Banca de DEFESA: MARCUS VINICIUS CARVALHO FAGUNDES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARCUS VINICIUS CARVALHO FAGUNDES
DATA : 19/11/2021
HORA: 14:00
LOCAL: videoconferência na plataforma RNP (sala PEI-UFBA)
TÍTULO:

MODELAGEM DA GESTÃO DE RISCOS DA CADEIA DE SUPRIMENTOS NA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO E GÁS


PALAVRAS-CHAVES:

gestão de riscos da cadeia de suprimentos; MCDM; MCDA; inteligência artificial; riscos de seleção de fornecedor; avaliação de riscos da cadeia de suprimentos; Fuzzy AHP; sistema de gestão de riscos da cadeia de suprimentos.


PÁGINAS: 246
RESUMO:

As cadeias de suprimentos são motores silenciosos da globalização econômica. Há um amplo consenso na literatura e na prática profissional de que as cadeias de suprimentos estão cada vez mais complexas e vulneráveis a riscos que provocam distúrbios, interrupções e reações críticas da sociedade. Nesta tese objetivou-se analisar as oportunidades e limitações de uma modelagem baseada em multicriteria decision-making/analysis e inteligência artificial (MCDM/A-IA) para a gestão de riscos da cadeia de suprimentos (GRCS), desenvolvida através de seleção sistemática, validação e teste de sistema do método híbrido Fuzzy Analytic Hierarchy Process (Fuzzy AHP) aplicado na indústria de petróleo e gás natural. Especificamente, buscou-se: a. realizar o estado da arte pela revisão sistemática da rede de literatura sobre a modelagem da GRCS; b. propor e validar um novo sistema computacional para seleção de fornecedor considerando riscos, baseado no método Fuzzy AHP; e, c. propor e testar sistemicamente uma estrutura holística para avaliação de riscos típicos e sustentáveis da cadeia de suprimentos com suporte computacional do método Fuzzy AHP. Para tanto, realizou-se uma pesquisa aplicada, com fins exploratório, descritivo e preditivo, de abordagem combinada [qualitativa e quantitativa], utilizando pesquisa bibliográfica, desenvolvimento teórico-conceitual, modelagem e estudo de casos. O estado da arte da modelagem da GRCS, realizado com o uso de métodos e ferramentas bibliométricas, possibilitou estabelecer uma compreensão sistêmica do fluxo de pesquisa no campo ao longo do tempo, fornecendo direções de investigação futura. A análise e interpretação das lacunas e tendências de pesquisa do campo permitiram a identificação, seleção e implementação sistemática da modelagem conceitual, matemática e computacional desenvolvida. A proposição e validação de um novo sistema computacional para seleção de fornecedor baseado no método Fuzzy Extended AHP (FEAHP) constituiu uma prova de conceito para verificar a viabilidade de implementação da modelagem da GRCS. A partir do estudo de caso de uma empresa de petróleo e gás natural com ativos onshore, constatou-se que a modelagem da abordagem computacional FEAHP foi capaz de automatizar o processo de seleção de fornecedor de forma racional, flexível e ágil, atendendo a todos os requisitos de desempenho necessários, promovendo, assim, a escolha dos melhores fornecedores em um ambiente de risco e incerteza. Após a validação do software desenvolvido, realizou-se a proposição e teste de sistema de um framework holístico para avaliação de riscos típicos e sustentáveis [riscos multidimensionais] da cadeia de suprimentos com suporte computacional do método FEAHP. Pelo estudo de casos múltiplos de dez empresas de petróleo e gás natural com atuação onshore [principalmente, em campos maduros e/ou marginais], constatou-se que os resultados da identificação e avaliação de riscos concorrem para a criação de estratégias de mitigação e controle de riscos [ação preditiva versus ação proativa], fomentando o desenvolvimento de um Sistema de Gestão de Riscos da Cadeia de Suprimentos. Finalmente, os resultados do teste de sistema da ferramenta FEAHP mostraram que todos os seus elementos combinam-se corretamente e apresentam um desempenho global efetivo, promovendo de forma íntegra, flexível, sem falhas e/ou erros a melhoria da avaliação de riscos da cadeia de suprimentos. Concluiu-se que as diversas oportunidades e/ou potencialidades de uso de uma modelagem baseada em MCDM/A-IA para a GRCS superam as principais limitações e/ou desafios. Não obstante as restrições desta tese, admite-se que ela contribua com o fértil campo de pesquisa e prática profissional da GRCS, promovendo a melhoria da concepção, compreensão, reflexão e do exercício da gestão de redes de suprimentos e operações


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1220619 - FRANCISCO GAUDENCIO MENDONCA FREIRES
Interno - 1523793 - SILVIO ALEXANDRE BEISL VIEIRA DE MELO
Externo à Instituição - Bruno dos Santos Silvestre
Externo à Instituição - Fernando Buarque de Lima Neto
Externo à Instituição - HELDER GOMES COSTA
Externo à Instituição - ROBSON DA SILVA MAGALHAES
Notícia cadastrada em: 14/11/2021 08:18
SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2022 - UFBA