PPGLITCULT PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LITERATURA E CULTURA (PPGLITCULT) INSTITUTO DE LETRAS Telefone/Ramal: Não informado

Banca de DEFESA: JIRLAINE COSTA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JIRLAINE COSTA DOS SANTOS
DATA : 23/04/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Instituto de Letras
TÍTULO:

ROSA CUCHILO, DE ÓSCAR COLCHADO LUCIO A YUYACHKANI: PERFORMANCE E VIOLÊNCIA POLÍTICA NO PERU


PALAVRAS-CHAVES:

Conflito Armado Interno. Performance. Tradução Intersemiótica. Óscar Colchado Lucio. Yuyachkani.


PÁGINAS: 144
RESUMO:

O conflito armado ocorrido no Peru entre os anos de 1980-2000 resultou em diversas mortes, sequestros e desaparecimento de pessoas, o que marcou a história do país por seus efeitos traumáticos, com a morte de mais de 70 mil pessoas. Diante disso, muitas famílias foram afetadas pela perda de seus parentes. Mulheres perderam seus filhos e esposos sem ter nenhuma resposta de seus destinos. A fim de lutar por seus direitos e trazer sempre à memória a difícil situação em que viviam, em 1983, sob a liderança de Angélica Mendonza, foi criada a ANFASEP - Asociación Nacional de Familiares de Secuestrados, Detenidos y Desaparecido del Perú. Essa associação tem por objetivo lutar pelos direitos humanos e buscar respostas e informações sobre seus mortos e desaparecidos durante o conflito. A luta dessas mulheres teve uma grande repercussão em todo o mundo, estando assim representada também na literatura de seu país através do livro Rosa Cuchillo (1997), do escritor ancashino Óscar Colchado Lucio. A narração do romance apresenta o testemunho ficcional da protagonista Rosa Wanka, que, em meio à violência da guerra, sai à procura do filho Libório, sequestrado pelos guerrilheiros. A presente Dissertação apresenta a análise do processo de tradução intersemiótica do romance para a ação cênica desenvolvida pelo Grupo Cultural Yuyachkani, em 2002. A pesquisa realizada a partir de abordagens interdisciplinar e comparativa, no bojo dos estudos de Tradução Cultural e Intersemiótica, estabelece diálogos entre os estudos andinos, a literatura e as artes cênicas e a performance. Assim, serão identificados os aspectos envolvidos no processo de tradução do texto narrativo, que tem como objetivo a manutenção da memória coletiva, como também dar ênfase à cultura andina, através da representação de sua cosmogonia.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2049741 - CARLA DAMEANE PEREIRA DE SOUZA
Interno - 1692579 - JULIA MORENA SILVA DA COSTA
Externo à Instituição - RÔMULO MONTE ALTO - UFMG
Notícia cadastrada em: 22/04/2019 15:14
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2020 - UFBA