PGMICRO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA (PGMICRO) INSTITUTO DE BIOLOGIA Telefone/Ramal: Não informado

Banca de DEFESA: TIAGO SOUSA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TIAGO SOUSA DA SILVA
DATA : 12/11/2020
HORA: 09:00
LOCAL: sala virtual (plataforma Conferência Web RNP)
TÍTULO:

Caracterização molecular de cepas do Complexo Mycobacterium
tuberculosis isoladas de pacientes de um centro referência em
investigação da tuberculose


PALAVRAS-CHAVES:

Tuberculose; Resistencia bacteriana; Genotipagem


PÁGINAS: 56
RESUMO:

A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa causada por micobactérias do Complexo Mycobacterium tuberculosis (CMTB), doença que afeta primariamente os pulmões. O uso de ferramentas baseadas em biologia molecular tem permitido o avanço no campo da medicina humana, animal e ambiental, trazendo muitos benefícios no diagnóstico das doenças infecciosas, reduzindo significativamente o tempo desde o diagnóstico até a instituição do tratamento aliado a esse avanço, técnicas como o spoligotyping associado a epidemiologia clássica tem permitido identificar cadeias de transmissão podendo ser usado para avaliar a eficiência dos programas de controle da doença em diversas partes do mundo. O presente estudo objetiva-se investigar a diversidade genética de cepas do complexo MTB isoladas de pacientes em um centro de referência em investigação da tuberculose. Foram incluídos neste estudo isolados bacterianos pertencentes ao complexo MTB, oriundos de amostras de escarro enviadas ao Laboratório de Bacteriologia da Fundação Jose Silveira para diagnóstico micobacteriológico, com descontaminação pelo método NALC-NaOH, durante o período de 2016 a 2018. Os isolados foram genotipados pela técnica spoligotyping e os resultados foram analisados visualmente e inscritos em formato binário e comparados com os padrões descritos no banco de dados SITVIT a fim de identificar o Spoligo Internacional Type (SIT) correspondente. As 46 amostras com perfil genético completo na hibridização foram classificadas em 26 SIT. A linhagem LAM foi a mais frequente 43,1% (22/51). Em relação à sensibilidade antimicrobiana dos 150 isolados genotipados como M.tuberculosis, 143/150 (95,3%) apresentaram sensibilidade in vitro a todas as drogas testadas enquanto 7/150 (4,7%) apresentaram resistência a pelo menos uma droga anti-TB. A genotipagem auxiliou na descoberta de casos epidemiologicamente relacionados, foi possível observar três regiões com maior concentração de casos nos bairros. Acreditamos que o conhecimento sobre as características desses pacientes irá contribuir para o desenvolvimento de políticas que visem melhorar o diagnóstico e tratamento dos pacientes. Sendo assim, esse estudo muito contribuirá para o fornecimento de indicadores laboratoriais para o controle da tuberculose e servirá na tomada de decisão pelos municípios brasileiros.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1675209 - MELISSA HANZEN PINNA VALENTIM
Interno - 1187203 - JOICE NEVES REIS PEDREIRA
Externo ao Programa - 2371222 - SORAIA MACHADO CORDEIRO
Notícia cadastrada em: 27/10/2020 12:41
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2022 - UFBA