verdadeiro positivo de 97% e taxa verdadeiro negativo de 99%. Este estudo utiliza de metodologias computacionais para revelar a expressão gênica do adenocarcinoma de pulmão e identificar a assinatura gênica do tumor. A confirmação de 13 genes diferencialmente expressos por imuno-histoquimica indica esses genes como críticos para desenvolvimento do câncer de pulmão. Esses genes podem ser usados para o desenvolvimento de teste molecular e auxiliar no diagnóstico.


  • Mostrar Abstract
  • Lung cancer is not small cells (NSCLC) is the cancer with adverse, more lethal effect. The mechanism in question is not fully understood. Abstract related to genes associated with the subtype of adenocarcinoma of the lung, genes extracted from the Gene Expression expression (GEO), were then presented as protein expression cell (PPI) cells, using the database. APID data. O gene ontology (GO) and a pathway enrichment analysis was performed for differentially expressed genes. The PPI network generated by APID was viewed by Cytoscape. Regions were included using the GOlorize plugin. In the meta-analysis 213 differentially expressed genes were identified, 49 genes upexpressed and 164 downexpressed. A gene enrichment analysis returned 10 enriched GO terms. 2 biological processes of relevance for the superexpressive genes, cell cycle (GO: 0051301) and positive control of the apoptotic process (GO: 0043065). (GO: 0007165), cellular statement (GO: 0007155), immune response (GO: 0006955), innate immune response (GO: 0045087), apoptotic (GO: 0006915), inflammatory response (GO: 0006954), negative regulation of cell proliferation (GO: 0008285), positive control of cell proliferation (GO: 0008284). Gene expression was used to classify samples into normal or tumor using heatmap and principal component analysis (PCA). The classification of the samples reveals the clustering of the two groups with a true positive rate of 97% and a true negative rate of 99% TNR. This study uses computational methods to reveal the gene expression of lung adenocarcinoma and to identify the gene signature of the tumor. The confirmation of 13 differentially expressed genes by immunohistochemistry indicates these genes are critical for lung cancer development. These genes can be used for the development of molecular test and help in the lung cancer diagnosis.

5
  • DANIEL SILVA FERRAZ
  • Desenvolvimento de preditor de epítopo para MHC-I ligante de hla-a01*01 por deep learning

  • Orientador : SAVIO TORRES DE FARIAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS PRIMINHO PIROVANI
  • LEANDRO MARTINS DE FREITAS
  • LUCAS MIRANDA MARQUES
  • SAVIO TORRES DE FARIAS
  • Data: 19/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Peptídeos derivados de antígenos endógenos podem ligar-se a moléculas de MHC-I. Aqueles que se ligam com alta afinidade podem invocar uma resposta imune CD8+, resultando na destruição de células infectadas. Muito trabalho em imunoinformática envolveu a previsão algorítmica da afinidade de ligação peptídica a vários alelos de MHC-I. Uma série de ferramentas para predição de ligação de MHC-I foram desenvolvidas, muitas das quais estão disponíveis na web. No entanto, muitos métodos baseados em aprendizado de máquina são geralmente menos sensíveis no reconhecimento de interações agrupadas localmente, que podem estabilizar sinergicamente a ligação peptídica. Aqui nós propomos o preditor EPI, uma rede neural artificial baseada no alelo HLA-A01*01. Nossa ANN foi construída usando 3902 epítopos para o HLA-A01*01 e nove propriedades físico-químicas. Em seguida, as propriedades foram reduzidas para quatro PCA e usadas como características para cada aminoácido no treinamento e nos peptídeos de teste da rede neural. Nós treinamos/testamos o modelo usando 70/30% dos epítopos recuperados do banco de dados, respectivamente. Nosso modelo atingiu um bom nível de previsão com uma precisão de 77,09% e uma pontuação F1 de 0,77 no conjunto de testes. Além disso, vários testes de hiper-parâmetros foram realizados para identificar a rede neural multicamada mais adequada. Além do protocolo de teste de validação, procuramos comparar a taxa de precisão realizada pelo nosso preditor em comparação com várias outras abordagens preditivas disponíveis online. O benchmark demonstrou que o EPI exibia um excelente desempenho em contraste com alguns preditores confiáveis do MHC-I. O EPI atingiu 0,53 MCC (Matthew Correlation Coeficiency), indicando capacidade preditiva consistente. As estratégias para construir o EPI e desempenho em comparação com outros preditores são discutidas.


  • Mostrar Abstract
  • Peptides derived from endogenous antigens can bind to MHC-I molecules. Those which bind with high affinity can invoke a CD8+ immune response, resulting in the destruction of infected cells. Much work in immunoinformatics has involved the algorithmic prediction of peptide binding affinity to various MHC-I alleles. A number of tools for MHC-I binding prediction have been developed, many of which are available on the web. However, many machine learning-based methods are generally less sensitive in recognizing locally-clustered interactions, which can synergistically stabilize peptide binding. Here we propose the EPI predictor, an artificial neural network-based for HLA-A*0101 allele. Our ANN was built using 3902 epitopes for HLA-A*0101 and nine physical-chemical properties. Then the physical-chemical properties were reduced to four PCA and used as features for each amino acid in the train and test peptides. We train/test the model using 70/30% of the epitopes retrieved from the database respectively. Our model reached a good prediction level with an accuracy of 77.09 and f1 score of 0.77 in the test set. Additionally, several hyperparameters test were done to identify the most suitable multilayer neural network. In addition to the validation testing protocol, we sought to compare the accuracy rate performed by our predictor in comparison to several other predictive approaches available online. The benchmark demonstrated EPI displaying an outstanding performance in contrast to some reliable MHC-I predictors. The EPI reached 0.53 MCC score, indicating consistent predictive capacity. The strategy to build the EPI and performance compared with other predictors are discussed.

SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2024 - UFBA