Banca de DEFESA: THIAGO MENDONÇA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THIAGO MENDONÇA DOS SANTOS
DATA : 27/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: STI, Sala 106, Campus de Ondina, Universidade Federal da Bahia
TÍTULO:

IDENTIFICAÇÃO DE BIOMARCADORES TRANSCRICIONAIS ASSOCIADOS ÀS PRINCIPAIS MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS DA INFECÇÃO PELO HTLV-1


PALAVRAS-CHAVES:

HTLV-1, Expressão gênica, Metanálise, ATLL, HAM/TSP


PÁGINAS: 87
RESUMO:

O Vírus Linfotrópico de Células T do adulto 1 (HTLV-1) é um retrovírus humano sexualmente transmissível que apresenta tropismo preferencial por células T CD4+. Embora a maioria dos indivíduos infectados por esse vírus permaneça assintomática (ASS), as principais manifestações clínicas, como a Mielopatia Associada ao HTLV/Paraparesia Espástica Tropical (HAM/TSP) e a Leucemia/Linfoma de Células T do Adulto (ATLL), são de difícil prognóstico. A HAM/TSP é uma manifestação inflamatória do sistema nervoso central que pode culminar com a perda parcial dos movimentos dos membros inferiores ao passo que a ATLL é um tipo de linfoma não-Hodgkin que geralmente leva à morte. Este trabalho tem como objetivo propor um perfil transcricional diferencial, sugestivo das patologias associadas ao HTLV-1, além de investigar as implicações causadas pela desregulação na expressão gênica. Uma metanálise de dez dados de microarranjos disponíveis publicamente foi realizada para identificar genes diferencialmente expressos (GDEs). Foram realizadas análises de vias KEGG enriquecidas. Redes de interação proteína-proteína (IPP), extração de módulos e seleção de genes hubs foram implementados com STRING, MCODE e CytoHubba. Foram identificados ao total 907 GDEs para ATLL, 368 para HAM/TSP e 150 para ASS. A análise KEGG identificou "Vias do câncer" e "Endocitose" como vias enriquecidas para ATLL no conjunto de GDEs superexpresso e subexpresso respectivamente. Não foram obtidas vias enriquecidas significativas para o conjunto total de GDEs de HAM/TSP e ASS. A partir das redes IPP geradas pelo STRING, foram extraídos três módulos para cada uma das manifestações clínicas. Combinando os resultados do MCODE e CytoHubba, cinco genes hub foram identificados para cada condição. Somente ATLL apresentou micro-RNAs diferencialmente expressos, o hsa-mir-21, diretamente envolvido no desenvolvimento da doença e o hsa-mir-6840, ainda pouco conhecido. Este estudo gerou um banco de dados de marcadores genéticos candidatos e vias enriquecidas desreguladas para os status clínicos associados à infecção pelo HTLV-1, o que pode facilitar a definição e a compreensão de biomarcadores terapêuticos prognósticos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1854449 - ALINE CRISTINA ANDRADE MOTA MIRANDA MASCARENHAS
Externo ao Programa - 2236977 - ANTONIO RICARDO KHOURI CUNHA
Externo à Instituição - GLÓRIA REGINA FRANCO - UFMG
Notícia cadastrada em: 14/05/2020 16:04
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2021 - UFBA