PPGLITCULT PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LITERATURA E CULTURA (PPGLITCULT) INSTITUTO DE LETRAS Telefone/Ramal: Não informado

Banca de DEFESA: JOBER PASCOAL SOUZA BRITO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOBER PASCOAL SOUZA BRITO
DATA : 27/03/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Defesas
TÍTULO:

O corpo como tela, a cidade como arena: As vias do corpo nos filmes Cidade BaixaÓ Paí, Ó


PALAVRAS-CHAVES:

Cidade Baixa, Ó Paí, Ó, Cidade, Cinema Baiano, Corpografias.


PÁGINAS: 174
RESUMO:

Este trabalho adota o corpo como uma via produtiva para se chegar aos longas-metragens Cidade Baixa, de Sérgio Machado (2005) e Ó Paí, Ó, de Monique Gardenberg (2007) os quais nos servirão de escopo científico neste estudo. A partir de uma constatação do atual contexto de espetacularização das cidades contemporâneas, procuramos investigar quais “microrresistências” resultam desse processo e quais experiências urbanas são estimuladas no corpo das personagens, dos atores configurando diferentes corpografias. Procederemos a esta análise estreitando o diálogo com questões que envolvem a pragmática ocupação das cidades através de práticas inventivas do espaço e a memória social efetivada no registro da experiência – uma espécie de pele ou grafia urbana – em que a própria urbe redige e configura no sujeito através de suas vivências. Tal registro também imprime suas marcas nas narrativas cinematográficas cuja pele é a tela na qual a experiência cotidiana se entrelaça à grafia urbana como vestígio e testemunha. Nesse sentido, entende-se o cinema enquanto parte do repertório de imagens continuamente multiplicadas pela cidade. A linha de raciocínio que articula as ideias aqui expostas busca ressalvar as relações ambivalentes entre os corpos humanos e urbanos, em que os modos de simbolização e ritualização do laço social se entrelaçam aos fluxos informacionais que tornam a cidade uma arena da multiplicidade, definindo fronteiras e acomodando novas técnicas de intervenção e resistência a partir da adoção de experiências errantes. O levantamento bibliográfico e o objeto de investigação nos conduziram a uma série de discursões descerrada no aporte teórico produzido por Gilles Deleuze, Félix Guattari, Michel Foucault, Michel de Certeau, Guy Debord, Giorgio Agamben, Zygmunt Bauman, Vladimir Safatle, Milton Santos, Achille Mbembe, Frantz Fanon, Paola Berenstein Jacques, dentre outros autores.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 287790 - DECIO TORRES CRUZ
Interno - 2326650 - DENISE CARRASCOSA FRANCA
Interno - 3298497 - NANCY RITA FERREIRA VIEIRA
Externo à Instituição - CLAUDIO CLEDSON NOVAES - UEFS
Externo à Instituição - REGINA LUCIA GOMES SOUZA E SILVA - UFBA
Notícia cadastrada em: 11/03/2020 07:26
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2020 - UFBA