Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFBA

2024
Dissertações
1
  • GABRIELA DE GODOI BENTO
  • Entre a Geografia Física, a Formação de Professores e a Geografia Escolar: abismos, pontes e caminhos

  • Orientador : GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • EDUARDO DONIZETI GIROTTO
  • ELIANA MARTA BARBOSA DE MORAIS
  • CLAUDIVAN SANCHES LOPES
  • Data: 19/02/2024

  • Mostrar Resumo
  • A carreira e a formação docente são construídas continuamente, cujas primeiras experiências se iniciam ainda na escola como estudantes, fortalecendo-se na universidade e durante toda a atuação profissional. Assim, o processo de tornar-se professor engloba toda uma trajetória de vida, mas se faz necessário pensar o processo formativo docente de tal maneira que a construção da profissionalidade e dos saberes docentes seja valorizada desde a Universidade até a prática na escola, refletindo em etapas integralmente concordantes. Ademais, urge também entender como a formação inicial dos licenciados em Geografia contribuiu para a atuação e prática docente no ensino dos componentes físico-naturais e de que forma esses saberes profissionais são fomentados para tal. Dessa forma, nosso objetivo foi analisar a contribuição da formação inicial dos licenciados em Geografia, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), para a atuação docente voltada ao ensino dos componentes físico-naturais na escola. Partimos de reflexões a respeito do histórico do ensino de Geografia e da formação de professores, bem como sobre a construção dos saberes docentes e de suas práticas e a atual realidade da formação de professores de Geografia, considerando o ensino dos componentes físico-naturais. Nos baseamos no método dialético e em uma abordagem qualitativa para analisar o atual Projeto Político Pedagógico do curso de Licenciatura em Geografia da UFBA, e no levantamento de dados sobre a formação inicial e atuação profissional junto aos estudantes e egressos em Licenciatura em Geografia desta instituição. Temos observado que ainda persiste uma formação fragmentada entre teoria (conhecimentos geográficos) e prática (conhecimentos prático-pedagógicos) que afeta a atuação docente. Essa fragmentação formativa gera também um distanciamento dos professores dos temas físico-naturais, embutidos de um distanciamento da relação entre sociedade e natureza e da realidade vivida. Concluímos que é necessário promover um processo formativo alinhado com a Geografia Escolar, que se atenta para os problemas do cotidiano da Educação Básica, para que, consequentemente, docentes tenham seus saberes valorizados. A superação das fragmentações existentes na Geografia começará a acontecer quando as instituições de formação de professores reconhecerem a importância em criar caminhos e pontes entre escola, Universidade e as Geografias produzidas nas escolas, e isso se fará quando, efetivamente, os professores da Educação Básica puderem participar desse processo na Universidade. Dessa forma, as reflexões e conhecimentos produzidos sobre sociedade e natureza, e todo o ensino e aprendizagem sobre os componentes físico-naturais, poderá ser profundamente enriquecido e amplificado.


  • Mostrar Abstract
  • Career and teacher education are continuously constructed, with the first experiences starting even in school as students, strengthening during university and throughout one's professional practice. Thus, the process of becoming a teacher encompasses the entire life trajectory. It is necessary to consider the teacher training process so that the construction of professionalism and teaching knowledge is valued from university to school, reflecting in fully aligned stages. Moreover, it is also urgent to understand how the initial education of geography graduates contributes to their teaching and professional practice in physical geography, and how this professional knowledge is cultivated for this purpose. Therefore, our goal was to analyze the contribution of the initial education of geography graduates by the Federal University of Bahia (UFBA) to teaching practices focused on physical geography in schools. We began with reflections on the history of geography teaching and teacher education, the construction of teaching knowledge and their practices, and the current reality of geography teacher education, considering the teaching of physical-natural themes. We relied on the dialectical method and a qualitative approach to analyze the current Pedagogical Political Project of the Geography Teaching Degree at UFBA and on data collection regarding initial education and professional practice among students and graduates of this program. We observed that fragmented education persists in theory (geographical knowledge) and practice (practical-pedagogical knowledge). As a result, we found that formative fragmentation also generates a distance from physical-natural themes, embedded in a detachment from the relationship between society and nature, and from lived reality. We conclude that it is necessary to promote a formative process aligned with school geography to overcome the many existing fragmentations. This will begin when teacher education institutions recognize the importance of creating paths and bridges between the geographies produced in schools and universities, and when primary education teachers participate. Consequently, the reflections and knowledge produced about society and nature may profoundly enrich teaching and learning about physical and natural themes.

2023
Dissertações
1
  • George Gonçalves Machado
  • TRANSFORMAÇÕES URBANAS DA CIDADE DE SANTO AMARO, BAHIA: OS CASOS DA CANDOLÂNDIA, CAIXA D’ÁGUA E CAIEIRA

  • Orientador : DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDERSON GOMES DE OLIVEIRA
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • SHANTI NITYA MARENGO
  • Data: 25/04/2023

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa apresenta uma análise sobre as transformações ocorridas na morfologia da mancha urbana da cidade de Santo Amaro – Bahia, a partir do mapeamento das ocupações (em área construída) dos anos de 1959, 1976, 1998, 2010 e 2020, no qual, por meio dos dados dos censos demográficos do IBGE, das técnicas de geoprocessamento e Sensoriamento Remoto (imagens de satélite, ortofotos e fotografias aéreas), conjunto das atividades de campo, tornou-se possível caracterizar e descrever o processo da ocupação, e suas transformações populacional e espacial. A cidade de Santo Amaro tem apresentado, sobretudo nesses últimos 30 anos, um paulatino crescimento populacional e territorial de caráter predominantemente desordenado, espontâneo, tendo um grande contingente de sua população vivendo nesses aglomerados subnormais. É concomitante ao período de crescimento da população urbana municipal, a partir de 1980, que se tem o surgimento e também a consolidação de áreas na periferia da cidade de Santo Amaro, como os casos dos bairros da Candolândia, ao norte da mancha, a Caixa D’água, ao noroeste, e a comunidade formada pelas ruas da Caieira e Conde, no bairro do Trapiche de Baixo, situadas na porção sul. Áreas predominantemente caracterizadas por uma precária infraestrutura. A partir dos modelos gerados, verificou-se ter havido e estar havendo ainda o adensamento e um crescimento extensivo da mancha urbana. O acumulado histórico registrado, entre 1959 a 2021, foi de um aumento de 307% em área construída. Os resultados desta pesquisa revelam ainda, que atualmente 68% da população concentra-se em somente 1% de todo território municipal. 


  • Mostrar Abstract
  • This research presents an analysis of the trends that occurred in the morphology of the urban area of the city of Santo Amaro - Bahia, based on the mapping of occupations (in built-up area) in the years 1959, 1976, 1998, 2010 and 2020, in which, by using data from the IBGE demographic censuses, geoprocessing and remote sensing techniques (satellite images, orthophotos and aerial photographs), a set of field activities, it became possible to characterize and describe the occupation process, and its population transformations and space. The city of Santo Amaro has shown, especially in the last 30 years, a gradual and territorial population growth of a predominantly disordered, spontaneous character, with a large contingent of its population living in these subnormal agglomerations. It is concomitant with the period of growth of the municipal urban population, from 1980 onwards, that areas on the outskirts of the city of Santo Amaro have been developed and consolidated, such as the cases of the neighborhoods of Candolândia, to the north of the stain, Caixa D'água, to the northwest, and the community formed by the streets of Caieira and Conde, in the neighborhood of Trapiche de Baixo, located in the southern portion. Areas predominantly characterized by poor infrastructure. From the generated models, it is tolerated having lived and still having the densification and extensive growth of the urban area. The accumulated history registered, between 1959 and 2021, was a 307% increase in the built-up area. The results of this research also proved that currently 68% of the population is concentrated in only 1% of the entire municipal territory.

2
  • George Gonçalves Machado
  • TRANSFORMAÇÕES URBANAS DA CIDADE DE SANTO AMARO, BAHIA: OS CASOS DA CANDOLÂNDIA, CAIXA D’ÁGUA E CAIEIRA

  • Orientador : DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDERSON GOMES DE OLIVEIRA
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • SHANTI NITYA MARENGO
  • Data: 25/04/2023

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa apresenta uma análise sobre as transformações ocorridas na morfologia da mancha urbana da cidade de Santo Amaro – Bahia, a partir do mapeamento das ocupações (em área construída) dos anos de 1959, 1976, 1998, 2010 e 2020, no qual, por meio dos dados dos censos demográficos do IBGE, das técnicas de geoprocessamento e Sensoriamento Remoto (imagens de satélite, ortofotos e fotografias aéreas), conjunto das atividades de campo, tornou-se possível caracterizar e descrever o processo da ocupação, e suas transformações populacional e espacial. A cidade de Santo Amaro tem apresentado, sobretudo nesses últimos 30 anos, um paulatino crescimento populacional e territorial de caráter predominantemente desordenado, espontâneo, tendo um grande contingente de sua população vivendo nesses aglomerados subnormais. É concomitante ao período de crescimento da população urbana municipal, a partir de 1980, que se tem o surgimento e também a consolidação de áreas na periferia da cidade de Santo Amaro, como os casos dos bairros da Candolândia, ao norte da mancha, a Caixa D’água, ao noroeste, e a comunidade formada pelas ruas da Caieira e Conde, no bairro do Trapiche de Baixo, situadas na porção sul. Áreas predominantemente caracterizadas por uma precária infraestrutura. A partir dos modelos gerados, verificou-se ter havido e estar havendo ainda o adensamento e um crescimento extensivo da mancha urbana. O acumulado histórico registrado, entre 1959 a 2021, foi de um aumento de 307% em área construída. Os resultados desta pesquisa revelam ainda, que atualmente 68% da população concentra-se em somente 1% de todo território municipal. 


  • Mostrar Abstract
  • This research presents an analysis of the trends that occurred in the morphology of the urban area of the city of Santo Amaro - Bahia, based on the mapping of occupations (in built-up area) in the years 1959, 1976, 1998, 2010 and 2020, in which, by using data from the IBGE demographic censuses, geoprocessing and remote sensing techniques (satellite images, orthophotos and aerial photographs), a set of field activities, it became possible to characterize and describe the occupation process, and its population transformations and space. The city of Santo Amaro has shown, especially in the last 30 years, a gradual and territorial population growth of a predominantly disordered, spontaneous character, with a large contingent of its population living in these subnormal agglomerations. It is concomitant with the period of growth of the municipal urban population, from 1980 onwards, that areas on the outskirts of the city of Santo Amaro have been developed and consolidated, such as the cases of the neighborhoods of Candolândia, to the north of the stain, Caixa D'água, to the northwest, and the community formed by the streets of Caieira and Conde, in the neighborhood of Trapiche de Baixo, located in the southern portion. Areas predominantly characterized by poor infrastructure. From the generated models, it is tolerated having lived and still having the densification and extensive growth of the urban area. The accumulated history registered, between 1959 and 2021, was a 307% increase in the built-up area. The results of this research also proved that currently 68% of the population is concentrated in only 1% of the entire municipal territory.

3
  • ÉRICA CARDOSO DE LIMA
  • AVALIAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA COBERTURA E OS IMPACTOS DO USO DA TERRA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO POJUCA-BAHIA.

  • Orientador : PABLO SANTANA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILO HEITOR CAIRES TINOCO BISNETO MELO
  • MARCELO HENRIQUE SIQUEIRA DE ARAUJO
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • VINICIUS DE AMORIM SILVA
  • Data: 30/05/2023

  • Mostrar Resumo
  • As Bacias Hidrográficas são áreas naturais consideradas importantes para a gestão
    territorial. A Bacia Hidrográfica do Rio Pojuca (BHRP), localizada no conjunto de
    bacias hidrográficas da região do Recôncavo Norte, é considerada de grande relevância
    ambiental e socioeconômica devido aos seus recursos naturais, os quais possibilitam a
    atividade econômica e demais atividades fundamentais para a sociedade. O objetivo da
    pesquisa é analisar a dinâmica da cobertura e uso da terra durante o período de 1985 à
    2020, numa temporalidade de 5 anos, e os possíveis impactos sobre os recursos
    hídricos. Para isso, a base da metodologia aplicada está relacionada a aquisição de
    dados estatísticos da cobertura e uso da terra do MapBiomas por meio de técnicas de
    sensoriamento remoto, e para a análise do Recurso Hídrico foi pertinente a delimitação
    das APP dos rios e análise da vazão média das estações fluviométricas e da
    vulnerabilidade a erosão hídrica. Para a caracterização e entendimento da área
    analisada, realizou-se análise de dados demográficos e socioeconômicos de cada
    município, além disso, verificou-se a evolução das classes de cobertura e uso da terra
    de cada um deles, a fim de entender como procedeu as alterações nesses espaços
    comparando apenas o ano inicial (1985) e o ano final (2020) da série temporal. Nesta
    avaliação espaço-temporal de 35 anos (1985-2020), constatou-se o avanço das classes
    de área urbana, silvicultura e pastagem as quais são atualmente a maior ameaça para a
    integridade dos recursos naturais da BHRP. As classes de cobertura natural sofreram
    redução como os pântanos (-24,2%) e formações florestais (-6,9%), além de outras
    coberturas naturais como áreas de praias/dunas (-78,9%) e corpos d’água (-58,33%).
    Constata-se a evolução das classes de cobertura e uso da terra nos 22 municípios da
    BHRP e a dinâmica espacial em cada um, observa-se a tendência de redução/eliminação
    das coberturas naturais ao longo da série histórica, sendo estas suprimidas pelas classes
    de uso da terra como em Aramari-BA, e ainda, por áreas urbanizadas como no caso de
    Feira de Santana-BA. A respeito das Áreas de Preservação Permanente analisadas, em
    comparação do ano inicial (1985) com o final (2020) da série histórica, obteve avanço
    das classes destinadas ao uso da terra com destaque para silvicultura (100%), pastagem
    (2%) e área urbanizada (1003%). A avaliação espaço-temporal a partir do uso de
    classificações sobre imagens de satélite disponibilizadas pela coleção 6.0 do projeto
    MapBiomas, conta como considerável alerta frente às ameaças que os usos do espaço
    representam sobre os recursos naturais disponíveis.


  • Mostrar Abstract
  • Watersheds are natural areas considered important for territorial management. The
    Pojuca River Basin (BHRP), located in the set of basins in the Recôncavo Norte region,
    is considered a great environmental and socioeconomic symbol due to its natural
    resources, which enable economic activity and other fundamental activities for society.
    The objective of the research is to analyze the dynamics of land use and land cover
    during the period from 1985 to 2020, in a period of 5 years, and the possible impacts on
    water resources. For this, the basis of the applied methodology is related to the
    acquisition of statistical data on the coverage and land use of MapBiomas images
    through remote sensing techniques, and for the analysis of the Water Resource, the
    delimitation of the APP of the rivers and analysis the average flow of the fluviometric
    stations and vulnerability to water shock. For the characterization and understanding of
    the observed area, analysis of demographic and socioeconomic data of each
    municipality was carried out, in addition, the evolution of the cover classes and land use
    of each one of them was supported, in order to understand how to proceed. changes in
    these spaces comparing only the initial year (1985) and the final year (2020) of the time
    series. In this 35-year space-time evaluation (1985-2020), the advance of the urban area,
    forestry and pasture classes, which are currently the greatest threat to the integrity of the
    BHRP's natural resources, was observed. Natural cover classes decreased such as
    swamps (-24.2%) and forest formations (-6.9%), in addition to other natural covers such
    as beach/dune areas (-78.9%) and water bodies (-58.33%). The evolution of the land
    cover and use classes in the 22 municipalities of the BHRP and the spatial dynamics in
    each one can be seen. use of land as in Aramari-BA, and also by urbanized areas as in
    the case of Feira de Santana-BA. Regarding the analyzed Permanent Preservation
    Areas, comparing the initial year (1985) with the end (2020) of the historical series,
    there was an advance in the classes destined to land use, with emphasis on forestry
    (100%), pasture (2%) and urbanized area (1003%). The spatiotemporal evaluation based
    on the use of classifications on satellite images made available by the 6.0 collection of
    the MapBiomas project, counts as being considerably alert to the threats that the uses of
    space represent on the available natural resources.

4
  • ÉRICA CARDOSO DE LIMA
  • AVALIAÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL DA COBERTURA E OS IMPACTOS DO USO DA TERRA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO POJUCA-BAHIA.

  • Orientador : PABLO SANTANA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILO HEITOR CAIRES TINOCO BISNETO MELO
  • MARCELO HENRIQUE SIQUEIRA DE ARAUJO
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • VINICIUS DE AMORIM SILVA
  • Data: 30/05/2023

  • Mostrar Resumo
  • As Bacias Hidrográficas são áreas naturais consideradas importantes para a gestão
    territorial. A Bacia Hidrográfica do Rio Pojuca (BHRP), localizada no conjunto de
    bacias hidrográficas da região do Recôncavo Norte, é considerada de grande relevância
    ambiental e socioeconômica devido aos seus recursos naturais, os quais possibilitam a
    atividade econômica e demais atividades fundamentais para a sociedade. O objetivo da
    pesquisa é analisar a dinâmica da cobertura e uso da terra durante o período de 1985 à
    2020, numa temporalidade de 5 anos, e os possíveis impactos sobre os recursos
    hídricos. Para isso, a base da metodologia aplicada está relacionada a aquisição de
    dados estatísticos da cobertura e uso da terra do MapBiomas por meio de técnicas de
    sensoriamento remoto, e para a análise do Recurso Hídrico foi pertinente a delimitação
    das APP dos rios e análise da vazão média das estações fluviométricas e da
    vulnerabilidade a erosão hídrica. Para a caracterização e entendimento da área
    analisada, realizou-se análise de dados demográficos e socioeconômicos de cada
    município, além disso, verificou-se a evolução das classes de cobertura e uso da terra
    de cada um deles, a fim de entender como procedeu as alterações nesses espaços
    comparando apenas o ano inicial (1985) e o ano final (2020) da série temporal. Nesta
    avaliação espaço-temporal de 35 anos (1985-2020), constatou-se o avanço das classes
    de área urbana, silvicultura e pastagem as quais são atualmente a maior ameaça para a
    integridade dos recursos naturais da BHRP. As classes de cobertura natural sofreram
    redução como os pântanos (-24,2%) e formações florestais (-6,9%), além de outras
    coberturas naturais como áreas de praias/dunas (-78,9%) e corpos d’água (-58,33%).
    Constata-se a evolução das classes de cobertura e uso da terra nos 22 municípios da
    BHRP e a dinâmica espacial em cada um, observa-se a tendência de redução/eliminação
    das coberturas naturais ao longo da série histórica, sendo estas suprimidas pelas classes
    de uso da terra como em Aramari-BA, e ainda, por áreas urbanizadas como no caso de
    Feira de Santana-BA. A respeito das Áreas de Preservação Permanente analisadas, em
    comparação do ano inicial (1985) com o final (2020) da série histórica, obteve avanço
    das classes destinadas ao uso da terra com destaque para silvicultura (100%), pastagem
    (2%) e área urbanizada (1003%). A avaliação espaço-temporal a partir do uso de
    classificações sobre imagens de satélite disponibilizadas pela coleção 6.0 do projeto
    MapBiomas, conta como considerável alerta frente às ameaças que os usos do espaço
    representam sobre os recursos naturais disponíveis.


  • Mostrar Abstract
  • Watersheds are natural areas considered important for territorial management. The
    Pojuca River Basin (BHRP), located in the set of basins in the Recôncavo Norte region,
    is considered a great environmental and socioeconomic symbol due to its natural
    resources, which enable economic activity and other fundamental activities for society.
    The objective of the research is to analyze the dynamics of land use and land cover
    during the period from 1985 to 2020, in a period of 5 years, and the possible impacts on
    water resources. For this, the basis of the applied methodology is related to the
    acquisition of statistical data on the coverage and land use of MapBiomas images
    through remote sensing techniques, and for the analysis of the Water Resource, the
    delimitation of the APP of the rivers and analysis the average flow of the fluviometric
    stations and vulnerability to water shock. For the characterization and understanding of
    the observed area, analysis of demographic and socioeconomic data of each
    municipality was carried out, in addition, the evolution of the cover classes and land use
    of each one of them was supported, in order to understand how to proceed. changes in
    these spaces comparing only the initial year (1985) and the final year (2020) of the time
    series. In this 35-year space-time evaluation (1985-2020), the advance of the urban area,
    forestry and pasture classes, which are currently the greatest threat to the integrity of the
    BHRP's natural resources, was observed. Natural cover classes decreased such as
    swamps (-24.2%) and forest formations (-6.9%), in addition to other natural covers such
    as beach/dune areas (-78.9%) and water bodies (-58.33%). The evolution of the land
    cover and use classes in the 22 municipalities of the BHRP and the spatial dynamics in
    each one can be seen. use of land as in Aramari-BA, and also by urbanized areas as in
    the case of Feira de Santana-BA. Regarding the analyzed Permanent Preservation
    Areas, comparing the initial year (1985) with the end (2020) of the historical series,
    there was an advance in the classes destined to land use, with emphasis on forestry
    (100%), pasture (2%) and urbanized area (1003%). The spatiotemporal evaluation based
    on the use of classifications on satellite images made available by the 6.0 collection of
    the MapBiomas project, counts as being considerably alert to the threats that the uses of
    space represent on the available natural resources.

5
  • Bruno Mercante Lourenço
  • A expansão urbana via implementação de loteamentos sobre terras rurais nos municípios de Jiquiriçá, Mutuípe e Santa Inês (Bahia)

  • Orientador : GUIOMAR INEZ GERMANI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE DOS SANTOS LIMA
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • HINGRYD INACIO DE FREITAS
  • JANIO LAURENTINO DE JESUS SANTOS
  • Data: 11/09/2023

  • Mostrar Resumo
  • O processo de expansão urbana via implementação de loteamentos sobre terras rurais resulta em novas formas espaciais que modificam o uso e o valor do espaço. Nos municípios de Jiquiriçá, Mutuípe e Santa Inês, Bahia, identificou-se uma quantidade expressiva de loteamentos urbanos sendo produzidos, o que levou a formulação de duas questões centrais: como se dá a conversão da terra rural em terra urbana? O que move este processo e quem atua?  Descobriu-se que a produção de parte dos loteamentos não se relaciona diretamente com a demanda por habitação, mas, sobretudo, com a valorização do espaço e a consequentemente apropriação de uma renda da terra acrescida. Nesse sentido, revelou-se que, em parte dos loteamentos, a produção de parte dos loteamentos é custeada pela sociedade na forma do Estado, ao passo que a produção de capital fixo sobre o solo resulta numa renda acrescida que é apropriada privadamente. Em Santa Inês (BA), revelou-se, ainda, que três dos quatro loteamentos identificados, não tiveram oficialmente a conversão de terra rural em urbana realizada. O caminho percorrido na pesquisa contou com pesquisa bibliográfica, levantamento e análise de imagens de satélites, pesquisa documental dividas entre o estudo da legislação federal e municipal acerca da produção de loteamentos e expansão da área urbana, bem como da investigação das Certidões de Inteiro Teor das propriedades transformadas em loteamentos no município de Santa Inês. Revelou-se que a produção do espaço ocorre de modo desigual, e que os sujeitos – proprietários de terra – os agentes imobiliários e o Estado atuam de modo combinado na produção de valor do e no espaço, sendo a propriedade privada a mediadora deste processo.


  • Mostrar Abstract
  • The process of urban expansion through the implementation of allotments on rural lands results in new spatial forms that modify the use and value of space. In the municipalities of Jiquiriçá, Mutuípe and Santa Inês, Bahia, a significant number of urban subdivision was identified, which led to the formulation of two central questions: how does the conversion of rural land into urban land? What drives this process and who acts?  It was found that the production of part of the allotments identified is not directly related to the demand for housing, but, above all, to the valorization of space and the consequent appropriation of an increased land rent. Like this, it was revealed that, in part of the allotments identified, the production is financed by society in the form of the State, while the production of fixed capital on the ground results in an increased rent that is appropriated privately. In Santa Inês (BA), it was also revealed that three of the four allotments did not officially have the conversion of rural land into urban land. The path taken in the research included bibliographic research, survey and analysis of satellite images, documentary research divided between the study of federal and municipal legislation on the production of allotments and urban sprawl, as well as the investigation of the Certificates of Entire Content of the properties transformed into allotments in the municipality of Santa Inês. It was revealed that the production of space occurs unevenly, and that the subjects – landowners – real estate agents and the State act in a combined way in the production of value of and in space, with private property being the mediator of this process.

6
  • Marcos Roberto Souza dos Santos
  • Desenvolvimento de atividades práticas, com o uso de geotecnologias, para o ensino Básico de Geografia, na cidade de Feira de Santana-Bahia

  • Orientador : DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • RICARDO BAHIA RIOS
  • Data: 10/10/2023

  • Mostrar Resumo
  • O ensino de Geografia se expressa através de diversas linguagens tecnológicas, a exemplo da espacial, apresentada pelo Sensoriamento Remoto e Cartográfica e estão no dia a dia das pessoas, exercendo importância significativa para a localização e orientação dos cidadãos no espaço geográfico. O objetivo geral do trabalho foi o de construir um roteiro de atividades práticas para uso dos professores no Ensino Básico de Geografia com o auxílio de geotecnologias, desenvolvido através de uma série de oficinas práticas, realizadas com professores e alunos do ensino fundamental, anos finais. O trabalho foi feito por meio de realizações de oficinas, aplicação de questionários para professores e alunos das escolas das redes pública e particular da cidade de Feira de Santana – Bahia. Os resultados da pesquisa com os professores, evidenciaram que o uso das geotecnologias é importante para o ensino e se faz necessário na escola, sobretudo no  Ensino Básico, visto que contribui de maneira contundente para o processo de ensino e aprendizagem de Geografia, pois 100 % dos docentes e discentes pesquisados, disseram facilitar nas práticas docentes: na mediação dos conteúdos, na problematização das diferentes espacialidades existentes no espaço geográfico, contribuindo, assim, para o aprendizado dos alunos.


  • Mostrar Abstract
  • The teaching of Geography is expressed through various technological languages, such as spatial languages, presented by Remote Sensing and Cartography, which are part of people's daily lives, playing a significant role in locating and orienting citizens in geographical space. The general aim of this work was to create a roadmap of practical activities for teachers to use in basic geography teaching with the help of geotechnologies, developed through a series of practical workshops, carried out with teachers and students from elementary school, in the final years. The work was carried out through workshops and questionnaires for teachers and students from public and private schools in the city of Feira de Santana - Bahia. The results of the research with the teachers showed that the use of geotechnologies is important for teaching and is necessary in schools, especially in basic education, since it contributes significantly to the process of teaching and learning geography, since 100% of the teachers and students surveyed said that it facilitated teaching practices: in the mediation of content, in the problematization of the different spatialities existing in the geographical space, thus contributing to student learning.

7
  • CARLA OLIVEIRA BRITO
  • INDICAÇÃO GEOGRÁFICA E TURISMO EM TAPEROÁ - BA:  POSSIBILIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

  • Orientador : ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • NATALIA SILVA COIMBRA DE SA
  • CAROLINA DE ANDRADE SPÍNOLA
  • Data: 07/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • Resumo: Com uma abordagem integrada dos conceitos de Indicação Geográfica, Turismo e Território, a pesquisa busca investigar como o Turismo associado à Indicação Geográfica do Azeite de Dendê pode contribuir para o desenvolvimento territorial de Taperoá-BA. O estudo destaca uma análise abrangente sobre a relevância da Indicação Geográfica (IG) no contexto do turismo e do desenvolvimento territorial, concentrando-se especificamente no município de Taperoá-BA. A relação entre a IG do Azeite de Dendê e os atrativos turísticos locais emerge como um potencial impulsionador significativo do desenvolvimento territorial. A ênfase na diferenciação de produtos e lugares por meio da IG é habilmente articulada como uma estratégia essencial para competir no mercado globalizado. A IG, compreendida como um instrumento de proteção, promoção da cultura local e valorização dos produtos, contribui para a construção de identidade e aumento do valor agregado aos produtos locais. A interligação entre turismo, propriedade industrial e território é explorada de maneira aprofundada, evidenciando a complexidade do fenômeno turístico. A metodologia adotada, fundamentada na Teoria Geral dos Sistemas, proposta por Bertalanffy, destaca o potencial transformador do turismo como impulsionador do desenvolvimento local. A pesquisa incorpora dados estatísticos da Produção Agrícola Municipal, respaldando a posição de destaque de Taperoá-BA na produção de dendê. Além disso, as descobertas da pesquisa descrevem detalhadamente a integração das rotas turísticas propostas, destacando sua relação com a cultura local, atrativos específicos e a participação da comunidade. A pesquisa também aborda considerações sobre a sustentabilidade e o meio ambiente, explorando como a implementação do turismo pode ser conduzida de maneira responsável. Observações sobre o envolvimento da comunidade local no desenvolvimento do turismo são destacadas, ressaltando iniciativas participativas e estratégias para garantir benefícios locais. A inserção de Taperoá como um município com grande potencial turístico, especialmente na Zona Turística da Costa do Dendê, fornece contexto e respaldo à relevância do estudo desta localidade. A análise da cultura do dendê como parte integrante da identidade local, tanto na gastronomia quanto nas práticas religiosas, adiciona camadas significativas à compreensão do patrimônio cultural e ao potencial turístico. Diante do exposto, a pesquisa oferece uma visão abrangente e embasada sobre a relação entre a IG do Azeite de Dendê, o turismo e o desenvolvimento territorial em Taperoá-BA, delineando claramente a complexidade dessas interações e apontando para futuras direções de pesquisa e desenvolvimento sustentável. 


  • Mostrar Abstract
  • With an integrated approach to the concepts of Geographical Indication, Tourism and Territory, this research seeks to investigate how Tourism, when associated with the Geographical Indication of Palm Oil, can contribute to the territorial development of Taperoá-BA. The study highlights a comprehensive analysis of the relevance of Geographical Indication (GI) in the context of tourism and territorial development, focusing specifically on the municipality of Taperoá-BA. The relationship between the Palm Oil GI and local tourist attractions emerges as a significant potential driver of territorial development. The emphasis on differentiating products and places through GI is skillfully articulated as an essential strategy for competing in the globalized marketplace. The GI, understood as an instrument for protecting, promoting local culture, and valuing products, contributes to building identity and increasing the added value of local products. The interconnection between Tourism, Industrial Property and Territory is explored in depth, highlighting the complexity of the tourist phenomenon. The methodology adopted, based on the General Systems Theory, proposed by Bertalanffy, highlights the transformative potential of tourism as a driver of local development. The research incorporates statistical data from Municipal Agricultural Production, supporting the prominent position of Taperoá-BA in oil palm production. Furthermore, the research findings describe in detail the integration of the proposed tourist routes, highlighting their relationship with local culture, specific attractions, and community participation. The research also addresses sustainability and environmental considerations, exploring how the implementation of tourism can be conducted responsibly. Observations on local community involvement in tourism development are highlighted, highlighting participatory initiatives and strategies to ensure local benefits. The insertion of Taperoá as a municipality with great tourist potential, especially in the Costa do Dendê Tourist Zone, provides context and support for the relevance of the study of this location. Analyzing oil palm culture as an integral part of local identity, both in gastronomy and religious practices, adds significant layers to the understanding of cultural heritage and tourism potential. In view of the above, the research offers a comprehensive and grounded view of the relationship between the Palm Oil GI, tourism, and territorial development in Taperoá-BA, clearly outlining the complexity of these interactions and pointing to future directions of research and sustainable development.

8
  • ITALO FERNANDO CARVALHO BRITO
  • Análise da dinâmica urbano-regional de Caxias/MA: especificidades no processo de transição de cidade pequena para cidade média

  • Orientador : CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • ILDO RODRIGUES OLIVEIRA
  • JANIO ROQUE BARROS DE CASTRO
  • Data: 12/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • De antigo centro manufatureiro de algodão e têxteis no vale do rio Itapecuru em fins do século XIX, contemporaneamente a cidade de Caxias passou a um importante nó na rede urbana do estado do Maranhão, contribuindo com a oferta de bens e serviços para a população e empresas em sua região de influência urbana imediata. Nos últimos anos a cidade de Caxias tem se caracterizado como núcleo sub-regional de comércio varejista, bem como, passou a ofertar serviços de saúde de alta complexidade e ensino superior para a população de municípios em sua área de influência. O estudo buscou compreender como a cidade de Caxias participa na rede urbana do Maranhão e do Brasil, com base em sua importância funcional contemporânea e na dinâmica socioeconômica e espacial na região onde ela está inserida. Para isso, buscou-se entender o que motiva atualmente os principais interesses dos agentes privados, dos Governos federal e estadual para a instalação de empreendimentos, infraestruturas e serviços de natureza regional e suas principais implicações na cidade. Nesse sentido, buscou-se compreender os processos socioeconômicos e espaciais que possibilitaram a ascensão funcional da cidade de Caxias na rede urbana maranhense, nos últimos 20 anos, bem como, identificar e analisar as tendências de crescimento funcional e espacial da cidade e seu processo de transformação de status na categoria de pequena cidade.


  • Mostrar Abstract
  • From a former cotton and textile manufacturing center in the Itapecuru river valley at the end of the 19th century, the city of Caxias has now become an important node in the urban network of the state of Maranhão, contributing to the supply of goods and services to the population and companies. in its region of immediate urban influence. In recent years, the city of Caxias has become a sub-regional hub for retail trade, as well as offering highly complex health services and higher education to the population of municipalities in its area of influence. The study sought to understand how the city of Caxias participates in the urban network of Maranhão and Brazil, based on its contemporary functional importance and the socioeconomic and spatial dynamics in the region where it is located. To this end, we sought to understand what currently motivates the main interests of private agents, federal and state governments for the installation of projects, infrastructures and services of a regional nature and their main implications for the city. In this sense, we sought to understand the socioeconomic and spatial processes that enabled the functional rise of the city of Caxias in the Maranhão urban network, in the last 20 years, as well as, identify and analyze the functional and spatial growth trends of the city and its process of transformation of status into the small town category.

9
  • JOÃO HENRIQUE DE OLIVEIRA SOUSA
  • GÊNESE E EVOLUÇÃO PEDOGEOMORFOLÓGICA DE SOLOS LATERÍTICOS-HIDROMÓRFICOS SOBRE COURAÇAS FERRUGINOSAS NOS TABULEIROS COSTEIROS DO LITORAL NORTE DA BAHIA
  • Orientador : ALISSON DUARTE DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VANIA SILVIA ROSOLEN
  • ALISSON DUARTE DINIZ
  • GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • GUILHERME TAITSON BUENO
  • Data: 19/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • Solos e relevo apresentam-se como elementos fisiográficos constituintes da paisagem de suma importância para diversos processos biogeoquímicos na geosfera. Dotados de temporalidades e escalas diferentes, estes processos compartilham atuação em locus específicos, como na vertente. Assim, este trabalho teve como objetivo estudar um sistema de transformação pedológica laterítico-hidromórfico e o papel das couraças ferruginosas na gênese e evolução pedogeomorfológica dos Tabuleiros Costeiros Preservados no Litoral Norte do Estado da Bahia. Para isso, utilizando-se da metodologia da Análise Estrutural da Cobertura Pedológica e de dados morfológicos, físicos, químicos, composicionais e mineralógicos, pôde-se identificar a existência de um Sistema de Transformação Pedológico laterítico-plíntico-gleizado. Nele, evidenciou-se a influência das couraças ferruginosas na conformação do relevo regional, subhorizontalizado, e como sua instabilidade atual, gerada pela ação freática, pedogênese e morfogênese, contribuiram no processo de arenização das coberturas pedológicas lateríticas que recobrem os Tabuleiros Costeiros. Da mesma forma, os processos pedogenéticos desencadeados afetaram diretamente as características e a composição da cobertura pedológica, influenciando, significativamente, na susceptibilidade e atuação dos processos de dissecação e incisão fluvial. Assim, entende-se que o estabelecimento e desenvolvimento da rede de drenagem, estruturalmente controlada pela reativação dos falhamentos do embasamento, principalmente durante o Neógeno, têm fundamental importância na condução dos processos de pedogeomorfogênese nos Tabuleiros Costeiros e evolução de suas coberturas pedológicas.  


  • Mostrar Abstract
  • Soils and relief present themselves as physiographic elements that constitutes landscapes and own such significance to various biogeochemical processes in geosphere. Endowed with different temporalities and scales, these processes share interaction in specific locations, such as slopes. Thus, this work aimed to study a lateritic-hydromorphic pedological transformation system and the role of ferruginous crusts in the pedogeomorphological genesis and evolution of the Preserved Coastal Tablelands in the North Coast of Bahia. For this, using the Structural Analysis of Pedological Coverage methodology, the opening of profiles that provided morphological, physical, chemical, compositional, and mineralogical data, it was possible to identify the existence of a lateritic-plinthic-gleyed Pedological Transformation System. Within it, the influence of ferruginous crusts on the sub-horizontalized regional relief conformation of the was evidenced and how its current instability, generated by water table level and morphogenesis, contributed to arenization processes of the lateritic pedological coverage along the Coastal Tablelands. Consequently, the triggered pedogenetic processes directly affected the characteristics and composition of the pedological coverage, significantly influencing the susceptibility for dissection and fluvial incision processes. Thus, it is understood that the establishment and development of the drainage network, structurally controlled by reactivated basement faults, specially during the Neogene, have a key role on the pedogeomorphological processes trends on Coastal Tablelands and its Pedological Coverage genesis and evolution.

Teses
1
  • LEONARDO FIUSA WANDERLEY
  • TERRITÓRIOS TRADICIONAIS DE MATRIZ INDÍGENA, AFRICANA E AFROINDÍGENA E O “PARAÍSO PERVERSO”: INVISIBILIZAÇÃO, INVASÃO, GRILAGEM, DESTERRITORIALIZAÇÃO E BRANQUEAMENTO NAS ILHAS DE TINHARÉ E BOIPEBA

  • Orientador : GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDUARDO ALVARES DA SILVA BARCELOS
  • JOSÉ RENATO SANT’ANNA PORTO
  • CATHERINE PROST
  • GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • MARIANA BALEN FERNANDES
  • TIAGO RODRIGUES SANTOS
  • Data: 19/04/2023

  • Mostrar Resumo
  • As ilhas de Tinharé e Boipeba são um dos principais alvos do interesse do grande capital turístico-imobiliário na região do Baixo Sul da Bahia. Diante disto, as comunidades tradicionais das ilhas têm enfrentado uma luta desigual com a proliferação de loteamentos, condomínios, resorts, fazendas, entre outros megaempreendimentos que geram um conjunto de violações aos direitos comunitários. A tese tem como objetivo geral contribuir com a compreensão histórica e “ancestral” das lutas e tradicionalidades das comunidades de Tinharé e Boipeba, e dos processos de “invisibilização, invasão, grilagem, desterritorialização e branqueamento” que vêm avançando com a expansão do modelo hegemônico de “des-envolvimento” do turismo.


  • Mostrar Abstract
  • The islands of Tinharé and Boipeba are one of the main targets of interest for the large tourist-real estate capital in
     the Baixo Sul region of Bahia. In view of this, the traditional communities of the islands have faced an unequal 
    struggle with the proliferation of allotments, condominiums, resorts, farms, among other mega-projects that 
    generate a set of violations of community rights. The thesis has the general objective of contributing to the 
    historical and “ancestral” understanding of the struggles and traditionalities of the communities of Tinharé and 
    Boipeba, and of the processes of “invisibilization, invasion, land grabbing, deterritorialization and whitening” 
    that have been advancing with the expansion of the hegemonic model of “development” of tourism.

     
     
     
     
     
     
2
  • CLOVES DOS SANTOS ARAUJO
  • CONTINUIDADES E DESCONTINUIDADES DA POSSE E APROPRIAÇÃO DA TERRA/TERRITÓRIO NA REGIÃO OESTE DA BAHIA

  • Orientador : GUIOMAR INEZ GERMANI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IREMAR BARBOSA DE ARAÚJO
  • STELLA RODRIGUES DOS SANTOS
  • CELSO ANTONIO FAVERO
  • JOSÉ GERALDO DE SOUSA JUNIOR
  • GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • VALNEY DIAS RIGONATO
  • Data: 02/06/2023

  • Mostrar Resumo
  • Esta Tese foi estruturada com o objetivo central de compreender a atuação dos múltiplos e contraditórios sujeitos dos conflitos fundiários coletivos e analisar de que modo essa atuação contribui com os processos sociais de produção e valorização dos espaços agrários nos Municípios de Formosa do Rio Preto e Serra Dourada/Baianópolis, no Oeste da Bahia. Este objetivo decorre de um processo de deslocamento do objeto da pesquisa, anteriormente proposto pelo pesquisador, visto que, inicialmente tinha como propósito central analisar como o Estado (sobretudo o Estado-Juiz) age diante dos conflitos coletivos decorrentes de disputas socioterritoriais. No decorrer da pesquisa percebeu-se a necessidade de dar voz e lugar não unicamente ao sistema político-jurídico, mas, principalmente, aos sujeitos sociais envolvidos nos conflitos; e, neste caso, aos camponeses (posseiros, agricultores familiares, comunidades geraizeiras entre outros), aos latifundiários, aos empresários, aos mineradores, aos grileiros e aos agronegociantes, nas suas diversas configurações e contradições. Com este deslocamento, o próprio objetivo ganhou um novo sentido. Antes, o Estado era visto como o mediador de conflitos; agora, ele reaparece como o outro lado da dialética do conflito, e ao lado de outros sujeitos que o permeiam e o disputam. O Estado é, em princípio, o Estado do capital e, portanto, o Estado do latifúndio e do agronegociante. Mas, em certos contextos, ele pode agir e age como mediador de conflitos, por exemplo, de conflitos socioterritoriais envolvendo comunidades tradicionais de Fundos e Fechos de Pasto. Em certas conjunturas ou situações pontuais ele reaparece rompido, como, por exemplo, quando determinados juízes contrariam orientações políticas de governantes ou interesses de latifundiários. Deste modo, esta Tese foi produzida adotando como elemento central o estudo da atuação dos diversos e contraditórios sujeitos sociais em conflito e seus mediadores e foi orientada a partir dos conceitos de produção do espaço, conflitos socioterritoriais coletivos e a atuação dos sujeitos sociais produtores de espaços.


  • Mostrar Abstract
  • This Thesis was structured with the main objective of understanding the performance of the multiple and contradictory subjects of collective land conflicts and analyzing how this action contributes to the social processes of production and valorization of agrarian spaces in the Municipalities of Formosa of River Black and Mountain range Golden /Baianópolis, in western Bahia. This objective stems from a process of displacement of the research object, previously proposed by the researcher, since, initially, its central purpose was to analyze how the State (especially the Judge-State) acts in the face of collective conflicts resulting from socio-territorial disputes. During the research, he realized the need to give voice and place not only to the political-legal system, but, mainly, to the social subjects involved in the conflicts; and, in this case, to peasants (squatters, family farmers, geraizeira communities, among others), to landowners, businessmen, miners, land grabbers and agro traders, in their various configurations and contradictions. With this displacement, the objective itself gained a new meaning. Before, the State was seen as the mediator of conflicts; now, he reappears as the other side of the conflict's dialectic, alongside other subjects who permeate and dispute him. The State is, in principle, the State of capital and, therefore, the State of the landowners and the agro-business. However, in certain contexts, it can and does act as a mediator in conflicts, for example, socio-territorial conflicts involving traditional communities from Funds and Clasps of Pasture. In certain conjunctures or punctual situations it reappears broken, as, for example, when certain judges go against political guidelines of rulers or interests of landowners. Thus, this Thesis was produced adopting as a central element the study of the performance of diverse and contradictory social subjects in conflict and their mediators and was oriented from the concepts of space production, collective socio-territorial conflicts and the performance of social subjects that produce spaces and conflicts.

     

3
  • LEILA SANTANA DA SILVA
  • “QUEM ALIMENTA O BRASIL, EXIGE RESPEITO! - Resistências a partir do campesinato e da produção de alimentos frente ao controle e movimentações do capital no campo na Região Nordeste. 

  • Orientador : GUIOMAR INEZ GERMANI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LEILE TEIXEIRA
  • Carla Craice da Silva
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • HINGRYD INACIO DE FREITAS
  • RICARDO DA SILVEIRA CARVALHO
  • VIRGINIA CAMPOS MACHADO
  • Data: 05/06/2023

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese foi construída em movimento, tendo como elo central o diálogo de saberes a partir das ações concretas e do acompanhamento do trabalho realizado nos territórios, nas ações de enfrentamento à fome articulados pelo Movimento de Pequenos Agricultores (MPA). Esta Tese parte do objetivo central – à luz do contexto agrário e agrícola encontrados na Região Nordeste, especialmente – de relacionar a importância da produção de alimentos de base camponesa e do abastecimento popular, em tempos de superação da fome e crises no Brasil. Partindo destes elementos e das crises vivenciadas (sanitária, econômica, política, social e alimentar), a partir do ano de 2016, temos por intencionalidade sistematizar e refletir a resistência da produção de alimentos nos territórios camponeses, a partir das experiências e práticas acumuladas pelo Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA). Sabendo que produzir alimentos é um ato político de resistência frente ao avanço do sistema alimentar industrial, partimos do estudo refletindo as correlações de força e as disputas vivenciadas entre o local e o global, o geral e o particular, quando nos referimos à crise alimentar atual. Neste processo, o MPA cumpre um papel tático, pois, enquanto reflexão e ação, afirma que a soberania alimentar e o abastecimento popular são eixos estratégicos para o enfrentamento à desigualdade da fome e autonomia dos países frente à permanente reprodução das desigualdades alinhadas pelo modo de produção capitalista. Desta afirmação, dos anos de 2016 a 2022, a partir das crises instauradas, consolidaram-se reações coletivas e organizadas que se tornaram experiências territoriais que tem gerado aprendizados e, principalmente, abastecimento territorial de alimentos, a exemplo do Mutirão contra a Fome. Com estes elementos, na presente Tese, para dimensionar a importância política e simbólica destas experiências e da resistência camponesa, será necessário localizar as contradições do contexto agrário e agrícola encontrados e disputas atuais do agronegócio na atual conjuntura e, assim, iremos direcionar nosso olhar para algumas dimensões do Matopiba e suas disputas dentro do campo nordestino com o avanço das corporações, para evidenciar o tamanho do avanço do capital e as consequências na imposição de um padrão agrícola que se centraliza pelos commodities. Por fim, na busca de aprofundar o objetivo traçado é que partiremos da práxis camponesa de produção e solidariedade do MPA para articular os desafios políticos, econômicos, sociais, institucionais e produtivos para o enfrentamento à fome a partir da força do capital agrário brasileiro e a necessário debate sobre a construção de um Plano Nacional de abastecimento alimentar que produza soberania alimentar e respeite a cultura dos povos. Neste estudo, buscamos percorrer, enquanto método, o materialismo histórico-dialético que permitirá o esclarecimento e não o ofuscamento da relação fenômeno e essência, sem perder de vista a totalidade do ser social. Como procedimentos metodológicos foi realizado levantamento de dados a partir do Censo Agropecuário de 2017, Produção Agrícola Municipal (PAM) e Sidra do IBGE, Rede Penssam e do Geografar/UFBA além de depoimentos realizados via entrevistas e formações de base realizadas a partir dos espaços formativos do MPA.

     


  • Mostrar Abstract
  • The present thesis was built in motion, having as its central link the dialogue of knowledge based on concrete actions and monitoring of the work carried out in the territories in actions to combat hunger articulated by the Movimento de Pequenos Agricultores (MPA). This Thesis departs from the central objective - in light of the agrarian and agricultural context found in the Northeast Region, especially - of relating the importance of peasant-based food production and popular supply in times of overcoming hunger and crises in Brazil. Starting from these elements and the crises experienced (sanitary, economic, political, social and food), from the year 2016, we intend to systematize and reflect the resistance of food production in peasant territories from the experiences and practices accumulated by the Movement of Small Farmers (MPA). Knowing that producing food is a political act of resistance against the advance of the industrial food system, we start from the study by reflecting on the correlations of strength and the disputes experienced between the local and the global, the general and the particular, when we refer to the current food crisis. In this process, the MPA plays a tactical role, since, as a reflection and action, it affirms that food sovereignty and popular supply are strategic axes for confronting the inequality of hunger and the autonomy of countries in the face of the permanent reproduction of inequalities aligned by the way of capitalist production. From this statement, from the years 2016 to 2022, from the established crises, collective and organized reactions were consolidated that became territorial experiences that have generated learning and, mainly, territorial food supply, like the Mutirão contra a Fome. With these elements, in this Thesis, in order to dimension the political and symbolic importance of these experiences and the peasant resistance, it will be necessary to locate the contradictions of the agrarian and agricultural context found and current disputes of agribusiness in the current conjuncture and, thus, we will direct our gaze to some dimensions of Matopiba and its disputes within the northeastern countryside with the advance of corporations, to show the size of the advance of capital and the consequences in the imposition of an agricultural pattern that is centered on commodities. Finally, in the pursuit of deepening the outlined objective, we will start from the peasant praxis of production and solidarity of the MPA to articulate the political, economic, social, institutional and productive challenges to face hunger from the strength of Brazilian agrarian capital and the necessary debate on the construction of a National Food Supply Plan that produces food sovereignty and respects the culture of peoples. In this study, we seek to go through, as a method, the historical dialectical materialism that will allow the clarification and not the obfuscation of the phenomenon and essence relationship, without losing sight of the totality of the social being. As methodological procedures, data collection was carried out from the 2017 Agricultural Census, Municipal Agricultural Production (PAM) and Sidra from IBGE, Rede Penssam and Geografar/UFBA, in addition to testimonials carried out via interviews and basic training carried out from the training spaces from the MPA.
4
  • MARLON MARCOS PEREIRA DE SOUSA
  • DE PARÓQUIA A SANTUÁRIO: EXPRESSÕES IDENTITÁRIAS NOS ESPAÇOS E LUGARES SAGRADOS DO CÍRIO DE NAZARÉ NA CIDADE DE SÃO LUÍS – MARANHÃO.

  • Orientador : MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • OTÁVIO JOSÉ LEMOS COSTA
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • JANIO ROQUE BARROS DE CASTRO
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • Data: 19/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • A religião faz parte das discussões geográficas do ponto de vista espiritual, reflexo das escolhas culturais de vida dos sujeitos sociais e principalmente pela tentativa dos geógrafos de entender e explicar as razões que levam os mesmos a perceber e significar o contexto espacial geográfico como sagrado. Nesse contexto, o objeto de estudo dessa pesquisa de Doutorado consiste na manifestação cultural da Festa do Círio de Nazaré da cidade de São Luís - MA, cuja sua paróquia e agora Santuário (em construção) localizam-se no bairro Cohatrac. Esse festejo é realizado desde o ano de 1992, pela comunidade local, após a visita de uma réplica da Imagem vinda da Cidade de Belém - PA. Os itinerários simbólicos realizados na festa representam grande notoriedade no cenário das manifestações culturais-religiosas de cunho popular do estado do Maranhão, preservando algumas tradições que remetem a festa da Cidade de Belém, incorporando outros simbolismos em São Luís. Desse modo, o objetivo desse trabalho consiste em analisar as construções culturais das expressões identitárias da manifestação do Círio de Nazaré, reproduzida na Cidade de São Luís, adquirindo geossímbolos próprios, a partir dos conceitos de espaço, lugar sagrado e tradição cultural. A metodologia adotada foi a observação participante e a análise dos dados foi realizada a partir dos pressupostos teóricos dos estudos culturais. Este estudo revelou que as construções identitárias do Círio de Nazaré foram capaz de superar as posições hierarquizadas das religiosidades católicas, e da tradição original de mais de dois séculos na Cidade de Belém, fomentando o turismo religioso na capital maranhense, contribuindo de forma positiva para o reconhecimento de uma nova linha devocional, adquirida através de uma roupagem  inovadora da comunidade, além de divergências multiterritoriais com a reforma de transformação da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré em Santuário do Círio.


  • Mostrar Abstract
  • Religion is part of geographical discussions from a spiritual point of view, a reflection of the cultural life choices of social subjects and mainly due to the attempt by geographers to understand and explain the reasons that lead them to perceive and signify the geographical spatial context as sacred. In this context, the object of study of this Doctoral research consists of the cultural manifestation of the Festa do Círio de Nazaré in the city of São Luís - MA, whose parish and now Sanctuary (under construction) are located in the Cohatrac neighborhood. This celebration has been held since 1992, by the local community, after the visit of a replica of the Image from the City of Belém - PA. The symbolic itineraries carried out at the festival represent great notoriety in the scene of cultural-religious manifestations of a popular nature in the state of Maranhão, preserving some traditions that refer to the festival in the City of Belém, incorporating other symbolisms in São Luís. Therefore, the objective of this work consists of analyzing the cultural constructions of the identity expressions of the Círio de Nazaré manifestation, reproduced in the City of São Luís, acquiring its own geosymbols, based on the concepts of space, sacred place and cultural tradition. The methodology adopted was participant observation and data analysis was carried out based on the theoretical assumptions of cultural studies. This study revealed that the identity constructions of the Círio de Nazaré were able to overcome the hierarchical positions of Catholic religiosities, and the original tradition of more than two centuries in the City of Belém, promoting religious tourism in the capital of Maranhão, contributing positively to the recognition of a new devotional line, acquired through an innovative approach by the community, in addition to multi-territorial differences with the reform of transforming the Parish of Nossa Senhora de Nazaré into a Santuário do Círio.

     
     
     
     
     
     
2022
Dissertações
1
  • FILIPE MATEUS LIMA GUIMARAES TRINDADE
  • IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS PROVENIENTES DA EXPANSÃO URBANA EM ÁREAS LITORÂNEAS: DISTRITOS DE ABRANTES E MONTE GORDO, CAMAÇARI – BA

  • Orientador : DENISE SILVA MAGALHAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANTE SEVERO GIUDICE
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • Data: 11/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • No trabalho, buscou-se identificar e analisar os principais impactos socioambientais
    no Litoral Nordeste do estado da Bahia, mais precisamente em localidades litorâneas
    dos distritos de Abrantes e Monte Gordo, do município de Camaçari, após a
    implementação do Polo Petroquímico de Camaçari e da BA-099, eventos esses
    catalisadores do processo de urbanização. Nesse âmbito, objetivos foram
    estabelecidos para apoiar a construção do trabalho. A metodologia adotada baseouse: no levantamento de informações bibliográficas/documentais relacionadas ao tema
    e necessárias ao embasamento teórico do estudo; na coleta de dados secundários
    espaciais e não espaciais; e no trabalho de campo, com a coleta de dados primários
    por meio da aplicação de questionários e entrevistas com moradores e agentes que
    atuam nas localidades, etapa essa de grande importância para se compreender a
    percepção dos residentes quanto à questão socioambiental. A análise dos dados e
    informações demonstrou que os problemas socioambientais nas localidades são
    graves, apesar das ações dos moradores em minimizar essas questões através de
    ações públicas individuais e coletivas, diante da grande demanda ainda não
    solucionada pelo poder público municipal. Ao final da pesquisa será possibilitado um
    retorno do trabalho à sociedade (devolutiva social), através da distribuição de cartilhas
    nas associações locais e, por meio dessas, buscar conscientizar a população quanto
    aos impactos socioambientais gerados pela ocupação urbana, bem como o de
    procurar preservar os espaços que ainda permanecem ambientalmente pouco
    alterados na região.


  • Mostrar Abstract
  • In the work, we sought to identify and analyze the main socio-environmental impacts on the Northeast Coast of the state of Bahia, more precisely in coastal locations in the districts of Abrantes and Monte Gordo, in the municipality of Camaçari, after the implementation of the Camaçari Petrochemical Pole and BA-099, events that are catalysts of the urbanization process. In this context, objectives were established to support the construction of the work. The methodology adopted was based on: the survey of bibliographic/documentary information related to the theme and necessary for the theoretical basis of the study; in the collection of spatial and non-spatial secondary data; and in the field work, with the collection of primary data through the application of questionnaires and interviews with residents and agents who work in the localities, a step of great importance to understand the perception of residents regarding the socio-environmental issue. The analysis of data and information showed that the socio-environmental problems in the localities are serious, despite the actions of the residents in minimizing these issues through individual and collective public actions, in view of the great demand not yet solved by the municipal government. At the end of the research, it will be possible to return work to society (social feedback), through the distribution of booklets in local associations and, through these, seek to raise awareness of the population about the socio-environmental impacts generated by urban occupation, as well as to seek to preserve spaces that still remain environmentally little changed in the region.

2
  • CRISLANE PALMA DA SILVA ROSA
  •  “BEIJE SUA PRETA EM PRAÇA PÚBLICA”: DA APROPRIAÇÃO DO CORPO À APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO

  • Orientador : ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JORGE LUIZ BARBOSA
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MAIRA KUBIK TAVEIRA MANO
  • Data: 25/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • A partir da repetida leitura de um excerto do poema escrito por Lande Onawale (1991), iniciei uma série de questionamentos acerca da presença de lésbicas e mulheres negras em espaços públicos. Afinal, quem pode beijar “sua preta em praça pública”? Há, por trás do poema, uma série de outros imperativos que compõem essa “Bandeira” e a mantém, mesmo após vinte anos, como um símbolo para a população negra. Como a Geografia poderia me ajudar a compreendê-la em profundidade? Ora, um dos caminhos trilhados nesta dissertação foi analisar como as relações sociais de sexo, de raça e de classe se reproduzem, tendo como premissa que: estas relações sociais são imbricadas, não havendo hierarquia entre elas; que, como afirma Carlos (2015, p.13), “as relações sociais se realizam na condição de relações espaciais”, logo, a partir da análise das práticas espaciais, seria possível encontrar indícios de como tais relações se materializam; e que as ausências podem ser tão reveladoras das práticas espaciais quanto as presenças, tornando-as um par dialético necessário para o desenvolvimento desta pesquisa. Através de levantamentos bibliográficos e de dados, entrevistas semiestruturadas, visitas de campo e registros fotográficos, busquei construir uma análise comparativa entre as práticas espaciais realizadas nas Praças Arthur Lago e Ana Lúcia Magalhães, em Pernambués e na Pituba, respectivamente, a fim de compreender como o par fragmentação-articulação do espaço urbano (CORREA, 1993) se reproduz em bairros fundamentalmente desiguais. Esta comparação, portanto, se constrói à medida que contextualizamos a formação histórica de cada bairro, inserindo-os no contexto soteropolitano, baiano e brasileiro, para demonstrar como as divisões do trabalho dividem o espaço desde o processo de acumulação primitiva do capital até a atualidade. A interpretação dos habitus, expressados pelas/os moradoras/es mediante os gostos de luxo e de necessidade, foi um instrumento central para uma aproximação dos recortes espaciais em questão, na busca por fazer uma leitura que não reduzisse a classe social à classe de renda, e não a reificasse perante as relações sociais de sexo e de raça. Nesse ínterim, os conceitos de território, territorialização, lugar e lugarização (SERPA, 2017, 2020), pensados pela perspectiva da imbricação das relações sociais, foram fundamentais para chegarmos à questão: há lugar para as mulheres negras? E retomarmos, por conseguinte, a questão inicial: quem pode beijar a sua preta em praça pública? 


  • Mostrar Abstract
  • From the repeated reading of an excerpt from the poem written by Lande Onawale (1991), I started a series of questions about the presence of lesbians and black women in public spaces. After all, who can kiss “your black woman in a public square”? There are, behind the poem, a series of other imperatives that make up this “Flag” and keep it, even after twenty years, as a symbol for the black population. How could Geography help me to understand it in depth? One of the paths followed in this dissertation was to analyze how the social relations of sex, race, and class are reproduced, based on the premise that: these social relations are intertwined, with no hierarchy between them; as Carlos (2015, p. 13) states, “social relationships are carried out in the condition of spatial relationships”, so, from the analysis of spatial practices, it would be possible to find evidence of how such relationships materialize; and that absences can be as revealing of spatial practices as presences, making them a necessary dialectical pair for the development of this research. Through bibliographic and data surveys, semi-structured interviews, field visits, and photographic records, I sought to build a comparative analysis between the spatial practices carried out in Arthur Lago and Ana Lúcia Magalhães Squares, in Pernambués and Pituba, respectively, to understand how the fragmentation-articulation pair of urban space (CORREA, 1993) is reproduced in fundamentally unequal neighborhoods. This comparison, therefore, is built as we contextualize the historical formation of each neighborhood, inserting them in the Salvador, Bahia, and Brazilian contexts, to demonstrate how the divisions of labour divide the space from the process of primitive accumulation of capital to nowadays. The interpretation of the habitus, expressed by the residents through the tastes of luxury and necessity, was a central instrument for an approximation of the spatial cuts in question, in the search for a reading that did not reduce the social class to the income class, and did not reify it in the face of social relations of sex and race. In the meantime, the concepts of territory, territorialization, place, and sense of place (SERPA, 2017, 2020), engendered from the perspective of the imbrication of social relations, were fundamental to get to the question: is there a place for black women? We return, therefore, to the initial question: who can kiss their black woman in a public square? 

3
  • GABRIEL BARBOSA LÔBO
  • USO E OCUPAÇÃO DA TERRA NA TRANSFORMAÇÃO DA PAISAGEM: UM ESTUDO EM ÁREAS DE COMUNIDADES TRADICIONAIS QUILOMBOLAS NA RESEX MARINHA DA BAÍA DO IGUAPE E SEU ENTORNO - BAHIA

  • Orientador : DENISE SILVA MAGALHAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO PUENTES TORRES
  • CATHERINE PROST
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • Data: 29/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • Essa dissertação trata de um estudo realizado para se analisar o processo de
    uso e ocupação da terra na transformação da paisagem, em áreas de
    comunidades tradicionais quilombolas na Resex Marinha da Baía do Iguape e
    seu entorno. A partir desse trabalho, constatou-se a existência de uma teia de
    fatores que envolvem agentes atuantes na transformação das características
    paisagísticas dessas áreas, em correlação direta com a dificuldade de
    sobrevivência desses povos, submetidos a uma realidade precária do ponto de
    vista socioambiental, como: dificuldade de acesso, falta de água e de
    esgotamento sanitário. Comprovou-se que o processo de modificação da
    paisagem, com base nos produtos cartográficos ‒ imagens de satélites ‒,
    influenciou na redução dos recursos naturais, em áreas de manguezais, de
    florestas, assim como o avanço das culturas agrícolas, das pastagens e
    expansão das áreas urbanas, em curto período de tempo. Os questionários
    aplicados aos moradores e líderes comunitários corroboraram para a
    identificação dos principais aspectos das transformações da paisagem nessas
    comunidades. Concluiu-se que existe um processo danoso de ocupação
    espacial que invisibiliza as comunidades tradicionais que, para defender a
    sobrevivência, lutam para barrar a opressão dos domínios do grande capital.
    Tal fato revela a ausência efetiva do Estado, uma extensa e constante cadeia
    de conflitos na área da Resex e seu entorno, sendo premente a participação da
    sociedade civil para chamar a atenção dos governos estaduais e municipais,
    em favor da manutenção desses espaços de vida.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation deals with a study carried out to analyze the process of using
    and occupation of land in transformation of the landscape, in traditional areas of
    quilombola communities in the Marine Resex of Baía do Iguape and its
    surroundings. From this work, it watched the existence of a web of factors that
    involve agents acting in the transformation of the landscape characteristics of
    these areas, in direct correlation with the difficulty of survival of these peoples,
    submitted to a precarious reality from the socio-environmental point of view,
    such as: difficult access, lack of water and sanitation. It was proved that the
    process of landscape modification, based on cartographic products ‒ satellite
    images ‒, influenced the reduction of natural resources, in areas of mangroves,
    forests, as well as the advancement of agricultural crops, pastures and
    expansion of urban areas in a short period of time. The questionnaires applied
    to residents and community leaders corroborated the identification of the main
    aspects of landscape transformations in these communities. It was concluded
    that there is a harmful process of spatial occupation that makes traditional
    communities invisible, which, in order to defend their survival, fight to stop the
    oppression of the domains of big capital. This fact reveals the effective absence
    of the State, an extensive and constant chain of conflicts in the area of Resex
    and its surroundings, being urgent the participation of civil society to draw the
    attention of state and municipal governments, in favor of the maintenance of
    these spaces of life.

4
  • IVANEIDE DA CONCEIÇÃO PITANGA
  • “AÍ EU VIM EMBORA, VIM PARA A ILHA”: MIGRAÇÃO DE MARAGOGIPANOS PARA VERA CRUZ-BA A PARTIR DA DÉCADA DE 1970 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DO LUGAR

  • Orientador : CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GISLENE APARECIDA DOS SANTOS
  • MARIA GONÇALVES CONCEIÇÃO SANTOS
  • CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • Data: 29/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo teve como objetivo compreender o processo de migração de pessoas do município de Maragogipe-Ba para a ilha de Itaparica a partir da década de 1970 e que perdura até os dias atuais, bem como explicar como esses migrantes criaram a comunidade de vizinhança “Maragogipinho” no município de Vera Cruz-BA. Para entender o fenômeno pesquisado, foi discutido o conceito de migração e incorporados os conceitos de lugar e identidade. A partir da abordagem conceitual, da metodologia empregada que envolveu pesquisa bibliográfica, documental, de campo com dados primários (entrevistas e aplicação de questionários) e levantamentos de dados secundários, pôde-se analisar as informações e concluir com alguns resultados. A partir da década de 1970 tanto o município de Maragogipe como a ilha de Itaparica vinha passando por transformações socioeconômicas importantes: enquanto Maragogipe enfrentava graves crises já antigas, sobretudo ligadas ao setor fumageiro, implicando a emigração da população, na ilha de Itaparica, o Governo estadual estava implantando o sistema rodoaquaviário para ligar a ilha ao continente por meio da construção do terminal marítimo do Ferry Boat, do trecho de rodovia na ilha (BA-001) e da Ponte do Funil. Isso atraía grande contingente de população para o trabalho nas obras de construção civil, ao tempo em que o turismo local de sol e praia era estimulado. Ao longo do tempo, parte das pessoas que saiu de Maragogipe para a ilha de Itaparica se estabeleceu numa localidade que posteriormente passou a ser chamada Maragogipinho, constituindo uma comunidade de vizinhança à qual imprimiram seus modos de vida tendo na agricultura familiar o principal meio de sustento, principalmente durante o tempo de consolidação do lugar.


  • Mostrar Abstract
  • The present study aimed to understand the process of migration of people from the municipality of Maragogipe-Ba to the Island of Itaparica from the decade of 1970 and that lasts until the present day, as well as, explain how these created the migrant community neighborhood "Maragogipinho " in the municipality of Vera Cruz-Ba. To understand the phenomenon researched was discussed the concepts of migration, place and identity. From the conceptual approach, the metodology used by searches bibliography, documentary, field with primary data (interviews and quiz and surveys secondary data), It was possible to analyze the information and to finish with some results. From the decade of 1970, both the municipalities of Maragogipe and the Island of Itaparica was undergoing transformations important socio economic factors: while Maragogipe faced serious already crises, linked mainly to the tobacco sector implying the emigration of the population; already on the Island of Itaparica the state government was implementing the road and waterway system to connect the Island to the continent through construction from the maritime terminal the ferry boat, the stretch of highway on the Island (Ba-001), and the "Funnel Bridge". This attracted a large number of the population to work in civil construction, at moment when local sun and beaches tourism was stimulated. In the course of time, part of the people who left from Maragogipe to Island of Itaparica established themselves at a place that later came to be called Maragogipinho constituting a neighborhood where they imprinted their ways of life, having family farming as the main means of livelihood, especially during the time of consolidation of the place.

5
  • JUAREZ SOUZA LIMA
  • DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA PARA DETERMINAÇÃO DOS ÍNDICES DE DISSECAÇÃO DO RELEVO

  • Orientador : PABLO SANTANA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCO ANTONIO TOMASONI
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • VINICIUS DE AMORIM SILVA
  • Data: 23/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • A morfometria do relevo, ou geomorfometria, consiste na análise quantitativa de parâmetros do relevo como: comprimento de vertente, declividade, amplitude e comprimento dos interflúvios. Também se enquadram as análises quantitativas das bacias de drenagens e seus canais fluviais como: comprimento, densidade, hierarquia e forma das bacias. As análises compõem o mapeamento geomorfológico e são aplicadas principalmente para caracterização do relevo, no que tange a sua morfodinâmica e consequentemente a sua vulnerabilidade
    ambiental. O presente trabalho apresenta revisão bibliográfica sobre a temática partindo de Horton (1945) como referência principal, passando por autores importantes como Strahler (1952); Chorley (1958); e Evans (1972). Incrementa as referências bibliográficas com autores brasileiros: RADAM Brasil (1978); Christofoletti (1974); e Ross (1994). Este último é tomado como base por Lima (2018) para automatizar uma metodologia de mapeamento dos índices de dissecação do relevo que cruzam as variáveis de relevo, comprimento médio dos
    interflúvios x aprofundamento dos vales. A presente pesquisa desenvolve uma ferramenta para o software de sistemas de informações geográficas QGIS para calcular os índices de dissecação do relevo a partir da proposta desenvolvida por Lima (2018). Para tanto, o autor compara as propostas de automatização desenvolvidas por Lima (2018) e Guimarães et al (2017). Através de teste estatístico, cálculo de área e análise técnica-conceitual o texto apresenta resultados que as diferem uma da outra, destacando a proposta de Lima (2018) como a mais fiel aos índices de dissecação propostos por Ross (1994).

    Posteriormente, a proposta de Lima (2018) é aplicada em um trecho que se estende do litoral norte ao oeste da Bahia com a finalidade de analisar o comportamento da metodologia desenvolvida em diversos ambientes e feições de relevo. Por fim, o autor apresenta a automatização dos Índices de Dissecação do Relevo em duas etapas. A primeira etapa é através da construção de um modelo no módulo de processamento do QGIS que se mostrou muito eficiente quanto ao tempo de processamento. Para à área em teste houve ganho de
    aproximadamente 1h40min. A segunda etapa consiste na apresentação do algoritmo em linguagem de programação python do qual obtivemos a ferramenta IDROSS94. A ferramenta trouxe para o processo ganho de tempo e praticidade a determinação dos Índices de Dissecação do Relevo.


  • Mostrar Abstract
  • The morphometry of the relief, or geomorphometry, consists of the quantitative analysis of relief parameters such as: length of slope, slope, amplitude and length of interfluves. Also included are quantitative analyses of drainage basins and their fluvial channels such as: length, density, hierarchy and shape of the basins. The analyses compose the geomorphological mapping and are applied mainly to characterize the relief as to its morphodynamics and consequently its environmental vulnerability. The present work presents a bibliographical review on the theme, starting with Horton (1945) as the main reference, passing through important authors such as Strahler (1952); Chorley (1958); and Evans (1972). The bibliographical references are augmented by Brazilian authors: RADAM Brasil (1978); Christofoletti (1974); and Ross (1994). The latter is taken as a basis by Lima (2018) to automate a methodology for mapping relief dissection indices that cross-refer to the relief variables mean length of interfluves x depth of valleys. The present work develops a tool for the geographic information system software QGIS to calculate the relief dissection indices from the proposal developed by Lima (2018). For this, the author compares the automation proposals developed by Lima (2018) and Guimarães et al (2017). Through statistical test, area calculation and technical-conceptual analysis the text presents results that differentiate them from each other, highlighting Lima's (2018) proposal as the most faithful to the dissection indexes proposed by Ross (1994). Subsequently, the proposal of Lima (2018) is applied in a stretch that extends from the northern coast to western Bahia with the purpose of analyzing the behavior of the developed methodology in various environments and relief features. Finally, the author presents the automation of the Relief Dissection Indices in two stages. The first step is through the construction of a model in the QGIS processing module that proved to be very efficient in terms of processing time. For the area under test there was a gain of approximately 1h40min. The second step is the presentation of the algorithm in python programming language, from which we obtained the IDROSS94 tool. The tool brought a gain of time and practicality to the process of determining the relief dissection indices. 

6
  • LÍVIA RITA CASTRO DOS SANTOS
  • “VIVÊNCIAS, PERCEPÇÕES E REPRESENTAÇÕES NA CIDADE DE VALENÇA-BAHIA, COMO SUBSÍDIO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PDDU PARTICIPATIVO

  • Orientador : DENISE SILVA MAGALHAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • ANDRÉ NUNES DE SOUSA
  • CLAUDIA ANASTÁCIO COELHO CRUZ
  • Data: 26/05/2022
    Ata de defesa assinada:

  • Mostrar Resumo
  • Nesta dissertação, aborda-se a atuação dos agentes sociais na produção e reprodução do espaço, consequentemente na construção de políticas de planejamento urbano, como o Plano Diretor, tendo como objeto de estudo a cidade de Valença – Bahia. O objetivo da pesquisa foi analisar a participação popular na construção de políticas de planejamento e identificar as percepções e representações dos moradores e de que forma as mesmas podem contribuir para a mudança da realidade social. O estudo tem como recorte espacial a Macrozona 2 da cidade de Valença – Bahia, e recorte temporal o início do processo de elaboração do Plano Diretor de Valença, em 1999, até 2021. No processo da pesquisa, procurou-se averiguar de que forma se deu a construção desse PDDU, tendo em vista a participação popular na sua elaboração, e apresentar uma proposta de metodologia, não como algo pronto e acabado, mas sim como uma base instrutiva para servir de exemplo a futuras políticas participativas. A discussão teóricoconceitual está centrada no conceito de espaço geográfico em uma perspectiva do materialismo histórico-dialético e também parte de uma inspiração fenomenológica, tendo o lugar enquanto espaço vivido. Ao longo do trabalho esses conceitos foram desenvolvidos em momentos diferentes, primeiramente apresentando as contradições no espaço e, depois, partiu para um contexto mais subjetivo. As vivências, percepções e representações foram analisadas a partir da população entrevistada, trazendo à tona, anseios, particularidades e pluralidades que caracterizam a cidade em estudo. Os resultados obtidos mostram que: não houve uma participação popular efetiva na elaboração do Plano Diretor; as percepções dos entrevistados sobre a cidade de Valença são de desejos de mudanças; e a metodologia proposta pode ser utilizada no Plano de Mobilização Social.


  • Mostrar Abstract
  • In this dissertation, the role of social agents in the production and reproduction of space is addressed, consequently in the construction of urban planning policies, such as the Master Plan, having as object of study the city of Valença - Bahia. The objective of the research was to analyze the popular participation in the construction of planning policies and to identify the perceptions and representations of the residents and how they can contribute to the change of the social reality. The study has as a spatial cutout, Macrozone 2 of the city of Valença - Bahia, and a temporal cutout from the beginning of the elaboration process of the Master Plan of Valença, in 1999, until 2021. In the research process, we tried to find out how the construction of this PDDU took place, with a view to popular participation in its elaboration, and to present a methodology proposal, not as something ready and finished, but as an instructive basis to serve as an example for future participatory policies. The theoretical-conceptual discussion is centered on the concept of geographic space in a historical-dialectical materialism perspective and also starts from a phenomenological inspiration, having the place as a lived space. Throughout the work, these concepts were developed at different times, first presenting the contradictions in space and then moving on to a more subjective context. The experiences, perceptions and representations were analyzed from the interviewed population, bringing to the fore, desires, particularities and pluralities that characterize the city under study. The results obtained show that: there was no effective popular participation in the elaboration of the Master Plan; the interviewees' perceptions about the city of Valença are of desire for change; and the proposed methodology can be used in the Social Mobilization Plan.

7
  • LÍVIA RITA CASTRO DOS SANTOS
  • “VIVÊNCIAS, PERCEPÇÕES E REPRESENTAÇÕES NA CIDADE DE VALENÇA-BAHIA, COMO SUBSÍDIO PARA A CONSTRUÇÃO DE UM PDDU PARTICIPATIVO

  • Orientador : DENISE SILVA MAGALHAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ NUNES DE SOUSA
  • CLAUDIA ANASTÁCIO COELHO CRUZ
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • Data: 26/05/2022
    Ata de defesa assinada:

  • Mostrar Resumo
  • Nesta dissertação, aborda-se a atuação dos agentes sociais na produção e reprodução do espaço, consequentemente na construção de políticas de planejamento urbano, como o Plano Diretor, tendo como objeto de estudo a cidade de Valença – Bahia. O objetivo da pesquisa foi analisar a participação popular na construção de políticas de planejamento e identificar as percepções e representações dos moradores e de que forma as mesmas podem contribuir para a mudança da realidade social. O estudo tem como recorte espacial a Macrozona 2 da cidade de Valença – Bahia, e recorte temporal o início do processo de elaboração do Plano Diretor de Valença, em 1999, até 2021. No processo da pesquisa, procurou-se averiguar de que forma se deu a construção desse PDDU, tendo em vista a participação popular na sua elaboração, e apresentar uma proposta de metodologia, não como algo pronto e acabado, mas sim como uma base instrutiva para servir de exemplo a futuras políticas participativas. A discussão teóricoconceitual está centrada no conceito de espaço geográfico em uma perspectiva do materialismo histórico-dialético e também parte de uma inspiração fenomenológica, tendo o lugar enquanto espaço vivido. Ao longo do trabalho esses conceitos foram desenvolvidos em momentos diferentes, primeiramente apresentando as contradições no espaço e, depois, partiu para um contexto mais subjetivo. As vivências, percepções e representações foram analisadas a partir da população entrevistada, trazendo à tona, anseios, particularidades e pluralidades que caracterizam a cidade em estudo. Os resultados obtidos mostram que: não houve uma participação popular efetiva na elaboração do Plano Diretor; as percepções dos entrevistados sobre a cidade de Valença são de desejos de mudanças; e a metodologia proposta pode ser utilizada no Plano de Mobilização Social.


  • Mostrar Abstract
  • In this dissertation, the role of social agents in the production and reproduction of space is addressed, consequently in the construction of urban planning policies, such as the Master Plan, having as object of study the city of Valença - Bahia. The objective of the research was to analyze the popular participation in the construction of planning policies and to identify the perceptions and representations of the residents and how they can contribute to the change of the social reality. The study has as a spatial cutout, Macrozone 2 of the city of Valença - Bahia, and a temporal cutout from the beginning of the elaboration process of the Master Plan of Valença, in 1999, until 2021. In the research process, we tried to find out how the construction of this PDDU took place, with a view to popular participation in its elaboration, and to present a methodology proposal, not as something ready and finished, but as an instructive basis to serve as an example for future participatory policies. The theoretical-conceptual discussion is centered on the concept of geographic space in a historical-dialectical materialism perspective and also starts from a phenomenological inspiration, having the place as a lived space. Throughout the work, these concepts were developed at different times, first presenting the contradictions in space and then moving on to a more subjective context. The experiences, perceptions and representations were analyzed from the interviewed population, bringing to the fore, desires, particularities and pluralities that characterize the city under study. The results obtained show that: there was no effective popular participation in the elaboration of the Master Plan; the interviewees' perceptions about the city of Valença are of desire for change; and the proposed methodology can be used in the Social Mobilization Plan.

8
  • MARLISON DOS ANJOS CARVALHO
  • REGIONALIZAÇÃO E JUSTIÇA TERRITORIAL NAS POLÍTICAS DA REGIÃO DE SAÚDE DE SALVADOR

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • SOFIA REBOUÇAS NETA PEREIRA
  • JOANA ANGELICA OLIVEIRA MOLESINI
  • Data: 11/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo buscou compreender se a regionalização da saúde gera justiça espacial, na Região de Saúde de Salvador, investigando o Sistema Único de Saúde (SUS) em dois contextos distintos do federalismo brasileiro (localismo x regionalismo). A justiça espacial é um conceito que tem sido construído na geografia brasileira nas últimas décadas e prioriza diversos elementos nas abordagens. Nesta pesquisa, a noção de justiça espacial prioriza a lógica territorial de distribuição equitativa dos serviços de saúde, visando preencher a lacuna existente na geografia sobre a expressão territorial da saúde. Desta forma, com o localismo na saúde, as municipalidades assumem o protagonismo em realizar a gestão das políticas de saúde em seu território, no entanto, foi notável que a maior parte dos municípios brasileiros não dispõem de recursos e de infraestrutura adequada para oferecer os serviços de atenção básica a sua população. Por este motivo, a regionalização, etapa posterior e de complementação ao localismo, tornou-se uma estratégia viável para a correção das desigualdades territoriais na saúde, através da mobilização de esforços coletivos dos entes envolvidos na oferta de serviços de média e alta complexidade (MAC), principal alvo da regionalização. Contudo, sem perder de vista a complexidade dos processos envolvidos na dialética socioespacial da territorialização da saúde, verifica-se que nem sempre a lógica da solidariedade presente nas diretrizes do SUS prevalece na distribuição dos recursos, pois, é comum as assimetrias de poder das municipalidades maiores influenciar nos rumos da regionalização, gerando a competição por recursos escassos na Região de Saúde. Assim, a pesquisa aponta que a regionalização na saúde é um processo contínuo e inacabado, atravessado pelo jogo político das forças sociais, e suas experiências não poderão ser únicas nos diferentes territórios. Dessa forma, a justiça espacial torna-se um horizonte analítico e político que pode contribuir para a construção de uma regionalização que ajuda a reduzir as desigualdades territoriais de saúde. 


  • Mostrar Abstract
  • This study sought to understand whether the regionalization of health generates spatial justice in the Health Region of Salvador, investigating the Unified Health System (SUS) in two different contexts of Brazilian federalism (localism x regionalism). Spatial justice is a concept that has been built in Brazilian geography in recent decades and prioritizes several elements in the approaches. In this research, the notion of spatial justice prioritizes the territorial logic of equitable distribution of health services, aiming to fill the gap that exists in geography regarding the territorial expression of health. In this way, with localism in health, municipalities assume the leading role in carrying out the management of health policies in their territory, however, it was notable that most Brazilian municipalities do not have adequate resources and infrastructure to offer services of primary care to its population. For this reason, regionalization, a later stage that complements localism, has become a viable strategy for correcting territorial inequalities in health, through the mobilization of collective efforts of the entities involved in the provision of medium and high complexity services (MAC ), the main target of regionalization. However, without losing sight of the complexity of the processes involved in the socio-spatial dialectic of the territorialization of health, it appears that the logic of solidarity present in the SUS guidelines does not always prevail in the distribution of resources, as the asymmetries of power in the municipalities are common. influence the direction of regionalization, generating competition for scarce resources in the Health Region. Thus, the research points out that regionalization in health is a continuous and unfinished process, crossed by the political game of social forces, and their experiences cannot be unique in different territories. In this way, spatial justice becomes an analytical and political horizon that can contribute to the construction of a regionalization that helps to reduce territorial health inequalities.

9
  • MARLISON DOS ANJOS CARVALHO
  • REGIONALIZAÇÃO E JUSTIÇA TERRITORIAL EQUITATIVA NAS POLÍTICAS DA REGIÃO DE SAÚDE DE SALVADOR

     

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • JULIANA NUNES RODRIGUES
  • JOANA ANGELICA OLIVEIRA MOLESINI
  • SOFIA REBOUÇAS NETA PEREIRA
  • Data: 11/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo buscou compreender se a regionalização da saúde gera justiça espacial, na Região de Saúde de Salvador, investigando o Sistema Único de Saúde (SUS) em dois contextos distintos do federalismo brasileiro (localismo x regionalismo). A justiça espacial é um conceito que tem sido construído na geografia brasileira nas últimas décadas e prioriza diversos elementos nas abordagens. Nesta pesquisa, a noção de justiça espacial prioriza a lógica territorial de distribuição equitativa dos serviços de saúde, visando preencher a lacuna existente na geografia sobre a expressão territorial da saúde. Desta forma, com o localismo na saúde, as municipalidades assumem o protagonismo em realizar a gestão das políticas de saúde em seu território, no entanto, foi notável que a maior parte dos municípios brasileiros não dispõem de recursos e de infraestrutura adequada para oferecer os serviços de atenção básica a sua população. Por este motivo, a regionalização, etapa posterior e de complementação ao localismo, tornou-se uma estratégia viável para a correção das desigualdades territoriais na saúde, através da mobilização de esforços coletivos dos entes envolvidos na oferta de serviços de média e alta complexidade (MAC), principal alvo da regionalização. Contudo, sem perder de vista a complexidade dos processos envolvidos na dialética socioespacial da territorialização da saúde, verifica-se que nem sempre a lógica da solidariedade presente nas diretrizes do SUS prevalece na distribuição dos recursos, pois, é comum as assimetrias de poder das municipalidades maiores influenciar nos rumos da regionalização, gerando a competição por recursos escassos na Região de Saúde. Assim, a pesquisa aponta que a regionalização na saúde é um processo contínuo e inacabado, atravessado pelo jogo político das forças sociais, e suas experiências não poderão ser únicas nos diferentes territórios. Dessa forma, a justiça espacial torna-se um horizonte analítico e político que pode contribuir para a construção de uma regionalização que ajuda a reduzir as desigualdades territoriais de saúde. 


  • Mostrar Abstract
  • This study sought to understand whether the regionalization of health generates spatial justice in the Health Region of Salvador, investigating the Unified Health System (SUS) in two different contexts of Brazilian federalism (localism x regionalism). Spatial justice is a concept that has been built in Brazilian geography in recent decades and prioritizes several elements in the approaches. In this research, the notion of spatial justice prioritizes the territorial logic of equitable distribution of health services, aiming to fill the gap that exists in geography regarding the territorial expression of health. In this way, with localism in health, municipalities assume the leading role in carrying out the management of health policies in their territory, however, it was notable that most Brazilian municipalities do not have adequate resources and infrastructure to offer services of primary care to its population. For this reason, regionalization, a later stage that complements localism, has become a viable strategy for correcting territorial inequalities in health, through the mobilization of collective efforts of the entities involved in the provision of medium and high complexity services (MAC ), the main target of regionalization. However, without losing sight of the complexity of the processes involved in the socio-spatial dialectic of the territorialization of health, it appears that the logic of solidarity present in the SUS guidelines does not always prevail in the distribution of resources, as the asymmetries of power in the municipalities are common. influence the direction of regionalization, generating competition for scarce resources in the Health Region. Thus, the research points out that regionalization in health is a continuous and unfinished process, crossed by the political game of social forces, and their experiences cannot be unique in different territories. In this way, spatial justice becomes an analytical and political horizon that can contribute to the construction of a regionalization that helps to reduce territorial health inequalities.

10
  • JOÃO MANOEL NASCIMENTO DOS SANTOS
  • SER PIBID EM GEOGRAFIA DA UFBA: DA POLÍTICA PÚBLICA ÀS EXPERIÊNCIAS FORMATIVAS

  • Orientador : GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROSELANE ZORDAN COSTELLA
  • GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • MARIANA MARTINS DE MEIRELES
  • Data: 05/08/2022
    Ata de defesa assinada:

  • Mostrar Resumo
  • O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) foi criado no ano de 2007, ainda em fase experimental, mais tarde foi expandido e se consolidou enquanto uma política pública federal de formação inicial docente, voltado as diversas áreas do saber. A estrutura do programa articula universidade e escola básica com foco na valorização e incentivo da licenciatura, contribuindo com a práxis no processo formativo, e oportunizando perspectivas distintas de universidade, escola básica, espaço e do sujeito sobre si. Embora demonstre grande sucesso neste processo, o programa tem sido alvo constante de ataques e processos de “modernização”, ainda pouco discutidos e avaliados. Nosso objetivo foi investigar os atravessamentos do programa, no contexto das licenciaturas enquanto política pública e sua dimensão formativa para cada sujeito, a partir dos questionamentos sobre qual o papel e a importância que o PIBID tem nos contextos da formação de professores e nas subjetividades dos sujeitos? Como as modificações impostas ao programa têm afetado seu desenvolvimento? Na tentativa de respondê-las, buscamos os impactos do PIBID no campo da formação docente e na constituição de experiências formativas de ex-bolsistas do subprojeto Geografia. Através de uma abordagem dialética, iniciamos com a realização de uma pesquisa documental (re)significando politicamente a trajetória do PIBID, analisando, discutindo e comparando os editais 61/2013 e 07/2018, e relatórios de estudantes do subprojeto Geografia do PIBID-UFBA, também compreendidos neste período, buscando identificar impactos e mudanças na transição dos processos de “modernização”. Com a análise compreensiva-interpretativa nos aproximamos dos sentidos e significados das experiências formativas de ex-bolsistas no subprojeto Geografia do PIBID-UFBA para tornar-se/ser docente, utilizando da abordagem de experiência do método (auto)biográfico, com narrativas. Através do cruzamento das abordagens evidenciamos as potencialidades e limitações do PIBID. Ao longo da pesquisa, identificamos que a “modernização” realizada em 2017 representou um alinhamento do programa com a reforma empresarial da educação vigente em nosso país. Os relatórios de bolsista de iniciação à docência não apresentam grandes rupturas ou descontinuidades, e corroboram a racionalidade dominante no programa, com ênfase na prática em ambos os editais. Observamos, com ex-bolsistas, experiências formativas que se cruzam em nossas subjetividades, com narrativas que evidenciam regularidades, irregularidades, e o surpreendente ao inesperado, no PIBID e na vida como um todo. Concluímos que as múltiplas dimensões evidenciam que nós e o PIBID estamos em formação, no constante vir a ser. Devemos lutar por modificações futuras que concretizem no PIBID os sonhos políticos da nossa classe profissional, e contribuam para processos transformadores mais profundos em cada sujeito que o constrói, e consequente na sociedade que nos integra.


  • Mostrar Abstract
  • Institutional Program for Scholarships for Beginner Teachers in Brazil (PIBID - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) was created in 2007 as an experimental phase. It was later expanded and consolidated as a federal public policy for initial teacher training, including various areas of knowledge. The program's structure articulates university and elementary school with a focus on valuing and encouraging the degree, contributing to the praxis in the training process, and providing opportunities for different perspectives of university, elementary school, space, and their self. Although it demonstrates significant success in this process, the program has been a constant target of attacks and modernization processes of education, still little discussed and evaluated. Our goal was to investigate the PIBID as a public policy and formative dimension for each subject and their crossings. From the questions about the program's role and importance for teacher training and the person subjectivities? How have the modifications imposed on the program affected its development? To answer them, we looked for the impacts of PIBID on teacher training and the formation of formative experiences of ex-scholarship holders of the Geography subproject. Through a dialectical approach, we started with documental research (re)signifying politically the trajectory of PIBID, analyzing, discussing, and comparing public notices 61/2013 and 07/2018, and student reports from the subproject Geografia do PIBID-UFBA, also included in this period, seeking to identify impacts and changes in the transition of the modernization processes. With the comprehensive-interpretative analysis, we approach the senses and meanings of the formative experiences of ex-scholarship holders in the subproject Geography of PIBID-UFBA to become/be a teacher, using the experience approach of the (auto)biographical method with narratives. Through crossing procedures, we highlight the potential and limitations of PIBID. Throughout the research, we identified that the modernization carried out in 2017 represented an alignment of the program with the liberal education reform in our country. The analysis of the reports of teaching initiation scholarship did not show significant ruptures or discontinuities, demonstrating the dominant rationality in the program, with an emphasis on practice in both calls for proposals. We observe, with former scholarship holders, formative experiences that intersect in our subjectivities, with narratives that show regularities, irregularities, and the surprising to the unexpected in PIBID and life as a whole. We conclude that the multiple dimensions show that we and PIBID are in formation, in the constant coming into being. We must fight for future changes that materialize in PIBID the political dreams of our professional class and contribute to deeper transformative processes in each subject that builds it and, consequently, in the society that integrates us.

11
  • JOÃO MANOEL NASCIMENTO DOS SANTOS
  • SER PIBID EM GEOGRAFIA DA UFBA: DA POLÍTICA PÚBLICA ÀS EXPERIÊNCIAS FORMATIVAS

  • Orientador : GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • MARIANA MARTINS DE MEIRELES
  • ROSELANE ZORDAN COSTELLA
  • Data: 05/08/2022
    Ata de defesa assinada:

  • Mostrar Resumo
  • O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) foi criado no ano de 2007, ainda em fase experimental, mais tarde foi expandido e se consolidou enquanto uma política pública federal de formação inicial docente, voltado as diversas áreas do saber. A estrutura do programa articula universidade e escola básica com foco na valorização e incentivo da licenciatura, contribuindo com a práxis no processo formativo, e oportunizando perspectivas distintas de universidade, escola básica, espaço e do sujeito sobre si. Embora demonstre grande sucesso neste processo, o programa tem sido alvo constante de ataques e processos de “modernização”, ainda pouco discutidos e avaliados. Nosso objetivo foi investigar os atravessamentos do programa, no contexto das licenciaturas enquanto política pública e sua dimensão formativa para cada sujeito, a partir dos questionamentos sobre qual o papel e a importância que o PIBID tem nos contextos da formação de professores e nas subjetividades dos sujeitos? Como as modificações impostas ao programa têm afetado seu desenvolvimento? Na tentativa de respondê-las, buscamos os impactos do PIBID no campo da formação docente e na constituição de experiências formativas de ex-bolsistas do subprojeto Geografia. Através de uma abordagem dialética, iniciamos com a realização de uma pesquisa documental (re)significando politicamente a trajetória do PIBID, analisando, discutindo e comparando os editais 61/2013 e 07/2018, e relatórios de estudantes do subprojeto Geografia do PIBID-UFBA, também compreendidos neste período, buscando identificar impactos e mudanças na transição dos processos de “modernização”. Com a análise compreensiva-interpretativa nos aproximamos dos sentidos e significados das experiências formativas de ex-bolsistas no subprojeto Geografia do PIBID-UFBA para tornar-se/ser docente, utilizando da abordagem de experiência do método (auto)biográfico, com narrativas. Através do cruzamento das abordagens evidenciamos as potencialidades e limitações do PIBID. Ao longo da pesquisa, identificamos que a “modernização” realizada em 2017 representou um alinhamento do programa com a reforma empresarial da educação vigente em nosso país. Os relatórios de bolsista de iniciação à docência não apresentam grandes rupturas ou descontinuidades, e corroboram a racionalidade dominante no programa, com ênfase na prática em ambos os editais. Observamos, com ex-bolsistas, experiências formativas que se cruzam em nossas subjetividades, com narrativas que evidenciam regularidades, irregularidades, e o surpreendente ao inesperado, no PIBID e na vida como um todo. Concluímos que as múltiplas dimensões evidenciam que nós e o PIBID estamos em formação, no constante vir a ser. Devemos lutar por modificações futuras que concretizem no PIBID os sonhos políticos da nossa classe profissional, e contribuam para processos transformadores mais profundos em cada sujeito que o constrói, e consequente na sociedade que nos integra.


  • Mostrar Abstract
  • Institutional Program for Scholarships for Beginner Teachers in Brazil (PIBID - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência) was created in 2007 as an experimental phase. It was later expanded and consolidated as a federal public policy for initial teacher training, including various areas of knowledge. The program's structure articulates university and elementary school with a focus on valuing and encouraging the degree, contributing to the praxis in the training process, and providing opportunities for different perspectives of university, elementary school, space, and their self. Although it demonstrates significant success in this process, the program has been a constant target of attacks and modernization processes of education, still little discussed and evaluated. Our goal was to investigate the PIBID as a public policy and formative dimension for each subject and their crossings. From the questions about the program's role and importance for teacher training and the person subjectivities? How have the modifications imposed on the program affected its development? To answer them, we looked for the impacts of PIBID on teacher training and the formation of formative experiences of ex-scholarship holders of the Geography subproject. Through a dialectical approach, we started with documental research (re)signifying politically the trajectory of PIBID, analyzing, discussing, and comparing public notices 61/2013 and 07/2018, and student reports from the subproject Geografia do PIBID-UFBA, also included in this period, seeking to identify impacts and changes in the transition of the modernization processes. With the comprehensive-interpretative analysis, we approach the senses and meanings of the formative experiences of ex-scholarship holders in the subproject Geography of PIBID-UFBA to become/be a teacher, using the experience approach of the (auto)biographical method with narratives. Through crossing procedures, we highlight the potential and limitations of PIBID. Throughout the research, we identified that the modernization carried out in 2017 represented an alignment of the program with the liberal education reform in our country. The analysis of the reports of teaching initiation scholarship did not show significant ruptures or discontinuities, demonstrating the dominant rationality in the program, with an emphasis on practice in both calls for proposals. We observe, with former scholarship holders, formative experiences that intersect in our subjectivities, with narratives that show regularities, irregularities, and the surprising to the unexpected in PIBID and life as a whole. We conclude that the multiple dimensions show that we and PIBID are in formation, in the constant coming into being. We must fight for future changes that materialize in PIBID the political dreams of our professional class and contribute to deeper transformative processes in each subject that builds it and, consequently, in the society that integrates us.

12
  • João Fernando Souza Lima
  • ESPAÇO E A POLÍTICA NACIONAL DE IRRIGAÇÃO NO ESTADO DA BAHIA SOB ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS CONTRA AS SECAS (DNOCS)

  • Orientador : NOELI PERTILE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NOELI PERTILE
  • ONILDO ARAÚJO DA SILVA
  • AGRIPINO SOUZA COELHO NETO
  • Data: 25/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • Com o intuito de solucionar os problemas de ordem política e econômica, historicamente presente na região Nordestedo Brasile, especificamente, na sua subárea maispobre, a região do semiárido, no final da década de 1960, o poder central lançou mão de um grande programa de irrigação com vistas ao aproveitamento hidroagrícola dos vales úmidos compreendidos no polígono das secas. A dois órgãos públicos federais foi imputada a responsabilidade dos estudos de viabilidade econômica, implantação e administração de projetos públicos de irrigação, segundo suas áreas de competência. Desta forma, à Companhia do Vale do São Francisco (Codevasf) coube a responsabilidade para instalação de perímetros irrigados na área correspondente ao vale do rio São Francisco.AoDepartamento de Obras Contra as Secas (DNOCS), por sua vez, coube a instalação de perímetros irrigados nas demais bacias hidrográficas da região do semiárido. Enquanto os projetos conduzidos pelo primeiro órgão priorizaria a irrigação empresarial, os projetos tocados pelo segundo priorizaria a irrigação de caráter familiar, contemplando famílias de pequenos agricultores e atendendo, desta forma, a função social prevista nos instrumentos legais de criação do programa. Nesse sentido,oestado da Bahia foi contemplado com três projetos públicos de irrigação na área de atuação do DNOCS. Ainda no início da década de 1970 o município de Itiúba recebeu a implantação do PerímetroIrrigado Jacurici e o município de Canudos, o Perímetro Irrigado Vaza-Barris. No final da década de 1980 foi a vez do município de Livramento de Nossa Senhora receber a implantação do Perímetro Irrigado do Brumado. Sabe-se que essas intervenções resultaram em grandes alterações socioespaciais nos municípios receptores dos empreendimentos. A mudança de paradigma político e econômico, ocorrida na transição da década de 1970 para a década de 1980, ocasionou em redirecionamentos da política pública de irrigação que regia o programa, o qual ao longo do tempo sofreu importantes modificações, desvirtuando-se dos objetivos originais. Analisar, portanto, as repercussões socioespaciais, decorrentes da intervenção estatal, via instalação de perímetros irrigados em três diferentes municípios do estado da Bahia, sob a competência do DNOCS, é o objetivo central do presente estudo.


  • Mostrar Abstract
  • In order to solve the political and economic problems historically present in the Northeast region of Brazil, and specifically in its poorest sub-area, the semi-arid region, in the late 1960s the central government launched a large irrigation program aimed at the hydroagricultural use of the humid valleys included in the polygon of droughts. Two federal public agencies were charged with the responsibility of economic feasibility studies, implementation and administration of public irrigation projects, according to their areas of competence. Thus, the Companhia do Vale do São Francisco (Codevasf) was responsible for the installation of irrigated perimeters in the area corresponding to the São Francisco river valley. The Department of Works Against Droughts (DNOCS), in turn, was responsible for the installation of irrigated perimeters in the other hydrographic basins of the semi-arid region. While the projects run by the first agency would prioritize business irrigation, the projects run by the second would prioritize family irrigation, contemplating small farmer families and thus fulfilling the social function foreseen in the legal instruments that created the program. In this sense, the state of Bahia was awarded three public irrigation projects in the area covered by DNOCS. Still in the early 1970s the municipality of Itiúba received the Jacurici Irrigated Perimeter and the municipality of Canudos, the Vaza-Barris Irrigated Perimeter. In the late 1980's it was the turn of the municipality of Livramento de Nossa Senhora to receive the implementation of the Brumado Irrigated Perimeter. It is known that these interventions resulted in great socio-spatial alterations in the municipalities receiving the projects. The change of political and economic paradigm, which occurred in the transition from the 1970s to the 1980s,caused the redirection of the irrigation public policy that governed the program, which, throughout time, suffered important modifications, deviating from the original objectives. Therefore, the main objective of this study is to analyze the socio-spatialrepercussions of state intervention through the installation of irrigated perimeters in three different municipalities of the state of Bahia, under the competence of DNOCS.

13
  • LENIARA DA CONCEIÇÃO SILVA
  • DO FUMO À FÁBRICA: TRANSFORMAÇÕES NO ESPAÇO AGRÁRIO E SUAS IMPLICAÇÕES NA AGRICULTURA FAMILIAR DE SANTO ESTEVÃO-BA

  • Orientador : JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • NOELI PERTILE
  • WODIS KLEBER O. ARAUJO
  • Data: 31/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • O espaço agrário no Brasil pode ser compreendido através das contradições, conflitos e toda diversidade de produções que são fundamentais para entendermos as novas dinâmicas presentes no campo. O espaço para Milton Santos (2012) é uma acumulação desigual de tempos e pode ser compreendido pelas categorias da forma, a função, a estrutura e o processo, que, quando articulados, podem analisar a totalidade. Utilizamos as mesmas categorias usadas por Santos (2012) para entender as transformações que o espaço agrário no Brasil vem apresentando, utilizando como recorte a realidade observada no município de Santo Estevão na Bahia. Assim, o objetivo da pesquisa consistiu em analisar as transformações socioespaciais e econômicas no espaço agrário de Santo Estevão-BA a partir da Agricultura Familiar entre o período de 1990 a 2021. As análises se inseriram nas contradições entre a estrutura fundiária e a Agricultura Familiar do município estudado, uma vez que, a terra, a renda e produção agrícola refletem nas estratégias de sobrevivência/permanência dos sujeitos do campo de Santo Estevão. A instalação da fábrica de calçados constituiu também enquanto uma ação no espaço que modificou as formas de trabalho em algumas comunidades e a lógica de permanência no campo, uma vez que absorveu uma parcela da mão de obra rural, por outro lado, contribuiu para alterar a dinâmica da agricultura familiar e a reprodução dos cultivos.  No que tange aos caminhos metodológicos percorridos, a pesquisa foi realizada em três comunidades rurais onde foram realizadas as entrevistas e a aplicação dos questionários. Etapa fundamental para construir o diálogo, a proximidade e a investigação das estratégias que os agricultores laçam mão para dar continuidade a seu modo de vida. Com o contato  mais  direto com os agricultores do município deu para analisar como a limitação fundiária, a renda e o trabalho compõe a tríade que alimenta os cenários de pobreza nas familias do campo. A pouca terra que condiciona a baixa produção argrícola influencia na inserção dos membros das familias nas atividades fora dos estabelecimento produtivos, que, por sua vez, prejudica na reprodução dos cultivos em maior quantidade. No entanto, mesmo com a presença cada vez mais forte de novos elementos e formas no espaço estudado, ainda se reproduz as práticas tradicionais de cooperação e trabalho, elementos importantes para a reprodução da agricultura familiar.  


  • Mostrar Abstract
  • The agrarian space in Brazil can be understood through the contradictions, conflicts and all the diversity of productions that are fundamental to understand the new dynamics present in the field. The space for Milton Santos (2012) is an unequal accumulation of times and can be understood by the categories of form, function, structure and process, which, when articulated, can analyze the totality. We used the same categories used by Santos (2012) to understand the transformations that the agrarian space in Brazil has been presenting, using as a cutout the reality observed in the county of Santo Estevão in Bahia. Thus, the objective of the research was to analyze the socio-spatial and economic transformations in the agrarian space of Santo Estevão-BA from Family Agriculture between 1990 to 2021. The analyses were inserted in the contradictions between the land structure and the Family Agriculture of the municipality studied, since the land, income and agricultural production reflect in the survival/permanence strategies of the subjects of the Santo Estevão field. The installation of the shoe factory also constituted an action in the space that changed the forms of work in some communities and the logic of remaining in the field, since it absorbed a portion of the rural workforce, on the other hand, contributed to change the dynamics of family farming and the reproduction of crops.  Regarding the methodological paths taken, the research was carried out in three rural communities where the interviews and the application of the questionnaires were carried out. A fundamental step to build dialogue, proximity and research of the strategies that farmers use to continue their way of life. With the most direct contact with the farmers of the municipality, it was possible to analyze how the land limitation, income and work make up the triad that feeds the poverty scenarios in rural families. The little land that conditions the low agricultural production influences the insertion of family members in activities outside the productive establishments, which, in turn, jeopardizes the reproduction of crops in greater quantity. However, even with the increasing presence of new elements and forms in the studied space, traditional practices of cooperation and work are still reproduced, important elements for the reproduction of family farming.

14
  • Ozias Rebouças Silva
  • Consórcios de Saúde nas Regiões de Saúde de Irecê e Jacobina (Bahia) 

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VANESSA DA SILVA VIEIRA
  • ADRIANO MAIA DOS SANTOS
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • RICARDO BAHIA RIOS
  • Data: 31/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho foi desenvolvido a partir das inquietações sobre a formação de consórcios de saúde no estado da Bahia, em específico o de Irecê e Jacobina, visa oferecer uma compreensão de como estes instrumentos se organizaram em suas regiões de saúde e como vem trabalhando. Estes modelos de consorciamentos na área da saúde, na Bahia, são recentes e apesar de caminharem para uma consolidação, de fato ainda enfrentam problemáticas que os impedem de atingir os objetivos a que se propõem, desde a sua concepção. O corpo teórico desta dissertação está amparado nas ideias de justiça espacial, mais precisamente a distributiva, desenvolvida por John Rawls (1997). Entretanto, a ideia distributiva aqui é percebida como um ponto de partida crucial e aberto a outras concepções, entendimentos e conceitos que a fortaleçam e não a tornem promovedora de injustiças. O trabalho é construído sempre em uma lógica metodológica baseada na análise comparativa, posto que, tudo que foi analisado em um consórcio também foi analisado no outro, o que tornou a construção complexa, pelo fato de ter que buscar, organizar e sistematizar dados e informações que fossem comuns a ambos, caso contrário, incorreria no risco de fugir da ideia e objetivos propostos. Ao final foi possível fornecer uma análise comparativa dos consórcios de saúde que não pretendeu torná-los unos, mas que os diferenciou em suas especificidades, aproximando-os naquilo em que os assemelham. 


  • Mostrar Abstract
  • The present study was developed from concerns about the formation of health consortia in the state of Bahia, specifically those from Irecê and Jacobina. It aims to provide an understanding of how these instruments have been organized in their health regions and how they have been working. These partnership models in health area, in Bahia, are recent and despite moving towards a de facto consolidation, they still face problems that prevent them from actually reaching their primary objectives, since their idealization. The theoretical body of this dissertation is supported by the ideas of spatial justice, more precisely, the distributive one, developed by John Rawls. However, this distributive idea here is perceived as a crucial and open starting point for other conceptions, understandings and concepts, which strengthen it, instead of making it a promoter of injustices. Almost all this study has been built on a methodological logic based on comparative analysis, since everything that was analyzed in one consortium was also analyzed in the other, what made the construction complex, due to necessity of searching, organizing and systematizing data and information which were common in both models, otherwise, it could evade the initial idea and proposed objectives. In the end, it was possible to provide a comparative analysis both health consortia, that did not intend to make them seem like one; on the contrary, it was capable of differentiating them into their specificities and bringing them together in their similarities.  

15
  • Jánderson Santana dos Santos
  • QUESTÃO AGRÁRIA NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRA-BA

  • Orientador : JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JÚLIO CÉSAR SUZUKI
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • NOELI PERTILE
  • Data: 12/09/2022

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa analisou a questão agrária no município de Cachoeira-BA, compreendendo como a Agricultura Familiar se reproduz socialmente, no espaço agrário, marcado historicamente pelo modelo agrícola agroexportador e escravocrata, com a produção de cana-de açúcar e fumo. Metodologicamente, foram analisados os sistemas de produção agrícola, atividades agrícolas, tamanho das propriedades rurais, renda (agrícola, extra agrícola e programas sociais) e tipo de mão de obra utilizada. Foram realizadas entrevistas com a aplicação de questionários semiestruturados com os agricultores familiares e lideranças comunitárias, por meio de amostragem aleatória. Para alcançar os objetivos da pesquisa foi apresentado o debate teórico a partir dos conceitos, espaço na geografia, espaço agrário, questão agrária e conceituação da Agricultura Familiar no Brasil. O trabalho utiliza como referências os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) do município de CachoeiraBA e do Recôncavo Baiano acerca da dinâmica econômica, repartição fundiária e atividades agrícolas desenvolvidas. Desta forma, foi possível perceber que a concentração fundiária e o processo de minifundiarização tem conexão com a ocupação do espaço agrário, onde o Estado privilegiou a elite agrária para desenvolvimento do capitalismo no campo. Foram identificados no espaço agrário analisado os agricultores familiares que realizam atividades de produção de frango de corte (integrado, independente e parceiro), produção de mandioca, agricultura de autoconsumo e pequenas criações e nas comunidades tradicionais agricultura de autoconsumo, pesca, extrativismo e turismo de base comunitário). A Agricultura Familiar do município se reproduz socialmente, convivendo com a subordinação, precarização do trabalho, especialização da produção, dificuldade de acesso a serviços básicos e políticas públicas, e em alguns casos a renda principal ou complemento de renda sendo de atividades extra agrícolas e programas sociais. Contudo a pluriatividade se apresenta como uma estratégia de permanência no campo. A pesquisa aponta o papel do Estado como importante na formulação e implementação de políticas públicas estratégicas que garantam a reprodução social da Agricultura Familiar, caso contrário as contradições apresentadas podem permanecer e se ampliar no espaço agrário, colocando em risco a própria existência da Agricultura Familiar.


  • Mostrar Abstract
  • This paper discusses agricultural systems at Cachoeira-BA, analysing how family agriculture is growing inside agricultural system, historical characterized by mainly for export and slavery system, such as sugar cane and tobacco. Methodologically, agricultural system of production, agricultural activities, rural properties size, incomes (agricultural, extra agriculture and social programs) and types of workforces used were analysed. The present analysis interview, applying semi structural questions to family farmers and communities’ leaders by random cross-section. To reach the intention, a theorical debate from geography space analyse, agricultural space, agricultural systems and defining Family Farming in Brazil. References dates researched by this paper comes from Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) in Cachoeira-BA and Recôncavo Baiano in relation to economic dynamics, land distribution and agricultural production developed. Therefore, land concentration and minilanding process have connections with agricultural land occupation, where State privileged the agricultural elite by reason of develop farmland capitalism. The main production identified at analysed farmlands by family farmers were broiler chicken (integrated, independent or partner), manioc association production (selfconsumption and low production) and traditional communities (self-consumption agricultural, fishing, extractivism and communitarian tourism). Family Forming located in Cachoreira-BA multiply socially behave toward subordination, job insecurity, specialized production, difficult to access basic services and public policy. A few cases, principal income or complementary income activities, extra agricultural and social programs. Although, the plurality shows as strategy to stay in farmland. The essay indicated affairs of state are extremely important at public policy strategies formulation and implementation, guarantying social multiplication of Familiar Farming, otherwise suggested contradictions might increase and remain at farmland, endangering Family Farming being.

16
  • EDELZUITA OLIVEIRA BATISTA
  • POLÍTICAS PÚBLICAS E SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL EM LOCALIDADES CARACTERIZADAS POR OCUPAÇÕES IRREGULARES NA CIDADE DE CAMAÇARI-BAHIA

  • Orientador : DENISE SILVA MAGALHAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • RICARDO BAHIA RIOS
  • Data: 28/09/2022

  • Mostrar Resumo
  • Essa dissertação busca analisar as políticas públicas e a segregação socioespacial em localidades caracterizadas por ocupações irregulares, tendo como objeto de pesquisa a cidade de Camaçari-BA, localizada na Região Metropolitana de Salvador. O estudo teve como principal recorte espacial os bairros de Nova Vitória e Recanto das Árvores, situados na Zona Urbana da Sede de Camaçari e como recorte temporal foi estabelecido o ano de 1950 até 2022, considerando-se, respectivamente: a época em que aconteceram as ocupações irregulares na cidade e consequentes registros históricos; e o ano de defesa da dissertação. Para tanto, foi estabelecido um roteiro metodológico que compreendeu um levantamento bibliográfico/documental e informações do trabalho de campo obtidas por meio de entrevistas efetuadas com residentes dos bairros. Teve como objetivo geral analisar os entraves dos processos para a regularização dos imóveis no bairro Recanto das Árvores, assegurando aos moradores o título da propriedade e os mesmos direitos urbanísticos obtidos no bairro Nova Vitória. A discussão teórico-conceitual está centrada nos conceitos de Espaço Geográfico/Social e Segregação Socioespacial e noções sobre Ocupações Irregulares, Políticas Públicas Urbanas e Metropolização. Autores que trabalham essas temáticas, documentações e trabalho de campo fundamentaram e sistematizaram os resultados e conclusão da dissertação. Os resultados obtidos revelam ações diferenciadas do poder público nos bairros, tendo por análise aspectos como: grau de urbanização, padrões de habitabilidade, classes sociais dos residentes e suas localizações na cidade – área centralizada do bairro Nova Vitória e área periférica do Recanto das Árvores. Conclui-se que, apesar das leis que regem o município de Camaçari estabelecerem políticas públicas sociais em benefício da população, essas precisam ser efetivadas de fato, e medidas são necessárias para que o poder público reduza a segregação socioespacial-residencial em localidades caracterizadas pelas ocupações irregulares na cidade de Camaçari-BA.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation analyzed public policies and socio-spatial segregation in neighborhoods characterized by irregular settlements in the Municipality of Camaçari-BA, located in the Metropolitan Region of Salvador. The spatial scope of the study was the neighborhoods of Nova Vitória and Recanto das Árvores, located in the Urban Zone of Municipal Seat of Camaçari. The study considered respectively: the time when the irregular occupations occurred in the city and the resulting historical records produced from 1950 to 2022. To this end, a methodological approach was established that included a bibliographic/documentary survey and data collected from through interviews with residents of the two neighborhoods. The general objective was to analyze the obstacles in the processes for regularizing property in the Recanto das Árvores neighborhood, thus assuring residents property title and the same urban rights obtained in the Nova Vitória neighborhood. The theoretical and conceptual discussion is centered on the concepts of Geographic/Social Space and Socio-Spatial Segregation, as well as ideas related to Irregular Occupations, Urban Public Policies and Metropolization. Scholars who work on these themes, the documents, and the field work formed the foundation and organized the results and the conclusions of this dissertation. The results obtained reveal differentiated actions of public authorities in each neighborhood, analyzing aspects such as: degree of urbanization, housing standards, social classes of residents, and their location in the city – the centrally located area of Nova Vitória and the peripheral area of Recanto das Árvores. It is concluded that, although the laws governing the Municipality of Camaçari establish social public policies for the benefit of the population, these need to be effectively implemented, and certain measures are necessary so that the government reduces socio-spatial-residential segregation in neighborhoods characterized by irregular settlement in the city of Camaçari-BA.

17
  • EDELZUITA OLIVEIRA BATISTA
  • POLÍTICAS PÚBLICAS E SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL EM LOCALIDADES CARACTERIZADAS POR OCUPAÇÕES IRREGULARES NA CIDADE DE CAMAÇARI-BAHIA

  • Orientador : DENISE SILVA MAGALHAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • RICARDO BAHIA RIOS
  • Data: 28/09/2022

  • Mostrar Resumo
  • Essa dissertação busca analisar as políticas públicas e a segregação socioespacial em localidades caracterizadas por ocupações irregulares, tendo como objeto de pesquisa a cidade de Camaçari-BA, localizada na Região Metropolitana de Salvador. O estudo teve como principal recorte espacial os bairros de Nova Vitória e Recanto das Árvores, situados na Zona Urbana da Sede de Camaçari e como recorte temporal foi estabelecido o ano de 1950 até 2022, considerando-se, respectivamente: a época em que aconteceram as ocupações irregulares na cidade e consequentes registros históricos; e o ano de defesa da dissertação. Para tanto, foi estabelecido um roteiro metodológico que compreendeu um levantamento bibliográfico/documental e informações do trabalho de campo obtidas por meio de entrevistas efetuadas com residentes dos bairros. Teve como objetivo geral analisar os entraves dos processos para a regularização dos imóveis no bairro Recanto das Árvores, assegurando aos moradores o título da propriedade e os mesmos direitos urbanísticos obtidos no bairro Nova Vitória. A discussão teórico-conceitual está centrada nos conceitos de Espaço Geográfico/Social e Segregação Socioespacial e noções sobre Ocupações Irregulares, Políticas Públicas Urbanas e Metropolização. Autores que trabalham essas temáticas, documentações e trabalho de campo fundamentaram e sistematizaram os resultados e conclusão da dissertação. Os resultados obtidos revelam ações diferenciadas do poder público nos bairros, tendo por análise aspectos como: grau de urbanização, padrões de habitabilidade, classes sociais dos residentes e suas localizações na cidade – área centralizada do bairro Nova Vitória e área periférica do Recanto das Árvores. Conclui-se que, apesar das leis que regem o município de Camaçari estabelecerem políticas públicas sociais em benefício da população, essas precisam ser efetivadas de fato, e medidas são necessárias para que o poder público reduza a segregação socioespacial-residencial em localidades caracterizadas pelas ocupações irregulares na cidade de Camaçari-BA.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation analyzed public policies and socio-spatial segregation in neighborhoods characterized by irregular settlements in the Municipality of Camaçari-BA, located in the Metropolitan Region of Salvador. The spatial scope of the study was the neighborhoods of Nova Vitória and Recanto das Árvores, located in the Urban Zone of Municipal Seat of Camaçari. The study considered respectively: the time when the irregular occupations occurred in the city and the resulting historical records produced from 1950 to 2022. To this end, a methodological approach was established that included a bibliographic/documentary survey and data collected from through interviews with residents of the two neighborhoods. The general objective was to analyze the obstacles in the processes for regularizing property in the Recanto das Árvores neighborhood, thus assuring residents property title and the same urban rights obtained in the Nova Vitória neighborhood. The theoretical and conceptual discussion is centered on the concepts of Geographic/Social Space and Socio-Spatial Segregation, as well as ideas related to Irregular Occupations, Urban Public Policies and Metropolization. Scholars who work on these themes, the documents, and the field work formed the foundation and organized the results and the conclusions of this dissertation. The results obtained reveal differentiated actions of public authorities in each neighborhood, analyzing aspects such as: degree of urbanization, housing standards, social classes of residents, and their location in the city – the centrally located area of Nova Vitória and the peripheral area of Recanto das Árvores. It is concluded that, although the laws governing the Municipality of Camaçari establish social public policies for the benefit of the population, these need to be effectively implemented, and certain measures are necessary so that the government reduces socio-spatial-residential segregation in neighborhoods characterized by irregular settlement in the city of Camaçari-BA.

18
  • MARCOS ANTONIO SANTOS DOS SANTOS
  • O ENSINO DE SOLOS NA EDUCAÇÃO BÁSICA A PARTIR DO OLHAR DO ESTUDANTE E DO PROFESSOR

  • Orientador : ALISSON DUARTE DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALISSON DUARTE DINIZ
  • FABIO CARVALHO NUNES
  • FABIO PESSOA VIEIRA
  • Data: 14/12/2022

  • Mostrar Resumo
  • O solo é um importante componente do Espaço Geográfico, associado às formas de ocupação humana e qualidade ambiental. No entanto, é muitas vezes ignorado no processo de ensino/aprendizagem da Educação, seja por desconhecimento do professor ou por baixo conhecimento prévio dos estudantes, seja pela ausência ou deficiência desse conteúdo nos materiais didáticos e no planejamento escolar. Assim, procurou-se obter a percepção de estudantes e professores sobre o “solo”, na busca por melhor compreender como ocorre o ensino desse tema na escola. Portanto, o objetivo geral dessa pesquisa foi entender o processo de ensino-aprendizagem de solos na Educação Básica no contexto da educação pública, segundo a percepção do estudante e do professor. O percurso metodológico envolveu estudar a percepção, sobre os solos, dos professores e estudantes das Unidades Escolares do município de Ubaíra-BA - Colégio Municipal Aurino Fausto dos Santos (Escola do campo) e do Colégio Municipal Natur de Assis Filho (Escola de zona urbana), com aplicação de entrevistas, observações de campo e estudo da literatura. As etapas metodológicas consistiram em: levantamento bibliográfico; observações de campo; obtenção dos dados de percepção; organização e tratamento dos resultados. Com a análise dos desenhos e dos questionários pôde-se compreender que os alunos da escola do campo percebem o solo como componente do Espaço Geográfico. Já os estudantes de escola urbana percebem os solos, em sua maioria, como componente do meio natural, vendo estes de forma mais conceitual, muito mais associados aos aspectos naturais. Concluiu-se que: primeiro, entende-se que estudantes de espaços distintos percebem os solos de acordo com a sua vivência. Segundo, o ensino de solos, na Geografia, deve estar associado, não somente aos processos de formação desse componente natural, mas, também, vinculado ao uso e ocupação da terra e, principalmente, à dinâmica do Espaço Geográfico. Por fim a formação acadêmica do professor de Geografia influencia na forma de como esse conteúdo é ensinado. 


  • Mostrar Abstract
  • Soil is an important component of geographic space, associated with forms of human occupation and environmental quality.  However, it is often ignored in the teaching/learning process of Education, either because of the teacher's lack of knowledge or because of the students' low prior knowledge, or because of the absence or deficiency of this content in the didactic materials and school planning.  Thus, we sought to obtain the perception of students and teachers about the “soil”, in the search for a better understanding of how this subject is taught at school.  Therefore, the general objective of this research was to understand the teaching-learning process of soils in Basic Education in the context of public education, according to the perception of the student and the teacher.  The methodological course involved studying the perception, about the soils, of teachers and students of the School Units of the municipality of Ubaíra-BA - Colégio Municipal Aurino Fausto dos Santos (Country School) and Colégio Municipal Natur de Assis Filho (School in the urban area), with application of interviews, field observations and literature study.  The methodological steps consisted of: bibliographic survey;  field observations; obtaining perception data;  organization and processing of results.  With the analysis of the drawings and the questionnaires it was possible to understand that the students of the rural school perceive soils as a component of the Geographical Space.  Urban school students, on the other hand, perceive soils mostly as a component of the natural environment, seeing them in a more conceptual way, much more associated with natural aspects.  It was concluded that: first, it is understood that students from different spaces perceive soils according to their experience. Second, the teaching of soils, in Geography, must be associated, not only with the processes of formation of this natural component, but , also linked to the use and occupation of the land and, mainly, to the dynamics of the Geographical Space.  Finally, the academic background of the Geography teacher influences the way this content is taught. 

Teses
1
  • DANIELA ARAUJO VIRGENS
  • A EXPERIÊNCIA DE SER MIGRANTE EM SITUAÇÃO DE REFÚGIO: PELAS FRONTEIRAS DA GEOGRAFICIDADE

  • Orientador : CATHERINE PROST
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROSANA APARECIDA BAENINGER
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • CATHERINE PROST
  • EDUARDO JOSÉ MARANDOLA JÚNIOR
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • Data: 11/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho é uma reflexão, com base em uma perspectiva fenomenológica, sobre como é ser migrante em situação de refúgio, a partir de um olhar que busca desvelar a relação entre o Estado-nação e a existência, que é atravessada pelas questões da identidade e da diferença, do eu e do outro, da familiaridade e do estranhamento. A noção de geograficidade é importante no entendimento da transformação da relação com a terra natal, da tomada de decisão de partir, da travessia, das relações com o local de destino e as novas relações transnacionais. A partir do diálogo com autores como Martin Heidegger, Eric Dardel, Eduardo Marandola Júnior e Angelo Serpa, entre outros estudiosos importantes para entender a relação entre a Fenomenologia e a Geografia, foi necessário ir além e buscar na interdisciplinaridade algumas explicações para o fenômeno estudado. Dessa forma, autores do campo da Filosofia, da Sociologia, da Antropologia, do Direito, da Psicanálise, entre outras áreas, se revelaram necessários nesse diálogo ao longo do processo de pesquisa e de escrita. A análise do tema ocorre, principalmente, a partir das histórias de vida contadas em entrevistas realizadas na pesquisa de campo nas cidades de São Paulo e Salvador. Com a pandemia da covid-19 foram inseridas também algumas análises baseadas em projetos realizados pelo Museu da Imigração de São Paulo, que gentilmente cedeu material para esta pesquisa, além de outros projetos que tiveram seu material disponibilizado nas redes sociais digitais. Como alguns dos resultados obtidos e reflexões realizadas, é possível mencionar que um aspecto importante observado foi a necessidade de repensarmos não apenas a definição, mas também a utilização do termo refugiado(a) com pessoas que se percebem como estigmatizadas pela contínua referência ao termo nos seus cotidianos. Foi necessário também fazer uma análise entre a tomada de decisão de partir e o medo como afeto que é sentido na escala do corpo e suas motivações, que vão desde a escala familiar até a nacional, como o medo das instituições do Estado. Outra questão que surgiu foi a das experiências de travessia dos limites das fronteiras e o fato de que a fronteira acompanha o(a) migrante em situação de refúgio para onde quer que vá, a partir de uma transitoriedade que se manifesta como diferentes formas de fronteiras nas relações de identidade e alteridade ao longo da sua trajetória. Por fim, as reflexões trazidas levantaram questões que vão desde o primeiro contato com pessoas desconhecidas e com instituições de acolhimento, que por muitas vezes chegam a definir as suas trajetórias, passando pela relação com a língua portuguesa, as questões relacionadas ao documento, que se revelam como acessos e barreiras, inclusive para pessoas documentadas e, por último, as fendas que se abrem, especialmente nas relações familiares, e as pontes que vão sendo construídas ao longo do processo de familiarização no local de destino.


  • Mostrar Abstract
  • This work is a reflection, based on a phenomenological perspective, on how is to be a migrant in a situation of refuge from a gaze that seeks to unveil the relationship between the nation-state and the existence, which is crossed by the issues of identity and difference, the self and the other, familiarity and strangeness. The notion of geographicality is important to understand the transformation of the relationship with the homeland, the decision-making to leave, the crossing, the relationship with the place of destination and the new transnational relations. From the dialogue with authors such as Martin Heidegger, Eric Dardel, Eduardo Marandola Júnior and Angelo Serpa, among other important scholars to understand the relationship between phenomenology and Geography, it was necessary to go beyond and seek in interdisciplinarity some explanations for the phenomenon studied. Thus, authors from the fields of philosophy, sociology, anthropology, law, psychoanalysis, among other areas, proved necessary in this dialogue throughout the research and writing process. The analysis of the theme occurs mainly from the life stories told in interviews conducted in the field research in the cities of São Paulo and Salvador. After the covid-19 pandemic it was inserted some analyses based on projects carried out by the Immigration Museum of São Paulo, which kindly provided material for this research, in addition to other projects that had their material made available on digital social networks. As some of the results obtained and reflections carried out, it is possible to mention that an important aspect observed was the need to rethink not only the definition, but also the use of the term refugee with people who perceive themselves as stigmatized by the continuous reference to the term in their daily lives. It was also necessary to make an analysis between the decision to leave and fear as an affection that is felt on the scale of the body and its motivations, ranging from the family scale to the national one, such as fear of state institutions. Another issue that arose was the experience of crossing the boundaries of borders and the fact that the border follows the migrant in a situation of refuge wherever s/he goes, from a transience that manifests itself as different forms of borders in the relations of identity and otherness along his trajectory. Finally, the reflections brought up questions ranging from the first contact with unknown people and with host institutions, which often come to define their trajectories, through the relationship with the Portuguese language, the issues related to the document, which reveal themselves as accesses and barriers, including for documented people and, finally, the cracks that open, especially in family relationships, and the bridges that are being built throughout the process of familiarization at the place of destination.

2
  • ANA ELISIA DE FREITAS MERELLES
  • O CONTEXTO DE RESPONSABILIDADES DOS GOVERNOS ESTADUAIS NAS POLÍTICAS SETORIAIS DE INVESTIMENTO INDUSTRIAL NA REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR (RMS), 1990-2019.

  • Orientador : ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • HENRIQUE TOME DA COSTA MATA
  • EDILSON ALVES PEREIRA JÚNIOR
  • EDNICE DE OLIVEIRA FONTES BAITZ
  • SHANTI NITYA MARENGO
  • Data: 12/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • Diferentemente das primeiras iniciativas da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste planejadas pelo governo federal, as ações recentes das políticas de investimentos setoriais não podem ser vistas como aquelas que impulsionaram as políticas regionais na década de 1960 a 1970.  Este trabalho tem como objetivo analisar se as políticas setoriais que visam à atração de capital e fomento da indústria na Região Metropolitana de Salvador (RMS) são políticas limitadas. O estudo contempla: a) apresentar as abordagens conceituais de território interpretadas por Milton Santos, que auxiliam no debate sobre as intervenções políticas e repercussões no uso do território; b) contextualizar a atuação das políticas setoriais para o segmento industrial na RMS e suas repercussões no uso do território no período 1990-2019; e c) identificar se existe uma associação entre as condições de vida dos munícipes e  as condições de vulnerabilidade do público beneficiado pelo Programa Benefício de Prestação Continuada (BPC) e  pelo Programa Bolsa Família (PBF) no período 2005-2018 na RMS, com a finalidade de observar transformações sociais recentes para os munícipes. A construção desta tese, inspirada no método materialista histórico, se apoia em pesquisas documentais como leis, decretos, planos de governo, pesquisas acadêmicas (teses, dissertações, artigos), entrevistas com gestores públicos do estado da Bahia e em dados provenientes do Atlas de Desenvolvimento e do Ministério da Cidadania. No recorte temporal dos anos 1990-2019, procura-se compreender sob qual conjuntura os estados passam a ter autonomia em estabelecer condições para atrair investimentos reconhecidos como disputas fiscais ou locais e, nesses casos, baratear o custo de capital das empresas atraídas. Embora as políticas setoriais adotadas para a RMS exerçam influência positiva para atração de investimentos, foram identificados  no território heterogeneidade nos indicadores de desenvolvimento e também um expressivo número de munícipes que atendem às condicionalidades de acesso ao BPC e PBF. Assim, conclui-se que o contexto de responsabilidades dos governos estaduais nas políticas setoriais de investimento industrial na RMS é passível de questionamentos,  e isso  pode ser identificado pelo  que está previsto nos programas de governos, sobretudo  no que tange às limitações das políticas em relação às intenções de avanços nos investimentos de infraestruturas do desenvolvimento e provimento de emprego, o que contempla melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e sua fixação no seu local de origem. 


  • Mostrar Abstract
  • The recent actions of the sectorial investment policies cannot be seen as those driving regional policies in the 1960s to 1970s, unlike the first initiatives of the Northeast Development Superintendence planned by the Brazilian federal government. This paper aims to analyze whether the sectorial policies are limited for attracting capital and promoting industry in the Metropolitan Region of Salvador (RMS, Brazilian acronym). This study includes: (a) presenting the conceptual approaches to territory interpreted by Milton Santos, which help on the debate on political interventions and repercussions on using the territory; (b) contextualizing the performance of sectorial policies for the industrial segment in the RMS and their repercussions on using the territory in 1990-2019; and (c) identifying whether there is an association between the living conditions in the municipalities and the vulnerability conditions of the public benefited by the Continued Benefit Program (BPC, Brazilian acronym) and by the Bolsa Família Program (PBF, Brazilian acronym) in the RMS in 2005-2018, purposing to observe recent social transformations in the municipalities. This thesis construction, based on the historical materialist method, is supported by documentary research such as laws, decrees, government plans, academic research (theses, dissertations, papers), interviews with public managers in the state of Bahia and data from the Atlas of Development and of the Ministry of Citizenship. In the time frame of the 1990-2019, it was sought to understand under what circumstances the states gain autonomy to establish conditions to attract investments recognized as tax or local disputes and, in these cases, to lower the capital cost of the attracted companies. Although the sectorial policies adopted for the RMS having a positive influence on attracting investments, heterogeneity in the development indicators and also a significant number of citizens who meet the conditions to access the BPC and PBF were identified in the territory. Thus, it is concluded that the responsibility context of the state governments in sectorial policies of industrial investment in the RMS is subject to questioning and identifying by what is foreseen in government programs, especially regarding the policy limitations, regarding the progress intentions in infrastructure investments for the development and employment provision, including improving the life quality of citizens and keeping them in their original place.  

3
  • SORAIA MONTEIRO AFONSO
  • ESPAÇOS DE ESPERANÇA? O PAPEL POLÍTICO DO ESTADO BRASILEIRO SOBRE A RESERVA EXTRATIVISTA DE CANAVIEIRAS E OS CONFLITOS TERRITORIAIS E AMBIENTAIS EM SEU ENTORNO

  • Orientador : CATHERINE PROST
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • CATHERINE PROST
  • CATIA ANTONIA DA SILVA
  • MIGUEL DA COSTA ACCIOLY
  • PLINIO MARTINS FALCÃO
  • Data: 04/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • As reservas extrativistas traduzem uma mudança de poder da organização espacial do território de conservação, a partir da luta social dos seringueiros. De fato, a transformação provocada pela institucionalização das primeiras RESEX florestais brasileiras produziu um movimento significativo para política ambiental brasileira, a criação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza – SNUC, Lei 9.985/2000. O modelo criado e demandado pelas populações extrativistas expandiu-se para diversas partes do país, assim como para ambientes marinhos e costeiros. Apesar dessas conquistas expressassem o quão importante a institucionalização do território de RESEX representou para a luta social, sobretudo para as populações de matriz tradicional, o modelo RESEX esbarra diretamente e ao mesmo tempo contrapõe a estrutura e organização do Estado territorial brasileiro. No Brasil, a questão fundiária nunca foi solucionada e produz conflitos territoriais muito graves que atingem os espaços de natureza. A natureza tem sido constantemente apropriada pelo capital privado, uma vez que a racionalidade do modo de produção capitalista pauta-se na exploração indiscriminada dos elementos/recursos naturais. No caso das RESEX marinhas, sobretudo a RESEX de Canavieiras, Bahia onde este estudo se atém, o conflito se instaura não só porque diferentes grupos sociais estabelecem relações distintas sobre o mesmo território, o da RESEX, mas porque o Estado muitas vezes se faz omisso e corrobora com ações produzidas pelo capital privado. Embora o Estado tenha por obrigação e por princípio o dever de atender às necessidades e anseios indistintamente de todos os cidadãos, sabe-se que, na prática, segue-se a lógica estrutural de viabilizar recursos financeiros para os grupos hegemônicos, em muitos casos, seus parceiros comerciais. No Brasil, este tipo de prática produzida pelo Estado é bastante comum sobre os espaços de natureza, o que tem gerado tensões e conflitos territoriais à custo da pauperização dos mais pobres. Não diferente, no território da RESEX de Canavieiras, a tensão e os conflitos se dão pela expansão da carcinicultura, pela presença de latifúndios, pelo monocultivo do eucalipto, pelo incentivo à projetos industriais por parte do Estado e pela sobreposição de áreas, ou seja, diferentes tipos de unidades de conservação ocupando o mesmo território. São conflitos que vão na contramão dos objetivos de uma RESEX marinha. Ainda que o modelo RESEX esteja engessado, pois o território é dinâmico, a RESEX é um espaço político importante para populações extrativistas. O Estado brasileiro está cada vez mais precarizado para as políticas públicas ambientais, mas ainda sim mantém a centralização e a regulação do poder sobre os territórios de conservação. Ainda que o Estado tenha relegado a pauta ambiental e a todo momento desqualifique as conquistas sociais das populações de matriz tradicional, a RESEX de Canavieiras segue na vanguarda, exercita a utopia através do desejo de autonomia, porém sem a perda do acessos às políticas públicas produzidas pelo Estado brasileiro. São novas formas de gerir e organizar o território, mas também são novas formas de (re)existir e repensar o modelo RESEX a partir da lente, do olhar atento e cotidiano de seus usuários. É a liberdade de organizar o território para além do controle e dos limites do Estado. Afinal, só a esperança constrói os fortes.


  • Mostrar Abstract
  • The extractive reserves reflect a power shift in the spatial organization of the conservation territory, based on the social conflict of rubber tappers. In fact, the transformation caused       by the institutionalization of the first Brazilian forest RESEX[1] produced a significant movement for Brazilian environmental policy, the creation of the National System of Nature Conservation Units – SNUC, Law 9,985/2000. The model created and demanded by extractive populations has expanded to different parts of the country, as well as to marine and coastal environments. Despite these achievements expressing how important the institutionalization of the RESEX territory was for the social struggle, especially for the populations of the traditional matrix, the Brazilian RESEX model directly clashes and at the same time contrasts the structure and organization of the Brazilian Territorial State. In Brazil, the land issue has never been resolved, as it produces very serious territorial conflicts that affect natural spaces. Nature has been constantly appropriated by private capital, since the rationality of the capitalist mode of production is based on the indiscriminate exploitation of nature's elements/resources. In the case of the marine RESEX, especially the RESEX of Canavieiras, Bahia, where this study is based, the conflict is established not only because different social groups establish different relationships over the same territory, that of the RESEX, but because the State is often omitted and corroborates with actions produced by private capital. Although the State has, as an obligation and as a principle, the duty to meet the needs and desires of all citizens without distinction, it is known that, in practice, it follows the structural logic of providing financial resources for hegemonic groups, in many cases, their business partners. In Brazil, this type of practice produced by the State is quite common in spaces of nature, which has generated tensions and territorial conflicts at the cost of the impoverishment of the poorest. Not different in the territory of the RESEX of Canavieiras, tension and conflicts are due to the expansion of shrimp farming, the presence of latifundia, the monoculture of eucalyptus, the incentives for industrial projects by the State and the overlapping of areas, that is, different types of conservation units occupying the same territory. These are conflicts that go against the objectives of a marine RESEX. Although the RESEX model is inert, as the territory is dynamic, the RESEX is indeed an important political space for extractive populations. The Brazilian State is increasingly precarious for environmental public policies, but still maintains the centralization and regulation of power over conservation territories. Even though the State has relegated the environmental agenda and at all times disqualifies the social achievements of the populations of traditional matrix, the RESEX of Canavieiras remains in the vanguard, exercising utopia through the desire for autonomy, but without losing access to public policies produced by the Brazilian State. They are new ways of managing and organizing the territory, but they are also new ways of (re)existing and rethinking the RESEX model from the lens, the attentive and everyday look of its users. It is the freedom to organize the territory beyond the control and limits of the State. After all, only hope builds the strong.

4
  • CAROLINE BULHÕES NUNES VAZ
  • REFLEXÕES SOBRE RUA: TENSÕES ENTRE MEMÓRIA E IMAGINAÇÃO EM EXPERIÊNCIAS NAS RUAS SOTEROPOLITANAS

  • Orientador : ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALESSANDRO DOZENA
  • ANDRÉ REYES NOVAES
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • EDUARDO JOSÉ MARANDOLA JÚNIOR
  • MARCELO SOUSA BRITO
  • Data: 30/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • A intenção de estudar a rua, especialmente as ruas brasileiras e de Salvador, se deu por preocupações teóricas sobre as transformações do mundo e da cidade, emanadas da obra de Walter Benjamin e Richard Sennett. Deste modo, as suas reflexões sobre as transformações no cotidiano urbano e o aprofundamento da modernidade nos seus vários aspectos, desde a alteração das relações sociais até as implicações na própria vida urbana, ressoaram com as minhas próprias experiências urbanas. No âmbito dos estudos geográficos, com algumas exceções, a rua é um fenômeno autorepresentado, considerado ou através de uma perspectiva de morfologia urbana, ou como o centro de ação e vida, mas raramente é o principal ponto de discussão no Brasil. Neste sentido, procurei construir esta investigação considerando a rua a sua principal escala geográfica e o objeto de análise, porque o foco na rua torna visíveis as transformações da cidade e permite uma compreensão dos processos em curso e das práticas espaciais de habitar a cidade. Assim, procurei uma aproximação entre a fenomenologia e a dialética para ligar as circunstâncias individuais e a estrutura social a fim de ponderar a rua como um fenômeno circunstancial da experiência urbana. Desse modo, a memória e a imaginação foram as duas categorias escolhidas para articular as dimensões temporal e espacial da experiência, que revelaram os pensamentos e as ações das pessoas para o seu futuro e as suas esperanças para a sociedade, através da sua relação com o lugar e a paisagem. Esta investigação foi afetada pela pandemia, o que exigiu alterações no seu âmbito. Nesse sentido, foi preciso de reorganizar a metodologia, para se adequar ao atual contexto de quarentena e distanciamento social brasileiro. Então, optei por sistematizar e analisar notícias, cobrindo o período entre março de 2020 e maio de 2021, como fontes de informação sobre a cidade e as suas ruas. Além disso, 11 entrevistas visaram responder à pergunta "o que é isto: a rua?", considerando as particularidades de cada entrevistado, os seus vários contextos sócio-espaciais-temporais, as suas possibilidades e circunstâncias, para contribuir para os estudos urbanos e particularmente para o planejamento urbano. Os resultados mostram o potencial da rua para manifestar a dinâmica da vida na cidade, através da tensão entre o público e o privado. A rua favorece a criação de imagens da cidade, assim negociada entre indivíduos e o coletivo. As narrativas dos indivíduos sobre as ruas transformam-nas em paisagens urbanas, dando-lhes sentido e força de lugar. Finalmente, apresenta vários significados que são circunstanciais e que se relacionam tanto com a estrutura do mundo como com conjunturas particulares, sendo, a um só tempo, singulares e transversais à compreensão da cidade. As notícias mostraram a importância dos meios de comunicação social como criadores de narrativas sociais, porque unificam fragmentos da cidade, construindo representações hegemônicas positivas ou negativas sobre bairros e ruas.


  • Mostrar Abstract
  • The intention to study the street, specially Brazilian and soteropolitan streets, was motivated by theoretical concerns about the transformations of the world and the city, emanating from Walter Benjamin and Richard Sennett's oeuvre. Therefore, their reflections about the transformations in the urban quotidian and the deepening of modernity in its various aspects, from alteration in social relations to the implications in urban life itself, resonated with my own urban experiences. In the scope of geographic studies, with some exceptions, the street is a self-presented phenomenon, considered through a perspective of urban morphology or as the center of action and life, but rarely is the main point of discussion. In this sense, I sought to build this research considering the street, its main geographical scale, and the object of analysis because the focus on the street makes transformations of the city visible and allows an understanding of the ongoing processes and the spatial practices of inhabiting the city. Hence, I pursued an approximation between phenomenology and dialectics to connect individual circumstances and social structure to ponder the street as a circumstantial phenomenon of the urban experience. Accordingly, memory and imagination were the two categories chosen to articulate the temporal and the spatial dimensions of experience, which revealed thoughts and actions of people towards their future and their hopes for society through their relation to place and landscape. This investigation was affected by the pandemic, which demanded changes in its scope. I needed to rearrange the methodology to suit the ongoing context of Brazilian quarantine and social distancing. Thus, I chose to systematize and analyze news, covering the period between March 2020 and May 2021, as sources of information about the city and its streets. Furthermore, 11 interviews aimed to answer the question "what is this: the street?", considering the particularities of each interviewee, their various social-spatial-temporal contexts, their possibilities, and circumstances, to contribute to urban studies and particularly to urban planning. The results show the potential of the street to reveal the dynamics of city life through the tension among public and private. The street supports the creation of images of the city hence negotiated between individuals and the collective. Individuals' narratives about the streets transform them into cityscapes providing them with sense and strength of place. Finally, it presents various meanings that are circumstantial that relate to both the world's structure and its particular conjunctures, being at one-time singular and transversal to understandings of the city. The news revealed the importance of the media as creators of social narratives because they unify fragments of the city, constructing positive or negative hegemonic representations about neighborhoods and streets.

5
  • FÁBIA ANTUNES ZALOTI
  • VIA METROPOLITANA: DINÂMICA DA COBERTURA E USO DA TERRA APÓS IMPLANTAÇÃO EM LAURO DE FREITAS, CAMAÇARI E SALVADOR – BAHIA, BRASIL

  • Orientador : DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALBANO AUGUSTO FIGUEIREDO RODRIGUES
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • GILBERTO CORSO PEREIRA
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • SEVERINO SOARES AGRA FILHO
  • Data: 03/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa apresenta uma análise das alterações da cobertura e uso da terra a partir da implantação da via Metropolitana, por meio do mapeamento, nos anos de 2009, 2017, 2018 e 2020, na escala 1:50.000, em Lauro de Freitas, Salvador e Camaçari no estado da Bahia. Foram identificadas e mapeadas sete classes do nível I da cobertura e uso da terra, 13 classes do nível II e 26 classes do nível III, mediante dados de Sensoriamento Remoto e técnicas de processamento digital de imagens, incluindo interpretação visual de ortofotos e classificação supervisionada de imagens de satélite, bem como trabalho de campo. Em relação às modificações, considerando as classes de cobertura e uso da terra de nível I, destacam-se a ampliação de áreas urbanizadas e áreas cultivadas, e a redução das áreas com formação florestal e pioneira. A partir da análise dentro e fora da área de abrangência de 500 metros de cada lado da via, a classe de formação florestal tem uma proporção maior na área interna, e uma área menor em relação à classe de área urbanizada em todo o período analisado, ilustrando um ritmo menos acelerado na redução da classe de formação florestal e na ampliação da classe de área urbanizada, dentro da área de abrangência. Nos círculos de abrangência de raio de 500 metros, identificou-se estatisticamente que existe uma diferença entre os padrões de acréscimo da classe de área urbanizada para os círculos com e sem cruzamentos entre a via Metropolitana e outras vias, e que não houve diferença para as classes de formação florestal e área cultivada, confirmando a importância da mobilidade proporcionada pelos cruzamentos entre vias para o aumento de áreas urbanizadas. Na comparação da estimativa de temperatura de superfície e a cobertura e uso da terra, os acréscimos ocorreram nas áreas onde a classe de área urbanizada passou por ampliações no período analisado. Na análise da cobertura e uso da terra com as áreas de preservação permanente de nascentes e cursos d’água observou-se um avanço das classes de área urbanizada, área cultivada, solo exposto e mineração. E a partir das métricas da paisagem confirmou-se a fragmentação e redução da classe de formação florestal e pioneira, após a implantação da via. Na verificação das leis, decretos, resoluções federais e estaduais, e do plano diretor de desenvolvimento municipal ou urbano, notou-se que há muitos instrumentos legais para aplicar-se no território para o ordenamento, planejamento, gestão, e conservação dos recursos ambientais, porém muitos desses instrumentos às vezes não se integram e no nível municipal existe um estímulo a expansão urbana. O resultado desta pesquisa revela um diagnóstico das transformações no período de 11 anos ao longo da via Metropolitana, considerando os recursos naturais nos municípios, sobretudo em áreas de preservação permanente, que podem e devem ser utilizados no planejamento territorial e ambiental, para auxiliar futuros projetos de desenvolvimento e conservação.


  • Mostrar Abstract
  • This research presents an analysis of changes in land cover and land use as of the construction of the Metropolitan Road, by mapping in the years 2009, 2017, 2018 and 2020, at a scale of 1:50.000, in Lauro de Freitas, Salvador and Camaçari, in the State of Bahia. Seven classes of level I of land cover and land use, thirteen level II, and twenty-six level III were identified and mapped through Remote Sensing data and digital image processing techniques, including visual interpretation of orthophotos and supervised classification of satellite images, as well as fieldwork. Regarding the changes, the land cover and land use classes of level I stand out the expansion of urbanized areas and cultivated land, and also the reduction of areas with forestry and pioneer formation. Based on the analysis inside and outside the buffer area of 500 meters on each side of the road, the forest formation class has a greater proportion in the internal area, and the urbanized area class has a smaller area throughout the analyzed period, illustrating a slower pace in the reduction of the forest formation class and in the expansion of the urbanized area class within the buffer area. In the buffer circles with a radius of 500 meters, it was statistically identified that there was a difference between the patterns of increase of urbanized area class for the circles where the Metropolitan Road did and did not intersect with other roads. Moreover, there was no difference regarding the forest formation and cultivated area classes, demonstrating the importance of mobility provided by intersections between roads for the increase of urbanized areas. Comparing the surface temperature estimate and the land cover and land use, the increases occurred in areas where the urban area class underwent expansions over the analyzed period. In the analysis of land cover and land use with the permanent preservation areas of springs and watercourses, there was an advance over urban area, cultivated area, exposed soil and mining area classes. Based on the landscape metrics, the fragmentation and reduction of the class of forest and pioneer formation was confirmed after the construction of the road. After verifying federal and state laws, decrees, resolutions, and even the master plan for municipal or urban development, it was noted that there are many legal apparatuses to be applied in the territory for ordering, planning, management, and preservation of environmental resources. However, many of these instruments are sometimes not integrated and at the municipal level there is a stimulus for urban expansion. The result of this research reveals a diagnosis of the transformations through an 11-year period along the Metropolitan Road considering the natural resources in the municipalities, especially in areas of permanent preservation which can and should be used in territorial and environmental planning, in order to assist future development and conservation projects.

6
  • LORENA FERREIRA DE SOUZA ALMEIDA
  • Água, Território e Justiça: a transposição do rio São Francisco e as vilas produtivas rurais

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • ANTONIO PUENTES TORRES
  • JUAN PEDRO MORENO DELGADO
  • RENATO LEONE MIRANDA LÉDA
  • NACELICE BARBOSA FREITAS
  • Data: 15/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • Do período imperial brasileiro até o século atual, a transposição do Rio São Francisco sempre 
    esteve pautada na agenda política nacional. Considerando esse contexto, em que a associação 
    entre seca, falta de água e pobreza continua a se renovar nos discursos políticos sobre a região 
    Nordeste, nesta pesquisa, buscou-se compreender as diversas faces do projeto de transposição 
    do Rio São Francisco, partindo-se do fundamento da geração de equidade e segurança 
    hídricas e dos impactos causados à população desterritorializada. Como recorte espacial, 
    definiu-se o processo de desterritorialização e reterritorialização da população das 16 Vilas 
    Produtivas Rurais do Eixo Norte (VPR), que continuam sem acesso adequado à água. Neste 
    estudo, propondo uma articulação entre as categorias teórico-analíticas água, território e 
    justiça, construiu-se uma discussão teórico-empírica em que os conceitos de 
    desterritorialização e reterritorialização e de justiça espacial e justiça territorial se 
    entrecruzam. Dada a complexidade da definição do justo e do injusto, buscou-se o diálogo 
    entre as referências teóricas clássicas sobre justiça e acerca da concepção integradora e 
    relacional de território. Em termos metodológicos, optou-se pela abordagem qualitativa, com
    pesquisa de campo, análise do Programa de Reassentamento das Populações (PBA-08), 
    aplicação de entrevistas e participação nos fóruns das VPR, no intuito de congregar elementos 
    importantes para a reflexão sobre (in)justiça territorial nesse projeto de transposição. 
    Defendeu-se, com base em uma perspectiva integradora e relacional de território, que justiça e 
    injustiça territorial formam um par dialético – presente em toda relação humana em 
    dimensões distintas e/ou complementares (natural, econômica, social e política) –, e em 
    situações de opressão (de qualquer tipo ou proporção) a injustiça territorial prevalece. De 
    acordo com as observações in loco e as entrevistas realizadas, constatou-se que ações 
    mitigadoras, como a moradia própria, o acesso a terra e a verba de manutenção temporária,
    podem ser consideradas como geradoras de justiça territorial e, em contrapartida, ações de 
    opressão, como redução do valor da verba de manutenção temporária, além de sua suspensão 
    no período de pandemia, fiscalização e punição das famílias ausentes nas visitas de inspeção 
    realizadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e o não cumprimento de algumas 
    metas e objetivos previstos no PBA-08, podem ser consideradas como geradoras de injustiça 
    territorial


  • Mostrar Abstract
  • From the Brazilian imperial period to the current century, the transposition of the São
    Francisco River has always been included in the national political agenda. Considering this
    context, in which the association among drought, lack of water and poverty continues to be
    renewed in political discourses about the Northeast region, in this research, we sought to
    understand the different faces of the São Francisco River transposition project, starting from
    the foundation of the generation of water equity and security and the impacts caused to the
    deterritorialized population. As a spatial clipping, it was defined the process of
    deterritorialization and reterritorialization of the population of the 16 Rural Productive
    Villages of the North Axis (VPR, in the Portuguese initialism), which still lack adequate
    access to water. In this study, proposing an articulation among the theoretical-analytical
    categories water, territory and justice, a theoretical-empirical discussion was constructed in
    which the concepts of deterritorialization and reterritorialization and of spatial justice and
    territorial justice intertwine. Given the complexity of defining what is fair and what is unfair,
    a dialogue was sought between the classical theoretical references on justice and on the
    integrative and relational conception of territory. In methodological terms, a qualitative
    approach was chosen, with field research, analysis of the Population Resettlement Program
    (PBA-08, in the Portuguese initialism), application of interviews and participation in VPR
    forums, in order to bring together important elements for reflection on territorial (in)justice in
    this transposition project. It was defended, based on an integrative and relational perspective
    of territory, that justice and territorial injustice form a dialectical pair – present in every
    human relationship in different and/or complementary dimensions (natural, economic, social
    and political) –, and in situations of oppression (of any kind or proportion) territorial injustice
    prevails. According to the observations in loco and the interviews carried out, it was found
    that mitigating actions, such as own housing, access to land and temporary maintenance
    funds, can be considered as generators of territorial justice and, on the other hand, actions of
    oppression, such as a reduction in the amount of the temporary maintenance budget, in
    addition to its suspension during the pandemic period, inspection and punishment of families
    absent from inspection visits carried out by the Ministry of Regional Development and the
    failure to meet some goals and objectives set out in the PBA- 08, can be considered as
    generators of territorial injustice.

7
  • IÑIGO ARRAZOLA ARANZABAL
  • VELHAS QUESTÕES SOB NOVAS ROUPAGENS: CONTINUIDADES E RUPTURAS DOS CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS PROVOCADOS PELAS FORMAS CONTEMPORÂNEAS DE EXPANSÃO DO AGRONEGÓCIO NA CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA.

  • Orientador : NOELI PERTILE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NOELI PERTILE
  • FELIPE MILANEZ PEREIRA
  • JOAO CLEPS JUNIOR
  • RUBÉN CAMILO LOIS GONZÁLEZ
  • CRISTINA MARIA MACEDO DE ALENCAR
  • Data: 13/09/2022

  • Mostrar Resumo
  • Nesta tese analisamos as formas socioespaciais da expansão do agronegócio na
    Chapada Diamantina, e os conflitos decorrentes deste processo, com o propósito de
    compreender as continuidades e rupturas trazidas pela reestruturação do setor nas
    últimas décadas respeito aos momentos anteriores de conflitividade no campo. Fazendo
    uso das ferramentas analíticas da Ecologia Política Latino-americana, situamos os
    conflitos atuais pela água na Chapada dentro de uma trajetória histórica que reatualiza a
    construção dos povos e da natureza enquanto objetos coloniais de conquista. Por outra
    parte, entendemos as dinâmicas de expansão do capital dentro das lógicas da
    acumulação por deslocamento, que além de expulsar às populações de seus espaços de
    vida, se baseiam numa acumulação de mais-trabalho e mais-natureza que corto circuita
    os ciclos reprodutivos da vida. Interrogamo-nos, ao mesmo tempo, pelas especificidades
    desta expansão dentro do contexto de neoliberalização da natureza contemporâneo,
    destacando dois elementos: a financeirização e o rentismo. Em ambos identificamos
    continuidades respeito a períodos anteriores, como o papel do setor público no acesso ao
    crédito subsidiado por parte do agronegócio. No entanto, também apreçamos elementos
    novos, como a diversidade de estratégias de sujeição da renda da terra seguidas pelos
    produtores do agronegócio -analisadas desde uma dupla dimensão geográfica, a territorial
    e a das redes-, atravessando setores econômicos e posições variadas dentro das
    relações de produção e comercialização agroalimentares. Posteriormente, incorporamos a
    análise das dinâmicas de produção de sentido envolvidos nos conflitos e expansão do
    setor, fazendo uso do marco da economia política cultural crítica e da dialética entre a
    justificação e a crítica que acompanham aos processos socioeconômicos. Mobilizamos
    ambos enfoques, fundamentados na não completitude da relação de capital, com o
    propósito de complementar nossa análise ao considerar as formas pelas que o
    agronegócio procura absorver as críticas que lhe são dirigidas e produzir justificações
    sobre suas atividades. Finalmente, abordamos o trânsito do governo à governança, tão
    aclamado na literatura, como uma continuidade dos modos de dominação política que, no
    entanto, tem introduzido também transformações. Centramo-nos para isto nas maneiras
    pelas que o setor continua exercendo poder estatal através dos sistemas de governança
    das águas. Assim, procuramos complexificar nosso entendimento sobre a hegemonia do
    agronegócio na medida em que sua expansão é assumida enquanto projeto estratégico
    de Estado.


  • Mostrar Abstract
  • In this thesis we analyse the socio-spatial forms of the agribusiness contemporary
    expansion in the Chapada Diamantina, Bahia, and its arising conflicts, with the aim to
    understand the continuities and ruptures caused by the restructuring of the sector in the
    last decades. Using the analytic tools of Latin American Political Ecology, we place the
    current water conflicts in the Chapada as an update of the historical ways trough which
    people and extra-human nature have been produced as colonial objects of conquest. We
    understand the dynamics of capital expansion in the countryside within the frame of
    accumulation by displacement. These dynamics, besides expelling people from their living
    spaces, are based on the accumulation of surplus labour value and surplus nature that
    short-circuit the reproductive cycles of life. We also wonder about the specific nature of
    this expansion in the current context of the neoliberalization of nature, pointing out two
    aspects: financialization and rentierism. In both of them we are able to identify continuities
    from previous periods, like the providing of public subsidized credit for agribusiness. In
    addition, we also find new elements, as the diversity of strategies for the appropriation of
    the rent of land developed by the sector - analysed from two geographic dimensions based
    on territory and networks- in various economic sectors and different positions in agro-food
    production networks. Next, we analyse the dynamics of sense productions related to this
    process of expansion and its conflicts. For this, we use the frame of the critical Cultural
    Political Economy and the dialectic between justification and critique inherent to
    socioeconomic processes. Both approaches are used regarding the incompleteness of the
    capital-relation, with the purpose of complementing our analysis considering the ways
    through which the agribusiness tries to absorb the critiques directed to it and justify its own
    activities. Finally, we deal with the transit from government to governance, so praised in
    literature, as a continuity of the ways of political domination, even though it also brought
    transformations. We consider the ways through which the sector continues to exercise
    state power throughout the water and environmental governance systems. In this way, we
    try to enrich our understanding of the hegemonic power of agribusiness to the same extent
    that its expansion is assumed as a state strategic project.

8
  • Cleonice Moreira da Silva
  • FUNCIONALIDADE E FORMAÇÃO DA MACRORREGIÃO DE SALVADOR-FEIRA DE SANTANA

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • GILBERTO CORSO PEREIRA
  • ROSALI BRAGA FERNANDES
  • NACELICE BARBOSA FREITAS
  • MAINA PIRAJÁ SILVA
  • Data: 06/10/2022

  • Mostrar Resumo
  • Os municípios baianos de Feira de Santana e Salvador são sobremaneira relevantes para a dinâmica urbano-funcional do estado em múltiplas escalas. Considerando a importância dessa articulação, nesta tese, o objetivo geral consistiu em analisar como ocorrem as relações funcionais estabelecidas entre os maiores nós regionais do estado baiano, observando como essa (re)articulação funcional interfere na (re)organização espacial de Salvador e Feira de Santana. Para tanto, buscando orientar a leitura das funcionalidades desenvolvidas por e a partir de Salvador e Feira de Santana em um contexto multiescalar, como procedimentos metodológicos, foi realizada uma pesquisa bibliográfica de obras que discutem a temática, bem como o levantamento de dados – sobre os municípios em estudo – referentes aos indicadores populacionais, educacionais, de saúde, de conexão à internet, de importação e exportação, do produto interno bruto municipal e relacionados à compra de eletrodomésticos, roupas e sapatos; assim também como aqueles relativos ao fluxo rodoviário nas rodoviárias de Salvador e Feira de Santana. Tais informações foram coletadas nos seguintes bancos de dados: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA); Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL); Região de Influência das Cidades (REGIC); e Ministério da Economia. Além disso, com a Universidade Estadual de Feira de Santana e a Universidade Federal da Bahia foram averiguadas informações concernentes à origem dos estudantes no período de 2014 a 2019; já com o Hospital Geral Clériston Andrade, no intuito de contextualizar a formação dos nós da rede urbano-funcional baiana, foram coletados dados relacionados aos atendimentos no ano de 2019; através da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI) foi realizado, ainda, o levantamento de dados acerca das regionalizações ocorridas na Bahia; e, de modo ilustrativo, foram selecionadas imagens de satélite disponibilizadas pelo MapBiomas. No mais, visando superar as dificuldades enfrentadas – em razão das mudanças na interação social decorrentes da pandemia de covid-19 – para a realização das entrevistas pré-definidas, foram utilizadas publicações dos sites de notícias Acorda Cidade e Correio, além de uma entrevista com a Coordenação de Planejamento e Articulação Metropolitana (CPAM). Como forma de propiciar análises e as reflexões mais produtivas, a compilação dessas informações foram dispostas em tabelas, quadros, figuras e gráfico. Com base nas leituras e no entrecruzamentos desse repertório, é possível constatar que Salvador e Feira de Santana possuem uma relação funcional alternada de dependência/complementaridade, principalmente quando observadas as relações comerciais estabelecidas entre esses municípios, e também em suas interações com os demais. Nesse sentido, a influência urbano-funcional de Salvador e Feira de Santana desenha a construção de uma macrorregião, constituída não mediante reconhecimento institucional, e sim devido às dinâmicas urbano-regionais decorrentes da oferta e demanda funcionais que os municípios possuem.

     


  • Mostrar Abstract
  • The municipalities of Feira de Santana and Salvador are very relevant to the urban functional dynamics of the state in multiple scales. Given the importance of this articulation, in this thesis, the general objective was to analyze how the functional relations established between the largest regional nodes of the State of Bahia occur, observing how this functional (re)articulation interferes with the spatial (re)organization of Salvador and Feira de Santana. To this end, seeking to guide the reading of the functionalities developed by and from Salvador and Feira de Santana in a multi-scale context, as methodological procedures, a bibliographical research was carried out of works that discuss the theme, as well as the collection of data – on the municipalities under study – referring to population, education, health, internet connection, import and export, municipal gross domestic product indicators and related to the purchase of household appliances, clothing and shoes; as well as those related to road flow in the highways of Salvador and Feira de Santana. Such information was collected in the following databases: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA); Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL); Região de Influência das Cidades (REGIC); and Ministério da Economia. In addition, information regarding the origin of the students from 2014 to 2019 was investigated with the Universidade Estadual de Feira de Santana and the Universidade Federal da Bahia; data related to the visits in 2019 were collected with the Hospital Hospital Geral Clériston Andrade, in order to contextualize the formation of the nodes of the bahian urban-functional network; through the Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI) data were acquired concerning the regionalizations that occurred in Bahia; and, in an illustrative way, satellite images provided by MapBiomas platform have been selected. Moreover, in order to overcome the difficulties faced – due to the changes in social interaction resulting from the covid-19 pandemic – for carrying out the predefined interviews, publications from the news sites Acorda Cidade and Correio were used, in addition to an interview with the Coordenação de Planejamento e Articulação Metropolitana (CPAM). As a way to provide analysis and more productive reflections, the compilation of this information was arranged in tables, frames, figures and graphs. Based on the readings and intersections of this repertoire, it is possible to observe that Salvador and Feira de Santana have an alternate functional relationship of dependence/complementarity, especially when the commercial relations established between these municipalities are observed, and also in their interactions with others. In this regard, the urban-functional influence of Salvador and Feira de Santana draws the construction of a macro-region, constituted not through institutional recognition, rather because of the urban-regional dynamics resulting from the functional supply and demand that the municipalities have.

9
  • Célio José dos Santos
  • Geografias Insurgentes: práticas espaciais e a luta pela autonomia da juventude negra e periférica em Salvador – BA

  • Orientador : ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NÉCIO TURRA NETO
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • JORGE LUIZ BARBOSA
  • MARIA GABRIELA HITA
  • Data: 15/12/2022

  • Mostrar Resumo
  • Na última década, emergiram na cena cultural da cidade de Salvador inúmeros saraus literários, que se espalharam pela cidade, e, em sua maioria, organizados pela juventude negra, pobre e periférica, a qual enxergou no sarau uma forma de mobilização e autoorganização política baseada nos princípios libertários: autogestão, autonomia, ajuda mútua e horizontalidade. Nesse contexto, partindo do princípio de que os coletivos e as manifestações culturais têm sido um laboratório bastante profícuo de experimentação sobre novas formas de operar a política (GHON, 2016), a presente tese tem como objetivo discutir as práticas espaciais insurgentes da juventude, debruçando-se sobre dois coletivos: Bairro da Paz Vive – BDP - e Juventude Ativista de Cajazeiras – JACA; que, por sua vez, organizam os saraus em dois bairros populares da capital baiana, respectivamente: Bairro da Paz e Cajazeiras. Desta forma, busca-se responder às seguintes questões: como são construídos e operacionalizados os princípios libertários nos coletivos pesquisados? Como a ciência geográfica se relacionou/relaciona com o pensamento libertário? Como as práticas espaciais insurgentes desses jovens reverberam no espaço geográfico? Quem são esses jovens e como eles representam (vivem, percebem e experienciam) a juventude? Qual a amplitude das redes de sociabilidade que são tecidas nos saraus e a escala de atuação desses coletivos? Ao final, constatamos que o sarau assume um papel potente na/para a construção de redes de sociabilidade dos jovens na cidade: é a encruzilhada (ROSÁRIO, 2019), o lugar de encontro, de aprender, de fazer, de debater e de construir e de operar a política. O sarau é o nó da rede das tramas de relações que são tecidas na cena política e cultural soteropolitana; é o espaço da produção da autonomia da juventude, é o lugar onde os jovens estão vivenciando, experienciando e construindo um outro modo de ser jovem negro, pobre e periférico na cidade de Salvador.


  • Mostrar Abstract
  • In the last decade, numerous literary soirees emerged in the cultural scene of Salvador City; these soirees, which have been spreading throughout the city, are organized, in their majority, by black, poor and peripheral youth, who took the the soiree as a form of political mobilization and self-organization based on libertarian principles: self-management, autonomy, mutual aid, and horizontality. In this context, based on the principle that collectives and cultural manifestations have been a very fruitful laboratory for experimenting new ways of operating politics (GHON, 2016), this thesis aims to discuss the insurgent spatial practices of youth, focusing on two collectives, Bairro da Paz Vive – BDP and Juventude Ativista de Cajazeiras – JACA, which, in turn, organize the soirees in two popular neighborhoods of the Bahian capital, respectively: Bairro da Paz and Cajazeiras, seeking to answer the following questions: how are libertarian principles constructed and operationalized in the researched collectives? How did geographic science relate, or how does it relate to libertarian thought? How do the insurgent spatial practices of these young people reverberate in geographic space? Who are these young people and how do they represent (live, perceive and experience) youth? What is the amplitude of the sociability networks that are woven in the soirees and what is the scale of action of these collectives? In the end, we found that the soiree plays a powerful role in/for the construction of sociability networks for young people in the city: it is the crossroads (ROSÁRIO, 2019), the place for meeting, learning, doing, debating, building, and operating politics. The soiree is the node in the network of relationships that are woven in the political and cultural scene in Salvador; it is the space for the production of youth autonomy, where young people are experiencing and building another way of being a poor and peripheral young black person, in Salvador City.

2021
Dissertações
1
  • MARCOS MARHS MORENO URBINA
  • ANÁLISE ESPACIAL DOS SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM ATENDIMENTO ÀS MULHERES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR NA CIDADE DO SALVADOR-BAHIA

  • Orientador : CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • HELENI DUARTE DANTAS DE ÁVILA
  • SALETE MARIA DA SILVA
  • Data: 01/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo realiza uma análise espacial dos serviços especializados em
    atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar instalados
    em 2021 no município de Salvador–Bahia: Delegacias Especializadas no
    Atendimento às Mulheres (Brotas e Periperi), Núcleo de Defesa da Mulher da
    Defensoria Pública, Centro de Referência de Atendimento à Mulher Loreta
    Valadares e Centro de Atendimento à Mulher Soteropolitana Irmã Dulce.
    Especificamente, a discussão é centrada na localização das infraestruturas físicas
    que abrigam tais serviços e as suas respectivas áreas de cobertura. Fundamenta-se
    que a violência doméstica e familiar contra as mulheres é um problema social
    baseado na desigualdade de gênero, a partir do qual são destacadas três
    características: 1. É um tipo de violência presente transversalmente em todos
    os contextos geográficos, sociais, culturais etc., porém com impactos
    diferenciados. 2. É interseccional, visto que existe uma sobreposição de
    opressões; 3. Acontece, comumente, nos contextos conjugais, de forma cíclica.
    Além do mais, um fator envolvido nesse tipo de violência é que as possibilidades de
    uma mulher sair do ciclo de violência vão depender, em certa medida, da
    disponibilidade e qualidade dos serviços. Em conjunto, todas essas características
    se convertem em desafios para ser abordados pelas políticas públicas. Neste
    contexto, a pesquisa empírica consistiu em analisar os serviços desde sua dimensão
    espacial, tentando esclarecer o porquê de sua localização, quais as áreas de
    cobertura e quais as motivações das autoridades para tais definições. Através da
    aproximação por indícios e evidências circunstanciais – que explica o fenômeno
    social (neste caso a política pública) no tempo e espaço, – realizou-se uma
    reconstrução histórico-geográfica da trajetória espaço-temporal desses serviços.
    A discussão apoiou-se, principalmente, na revisão documental sistemática e na
    representação cartográfica de dados de mobilidade urbana. Os resultados
    demonstram que a implementação das políticas públicas na cidade de Salvador-
    Bahia se tem dado negligenciando o fator espacial na definição das áreas de
    cobertura dos serviços prestados, provocando lacunas dentro dos processos de
    ciclo das políticas públicas, o que dificulta as possibilidades de monitoramento e
    avaliação por parte da sociedade. Por outro lado, ao realizar a análise espacial da
    acessibilidade dos serviços propriamente ditos, os resultados obtidos nessa
    pesquisa mostram que na cidade de Salvador-Bahia o acesso não é equânime,
    visto que algumas áreas têm boa conexão com os serviços, outras, uma conexão
    precária, e existem ainda aquelas que efetivamente não têm. Finalmente se sugere
    que o avanço e implementação de políticas públicas destinadas para o atendimento
    às mulheres em situação de violência, procurem incorporar dimensão espacial
    como parte do processo.


  • Mostrar Abstract
  • This study performs a spatial analysis of services specialized in assisting women in
    situations of domestic and family violence installed in 2021 in the municipality of
    Salvador – Bahia: Delegacias Especializadas no Atendimento às Mulheres (Brotas e
    Periperi), Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública, Centro de Referência
    de Atendimento à Mulher Loreta Valadares e Centro de Atendimento à Mulher
    Soteropolitana Irmã Dulce. Specifically, the discussion is centered on the location of
    the physical infrastructures that house these services and their respective coverage
    areas. It is based on the fact that domestic and family violence against women is a
    social problem based on gender inequality, from which three characteristics are
    highlighted: 1. It is a type of violence present across all geographic, social, cultural
    contexts etc., but with different impacts. 2. It is intersectional, since there is an overlap
    of oppression; 3. It happens, commonly, in conjugal contexts, in a cyclical way.
    Furthermore, a factor involved in this type of violence is that a woman's chances of
    getting out of the cycle of violence will depend, to some extent, on the availability and
    quality of services. Together, all of these characteristics become challenges to be
    addressed by public policies. In this context, the empirical research consisted of
    analyzing services from their spatial dimension, trying to clarify why they are located,
    which are the coverage areas and which are the motivations of the authorities for such
    definitions. Through the approximation by circumstantial evidence and evidence -
    which explains the social phenomenon (in this case public policy) in time and space -
    a historical-geographical reconstruction of the space-time trajectory of these services
    was carried out. The discussion was based mainly on the systematic document review
    and on the cartographic representation of urban mobility data. The results demonstrate
    that the implementation of public policies in the city of Salvador-Bahia has been
    neglecting the spatial factor in the definition of the coverage areas of the services
    provided, causing gaps within the public policy cycle processes, which hinders the
    possibilities of monitoring and evaluation by society. On the other hand, when
    performing the spatial analysis of the accessibility of the services themselves, the
    results obtained in this research show that in the city of Salvador-Bahia the access is
    not equitable, since some areas have a good connection with the services, others, a
    connection precarious, and there are still those that do not. Finally, it is suggested that
    the advancement and implementation of public policies aimed at assisting women in
    situations of violence, seek to incorporate the spatial dimension as part of the process.

2
  • IZIS THELMA ARAUJO SANTIAGO
  • A Geografia Física Crítica como estratégia pedagógica para a inclusão escolar

     
  • Orientador : GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GRACE BUNGENSTAB ALVES
  • NÚBIA BERAY ARMOND
  • ROSEMY DA SILVA NASCIMENTO
  • Data: 11/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • A Geografia Escolar muitas vezes ainda apresenta uma dicotomia entre a Geografia Física e a Geografia Humana, além de carecer de temas contemporâneos voltados para a inclusão e a diversidade. Consideramos a inclusão escolar para além das deficiências, envolvendo aspectos que muitas vezes são motivos de segregação e reprodução de preconceitos em sala de aula, como as questões socioeconômicas, culturais, étnico, raciais, de gênero, orientação sexual e religiosa. Embora exista uma ampla legislação que regulamente a inserção destes temas, já na formação inicial docente, ainda parece faltar debate teórico e aplicação prática para os docentes que atuam no Ensino Básico, tal situação pode estar relacionada a existência de um padrão de normalidade socialmente imposto e falta de acesso aos debates sobre as temáticas. Desse modo, a pesquisa teve como objetivo compreender como se dá a abordagem da inclusão e da diversidade na formação inicial em Geografia, na produção científica e na prática docente na Geografia Escolar. Para entender e discutir a formação inicial docente em Geografia no estado da Bahia, partimos da análise dos currículos dos cursos de licenciatura à luz da legislação vigente sobre as temáticas. A produção científica foi analisada de acordo com o cenário nacional das discussões de inclusão e diversidade na Geografia Escolar, através de publicações em revistas científicas dedicadas à área de Geografia e Ensino. A prática docente foi elaborada e desenvolvida a partir da abordagem da Geografia Física Crítica (GFC) como possibilidades pedagógicas de superação da dicotomia no ensino de Geografia com a elaboração de recursos didáticos relacionados ao contexto dos estudantes, considerando as suas especificidades culturais, sociais e econômicas. Portanto, partindo da realidade de Salvador (Bahia), que possui quase metade da população vivendo em áreas de risco a deslizamento, enxurradas e alagamentos, elegemos o conceito “risco” como tema gerador. Foi possível identificar que os currículos da formação inicial do docente em Geografia na Bahia são constituídos apartados das temáticas pesquisadas, que as produções acadêmicas sobre a temática possuem pouca expressividade no cenário nacional se comparadas a outras propostas, há uma propensão à escolha de alguma deficiência e área da Geografia específicas ao lidarem com o assunto, além de um ensino de Geografia dicotômico e apartado da realidade do estudante. Foi possível também, experienciar a GFC como estratégia para a ressignificação das escolhas pedagógicas capazes de promover a diversidade, reconhecendo e valorizando as especificidades de cada contexto escolar, bem como as origens dos seus estudantes, propiciando o desenvolvimento da autonomia do sujeito e da perspectiva crítica do estudante com o espaço em que se encontra. Essa experimentação se deu em uma sala de aula, a partir de observação, intervenção e avaliação crítica da prática docente no ensino de Geografia em uma escola pública de Salvador. Neste sentido a GFC como abordagem na construção de práticas pedagógicas auxiliou na criação de uma análise integradora dos aspectos físicos e humanos bem como, no reconhecimento e compreensão das relações de poder atuantes na sociedade. Diante dos dados levantados compreendemos que a abordagem integradora e inclusiva deve se dar ao longo da formação docente até sua práxis, no ensino básico e superior, para que realmente possamos pensar numa sociedade mais igualitária, papel este que a Geografia deve assumir devido a sua posição de ciência que estuda o espaço e as relações que neste se desenvolvem.


  • Mostrar Abstract
  • School Geography often presents a dichotomy between Physical and Human Geography, lacking contemporary themes focused on inclusion and diversity. We consider school inclusion more than deficiencies. We include aspects that are often reasons for segregation and reproduction of prejudices in the classroom, such as socioeconomic, cultural, ethnic, racial, gender, sexual and religious orientation. Although there is legislation to regulate these themes' insertion, the initial teacher education still lacks theoretical debate and practical application; such a situation could be the social imposition of the normality and absence of debates about these themes. Thus, our goal is to understand how inclusion and diversity appear in Geography's initial formation, scientific production, and teaching practice in School Geography. To understand the initial teacher formation in Geography in Bahia, we started by analyzing the undergraduate course structure, considering the current legislation about inclusion and diversity. We analyzed the publications about inclusion and diversity in School Geography in scientific journals dedicated to Geography and Teaching to observe the scientific production. The teaching practice started from the Critical Physical Geography (GFC) approach as pedagogical possibilities to overcome the dichotomy in Geography with the development of didactic resources related to the students' context, considering their cultural, social, and possible specificities. Therefore, starting from the Salvador reality (Bahia), which has almost half of the population living in areas at risk of landslides or floods, we chose the concept of "risk" as the central theme. The undergraduate course structures in Bahia are insufficient to teaching about diversity and inclusion. The specific academic publications about these themes have little expressivity when compared to other thematic. There is a propensity to choose some disability and specific Geography areas when researching these subjects. Besides, the School Geography teaching is dichotomic and disconnected from the student's reality. The GFC works how a strategy for the re-signification of pedagogical choices capable of promoting diversity, recognizing, and valuing the specificities of each school context, as well as the origins of its students, enabling the development of the subject's autonomy and critical perspective of the student with the space in which he finds himself. In this sense, the GFC approach helps create an integration of physical and human aspects in Geography and understand students' realities, empowering them. Finally, we realize that an integrated and inclusive approach must occur in teacher praxis, in primary and higher education, to a more equitable society. Geography's role must assume due to its position of science that studies space and the relationships that develop in it.

3
  • SIVAL RIBEIRO DE SENA
  • USO DE DADOS DE SENSORES REMOTOS NA ANÁLISE DAS ALTERAÇÕES TEMPORAIS NO USO E COBERTURA DA TERRA NA LAGOA DE ITAPARICA, BAHIA, BRASIL

  • Orientador : PABLO SANTANA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VINICIUS DE AMORIM SILVA
  • ANTONIO PUENTES TORRES
  • DANILO HEITOR CAIRES TINOCO BISNETO MELO
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • YVONILDE DANTAS PINTO MEDEIROS
  • Data: 31/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho teve como objetivo analisar as alterações ambientais na área da
    de influência da Lagoa de Itaparica em função das mudanças temporais no Uso e
    Cobertura da Terra. A Lagoa de Itaparica é a maior e mais importante lagoa
    marginal da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Ela é um importante berçário
    natural para a reprodução de diversas espécies, principalmente de peixes e aves
    migratórias. Entretanto, nos últimos anos a referida lagoa vem apresentando grande
    instabilidade no seu regime hídrico, o qual tem se agravado em períodos de
    estiagem. Ao mesmo tempo os problemas ambientais têm sido potencializados em
    função do desenvolvimento de atividades não sustentáveis como o desmatamento e
    queimadas, a extração de areia, de rochas, ouro, diamante e cristais. O presente
    estudo foi concretizado em duas etapas: Utilizando dados de sensores remotos dos
    satélites Landsat 1,2, 5 e 8 a primeira etapa foi pautada na análise temporal das
    modificações no Uso e Cobertura da Terra para o período compreendido entre 1975
    e 2018 considerando 09 períodos de observação e intervalos de 5 e 7 anos. A partir
    da década de 1970 os dados de sensores remotos passaram a ser disponibilizados
    gratuitamente pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE) e por outras agências
    espaciais, a exemplo da NASA. A segunda etapa foi voltada para a análise da
    Vulnerabilidade a Erosão e Perda de Solos. A análise histórica do Uso e Cobertura
    da Terra demonstrou que entre 1975 e 2018 houve uma supressão de 53% da
    Savana Estépica Arborizada e 66% do tipo Savana Estépica Florestada, em
    detrimento disso houve a expansão das classes representadas por Áreas
    Degradadas e Pastagem. No resultado do mapeamento da vulnerabilidade a Erosão
    e Perda de Solos as áreas classificadas como de Média, Alta e Muito Alta
    Vulnerabilidade foram de, respectivamente 26,78%, 20,14% e 9,12%. Além disso, o
    estudo demonstrou uma piora nas condições hídricas da Lagoa de Itaparica,
    materializada pelo decréscimo abrupto da área ocupada pelo seu espelho d’água e
    dos corpos hídricos na área da bacia hidrográfica como um todo.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to analyze the environmental changes in the area of influence of
    the Itaparica Lagoon due to the temporal changes in Land Use and Coverage. The
    Itaparica Lagoon is the largest and most important marginal lagoon in the São
    Francisco River Basin. It is an important natural nursery for the reproduction of
    several species, mainly of migratory fish and birds. However, in recent years, the
    aforementioned lagoon has shown great instability in its water regime, which has
    worsened in periods of drought. At the same time, environmental problems have
    been increased due to the development of unsustainable activities such as
    deforestation and burning, the extraction of sand, rocks, gold, diamonds and
    crystals. The present study was carried out in two stages: Using data from remote
    sensors of the Landsat satellites 1,2, 5 and 8 the first stage was based on the
    temporal analysis of changes in Land Use and Coverage for the period between
    1975 and 2018 considering 09 observation periods and intervals of 5 and 7 years.
    From the 1970s on, remote sensor data became available for free by the Institute
    for Space Research (INPE) and other space agencies, such as NASA. The
    second stage was devoted to the analysis of Vulnerability to Erosion and Loss of
    Soils. The historical analysis of Land Use and Coverage showed that between
    1975 and 2018 there was a suppression of 53% of the Savanna Estépica
    Arborizada and 66% of the Savana Estépica Florestada, to the detriment of this
    there was the expansion of the classes represented by Degraded Areas and
    Pasture. As a result of mapping the vulnerability to erosion and soil loss, the areas
    classified as Medium, High and Very High Vulnerability were 26.78%, 20.14% and
    9.12%, respectively. In addition, the study showed a worsening of the water
    conditions in the Itaparica Lagoon, materialized by the abrupt decrease in the area
    occupied by its water mirror and the water bodies in the area of the hydrographic
    basin as a whole.

4
  • MICHELE PAIVA PEREIRA
  • FEIRA LIVRE DE SÃO FELIPE-BA: ESPAÇOS DE (R)EXISTÊNCIAS E LUGAR DE RESISTÊNCIAS 

  • Orientador : GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANTE SEVERO GIUDICE
  • GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • JANIO ROQUE BARROS DE CASTRO
  • Data: 24/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • A feira livre, também chamada de feira tradicional de rua, possui características específicas, pois é um evento que ocorre em espaço público com determinada periodicidade e as principais mercadorias são os alimentos, podendo ter dimensão escalar local e/ou regional. O recorte espacial desta pesquisa é o município de São Felipe-BA, localizado no Território de Identidade do Recôncavo e o período de análise foi realizado durante os anos de 2015 e 2020. O objetivo geral desta pesquisa é compreender as dinâmicas espaciais da produção, distribuição, troca (circulação) e consumo na Feira Livre do município de São Felipe (FLSF) e como estas dinâmicas e o frequentar a feira garantem a reprodução social das famílias de agricultores. Para tanto, adotou-se uma pesquisa de abordagem qualiquantitativa com os seguintes procedimentos metodológicos: análise cienciométrica, registros fotográficos, dados documentais e estatísticos; aplicação de entrevistas, questionários; conversas informais; uso de diário de campo e observações não-participante em lócus. Os dados foram sistematizados e tratados por análise de conteúdo.  Examinada a partir das categorias espaço geográfico e lugar, tendo como fio condutor as leituras do Prof. Milton Santos, a FLSF mostrou que entre diferentes fluxos há dinâmicas criadas por objetos e ações, que oferece possibilidades latentes e oportunidades preexistentes. A feira livre de São Felipe é espaço e lugar que possui traços de sociabilidade rural e sua configuração socioespacial é transpassada por relações pessoais, embora os feirantes revelassem que a principal motivação de participação fosse a complementação da renda. Do dia a dia ao “erguer as barracas” há um jogo de planejamento e ações originando dinâmicas que combinam racionalidades e contra-racionalidades sob a lógica do capital diferenciadas no cotidiano, reunindo e dando sentido às atividades dos indivíduos em sociedade, ao passo que garante a reprodução social destas famílias. Com a questão agrária marcada pela desigualdades e pela constituição de minifúndios no município, a produção agrícola municipal e a venda de produtos na feira evidenciam a resistência dos agricultores, em especial dos feirantes agricultores, camponeses que resistem e marcam a sua existências e (r) existências na FLSF.


  • Mostrar Abstract
  • The free market, also called traditional street fair, is a fair with specific characteristics, because it is an event that takes place in a public space with a certain periodicity and the main goods are food scalar local and / or regional dimension. n this dissertation, we chose the municipality of São Felipe-BA, located in the Recôncavo Identity Territory as a spatial cutout, and the general objective of this research is to understand the spatial dynamics of production, distribution, exchange (circulation) and consumption in the open market in the municipality of São Felipe and how these dynamics and attending the fair guarantee the social reproduction of farmers' families. o this end, a qualitative-quantitative research was adopted with the following methodological procedures: scientometric analysis, photographic records, documentary and statistical data; application of interviews, questionnaires; informal conversations; use of field diary and non-participant observations in locus; the data were systematized and treated by content analysis. Examined from the categories of geographic space and place, with Prof. Milton Santos, FLSF showed that between different flows there are dynamics created by objects and actions, which offers latent possibilities and pre-existing opportunities. The São Felipe open market is a space and place that has traces of rural sociability and its socio-spatial configuration runs through personal relationships, although the marketers revealed that the main motivation was to complement the income. It is a representation that São Felipense society makes of itself with the centrality of life, with its existence and r-existence. From day to day when “building the tents” there is a game of planning and actions giving rise to dynamics that combine existences, resistances, rationalities and counter-rationalities under the logic of capital differentiated in daily life, bringing together and giving meaning to the activities of individuals in society, while guaranteeing the social reproduction of these families.

5
  • ANSELMO SANTOS DA SILVA
  • REPRODUÇÃO ESPACIAL: UMA ANÁLISE DA IMPLANTAÇÃO DA LINHA 2 DO SISTEMA METROVIÁRIO DE SALVADOR E LAURO DE FREITAS

  • Orientador : JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • JOSE CARLOS HUAPAYA ESPINOZA
  • Data: 30/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa que culminou na elaboração desta dissertação teve como objeto de estudo a
    implantação da linha 2, integrante do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas,
    buscando identificar e compreender as principais consequências espaciais desencadeadas
    pela construção do referido traçado metroviário. Os empreendimentos associados ao setor
    de transporte são causadores de diversos efeitos na configuração e organização espacial, já
    que as atividades socioeconômicas dependem do aparelhamento das condições de
    mobilidade. Ao longo do processo de urbanização, diversas cidades brasileiras passaram a
    incluir o modo de locomoção metroviário em seus sistemas de transporte, porém a adoção
    do modo de deslocamento por metrô se expandiu lentamente no país. Em Salvador a
    primeira iniciativa política para implantação de um moderno sistema metroviário surgiu em
    meados da década de 1980, mas o projeto foi arquivado. Na segunda metade dos anos 1990
    ocorreu a assinatura de um novo projeto, que começou a ser executado no início dos anos
    2000, mas diversos entraves burocráticos e políticos proporcionaram sucessivos atrasos na
    conclusão do mesmo. Contudo, após a transferência da gestão do projeto da esfera política
    e administrativa municipal para a estadual, em um novo contexto caracterizado pela
    preparação para a Copa do Mundo de Futebol de 2014, ocorreram avanços na conclusão da
    linha 1, além de mudanças no projeto para possibilitar a incorporação de um novo traçado,
    ou seja, a linha 2, com o objetivo principal de articular o Aeroporto Internacional Luís
    Eduardo Magalhães ao centro da cidade, nascendo, assim, o Sistema Metroviário de
    Salvador e Lauro de Freitas (SMSLF). A implantação da linha 2 desencadeou uma acentuada
    modificação na estrutura material formadora do recorte espacial onde foi inserida e,
    também, contribuiu para mudanças no sistema de transporte urbano. Essa realidade pôde
    ser exemplificada, neste estudo, pela alteração que ocorreu sobre a paisagem, devida à
    edificação dos suportes estruturais formadores do traçado metroviário; além da desativação
    de muitas linhas de ônibus. Vale ressaltar que os fatos apurados deixaram em evidência a
    relação dialética entre objetos e conteúdo social.


  • Mostrar Abstract
  • The research that culminated in the elaboration of this dissertation had as its object of study
    the implementation of line 2 that is part of the Salvador and Lauro de Freitas Metro System,
    seeking to identify and understand the main spatial consequences triggered by the
    construction of the aforementioned subway layout. Enterprises associated with the
    transport sector have several effects on spatial configuration and organization, as
    socioeconomic activities depend on the equipment for mobility conditions. During the
    urbanization process, several Brazilian cities started to include the subway mode of
    transportation in their transport systems, but the adoption of the subway mode of
    transportation slowly expanded in the country. In Salvador, the first political initiative to
    implement a modern subway system emerged in the mid-1980s, but the project was
    shelved. In the second half of the 1990s, a new project was signed, which began to be
    executed in the early 2000s, but various bureaucratic and political obstacles led to
    successive delays in its completion. However, after the transfer of project management from
    the municipal to the state political and administrative sphere, in a new context characterized
    by the preparation for the 2014 Soccer World Cup, progress was made in completing line 1,
    in addition to changes in the project to enable the incorporation of a new route, that is, line
    2, with the main objective of linking the Luís Eduardo Magalhães International Airport to the
    city center, thus creating the Salvador and Lauro de Freitas Metro System (SMSLF). The
    implementation of line 2 triggered a marked change in the material structure that formed
    the spatial cutout where it was inserted and also contributed to changes in the urban
    transport system. This reality could be exemplified, in this study, by the alteration that
    occurred in the landscape, due to the construction of the structural supports that form the
    subway layout; in addition to the deactivation of many bus lines. It is noteworthy that the
    facts found highlighted the dialectical relationship between objects and social content.

6
  • LUCAS UZEDA CASTRO
  • O BAIRRO DA CALÇADA — SALVADOR (BA): DO CIDADÃO IMPERFEITO AO CONSUMIDOR MAIS-QUE-PERFEITO

  • Orientador : MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • FLORA SOUSA PIDNER
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • Data: 30/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa intenta compreender a dinâmica socioespacial de um subcentro tradicional de Salvador, dedicado historicamente às atividades terciárias, cuja constituição tem como fator dominante a construção da estação de trem em 1960, o que tornou o bairro um ponto de confluência entre pessoas e mercadorias oriundas de diversas cidades e até de fora da Bahia. O bairro da Calçada passou a ser espaço de aglomeração de trabalhadores informais, com uma rede de lojas, atacadistas e hotéis (motéis), e de uma massa de consumidores provenientes, majoritariamente, da Cidade Baixa e do Subúrbio Ferroviário. Como subcentro terciário, nele, a dialética entre os dois circuitos da economia urbana é exacerbada, dissipando o tecido terciário e alcançando outros bairros adjacentes. Os pontos de seguimento que costuram esse tecido são os atacadistas e o terciário de rua. Imbricado ao subcentro, constitui um bairro popular, lugar do cotidiano de uma população cuja cidadania é mutilada por um modelo de desenvolvimento econômico, em detrimento de um modelo cívico, no qual o cidadão passa a ser consumidor, sujeito à determinação da lógica do consumo. A escolha do tema se deve à peculiaridade de a Calçada ser um entroncamento entre aglomerados de bairros importantes da cidade, além de seu processo de urbanização e centralização, desencadeado pelas transformações socioeconômicas e espaciais ocorridas desde o século XIX, em concomitância com o processo de ocupação e redistribuição espacial ou territorial do aglomerado Cidade Baixa. Assim, através do método dialético, foi possível compreender as contradições presentes no espaço da Calçada e no aglomerado de bairros do qual é integrante, bem como sua articulação com a cidade. Logo, empreendeu-se um estudo da dinâmica socioespacial nesta pesquisa, sendo o conceito de espaço instância fundamental para a compreensão da proposta de trabalho. Metodologicamente, foram realizadas consultas a dados governamentais, pesquisas documentais, enquetes em campo com trabalhadores, moradores, consumidores e passantes, a fim de subsidiar a produção e a argumentação, fornecendo embasamento teórico-metodológico para fins de conclusão deste trabalho.


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to understand the socio-spatial dynamics of a traditional subcenter of Salvador, historically dedicated to tertiary activities, whose constitution has as a factor construction of the train station in 1960, which made the neighborhood a point of confluence between people and goods from different cities and even from outside Bahia. The neighborhood of Calçada became an agglomeration space for informal workers, with a network of stores, wholesalers and hotels (motels), and a mass of consumers from, mostly from Cidade Baixa and Subúrbio Ferroviário. As a tertiary subcenter, in it, the dialectic between the two circuits of urban economy is exacerbated, dissipating the fabric tertiary and reaching other adjacent neighborhoods. The follow-up stitches that sew this fabric are the wholesalers and the street tertiary. Imbricated with the subcenter, it constitutes a neighborhood popular, place of everyday life of a population whose citizenship is mutilated by a model of economic development, to the detriment of a civic model, in which the citizen becomes being a consumer, subject to the determination of the logic of consumption. The choice of theme is due to the peculiarity of the sidewalk being a junction between clusters of important neighborhoods of the city, in addition to its urbanization and centralization process, triggered by the socioeconomic and spatial transformations that have taken place since the 19th century, concurrently with the process of occupation and spatial or territorial redistribution of the Cidade cluster Low. Thus, through the dialectical method, it was possible to understand the contradictions present in the Calçada space and in the cluster of neighborhoods of which it is a member, as well as its articulation with the city. Therefore, a study of the socio-spatial dynamics was undertaken. in this research, the concept of space being a fundamental instance for understanding the job offer. Methodologically, data were consulted government, documentary research, field surveys with workers, residents, consumers and bystanders, in order to subsidize production and argumentation, providing theoretical-methodological basis for the conclusion of this work.
7
  • WENDERSON SÁVYO AGUIAR DA SILVA
  • VULNERABILIDADE DO LITORAL DO MUNICÍPIO DE PAULISTA-PE À EROSÃO COSTEIRA

  • Orientador : JUNIA KACENELENBOGEN GUIMARAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IRACEMA REIMAO SILVA
  • JUNIA KACENELENBOGEN GUIMARAES
  • LUCAS DO NASCIMENTO
  • Data: 22/11/2021

  • Mostrar Resumo
  • A erosão costeira é um grave problema social e econômico que afeta diversos trechos costeiros
    no Brasil e no mundo. Sua ocorrência está relacionada a fatores diversos, tanto naturais como
    antrópicos. Os processos erosivos no Estado de Pernambuco datam de pelo menos meados do
    século XX. O objetivo deste trabalho é estimar a vulnerabilidade à erosão do município de
    Paulista/PE, localizado a norte dos municípios de Recife e Olinda, ambos fortemente afetados
    por processos erosivos. A vulnerabilidade foi estimada para 29 pontos distribuídos ao longo do
    litoral do município que se divide em três praias (de sul para norte): do Janga, de Pau Amarelo
    e de Maria Farinha. A metodologia utilizada para o cálculo do índice foi aquela proposta por
    Mallmann (2010), que divide os fatores indutores de vulnerabilidade em índices parciais –
    relativos à morfologia costeira, aos atributos naturais, à influência marinha, aos processos
    costeiros e à influência antrópica - antes de se obter um índice global. Para o cálculo da
    vulnerabilidade foram mapeadas linhas de costas entre os anos de 1975 e 2018, para obtenção
    de taxas de deslocamento de linha de costa de médio prazo. Também foram realizados dois
    trabalhos de campo, para a coleta de informações e também para identificar as condições atuais
    de erosão no município. Complementarmente foram analisadas a evolução da implementação

    de obras costeiras e calculado o transporte litorâneo no município utilizando o programa SMC-
    Brasil. Os resultados demonstraram que nas praias de Janga e parte sul da praia de Pau Amarelo

    há uma tendência de médio prazo de erosão, enquanto na porção norte da praia de Pau Amarelo
    e na praia de Maria Farinha a tendência é de progradação. Também observou-se que mesmo
    com a construção de obras costeiras, em especial nas praias de Janga e Pau Amarelo, os
    indicadores de erosão continuam presentes no município, além de em grande parte do litoral a
    praia não apresentar condições recreativas na maré alta. Dos diversos tipos de obras presentes
    no município, como enrocamentos, bagwalls, etc, o que melhor apresentou resultados foram os
    quebra-mares, construídos na praia do Janga, pois permitiram certa acumulação de sedimentos,
    formando tômbolos. Os índices globais de vulnerabilidade demonstraram que a porção sul do
    município é a mais vulnerável à erosão, vulnerabilidade que diminui a norte, em especial na
    praia de Maria Farinha, com exceção de um trecho nesta praia em que a vulnerabilidade é
    máxima, ao que parece, causada por uma ocupação irregular sobre a praia. O transporte
    litorâneo ao longo de todo o município é para norte, o que parece corroborar com a ideia de que
    a erosão crônica de Paulista está relacionada com a presença do porto de Recife, que já de longa
    data tem desencadeado processos erosivos em Olinda. Possivelmente também, as obras de
    proteção à erosão costeira de Olinda agravam a erosão no município de Paulista. Apesar do
    forte fator antrópico causador dos processos erosivos em Paulista, o índice parcial de
    vulnerabilidade associado à influência antrópica foi baixo no município, o que indica uma
    fragilidade no método de cálculo do índice, embora o resultado global tenha sido satisfatório.


  • Mostrar Abstract
  • Coastal erosion is a serious social and economic problem that affects several coastal stretches
    in Brazil and in the world. Its occurrence is related to several factors, both natural and anthropic.
    Erosive processes in the state of Pernambuco date back to at least the middle of the 20th century.
    The objective of this study is to estimate the vulnerability to erosion in the municipality of
    Paulista/PE, located north of the municipalities of Recife and Olinda, both heavily affected by
    erosive processes. The vulnerability was estimated to 29 points distributed along the coast of
    the municipality that is divided into three beaches (from south to north): Janga, Pau Amarelo
    and Maria Farinha. The methodology used to calculate the index was the one proposed by
    Mallmann (2010), which divides the vulnerability index into partial indices - related to coastal
    morphology, natural attributes, marine influence, coastal processes and anthropic influence -
    before an overall index is obtained. To calculate the vulnerability, coastlines were mapped
    between 1975 and 2018 to obtain medium-term coastline displacement rates. Two field studies
    were also carried out to collect information and also to identify the current conditions of erosion
    in the municipality. In addition, the evolution of the implementation of coastal defence
    structures was analyzed and the coastal transport in the municipality was calculated using the
    SMC-Brasil software. The results showed that on the beaches of Janga and southern part of the
    beach of Pau Amarelo there is a medium-term trend of erosion, while in the northern portion of
    the beach of Pau Amarelo and on the beach of Maria Farinha the trend is of progradation. It
    was also observed that even with the construction of coastal defence structures, in particular on
    the beaches of Janga and Pau Amarelo, the erosion indicators are still present in the
    municipality, in addition to the fact that in a large part of the coast the beach does not present
    recreational conditions at high tide. Between the many kinds of coastal defence structures
    present in the municipality, such as seawalls, bagwalls, etc., the best results against erosion
    were obtained by the breakwaters, built on the beach of Janga, because they allowed a certain
    accumulation of sediments, forming tombolos. Global vulnerability indices have shown that the
    southern portion of the municipality is the most vulnerable to erosion, a vulnerability that
    decreases to the north, especially on the beach of Maria Farinha, with the exception of a stretch
    on this beach where vulnerability is maximum, apparently caused by an irregular occupation
    on the beach. The coastal transport along the entire municipality is to the north, which seems
    to corroborate with the idea that the chronic erosion of Paulista is related to the presence of the
    port of Recife, which has already long triggered erosive processes in Olinda. Possibly also, the
    coastal erosion defence structures of Olinda aggravate erosion in the municipality of Paulista.
    Despite the strong anthropic factor causing erosive processes in Paulista, the partial
    vulnerability index associated with anthropic influence was low, which indicates a weakness in
    the method of calculating the index, although the overall result was satisfactory.

8
  • Vladia Luna Torres Herrera
  • As tensões territoriais da mitilicultura: acumulação capitalista no arquipélago de Chiloé (Chile)

  • Orientador : CATHERINE PROST
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CATHERINE PROST
  • DANIEL LEMOS JEZIORNY
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • Data: 16/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Diante do modelo socioeconômico neoliberal instaurado no Chile, as últimas quatro décadas têm sido cruciais para o desenvolvimento do neoliberalismo. Apresentase uma economia simples de extração de recursos para sua exportação, entre elas a aquicultura. Especialmente o cultivo de salmão num primeiro momento e o cultivo de mexilhão depois (mitílido ou localmente denominado chorito) se localizam na região de Los Lagos, e particularmente no arquipélago de Chiloé. Essa última atividade tem sido pouco estudada nas ciências sociais, concentrandose as análises na salmonicultura. Mas, como toda atividade monoprodutora extensiva e que se envolve com o capital, a mitilicultura também produz transformações nas dinâmicas locais e tensões territoriais derivadas do trabalho e do uso do mar. Assim, através da análise do sistema-mundo capitalista e teorias de ecologia política pesquisamos como acontece a acumulação do capital nesta atividade da aquicultura e quais são as tensões territoriais decorrentes da produção de natureza que afetam ecossistemas marinhos e à dinâmica social, afetando então à população de Chiloé. Se adverte que, no contexto de geopolítica desigual, de centro-periferia e de colonialismo interno em um território com especificidades culturais e históricas, o Estado de caráter neoliberal cumpre com a manutenção e concreção do projeto de sociedade e de território que ostenta o capital.


  • Mostrar Abstract
  • Faced with the neoliberal socioeconomic model established in Chile, the last four decades have been crucial for the development of neoliberalism. A simple economy of extracting resources for export is presented, including aquaculture. Especially salmon farming at first and mussel farming later (mytilid or locally called chorito) are located in the Los Lagos Region, particularly in the Chiloé archipelago. This last activity has been little studied in the social sciences, focusing on salmon farming. But, like any extensive mono producer activity that is involved with capital, mitiliculture also produces transformations in local dynamics and territorial tensions derived from work and the use of the sea. Thus, through the analysis of the capitalist world system and theories of political ecology, we investigated how capital accumulation happens in this aquaculture activity and what are the territorial tensions arising from the production of nature affect marine ecosystems and social dynamics, thus affecting the population. from Chiloé. It is noted that, in the context of unequal geopolitics, center-periphery, and internal colonialism in a territory with cultural and historical specificities, the neoliberal State fulfills the maintenance and concreteness of the project of society and territory that capital boasts.

Teses
1
  • WILLIAN GUEDES MARTINS DEFENSOR MENEZES
  • SELETIVIDADES E DESIGUALDADES SOCIOESPACIAIS: o uso do território brasileiro pela soja

  • Orientador : MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA ADÉLIA APARECIDA DE SOUZA
  • RICARDO ABID CASTILLO
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • Data: 05/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • O principal objetivo desta tese é o de compreender como o uso do território pela
    soja, propiciado pelo meio técnico-científico-informacional e através dos
    componentes do circuito espacial de produção e dos círculos de cooperação no
    espaço, gera seletividades socioespaciais e, por conseguinte, amplia as
    desigualdades socioespaciais no Brasil. O método deste estudo está
    sistematizado a partir dos seguintes princípios: do espaço geográfico como uma
    instância social e uma totalidade em movimento; do uso do território como
    categoria de análise; da técnica vista como fenômeno social e base para uma
    teorização geográfica e da teoria dos circuitos espacial de produção e dos
    círculos de cooperação no espaço como uma proposta de operacionalização da
    categoria de análise da Geografia. Dentre os resultados obtidos está a
    compreensão da constituição do que aqui se denomina de seletividade
    socioespacial da soja no Brasil. Um processo que, por um lado, promove a
    difusão seletiva do meio técnico-científico-informacional pelo país e,
    consequentemente, a fragmentação do território brasileiro em subespaços de
    uso seletivo, aqueles mais rentáveis às dinâmicas globais. Por outro lado, os
    equipamentos modernos que constituem a seletividade socioespacial da soja no
    Brasil são unitários e indissociáveis quanto ao seu uso produtivo, o que forma
    uma continuidade no território brasileiro do ponto de vista dos interesses do
    capital hegemônico. Nestes fragmentos do território, usado prioritariamente pela
    soja, os sistemas de engenharia servem prioritariamente aos interesses dos
    agentes hegemônicos, deixando para o segundo plano as necessidades da
    maioria das empresas e da população brasileira. O Estado e as tradings são uns
    dos principais agentes que comandam essa implantação de objetos técnicos,
    dentre esses estão: armazéns, rodovias, ferrovias, hidrovias, estações de
    transbordos e portos. Essa fragmentação do território brasileiro pela constituição
    da seletividade socioespacial da soja significa uma ampliação de suas
    desigualdades socioespacial. Do ponto de vista do espaço geográfico, essas
    desigualdades ocorrem e podem ser compreendidas a partir do seu conteúdo,
    ou seja, por suas densidades, que podem ser de três tipos: técnica, informacional
    e comunicacional. Nos subespaços de uso seletivo da soja prioriza-se a
    acumulação de densidades técnicas e informacionais, fato responsável por
    promover a ampliação das referidas desigualdades socioespaciais, as quais

    devem ser estudadas através da constituição do meio técnico-científico-
    informacional e pelos pares dialéticos rarefação e densidade, viscosidades e

    fluidez. Para aprofundar este estudo, a tese analisou o uso do território pela soja
    na Bahia, um dos subespaços de uso seletivo criado pelo processo de
    fragmentação aqui abordado. Por fim, conclui-se que através do método aqui
    proposto foi possível identificar e compreender os mecanismos responsáveis por
    criar seletividades e desigualdades socioespaciais a partir do uso do território
    brasileiro pela soja.


  • Mostrar Abstract
  • The main objective of this thesis is to understand how the usage of territory to
    soybean cultivation, provided by the technical-scientific-informational milieu and,
    through the components of the spatial production circuit and the circles of
    cooperation in space, results in socio-spatial selectivities and, therefore,
    increases socio-spatial inequalities in Brazil. The method of this study is
    systematized from the following principles: the geographical space as a social
    instance and a totality in motion; the usage of territory as a category of analysis;
    the technique seen as a social phenomenon and a basis for a geographical
    theorization; and the theory of spatial production circuit as well as the circles of
    cooperation in space as a proposal to operationalize the usage of territory to
    soybean cultivation. This usage of Brazilian territory to soybean cultivation
    contributes to its incomplete modernization and generates what is called the
    socio-spatial selectivity of soybean in Brazil. A process that, on the one hand,
    promotes the selective diffusion of the technical-scientific-informational milieu
    throughout the country and, therefore, fragments the Brazilian territory into
    subspaces of selective usage, those most profitable to global dynamics. On the
    other hand, the modern equipment that constitutes the socio-spatial selectivity of
    soybean in Brazil is unitary and inseparable in terms of its productive usage,
    forming a continuity in the Brazilian territory from the point of view of hegemonic
    capital interests. In these territory fragments, primarily used to soybean
    cultivation, engineering systems serve primarily the interests of hegemonic
    agents, leaving in second place the needs of most companies and the Brazilian
    population. The State and the agro trading companies are the main agents that
    command this implementation of technical objects, and among them there are:
    warehouses, highways, railways, waterways, transshipment stations and ports.
    This fragmentation of the Brazilian territory by the formation of the socio-spatial
    selectivity of soybean cultivation is based on the unequal diffusion of the

    technical-scientific-informational milieu and means an expansion of its socio-
    spatial inequalities. From the geographical perspective, the inequalities between

    the subspaces of the national territory occur by their content, in other words, by
    their densities, which can be of three types: technical, informational, and
    communicational. In the subspaces of selective usage of soybean, the
    accumulation of technical and informational densities is prioritized, a fact
    responsible for promoting the expansion of the above-mentioned socio-spatial

    inequalities, which must be studied through the formation of the technical-
    scientific-informational milieu and considering the dialectical pairs rarefaction and

    density, viscosities and fluidity. To deepen this empirical study, the thesis
    analyzed the usage of the territory to soybean cultivation in Bahia. It is concluded
    that, through the method proposed, it was possible to identify and understand the
    responsible mechanisms for creating socio-spatial selectivity and inequalities
    related to the usage of Brazilian territory to soybean cultivation.

2
  • LUCIEL PASSOS DE OLIVEIRA
  • EVOLUÇÃO DA PAISAGEM: TENDÊNCIAS PARA O USO E COBERTURA DAS TERRAS NAS ÁREAS DO ENTORNO DA BAÍA DE TODOS OS SANTOS-BA, BRASIL

  • Orientador : MARCO ANTONIO TOMASONI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ESPEDITO MAIA LIMA
  • ANTONIO PUENTES TORRES
  • MARCO ANTONIO TOMASONI
  • MAURO JOSE ALIXANDRINI JUNIOR
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • Data: 09/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho apresenta uma discussão a respeito da complexidade do conceito de Paisagem e sua relação com uso e cobertura (UCT) no entorno da Baía de Todos-os-Santos (BTS), no estado da Bahia, Brasil. Nesta tese, defende-se que a Paisagem é materializada através de formas e processos naturais e antrópicos, os quais se organizam em um conjunto complexo e indissociável ao longo de uma determinada série histórica. A principal indagação desta pesquisa é: Como os aspectos (processos, dinâmicas, relações e complexidades) envolvidos na caracterização da Paisagem influenciam na diferenciação e evolução da Paisagem no entorno da BTS? Para responder a essa questão, foi definido como Objetivo Geral analisar os processos de evolução da Paisagem e suas respectivas tendências a partir da modelagem de cenários de uso e cobertura da terra nas áreas no entorno da BTS. Pesquisas anteriores, realizadas sobre o UCT no entorno da BTS, discutiram mudanças em escala multitemporal, em período observável ano a ano. Este estudo, por sua vez, propõe uma ampliação do período observado, considerando 1985 até 2018 e associando as tendências (2018 a 2055) a partir da modelagem e análises estatísticas. Para isso, foi necessário apropriar-se do Sensoriamento Remoto (SR), do Processamento Digital de Imagens (PDI) e da Modelagem de Cenários de UCT. Foram empregados os dados da Coleção 4.1 do Projeto Mapbiomas.org, imagens da série LANDSAT da coleção TOA da Plataforma Google Earth Engine (GEE) e dados vetoriais (variáveis exploratórias) a partir e do IBGE. Com ambiente de SIG, SR e PDI, foram empregados, preferencialmente, softwares livres (QGIS) com extensões e algoritmos estatísticos. Para as simulações e predições, foram utilizados modelos baseados em Autômato Celular (CA) com a Modelagem Espacial. Inicialmente, os dados adquiridos foram organizados em um Banco de Dados, o qual foi usado em duas vertentes: a primeira, no SR e PDI, e a segunda, na Modelagem das tendências. As principais classes de UCT trabalhadas foram: Formações Florestais, Formação Savânica, Manguezal, Outras Formações não Florestais, Pastagem, Praia e Duna, Infraestrutura Urbana, Outras Áreas não Vegetadas, Mineração, Apicum e Mosaico Agricultura e Pastagem. Os Resultados e Discussões apontaram para a evolução da Paisagem ao longo do período histórico real e observado (1985 a 2018), indicando relações de alternância entre as classes, nas quais o decréscimo de uma influencia no aumento de outra. Essa relação ficou muito clara ao tratar das atividades econômicas como agricultura e pecuária em relação à cobertura natural pelas Formações Florestais na área. As maiores perdas ocorreram para as Formações Florestais, os maiores ganhos ocorreram para as áreas de Pastagens. As tendências para o ano de 2055 apontaram uma continuidade das perdas, principalmente das Formações Florestais, um aumento considerável das Pastagens e um crescimento também nos ecossistemas associados, como os Manguezais. Já a Infraestrutura Urbana apresentou velocidade mais intensa no crescimento. Diante dos Resultados e Discussões, foi sugerido algumas recomendações, das quais destacamos a elaboração de políticas públicas relacionadas à conservação e preservação de áreas sensíveis e a participação das comunidades como agentes de multiplicação e fiscalização de políticas de preservação e conservação dos recursos naturais e áreas sensíveis. Também foi proposto a continuidade das pesquisas relacionadas ao UCT na área com sugestão de temas para possíveis pesquisas a fim de manter os estudos e o monitoramento da área de estudo


  • Mostrar Abstract
  • This Thesis presents a discussion about the complexity of the Landscape concept and its relation to land use and land cover (UCT) around the Todos-os-Santos Bay (BTS), in the state of Bahia, Brazil. In this Thesis, it is argued that, the Landscape is materialized through natural and man-made forms and processes which are organized in a complex and inseparable set over a given historical series. The main question of this research is: - How do the aspects (processes, dynamics, relationships and complexities) involved in the characterization of the Landscape influence the differentiation and evolution of the Landscape around the BTS? To answer this question, it was defined as a general objective: to analyze the evolution processes of the Landscape and their respective trends from the modeling of land use and land cover scenarios in the areas surrounding BTS. Previous research, carried out on the UCT around the BTS, discussed changes on a multitemporal scale, in an observable period year by year; however, this study proposes an extension of the observed period, considering 1985 until 2018 and associating trends (2018 to 2055), based on statistical modeling and analysis. For that, it was necessary to appropriate Remote Sensing (SR), Digital Image Processing (PDI) and Modeling UCT scenarios. Data from Collection 4.1 of the Mapbiomas.org project were used; images from the LANDSAT series of the TOA collection of the Google Earth Engine Platform (GEE); vector data (exploratory variables) from and from IBGE. As a GIS, SR and PDI environment, free software (QGIS) with extensions and statistical algorithms was used, for simulations and predictions, Models based on Cellular Automaton (CA) were used with Spatial Modeling. Initially, the acquired data was organized into a Database, which was used in two ways: the first, in the SR and PDI and the second for the modeling of trends. The main classes of UCT worked both and the second with Modeling. The main classes of UCT worked were: Forest Formations; Savanic Formation; Mangrove; Other non-forest formations; Pasture; Beach and Dune; Urban infrastructure; Other non-vegetated areas; Mining; Apicum e Mosaico Agriculture and Pasture. This relationship became very clear when dealing with economic activities such as agriculture and livestock in relation to natural cover by forest formations in the area. The biggest losses occurred for the Forest Formations, the biggest gains occurred for the pasture áreas. The trends for the year 2055 pointed to a continuity of losses, mainly from Forest Formations, a considerable increase in pastures and a growth also for associated ecosystems such as Mangroves, whereas Urban Infrastructure showed a more intense growth speed. In view of the results and discussions, we propose some recommendations which highlight the development of public policies related to the conservation and preservation of sensitive areas and the participation of communities as agents of multiplication and inspection of policies for the preservation and conservation of natural resources and sensitive áreas. We also propose the continuation of studies related to the UCT in the area with suggested topics for possible research in order to maintain studies and monitoring in the study area.

3
  • BRUNO RODRIGUES DA SILVEIRA
  • AS AÇÕES DOS AGENTES DE CAPTAÇÃO DE EVENTOS TURÍSTICOS E SUAS IMPLICAÇÕES NO REFORÇO DE CENTRALIDADES URBANAS NAS CIDADES BRASILEIRAS

  • Orientador : CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXANDRE QUEIROZ PEREIRA
  • ANTONIO TADEU PINTO SOARES JUNIOR
  • CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • DANTE SEVERO GIUDICE
  • LIRANDINA GOMES SOBRINHO
  • Data: 19/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa analisa as implicações espaciais dos discursos e das ações dos agentes públicos e privados do desenvolvimento do turismo, em sua vertente de negócios e eventos, na produção do espaço nas grandes cidades brasileiras. O estudo avalia a importância do turismo de negócios e eventos nas cidades brasileiras fora do seu centro dinâmico  – Rio de Janeiro e São Paulo – e em que condições e como são feitos os investimentos públicos e privados desse setor, nessas cidades. O fundamento conceitual da abordagem é a divisão territorial do trabalho e o desenvolvmento desigual no processo de reprodução do capital e do espaço geográfico. Com base nisso, demonstra-se que tais investimentos públicos e privados no turismo de negócios e eventos onde ocorrem, contribuem para (re)produzir e/ou fortalecer fragmentações e centralidades no espaço geográfico. Esse processo tem em sua base as contradições sociespaciais da própria urbanização neoliberal contemporânea evocada para a atração de negócios e eventos, mas que simultaneamente marginaliza o cidadão do exercício do “direito à cidade no Brasil. Os discursos dos agentes públicos e privados do desenvolvimento do turismo quanto aos negócios e eventos nas cidades são apresentados como solução para requalificação urbana; outros melhoramentos urbanos pontuais com a privatização de equipamentos públicos; parcerias público/privada para construção e operação de equipamentos públicos; desregulação das funções sociais e fortalecimento de negócios imobiliários privados; abertura para captação de investimentos externos entre outros, implicando essencialmente a urbanização do tipo neoliberal. Por meio da análise: dos discursos dos dirigentes da rede hoteleira associada aos Convention Visitors & Bureau; dos dados do Anuário Estatístico do Turismo (BRASIL, 2018), do ICCA (2018); do calendário de feiras da UBRAFE (2019) e dos planos municipais das principais cidades brasileiras utilizadas na pesquisa; bem como das declarações públicas dos gestores públicos e privados do turismo, é demonstrado que ao longo do tempo tem ocorrido o fortalecimento da atividade de negócios e ventos e visitações nas cidades onde o capitalismo é mais dinâmico, na cidade de São Paulo seguida do Rio de Janeiro, onde há constante reinvestimento e inovação na infraestrutura e nos serviços urbanos, nos equipamentos de apoio e entretimento para o turismo. Assim, as “sobras dos eventos e negócios” que chegam ao Brasil ou que são gerados nos países são disputadas pelas cidades na periferia, onde a economia regional é apenas complementar ao arranjo econômico-produtivo brasileiro centralizado, sobretudo em São Paulo


  • Mostrar Abstract
  • The study analyzes the spatial implications of discourses and actions by public and private tourism development agents, within the business and events approach, in the production of space in large Brazilian cities. The study assesses the importance of business and events tourism in Brazilian cities outside of its dynamic center – Rio de Janeiro and São Paulo – and in which conditions and how the public and private investments from this sector are made in those cities. The conceptual basis of the approach is the territorial division of labor and the uneven development in the process of geographic space and capital reproduction. Thus, we demonstrate that such public and private investments in business and events tourism, where they take place, contribute to (re)produce and/or strengthen fragmentations and centralities in the geographic space. This process has in its basis socio-spatial contradictions from contemporary neoliberal urbanization itself, evoked for business and events attraction, but which simultaneously marginalizes the citizen from the employment of the “right to the city” in Brazil. The discourses of public and private tourism development agents regarding business and events in cities are presented as solution for urban requalification; other occasional urban improvements with the privatization of public equipment; public/private partnerships to build and operate public equipment; deregulation of social functions and strengthening of private real estate businesses; opening for the attraction of foreign investments among others, implying on the neoliberal type of urbanization. Via analysis of: discourses by directors from the hotel chain associated with Convention Visitors & Bureau; data from the Tourism Statistic Directory (2018) by ICCA (2018); the trade fairs calendar from UBRAFE (2019) and the city plans from the main Brazilian cities used in the study; as well as public statements by public and private tourism managers, it is shown that overtime there has been some strengthening of business and events activities and visits to cities where capitalism is more dynamic, in the city of São Paulo, followed by Rio de Janeiro, where there is constant reinvestment and innovation in urban services and infrastructure, in tourism-oriented entertainment and support equipment. Thus, the “business and events leftovers” that arrive in Brazil or which are created in the country are fought over by peripheral cities, where the regional economy is only complementary to the centralized Brazilian economic-productive arrangement, especially in São Paulo.

4
  • CAE GARCIA CARVALHO
  • O CORPO E O ESPAÇO NA COTIDIANIDADE DA DOR: O APELO DOS LUGARES

  • Orientador : ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WERTHER HOLZER
  • ANDRÉ NUNES DE SOUSA
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • CHRISTINE NICOLE ZONZON
  • MILENA DOREA DE ALMEIDA
  • Data: 25/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Nossa investigação se debruça sobre indivíduos com dores crônicas, sob o quadro de duas enfermidades, a artrite reumatoide e a fibromialgia: a primeira se afigura como uma afecção de base físico-orgânica, enquanto a segunda não apresenta em sua etiologia qualquer substrato orgânico e seu diagnóstico se dá simplesmente por exclusão de outras doenças, uma vez que não há exame clínico que possa apontar a prevalência da fibromialgia. Nesta afecção, como compreender a dor? Para nós ela é a significação existencial do “sem sentido do mundo”; e qual seria o destaque de um estudo geográfico da presente questão? Devemos dizer que, para compreender essa dor invisível, recorremos aos escritos freudianos, quando o sintoma emerge a partir das dinâmicas psíquicas inconscientes. Porém, a absolutização da dor tomando o corpo inteiro nos indica ainda algo mais: ela nos revela um aborto do desejo de ser – a nulificação do corpo pela dor reluz à nulificação pelo desejo de ser no mundo e esta é a ideia do “sem sentido do mundo”. É precisamente nesta esfera que uma análise geográfica se torna pertinente. Partimos da mútua constituição que impera entre sujeito e lugar, de sua cumplicidade de ser, como assinala Dardel. Mostraremos como o ser se articula em seu íntimo com o espaço, como esta relação entre sujeito e lugar baliza nosso modo de ser. A nossa tese é que se a dor crônica (principalmente nos casos de fibromialgia) é um minar da relação do ser no mundo e, ao mesmo tempo, o fruto do aborto do mundo pelo indivíduo anulado em seu desejo de ser, o experienciar tal ou qual lugar pode se constituir como ponto de báscula para um reenlace da relação entre sujeito e mundo. Se o espaço emerge como um elemento que se coaduna em nossa subjetividade na esteira da geograficidade – seguindo o fundamento fenomenológico da Geografia Humanista – a criação de novas experiências de mundo a partir dos lugares pode alcançar o âmago do ser, quero dizer, o desejo de ser, reascendê-lo. Na análise de nossos casos empíricos veremos o ser se recuperar das lamúrias da cronicidade da dor pelo lugar. De fato, é surpreendente.


  • Mostrar Abstract
  • Our investigation focuses on individuals with chronic pain, under the framework of two diseases,
    rheumatoid arthritis and fibromyalgia: the first appears as an affection of physical-organic basis,
    while the second does not present in its etiology any organic substrate and its diagnosis is given
    simply by exclusion of other diseases, since there is no clinical examination that can point out the
    prevalence of fibromyalgia. In this disease, how to understand pain? For us it is the existential
    meaning of the "meaninglessness of the world". We must say that, to understand this invisible
    pain, we resort to Freudian writings, when the symptom emerges from unconscious psychic
    dynamics. However, the absolutization of pain taking over the whole body indicates something
    else: it reveals to us an abortion of the desire to be - the nullification of the body by pain glares at
    the nullification by the desire to be in the world, and this is the idea of the "meaninglessness of
    the world." It is precisely in this sphere that a geographical analysis becomes pertinent. We start
    from the mutual constitution that prevails between subject and place, from their complicity of
    being, as Dardel points out. We will show how being articulates itself in its innermost with space,
    how this relationship between subject and place marks our way of being. Our thesis is that if
    chronic pain (especially in cases of fibromyalgia) is an undermining of the relation of being in the
    world and, at the same time, the fruit of the abortion of the world by the individual annulled in his
    desire to be, the experience of such or such a place can constitute a bascule point for a re-linking
    of the relation between subject and world. If space emerges as an element that coexists in our
    subjectivity in the wake of geography – following the phenomenological foundation of Humanistic
    Geography – the creation of new experiences of the world from places can reach the core of
    being, I mean, the desire to be, rekindling it. In the analysis of our empirical cases we will see the
    being recovering from the laments of the chronicity of pain for place. Indeed, it is surprising.

5
  • SIMONY LOPES DA SILVA REIS
  • ENTRE PRÁTICAS E REPRESENTAÇÕES: tensões territoriais nos cerrados do centro norte brasileiro a partir do oeste de Bahia

  • Orientador : NOELI PERTILE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS WALTER PORTO-GONÇALVES
  • CLAUDIO UBIRATAN GONÇALVES
  • CLOVIS CARIBE MENEZES DOS SANTOS
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • NOELI PERTILE
  • Data: 14/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo tem como centralidade analisar as práticas e representações dos agentes socioespaciais atuantes na territorialização dos espaços de cerrados do centro norte brasileiro, tomando como escala de análise os cerrados da Bahia. Propomos a leitura espacial dos cerrados a partir das vozes de seus povos, tomando as práticas e representações cerratenses enquanto narrativas contra-hegemônicas que vêm ganhando força pela representatividade de suas pautas, especialmente no ciberespaço, através das redes sociais e, portanto, descortinando as “verdades únicas” que o agronegócio tenta impor ao Brasil, mas especialmente ao cerrado. Tendo as abordagens dialética e fenomenológica enquanto pilares na interpretação e análises das informações, partimos do pressuposto que o capital mundializado, forjado na racionalidade econômica do modelo de produção moderno-colonial-branco-patriarcal impõe mudanças nos ritmos de vida, tanto natural, quanto social aos espaços de cerrados, gerando conflitos de diferentes motivações. Conflitos esses decorrentes de um processo que não é isento de resistências, muito pelo contrário. São diversas as faces envolvidas neste processo, as dos agentes socioespaciais do agronegócio e as faces das resistências locais em diferentes temporalidades. As formas de territorializar os cerrados do centro norte brasileiro pelo capital hegemônico são guiadas pela racionalidade econômica, cuja epistemologia colonial é central e encontra embate direto com os modos de vida de povos cujas epistemologias são biocêntricas. Assim, as formas de compreender os cerrados podem ser observadas a partir das representações espaciais de seus povos em relação ao seu espaço de vida, a partir da oralidade, da escrita e por meio de imagens que retratam as paisagens no seu imaginário. Por outro lado, os agentes socioespaciais do agronegócio também constroem representações acerca do mesmo espaço e, a partir de suas práticas espaciais, expandem estas representações para o conjunto social brasileiro. Com base na fundamentação da Teoria das Representações em articulação com a leitura espacial dos territórios, lugares e paisagens, pode-se compreender as práticas espaciais dos agentes do agronegócio muito bem articuladas com a figura do Estado e a sustentação de suas narrativas a exemplo da indústria cultural, dentre muitos meios. Em contrapartida, as narrativas cerratenses trazem a construção de um imaginário sobre os cerrados enquanto espaços plurais e tecem, em articulação política, as horizontalidades necessárias das r-existências e justiças sociais.


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to analyze the practices and representations from the socio-spatial agents acting in the territorialization of cerrado spaces in central northern Brazil, taking the cerrados of Bahia as the scale of analysis. We propose the spatial reading of the cerrados from the voices of their peoples, taking Cerratense practices and representations as counter-hegemonic narratives that have been gaining strength by the representativeness of their agendas, especially in cyberspace, through social networks and, therefore, unveiling the " unique truths" that agribusiness tries to impose on Brazil, but especially on the cerrados. With dialectical and phenomenological approaches as pillars in the interpretation and analysis of information, we assume that globalized capital, forged in the economic rationality of the modern-colonial-white-patriarchal production model imposes changes in the rhythms of life, both natural and social to cerrado spaces, generating conflicts of different motivations. These conflicts arise from a process that is not free from resistance, quite the contrary. There are several faces involved in this process, those of the socio-spatial agents of agribusiness and the faces of local resistance in different temporalities. The ways of territorializing the cerrados of the Brazilian north center by hegemonic capital are guided by economic rationality, whose colonial epistemology is central and is in direct conflict with the ways of life of peoples whose epistemologies are biocentric. Thus, the ways of understanding the cerrados can be observed from the spatial representations of their peoples in relation to their living space, from orality, writing and through images that portray the landscapes in their imagination. On the other hand, the socio-spatial agents of agribusiness also build representations about the same space and, from their spatial practices, expand these representations to the Brazilian social group. Based on the basis of the Theory of Representations in conjunction with the spatial reading of territories, places and landscapes, it is possible to understand the spatial practices of agribusiness agents very well articulated with the figure of the State and the support of their narratives, such as the cultural industry, among many means. On the other hand, Cerratense narratives bring the construction of an imaginary about the cerrados as plural spaces and weave, in political articulation, the necessary horizontalities of r-existences and social justice.

6
  • CRISTIANO CASSIANO DE ARAÚJO
  • “Quando o muro separa, uma ponte une”: contradições, realidades objetivas, totalidades e mediações geográficas e tecnológicas para omercado de recicláveis no Estado da Bahia

  • Orientador : ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • REGINA HELENA TUNES
  • ANA CRISTINA DE ALMEIDA FERNANDES
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • LIVIO ANDRADE WANDERLEY
  • Data: 14/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese é um estudo sobre os descompassos do projeto empreendido pela extinta OSCIP
    PANGEA - Centro de Estudos Socioambientais - junto à Rede Cata Bahia (RCB), para a
    instituição de um processo inovador ao segmento da reciclagem no estado: converter três das
    suas vinte cooperativas em unidades que funcionassem como pequenas plantas industriais para
    a transformação de plástico e papelão em dois bens de consumo: caixas e garrafas. Todavia, o
    projeto não foi bem-sucedido, e dois elementos causadores desse insucesso nos chamaram a
    atenção: a pouca quantidade de materiais recicláveis que chegaram na cooperativa piloto em
    Salvador, que não conseguiram fazer as máquinas funcionarem em “ritmo industrial”, e a falta
    de infraestrutura dessas cooperativas para receber os equipamentos. Para compreender esse
    processo geoeconômico, utilizou-se o materialismo histórico e dialético de Karl Marx como
    método, operacionalizando o exame do projeto da RCB à luz de quatro categorias: a
    contradição, como crítica ao planejamento do projeto e proposta para a sua superação e
    continuidade; a análise quanto à realidade objetiva do maquinário e do modelo tecnológico
    que não estavam de acordo com a capacidade produtiva da Rede; a totalidade concreta, ou a
    falta da mesma, mediante as partes do projeto não se contemplarem como um todo; e a
    necessidade de um novo processo de mediação, geográfica e tecnológica, que celebrasse a
    realidade objetiva e a totalidade concreta tanto do lugar quanto do modelo tecnológico
    escolhido para atuar nessa categoria. Para a análise do contexto narrado, deixou-se de lado o
    exame quanto ao “desejo” dessa empreitada dar certo por meio de um processo de
    territorialização da Rede, ou seja, sua espacialização no território do estado, presidido por um
    processo de governança territorial baseado na horizontalidade como a Rede se constituiu; e,
    como esses objetivos não se realizaram, passou-se a trabalhar com a “realidade” deixada por
    este processo, utilizando a categoria lugar como um novo instrumento de planejamento, tanto
    para a RCB quanto para a atividade em destaque. A essa dinâmica particular do mercado de
    recicláveis num respectivo lugar, interpretou-a enquanto um lócus economicus, uma leitura do
    seguinte processo: ao invés de se preocupar com um planejamento para o território, que,
    economicamente, resultaria na elaboração de produtos já saturados neste mercado, como no
    caso da RCB, ao trocar a categoria território por lugar, esse lócus se constituiria da sinergia
    entre a sociabilidade presente nas demandas de uma relativa comunidade e a oferta que as
    cooperativas deste setor da economia tem para lhe trazer em face de um equipamento, ou
    modelo tecnológico, que supra tais necessidades à luz da sua condição produtiva. Isto, por sua

    vez, convergiria no desenvolvimento de um Espaço Distinto, uma concepção teórico-
    conceitual que diferencia a organização do setor da reciclagem no estado por outras empresas

    do ramo, em face às características que esse processo traz junto consigo: as suas relações
    sociais, econômicas, ambientais e tecnológicas “lugarizadas”, o resultado do que se chamou de
    mediação geográfica e tecnológica.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis is a study of the mismatches of the project undertaken by the extinct OSCIP
    PANGEA - Center for Socioenvironmental Studies - with Cata Bahia Network (CBN), for the
    institution of an innovative process in the recycling segment in the state: converting three of its
    twenty cooperatives in units that functioned as small industrial plants for the transformation of
    plastic and cardboard into two consumer goods: boxes and bottles. However, the project was
    not successful, and two elements that caused this failure caught our attention: the small number
    of recyclable materials that arrived at the pilot cooperative in Salvador, which were unable to
    make the machines work at an “industrial pace”, and the lack of infrastructure of these
    cooperatives to receive the equipment. To understand this geoeconomic process, Karl Marx's
    dialectical historical materialism was used as a method, operationalizing the examination of the
    RCB project in the light of four categories: contradiction, as a criticism of the project's
    planning and proposal for its overcoming and continuity; the analysis regarding the objective
    reality of the machinery and the technological model that were not by the productive capacity
    of the Network; the concrete totality, or the lack thereof, through the parts of the project not
    being considered as a whole; and the need for a new geographical and technological
    mediation process that would celebrate the objective reality and the concrete totality of both
    the place and the technological model chosen to act in this category. For the analysis of the
    narrated context, the examination of the "desire" of this undertaking to work through a process
    of territorialization of the Network was set aside, that is, its spatialization in the territory of
    the state, presided over by a process of territorial governance based on the horizontality as
    the Network was constituted; and, as these objectives were not achieved, we started to work
    with the “reality” left by this process, using the place category as a new planning instrument,
    both for the CBN and for the highlighted activity. To this particular dynamics of the recyclables
    market in a respective place, he interpreted it as a lócus economicus, a reading of the following
    process: instead of worrying about planning for the territory, which, economically, would result
    in the elaboration of products already saturated in this market, as in the case of the CBN, when
    changing the category territory for the place, this locus would be constituted by the synergy
    between the sociability present in the demands of a relative community and the offer that the
    cooperatives of this sector of the economy have to bring to it in the face of equipment, or
    technological model, that meets such needs in light of its productive condition. This, in turn,
    would converge in the development of a Distinct Space, a theoretical-conceptual conception
    that differentiates the organization of the recycling sector in the state by other companies in the
    field, given the characteristics that this process brings with it: it’s social relations, economic,
    environmental and technological “localized”, the result of what has been called geographical
    and technological mediation.

2020
Dissertações
1
  • ANTÔNIO SOUZA PEREIRA DOS SANTOS
  • A IMAGEM DO BAIRRO: A PAISAGEM E O LUGAR COMO REFERENCIAIS ESPACIAIS PARA A PERCEPÇÃO DOS MORADORES DO ENGENHO VELHO DA FEDERAÇÃO, SALVADOR-BAHIA

  • Orientador : DENISE SILVA MAGALHAES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • MARIA ESTELA ROCHA RAMOS
  • Data: 13/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação, desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal da Bahia, volta-se para a Imagem do Bairro Engenho Velho da Federação (EVF), Salvador-Bahia, valendo-se da percepção coletiva dos moradores para investigar quais elementos físicos/formais da paisagem e aspectos do lugar constituem-na e objetivando representá-la cartográfica e visualmente. Para tanto, entrevistou-se moradores na condição de representantes políticos, de associações e grupos existentes no Bairro. Com uma abordagem fundamentada sobretudo em autores da Fenomenologia e procedimentos elaborados a partir dos estudos de Lynch (2017[1960]), Souza (2002) e Nascimento (2008), a discussão teórico-conceitual que encaminha ao entendimento desta Imagem do EVF baseia-se nos conceitos de percepção, paisagem, lugar, bairro e imagem – neste último contido o de mapas mentais. A caracterização geográfica, socioeconômica e cultural e histórica do EVF é construída levando-se em consideração os estudos anteriores sobre o Bairro, sendo-lhe acrescidas contribuições de outros autores nas quais o mesmo é contemplado direta e indiretamente. O processo histórico de formação e ocupação do Bairro é trazido tendo em vista um conjunto de eventos que contribuíram para a sua atual configuração socioespacial, os quais, constando em uma “Linha do Tempo”, têm o seu entendimento teórico à luz da discussão miltoniana da noção de Eventos. Ao final, evidencia-se como os elementos e os aspectos que conformam essa Imagem possuem Identidade, Estrutura e Significado – tendo em vista as representações cartográficas (Mapas Mental e Imagem do Bairro) e visual (Nuvem de Palavras) resultantes –, assim como a devolutiva dos resultados àqueles que foram fundamentais para a realização deste estudo.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation was elaborated under the Geographic Postgraduate Program of the Federal University of Bahia (UFBA). The work focuses on the Image of the Engenho Velho da Federação neighborhood (FVF), in Salvador of Bahia, built upon the collective perception of its dwellers. The construction of this image is based on the distinction of the physical and formal elements of the landscape and of the place-based aspects related. All these aspects are further used in order to represent it visually and cartographically. To accomplish this, political representatives and leaders of the several groups and associations of the neighborhood were interviewed. Methodologically, the research is fundamented on phenomenological literature, specifically on the work of authors like Lynch (2017[1960]), Souza (2002) e Nascimento (2008). The theoretical-conceptual discussion that informs the understanding of this Image of the FVF is thus based on the concepts of perception, landscape, place, neighborhood and image – the latter also involving the concept of mental maps. The geographic, socioeconomic, cultural and historic characterization of the FVF is built taking into account previous research on neighbourhood, with the contribution from other authors that also analyse it in direct or indirect ways. The historical process of occupation and formation of the FVF is drawn from a series of events that contributed significantly to its current socio-spatial configuration. These events are informed by the work of Milton Santos and are shown in “Timeline”. Finally, the dissertation shows how the elements and aspects that conform this Image have Identity, Structure and Meaning, considering the elaborated cartographical representations (Mental Maps and Image of the neighbourhood) and visual (words cloud) and the job of the results devolution to the actors that made its decisive contribution for the realization of this research.

2
  • GEIMY KATHERINE URREGO DÍAZ
  • POLÍTICAS PÚBLICAS DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL E JUSTIÇA ESPACIAL: UMA ANÁLISE DO CONTÍNUO URBANO TRANSFRONTEIRIÇO DE LETÍCIA (COLÔMBIA) E TABATINGA (BRASIL)

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • JORGE APONTE MOTA
  • ROSALI BRAGA FERNANDES
  • Data: 06/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • A investigação da realidade com base nas abordagens teóricas e práticas da justiça espacial no contexto latino-americano implica a análise crítica desde dois paradigmas fundamentais, a distribuição e o reconhecimento; sendo eles embasados em processos que implicam a equidade, a participação e a inclusão social. Com base nesses pressupostos, a presente pesquisa tem como objetivo analisar as políticas públicas habitacionais no continuo urbano transfronteiriço de Letícia na Colômbia e Tabatinga no Brasil, estabelecendo comparações entre os programas habitacionais Manguare (Letícia) e Vila Verde (Tabatinga) sob três dimensões: politica-institucional, espacial e social. Entre os processos metodológicos utilizados foi valorizada a pesquisa qualitativa com a aplicação de entrevistas e questionários assim como também o uso de ferramentas Geoespaciais. Os resultados permitiram compreender que a justiça espacial neste espaço urbano transfronteiriço é totalmente dinâmica, situacional, sensível as diferenças e atenta aos processos que dão origem a determinadas configurações espaciais.


  • Mostrar Abstract
  • The investigation of reality based on theoretical and practical approaches to spatial justice in the Latin American context implies a critical analysis of two fundamental paradigms, distribution and recognition, based on processes that imply equity, participation and social inclusion. Based on these assumptions, the present research aims to analyze public housing policies in the cross-border urban continuum of Letícia in Colombia and Tabatinga in Brazil, establishing comparisons between the housing programs Manguare (Letícia) and Vila Verde (Tabatinga) in three dimensions: politically- institutional, spatial and social. Among the methodological processes used, qualitative research with the application of interviews and questionnaires as well as the use of Geospatial tools was valued. The results allowed us to understand that the spatial justice in this cross-border urban space is totally dynamic, situational, sensitive to differences and attentive to the processes that give rise to certain spatial configurations.

3
  • RENATA OLIVEIRA SILVA
  • UMA GEOGRAFIA SENSÍVEL DO CORPO: A PERCEPÇÃO DA PAISAGEM DO PARQUE URBANO DIQUE DO TORORÓ, UM ESPAÇO LIVRE DE USO COLETIVO NA CIDADE DE SALVADOR-BA

  • Orientador : ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ NUNES DE SOUSA
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • FRANCINE BARTHE-DELOIZY
  • Data: 15/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esse trabalho teve como objetivo principal realizar uma investigação acerca da paisagem do parque urbano Dique do Tororó na cidade de Salvador-BA. Nessa investigação buscou-se refletir sobre a percepção de paisagens a partir do corpo enquanto interface entre consciência e mundo, ou seja, corpo que experiencia o mundo. Além disso, buscava-se compreender a intersubjetividade entre sujeitos frequentadores desse parque enquanto espaço público. Ou, como os resultados nos apontaram: espaço livre de uso coletivo. O aporte metodológico e filosófico que possibilitou esse estudo foi o fenomenológico, ou, com mais ênfase, a obra “Fenomenologia da Percepção” de Maurice Merleau-Ponty. Essa dissertação tem como direcionamento o anseio de contribuir para os campos da Geografia Urbana e da Geografia Humanista brasileira. Com isso, é a partir da ideia de um estudo fenomenológico e dos referenciais desses campos que a pesquisa apresenta considerações e resultados revelados pela paisagem enquanto fenômeno e pelas respostas dos sujeitos entrevistados. A dinâmica da intersubjetividade entre os sujeitos e os corpos laborantes dos diferentes grupos sociais que frequentam o Dique do Tororó são algumas dessas revelações. A minha experiência enquanto sujeito-pesquisadora também ganha espaço na realização da pesquisa e na apresentação dos resultados como, por exemplo, na representação da paisagem do parque.


  • Mostrar Abstract
  • This work had as main objective to carry out an investigation about the landscape of the urban park Dique do Tororó in the city of Salvador - BA. This investigation sought to reflect on the perception of landscapes from the body as an interface between consciousness and the world, that is, the body that experiences the world. In addition, it sought to understand the intersubjectivity between subjects who frequent this park as a public space. Or as the results pointed out: free space for collective use. The methodological and philosophical contribution that made this study possible was phenomenological, or with more emphasis, on the work “Phenomenology of Perception” by Maurice Merleau-Ponty. This dissertation is aimed at contributing to the fields of Urban Geography and Brazilian Humanist Geography. With this, it is from the idea of a phenomenological study and the references of these fields that the research presents considerations and results revealed by the landscape as a phenomenon and by the responses of the interviewed subjects. The dynamics of intersubjectivity between the subjects and the workforce of the different social groups that frequent the Dique do Tororó are some of these revelations.

4
  • KELVIN JOSÉ SOJO VILLALBA
  • ANÁLISE DA CAPACIDADE E CONFLITOS DO USO E COBERTURA ATUAL DA TERRA NA APA-LITORAL NORTE DO ESTADO DA BAHIA, ENTRE OS RIOS POJUCA E IMBASSAÍ – MUNICÍPIO DE MATA DE SÃO JOÃO

  • Orientador : ALISSON DUARTE DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALISSON DUARTE DINIZ
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MARIA ELOISA CARDOSO DA ROSA
  • Data: 28/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • A classificação das terras no sistema utilitário da capacidade de uso pode contribuir em estudos ambientais, para fins agrícolas e não-agrícolas, principalmente como suporte ao planejamento mais adequado do uso e da ocupação, beneficiando o aproveitamento dos recursos das terras, minimizando os riscos de degradação e/ou esgotamento. Nesse sentido, o desenvolvimento de atividades em áreas extremamente frágeis, como as zonas litorâneas, origina conflitos de uso da terra por atividades incompatíveis à capacidade de uso das terras. Assim, a hipótese central do trabalho, a qual versa o cenário que é desejado, que se conhecendo a capacidade de uso da terra, e adequando os usos à capacidade ou modificando-os através de medidas de maior proteção ou controle ambiental, pode-se garantir maior produtividade das atividades desenvolvidas na área de estudo e diminuir os impactos negativos do uso e ocupação da terra nessa região. O objetivo dessa pesquisa foi analisar a capacidade e os conflitos do uso e cobertura atual das terras na APA Litoral Norte do Estado da Bahia-Brasil, entre os rios Pojuca e Imbassaí. Para o alcance deste trabalho, foi realizado o estudo integrado da paisagem, além da análise dos atributos dos solos e do terreno da área de estudo, como profundidade efetiva, textura, permeabilidade, erosão e declividade que permitiu a classificação e o mapeamento das terras no Sistema de Capacidade de Uso, assim como a identificação das zonas de conflitos de uso e cobertura atual das terras. Elaborou-se um quadro síntese para a compreensão da ocorrência espacial de atividades compatíveis ou incompatíveis à capacidade de uso das terras. A partir do mapeamento da capacidade de uso das terras, foi possível identificar as seguintes classes de capacidade de uso das terras. Classe III terras com limitações permanentes e/ou risco de degradação em grau severo para uso agrícola intensivo; são terras cultiváveis, mas apresentam problemas complexos de conservação; IV: terras com limitações permanentes e/ou risco de degradação em graus muito severos se forem usadas para cultivos intensivos; VI: Terras com limitações permanentes e/ou risco de degradação em grau severo, que fazem com que possam ser usadas somente para pastagens e/ou reflorestamento; VII: Terras com limitações permanentes e/ou risco de degradação em grau muito severo, mesmo quando usadas para pastagens e/ou reflorestamento, que devem, no caso, ser manejadas com extremo cuidado; VIII: Terras impróprias para culturas, pastagens ou reflorestamentos, por isso devem ser destinadas ao abrigo e à proteção da fauna e flora silvestre, aos ambientes de recreação protegidos. A interpretação dos resultados possibilitou confirmar que 59,71% das terras na área de estudo apresentam conflitos de uso por atividades incompatíveis de sobreutilização. As propostas suscitadas nesta pesquisa visam definir estratégias de uso e gestão que conduzam à solução dos conflitos identificados, para um desenvolvimento harmonioso das atividades locais e para a preservação dos recursos da terra, permitindo orientar os planos de manejo com base nas potencialidades e limitações oferecidas pelos solos da área de estudo.


  • Mostrar Abstract
  • The classification of land in the utility system of use capacity can contribute to environmental studies, for agricultural and non-agricultural purposes, mainly as support to the most appropriate planning of use and occupation, benefiting the use of land resources, minimizing the risks of degradation and / or depletion. In this sense, the development of activities in extremely fragile areas, such as coastal areas, gives rise to land use conflicts due to activities incompatible with the land use capacity. Thus, the central hypothesis of the work, which relates to the scenario that is desired, that knowing the land use capacity, and adapting the uses to the capacity or modifying them through measures of greater protection or environmental control, can be ensure greater productivity of the activities developed in the study area and reduce the negative impacts of land use and occupation in that region. The objective of this research was to analyze the capacity and conflicts of current land use and coverage in the APA Litoral Norte of the State of Bahia-Brazil, between the Pojuca and Imbassaí rivers. To achieve this work, an integrated study of the landscape was carried out, in addition to the analysis of the attributes of the soil and terrain of the study area, such as effective depth, texture, permeability, erosion and slope that allowed the classification and mapping of lands in the Use Capacity System, as well as the identification of areas of conflict of use and current land cover. A synthesis table was developed to understand the spatial occurrence of activities compatible or incompatible with the land use capacity. From the mapping of land use capacity, it was possible to identify the following classes of land use capacity. Class III lands with permanent limitations and / or risk of severe degradation for intensive agricultural use; they are arable land, but have complex conservation problems; IV: land with permanent limitations and / or risk of degradation to a very severe degree if used for intensive cultivation; VI: Land with permanent limitations and / or risk of severe degradation, which means that it can be used only for pasture and / or reforestation; VII: Land with permanent limitations and / or risk of degradation to a very severe degree, even when used for pasture and / or reforestation, which must, in this case, be handled with extreme care; VIII: Land unsuitable for crops, pasture or reforestation, therefore, it should be destined to the shelter and protection of wild fauna and flora, to protected recreation environments. The interpretation of the results made it possible to confirm that 59.71% of the land in the study area has conflicts of use due to incompatible overutilization activities. The proposals raised in this research aim to define strategies of use and management that lead to the solution of the identified conflicts, for a harmonious development of local activities and for the preservation of the resources of the land, allowing to guide the management plans based on the potentialities and limitations offered by the soils in the study area.

5
  • NATÁLIA LIDIA GARCIA DE CARVALHO
  • NEGROS DO SERTÃO NO CHÃO DA TERRA DA LUZ: A TERRITORIALIDADE QUILOMBOLA DE ENCANTADOS DO BOM JARDIM E LAGOA DAS PEDRAS, TAMBORIL/CE

  • Orientador : GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • FRANCISCO AMARO GOMES DE ALENCAR
  • JOSÉ LEVI FURTADO SAMPAIO
  • TIAGO RODRIGUES SANTOS
  • Data: 19/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como centralidade o estudo de Comunidades Quilombolas no sertão cearense. Para isso, são abordados os conceitos de Território, Etnicidade e Raça como categorias fundamentais para a discussão. Investiga-se as territorialidades das Comunidades Encantados do Bom Jardim e Lagoa das Pedras, localizadas no município de Tamboril/CE, a partir do processo de autorreconhecimento quilombola. A espacialização da pesquisa foi realizada no município de Tamboril, Sertão de Crateús.  As bases teórico-metodológicas do estudo dialogam com a perspectiva decolonial, compreendendo esta como possibilidades de falar da história e construir a ciência fora dos padrões eurocêntricos, permitindo que a interpretação dos sujeitos envolvidos com a pesquisa estejam presentes no estudo. Os procedimentos metodológicos foram baseados em pesquisas bibliográficas e documental, trabalhos de campo, obtenção de dados primários através de diálogos, observações, rodas de conversa e entrevistas.  Foram realizadas reflexões acerca dos processos históricos e contemporâneos das comunidades negras rurais que, mais recentemente, passam a se denominar de Comunidades Quilombolas. Posteriormente discute-se o conceito de território, destacando a territorialidade quilombola e suas dimensões, política, econômica e cultural, na realidade das Comunidades estudadas. É abordada a perspectiva racial e étnica quilombola e, a partir de uma elaboração teórico-metodológica, são apresentados elementos da etnicidade quilombola de Encantados do Bom Jardim (EBJ) e Lagoa das Pedras (LP). Por fim, realiza-se uma investigação sobre as condições de produção e reprodução da vida das Comunidades. Para isso foi realizado um estudo das rendas familiares através da Metodologia “Análise-diagnóstico de sistemas agrários/atividades”. Escolheu-se dois núcleos familiares de cada uma das Comunidades, todas com tipologias de rendas distintas. Analisou-se as rendas das quatro comunidades de acordo com suas necessidades, número de membros e as formas de produção e reprodução destes. Também foi realizado uma síntese das políticas públicas ofertadas para as famílias quilombolas de EBJ e LP. Percebeu-se que a origem em comum e o parentesco são fortes aliados do pensamento coletivo, bem como a relação com os indivíduos, comunidades e outros grupos externos. A falta de acesso a terras fez com que as populações negras rurais unissem forças em torno de um projeto coletivo, a vida em comunidade. A história quilombola diz respeito, também, ao modo de vida que garante a produção e reprodução das famílias, aos símbolos produzidos pelos sujeitos, às memórias afetivas construídas com a vida em comunidade e as estratégias de sobrevivência que garante a manutenção da vida dos sujeitos. O trabalho na roça é uma prática passada por gerações, que alimenta e sustenta as famílias até os dias de hoje. As dificuldades enfrentadas pelas Comunidades são diversas e, apesar dos programas e políticas públicas pontuais, os territórios de EBJ e LP seguem aguardando a titulação. Ainda assim, programas como o Bolsa Família são fundamentais para o sustento das famílias, chegando a representar quase 70% da renda mensal familiar. Desta forma, infere-se que o Estado tem função essencial no enfrentamento ou na perpetuação das desigualdades.


  • Mostrar Abstract
  • This work focuses on the study of quilombola communities in the backlands of Ceará. To this end, the concepts of territory, ethnicity and race are defined as fundamental categories for discussion. It was investigate the territorialities of the Encantados do Bom Jardim and Lagoa das Pedras communities, in the municipality of Tamboril/CE, from the process of quilombola self-recognition. The spatialization of the research was carried out in the municipality of Tamboril, backland of Crateús. The theoretical and methodological bases of the study dialogue with a decolonial perspective apprehend it as possibility to talk about the history and to build the Science, outside Eurocentric pattern to allow that the interpretation of the subjects involved with the reasearch be presents in the study. The methodological procedures were based on bibliographic and documentary reaseach, fieldwork, obtaining primary data through dialogue, observations, conversation circles and interviews. Reflections were made about historical and contemporary processes of black rural communities which recently, have come to be called quilombola communities. It is discussed the concept of territory to emphasize the quilombola territoriality and its political, economic and culture dimensions in reality of the communities studied. It is addressed the quilombola race and ethnic perpective and from a theoretical and methodological elaboration, elements of Encantados do Bom Jardim (EBJ) and Lagoa das Pedras’s (LP) quilombola ethnicities are presented. In the end, it is carry out a investigation about the condition of production and reproduction of the communities’s life. To this end, was realized a study about family incomes using the methodology “Análise-diagnóstico de sistemas agrários/atividades”. It was choose two family nucleus of each one of communities which each with tipology of income different. It was analysed the income of four communities in agreement with their necessity, member numbers and their production and reproduction means. It was also realized a synthesis of public policy offered to quilombola families of EBJ and LP. It was realized that the commom origin and kinship are strong allies of the collective thinking, relationship between the people, and among another communities and groups outside. The lack of acccess to land made that the black rural populations join forces round of the collective project, a life in communite. The quilombola history is about a lifestyle which ensure the production and reproduction of the families, to symbols producted by subjects, to affective memories built with a life in communite and the survival strategies that ensure the maintenance of life of the subjects. The work on the field is a experience passed for generation that feeds and sustains the families until today. The difficulties faced by communities are diverse, although the programs and specific policies the territories EBJ and LP have been waiting the titling yet. Anyway, programs as Bolsa Família are fundamental for the sustenance of the families, representing about 70% of family income monthly. In this way it is concluded that the State has essential function in confronting or in perpetuating inequalities.

6
  • EMANUEL DOS SANTOS DE OLIVEIRA
  • PLANEJAMENTO TURÍSTICO DO PARQUE SÃO BARTOLOMEU-BA: UMA PROPOSTA BASEADA EM MODELAGEM DE SISTEMAS AMBIENTAIS

  • Orientador : MARCO ANTONIO TOMASONI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCO ANTONIO TOMASONI
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • RICARDO GALENO FRAGA DE ARAUJO PEREIRA
  • JEMISON MATTOS DOS SANTOS
  • Data: 27/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • O turismo é um dos setores econômicos mais rentáveis do mundo, uma atividade econômica
    que expõe e utiliza recursos naturais e humanos, gerando, muitas vezes, impactos ambientais
    negativos, sendo necessário, portanto, que seja compreendido e estruturado através de práticas
    de planejamento ambiental alicerçadas sobre uma visão sistêmica e sustentável. O objetivo
    desta pesquisa foi elaborar um plano turístico para o Parque São Bartolomeu, localizado no
    Município de Salvador, Estado da Bahia. Para isso foi necessário avaliar o potencial turístico
    e identificar as unidades de paisagem para então apresentar propostas de ações e intervenções
    que norteiem um turismo sustentável no Parque. Em seu caminho teórico-metodológico, o
    pesquisador adotou a Paisagem enquanto categoria de análise da Geografia, aplicou a
    Geoecologia das Paisagens como abordagem teórico-metodológica, utilizou da Modelagem
    Ambiental como procedimento científico, estudou o Turismo como atividade econômica
    utilizadora da paisagem, discutiu a Unidade de Conservação enquanto território criado para a
    conservação/preservação do patrimônio natural e para a realização do turismo, selecionou o
    Parque Urbano enquanto categoria de manejo de unidade de conservação, e escolheu o Parque
    São Bartolomeu como recorte espacial. O potencial turístico foi avaliado a partir da
    modelagem qualiquantitativa pelo Método IAPI (Indicadores de Atratividade de Pontos
    Interpretativos), que possibilitou quantificar o potencial de atratividade dos pontos turísticos
    através da avaliação dos elementos paisagísticos presentes, possibilitando a pontuação da
    atratividade turística de cada sítio interpretativo. A modelagem ambiental contribuiu para a
    análise estrutural e funcional das 87 unidades paisagísticas do Parque São Bartolomeu, as
    quais estão dividas em quatro grupos tipológicos, sendo: 15 Topos Convexos, 58 Encostas
    Íngremes, 13 Planícies Fluviais e 1 Planície Flúvio-marinha. A elaboração das propostas de
    ações e intervenções que norteiem um turismo sustentável no Parque levou em consideração
    os aspectos integrativos do planejamento turístico, os recursos ambientais do turismo e a
    condição atual das trilhas e dos sítios interpretativos. As unidades de paisagem identificadas
    no Parque São Bartolomeu estão representadas no mapa de Unidades Geoecológicas e
    Estrutura Funcional. O potencial turístico está representado no mapa de Potencial Turístico
    por Atratividade dos Sítios Interpretativos. As ações propostas para a gestão do turismo foram
    apresentadas em três quadros: o de ações propostas para os aspectos integrativos do
    planejamento turístico; o de ações propostas no âmbito dos recursos ambientais turísticos; e o
    de intervenções propostas para o sistema de trilhas. Constatou-se que o planejamento turístico
    com base na modelagem ambiental, inserida no estudo integrado da paisagem, pode contribuir
    para a adequada gestão do turismo em parques urbanos, uma vez que possibilita tanto o
    diagnóstico turístico-ambiental, quanto um prognóstico de ações necessárias à melhoria da
    qualidade ambiental e da experiência de visitação do turista. Espera-se que o presente estudo
    sirva de referência para atividades de planejamento e gestão de parques urbanos e outras
    categorias de manejo de Unidades de Conservação.


  • Mostrar Abstract
  • Tourism is one of the most profitable economic sectors in the world, an economic activity that
    exposes and uses natural and human resources, often generating negative environmental
    impacts, therefore, it is necessary that it be understood and structured through grounded
    environmental planning practices, on a systemic and sustainable vision. The objective of this
    research was to design a tourist plan for the São Bartolomeu Park, located in the Municipality
    of Salvador, State of Bahia. For this, it was necessary to assess the tourist potential and
    identify the landscape units to then present proposals for actions and interventions that could
    guide sustainable tourism in the Park. In his theoretical-methodological path, the researcher
    used Landscape as a category of analysis of Geography, applied Landscape Geoecology as a
    theoretical-methodological approach, used Environmental Modeling as a scientific procedure, studied Tourism as an economic activity that uses the landscape, discussed the Conservation
    Unit as a territory created for the conservation / preservation of the natural heritage and for
    the implementation of tourism, he selected the Urban Park as a category of management of
    the conservation unit and chose the São Bartolomeu Park as a spatial feature. The tourist
    potential was evaluated based on qualitative and quantitative modeling using the IAPI Method
    (Indicators of Attractiveness of Interpretative Points), which made it possible to quantify the
    attractiveness potential of the tourist points through the evaluation of the landscape elements
    present, enabling the scoring of the tourist attractiveness of each interpretive site. The
    environmental modeling contributed to the structural and functional analysis of the 87
    landscape units of the São Bartolomeu Park, which are divided into four typological groups:
    15 tops of convex reliefs, 58 steep slopes, 13 fluvial plains and 1 fluvial-marine plain. The
    design of proposals for actions and interventions that guide sustainable tourism in the Park
    took into account the integrative aspects of tourism planning, the environmental resources of
    tourism and the current condition of trails and interpretive sites. The landscape units identified
    in Parque São Bartolomeu are represented on the map of Geoecological Units and Functional
    Structure. The tourist potential is represented on the Map of Tourist Potential by
    Attractiveness of Interpretive Sites. The proposed actions for tourism management are
    presented in three tables: that of proposed actions for the integrative aspects of tourism
    planning; the actions proposed related to environmental tourism resources; and that of
    proposed interventions for the trail system. It was found that tourism planning based on
    environmental modeling, integrated into the study of the landscape, can contribute to the
    adequate management of tourism in urban parks, since it allows both the tourist- environmental diagnosis and a prognosis of actions necessary for the improvement of
    environmental quality and of the tourist experience. It is hoped that the present study will
    serve as a reference for planning and management activities of urban parks and other
    categories of management of Conservation Units.

7
  • ARIANE DOS SANTOS TEIXEIRA
  • O azeite da Costa do Dendê: um produto do território.

  • Orientador : ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • RONALDO PESENTE
  • AGRIPINO SOUZA COELHO NETO
  • Data: 16/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Uma faixa litorânea localizada no sudeste do estado da Bahia ficou popularmente conhecida como Costa do Dendê, pois é o território de origem da produção secular de azeite de dendê no Brasil, um dos produtos mais típicos da culinária afro-brasileira. As técnicas tradicionais de cultivo e beneficiamento do dendê constituem um legado da cultura africana no Brasil que se consolidou ao longo dos séculos, dando origem a um azeite específico do território, de cor e sabor acentuados que só é produzido em alguns lugares da Bahia e da África. No entanto, tem ocorrido um declínio na produção baiana de dendê ao longo dos anos devido à ausência de políticas públicas e incentivos financeiros que possam dar suporte as centenas de produtores da agricultura familiar que compõem a grande parte dos agentes envolvidos na produção baiana de azeite. Verifica-se um envelhecimento da mão de obra e com isso o risco de desaparecimento dos saberes e fazeres tradicionais que envolvem a produção desse azeite, uma vez que as famílias não conseguem garantir o próprio sustento e as gerações atuais não são estimuladas a permanecerem na atividade. Assim, apresentam-se nesta pesquisa alguns argumentos teórico-conceituais e empíricos acerca do processo de territorialização da Costa do Dendê, buscando verificar as vantagens competitivas relacionadas às especificidades do azeite produzido no território. Por fim, propõe-se uma discussão sobre o registro de Indicação Geográfica para a Costa do Dendê como possível instrumento de valorização e proteção do tradicional azeite, cujo saber-fazer remonta a chegada das primeiras populações africanas ao Brasil. Acredita-se que este trabalho pode contribuir para o debate acerca da valorização da Costa do Dendê como território de origem de um recurso específico e, por conseguinte, colaborar para o fortalecimento dos diversos atores envolvidos na organização produtiva do azeite da Costa do Dendê.


  • Mostrar Abstract
  • A coastal strip located in the southeast of the state of Bahia became popularly known as Costa do Dendê, as it is the territory of origin of the secular production of palm oil in Brazil, one of the most typical products of afro-brazilian culinary. The traditional techniques of cultivation and processing of oil palm constitute a legacy of African culture in Brazil that has been consolidated over the centuries, giving rise to an olive oil specific to the territory, of accentuated color and flavor that is only produced in some places of Bahia and of Africa. However, there has been a decline in baian palm oil production over the years due to the absence of public policies and financial incentives that can support the hundreds of family farmers who make up most of the agents involved in baian palm oil production. There is an aging of the workforce and with this the risk of the disappearance of traditional knowledge and practices that involve the production of this oil, since families cannot guarantee their own sustenance and current generations are not encouraged to remain in the activity. Thus, this research presents some theoretical-conceptual and empirical arguments about the territorialization process of Costa do Dendê, seeking to verify the competitive advantages related to the specificities of olive oil produced in the territory. Finally, we propose a discussion on the registration of Geographical Indication for Costa do Dendê as a possible instrument of valorization and protection of traditional olive oil, whose know-how goes back to the arrival of the first african populations to Brazil. It is believed that this work can contribute to the debate about the valorization of Costa do Dendê as the territory of origin of a specific resource and, therefore, collaborate to strengthen the various actors involved in the productive organization of Costa do Dendê palm oil.

Teses
1
  • SOFIA REBOUÇAS NETA PEREIRA
  • POLÍTICAS ENERGÉTICAS E DESENVOLVIMENTO SÓCIO-ESPACIAL: AS TRANSFORMAÇÕES GERADAS PELA ENERGIA EÓLICA NO SEMIÁRIDO BAIANO
    Salvador

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRYANE GORAYEB NOGUEIRA CAETANO
  • AGRIPINO SOUZA COELHO NETO
  • ANTONIO PUENTES TORRES
  • CHRISTIAN BRANNSTROM
  • JUAN PEDRO MORENO DELGADO
  • Data: 16/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa visa analisar a expansão da energia gerada pela fonte eólica no Brasil e suas contribuições para o desenvolvimento sócio-espacial do semiárido baiano. O Brasil possui elevado potencial eólico e excelente fator de capacidade, que, associados às políticas públicas criadas pelo governo brasileiro, permitiram a instalação dos parques eólicos e a implantação das indústrias de equipamentos ligadas ao setor. O maior potencial e a maior geração de energia pela fonte eólica encontram-se na região Nordeste do país, principalmente na sua porção semiárida. Os maiores produtores de energia eólica no país são os estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará e Rio Grande do Sul. Do ponto de vista metodológico trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo/quantitativo no qual foram adotados pesquisa bibliográfica, observação in loco, registro fotográfico, entrevistas, visitas técnicas guiadas por representantes das empresas e reuniões com comunidades atingidas pelo empreendimento. Para a realização deste trabalho, elaborou-se um modelo de análise, a partir do qual foi desenvolvido todo o trabalho de investigação, fundamentação e análise dos dados e informações. A análise dos condicionantes político-institucionais, espaciais e socioeconômicos deu-se a partir da atuação dos agentes públicos e privados com vistas à elucidação das transformações sócio-espaciais produzidas nos espaços dos municípios escolhidos para este estudo: Caetité, Guanambi, Igaporã e Pindaí, que integram a região da Serra do Espinhaço, considerada de elevado potencial eólico no Estado da Bahia. A pesquisa evidenciou que os municípios investigados passaram por grandes alterações nas dimensões econômicas, políticas, socioculturais e espaciais. Os principais benefícios econômicos da implantação dos parques eólicos no semiárido baiano são as melhorias nas estradas, dinâmica econômica instalada nos municípios, geração de empregos, ganhos financeiros mensais com os arrendamentos das propriedades onde estão as torres, indenizações das terras por conta das obras dos parques e da passagem das linhas de transmissão, possibilidade de conciliar a produção agropecuária com a geração eólica e a valorização comercial das terras. Os resultados obtidos revelaram que houve relações de dominação através das promessas e do poder de “convencimento” das consultorias, dos contratos abusivos de arrendamento que são extremamente favoráveis às empresas, dos impactos causados ao meio ambiente, do descaso das empresas em relação às medidas de mitigação e compensação social e ambiental, da falta de participação social das comunidades impactadas e da grilagem de terras. Os principais impactos socioambientais apontados pelas comunidades na fase de implantação dos parques eólicos foram: poeira e desmatamento; e na fase de operação: ruído dos aerogeradores, poluição visual, diminuição da água das nascentes, erosão dos solos e afugentamento de animais. Constatou-se crescimento econômico pela elevação do Produto Interno Bruto (PIB), aumento das arrecadações de tributos e melhoria dos indicadores socioeconômicos no período analisado, mas não podemos afirmar que isso resultou em desenvolvimento sócio-espacial, pois ainda não foi suficiente para reduzir as desigualdades sociais e assegurar condições mais justas para a maior parte da população dos referidos municípios. O desenvolvimento sócio-espacial envolve aspectos multidimensionais e requer melhores condições de vida para todos e menores distorções sociais.


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to analyze the expansion of energy generated by the wind source in Brazil and its contributions to the socio-spatial development of the semiarid region of Bahia. Brazil has high wind potential and an excellent capacity factor, which, associated with public policies created by the Brazilian government, allowed the installation of wind farms and the implantation of equipment industries linked to the sector. The greatest potential and the greatest generation of energy from the wind source are found in the Northeast region of the country, mainly in its semi-arid portion. The largest wind energy producers in the country are the states of Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará and Rio Grande do Sul. From a methodological point of view, this is a qualitative / quantitative research in which bibliographic research, observation in loco, photographic record, interviews, technical visits guided by representatives of the companies and meetings with communities affected by the enterprise. For the accomplishment of this work, an analysis model was elaborated, from which all the investigation work, reasoning and analysis of data and information was developed. The analysis of political-institutional, spatial and socioeconomic conditions took place from the performance of public and private agents with a view to elucidating the socio-spatial transformations produced in the spaces of the municipalities chosen for this study: Caetité, Guanambi, Igaporã and Pindaí, that comprise the Serra do Espinhaço region, considered to have high wind potential in the State of Bahia. The research showed that the municipalities investigated underwent major changes in the economic, political, socio-cultural and spatial dimensions. The main economic benefits of implementing wind farms in the semi-arid region of Bahia are improvements in roads, economic dynamics installed in the municipalities, job creation, monthly financial gains with the leasing of properties where the towers are located, indemnities for lands due to the works of the parks and the passage of transmission lines, the possibility of reconciling agricultural production with wind generation and the commercial appreciation of land. The results obtained revealed that there were relations of domination through the promises and the power of “convincing” the consultancies, the abusive lease agreements that are extremely favorable to the companies, the impacts caused to the environment, the neglect of the companies in relation to the measures of social and environmental mitigation and compensation, the lack of social participation of impacted communities and land grabbing. The main socio-environmental impacts pointed out by the communities during the implementation phase of the wind farms were: dust and deforestation; and in the operation phase: noise from wind turbines, visual pollution, decreased water from springs, soil erosion and chasing away animals. Economic growth was evidenced by the increase in the Gross Domestic Product (GDP), the increase in tax collections and the improvement of socioeconomic indicators in the period analyzed, but we cannot say that this resulted in socio-spatial development, as it has not yet been sufficient to reduce social inequalities and ensure fairer conditions for the majority of the population of these municipalities. Socio-spatial development involves multidimensional aspects and requires better living conditions for all and lesser social distortions.

2
  • SAULO MEDRADO DOS SANTOS
  • ATLAS GEOGRÁFICO ESCOLAR DO SEMIÁRIDO DA BAHIA: UMA ELABORAÇÃO PARTICIPATIVA

  • Orientador : DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • ALISSON DUARTE DINIZ
  • ANTONIO MARCOS DOS SANTOS
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MARIA INEZ DA SILVA DE SOUZA CARVALHO
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese se propôs apresentar e discutir a experiência da construção de um “Atlas
    Geográfico Escolar do Semiárido da Bahia” adotando como metodologia o
    mapeamento participativo pela qual foi desenvolvido os conteúdos temáticos que o
    compõe. Parte-se de uma questão central: como o processo de mapeamento
    participativo, envolvido na construção de um Atlas Escolar, pode potencializar o
    aprendizado de diferentes aspectos da região semiárida dos escolares? Procurou-se
    responder tal questionamento a partir da tríade Cartografia, Geografia e Atlas
    Geográficos. Organizada em quatro Capítulos, além da Introdução contendo a
    justificativa descreve também os Objetivos da Pesquisa. No primeiro Capítulo –
    Abordagem Teórica, buscou-se realizar um levantamento bibliográfico dos temas
    relacionados ao estudo; no segundo Capítulo – Definição do Universo de Análise,
    buscou-se discorrer sobre a importância da escolha do universo de análise e do plano
    temático para o uso do Atlas em sala de aula. No terceiro Capítulo – Procedimentos
    Metodológicos, apresenta-se os Procedimentos Metodológicos onde buscou-se
    enfatizar os aspectos teóricos e metodológicos utilizados na pesquisa; por fim, o
    quarto Capítulo – Resultados e Discussão, traz os principais obtidos com o trabalho
    que foi uma mudança no padrão dos Mapas Mentais produzidos pelos grupos antes e
    após o emprego das metodologias utilizadas. Grande parte dos resultados tratados
    retratam características sociais, culturais e até físicas das populações locais. O que
    pode significar um mapeamento pessoal, de vivência. Algo muitas vezes não presente
    em mapas não participativos produzidos para Atlas escolares. Concluindo-se com as
    Considerações Finais que retomam sinteticamente as principais ideias apresentadas
    ao longo do trabalho. O produto dessa tese, o Atlas Geográfico Escolares
    Participativos, revela-se como um recurso didático importante para o despertar do
    ensino pelo mapa, a ressignificação de Atlas Geográficos Escolares.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis proposed to present and discuss the experience of building a “School
    Geographic Atlas of the Semi-arid of Bahia”, adopting as a methodology the
    participatory mapping by which the thematic contents that compose it were developed.
    It starts from a central question: how can the process of participatory mapping, involved
    in the construction of a School Atlas, enhance the learning of different aspects of the
    students' semiarid region? We tried to answer this question based on the Cartography,
    Geography and Geographic Atlas triad. Organized in four Chapters, in addition to the
    Introduction containing the justification, it also describes the Research Objectives. In
    the first Chapter - Theoretical Approach, an attempt was made to carry out a
    bibliographic survey of the topics related to the study; in the second Chapter - Definition
    of the Universe of Analysis, we sought to discuss the importance of choosing the
    universe of analysis and the thematic plan for the use of the Atlas in the classroom. In
    the third Chapter - Methodological Procedures, the Methodological Procedures are
    presented where the aim was to emphasize the theoretical and methodological aspects
    used in the research; finally, the fourth Chapter - Results and Discussion, brings the
    main results obtained with the work that was a change in the pattern of Mind Maps
    produced by the groups before and after the use of the methodologies used. Much of
    the results treated portray social, cultural and even physical characteristics of local
    populations. Which can mean a personal mapping of experience. Something often not
    present in non-participatory maps produced for school Atlas. Concluding with the Final
    Considerations that summarize the main ideas presented throughout the work. The
    product of this thesis, the Participatory School Geographic Atlas, reveals itself as an
    important didactic resource for the awakening of teaching through the map, the
    resignification of School Geographic Atlas.

2019
Dissertações
1
  • DANIELE DE OLIVEIRA SANTOS
  • TRABALHO E CIRCUITO INFERIOR DA ECONOMIA: NOVOS ALAGADOS E AS ESTRATÉGIAS DE OBTENÇÃO DE RENDA

  • Orientador : MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • CLIMACO CESAR SIQUEIRA DIAS
  • JANIO LAURENTINO DE JESUS SANTOS
  • Data: 08/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo analisa o uso que os moradores de Novos Alagados- Salvador/Ba estabelecem com esta localidade através do trabalho autônomo, a partir dos anos 2000, no contexto das transformações recentes do mundo do trabalho. Para tanto, foi abordado brevemente como se deu o processo de urbanização brasileira, assim como as suas particularidades na inserção do processo de industrialização, as principais características do mercado de trabalho e a repercussão desses fenômenos na vida dos trabalhadores. O estudo analisa também algumas características da formação econômica e social do Brasil, como por exemplo a desigualdade social e a histórica precarização do trabalho. Nesse contexto, a inserção de Salvador na modernização industrial, as características presentes na sua formação socioespacial e as consequências desse processo no seu espaço intra-urbano. A fase empírica, por sua vez, é composta por uma caracterização da área de estudo e os aspectos laborais presentes nesse aglomerado de bairro. Através da discussão teórica e da pesquisa empírica, alguns dos resultados pretendidos foram alcançados, como por exemplo, os tipos de trabalho autônomo que predominam em Novos Alagados e as transformações resultantes do atual momento da produção capitalista, tendo como perspectiva teórica-metodológica a teoria crítica.


  • Mostrar Abstract
  • The present study analyzes the use that residents of Novos Alagados-Salvador / Ba establish with this location through autonomous work, starting in the 2000s, in the context of recent transformations in the world of work. To this end, it was briefly discussed how the Brazilian urbanization process took place, as well as its particularities in the insertion of the industrialization process, the main characteristics of the labor market and the repercussion of these phenomena in the lives of workers. The study also analyzes some characteristics of Brazil's economic and social formation, such as social inequality and the historic precariousness of work. In this context, the insertion of Salvador in industrial modernization, the characteristics present in its socio-spatial formation and the consequences of this process in its intra-urban space. The empirical phase, in turn, consists of a characterization of the study area and the labor aspects present in this neighborhood. Through theoretical discussion and empirical research, some of the intended results were achieved, such as, for example, the types of autonomous work that predominate in Novos Alagados and the transformations resulting from the current moment of capitalist production, with the theoreticalmethodological perspective as the critical theory.

2
  • MARCELO GOULART SANTOS
  • GOVERNANÇA TERRITORIAL DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP): O PAPEL DA CONFEDERAÇÃO EMPRESARIAL

  • Orientador : ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • ELGA LESSA DE ALMEIDA
  • Data: 02/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Criada em 1996, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) congrega nove Estados-membros de pleno direito: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Constituída sob a retórica de laços históricos e culturais, a referida organização intergovernamental tem a finalidade de atender as demandas políticas, sociais, culturais e econômicas dos seus associados na medida em que atua como o fórum privilegiado para cooperação política e econômica, dentre outras, entre os pares. Parte das ações da CPLP é conduzida pela lusofonia, uma base político-cultural que emerge na figura de uma territorialidade fundamentada na Língua Portuguesa. De maneira que a CPLP é aqui tratada como um arranjo cooperativo institucional e que, diante desta condição, propicia a articulação (impulsionada pelo fator linguístico em comum) entre o Estado, a sociedade civil e o mercado por meio das Comissões Temáticas. De acordo com as atuais instâncias de atuação da Geografia Política, da Geopolítica e da Gestão do Território, a governança territorial promovida pela CPLP propõe uma integração regional e novos espaços da cooperação político-econômica mediante acordo consensual em meio à política externa de cada Estado-membro. Sob este aspecto, a Confederação Empresarial (CE-CPLP) é uma organização que representa a esfera econômica ao atuar politicamente na promoção do comércio interno e externo à CPLP. Nesse sentido, este trabalho perambula por um cenário conceitual ligado aos preceitos básicos de Território e, por conseguinte, da Governança Territorial e que, diante da perspectiva político-econômica sugerida pelo interesse no desenvolvimento do território da CPLP, pretende apresentar o papel da Confederação Empresarial diante da mencionada governança.


  • Mostrar Abstract
  • Created in 1996, the Community of Portuguese Speaking Countries (CPLP) brings together nine full-fledged Member States: Angola, Brazil, Cape Verde, Guinea Bissau, Equatorial Guinea, Mozambique, Portugal, Sao Tome and Principe and East Timor. Constituted under therhetoric of historical and cultural ties, this intergovernmental organization has the purpose ofmeeting the political, social, cultural and economic demands of its members insofar as it acts asthe privileged forum for political and economic cooperation, among others, among others. thepairs. Part of CPLP's actions are led by Lusophone, a political-cultural base that emerges in thefigure of a territoriality based on the Portuguese Language. Thus, the CPLP is treated here as an institutional cooperative arrangement and, in the face of this condition, fosters the articulation (driven by the linguistic factor in common) between the State, civil society and the market through the Thematic Commissions. According to current instances of political geography,geopolitics and territorial management, the territorial governance promoted by the CPLP proposes a regional integration and new spaces of political-economic cooperation through aconsensual agreement in the context of the foreign policy of each Member State, member. In this regard, the Business Confederation (CE-CPLP) is an organization that represents the economic sphere when acting politically in the promotion of internal and external trade to the CPLP. In this sense, this work wanders through a conceptual scenario linked to the basic precepts of Territory and, consequently, of Territorial Governance and that, in view of the political-economic perspective suggested by the interest in the development of the CPLP territory, intends to present the role of the Confederação Empresarial before the aforementioned governance.

3
  • CAIO BANDEIRA NASCIMENTO SILVA
  • Cidade mercadoria: paisagem e consumo na orla marítima do bairro da Barra, Salvador - BA, entre os anos de 2013 e 2017.

  • Orientador : JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • JORGE LUIZ BEZERRA NOVOA
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • Data: 29/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação analisou a dinâmica da economia política do espaço urbano a partir das
    relações entre paisagem e consumo, à luz das intervenções urbanas implantadas pelo prefeito
    Antônio Carlos Magalhães Neto (ACM NETO) entre os anos de 2013 e 2017 na Orla Marítima
    Marítima do bairro da Barra. Pretendeu-se verificar como as ações e práticas políticas
    implantadas na gestão do prefeito ACM NETO se conectou com um projeto econômico de
    intervenção urbana, tendo em vista a formação de uma paisagem urbana destinada ao consumo.
    Este trabalho dialogou com diversos elementos interdisciplinares, a partir de uma leitura
    Lefebvriana e marxiana das práticas e políticas da intervenção urbana na Orla Marítima
    Marítima do bairro da Barra da cidade do Salvador. Para isso foi requerida uma narrativa
    histórica, socioeconômica e geográfica que envolveu a transformação do espaço urbano tendo
    em vista a crítica da economia política do espaço urbano e sua relação com a totalidade
    econômica. Fundamentalmente, pretendeu-se construir um procedimento investigativo qualiquantitativo
    contextualizando a realidade econômica da cidade do Salvador de 2003 até 2017
    para estabelecer um constante diálogo entre as políticas de intervenção urbana de ACM NETO
    (2013 – 2017) na Orla Marítima Marítima do bairro da Barra e a razão econômica que se
    revelou em sua essência.


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to analyse the dynamics of the political economy of the urban space from
    the relationship between landscape and consumption focusing on the urban interventions
    implemented by the mayor Antônio Carlos Magalhães Neto (ACM NETO) between the years
    of 2013 and 2017 in the Barra district. The goal was to understand how the actions and political
    practices implemented during the Mayor administration is connected with an economic project
    of urban intervention, highlighting the formation of an urban space destined to
    consumption. This work interacts with several interdisciplinary elements, and it is built on a
    Lefebvriana and Marixana interpretation of the practices and policies of the urban interference
    on the coastline of the city of Salvador.Furthermore, it was required a historical, socioeconomic
    and geographical narrative that involved the transformation of the landscape in regard to the
    criticism of the political economy of urban space and its relationship with the economic totality.
    Essentially, it was intended to construct a qualitative-quantitative investigative research,
    contextualizing the economic reality of the city of Salvador from 2003 to 2017, to establish a
    constant dialogue between ACM NETO's urban intervention policies (2013-2017) on the
    coastline of Barra district and the economic motivation that has been exposed in its core.

4
  • MATEUS BARBOSA SANTOS DA SILVA
  • Uso e apropriação das orlas da Península de Itapagipe e do Subúrbio Ferroviário em Salvador-BA

  • Orientador : ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ NUNES DE SOUSA
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • JANIO LAURENTINO DE JESUS SANTOS
  • Data: 03/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo desta pesquisa é analisar os usos e apropriações da orla em quatro bairros da Península de Itapagipe e do Subúrbio em Salvador, Bahia, Brasil. Para tanto, fundamentamos nossas reflexões na lógica dialética e nos conceitos de produção de espaço e representação propostos por Henri Lefebvre (1991a; 2006; 2007). A noção de habitus de Pierre Bourdieu (2011) nos ajudou a identificar conexões entre classes sociais e padrões de uso/apropriação nas orlas estudadas. Metodologicamente procedemos a uma revisão bibliográfica, pesquisa documental e pesquisa de campo, na qual buscamos realizar uma etapa quantitativa e outra qualitativa. Na primeira etapa do trabalho de campo foram aplicados 588 questionários e foram selecionados participantes para a segunda etapa, na qual realizamos entrevistas semiestruturadas com os usuários/usadores das orlas estudadas. Os resultados da pesquisa foram estruturados e sistematizados em quatro capítulos. O primeiro capítulo apresenta uma reflexão sobre as teorias, métodos e metodologias adotados ao longo da pesquisa haja vista que estes são fundamentais para a compreensão adequada dos resultados alcançados. No segundo, apresentamos um exame minucioso de como a orla, como escala, aparece nos principais estudos sobre "litoral" e apresentamos uma reflexão sobre quais conceitos e categorias utilizadas nesses estudos. No terceiro capítulo, operacionalizamos o conceito de classe social, a fim de compreender os usos/apropriações dos usuários/usadores nas orlas estudadas, bem como buscamos caracterizá-los, apresentando sua profissão, rendimentos e escolaridade. Finalmente, no quarto capítulo, discutimos o problema da justiça espacial, fazendo um paralelo com a produção do espaço. Intentamos destacar a importância dos usos/apropriações como instrumentos de mediação para o entendimento e florescimento da cidade como obra.


  • Mostrar Abstract
  • The purpose of this research was to analyze shore’s uses and appropriations in four neighbourhoods in the Península de Itapagipe and Suburbio Ferroviário area in Salvador, Bahia, Brazil. In order to accomplish that we based our reflections in the dialectical logic and in the concepts of production of space and representation proposed by Henri Lefebvre (1991a; 2006; 2007). As important were Pierre Bourdieu’s (2011) notion of habitus, which helped us to identify connections between social classes and patterns of use/appropriation in the studied shores. Methodologically we procedded a literature review, a documentary research and fieldwork, in which we pursued to accomplish a quantitative stage and a qualitative stage. In the first moment of the fieldwork we applied 588 questionnaires and selected participants for the second part of the fieldwork, which was marked by the realization of semi-structured interviews with the users/usagers of the studied shores. The results of the research were structured and systematized in four chapters. The first chapter presents an essential reflection about the theories, methods and methodology adopted along the research, which are fundamental to the proper understanding of the results achieved. In the second chapter, we presented both a close examination on how the shore, as a scale, appears in the main studies about “coast” and a reflection on which concepts and categories other researchers used in their studies. In the third chapter, we operationalized the concept of social class in order to understand the uses/appropriations of the users/usagers in the studied shores as well as we aimed to characterize them by presenting their profession, earnings range and education. Finally, in the fourth chapter, we discuss the problem of spatial justice, making a paralell to the production of space highlighting the importance of uses/appropriations as a mediation tool for the understanding and blossoming of the city as œuvre. 

5
  • KHALIL SANTOS FARRÁN
  • TERRITORIALIZAÇÃO DA AGROECOLOGIA NA BAHIA: UMA ANÁLISE A PARTIR DO ASSENTAMENTO DOIS RIACHÕES (MOVIMENTO CETA) E DA REDE DE AGROECOLOGIA POVOS DA MATA (2015-2018)

  • Orientador : NOELI PERTILE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDINUSIA MOREIRA C. SANTOS
  • NOELI PERTILE
  • TIAGO RODRIGUES SANTOS
  • Data: 19/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo desta pesquisa foi estudar a territorialização da agroecologia na Bahia, a partir da experiência de transição agroecológica desenvolvida pelo Assentamento Dois Riachões do Movimento CETA e a estratégia de recriação camponesa com a Rede de Agroecologia Povos da Mata. Partimos do pressuposto teórico de que a Questão Agrária no capitalismo é assentada no desenvolvimento desigual, combinado e contraditório. Organizada em três capítulos, o estudo buscou elementos que se somam à justificativa de que a agroecologia é um processo de construção classista, desenvolvido pelos modos de vida como dos camponeses e de tantos outros, frente aos problemas gerados pela territorialização do capitalismo no campo, em especial, das grandes corporações de agroquímicos. Investigamos a capacidade de resistência/recriação da classe camponesa a partir do desenvolvimento de estratégias políticas e econômicas, ante as adversidades impostas pela monopolização do território camponês pelo capital. Este é o caso do Assentamento Dois Riachões e sua busca por autonomia com a criação da Rede de Agroecologia Povos da Mata. 


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this research was studying the territorialization of agroecology in the state of Bahia, based on the agroecological transition experience developed by CETA Movement's Dois Riachões Settlement and the strategy of recreating peasant culture among the Povos da Mata Agroecological Network. We started from the theoretical assumption that the Agrarian Question in capitalism is based on the uneven, combined and contradictory development. Organized in three chapters, the study searched for elements that add to the justification that agroecology is a class-building process, developed by the lifestyle of peasants and many others, facing the problems generated by the territorialization of capitalism in the countryside, especially agrochemical corporations. We investigated the capacity of resistance/reestablishment of the peasantry class from the development of political and economical strategies, in face of the adversities imposed by the monopolization of peasant territory by capital. This is the case of the Two Riachões Settlement and its quest for autonomy with the creation of the Povos da Mata Agroecology Network 

6
  • ÉVELEN DA PAIXÃO SANTANA
  • Podzolização e caracterização pedogeomorfológica de duas vertentes da Reserva da Sapiranga, APA Litoral Norte do Estado da Bahia.

  • Orientador : ALISSON DUARTE DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALISSON DUARTE DINIZ
  • MARIA ELOISA CARDOSO DA ROSA
  • FABIO CARVALHO NUNES
  • Data: 19/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Ao integrar a Pedologia com a Geomorfologia, os estudos pedogeomorfológicos contribuem para o entendimento da evolução das paisagens, possibilitam análises integradas solo-relevo e subsidiam o planejamento do uso e ocupação de terras. O objetivo desse trabalho foi caracterizar e analisar, pedogeomorfologicamente, duas vertentes localizadas na Reserva da Sapiranga, na Área de Preservação Ambiental Litoral Norte da Bahia. Para alcançar esse objetivo, foram realizadas análises de imagens da área de estudo, seguidas de trabalhos de campo para seleção das áreas de amostragem, definição e elaboração de duas catenas, descrição e coleta de amostras de solos para análises físicas e químicas em laboratório. Apesar de estarem localizadas sob condições climáticas semelhantes e apresentarem processos de podzolização como ponto em comum, as duas vertentes apresentam configurações pedogeomorfológicas bastante distintas, resultantes de dinâmicas deposicionais e geoquímicas que comandaram a evolução do relevo e solos. Assim, a Vertente A apresenta, em seu topo, um Neossolo Quartzarênico Órtico típico, solo constituído por areias brancas que, possivelmente, são resultantes do retrabalhamento eólico de Leques Aluviais Pleistocênicos ou deposição fluvial do Rio Pojuca, sendo sucedido por um Espodossolo Humilúvico Órtico arênico, na meia vertente, e um Cambissolo Háplico Tb Distrófico típico, na baixa vertente, oriundo de sedimentos do Grupo Barreiras. Na Vertente B foi identificado um provável sistema de transformação pedológica de Latossolo para Espodossolo. Sendo assim, na alta vertente está presente um Latossolo Amarelo Distrófico psamítico, sucedido por um Espodossolo Humilúvico Órtico arênico que, por sua vez, é sucedido por um Espodossolo Humilúvico Órtico típico. O presente trabalho mostra que a área de estudo apresenta uma atual configuração pedogeomorfológica resultante de reativação neotectônica, mudanças paleoclimáticas e podzolização.


  • Mostrar Abstract
  • Integrating Pedology and Geomorphology, the pedogeomorphological studies contribute to the understanding of the evolution of landscapes, enable integrated analysis soil-relief and subsidize the planning of use and occupation of lands. The goal of this work was to pedogeomorphologically describe and analyze two slopes located in Reserva da Sapiranga, in the environmental protection area of Litoral Norte da Bahia. To reach this goal, analysis of images of the study area were made, followed by fieldwork to select the sample areas, definition and elaboration of two catenas, description and collection of soil samples to physical and chemical laboratory analysis. Despite being located under similar climate conditions and present common podzolization processes, both slopes present very distinct pedogeomorphological conformations, resulted of depositional and geochemical dynamics that conduct the evolution of relief and soils. Therefore, the slope A presents in its top a Arenosol, a soil constituted by white sand that is possibly the result of the eolian rework of Pleistocene-age alluvial fans or fluvial deposition of Pojuca river, being succeeded by a Podzol, in the midslope, and by a Cambisol, in the lowslope, arising from sedments of the Grupo Barreiras. The slope B was identified a possible pedological transformation system from Ferralsol to Podzol. Thus, in the upper slope is present a Ferralsol, succeeded by a Podzol, which is succeeded by a Podzol. This work demonstrates that the study area shows a current pedogeomorphological set resulted of neotectonic reactivation, paleoclimatic changes and podsolization.

7
  • MÔNICA GUALBERTO CAVALCANTI FREIRE
  • Usos e Apropriações dos Espaços Públicos no bairro de Pernambués, Salvador/BA.

  • Orientador : JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JANIO LAURENTINO DE JESUS SANTOS
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • PEDRO DE ALMEIDA VASCONCELOS
  • Data: 30/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação trata sobre o tema: usos e apropriações no espaço público na atualidade,
    tendo a Praça Arthur Lago e a Madeireira Brotas no bairro de Pernambués em Salvador/BA
    como recortes espaciais de estudo. O objetivo principal é analisar, identificar e mapear os
    usos e apropriações encontradas nos espaços públicos estudados. Os objetivos específicos
    são: analisar como as pessoas usam e se apropriam dos espaços públicos referidos; avaliar
    relevância desses espaços no contexto do bairro e identificar, através do mapeamento, as
    mudanças de usos identificadas nos turnos diurno e noturno. A metodologia utilizada para
    realização deste trabalho foi um conjunto de ações que resultou no mapeamento dos usos
    que as pessoas fazem dos espaços públicos estudados e as mudanças desses usos na transição
    entre o período diurno e noturno. Esse conjunto de ações refere-se a uma pesquisa
    sistematizada de campo; geração de caderneta de campo; registro das observações,
    entrevistas e conversas (informais, sem o uso de questionários ou gravadores) com pessoas
    que utilizam os espaços públicos estudados; criação de um banco de dados geoespaciais;
    mapeamento, quantificação e qualificação dos tipos de usos encontrados em campo e
    geração de mapas temáticos com identificação das mudanças encontradas nos turnos diurno
    e noturno.
    A Madeireira Brotas e a Praça Arthur Lago foram escolhidas por serem importantes espaços
    públicos, referencias na construção histórica e simbólica do bairro, por possuírem um intenso
    comércio de rua e diferentes usos e apropriações entre as pessoas que ocupam estes espaços.
    Espaços onde ocorrem uma ressignificação de ações e práticas sociais e a construção de
    territorialidades. O arcabouço teórico central desta pesquisa está voltado para a discussão do
    espaço público, com eixos temáticos sobre: o bairro como categoria de análise; a relação
    entre o espaço público e a cidade; a questão dos usos e apropriações praticadas no contexto
    do bairro; e as territorialidades identificadas nos espaços públicos em questão. Os resultados
    encontrados foram uma diversidade de usos e apropriações do comércio informal, com
    destaque para os ramos de alimentação e bebidas identificados e mapeados nos turnos
    diurnos e noturnos; territorialidades diferentes foram identificadas nos dois espaços públicos
    estudados através da observação do padrão de usos que as pessoas fazem na passagem dos
    turnos (diurno/noturno). Constatou-se, também, que Pernambués possui uma forte influência
    africana advinda dos grupos quilombolas que habitaram o bairro pouco antes da década de

    1960; é um bairro heterogêneo com dois perfis socioeconômicos bem distintos, diferenciado-
    se espacialmente entre as porções oeste e leste, onde encontram-se, respectivamente,

    famílias com melhor pior poder aquisitivo.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation deals with the following theme: uses and appropriations in the public space
    nowadays, with Praça Arthur Lago and Madeireira Brotas in the Pernambués neighborhood
    in Salvador/BA as study space cutouts. The main objective is to analyze, identify and map
    the uses and appropriations found in the public spaces studied. The specific objectives are:
    analyze how people use and appropriate these public spaces; assess the relevance of these
    spaces in the context of the neighborhood and identify, through mapping, the changes in uses
    identified in the day and night shifts. The methodology used to carry out this work was a set
    of actions that resulted in the mapping of the uses that people make of the studied public
    spaces and the changes in these uses in the transition between the day and night periods. This
    set of actions refers to a systematic field research; field book generation; recording of
    observations, interviews and conversations (informal, without the use of questionnaires or
    tape recorders) with people who use the public spaces studied; creation of a geospatial
    database; mapping, quantifying and qualifying the types of uses found in the field and
    generating thematic maps identifying the changes found in the day and night shifts.
    Madeireira Brotas and Praça Arthur Lago were chosen because they are important public
    spaces, references in the historical and symbolic construction of the neighborhood, because
    they have an intense street commerce and different uses and appropriations among the people
    who occupy these spaces. Spaces where there is a redefinition of social actions and practices
    and the construction of territorialities. The central theoretical framework of this research is
    focused on the discussion of public space, with thematic axes on: the neighborhood as a
    category of analysis; the relationship between the public space and the city; the issue of uses
    and appropriations practiced in the neighborhood context; and the territorialities identified
    in the public spaces in question. The results found were a diversity of uses and appropriations
    of informal trade, with emphasis on the sectors of food and beverage identified and mapped
    in the day and night shifts; Different territorialities were identified in the two public spaces
    studied through the observation of the pattern of uses that people make when passing shifts
    (day/night). It was also found that Pernambués has a strong African influence from the
    quilombola groups that inhabited the neighborhood shortly before the 1960s; it is a
    heterogeneous neighborhood with two very distinct socioeconomic profiles, spatially
    differentiated between the west and east portions, where there are, respectively, families with
    better, worse purchasing power.

Teses
1
  • PATRÍCIA PONTE DE FREITAS
  • PAISAGENS-GRAFITE EM SÃO PAULO:REINVENÇÕES DA VIDA URBANA E DO HABITAR AS CIDADES

  • Orientador : MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • EDUARDO JOSÉ MARANDOLA JÚNIOR
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • MARIA CELESTE DE ALMEIDA WANNER
  • ROSELENE CASSIA DE ALENCAR SILVA
  • Data: 06/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • Quando passamos pelas ruas das grandes cidades, é muito difícil não encontrarmos grafites ao repararmos em suas paisagens. Em algumas, eles são quase onipresentes; em outras, requerem um pouco mais de atenção para serem notados. Fenômeno cuja origem data do final da década 1960, o grafite contemporâneo tem passado por importantes transformações nas últimas décadas, decorrentes da sua inserção no mercado formal de arte e das novas relações travadas com as gestões municipais. No caso específico da cidade de São Paulo, encontramos um campo fértil de observação e investigação dessa atual conjuntura, em uma cena que é considerada das mais dinâmicas do mundo. Com essa pesquisa, buscamos compreender os processos de criação espacial que dão origens a essas paisagens – as paisagens-grafite -, a partir das experiências de seus criadores, os grafiteiros. Para tanto, realizamos entrevistas e os acompanhamos em suas diversas práticas, buscando revelar os significados dessas experiências espaciais e as formas pelas quais elas podem transformar suas relações com a cidade e suas maneiras de habitá-la. Seguindo o método fenomenológico, visamos aliar nossa prática de campo ao entendimento do mundo-da-vida geográfico, das intersubjetividades e das aparições dos
    fenômenos, em uma perspectiva fundamentada nas contribuições de autores como Edward Relph, Sartre e Merleau-Ponty. Aprofundando-nos nas paisagens como experiência, contamos com as bases teóricas propostas por Eric Dardel, Augustin Berque, e, especialmente, Jean-Marc Besse, que nos leva à dimensão do habitar e suas relações com a vida urbana, entendida segundo o pensamento lefebvriano. Entendendo a cidade
    como obra e produto, originada dos processos de criação e produção espacial, buscamos também compreender as relações entre arte e grafite e as distintas modalidades relacionadas (arte urbana, street art e pichação) e as relações entre poder público e grafite, analisando como exemplos as gestões municipais de Fernando Haddad e João Dória. Por fim, buscamos analisar diferentes contextos do grafite no mundo a partir das experiências
    de campo em cidades europeias, a fim de identificar semelhanças e diferenças em relação ao grafite paulistano, visando compreender de forma mais ampla suas particularidades.


  • Mostrar Abstract
  • When we go through the streets of big cities, it is very hard not to find graffiti when we notice in their landscapes. In some, they are almost ubiquitous; in others, they require a little more attention to be noticed. The phenomenon whose origin dates back to the end of the 1960s, contemporary graffiti has undergone important transformations in the last decades, due to its insertion in the formal art market and new relations with the municipal administrations. In the specific case of São Paulo city, we found a fertile field of observation and investigation of this current situation, in a scene that is considered one of the most dynamic in the world. With this research, we sought to understand the processes of spatial creation that give rise to these landscapes – graffiti-landscapes –, from the experiences of their creators, the graffiti artists. To do so, we conducted interviews and accompanied them in their various practices, seeking to reveal the meanings of these spatial experiences and the ways in which they can transform their relationships with the city and its means of inhabiting it. Following the phenomenological method, we aim to combine our field practice with the understanding of the geographic life-world, intersubjectivities and apparitions of phenomena, in a perspective based on the contributions of authors such as Edward Relph, Sartre and Merleau-Ponty. Delving into landscapes as experience, we rely on the theoretical bases proposed by Eric Dardel, Augustin Berque, and, especially, Jean-Marc Besse, who takes us to the dimension of inhabiting and its relations with urban life, understood according to the Lefebvrian thought. Understanding the city as a work and product, originated from the processes of spatial creation and production, we also sought to understand the relationships between art and graffiti and the different related modalities (urban art, street art and pixação), besides the relations between public power and graffiti, analyzing as examples the municipal administrations of Fernando Haddad and João Dória. Finally, we pursued to analyze different contexts of graffiti in the world from the field experiments in European cities, in order to identify similarities and differences in relation to the graffiti of São Paulo, in order to understand more broadly its particularities.

2
  • ISRAEL DE OLIVEIRA JUNIOR
  • DA MATA BRANCA AO ESTADO DE DEGRADAÇÃO: A DESERTIFICAÇÃO EM CANUDOS-BA
    Salvador-BA

  • Orientador : BARBARA CHRISTINE MARIE NENTWIG SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO PUENTES TORRES
  • BARBARA CHRISTINE MARIE NENTWIG SILVA
  • JOCIMARA SOUZA BRITTO LOBÃO
  • MARCO ANTONIO TOMASONI
  • RAQUEL DE MATOS CARDOSO DO VALE
  • Data: 24/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • No contexto da crise ambiental planetária, problemáticas suscitam debates científicos e constituem campo de interesse da ciência geográfica. A desertificação encontra-se entre as piores mazelas decorrentes no trópico semiárido, pois uma rede de processos e elementos atuam para causá-la e prologar os efeitos no espaço e no tempo. O desequilíbrio da relação clima-solo-planta desencadeia um conjunto de problemas de natureza física, biológica e social, como a erosão acelerada, perda da biodiversidade vegetal e diminuição da produtividade agrícola. Por isso, a categoria de análise paisagem é chave no estudo sobre a desertificação, ao possibilitar uma abordagem interativa dos elementos que a constitui e das problemáticas evidentes nas diferentes escalas. O entendimento dos fatores envolvidos e as técnicas de análise ambiental sobre a desertificação são questões carentes de respostas, que inquietam geógrafos à busca de (re)pensar sobre os assuntos de interesse social e acadêmico. A utilização de indicadores conduz a uma investigação abrangente referente à degradação das terras secas, como os de uso e cobertura da terra, métricas de paisagem, índice de vegetação e erosão. Eles possibilitam apreciar os desequilíbrios da relação clima-solo-planta e, por conseguinte, dimensionar discussões em torno dos elementos físicos, biológicos e sociais da paisagem. Assim, por meio deste estudo, objetivou-se analisar o processo de desertificação, para promover caminhos de mapear núcleos de desertificação em estágio avançado de degradação ambiental, a partir das condições dos solos, das feições vegetais, da produção agropecuária e outros. Definiu-se o município de Canudos-BA como unidade espacial de estudo a partir de dados referentes à vulnerabilidade ambiental e índice de pobreza hídrica empregados no contexto da Área Susceptível à Desertificação da Bahia. Aplicou-se o geoprocessamento para produzir dados relacionados ao uso e cobertura da terra das décadas de 1970 a 2010; às métricas de paisagem, pautadas na Ecologia de Paisagem, no recorte temporal de 1977 a 2017; ao índice de vegetação, avaliado no período seco e chuvoso dos anos de 2001 a 2016; ao mapeamento da erosão; às modelagens ambientais de susceptibilidade, de vulnerabilidades e de severidade da desertificação. Ampliou-se o debate dos produtos por meio de informações de campo oriundas do levantamento de mais de 250 pontos, ocorrentes em nove períodos, e introduziu-nas no sistema de informação geográfica para inter-relação dos conhecimentos. A pecuária e a agricultura são as principais atividades impulsionadoras da pressão ambiental, porque introduziram práticas e técnicas impróprias diante da fragilidade natural. O desmatamento e queimadas eram praticados corriqueiramente para preparar os solos à produção agropecuária e causaram desequilíbrio ambiental, ao promover a perda da biodiversidade vegetal, exposição dos solos às intempéries e instalação da erosão acelerada, o pior fator e, em concomitância, a pior consequência da desertificação. Pelos indicadores, estabeleceu-se as áreas degradadas, a partir do mapeamento do núcleo de desertificação Altos Pelados e da Área Vizinha, com estágio avançado de deterioração, que se alastram em mais 531km2 do território canudense. Os dados da tese convergiram para indicar a degradação ambiental e atestar as contradições dos sistemas produtivos procedentes da racionalidade econômica ocidental, que minam as possibilidades de sustentabilidade e materializam a crise ambiental em Canudos-Ba.


  • Mostrar Abstract
  • In the context of the planetary environmental crisis, issues arouse scientific debates and become a field of interest in geographic science. Desertification is one of the worst tragedies arising in the Semiarid tropic, because a network of processes and elements intact to cause it and spread the effects in space and time. The imbalance of the climate-soil-plant relationship brings about a set of problems of physical, biological and social nature, such as accelerated erosion, plant biodiversity loss and decrease in agricultural productivity. Therefore, the category of landscape analysis is crucial to the study on desertification because it enables an interactive approach of the elements that compose it and of the issues that are evident in the different scales. The understanding of the factors involved and the techniques of environmental analysis on desertification are issues lacking answers, which make geographers (re)think about the subjects of social and academic interest. The use of indicators leads to a comprehensive investigation regarding the degradation of dry lands, such as land use and cover, landscape metrics, vegetation index and erosion. They make it possible to observe the imbalances of the climate-soil-plant relationship and, therefore, to plan discussions concerning the physical, biological and social elements of the landscape. Therefore, through this study, our objective was to analyze the desertification process to develop ways of mapping desertification nuclei in an advanced stage of environmental degradation, based on soil conditions, plant features, agricultural and animal production and others. The town of Canudos in Bahia State was set as a spatial unit of study based on data related to environmental vulnerability and water poverty index used in the context of the area susceptible to desertification in Bahia. Geoprocessing was applied to produce data related to land use and coverage in the period from 1970 to 2010; to the landscape metrics, based on landscape ecology in the period from 1977 to 2017; to the vegetation index, evaluated in the dry and rainy period of the years 2001 to 2016; to the mapping of erosion; to environmental modellings of susceptibility, vulnerability and severity of desertification. The discussion of the products was expanded by means of field information from the survey of more than 250 points, occurring in nine periods, and such date were fed into the geographic information system to obtain the interrelation of knowledge. Livestock farming and agriculture are the main activities causing environmental pressure since they introduce inappropriate practices and techniques in the face of natural fragility. Deforestation and fires were practiced regularly to prepare soils for agricultural and animal production and caused environmental imbalance, by causing loss of plant biodiversity, exposure of soils to weathering and accelerated erosion, which is the worst factor and, at the same time, the worst consequence of desertification. By the indicators, the degraded areas with advanced stage of deterioration were established based on the mapping of the Altos Pelados nucleus of desertification and of the neighboring area, which spread over 531 km2 of the Canudos territory. The thesis data converged to indicate environmental degradation and confirm the contradictions of the productive systems from Western economic rationality, which undermine the possibilities of sustainability and materialize the environmental crisis in Canudos, Bahia.

3
  • ERIKA DO CARMO CERQUEIRA
  • VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NA CIDADE DE SALVADOR - BAHIA: ANÁLISE ESPACIAL DAS SITUAÇÕES DE RISCO E AÇÕES DE RESILIÊNCIA

  • Orientador : GILBERTO CORSO PEREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • EDUARDO RODRIGUES VIANA DE LIMA
  • GILBERTO CORSO PEREIRA
  • MARCO ANTONIO TOMASONI
  • SILVANA SA DE CARVALHO
  • Data: 17/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem por objetivo identificar e analisar a configuração espacial da vulnerabilidade socioambiental pelo viés da exposição a diferentes situações de risco e respectivas ações de resiliência, na cidade de Salvador-Bahia. Se utiliza de técnicas cartográficas e de análise espacial, com o uso de Sistema de Informação Geográfica (SIG), para propor um modelo de análise espacial que se caracteriza pelo mapeamento e cruzamento de dados geoespaciais, buscando uma síntese final que corresponda a uma tipologia de vulnerabilidade socioambiental. Trata de aspectos teóricos e conceituais sobre vulnerabilidade, riscos, resiliências e modelagem espacial, assim como realiza uma análise da evolução histórica do processo de expansão da ocupação e da dinâmica de urbanização, visando identificar as principais situações de riscos e ações de resiliência na área de estudo. O modelo espacial é operacionalizado através de dez situações de risco, classificadas em três sínteses temáticas: “ambiente construído”, “saúde” e “violências”, e nove ações de resiliência, ambas espacializadas através de indicadores resultando em mapas analíticos de pontos. As situações de risco foram reprocessadas com o Estimador de Intensidade de Kernel, gerando mapas de densidade, que foram agrupados nas sínteses temáticas, por meio da técnica de álgebra de mapas e correlacionados com os mapeamentos das ações de resiliência. Tais sínteses temáticas foram agrupadas numa síntese final, que, após uma análise qualitativa do seu padrão de distribuição espacial, resultou no mapa de tipologia de vulnerabilidade socioambiental. Todos os resultados foram discutido de forma abrangente visando elucidar as “autocorrelações” espaciais e analisar a configuração espacial do fenômeno sob o ponto de vista da segmentação intraurbana, ou seja, de um padrão de distribuição concentrado ou difuso. O arranjo espacial da tipologia é relacionado com os respectivos lugares e grupos sociais, qualificando-o a partir das características sociais, econômicas e dos padrões de ocupação, especialmente nas áreas com as condições mais críticas. Conclui-se que dentre os tipos analisados, os de maior vulnerabilidade socioambiental referem-se às áreas de ocupação predominantemente residencial de padrão popular, hodiernamente associadas a centralidades locais, que sofreram progressivamente um adensamento populacional e compactação do território, operado pelo mercado imobiliário informal de solo urbano; enquanto que, as de menor vulnerabilidade foram produzidas sob a “lógica do mercado e do Estado”, principalmente após 1970, articulando a implantação de infraestrutura urbana por meio do mercado formal de solo urbano. A tipologia de vulnerabilidade proposta, construída a partir de dados de situações de risco, sem um caráter étnico, social ou econômico explícito, resultou numa configuração de segmentação do espaço urbano de Salvador que tem elevada correlação espacial com a segregação social, econômica e étnica da cidade. As análises integradas dos arranjos espaciais e das principais características socioeconômicas dos grupos a ela relacionados, constituem-se num conhecimento comparativo entre os lugares vulneráveis, que afeta mais intensamente e diretamente as populações pobres, e portanto, mais susceptíveis aos riscos inerentes de uma urbanização desigual.


  • Mostrar Abstract
  •  This paper aims to identify and analyze the spatial configuration of socio-environmental vulnerability by biasing xposure to different risk situations and resilience actions in the city of Salvador-Bahia. It is a research that uses the cartographic and spatial analysis techniques and Geographic Information System (GIS) to propose a spatial analysis model that is characterized by the mapping and intersection with geospatial data, seeking a final synthesis which corresponds to a typology of socio-environmental vulnerability. It deals with theoretical and conceptual aspects about vulnerability, risks, resilience and spatial modeling, as well as analyzes the historical evolution of the occupation expansion process and the urbanization dynamics, aiming to identify the main risk situations and resilience actions in the area of study. From this framework, the spatial model with ten risk situations classified into three themes, "built environment", "health" and "violence", as well as nine resilience actions, is presented and operationalized, both spatialized through indicators resulting in analytical point maps. The risk situations were reprocessed with the Kernel Intensity Estimator, generating density maps, which were grouped into thematic synthesis using the map algebra technique and correlated with resilience action mappings. These thematic synthesis were grouped into a final synthesis, which resulted in the socio-environmental vulnerability typology map, after a qualitative analysis of their spatial distribution pattern. All results were comprehensively discussed in order to elucidate the spatial autocorrelations, to relate the places to the types and to analyze the spatial configuration of the phenomenon from the point of view of the intra-urban segmentation, that is, of a concentrated or diffuse distribution pattern. The spatial arrangement of typology is related to the respective social groups, through socioeconomic data, qualifying it from the social, economic and occupational patterns, especially in the areas with the most critical socio- environmental vulnerability. It is concluded that among the types analyzed, the ones with the highest socio-environmental vulnerability refer to the predominantly residential areas of popular standard occupation, currently associated with local centralities, which have progressively suffered a population densification and territorial compaction, operated by the informal urban land market; while the least vulnerable were produced under the “logic of the market and the Government”, especially after 1970, articulating the implementation of urban infrastructure through the formal urban land market. The proposed vulnerability typology, constructed from risk data without an explicit ethnic, social or economic character, resulted in a segmentation configuration of Salvador's urban space that has a high spatial correlation with the social, economic and ethnic segregation in the city. Integrated analyzes of spatial arrangements and the main socioeconomic characteristics of related groups constitute a comparative knowledge of vulnerable places, which affects poor populations most intensely and directly, and therefore, are more susceptible to the inherent risks of unequal urbanization.

     

4
  • LUCAS ZENHA ANTONINO
  • TERRITÓRIOS EXTRATIVO-MINERAL NA BAHIA: Violações de Direitos e Conflitos nos Territórios Terra-Abrigo.

  • Orientador : GUIOMAR INEZ GERMANI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ARNO BRICHTA
  • GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • SHANTI NITYA MARENGO
  • TÁDZIO PETERS COELHO
  • Data: 26/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • Os conflitos territoriais gerados a partir da atividade mineral estão presentes em todas as regiões do estado da Bahia. Os territórios extrativo-mineral avançam com ações de “espoliação”, ocasionando “amputações” sobre os territórios terra-abrigo de populações do campo, comunidades tradicionais e até mesmo bairros urbanos periféricos. A Bahia ainda é marcada pela alta concentração de terras e pelos baixos índices sociais. O setor mineral, em conjunto com ações dos poderes públicos das diferentes esferas, atua violando direitos humanos, não exercendo as atividades de forma transparente e na ausência de um verdadeiro diálogo com a população, contribuindo para a continuação do drama e da “sangria do território” brasileiro. A isso, somam-se os diversos casos trabalhistas e de saúde ocupacional que atingem os trabalhadores das minas, dos beneficiamentos e seus familiares. Ao analisar as dinâmicas e os processos de consolidação dos territórios extrativo-mineral na América Latina, no Brasil e na Bahia, compreendeu-se parte da estrutura desse modelo mineral predatório e violento. A operacionalização da categoria território, destacando seus usos prioritários, serviu metodologicamente para destrinchar as diferentes concepções que emergem sobre a natureza e a sociedade. A presente pesquisa contou com estudos conceituais e percorreu um caminho teórico conectado ao prático-empírico. Buscou-se ir do concreto ao plano das ideias e, novamente, retornar ao concreto, como propõe o método dialético. Assim, com pesquisas e trabalhos de extensão desenvolvidas no âmbito do GeografAR/UFBA, foram levantados diversos conflitos territoriais que envolvem a mineração na Bahia. Dos casos registrados, 15 foram abordados de forma mais abrangente e seguiram a seguinte proposta metodológica: os territórios extrativo-mineral do passado, os do presente e os que estão em fase de prospecção e de pesquisa. Nesse sentido, compreendeu-se as conflitualidades do campo baiano, em sua diversidade de territórios terra-abrigo. Uma disputa territorial mais específica sobre o município de Nordestina, onde doze comunidades quilombolas vivenciam e resistem à implantação e à extração dos diamantes kimberlitos, ganha maior destaque entre os exemplos concretos. Nas atividades de mineração, questões relacionadas a terra, a água e ao ar entram diretamente em conflitos com os modos de vida tradicional e à relação com a natureza destas populações centenárias, historicamente relacionadas aos processos coloniais violentos de invasão das terras indígenas e de escravização dos negros africanos; populações que ainda aguardam demarcações territoriais que lhes são de direito. Toda a dinâmica da globalização perversa e contraditória, aqui focada nas explorações e exportações de commodities minerais, leva a essa conjuntura territorial de “guerra aos povos” nos territórios terra-abrigo.


  • Mostrar Abstract
  • The territories conflicts caused by mineral activity are present in all regions of Bahia state. Mineral extractive territories have proceeded with “spoliation” actions originating “amputations” over the land-shelters territories of rural population, traditional communities and peripheral urban neighborhood. Bahia is still constituted for the high concentration of lands and low social indexes. The mineral sector with actions of public powers from different scopes violate human rights, do not practice the activities transparently and without a true dialogue with the population, contributing for the continuation of drama and Brazilian “bleeding of territory”. Thus, there are also several labor and occupational health cases that reach mine workers, the beneficiations and their families. When analyzing the dynamics and the consolidation processes of mineral extractive territories in Latin America, Brazil and Bahia comprehended part of the structure of this predatory and violent mineral model. The operationalization of territory category, highlighting its priority uses, serves methodologically to analyze different conceptions that appear about nature and society. The present research included conceptual studies and examined a theoretical method connected to the empiric practical. This analysis searched from concrete to the plan of ideas and, again, returned to concrete plan, as dialectical method proposes. Therefore, with researches and extension works developed in the field of GeografAR/UFBA, several territories conflicts that involve mining at Bahia were observed. Fifteen from registered cases were studied comprehensively and followed this methodological proposal: the extractive mineral territories from the past, from the present time and those which are in the prospecting and research phase. In this context, the conflicts in Bahia were understood under its diversity of land-shelters territories. Among concrete examples, a more specific territorial dispute happens in the city of Nordestina, where twelve Quilombola communities live and resist the implantation and extraction of kimberlitic diamonds. Issues related to land, water and air directly conflict with traditional ways of life and the relationship with the nature of these centenarian populations, historically related to violent colonial processes of invasion of indigenous lands and, also the slavery of African people. They still await territorial demarcations because it is a point of law. All dynamics of the perverse and contradictory globalization, here focused on the explorations and exports of mineral commodities, leads to this territorial conjuncture of "War to peoples" in land-shelters territories.

2018
Dissertações
1
  • ROBERTA NERI DA SILVA
  • AMBIENTALISMO E SOLUÇÕES MÁGICAS:
    A SOBREPOSIÇÃO DE CONCEITOS, TERRITÓRIO E NORMAS NO CONFLITO ENTRE A TERRA INDÍGENA COMEXATIBÁ E O PARQUE NACIONAL DO DESCOBRIMENTO

  • Orientador : JULIO CESAR DE SA DA ROCHA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIO CESAR DE SA DA ROCHA
  • CATHERINE PROST
  • ORDEP JOSE TRINDADE SERRA
  • Data: 28/05/2018

  • Mostrar Resumo
  • Com base em uma análise epistemológica dos discursos ambientalistas dominantes, pretende-se debater neste trabalho como o pensamento hegemônico influencia as políticas de proteção ambiental e a configuração territorial ainda hoje. Parte-se, então, da reflexão sobre o estabelecimento de Parques, um dos modelos de preservação do meio natural mais difundidos no mundo, que teve nos defensores da perspectiva preservacionista os seus maiores apoiadores. A fim de aprofundar tal questão, são abordados alguns casos de conflito socioambiental decorrente da implantação de parques, com especial atenção dada à sobreposição territorial entre o Parque Nacional do Descobrimento e a Terra Indígena Comexatibá, localizados no município de Prado, extremo sul baiano. Além de explorar o debate sobre as diferentes perspectivas ambientalistas, sobre a polissemia do território, sobre a diversidade cultural e as diferentes percepções acerca do multiculturalismo, este trabalho também suscita reflexões sobre formas horizontais e participativas possíveis com vistas à proteção ambiental.


  • Mostrar Abstract
  • Based on an epistemological analysis of the dominant environmental discourses, this work intends to debate in how the hegemonic thinking influences the environmental policies and territorial configuration. We start with research on the landscape of parks, the most widespread models of preservation of the natural environment in the world and the main protectors of the preservationist perspective and their greatest supporters. In order to go deep in the issue, the cases of socioenvironmental conflict resulting from the implementation of parks are analised, with special attention given to the territorial overlap between the Descobrimento National Park and the Comexatibá Indigenous Land, in Prado municipality, extreme south of Bahia. In addition, the text debaten issues of environmental perspectives, polysemy of territory, cultural diversity, perceptions about multiculturalismo and on horizontal participatory on environmental protection. 

2
  • RINALDO DE CASTILHO ROSSI
  • LUGAR E COTIDIANO NO BAIRRO PERNAMBUÉS NA CIDADE DE SALVADOR-BA: SEGREGAÇÃO E FRAGMENTAÇÃO

  • Orientador : CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTOVAO DE CASSIO DA TRINDADE DE BRITO
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • LUIS CLAUDIO REQUIÃO DA SILVA
  • Data: 08/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre a urbanização, tendo como
    base a teoria da produção do espaço urbano e analisando processos e dimensões
    correlatas como segregação socioespacial, fragmentação socioespacial, lugar e
    cotidiano. Para contribuir com o debate acadêmico, esta dissertação analisou a
    aplicabilidade desses conceitos tendo como recorte espacial um grande bairro de
    Salvador, chamado Pernambués, visando discutir como os processos urbanos se
    realizaram e se realizam na perspectiva intra-bairro, sem desconsiderar os aspectos
    de interação entre bairro e cidade. Ao resgatar os eventos ocorridos ao longo da
    história deste bairro, mesmo antes de assim ser considerado, buscou-se identificar
    aspectos singulares, particulares e universais que dão sentido a sua urbanização. A
    partir disso, pôde-se analisar a Geografia do espaço de Pernambués na
    contemporaneidade, observando como este bairro que possui mais de 64 mil
    habitantes revela aspectos significativos da fragmentação socioespacial, quando se
    estrutura a partir de uma divisão entre lugares e núcleos de centralidade que
    correspondem a diferenças sociais, econômicas, ambientais, culturais e históricas
    que caracterizam a totalidade em análise. A pesquisa, que contou com revisão
    bibliográfica, estudo documental, entrevistas, questionários, observação direta,
    geoprocessamento, entre outros recursos metodológicos, revelou a diversidade
    deste espaço popular e periférico da cidade, bem como permitiu uma reflexão crítica
    sobre conceitos e categorias usados pela Geografia de base materialista-históricadialética.
    Os resultados – teóricos, estatísticos e cartográficos – são uma fonte
    relevante para outras pesquisas sobre este bairro, até então pouco estudado, bem
    como apresenta contribuições ao meio acadêmico e à organização local, na medida
    que disponibiliza dados que podem ser relevantes na elaboração de projetos de
    interesse local.


  • Mostrar Abstract
  • This manuscript intents to reflect about urbanization, using the theory of production of
    space and analyzing correlated processes and features as sociospatial segregation,
    sociospatial fragmentation, place and quotidien. To contribute with academic debate,
    this work analysed aplicability of those concepts using as spatial cutout Pernambués,
    a neighborhood of Salvador (BA, BRA), verifying how processes were developt in
    intra-neighborhood scale. Reviewing events of local history it was possible to
    evidence singular, particular and universal aspects of its urbanization, making
    possible the study of Pernambués' contemporary Geography, neighbrhood with more
    than 64.000 inhabtants that reveals aspects of sociospatial fragmentation, because
    the difference among places and centrality areas have relation with social, economic,
    cultural, environmental and historical differences that characterize the totality studied.
    The research was realized with bibliografic review, documental study, field
    observations, interviews, surveys, geoprocessing and others methodological
    resources and made possible critical considerations about concepts and cathegories
    used by materialistic-historic-dialetic base Geography. The results – expressed on
    theory, statistics and cartography – are a relevant source for other researches about
    the neighborhood, and give contributions to other academic works and to local
    projects.

3
  • DESIREE ALVES CELESTINO SANTOS
  • ANÁLISE DE ÁREAS SUSCETÍVEIS A ESCORREGAMENTOS E DA VULNERABILIDADE SOCIAL EM SÃO MARCOS, SALVADOR - BAHIA 

  • Orientador : DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DARIA MARIA CORDEIRO CARDOSO
  • GILBERTO CORSO PEREIRA
  • PABLO SANTANA SANTOS
  • MAURO JOSE ALIXANDRINI JUNIOR
  • LUIS FELIPE FERREIRA DE MENDONCA
  • Data: 20/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • Os escorregamentos em encostas constituem atualmente um dos principais fenômenos causadores de desastres em Salvador. Todos os anos os escorregamentos ceifam vidas e trazem prejuízos materiais. Na tentativa de prevenir e/ou mitigar as perdas e danos supracitados, tem sido desenvolvido um número cada vez maior de estudos relacionados aos escorregamentos em áreas urbanas. Neste contexto, o objetivo geral deste trabalho consiste em analisar as áreas suscetíveis a escorregamentos e a vulnerabilidade social em São Marcos, Salvador – Bahia. Para analisar as áreas suscetíveis a escorregamentos foram utilizados os seguintes parâmetros: coesão, peso especifico do solo, ângulo de atrito e de declividade. Para analisar a vulnerabilidade social foram utilizados os seguintes indicadores: domicílios com abastecimento de água e esgotamento sanitário inadequados, domicílios sem serviço de coleta de lixo, densidade demográfica e pessoas responsáveis sem rendimento nominal mensal. Os procedimentos para a realização desta pesquisa foram estruturados nas seguintes etapas: i) levantamento bibliográfico; ii) aquisição de dados secundários; iii) análise espacial e confecção de mapas; iv) trabalho de campo; e v) análises dos resultados. As áreas que apresentam os maiores graus de suscetibilidade a escorregamentos situam-se a leste de São Marcos próximas as ruas: Lúcia, Australásia, Aurísio Fernandes, Kleusus Rocha, João Hupsel, Rosalvo Carvalho Silva, a 5º e 6º travessa Rosalvo Silva, a travessa Cidade Mãe, a avenida Maria Lúcia, e na área do Jardim Botânico. São nestes logradouros que estão concentrados as ocorrências de deslizamentos de terra. Os setores que apresentam os maiores graus de vulnerabilidade social situamse nas porções norte e nordeste de São Marcos, próximos os seguintes logradouros: rua Maria Amélia, Baixa Santa Rita, 5ª e 6º travessa Rosalvo Silva, e rua Rosalvo Carvalho Silva. Os escorregamentos em São Marcos ocorrem com maior frequência em locais periféricos próximos a rua Santa Rita e da Baixa Santa de Rita, habitados pela classe social de menor poder aquisitivo, carentes de equipamentos urbanos e serviços públicos essenciais, tais quais coleta de lixo e redes de água. Espera-se que esta pesquisa possa instrumentalizar a prefeitura municipal em suas ações de planejamento e gestão territorial e de prevenção de desastres.


  • Mostrar Abstract
  • The landslides on slopes are currently one of the main disaster-causing phenomena in the municipality of Salvador. Every year the landslides reap lives and bring material damage. In an attempt to prevent and / or mitigate the above losses and damages, an increasing number of studies has been developed related to landslides in urban areas. In this context, the general objective of this work is to analyze the areas susceptible to landslides and social vulnerability in the neighborhood of São Marcos, Salvador - Bahia. For the analysis of areas susceptible to landslides, the following parameters were used: cohesion, soil specific weight, angle of friction and slope. In order to analyze social vulnerability, the following indicators were used: households with inadequate water supply and sewage, households with no garbage collection service, population density and responsible persons with no monthly nominal income. The procedures for carrying out this research were structured in the following steps: i) bibliographic survey; ii) acquisition of secondary data; iii) spatial analysis and mapping; iv) fieldwork; and v) analysis of results. The areas with the highest degrees of susceptibility to landslides are located at east of São Marcos, near to the streets: Lúcia, Australásia, Aurísio Fernandes, Kleusus Rocha, João Hupsel, Rosalvo Carvalho Silva, to the 5th and 6th crossings Rosalvo Silva, the crosswalk Cidade Mãe, Maria Lúcia Avenue, and in the area of the Botanical Garden. It is in these places that the occurrence of landslides are concentrated. The sectors with the highest levels of social vulnerability are located in the north and northeast portions of São Marcos, near the following places: Maria Amélia Street, Baixa de Santa Rita, fifth and sixth Rosalvo Silva Street, and Rosalvo Carvalho Silva Street. The slips in São Marcos occur more frequently in peripheral areas near from Santa Rita Street and Baixa de Santa Rita, inhabited by the lower income class, lacking urban equipment and essential public services, such as garbage collection and Water. It is hoped that this research can instrumentalize the municipal government in its actions of territorial planning and management and disaster prevention.

4
  • ILO CÉSAR MENEZES DE ANDRADE
  • CARACTERIZAÇÃO E EVOLUÇÃO PEDOGEOMORFOLÓGICA DE UM SISTEMA DE TRANSFORMAÇÃO ARGISSOLO–ESPODOSSOLO NOS TABULEIROS COSTEIROS DA APA LITORAL NORTE DO ESTADO DA BAHIA

  • Orientador : ALISSON DUARTE DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALISSON DUARTE DINIZ
  • FABIO CARVALHO NUNES
  • GUILHERME TAITSON BUENO
  • Data: 14/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • No âmbito dos estudos integrados da paisagem, os solos se inserem enquanto um importante elemento de análise do meio físico, capaz de intermediar as relações entre clima, relevo e substrato geológico. Nesse sentido, essa pesquisa objetivou aprofundar os conhecimentos sobre os sistemas pedológicos e a evolução pedogeomorfológica de uma área localizada sobre um platô rebaixado, situada em um compartimento preservado de Tabuleiros Costeiros na APA Litoral Norte do Estado da Bahia. Assim, através do estudo de um sistema de transformação Argissolo – Espodossolo, encontrado sobre uma vertente inserida em uma leve depressão na borda do platô, buscou-se estabelecer uma associação entre a organização espacial dos solos e a evolução do relevo, utilizando o procedimento da Análise Estrutural da Cobertura Pedológica. Para tanto, além de uma caracterização detalhada dos solos em topossequência, foi realizada uma análise morfoestrutural do relevo e da sua relação com a rede de drenagem. Com as informações levantadas, foi identificada a existência de um processo de podzolização que atuou na transformação remontante dos Argissolos em Espodossolos e na alteração de uma antiga couraça ferruginosa, que pode ter sido o material de origem dos Argissolos. A instalação desses processos está associada a uma antiga depressão e à existência de uma camada subsuperficial menos permeável, que promoveram a concentração de fluxos hídricos preferenciais e a ocorrência de um lençol freático flutuante. Com a evolução do relevo, a depressão se transformou em uma cabeceira de drenagem e o processo de podzolização foi interrompido pela abertura de um vale pela rede de drenagem, passando a predominar, atualmente, processos erosivos que acarretam na gradual degradação da cobertura pedológica. Dessa forma, a interpretação dos resultados permitiu traçar uma associação entre a evolução do solo e a evolução do relevo no sítio estudado.


  • Mostrar Abstract
  • According to the scope of the integrated landscape studies, the soils are insert as an important element in the analysis of the physical environment, capable to intermediate the relations between climate, land forms and geological substratum. In this sense, this research is aimed in increasing the knowledge about the pedologic systems and the pedogeomorphologic evolution of an área located on a lowered plateau, wich is situated in a preserved compartiment of the Coastal Tablelands in the APA Litoral Norte of the Bahia State. Thus, through the study of an transformation system Argissolo – Espodossolo, found on a slope situated in a mild depression on the edge of the plateau, it was sought to establish an association between the spatial soils organization and the landform evolution, using for this, the Structural Analysis of the pedological cover. For this, in addition to a detailed characterization of soils in topossequence, a morphostructural analysis of the relief and its relation with the drainage network was performed. With the gathered information, it was identified the existence of a podzolization process that transformed the Argisols in Spodosols, acting from base to top of the slope. In the same way, this process transformed a lateritic iron crust that may have been the parental material of the Argisols. The installation of this process is associated with an old depression and the existence of an less permeable subsurface layer, that has promoted the water flow concentration and a floating water table. With the depression evolution to a drainage head, the podzolization process was interrupted and, currently, the soils are being eroded by the openin valleys process, caused by the drainage network. In this way, the results interpretation allowed an association between the soil evolution and the landform evolution in the stud y site. 

5
  • ILO CÉSAR MENEZES DE ANDRADE
  • CARACTERIZAÇÃO E EVOLUÇÃO PEDOGEOMORFOLÓGICA DE UM SISTEMA DE TRANSFORMAÇÃO ARGISSOLO–ESPODOSSOLO NOS TABULEIROS COSTEIROS DA APA LITORAL NORTE DO ESTADO DA BAHIA

  • Orientador : ALISSON DUARTE DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALISSON DUARTE DINIZ
  • FABIO CARVALHO NUNES
  • GUILHERME TAITSON BUENO
  • Data: 14/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • No âmbito dos estudos integrados da paisagem, os solos se inserem enquanto um importante elemento de análise do meio físico, capaz de intermediar as relações entre clima, relevo e substrato geológico. Nesse sentido, essa pesquisa objetivou aprofundar os conhecimentos sobre os sistemas pedológicos e a evolução pedogeomorfológica de uma área localizada sobre um platô rebaixado, situada em um compartimento preservado de Tabuleiros Costeiros na APA Litoral Norte do Estado da Bahia. Assim, através do estudo de um sistema de transformação Argissolo – Espodossolo, encontrado sobre uma vertente inserida em uma leve depressão na borda do platô, buscou-se estabelecer uma associação entre a organização espacial dos solos e a evolução do relevo, utilizando o procedimento da Análise Estrutural da Cobertura Pedológica. Para tanto, além de uma caracterização detalhada dos solos em topossequência, foi realizada uma análise morfoestrutural do relevo e da sua relação com a rede de drenagem. Com as informações levantadas, foi identificada a existência de um processo de podzolização que atuou na transformação remontante dos Argissolos em Espodossolos e na alteração de uma antiga couraça ferruginosa, que pode ter sido o material de origem dos Argissolos. A instalação desses processos está associada a uma antiga depressão e à existência de uma camada subsuperficial menos permeável, que promoveram a concentração de fluxos hídricos preferenciais e a ocorrência de um lençol freático flutuante. Com a evolução do relevo, a depressão se transformou em uma cabeceira de drenagem e o processo de podzolização foi interrompido pela abertura de um vale pela rede de drenagem, passando a predominar, atualmente, processos erosivos que acarretam na gradual degradação da cobertura pedológica. Dessa forma, a interpretação dos resultados permitiu traçar uma associação entre a evolução do solo e a evolução do relevo no sítio estudado.


  • Mostrar Abstract
  • According to the scope of the integrated landscape studies, the soils are insert as an important element in the analysis of the physical environment, capable to intermediate the relations between climate, land forms and geological substratum. In this sense, this research is aimed in increasing the knowledge about the pedologic systems and the pedogeomorphologic evolution of an área located on a lowered plateau, wich is situated in a preserved compartiment of the Coastal Tablelands in the APA Litoral Norte of the Bahia State. Thus, through the study of an transformation system Argissolo – Espodossolo, found on a slope situated in a mild depression on the edge of the plateau, it was sought to establish an association between the spatial soils organization and the landform evolution, using for this, the Structural Analysis of the pedological cover. For this, in addition to a detailed characterization of soils in topossequence, a morphostructural analysis of the relief and its relation with the drainage network was performed. With the gathered information, it was identified the existence of a podzolization process that transformed the Argisols in Spodosols, acting from base to top of the slope. In the same way, this process transformed a lateritic iron crust that may have been the parental material of the Argisols. The installation of this process is associated with an old depression and the existence of an less permeable subsurface layer, that has promoted the water flow concentration and a floating water table. With the depression evolution to a drainage head, the podzolization process was interrupted and, currently, the soils are being eroded by the openin valleys process, caused by the drainage network. In this way, the results interpretation allowed an association between the soil evolution and the landform evolution in the stud y site. 

6
  • RICARDO KASSIUS PRAZERES DE OLIVEIRA
  • DIÁLOGOS ENTRE FRANÇA E BRASIL: AS CONTRIBUIÇÕES DO ACORDO CAPES/COFECUB PARA A GEOGRAFIA DA BAHIA (1979 – 1992)

  • Orientador : MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DENISE SILVA MAGALHAES
  • FLORA SOUSA PIDNER
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • Data: 16/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • Pesquisar a história das ciências é uma atividade necessária. Uma reflexão radical deve remontar-se ao passado na busca das motivações e inspirações para abordar as crises e os desafios do momento atual. A Geografia da Bahia, apesar dos esforços de Silva (1992, 2001, 2004, 2009), Silva (2003) e Souza (2015), carece de trabalhos que elucidem fatos importantes do pretérito, empreendimentos que contribuíram para consolidação da pesquisa científica nesse estado brasileiro. Destarte, esta dissertação contribui para um aprofundamento dos saberes acerca da história das ideias geográficas na Bahia, ao passo que elucida os pressupostos econômicos, políticos e ideológicos do Acordo CAPES/COFECUB e expõe seus desdobramentos teóricos, discursivos e metodológicos. Há, entre os assuntos tratados, um exame das perspectivas desenvolvidas, dos temas e dos problemas concernentes à Geografia, abordados durante o vigor dos Projetos 11/79 e 11/79/85 do referido convênio. Para o alcance desses objetivos, fez-se uso do materialismo histórico e dialético, uma filosofia da história que compreende as mudanças e revoluções científicas como processos intrinsecamente conectados às transformações que ocorrem na forma e no conteúdo da formação econômica, política e social. Os documentos escritos foram a principal fonte de informação, o que impulsionou adotar-se a Análise do Discurso Francesa (ADF), aqui denominada por Análise Materialista do Discurso (AMD), dada suas profundas afinidades com os ideais marxistas. No tocante ao período estudado (1979-1992), trata-se da vigência dos Projetos 11/79 e 11/79/85 do Acordo CAPES/COFECUB, um período denso, de curta duração, que representou um momento de efervescência da produção científica na Bahia, possível de oferecer ricos e acessíveis elementos factuais.


  • Mostrar Abstract
  • Researching the history of science is a necessary activity. A radical reflection must go back to the past in the search for motivations and inspirations to address the crises and challenges of the present moment. The Geography of Bahia, despite the efforts of Silva (1992, 2001, 2004, 2009), Silva (2003) and Souza (2015), lacks works that clarify important facts of the past, undertakings that contributed to the consolidation of scientific research in that state Brazilian. Thus, this dissertation contributes to a deepening of knowledge about the history of geographical ideas in Bahia, while elucidating the economic, political and ideological assumptions of the CAPES / COFECUB Agreement and exposing its theoretical, discursive and methodological developments. Among the subjects covered, there is an examination of the developed perspectives, themes and problems concerning Geography, addressed during the vigor of Projects 11/79 and 11/79/85 of the referred agreement. To achieve these goals, historical and dialectical materialism was used, a philosophy of history that understands scientific changes and revolutions as processes intrinsically connected to the transformations that occur in the form and content of economic, political and social formation. Written documents were the main source of information, which prompted the adoption of French Discourse Analysis (ADF), here called Materialistic Discourse Analysis (AMD), given its deep affinities with Marxist ideals. With regard to the period studied (1979-1992), it is the validity of Projects 11/79 and 11/79/85 of the CAPES / COFECUB Agreement, a dense period, of short duration, which represented a moment of effervescence of scientific production in Bahia, it is possible to offer rich and accessible factual elements.

7
  • JÉSSICA DE ANDRADE GLEIZER
  • ABORDAGEM FENOMENOLÓGICA DA SECA: EXPERIÊNCIAS DE VULNERABILIDADE E ATITUDES AMBIENTAIS NO POVOADO DE CACHOEIRA DAS ARARAS, VITÓRIA DA CONQUISTA – BA

  • Orientador : MARCO ANTONIO TOMASONI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ NUNES DE SOUSA
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • MARCO ANTONIO TOMASONI
  • Data: 26/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho surge por meio das sensações de acolhimento, pertencimento e envolvimento, bem como da tomada de consciência ambiental que envolvem meus laços afetivos com o município de Vitória da Conquista - BA. As inspirações e reflexões iniciais foram ampliadas e amadurecidas a partir do primeiro contato com a obra de Dardel, O homem e a terra: natureza da realidade geográfica (2015). Segui movida pelos segredos que a experiência sensível tinha a me revelar sobre o lugar. Os esforços se concentraram em uma abordagem fenomenológica da seca no povoado de Cachoeira das Araras. Por se tratar de uma análise centrada na dimensão do mundo vivido esta pesquisa oferece subsídios teóricos e metodológicos para o estudo do fenômeno geográfico em situação. Afinal, não se constrói o pensamento tão somente através de metodologias científicas. A construção de ideias não necessita estar necessariamente pautada em fundamentos e premissas dos laboratórios e dos gabinetes para ser significativa e explicativa do real. Conhecimentos de vida, sentimentos despertados na experiência do fenômeno, diferentes olhares sobre a mesma paisagem são capazes de revelar outros ângulos de forma a enriquecer a reflexão e o conhecimento autêntico do objeto. Os esforços deste trabalho se concentraram em descrever as manifestações do fenômeno a partir de situações que se realizaram na imanência do lugar. O objeto de investigação é a experiência consciente do indivíduo que percebe e experiencia a manifestação da seca a partir de uma realidade que habita o cotidiano. Mais do que dividir conteúdos, a intenção foi compartilhar os movimentos do pensar e do agir.


  • Mostrar Abstract
  • This work arises through the feelings of welcome, belonging and involvement, as well as the environmental awareness that involve my affective ties with the municipality of Vitória da Conquista – BA. The initial inspirations and reflections were enlarged and matured from the first contact with Dardel's work, Man and the Earth: Nature of Geographic Reality (2015). I was moved by the secrets that the sensitive experience had to reveal about the place. The efforts focused on the phenomenology of the landscape and the manifestation of drought in the village of Cachoeira das Araras. Because it is an analysis centered on the dimension of the lived world, this research offers theoretical and methodological subsidies for the study of the geographic phenomenon in situation. After all, thoughts are not solely constructed through scientific methodologies. The construction of ideas need not necessarily be based on the foundations and premises of laboratories and offices to be meaningful and explanatory of the reality. Knowledge of life, feelings aroused in the experience of the phenomenon, different looks on the same landscape are able to reveal other angles in order to enrich the reflection and the authentic knowledge of the object. The efforts of this work focused on describing the manifestations of the phenomenon from situations that occurred in the immanence of the place. The object of investigation is the conscious experience of the individual who perceives and experiences the manifestation of drought from a reality that inhabits the everyday life. More than sharing content, the intention was to share the movements of thinking and acting.

8
  • LUIZA CHUVA FERRARI LEITE
  • O PLANO DE PODER DA IGREJA UNIVERSAL DO REINO DE DEUS: Estratégias territoriais da expansão neopentecostal no Brasil

  • Orientador : GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • TIAGO RODRIGUES SANTOS
  • Data: 29/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho teve como objetivo demonstrar o modo como se orienta a expansão territorial do neopentecostalismo e especificamente da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) noBrasil. As origens da presença evangélica no Brasil, o panorama da espacialidade neopentecostal no país, assim como as principais características do  pentecostalismo foram relacionadas ao surgimento da IURD no final da década de 1970 e ao seu desenvolvimento
    enquanto uma das mais emblemáticas denominações neopentecostais. O fortalecimento da religião pentecostal foi analisado a partir de sua capilaridade pelo tecido social, observada na diversidade e multiescalaridade de suas práticas. A categoria "plano de poder", criada por Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal, reforça a racionalidade presente na expansão desta denominação, desenvolvida no trabalho a partir da identificação dos espaços em disputa à consolidação deste "plano" e das práticas socioespaciais da IURD no Brasil. Tais práticas
    representam as estratégias territoriais e a territorialidade iurdiana e foram agrupadas e desenvolvidas a partir de quatro eixos de análise: templo, rua, mídia e política


  • Mostrar Abstract
  • This work aimed to demonstrate how the territorial expansion of Neo-Pentecostalism and specifically the Universal Church of the Kingdom of God (UCKG) in Brazil is oriented. The origins of the evangelical presence in Brazil, the panorama of neopentecostal spatiality in the country, as well as the main characteristics of Neo-Pentecostalism were related to the emergence of the Universal Church in the late 1970s and its development as one of the most
    emblematic Neo-Pentecostal denominations. The strengthening of the Pentecostal religion was analyzed from its capillarityzation by the social web, observed in the diversity and multiscalarity of its practices. The “Plan of Power" category, created by Edir Macedo, founder and leader of the Universal Church, reinforces the rationality present in the expansion of this denomination, developed in the research from the identification of the spaces in dispute to the
    consolidation of this "plan" and socio-spatial practices of Universal Church in Brazil. These practices represent the territorial strategies and the territoriality of Universal Church and were grouped and developed from four axes of analysis: temple, street, media and politics.

9
  • PAULA REGINA DE OLIVEIRA CORDEIRO
  • ESSA TERRA É PARA FILH@S E NET@S, NÃO VENDE E NÃO PODE TROCAR: A DISPUTA ENTRE O TERRITÓRIO TRADICIONAL QUILOMBOLA-PESQUEIRO DE RIO DOS MACACOS E O TERRITÓRIO MILITARIZADO DA MARINHA DO BRASIL

  • Orientador : CATHERINE PROST
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CATHERINE PROST
  • CATIA ANTONIA DA SILVA
  • FRANKLIN PLESSMANN DE CARVALHO
  • MIGUEL DA COSTA ACCIOLY
  • Data: 01/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO A história vivenciada sobre o território tradicional do Quilombo Rio dos Macacos (Bahia) e a capacidade que essa comunidade tem em permanecer nesse território é, sem dúvida, o mote principal desse trabalho. Presentes nas terras e águas do território desde pelo menos o século XIX, vivenciaram a escravização, o processo de libertação até chegarem nos dias atuais no qual suas identidades quilombolas e pesqueiras foram ecoadas nos quatro cantos do mundo, por causa do conflito com a Marinha do Brasil. A Marinha chega efetivamente no território a partir da década de 1970 e começa a alterar as territorialidades tradicionais, expulsa moradores, estupra mulheres, proíbe as práticas produtivas, barra o principal rio da comunidade e afirma serem as terras e as águas como pertencentes ao território da Vila Naval, militarizando o cotidiano. Em paralelo os/as quilombolas-pescadores/as de Rio dos Macacos continuam a assumir o leme de suas vidas e se afirmam como os donos legítimos do território. Eis aí que se inicia uma disputa pelo território, mas também há o início da disputa por modos de vida. Essa dissertação é uma tentativa de sistematizar as práticas espaciais dos/as quilombolaspescadores/as de Rio dos Macacos, bem como da Marinha do Brasil. Investigar e recuperar os principais elementos e acontecimentos jurídicos-técnicos-políticos que envolvem o conflito. Ao passo que as práticas espaciais são narradas as cartografias vão aparecendo materializando dois territórios: o território quilombola-pesqueiro do Quilombo Rio dos Macacos, repleto de memórias, sonhos, sentimentos e sentidos e o território militarizado, que tenta se impor ao longo do tempo. Construída a partir da minha vivência no Quilombo há pelo menos quatro anos, essa dissertação se propõe a construir uma geografia que pense nos conflitos a partir da vivência e da imersão nesses. Necessário ressaltar que a vivência territorial do Quilombo de Rio dos Macacos, apesar de particular, possui relação com as comunidades da Baía de Todos os Santos, ao passo que através da explosão de conflitos e identidades, as comunidades tradicionais da BTS se afirmam e se articulam a partir do Movimento de Pescadores e Pescadoras Artesanais. A solução do conflito territorial e a preservação do território tradicional têm relação direta com o acesso a políticas públicas e a regularização fundiária completa do território, significando que não apenas os espaços de moradia devem ser considerados, mas também os usos tradicionais o que inclui o pleno acesso compartilhado dos cursos hídricos, incluso o Rio dos Macacos e das áreas de agricultura e extrativismo.


  • Mostrar Abstract
  • The lived history in the traditional territory of Quilombo Rio dos Macacos and the capacity that that community has to remain in the territory is, without a doubt, the main motto of this work. Present in the lands and waters of the territory since at least the nineteenth century, they experienced enslavement; the process of liberation continues into the present day as their identity as quilombolas and fishing communities were echoed in the four corners of the earth because of their conflict with the Brazilian Navy. The Navy arrived in the territory starting in the 1970s and began to alter the traditional territorialities, expelling residents, raping women, prohibiting productive practices, barring the community’s main river, and asserting that the land and water belonged to the territory of the Naval Villa, militarizing everyday life. In parallel, the quilombolas/fishing communities of Rio dos Macacos continue to assume control of their lives and affirm themselves as legitimate owners of the territory. Thus began a dispute over territory, but also a dispute over ways of life. This dissertation is an attempt to systematize the spatial practices of the quilombolas/fishing communities of Rio dos Macacos, as well as the Brazilian Navy. I investigate and recover the principle juridico-technico-political elements and occurrences that encompass the conflict. As the spatial practices are narrated, the cartographies show the materialization of two territories: the quilombola-fishing territory of Quilombo Rio dos Macacos, replete with memories, dreams, feelings, and senses, and the militarized territory that attempts to impose itself over time. Constructed from my experience in the Quilombo over the last four years, this dissertation proposes to create a geography that thinks about conflicts based on an immersion in experiences. It is necessary to emphasize that the territorial experience of Quilombo Rio dos Macacos, while special, has a relation with the communities in All Saints’ Bay (BTS), as through an explosion of conflicts and identities the traditional communities in BTS affirm themselves and connect to each other through the Artisanal Fishermen and Fisherwomen Movement. The solution to the territorial conflict and the preservation of the traditional territory has a direct relation with the access to public policy and the complete land regularization of the territory, meaning that not just the lived spaces should be considered, but also the traditional uses which include the shared use of water sources, including the Macaco River and the areas of agriculture and extraction

Teses
1
  • DANIEL DE ALBUQUERQUE RIBEIRO
  • Migrações para o Eixo Pelourinho-Santo Antônio, Salvador – BA

  • Orientador : PEDRO DE ALMEIDA VASCONCELOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANE SANTOS SOUZA
  • DANTE SEVERO GIUDICE
  • MARIA AUXILIADORA DA SILVA
  • PEDRO DE ALMEIDA VASCONCELOS
  • ROSALI BRAGA FERNANDES
  • Data: 11/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • O Eixo Pelourinho-Santo Antônio (EPS) corresponde a um conjunto de bairros
    situados no Centro Original de Salvador e parte de sua primeira periferia. Considerando
    o período pesquisado de 10 anos (2007 – 2017), se averiguou a origem das pessoas
    que residem no mesmo. Com isso, se constatou que o EPS se configura como zona
    receptora de migrantes.
    Considerando que o EPS possui uma população heterogênea, esta tese faz uma
    análise que vai da formação de Salvador até os tempos atuais, enfatizando o último
    século com o intuito de explicar a presença dos pequenos, mas diversificados grupos
    que são encontrados na área pesquisada. Sendo assim, os resultados são apontados
    em três períodos: o primeiro explica a origem dos imigrantes e descendentes, cujos
    pioneiros chegam a Salvador no século XIX. O segundo momento aborda as migrações
    internas ocorridas em maior intensidade entre 1930 e 1980. Considerando a década de
    1980 como uma década de transição, tomou-se 1985 como início do terceiro período,
    quando os fluxos para o EPS se tornam diversificados, difusos, e de uma maior
    complexidade.
    No último capítulo são apresentadas 17 entrevistas e 38 fotos comentadas com
    representantes de parte dos diversos grupos identificados na área de estudo. Neste
    capítulo é possível conhecer de forma completa algumas das situações que levam um
    indivíduo a migrar e que foram comentadas no decorrer da tese.
    Partindo de uma visão interescalar, que considera os fluxos ocorridos no EPS (e
    não de um grupo específico), tomando por base de análise os processos espaciais e
    observando a técnica nas relações desses agentes com e no espaço. Este estudo
    aponta como os migrantes são agentes sociais, tanto por um impacto quantitativo,
    quanto por um impacto qualitativo que possam causar nas formas e funções,
    contribuindo assim para novos processos e mudanças nas estruturas espaciais.


  • Mostrar Abstract
  • The Pelourinho-Santo Antônio axis (EPS), corresponds to a set of neighborhoods
    located in Salvador Original Center and its first periphery. Considering the research
    period of 10 years (2007 – 2017), we verified the origin of the people residing in it. With
    this, it was find that the EPS is configured as a migrant receiving zone.
    Considering that the EPS has a heterogeneous population, this thesis makes an
    analysis that goes from the formation of Salvador until the present time, emphasizing the
    last century with the intention of explaining the presence of the small, but diversified
    groups that are found in the researched area. Thus the results are demonstrated in
    three periods: The first explains the origin of immigrantes and descendants, whose
    pioneers arrive in Salvador in the 19th century. The second stage deals with the internal
    migrations that occurred more intensely between 1930 and 1980. Considering the 1980s
    as a decade of transition, 1985 was taken as the beginning of the third period, where the
    flows to the EPS become diversified, difuse and complexity.
    The last chapter contains 17 interviews and 38 commented photos with
    representatives from the various groups identified in the study area. In this chapter it is
    possible to know in a complete way some of the situations that lead an individual to
    migrate and that were commented in the course of the thesis.
    Based on an interscalary view, which considers the flows occurring in the EPS
    (ans not a specific group), taking as basis of analysis the spatial processes and
    observing the technique in the relations of theses agents with and in space. This study
    point out how migrants ar social agents both by a quantitative impact and by a
    qualitative impact that they can cause in the forms and functions thus contributing to
    new processes and changes in space structutes.

2
  • ELISSANDRO TRINDADE DE SANTANA
  • A Região Artefato da Universidade Federal do Oeste da Bahia

  • Orientador : WENDEL HENRIQUE BAUMGARTNER
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALCIDES DOS SANTOS CALDAS
  • JOSE ANTONIO LOBO DOS SANTOS
  • MAYARA MYCHELLA SENA ARAUJO
  • PAULO ROBERTO BAQUEIRO BRANDAO
  • WENDEL HENRIQUE BAUMGARTNER
  • Data: 27/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese buscou analisar o papel da Universidade Federal do Oeste da Bahia, na
    região em que ela está inserida. Esta instituição está inserida no final do contexto de
    expansão do ensino superior que teve início na década de 2000 e durou até o início
    da década de 2010, no Brasil. Para compreender melhor o objeto desta pesquisa, foi
    utilizado o conceito de região artefato, buscando a compreensão do espaço em que
    a universidade está inserida, a partir dos elementos materiais, funcionais e
    simbólicos. Desta forma, buscou-se entender como a universidade articula e é
    articulada pela região em que ela está inserida. Para isso, foi analisado o papel da
    universidade ao longo da história no Brasil e no mundo, assim como as políticas
    voltadas para o ensino superior no Brasil. Posteriormente, apropriando-se do
    conceito de Haesbaert (2010), região artefato, se apreendeu a forma como a
    universidade se insere na região.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis sought to analyze the role of the Federal University of the West of Bahia,
    in the region in which it is inserted. This institution is inserted at the end of the
    context of expansion of higher education that began in the decade of 2000 and lasted
    until the beginning of the decade of 2010 in Brazil. To better understand the object of
    this research, the concept of the artifact region was used, seeking to understand the
    space in which the university is inserted, from the material, functional and symbolic
    elements. In this way, we sought to understand how the university articulates and is
    articulated by the region in which it is inserted. For this, the university's role
    throughout history in Brazil and in the world was analyzed, as well as the policies
    focused on higher education in Brazil. Subsequently, appropriating the concept of
    Haesbaert (2010), artefact region, the apprehension of how the university is inserted
    in the region.

3
  • LEONARDO THOMPSON DA SILVA
  • A DINÂMICA GEOGRÁFICA DA EXPANSÃO DOS INSTITUTOS FEDERAIS NO ESTADO DA BAHIA: REGIONALIZAÇÕES E REORDENAMENTO

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGRIPINO SOUZA COELHO NETO
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • JUAN PEDRO MORENO DELGADO
  • RICARDO BAHIA RIOS
  • SEBASTIÃO PINHEIRO GONÇALVES DE CERQUEIRA NETO
  • Data: 27/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa apresenta uma contribuição teórica para compreender a dinâmica da expansão dos Institutos Federais no território baiano tendo como base os aspectos regionais que direcionam a implantação dos campi. No Brasil e, mais especificamen-te na Bahia, percebe-se que houve uma relevante expansão e interiorização de insti-tuições federais de ensino tecnológico e superior. Nesse sentido, que esse trabalho tem como objetivo geral analisar a dinâmica geográfica regional da expansão dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IF’s) no Brasil e no estado da Bahia. Especificamente, buscou-se: descrever o processo de expansão e interio-rização da Rede Federal de Educação Científica, Profissional e Tecnológica no Bra-sil; analisar a expansão dos IF’s na Bahia; mapear a distribuição geográfica dos IF’s apresentando a nova configuração regional dos campi na Bahia; destacar os crité-rios locacionais utilizados para a inserção de novos campi na Bahia; compreender a expansão dos IF’s e sua dinâmica regional na Bahia; e propor uma reordenamento geográfico regional dos IF’s para o estado da Bahia. Nesse estudo toma-se como base uma abordagem analítica regional, de cunho qualitativo e quantitativo, articu-lando os procedimentos metodológicos em quatro eixos: teórico-metodológico; empí-rico, descritivo-analítico e propositivo. Os resultados desta pesquisa demonstram a importância do entendimento do processo de expansão de instituições de ensino e suas articulações com as regiões. Sendo que o escopo principal foi propor uma regi-onalização baseada na atual distribuição dos campi dos Institutos Federais na Bahia. Certamente que os IF’s se configuram num vetor substancial para a dinâmica regio-nal e local, sobretudo, quando são implantados em municípios de pequeno e médio porte. Desse modo, a análise espacial desenvolvida é oferecida como um contributo para o planejamento, gestão e reordenamento das ações de expansão de novos campi dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia na Bahia.


  • Mostrar Abstract
  • The research presents a theoretical contribution to understand the dynamics of the expansion of the Federal Institutes in the territory of Bahia based on the regional as-pects that guide the implementation of campuses. In Brazil, and more specifically in Bahia, it is noticed that there was a relevant expansion and interiorize of federal insti-tutions of technological and higher education. In this sense, this work has as general objective to analyze the regional geographic dynamics of the expansion of the Insti-tutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IF’s) in Brazil and the state of Bahia. Specifically, we sought to: describe the process of expansion and internaliza-tion of the Rede Federal de Educação Científica, Profissional e Tecnologica in Brazil; analyze the expansion of the IF’s in Bahia; map the geographical distribution of the IF’s presenting the new regional configuration of the campuses in Bahia; highlight the locational criterial used for the insertion of new campuses in Bahia; understand the expansion of IF’s and their regional dynamics in Bahia; and propose a regional geo-graphic rearrangement of the IF’s to the state of Bahia. This study is based on a re-gional analytical approach, qualitative and quantitative, articulating the methodologi-cal procedures in four axes: theoretical-methodological; empirical, descriptive-analytical and propositional. The results of this research demonstrate the importance of understanding the process of expansion of educational institutions and their articu-lations with the regions. Being that the main scope was to propose a regionalization based on the current distribution of the campuses of the Federal Institutes in Bahia. Certainly IF’s are a substantial vector for regional and local dynamics, especially when they are deployed in small and medium-sized municipalities. In this way, the spatial analysis developed is offered as a contribution to the planning, management and reordering of the expansion actions of new campuses of the Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia in Bahia.

4
  • PAOLO ANDRÉS JIMÉNEZ OLIVEROS
  • Aglomeração urbana e metropolização no Brasil e na Colômbia: um estudo comparativo das cidades de Ilhéus-Itabuna no Brasil e Girardot-Ricaurte-Flandes na Colômbia

  • Orientador : ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • CARLOS AUGUSTO MORENO LUNA
  • JUAN PEDRO MORENO DELGADO
  • MARIÑA POSE GARCIA
  • ROSALI BRAGA FERNANDES
  • Data: 10/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • A cidade, como espaço criado pelo homem, serve como reflexo da sociedade em um momento da historia. Desde o escravismo até o atual capitalismo, os modelos socioeconômicos (fruto das relações do homem em sociedade) têm se expressado espacialmente na cidade, nas formas e funções urbanas. Isto faz com que, no intuito de analisar a cidade atual, seja necessário entender tanto as relações socioeconômicas atuais quanto as pretéritas entendendo o tempo como linear, como a sucessão de eventos que impactam no espaço e que tem produzido o aumento da complexidade do urbano. Nesta lógica, compreender o processo de transformação da cidade em uma aglomeração urbana, assim como suas características espaciais e funcionais, exige compreender os contextos espaço-temporais nos quais tem se desenvolvido. Por conseguinte, o presente trabalho tem como intuito, a partir de uma analise comparativa no contexto de um raciocínio dedutivo, compreender o processo de desenvolvimento de duas aglomerações urbanas (Ilhéus-Itabuna e Girardot-Ricaurte-Flandes) localizadas em dois países com diferentes modelos de Estado: o modelo Federal do Brasil e o modelo Unitário da Colômbia. Modelos de Estado nos quais as relações de poder entre os governos nacionais e subnacionais adquirem vieses quer centralizadores quer descentralizadores, dependendo dos governos de turno. Isto tendo em conta a existência de uma superestrutura que tem três princípios hoje: o capitalismo financeiro-informacional, o regime de acumulação flexível e a globalização. Uma superestrutura que impacta na aglomeração urbana através da ação de dois grupos de atores. O primeiro, o grande capital, representado pelos Estados nacionais, as corporações transnacionais e os bancos privados; e o segundo, o mediano e pequeno capital, sendo este grupo as empresas industriais, comerciais e de empreendimento imobiliário assim como os proprietários fundiários. O impacto desta superestrutura sobre a aglomeração urbana produz reorganizações sócio-espacias no espaço urbano (intraurbano) e, por conseguinte, na estrutura urbano-regional (interurbana). Estas reorganizações sócio-espacias têm produzido, entre outros, fenômenos urbanos como a conurbação e a metropolização do espaço urbano; fenômenos que apresentam muitas aglomerações urbanas na atualidade e cujo estudo permite entender a sociedade contemporânea


  • Mostrar Abstract
  • The city, as man-made space, serves as a reflection of society in a moment of history. From enslavement to present-day capitalism, socioeconomic models (the result of man's relationships in society) have been spatially expressed in the city, in the urban forms and functions. This means that, in order to analyze the current city, it is necessary to understand both the current and the past socioeconomic relations, understanding time as linear as the succession of events that impact space and have produced the increase in the urban complexity. In this logic, to understand the transformation process of the city in an urban agglomeration, as well as its spatial and functional characteristics, requires to comprehend the spatial and temporal contexts in which it has developed. Therefore, the present work intends, with a comparative analysis in the context of a deductive reasoning, to understand the development process of two urban agglomerations (Ilhéus-Itabuna e Girardot-Ricaurte-Flandes) located in two countries with different States models: Brazilian federal model and Colombian Unitary model. States models in which the power relations between the national and subnational governments acquired biases both centralizing and decentralizing, depending on the governments in power. This taking into account the existence of a superstructure that has three principles today: the financial-informational capitalism, the flexible accumulation regime and the globalization. A superstructure that impacts the urban agglomeration through the action of two groups of actors. The first one, the big capital, represented by the national states, the transnational corporations and the private banks; and the second one, the medium and small capital, this group being the commercial, industrial and real estate enterprises as well as landowners. The impact of this superstructure on the urban agglomeration produces socio-spatial reorganizations in the urban space (intra-urban) and, therefore, in the urban-regional structure (inter-urban). These socio-spatial reorganizations have produced, among others, urban phenomena such as the conurbation and metropolization of urban space; phenomena that are present in many urban agglomerations nowadays and whose study allows to understand the contemporary society.

5
  • LEANDRO PESSOA VIEIRA
  • PERAMBULAR E IMAGINAR: trilhando caminhos entre crianças, experiência urbana e ar livre

  • Orientador : MARCO ANTONIO TOMASONI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELO SZANIECKI PERRET SERPA
  • EDUARDO JOSÉ MARANDOLA JÚNIOR
  • MARCELO SOUSA BRITO
  • MARCO ANTONIO TOMASONI
  • MARIA INEZ DA SILVA DE SOUZA CARVALHO
  • Data: 05/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • Habitamos os espaços fechados. A casa, nosso ambiente de trabalho, nossos lazeres, acontecem, na maioria das vezes, e estão associados às infraestruturas de ambientes que se encerram entre muros e tetos. Como consequência, estamos enclausurando também as crianças. As atividades desenvolvidas por elas ocorrem cada vez mais em espaços fechados, desde a escola até seus momentos de lazer. Inúmeros fatores podem ser apontados para esse cenário: medo da violência urbana, falta de tempo para acompanhar as crianças, ausência de espaços estruturados, são alguns deles. A questão é que esse confinamento repercute no modo pelo qual as crianças vivem e experienciam a cidade. Pisam menos o chão, compartilham menos a chuva, sentem menos o vento, estão menos expostos ao sol, encontram menos o outro. As expectativas de fechamento dos adultos são transportadas para as crianças inibindo sua habitação ao ar livre. Diante desse processo, investiguei, através dos terrenos da experiência urbana, a habitação das crianças ao ar livre. Com pensamentos transversalizando horizontes fenomenológicos, construí um roteiro teórico-metodológico privilegiando o estar com crianças ao ar livre. Trilhando caminhos e conversando, perambulando e imaginando com as crianças, busquei compreender a repercussão dessas experiências em suas vidas além de entender quais as condições de habitação ao ar livre nas metrópoles contemporâneas. O emaranhado fenomenológico de Ingold (2015) e de sua perspectiva da habitação; de Dardel (2011) e de sua geograficidade e da poético-análise de Bachelard (1988), dialogou com a observação das experiências urbanas das crianças ao ar livre e a ressonância delas em mim. Após as observações e descrições dessas experiências, a tese que defendo é que habitar o aberto amplia a sensorialidade da criança ao entorno vivido e à cidade. Com a habitação ao ar livre, surge uma epistemofilia aliada à curiosidade, à imaginação, à criatividade, habilidades tão ou mais importantes quanto outras competências técnicas e intelectuais para o desenvolvimento humano. Sair para o lá fora, com as crianças, eleva o sentir-se com a Terra e, consequentemente, estende a relação com o planeta, para além de um romantismo caricatural. Altera, também, a relação com o espaço e tempo da cidade acelerada, que busca os negócios em detrimento dos ócios. Permite compreender a vida para além das atividades direcionadas com um determinado fim, em seus tempos ocupados acontecendo em espaços fechados. Ao ar livre, uma geografia sensível e fértil se revela diante do espanto, maravilhamento e da imaginação do encontro com o espaço.


  • Mostrar Abstract
  • We live in enclosed spaces. The house, our work environment, our leisure activities, happen most of the time, and are associated with the infrastructures of environments that are enclosed between walls and ceilings. As a consequence, we are also locking up children. The activities developed by them take place more and more in closed spaces, from the school to their moments of leisure. Numerous factors can be pointed out in this scenario: fear of urban violence, lack of time to accompany children, lack of structured spaces, are some of them. The point is that this confinement has repercussions on how children live and experience the city. They walk less on the ground, share less rain, feel less wind, are less exposed to the sun, find the other less. Closing expectations of adults are transported to children by inhibiting their out of doors dweeling. Before this process, I investigated, through the lands of the urban experience, the dweeling of children out of doors. With thoughts transcending phenomenological horizons, I constructed a theoretical-methodological script favoring being with children out of doors. Walking and talking, wandering and imagining with the children, I tried to understand the repercussion of these experiences in their lives beyond understanding the conditions of out of doors housing in the contemporary metropolises. With phenomenological entanglement Ingold (2015) and his dwelling perspective; of Dardel (2011) and his geography and poetic-analysis of Bachelard (1988), spoke with the observation of the urban experiences of the children out of doors and the resonance of them in me. After the observations and descriptions of these experiences, the thesis that I defend is that inhabiting the open extends the sensoriality of the child to the lived environment and the city. With outdoor living, there is an epistemophilia allied with curiosity, imagination, creativity, skills as or more important as other technical and intellectual skills for human development. Going out there with the children raises the feeling of the Earth and, consequently, extends the relationship with the planet, beyond a caricatured romanticism. It also changes the relation with the space and time of the accelerated city, that seeks the business to the detriment of idleness. It allows you to understand life beyond directed activities to a certain end, in your busy times going on in enclosed spaces. In the open air, a sensitive and fertile geography reveals itself before the astonishment, wonder and imagination of the encounter with the space.

6
  • JUSSARA CRISTINA VASCONCELOS RÊGO
  • ILHA DE MARÉ VISTA DE DENTRO: UM OLHAR A PARTIR DA COMUNIDADE DE BANANEIRAS/SALVADOR-BA

  • Orientador : CATHERINE PROST
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CATHERINE PROST
  • CATIA ANTONIA DA SILVA
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • MARIA LUCIA SIMOES
  • PAULO GILVANE LOPES PENA
  • Data: 12/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Apresento aqui uma visão histórica da geografia do lugar de Ilha de Maré/BA, na perspectiva da comunidade quilombola pesqueira de Bananeiras, localizada no nordeste da Ilha, Região do Recôncavo Baiano, quadrante Nordeste da Baía de Todos os Santos. A história de Ilha de Maré se confunde com a própria história conhecida e não conhecida do Brasil, por se localizar onde a colonização brasileira foi iniciada - um porto seguro de terras férteis para a produção de terra e água. A Ilha é produto e produtora de dinâmica territoriais conflitivas com seu entorno. O seu povoamento, pós extermínio indígena, remonta aos negros escravizados fugidos dos engenhos, constituindo seu “lugar na Ilha”. Um dos ícones turísticos de Salvador/ Bahia, atualmente um bairro da cidade; outrossim, resiste hoje e a partir da década de 1950, como “zona de sacrifício” em nome do “desenvolvimento” baiano e brasileiro, por sua população ser absolutamente invisibilizada diante dos problemas decorrentes da industrialização do entorno, inaugurado pela implantação da Refinaria Landulpho Alves - RLAM, seguido pelo Terminal Marítimo de Madre de Deus - TEMADRE, Complexo Industrial de Aratu - CIA, Porto de Aratu e Complexo Petroquímico de Camaçari - COPEC. Devido à falta de políticas públicas voltadas à população tradicional quilombola e pesqueira, reconhecida pelo Decreto Federal n.º 6040/2007 da Política Nacional de Povos e Comunidades Tradicionais - PNPCT, antes de tudo, população humana e cidadã do Brasil, as populações clamam por olhos que as possam ver e mãos que possam agir para lhes garantirem o direito à vida com saúde e dignidade. Os problemas da localidade vão da infraestrutura básica à insalubridade das águas do mar que dão seu sustento econômico, além do ar e da terra, deixando-os vulneráveis aos efeitos dos poluentes emanados pelas indústrias do entorno. Dentre as diversas produções intelectuais sobre o local, poucas são voltadas a dar voz aos moradores e que lhes subsidiem na busca por direitos e qualidade de vida, no enfrentamento entre desiguais em poder. Estamos diante de formas de apropriação do território usado por diferentes grupos, em uma área em cuja história de ocupação atesta a presença de centenas de engenhos de açúcar sendo hoje conformada por centenas de indústrias químicas e petroquímicas que manipulam produtos reconhecidamente de alta toxicidade humana e ambiental. O caráter conflitivo é gerador e fortalecedor de dinâmicas territoriais locais na luta pela sobrevivência. Diante da disputa territorial entre grupos que tem poderes diferenciados existem formas diferenciadas de enfrentamento pela manutenção do lugar, com estratégias próprias em defesa do território. Uma das formas de visibilizar as comunidades tradicionais, normalmente inexistentes nos mapas oficiais, que vem sendo aplicada com intensidade no Brasil é a metodologia das “cartografias sociais”, um processo de elaboração de mapas pelas mãos das próprias comunidades. Entretanto, com vistas a “dar voz à terra”, possibilitando uma horizontalização das informações locais da e sobre as comunidades, que resulta na elaboração de um terceiro conhecimento, fruto da fusão e não junção dos conhecimentos locais e acadêmicos sobre as comunidades e temas a serem cartografados, o Mapeamento Biorregional foi utilizado nesta pesquisa como base metodológica para compreensão das dinâmicas territoriais da comunidade tradicional de Bananeiras na perspectiva do território usado, pela comunhão e conflitos de territórios em disputa pela população de Ilha de Maré e complexo industrial, no tempo e no espaço, entre hegemônicos e hegemonizados, na visão da comunidade de Bananeiras.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis presents a historic view of place”s geography of Ilha de Maré, in Salvador, a city in state of Bahia, in Brazil, from the perspective of the quilombola fishing community of Bananeiras, located on northeast of the island, in Recôncavo Baiano region, northeast quadrant of Todos os Santos Bay, a region that currently represents the industrial development center of Bahia. The history of Ilha de Maré confuses itself with the known and unknown Brazil”s history , for being locate where the Brazilian colonization was initiated - a safe port of fertile land for the production of land and water. The island is a product and producer of conflicting territorial dynamics with its surroundings. Its settlement, after Indian extermination, goes back to the enslaved negroes fleeing from the sugar mills, constituting their “place on the island. One of the tourist icons of Salvador / Bahia, currently a neighborhood of the city; it also resists today and from the 1950s onwards, as a “zone of sacrifice” in the name of the “development” of Bahia and Brazil, its population is absolutely invisible in the face of problems arising from the industrialization of the environment, inaugurated by the Landulpho Alves Refinery - RLAM, followed by the Madre de Deus Maritime Terminal - TEMADRE, Aratu Industrial Complex - CIA, Aratu Port and Camaçari Petrochemical Complex - COPEC. Due to the lack of public policies aimed at the traditional quilombola and fishing population, recognized by Federal Decree No 6040/2007 of the National Policy of Traditional Peoples and Communities - PNPCT, above all, the human and eyes that can see them and hands that can act to guarantee them the right to life with health and dignity. The problems of the locality range from basic infrastructure to the insalubrity of the waters of the sea that give their economic sustenance, besides the air and the earth, leaving them vulnerable to the effects of the pollutants emanated by the industries of the surroundings. Among the various intellectual productions about the place, few are intended to give voice to the residents and to subsidize them in the search for rights and quality of life, in the confrontation between unequal in power. We are faced with forms of appropriation of the territory used by different groups in an area whose history of occupation attests to the presence of hundreds of sugar mills being today made up of hundreds of chemical and petrochemical industries that handle products known to have high human and environmental toxicity. Conflicting character generates and strengthens local territorial dynamics in the struggle for survival. Facing the territorial dispute between groups that have differentiated powers there are different forms of confrontation for the maintenance of the place, with its own strategies in defense of the territory. One of the ways of visualizing traditional communities, which are not usually available in official maps, is being applied intensively in Brazil. It is the methodology of “social cartography”, a mapping process carried out by the communities themselves. However, with a view to “giving voice to the earth”, making possible the horizontalization of local information from and about communities, which results in the elaboration of a third knowledge, resulting from the fusion and non-union of local and academic knowledge about communities and were mapped, Bioregional Mapping was used in this research as a methodological basis for understanding the territorial dynamics of the traditional community of Bananeiras from the perspective of the territory used, by the communion and conflicts of territories in dispute by the population of Maré Island and industrial complex, in time and in space, between hegemonic and hegemonized, in the vision of the community of Bananeiras.

7
  • MARIZE DAMIANA MOURA BATISTA E BATISTA
  • QUESTÃO AGRÁRIA MOVENDO A MIGRAÇÃO DE JOVENS NO/DO CAMPO EM IRARÁ (BA): Uma análise socioespacial
    Salvador (BA) 2018

  • Orientador : GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA MARIA MACEDO DE ALENCAR
  • GILCA GARCIA DE OLIVEIRA
  • GUIOMAR INEZ GERMANI
  • RAFAEL PALERMO BUTI
  • Silvana Lúcia da Silva Lima
  • Data: 14/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta Tese estudou a migração de jovens do campo do município de Irará (BA), para centros urbanos do Brasil, enquanto processo que se desenvolve no movimento contraditório da questão agrária, implicando nas estratégias de reprodução do espaço rural. Portanto, a migração é atributo da questão agrária que expressa as conflitualidades na trama das relações sociais no espaço rural do município, as quais atuam no sentido de enfraquecer as possibilidades de acesso à propriedade da terra para o trabalho familiar e a reprodução social dos jovens no campo. Desse modo, ela se manifesta como estratégia de reprodução social do/a jovem migrante do campo na cidade, permitindo também a reprodução de parcela da família que permanece no campo. Sendo assim, o objetivo geral da Tese foi analisar na produção do espaço rural do município de Irará, as relações sociais e políticas que se expressam na questão agrária e seus rebatimentos para os/as jovens do/no campo, os quais têm acionado a migração como estratégia de reprodução social. Assim, a pergunta central questiona as condições de reprodução social da juventude camponesa, no enfrentamento à questão agrária e na identificação do processo migratório enquanto uma expressão concreta das conflitualidades inerentes à produção do espaço rural do município de Irará. Neste sentido, se considerou a migração de jovens oriundos de famílias de pequenos agricultores de quatro comunidades rurais do município de Irará, para as cidades de São José e Florianópolis, no estado de Santa Catarina, enquanto processo pressionado pela problemática agrária, atuando diretamente sobre a realidade em que vivem essas famílias, produzindo relações mediadas por exploração e resistência. Para entender a realidade da migração dos jovens do campo, mediada pelos processos de trabalho e socialização na organização e produção do espaço rural, se recorreu aos pressupostos teórico-metodológicos do materialismo histórico-dialético. Com este aporte, buscou-se compreender a juventude do campo, na produção do espaço, nas conflitualidades da problemática agrária brasileira e no contexto dos desdobramentos da questão agrária, nas relações socioespaciais no espaço rural do município de Irará. Na continuidade, foi feito o levantamento de dados empíricos, sua sistematização e análise, que tratou das condições em que se encontram submetidos os jovens do/no campo, no município de Irará, explicitando no processo migratório desses jovens para a cidade, as múltiplas faces da questão agrária. Como conclusão, comprovou-se que a migração é processo socioespacial que revela as conflitualidades da questão agrária e desnuda a complexa realidade dos/as jovens do campo, na relação campo e cidade. Entretanto, na prática concreta dos distintos sujeitos que mediam a produção do espaço rural, no município de Irará, embora a migração se fizesse presente e validada em suas experiências comuns, a questão agrária e os problemas a ela referidos não aparecem explicitados e não fazem parte do seu rol de preocupações.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation studied the migration of young people from the countryside of the municipality of Irará (BA) to urban areas in Brazil, as a process that develops in the contradictory movement of the agrarian issue, implying in the strategies of reproduction of the rural space. Therefore, migration is an attribute of the agrarian issue that expresses the conflicts in the fabric of social relations in the rural area of the municipality, which act to weaken the possibilities of access to land ownership for family work and social reproduction of young people in the field. In this way, it manifests itself as a strategy of social reproduction of the young migrant from the countryside in the city, also allowing the reproduction of a portion of the family that remains in the countryside. Thus, the general objective of the dissertation was to analyze the production of the rural area of the municipality of Irará, the social and political relations that are expressed in the agrarian issue and its refutations for the young people of the field, which have triggered the migration as a strategy of social reproduction. Thus, the central query questions the conditions of social reproduction of peasant youth, in confronting the agrarian issue and in the identification of the migratory process as a concrete expression of the conflicts inherent to the production of the rural space of the municipality of Irará. In this sense, it was considered the migration of young people from families of small farmers from four rural communities in the municipality of Irará, to the cities of São José and Florianópolis, in the state of Santa Catarina, as a process pressed by the agrarian problem, acting directly on the reality in which these families live, producing relations mediated by exploitation and resistance. In order to understand the reality of rural youth migration, mediated by the processes of work and socialization in the organization and production of rural space, the theoretical-methodological assumptions of historical-dialectical materialism were used. With this contribution, it was sought to understand the youth of the countryside, in the production of space, in the conflicts of the Brazilian agrarian problem and in the context of the unfolding of the agrarian issue, in socio-spatial relations in the rural space of the municipality of Irará. In the continuity, the empirical data was collected, systematized and analyzed, which dealt with the conditions in which young people from the countryside are submitted, in Irará, explaining the migratory process of these young people to the city, the multiple faces of the agrarian issue. As a conclusion, it was verified that migration is a socio-spatial process that reveals the conflicts of the agrarian issue and reveals the complex reality of the young people of the countryside, regarding the countryside and the city. However, in the concrete practice of the different subjects that measure the production of the rural space, in Irará, although the migration became present and validated in their common experiences, the agrarian issue and the problems referred to it are not explicit and are not part of their list of concerns.

2017
Dissertações
1
  • ITACIANE DOS SANTOS RAMOS
  • TRAJETÓRIAS NEGRAS: OS QUILOMBOS DE SALVADOR E SUAS HERANÇAS DE LUTAS E RESISTÊNCIAS NA CONTEMPORANEIDADE

  • Orientador : CATHERINE PROST
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CATHERINE PROST
  • CLAUDIO ALVES FURTADO
  • JANIO LAURENTINO DE JESUS SANTOS
  • Data: 18/09/2017

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem como proposta um estudo sobre os quilombos de Salvador e uma análise sobre suas lutas e resistências no passado e na contemporaneidade. Buscou-se uma abordagem que contemplasse todas as formas de materialização dos quilombos, sejam esses localizados em áreas urbanas ou rurais, com base, sobretudo, nos relatos daqueles que são os principais sujeitos na luta pela transformação. Muitos quilombos que hoje estão presentes nas grandes cidades devido aos processos de expansão urbana, no passado estiveram localizados em áreas afastadas do centro da cidade. Por isso, reafirma-se que o entendimento de quilombo pode e deve ser ampliado devido a sua própria complexidade, pois os quilombos não são e nunca foram homogêneos. Todos esses entendimentos e interpretações foram caminhos para o estudo do Quilombo do Alto do Tororó, localizado no perímetro urbano do município de Salvador - BA, que se origina ainda em finais do século XVII e desde então concentra toda territorialidade negra quilombola sobre a qual chamamos atenção nesta pesquisa. Territórios rurais ou urbanos, com histórico de agrupamento quilombola no passado ou grupos negros que se moveram ao longo das histórias de resistências negras, tanto no passado quanto na contemporaneidade, podem ser entendidos como quilombos. Buscou-se as contribuições de intelectuais negras e negros com seus importantes estudos, não somente sobre os quilombos, como também uma reflexão crítica sobre a formação e estruturação da sociedade brasileira. Os conflitos nos quais muitos quilombos estão imersos e seus enfrentamentos contra os agentes hegemônicos, a lentidão nos processos de certificação e titulação e o debate sobre as leis e decretos voltados para os quilombos são essenciais para nossas interpretações. Os quilombolas do Alto do Tororó têm a sua permanência no território ameaçada pela Marinha do Brasil e pelos grandes empreendimentos que se instalaram na Baía de Aratu, impondo limites à livre circulação dos moradores e contaminando diariamente a Baía de Aratu. Todos esses conflitos foram relatados nessa pesquis


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation proposes a study on the quilombos of Salvador and an analysis of their struggles and resistances in the past and in the contemporaneity. An approach was sought that contemplated all forms of materialization of the quilombos, be they located in urban or rural areas, based, above all, on the reports of those who are the main subjects in the struggle for transformation. Many quilombos that today are present in the big cities due to the processes of urban expansion, in the past were located in areas far from the center of the city. Therefore, it is reaffirmed that the understanding of quilombo can and should be amplified due to its own complexity, because the quilombos are not and never were homogeneous. All these understandings and interpretations were ways for the study of Quilombo of Alto do Tororó, located in the urban perimeter of Salvador - BA, that originates still at the end of century XVII and since then it concentrates all quilombola black territoriality that we call attention in that search. Rural or urban territories, with a history of quilombola grouping in the past or black groups that moved along the stories of black resistance, both past and contemporaneous, can be understood as quilombos. It was prioritized by an approach based mainly on the thinking of black and black intellectuals and their important contributions, not only on quilombos, but also a critical reflection on the formation and structuring of Brazilian society. The conflicts in which many quilombos are immersed and their clashes against hegemonic agents, slowness in certification and titling processes, and the debate on quilombos laws and decrees are essential for our interpretations. The quilombolas of Alto do Tororó have their permanence in the territory threatened by the Brazilian Navy and the great enterprises that settled in the Bay of Aratu, imposing limits on the free movement of the inhabitants and contaminating daily the Bay of Aratú. All these conflicts were reported in this search.

Teses
1
  • JORGE NEY VALOIS RIOS FILHO
  • AS NOVAS FORMAS ESPACIAIS URBANAS DA AGRICULTURA: AS CIDADES DO AGRONEGÓCIO DO OESTE BAIANO E A CIDADE-CAMPO EM SALVADOR/BA
    Salvador

  • Orientador : GILBERTO CORSO PEREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILBERTO CORSO PEREIRA
  • ANTONIO ANGELO MARTINS DA FONSECA
  • THAIS TRONCON ROSA
  • HELOÍSA SOARES DE MOURA COSTA
  • AGRIPINO SOUZA COELHO NETO
  • Data: 20/10/2017

  • Mostrar Resumo
  • A partir da perspectiva que defende que o urbano atualmente transcende a sua forma “padrão”, no caso, a cidade, e se expande por todo o espaço geográfico, não somente através de sua expansão sobre o campo e sobre a natureza, mas também, pelo seu oposto, o campo invadindo a cidade para modificá-la, defendemos que atualmente a análise sobre o espaço urbano deve levar em consideração a existência de “novas” formas espaciais urbanas que representem o entrelaçamento da cidade e do campo. Neste sentido, deve-se questionar: Qual a identidade do espaço urbano na atualidade? Quais são as formas espaciais do atual momento da urbanização? Quem são os atores produtores destas formas? Quais os fatores preponderantes da produção destas formas urbanas? Defendemos a tese de que a agricultura é o processo dinamizador da urbanização generalizada. Muito mais do que um processo indutor do desenvolvimento econômico de pequenas e médias cidades, a agricultura cria formas espaciais urbanas que transcendem a simples dicotomia entre o campo e a cidade, promovendo a partir destas formas a existência de diferentes realidades urbanas, e, acima de tudo, coloca o agricultor enquanto ator ativo do processo de produção do espaço urbano. O objetivo desta tese é identificar as formas espaciais do urbano promovidas pela agricultura e o papel do agricultor como ator ativo da produção deste espaço urbano. Ao decorrer da pesquisa, identificamos dois tipos-padrão de formas espaciais urbanas promovidas pela agricultura: a cidade do agronegócio e a cidade-campo. Operacionalizando as formas espaciais urbanas conceituais: cidade-campo, tendo como recorte de análise a cadeia de hortaliças na cidade de Salvador, e cidade do agronegócio, tendo como recorte de análise o arranjo territorial da soja no Oeste Baiano, nós identificamos que as contradições e conflitos que são típicos do campo brasileiro também estão presentes na produção do espaço urbano que tem o agricultor enquanto um ator ativo deste processo.   


  • Mostrar Abstract
  • From the perspective that argues the urban currently transcends your “pattern” shape, in this case, the city expands itself throughout the geographical space, not only through its expansion over the countryside, and over nature, but also, by its opposite, the countryside invading the city to modify it, we argue that nowadays analysis of urban space must consider the existence of "new" urban spatial forms that represent the intertwining of the city and the countryside. In this sense, one must ask: What is the identity of urban space nowadays? What are the spatial forms of the present moment of urbanization? Who are the actors producing these forms? What are the preponderant factors of the production of these urban forms? We defend the thesis that agriculture is the driving force behind widespread urbanization. Much more than a process that induces the economic development of small and medium-sized cities, the agriculture creates urban spatial forms that transcend the simple dichotomy between the countryside and the city, by promoting as from these forms the existence of different urban realities, and above all, to put the farmer as an active actor in the process of the production urban space. The aim of this thesis is to identify the spatial forms of the urban promoted by agriculture and the role of the farmer as an active actor in the production of this urban space. In the course of the research, we identified two standard types of urban spatial forms promoted by agriculture: the agribusiness city and the city-countryside. In order to analyze the spatial urban forms of the city-countryside, the analysis of the vegetable chain in the city of Salvador, and the city of agribusiness, analyzing the territorial arrangement of soybean in Western Bahia, we have identified that the contradictions and conflicts that are typical of the Brazilian countryside are also present in the production of urban space that has the farmer as an active actor in this process

SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2024 - UFBA