PPGZ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA (PPGZ) ESCOLA DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Telefone/Ramal: Não informado
Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFBA

2024
Dissertações
1
  • AMANDA BASTOS GRIMALDI
  • PALMA FORRAGEIRA IN NATURA NA NUTRIÇÃO DE SUÍNOS

  • Orientador : JULIANA CANTOS FAVERI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMERICO FROES GARCEZ NETO
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • TALITA PINHEIRO BONAPARTE
  • Data: 29/01/2024

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes níveis de inclusão da palma forrageira cv. Gigante in natura na nutrição de suínos nas fases de crescimento e terminação sobre o desempenho zootécnico, as medidas biométricas e avaliar a viabilidade econômica das dietas. O experimento foi conduzido no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano campus Guanambi, na Bahia. Foram utilizados dezoito suínos mestiços (Landrace x Large White x Duroc x Pietrain), machos castrados e fêmeas, com cerca de 76 dias de idade e peso inicial médio de 32,4 kg. Dois animais foram alojados, aleatoriamente, em baias providas de comedouros e bebedouros. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, composto por três tratamentos (0%, 15% e 30% de inclusão de palma forrageira in natura) e três repetições, sendo a baia a unidade experimental. As dietas, isoproteicas e isoenergéticas, foram formuladas de acordo com as exigências propostas por Rostagno et al. (2017), e fornecidas quatro vezes ao dia, sendo as sobras e o fornecido pesados diariamente para garantir o regime alimentar ad libitum. O período experimental teve duração de 75 dias e foi dividido em fases, crescimento I, crescimento II e terminação. No primeiro dia experimental e no final de cada fase os animais foram pesados, a fim de estimar o desempenho zootécnico, e no último dia experimental foram realizadas as mensurações das medidas biométricas de cada animal. A viabilidade econômica foi avaliada a partir do custo da ração por quilograma de peso vivo ganho, índice de eficiência econômica e índice de custo. Os dados obtidos foram analisados utilizando contrastes ortogonais e foi realizada análise de correlação entre as medidas biométricas e o peso final dos animais, sendo as análises realizadas com o programa SAS (9.4), considerando 5% de probabilidade do erro tipo I. A inclusão de palma forrageira não influenciou (p>0,05) as medidas de conversão alimentar e de eficiência alimentar em nenhuma das fases experimentais. Houve diferença significativa (p<0,05) nas medidas de linha dorso lombar e perímetro torácico ao comparar os tratamentos com 15% e 30% de inclusão da palma forrageira, sendo os maiores valores observados no nível de 15%. A medida de perímetro torácico apresentou correlação forte (r=0,77) com o peso final dos animais. A viabilidade econômica variou de acordo com a fase experimental, sendo o nível de 0% o mais viável para o crescimento I, o nível de 15% mais viável para o crescimento II e de 30% mais viável para a terminação, e o nível de 15% de inclusão se apresentou mais viável para o período total.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate the effect of different levels of inclusion of fresh cactus cv. Giant in the nutrition of pigs in the growth and finishing phases on zootechnical performance, biometric measurements and evaluating the economic viability of diets. The experiment was conducted at the Federal Institute of Education, Science and Technology Baiano campus Guanambi, in Bahia. Eighteen crossbreed pigs (Landrace x Large White x Duroc x Pietrain), castrated males and females, with around 76 days of age and an average initial weight of 32.4 kg were used. Two animals were randomly housed in pens provided with feeders and drinkers. The design used was completely randomized, consisting of three treatments (0%, 15% and 30% inclusion of in natura cactus) and three replications, with the pen being the experimental unit. The isoproteic and isoenergetic diets were formulated in accordance with the requirements proposed by Rostagno et al. (2017), and fed four times a day, with leftovers and food weighed daily to ensure an ad libitum diet. The experimental period lasted 75 days and was divided into phases, growth I, growth II and termination. On the first experimental day and at the end of each phase, the animals were weighed in order to estimate their zootechnical performance, and on the last experimental day, the biometric measurements of each animal were carried out. Economic viability was assessed based on the cost of feed per kilogram of live weight gained, economic efficiency index and cost index. The data obtained were analyzed using orthogonal contrasts and a correlation analysis was carried out between the biometric measurements and the final weight of the animals, with the analyzes carried out using the SAS program (9.4), considering a 5% probability of type I error. cactus forage did not influence (p > 0.05) the food conversion and feed efficiency measurements in any of the experimental phases. There was a significant difference (p<0.05) in the measurements of the lumbar back line and chest perimeter when comparing treatments with 15% and 30% cactus inclusion, with the highest values observed at the 15% level. The chest circumference measurement showed a strong correlation (r=0.77) with the final weight of the animals. Economic viability varied according to the experimental phase, with the 0% level being the most viable for growth I, 15% most viable for growth II and 30% most viable for termination, and the 15% inclusion level proved to be more viable for the total period.

2
  • TAINAN DA SILVA BATISTA
  • “UREIA MICROENCAPSULADA COM CERA DE CARNAÚBA PARA LIBERAÇÃO LENTA NO RÚMEN DE CORDEIROS EM TERMINAÇÃO

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELAZANIA SALES PEREIRA
  • JOSÉ ALBERTO ACRE CORDEIRO
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • Data: 20/03/2024

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo teve como objetivo definir o melhor nível de inclusão de ureia microencapsulada em cera de carnaúba para liberação lenta no rúmen, sobre o desempenho de cordeiros em terminação. 50 ovinos machos (Santa Inês x Dorper), não castrados, com aproximadamente 7 meses de idade e peso corporal médio de 31,2 ± 4,8 648 kg, foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e 10 repetições por tratamento. Foram avaliados cincos níveis de inclusão de ureia na dieta (g/kg de MS), compostos pelo tratamento controle com 4,0 g de ureia livre, e quatro tratamentos de ureia de liberação lenta microencapsulada com cera de carnaúba, nos níveis de 10,0g, 20,0g, 30,0g e 40,0g com base na matéria seca (MS) total. O experimento teve duração total de 91 dias, sendo 21 dias de adaptação às instalações e dietas e 70 dias de avaliações e coletas. As dietas foram formuladas para um ganho médio diário de 200g (NRC, 2007) respeitando uma proporção volumoso:concentrado de 40:60. A fonte de volumoso utilizada foi o substrato exaurido da produção de cogumelos (SEPC) com a ração fornecida na forma de mistura total. Não houve efeito da forma de fornecimento de ureia (livre ou microencapsulada) ou das inclusões crescentes de UMECERA sobre o consumo de matéria seca e demais nutrientes além das variáveis do comportamento ingestivo dos animais. O ganho de peso médio diário dos cordeiros apresentou um comportamento de platô entre as inclusões de 10,0g/kg de MS e 27,6 g/kg de MS de UMECERA seguido de redução linear. A ureia microencapsulada em cera de carnaúba é eficiente na terminação de ovinos, quando incluída em até 27,5 g/kg de MS, pois permite manter o ganho de peso médio dos animais.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the best level of including of microencapsulated urea with carnaúba wax for slow release into the rumen, on the performance of lambs in finishing. 50 male sheep (Santa Inês x Dorper), non-castrated, approximately 7 months old and with an average body weight of 31.2 ± 4.8 kg, were distributed in a completely randomized design with five treatments and 10 repetitions per treatment. Five levels of urea inclusion in the diet (g/kg DM) were evaluated, consisting of the control treatment 679 with 4.0 g of free urea, and four treatments of slow-release urea microencapsulated with carnauba wax, at levels of 10.0g, 20.0g, 30.0g and 40.0g based on total dry matter (DM). The experiment lasted a total of 91 days, with 21 days spent adapting to the facilities and 682 diets and 70 days spent evaluating and collecting data. The diets were formulated for an  average daily gain of 200g (NRC, 2007) with a 40:60 volume:concentrate ratio. The bulk source used was exhausted mushroom production substrate (SEPC) with the feed supplied 685 as a total mixture. There was no effect of the form of urea supply (free or 686 microencapsulated) or of the increasing inclusions of UMECERA on the consumption of dry matter and other nutrients, or on the variables of the animals' ingestive behavior. The 688 lambs' average daily weight gain showed a plateau between the 10.0g/kg DM and 27.6 g/kg DM UMECERA inclusions, followed by a linear reduction. Urea microencapsulated in carnauba wax is efficient in sheep finishing when included at up to 27.5 g/kg of DM, as it allows the animals' average weight gain to be maintained

3
  • RAFAELA SILVA CARVALHO
  • EFEITO DA ALIMENTAÇÃO COM DIETA À BASE DE FARINHA DE LARVAS DE MOSCA SOLDADO NEGRO NA FUNÇÃO DA BARREIRA CUTÂNEA, DEFESA ANTIOXIDANTE ORGÂNICA E BIOQUÍMICA SANGUÍNEA EM CÃES

  • Orientador : BRUNA AGY LOUREIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANANDA PORTELLA FÉLIX
  • STEPHANIE DE SOUZA THEODORO
  • BRUNA AGY LOUREIRO
  • Data: 14/06/2024

  • Mostrar Resumo
  • A farinha de mosca soldado negro (BSFL) nas dietas de animais de estimação está ganhando aceitação. Este estudo teve como objetivo avaliar o uso de farinha desengordurada de larvas de mosca soldado negro e seu impacto nos parâmetros sanguíneos, marcadores bioquímicos, capacidade antioxidante orgânica, função da barreira cutânea e qualidade da pele e pelagem em cães. Um estudo cruzado envolveu oito cães Beagles adultos com dois períodos de 50 dias cada e um período de washout de sete dias entre eles. Duas dietas extrusadas aproximadamente isonutritivas foram avaliadas, a primeira contendo 29,5% de farinha de BSFL, e uma dieta controle contendo 26% de farinha de vísceras de aves (FVA) como fonte de proteína. Avaliações da pele e pelagem e coletas de sangue foram realizadas ao início e ao final de cada período. A função da barreira cutânea foi avaliada pela medição da perda de água transepidérmica (TEWL) e hidratação do estrato córneo (SCH) no abdômen e orelhas dos cães nos dias 0, 15, 30 e 45 de cada período. Uma tendência de maior efeito antioxidante foi encontrada na dieta com BSFL através da medição de malondialdeído e vitamina E no soro dos cães (p=0,057e p=0,051, respectivamente). Quando alimentados com a dieta FVA, os cães exibiram redução nos níveis de colesterol sérico e LDL após 50 dias. A TEWL foi significativamente reduzida nas orelhas ao longo do tempo quando os cães foram alimentados com BSFL, e a TEWL no abdômen foi significativamente menor nos cães alimentados com BSFL em comparação com FVA. O SCH também foi maior para o grupo BSFL ao longo do período de alimentação em comparação com FVA, indicando uma capacidade melhorada dos cães em reter água e manter a umidade da pele.
    A melhora na função da barreira cutânea pode estar relacionada aos ácidos graxos da BSFL e ao aumento dos lipídios sebáceos na pele. Estes são responsáveis por evitar a perda de água e melhorar a proteção da pele contra danos microbianos. A inclusão de BSFL como fonte de proteína não promoveu mudanças negativas na bioquímica sanguínea e no efeito antioxidante em cães saudáveis. No entanto, provou ser eficaz em melhorar a função da barreira cutânea, tomando a BSFL uma fonte alternativa valiosa para cães, particularmente aqueles com pele sensível ou alergias que se manifestam na pele.


  • Mostrar Abstract
  • Black soldier fly meai in pet diets is gaining acceptance. This study aimed to assess the use of black soldier fly larvae defatted meai (BSFL) and its impact on blood parameters, biochemical markers, organic antioxidant capacity, skin barrier function and skin and coat quality. A cross- over study involved eight beagle dogs with two periods of 50 days each and a washout period of seven days in between. Two approximately iso-nutritive extruded diets were evaluated, the first containing 29.5% BSFL meai, and a control diet containing 26% poultry by-product meai (PBP) as protein source. Skin and coat evaluations and blood collections were conducted before and after each period. Skin barrier function was assessed by measurement of trans epidermal water loss (TEWL) and stratum comeum hydration (SCH) in belly and pinna of the dogs on days 0,15,30, and 45 of each period. A trend for higher antioxidant effect was found for BSFL diet trough malondialdehyde and Vitamin E measurement in dog’s serum. When fed PBP diet dogs exhibited reduction on serum cholesterol and LDL leveis after 50 days. TEWL was significantly reduced in pinna over time when dogs were fed BSFL, and TEWL in belly was significantly lower in dogs fed BSFL in comparison to PBP. SCH was also higher for the BSFL group along the feeding period in comparison to PBP, indicating improved ability of the dogs to retain water and keep skin moisture. Improvement skin barrier function could be related to fatty acids from BSFL and increased sebaceous lipids in skin. These are responsible for avoiding water loss and improve skin protection against microbial insults. Inclusion of BSFL as protein source did not promote negative changes in blood biochemistry and had minor antioxidant effect in healthy dogs. However, it proved effective in improving skin barrier function, making BSFL a valuable altemative protein and fat source for dogs, particularly those with sensitive skin or allergies manifesting on the skin.

Teses
1
  • JEFFERSON WAYNE DA SILVA CARTAXO
  • EFEITO DOS ESPECTROS DE LUZ NO DESENVOLVIMENTO DE PÓS-LARVAS DE Amphilophus citrinellus (Gunther, 1864)

  • Orientador : RODRIGO FORTES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FELIPE GUEDES DE ARAÚJO
  • JODNES SOBREIRA VIEIRA
  • EDENILCE DE FÁTIMA FERREIRA MARTINS
  • LEANDRO SANTOS COSTA
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • Data: 31/01/2024

  • Mostrar Resumo
  • Foram conduzidos dois ensaios separadamente - ensaio 1: avaliar a preferência da espécie quando oferecida a escolha por luminosidades de espectro distintas. Ensaio 2:  os efeitos da cor da luz e da turbidez sobre o desempenho e índice de repleção estomacal de pós- larvas do ciclídeo Amphilophus citrinellus. No ensaio 1:  480 pós-larvas foram distribuídas em 48 aquários transparentes (40 larvas por aquário) e expostas a quatro espectros de luz diferentes: branco (688 nm), azul (472 nm), verde (436 nm) e vermelho (665 nm). O crescimento, a sobrevivência e o índice de repleção estomacal foram avaliadas ao final do ensaio (30 dias). No ensaio 2:  a preferência pela luz foi testada sob condições de água turva e cristalina. Foram submetidos 48 grupos de cinco peixes para associar seu local com o estímulo espectral de escolha. Foi montada uma arena tubular com portas para permitir que os peixes escolhessem seu local de preferência. Os resultados mostraram que o peso final e o ganho de peso foram significativamente maiores nas pós-larvas criadas sob luz azul (p<0.05), independentemente da turbidez. A sobrevivência não foi afetada pela luz ou condição da água (p>0.05). O índice mais alto de repleção estomacal (>75%) foi obtida para os peixes sob luz azul quando expostos à água turva do que à água cristalina (p<0.05). Os peixes sob luz vermelha e água cristalina tiveram uma porcentagem mais alta de repleção estomacal do que os peixes em água turva. Quando os peixes foram cultivados em luz branca, a porcentagem de repleção estomacal foi maior para os animais criados em água cristalina (p>0.05). Não foram observadas diferenças estatísticas na repleção estomacal das pós-larvas de peixes em luz verde, em água cristalina ou turva (p>0.05). Quando oferecida a possibilidade de escolha, A. citrinellus preferiu a luz azul em água cristalina (p<0.05). Por outro lado, os peixes em água turva preferiram a luz branca (p<0.05). Esses resultados devem ser considerados ao projetar protocolos de criação para pós-larvas em sistemas de criação e comércio ornamental.


  • Mostrar Abstract
  • Two separate trials were conducted - Trial 1: to evaluate species preference when offered a choice of different spectrum luminosities. Trial 2: to assess the effects of light color and turbidity on the performance and stomach repletion index of Amphilophus citrinellus fry.
    In Trial 1: 480 fry were distributed into 48 transparent tanks (40 fry per tank) and exposed to four different light spectra: white (688 nm), blue (472 nm), green (436 nm), and red (665 nm). Growth, survival, and stomach repletion index were evaluated at the end of the trial (30 days). In Trial 2: light preference was tested under clear and turbid water conditions. 48 groups of five fish were subjected to associate their location with the spectral stimulus of choice. A tubular arena with doors was set up to allow the fish to choose their preferred location. Results showed that final weight and weight gain were significantly higher in fry raised under blue light (p<0.05), regardless of turbidity.
    Survival was not affected by light or water condition (p>0.05). The highest stomach repletion index (>75%) was obtained for fish under blue light when exposed to turbid water compared to clear water (p<0.05). Fish under red light and clear water had a higher percentage of stomach repletion than fish in turbid water. When fish were raised under white light, the stomach repletion percentage was higher for animals raised in clear water (p>0.05). No statistical differences were observed in stomach repletion of fry in green light, in clear or turbid water (p>0.05). When given the choice, A. citrinellus preferred blue light in clear water (p<0.05). On the other hand, fish in turbid water preferred white light (p<0.05). These results should be considered when designing rearing protocols for fry in ornamental breeding and trade systems.

2
  • CARLOS HENRIQUE DA PAIXÃO LEMOS
  • EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO DIETÉTICA DE ZINCO E SELÊNIO QUELATADO NO DESEMPENHO E METABOLISMO DE JUVENIS DE TILÁPIA DO NILO (Oreochromis niloticus)

  • Orientador : CARLOS EDUARDO COPATTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • LUIS GUSTAVO TAVARES BRAGA
  • RENILDE CORDEIRO DE SOUZA
  • FELIPE BARBOSA RIBEIRO
  • SAMANTHA CHUNG
  • Data: 25/03/2024

  • Mostrar Resumo
  • O zinco (Zn) e o Selênio (Se) são micronutrientes essenciais que influenciam no desenvolvimento e na fisiologia dos peixes. Objetivou-se avaliar os efeitos sobre o crescimento e saúde em juvenis de tilápia do Nilo suplementadas com níveis graduais de Zn complexado a aminoácidos (Zn-AA) e submetidas ao estresse de transporte e aferir a suplementação com Zinco-L-selenometionina (ZnSeMet) e submetidas a baixa e alta densidade de estocagem (BDE e ADE, respectivamente). No experimento 1, indivíduos de tilápia do Nilo (22g) foram alimentados com dietas extrusadas contendo 0, 25, 50, 75 ou 100 mg Zn-AA kg−1 por 60 dias. Ao final do período experimental, os peixes foram submetidos ao transporte por 3 h. A regressão linear mostrou melhores valores dos parâmetros zootécnicos em peixes alimentados com 100 mg Zn-AA kg-1 de dieta. Foi observado melhores valores nos níveis hematológicos e imunológicos, bem como nos parâmetros plasmáticos dos peixes com o aumento do Zn-AA na dieta. Os maiores valores de glicose plasmática e alanina aminotransferase foram encontrados no grupo controle. Para o experimento 2 foram formuladas quatro dietas extrusadas, com níveis graduais de ZnSeMet adicionados à dieta basal em 0,0; 0,5; 1,0 e 2,0 mg kg-1 para peixes (58g) cultivados em sistema de recirculação de água (RAS) em BDE (15 peixes tanque-1 ou 4,35 kg m-3) e ADE (45 peixes tanque ou 13,05 kg m3) por 65 dias. Os melhores resultados para performance de crescimento ocorreram nos tratamentos com interação entre BDE e 1,0 ou 2,0 mg ZnSeMet kg dieta-1. A biomassa final foi maior nos tratamentos com ADE. Na interação entre BDE e 1,0 mg ZnSeMet kg dieta-1, houve aumento dos níveis de proteína total e colesterol e redução da atividade de aspartato aminotransferase no plasma. Os maiores valores dos parâmetros plasmáticos e hemato-imunológicos foram observados nos peixes mantidos em BDE. Conclui-se que, 100 mg Zn-AA kg dieta-1 recomendado para tilápia, pois pode melhorar seu crescimento, metabolismo, fisiologia e imunidade. Também se recomenda cultivo em BDE com adição na dieta de 1,0 mg ZnSeMet kg−1, pois melhorou a performance de crescimento sem afetar a saúde dos peixes.


  • Mostrar Abstract
  • Zinc (Zn) and selenium (SE) are essential micronutrients influencing fish development and physiology. This study aimed to evaluate the effects on growth and health in the Nile tilapia supplemented tilapia with gradual levels of amino acids (Zn-AA) and subjected to transport stress and gauge supplementation with zinc-L-selenomethionine (ZnSeMet) and subjected to low and high storage density (LSD and HSD respectively). In experiment 1, Nile tilapia (22g) were fed 0, 25, 50, 75, or 100 mg Zn-AA kg-1 for 60 days. At the end of the experimental period, the fish were subjected to transport by 3 h. Linear regression showed better values of fish performance parameters fed 100 mg Zn-AA kg diet-1. Better values were observed in hematological and immunological levels, as well as in the plasma parameters of fish with increasing Zn-AA in the diet. The highest values of plasma glucose and alanine aminotransferase were found in the control group. In experiment 2 four extruded diets were formulated, where gradual levels of ZnSeMet were added to the basal diet by 0.0, 0.5, 1.0, and 2.0 mg kg-1 for fish (58g) grown in a water recirculation system (RAS) in LSD (15 fish tank-1 or 4.35 kg m-3) and HSD (45 fish tank-1 or 13.05 kg m-3) for 65 days. The best results for growth performance occurred in LSD and 1.0 or 2.0 mg ZnSeMet kg diet-1 treatments. The final biomass was higher in HSD treatments. In the interaction between LSD and 1.0 mg ZnSeMet kg diet-1, there was an increase in total protein and cholesterol levels and reduced aspartate activity aminotransferase in plasma. The highest values of plasma and hematological and immunological parameters were observed in LSD fish. It is concluded that 100 mg Zn-AA kg diet-1 is recommended for Nile tilapia as it can improve its growth, metabolism, physiology, and immunity. LSD cultivation is also recommended with an added 1.0 mg ZnSeMet kg-1 diet, as it enhances fish growth performance without affecting its health.

3
  • GISELE ROCHA DOS SANTOS
  • EFEITO DE DIFERENTES MÉTODOS DE PROCESSAMENTO FÍSICO DE AMOSTRAS FECAIS SOBRE A QUANTIFICAÇÃO DE NITROGÊNIO EM OVINOS CONSUMINDO NÍVEIS CRESCENTES DE PROTEÍNA  ALIMENTAR

  • Orientador : STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDENIO DETMANN
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • JOSÉ AUGUSTO GOMES AZEVEDO
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 05/04/2024

  • Mostrar Resumo
  • A perda volátil de nitrogênio como amônia, especialmente de amostras fecais, pode ocorrer durante a coleta e análise e pode superestimar a retenção de nitrogênio (N) em ruminantes. Assim, levantamos a hipótese de que a quantidade de N fecal não contabilizado, volatilizado durante a pré-secagem, pode influenciar o balanço de nitrogênio e a estimativa de retenção de N em ovinos, independentemente do teor de PB da dieta. Assim, nosso objetivo foi avaliar o efeito de diferentes métodos de processamento físico de amostras de fezes na quantificação do nitrogênio (N) fecal, e o efeito desta perda sobre o balanço de nitrogênio e a retenção de N em ovinos alimentados com teor crescente de proteína bruta (PB) na dieta. Foram utilizados 32 cordeiros Santa Inês, machos, não castrados, com três meses de idade e peso corporal inicial semelhante (PC 20 ± 1kg). Os animais foram alimentados com quatro dietas com diferentes teores de PB [120, 140, 160 e 180 g de PB/kg de matéria seca (MS)]. Amostras de fezes foram coletadas, armazenadas e processadas fisicamente de acordo com quatro tratamentos (Úmido, Seco, Congelado-úmido (FR-úmido) e Congelado-seco (FR-seco) e o balanço de nitrogênio foi determinado. Animais alimentados com 120, 160 e 180g de PB/kg MS apresentaram maior quantidade de N fecal nas amostras úmidas quando comparadas às amostras secas (P<0,05). Os processos físicos não afetaram a quantidade de N nas amostras fecais dos animais alimentados com 140 PB/kg MS. (P>0,05) Os processos físicos afetaram o N amoniacal quantificado nas fezes dos animais alimentados com todas as dietas [120, 140, 160 e 180 g PB/kg MS (P<0,05)], quando comparados com os tratamentos úmido, FR-úmido e FR-seco, em todas as dietas (P<0,05). N absorvido, N retido, N retido em relação ao N consumido e N retido em relação ao N absorvido foram afetados (P<0,05)
    11
    pelos processos físicos em todos os teores de PB avaliados. A pré-secagem causa perda de N nas amostras fecais dos animais alimentados com dietas com teor de PB requerido (120, 160 e 180 g/kg MS), especialmente após o congelamento. A perda fecal de N influenciou o balanço de nitrogênio e a estimativa de retenção de N em
    ovinos.


  • Mostrar Abstract
  • Volatile loss of nitrogen as ammonia, especially from fecal samples, can occur during collection and analysis, and may overestimate nitrogen (N) retention in ruminants. Thus, we hypothesized that the amount of unaccounted fecal N that is lost during pre-drying influence nitrogen balance and N retention estimate in sheep, regardless the dietary crude protein (CP) content. Thus, our objective was to evaluate the effect of different methods of physical processing of fecal samples on the quantification of fecal N, and the effect of this loss on nitrogen balance and N retention in sheep fed increasing CP content in the diet. Thirty-two non-castrated male Santa Inês lambs with three months of age and similar initial body weights (BW 20 ± 1kg)
    were used. The animals were fed with four diets with different CP contents [120, 140, 160 and 180 g CP/kg of dry matter (DM)]. Samples of feces were collected, stored and
    physically processed according to four treatments (Wet, Dried, Frozen-wet (FR-wet) and Frozen-dried (FR-dried) and the nitrogen balance was determined. Animals fed with 120, 160 and 180g of CP/kg DM presented higher fecal N amount in the wet samples when compared to the dried samples (P<0.05). The physical processes did not affect the N amount quantified in fecal samples from the animals fed with 140 CP/kg DM (P>0.05). The physical processes affected ammonia N quantified in feces from animals fed with all the diets [120, 140, 160 and 180 g CP/kg DM (P<0.05)]. The dried treatment showed the lowest ammonia N when compared with wet, FR-wet and FR- dried treatments, respectively, in all the diets (P<0.05). The absorbed N, retained N, the retained N in relation to N intake, and retained N in relation to absorbed N were affected (P<0.05) by the physical processes within all the CP contents evaluated. The pre-drying causes loss of N in fecal samples of animals fed diets with the required CP
    content (120, 160 and 180 g/kg DM), especially after freezing. The lost fecal N
    influence nitrogen balance and N retention estimated in sheep.

4
  • MILENE SANTOS DA SILVA
  • SUBSTITUIÇÃO DO MILHO PELO SORGO (Sorghum bicolor (L). Moench) EM DIETAS EXTRUSADAS PARA TILÁPIA DO NILO (Oreochromis niloticus)

  • Orientador : LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNO OLIVETTI DE MATTOS
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • LUIS GUSTAVO TAVARES BRAGA
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • SELDON ALMEIDA DE SOUZA
  • Data: 05/04/2024

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa objetiva avaliar a possibilidade do sorgo em substituir o milho em dietas extrusadas para a tilápia do Nilo, avaliando seus efeitos no desempenho, respostas fisiológicas, histológicas e metabólicas. 480 juvenis de tilápia do Nilo, com peso médio 27g foram distribuídos aleatoriamente em 24 tanques de 250 litros, constituindo um delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e quatro repetições. As dietas constituíam os tratamentos T1 0%, T2 20%, T3 40%, T4 60%, T5 80%, T6 100%, correspondendo os níveis de substituição. Foram analisados os índices de desempenho zootécnicos; índices somáticos IH; composição química da carcaça CQC; hemograma e parâmetros bioquímicos; atividade de enzimas digestivas; metabolitos hepáticos e muscular: glicogênio, AST e ALT e histomorfometria do intestino proximal. A substituição não afetou o desempenho, o IH, a CQC, o hemograma, nem o glicogênio hepático; o TRI sanguíneo e o glicogênio muscular foram superiores nos peixes dos T4 e T5, as enzimas AST hepática nos peixes dos T4, T5, T6 e muscular nos peixes do T3 foram superiores; a espessura do músculo foi superior nos peixes do T2, o perímetro dos vilos foi superior nos peixes dos tratamentos T4 e T6, a altura dos vilos foi maior nos peixes dos tratamentos T2, T4 e T6. As diferenças detectadas não foram capazes de afetar o desempenho e desregular o metabolismo dos peixes. O conjunto de respostas observadas, permite afirmar que o sorgo é um potencial substituto do milho em dietas para espécie, sem efeitos negativos para a tilápia do Nilo.


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to evaluate the ability of sorghum to replace corn in extruded diets for Nile tilapia, evaluating its effects on performance, physiological, histological and metabolic responses. 480 juvenile Nile tilapia, with an average weight of 27g, were randomly distributed in 24 tanks of 250 liters, constituting a completely randomized design, with six treatments and four replications. The diets consisted of treatments T1 0%, T2 20%, T3 40%, T4 60%, T5 80%, T6 100%, corresponding to the levels of substitution. Zootechnical performance indices were analyzed; somatic indices HI; chemical composition of CQC substrate; complete blood count and biochemical parameters; digestive enzyme activity; hepatic and muscle metabolites: glycogen, AST and ALT, and proximal gut histomorphology. The replacement did not affect the performance, IH, CQC, blood count and hepatic glycogen; blood TRI and muscle glycogen were higher in T4 and T5 fish, hepatic AST enzymes in T4, T5, T6 fish and muscle enzymes in T3 fish were higher; muscle thickness was higher in T2 fish, villus perimeter was higher in T4 and T6 fish, villi height was higher in T2, T4 and T6 fish. The differences detected were not able to affect the performance and deregulate the metabolism of the fish. The set of responses observed allows us to affirm that sorghum is a potential substitute for corn in diets for the species, with no negative effects for Nile tilapia.

5
  • VANESSA PEREIRA MACEDO
  • QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA E SENSORIAL DE CARNES E PRODUTOS CÁRNEOS DE BOVINOS DE TRÊS GRUPOS ZOOTÉCNICOS

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MIGUEL ANTÓNIO MACHADO RODRIGUES
  • CAROLINA OLIVEIRA DE SOUZA
  • Pedro Henrique Soares Mazza
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • Data: 11/04/2024

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo teve como objetivo comparar as características físico-químicas, o perfil de 50 ácidos graxos e os atributos sensoriais da carne de bovinos dos seguintes grupos genéticos: 51 Nelore (Nell), ½ Nelore × ½ Angus (NeAn), and ¼ Nelore × ¼ Angus × ½ Senepol (NASe). 52 Foi utilizado o músculo Longissimus lumborum de 30 bovinos abatidos com peso corporal de 53 549 ± 32.5 kg. A capacidade de retenção de água foi maior em carnes dos grupos Nell e NeAn 54 do que no grupo NASe. As amostras de carne do grupo NASe tiveram maior índice L* do que 55 carnes do grupo NeAn e menores índices a* e b* do que as carnes do grupo Nell. O perfil de 56 ácidos graxos mostrou que o grupo Nell obteve maiores concentrações de 12:0, 14:0, 18:1 t11, 14:1 57 c9, 16:1 c9, 18:1 c9, 18:1 c11, 18:2 c9, t11 (ácido linoléico conjugado (CLA)), e 20:3 n-6 do 58 que as carnes dos grupos NeAn e NASe. As concentrações totais de ácidos graxos saturados, 59 insaturados e monoinsaturados (ΣSFA, ΣUFA e ΣMUFA) foram maiores e a razão ΣPUFA:ΣSFA  foi 60 menor no grupo Nell do que no grupo NeAn. A atividade de Δ9–desaturase para C16 foi 61 significativamente maior nos grupos Nell e NASe do que no grupo NeAn. O índice de 62 aterogenicidade (IA) teve tendência de decréscimo nos animais cruzados do que no grupo 63 Nelore. O grupo NASe apresentou carnes com melhores escores de maciez, suculência e 64 aceitação global do que os grupos Nell e NeAn, e, assim, foi o melhor grupo genético para a 65 produção de carne bovina dentre todos os grupos testados. 


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to compare the physicochemical characteristics, fatty acid composition, and 102 sensory attributes of the meat from three genetic groups: Nellore (Nell), ½ Nellore × ½ Angus 103 (NeAn), and ¼ Nellore × ¼ Angus × ½ Senepol (NASe). Longissimus lumborum muscle from 104 18 slaughtered bulls with a body weight of 549 ± 32.5 kg was used. The water holding capacity 105 was greater for the Nell and NeAn groups than for the NASe group. Meat samples from the 106 NASe group exhibited a higher L* index than those from the NeAn group and lower a* and b* 107 color indexes than those from the Nell group. The meat fatty acid profiles showed that the Nell 108 group had higher concentrations of 12:0, 14:0, 18:1 t11, 14:1 c9, 16:1 c9, 18:1 c9, 18:1 c11, 109 18:2 c9, t11 (conjugated linoleic acid (CLA)), and 20:3 n-6 polyunsaturated fatty acid (PUFA) 110 than the NeAn and NASe groups. The total saturated (ΣSFA), unsaturated (ΣUFA), and 111 monounsaturated (ΣMUFA) fatty acid concentrations were higher and the ΣPUFA:ΣSFA ratio 112 was lower in the Nell group than in the NeAn group. The Δ9–desaturase C16 activity was 113 significantly higher in the Nell and NASe groups than in the NeAn group. The atherogenicity 114 index (AI) tended to be lower in the crossbreeds than in the Nell breed. The NASe group 115 presented meat with better tenderness, juiciness, and overall acceptance than the Nell and NeAn 116 groups and was therefore the best genetic group for beef production of the tested groups. 

2023
Dissertações
1
  • IVANA LOUISE SANTOS SILVA
  • CARACTERÍSTICAS DE REDEMOINHO ASSOCIADAS AO TEMPERAMENTO DE ASINININOS

  • Orientador : GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • PIERRE BARNABÉ ESCODRO
  • ANITA SCHMIDEK
  • Data: 10/02/2023

  • Mostrar Resumo
  • As características de comportamento são importantes para a produção animal, estando diretamente relacionadas ao manejo e à doma de equídeos, além de poderem ser utilizadas no estudo de bem-estar. A identificação de animais de bom temperamento pode ser útil para se fazer seleção. Uma marca morfológica já associada ao temperamento de diversas espécies de animais domésticos é o redemoinho da pelagem.
    Em equinos, características de redemoinhos já foram associados ao comportamento, temperamento e lateralidade. O objetivo do presente estudo foi avaliar se as características de redemoinhos podem predizer o temperamento de asininos já que inexistem estudos que associam características de redemoinho com temperamento na espécie. Foram utilizados 37 asininos do ecótipo Nordestino nos quais foram descritas as características de redemoinho: posição e número na cabeça, pescoço e peito e sentido de crescimento. Foi utilizado o método não paramétrico: teste de Mann-Whitney U (p < 0,05) para verificação de associação estatística. Os animais foram submetidos ao teste de objeto novo em local conhecido. Avaliou-se a reação ao objeto novo, mensurando-se sentido de fuga, distância de fuga, latência e escore de fuga. O sentido de crescimento do redemoinho na cabeça foi associado à lateralidade. Observou- se que os jumentos que possuem redemoinhos no sentido horário, tendem a ir para a direita (destros), e animais que possuem redemoinhos no sentido anti-horário, tendem a ir para a esquerda (canhotos). Essa associação entre lateralidade e sentido do redemoinho, pode ser um facilitador nas atividades de doma dos animais. A posição horizontal e número de redemoinho na cabeça foram associadas ao escore de fuga. Asininos com redemoinho na posição do terço superior do chanfro ou dois redemoinhos foram considerados menos reativos. Já a posição dos redemoinhos no pescoço e peito não associados às medidas de temperamento. A observação dessas características pode auxiliar o manejo, doma e treinamento da espécie. Redemoinhos podem ser utilizados para seleção de animais menos reativos e mais calmos, sendo um excelente método não invasivo de avaliação de comportamento. Esse é o primeiro resultado da associação de características de redemoinho e temperamento em asininos.


  • Mostrar Abstract
  • Behavioral traits are important for animal production. These traits are directly related to the handling and taming of equids and can be used in welfare studies. The identification of animals with good temperament is useful for selection. The hair coat whorl is a morphological trait that has been associated with temperament in many livestock species. In horses, whorl traits have been linked to behavior, temperament, and laterality. The aim of the present study was to evaluate whether the whorls traits can predict the temperament of donkeys, since there are no studies that associate whorls traits with temperament in the species. Thirty-seven donkeys of the Nordestino ecotype were used. The following hair whorl traits were recorded: position on the head; number on the head, neck and chest, and rotation. The non- parametric method was used: Mann-Whitney U test (p < 0.05) to verify the association. The animals were exposed to a new object in a known place. The reaction to the new object was evaluated and measured by flight direction, flight distance, latency, and flight score. The rotation of the whorl on the head was associated with laterality. It was observed that donkeys with clockwise whorls tended to escape to the right and animals with counterclockwise whorls tended to escape to the left. This association between laterality and whorl rotation may be a facilitator at the taming activities. The horizontal position of whorls in the head and the number of hair whorls in the head were associated with flight score. Donkeys with a whorl in the upper third of the bridge of the nose or two whorls on the head were considered less reactive. The position of the whorls on the neck and chest were not significant. The observation of these traits can assist in the handling, taming, and training of the species. Hair whorls can be used to select less reactive and calmer animals, being an excellent non-invasive method of evaluating behavior. This is the first study that associate whorl traits with temperament in donkeys.

2
  • SUSIANE DE CARVALHO MATOS
  • NÍVEIS DE PROTEÍNA ASSOCIADOS A UMA FONTE DE GORDURA PROTEGIDA PARA CORDEIROS SANTA INÊS

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXANDRE FERNANDES PERAZZO
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • LAYS DEBORA SILVA MARIZ
  • Data: 28/02/2023

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito de dietas com diferentes níveis proteicos associada ou não a uma fonte de gordura protegida no consumo e digestibilidade aparente dos nutrientes, metabolismo de nitrogênio, comportamento ingestivo, e desempenho de cordeiros confinados. Foram utilizados 64 cordeiros machos, não castrados, mestiços Santa Inês, com peso inicial médio de 20 ± 1 kg e idade média de 90 dias, terminados em confinamento, distribuídos num fatorial 4X2, com dietas contendo quatro níveis de proteína: 120, 140, 160 e 180 g PB kg-1 MS, com ou sem inclusão de 35g kg-1 MS sais de cálcio de ácido graxo. A relação volumoso:concentrado foi de 500 g kg-1 MS de silagem de milho (Zea mays) e 500 g kg-1 MS de concentrado. Os consumos (g kg-1 PC) de PB, EE e CNF aumentaram em função do teor proteico na dieta (P<0,01), enquanto o consumo de MS, FDN e CHOT apresentaram efeito quadrático (P≤0,05), com reduções a partir dos níveis 161g, 150g, e 154g PB kg-1 MS, respectivamente. A digestibilidade aparente da proteína aumentou em função dos níveis proteicos, bem como do EE com a adição da gordura protegida (P<0,05). O nitrogênio urinário, fecal e o N retido aumentaram com o incremento de proteína na dieta, enquanto o consumo de N e a fração absorvida pelo animal apresentaram comportamento quadrático (P≤0,05), com ponto de máxima com 178 g PB kg-1 MS. Os derivados de purina e as PB mic seguiram mesmo comportamento do CMS com máximo valor no nível de 160g PB kg-1 MS. Houve aumento nas eficiências de ruminação da MS e FDN (P<0,05) e, foi observado efeito de interação no tempo de ruminação e número de mastigações por bolo (P≤0,05). Verificou- se aumento linear no ganho de peso ( P<0,05), com valor estimado de 302g/dia no maior nível proteico. Dietas com inclusão de até 160g PB kg-1 MS sem adição da gordura protegida para cordeiros Santa Inês, promovem aumentos no consumo e digestibilidade dos nutrientes e melhoram o desempenho produtivo dos animais.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate the effect of diets with different protein levels associated or not with a source of protected fat on the intake and apparent digestibility of nutrients, nitrogen metabolism, ingestive behavior, and performance of feedlot lambs. Sixty-four male lambs, not castrated, crossbred Santa Inês, with average initial weight of 20 ± 1 kg and average age of 90 days, finished in confinement, distributed in a 4X2 factorial, with diets containing four levels of protein: 120, 140, 160 and 180 g CP kg-1 MS, with or without inclusion of 35g kg-1 MS fatty acid calcium salts. The roughage:concentrate ratio was 500 g kg-1 DM of corn silage (Zea mays) and 500 g kg-1 DM of concentrate. The consumption (g kg-1 BW) of CP, EE and CNF increased as a function of the protein content in the diet (P<0.01), while the consumption of DM, NDF and CHOT showed a quadratic effect (P≤0.05) , with reductions from levels 161g, 150g, and 154g PB kg-1 DM, respectively. Apparent protein digestibility increased as a function of protein levels as well as EE with the addition of protected fat (P<0.05). Urinary and fecal nitrogen and retained N increased with the increment of protein in the diet, while N consumption and the fraction absorbed by the animal showed a quadratic behavior (P≤0.05), with a maximum point at 178 g PB kg- 1 MS. Purine derivatives and PB mic followed the same behavior as CMS with a maximum value at the level of 160g PB kg-1 DM. There was an increase in DM and NDF rumination efficiencies (P<0.05) and an interaction effect was observed on rumination time and number of chews per bolus (P≤0.05). There was a linear increase in weight gain (P<0.05), with an estimated value of 302g/day in the highest protein level. Diets with inclusion of up to 160g PB kg-1 DM without the addition of protected fat for Santa Inês lambs, promote increases in the intake and digestibility of nutrients and improve the productive performance of animals.

3
  • RODRIGO SANTOS DE JESUS FALCÃO
  • Inclusao de volumoso para bovinos de corte terminandos com dietas de  alto grao

  • Orientador : ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • VICTOR REZENDE MOREIRA COUTO
  • PEDRO VEIGA RODRIGUES PAULINO
  • Data: 28/04/2023

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo do estudo foi avaliar três dietas contendo 0%, 2,5% e 5% de volumoso, oferecidos a bovinos confinados na fase de terminação. Foram utilizados 1800 animais machos da raça Nelore. Os ganhos médios diários, rendimento de carcaça e eficiência foram calculados para todos os animais durante e ao final do experimento. A determinação do bem-estar térmico dos animais, bem como a produção de calor entérico foram avaliados diariamente. Não foram observadas diferenças significativas (P<0,001). As características de acabamento, área de olho de lombo, espessura de gordura e espessura de gordura da garupa, foram obtidas utilizando a técnica de ultrassom. Os níveis de globulina, albumina, proteínas totais também não apresentaram diferença estatística (P<0,001).  Os níveis de ureia no sangue tiveram comportamento linear crescente, já a glicemia apresentou comportamento quadrático, alcançando seu maior valor no tratamento contendo 2,5%. O consumo de matéria seca diferiu linearmente de forma crescente (P<0,001), saindo de 10,34 quilos de matéria seca no tratamento 1 para 11,88 quilos no tratamento 3. O ganho médio diário apresentou comportamento linear crescente (P<0,001), o tratamento 1 apresentou o menor ganho diário, cerca de 1,34 quilos; o tratamento 2 apresentou ganho igual a 1,5 quilos, sendo o tratamento 3 o que apresentou maior ganho, cerca de 1,74 quilos por dia. O índice de bem-estar apresentou comportamento linear crescente, entre os níveis de volumoso testados. O número de animais em pé fotografados as 6 horas, momento antes do fornecimento da ração, apresentou comportamento linear decrescente, ou seja, quanto menor o nível de volumoso maior o número de animais em pé. O índice de temperatura e umidade apresentou diferença estatística (P<0,001), demostrando maiores valores no mês de setembro e no intervalo das 11-16 horas.  Referente a produção de calor, tal característica apresentou comportamento quadrático, mostrando diferença estatística (P<0,001), ou seja, o tratamento 2 foi o tratamento que apresentou maior produção. Dessa forma, a porcentagem de volumoso em dietas de alto grão influenciam positivamente no ganho de peso, consumo e no bem-estar de bovinos confinados. 


  • Mostrar Abstract
  • The objective of the study was to evaluate three diets containing 0%, 2.5% and 5% roughage, offered to feedlot cattle in the finishing phase. 1800 male Nellore animals were used. Average daily gains, carcass yield and efficiency were calculated for all animals during and at the end of the experiment. The determination of the thermal well-being of the animals, as well as the production of enteric heat, were evaluated daily. No significant differences were observed (P<0.001). Finishing characteristics, loin eye area, fat thickness and rump fat thickness were obtained using the ultrasound technique. The levels of globulin, albumin, total proteins also showed no statistical difference (P<0.001). The levels of urea in the blood showed a linear increasing behavior, while the glycemia showed a quadratic behavior, reaching its highest value in the treatment containing 2.5%. The dry matter intake differed linearly in an increasing way (P<0.001), going from 10.34 kg of dry matter in treatment 1 to 11.88 kg in treatment 3. The average daily gain showed a linear increasing behavior (P<0.001) , treatment 1 had the lowest daily gain, around 1.34 kg; treatment 2 showed a gain of 1.5 kg, with treatment 3 showing the greatest gain, around 1.74 kg per day. The well-being index showed an increasing linear behavior between the forage levels tested. The number of standing animals photographed at 6 am, just before the feed was provided, showed a decreasing linear behavior, that is, the lower the level of roughage, the greater the number of standing animals. The temperature and humidity index showed statistical difference (P<0.001), showing higher values in September and in the interval from 11 to 16 hours. Regarding heat production, this characteristic presented a quadratic behavior, showing a statistical difference (P<0.001), that is, treatment 2 was the treatment that presented the highest production. Thus, the percentage of roughage in high-grain diets positively influence weight gain, consumption and well-being of feedlot cattle.

4
  • Vinicius Monteiro de Carvalho
  • DESEMPENHO, PARAMETROS DIGESTIVOS E CINÉTICA RUMINAL DE VACAS JERSEY SUPLEMENTADAS COM QUITOSANA

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MARIA LEONOR GARCIA MELO LOPES DE ARAUJO
  • Data: 16/06/2023

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito da quitosana no desempenho, parâmetros digestivos e cinética ruminal de vacas Jersey. Foram utilizadas quatro vacas Jersey, multíparas, canuladas no rúmen [média de dias de lactação = 150 ± 45 dias; e produção de 22,2 ± 4,5 kg/dia, peso corporal = 350 ± 25 kg], foram alimentadas com duas dietas, distribuídas em um delineamento em crossover. Cada período teve duração de 17 dias, sendo os 7 primeiros de adaptação às dietas e os demais para coleta de dados e amostras. A dietas experimentais foram aleatoriamente distribuídos nos animais, foram essas dietas: 1) Controle (CON), composta por ração basal sem a inclusão de quitosana; 2) Dieta basal com a inclusão de quitosana (0,02% da MS total ou 4g/kg de MS consumida). Não houve efeito das dietas nos consumos e digestibilidades dos nutrientes (P>0,05). Da mesma forma, não foi observado efeito das dietas na produção de leite, produção de leite corrigida, assim como nos teores de gordura, proteína, lactose e extratos seco total e desengordurado (P>0,05). Não houve efeito das dietas nas variáveis relacionadas ao desempenho dos animais (P>0,05). De forma geral, a inclusão de quitosana não modificou o perfil de ácidos graxos no leite de vacas, com exceção das concentrações no leite de C18:1 cis-11 (P = 0,025) que foram reduzidas em vacas alimentadas com a dieta contendo este aditivo. Devido à ausência de efeito no consumo dos animais, não foram verificados resultados significativos nas variáveis relacionadas com o balanço de energia (consumos de energia líquida e digestível, energias líquidas para ganho e lactação, balanço de energia, assim como nas eficiências (P>0,05). Não houve efeito das dietas nas variáveis da caracterização ruminal e fluxo omasal de nutrientes (P>0,05).
    Similarmente, não foi observado efeito das dietas em nenhuma das variáveis utilizadas para avaliar a dinâmica ruminal de vacas Jersey em lactação, tais como a taxa da digestão da matéria seca (MS), renovação ruminal de MS, matéria orgânica e fibra em detergente neutro (FDN) indigestível, assim como nas taxas de passagem da MS e FDN potencialmente digestível(P>0,05). A inclusão de quitosana não promoveu mudanças na produção e composição do leite, nos parâmetros de dinâmica ruminal e no balanço de energia de vacas Jersey.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate the effect of chitosan on the performance, digestive parameters and ruminal kinetics of Jersey cows. Four Jersey cows, multiparous, cannulated in the rumen [mean days of lactation = 150 ± 45 days; and production of 22.2 ± 4.5 kg/day, body weight = 350 ± 25 kg], were fed two diets, distributed in a crossover design. Each period lasted 17 days, the first 7 of which were for adaptation to the diets and the others for data collection and Exception. The experimental diets were randomly distributed to the animals, these diets were: 1) Control (CON), consisting of basal ration without the inclusion of chitosan; 2) Basal diet with the inclusion of chitosan (0.02% of total DM or 4g/kg of DM consumed). There was no effect of diets on nutrient intake and digestibility (P>0.05). Likewise, no effect of diets was observed on milk production, corrected milk production, as well as on fat, protein, lactose and total and non-fat dry extracts (P>0.05). There was no effect of diets on variables related to animal performance (P>0.05). In general, the inclusion of chitosan did not change the profile of dietary recipes in cows' milk, with the exception of milk concentrations of C18:1 cis-11 (P = 0.025) which were reduced in cows fed the diet containing this additive. . Due to the lack of effect on animal intake, no significant results were found for variables related to energy balance (net and digestible energy intake, net energy for gain and lactation, energy balance, as well as efficiencies (P>0 Likewise, there was no effect of the diets on the variables of ruminal characterization and omasal flow of nutrients (P>0.05). , such as dry matter (DM) digestion rate, ruminal DM formula, organic matter and fiber in indigestible neutral detergent (NDF), as well as in passage rates of DM and potentially digestible NDF (P>0.05) The inclusion of chitosan did not promote changes in milk production and composition, in parameters of rumen dynamics and in balance of Jersey vacation energy.

5
  • VICTÓRIA MACHADO DALTRO DE CARVALHO
  • RESTRIÇÃO INTERMITENTE NA OFERTA DE PROTElNA BRUTA NA DIETA DE OVINOS

  • Orientador : THADEU MARINIELLO SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • DANIEL RIBEIRO MENEZES
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • Data: 06/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • RESTRIÇÃO INTERMITENTE NA OFERTA DE PROTElNA BRUTA NA DIETA DE OVINOS


  • Mostrar Abstract
  • INTERMITTENT RESTRICTION IN THE SUPPLY OF CRUDE PROTEIN IN THE SHEEP DIET
6
  • CASSIA BARBOSA CONSTANTINIDIS
  • EFEITO DE ESPECTROS DE LUZ NO COMPORTAMENTO E DESENVOLVIMENTO LARVAL DO CAMARÃO-DA-MALÁSIA,
     Macrobrachium rosenbergii.

  • Orientador : RODRIGO FORTES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MICHELLE PINHEIRO VETORELLI
  • GEOVANA DOTTA TAMASHIRO
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • Data: 21/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • Em sistemas de cultivo em ambientes fechados, é essencial fornecer elementos que favoreçam o desenvolvimento de espécies aquícolas.  Diante disso, o espectro de luz, pode melhorar o crescimento e aumentar a sobrevivência em diferentes espécies. Foram conduzidos três experimentos com objetivo de investigar os efeitos da luz vermelha, azul, verde, branca e ausência de luz sobre o desenvolvimento larval, ingestão de náuplios de Artemia e preferência de cor de luz em larvas de Macrobrachium rosenbergii. Os resultados do presente estudo demostram influência significativa (p<0,05) no desenvolvimento larval, produtividade, sobrevivência e biomassa final de larvas de M. rosenbergii. Em geral, os resultados inferiores foram dos animais expostos ao regime de ausência de luz e sob a luz vermelha. As larvas de M. rosenbergii, ao final do estudo, apresentaram maior índice de estágio larval e índice de condição larval sob os espectros de luz branco, seguida pela azul e verde. A redução do conteúdo límpido do intestino (condição do hepatopâncreas), a condição do intestino e coloração do corpo foram os principais parâmetros que condicionaram na redução do ICL.  No estudo sobre a ingestão de náuplio de Artemia, o menor consumo total de náuplios foi observado sob o regime preto (ausência de luz) (2.065 náuplios), e o maior consumo total foi sob a luz branca (3.998 náuplios). Segundo os resultados, nos estágios II, III, X e XI a cor do ambiente não influenciou a ingestão de náuplios de Artemia (p>0,05), no entanto, entre os estágios larvais IV ao IX houve variação significativa na quantidade de náuplios consumidos, nos quais as larvas consumiram mais náuplios estando sob o efeito das luzes branca, azul e verde, em comparação a luz vermelha e sob a ausência de luz. Em relação a preferência de cor por larvas de M. rosenbergii, foi verificado que no estágio VII os animais preferiram permanecer sob luz branca, independentemente de permanecerem em grupo ou sozinhos. Com a evolução do desenvolvimento (estágio XI), os animais passaram a preferir a luz azul (p<0,05). Em resumo, os resultados sugerem uma interação entre o espectro de luz e o estágio de vida, demonstrando que diferentes ambientes de luz podem afetar o comportamento das larvas de M. rosenbergii. Com base em nossos resultados em condições de laboratório, sugere-se que a luz branca é a mais favorável para a larvicultura de M. rosenbergii e que o efeito da cor da luz é específico da espécie para todos os parâmetros analisados.


  • Mostrar Abstract
  • In indoor cultivation systems, it is essential to provide elements that favor the development of aquaculture species. Given this, the light spectrum, can improve growth and increase survival in different species. Three experiments were carried out with the objective of investigating the effects of red, blue, green, white light and absence of light on larval development, ingestion of Artemia nauplii and light color preference in Macrobrachium rosenbergii larvae. The results of the present study demonstrate a significant influence (p<0.05) on larval development, productivity, survival and final biomass of M. rosenbergii larvae. In general, the inferior results were from the animals exposed to the dark regime and under the red light. M. rosenbergii larvae, at the end of the study, showed the highest larval stage index and larval condition index under the white light spectrum, followed by blue and green light. The reduction of the limpid content of the intestine (hepatopancreas condition), the condition of the intestine and the color of the body were the main parameters that conditioned the reduction of the ICL. In the study on Artemia nauplii ingestion, the lowest total consumption of nauplii was observed under the black regime (no light) (2,065 nauplii), and the highest total consumption was under white light (3,998 nauplii). According to the results, in stages II, III, X and XI the color of the environment did not influence the ingestion of Artemia nauplii (p>0.05), however, between larval stages IV to IX there was a significant variation in the number of nauplii consumed, in which the larvae consumed more nauplii being under the effect of white, blue and green lights, compared to red light and under the absence of light. Regarding color preference for M. rosenbergii larvae, it was verified that in stage VII the animals preferred to remain under white light, regardless of whether they remained in a group or alone. As development progressed (stage XI), the animals began to prefer blue light (p<0.05). In summary, the results suggest an interaction between light spectrum and life stage, demonstrating that different light environments can affect the behavior of M. rosenbergii larvae. Based on our results under laboratory conditions, it is suggested that white light is the most favorable for larviculture of M. rosenbergii and that the effect of light color is species-specific for all analyzed parameters.

7
  • SILEL VINICIUS SIMÕES ANDRADE MACIEL
  • REGIÕES GENÔMICAS ASSOCIADAS À VARIAÇÃO DA COLORAÇÃO DA PELAGEM EM BOVINOS DA RAÇA GIR

  • Orientador : GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LENIRA EL FARO ZADRA
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • RAPHAEL BERMAL COSTA
  • Data: 21/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • No Brasil, as raças zebuínas representam mais de 80% do efetivo bovino, sendo a Gir uma das raças de grande importância, principalmente para a produção leiteira. A raça possui doze diferentes fenótipos de coloração de pelagem (vermelha, amarela, vermelha gargantilha, amarela gargantilha, vermelha chitada, amarela chitada, chitada de vermelho, chitada de amarelo, chita clara, moura clara, moura escura e moura de vermelho). A coloração da pelagem influencia na termorregulação, adesão de ectoparasitas, podendo estar associada a aspectos produtivos e reprodutivos. A pelagem faz parte da caracterização racial e há ainda predileção de criadores por determinadas colorações. Devido à falta de conhecimento sobre os mecanismos de herança que expliquem as variações de pelagem na raça, objetivou-se realizar um GWAS para identificar genes candidatos para o fenótipo de pelagem e realizar o mapeamento fino do gene MC1R, gene esse já relatado afetando a pelagem em outras raças bovinas. Um total de 574 animais da raça Gir, genotipados com chip comercial da Zoetis de baixa densidade (29.842 SNPs) foram utilizados em nove cenários de associação genômica ampla (GWAS) fazendo uso da metodologia single-step. Além disso, foi coletado material biológico de 46 bovinos da raça Gir de todas as pelagens registráveis e de 1 animal com o fenótipo barroso não registrável, para a realização de PCR e análise das sequências do gene MC1R para realização do mapeamento fino do gene. Nos diferentes cenários da análise de GWAS foram encontradas regiões presentes no BTA3, BTA6, BTA8, BTA9, BTA10, BTA16, BTA18, BTA21 e BTA26. Após análise das regiões obtidas no GWAS foram listados genes candidatos nos diferentes cenários, mostrando ser uma característica de ordem poligênica. Sugere-se também um possível efeito epistático na determinação da pelagem da raça Gir, como já é observado em outras raças bovinas. Além disso, observou-se alguns polimorfismos e trocas de aminoácidos no gene MC1R, nas posições c. 311 G>del, c.416 C>T (p.Ala139Val), c.460 A>C (p.Ser154Arg), c.583 T>C (p.Phe195Leu), c. 663 T>C (p.Ile221Ile) e c. 871 A>G (p.Ala291Thr) e froam formados 7 haplótipos. Há sugestão de alguns haplótipos do MC1R causarem despigmentação em bovinos da raça Gir. No presente estudo, avaliaram-se os efeitos genéticos sobre a coloração da pelagem e também foram propostos novos genes candidatos influenciando a característica na raça Gir.
    Possibilitando-se assim, direcionar estudos futuros que busquem decifrar a arquitetura genética da característica e o desenvolvimento de marcadores genéticos para seleção.


  • Mostrar Abstract
  • In Brazil, the Zebu breeds represent more than 80% of the cattle herd, with the Gir being one of the breeds of great importance, mainly for dairy production. The breed has twelve different coat color phenotypes (red, yellow, choker red, choker yellow, calico red, calico yellow, red calico, yellow calico, calico clear, clear moorish, dark moorish and red moorish).
    The coat color of the influences thermoregulation, adhesion of ectoparasites, and may be associated with productive and reproductive aspects. The coat is part of the breed qualification and there is still a predilection of breeders for certain colors. Due to the lack of knowledge about the inheritance mechanisms that explain coat variations in Gyr cattle, the objective was to perform a GWAS to identify candidate genes for the coat phenotype and perform fine mapping of the MC1R gene, a gene that has already been reported to affect the coat in other cattle breeds.
    A total of 574 Gir animals were genotyped with a commercial Zoetis low-density chip of 29,842 SNPs were used in nine genomic wide association (GWAS) scenarios using the single-step methodology. In addition, biological material was collected from 46 Gir cattle of all registerable coats and from 1 animal with the depigmented phenotype for PCR and analysis of the MC1R gene sequences for fine gene mapping. In the different scenarios of the GWAS analysis, regions were found present in BTA3, BTA6, BTA8, BTA9, BTA10, BTA16, BTA18, BTA21 and BTA26. After analysis of the regions obtained in the GWAS, candidate genes were listed in the different scenarios, proving to be a characteristic of polygenic order. A possible epistatic effect is also suggested in determining the coat of the Gir breed, as already observed in other bovine breeds. Furthermore, some polymorphisms and amino acid exchanges were observed in the MC1R gene, at positions c. 311 G>del, c.416 C>T (p.Ala139Val), c.460 A>C (p.Ser154Arg), c.583 T>C (p.Phe195Leu), c. 663 T>C (p.Ile221Ile) and c. 871 A>G (p.Ala291Thr), thus forming 7 haplotypes. There is a suggestion that some MC1R haplotypes cause depigmentation in Gyr cattle. In the present study, the genetic effects on coat color were evaluated and new candidate genes influencing the trait in the Gir breed were also proposed. Thus, making it possible to direct future studies that seek to decipher the genetic architecture of the trait and the development of genetic markers for selection.

8
  • Mayra Silva Dias
  • REVELANDO A ARQUITETURA GENÔMICA DO INTERVALO DE PARTOS EM BOVINOS DA RAÇA NELORE

  • Orientador : LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • PAULO LUIZ SOUZA CARNEIRO
  • VICTOR BRENO PEDROSA
  • Data: 31/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • Os estudos usando fenótipos e pedigree mostram pouca variabilidade genética aditiva para o IDP. Entretanto, ainda não se tem estudos que agreguem os genótipos nessa avaliação em bovinos da raça Nelore. A adição de genótipos, permitirá avaliar a arquitetura genômica dessa complexa e importante característica. Assim, objetivou-se estimar a herdabilidade baseada em dados genômicos, realizar um estudo GWAS e funcional para IDP na raça Nelore. Os dados analisados foram cedidos das fazendas Katayama, sendo 12.599 registros de pedigree, 7.778 de fenótipos de IDP e 3.836 animais genotipados com chip Illumina 50k. Marcadores moleculares contidos nos cromossomos autossomos e no cromossomo X, foram utilizados nas análises. Para realizar o controle de qualidade dos dados genotípicos e análises de associação foram utilizados os pacotes da família BLUPF90, adotando o método da Melhor predição linear genômica não viesada de passo único. O nível de significância genômico foi de 2,55 x 10-05, mas também foram avaliados SNPs significativos ao nível cromossômico. A média do IDP foi de aproximadamente 450,3 dias, com desvio-padrão de 134,1 dias e a amplitude total de 270 a 730 dias. As variâncias ambiental e genética foram de 8.986,6 e 369,20, respectivamente, com uma herdabilidade de aproximadamente 0,04 ± 0,04. A análise GWAS gerou p-valores que resultaram em um fator de inflação genômica (lambda) de 1,08. O único SNP (rs136725686) significativo em nível genômico (P = 1,532587e-06) foi localizado no cromossomo 13. Outros 19 SNPs foram significativos, em nível cromossômico, os quais estão distribuídos nos cromossomos 1, 2, 3, 6, 10, 13, 14, 17, 18, 22 e 26. Na região desses SNPs foram encontrados 32 genes, dentre os quais destacamos
    LYZL4, TEC, RAD21, SLC38A7, GOT2, CLPX, CCK, LMO4, NFATC2, SLC51B, TXK,
    BCAR3, UTP23, MTFMT, FOXP1 e TRAK1 como relevantes, pois foram previamente relacionados com fatores que podem afetar a reprodução.


  • Mostrar Abstract
  • Studies using phenotypes and pedigree show little additive genetic variability for CI.
    However, there are still no studies that aggregate the genotypes in this evaluation in Nellore cattle. The addition of genotypes will allow evaluating the genomic architecture of this complex and important trait. Thus, the objective was to estimate the heritability based on genomic data, to carry out a GWAS and functional study for CI in the Nelore breed. The data analyzed were provided by Katayama farms, with 12,599 pedigree records, 7,778 CI phenotypes and 3,836 animals genotyped with an Illumina 50k chip.
    Molecular markers contained in the autosomal chromosomes and in the X chromosome were used in the analyses. To carry out the quality control of the genotypic data and association analyzes, the packages of the BLUPF90 family were used, adopting the Single-step genomic best linear unbiased predictor method. The genomic significance level was 2.55 x 10-05, but significant SNPs at the chromosomal level were also evaluated.
    The mean CI was approximately 450.3 days, with a standard deviation of 134.1 days and a total range of 270 to 730 days. The environmental and genetic variances were 8986.6 and 369.20, respectively, with a heritability of approximately 0.04 ± 0.04. GWAS analysis generated p-values that resulted in a genomic inflation factor (lambda) of 1.08.
    The only SNP (rs136725686) significant at the genomic level (P = 1.532587e-06) was located on chromosome 13. Another 19 SNPs were significant at the chromosomal level, which are distributed on chromosomes 1, 2, 3, 6, 10, 13, 14, 17, 18, 22 and 26. In the region of these SNPs, 32 genes were found, among which we highlight LYZL4, TEC,
    RAD21, SLC38A7, GOT2, CLPX, CCK, LMO4, NFATC2, SLC51B, TXK, BCAR3,
    UTP23, MTFMT, FOXP1 and TRAK1 as relevant, as they were previously linked to factors that can affect reproduction.

9
  • FLÁVIA BEATRIZ CARVALHO CORDEIRO
  • SUPLEMENTAÇÃO DA BETA-MANANASE EM DIETAS COM RESTRIÇÃO ENERGÉTICA

  • Orientador : JULIANA CANTOS FAVERI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • PRISCILA FURTADO CAMPOS
  • Data: 29/09/2023

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos do uso da enzima beta- mananase sobre a nutrição de suínos em fase de crescimento e sua influência sobre características de desempenho zootécnico, qualidade de carcaça in vivo, digestibilidade aparente dos nutrientes da ração, parâmetros sanguíneos, taxa de passagem e escore fecal. Foram utilizados um total de 40 suínos machos mestiços inteiros, com peso médio inicial de 26,09 ± 0,957 distribuídos aleatoriamente em um delineamento de blocos casualizados, com 4 tratamentos e 10 repetições, sendo uma dieta controle (DC0) e 3 dietas experimentais, onde houve adição da beta- mananase (300g/t) quando as dietas foram formuladas com redução energética em 30 kcal (DC30), 45 kcal (DC45) e 60 kcal (DC60). As análises estatísticas foram realizadas através do programa SAS University Edition, onde os dados foram verificados por meio da ANCOVA ou ANOVA, considerando um nível de 10,0% de probabilidade. Entre os tratamentos dietéticos com suplementação enzimática houve diferença significativa (P<0,05) para as variáveis CDAMS (%), CDAPB (%), CDAMO (%), CDAEB (%), MSD (%) e PD (%). Foram observados melhores índices de EA e CA no tratamento DC45, quando comparado aos demais. A utilização da enzima não afetou as características de carcaça in vivo, taxa de passagem ou escore fecal dos animais. Em conclusão, a utilização da enzima beta- mananase em associação com a enzima xilanase, promoveu melhor aproveitamento dos nutrientes, implicando num melhor desempenho zootécnico, podendo ser utilizada como uma forma de reduzir o aporte energético na formulação das rações, logo, possibilitando uma redução nos custos com a alimentação de suínos.


  • Mostrar Abstract
  • The present study aims to evaluate the effects on the zootechnical performance traits, in vivo carcass quality, apparent digestibility of nutrients of the food, blood parameters, passage rate and fecal score when the beta-mannanase enzyme is used for the nutrition of growing pigs. We used a total of 40 crossbred male pigs with an initial average weight of 26.09 ± 0.957. They were randomly distributed following a randomized block design, composing 4 treatments with 10 repetitions each. The treatments consist in 1 control (DC0) and 3 experimental diets with the addition of beta-mannanase (300g/t) where there was energy reduction in 30 kcal (DC30), 45 kcal (DC45) or 60 kcal (DC60). The statistical analyzes were performed using the SAS University Edition software and we used ANCOVA or ANOVA, considering a 10.0% probability level, to verify the data. Among dietary treatments with the enzyme supplementation, there was a significant difference (P<0.05) for the variables CDAMS (%), CDAPB (%), CDAMO (%), CDAEB (%), MSD (%) and PD (%). Better EA and CA rates were observed in the DC45 treatment when compared to the others. The use of the enzyme did not affect the in vivo carcass characteristics, passage rate or fecal score of the animals. In conclusion, the use of the beta-mannanase enzyme in association with the xylanase enzyme promoted a better use of the nutrients, which implies a better zootechnical performance, meaning it can be used as a way to reduce the energy input in the formulation of food, hence, allowing a reduction in the production costs.

10
  • LUNA ANALIA TEIXEIRA AMORIM DOS SANTOS
  • EFEITO DA PROTEÍNA HIDROLISADA DE FRANGO SOBRE A DIGESTIBILIDADE, FERMENTAÇÃO INTESTINAL E MARCADORES DA FUNÇÃO RENAL E CARDÍACA DE CÃES.

  • Orientador : BRUNA AGY LOUREIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNA AGY LOUREIRO
  • RICARDO SOUZA VASCONCELLOS
  • ÉRICO DE MELLO RIBEIRO
  • Data: 03/11/2023

  • Mostrar Resumo
  • A proteína hidrolisada de frango (PHF) tem sido utilizada como ingrediente funcional em pet food, visto que possui proteínas com menor peso molecular, alta digestibilidade e peptídeos com propriedade anti-hipertensiva, capazes de inibir a atividade da enzima conversora de angiotensina (ECA). Esta pesquisa envolveu 2 estudos. O primeiro estudo teve como objetivo avaliar a inclusão de 10% de PHF na dieta de cães em substituição à farinha de vísceras de aves convencional (FVC), na digestibilidade dos nutrientes e efeito do consumo à longo prazo na atividade sérica da ECA, concentração de aldosterona e no funcionamento dos sistemas cardiovascular e renal. Foram utilizadas duas dietas (PHF e FVC), 8 cães por dieta e avaliação durante 120 dias. As digestibilidades da matéria seca, matéria orgânica, extrato etéreo, proteína bruta, extrativo não nitrogenado, fibra bruta e energia metabolizável foram determinadas pelo método de coleta total de fezes sem coleta de urina. Nos dias 0, 60 e 120 de consumo foram realizadas coletas de sangue e urina para avaliação da ECA, aldosterona e função renal; e realizados ecocardiograma e eletrocardiograma. O segundo estudo constituiu um teste de eficácia da PHF em inibir a ECA, aplicando protocolo em 5 cães saudáveis com sistema renina- angiotensina-aldosterona (SRAA) farmacologicamente ativado por furosemida, com duração de 32 dias. Dados foram avaliados por ANOVA utilizando SigmaPlot v.12.0 a 5% de probabilidade. Como resultados do primeiro estudo, a digestibilidade dos nutrientes e energia metabolizável foram semelhantes entre os tratamentos FVC e PHF (p>0,05). Não houve efeito das dietas sobre os parâmetros cardíacos avaliados (p>0.05). Verificou-se efeito de tempo, mas não de dieta, para ECA, aldosterona, creatinina e potássio séricos e excreção fracionada de sódio e potássio, contudo os valores permaneceram dentro do intervalo de referência. A relação aldosterona:creatinina urinária (UAldo/cr) não foi alterada ao longo do tempo. Como resultado do segundo estudo, a PHF na inclusão de 10% não foi capaz de manter a inibição da ECA em cães com SRAA ativado. A inclusão de 10% de PHF em dietas extrusadas para cães e seu consumo durante 120 dias não promoveu efeitos adversos nos sistemas renal e cardiovascular ou na digestibilidade dos nutrientes, além de não promover alterações no SRAA e na saúde geral dos cães.


  • Mostrar Abstract
  • Hydrolyzed poultry by-product meal (HPM) has been used as a functional ingredient in pet food, as it has proteins with lower molecular weight, high digestibility and peptides that have antihypertensive properties, which are capable of inhibiting the activity of angiotensin- converting enzyme (ACE). This research involved 2 studies. The first study aimed to evaluate the inclusion of 10% HPM in the diet of dogs, replacing conventional poultry by-product meal (CPM), on the digestibility of nutrients and on the long-term consumption on serum ACE activity, aldosterone concentration and functioning of the cardiovascular and renal systems.
    Two diets were used (CPM and HPM), 8 dogs per diet and evaluated for 120 days. The digestibility of dry matter, organic matter, ether extract, crude protein, nitrogen-free extract, crude fiber and metabolizable energy were determined by the total feces collection method without urine collection. At days 0, 60 and 120 of consumption, blood and urine were collected to evaluate ACE, aldosterone and renal function; and an echocardiogram and electrocardiogram were performed. The second study evaluated the efficacy of HPM in inhibiting ACE, applying a protocol to 5 healthy dogs with renin-angiotensin-aldosterone system (RAAS) pharmacologically activated by furosemide, lasting 32 days. Data were evaluated by ANOVA using SigmaPlot v.12.0 at 5% probability. As results of the first study, nutrient digestibility and metabolizable energy were similar between CPM and HPM treatments (p>0.05). There was no effect of the diets on the cardiac parameters evaluated (p>0.05). There was a time effect, but no diet effect, for serum ACE, aldosterone, creatinine and potassium; and fractional excretion of sodium and potassium, however values remained within the reference range. The urinary aldosterone:creatinine did not change over time. As a result of the second study, PHF at 10% inclusion was not able to keep inhibition oft ACE in dogs with activated RAAS. The inclusion of 10% PHF in extruded diets for dogs and its consumption for 120 days does not promote adverse effects on the renal or cardiovascular systems and nutrient digestibility, in addition to not promoting changes in the RAAS and the health of dogs.

11
  • IGOR MORENO SOUZA LOPES
  • PARAMETROS DIGESTIVOS E FISIOLÓGICOS DE NOVILHOS DE CORTE SUPLEMENTADOS COM PIMENTA ENCAPSULADA EM REGIME DE PASTEJO

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA REOLON PEREIRA
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • Data: 01/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação com pimenta encapsulada (CAP) sobre o consumo de novilhos manejados a pasto e a digestibilidade dos nutrientes, fermentação ruminal, balanço de nitrogênio, síntese proteica microbiana, parâmetros de saúde e Cinética ruminal. Foram utilizados oito bovinos mestiços Holandês Zebu, pesando 313 ± 31 kg (Peso ± DP)(4 animais com cânulas de silicone no rúmen de 4"), com suplementação de 0,5% do peso vivo (PV) em quatro períodos de 21 dias em Pastagem de capim Pangola (Digitaria decumbens) com os seguintes tratamentos: CON: Controle (suplementação de 0,5% do PC sem adição de CAPCIN®, NutriQuest, Campinas, Brasil); CAP150: (suplementação de 0,5% do PC e 150 mg/animal/dia de CAPCIN®); CAP300: (0,5 de suplementação de PC e 300 mg/animal/dia de CAPCIN®); CAP450: (0,5% de suplementação de PC e 450 mg/animal/dia de CAPCIN®). Os novilhos alimentados com pimenta encapsulada aumentaram linearmente a digestibilidade da FDN (P = 0,007) em comparação ao tratamento controle.Não houve efeito da pimenta encapsulada nos valores de frequência cardíaca e temperatura retal. Houve efeito quadrático para digestibilidade da matéria seca (P = 0,042), matéria orgânica (P = 0,027) e FDN (P = 0,002) e tendência de efeito quadrático para digestibilidade da proteína bruta (P = 0,064). Novilhos alimentados com pimenta encapsulada aumento linear do pH ruminal com as doses utilizadas (P = 0,011). Houve tendência de aumento linear nas concentrações de propionato mM para animais alimentados com pimenta encapsulada (P = 0,086) e efeito quadrático para concentrações de butirato mM e mmol/100 mmol (P = 0,036). A pimenta encapsulada tendeu a diminuir a excreção de nitrogênio nas fezes em comparação ao tratamento controle (P = 0,081). Os novilhos alimentados com pimenta encapsulada apresentaram aumento na contagem de linfócitos (103/μL)(P = 0,007), eosinófilos (103/μL)(P = 0,002) e eosinófilos (%)(P = 0,047) e apresentaram tendência de aumento linear na contagem de glóbulos brancos (P = 0,062) em comparação com novilhos alimentados com tratamento controle. Houve efeito quadrático (P =0,047) para o volume ruminal. Novilhos alimentados com pimenta encapsulada apresentaram menor digestibilidade ruminal de FDN (P=0,023) e FDNdt (P=0,032) bem como uma tendência (P=0,053) a menor digestibilidade ruminal da MO. Houve um aumento da taxa de passagem (P=0,0114) para os animais que receberam os tratamentos com a inclusão da pimenta encapsulada em relação aos animais na dieta controle, apresentando um aumento linear (P=0,0206). Houve também aumento da taxa de turnover (P=0,0499) com uma tendência de aumento linear (P=0,0893) para os animais tiveram inclusão de niveis de pimenta encapsulada na dieta . O uso de pimenta encapsulada em suplementos de novilhos mestiços Holandês/Zebu manejados em pastagem de Digitaria decumbens até 450 mg/animal/dia melhora a digestibilidade dos nutrientes e é capaz de modular a fermentação ruminal. Além disso, os resultados reforçam a evidência de que o

     

    fornecimento de pimenta encapsulada pode influenciar positivamente o estado de saúde do gado de corte manejado em condições tropicais.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effects of supplementation with encapsulated pepper (CAP) on the consumption of calves managed on pasture and nutrient digestibility, ruminal fermentation, nitrogen balance, microbial protein synthesis, health parameters and rumen kinetics. Eight crossbreed Holstein Zebu cattle were used, weighing 313 ± 31 kg (Weight ± SD)(4 animals with 4" silicone rumen cannulas), with supplementation of 0.5% of live weight (BW) in four periods of 21 days in Pangola grass (Digitariadecumbens) pasture with the following treatments: CON: Control (0.5% of BW supplementation without addition of CAPCIN®, NutriQuest, Campinas, Brazil); CAP150: (0.5% of BW supplementation PC and 150 mg/animal/day of CAPCIN®); CAP300: (0.5 PC supplementation and 300 mg/animal/day of CAPCIN®); CAP450: (0.5% PC supplementation and 450 mg/day animal/day of CAPCIN®). Calves fed with encapsulated pepper showed a linear increase in NDF digestibility (P = 0.007) compared to the control treatment. There was no effect of encapsulated pepper on heart rate and rectal temperature values. There was a quadratic effect for dry matter digestibility (P = 0.042), organic matter (P = 0.027) and NDF (P = 0.002) and a quadratic effect trend for crude protein digestibility (P = 0.064). Calves fed encapsulated pepper showed a linear increase in rumen pH with the doses used (P = 0.011). There was a tendency for a linear increase in concentrations of mM propionate for animals fed with encapsulated pepper (P = 0.086) and a quadratic effect for concentrations of mM and mmol/100 mmol butyrate (P = 0.036).Encapsulated pepper tended to decrease nitrogen excretion in feces compared to the control treatment (P = 0.081). Calves fed with encapsulated pepper showed an increase in lymphocyte counts (103/μL)(P = 0.007), eosinophils (103/μL)(P = 0.002) and eosinophils (%) (P = 0.047) and showed a linear increasing trend in white blood cell count (P = 0.062) compared to calves fed control treatment. There was a quadratic effect (P =0.047) for rumen volume. Calves fed encapsulated pepper showed lower ruminal digestibility of NDF (P=0.023) and dTNDF (P=0.032) as well as a tendency (P=0.053) towards lower ruminal digestibility of OM. There was an increase in the passage rate (P=0.0114) for animals that received treatments with the inclusion of encapsulated pepper in relation to animals on the control diet, showing a linear increase (P=0.0206). There was also an increase in the turnover rate (P=0.0499) with a linear increasing trend (P=0.0893) for the animals that included levels of encapsulated pepper in the diet. The use of encapsulated pepper in supplements for Holstein/Zebu crossbred calves managed on Digitariadecumbens pasture up to 450 mg/animal/day improves nutrient digestibility and is capable of modulating ruminal fermentation. Furthermore, the results reinforce the evidence that the provision of encapsulated pepper can positively influence the health status of beef cattle managed in tropical conditions.

Teses
1
  • Henrique Alberto Mulim
  • CARACTERIZAÇÃO DE CORRIDAS DE HOMOZIGOSE, HETEROZIGOSE E ANÁLISE DA DIVERSIDADE GENÔMICA EM POPULAÇÕES DE BOVINOS

  • Orientador : VICTOR BRENO PEDROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HINAYAH ROJAS DE OLIVEIRA
  • LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • LUIZ FERNANDO BRITO
  • RAPHAEL BERMAL COSTA
  • VICTOR BRENO PEDROSA
  • Data: 06/02/2023

  • Mostrar Resumo
  • O genoma animal é caracterizado por extensas regiões homozigóticas, em que haplótipos idênticos foram herdados ao longo das gerações. A extensão de cada corrida de homozigose é determinada, em parte, pelo número de gerações analisadas e pela conexão genética existente entre os animais avaliados. Por outro lado, extensas regiões heterozigóticas também podem ser observadas, as quais podem estar relacionadas ao cruzamento entre raças ou associadas ao desequilíbrio de ligação. Com isso, entende-se que um dos principais aspectos estudado no âmbito da genética populacional é a verificação da possível diversidade existente entre espécies, raças e rebanhos. A diversidade torna-se assim, um importante ponto de observação, visto que seu declínio pode resultar em menores respostas a seleção. Com isso, nosso objetivo foi investigar a estrutura populacional de diferentes raças bovinas, verificando a existência de regiões em homozigoses e heterozigose no DNA bovino e alterações nas frequências dos genótipos devido a pressões seletivas, bem como compará-las com a finalidade de observar as divergências e/ou semelhanças genéticas existentes. Para tal, bovinos de diferentes raças e aptidões foram genotipados com painéis de diferentes densidades, juntamente com informações de sequências do genoma completo, e as informações adquiridas utilizadas para verificar as regiões do DNA autossomais dos bovinos. Essas regiões também foram utilizadas para verificação da existência de assinaturas de seleção, endogamia, desequilíbrio de ligação, tamanho efetivo populacional, além da identificação dos genes candidatos presentes nas regiões com alta homozigose e heterozigose. A caracterização uma nova raça bovina desenvolvida no sul do Brasil para sistemas de produção a pasto (Purunã), o qual apresentou proximidade genômica com raças utilizadas na formação, porém com particularidades que não permitem uma avaliação multirracial. Os resultados desse projeto permitiram caracterizar geneticamente algumas das principais raças de bovinos, possibilitando aprofundar o conhecimento genômico nas raças estudadas, bem como resultados que poderão servir de guia em estudos futuros na área de diversidade genética animal.


  • Mostrar Abstract
  • The animal genome is characterized by long homozygous regions, in which identical haplotypes had been inherited over generations. The extension of each run of homozygosity is determined, in part, by the generations' number analyzed and the genetic relationship among animals evaluated. Still, long heterozygous regions can be observed, and it can be related to crossbreeding or associated with linkage disequilibrium.
    Therefore, it is understandable that one of the main aspects of genetic population studies is the verification of possible diversity among species, breeds, and cattle. Diversity becomes an important point of observation since the decrease in diversity can result in lesser selection results. With this, our main goal was to investigate the population structure of different bovine breeds, checking the existence of homozygous and heterozygous regions at bovine DNA and possible changes in genotype frequencies due to selection pressure, as well as comparing them to observe the genetic differences and/or resemblances. Thus, bovines of different breeds and purposes were be genotyped with different densities SNP panels, together with whole genome sequence, and the information acquired used to check the bovine autosomal DNA regions. These regions also were checked for selection signature, inbreeding, linkage disequilibrium, effective population size, besides genes identification that appears in regions with high homozygosity and heterozygosity. The characterization of a new bovine breed, developed in Southern Brazil for production in pasture-based systems (Purunã), which showed genomic similarity with the breeds used in the formation of the breed, but with particularities that do not allow a multi-breed evaluation. Besides, the characterization of the impact of different parameters on the evaluation of the heterozygous-enriched region, proves that different parameters regulated the detection of heterozygous-enriched regions.
    The results of this project make it possible to genetically characterize some of the main breeds of cattle, making it possible to deepen the genomic knowledge of the studied breeds, as well as results that may serve as a guide for future studies in the area of animal genetic diversity.

2
  • Gilmara da Silva Miranda
  • VARIAÇÕES MICROCLIMÁTICAS SOBRE A PRODUÇÃO DE CAPRINOS EM SISTEMAS SILVIPASTORIS

  • Orientador : ADRIANA REGINA BAGALDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA REGINA BAGALDO
  • AMERICO FROES GARCEZ NETO
  • KENNYSON ALVES DE SOUZA
  • BRAÚLIO MAIA DE LANA SOUSA
  • LUCIANA GERDES
  • Data: 02/03/2023

  • Mostrar Resumo
  • O Sistema silvipastoril (SSP) compõe uma das modalidades dos sistemas agroflorestais, em que se integram na mesma área os componentes arbóreo, forrageiro e animal afim de explorar suas interações por meio da eficiência no uso dos recursos disponíveis. Esse tipo de sistema pode ser implementado utilizando diferentes combinações de espécies arbóreas, arranjos e densidades de plantio, o que reflete na variação da transmissão da radiação solar pelas árvores no sistema. Dentre os benefícios da adoção dos SSPs é possível destacar os serviços ambientais, econômicos e sociais. Objetivou-se com esse estudo avaliar a produtividade, as composições químicas da pastagem Brachiaria decumbens, assim como o desempenho, comportamento ingestivo, e parâmetros fisiológicos de caprinos submetidos a três diferentes arranjos de árvores em sistemas silvipastoris, em relação a uma área de pastagem sem sombreamento. O experimento foi desenvolvido, na estação agroecológica da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, no município de Cruz das Almas, Bahia, Brasil. Utilizou-se 32 caprinos mestiços da raça Anglo Nubiana com idade média de 7 meses, distribuídos aleatoriamente em 4 tratamentos, 6 períodos de 15 dias, suplementados com ração comercial para caprinos em fase de crescimento. Os animais foram distribuídos em 4 diferentes tipos de sistemas utilizando uma área total de 0,5 ha. A espécie forrageira utilizada foi a Brachiaria decumbens e o componente arbóreo principal a Gliricidia sepium com os seguintes arranjos: Plantio em linha simples, com árvores disposta em fileira simples obedecendo espaçamento de 3m entre árvores e 12m entre as linhas. Plantio em linha dupla: arranjo com fileiras duplas de árvores, seguindo o espaçamento de 3x3m entre as árvores e 9m entre as linhas; e o plantio em bosque com árvores em aglomerados ao longo da pastagem empregando espaçamento de 3x2m entre árvores, em contraste com a pastagem de Brachiaria decumbens sem sombreamento com o intuito de determinar desempenho, coleta de parâmetros fisiológicos e climáticos.  No que concerne a determinação da produtividade da pastagem dos sistemas para a composição nutricional foram realizadas avaliações pré e pós pastejo a cada período experimental adotando. As condições microclimáticas indicaram que os sistemas silvipastoris foram mais eficazes na mitigação dos impactos ambientais como a carga térmica radiante, ITGU e ITU, e como resultado diminuíram a temperatura corporal superficial, frequência respiratória e aumentou o bem estar e ganho de peso dos caprinos.  Os animais mantidos em SSPs reduziram a frequência de busca por bebedouro, quando comparado ao sistema convencional. A composição química da folha e colmo da Brachiaria decumbens durante os tempos de pastejo e os teores de proteína bruta da lâmina foliar   foram maiores para os sistemas silvipastoris comparados ao Sistema convencional.  Para a altura da pastagem no pré pastejo, foi observada no sistema de bosque maior altura (54,20 cm), seguida dos sistemas de linha simples e dupla e a menor altura foi observada para o controle. É evidenciado pelo estudo que sistemas silvipastoris podem ser utilizados para proporcionar um ambiente mais favorável durante o pastejo. Desse modo, os sistemas silvipastoris podem ser considerados uma alternativa eficaz para a produção de carne caprina 


  • Mostrar Abstract
  • The silvopastoral system (SSP) comprises one of the modalities of agroforestry systems, in which the tree, forage and animal components are integrated in the same area in order to explore their interactions through efficient use of available resources. This type of system can be implemented using different combinations of tree species, arrangements and planting densities, which reflects on the variation in the transmission of solar radiation by the trees in the system. Among the benefits of adopting SSPs, it is possible to highlight the environmental, economic and social services. The objective of this study was to evaluate the productivity, the chemical compositions of the Brachiaria decumbens pasture, as well as the performance, ingestive behavior, and physiological parameters of goats submitted to three different tree arrangements in silvopastoral systems, in relation to a pasture area without shading. The experiment was carried out at the agroecological station of the Federal University of Recôncavo da Bahia, in the municipality of Cruz das Almas, Bahia, Brazil. Thirty-two Anglo Nubian crossbred goats, with an average age of 7 months, were randomly distributed into 4 treatments, 6 periods of 15 days, supplemented with commercial feed for growing goats. The animals were distributed in 4 different types of systems using a total area of 0.5 ha. The forage species used was Brachiaria decumbens and the main tree component was Gliricidia sepium with the following arrangements: Planting in a single line, with trees arranged in a single row obeying a spacing of 3m between trees and 12m between rows. Planting in double rows: arrangement with double rows of trees, following the spacing of 3x3m between trees and 9m between rows; and the planting of trees in clusters along the pasture using 3x2m spacing between trees, in contrast to the Brachiaria decumbens pasture without shading in order to determine performance, collection of physiological and climatic parameters.
    With regard to the determination of the pasture productivity of the systems for the nutritional composition, pre and post grazing evaluations were carried out at each experimental period adopted. Microclimatic conditions indicated that silvopastoral systems were more effective in mitigating environmental impacts such as radiant thermal load, ITGU and ITU, and as a result, decreased surface body temperature, respiratory rate and increased welfare and weight gain of goats. Animals kept in SSPs reduced the frequency of searching for a drinking fountain, when compared to the conventional system. The chemical composition of the leaf and stem of Brachiaria decumbens during grazing times and the crude protein content of the leaf blade were higher for the silvopastoral systems compared to the conventional system. For pasture height in pre- grazing, the highest height (54.20 cm) was observed in the forest system, followed by the single and double row systems, and the lowest height was observed for the control. It is evidenced by the study that silvopastoral systems can be used to provide a more favorable environment during grazing. Thus, silvopastoral systems can be considered an effective alternative for goat meat production.

3
  • Renata Santos Fróes
  • LEVEDURA (Saccharomyces cerevisiae) E ENZIMA FIBROLÍTICA NA DIETA DE CORDEIROS TERMINADOS EM
    CONFINAMENTO

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSÉ ALBERTO ACRE CORDEIRO
  • AMERICO FROES GARCEZ NETO
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • LEILSON ROCHA BEZERRA
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • Data: 14/04/2023

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito da inclusão da levedura Saccharomyces cerevisiae associada à enzima fibrolítica exógena na dieta de cordeiros em confinamento com base no consumo, desempenho, características de carcaça e metabólitos sanguíneos. Foram utilizados 40 cordeiros machos, com peso inicial médio de 25,275± 2,74kg, não castrados, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e oito repetições. Os tratamentos consistiram na inclusão dos aditivos isolados ou em associação na dieta, divididos em: controle (sem aditivos); levedura 100% (apenas a inclusão de levedura); levedura 70% (inclusão de 70% de levedura e 30% de enzima fibrolítica); enzima 100% (apenas inclusão de enzima) e enzima 70% (inclusão de 70% de enzima fibrolítica e 30% de levedura). A inclusão de levedura e enzima fibrolítica na dieta de cordeiros não promoveu mudanças (P>0,05) no consumo de nutrientes, no desempenho animal, nas características de carcaça, nem na condição clínica do animal. Houve efeito da inclusão dos aditivos sobre as concentrações de albumina (P= 0,02) e colesterol (P= 0,00), no entanto, não afetou os demais metabólitos sanguíneos avaliados. Os aditivos avaliados neste estudo não afetaram o desempenho dos cordeiros em confinamento nas doses testadas.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate the effect of including the yeast Saccharomyces cerevisiae associated with exogenous fibrolytic enzyme in the diet of feedlot lambs based on intake, performance, carcass traits and blood metabolites. Forty male lambs were used, with an average initial weight of 25.275± 2.74kg, not castrated, distributed in a completely randomized design, with five treatments and eight replications. Treatments consisted of the inclusion of additives alone or in combination in the diet, divided into: control (no additives); 100% yeast (yeast inclusion only); yeast 70% (inclusion of 70% yeast and 30% fibrolytic enzyme); 100% enzyme (inclusion of enzyme only) and 70% enzyme (inclusion of 70% fibrolytic enzyme and 30% yeast). The inclusion of yeast and fibrolytic enzyme in the diet of lambs did not promote changes (P>0.05) in nutrient intake, animal performance, carcass traits, or clinical condition of the animal. There was an effect of the inclusion of additives on albumin (P= 0.02) and cholesterol (P= 0.00) concentrations, however, it did not affect the other blood metabolites evaluated. The additives evaluated in this study did not improve the performance of feedlot lambs at the tested doses.

4
  • FERNANDA MARIA DOS SANTOS
  • EXTRATO DE Acacia Mearsnsii COMO FONTE DE TANINO CONDENSADO NA ALIMENTAÇÃO DE TOURINHOS NELORE

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • EDERSON AMÉRICO DE ANDRADE
  • LEILSON ROCHA BEZERRA
  • RAFAEL SILVIO BONILHA PINHEIRO
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • Data: 29/05/2023

  • Mostrar Resumo
  • O extrato de Acacia mearnsii tem sido usado como fonte de tanino condensado (TC) e apresenta potencial por melhorar a utilização de nitrogênio na produção de ruminantes.
    O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito da inclusão de níveis crescentes de Acacia mearnsii como fonte de TC no consumo da ração, digestibilidade dos nutrientes, balanço de nitrogênio e fermentação ruminal em tourinhos Nelore terminados em confinamento. Quatro bovinos mestiços, castrados, providos de cânula ruminal, com peso corporal médio de 446 (± 34) kg foram distribuídos em delineamento quadrado latino duplo 4 × 4, repetidos no tempo. Cada quadrado latino teve duração de 68 dias, divididos em quatro períodos, 17 dias cada, sendo 10 dias para adaptação dos animais e 7 dias para coleta de dados e amostras. Os tratamentos utilizados consistiram de uma dieta sem inclusão de extrato de Acacia mearnsii (0 g/kg) e três dietas com 10, 30 e 50 g/kg com base na matéria seca (MS). O uso de extrato de Acacia mearnsii contendo TC na dieta reduziu (P < 0,05) o consumo de MS, PB, EE, FDNcp e CNF. Houve aumento 

    (P < 0,05) na digestibilidade da MS, FDNcp, CNF e NDT, porém, não afetou (P = 0,1563) a digestibilidade da proteína bruta e eficiência de síntese de proteína microbiana. A inclusão do extrato de Acácia proporcionou redução no nitrogênio ingerido (P < 0,0001), excreção do N via urina (P = 0,0120). Já a excreção de N via fezes aumentou quadraticamente (P = 0,0298) com ingestão máxima do extrato no nível de inclusão de 10,09 g/kg MS, porém, não afetou o balanço de nitrogênio (P = 0,8995).
    A concentração de nitrogênio amoniacal (N-NH3) e os ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) não foram afetados com a inclusão do extrato. Entretanto, as concentrações de N-NH3 sofreram mudanças em função do tempo, com valor máximo de 10,74 mg/dL no tempo de 3,10 horas. O pH ruminal reduziu com a inclusão do extrato (P < 0,0001) e em relação ao tempo de coleta (P = 0,0009). Não houve interação entre os efeitos da inclusão do extrato e momento de coleta. Albumina (P = 0,7900), triglicerídeos (P = 0,8852) e ureia (P = 0,2486) no sangue não diferiram entre os tratamentos. No entanto, as proteínas totais apresentaram efeito linear decrescente (P = 0,0228). Portanto, o extrato de Acacia mearnsii, em doses até 50 g/kg MS ou 35 g/kg TC, tem potencial para ser usado como fonte de tanino na dieta de tourinhos terminados em confinamento para melhorar o aproveitamento do alimento e seus nutrientes. Além de ser vantajoso do ponto de vista ambiental.


  • Mostrar Abstract
  • Acacia mearnsii extract has been used as a source of condensed tannin (TC) and has the potential to improve nitrogen utilization in ruminant production. The aim of this study was to evaluate the effect of increasing levels of Acacia mearnsii as a source of TC on feed intake, nutrient digestibility, nitrogen balance and rumen fermentation in Nellore bulls finished in feedlot. Four crossbred, castrated cattle equipped with a rumen cannula, with an average body weight of 446 (± 34) kg were distributed in a 4 × 4 double Latin square design, repeated over time. Each Latin square lasted 68 days, divided into four experimental periods, 17 days each, with 10 days for adaptation of the animals and 7 days for data and sample collection. The treatments used consisted of a diet without the inclusion of Acacia mearnsii extract (0 g/kg) and three diets with 10, 30 and 50 g/kg based on dry matter (DM). The use of Acacia mearnsii extract containing TC in the diet reduced (P < 0.05) intake of DM, CP, EE, cpNDF and CNF. There was an increase (P < 0.05) in DM, cpNDF, CNF and NDT digestibility, however, it did not affect (P = 0.1563) crude protein digestibility and microbial protein synthesis efficiency.The inclusion of Acacia extract provided a reduction in ingested nitrogen (P < 0.0001), excretion of N via urine (P = 0.0120). The excretion of N via feces increased quadratically (P = 0.0298) with maximum extract intake at the inclusion level of 10.09 g/kg DM, however, it did not affect the nitrogen balance (P = 0.8995). The concentration of ammoniacal nitrogen (N-NH3) and short-chain fatty acids (SCFA) were not affected by the inclusion of the extract. However, N-NH3 concentrations changed over time, with a maximum value of 10.74 mg/ dL at 3.10 hours. The ruminal pH reduced with the inclusion of the extract (P < 0.0001) and in relation to the collection time (P = 0.0009). There was no interaction between the effects of extract inclusion and time of collection. Therefore, Acacia mearnsii extract, in doses up to 50 g/kg DM or 35 g/kg TC, has the potential to be used as a source of tannin in the diet of young bulls finished in feedlot to improve the use of food and its nutrients. In addition to being advantageous from an environmental point of view by reducing nitrogen excretion.

5
  • MAILIN VASCONCELOS DOS SANTOS LIMA
  • ÓLEO DE PALMISTE NA SUPLEMENTAÇÃO DE OVINOS A PASTO

  • Orientador : ADRIANA REGINA BAGALDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA REGINA BAGALDO
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • DANIELE REBOLÇAS SANTANA LOURES
  • RAFAEL HENRIQUE DE TONISSI E BUSCHINELLI DE GOES
  • MÁRIO ADRIANO ÁVILA QUEIROZ
  • Data: 12/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • Avaliou-se a inclusão do óleo de palmiste no suplemento de ovinos a pasto e seus efeitos no consumo, comportamento ingestivo, digestibilidade, parâmetros fisiológicos e ruminais e desempenho zootécnico. Foram utilizados 32 ovinos mestiços, machos, não castrados com peso médio inicial de 23 kg, durante 74 dias. Os animais foram mantidos em piquetes de capim aruana e diariamente às 8:00h, recebiam os suplementos em cochos individuais. Os suplementos foram compostos por milho moído, farelo de soja, núcleo mineral para ovinos e níveis de 0%, 2%, 4% e 6% do óleo de palmiste e fornecido em 1,4% do peso corporal. Para avaliação do consumo, digestibilidade, comportamento ingestivo e parâmetros fisiológicos e desempenho utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado. Para avaliação dos ácidos graxos de cadeia curta, nitrogênio amoniacal, pH e quantificação de protozoários no rúmen, foram utilizados quatro ovinos machos com fístula ruminal, que foram distribuídos em quadrado latino 4 x 4, num período total de 60 dias. Os dados foram submetidos a análise de regressão polinomial, utilizando os contrastes ortogonais para testar os efeitos linear e quadrático da inclusão do óleo de palmiste no suplemento de ovinos em todas as variáveis avaliadas. Houve redução linear do consumo de matéria seca e dos nutrientes com a inclusão do óleo de palmiste no suplemento, exceto para o consumo de extrato etéreo que aumentou linearmente (p=0,0002). A inclusão do óleo de palmiste no suplemento reduziu o tempo de alimentação (p<0,0001) e aumentou o tempo de ócio (p<0,0001). O tempo de ruminação não foi afetado. As eficiências de alimentação da MS e da FDNcp não foram afetadas pela inclusão do óleo de palmiste, entretanto houve redução nas eficiências de ruminação da MS (p=0,0172) e da FDNcp (p=0,0273). A digestibilidade do extrato etéreo aumentou à medida que maiores quantidades de óleo foram adicionadas no suplemento (p<0,0001). A presença do óleo de palmiste no suplemento reduziu a temperatura retal dos animais (p=0,0477), mas não influenciou na frequência respiratória. Os valares de ph, amônia, acetato, butirato e propionato ruminais não foram afetados pela inclusão do óleo.
    Houve redução do peso corporal final (p=0,0273), ganho de peso total (p=0,0207) e ganho médio diário (p=0,0207) com a inclusão do óleo de palmiste no suplemento dos ovinos,
    28
    entretanto nem a eficiência ou conversão alimentar foram afetadas. A inclusão de até 6% de óleo de palmiste no suplemento de ovinos a pasto reduz o consumo, altera o comportamento alimentar, mas não afeta os parâmetros de fermentação ruminal apesar de diminuir a população dos protozoários ruminais. Além disso, a inclusão de óleo prejudicou o desempenho dos animais. Também reduziu a temperatura retal, o que pode ser um benefício para animais criados em regiões mais quentes, pois ajuda a manter o conforto térmico.


  • Mostrar Abstract
  • The inclusion of palm kernel oil in the supplement of grazing sheep and its effects on intake, ingestive behavior, digestibility, physiological and ruminal parameters and zootechnical performance were evaluated. Thirty-two crossbred, male, non-castrated sheep with an average initial weight of 23 kg were used for 74 days. The animals were kept in aruana grass paddocks and daily at 8:00 am, they received supplements in individual troughs. The supplements were composed of ground corn, soybean meal, mineral nucleus for sheep and levels of 0%, 2%, 4% and 6% of palm kernel oil and provided at 1.4% of body weight. For the evaluation of intake, digestibility, ingestive behavior and physiological parameters and performance, a completely randomized design was used. For the evaluation of short-chain fatty acids, ammoniacal nitrogen, pH and quantification of protozoa in the rumen, four male sheep with rumen fistula were used, which were distributed in a 4 x 4 Latin square, for a total period of 60 days. The data were submitted to polynomial regression analysis, using orthogonal contrasts to test the linear and quadratic effects of the inclusion of palm kernel oil in the sheep supplement on all evaluated variables. There was a linear reduction in the consumption of dry matter and nutrients with the inclusion of palm kernel oil in the supplement, except for the consumption of ether extract, which increased linearly (p=0.0002). The inclusion of palm kernel oil in the supplement reduced feeding time (p<0.0001) and increased resting time (p<0.0001). Rumination time was not affected. DM and cpNDF feeding efficiencies were not affected by the inclusion of palm kernel oil, however there was a reduction in DM (p=0.0172) and cpNDF (p=0.0273) rumination efficiencies. The digestibility of the ether extract increased as larger amounts of oil were added to the supplement (p<0.0001). The presence of palm kernel oil in the supplement reduced the rectal temperature of the animals (p=0.0477), but did not influence the respiratory rate. Ruminal pH, ammonia, acetate, butyrate and propionate values were not affected by the inclusion of oil. There was a reduction in final body weight (p=0.0273), total weight gain (p=0.0207) and average daily gain (p=0.0207) with the inclusion of palm kernel oil in the sheep supplement, however, efficiency or feed conversion was affected. The inclusion of up to
    30
    6% of palm kernel oil in sheep grazing supplement reduces consumption, alters feeding behavior, but does not affect ruminal fermentation parameters despite decreasing the population of ruminal protozoa. In addition, the inclusion of oil impaired the performance of the animals. It also reduced rectal temperature, which can be a benefit for animals raised in warmer regions, as it helps maintain thermal comfort.

6
  • MÁRCIA PEREIRA DA SILVA
  • FRAÇÃO ENDÓGENA DE DERIVADOS DE PURINA EXCRETADOS NA URINA DE PEQUENOS RUMINANTES

  • Orientador : STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCIANA LOUZADA PRATES
  • ISIS MIRANDA CARVALHO NICORY
  • JOSÉ AUGUSTO GOMES AZEVEDO
  • LAYS DEBORA SILVA MARIZ
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 27/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • Resumo: Os caprinos parecem ser mais eficientes na utilização de fibras e nitrogênio do
    que os ovinos, mas não há boas explicações ou razões na literatura. Os dados de
    digestibilidade destes nutrientes comparando as duas espécies são poucos. O principal
    objetivo deste estudo foi avaliar a digestibilidade dos nutrientes e a eficiência de
    utilização do nitrogênio. Portanto, a digestibilidade dos nutrientes, a excreção urinária
    de derivados de purina (PD) e nitrogênio (N), a estimativa da síntese microbiana de N e
    a eficiência de utilização de N foram determinadas em doze caprino Boer (17.3 kg±1.8
    PC) e doze ovinos Dorper (20.7 kg±2.8 PC), todos os machos, não castrados e com
    quatro meses de idade. Os animais foram alimentados com 4 dietas com diferentes
    níveis de concentração de PB [40, 80, 120 e 160 g N/kg por kg de matéria seca (MS)]
    em 6 quadrados latinos 4 × 4 simultâneos. Apenas o consumo de PB e EE teve interação
    dieta x espécie. A ingestão de nutrientes foi significativa entre dietas e espécies
    (P&lt;0,001). Os ovinos apresentaram maior consumo de nutrientes (P &lt; 0,01) que os
    caprinos. A digestibilidade aparente dos nutrientes foi semelhante (P &gt; 0,05) nas duas
    espécies. Exceto a digestibilidade da PB (P=0,02) e FDNn (P=0,01), que foi maior para
    os caprinos. Os ovinos indicaram maior excreção urinária de N (P&lt;0,001), porém a
    retenção de N (g/dia; P=0,89) foi semelhante para ambas as espécies. A relação entre N
    retido, ingerido (P&lt;0,001) e aparentemente digerido (P&lt;0,001) foi maior em caprinos. A
    eficiência microbiana (P &lt; 0,001) aumentou linearmente com a adição de N na dieta.
    Quando alimentados com dieta pobre em N (40g/kg MS), o consumo de N, a excreção
    urinária de N e a absorção de N foram semelhantes entre as espécies. A concentração
    plasmática de uréia (P&lt;0,001) e a excreção urinária de ureia em g/dia (P&lt;0,001)
    indicaram um efeito linear crescente com o aumento do N na dieta e diferiram
    (P&lt;0,001) entre as espécies, com cabras com maior concentração no plasma e menor
    excreção (g/dia) na urina. Pequenos ruminantes desafiados com baixa suplementação de
    N na dieta (40 g/kg MS) necessitaram de maior adaptação metabólica para conservar N
    de forma mais pronunciada como mecanismo de sobrevivência. Dietas com maiores
    teores de PB (160 g/kg) e 700 g/kg de forragem aumentam o crescimento de
    microrganismos ruminais e melhoram a eficiência microbiana, resultando em aumento
    da ingestão de matéria seca e nutrientes, além de promover a digestão de fibras e
    proteínas em caprinos e ovelha.


  • Mostrar Abstract
  • Goats seem to be more efficient in fiber utilization and nitrogen utilization

     

    than sheep, but there are no good explanations or reasons in the literature. Digestibility data

     

    for these nutrients comparing the two species are few. The main aim of this study was to

     

    evaluate the nutrient digestibility, nitrogen utilization efficiency. Therefore, the digestibility

     

    of nutrients, excretion of urinary purine derivatives (PD) and nitrogen (N), estimation of

     

    microbial N synthesis and N utilization efficiency were determined in twelve Boer goats

     

    (17.3 kg±1.8 BW) and twelve Dorper sheep (20.7 kg±2.8 BW), all males, not castrated and

     

    aged four months. The animals were fed 4 diets with different levels of N concentration [6.4,

     

    12.8, 19.2 and 25.6 g N/kg of dry matter (DM)] in 6 simultaneous designs of Latin squares 4

     

    × 4. Only the intake of CP and EE had diet x species interaction. Nutrient intake was

     

    significant between diets and species (P<0.001). Sheep had higher nutrient intake (P < 0.01)

     

    than goats. The apparent digestibility of nutrients was similar (P > 0.05) in both species.

     

    Except for digestibility from CP (P=0.02) and aNDFn (P=0.01), which was higher for goats.

     

    The sheep indicated higher urinary N excretion (P<0.001), however, N retention (g/day; P

     

    =0.89) was similar for both species. The ration between N retained, ingested (P<0.001) and

     

    apparently digested (P<0.001) was higher in goats. Microbial efficiency (P < 0.001)

     

    increased linearly with the addition of N content in the diet. When fed a low-N diet (40g/kg

     

    DM), N consumption, urinary N excretion and N absorption were similar between species.

     

    Plasma urea concentration (P<0.001) and urinary urea excretion in g/day (P<0.001) indicated

     

    an increasing linear effect with increasing dietary N and differed (P<0.001) between species,

     

    17

     

    with goats with higher concentration in plasma and lower excretion (g/day) in urine. Small

     

    ruminants challenged to low (40 g/kg DM) dietary N supplementation required greater

     

    metabolic adaptation to more pronouncedly conserve N as a survival mechanism. Diets with

     

    higher CP content (160 g/kg) and 700 g/kg of forage increase the growth

     

    of ruminal microorganisms and improve microbial efficiency, resulting in increased intake

     

    of dry matter and nutrients, as well as promoting the digestion of fibers and proteins in goats

     

    and sheep.

7
  • Pedro Henrique Soares Mazza
  • UREIA DE LIBERAÇÃO LENTA NO RUMEN DE CORDEIROS EM MICROESFERAS DE GORDURA VEGETAL

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMERICO FROES GARCEZ NETO
  • ELAZANIA SALES PEREIRA
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • SORAYA MARIA PALMA LUZ JAEGER
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • Data: 31/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo caracterizou e definiu a proporção ideal de gordura vegetal hidrogenada (GVH) e ureia que possibilita a proteção para liberação lenta da ureia através da avaliação das propriedades físico-químicas do material e avaliou o efeito da inclusão em níveis da melhor formulação na dieta de ovinos comparada com a ureia convencional. Na primeira etapa foram testadas as proporções ureia: GVH de 30:70 (ULL30), 40:60 (ULL40) e 50:50 (ULL50). Todas as formulações apresentaram rendimento de encapsulamento acima de 80%, porém a formulação ULL40 apresentou maior eficiência de encapsulação (85.5%), retendo o maior percentual de ureia com 115% de PB, e maior estabilidade térmica. Na segunda etapa a ULL40 foi incluído na dieta de ovinos, foram testadas cinco dietas, o tratamento controle com 0,5% de ureia livre (U0,5) na MS e os demais tratamentos foram compostos por ULL40 adicionado nas dietas nas proporções de 1,25% (ULL1.25); 2,0% (ULL2) e 3,0% (ULL3) da MS total da dieta. Para a avaliação do metabolismo de nitrogênio foram usados 24 cordeiros Santa Inês não castrados, com idade média de seis meses e peso corporal médio de 16 ± 2,2 kg, distribuído em um delineamento em blocos ao acaso, com dois blocos, quatro tratamento e seis repetições. Já para a avaliação dos parâmetros ruminais foram utilizados 4 ovinos Santa Inês, com aproximadamente 40 ± 0,5 kg de peso corporal, fistulados e canulados no rúmen, distribuídos em um quadrado latino 4 × 4 (4 tratamentos e 4 períodos). As diferentes formas de ureia oferecidas (livre e protegida) e os níveis de inclusão de ULL40 não alteraram o consumo de MS (P = 0,924) e a ingestão de nitrogênio (P = 0,481). O ULL40 reduziu linear a excreção de N-urinária (P = 0,032), impactando no aumento linear da retenção de N (P = 0,019) e proteína microbiana (P = 0,014). Em relação aos parâmetros ruminais a inclusão da ULL40 o pH ruminal reduziu linearmente para 1h após a alimentação (P = 0,044) bem como para 4 h (P = 0,008) e 6 h (P=0,006), entretanto não variou para às 2h (P = 0,246). Em relação à concentração de nitrogênio amoniacal houve aumento linear para as coletas de 1, 2, 4 e 6 h após a primeira alimentação (P = 0,010; P = 0,002; P = 0,019; P = 0,022 respectivamente). A GVH foi eficiente em encapsular a ureia, com destaque para a formulação ULL40 que pode ser utilizada na dieta de ovinos com inclusão de até 3% na MS sendo eficiente em substituir o farelo de soja e reduzindo a excreção de nitrogênio no meio ambiente sem afetar o consumo de MS, melhorando a utilização do nitrogênio dietético e sem causar toxidez.


  • Mostrar Abstract
  • This study characterized and defined the optimal ratio of low-trans vegetable fat (LTVF) and urea that enables protection of urea for slow-release in rumen by evaluating the physicochemical properties of the material, and the effect of inclusion of levels of the best ratio compared to conventional urea in sheep diets. In the first experiment, three LTVF ratios of 30:70 (SRU30), 40:60 (SRU40) and 50:50 (SRU50). All formulations showed microencapsulation yields above 80%, but the proportion SRU40 showed higher microencapsulation efficiency (85.5%), retaining the highest percentage of urea with 115% crude protein (CP) and higher thermal stability (P <0.05). In the second experiment, the SRU40, just named SRU was included in the diets of lambs, evaluating five treatments: a control treatment with 0.5% free urea (U0.5) in DM and four treatments with SRU40 levels added in the diets at the proportions of 1.25% (SRU1.25), 2.0% (SRU2) and 3.0% (SRU3) of total diet DM. To evaluate the N metabolism, 24 uncastrated Santa Inês lambs with a mean age of six months and mean body weight of 16 ± 2.2 kg were distributed in a randomized block design with two blocks, four treatments and six replications. To evaluate rumen parameters, four Santa Ines sheep with approximately 40 ± 0.5 kg body weight, fistulated and cannulated in the rumen, were distributed in a double 4 × 4 Latin square. The different forms of urea offered (free and protected) and levels of SRU inclusion did not change the intake of DM and N. SRU linearly reduced (P <0.05) N-urinary excretion, impacting on the linear increase of N retention and microbial protein.
    The inclusion of SRU linearly reduced (P <0.05) the rumen pH at 1 h, 4 h, and 6 h after feeding, but not at 2 h (P = 0.25) after feeding. The inclusion of SRU linearly increased the concentration of BUN and tended to linearly increase the concentration of total proteins and AST (P <0.05). SRU1.25 promoted lower BUN concentration (P <0.05) compared to U0.5, and SRU1.25 diets tended (P = 0.059) to have lower serum magnesium in sheep compared to U0.5. BUN in lambs linearly decreased in relation to offer time and treatments, with the highest BUN concentrations for U0.5 at 0, 4 and 6 h after feeding (P <0.05). SRU diets promoted BUN peak after 2 h of feeding, with the same concentration compared U0.5 (P = 0.117). Rumen pH decreased linearly 1 h after feeding as well as 4
    15
    h and 6 h (P <0.05), however, it did not vary at 2 h (P = 0.246). There was a linear increase at 1, 2, 4 and 6 h after the first hour pos-feeding (P <0.05). Low-trans vegetable fat was efficient in encapsulating urea, especially the formulation in the proportion of 40% urea and 60% vegetable fat (SRU40). SRU40 is recommended in sheep’s diets with up to 3% as DM, replacing soybean meal, as it improves N metabolism of animals.

8
  • ISADORA MACEDO XAVIER
  • ESTRATÉGIAS PARA SUPLEMENTAÇÃO CONCENTRADA DE VACAS EM LACTAÇÃO EM PASTOS DE CAPIM TANZÂNIA

  • Orientador : DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MARIA LEONOR GARCIA MELO LOPES DE ARAUJO
  • Data: 11/08/2023

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar diferentes níveis de concentrado em dietas para vacas leiteiras a pasto sobre o consumo e digestibilidade da dieta, produção e composição do leite, síntese de proteína microbiana, teores de nitrogênio ureico no sangue e o desempenho produtivo. Foram utilizadas doze vacas mestiças Holandês x Zebu, multíparas, com peso vivo inicial médio de 487 ± 54kg, período de lactação inicial médio de 95,0 ± 42 dias e média de produção de leite de 10 kg de leite/animal.dia-1. As vacas foram distribuídas em um delineamento composto por três quadrados latinos 4 x 4, balanceados de acordo com a ordem e período de lactação. Foram avaliados quatro níveis de suplementos (0; 2,0; 4,0 e 6,0 kg/animal.dia-1) isonitrogenados, com 25% de PB (%MS), fornecidos diariamente durante a ordenha. A área utilizada foi um módulo rotacionado, de 9 ha de pasto, divididos em 9 piquetes com 1,0 ha cada, formados com Panicum maximum cv. Tanzânia. O CMS total, CMS de pasto e os consumos dos nutrientes FDN, MO, PB, CNF, EE e NDT foram significativos (P<0,001), os consumos de MO, PB, CNF, EE, NDT e CMS total, aumentaram linearmente e os consumos de FDN e CMS de pasto reduziram linearmente (P<0,05), havendo o efeito substitutivo em relação aos acréscimos de concentrado. A digestibilidades dos nutrientes MS, MO, PB, CNF, EE e NDT aumentaram de forma linear (P<0,001). A produção de massa de forragem foi de 1.117 (kg MS.ha-1) permitiu oferta de forragem média de 2,2 kg de MS por 100 kg PC. A produção de leite, produção de leite 3,5%G, gordura, proteína, NUL e CCS também alteraram de forma significativa (P<0,001), houve um aumento linear na produção de leite (10,70; 12,42; 13,34; 14,29 kg de leite/animal.dia-1) em função da suplementação concentrada. A concentração de gordura reduziu (P=0,0285) (4,25; 4,05; 3,91; 3,88 g.100mL-1) em consequência do baixo consumo de FDN. Os teores de gordura, proteína, sólidos totais e de CCS, ficaram dentro dos valores mínimos recomendados (3,0; 2,9; 11,5% e abaixo de 400.000 células/mL). Houve o aumento (P<0,05) nos teores de alantoína, ácido úrico, purinas totais, purinas absorvidas (mmol.dia-1) e N microbiano (g.dia-1), em função da suplementação concentrada em níveis crescentes. Contudo, não houve efeito da suplementação concentrada (P>0,05) na eficiência de síntese microbiana (g/Kg de NDT). As relações custo-benefício total e efetivo foram superiores a zero, e apresentaram rentabilidade superior às despesas, confirmando a viabilidade econômica. Dessa forma, conclui-se que o potencial de produção de vacas mestiças em pastos de capim Tanzânia sem suplementação concentrada é de 12 kg por dia de leite com 3,5% de gordura. O fornecimento de níveis crescentes de concentrado (0; 2,0; 4,0 e 6,0 kg/animal.dia-1) aumenta linearmente a disponibilidade de nutrientes para vacas mestiças sob pastejo de xvi capim Tanzânia, além de proporcionar maior produção, de leite e síntese ruminal de proteína microbiana.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate different levels of concentrate in diets for dairy cows on pasture on the consumption and digestibility of the diet, milk production and composition, microbial protein synthesis, blood urea nitrogen levels and productive performance. Twelve multiparous Holstein x Zebu crossbreed cows were used, with an average initial live weight of 487 ± 54kg, an average initial lactation period of 95.0 ± 42 days and an average milk production of 10 kg of milk/animal.day-1 . The cows were distributed in a design consisting of three 4 x 4 Latin squares, balanced according to order and lactation period. Four levels of isonitrogenous supplements (0; 2.0; 4.0 and 6.0 kg/animal.day-1), with 25% CP (%DM), supplied daily during milking, were evaluated. The area used was a rotated module, of 9 ha of pasture, divided into 9 paddocks of 1.0 ha each, formed with Panicum maximum cv. Tanzania. The total DMI, pasture DMI and intakes of the nutrients NDF, OM, CP, CNF, EE and TDN were significant (P<0.001), the intakes of OM, CP, NFC, EE, TDN and total DMI increased linearly and consumption of NDF and pasture DMI reduced linearly (P<0.05), with a substitutive effect in relation to the addition of concentrate. The digestibility of the nutrients DM, OM, CP, CNF, EE and TDN increased linearly (P<0.001). Forage mass production was 1,117 (kg DM.ha-1) allowing an average forage supply of 2.2 kg DM per 100 kg BW. Milk production, milk production 3.5%G, fat, protein, NUL and CCS also changed significantly (P<0.001), there was a linear increase in milk production (10.70; 12.42; 13 .34; 14.29 kg of milk/animal.day-1) due to concentrated supplementation. The fat concentration reduced (P=0.0285) (4.25; 4.05; 3.91; 3.88 g.100mL-1) as a result of the low NDF consumption. The fat, protein, total solids and SCC contents were within the minimum recommended values (3.0; 2.9; 11.5% and below 400,000 cells/mL). There was an increase (P<0.05) in the levels of allantoin, uric acid, total purines, absorbed purines (mmol.day-1) and microbial N (g.day-1), due to concentrated supplementation at increasing levels. However, there was no effect of concentrated supplementation (P>0.05) on microbial synthesis efficiency (g/Kg of TDN). The total and effective cost-benefit ratios were greater than zero, and presented profitability greater than expenses, confirming the economic viability. Therefore, it is concluded that the production potential of crossbred cows in Tanzania grass pastures without concentrated supplementation is 12 kg per day of milk with 3.5% fat. Providing xvii increasing levels of concentrate (0; 2.0; 4.0 and 6.0 kg/animal.day-1) linearly increases the availability of nutrients for crossbred cows grazing Tanzania grass, in addition to providing greater production, of milk and ruminal microbial protein synthesis.

9
  • Rodrigo Brito Saldanha
  • ESTRATÉGIAS PARA CRIAÇÃO DE CORDEIROS CONFINADOS E ASPECTOS NUTRICIONAIS DA SILAGEM DE PALMA COM GUANDU

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIO DE OLIVEIRA ROMAO
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • Data: 31/08/2023

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este estudo avaliar os efeitos da época de colheita da palma forrageira e da inclusão de diferentes níveis de feno de feijão guandu na melhoria do processo de ensilagem e na composição nutricional da silagem de palma forrageira. Foram utilizados 40 minissilos de policloreto de vinila-PVC com dimensões de 10 cm de diâmetro e 40 cm de altura. As tampas dos minissilos foram equipadas com válvulas de bunsen. Os minissilos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com esquema fatorial 2 × 5, sendo os fatores representados por duas épocas de colheita dos cladódios da palma forrageira (18 vs 24 meses) e cinco níveis (0, 10%, 20%, 30%, e 40%) de inclusão de feno de feijão guandu na silagem,. As perdas de efluentes (kg/ton; p < 0,001) apresentaram efeito linear negativo, diminuindo 4,31 kg/ton à medida que aumenta a inclusão de feijão guandu. Por outro lado, as perdas de gases (%; p < 0,001), recuperação de MS (p < 0,001) e pH (p < 0,001) apresentaram efeitos interativos entre o nível de inclusão do feijão guandu e a época de colheita da palma gigante (18 vs 24 meses). Nesse sentido, o teor de MS e CNF foi maior na palma forrageira gigante colhida aos 24 meses do que na palma colhida aos 18 meses. No processo de fermentação da silagem, as bactérias homofermentativas produzem ácido láctico sem perda de MS. A diferença na composição nutricional promovida pela idade de colheita da palma forrageira gigante não resultou em alterações significativas na qualidade da silagem. A inclusão gradativa do feno de feijão Guandú resultou na melhoria das características fermentativas e bromatológicas da silagem de palma. É importante ressaltar que o aumento no nível de inclusão do feno de feijão guandu contribuiu para a elevação do pH, contudo as silagens possuíram a acidez necessária para sua conservação.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effects of the cactus harvest season and the inclusion of different levels of pigeon pea hay on improving the ensiling process and the nutritional composition of cactus silage. 40 polyvinyl chloride-PVC mini silos measuring 10 cm in diameter and 40 cm in height were used. The lids of the mini silos equipped with Bunsen were distributed in a 2 × 5 factorial scheme, with the factors represented by two cladode harvesting times (18 vs 24 months) and five levels (0, 10%, 20%, 30%, and 40 %) of inclusion of pigeon pea hay in cactus silage, in a randomized design. Effluent losses (kg/ton; p < 0.001) had a negative linear effect, bringing 4.31 kg/ton as the inclusion of pigeon peas increased. On the other hand, gas losses (%; p < 0.001), DM recovery (p < 0.001) and pH (p < 0.001) revealed interactive effects between the inclusion level of pigeon pea and the harvest time of the giant palm. (18 x 24 months). In this sense, the DM and CNF content was higher in giant forage cactus harvested at 24 months than in cactus harvested at 18 months. In the silage fermentation process, homofermentative bacteria produce lactic acid without loss of DM. The difference in nutritional composition promoted by the harvest age of giant forage cactus was not proven to result in significant changes in silage quality. The gradual inclusion of Guandú bean hay improved the fermentative and bromatological characteristics of palm silage. It is important to highlight that the increase in the inclusion level of pigeon pea hay contributed to the increase in pH, however the silages had the acidity necessary for their conservation.

10
  • LUIS PAULO BATISTA SOUSA JUNIOR
  • INVESTIGAÇÃO DO CONTROLE GENÉTICO DE VARIÁVEIS RELACIONADAS COM A SAÚDE DO CASCO E CONFORMAÇÃO NA RAÇA HOLANDESA

  • Orientador : LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VALDECY APARECIDA ROCHA DA CRUZ
  • HINAYAH ROJAS DE OLIVEIRA
  • JÚLIO CÉSAR DE CARVALHO BALIEIRO
  • LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • LUIZ FERNANDO BRITO
  • Data: 15/09/2023

  • Mostrar Resumo
  • Os principais objetivos deste estudo foram realizar estudos de associação genômica ampla, usando painéis de alta densidade imputados, de gado Holandês norte-americano, para oito características relacionadas a saúde do casco: dermatite digital (DD), úlcera de sola (US), hemorragia de sola (HS), doença da linha branca (DLB), erosão de talão (ET), dermatite interdigital (DI), hiperplasia interdigital (HI) e úlcera de pinça (UP), um índice de saúde do casco (ISC), para treze características de conformação corporal: escore de condição corporal (ECC), profundidade corporal (PC), qualidade óssea (QO), largura de peito (LP), capacidade leiteira (CL), ângulo do pé (ANG), visão das pernas dianteiras (VPD), profundidade do talão (PT), altura frontal (AF), locomoção (LOC), visão traseira das pernas traseiras (VTPT) , visão lateral das pernas traseiras (VLPT) e estatura (ST) e um índice composto de pontuação de pés e pernas (IPP). Valores genéticos estimados de- regredidos (dEBVs) de 39.135 animais da raça Holandesa foram usados como pseudofenótipos para as análises de associação. O controle de qualidade de genótipos, faseamento de genótipos e imputação de genótipos foram realizados usando os softwares PLINK, Eagle e Minimac4, respectivamente. Um modelo linear misto foi usado para estimar os efeitos SNP no pacote GCTA. As análises genômicas funcionais foram realizadas utilizando o pacote GALLO R e a plataforma DAVID. Um total de 22 SNPs significativos foram encontrados para DD, 34 para ET, 14 para DI, 22 para HI, 28 para HS, 33 para US, 24 para UP, 43 para DLB, 15 para ISC, 20 para ECC, 60 para PC, 13 para QO, 17 para LP, 27 para CL, 13 para IPP, 8 para ANG, 7 para VPD, 19 para PT, 4 para AF, 10 para LOC, 13 para VTPT, 15 para VLPT e 7 para ST. Os marcadores significativos foram localizados em todo o genoma, exceto nos cromossomos BTA 27.
    Além disso, essas regiões genômicas se sobrepõem a vários loci de características quantitativas (QTL) previamente relatados para características de exterior, de saúde, carne e carcaça, leite, produção e reprodução. As análises de enriquecimento identificaram 71 termos de ontologia genética significativos. Esses achados indicam que as características de saúde dos cascos e de conformação são altamente poligênicas e influenciadas por uma ampla gama de processos biológicos.


  • Mostrar Abstract
  • The main objectives of this study were to perform genome-wide association studies using imputed high-density genetic markers data from North American Holstein cattle, for eight hoof-related traits: digital dermatitis (DD), sole ulcer (US), sole hemorrhage (HS), white line lesion (DLB), heel horn erosion (ET), interdigital dermatitis (DI), interdigital hyperplasia (HI) toe ulcer (UP) and a hoof health index (ISC), for thirteen body conformation traits: body condition score (BCS), body depth (PC), bone quality (QO), chest width (LP), dairy capacity (CL), foot angle (ANG), front legs view (VPD), heel depth (PT), height at front end (AF), locomotion (LOC), rear legs rear view (VTPT), rear legs side view (VLPT) and stature (ST) and a composite feet and leg score (IPP). De- regressed estimated breeding values (dEBVs) from 39,135 Holstein animals were used as pseudo-phenotypes for the association analyses. The molecular marker quality control, genotype phasing, and genotype imputation were performed using the PLINK, Eagle, and Minimac4 software, respectively. A mixed linear model was used to estimate SNP effects in the GCTA package. The functional genomic analyses were performed using the GALLO R package and the DAVID platform. A total of 22 significant SNPs were found for DD, 34 for ET, 14 for DI, 22 for HI, 28 for HS, 33 for US, 24 for UP, 43 for DLB, 15 for ISC, 20 for ECC, 60 for PC , 13 for QO, 17 for LP, 27 for CL, 13 for IPP, 8 for ANG, 7 for VPD, 19 for PT, 4 for AF, 10 for LOC, 13 for VTPT, 15 for VLPT and 7 for ST.
    The significant markers were located across the whole genome, except on the chromosome BTA27. Moreover, these genomic regions overlapped with various previously reported quantitative trait loci (QTL) for exterior, health, meat and carcass, milk, production, and reproduction traits. Enrichment analyzes identified 71 significant gene ontology terms. These findings indicated that hoof health and body conformation traits are highly polygenic and influenced by a wide range of biological processes.

11
  • Crislaine Palmeira Barbosa de Oliveira
  • SUPLEMENTAÇÃO DE MINERAIS QUELATADOS A AMINOÁCIDOS EM DIETAS COM BAIXA PROTEÍNA PARA TILÁPIA DO NILO: CROMO E ZINCO

  • Orientador : LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLÁUDIA FIGUEREDO SILVA
  • WILSON MASSAMITU FURUYA
  • BERNARDO BALDISSEROTTO
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • Data: 19/10/2023

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da suplementação dietética com Cr-met (cromo quelatado à metionina) e ZnAA (complexo zinco-aminoácido) em dietas extrusadas contendo nível proteico reduzido em relação a desempenho produtivo, composição de carcaça, retenção de nutrientes e respostas hematológicas, bioquímicas e metabólicas em juvenis de tilápia do Nilo. Para avaliação de Cr-met, os animais foram alimentados com duas dietas controle (sem a adição do Cr-met), as quais foram divididas em controle positivo (311 g kg-1 de proteína bruta) e controle negativo (255 g kg-1 de proteína bruta). Outras cinco dietas experimentais (255 g kg-1 de proteína bruta) com a suplementação de 0,2, 0,4, 0,6, 0,8 e 1,0 mg Cr-met kg dieta−1 foram executadas. Para avaliação de ZnAA os animais foram alimentados com duas dietas controle (sem a adição do ZnAA) as quais foram categorizadas como controle positivo (295 g kg-1 de proteína bruta) e controle negativo (264 g kg-1 de proteína bruta). Também foram testadas cinco dietas experimentais (264 g kg-1 de proteína bruta) com a suplementação de 0,0, 20, 40, 60, 80 e 100 mg kg−1. A duração dos experimentos foi de 9 semanas. Os peixes dos tratamentos 0,8 e 1,0 mg Cr-met kg dieta−1 apresentaram variáveis zootécnicas similares ao controle positivo. Os valores de energia bruta e retenção de energia foram significativamente maiores no tratamento 0.6 mg Cr-met kg dieta−1 que o controle positivo. Os tratamentos controle negativo e 80 mg ZnAA kg dieta−1 apresentaram performance de crescimento similar ao controle positivo. Os valores de lipídios e retenção de nitrogênio da carcaça foram significativamente menores no controle positivo do que nos demais tratamentos. Em conclusão, é possível indicar a suplementação com Cr-met e ZnAA em dietas com baixo nível de proteína para tilápias do Nilo, a fim de promover melhorias no desempenho de crescimento e reduzir proteína dietética através do melhor aproveitamento nutrientes, sem prejudicar o metabolismo.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the effects of dietary supplementation with Cr-methionine (chelated chromium with methionine) and ZnAA (zinc-amino acid complex) in extruded diets containing reduced protein levels in relation to productive performance, carcass composition, nutrient retention, and hematological, biochemical, and metabolic responses in juvenile Nile tilapia. For the evaluation of Cr-methionine, the animals were fed two control diets (without the addition of Cr-methionine), which were divided into a positive control (311 g kg-1 crude protein) and a negative control (255 g kg-1 crude protein). Five other experimental diets (255 g kg-1 crude protein) with supplementation of 0.2, 0.4, 0.6, 0.8, and 1.0 mg Cr-methionine kg diet−1 were conducted. For the evaluation of ZnAA, the animals were fed two control diets (without the addition of ZnAA), categorized as a positive control (295 g kg-1 crude protein) and a negative control (264 g kg-1 crude protein). Five other experimental diets (264 g kg-1 crude protein) with supplementation of 0.0, 20, 40, 60, 80, and 100 mg kg−1 were tested. The duration of the experiments was 9 weeks. Fish from the 0.8 and 1.0 mg Cr-methionine kg diet−1 treatments showed zootechnical variables similar to the positive control. Gross energy values and energy retention were significantly higher in the 0.6 mg Cr-methionine kg diet−1 treatment than in the positive control. The negative control and 80 mg ZnAA kg diet−1 treatments showed similar growth performance to the positive control. Lipid values and carcass nitrogen retention were significantly lower in the positive control than in the other treatments. In conclusion, it is possible to recommend supplementation with Cr-methionine and ZnAA in low-protein diets for Nile tilapia to promote improvements in growth performance and reduce dietary protein through better nutrient utilization without affecting metabolism.

12
  • OLGA CEDRO DE MENEZES
  • QUITOSANA EM DIETAS PARA VACAS JERSEY ALIMENTADAS COM FONTES DE ÁCIDOS GRAXOS INSATURADOS

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABIANO FERREIRA DA SILVA
  • ADRIANA REGINA BAGALDO
  • GUILHERME RIBEIRO ALVES
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • LAUDI CUNHA LEITE
  • Data: 08/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se neste estudo avaliar os efeitos da associação da quitosana às fontes de ácidos graxos insaturados sobre o consumo e a digestibilidade de nutrientes, fermentação ruminal, síntese de proteína microbiana, balanço de nitrogênio, metabólitos sanguíneos, produção e composição do leite, perfil de ácidos graxos no leite, balanço de energia e cinética ruminal em vacas Jersey em lactação. Cinco vacas Jersey fistuladas no rúmen [média de dias de lactação = = 150 ± 45 dias; e produção de leite = 22,2 ± 4,5kg/dia, e peso corporal= 350 ± 25kg] foram distribuídas e um quadrado latino 5 × 5, com períodos de avaliação de 21 dias. As vacas foram alimentadas com cinco dietas: 1) CON (CON), composto por ração basal à base de farelo de soja e milho moído, com inclusão de 3% de óleo de dendê; 2)(OS) dieta com inclusão de 3% de óleo de soja com base na MS total; 3) dieta (GS) com a inclusão de 16% do grão de soja cru e integral com base na MS total; 4) dieta (OSQ) com inclusão de 3% de óleo de soja e 0,02% de quitosana (Q) com base na MS total e; 5)(GSQ), dieta com inclusão de 16% de grão de soja cru e integral e 0,2% de Q na MS total. Resultados foram considerados significativos quando P<0.05. Maiores consumos de PB, FDNpd, CNF, foram observados nas dietas contendo fontes de ácidos graxos em comparação à dieta CON. Maiores consumos de MS, MO, PB e EE foram observados nas dietas OSQ e GSQ em comparação às dietas OS e GS. Maiores concentrações AGCC total, acetato em Mmol, acetato em %, propionato e metano foram observados nas dietas contendo fontes de ácidos graxos em comparação à dieta CON. Maiores consumos de N foram observados nas dietas contendo fontes de ácidos graxos comparada a dieta CON. Houve maiores consumos de N na dieta OSQ em relação à dieta GSQ. Houve maiores excreções N fecal na dieta OSQ em relação à dieta GSQ. Houve menores eficiências de SPM e purinas totais nas dietas contendo fontes de ácidos graxos em comparação à dieta CON. Houve maiores concentrações de GGT nas dietas contendo fontes de ácidos graxos comparada a dieta CON. Houve menores concentrações de ureia e GGT na dieta GS em comparação à dieta OS. Houve menores concentrações de ureia e GGT na dieta GSQ em comparação à dieta OSQ. As dietas GSQ e OSQ aumentaram os consumos de energia liquida em relação às dietas GS e OS. Menores nas concentrações de C16:0 e C18:1 cis-9 e maiores concentrações de C4, C6, C8, C10, C12, C14, C18:1 trans-11, C18:1 cis-11, C18:2 n6-cis, C18:3 n3, CLA c-9, t-11, C20:4, <C16, >C16, foram observados nas dietas contendo fontes de ácidos graxos comparada a dieta CON. Maiores consumos de energia líquida foram observados nas dietas GSQ e OSQ. Maiores valores de MS e MO no pool ruminal foram observados na dieta GS em relação à dieta OS. Maiores valores de FDN no pool foram verificados na dieta GSQ em relação à dieta OSQ. Menores de taxa de renovação ruminal (TRR) %/h de MO foram verificados nas dietas GS e OS em comparação às dietas OSQ e GSQ. Maiores valores de TRR %/h de MS foram observados na dieta OS em relação à dieta GS. Menores de taxa de digestão %/h de FDN e FDNpd, e menor taxa de renovação ruminal %/h de MO, FDN e FDNpd foram verificados na dieta GSQ em relação à dieta OSQ. A associação entre quitosana e fontes de ácidos graxos de cadeia longa altera o consumo, utilização de nitrogênio e síntese de proteína microbiana, fermentação ruminal, perfil de ácidos graxos do leite, metabólitos sanguíneos e a cinética ruminal em vacas Jersey em lactação. Sendo assim, os resultados reforçam que a quitosana possuem interação positivas com as diferentes formas e fontes de ácidos graxos.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the effects of the association of chitosan with unsaturated fatty acids sources on the intake and digestibility of nutrients, ruminal fermentation, microbial protein synthesis, nitrogen balance, blood metabolites, milk production and composition and energy balance in lactating Jersey cows. Five Jersey cows fistulated in the rumen [mean days in lactation = 150 ± 45 days; milk production 22,2 ± 4,5 kg; body weight = 350 ± 25 kg] were distributed in a 5 × 5 Latin square, with periods of 21 days. The cows were fed five diets: 1) CON (CON), consisting of a basal diet based on soybean meal and ground corn, with the inclusion of 3% palm kernel oil; 2)(OS) diet including 3% soybean oil based on total DM; 3) diet (GS) with the inclusion of 16% of raw and whole soybeans based on total DM; 4) diet (SOCHI) with inclusion of 3% soybean oil and 0.02% chitosan (CHI) based on total DM and; 5)(WRSCHI), diet including 16% raw and whole soybeans and 0.2% Q in total DM. Results were considered significant when P<0.05. Higher intakes of CP, pdNDF and CNF were observed in diets containing sources of fatty acids compared to the CON diet. Higher intakes of DM, OM, CP and EE were observed in the SOCHI and WRSCHI diets compared to the SO and WRS diets. Higher concentrations of total SCFA, acetate in Mmol, acetate in %, propionate and methane were observed in diets containing sources of fatty acids compared to the CON diet. Higher N intakes were observed in diets containing sources of fatty acids compared to the CON diet. There were higher N intakes in the OSQ diet compared to the GSQ diet. There were greater fecal N excretions in the OSQ diet compared to the GSQ diet. There were lower SPM and total purine efficiencies in diets containing fatty acid sources compared to the CON diet. There were higher concentrations of GGT in diets containing sources of fatty acids compared to the CON diet. There were lower concentrations of urea and GGT in the GS diet compared to the OS diet. There were lower concentrations of urea and GGT in the GSQ diet compared to the OSQ diet. The GSQ and OSQ diets increased net energy intake compared to the GS and OS diets. Lower concentrations of C16:0 and C18:1 cis-9 and higher concentrations of C4, C6, C8, C10, C12, C14, C18:1 trans-11, C18:1 cis-11, C18:2 n6-cis , C18:3 n3, CLA c-9, t-11, C20:4, <C16, >C16, were observed in diets containing sources of fatty acids compared to the CON diet. Higher net energy intakes were observed in the GSQ and OSQ diets. Higher DM and MO values in the rumen pool were observed in the GS diet compared to the OS diet. Higher NDF values in the pool were found in the GSQ diet in relation to the OSQ diet. Lower rumen renewal rate (TRR) %/h of OM were found in the GS and OS diets compared to the OSQ and GSQ diets. Higher TRR %/h DM values were observed in the OS diet compared to the GS diet. Lower digestion rates %/h of NDF and NDFpd, and lower rumen renewal rates %/h of OM, NDF and NDFpd were observed in the GSQ diet in relation to the OSQ diet. The association between chitosan and sources of long-chain fatty acids alters intake, nitrogen utilization and microbial protein synthesis, ruminal fermentation, milk fatty acid profile, blood metabolites and ruminal kinetics in lactating Jersey cows. Therefore, the results reinforce that chitosan has positive interactions with different forms and sources of fatty acids.

13
  • MARINA RIBEIRO ARAÚJO SANTOS
  • EFEITO DO CROMOSSOMO X NO
    MAPEAMENTO DE REGIÕES GENÔMICAS SOBRE CARACTERÍSTICAS DE
    INTERESSE ECONÔMICO EM BÚFALOS DA RAÇA MURRAH

  • Orientador : RAPHAEL BERMAL COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAIO VICTOR DAMASCENO CARVALHO
  • EVA CLICIA DE JESUS ALMEIDA
  • PAULO LUIZ SOUZA CARNEIRO
  • RAPHAEL BERMAL COSTA
  • VALDECY APARECIDA ROCHA DA CRUZ
  • Data: 20/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO

    O cromossomo X apresenta-se como o quinto maior cromossomo do genoma bubalino,
    contendo muitos genes que podem influenciar a expressão de características de
    interesse econômico. No entanto, nos estudos atuais com GWAS, os pesquisadores
    utilizam quase exclusivamente marcadores moleculares dos cromossomos
    autossômicos, excluindo os cromossomos sexuais. Assim, o objetivo deste trabalho foi
    identificar possíveis genes candidatos em um estudo de associação genômica ampla
    (GWAS) presentes no cromossomo X sobre características reprodutivas (idade ao
    primeiro parto – IPP, primeiro intervalo de partos – IEP1 e segundo intervalo de partos
    – IEP2), em búfalas da raça Murrah. O IEP1 indica o período decorrido desde o parto
    do animal até o subsequente, durante sua primeira lactação, enquanto o IEP2 refere-se
    ao intervalo entre o segundo e o terceiro parto subsequente, ocorrido durante a segunda
    lactação do animal. Foram utilizadas informações fenotípicas de 3.913, 1.096 e 743
    animais para IPP, IEP1 e IEP2, respectivamente. O pedigree continha 96.897 animais,
    dos quais 1.222 foram genotipados utilizando painel de 90K Axiom® Buffalo
    Genotipagem (Affymetrix/Thermo Fisher Scientific). Foi utilizada a metodologia
    weighted single-step (WssGBLUP), sendo selecionadas as janelas que explicaram a
    proporção da variância genética aditiva maior que 0,5%, com 100 SNPs adjacentes. A
    análise da ontologia gênica foi conduzida exclusivamente nas janelas significativas do
    cromossomo X. Entre os genes com funções potenciais na precocidade sexual e
    eficiência reprodutiva se destacaram como candidatos a IPP (POF1B e DACH2), IEP1
    (AR e SLC6A14) e IEP2 (RPS6KA6, PCDH11X, PABPC5, G6PD, GDI1, RPL10,
    FLNA, MECP2 e L1CAM). Este estudo permitiu maior conhecimento sobre a forte
    associação dos marcadores do cromossomo X sobre características reprodutivas em
    fêmeas e essas descobertas podem contribuir para o entendimento dos processos
    biológicos de interesse econômico na espécie bubalina.


  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT

    The X chromosome is the fifth largest chromosome in the buffalo genome, containing
    many genes that can influence the expression of economically important traits.
    However, in current GWAS studies, researchers almost exclusively use molecular
    markers from autosomes, excluding the sex chromosomes. Thus, the aim of this work
    was to identify potential candidate genes in a Genome-Wide Association Study
    (GWAS) on the X chromosome related to reproductive traits (age at first calving –
    AFC, first calving interval – CFI1, and second calving interval – CFI2) in Murrah
    buffaloes. CFI1 represents the period from an animal's calving to the subsequent one
    during its first lactation, while CFI2 refers to the interval between the second and third
    subsequent calving during the second lactation of the animal. Phenotypic information
    from 3,913, 1,096, and 743 animals was used for AFC, CFI1, and CFI2, respectively.
    The pedigree included 96,897 animals, of which 1,222 were genotyped using the 90K
    Axiom® Buffalo Genotyping Array (Affymetrix/Thermo Fisher Scientific). The
    weighted single-step methodology (WssGBLUP) was employed, selecting windows
    that explained more than 0.5% of the additive genetic variance with 100 adjacent SNPs.
    Gene ontology analysis was exclusively conducted on significant windows of the X
    chromosome. Genes with potential functions in sexual precocity and reproductive
    efficiency emerged as candidates for AFC (POF1B and DACH2), CFI1 (AR and
    SLC6A14), and CFI2 (RPS6KA6, PCDH11X, PABPC5, G6PD, GDI1, RPL10, FLNA,
    MECP2, and L1CAM). This study provided greater insight into the strong association
    of X chromosome markers with reproductive traits in females, and these findings may
    contribute to understanding economically relevant biological processes in buffalo
    species.

2022
Dissertações
1
  • CLÁUDIA LOIANNY SOUZA LIMA
  • DIFERENTES PROPORÇÕES DE CONCENTRADO EM ASSOCIAÇÃO OU NÃO COM GORDURA PROTEGIDA EM DIETAS PARA CORDEIROS

  • Orientador : DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • Data: 07/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes níveis de inclusão de concentrado
    em dietas com ou sem uso de gordura protegida no consumo e digestibilidade de
    nutrientes, desempenho produtivo, síntese de proteína microbiana e comportamento
    ingestivo em cordeiros confinados. Sessenta e quatro cordeiros Santa Inês, machos, nãocastrados,
    com peso corporal médio inicial de 20,07 ± 0,25 kg e média de quatro meses
    de idade foram utilizados. Os animais foram distribuídos em delineamento em blocos
    completos casualizados (DBC) em arranjo fatorial 4 x 2, representados por 4 relações de
    concentrado: volumoso (relação C:V; 40:60; 50:50; 60:40 e 70:30) e 2 níveis de inclusão
    de gordura protegida (BeefFat; 0 ou 35 g/Kg, de matéria seca). Os animais foram
    distribuídos aleatoriamente nas dietas experimentais referente à relação de C:V com ou
    sem gordura protegida. Houve interação entre a inclusão de concentrado e a gordura
    protegida nos coeficientes de digestibilidade da PB (P<,0001) e EE (P = 0,0443); nas
    variáveis de PF (P = 0,0425), GMD (P = 0,0204) e GPT (P = 0,0204); e na concentração
    de ácido úrico (mmol/dia) (P = 0,0409). A inclusão de até 700 g/kg e de 35 g/kg da
    gordura protegida de forma geral reduz consumos e alteram a digestibilidade dos
    nutrientes em cordeiros confinados. É recomentado a inclusão de 700g/kg de concentrado
    sem a utilização da gordura protegida para promover melhores desempenhos produtivos,
    aumento da eficiência de alimentação e redução da conversão alimentar em cordeiros
    confinados.


  • Mostrar Abstract
  • This study was carried out to evaluate the effect of the inclusion of
    different concentrate levels in diets with or without the inclusion of protected fat on
    intake, nutrient digestibility, productive performance, microbial protein synthesis, and
    feeding behavior in feedlot lambs. Sixty-four non-castrated Santa Inês male lambs at an
    average body weight of 20.07 ± 0.25 kg and an average age of four months were used.
    The animals were distributed in a completely randomized block design (CRBD) in a 4 x
    2 factorial arrangement, represented by 4 concentrate-to-roughage ratios (C:R ratio;
    40:60; 50:50; 60:40 and 70:30) and 2 levels of protected fat inclusion (BeefFat; 0 or 35
    g/Kg, on dry matter basis). The animals were randomly assigned to the experimental diets
    regarding the C:V ratio with or without protected fat. There was and interaction between
    the inclusion of concentrate and protected fat for digestibility coefficients of crude protein
    (P<0.0001) and ether extract (P = 0.0443), final weight (P = 0.0425), average daily gain
    (P = 0.0204), total weight gain (P = 0.0204); and uric acid concentration (mmol/day) (P
    = 0.0409). In general, the inclusion of up to 700 g/kg and 35 g/kg of protected fat reduces
    intake and changes nutrient digestibility in feedlot lambs. The inclusion of 700g/kg of
    concentrate without the use of protected fat is recommended to promote better productive
    performances, reduce rumination activity and increase the feeding efficiency of dry
    matter in feedlot lambs.

2
  • BEATRIZ BASTOS SENES
  • ESTIMAÇÃO DO ÍNDICE DE EFICIÊNCIA REPRODUTIVA E PARÂMETROS GENÉTICOS EM OVELHAS

  • Orientador : GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANIEL JORDAN ABREU DOS SANTOS
  • ANA FABRÍCIA BRAGA MAGALHÃES
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • Data: 16/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo objetivou estimar um índice de eficiência reprodutiva em ovelhas
    baseado em razão de pesos corporais, bem como estimar seus parâmetros genéticos.
    Foram utilizadas informações fenotípicas e genealógicas do banco de dados de ovinos da
    raça, nascidos e criados no Campo Experimental Pedro Arle da Embrapa Tabuleiros
    Costeiros, entre os anos de 1990 e 2018, no município de Frei Paulo, no estado de Sergipe,
    Brasil. A eficiência reprodutiva individual dos animais foi avaliada através do índice
    calculado pela divisão do peso corporal da ninhada de cordeiros pelo peso corporal da
    matriz ao parto, sendo assim, desenvolvidos dois índices utilizando pesos da ninhada ao
    nascimento e ao desmame. As matrizes foram separadas em duas categorias de tipo de
    parto (simples e múltiplo) e três categorias de ordem de parto (primeira, segunda e terceira
    ou mais) do qual nasceram. Avaliou-se quais categorias proporcionaram o melhor índice
    reprodutivo, através de um ensaio fatorial para teste dos efeitos, e comparação das médias
    pelo teste de Tukey, com utilização do software estatístico SAS. Para a estimação de
    parâmetros genéticos dos índices foram realizadas análises com o auxílio dos programas
    da família BLUPF90. Os componentes de variância foram estimados por abordagem
    bayeasiana através do software GIBBS2F90, com análises de convergência das cadeias
    posteriores de Gibbs realizadas com POSTGIBBSF90. Pelo ensaio fatorial, houve
    diferença significativa (p<0,05) quanto a ordem de parto para o índice ao nascimento,
    com as maiores médias oriundas de ovelhas nascidas de matrizes primíparas; e quanto ao
    tipo de parto para o índice à desmama, com maiores médias oriundas de ovelhas nascidas
    de partos múltiplos. Os coeficientes de herdabilidade estimados para os índices
    apresentaram altas magnitudes, assim como correlação genética entre os índices ao
    nascimento e à desmama alta e positiva. Esses resultados indicaram que há possibilidade
    de ganho genético mediante seleção e o índice ao nascimento pode ser usado como
    critério de seleção do índice à desmama. Os altos valores de herdabilidades encontrados
    sugerem que a seleção fenotípica pode promover ganho genético para essas
    características.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to estimate a reproductive efficiency index in ewes based on body
    weight ratio, and their genetic parameters. Phenotypic and genealogical information was
    used from the database of the Experimental Station Pedro Arle, of Embrapa Tabuleiros
    Costeiros, between 1990 and 2018, Frei Paulo, Sergipe, Brazil. The individual
    reproductive efficiency of the animals was evaluated through the index calculated by
    dividing the body weight of the litter of lambs by the body weight of the dam at lambing,
    thus, two indices were calculated using litter weights at birth and at weaning. Dams were
    separated into two birth types (single and multiple) and three lambing order categories
    (first, second and third or more) from which they were born. It was evaluated which
    categories provided the best reproductive index, through a factorial design to test the
    effects and the comparison of the means by the Tukey test, using the SAS statistical
    software. For the estimation of the genetic parameters of the index, analyzes were carried
    out using programs of BLUPF90 family. The variance components were estimated using
    GIBBS2F90 software and the subsequent means obtained with POSTGIBBSF90. By the
    factorial test, there was a significant difference (p<0.05) regarding the lambing order of
    the birth index, with the highest values being from the ewes born from primiparous dams;
    and regarding the type of birth for the weaning index, with the highest values were from
    ewes born from multiple birth. The estimated heritability coefficients for the indices
    showed high magnitudes, as well as high and positive genetic correlation. These results
    indicated there is a possibility of genetic gain through selection and the birth index can
    be used as a selection criterion for the weaning index. The high heritability values suggest
    that phenotypic selection may be promote genetic gain for these traits.

3
  • DOUGLAS MELO DE SOUZA
  • MÉTODOS ANALÍTICOS PARA DETERMINAÇÃO DE ÁCIDOS GRAXOS EM LEITE DE EQUÍDEOS E RUMINANTES

  • Orientador : CHIARA ALBANO DE ARAUJO OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAROLINA OLIVEIRA DE SOUZA
  • CHIARA ALBANO DE ARAUJO OLIVEIRA
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • Data: 16/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo do estudo foi comparar métodos de avaliação do perfil de ácidos graxos (AG)
    de leite de equídeos e ruminantes e identificar a metodologia mais adequada para os leites
    de éguas e jumentas. Ainda, determinar as principais diferenças do perfil de AG entre os
    leites de equídeos e ruminantes voltados para o consumo humano. Foram utilizadas
    amostras de leite de égua, jumenta, vaca e cabra. Os AG dos leites foram identificados
    por cromatografia gasosa após três diferentes metodologias de metilação: Kramer et al.
    (1997) com catalise ácido/base; O’Fallon et al. (2007) com catalise ácido/base em meio
    aquoso e Liu et al. (2020) com catalise básica. Não foram observadas diferenças
    significativas entre os métodos de metilação para os AG identificados nas diferentes
    matrizes lácteas. Os valores médios dos teores de AG de cadeia curta (AGCC) e AG
    cadeia média (AGCM) diferiram significativamente entre os métodos, e a identificação
    destes grupos de AG é um fator importante na escolha da metodologia para cada matriz
    láctea. Na avaliação quali-quantitativa do perfil de AG de leite de equídeos e ruminantes,
    os métodos de metilação utilizados foram semelhantes entre si, indicando que os leites de
    éguas e jumentas podem ser analisados pelos três métodos avaliados no presente estudo.
    Os teores dos AGCC (C4:0, C6:0 e C8:0) foram semelhantes, e os AGCM (C10:0, C12:0
    e C14:0) foram maiores no leite de jumenta. O leite de égua apresentou o teor mais
    elevado de C18:3n3, que influenciou no somatório de Σn3 (C18:3n3, C20:5n3 e
    C22:6n3), grupo este com maior teor no leite de égua, 12 vezes mais elevado que no leite
    de vaca e 8 vezes que no de jumenta. O Σn6 (C18:2 n6 e C20:4 n6) foi mais elevado no
    leite de jumenta (17,75 %), seguido pelo leite de égua (12,64%), e 15 vezes menor no
    leite de vaca (2,55%), comparado ao leite de jumenta. Quando comparado ao leite de
    vaca, o leite equídeo apresenta maiores teores de n3 e n6. Conclui-se que as metodologias
    estudadas são indicadas para a avaliação do perfil de AG de leite de éguas, jumentas,
    cabras e vacas sem que haja prejuizo na identificação. Os leites dos equídeos tem o melhor
    perfil de AG essenciais e são indicados para o consumo humano.


  • Mostrar Abstract
  • The amy of the study was to compare methods of qualitative evaluation of the fatty acid
    (FA) profile of equine and ruminant milk and to identify the most appropriate
    methodology for mares and donkeys' milk. Also, determine the best FA profile for human
    consumption between equine and ruminant milks. Samples of mare, donkey, cow and
    goat milk were used, ruminant milk was used as a control. The FA of the milks were
    identified by gas chromatography after three different methylation methodologies,
    Kramer (1997), acid/base catalysis; O'Fallon (2007) acid/base catalyzes in aqueous
    medium, and Liu (2020) base catalyzes. No significant differences were observed
    between the methylation methods for the identified FAs. The mean values of short-chain
    FA and medium-chain FA contents differed significantly between the methods, and the
    identification of these FA groups is an important factor in choosing the methodology for
    each milk. In the qualitative evaluation of the FA profile of milk from mares, donkeys
    and ruminants, the methylation methods used were similar, indicating that the milks of
    mares and donkeys can be analyzed by the three methods evaluated in the present study.
    Short chain FA (C4:0, C6:0 and C8:0) contents were similar, and medium chain FA
    (C10:0, C12:0 and C14:0) were higher in donkey milk. The mare's milk had the highest
    content of C18:3n3, which influenced the Σn3 (C18:3n3, C20:5n3 and C22:6n3), this
    group with the highest content in mare's milk, 12 times higher than in cow's milk and 8
    times that in donkey's milk. Σn6 (C18:2 n6 and C20:4 n6) were higher in donkey milk
    (17.75%), followed by mare's milk (12.64%), and 15 times lower in cow's milk (2.55%),
    when compared to donkey milk. When compared to cow's milk, equid milk has higher
    levels of n3 and n6; therefore, it has the best FA profile for human consumption.
    Concluded that the milk of mares and donkeys has a better FA profile for the promotion
    of human health and can be methylated for the three methods studied without prejudice
    in the identification.

4
  • INGRID PEREIRA PINTO OLIVEIRA
  • CONSIDERAÇÕES ECONÔMICAS SOBRE SELEÇÃO PARA MOCHO VERSUS AMOCHAMENTO EM BOVINOS DE CORTE

  • Orientador : GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FERNANDO BALDI
  • VERA LÚCIA CARDOSO
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • Data: 17/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Os cornos estão intimamente relacionados a sobrevivência e comportamento dos
    animais na vida selvagem, sendo uma característica de ordem recessiva selecionada
    naturalmente. A domesticação dos animais e inserção nos sistemas de criação, fizeram
    com que os cornos fossem menos necessários, sendo interessante trabalhar com animais
    mochos e amochados por uma série de razões. Os principais métodos de amochamento
    em animais jovens são: ferro quente (cauterização), amputação (instrumentos cortantes),
    e químico (pasta cáustica). Assim, objetivou-se realizar uma análise econômica
    comparativa entre diferentes técnicas de amochamento versus seleção de animais mochos
    da raça Nelore. Simularam-se três cenários para obtenção animais sem cornos:
    amochamento com ferro quente (1), amochamento com pasta cáustica (2) e seleção
    fenotípica para animais mochos (3) e foram avaliados os seus custos. As cotações dos
    materiais foram realizadas em diferentes estados do Brasil e feita a média dos valores.
    Com base nos dados de registros da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu
    (ABCZ), obteve-se a frequência inicial de bovinos aspados de 92,16%. A seleção
    fenotípica para mocho foi a técnica de menor custo. Esse resultado difere de sistemas de
    produção intensivo de bovinos leiteiros em que amochar ainda é a técnica de menor custo.
    A principal explicação para isso é que o preço do sêmen de touros mochos e aspados não
    difere na raça Nelore. A seleção fenotípica para obtenção de bovinos mochos vai de
    encontro ainda às práticas de bem-estar animal e tem potencialidade de acessar mercados
    mais conscientes e exigentes. Deve-se tomar cuidado com uso intenso de poucos
    reprodutores mochos a fim de evitar depressão endogâmica para outras características.


  • Mostrar Abstract
  • Horns are closely related to the survival and behavior of animals in the wild, being
    a naturally selected recessive trait. The domestication of animals and insertion in the
    production systems made the horns less necessary, making it interesting to work with
    polled and disbudded animals for a number of reasons. The main methods of disbudding
    young animals are: hot iron (cauterization), amputation (cutting instruments), and
    chemical (caustic paste). The aim of the study was to execute comparative economic
    analysis between different disbudding techniques versus selection for polled Nelore
    cattle. Three scenarios were simulated to obtain animals without horns: hot iron
    disbudding (1), caustic paste disbudding (2) and phenotypic selection for polled (3) and
    their costs were evaluated. The costs of the materials were collected in different states of
    Brazil and the average values used. Based on data recorded by the Brazilian Association
    of Zebu Breeders (ABCZ), the initial frequency of 92.16% was obtained for horned
    Nelore cattle. The phenotypic selection for polled cattle was the technique with lowest
    cost. This result differs from intensive dairy cattle production systems in which
    disbudding is still the lowest cost technique. The main explanation for this is that the price
    of semen from polled and horned bulls does not differ in the Nelore cattle. The phenotypic
    selection to obtain polled cattle is also in agreement with animal welfare handling and it
    has the potential to access more conscious and demanding markets. Care should be taken
    with intensive use of few polled bulls in order to avoid inbreeding depression for other
    traits.

5
  • ALINE DOS ANJOS SANTOS
  • EFEITOS DA ADMINISTRAÇÃO ORAL DE ESFERAS DE ALGINATO COM EXTRATO DE FOLHAS DE Moringa oleifera NAS REPOSTAS BIOQUÍMICAS E DE DESEMPENHO DE JUVENIS DE CARPA COLORIDA (Cyprinus carpio)

  • Orientador : RODRIGO FORTES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • LEANDRO SANTOS COSTA
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • Data: 04/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • O estudo objetivou avaliar o efeito extrato de folha de Moringa oleifera (EMO) contidas
    em esferas na alimentação da carpa colorida (Cyprinus carpio). As esferas foram obtidas
    a partir da técnica de encapsulamento que consiste em adicionar o EMO no alginato de
    sódio, onde a solução foi adicionada em gotas ao cloreto de cálcio, formando as esferas
    com EMO. Foram utilizados 96 juvenis de carpa colorida, com 25,87 (± 4,97) g. Os
    juvenis foram distribuídos aleatoriamente em 16 aquários em sistemas de recirculação de
    água. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com
    quatro tratamentos e quatro repetições. As diferentes dietas durante o período
    experimental foram: Dieta Basal (T1); Dieta com inclusão de 20 mL de EMO (T2); Dieta
    Basal e esferas com 20 mL de EMO (T3); Dieta Basal e esferas com 0 mL de EMO (T4),
    com duração de 60 dias. No último dia de experimentação foi realizada a pesagem e coleta
    sanguínea para os índices de desempenho e parâmetros bioquímicos nos animais antes e
    após ao desafio de estresse que foi de exposição ao ar e teve duração de 300 s. A
    suplementação com EMO não afetou os índices de desempenho e composição corporal
    dos peixes. O grupo T3 apresentou aumento significativo (p≤0,05) no nível de albumina
    plasmática no período anterior ao estresse. O EMO influenciou significativamente
    (p≤0,05), no aumento do colesterol total e da enzima aminotransferase (AST) após o
    estresse de exposição ao ar no grupo T3, em relação a T1 e T4. Os demais parâmetros,
    enzima alanina aminotransferase (ALT), glicose, proteína total, albumina, triglicerídeos,
    HDL e LDL não apresentaram diferença significativa em nenhuma das etapas. O extrato
    de folha de Moringa oleifera não é indicado na alimentação de juvenis de carpa colorida,
    devido ao aumento do colesterol total e enzimas AST, seu uso não alterou os parâmetros
    de desempenho zootécnico e a composição centesimal da carcaça dos peixes.


  • Mostrar Abstract
  • The study aimed to evaluate the effect of Moringa oleifera leaf extract (EMO) contained
    in spheres in the feeding of colored carp (Cyprinus carpio). The spheres were obtained
    from the encapsulation technique, which consists of adding EMO to sodium alginate,
    where the solution was added in drops to calcium chloride, forming spheres with EMO.
    96 juveniles of colored carp were used, with 25.87 (± 4.97) g. Juveniles were randomly
    distributed in 16 aquariums in water recirculation systems. The experiment was carried
    out in a completely randomized design with four treatments and four repetitions. The
    different diets during the experimental period were: Basal Diet (T1); Diet with inclusion
    of 20 mL of EMO (T2); Diet Basal and spheres with 20 mL of EMO (T3); Basal diet and
    spheres with 0 mL of EMO (T4), lasting 60 days. On the last day of experimentation,
    biometry and blood collection were effected for performance indices and biochemical
    parameters in the animals before and after the stress challenge, which was exposure to air
    and lasted 300 s. Supplementation with EMO did not affect the performance indices and
    body composition of the fish. The T3 group showed a significant increase (p≤0.05) in
    the plasma albumin level in the period before the stress. EMO significantly influenced
    (p≤0.05) the increase in total cholesterol and aminotransferase enzyme (AST) after the
    stress of exposure to air in the T3 group, in relation to T1 and T4. The other parameters,
    alanine aminotransferase enzyme (ALT), glucose, total protein, albumin, triglycerides,
    HDL and LDL showed no significant difference in any of the steps. Moringa oleifera leaf
    extract is not indicated for feeding juveniles of colored carp, due to the increase in total
    cholesterol and AST enzymes, its use did not change the parameters of zootechnical
    performance and the proximate composition of the fish carcass.

6
  • Pâmela Yanaína Araújo Bellotto
  • COMPORTAMENTO INGESTIVO DE VACAS LACTANTES EM PASTAGENS DE Panicum maximum CV. Tanzânia SUPLEMENTADAS COM NÍVEIS CRESCENTES DE CONCENTRADO

  • Orientador : DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • Data: 02/12/2022

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o comportamento ingestivo de vacas lactantes submetidas ao fornecimento de concentrado (0; 2,0; 4,0 e 6,0 kg de MN/vaca/dia) em pastagens de Panicum maximum cv Tanzânia. Foram utilizadas 12 vacas mestiças HolandêsxZebu com produção média diária de 15 kg de leite, mantidas em pastagens de capim Panicum maximum cv Tanzânia distribuídas em três quadrados latinos 4 x 4, balanceados de acordo com a produção de leite e período de lactação. O comportamento ingestivo foi avaliado no período de 24 horas. A oferta crescente de concentrado aumentou de forma linear (P<0,05) o consumo de matéria seca (g/dia), eficiência de consumo de matéria seca, tempos de ruminação e ócio, número de mastigações merícicas por dia e número de bolos por dia/hora (P<0,05).
    Contudo, houve redução linear (P<0,05) do tempo de pastejo, número de bocados, tempo de mastigação total, consumo de FDN, tempos de alimentação (min/kg MS) e tempo de ruminação (min/kg FDN).
    Conclui-se que a oferta crescente de alimento concentrado na dieta de vacas lactantes, em até 6kg, em sistemas de produção em regime de pastejo, aumenta o consumo de MS, a eficiência de consumo de nutrientes e reduz o tempo de pastejo, alterando positivamente as variáveis associadas ao comportamento animal.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate the ingestive behavior of lactating cows submitted to the supply of concentrate (0; 2.0; 4.0 and 6.0 kg of MN/cow/day) in pastures of Panicum maximum cv Tanzânia. Twelve crossbred HolsteinxZebu cows with an average daily production of 15 kg of milk were used, kept on pastures of Panicum maximum cv Tanzânia grass, distributed in three 4 x 4 Latin squares, balanced according to milk production and lactation period. The ingestive behavior was evaluated in the period of 24 hours. The increasing supply of concentrate linearly increased (P<0.05) dry matter intake (g/day), efficiency of dry matter intake, rumination and idle times, number of chews per day and number of cakes per day/hour (P<0.05). However, there was a linear reduction (P<0.05) in grazing time, number of bites, total chewing time, NDF consumption, feeding times (min/kg DM) and rumination time (min/kg NDF).
    It is concluded that the increasing supply of concentrated feed in the diet of lactating cows, up to 6kg, in grazing production systems, increases DM intake, nutrient intake efficiency and reduces grazing time, positively altering the variables associated with animal behavior.

Teses
1
  • Leandro Andrade Sande da Silva
  • MILHO GRÃO MOÍDO, REIDRATADO E ENSILADO EM DIETAS PARA CORDEIROS CONFINADOS

  • Orientador : DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSÉ AUGUSTO GOMES AZEVEDO
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • Data: 08/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • A silagem de grãos de milho através da ação de proteases bacterianas, que somada aos
    ácidos orgânicos advindos da fermentação, promovem maior solubilização das
    prolaminas. Assim, objetivou-se avaliar o efeito dos diferentes níveis de substituição do
    fubá de milho do concentrado pelo milho grão moído, reidratado e ensilando (MGMRE)
    na dieta de cordeiros Santa Inês confinados, sobre o comportamento ingestivo,
    desempenho, características físico-químicas, ácidos graxos, centesimal e sensorial da
    carne. Foram utilizados 40 cordeiros Santa Inês, não castrados, com peso médio inicial
    de 21 ± 2,8 kg e idade inicial de 4 meses, distribuídos em delineamento inteiramente
    casualizado (cinco dietas e oito repetições). As dietas consistiram na substituição do
    milho moído em 0, 250, 500, 750 e 1000 g/kg de matéria seca no concentrado pelo
    MGMRE. O experimento durou 85 dias, sendo 21 dias de adaptação. As observações
    comportamentais foram realizadas a cada cinco minutos por período de 24 horas. Após
    o período de confinamento, os animais passaram por jejum de sólidos e foram abatidos,
    posteriormente realizou-se as análises físico-químicas e sensoriais da carne no músculo
    Longissimus lumborum. Os ganhos de peso total (16,65 kg), corporal final (37,71 kg) e
    ganho médio diário (260,30 g) não foram influenciados (P>0,05) pelos níveis de
    MGMRE das dietas. O consumo, eficiência alimentar e de ruminação do FDN foram
    influenciados (P<0,05) de forma linear decrescente pelos níveis de MGMRE. A
    substituição da MGMRE não alterou o pH, perdas por cocção, maciez, suculência, odor
    e aceitação global, entretanto, aumentou (P<0,05) linearmente a luminosidade, teor de
    vermelho, teor de amarelo, e o atributo de sabor, reduzindo de forma linear a força de
    cisalhamento (P<0,05). Também não influenciou (P>0,05) o perfil de ácidos graxos na
    carne e a relação de h:H que são benéficas para saúde do consumidor. O milho grão
    moído, reidratado e ensilado pode substituir totalmente o milho moído do concentrado
    na dieta de ovinos Santa Inês confinados sem alterar o desempenho, comportamento,
    parâmetros produtivos produtivos e qualidade da carne, além de aumentar a maciez e o
    sabor da carne.


  • Mostrar Abstract
  • The silage of corn grains through the action of bacterial proteases, which added to the
    organic acids from fermentation, promote greater solubilization of prolamins. Thus, the
    objective was to evaluate the effect of different levels of replacement of cornmeal in the
    concentrate by ground corn, rehydrated and ensiling (MGMRE) in the diet of confined
    Santa Inês lambs, on the ingestive behavior, performance, physicochemical
    characteristics, fatty acids, proximate and sensory of meat. Forty Santa Inês lambs, not
    castrated, with an average initial weight of 21 ± 2.8 kg and an initial age of 4 months
    were used distributed in a completely randomized design (five diets and eight
    replications). The diets consisted of replacing ground corn at 0, 250, 500, 750 and 1000
    g/kg of dry matter in the concentrate for MGMRE. The experiment lasted 85 days, with
    21 days of adaptation. Behavioral observations were performed every five minutes for a
    24-hour period. After the confinement period, the animals were fasted from solids and
    slaughtered, after which the physical-chemical and sensory analyzes of the meat in the
    Longissimus lumborum muscle were carried out. The gains in total weight (16.65 kg),
    final body weight (37.71 kg) and average daily gain (260.30 g) were not influenced
    (P>0.05) by the MGMRE levels of the diets. NDF intake, feed and rumination
    efficiency were influenced (P<0.05) in a linear decreasing manner by MGMRE levels.
    The substitution of MGMRE did not change the pH, cooking losses, tenderness,
    juiciness, odor and overall acceptance, however, it linearly increased (P<0.05) the
    luminosity, red content, yellow content, and the flavor attribute, linearly reducing the
    shear force (P<0.05). It also did not influence (P>0.05) the fatty acid profile in the meat
    and the h:H ratio, which are beneficial for consumer health. Ground, rehydrated and
    ensiled corn grain can totally replace ground corn from concentrate in the diet of
    confined Santa Inês sheep without altering performance, behavior, production
    parameters and meat quality, in addition to increasing meat tenderness and flavor.

2
  • Fernanda Gazar Ferreira
  • UTILIZAÇÃO DE TORTA DE LICURI E TORTA DE DENDÊ NA ALIMENTAÇÃO DE CABRAS EM LACTAÇÃO

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA SILVA DE OLIVEIRA
  • DORGIVAL MORAIS DE LIMA JÚNIOR
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • Data: 21/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com estes experimentos avaliar os efeitos da inclusão da torta de licuri
    (TL) e da torta de dendê (TD) em dietas para cabras em lactação sobre o desempenho
    produtivo e metabólico e sobre os parâmetros de qualidade físico-químicas e sensoriais
    do queijo minas frescal. Cada experimento foi conduzido com doze cabras em lactação,
    oito Saanen (dois quadrados) e quatro Anglo-Nubiana (um quadrado), distribuídas em
    delineamento em quadrado latino 4 x 4 triplicado, sendo quatro tratamentos referentes a
    inclusão da TL (0, 67, 133 e 200 g/kg na MS da dieta total) ou quatro tratamentos
    referentes a inclusão da TD (0, 80, 160 e 240 g/kg na MS da dieta total). Os efeitos dos
    níveis de inclusão da TL e da TD foram avaliados através do ajuste de contrastes
    ortogonais no qual considerou-se o nível de 5% de probabilidade. Para os parâmetros
    sensoriais realizou-se a analise de componentes principais. A inclusão da TL não
    influenciou no consumo de matéria seca (P>0,005), porém, promoveu acréscimo no
    consumo de fibra em detergente neutro (P<0,001), decresceu os consumos de extrato
    etéreo (P=0,035) e carboidratos não fibrosos (P<0,001). Houve redução da
    digestibilidade da matéria seca (P=0,018) e aumento da digestibilidade da fibra em
    detergente neutro (P=0,036). As eficiências de alimentação (P=0,005) e ruminação da
    fibra em detergente neutro (P<0,0001) aumentaram com a inclusão de TL. A produção e
    composição do leite não foram influenciadas pela inclusão da TL nas dietas, assim
    como a eficiência na produção de leite (P>0,05). O balanço de nitrogênio foi semelhante
    para todas as dietas testadas. A inclusão da TL reduziu a umidade (P=0,0125) dos
    queijos. O teor de extrato etéreo do queijo teve comportamento quadrático (P=0,0208)
    em função da inclusão da TL, enquanto que não teve efeito sobre o rendimento do
    queijo. A utilização da análise de componentes principais para analisar os atributos
    sensoriais resultou em uma separação das amostras de queijo. No experimento com
    inclusão da TD observou-se decréscimo gradativo no consumo de matéria seca
    (P<0,001), proteína bruta (P<0,001), fibra em detergente neutro (FDN) (P<0,01) e
    carboidratos não fibrosos (P<0,01), assim como a digestibilidade da matéria seca
    (P=0,031). A produção de leite (P<0,001) reduziu gradativamente, porém, a inclusão da
    TD não influenciou a eficiência na produção de leite (P>0,05). As eficiências de
    alimentação e ruminação da matéria seca e da FDN foram reduzidas (P<0,001). As
    porcentagens de gordura e sólidos totais (P=0,024) do leite foram influenciadas de
    forma quadrática. A utilização da TD foi associada com a redução da umidade do queijo
    2(P=0,004), o que comprometeu o rendimento do queijo (P=0,030). Observou-se
    alterações no perfil de ácidos graxos do leite em função da inclusão da TD como
    aumento dos ácidos graxos monoinsaturados (P=0,008) e comportamento quadrático
    para a relação entre os ácidos graxos poli-insaturados e saturados (P=0,022) e para o
    índice de trombogenicidade (P=0,023). A análise de componentes principais indicou
    que os tratamentos controle e com 80 g kg-1 de TD foram os mais aceitos pelos
    provadores. Desta forma recomenda-se a inclusão de 133 g de torta de licuri por kg na
    MS da dieta total de cabras em lactação, visto que neste nível não teve redução no
    consumo e produção de leite e teve melhor avaliação quanto ao sabor e textura do
    queijo minas frescal. Porém a utilização da torta de dendê em dietas para cabras em
    lactação não é recomendada visto que reduz consumo e consequentemente a produção
    de leite das cabras.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of these experiments was to evaluate the effects of the inclusion of licuri
    cake (LC) and palm kernel cake (PKC) in diets for lactating goats on the productive and
    metabolic performance and on the physicochemical and sensory quality parameters of
    the minas frescal cheese. Each experiment was conducted with twelve lactating goats,
    eight Saanen (two squares) and four Anglo-Nubian (one square), distributed in a Latin
    square design triplicate (4 x 4), with four treatments referring to the inclusion of LC (0,
    67, 133 and 200 g/kg in the DM of the total diet) and four treatments referring to the
    inclusion of PKC (0, 80, 160 and 240 g/kg in the DM of the total diet). The effects of
    the LC and PKC inclusion levels were evaluated through the adjustment of orthogonal
    contrasts in which the 5% probability level was considered. For the sensory parameters,
    the analysis of principal components was carried out. The inclusion of LC did not
    influence the consumption of dry matter (P>005), however, it promoted an increase in
    the consumption of neutral detergent fiber (P<0.001), decreased the consumption of
    ether extract (P=0.035) and non-fibrous carbohydrates (P<0.001). There was a reduction
    in dry matter digestibility (P=0.018) and an increase in neutral detergent fiber
    digestibility (P=0.036). Feeding (P=0.005) and rumination efficiencies of neutral
    detergent fiber (P<0.0001) increased with the inclusion of LC. Milk production and
    composition were not influenced by the inclusion of LC in the diets, as well as milk
    production efficiency (P>0.05). Nitrogen balance was similar for all tested diets. The
    inclusion of LC reduced the moisture (P=0.0125) of the cheeses. The ether extract
    content of the cheese had a quadratic behavior (P = 0.0208) as a function of the
    inclusion of LC, while it had no effect on the cheese yield. The use of principal
    component analysis to analyze sensory attributes resulted in a separation of the cheese
    samples. In the experiment with the inclusion of PKC, a gradual decrease was observed
    in the consumption of dry matter (P<0.001), crude protein (P<0.001), neutral detergent
    fiber (NDF) (P<0.01) and non-fibrous carbohydrates (P<0.01), as well as dry matter
    digestibility (P=0.031). Milk production was (P<0.001) gradually reduced, however, the
    inclusion of PKC did not influence the efficiency of milk production (P>0.05). Feeding
    and rumination efficiencies of dry matter and NDF were reduced (P<0.001). The
    percentages of fat and total solids (P=0.024) of the milk were influenced in a quadratic
    way. The use of PKC was associated with reduced cheese moisture (P=0.004), which
    compromised cheese yield (P=0.030). Changes were observed in the fatty acid profile of
    4 milk due to the inclusion of PKC as an increase in monounsaturated fatty acids
    (P=0.008) and quadratic behavior for the relationship between polyunsaturated and
    saturated fatty acids (P=0.022) and for the thrombogenicity index (P=0.023). The
    principal components analysis indicated that the control and treatments with 80 g kg-1
    of PKC were the most accepted by the panelists. In this way, it is recommended to
    include 133 g of licuri cake per kg in the DM of the total diet of lactating goats, since at
    this level there was no reduction in consumption and milk production and had a better
    evaluation regarding the flavor and texture of the minas frescal cheese. However, the
    use of palm kernel cake in diets for lactating goats is not recommended as it reduces
    consumption and consequently the milk production of goats.

3
  • MARISA SILVA BASTOS
  • ESTUDOS GENÔMICO-MOLECULARES PARA CARACTERÍSTICAS MORFOMÉTRICAS E DE VARIABILIDADE GÊNICA EM EQUINOS

  • Orientador : RAPHAEL BERMAL COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANNAIZA BRAGA BIGNARDI SANTANA
  • LARISSA FERNANDA SIMIELLI FONSECA
  • FÁBIO RICARDO PABLOS DE SOUZA
  • JOSINEUDSON AUGUSTO II DE VASCONCELOS SILVA
  • RAPHAEL BERMAL COSTA
  • Data: 23/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • A baixa variabilidade genética pode prejudicar diversos aspectos produtivos e reprodutivos em equídeos. Processos de recombinação gênica, como o crossing-over, podem aumentar a variabilidade genética ao promover trocas ente partes dos cromossomos homólogos durante a meiose. Entre as proteínas envolvidas no crossingover destacamos o papel da PRDM9 que determina os pontos de quebra da sequência de DNA (hotspots) através de uma estrutura chave denominada domínio de dedos de zinco, do inglês zinc fingers (ZF). Modificações nas sequências desses domínios ZF promovem formação de diferentes hotspot de recombinação ao longo do DNA. Assim, esse estudo teve como objetivo descrever a diversidade de arranjos de domínios de zinco e distribuição de alelos do gene PRDM9 em 26 raças de equinos. Para obtenção do DNA foram utilizadas amostras de pelos de 95 animais. A amplificação do gene de interesse foi realizada utilizando primers específicos e os produtos da amplificação foram qualificados, quantificados e então sequenciados. Para a análise e identificação dos polimorfismos, as sequências obtidas foram visualizadas com os programas CodonCode Aligner. Foram encontrados 14 novos domínios ZF, 19 alelos e 19 genótipos. O alelo 1 assim como o seu genótipo homozigoto (1|1) apresentaram maiores frequências (0,889 e 0,775, respectivamente). Os resultados permitem a condução de manejo reprodutivo de animais cujo genótipo do PRDM9 seja menos frequente em populações com pouca variabilidade genética. Promovem-se novas recombinações e auxilia-se no aumento de sua variabilidade. Adiciona-se a isso o fato de o gene ter papel importante no processo evolutivo, podendo essas informações contribuírem para o melhor entendimento desse mecanismo.


  • Mostrar Abstract
  • The low genetic variability can cause several productive and reproductive prejudices in horses. Genetic recombination processes, such as crossing-over, can increase genetic variability by promoting changes between parts of homologous chromosomes during meiosis. Among the proteins involved in crossing-over, we highlight the role of PRDM9, which determines DNA sequence hotspots through a key structure called zinc fingers (ZF). Modifications in the sequences of these ZF promote the recombination of different hotspots along the DNA. Thus, this study aimed to describe the diversity of ZF arrangements and allele distribution of the PRDM9 gene in 26 horse breeds. To obtain the DNA, hair samples from 95 animals were used. Amplification of the gene of interest was performed using specific primers and the amplification products were qualified, quantified and then sequenced. For the analysis and identification of polymorphisms, the sequences obtained were visualized using CodonCode Aligner programs. A total of 14 new ZF domains, 19 alleles and 19 genotypes were found. Allele 1 as well as its homozygous genotype (1|1) showed higher frequencies (0.889 and 0.775, respectively). The results allow better matings, it permits to choose animals whose PRDM9 genotype is less frequent in populations with little genetic variability. It promotes new recombinations and helps to increase variability. Moreover, the gene plays an important role in the evolutionary process, and this information may contribute to a better understanding of this mechanism.

4
  • ALTIERY FELIX E SILVA
  • EFEITOS IN VITRO E IN VIVO EM TAMBAQUI DOS ÓLEOS ESSENCIAIS DE Lippia sidoides E Cymbopogon citratus

  • Orientador : CARLOS EDUARDO COPATTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • ANTONIO CLEBER DA SILVA CAMARGO
  • JOSÉ FERNANDO BIBIANO DE MELO
  • LUCIANO DE OLIVEIRA GARCIA
  • Data: 23/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Aeromonas hydrophila é uma bactéria oportunista, com grande capacidade de produção
    de biofilme, que pode causar danos severos na aquicultura. O objetivo deste estudo foi
    identificar os compostos dos óleos essenciais de Lippia sidoides (OELS) e Cymbopogon
    citratus (OECC), bem como avaliar sua ação biocida, antibiofilme e sinérgica com o
    antibiótico florfenicol contra A. hydrophila. A atividade antimicrobiana de OELS e OECC
    foi verificada pela concentração bactericida mínima e pela ação contra a formação de
    biofilme e biofilme consolidado. A atividade sinérgica de OELS e OECC com florfenicol
    foi realizada pela técnica de checkerboard. O principal componente de OELS e OECC
    foi carvacrol (44,50%) e α-citral (73,56%), respectivamente. Ambos os óleos essenciais
    mostraram fraca atividade inibitória (≥ 3.125,00 μg mL-1). Dois isolados bacterianos
    apresentaram capacidade de produzir biofilme. A classificação para OELS e OECC foi
    de não produtor e fraco produtor de biofilme para cada isolado. Foi verificado efeito
    bactericida no biofilme previamente consolidado para OELS em ambos os isolados e
    para OECC para apenas um dos isolados. Em geral, OELS apresentou efeito sinérgico
    com florfenicol, enquanto EOCF apresentou efeito aditivo. Em conclusão, ambos os
    óleos essenciais foram capazes de interferir na formação do biofilme e não
    apresentaram efeito antagônico em combinação com florfenicol. Os melhores resultados
    foram encontrados para OELS, que apresentou efeito sinérgico com florfenicol e
    capacidade de interferir na redução de biofilme consolidado.


  • Mostrar Abstract
  • Aeromonas hydrophila is an opportunistic bacterium, with a high capacity for
    biofilm production, which can cause severe damage in aquaculture. The objective
    of this study was to identify the chemical compounds of the essential oils of Lippia
    sidoides (EOLS) and Cymbopogon citratus (EOCC), and to evaluate the biocidal,
    antibiofilm, and synergistic action with the antimicrobial florfenicol of these
    essential oils (EOs) against A. hydrophila. The antibacterial activity of EOLS and
    EOCC was verified by the minimum bactericidal concentration and by the action
    of these EOs against both forming and consolidated biofilms. The synergistic
    activity of EOs with florfenicol was performed using the checkerboard technique.
    The main component of EOLS and EOCC was carvacrol (44.50%) and α-citral
    (73.56%), respectively. Both EOs showed weak inhibitory activity (≥ 3,125.00 μg
    mL-1). Two bacterial isolates were able to produce biofilm, and EOLS and EOCC
    acted upon the bacterial isolates to prevent biofilm formation. A bactericidal effect
    was verified for EOLS in the previously consolidated biofilm for both isolates and
    for EOCC in only one of the isolates. In general, EOLS had a synergistic effect
    with florfenicol, while EOCF had an additive effect. Both EOs were able to
    interfere with biofilm formation and did not have an antagonistic effect in
    combination with florfenicol. The best results were found for EOLS, which showed
    a synergistic effect with florfenicol and the ability to interfere in the formation of
    consolidated biofilm. This study highlights the potential of EOLS and EOCC to
    23
    interfere in biofilm and act in synergy with florfenicol to reduce the occurrence of
    A. hydrophila. Development of these compounds may contribute to the
    development of herbal medicines in aquaculture.

5
  • LARISSA KIANA SANTOS AZEVEDO MARTINS
  • EFEITOS DE PROBIÓTICO IN OVO SOBRE O RENDIMENTO DE INCUBAÇÃO E AS CARACTERÍSTICAS MORFOFISIOLÓGICAS DE PINTOS DE CORTE

  • Orientador : VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIANA ANDRÉ POMPEU
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • LEONARDO JOSÉ CAMARGOS LARA
  • LIA MUNIZ BARRETTO FERNANDES
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • Data: 27/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • A nutrição in ovo tem investigado a eficácia da administração de substâncias, como os probióticos, com o intuito de melhorar as respostas zootécnicas das aves e
    promover a substituição dos antibióticos. No entanto, a maioria das pesquisas realizadas com esse propósito utilizam metodologia incompatível com a aplicabilidade prática, analisam poucas variedades de cepas bacterianas e não realizam esse procedimento em
    incubatórios comerciais. Nosso objetivo com este estudo foi investigar se a inoculação in ovo automatizada e em larga escala de probiótico comercial de múltiplas cepas, associada a vacinação in ovo, interfere no rendimento de incubação, nas características morfofisiológicas e na qualidade dos pintos recém-eclodidos provenientes de matrizes Cobb® com 35 semanas de idade. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, distribuído em três tratamentos: controle (sem inoculação), vacinação in ovo (padrão do incubatório) e vacinação in ovo associada ao probiótico. A incubação ocorreu conforme rotina normal do incubatório e aos 18,5 dias de incubação as soluções foram injetadas diretamente na cavidade amniótica dos ovos. Foram avaliados parâmetros como: eclodibilidade, mortalidade embrionária, equilíbrio ácido-base do pinto, assim como o seu peso, peso do pinto sem o saco vitelino (YFBM), saco residual (RY), comprimento e escore de umbigo, não havendo diferenças estatísticas entre os tratamentos (P>0,05). Os pesos de órgãos, parâmetros sanguíneos e morfometria intestinal revelaram diferenças em algumas variáveis analisadas (p≤0,05) sem prejuízos à qualidade dos pintos. A técnica de associação da vacinação in ovo ao probiótico de múltiplas cepas utilizado nesta pesquisa, é segura para ser realizada em escala
    industrial, pois preserva a homeostase dos pintos e não interfere no rendimento de incubação. É recomendado o aprofundamento de estudos associando probióticos in ovo de múltiplas cepas e seus efeitos ao longo do período de criação das aves, para constatar benefícios relacionados ao desempenho zootécnico e respostas aos desafios de campo.


  • Mostrar Abstract
  • In ovo nutrition has investigated the effectiveness of substances, such as probiotics, in order to improve poultry performance and replace antibiotics. However, most research uses methodology incompatible with the practical applicability, analyzing few bacterial strains and do not perform this procedure in commercial hatcheries. Our goal with this study was to investigate whether large-scale, automated in ovo inoculation of a commercial multi-strain probiotics associated with in ovo vaccination, affects incubation yield, morphophysiological characteristics and quality of newly hatched chicks from broiler breeders Cobb® with 35 weeks of age. We used a completely randomized design, with three treatments: control (without inoculation), in ovo vaccination (hatchery standard) and in ovo vaccination associated with the probiotic.
    The incubation was performed according to the normal hatchery routine and at 18.5 days of incubation the solutions were injected directly into the amniotic cavity. We evaluated the parameters such as: hatchability, embryo mortality, acid-base balance of the newly-hatched chick, as well as its weight, YFBM, RY, length and navel score, with no statistical differences between treatments (P>0.05). Organ weights, blood parameters and intestinal morphometry revealed differences in some analyzed variables (p≤0.05) without chick quality damage. The technique of associating in ovo vaccination with the multi-strain probiotic used in this research is safe to be carried out in industry, as it preserves chick homeostasis and does not interfere with the incubation efficiency. It is recommended further studies associating the inoculation of in ovo multiple strains probiotics and their effects throughout the period of poultry farming, to verify benefits related to the performance and the answers to the challenges in the field.

6
  • Lívia Paola Silva Petroski
  • PRODUÇÃO, BENEFICIAMENTO E DISTRIBUIÇÃO DA TILÁPIA DO NILO PRODUZIDA EM TANQUE-REDE: UMA AVALIAÇÃO ENERGÉTICA E AMBIENTAL

  • Orientador : LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GUILHERME WOLFF BUENO
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • CARLOS ROBERTO FRANKE
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • Luciano Brito Rodrigues
  • Data: 06/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo contempla a análise da produção da tilápia do Nilo, seguindo a metodologia
    da Avaliação do Ciclo de Vida (ACV). O objetivo da tese foi avaliar o desempenho
    ambiental na produção da tilápia do Nilo em diferentes tamanhos, desde a alevinagem,
    recria, engorda, beneficiamento (em filé, posta e tilápia eviscerada) e transformação final
    dos resíduos do beneficiamento em farinha e óleo de peixe, por meio da quantificação
    dos impactos ambientais potenciais, ao longo de seu ciclo de vida, aplicando a Avaliação
    do Ciclo de Vida (ACV), foram identificados os pontos críticos, possibilidades de
    correção e incremento da sustentabilidade desta etapa da piscicultura. No capítulo 1, o
    fluxo de referência foi 1 tonelada (Mg) de peixe. O inventário de primeiro plano
    considerou as produções de ração e as etapas de alevinagem e produção de peixe a partir
    da recria e engorda em tanque-rede, enquanto o inventário de segundo plano considerou
    a produção dos demais insumos materiais e energéticos, transporte, infraestrutura e
    tratamento de resíduos. As categorias avaliadas foram a ocupação de área, consumo de
    água, demanda energética, aquecimento global, acidificação e eutrofização. No Capítulo
    2, o fluxo de referência foi 1 tonelada (Mg) de peixe beneficiado e distribuído. O sistema
    de produto de primeiro plano contém o inventário das etapas de produção da tilápia do
    Nilo em tanque-rede, beneficiamento em frigorífico e distribuição para o mercado
    varejista, enquanto o sistema de produto de segundo plano contém o inventário da
    produção dos demais insumos materiais e energéticos, transporte, infraestrutura e
    tratamento de resíduos. As categorias avaliadas foram a ocupação de área (OA), consumo
    de água (CA), demanda energética (DE), aquecimento global (AG), acidificação (AC) e
    eutrofização (EU). O cenário com tilápia do Nilo com maior massa teve maior impacto
    em todas as categorias analisadas. A ração foi o principal contribuidor das categorias de
    demanda energética, consumo de água e ocupação de área, enquanto a criação de peixe
    apresentou a maior contribuição da eutrofização, acidificação e aquecimento global. A
    produção de 1t de peixe beneficiado demandou as seguintes quantidades de tilápia do
    Nilo: 1,3t no T1200g-E, 2,4t no T1200g-P e 3,3t no T 1200g-F. A carga ambiental da
    tilápia do Nilo beneficiada e distribuída com o tipo de corte eviscerado (T1200g-E) foi
    18 000m2.ano em OA, 54m3 em CA, 107 000MJ em DE, 14 500kgCO2eq em AG, 133kg
    SO2eq em AC e 127 PO4 3-eq em EU, enquanto estes valores aumentaram de 33 a 34%
    naquela em posta (T1200g-P) e 137 a 143% naquela em filé (T1200g-F). A etapa de
    produção da tilápia do Nilo apresentou a maior carga ambiental nas categorias avaliadas
    (97 a 99%). Diante disso, podemos concluir que os peixes menores é uma estratégia para
    reduzir o impacto ambiental da tilapicultura, sendo recomendável a produção de peixes
    de tamanho menor como 600g a 900g.


  • Mostrar Abstract
  • This study includes the analysis of Nile tilapia production, following the Life Cycle
    Assessment (LCA) methodology. The objective of the thesis was to evaluate the
    environmental performance in the production of Nile tilapia in different sizes, from
    nursery, rearing, fattening, processing (in fillet, steak and gutted tilapia) and final
    transformation of the processing residues into fish meal and oil. , through the
    quantification of potential environmental impacts, throughout its life cycle, applying the
    Life Cycle Assessment (LCA), critical points, correction possibilities and increased
    sustainability of this stage of fish farming were identified. In chapter 1, the reference flow
    was 1 ton (Mg) of fish. The foreground inventory considered the feed production and the
    stages of hatching and fish production from the rearing and fattening in cages, while the
    background inventory considered the production of other material and energy inputs,
    transport, infrastructure and waste treatment. The categories evaluated were area
    occupation, water consumption, energy demand, global warming, acidification and
    eutrophication. In Chapter 2, the reference flow was 1 ton (Mg) of processed and
    distributed fish. The foreground product system contains the inventory of the Nile tilapia
    production stages in net cage, processing in a slaughterhouse and distribution to the retail
    market, while the background product system contains the production inventory of the
    other material inputs and energy, transport, infrastructure and waste treatment. The
    categories evaluated were area occupation (AO), water consumption (AC), energy
    demand (ED), global warming (GW), acidification (AC) and eutrophication (EU). The
    scenario with Nile tilapia with greater mass had the greatest impact on all categories
    analyzed. Feed was the main contributor to the categories of energy demand, water
    consumption and area occupation, while fish farming presented the greatest contribution
    from eutrophication, acidification and global warming. The production of 1t of processed
    fish required the following quantities of Nile tilapia: 1.3t in T1200g-E, 2.4t in T1200g-P
    and 3.3t in T1200g-F. The environmental load of Nile tilapia processed and distributed
    with the type of eviscerated cut (T1200g-E) was 18 000 m2. year in AO, 54 m3 in AC,
    107 000 MJ in ED, 14 500kgCO2eq in GW, 133kgSO2eq in AC and 127 PO4
    3-eq in EU, while these values increased from 33 a 34% in steak (T1200g-P) and 137 to 143% in fillet
    (T1200g-F). The Nile tilapia production stage presented the highest environmental
    burden in the evaluated categories (97 to 99%). Given this, we can conclude that smaller
    fish is a strategy to reduce the environmental impact of tilapia farming, for a more
    sustainable fish farming is the production of fish of smaller size like 600g to 900g.

7
  • IZABELA LORENA AZEVEDO
  • Influência da temperatura de incubação sobre o desenvolvimento ósseo de embriões e pintos de corte recém-eclodidos

  • Orientador : VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LEONARDO JOSÉ CAMARGOS LARA
  • MARCOS BARCELLOS CAFÉ
  • FABIANA FERREIRA
  • FULVIO VIEGAS SANTOS TEIXEIRA DE MELO
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • Data: 19/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • A temperatura de incubação controla o desenvolvimento embrionário e provavelmente
    tem efeito sobre a formação e crescimento do esqueleto, que se inicia durante a
    embriogênese. Assim, nosso objetivo com esse trabalho foi avaliar se variações de
    temperatura da casca (acima ou abaixo da recomendada) durante a fase intermediária da
    embriogênese afetam o rendimento de incubação, a qualidade dos pintos, a utilização de
    minerais a partir dos componentes do ovo e o desenvolvimento ósseo de embriões e
    pintos. Foram incubados 2408 ovos de matrizes Cobb 500® com 45 semanas em quatro
    diferentes temperaturas de casca (TCO): 1) Controle (TCO de 37,8°C durante toda a
    incubação); 2) TCO baixa (36,7°C entre os dias 8 e 18,5 de incubação); 3) TCO alta
    (38,9°C entre os dias 8 e 18,5 de incubação) e 4) TCO muito alta (39,4°C entre os dias 8
    e 18,5 de incubação). Foram avaliados o rendimento da incubação (perda de peso do ovo,
    mortalidade, fertilidade, eclodibilidade, refugagem), a qualidade de pinto (peso e
    comprimento, peso do corpo sem gema, peso de gema residual, peso relativo de órgãos,
    escore de umbigo), os parâmetros da casca (peso, espessura, cálcio, fósforo, manganês e
    magnésio), da gema (Ca, P, Mn e Mg), do sangue (Ca, P, hormônios T3, T4, PTH,
    calcitonina e vitamina D3, Fosfatase Alcalina) e do osso (Ca, P, Mn, Mg, morfometria,
    cinzas, calcificação e resistência). A temperatura de incubação afetou a maioria das
    variáveis analisadas. O rendimento da incubação foi impactado negativamente por todas
    as alterações de TCO, sendo a TCO muito alta a que mais prejudicou os índices avaliados,
    seguida da TCO baixa (p≤0,05). O peso relativo de órgãos foi influenciado negativamente
    pelo aumento da temperatura (p≤0,05). A TCO baixa, alta e muito alta promoveram
    redução na qualidade dos pintos; na utilização dos minerais da casca e da gema; nos
    minerais do sangue e da tíbia; prejuízo às características ósseas e diminuição nos
    hormônios tireoideanos, no PTH e na vitamina D3 (p≤0,05). Para todas essas variáveis a
    TCO muito alta causou os piores resultados. A calcitonina aumentou igualmente na TCO
    alta e muito alta (p≤0,05). A Fosfatase Alcalina foi aumentada apenas pela TCO muito
    alta (p≤0,05). Altas temperaturas prejudicaram de forma mais acentuada a mobilização e
    utilização de minerais a partir dos componentes do ovo, os hormônios calciotrópicos e
    consequentemente o desenvolvimento ósseo durante a incubação. Variações de
    temperatura da casca (acima ou abaixo da recomendada) durante a fase intermediária da
    embriogênese reduzem o rendimento de incubação e a qualidade dos pintos.


  • Mostrar Abstract
  • Incubation temperature controls embryonic development and probably has an effect on
    skeletal formation and growth, which begins during embryogenesis. Thus, our aim with
    this work was to evaluate whether variations in eggshell temperature (above or below the
    recommended) during the middle stage of embryogenesis affect incubation yield, chick
    quality, utilization of minerals from the egg components and bone development of
    embryos and hatchlings. 2408 eggs from broiler breeders Cobb 500® with 45 weeks of
    age were incubated at four different eggshell temperatures (EST): 1) Control (EST of
    37.8°C during the entire incubation period); 2) low EST (36.7°C between days 8 and 18.5
    of incubation); 3) high EST (38.9°C between days 8 and 18.5 of incubation) and 4) very
    high EST (39.4°C between days 8 and 18.5 of incubation). Incubation yield (egg weight
    loss, mortality, fertility, hatchability, culling), chick quality (chicken body weight and
    length, yolk free body mass, residual yolk weight, relative organ weight, navel score),
    parameters of eggshell (weight, thickness, calcium, phosphorus, manganese and
    magnesium), yolk (Ca, P, Mn and Mg), blood (Ca, P, hormones T3, T4, PTH, calcitonin
    and vitamin D3, Alkaline Phosphatase) and bone (Ca, P, Mn, Mg, morphometry, ash,
    calcification and strength). The incubation temperature affected most of the analyzed
    variables. The incubation performance was worsened by all changes in EST, with very
    high EST being the one that most affected the evaluated indices, followed by low EST
    (p≤0.05). The organs relative weight was negatively influenced by the increase in
    temperature (p≤0.05). Low, high and very high EST promoted a reduction in chick
    quality; in the eggshell and yolk minerals utilization; in the blood and tibia minerals;
    worsening of bone characteristics and decrease in thyroid hormones, PTH and vitamin D3
    (p≤0.05). For all these variables, the very high EST caused the worst results. Calcitonin
    increased equally at high and very high EST (p≤0.05). Alkaline Phosphatase was
    increased by very high EST (p≤0.05). High temperatures markedly impaired the
    mobilization and utilization of minerals from egg components, calciotropic hormones and
    consequently, bone development during incubation. Eggshell temperature variations
    (above or below the recommended) during the middle stage of embryogenesis worsen
    incubation yield and chick quality.

8
  • Keila Abadia Barbosa
  • ADITIVOS ALIMENTARES NA ALIMENTAÇÃO DE LEITÕES DESMAMADOS: DESEMPENHO ZOOTÉCNICO E 
    INDICADORES DE SAÚDE INTESTINAL

  • Orientador : PAULO LEVI DE OLIVEIRA CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO LEVI DE OLIVEIRA CARVALHO
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • SILVANA TEIXEIRA CARVALHO
  • JANSLLER LUIZ GENOVA
  • Data: 26/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • O uso de aditivos alimentares em dietas para leitões como potenciais alternativas aos antibióticos tem sido amplamente investigado devido ao banimento de compostos quimioterápicos e dos inúmeros fatores estressores no período pós-desmame. Portanto, objetivou-se com este estudo avaliar a eficiência da adição de blends de aditivos combinados nas dietas para leitões de creche sobre o desempenho zootécnico, digestibilidade aparente de nutrientes e indicadores de saúde intestinal. Um total de 144 leitões machos inteiros (6,93 ± 0,049 kg de BW) foram alocados em um delineamento de blocos casualizados dentro de 4 tratamentos compostos por 1) controle negativo (CN, livre de aditivo alimentar e antibiótico), 2) antibiótico (amoxicilina + norfloxacina) como controle positivo (CP), 3)dieta contendo um blend de butirato de sódio + levedura hidrolisada desidratada + proteinato de zinco (VL), ou 4) dieta baseada em VL + blend de levedura hidrolisada de cerveja + parede celular de levedura (VL + AT), com doze repetições de três animais por baia. Os leitões alimentados com VL + AT apresentaram piora (P = 0,037) na conversão alimentar em comparação ao CN na fase pré-inicial. Os leitões que receberam as dietas de CP e VL apresentaram maiores (P < 0,05) coeficientes de digestibilidade de nutrientes em comparação aos animais alimentados com dieta VL + AT. Entretanto, os animais que receberam VL tiveram aumento (P < 0,000), na proteína digestível em comparação aos demais tratamentos, e menor (P = 0,020), matéria orgânica digestível foi obtida em leitões do tratamento VL + AT do que os demais tratamentos.
    Para fase pré-inicial, houve redução (P = 0,044) na ocorrência de diarreia em leitões que receberam VL ou VL + AT em comparação ao CP. Na fase inicial, uma melhoria na ocorrência de diarreia foi observada (P = 0,000) em animais recebendo VL + AT ou CP quando comparados aos demais tratamentos. Os leitões que consumiram a dieta VL + AT apresentaram (P = 0,030) maior pH do conteúdo estomacal em comparação aos demais tratamentos. Além disso, os animais que consumiram VL + AT tiveram (P = 0,009) redução em enterobactérias jejunal em comparação aos que receberam o tratamento com CP. Na fase pré-inicial, os leitões alimentados com CN apresentaram (P = 0,001) maior
    46
    concentração de ureia plasmática quando comparados aos que receberam CP. Na fase inicial, os leitões que receberam VL + AT apresentaram (P = 0,011) menor concentração de eosinófilos em comparação ao tratamento CN. Houve diferença (P=0,048) de tratamento no peso relativo do intestino delgado, em que animais que consumiram dietas CN demostraram maior peso do que os do tratamento CP, mas menor (P = 0,002) peso de baço em comparação aos que consumiram VL. Os leitões que consumiram dietas com VL + AT apresentaram (P = 0,034) vilosidades mais altas no jejuno que os animais que receberam CP ou VL. Também, foram observadas uma maior (P = 0,046) profundidade de cripta no íleo para o tratamento VL em comparação ao VL + AT e um aumento (P = 0,015) na relação AV:PC do tratamento VL + AT em comparação ao VL. Houve efeito (P = 0,046) de aumento de células caliciformes no jejuno para o tratamento VL + AT do que em animais alimentados com CN e uma diminuição (P = 0,045) de necrose tecidual em leitões dos tratamentos VL ou VL + AT em comparação ao CN ou CP. Em conclusão, o blend complexo de aditivos na dieta para leitões não melhorou o desempenho e digestibilidade de nutrientes, embora pareça ser a combinação mais promissora no desenvolvimento da estrutura e atenuação de danos do epitélio intestinal e distúrbios diarreicos, além de uma redução de enterobactérias, como na concentração de eosinófilos.
    Em adição, o blend simples em dietas para leitões afetou a digestibilidade de nutrientes e necrose tecidual, e o peso de baço como uma tentativa de auxiliar o sistema imune.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the efficiency of adding blends of combined feed additives to diets for nursery piglets on zootechnical performance, apparent nutrient digestibility, and gut health indicators. A total of 144 whole male piglets (6.93 ± 0.049 kg BW) were allocated in a randomized block design within 4 treatments composed of 1) negative control (NC, free of feed additive and an antibiotic), 2) antibiotic (amoxicillin + norfloxacin) as a positive control (PC), 3) diet containing a blend of sodium butyrate + hydrolyzed dehydrated yeast + zinc proteinate (VL), or 4) diet based on VL + blend of hydrolyzed brewer's yeast + yeast cell wall (VL + AT), with twelve repetitions of three animals per stall. . Piglets fed VL + AT had worse (P = 0.037) feed conversion compared to CN in the pre-starter phase. Piglets fed the CP and VL diets had higher (P < 0.05) nutrient digestibility coefficients compared to animals fed the VL + AT diet. However, the animals that received VL had an increase (P < 0.000), in digestible protein compared to the other treatments, and lower (P = 0.020), digestible organic matter was obtained in piglets from the VL + AT treatment than the other treatments. For the pre-starter phase, there was a reduction (P = 0.044) in the occurrence of diarrhea in piglets receiving VL or VL + AT compared to CP. In the early phase, an improvement in the occurrence of diarrhea was observed (P = 0.000) in animals receiving VL + AT or CP when compared to the other treatments. Piglets consuming the VL + AT diet had (P = 0.030) higher pH of stomach contents compared to the other treatments. In addition, animals consuming VL + AT had (P = 0.009) a reduction in jejunal enterobacteriaceae compared to those receiving the CP treatment. In the pre-starter phase, piglets fed CN had (P = 0.001) higher plasma urea concentration when compared to those fed CP. In the early phase, piglets fed VL + AT had (P = 0.011) lower concentration of eosinophils compared to the CN treatment. There was a treatment difference (P = 0.048) in the relative weight of the small intestine, in which animals consuming CN diets showed higher weight than those on CP treatment, but lower (P = 0.002) spleen weight compared to those consuming VL. Piglets
    48
    fed VL + AT diets had (P = 0.034) higher villi in the jejunum than those fed either CP or VL. Also, a greater (P = 0.046) crypt depth in the ileum was observed for the VL treatment compared to VL + AT and an increase (P = 0.015) in the AV:CP ratio of the VL + AT treatment compared to VL. There was an effect (P = 0.046) of increased calyceal cells in the jejunum for the VL + AT treatment than in animals fed CN and a decrease (P = 0.045) of tissue necrosis in piglets from the VL or VL + AT treatments compared to CN or CP.
    In conclusion, the complex blend of additives in piglet diets did not improve performance and nutrient digestibility, although it seems to be the most promising combination in developing the structure and mitigating the damage of the intestinal epithelium and diarrheal disorders, as well as a reduction of enterobacteria, as in the concentration of eosinophils. In addition, a simple blend in piglet diets affected nutrient digestibility and tissue necrosis, and spleen weight as an attempt to aid the immune system.

9
  • CAMILA DE OLIVEIRA NASCIMENTO
  • GÉRMEN INTEGRAL DE MILHO NA ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS CONFINADOS

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • MARIA LEONOR GARCIA MELO LOPES DE ARAUJO
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 11/11/2022

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi avaliar a inclusão dietética (0, 30, 60, 90 e 120 g/kg MS) do gérmen integral de milho (GIM), uma fonte de energia, sobre o desempenho metabólico e produtivo dos cordeiros confinados. Para este fim, dois experimentos complementares foram realizados. No experimento I, testamos os efeitos dos níveis de inclusão do GIM no metabolismo de 10 cordeiros mestiços Santa Inês, machos, não castrados, distribuídos em dois quadrados latinos 5 × 5 (cinco períodos e cinco dietas). A digestibilidade dos carboidratos não fibrosos diminuiu (P = 0,01), enquanto a digestibilidade do extrato etéreo aumentou (P <0,01) com a inclusão do GIM. O balanço de nitrogênio (N retido) não mudou (P = 0,99) de acordo com os níveis do GIM. No experimento II, testamos o efeito dos níveis de inclusão do GIM no desempenho de 40 cordeiros Santa Inês, machos, não-castrados distribuídos em delineamento inteiramente casualizados. Houve uma redução na ingestão da maioria dos componentes nutricionais (P <0,05), exceto EE (P <0,01), que aumentou com os crescentes níveis do GIM, porém não influenciou negativamente no desempenho produtivo dos animais.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to evaluate the dietary inclusion (0, 30, 60, 90 and 120 g/kg DM) of whole corn germ (WCG), a source of energy, on the metabolic and productive performance of feedlot lambs. To this end, two complementary experiments were carried out. In Experiment I, we tested the effects of WCG inclusion levels on the metabolism of 10 uncastrated male Santa Inês lambs, which were distributed into two 5 × 5 Latin square design (five periods and five diets). Non-fibrous carbohydrate digestibility decreased (P = 0.01), whereas ether extract digestibility increased (P < 0.01) with the inclusion of WCG. Nitrogen balance (retained N) did not change (P = 0.99) according to the WCG levels. In Experiment II, we tested the effect of WCG inclusion levels on the production performance of 40 uncastrated male Santa Inês lambs, in a completely randomized design. There was a reduction in the intake of nutritional components (P < 0.05), except EE (P < 0.01), which increased with the increasing WCG levels.

2021
Dissertações
1
  • DIOGO FELIPE PEREIRA DE ASSIS LIMA
  • REGIÕES GENÔMICAS ASSOCIADAS À POSIÇÃO E AO NÚMERO DE REDEMOINHOS EM EQUINOS

  • Orientador : GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • INAÊ CRISTINA REGATIERI
  • ROGÉRIO ABDALLAH CURI
  • Data: 05/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • A posição e o número de redemoinhos já foram associados ao comportamento, ao
    temperamento e à lateralidade de equinos. A facilidade de observação dessas marcas
    epidérmicas auxilia na previsão da reatividade, permitindo assim o desenvolvimento de
    melhores formas de manejo, treinamento, monta e condução dos cavalos. Todavia, pouco
    se sabe sobre a genética envolvida na formação dos redemoinhos. Assim, o objetivo do
    estudo foi realizar uma análise de associação genômica para identificar as regiões
    genômicas e genes candidatos associados à posição e ao número de redemoinhos.
    Informações de 403 equinos da raça Quarto de Milha, genotipados para cerca de 63 mil
    SNPs, foram utilizados em um estudo de associação ampla do genoma, usando
    procedimento de etapa única. As características analisadas foram: a posição vertical do
    redemoinho na cabeça dos cavalos, o número de redemoinhos na cabeça, o número de
    redemoinhos no pescoço do lado esquerdo e o número de redemoinhos no pescoço do
    lado direito. As características apresentaram de três a cinco janelas genômicas que
    explicaram mais de 5% da variância aditiva e conjuntamente representam de 60% a 80%
    da variância aditiva de cada característica analisada. Muitos dos genes prospectados estão
    relacionados ao crescimento do folículo piloso. Alguns desses genes possuem efeito
    pleiotrópico para características neurológicas e comportamentais. Trata-se da primeira
    indicação de atividade biológica e fisiológica que apontam para uma explicação da
    observação do redemoinho como indicativo de temperamento.


  • Mostrar Abstract
  • The position and number of whorls have already been associated with behavior,
    temperament and laterality in horses. The observation of epidermal marks is easy and it
    helps to predict reactivity, allowing the adaptation of handling, training and riding.
    However, little is known about the genetic formation of whorls. Thus, the aim of this
    study is to proceed a genome-wide association analysis to identify the genomic regions
    associated with the position and number of whorls. Information of 403 Quarter Horses,
    genotyped for 63k SNP, was used in a genome-wide association study applying a singlestep
    procedure. The traits studied were the vertical position of whorl on head, number of
    whorls on the head, number of whorls on the left and right neck. The traits presented from
    three to five genomic windows that explain more than 5% of the additive variance and
    together represent 60% to 80% of the additive variance for each trait. Many prospected
    genes were related to hair follicle growth. Some genes have a pleiotropic effect with
    neurological and behavioral characteristics. This is the first indication of biological and
    physiological activity that point out an explanation of the whorl as an indicator of
    temperament.

2
  • SARAH NOGUEIRA DA SILVA E SILVA
  • EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO COM EXTRATOS VEGETAIS OU MONENSINA NA INGESTÃO DE NUTRIENTES, DIGESTIBILIDADE, FERMENTAÇÃO RUMINAL E METABOLISMO EM VACAS LEITEIRAS.

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO PALMA RENNÓ
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • Data: 11/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este estudo avaliar os efeitos da suplementação de monensina e
    saponinas isoladas ou combinadas com óleos essenciais (OEs) sobre a ingestão de
    nutrientes e digestibilidade aparente, parâmetros de fermentação ruminal, população
    microbiana, balanço de nitrogênio, síntese de proteína microbiana ruminal, metabólitos
    sanguíneos, produção e composição do leite, e perfil de ácidos graxos do leite de vacas
    Jersey no terço médio de lactação. Foram utilizadas oito vacas Jersey em lactação,
    canuladas no rúmen (média de produção de leite de 17,6 ± 5,5 kg/dia e 100,5 ± 26,6 dias
    de lactação (média ± DP)) distribuídas em dois quadrados latino 4×4, com períodos de 21
    dias (últimos sete dias para amostragem). As sequências de tratamento foram designadas
    aleatoriamente entre os animais e consistiram em: (1) CON - Controle, sem aditivo
    alimentar; (2) SAP - 16 g / vaca / dia de um suplemento à base de pó de feno-grego de
    semente inteira (variedade Fenucold) padronizado para diosgenina, uma das principais
    sapogeninas esteroidais de feno-grego (2000 mg / kg); (3) SAPEO - suplemento de SAP
    combinado com uma mistura de OEs naturais com componentes principais de carvacrol
    (2500 mg / kg), cinamaldeído (5600 mg / kg) e limoneno (3000 mg / kg); e (4) MON -
    Monensina, inclusão de monensina sódica na dieta a 24 mg / kg de MS. As vacas
    alimentadas com CON apresentaram maior consumo de matéria seca (P = 0,03), matéria
    orgânica (P = 0,03), proteína bruta (P = 0,04) e extrato etéreo (P = 0,04) do que os animais
    alimentados com MON, enquanto que a maior ingestão de fibra em detergente neutro (P
    = 0,04) foi observada nos animais alimentados com SAPEO em comparação com aqueles
    alimentados com MON. Efeitos da dieta e do tempo foram observados para os valores de
    pH ruminal (P = 0,01; P <0,01) e a concentração de nitrogênio amoniacal ruminal (P =
    0,01; P <0,01). As vacas alimentadas com SAP apresentaram maior proporção relativa de
    Fibrobacter succinogenes (P = 0,04) quando comparado aos animais alimentados com
    MON. As vacas alimentadas com o tratamento CON obtiveram maior consumo de
    energia líquida (P = 0,01) e consumo de energia digestível (P <0,01) do que animais
    alimentados com o tratamento MON. As dietas SAPEO e CON proporcionaram maiores
    concentrações séricas de albumina e ureia no sangue, respectivamente (P <0,05). Níveis
    mais elevados de proteína (P = 0,01) e gordura (P = 0,01) no leite foram observados nas
    vacas alimentadas com SAPEO em relação aos animais alimentados com a dieta MON.
    A monensina diminuiu as concentrações de ácidos graxos do leite C4:0, C6:0, C8:0 e
    C18:1 cis-11 (P <0,05). A monensina diminuiu a ingestão de nutrientes para uma via
    energeticamente mais eficiente, mas não alterou a produção de leite, digestibilidade ou
    fermentação ruminal. A suplementação de saponina associada a óleos essenciais
    aumentou o teor de gordura e proteína do leite em vacas Jersey em lactação, em
    comparação com animais alimentados com dieta suplementada com monensina.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the effects of diet supplementation with monensin and
    saponins alone or combined with essential oils (EOs) on the nutrient intake and apparent
    digestibility, rumen fermentation parameters, microbial population, nitrogen balance,
    ruminal microbial protein synthesis, blood metabolites, and milk composition, yield and
    fatty acid (FA) profile of mid- to late-lactating Jersey cows. Eight ruminally cannulated
    lactating Jersey cows (average 17.6 ± 5.5 kg/day of milk yield and 100.5 ± 26.6 days of
    milk (mean ± SD)) were used. The experimente consisted of a replicated 4 × 4 Latin
    square design with 21-day periods (last seven days for sampling). Treatment sequences
    were randomly designated to cows and consisted of: (1) CON - Control, no feed additive;
    (2) SAP - 16 g/cow/day of a supplement based on whole-seed fenugreek powder (variety
    Fenucold) standardized to diosgenin, one of the major steroidal sapogenins of fenugreek
    (2000 mg/kg); (3) SAPEO - SAP supplement combined with a blend of natural EOs with
    major components of carvacrol (2500 mg/kg), cinnamaldehyde (5600 mg/kg) and
    limonene (3000 mg/kg); and (4) MON - Monensin, inclusion of monensin sodium in the
    diet at 24 mg/kg DM. Cows fed CON showed higher dry matter (P = 0.03), organic matter
    (P = 0.03), crude protein (P = 0.04) and ether extract (P = 0.04) intakes than animals fed
    MON, whereas higher neutral detergent fibre intake (P = 0.04) was observed in animals
    fed SAPEO than those fed MON. Diet and time effects were observed for ruminal pH (P
    = 0.01; P < 0.01) and concentration of ruminal ammonia nitrogen (P = 0.01; P < 0.01),
    respectively. Cows fed SAP showed a higher relative proportion of Fibrobacter
    succinogenes (P = 0.04) than animals fed MON. Cows fed CON had higher net (P = 0.01)
    and digestible (P < 0.01) energy intakes than animals fed MON. SAPEO and CON
    increased serum concentrations of albumin and urea, respectively (P < 0.05). Higher
    protein (P = 0.01) and fat (P = 0.01) levels in the milk were observed in cows fed SAPEO
    than animals fed MON. Monensin decreased the concentrations of C4:0, C6:0, C8:0, and
    C18:1 cis-11 milk fatty acids (P < 0.05). Monensin decreased nutrient intake to a more
    energetically eficiente pathway but did not alter milk production, digestibility, or rumen
    fermentation. Saponin supplementation associated with essential oils increases milk fat
    and protein contents in lactating Jersey cows compared to animals fed a monensinsupplemented
    diet.

3
  • PALOMA SANTOS SANTANA
  • DETERMINAÇÃO DAS CONCENTRAÇÕES DE CÁLCIO E
    FÓSFORO EM ALIMENTOS COADJUVANTES SECOS E ÚMIDOS
    E SUPLEMENTOS MINERAL-VITAMÍNICO PARA CÃES E
    GATOS COM DOENÇA RENAL CRÔNICA

  • Orientador : BRUNA AGY LOUREIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNA AGY LOUREIRO
  • MÁRCIA DE OLIVEIRA SAMPÁIO GOMES
  • ÉRICO DE MELLO RIBEIRO
  • Data: 16/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • A doença renal crônica (DRC) acomete principalmente cães e gatos idosos e é
    caracterizada pela perda progressiva e irreversível da função renal. Consequentemente,
    há redução da taxa de filtração glomerular e retenção de fósforo (P) levando a
    hiperfosfatemia e hipocalcemia. Logo, a intervenção primordial para essa alteração é a
    modificação dietética com restrição de P e manutenção de cálcio (Ca). Com isso, o
    objetivo do trabalho foi identificar a adequação dos teores de P e Ca de 24 alimentos
    coadjuvantes secos e úmidos e dois suplementos indicados para cães e gatos com DRC.
    Para isso, foi retirado 200g de amostra de cada produto e enviado para um laboratório de
    análises bromatológicas certificado, para determinação de P e Ca. Esses resultados foram
    confrontados com o valor descrito no rótulo e aos valores de referência considerados
    adequados para cães e gatos em manutenção ou com DRC. Dessa forma, foi observado
    que apesar de todas as rações possuírem valor mínimo e máximo de Ca na rotulagem, o
    valor descrito de P na maioria dos alimentos (62,5%) era apenas o mínimo. Os níveis de
    P analisados superaram o valor mínimo declarado em até quatro vezes nos alimentos, e
    em mais de 1000 vezes em um dos suplementos. Os teores de Ca obtidos foram superiores
    ao declarado no rótulo em três alimentos e menor que em um suplemento. Em relação à
    adequação dos níveis para DRC nos alimentos, três deles continham teores superiores de
    P em relação ao recomendado. Dez alimentos apresentaram relação Ca e P que pode
    comprometer o controle da doença. Com informações incompletas e valores pouco
    representativos de P nos alimentos e suplementos, a indicação destes pelo profissional
    pode ser equivocada para o quadro clínico do paciente. Portanto, nem todos os alimentos
    e suplementos coadjuvantes foram considerados adequados para cães e gatos com DRC,
    visto que as informações sobre os teores de minerais dos alimentos presentes no rótulo
    precisam ser mais completas e representativas para os mesmos. Ademais, mudanças nas
    diretrizes regulatórias existentes com relação aos teores máximos de P em alimentos e
    suplementos formulados para animais com DRC deve ser considerada.


  • Mostrar Abstract
  • Chronic kidney disease (CKD) primarily affects older dogs and cats and is characterized
    by progressive and irreversible loss of kidney function. Consequently, there is a reduction
    in the glomerular filtration rate and phosphorus (P) retention leading to
    hyperphosphatemia and hypocalcemia. Therefore, the primary intervention for this
    change is dietary modification with P restriction and calcium (Ca) maintenance. With
    this, the objective of the work was to identify the adequacy of the P and Ca contents of
    24 dry and moist veterinary foods and two supplements indicated for dogs and cats with
    CKD. For this, 200g of sample was taken from each product and sent to a certified
    chemical analysis laboratory for determination of P and Ca. These results were compared
    with the value described on the label and the reference values considered suitable for dogs
    and cats in maintenance or with DRC. Thus, it was observed that although all rations have
    a minimum and maximum value of Ca on the label, the described value of P in most foods
    (62.5%) was just the minimum. The analyzed P levels exceeded the minimum described
    by up to four times in foods, and by more than 1000 times in one of the supplements. The
    Ca levels obtained were higher than stated on the label in three foods and lower than in a
    supplement. Regarding the adequacy of levels for CKD in foods, three of them contained
    higher levels of P than recommended. Ten foods showed a Ca and P ratio that could
    compromise disease control. With incomplete information and unrepresentative values
    of P in foods and supplements, their indication by the professional may be wrong for the
    patient's clinical condition. Therefore, not all veterinary foods and supplements were
    considered suitable for dogs and cats with CKD, as the information on the mineral content
    of foods on the label needs to be completer and more representative to suit them.
    Furthermore, changes to existing regulatory guidelines regarding maximum P levels in
    foods and supplements formulated for animals with CKD should be considered.

4
  • IARA CRUZ DE OLIVEIRA
  • ÓLEOS ESSENCIAIS DE Cymbopogon citratus E Lippia sidoides NA INDUÇÃO ANESTÉSICA E NO TRANSPORTE DE ACARÁ-BANDEIRA (Pterophyllum scalare)

  • Orientador : CARLOS EDUARDO COPATTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • BERNARDO BALDISSEROTTO
  • Data: 19/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi verificar os efeitos dos óleos essenciais de Lippia
    sidoides (OELS) e Cymbopogon citratus (OECC) na indução e na recuperação
    anestésica de acará-bandeira, bem como sua viabilidade como sedativo durante o
    transporte. Juvenis de acará-bandeira I (0,82 g) e II (2,4 g) foram expostos a
    diferentes concentrações de OELS e OECC: 0, 10, 25, 50, 75, 100, 150, 200 e 250
    mg L-1. Para juvenis II, também foi avaliada frequência ventilatória (FV) e transporte
    por 8 h com 0, 10 e 15 mg L-1 de cada óleo essencial. A concentração mínima de
    ambos os óleos essenciais capaz de causar sedação foi de 10 e 25 mg L-1 para
    juvenis I e II, respectivamente. Os menores tempos de anestesia de ambos os óleos
    essenciais foram obtidos usando as concentrações 200 e 250 mg L-1 para juvenis I
    e II, respectivamente. Os níveis de glicose foram superiores nos animais
    transportados com de OELS e OECC, os níveis de glicogênio hepático foram
    menores nos animais transportados com adição dos óleos essenciais. Juvenis II
    sedados com OELS apresentaram FV inferior aos demais tratamentos. Para os
    peixes transportados, o volume de tecido branquial e epitélio de filamento foi menor
    nos peixes dos grupos controle e 15 mg L-1 de OELS. Para lamela secundária, os
    menores valores ocorreram nos peixes do tratamento 10 mg L-1 de OELS. Em geral,
    peixes transportados com 10 mg L-1 de OELS apresentaram menos alterações
    branquiais que os demais peixes transportados. Quando avaliado o tipo de lesão,
    as maiores alterações ocorreram para os tratamentos 10 e 15 mg L-1 de OECC. Em
    conclusão, os OELS e OECC são eficientes para manejos rápidos em
    concentrações de 200 e 250 mg L-1 para juvenis I e II, respectivamente. Para
    transporte por até 8 h de juvenis II, pode ser usado 10 mg L-1 de OELS, pois apesar
    desta concentração ter elevado a glicose sanguínea, ela diminuiu a FV, não afetou
    a qualidade da água e não provocou danos irreversíveis ao tecido branquial.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to verify the effects of essential oils from Lippia sidoides
    (EOLS) and Cymbopogon citratus (EOCC) on the anesthetic induction and recovery of
    freshwater angelfish, as well as their viability as a sedative during transport.
    Freshwater angelfish juveniles I (0.82 g) and II (2.40 g) were exposed to different
    concentrations of EOLS and EOCC: 0, 10, 25, 50, 75, 100, 150, 200 and 250 mg L-1.
    Ventilatory frequency (VF) and transport for 8 h with 0, 10 and 15 mg L-1 of each
    essential oil were also evaluated in juveniles II. The minimum concentration of both
    essential oils capable of causing sedation was 10 and 25 mg L-1 for juveniles I and II,
    respectively. The best times of anesthesia for both essential oils were obtained with
    200 and 250 mg L-1 for juveniles I and II, respectively. Blood glucose levels were higher
    in animals transported with 10 and 15 mg EOLS L-1 and 15 mg EOCC L-1. Hepatic
    glycogen levels were higher in animals transported without the addition of the essential
    oils. Juveniles II sedated with EOLS had lower VF than the other treatments. For
    transported fish, the volume of gill tissue and filament epithelium was smaller in fish of
    the control and 15 mg EOLS L-1 groups. For secondary lamella, the lowest values
    occurred in fish from the 10 mg EOLS L-1 treatment. In general, fish transported with
    10 mg EOLS L-1 showed less gill alterations than other transported fish. When the type
    of lesion was evaluated, the greatest changes occurred for the treatments 10 and 15
    mg EOCC L-1. In conclusion, EOLS and EOCC are efficient for handling at
    concentrations of 200 and 250 mg L-1 for juveniles I and II, respectively. For transport
    of juveniles II for up to 8 h, 10 mg L-1 of OELS can be used, because although this
    concentration has increased blood glucose, it decreased VF, did not affect water
    quality and did not cause irreversible damage to the gill tissue.

5
  • ANA CAROLINE PORTO GOMES
  • PARÂMETROS DA FERMENTAÇÃO IN VITRO DE ALIMENTO EXTRUSADO E DUAS RAÇAS DE CÃES (BULLDOGUE FRANCÊS E WHIPPET)

  • Orientador : BRUNA AGY LOUREIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNA AGY LOUREIRO
  • CRISTIANA FONSECA FERREIRA POINTIERI
  • RICARDO SOUZA VASCONCELLOS
  • Data: 25/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar os parâmetros da fermentação in vitro de um alimento seco
    extrusado completo utilizando cães de duas raças, uma braquicefálica e outra
    dolicocefálica. Foram utilizados 12 cães adultos, sendo 6 Bulldogues Franceses (BF) e 6
    Whippets (W), submetidos a coleta de fezes frescas durante 3 dias consecutivos. Fezes
    frescas foram incubadas a 39°C sob condições anaeróbicas e como substrato utilizou-se
    o mesmo alimento extrusado fornecido aos cães, submetido ou não à pré-digestão. A
    avaliação seguiu delineamento em fatorial 2x2 com duas raças de cães (BF e W) e dois
    substratos (alimento com e sem tratamento enzimático). A produção de gás foi
    registrada durante 48h e o desaparecimento da matéria orgânica (DMO) e da matéria
    seca (DMS) foram calculados por diferença de peso. O liquido remanescente foi
    coletado e analisado quanto ao pH e concentração de ácidos graxos voláteis, ácido lático
    e N-NH3. Fezes frescas também foram utilizadas para determinação do pH, MS e escore
    fecal, bem como produtos finais da fermentação para estudo da correlação com dados in
    vitro. A pré-digestão do substrato resultou em menores DMS, volume cumulativo de
    gás e taxa máxima de fermentação (p<0,05). Contudo, o tempo para atingir metade da
    assíntota foi aumentado em 1h (p<0,05). Substrato não tratado resultou em menor pH e
    maior concentração de ácido lático e ácidos graxos de cadeia curta. Inóculo BF
    apresentou maior atividade fermentativa, representado por maior DMS e produção de
    gás (p<0,05). Maiores concentrações de N-NH3, ácido lático e ácidos graxos voláteis
    foram encontradas utilizando inóculo BF (p<0,05), com tendência (0,05<p<0,10) de
    menor valor de pH. Cães da raça Whippet apresentaram fezes mais secas e com menor
    concentração de amônia (p<0,05). Escore e pH fecais não diferiram entre raças, assim
    como as concentrações de AGV e ácido lático nas fezes (p>0,05). O tratamento
    enzimático prévio alterou a cinética de fermentação dos substratos e os cães da raça BF
    2
    parecem possuir microbiota intestinal diferenciada que os leva a uma maior produção de
    gás in vitro e de compostos nitrogenados relacionados a má formação e odor fecal.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this study was to evaluate the in vitro fermentation parameters of a dry
    extruded complete food using dogs of two breeds, one brachycephalic and the other
    dolichocephalic. Twelve adult dogs were used, 6 French Bulldogs (FB) and 6 Whippets
    (W), submitted to fresh feces collection for 3 consecutive days. Fresh feces were
    incubated at 39°C under anaerobic conditions and the same extruded food supplied to
    the dogs, submitted or not to pre-digestion, was used as substrate. The evaluation
    followed a 2x2 factorial design with two breeds of dogs (FB and W) and two substrates
    (food with and without enzymatic treatment). Gas production was recorded for 48 hours
    and the disappearance of organic matter (OMD) and dry matter (DMD) was calculated
    by weight difference. The remaining liquid was collected and analyzed for pH and
    concentration of volatile fatty acids, lactic acid and N-NH3. Fresh feces were also used
    to determine pH, DM and fecal score, as well as final fermentation products to study the
    correlation with in vitro data. Substrate pre-digestion resulted in lower DMD,
    cumulative gas volume and maximum fermentation rate (p<0.05). However, the time to
    reach half of the asymptote was increased by 1h (p<0.05). Untreated substrate resulted
    in lower pH and higher concentration of lactic acid and short chain fatty acids.
    Inoculum FB showed higher fermentation activity, represented by higher DMD and gas
    production (p<0.05). Higher concentrations of N-NH3, lactic acid and volatile fatty
    acids were found using FB inoculum (p<0.05), with a tendency (0.05<p<0.10) of a
    lower pH value. Whippet breed dogs had drier feces and lower ammonia concentration
    (p<0.05). Fecal score and pH did not differ between breeds, as did the concentrations of
    VFA and lactic acid in feces (p>0.05). The previous enzymatic treatment changed the
    substrate fermentation kinetics and FB dogs seem to have a differentiated intestinal
    microbiota that leads them to a greater production of in vitro gas and nitrogen
    compounds related to malformation and fecal odor.

6
  • LIVIO EMANUEL MASCARENHAS FREITAS
  • DIFERENTES PROPORÇÕES ENTRE VOLUMOSO E CONCENTRADO EM DIETA A BASE DE SILAGEM DE CANA-DE-AÇUCAR PARA CAPRINOS E OVINOS EM CRESCIMENTO

  • Orientador : STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLÁUDIA BATISTA SAMPAIO
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 20/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito de dietas de alto concentrado na alimentação de cordeiros e cabritos confinados sobre consumo, digestibilidade dos nutrientes, balanço de compostos nitrogenados, síntese de proteína microbiana, comportamento ingestivo, desempenho e características físico – químicas da carne. O experimento teve 60 dias de duração, precedidos de 14 dias para adaptação às instalações e ao manejo diário. Foram utilizados 14 cordeiros Santa Inês x Dorper e 14 caprinos Boer, com aproximadamente 120 dias de idade e peso corporal médio de 20 kg, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2 x 2 (duas relações concentrado: volumoso e duas espécies). Através de casualização, os animais foram distribuídos em dois tratamentos, com sete repetições cada. As dietas experimentais compostas de (fubá de milho, farelo de algodão, ureia, mistura mineral e silagem de cana de açúcar como fonte volumosa), sendo que o tratamento T1 foi ofertado na proporção 40:60 e o T2 na proporção 20:80 (V:C), respectivamente. A relação V:C 20:80 proporcionou maior consumo de matéria seca (CMS). Espécie ovina também apresentou consumo de MS, MO, FDN e MOd maior que os animais da espécie caprina (P<0,05). A digestibilidade da MS, MO, PB e EE foram superiores para a espécie caprina. Observou-se efeito da interação (P<0,05) entre os fatores Espécie e Dieta sobre o N ingerido, N urinário, N absorvido e N retido. Animais alimentados com 20:80 apresentaram número inferior de registros de ruminação e maior para o ócio e aumentou (P<0,05) a eficiência de ingestão e de ruminação da MS. O peso final e o ganho médio diário foram superiores para espécie ovina, e para os animais alimentados com dietas 20:80, onde apresentaram maiores rendimentos em kg de carne, circunferência de perna, largura de tórax, largura de garupa, perímetro do tórax e perímetro da garupa quando comparados aos caprinos (P<0,05). O fator espécie influenciou todos os parâmetros avaliados na análise sensorial, sendo que a carne oriunda da espécie caprina recebeu as maiores notas para sabor, maciez, suculência, odor e aceitação (P<0,05). A espécie ovina apresentou carne com maior umidade, menor proteína bruta e maior extrato etéreo (P<0,05). As concentrações médias de AGS foram maiores para espécie caprina e dieta 40:60. AGMI apresentaram maiores médias para espécie ovina, os AGPI apresentaram maiores médias para espécie caprina dentro da mesma dieta.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effect of high concentrate diets in the feeding of confined lambs and goats on consumption, nutrient digestibility, balance of nitrogen compounds, microbial protein synthesis, ingestive behavior, performance and physical characteristics - came from the meat. The experiment lasted 60 days, preceded by 14 days for adaptation to the facilities and daily adjustment. Fourteen Santa Inês x Dorper lambs and 14 Boer goats were used, with approximately 120 days of age and average body weight of 20 kg, distributed in a completely randomized design (DIC) in a 2 x 2 factorial scheme (two concentrated ratios: roughage and two species). By means of randomization, the animals were distributed in two treatments, with seven contracts each. The experimental diets (corn cornmeal, cottonseed meal, urea, mineral mixture and sugar silage as a voluminous sugarcane source), with treatment T1 offered at a ratio of 40:60 and T2 at a ratio of 20:80 (V:C), respectively. At V: 20:80 C higher dry matter intake CMS Sheep species also presented higher intake of DM, MO, NDF and MOd than goats (P<0.05). The digestibility of DM, MO, CP and EE were higher for the goat species. It was observed the effect of the interaction (P<0.05) between the factors Species and Diet on the Nigested, N ingested, N absorbed and N retained. The animals fed with 20:80 had a lower number of records of rumination for idleness and increased (P<0.05) Animals the ingestion of DM intake and rumination. Final weight and gain were higher for species than final weight and for those fed diets 20, which means higher weights in kg meat, leg diaries, length width, gain width, length perimeters and rump length when compared to goats (P<0.05). The factor the types of characteristics or sensory analysis, and all types of characteristics or sensory changes were received as majori flavor, tenderness, juiciness, odor of the species influenced (P<0, scores 05). The sheep species presented meat with higher moisture, lower crude protein and ether extract (P<0.05). The mean SGA means were higher for goat species and the 40:60 diet. AGMI presented higher averages for sheep species, AGPI presented higher averages for goat species within the same diet.

Teses
1
  • JULIANA MATOS ARAUJO
  • NANOPARTÍCULAS DE SELÊNIO: SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E EFEITOS NO CRESCIMENTO DE TILÁPIA DO NILO (ORECHROMIS NILOTICUS)

  • Orientador : RODRIGO FORTES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • CARMEN LUIZA FEITOSA DE LIMA GOMES
  • LEANDRO SANTOS COSTA
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • Data: 22/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • As pesquisas com nanopartículas de selênio têm ganhado mais atenção porque este micromineral
    tem papel importante em muitos processos fisiológicos, auxiliando ao metabolismo do ser vivo.
    Isso ocorre devido a melhor absorção de nano de selênio quando comparada ao o selênio livre,
    tornando - o estudado como fonte antioxidante e antimicrobianos. Este estudo teve como objetivo
    confeccionar nanopartículas de quitosana carregadas com selênio sintetizadas usando o método de
    gelificação ionotrófica e fazer a caracterizaçãofísico-químicas, tais como Eficiêcia de
    Encapsulação (%), liberação controlada, atividade antioxidante (Glutationa peroxidase e DPPH),
    potencial Zeta, tamanho e morfologia da partícula. Os resultados obtidos mostram que a quitosana
    e o TPP formaram um sitema capaz de aprisionar o micromineral de forma satisfatória, possuindo
    aproximadamete 87% de eficiência de encapsulação.


  • Mostrar Abstract
  • Research with selenium nanoparticles has more attention because this micromineral has an
    important in many physiological processes, helping the metabolism of living beings. This is due
    to the better absorption of selenium nano compared to free selenium, making it studied as an
    antioxidant and antimicrobial source. This study aimed to make chitosan nanoparticles loaded with
    selenium synthesized using the ionotrophic gelation method and to make the physico-chemical
    characterization, as Encapsulation efficiency (%), controlled release, antioxidant activity
    (Glutathione peroxidase and DPPH), Zeta potential, size and morphology of the particle. The
    resuts obtained show that chitosan and TPP form a system capable of satisfactorily trapping the
    micromineral, having approximately 87% of encapsulation efficiency.

2
  • DALINNE TAMARA QUEIROZ DE CARVALHO
  • Interação entre consumo alimentar residual e ambiente térmico sobre o desempenho, composição de carcaça e qualidade da carne ovina

  • Orientador : CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO ALLAN LEANDRO DE CARVALHO
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • JULIANA SILVA DE OLIVEIRA
  • Data: 23/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se testar a hipótese de que ovinos com menores valores de CAR não diminuem o desempenho sob estresse térmico, sem alterar as características de carcaça e qualidade da carne independentemente do nível de concentrado.
    Foram utilizados 60 machos da raça Dorper classificados previamente quanto ao CAR e distribuídos em um delineamento em blocos com parcelas sub- subdivididas em dois ambientes térmicos de confinamento (pleno sol e sombra) e dietas com 30, 45 e 60% de concentrado, durante um período de 60 dias. O CAR sozinho não afetou nenhumas das variáveis analisadas. Animais que receberam maiores proporções de concentrado na dieta apresentaram superioridade para todas as variáveis de desempenho, características e composição de carcaça. Interações entre ambiente e concentrado mostrou que animais confinados à sombra e recebendo maiores proporções de concentrado retiveram mais nitrogênio, maior PF, GPT e GMD. Nas interações entre CAR e ambiente, animais de CAR positivo apresentaram maiores PCQ, PCF, cortes comerciais e pesos de ossos e músculo quando confinados ao sol, além disso, esses animais apresentaram maiores percentuais de ácidos graxos poli- insaturados na carne, bem como o somatório de ômega 3. Por outro lado, animais de CAR negativo apresentaram os maiores pesos de carcaça, cortes comerciais, ossos e músculo quando confinados em ambiente sombreado.
    Conclui-se que Interações entre CAR e ambiente promovem alterações no desempenho, composição de carcaça e perfil de ácidos graxos da carne.


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to test the hypothesis that sheep with negative RFI values do not decrease performance under heat stress, without altering carcass characteristics and meat quality regardless of the concentrate level. We used 60 Dorper males previously classified according to RFI (positive and negative) and distributed in a block design with plots subdivided into two thermal confinement environments (full sun and shade) and diets with 30, 45 and 60% concentrate, during a period of 60 days. CAR alone did not affect any of the variables analyzed. Animals that received higher proportions of concentrate in the diet showed superiority for all performance variables, characteristics and carcass composition. Interactions between environment and concentrate showed that animals confined to the shade and receiving higher proportions of concentrate retained more nitrogen, higher FW, TWG and ADG. In the interactions between RFI and environment, RFI positive animals presented higher hot carcass weight, cold carcass weight, commercial cuts and bone and muscle weights when confined to the sun, in addition, these animals presented higher percentages of polyunsaturated fatty acids in the meat, as well as the sum of omega 3. On the other hand, RFI negative animals had the highest carcass weights, commercial cuts, bones and muscle when confined in a shaded environment. It is concluded that interactions between RFI and the environment promote changes in performance, carcass composition and meat fatty acid profile.

3
  • WILLIAN PEREIRA SILVA
  • TORTA DE LICURI NA TERMINAÇÃO DE CABRITOS E NA ENSILAGEM DEPALMA FORRAGEIRA CV. GIGANTE

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AURELIANO JOSÉ VIEIRA PIRES
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 09/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da inclusão da torta de licuri em dietas de alto-concentrado para cabritos confinados no desempenho produtivo e parâmetros metabólicos. Foram utilizadas 40 cabritos não-castrados, Boer, com idade média de 4 meses e peso corporal médio (PI) inicial de 20,15 ± 2,79 kg. Os animais foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em quatro dietas experimentais (10 animais por tratamento), com níveis de torta de licuri de 0, 100, 200 e 300 g/kg na MS. O consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes foram influenciados a partir do nível de inclusão de 10% do torta de licuri. A inclusão da torta de licuri aumentou os tempos despendidos nas atividades de alimentação e ruminação e, o número de episódios em alimentação e em ócio. No entanto, as eficiências de alimentação e ruminação de MS e FDN diminuíram com a inclusão da torta de licuri. Houve redução de nitrogênio ingerido e retido, concentrações de triglicerídeos e nas atividades de enzimas aspartato-aminotransferase, alanina-aminotransferase e gamaglutamiltransferase. O peso final, o ganho total de peso e o ganho média diário diminuíram a partir da inclusão de 100 g/kg detorta de licuri. Recomenda-se o uso de até 100 g/kg de torta de licuri em dietas com alto concentrado para cabritos em confinamento por propiciar maiores taxas de ganho de peso e menor tempo de confinamento. Entretanto, níveis de 300 g/kg de torta de licuri não altera a eficiência alimentar e pode ser uma opção para sistemas de produção com uso de dietas de menor custo. 


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the effects of including licuri cake in high-concentrate diets for confined goats on productive performance and metabolic parameters. Forty noncastrated Boer goats were used, with a mean age of 4 months and initial mean body weight (PI) of 20.15 ± 2.79 kg. The animals were distributed in a completely randomized design, in four experimental diets (10 animals per treatment), with licuri cake levels of 0, 100, 200 and 300 g/kg in DM. The intake and apparent digestibility of nutrients were influenced from the inclusion level of 10% of the licuri cake. The inclusion of licuri cake increased the time spent in feeding and ruminating activities, and the number of episodes in feeding and in idleness. However, DM and NDF feeding and rumination efficiencies decreased with the inclusion of licuri cake. There was a reduction in ingested and retained nitrogen, in triglyceride concentrations and in the activities of aspartate-aminotransferase, alanine-aminotransferase and gamma-glutamyltransferase enzymes. Final weight, total weight gain and average daily gain decreased from the inclusion of 100 g/kg of licuri cake. The use of up to 100 g/kg of licuri cake in diets with high concentrate for confined goats is recommended, as it provides higher rates of weight gain and shorter confinement time. However, levels of 300 g/kg of licuri cake do not change feed efficiency and can be an option for production systems using lower cost diets.

4
  • JACKELINE SANTOS ALVES
  • DNA MITOCONDRIAL COMO FERRAMENTA PARA ESTIMAR DIVERSIDADE GENÉTICA DE EQUÍDEOS E ESTUDOS DE ASSOCIAÇÃO GENÔMICA NA REPRODUÇÃO DE BOVINOS

  • Orientador : GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DIERCLES FRANCISCO CARDOSO
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • GUILHERME LUÍS PEREIRA
  • NEDENIA BONVINO STAFUZZA
  • SAMUEL REZENDE PAIVA
  • Data: 12/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • Acredita-se que raças de equídeos originárias da Península Ibérica e Norte da África
    4 tenham contribuído geneticamente na formação das raças e ecótipos do Brasil. O país
    5 possui numerosas raças e ecótipos de asininos e equinos, mas, não existem estudos
    6 extensivos sobre a diversidade genética materna e relações de origem de equídeos
    7 brasileiros. Este estudo relata os resultados da primeira análise genética de todas as
    8 raças/ecótipos de asininos e equinos brasileiros, baseada em sequências da região de
    9 controle do DNA mitocondrial (D-loop), cujo objetivo principal foi caracterizar a
    10 variação genética nestes animais. Essas análises contribuíram para o entendimento da
    11 estrutura populacional atual e da diversidade de raças/ecótipos de asininos e equinos
    12 criados no Brasil. Foram analisadas 310 sequências D-loop representando 41
    13 raças/ecótipos de Equus caballus e Equus asinus, incluindo 14 raças/ecótipos de
    14 equinos naturalizados, 3 raças/ecótipos de asininos naturalizados do Brasil e 24 raças de
    15 equinos cosmopolitas. Os resultados revelaram que as raças são estruturadas
    16 geneticamente e que compõem grupos distintos. Um total de 80 e 14 haplótipos foram
    17 identificados para equinos e asininos, respectivamente. A maioria dos haplótipos de
    18 mtDNA dos equinos eram compartilhados por muitas raças, enquanto os haplótipos de
    19 mtDNA dos asininos pareciam ser mais específicos de cada grupo. Alguns grupos
    20 apresentaram baixa distância intraraça e/ou baixa diversidade de
    21 haplótipos/nucleotídeos como os cavalos Lavradeiro, Crioulo, Piquira e Percheron e
    22 jumento brasileiro. Assim, ações específicas devem ser planejadas para cada população.
    23 Os diferentes níveis de diversidade genética forneceram informações importantes para o
    31
    manejo de recursos de conservação de grupos 24 adaptados, bem como para orientação de
    25 acasalamento de associações de raças. Alguns ecótipos brasileiros requerem atenção
    26 devido à sua baixa variabilidade genética.


  • Mostrar Abstract
  • Equid breeds originating from the Iberian Peninsula and North Africa are believed to
    33 have genetically contributed to the formation of breeds and ecotypes from Brazil. The
    34 country has numerous breeds and ecotypes of horses and donkeys but there are no
    35 extensive studies on maternal genetic diversity and their origins. This study reports the
    36 results of the first genetic analysis of all horse and donkey breeds/ecotypes from Brazil
    37 based on sequences of the mitochondrial DNA control region (D-loop) whose main
    38 objective was to characterize the genetic variation in these animals. These analyses will
    39 contribute to the understanding of the current population structure and diversity of
    40 breeds/ecotypes of horses and donkeys raised in the Brazil. We analyzed 310 D-loop
    41 sequences representing 41 breeds/ecotypes of Equus caballus and Equus asinus,
    42 including 14 naturalized horse breeds/ecotypes, 3 naturalized donkey breeds/ecotypes
    43 and 24 cosmopolite horse breeds. The results revealed that the breeds are well structured
    44 genetically and that they comprise different groups. A total of 80 and 14 haplotypes
    45 were identified for horses and donkeys, respectively. Most of the horse mtDNA
    46 haplotypes were shared by many breeds, whereas donkey mtDNA haplotypes seemed to
    47 be more group-especif. Some groups presented a low intrabreed distance and/or a low
    48 haplotype/nucleotide diversity such as Lavradeiro, Crioulo, Piquira and Percheron
    49 horses and Brazilian donkey. Thus, specific actions must be designed for each
    50 population. The different levels of genetic diversity provided important information for
    51 conservation resource management of adapted groups as well as for mating orientation
    33
    of breed associations. Some brazilians ecotypes 52 require attention because of their low
    53 genetic variability.

5
  • VICTOR GUIMARÃES OLIVEIRA LIMA
  • NÍVEIS DE ÓLEO DE SOJA EM DIETAS PARA CORDEIROS CONFINADOS

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • DORGIVAL MORAIS DE LIMA JÚNIOR
  • LAUDI CUNHA LEITE
  • Data: 06/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar os efeitos do óleo de soja, fonte de ácido linoléico, em dietas para
    cordeiros confinados, sobre o desempenho produtivo e metabólico dos animais. Foram
    utilizados 40 cordeiros Santa Inês, não castrados, com idade média de 5 meses e peso
    corporal inicial de 34,88 kg ± 3,19 kg. Os animais foram distribuídos em cinco dietas
    experimentais com níveis de inclusão (0; 30; 60; 90 e 120g/kg) de óleo de soja (OS) na
    matéria seca (MS) da dieta total. A inclusão de OS na dieta promoveu redução linear no
    consumo de MS (P <0,001), proteína bruta (PB; P <0,001), carboidratos não fibrosos
    (CNF; P <0,001) e nutrientes digestíveis totais (NDT; P = 0,004). Houve efeito
    quadrático no consumo de extrato etéreo (EE; P = 0,002) e fibra em detergente neutro
    (P = 0,005). A digestibilidade aparente da PB (P = 0,016), EE (P = 0,005) e NDT (P <
    0,001) aumentaram e o CNFc (P=0,005) reduziu linearmente. O Ganho médio diário
    diminuiu (P <0,001) em função dos níveis de OS na dieta. A adição de OS nas dietas
    aumentou o tempo de alimentação (P=0,004), reduziu a eficiência de ruminação de MS
    (P=0,001) e reduziu a concentração de N-ureico sanguíneo (P<0,001). Considerando os
    parâmetros produtivos, se recomenda a inclusão de 30 g/kg de OS na MS da dieta total
    em dietas para terminação de cordeiros em confinamento.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the effects of soybean oil, a source of linoleic acid, in diets
    for confined lambs, on the productive and metabolic performance of the animals. Forty
    Santa Inês lambs, uncastrated, with a mean age of 5 months and initial body weight of
    34.88 kg ± 3.19 kg were used. The animals were distributed in five experimental diets
    with inclusion levels (0, 30, 60, 90 and 120g/kg) of soybean oil (SO) in the dry matter
    (DM) of the total diet. The inclusion of SO in the diet promoted a linear reduction in
    DM intake (P <0.001), crude protein (CP; P <0.001), non-fibrous carbohydrates (NFC;
    P <0.001) and total digestible nutrients (TDN; P = 0.004) . There was a quadratic effect
    on the consumption of ether extract (EE; P = 0.002) and neutral detergent fiber (P =
    0.005). The apparent digestibility of CP (P = 0.016), EE (P = 0.005) and TDN (P <
    0.001) increased and NFCa (P = 0.005) linearly reduced. Mean daily gain decreased
    (P<0.001) as a function of dietary SO levels. The addition of SO to the diets increased
    the feeding time (P=0.004), reduced the efficiency of DM rumination (P=0.001) and
    reduced the concentration of blood urea-N (P<0.001). Considering the production
    parameters, it is recommended the inclusion of 30 g/kg of SO in the DM of the total diet
    in diets for finishing lambs in feedlot.

6
  • MATEUS NETO SILVA SOUZA
  • RESÍDUO DO CULTIVO DE COGUMELOS COMESTÍVEIS NA ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS CONFINADOS

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GERCINO FERREIRA VIRGÍNIO JÚNIOR
  • LEILSON ROCHA BEZERRA
  • MIGUEL ANTÔNIO MACHADO RODRIGUES
  • MOZART ALVES FONSECA
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • Data: 09/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Um experimento foi realizado para caracterizar o substrato de cultivo de cogumelos em função do tempo de crescimento do fungo e três experimentos para determinar o melhor nível de substituição do feno de Tifton-85 pelo resíduo do cultivo de cogumelos na dieta de cordeiros confinados. Para caracterização do substrato de cultivo de cogumelos, foi coletado na fábrica de cogumelos o substrato em sete idades de inoculação do fungo, sendo 0, 5, 10, 15, 20, 25 e 30 dias e conduzida análises bromatológicas. Para os experimentos com animais, foram testados cinco níveis de substituição do feno de Tifton-85 pelo resíduo do cultivo de cogumelos, a saber: 0, 25, 50, 75 e 100% com base na MS.  O primeiro experimento com animais foi conduzido com quarenta cordeiros mestiços (Santa Ines × Dorper) não-castrados com idade média de quatro meses e peso corporal médio de 27,8 ± 2,37 kg, para avaliar a ingestão de nutrientes, desempenho, características de carcaça, comportamento ingestivo e parâmetros sanguíneos. O segundo experimento foi desenvolvido com vinte e cinco animais, com idade média de seis meses e peso corporal médio de 40,0 ± 3,0 kg, sobre os quais foi determinado os coeficientes de digestibilidade, balanço de nitrogênio, onde ambos foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado. O terceiro experimento foi conduzido com cinco cordeiros adultos, canulados no rúmen, com 12 meses de idade e peso médio de 42,0 ± 4,0 kg, os quais foram distribuídos em um quadrado latino 5 × 5. As variáveis foram analisadas utilizando o procedimento PROC MIXED do SAS, com significância estatística foi estabelecida em P ≤ 0,05. A composição do substrato de cultivo é modificada à medida que o fungo cresce, de modo que os percentuais de MS, EE, CNF reduziram, enquanto cinzas, PB, FDN, FDA e DIVMS aumentaram. O consumo de nutrientes aumentou de forma quadrática, devido principalmente ao menor tamanho de partícula e consequente redução da permanência da digesta no rúmen. A digestibilidade da MS, MO, PB, FDN e NDT reduziu, devido a maior proporção de componentes indigestíveis, como FDA e lignina nos maiores percentuais de resíduo utilizado. Houve maior ingestão de nitrogênio, com maior excreção fecal de N e redução no N excretado na urina, resultando em maior retenção de nitrogênio, de acordo com os níveis avaliados. pH e nitrogênio amoniacal não foram influenciados, enquanto a população de protozoários reduziu. O desempenho e as características de carcaça também não foram alterados com a substituição do feno pelo resíduo. Variações significativas foram constatadas principalmente para o tempo de alimentação e tempo de ruminação, que refletem as características físicas das dietas, em especial o tamanho de partícula. Não houve alterações dos parâmetros sanguíneos dos animais alimentados com resíduo do cultivo de cogumelos em substituição ao feno. Recomenda-se, portanto, a substituição do feno de Tifton – 85 pelo resíduo do cultivo de cogumelos em até 100%, pois aumentou a retenção de N, além de diminuir a população de protozoários. Embora tenha ocorrido a manutenção do desempenho, houve a redução do farelo de soja da dieta, ingrediente de maior custo.


  • Mostrar Abstract
  • One experiment was carried out to characterize the mushroom cultivation substrate as a function of fungus growth time and three experiments to determine the best level of replacement of Tifton-85 hay by the mushroom cultivation residue in the diet of confined lambs. To characterize the substrate for mushroom cultivation, the substrate was collected at the mushroom factory at seven ages of fungus inoculation, 0, 5, 10, 15, 20, 25 and 30 days, and bromatological analysis was carried out. For the animal experiments, five levels of replacement of Tifton-85 hay by the residue from mushroom cultivation were tested, namely: 0, 25, 50, 75 and 100% based on DM. The first animal experiment was carried out with forty crossbred lambs (Santa Ines × Dorper) with a mean age of four months and mean body weight of 27.8 ± 2.37 kg, to evaluate nutrient intake, performance, of carcass, ingestive behavior and blood parameters. The second experiment was carried out with twenty-five animals, with a mean age of six months and mean body weight of 40.0 ± 3.0 kg, on which the coefficients of digestibility and nitrogen balance were determined, where both were used in a completely randomized design. The third experiment was conducted with five rumen-cannulated adult lambs, 12 months of age and average weight of 42.0 ± 4.0 kg, which were distributed in a 5 × 5 Latin square. Variables were analyzed using the SAS PROC MIXED procedure, with statistical significance set at P ≤ 0.05. The composition of the cultivation substrate is modified as the fungus grows, so that the percentages of DM, EE, NFC reduced, while ash, CP, NDF, ADF and IVDMD increased. Nutrient consumption increased quadratically, mainly due to the smaller particle size and consequent reduction of digesta permanence in the rumen. The digestibility of DM, OM, CP, NDF and TDN reduced, due to the higher proportion of indigestible components, such as ADF and lignin in the highest percentages of residue used. There was greater nitrogen intake, with greater fecal N excretion and a reduction in N excreted in the urine, resulting in greater nitrogen retention, according to the levels evaluated. pH and ammonia nitrogen were not influenced, while the population of protozoa reduced. The performance and carcass characteristics were also not altered with the replacement of hay by residue. Significant variations were observed mainly for the feeding time and rumination time, which reflect the physical characteristics of the diets, especially the particle size. There were no alterations in the blood parameters of the animals fed with residue from mushroom cultivation instead of hay. It is therefore recommended to replace Tifton-85 hay with mushroom growing residue by up to 100%, as it increased N retention, in addition to decreasing the population of protozoa. Although there was maintenance of performance, there was a reduction of soybean meal in the diet, the ingredient with the highest cost.

7
  • ANTONIO CARNEIRO SANTANA DOS SANTOS
  • EXIGÊNCIA NUTRICIONAL DE ENERGIA E PROTEÍNA, MELHORIA DOS MÉTODOS DE INCUBAÇÃO IN SITU EM CAPRINOS E OVINOS

  • Orientador : STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELAZANIA SALES PEREIRA
  • LAURA FRANCO PRADOS
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 21/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi determinar as exigências nutricionais de energia e proteína em caprinos e ovinos, em condição tropical, e comparar as estimativas de exigência alimentar entre essas espécies. Foram utilizados 34 caprinos machos e 34 ovinos machos, com peso corporal (PC) médio inicial de 21 ± 3,9 kg e idade próxima a 110 dias. O experimento durou 109 dias. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado. Após o término do período de adaptação, quatro animais de cada espécie foram escolhidos aleatoriamente e abatidos, a fim de determinar o peso de corpo vazio (PCV) e a composição química corporal inicial. Após o abate, esses oito animais compuseram o grupo denominado referência, representando a composição corporal inicial dos demais animais que permaneceram no experimento. Em seguida, outros quatro animais de cada espécie foram designados aleatoriamente para outro grupo denominado mantença. Os 26 animais restantes (13 caprinos e 13 ovinos) foram incluídos no grupo de ingestão ad libtum e foram abatidos ao final do experimento juntamente com o grupo de mantença. O método de abate comparativo foi aplicado para avaliar as exigências nutricionais. Houve diferença (P < 0,05) entre as espécies para todas as variáveis de consumo (kg/d e g/kg de PC), mas esse efeito não foi observado (P>0,05) para a digestibilidade dos nutrientes avaliados. Houve maior (P < 0,01) síntese microbiana de PB em ovinos em relação aos caprinos (Tabela 6). No entanto, a eficiência microbiana expressa em g/kg de MO digestível (P = 0,23) e g/kg de NDT (P = 0,24) não diferiu entre as espécies. A NEm foi de 0,0683 Mcal/EBW0,75/dia. A exigência de energia metabolizável para mantença (EMm) foi de 0,115 Mcal/kg PV 0,75/dia, e o km foi de 0,599, para ambas as espécies. A EL estimada para cabritos dorper machos não castrados foi de 0,545 Mcal/dia, considerando um peso corporal de 30 kg e GMD de 200 g/dia, enquanto a EL estimada para cordeiros não castrados com o mesmo peso corporal e GMD foi de 0,585 Mcal/dia. O kg obtido foi de 0,113 e 0,699 para caprinos e ovinos respectivamente. A NPm foi de 0,318 g/kg PCV0,75/dia. O k que permite converter NPg em MPg foi representado por β1= 0,09794, que foi obtido a partir da equação para estimar NPm. A similaridade é observada na exigência energética para mantença em caprinos e ovinos. No entanto, as espécies apresentam diferenças nas exigências de energia para ganho e eficiência do uso de energia para ganho. Falando sobre incubação in situ em ruminantes, o tipo de tecido e a quantidade de sacos incubados simultaneamente no rúmen podem levar a diferentes estimativas de fibra em detergente neutro indigestível (FDNi) em ovinos. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito dessas variáveis em incubações in situ realizadas em ovinos. Foram utilizados seis ovinos Santa Inês não castrados, canulados no rúmen, com idade entre 9 e 15 meses e peso corporal inicial (PC) médio de 46 ± 3 kg. Esta pesquisa foi realizada usando um delineamento experimental quadrado latino 6 × 6. Dois tipos de têxteis foram utilizados para as incubações ruminais: Ankon F57 e têxtil não tecido (NWT). Três amostras comumente utilizadas em incubações de ruminantes para estimar FDNi foram utilizadas como controle alimentar: silagem de sorgo, milho moído e fezes de ovelhas. Cada tipo de bolsa foi incubada em um total de 4; 8 ou 12 unidades por amostra. Assim, um total de 144 bolsas foram incubadas in situ por período. Ao final de cada período de incubação, os sacos foram retirados do rúmen, lavados, secos em estufa e encaminhados para análise de FDNi. Observa-se que os tipos têxteis e a quantidade incubada não promoveram estimativas diferentes (P>0,05) na concentração de FDNi. De acordo com nosso resultado, o tecido F57 e o NWT podem ser incubados no rúmen de ovelhas, quando se deseja estimar o FDNi de rações ou fezes


  • Mostrar Abstract
  • Then, the objective of this study was to determine the nutritional requirements of
    energy and protein in goats and sheep, under tropical condition, and to compare
    the dietary requirement estimates between these species. A total of 34 male goats
    and 34 male sheep were used, with an initial average body weight (BW) of 21 ±
    3.9 kg, and age close to 110 days. The experiment lasted 109 days. The experiment
    was conducted in completely randomized design. After the end of the adaptation
    period, four animals of each specie were randomly chosen and slaughtered, in
    order to determine the empty body weight (EBW) and initial body chemical
    composition. After slaughter, these eight animals composed the group called
    reference, representing the initial body composition of the other animals that
    remained in the experiment. After that, another four animals of each specie were
    randomly designated to another group called maintenance. The remained 26
    animals (13 goats and 13 sheep) were included in the group for ad libtum intake,
    and they were slaughtered at the end of the experiment together with the
    maintenance group. The comparative slaughter method was applied to evaluate
    the nutrient requirements. There was difference (P < 0.05) between species for all
    intake variables (kg/d and g/kg of BW), but this effect was not observed (P>0.05)
    for digestibility of the nutrients evaluated. There was greater (P < 0.01) microbial
    CP synthesis in sheep compared to goats (Table 6). However, the microbial
    efficiency expressed in g/kg of digestible OM (P = 0.23) and g/kg of TDN (P =
    0.24) did not differ between species. The NEm was 0.0683 Mcal/EBW0.75/day.
    22
    The requirement of metabolizable energy for maintenance (MEm) was 0.115
    Mcal/kg EBW0.75/day, and the km was 0.599, for both species. The estimated
    NEg for uncastrated male dorper goats was 0.545 Mcal/day, considering a body
    weight of 30 kg and ADG of 200 g/day, while the estimated NEg for uncastrated
    lambs with the same body weight and ADG was 0.585 Mcal/day. The kg obtained
    was 0.113 and 0.699 for goats and sheep respectively. The NPm was 0.318 g/kg
    EBW0.75/day. The k that allows to convert NPg in MPg was represented by β1=
    0.09794, which was obtained from the equation to estimate NPm. Similarity is
    observed in the energy requirement for maintenance in goats and sheep. However,
    species show differences in energy requirements for gain and efficiency of energy
    use for gain.

2020
Dissertações
1
  • LOUISE SARMENTO MARTINS DE OLIVEIRA
  • BÚFALAS PRODUZEM NATURALMENTE LEITE A2

  • Orientador : GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • HUMBERTO TONHATI
  • LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • Data: 02/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • A beta-caseína é uma proteína do leite que possui dois tipos: A1 e A2. A beta-10 caseína A1 tem a digestão dificultada em algumas pessoas e causa desordens 11 gastrintestinais. Como alternativa surgiu o leite A2 que possui somente a outra beta-12 caseína e é obtido a partir de fêmeas cujo genótipo para o gene é A2A2. Em bovinos, as 13 frequências alélicas e genotípicas variam de acordo com a raça e faz-se seleção assistida 14 por marcadores para obtenção de animais A2A2 e consequente produção de leite A2 cuja 15 digestão é facilitada. Esse estudo teve como objetivo avaliar a condição da espécie 16 bubalina para esses alelos da beta-caseína. Foram genotipados 657 búfalos de quatro raças 17 diferentes e todos os animais apresentaram genótipo A2A2, ou seja, o alelo A2 18 apresentou-se fixado na espécie bubalina. Todo produto lácteo de búfalo é, portanto, 19 naturalmente A2. Esse resultado representa uma valorização de mercado para os produtos 20 manufaturados com leite da espécie.


  • Mostrar Abstract
  • Beta-casein is a milk protein that has two variants: A1 and A2. Some individuals have difficulties digesting beta-casein A1, which can cause gastrointestinal disorders. A2 milk has emerged as an alternative. This milk only contains beta-casein A2 and is obtained from females carrying the A2A2 genotype of the gene. In cattle, allele and genotype frequencies vary according to breed and marker-assisted selection is performed to obtain A2A2 animals and the consequent production of A2 milk that is easier to digest. This study aimed to evaluate the alleles of beta-casein in buffaloes. A total of 657 buffaloes of four different breeds were genotyped and all animals carried the A2A2 genotype, i.e., allele A2 was found to be fixed in the buffalo species. Thus, all milk products of buffaloes are naturally A2. This result adds value to products derived from buffalo milk.

2
  • MAYCON CERQUEIRA CAMPOS
  • Fontes de nitrogênio para estabelecimento de Panicum Maximum cv. Massai

  • Orientador : ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • EDSON MAURO SANTOS
  • KATIA APARECIDA DE PINHO COSTA
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o uso de compostos orgânicos como fonte de adubação nitrogenada em pastagem de Panicum maximim cv. Massai como alternativa a adubação mineral. O experimento foi desenvolvido na fazenda experimental da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em São Gonçalo dos Campos – BA. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com parcelas subdivididas no tempo. Os tratamentos foram: sem nitrogênio (controle), adubação com fonte de nitrogênio (N) mineral (ureia) e adubação com fontes orgânicas de nitrogênio, sendo elas: compostagem de dejetos de bovinos, caprinos e ovinos e vermicompostos de dejetos de bovinos e caprinos fixados em 100 kg ha-1 de N aplicados em dose única. Avaliou-se a altura e perfilhamento a cada 4 dias apartir de 15 dias após a emergência (DAE). A produção de matéria seca da parte aérea (MSPA), fibra em detergente neutro (FDN), proteina bruta (PB), material mineral (MM) e matéria seca da raiz (MSR) aos 28, 37, 46, 55 e 64 DAE. As variáveis bromatológicas foram avaliadas na altura de 55 cm (90 – 95% de interceptação luminosa) que corresponde a altura de entrada do animal no pasto. Foi feito análise de variância (teste F) e teste de comparação de média. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey (p <0,05). As variáveis FDN, MSPA, MSR, PB e MM apresentaram interação (P <0,05) para as fontes de N x tempo. As fontes de N influenciaram de forma linear e positiva o perfilhamento no tempo e de forma quadrática a altura do capim. A altura, FDN, perfilhamente, MSPA, MSR, PB e MM foram influenciadas pela adubação nitrogenada. Já a inclusão de vermicompostos, influenciaram negativamente MSPA, PB, MSR e perfilhamento. A eficiência dos adubos orgânicos, como fonte nitrogenada para o capim-massai é inferior à adubação mineral em relação ao seu efeito sobre a quanto a produtividade .


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate the use of organic compounds as a source of nitrogen fertilization in pasture of Panicum maximim cv. Massai as an alternative to mineral fertilization. The experiment was developed at the experimental farm of the Federal University of Bahia (UFBA), in São Gonçalo dos Campos - BA. The experimental design used was in randomized blocks, with plots subdivided over time. The treatments were: without nitrogen (control), fertilization with a source of mineral nitrogen (N) (urea) and fertilization with organic nitrogen sources, namely: composting of cattle, goat and sheep manure and vermicompost compounds of cattle and goats fixed in 100 kg ha-1 of N applied in a single dose. Height and tillering were evaluated every 4 days from 15 days after emergence (DAE). Shoot dry matter (MSPA), neutral detergent fiber (NDF), crude protein (PB), mineral material (MM) and root dry matter (MSR) at 28, 37, 46, 55 and 64 DAE . The bromatological variables were evaluated at a height of 55 cm (90 - 95% of light interception), which corresponds to the height of entry of the animal in the pasture. Analysis of variance (F test) and average comparison test were performed. The means were compared using the Tukey test (p <0.05). The variables NDF, MSPA, MSR, PB and MM showed interaction (P <0.05) for the sources of N x time. The N sources influenced the tillering in a linear and positive way and the height of the grass in a quadratic way. The height, NDF, profile, MSPA, MSR, PB and MM were influenced by nitrogen fertilization. The inclusion of vermicomposites, however, negatively influenced MSPA, PB, MSR and tillering. The efficiency of organic fertilizers, as a nitrogen source for massai grass, is inferior to mineral fertilization in relation to its effect on how much productivity.

Teses
1
  • GABRIELI DE SOUZA ROMANO
  • SEQUENCIAMENTO DE NOVA GERAÇÃO NA ELUCIDAÇÃO DE MECANISMOS GENÉTICOS ENVOLVIDOS NO ACOMETIMENTO DE HÉRNIA ESCROTAL EM SUÍNOS

  • Orientador : VICTOR BRENO PEDROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA MERCIA GUARATINI IBELLI
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • MARCELO RICARDO VICARI
  • MONICA CORREA LEDUR
  • VICTOR BRENO PEDROSA
  • Data: 16/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • Hérnias escrotais são defeitos congênitos comuns em suínos comerciais, caracterizados pela presença de conteúdo abdominal no saco escrotal, levando a consideráveis perdas de produção e bem-estar animal. Como a etiologia das hérnias escrotais permanece obscura, objetivamos identificar os mecanismos biológicos e genéticos envolvidos em sua ocorrência, por meio de toda a análise do transcriptoma do anel inguinal de suínos normais e afetados com essa anomalia. Dos 22.452 genes anotados no genoma de referência do suíno, 13.498 foram expressos no tecido do canal inguinal. Desses, 703 genes foram diferencialmente expressos (DE) (FDR < 0,05) entre os dois grupos analisados, sendo 209 genes super expressos e 494 genes menos expressos no grupo afetado pelas hérnias escrotais. Um total de 37 termo de ontologia gênicas (OG) foram significativamente relacionados a hérnias escrotais, e os processos biológicos mais relevantes foram sistema muscular, diferenciação celular, reorganização do sarcômero e montagem de miofibrilas. De acordo com os resultados de nosso estudo, sinalização de cálcio, cardiomiopatia hipertrófica, cardiomiopatia dilatada e contração muscular cardíaca foram as principais vias possivelmente envolvidas na ocorrência da hérnia escrotal. Neste estudo, genes relacionados à diferenciação do músculo liso, vias de sinalização de cálcio e apoptose foram DE entre suínos normais e por hérnia escrotal. O perfil de expressão dos genes diferencialmente expressos foi associado à redução da diferenciação do músculo liso, seguida pelo baixo conteúdo de cálcio na célula, o que poderia levar a uma menor proporção de apoptose e diminuição da contração muscular da região do canal inguinal. Demonstramos que os genes envolvidos com a musculatura estão intimamente ligados ao desequilíbrio fisiológico que predispõe à hérnia escrotal. De acordo com nosso estudo, os genes MYBPC1, BOK, SLC25A4, SLC8A3, DES, TPM2, MAP1CL3C e FGF1 foram considerados fortes candidatos para avaliação futura.


  • Mostrar Abstract
  • Scrotal hernias are common congenital defects in commercial pigs, characterized by the presence of abdominal Scrotal hernia (SH), as it is a complex trait, many genes can influence this phenotype, thus, the etiology of SH remains unclear. In order to identify potential markers that make an important role in the development of SH, two analyzes were performed with next generation sequencing. In the first analysis, we aim to identify the biological and genetic mechanisms involved in its occurrence, by analyzing the transcriptome of the inguinal ring of swine affected and not affected by SH. According to the results of the transcriptome, the expression profile of differentially expressed genes was associated with reduced smooth muscle differentiation, followed by the low calcium content in the cell, which could lead to a lower proportion of apoptosis and decreased muscle contraction in the inguinal canal region. In this perspective, the MYBPC1, BOK, SLC25A4, SLC8A3, DES, TPM2, MAP1CL3C and FGF1 genes were considered strong candidates for future evaluation. Additively, in the second analysis, using the transcriptome and exome data, we aim to identify possible new mutations and genes involved in the occurrence of SH in pigs. In this study, an integrated functional analysis of the data revealed important genes belonging to molecular mechanisms related to smooth muscle differentiation, collagen formation, neurogenesis, muscle contraction and apoptosis, which may be associated with the development of SH in pigs. We emphasize that the variants, located in coding and regulatory regions of the C8B, P4HA2, PDSS1, MYRF, MPZ, NUDT22 and GAPDH genes, can alter their expression and protein function, in addition to interfering in the expression of other genes, partially controlling the development of SH in pigs. The results obtained here, contribute to a better understanding of the genetic mechanisms of pigs affected by SH, enabling the future development of a diagnostic method to identify animals with SH.

2
  • THOMAZ CYRO GUIMARAES DE CARVALHO RODRIGUES
  • PERFIL LACTACIONAL DE CABRAS DE TRÊS GRUPOS GENÉTICOS E NÍVEIS DE INCLUSÃO DE TORTA DE DENDÊ NA TERMINAÇÃO DE CAPRINOS EM DIETAS DE ALTO CONCENTRADO.

  • Orientador : STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALINE GOMES DA SILVA
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • LAYS DEBORA SILVA MARIZ
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 27/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o perfil lactacional de cabras de grupos genéticos com diferentes
    aptidões leiteiras, confinadas, sob o mesmo manejo alimentar em ambiente tropical.
    Foram utilizadas 23 cabras, multíparas, recém paridas, divididas em 3 tratamentos
    (grupos genéticos: Saanen, Moxotó e Anglo Nubiana), distribuídas de forma aleatória em
    baias coletivas, sob mesma alimentação. Foram utilizados 5 modelos matemáticos para
    ajuste das curvas de lactação e de variação de peso corporal: Wood (1967) (WD);
    Papajcsik e Bodero (1988) (PB); Adaptado de Papajcsik e Bodero (1988) (APB); Nelder
    (1966) (ND) e Wilmink (1987) (WM). Todos os modelos apresentaram resultados para
    as estimativas dos parâmetros a, b e c (P<0,05), entretanto, o WM apresentou melhor
    ajuste aos dados de produção de leite das Saanen e o APB para Anglo-Nubiana e Moxotó.
    As cabras Moxotó apresentaram-se como o grupo genético de menor potencial para
    produção de leite com 0,37 litros (L) de média e máxima de 0,91 L e as fêmeas Saanen e
    Anglo com 1,37 L e 2,91 L, 0,90 L e 2,42 L de média e máxima, respectivamente. A
    recuperação de peso foi semelhante entre as raças e o término do balanço energético
    negativo (BEN) foi na 6ª semana após o parto. Os valores de betahidroxibutirato (BHBO),
    foram proporcionais ao potencial leiteiro, variando de 0,21 a 1,04 para Saanen,
    0,11 a 0,9 para Moxotó e 0,11 a 0,87 para os animais Anglo-Nubiana. A composição do
    leite, com exceção da lactose (P>0,05), sofreu influência de acordo com os grupos
    genéticos (P<0,05), com menores percentuais nos animais com aptidão leiteira e dupla
    aptidão. Todos os componentes sofreram influência da semana de lactação e o ponto
    máximo de 8,69% de gordura foi verificado na 22ª semana na raça Moxotó. O consumo
    de matéria seca foi influenciado pela semana de lactação (P=0,012), com máximo na 2ª
    semana. O grupo genético influencia o perfil lactacional, a recuperação de peso, a
    produção e composição do leite, e a ingestão de nutrientes é influenciada pela semana de
    lactação.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the lactational profile of goats from genetic
    groups with different dairy skills, confined, under the same food management in a tropical
    environment. 23 goats, multiparous, recently calved, divided into 3 treatments (genetic
    groups: Saanen, Moxotó and Anglo Nubiana), randomly distributed in collective pens,
    under the same diet. 5 mathematical models were used to adjust the lactation and body
    weight variation curves: Wood (1967) (WD); Papajcsik and Bodero (1988) (PB); Adapted
    from Papajcsik and Bodero (1988) (APB); Nelder (1966) (ND) and Wilmink (1987)
    (WM). All models presented results for the estimates of parameters a, b and c (P <0.05),
    however, the WM showed a better fit to the Saanen milk production data and the APB for
    Anglo-Nubiana and Moxotó. The Moxotó goats presented themselves as the genetic
    group with the lowest potential for milk production with 0.37 liters (L) of medium and
    maximum of 0.91 L and the Saanen and Anglo females with 1.37 L and 2.91 L , 0.90 L
    and 2.42 L of average and maximum, respectively. Weight recovery was similar between
    races and the end of the negative energy balance (BEN) was in the 6th week after delivery.
    The values of betahydroxybutyrate (B-HBO), were proportional to the milk potential,
    varying from 0.21 to 1.04 for Saanen, 0.11 to 0.9 for Moxotó and 0.11 to 0.87 for Anglo-
    Nubian. The composition of milk, with the exception of lactose (P> 0.05), was influenced
    by genetic groups (P <0.05), with lower percentages in animals with milk and double
    aptitude. All components were influenced by the lactation week and the maximum point
    of 8.69% of fat was verified in the 22nd week in the Moxotó breed. The consumption of
    dry matter was influenced by the lactation week (P = 0.012), with a maximum in the 2nd
    week. The genetic group influences the lactational profile, weight recovery, milk
    production and composition, and nutrient intake is influenced by the lactation week.

3
  • ÍSIS DA COSTA HERMISDORFF
  • ANÁLISE DE IMPUTAÇÃO E EFEITO DO CROMOSSOMO X NA CARACTERÍSTICA REPRODUTIVA EM BOVINOS DA NELORE

  • Orientador : RAPHAEL BERMAL COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RAPHAEL BERMAL COSTA
  • ADRIANA LUIZE BOCCHI
  • ANA FABRÍCIA BRAGA MAGALHÃES
  • FABIANE DE LIMA SILVA
  • FABIELI LOISE BRAGA FEITOSA
  • Data: 30/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • A precisão da imputação, entre outras coisas, depende do tamanho do painel de
    referência, da frequência alélica (MAF) do marcador e do posicionamento correto das
    variantes no conjunto do genoma de referência. Usando genótipos de alta densidade de
    3938 bovinos Nelore do Brasil, investigamos a precisão da imputação da densidade
    SNPs de 50K a 777K, usando as posições determinadas de acordo com os conjuntos de
    genoma bovino UMD3.1 e ARS-UCD1.2. Avaliamos o efeito dos tamanhos dos painéis
    de referência e alvo na qualidade da imputação baseada em pré-faseamento usando a
    validação cruzada de dez vezes. Além disso, avaliamos a confiabilidade do Índice de
    qualidade de imputação (Rsq) do Minimac3, o comparando com diferentes medidas de
    precisão empírica da imputação. A precisão geral da imputação medida como a
    correlação quadrática entre as doses dos alelos verdadeiros e imputados (R2dose) foi
    praticamente idêntica usando o conjunto do genoma UMD3.1 ou ARS-UCD1.2.
    Quando o tamanho do painel de referência aumentou de 250 para 2000, a R2dose
    aumentou de 0,845 para 0,917 e o número de marcadores polimórficos no conjunto de
    dados imputados aumentou de 586.701 para 618.660. Também foram observadas
    vantagens tanto na precisão quanto na densidade do marcador quando foram imputados
    painéis-alvo maiores, provavelmente resultantes da inferência dos haplótipos mais
    precisa. A precisão da imputação e a densidade do marcador nos dados imputados
    aumentaram de 0,903 para 0,913 e de 593,239 para 595,570 quando haplótipos foram inferidos em 500 e 2900 animais-alvo, respectivamente. Os escores de qualidade de imputação baseados no modelo do Minimac3 (Rsq) foram altamente correlacionados, mas sistematicamente mais altos do que as precisões empiricamente estimadas. A correlação entre as medidas aumentou com o tamanho do painel de referência e do MAF das variantes imputadas. É possível uma imputação precisa dos marcadores BovineHD BeadChip em bovinos Nelore usando o novo conjunto de genoma de referência bovino ARS-UCD1.2. O uso de grandes painéis de referência e alvo melhora a precisão dos genótipos imputados e fornece genótipos para mais marcadores segregando em baixa frequência para análises genômicas a jusante. O escore de qualidade de imputação baseada no modelo do Minimac3 (Rsq) pode ser usada para detectar variantes mal imputadas, mas sua confiabilidade depende do tamanho do painel de referência usado e do MAF das variantes imputadas.


  • Mostrar Abstract
  • Imputation accuracy among other things depends on the size of the reference panel, the
    marker's minor allele frequency (MAF), and the correct placement of variants on the
    reference genome assembly. Using high-density genotypes of 3938 Nellore cattle from
    Brazil, we investigated the accuracy of imputation from 50K to 777K SNP density,
    using map positions determined according to the bovine genome assemblies UMD3.1
    and ARS-UCD1.2. We assessed the effect of reference and target panel sizes on the prephasing-
    based imputation quality using ten-fold cross-validation. Further, we compared
    the reliability of the model-based imputation quality score (Rsq) from Minimac3 to
    empirical imputation accuracy. The overall accuracy of imputation measured as the
    squared correlation between true and imputed allele dosages (R2dose) was virtually
    identical using either the UMD3.1 or ARS-UCD1.2 genome assembly. When the size of
    the reference panel increased from 250 to 2000, R2dose increased from 0.845 to 0.917,
    and the number of polymorphic markers in the imputed data set increased from 586,701
    to 618,660. Advantages in both accuracy and marker density were also observed when
    larger target panels were imputed, likely resulting from more accurate haplotype
    inference. Imputation accuracy and the marker density in the imputed data increased
    from 0.903 to 0.913 and from 593,239 to 595,570 when haplotypes were inferred in 500
    and 2900 target animals, respectively. The model-based imputation quality scores from
    Minimac3 (Rsq) were highly correlated to but systematically higher than empirically 

    estimated accuracies. The correlation between these metrics increased with the size of
    the reference panel and MAF of imputed variants. Accurate imputation of BovineHD
    BeadChip markers is possible in Nellore cattle using the new bovine reference genome
    assembly ARS-UCD1.2. The use of large reference and target panels improves the
    accuracy of the imputed genotypes and provides genotypes for more markers
    segregating at low frequency for downstream genomic analyses. The model-based
    imputation quality score from Minimac3 (Rsq) can be used to detect poorly imputed
    variants but its reliability depends on the size of the reference panel used and MAF of
    the imputed variants.

4
  • SAMANTHA CHUNG
  • Dietas com óleos essenciais de Ocimum basilicum para pirarucu e Zingiber officinale para tambaqui e tilápia do Nilo: crescimento e metabolismo

  • Orientador : CARLOS EDUARDO COPATTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE LUIS DA CRUZ
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • LUCIANO DE OLIVEIRA GARCIA
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • Data: 20/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Dietas suplementadas com óleo essencial de manjericão Ocimum basilicum (OEOB) podem melhorar o crescimento dos peixes. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da OEOB na dieta sobre o desempenho de crescimento e variáveis plasmáticas de juvenis de pirarucu (Arapaima gigas) submetidos a condições estressantes (densidade de estocagem de 7,56 kg m-3 por tanque e espaço limitado). Quatro dietas (em triplicata) foram avaliadas com concentrações crescentes de OEOB (0,0 controle; 0,5; 1,0; e 2,0 mL kg de dieta−1) durante 48 dias. O linalool foi o principal constituinte do OEOB (54,19%). A adição de 2,0 mL de OEOB kg de dieta-1 melhorou peso final, ganho de peso, taxa de crescimento específico, fator de condição e conversão alimentar aparente; também diminuiu os níveis plasmáticos de ureia e aumentou os níveis de albumina plasmática e proteínas totais. Os níveis plasmáticos de glicose, cortisol e ácido úrico não foram influenciados pela adição de OEOB na dieta dos peixes. Em conclusão, a adição de 2,0 mL de OEOB kg de dieta-1 é recomendada para juvenis de pirarucu, devido ao melhor desempenho de crescimento, e esta suplementação não comprometeu a homeostase da criação de peixes em uma densidade de estocagem muito alta.


  • Mostrar Abstract
  • Diet supplementation with essential oil from sweet basil Ocimum basilicum (EOOB) can increase fish growth. So, this study aimed to evaluate the effect of EOOB in the diet on growth performance and plasmatic variables of pirarucu juveniles (Arapaima gigas) submitted to stressful condition (stocking density of 7.56 kg m−3 per tank and limited space). Four diets (in triplicates) were evaluated with increasing levels of EOOB (0.0 control; 0.5; 1.0; and 2.0 mL kg diet−1) over 48 days. Linalool was the major constituent of EOOB (54.19 %). The addition of 2.0 mL EOOB kg diet−1 improved final weight, weight gain, specific growth rate, condition factor and feed conversion ratio; it also, decreased plasma urea levels and increased plasma albumin and total proteins levels. Plasma glucose, cortisol, and acid uric levels were not influenced by the addition of EOOB the fish diet. In conclusion, the addition of 2.0 mL EOOB kg diet−1 is recommended for pirarucu juveniles, due to improved growth performance, and this supplementation did not compromise the homeostasis of fish rearing in a very high stocking density.

5
  • DANIELA PIONORIO VILARONGA CASTRO
  • ÓLEO DE PALMISTE NA DIETA DE CORDEIROS EM TERMINAÇÃO

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMERICO FROES GARCEZ NETO
  • EDERSON AMÉRICO DE ANDRADE
  • REBECA DANTAS XAVIER RIBEIRO
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • SORAYA MARIA PALMA LUZ JAEGER
  • Data: 29/09/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar os efeitos da inclusão do óleo de palmiste (OP) sobre o consumo, digestibilidade, comportamento ingestivo, balanço de nitrogênio, metabólitos sanguíneos e parâmetros de fermentação ruminal e desempenho produtivo na dieta de cordeiros. Três ensaios experimentais foram conduzidos na Fazenda Experimental da Escola de Medicina Veterinária da Universidade Federal da Bahia, em São Gonçalo dos Campos – BA. Os tratamentos consistiram na inclusão de óleo de palmiste (OP) na dieta, sendo OPzero - nível zero – sem inclusão de OP; OP1,3% - adição de 1,3% OP; OP2,6% - adição de 2,6% de OP; OP3,9% - adição de 3,9% de OP; OP5,2% - adição de 5,2% de OP, com base na matéria seca da dieta total. As dietas foram formuladas com proporção volumoso:concentrado 40:60 na forma de mistura completa e o concentrado composto de farelo de milho, farelo de soja, sal mineral e óleo de palmiste de acordo com cada tratamento. No primeiro ensaio experimental foram utilizados 40 cordeiros machos não castrados alojados individualmente em baias, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado para a avaliação do consumo de nutrientes e metabólitos sanguíneos. Para o ensaio de digestibilidade, foram utilizados 25 cordeiros Santa Inês machos não castrados, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado. O terceiro ensaio experimental foi realizado utilizando-se 5 carneiros machos não castrados, fistulados e canulados no rúmen, para avaliação dos parâmetros de fermentação ruminal, distribuídos em delineamento em quadrado latino. Foram coletadas amostras de alimentos, sobras e fezes para análises químico-bromatológicas para determinação do consumo e digestibilidade dos nutrientes. Houve redução linear no consumo de matéria seca (P<0,001), minerais (P<0,001), proteína bruta (P<0,001), fibra em detergente neutro (P<0,001), carboidratos não fibrosos (P<0,001), nutrientes digestíveis totais (P=0,021) e aumento no consumo de extrato etéreo (P<0,001) à medida que a inclusão do OP aumentou na dieta. Os coeficientes de digestibilidade da fibra em detergente neutro (P=0,573) e carboidratos não fibrosos (P=0,648) não foram afetados pela presença do OP na dieta. A digestibilidade da matéria seca (P=0,035), do extrato etéreo (P<0,001), da proteína bruta (P<0,001) e nutrientes digestíveis totais (P<0,001) aumentaram à medida que o nível de OP na dieta aumentou. Houve redução no consumo (P<0,001) e excreção de nitrogênio fecal (P<0,001), bem como na produção de proteína microbiana (P<0,001) com o aumento do fornecimento de OP na dieta de ovinos. O colesterol sérico aumentou (P<0,001), enquanto a concentração sérica da enzima GGT diminuiu (P=0,048) quando o nível de OP na dieta aumentou. A presença do OP na dieta não causou efeito sobre o ganho de peso total (P=0,058) e ganho médio diário (P=0,057), contudo, a conversão alimentar melhorou (P=0,001) quando o nível de OP na dieta aumentou. O óleo de palmiste pode ser fornecido na dieta de ovinos até o nível de 5,2% de inclusão, com melhoria na digestibilidade dos nutrientes. A presença do óleo de palmiste na dieta melhorou a conversão alimentar e reduziu o balanço de nitrogênio, com diminuição na população de protozoários totais no líquido ruminal.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effects of the inclusion of palm kernel oil (PKO) on consumption, digestibility, ingestive behavior, nitrogen balance, blood metabolites and rumen fermentation parameters and productive performance in the lamb diet. Three experimental trials were conducted at the Experimental Farm of the School of Veterinary Medicine of the Federal University of Bahia, in São Gonçalo dos Campos - BA. The treatments consisted of the inclusion of palm kernel oil (PKO) in the diet, with PKOzero - level zero - without the inclusion of PKO; PKO1.3% - addition of 1.3% PKO; PKO2.6% - addition of 2.6% of PKO; PKO3.9% - addition of 3.9% of PKO; PKO5.2% - addition of 5.2% PKO, based on the dry matter of the total diet. The diets were formulated with a roughage ratio: 40:60 concentrate in the form of a complete mixture and the concentrate composed of corn bran, soybean meal, mineral salt and palm kernel oil according to each treatment. In the first experimental trial 40 non-castrated male lambs housed individually in stalls were used, distributed in a completely randomized design to assess the consumption of nutrients and blood metabolites. For the digestibility test, 25 non-castrated male Santa Inês lambs were used, distributed in a completely randomized design. The third experimental test was carried out using 5 male sheep, not castrated, fistulated and cannulated in the rumen, to evaluate ruminal fermentation parameters, distributed in a Latin square design. Samples of food, leftovers and feces were collected for chemical-chemical analysis to determine the consumption and digestibility of nutrients. There was a linear reduction in the consumption of dry matter (P<0.001), minerals (P<0.001), crude protein (P<0.001), neutral detergent fiber (P<0.001), non-fibrous carbohydrates (P<0.001), digestible nutrients total (P=0.021) and increased consumption of ether extract (P<0.001) as the inclusion of PKO increased in the diet. The digestibility coefficients of neutral detergent fiber (P=0.573) and non-fibrous carbohydrates (P=0.648) were not affected by the presence of PKO in the diet. The digestibility of dry matter (P=0.035), ether extract (P<0.001), crude protein (P<0.001) and total digestible nutrients (P<0.001) increased as the level of PKO in the diet increased. There was a reduction in consumption (P<0.001) and excretion of fecal nitrogen (P<0.001), as well as in the production of microbial protein (P<0.001) with the increased supply of PKO in the sheep diet. Serum cholesterol increased (P<0.001), while the serum concentration of the GGT enzyme decreased (P=0.048) when the level of PKO in the diet increased. The presence of PKO in the diet had no effect on total weight gain (P=0.058) and average daily gain (P=0.057), however, feed conversion improved (P=0.001) when the level of PKO in the diet increased. Palm kernel oil can be supplied in the sheep diet up to the level of 5.2% inclusion, with improved digestibility of nutrients. The presence of palm kernel oil in the diet improved feed conversion and reduced the nitrogen balance, with a decrease in the population of total protozoa in the rumen liquid.

6
  • LAYSE ARAUJO GORDIANO
  • ASSOCIAÇÃO ENTRE QUITOSANA E ÁCIDOS GRAXOS INSATURADOS EM DIETAS PARA BOVINOS

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SALETE ALVES DE MORAES
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • JOSÉ AUGUSTO GOMES AZEVEDO
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar os efeitos da associação da quitosana ao óleo de soja e ao grão
    de soja integral sobre o consumo e digestibilidade aparente dos nutrientes,
    fermentação ruminal, balanço de nitrogênio e síntese de proteína microbiana,
    metabólitos sanguíneos, comportamento ingestivo e cinética ruminal em bovinos.
    Cinco novilhas mestiças das raças Simental x Zebu, canuladas no rúmen, com
    aproximadamente 24 meses de idade, peso corporal inicial de 335 ± 53,2 kg foram
    distribuídas aleatoriamente em um quadrado latino 5 × 5 para receberem uma das
    cinco dietas experimentais: 1) CON = Controle (sem inclusão de ácidos graxos
    insaturados (AGI) e sem quitosana); 2) OS = Óleo de Soja (inclusão de 2,5% de OS
    na matéria seca (MS) total); 3) GS = Grão de Soja (inclusão de 16% de grão de
    soja in natura na MS total); 4) OSQ = Óleo de Soja + Quitosana (inclusão de 2,5%
    de OS + 0,20% de quitosana na MS total) e, 5) GSQ = Grão de soja + Quitosana
    (inclusão de 16% de grão de soja in natura + 0,20% de quitosana na MS total). Foi
    utilizada silagem de milho como volumoso e o aditivo foi fornecido na forma de
    “topdress”. As dietas OS e GS, independente da adição da quitosana, reduziram o
    consumo de nutrientes, com exceção no consumo de extrato etéreo (EE) que foi
    maior (P<0,05) nos animais alimentados com as fontes de AGI. As dietas com AGI
    reduziram a digestibilidade da fibra em detergente neutro (FDN) e aumentaram a
    do EE (P<0,05). As dietas com AGI e a quitosana aumentaram o pH ruminal e
    reduziram a concentração de nitrogênio amoniacal (P<0,05). Além disso, de forma
    geral, as dietas com AGI e quitosana reduziram a produção total de AG de cadeia
    curta, acetato, propionato e butirato, em Mmol. As dietas com AGI reduziram o
    consumo e excreção de nitrogênio (N), enquanto que a quitosana aumentou e
    retenção e eficiência na utilização de N (P<0,05). A quitosana reduziu os níveis
    sanguíneos de triglicerídeos e VLDL (P<0,05). As dietas com AGI diminuíram o
    fluxo reticular de MS, FDN e FDN potencialmente digestível (pd) em relação ao
    grupo controle (P<0,05). As dietas com OS e GS, independente da adição de
    quitosana, reduziram as taxas de digestão da MS, de renovação ruminal da MS,
    FDN e de passagem da MS, FDN e FDNpd em relação aos animais alimentados
    com a dieta controle. As dietas com AGI não interferem na digestibilidade dos
    nutrientes entretanto, reduzem o consumo e utilização de N ruminal e alteram a
    fermentação e cinética ruminal. Por outro lado, a quitosana não tem efeito no
    consumo, digestibilidade dos nutrientes e no comportamento ingestivo, porém
    altera a utilização de N e a fermentação ruminal para uma rota mais eficiente
    energeticamente em dietas para novilhas de corte.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed evaluate the assotiation effect between chitosan with soybean oil
    and whole soybean grain on nutrients intake and aparent digestibillity, rumen
    fermentation, nitrogen balance, microbial protein synthesis,blood metabolites,
    ingestive behavior and ruminal kinetics in catlle. Five Simental x Zebu crossbred
    heifers, ruminally cannulated, with approximately 24 months of age, initial body
    weight of 335 ± 53.2 kg were randomly distributed in a 5 × 5 Latin square
    experimental design to receive one of the five experimental diets: 1) CON = Control
    (without inclusion of unsatured fatty acid (FA) or chitosan); 2) SO = Soybean Oil
    (dietary inclusion at 2,5% in total dry matter (DM); 3) WS = Whole raw soybean
    (dietary inclusion at 16% in total DM); 4) CHSO = Chitosan + Soybean Oil (dietary
    inclusion at 0,2% and 2,5% in total DM, respectively); 5) CHWS = Chitosan +
    Soybean Grain (dietary inclusion at 0,2% and 16% in total DM, respectively). The
    forage source was maize silage and the additive was provided on topdress form.
    The OS and GS diets, regardless of the addition of chitosan, decreased the nutrient
    intakes, except for the ether extract (EE), which was higher (P<0.05) in animals fed
    with UFA sources. Diets with UFA reduced the digestibility of neutral detergent
    fiber (NDF) and increased the EE (P<0.05). Diets with UFA and CHI increased
    rumen pH and reduced the concentration of ammoniacal nitrogen (P<0.05). In
    addition, in general, diets with UFA and CHI reduced the total production of shortchain
    FA, acetate, propionate and butyrate, in Mmol. Diets with UFA reduced
    nitrogen intake and excretion (N), while CHI increased and retention and efficiency
    in the use of N (P<0.05). CHI reduced triglycerides and VLDL blood levels (P
    <0.05). Diets with UFA decreased reticular flow of DM, NDF and potentially
    digestible NDF (pd) in relation to the control group (P<0.05). Diets with SO and
    WS, regardless of the addition of chitosan, decreased the DM digestion rate,
    ruminal turnover of DM, NDF and passage of DM, NDF and NDFpd in relation to
    animals fed the control diet. Diets with AGI do not interfere on nutrients
    digestibility, however, they reduce the consumption and use of ruminal N and alter
    fermentation and ruminal kinetics. On the other hand, CHI has no effect on intake,
    digestibility of nutrients and feeding behavior, but alters the use of N and rumen
    fermentation to a more energetically efficient route in diets for beef heifers.

7
  • NEIRI JEAN ALVES DOS SANTOS
  • ÓLEO DE PALMISTE EM DIETAS PARA TOURINHOS EM
    CONFINAMENTO

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AMERICO FROES GARCEZ NETO
  • ANDRÉ GUSTAVO LEÃO
  • EDERSON AMÉRICO DE ANDRADE
  • MICHELLE DE OLIVEIRA MAIA PARENTE
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • Data: 22/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Com o intuito de estudar o efeito do óleo de palmiste sobre o metabolismo e
    produção animal, dois experimentos foram realizados, para determinar o melhor nível
    (0,0; 11,5; 23,0 e 34,6 g/kg MS) de inclusão de óleo de palmiste na dieta de tourinhos
    em sistema de confinamento. O primeiro experimento foi realizado em delineamento
    inteiramente casualizado, com trinta e dois tourinhos Nelores, com idade média de 24
    meses e peso corporal médio de 413 ± 29,0 kg, para avaliar a ingestão de nutrientes,
    desempenho, comportamento ingestivo e características de carcaça. O segundo
    experimento foi desenvolvido em delineamento experimental de quadrado latino 4 x 4
    duplo, com oito novilhos mestiços providos de cânula ruminal com peso corporal médio
    de 435 ± 70 kg, em que os coeficientes de digestibilidade, balanço de nitrogênio, síntese
    de proteína microbiana, ácidos graxos de cadeia curta e a contagem da população de
    protozoários no rúmen foram estimados. A inclusão de óleo de palmiste resultou em
    efeito linear negativo no consumo em kg/dia de MS (P < 0,001), PB (P < 0,001),
    FDNcp (P < 0,001), CNF (P < 0,001) e NDT (P < 0,001). No entanto, o consumo de EE
    (P < 0,001) apresentou efeito quadrático positivo com máximo consumo no nível
    estimado de 15,36 g/kg da MS. Não houve efeito do óleo de palmiste no tempo gasto
    (min / dia) de alimentação (P = 0,921), porém observou-se um efeito quadrático
    positivo (P < 0,001) para o tempo despendido com a ruminação e uma redução
    quadrática (P < 0,001) no tempo em ócio. A digestibilidade da MS (P < 0,001), FDNcp
    (P < 0,001) e NDT (P = 0,004) reduziram linearmente. Por outro lado, a digestibilidade
    do EE (P = 0,053) teve uma tendência de aumento com o nível de óleo de palmiste na
    dieta. O coeficiente de digestibilidade da PB (P = 0,475) e do CNF (P = 0,114) não
    alterou significativamente. O consumo de nitrogênio (P < 0,001), nitrogênio retido (P <
    0,001) e a produção de proteína microbiana (g/dia) (P < 0,001) reduziram linearmente
    com o aumento no nível de inclusão de óleo de palmiste. Entretanto, para a eficiência de
    produção de proteína microbiana em g/kg NDT ingerido não houve influência (P =
    0,807). Foi observado uma redução linear para o peso final (P < 0,001), ganho médio
    diário (P < 0,001), peso de carcaça quente (P < 0,001), peso de carcaça fria (P < 0,001),
    rendimento de carcaça quente (P < 0,001), rendimento de carcaça fria (P < 0,001), área
    7
    de olho de lombo (P = 0,015) e espessura da gordura subcutânea (P = 0,002). A
    inclusão de óleo de palmiste em até 34,6 g/kg de MS em dietas de tourinhos confinados
    não é recomendada, pois reduz o consumo de MS e dos nutrientes, além de afetar
    negativamente a digestibilidade e desempenho.


  • Mostrar Abstract
  • In order to study the effect of palm kernel oil on metabolism and animal
    production, two experiments were carried out to determine the best level (0.0; 11.5; 23.0
    and 34.6 g/kg DM) of inclusion of palm kernel oil (PO) in the diet of bulls in a feedlot.
    The first experiment was carried out in a completely randomized design, with thirty-two
    Nellores bulls, with an average age of 24 months and an average body weight of 413 ±
    29.0 kg, to assess nutrient intake, performance, ingestive behavior and carcass
    characteristics. The second experiment was carried out in a 4 x 4 double Latin square
    experimental design, with eight crossbred steers with ruminal cannula with an average
    body weight of 435 ± 70 kg, in which the digestibility coefficients, nitrogen balance,
    microbial protein synthesis , short-chain fatty acids and the rumen protozoan population
    count were estimated. The inclusion of palm kernel oil resulted in a negative linear
    effect on intake of kg/day of DM (P < 0.001), CP (P < 0.001), apNDF (P < 0.001), NFC
    (P < 0.001) and TDN (P < 0.001). However, intake of EE (P < 0.001) showed a positive
    quadratic effect with maximum predicted intake at 15.36 g/kg DM level. There was no
    effect of palm kernel oil on the time spent (min/day) on feeding (P = 0.921), but a
    positive quadratic effect (P < 0.001) was observed for the time spent on rumination and
    a quadratic reduction (P < 0.001) in idle time. Digestibility of DM (P < 0.001), apNDF
    (P < 0.001) and TDN (P = 0.004) decreased linearly. On the other hand, EE digestibility
    (P = 0.053) had a trend of increase with the level of PO in the diet. The digestibility
    coefficient of CP (P = 0.475) and NFC (P = 0.114) did not change significantly. The
    consumption of nitrogen (P < 0.001), nitrogen retained (P < 0.001) and the production
    of microbial protein (g/day) (P < 0.001) decreased linearly with the increase of palm
    kernel oil. However, for the efficiency of microbial protein production in g/kg TDN
    ingested there was no influence (P = 0.807). A linear reduction was observed for the
    final weight (P < 0.001), average daily gain (P < 0.001), hot carcass weight (P < 0.001),
    cold carcass weight (P < 0.001), hot carcass yield (P < 0.001), cold carcass yield (P <
    0.001), rib eye area (P = 0.015) and thickness of subcutaneous fat (P = 0.002). The
    inclusion of palm kernel oil in up to 34.6 g / kg DM in diets of confined bulls is not
    9
    recommended, as it reduces the consumption of DM and nutrients, in addition to
    negatively affecting digestibility and performance.

2019
Dissertações
1
  • JOSÉ MANUEL MARTINS MISSASSE
  • LEVEDURAS E ENZIMAS FIBROLÍTICAS NA DIETA DE CORDEIROS: CONSUMO, DIGESTIBILIDADE E BALANÇO DE NITROGÊNIO

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JARBAS MIGUEL DA SILVA JÚNIOR
  • LEILSON ROCHA BEZERRA
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • Data: 23/01/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este experimento avaliar o efeito da inclusão de aditivos (levedura e enzima fibrolítica) na dieta para de cordeiros sobre o consumo, digestibilidade de nutrientes e balaço de nitrogênio. A dieta base foi composta por milho moído, farelo de soja, feno tifton-85 picado e premix mineral e toda na proporção de volumoso : concentrado de 40:60. As dietas em relação aos tratamentos seguiram de (1) dieta base sem adição de aditivos, (2) dieta base adicionada com 100% de enzima, (3) dieta base com associação de 70% de enzima e 30% de levedura, (4) dieta base com 100% de levedura e (5) dieta base com 30% de enzima e 70% de leveduras. Foram utilizados 25 cordeiros machos inteiros com peso médio de 25 kg e desvio padrão de 1,23 %, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado nas gaiolas metabólicas num experimento com duração de 21 dias (14 dias de adaptação às dietas e instalações e 7 dias de coleta de amostras). Com o uso de aditivos isolados ou associados, não se observou efeitos significativos (p≥0.05) sobre o consumo da matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo, fibra em detergente neutro corrigido para cinzas e proteína, carboidratos não fibrosos e nutrientes totais. Com a inclusão dos aditivos a dieta não apresentou diferença significativa sobre a digestibilidade de todas as frações nutricionais (p≥0.05). Neste estudo foi possível observar aumento numérico de nitrogênio urinário (p≤0.05) com a inclusão de leveduras totais, mas no geral os aditivos não apresentaram diferença no balanço de nitrogênio. Resultados obtidos com o experimento mostraram que os aditivos suplementados às dietas podem ter um efeito mínimo sobre os parâmetros estudados.


  • Mostrar Abstract
  • The objective this experiment was evaluating the effect of the additives inclusion (yeast and fibrolytic enzyme) in the diet for lambs on consumption, nutrient digestibility and nitrogen balance. The base diet was composed of milled corn, soybean meal, chopped tifton-85 hay and premix mineral in the proportion of bulky concentrate of 40:60. The diets in relation to the treatments were followed by (1) base diet without addition of additives, (2) base diet added with 100% enzyme, (3) base diet with 70% enzyme association and 30% yeast (4) base diet with 100% yeast and (5) base diet with 30% enzyme and 70% yeast. Twenty-five whole male lambs with a mean weight of 25 kg and a standard deviation of 1.23% were used, distributed in a completely randomized design in the metabolic cages in a 21-day experiment (14 days of adaptation to the diets and facilities and 7 days of collection of samples). With the use of isolated or associated additives, no significant effects (p≥0.05) on dry matter intake, crude protein, ethereal extract, protein corrected neutral detergent fiber, non-fibrous carbohydrates and total nutrients were observed. With the inclusion of the additives in the diet did not present significant difference on the digestibility of all nutritional fractions (p≥0.05). In this study it was possible to observe a numerical increase of urinary nitrogen (p≤0.05) with the inclusion of total yeasts, but in general, the additives showed no difference in the nitrogen balance. The results obtained with the experiment showed the additives supplemented to diets may have a minimal effect on the studied parameters.

2
  • LUCAS FIALHO DE ARAGÃO BULCÃO
  • Fontes de ácidos graxos de cadeia longa insaturados em dietas para búfalos.

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MARIA LEONOR GARCIA MELO LOPES DE ARAUJO
  • Data: 26/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar os efeitos da inclusão de fontes de ácidos graxos insaturados em
    dietas para búfalos sobre o consumo e digestibilidade aparente dos nutrientes,
    fermentação ruminal, comportamento ingestivo dos animais. Foram utilizados quatro
    búfalos (Bubalus bubalis) Murrah, com aproximadamente 24 meses de idade, castrados,
    canulados no rúmen e com peso médio inicial de 380 ± 60 kg. Os animais foram
    distribuídos aleatoriamente em um delineamento quadrado latino 4 × 4, nas seguintes
    dietas experimentais: 1) CO = Controle; 2) OS = Óleo de Soja; 3) GSI = Grão de soja
    cru e integral; 4) SCAG = Sais de Cálcio de Ácidos Graxos. As dietas foram
    formuladas utilizando-se relação volumoso:concentrado de 70:30, sendo empregado
    como volumoso o feno de Capim-Transvala (Digitaria Decumbens cv. Transvala). Não
    houve efeito das dietas sobre o consumo de matéria seca (CMS), no entanto, a adição
    das fontes de ácidos graxos insaturados aumentou o consumo de extrato etéreo (P<0,01)
    e a digestibilidade aparente do extrato etéreo (P = 0,04). Houve diferença (P>0,031)
    para os valores de pH ruminal entre as dietas GS e SCAG. A inclusão das fontes de
    ácidos graxos insaturados promoveu diminuição nas concentrações molares dos AGCC:
    acetato, propionato e butirato, analisadas no rúmen. Os resultados observados sugerem
    que as quantidades de ácidos graxos incluídos não foram suficientes para apresentar
    efeitos significativos no metabolismo dos bubalinos.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effects of inclusion of sources of
    unsaturated fatty acids in diets for buffaloes on the consumption and apparent
    digestibility of nutrients, ruminal fermentation, ingestive behavior of the animals. Four
    buffaloes (Bubalus bubalis) Murrah, approximately 24 months old, castrated,
    cannulated in the rumen and with initial mean weight of 407 ± 60 kg were used. The
    animals were randomly distributed in a 4 × 4 Latin square design, in a 2 × 2 factorial
    scheme and in the following experimental diets: 1) CO = Control; 2) SO = Soybean Oil;
    3) WSG = Raw and integral soybean grain; 4) CSFA = Calcium Salts of Fatty Acids.
    The diets were formulated using a voluminous ratio: concentrate of 70:30, being used as
    volumetric hay of Capim-Transvala (Digitaria Decumbens cv. Transvala). However,
    the addition of the unsaturated fatty acid sources increased the consumption of ethereal
    extract (P <0.01) and the apparent digestibility of the ethereal extract (P = 0,04). There
    was a difference (P> 0.031) for ruminal pH values between SG and CSFA diets. The
    inclusion of the sources of unsaturated fatty acids promoted a decrease in the molar
    concentrations of all variables analyzed in the rumen. The observed results suggest that
    the amounts of fatty acids included were not sufficient to have significant effects on
    buffalo metabolism.

3
  • Adailton Thiago Silva dos Santos
  • SUPLEMENTAÇÃO DE GLUTAMINA PARA TILÁPIAS DO NILO (Oreochromis niloticus) ALIMENTADAS COM RAÇÕES COM SUBSTITUIÇÃO DE MILHO POR FARELO DE ALGAROBA (Prosopis julifora)

  • Orientador : LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • DENISE SOLEDADE PEREIRA COSTA
  • Data: 26/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • O crescimento do setor aquícola estimula pesquisas na utilização de alimentos alternativos, como o farelo de algaroba (Prosopis juliflora), que vezes possuem a presença de fatores antinutricionais (FAN) que prejudicam o desempenho zootécnico e o trato gastrointestinal. A glutamina é notória por apresentar a capacidade de estimular o crescimento e restauração do trato. Desta forma, objetivou-se com este trabalho, avaliar se a glutamina é capaz de neutralizar os efeitos indesejáveis dos FANs.
    Foram utilizadas 264 tilápias do Nilo (Oreochrimis niloticus) com peso inicial de 37,85 ± 3,75 g, divididas em 12 tanques de 100 l de capacidade. As dietas experimentais foram compostas de: DC - dieta controle, DA - dieta com substituição de 30% do milho por farelo de algaroba, e DAG - dieta com substituição de 30% do milho por farelo de algaroba e adição de 1,2% de glutamina. Foram avaliados os parâmetros de desempenho zootécnico, parâmetros bioquímicos sanguíneos, de atividade enzimática, composição centesimal da carcaça, e análise histomorfométrica. Em relação aos parâmetros de desempenho zootécnico, foi observado que com a suplementação da glutamina os peixes da dieta DAG foram capazes de obter um desempenho semelhante estatisticamente aos peixes da dieta controle. Quanto à composição da carcaça, pode-se observar que a algaroba foi responsável por aumentar os níveis de umidade, proteína bruta e matéria mineral, já o extrato etéreo foi menor nas dietas com presença de algaroba. Os dados enzimáticos e hematológicos e bioquímicos sanguíneos mostraram que a algaroba diminuiu a atividade da AST, aumentou a concentração de glicose no sangue, enquanto a glutamina diminuiu a atividade da sacarase e a concentração de HDL no sangue. A análise histomorfométrica mostrou que a glutamina foi responsável por aumentar tanto a altura da vilosidade quanto a espessura do epitélio no ápice da vilosidade, mesmo com a substituição do milho pela algaroba. Desta forma, a glutamina influenciou positivamente, no desempenho dos animais, em função da melhora no trato gastrointestinal através do aumento da altura das vilosidades, além de que a glutamina é um aminoácido importante na síntese proteica, na proliferação dos enterócitos e está intimamente ligada ao metabolismo energético, através da conversão de glutamina em glutamato. Conclui-se que a suplementação de 1,2% de glutamina foi capaz de neutralizar os efeitos indesejáveis dos FANs presentes no farelo de algaroba.


  • Mostrar Abstract
  • The growth in the aquaculture sector stimulates research in the utilization of alternative feed, as mesquite (Prosopis juliflora) meal, which in many occasions have the presence of anitnutritional factors (ANF) that jeopardize the performance and the gastrointestinal tract. Glutamine is notorious for presenting the capacity to stimulate the growth and to restore the tract. Thus, the aim of this study was to evaluate if glutamine is capable of neutralize the undesired effects of ANF. It was utilized 264 Nile tilapia (Oreochromis niloticus) with initial weight of 37,85 ± 3,75 g, divided in 12 tanks with 100 L capacity. The experimental diets were composed of: CD – control diet, MD – diet with the substitution of 30% of corn by mesquite meal, and MGD – diet with the substitution of 30% of corn by mesquite meal and addition of 1.2% of glutamine. It was evaluated the zootechnical performance, hematological and biochemical blood parameters, enzymatic activity, centesimal composition of carcass, and histomorphometric analysis. For zootechnical performance parameters, it was observed that the supplementation of glutamine the fish of diet MGD was capable of obtaining a statistically similar performance as the fish from the CD. Regarding the carcass composition, it could be observed that mesquite was responsible for increasing the humidity, crude protein, and mineral matter levels, for ethereal extract it was lower in the diets with the presence of mesquite. Enzymatic, hematological and biochemical blood data showed that mesquite decreased the activity of AST, increased the blood glucose concentration, while glutamine decreased the activity of sucrose and the HDL concentration in the blood. Histomorphometric analysis showed that glutamine was responsible for increasing both villus height and apex epithelium thickness, even with the substitution of corn by mesquite. In this manner, glutamine influenced positively the performance of the animals, because of the improvement in the gastrointestinal tract by means of the villus height increase, besides glutamine is an amino acid important in proteic synthesis, enterocytes proliferation, and it is intimately related to the energetic metabolism, through the conversion of glutamine to glutamate. It can be concluded that the supplementation of 1.2% of glutamine was capable of neutralize the undesirable effects of ANF present in the mesquite meal.

4
  • TAIANA CORTEZ DE SOUZA
  • ASSOCIAÇÃO GENÔMICA AMPLA PARA IDENTIFICAÇÃO DE GENES CANDIDATOS RELACIONADOS COM METABÓLITOS PROTEICOS EM OVINOS SANTA INÊS"
  • Orientador : LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • GREGORIO MIGUEL FERREIRA DE CAMARGO
  • JÚLIO CÉSAR DE CARVALHO BALIEIRO
  • Data: 29/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Cortes comerciais da carcaça como o lombo, pernil, paleta e costela afetam diretamente
    no valor comercial da carcaça ovina, visto que são cortes de grande representatividade e
    economicamente importantes. No entanto, para se mensurá-los é necessário abater os
    animais e os custos elevados de acompanhar esses abates dificultam a inclusão destas
    variáveis em programas de melhoramento genético. Assim, objetivou-se com esse
    trabalho realizar um estudo de associação genômica ampla para identificar regiões
    cromossômicas associadas com rendimentos de cortes comerciais em ovinos Santa Inês.
    Um total de 492 cordeiros foram genotipados com o painel Illumina Ovine SNP50
    BeadChip e mensurados para os rendimentos do lombo, da paleta, do pernil e das costelas.
    Foi utilizado o método single-step GBLUP para associar os rendimentos dos cortes
    comercias aos polimorfismos, utilizando os programas da família BLUPF90 e análises
    unicaracteristicas. Após o controle de qualidade dos dados permaneceram 491 indivíduos
    e 44.161 marcadores. Os coeficientes de herdabilidade estimados foram 0,27, 0,31, 0,45,
    0,40 para os rendimentos de lombo, paleta, pernil e costela respectivamente. Foram
    identificadas janelas que explicam variância acima de 1% nos cromossomos 3, 4, 6 e 18
    para rendimento de lombo, 2, 4, 5, 8, 11, 18, 20 e 22 para os rendimentos de paleta e
    pernil e nos cromossomos 1, 6, 7, 9, 11 e 24 para rendimento de costela. As variâncias
    totais explicadas foram de 18,62% para lombo, 16,54% para paleta, 13,8% para pernil e
    de 18,87% para a costela. Dentre os genes encontrados na regiões genômicas aqui
    identificadas tem-se como candidatos à estudos de associação com rendimento de cortes
    comerciais: HSP90AA1, DIO3, NR1H4, LEP e SOX5 para o lombo, GJA1, GPRC6A,
    RFX6, SEMA3A e SEMA3D para a paleta, PLA2G7, SUFU, ALDH1A3, CHSY1 e TGFB1
    para o pernil, e DOCK7, ANGPTL3, LEPR, PDE4B, DNAJC6, AK4, GALNT16 e AP2B1
    para o rendimento de costela. O presente estudo identificou regiões genômicas associadas
    com rendimentos de cortes comerciais na raça Santa Inês e nestas regiões foram
    encontrados genes candidatos. Esses genes podem ser agora sequenciados para identificar
    as variantes que causam essas associações.


  • Mostrar Abstract
  • Primal carcass cuts such as loin, leg, shoulder, and rib affect directly the commercial
    value of the sheep carcass, since they are economically important components of the
    carcass. However, to measure them it is necessary to slaughter the animals and the high
    costs of accompanying these slaughters make it difficult to include these variables in
    breeding programs. Thus, this study aimed to carry out a genome wide association study
    to identify chromosomal regions associated with primal cuts yields in Santa Inês sheep.
    492 lambs were genotyped with the Illumina Ovine SNP50 BeadChip and measured for
    yields of loin, shoulder, leg and ribs. The GBLUP single-step method was used to
    associate primal cuts yields with polymorphisms using the BLUPF90 family programs.
    After the quality control of the data, 491 individuals and 44,161 markers remained. The
    estimated coefficients of heritability were 0.27, 0.31, 0.45, 0.40 for the yields of loin,
    shoulder, leg and rib respectively. We have identified genomic regions that explain above
    1% of the genetic variance on chromosomes 3, 4, 6, and 18 for loin yield, 2, 4, 5, 8, 11,
    18, 20, and 22 for shoulder and shank yields, and on chromosomes 1, 6, 7, 9, 11 and 24
    for rib yield. The genetic variance explained were 18.62% for loin, 16.54% for shoulder,
    13.8% for shank, and 18.87% for rib. The candidate genes HSP90AA1, DIO3, NR1H4,
    LEP, and SOX5 for the loin, GJA1, GPRC6A, RFX6, SEMA3A, and SEMA3D for the
    palette, PLA2G7, SUFU, ALDH1A3, CHSY1, and TGFB1 for shank, and DOCK7,
    ANGPTL3, LEPR, PDE4B, DNAJC6, AK4, GALNT16, and AP2B1 for rib yield were
    found. The present study identified genomic regions associated with primal cuts yields in
    Santa Inês sheep, and several candidate genes in these regions were found. Further studies
    involving sequencing of these genes may be performed to identify which variants cause
    these effects.

5
  • TATIANA CORTEZ DE SOUZA
  • ASSOCIAÇÃO GENÔMICA AMPLA APLICADA A VARIÁVEIS DE CARCAÇA EM OVINOS SANTA INÊS

  • Orientador : LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIS FERNANDO BATISTA PINTO
  • RAPHAEL BERMAL COSTA
  • JÚLIO CÉSAR DE CARVALHO BALIEIRO
  • Data: 30/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Cortes comerciais da carcaça como o lombo, pernil, paleta e costela afetam diretamente
    no valor comercial da carcaça ovina, visto que são cortes de grande representatividade e
    economicamente importantes. No entanto, para se mensurá-los é necessário abater os
    animais e os custos elevados de acompanhar esses abates dificultam a inclusão destas
    variáveis em programas de melhoramento genético. Assim, objetivou-se com esse
    trabalho realizar um estudo de associação genômica ampla para identificar regiões
    cromossômicas associadas com rendimentos de cortes comerciais em ovinos Santa Inês.
    Um total de 492 cordeiros foram genotipados com o painel Illumina Ovine SNP50
    BeadChip e mensurados para os rendimentos do lombo, da paleta, do pernil e das costelas.
    Foi utilizado o método single-step GBLUP para associar os rendimentos dos cortes
    comercias aos polimorfismos, utilizando os programas da família BLUPF90 e análises
    unicaracteristicas. Após o controle de qualidade dos dados permaneceram 491 indivíduos
    e 44.161 marcadores. Os coeficientes de herdabilidade estimados foram 0,27, 0,31, 0,45,
    0,40 para os rendimentos de lombo, paleta, pernil e costela respectivamente. Foram
    identificadas janelas que explicam variância acima de 1% nos cromossomos 3, 4, 6 e 18
    para rendimento de lombo, 2, 4, 5, 8, 11, 18, 20 e 22 para os rendimentos de paleta e
    pernil e nos cromossomos 1, 6, 7, 9, 11 e 24 para rendimento de costela. As variâncias
    totais explicadas foram de 18,62% para lombo, 16,54% para paleta, 13,8% para pernil e
    de 18,87% para a costela. Dentre os genes encontrados na regiões genômicas aqui
    identificadas tem-se como candidatos à estudos de associação com rendimento de cortes
    comerciais: HSP90AA1, DIO3, NR1H4, LEP e SOX5 para o lombo, GJA1, GPRC6A,
    RFX6, SEMA3A e SEMA3D para a paleta, PLA2G7, SUFU, ALDH1A3, CHSY1 e TGFB1
    para o pernil, e DOCK7, ANGPTL3, LEPR, PDE4B, DNAJC6, AK4, GALNT16 e AP2B1
    para o rendimento de costela. O presente estudo identificou regiões genômicas associadas
    com rendimentos de cortes comerciais na raça Santa Inês e nestas regiões foram
    encontrados genes candidatos. Esses genes podem ser agora sequenciados para identificar
    as variantes que causam essas associações.


  • Mostrar Abstract
  • Primal carcass cuts such as loin, leg, shoulder, and rib affect directly the commercial
    value of the sheep carcass, since they are economically important components of the
    carcass. However, to measure them it is necessary to slaughter the animals and the high
    costs of accompanying these slaughters make it difficult to include these variables in
    breeding programs. Thus, this study aimed to carry out a genome wide association study
    to identify chromosomal regions associated with primal cuts yields in Santa Inês sheep.
    492 lambs were genotyped with the Illumina Ovine SNP50 BeadChip and measured for
    yields of loin, shoulder, leg and ribs. The GBLUP single-step method was used to
    associate primal cuts yields with polymorphisms using the BLUPF90 family programs.
    After the quality control of the data, 491 individuals and 44,161 markers remained. The
    estimated coefficients of heritability were 0.27, 0.31, 0.45, 0.40 for the yields of loin,
    shoulder, leg and rib respectively. We have identified genomic regions that explain above
    1% of the genetic variance on chromosomes 3, 4, 6, and 18 for loin yield, 2, 4, 5, 8, 11,
    18, 20, and 22 for shoulder and shank yields, and on chromosomes 1, 6, 7, 9, 11 and 24
    for rib yield. The genetic variance explained were 18.62% for loin, 16.54% for shoulder,
    13.8% for shank, and 18.87% for rib. The candidate genes HSP90AA1, DIO3, NR1H4,
    LEP, and SOX5 for the loin, GJA1, GPRC6A, RFX6, SEMA3A, and SEMA3D for the
    palette, PLA2G7, SUFU, ALDH1A3, CHSY1, and TGFB1 for shank, and DOCK7,
    ANGPTL3, LEPR, PDE4B, DNAJC6, AK4, GALNT16, and AP2B1 for rib yield were
    found. The present study identified genomic regions associated with primal cuts yields in
    Santa Inês sheep, and several candidate genes in these regions were found. Further studies
    involving sequencing of these genes may be performed to identify which variants cause
    these effects.

6
  • CAMILA KATARYNE DE FREITAS OLIVEIRA
  • INFLUÊNCIA DO ENRIQUECIMENTO AMBIENTAL NO PADRÃO COMPORTAMENTAL DE EQUINOS ESTABULADOS DE DIFERENTES IDADES

  • Orientador : CHIARA ALBANO DE ARAUJO OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CHIARA ALBANO DE ARAUJO OLIVEIRA
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • OLÍVIA DE MENDONÇA FURTADO HUBBE
  • Data: 31/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo do trabalho foi testar a hipótese de que o enriquecimento ambiental pode influenciar o bem-estar de equinos jovens e adultos estabulados. No presente estudo foram realizados 2 ensaios, que avaliaram 2 grupos de cavalos classificados em jovens GJ (3 anos) e adultos GA (10 anos), estabulados em baias individuais. Todos os animais adultos realizavam atividade de patrulhamento urbano. No ensaio 1 foram avaliados os eventos comportamentais dos animais, no GJ (n=7) e no GA (n=23), durante os 7 dias da semana. Cada grupo foi observado em 4 turnos, 2 pela manhã e 2 pela tarde. No ensaio 2 foram avaliados itens de EA no GJ e GA, quando os animais foram submetidos a dois tratamentos de EA nas baias (espelho e brinquedo com corda). As observações foram realizadas com mesma metodologia do ensaio 1. Nos dois ensaios foram calculadas a distribuição de frequência relativa (FR) dos eventos comportamentais por turno e dia de observação para GJ e GA. No ensaio 2, as frequências médias dos eventos comportamentais de cada tratamento foram analisadas em delineamento com 3 quadrados latinos 3x3 simultâneos. No GJ foi observada maior FR total diária dos comportamentos beber/comer (44,46%) e sono/descanso (23,32%), enquanto no GA os comportamentos predominantes foram comer/beber (26,94%) e sono/descanso (26,89%). Considerando a categoria comportamental estereotipia o GJ teve uma FR de 5,54%, enquanto no GA a FR foi 4,45%. Quando comparadas as frequências dos comportamentos entre GJ e GA os comportamentos com maiores FR foram comer/beber e sono/descanso. No GJ o EA de utilização dos espelhos nas baias influenciou significativamente os comportamentos de Sono/descanso, Subir no cocho e lamber/morder. No GA os espelhos influenciaram os comportamentos Sono/descanso e Alerta. O EA brinquedo com corda não influenciou o comportamento dos equinos. O estímulo visual do espelho, parece alterar a percepção que o equino tem do ambiente, reduzindo a incidência de estereotipias e momentos de ócio.
    Alguns objetos podem apresentar melhor resposta como forma de EA variando de acordo como tipo de objeto usado e a forma como é empregada. No GA onde a interação dos animais com os objetos de EA foi pouca, a baixa interação pode indicar que para equinos adultos “maduros” que saem das baias para trabalho, nem todos os tipos de EA sejam eficazes. São necessários estudos com outros tipos de EA para os equinos adultos estabulados com proposta de enriquecimento cognitivo, social ou alimentar. Outra possibilidade é que os equinos adultos não manifestem interesse em enriquecimentos do tipo físico. Além disso, pode-se inferir que a atividade de patrulhamento pode ter influência na dissipação de estresse desse grupo. Com isso pode-se concluir que a utilização de espelhos como enriquecimento ambiental tem influência positiva no bem- estar de equinos jovens estabulados.


  • Mostrar Abstract
  • The goal of this work is to test the hypothesis that environmental enrichment can influence the well-being of young and adult horses living in stalls. In this study, 2 tests were performed, which evaluated 2 groups of horses classified in young GJ (3 years old) and adults ga (10 years old), that live in individual stalls. All adult animals performed urban patrol activity. In test 1, the behavioral events of the animals were evaluated in GJ (n = 7) and GA (n = 23), during the 7 days of the week. Each group was observed in 4 shifts, 2 in the morning and 2 in the afternoon. In the second test, EA items were evaluated in GJ and GA, when the animals were submitted to two EA treatments in the stall (mirror and a toy with rope). Observations were made by using the same method used in test 1.
    In both tests, the relative frequency (RF) distribution of the behavioral events per shift and day of observation for GJ and GA were calculated. In test 2, the mean frequencies of the behavioral events of each treatment were analyzed in a lineation with 3 simultaneous 3x3 Latin squares. Significant differences were observed in behavioral events in relation to observation shifts in GJ (P <0.001). In GJ, the highest daily total FR of drinking / eating (44.46%) and sleep / rest behaviors (23.32%) was observed, while in GA the predominant behaviors were eating / drinking (26.94%) and sleep / rest (26.89%). Considering the stereotypy behavioral category, GJ had a FR of 5.54%, whereas in GA a FR was 4.45%.
    When comparing the frequencies of the behaviors between GJ and GA, the behaviors with the highest RF were eating / drinking and sleep / rest. In the GJ the EA of the use of the mirrors in the stall influenced significantly the behaviors of Sleep / rest, Climb in the trough and lick / bite. In GA the mirrors influenced the Sleep / Rest and Alert behavior.
    In the EA the toy with rope didn’t influence the behavior of the horses. The visual stimulus of the mirror seems to change the perception that the horses have of the environment, reducing the incidence of stereotypies and moments of idleness. Some objects may present better response as a form of EA varying according to the type of the object used and the way it is used. In GA where the interaction of the animals with the EA objects was little, the low interaction may indicate that for "mature" adult horses leaving the stalls for work, not all types of AD are effective. Studies with other types of EA are required for adult horses that live in stalls with a proposal of cognitive, social or food enrichment. Another possibility is that adult horses do not show interest in enrichment of the physical type. Besides that, can be inferred that the patrolling activity may have an influence on the stress dissipation of this group. With this, it can be concluded that the use of mirrors as environmental enrichment has a positive influence on the well-being of young horses.

7
  • NAYANA BORGES DAS MERCÊS

  • MITOS SOBRE O OVO DE GALINHA E A PERCEPÇÃO DO CONSUMIDOR BRASILEIRO

  • Orientador : VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FULVIO VIEGAS SANTOS TEIXEIRA DE MELO
  • GUSTAVO BITTENCOURT MACHADO
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • Data: 28/06/2019

  • Mostrar Resumo
  •  

    O ovo é considerado um dos alimentos mais populares do mundo, sendo
    excelente fonte de diversos nutrientes. No entanto, para alguns, é intitulado como vilão
    para a saúde, sendo alvo de muitas informações não embasadas cientificamente, além de
    ser caracterizado e manipulado de maneiras errôneas. Para expandir ainda mais o
    consumo de ovos, o objetivo desse estudo foi determinar o perfil, preferências e
    percepções do consumidor de ovos brasileiro, a fim de definir quais são os mitos que
    ainda envolvem este produto e desconstruí-los através de uma futura divulgação das
    informações verdadeiras por meio de uma cartilha informativa. Um questionário de
    pesquisa contendo 26 perguntas sobre as características sociodemográficas, preferências
    e conhecimentos gerais sobre o ovo foi divulgado on-line para pessoas de todas as
    regiões do Brasil. Um total de 3094 questionários foi coletado. Dentre a população
    amostrada, a maioria era da região Nordeste, do sexo feminino, com idade entre 21 a 30
    anos, pós-graduados e com renda mensal abaixo de 4 salários mínimos. Aqueles que
    cursam uma graduação, em maioria, são do curso de Agrárias, e aqueles que já detêm
    uma profissão são da Área de Humanas. Pôde-se observar que muitos mitos estão sendo
    desconstruídos nos grupos amostrados, no entanto, alguns ainda estão presentes, como a
    crença de que ovos possuem hormônios, de que ovos com manchas internas precisam
    ser descartados, e que esse alimento não precisa ser armazenado em refrigeração.
    Outros questionamentos seguem sendo motivo de dúvida para grande parte da
    população, como a questão de que quanto mais amarela a gema, mais nutritivo é o ovo;
    e se mancha vermelha no ovo significa que o ovo é fértil. Essas informações precisam
    ser melhoresclarecidas para a sociedade. Desta forma, a divulgação de uma cartilha
    informativa poderá colaborar com a desmistificação de crenças sobre o ovo.
    Consequentemente pode-se esperar o aumento do consumo deste alimento, assim como
    a melhoria nas condições de seu manuseio.


  • Mostrar Abstract

  • The egg is considered one of the most popular foods in the world, being
    excellent source of several nutrients. However, for some, it is titled as a villain for
    health, being the subject of much information not based scientifically, besides being
    characterized and manipulated in erroneous ways. In order to further expand egg
    consumption, the objective of this study was to determine the profile, preferences and
    perceptions of the Brazilian egg consumer in order to define the myths that still involve
    this product and to deconstruct them through a future dissemination of the information
    through an information booklet. A research questionnaire containing 26 questions about
    sociodemographic characteristics, preferences and general knowledge about the egg was
    published online for people from all regions of Brazil. A total of 3094 questionnaires
    were collected. Among the population sampled, the majority were from the Northeast
    region, female, aged between 21 and 30 years, postgraduates and with monthly income
    below 4 minimum wages. Those who attend a degree are mostly from the Agrarian
    course, and those who already hold a profession are from the Humanities Area. It may
    be noted that many myths are being deconstructed in the sampled groups, however,
    some are still present, such as the belief that eggs have hormones, that eggs with
    internal blemishes need to be discarded, and that this food need not be stored in cooling.
    Other questions remain a cause of doubt for a large part of the population, such as the
    question that the more yellow the yolk, the more nutritious the egg; and if red spot on
    the egg means that the egg is fertile. This information needs to be better clarified for
    society. In this way, the dissemination of an informative booklet can collaborate with
    the demystification of beliefs about the egg. Consequently, one can expect an increase
    in the consumption of this food, as well as an improvement in the conditions of its
    handling.

8
  • EDUARDO DE OLIVEIRA COSTA
  • BEM-ESTAR DE CAPRINOS MANTIDOS EM BAIAS INDIVIDUAIS OU COLETIVAS, AVALIADO ATRAVÉS DO COMPORTAMENTO E TERMOGRAFIA

  • Orientador : MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • OLÍVIA DE MENDONÇA FURTADO HUBBE
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • Data: 31/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o grau de bem-estar de caprinos de diferentes grupos genéticos
    mantidos em sistema de confinamento, em baias coletivas ou individuais, através da análise
    qualitativa do comportamento associada à termografia infravermelha. O experimento foi
    conduzido na fazenda experimental da Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia da UFBA
    localizada no município de Entre rios – BA. Vinte e quatro cabras multíparas foram utilizadas,
    sendo oito animais de cada grupo genético sendo eles Moxotó, Saanen e Anglo-Nubiana.
    Utilizou-se três baias coletivas, uma para cada grupo genético, alojando um total de 4 animais
    cada. Para os grupos alojados em baias individuais, foram utilizadas doze baias, sendo dessa
    forma quatro baias individuais para cada grupo genético. Para manter a mesma área disponível
    por animal dentro das baias, utilizou-se 6m² e 1,5m² de área para as baias coletivas e individuais,
    respectivamente. Para a captura das fotos, a câmera foi posicionada a aproximadamente 60
    centímetros de distância de cada cabra. As mesmas foram capturadas em três momentos do dia:
    às 6:00, 12:00 e 18:00 horas. Em cada animal foram priorizadas as posições de frente, costas e
    lateral esquerda dos animais, de forma que a temperatura da área de rúmen também fosse
    contabilizada. As análises comportamentais dos animas se basearam na Avaliação Qualitativa
    do Comportamento, utilizando-se para isso descritores como: Agressivo, Agitado, Alerta,
    Apático, Atenção, Brincalhão, Calmo, Contente, Curioso, Entediado, Frustrado, Irritado, Medo
    e Sociável. Foram encontradas diferenças estatísticas (P<0,05) entre os tipos de alojamentos,
    tendo as baias coletivas apresentando maiores médias de comportamento agitado, frustrado,
    irritado e sociável. Demais comportamento não apresentaram diferença significativa. Em
    relação a temperatura dos animais, foram observadas diferenças estatísticas (P<0,05) para os
    comportamentos de agitado, apático, frustrado, atento, curiosa e entediada. Pode-se concluir
    que, apesar do grau de restrição para o comportamento sociável dos animais alojados nas baias
    individuais, os mesmos foram privados de alguns comportamentos negativos, como a irritação
    e frustração, sendo essa então a melhor escolha desde que os animais não fiquem isolados. Em
    relação as temperaturas, as mesmas podem nos trazer informações prévias sobre o
    comportamento emocional dos animais, sendo a termografia útil para essas avaliações sem a
    necessidade de intervenções mais invasivas para o animal.


  • Mostrar Abstract
  • objective of this study was to evaluate the welfare degree of goats of different genetic
    groups kept in confinement system, in collective or individual stalls through the qualitative
    behavior assessment associated with infrared thermography. The experiment was conducted at
    the experimental farm of the School of Veterinary Medicine and Zootechnics – UFBA located
    in Entre rios city - BA. Twenty-four goats were used, eight animals from each genetic group
    being Moxotó, Saanen and Anglo-Nubiana. Three collective pens were used, one for each
    genetic group, housing a total of 4 animals each. For groups housed in individual pens, twelve
    pens were used, thus four for each genetic group. It was used 6m² and 1,5m² of area for the
    collective and individual pens, respectively. To capture the photos, the camera was positioned
    approximately 60 centimeters away from each goat. The photos were captured at three times of
    the day: at 6:00, 12:00 and 18:00 hours. Were prioritized the front, back and left lateral positions
    of the animals, so that the temperature of the rumen area was also accounted for. Behavioral
    analyzes of the animals were based on the qualitative behavior assessment, using descriptors
    as: Aggressive, Agitated, Alert, Apathetic, Attention, Playful, Calm, Content, Curious, Bored,
    Frustrated, Angry, Fearful and Sociable. Statistical differences (P<0,05) were found between
    the types of accommodation, with the collective stalls showing higher means of agitated,
    frustrated, angry and sociable behavior. Other behavior showed no significant difference.
    Regarding the temperature of the animals, statistical differences (P <0.05) were observed for
    the behavior of agitated, listless, frustrated, attentive, curious and bored. It is concluded that
    despite the degree of restriction to the sociable behavior of animals housed in individual pens,
    they were deprived of some negative behaviors such as irritation and frustration. Individual
    pens is the best choice since animals are not isolated. Regarding temperatures, they can provide
    us with prior information about the emotional behavior of animals, and thermography is useful
    for these evaluations without the need for more invasive interventions for the animal.

9
  • Carine Sousa Lima
  • USO DE PRODUTOS HOMEOPÁTICOS NA PRODUÇÃO DE SUÍNOS NO CRESCIMENTO E NA TERMINAÇÃO

  • Orientador : JULIANA CANTOS FAVERI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • STELLA MARIA BARROUIN MELO
  • Data: 02/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • No atual cenário da suinocultura mundial pesquisas na busca por aditivos alternativos aos promotores de crescimento, a exemplo dos produtos homeopáticos, intensificam-se, a fim de reduzir ou substituir o uso dos antimicrobianos na alimentação dos suínos em suas diferentes fases de vida. Neste estudo, objetivou-se analisar os efeitos dos produtos homeopáticos (PHs) na nutrição de suínos nas fases de crescimento e terminação, sobre o desempenho, características da carcaça e qualidade da carne. Foram utilizados 60 suínos machos, imunocastrados aos 90 e 120 dias de vida, com peso médio inicial de 30,71 Kg ± 2,60 Kg, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, divididos entre três tratamentos, sendo 6 repetições para o tratamento controle (sem inclusão dos produtos homeopáticos) e 7 repetições para os tratamentos experimentais com 0,100 Kg/100 Kg e 0,200 Kg/100 Kg de PHs (FIGOTONUS® e SANOPLUS®) cada, contendo três suínos por unidade experimental. O desempenho dos animais foi avaliado na fase de crescimento, terminação e no período total. As análises estatísticas foram feitas com o auxílio do programa SAS (2015) e os dados foram submetidos à ANOVA considerando 10,0% de probabilidade. Não houve efeito de tratamento (P≥0,10) para o desempenho zootécnico nas fases de Crescimento I e II, na Terminação I e no Período Total, havendo efeito apenas na fase de Terminação II, na qual os animais do tratamento com 0,200 Kg/100 Kg dos PHs tiveram maior ganho de peso corporal (P=0,033) e os animais do tratamento contendo 0,100 Kg/100 Kg dos PHs obtiveram menor conversão alimentar (P=0,099) e maior eficiência alimentar (P=0,086) quando comparados aos animais do tratamento controle. Com relação aos parâmetros quantitativos e qualitativos da carcaça, apenas as variáveis pH inicial (P=0,099) e TºC inicial (4hs) (P=0,035) apresentaram diferença entre os tratamentos experimentais, dos quais o pH inicial entre no tratamento com 0,200 Kg/100 Kg dos PHs e no tratamento controle, apresentaram valores de 6,14 e 5,95, respectivamente, enquanto que a temperatura inicial entre os tratamentos com 0,100 Kg/100 Kg PHs e o controle atingiram valores de 18,04°C e 17,26ºC, na devida ordem. Diante dos resultados obtidos, a inclusão de 0,100 Kg/100 Kg PHs demonstrou ser o melhor nível de inclusão por promover melhor conversão alimentar e eficiência alimentar aos suínos. Logo, conclui-se que a inclusão dos produtos homeopáticos proporcionou melhorias no desempenho zootécnico dos suínos na fase de Terminação II, além de manter os parâmetros quantitativos da carcaça e a qualidade da carne. Os produtos homeopáticos FIGOTONUS® e SANOPLUS® podem ser incluídos nas rações de suínos nas fases de crescimento e terminação com o intuito de melhorar o desempenho dos animais, e manter as características da carcaça e qualidade da carne.


  • Mostrar Abstract
  • In the current scenario of world pig breeding research in search of alternative additives to growth promoters, such as homeopathic products, intensify in order to reduce or replace the use of antimicrobials in the feeding of pigs in their different stages of life. This study aimed to analyze the effects of homeopathic products (PHs) on pig nutrition in the growth and finishing phases, on performance, carcass characteristics and meat quality. Sixty male pigs, immunocastrated at 90 and 120 days of age, with initial average weight of 30.71 Kg ± 2.60 Kg, were distributed in a completely randomized design, divided into three treatments, with six replications for the control treatment (excluding homeopathic products) and 7 repetitions for experimental treatments with 0.100 Kg / 100 Kg and 0.200 Kg / 100 Kg PHs (FIGOTONUS® and SANOPLUS®) each, containing three pigs per experimental unit. Animal performance was evaluated at growth, termination and total period. Statistical analyzes were performed with the aid of SAS (2015) and the data were submitted to ANOVA considering 10.0% probability. There was no treatment effect (P≥0.10) for the zootechnical performance in the Growth I and II phases, in Termination I and in the Total Period, but only in the Termination II phase, in which the 0.200 kg treatment animals were treated. / 100 Kg of PHs had higher body weight gain (P = 0.033) and treatment animals containing 0.100 Kg / 100 Kg of PHs had lower feed conversion (P = 0.099) and higher feed efficiency (P = 0.086) when compared to the animals. control treatment animals. Regarding the quantitative and qualitative carcass parameters, only the initial pH (P = 0.099) and initial TºC (4hs) (P = 0.035) variables showed differences between the experimental treatments, of which the initial pH enters the treatment with 0.200 Kg / 100 Kg of PHs and the control treatment presented values of 6.14 and 5.95, respectively, while the initial temperature between treatments with 0.100 Kg / 100 Kg PHs and the control reached values of 18.04°C and 17.26°C, in due order. Given the results obtained, the inclusion of 0.100 Kg / 100 Kg PHs proved to be the best level of inclusion because it promoted better feed conversion and feed efficiency for pigs. Thus, it can be concluded that the inclusion of homeopathic products provided improvements in the pig performance in the Termination II phase, besides maintaining the carcass quantitative parameters and meat quality. FIGOTONUS® and SANOPLUS® homeopathic products can be included in growing and finishing pig diets to improve animal performance and maintain carcass characteristics and meat quality.

Teses
1
  • LARISSA DE OLIVEIRA QUEIROZ
  • RELAÇÃO VOLUMOSO: CONCENTRADO ASSOCIADA 
     AO TAMANHO DA PARTÍCULA DO FENO NA TERMINAÇÃO DE
    CORDEIROS

  • Orientador : ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MOZART ALVES FONSECA
  • JARBAS MIGUEL DA SILVA JÚNIOR
  • Data: 11/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar a seletividade, o consumo, comportamento ingestivo, desempenho
    e qualidade de carne de cordeiros alimentados com diferentes relações volumoso:
    concentrado (v: c), associada a diferentes tamanhos de partícula do feno. Foram
    utilizados 72 cordeiros machos, inteiros, da raça Santa Inês, com peso médio inicial de
    23,5kg e idade entre 3 a 4 meses, confinados por um período de 85 dias. Os animais
    foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, e os tratamentos foram
    dispostos em esquema fatorial 2 x 2 [ diâmetro da peneira de processamento do feno de
    Tifton-85 (13 e 6 mm) e relação v: c (70:30 e 50:50) ].Houve interação (P<0,05) entre o
    diâmetro da peneira de processamento do feno e as relações v: c nos tamanhos das
    partículas consumidas, visto que a redução no tamanho da partícula da dieta diminui a
    seletividade dos animais. Os consumos de matéria seca e dos nutrientes, e o
    comportamento ingestivo foram influenciados (P<0,05) pela redução do diâmetro da
    peneira de processamento do feno e pelo aumento da proporção de concentrado na dieta,
    separadamente. O metabolismo do nitrogênio (N) foi influenciado (p<0,05) pela
    mudança na relação v: c, sendo que dietas com maior proporção de volumoso diminuem
    o consumo de N. Houve interação (P<0,05) entre os fatores testados no desempenho
    animal, sendo os melhores resultados de ovinos alimentados com relação 50:50,
    independente da forma de processamento do feno. A interação causou efeito (P<0,05)
    para o pH 24h após refrigeração e os parâmetros de cor intensidade de vermelho e
    índice de saturação. O processamento do feno influenciou (P< 0,05) o conteúdo proteico
    do músculo Longissimus lumborum, sendo o maior teor de proteína observado na carne
    dos cordeiros que se alimentaram com feno processado de forma grosseira. A relação v:
    c influenciou (p<0,05) as características de carcaça, sendo os maiores resultados para as
    dietas que continham 50% de concentrado, e o índice de luminosidade da cor da carne
    (p = 0,036) sendo que o resultado foi maior em carne de cordeiro recebendo dietas
    contendo 70% de volumoso. O perfil de ácidos graxos (AG) foi influenciado pela
    relação v: c, sendo os ácidos graxos saturados, C17: 1, ácido linoleico conjugado,
    C18:3, C20:5, C22:5, C22:6, somatório dos ácidos graxos saturados (AGS), n-3 e índice
    de trombogenicidade foram maiores no Longissumus lumborum de cordeiros
    alimentados com relação v: c 70: 30, em contraste, o AG C14: 1, C16: 1-cis 9, C18: 1cis
    9,
    ΣAGM,
    n-6:
    n-3,
    h:
    razão
    H,
    atividade
    enzimática
    Δ9desaturase-C16
    e
    C18
    foram

    maiores
    com
    relação
    v:
    c
    50:50.
    O
    processamento
    do
    feno
    de
    forma
    mais
    fina
    em
    dietas

    com

    altas proporções de volumoso aumenta o consumo dos animais devido a menor
    seletividade, e a carne desses animais tem maiores deposições de AGPI n-3.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the selectivity, intake, ingestive behavior,
    performance and meat quality of lambs fed different ratios: concentrate (v: c),
    associated with different particle sizes of hay. Seventy - two male lambs, of the Santa
    Inês breed, with a mean initial weight of 23.5 kg and age between 3 and 4 months, were
    confined for a period of 85 days. The animals were distributed in a completely
    randomized design, and treatments were arranged in a 2 x 2 factorial scheme (Tifton-85
    hay processing sieve diameter (13 and 6 mm) and v: c ratio (70:30 and 50: 50). There
    was interaction (P <0.05) between the diameter of the hay sieve and the v: c ratios in the
    particle sizes consumed, since the reduction in particle size of the diet decreases the
    selectivity of the animals. Dry matter and nutrient intakes and ingestive behavior were
    influenced (P <0.05) by the reduction of the hay sieve diameter and the increase in the
    proportion of concentrate in the diet, separately. The nitrogen (N) metabolism was
    influenced (p <0.05) by the change in the v: c ratio, being that diets with a higher
    proportion of voluminous decreased the consumption of N. There was interaction (P
    <0.05) between the factors tested in the animal performance, being the best results of
    sheep fed with 50:50 ratio, regardless of hay processing. The interaction caused effect
    (P <0.05) for pH 24h after refrigeration and color parameters red intensity and
    saturation index. Hay processing influenced (P <0.05) the protein content of the
    Longissimus lumborum muscle, being the highest protein content observed in the meat
    of lambs fed on coarsely processed hay. The relation v: c influenced (p <0.05) the
    carcass characteristics, being the greater results for the diets that contained 50% of
    concentrate, and the luminosity index of the meat color (p = 0.036) being that the result
    was higher in lamb meat receiving diets containing 70% of roughage. The fatty acid
    profile (AG) was influenced by the v: c ratio, with saturated fatty acids, C17: 1,
    conjugated linoleic acid, C18: 3, C20: 5, C22: 5, C22: 6, (AGS), n-3 and
    thrombogenicity index were higher in Longissumus lumborum of lambs fed v: c ratio
    70: 30, in contrast, AG C14: 1, C16: 1-cis 9, C18: 1-cis 9, ΣAGM, n-6: n-3, h: H ratio,
    Δ9desaturase-C16 and C18 enzyme activity were highest with v: c ratio of 50:50. The
    processing of hay more finely in diets with high voluminous proportions increases the
    consumption of the animals due to the smaller selectivity, and the meat of these animals
    has larger deposits of n-3 PUFA.

2
  • LUIS HENRIQUE ALMEIDA DE MATOS
  • FONTES DE NITROGÊNIO NA PRODUÇÃO DE Brachiaria brizantha CV. XARAÉS

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AURELIANO JOSÉ VIEIRA PIRES
  • BRAÚLIO MAIA DE LANA SOUSA
  • CAMILA FERNANDES DOMINGUES DUARTE
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • Data: 28/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito da adubação nitrogenada com diferentes doses e fontes de nitrogênio na produção e composição bromatológica em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Xaraés. O experimento foi realizado na Fazenda Talitha localizada em Monte Gordo, Camaçari – BA , com duração de 380 dias, dividido em três períodos (transição água/seca com 123 dias, seca com 97 dias e água com 160 dias). O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com esquema fatorial 3x2x4, sendo três períodos experimentais (transição água/seca, seca e águas), duas fontes de nitrogênio (ureia e ureia com inibidor de urease- NBPT) e quatro doses de N.ha-1.Ano (0, 80, 160 e 240 kg N. ha-1) sendo parcelado em quatro aplicações (duas no início do período chuvoso e duas no final do período chuvoso que condiz com temperaturas mais elevadas na região e com boa pluviosidade, utilizando por aplicação 20, 40 e 60 kg. N.ha-1 respectivamente) além do tratamento que não recebeu fertilizante nitrogenado. O acúmulo de forragem por ciclo, teve efeito significativo para a interação entre período do ano e doses de nitrogênio. O teor de Proteína Bruta (PB) da forragem no período de transição água/seca teve efeito significativo para a interação entre ciclo de pastejo e doses de nitrogênio e para a interação fonte e dose de nitrogênio. O teor de proteína bruta da forragem no período das águas apresentou efeito significativo para fonte de nitrogênio e para interação entre ciclo de pastejo e doses de nitrogênio. Os aumentos das doses de nitrogênio tiveram efeito positivo no o acúmulo de forragem e teor te proteína bruta da forragem produzida. Os efeitos relacionados à diferença na fonte de nitrogênio utilizada estão associados ao maior desafio climático. Outros estudos devem ser conduzidos com maiores desafios para verificar a eficiência do uso de ureia com inibidor de uréase em pastagem.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed was to evaluate the effect of nitrogen fertilization with different doses and nitrogen sources on the production and bromatological composition of Brachiaria brizantha cv. Xaraés. The experiment was carried out at Fazenda Talitha located in Monte Gordo, Camaçari - BA, lasted 380 days, and was divided into three periods (rainy / dry transition with 123 days, dry period with 97 days and rainy period with 160 days). It was used a completetely randomized block design, with a 3x2x4 factorial arrengement, being three experimental periods (water / drought, drought and water transition), two nitrogen sources (urea and urease inhibitor urea) and four N.ha-1 doses. Year (0, 80, 160 and 240 kg N. ha-1) being divided in four applications (two at the beginning of the rainy season and two at the end of the rainy season that corresponds to higher temperatures in the region and with good rainfall, using 20, 40 and 60 kg N.ha-1 respectively) in addition to the treatment that did not receive nitrogen fertilizer. The accumulation of forage per cycle had a significant effect for interaction between period of the year and nitrogen doses. The crude protein content (PB) of the forage in the rainy / dry transition period had a significant effect on the interaction between grazing cycles and nitrogen doses (P<0.0001)and interaction source and nitrogen dose. The crude protein content of the forage in the rainy period showed a significant effect for the nitrogen source and for interaction between grazing cycle and nitrogen doses. Increases in nitrogen rates had a positive effect on forage accumulation and crude protein content of the forage produced. The effects related to the difference in the source of nitrogen used are associated with the greater climatic challenge. Other studies should be conducted with greater challenges to verify the efficiency of the use of urea with urea inhibitor in pasture.

3
  • HENRY DANIEL RUIZ ALBA
  • LIPÍDEOS NA ALIMENTAÇÃO DE OVINOS CONFINADOS

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • LAUDI CUNHA LEITE
  • LUÍS GABRIEL ALVES CIRNE
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 31/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos da fonte lipídica e da classe
    sexual sobre o desempenho animal, as características da carcaça e da carne, a
    digestibilidade dos nutrientes, o balanço de nitrogênio e os parâmetros sanguíneos de
    ovinos confinados. Foram realizados dois experimentos, no experimento I, foram
    utilizados quarenta cordeiros mestiços Dorper x Santa Inês, machos, com peso corporal
    de 22,27±2,79 kg, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente
    casualizado, com cinco tratamentos e oito repetições. As dietas foram formuladas para
    serem isonitrogenadas, com uma relação volumoso:concentrado 40:60. Como volumoso
    foi utilizado o feno tifton-85. Foram formuladas cinco dietas referentes a cada fonte de
    gordura (gérmen de milho, grão de soja, óleo de soja e gordura protegida como sal de
    cálcio-SCAG) e a dieta controle (constituída por farelo de soja, milho moído, premix
    mineral, ureia). O consumo e a digestibilidade aparente de componentes nutricionais foi
    maior com as dietas com SCAG (p≤0,05). Os cordeiros na dieta com SCAG
    apresentaram maior peso corporal final (p=0,0056), maior ganho médio diário
    (p=0,0013) e maior taxa relativa de crescimento (p=0,0209). Não foram observadas
    diferenças nos parâmetros urinários e sanguíneos (p>0,05), com exceção dos teores de
    triglicerídeos (p = 0,0380), que foram maiores nas dietas com grão de soja (44,7694 mg
    dL-1
    ). A quantidade de nitrogênio ingerido foi maior nas dietas controle e SCAG
    (p=0,0038), no entanto, a dieta com SCAG propiciou maior absorção de nitrogênio. O
    maior tempo de mastigação e o maior número de mastigações por bolo ocorreram na
    dieta com óleo de soja (p≤0,05), enquanto as maiores eficiências de ruminação da
    matéria seca e da FDN naquela com SCAG. Os menores rendimentos de carcaça e
    produção de carne foram observados nas dietas com grão de soja e gérmen de milho
    (p≤0,05) e o maior índice de acabamento, área de olho de lombo e peso de lombo foram
    observados na dieta com SCAG (p≤0,05). No experimento II, foram utilizados vinte
    cordeiros inteiros com peso corporal médio de 22,49 ± 2,78 kg e, vinte cordeiras com

    xix

    peso corporal médio de 20,59 ± 3,37 kg, mestiços Dorper x Santa Inês, em um
    delineamento experimental Inteiramente Casualizado – DIC com um arranjo fatorial 4 x
    2, com quatro dietas e duas classes sexuais. As dietas foram formuladas para serem
    isonitrogenadas, com uma relação volumoso:concentrado 40:60. Como volumoso foi
    utilizado o feno tifton-85. Foram formuladas três dietas referentes a cada fonte de
    gordura (grão de soja, óleo de soja e gordura protegida como sal de cálcio) e a dieta
    controle (constituída por farelo de soja, milho moído, premix mineral, ureia). O
    consumo de compostos nutricionais foi maior (p≤0,05) nos animais alimentados com as
    dietas controle e sais de cálcio de ácidos graxos. A digestibilidade de compostos
    nutricionais e as medidas de desempenho foram superiores (p≤0,05) nos animais
    alimentados com a dieta sais de cálcio de ácidos graxos. Não foram observadas
    diferenças (p>0,05) nas medidas do comportamento ingestivo, e nos parâmetros
    sanguíneos e urinários entre as dietas avaliadas. Houve maior (p≤0,05) consumo de
    componentes nutricionais nos cordeiros. O peso corporal, o ganho de peso, a eficiência
    alimentar e a taxa relativa de crescimento foram maiores para os cordeiros, no entanto, a
    conversão alimentar foi maior para as cordeiras. Verificou-se maior consumo e retenção
    de nitrogênio nos cordeiros, enquanto, nas cordeiras houve maior absorção e excreção
    nitrogênio. Os animais alimentados com as dietas contendo sais de cálcio de ácidos
    graxos mostraram melhores resultados quando comparados com as demais fontes
    lipídicas.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this work was to evaluate the effects of the lipid source and sexual
    class on animal performance, carcass and meat characteristics, digestibility of nutrients,
    nitrogen balance and blood parameters of feedlot sheep. Two experiments were
    conducted, in the experiment I, were used forty lambs crossbreed Dorper x Santa Inês,
    male, with body weight of 22.27±2.79 kg, which were distributed in a completely
    randomized experimental design with five treatments and eight replications. The diets
    were formulated to be isonitrogenous, with a roughage:concentrate ratio of 40:60. It was
    used as roughage tifton-85 hay. Five diets were formulated for each fat source (corn

    germ, whole raw soybean, soybean oil and protected fat as calcium salt fatty acids-
    CSFA) and the control diet (composed of soybean meal, ground corn, mineral premix

    and urea). The intake and apparent digestibility of the nutritional compounds was higher
    to the CSFA diet (p≤0.05). The lambs in the diet with CSFA had higher final body
    weight (p=0.0056), higher average daily weight gain (p=0.0013) and higher relative rate
    of growth (p=0.0209). No significant differences were observed in the urinary and
    blood parameters (p>0.05), except for the levels of blood triglycerides (p=0.0380),
    which were higher in the diets with whole raw soybean (44.7694 mg dL-1

    ). The amount
    of nitrogen consumed was higher in the control and CSFA diets (p=0.0038), however,
    the diet with CSFA provided higher nitrogen absorption. The largest chewing time and
    the largest chewings number for bolus occurred in the diet with soybean oil (p≤0.05),
    while the greater efficiencies of rumination of dry matter and NDF that with CSFA. The
    lower carcass performance and meat production were observed in the diets with raw
    whole soybean and corn germ (p≤0.05) and the highest finishing index, loin eye area
    and loin weight were observed in the diet with CSFA (p≤0.05). In the experiment II,
    were used twenty male lambs with mean body weight of 22.49 ± 2.78 kg and twenty
    female lambs with mean body weight of 20,59 ± 3,37 kg, crossbreed Dorper x Santa
    Inês, in a completely randomized experimental design with a factorial arrangement 4x2,

    xxi

    with four diets and two sexual classes. The diets were formulated to be isonitrogenous,
    with a roughage:concentrate ratio of 40:60. It was used as roughage tifton-85 hay. Were
    formulated three diets referents each fat source (raw whole soybean, soybean oil and fat
    protected as calcium salt fatty acids) and the control diet (composed of soybean meal,
    ground corn, mineral premix, and urea). The nutritional compounds intake was higher
    (p≤0.05) in the animals fed with the control and fatty acids calcium salts diets. The
    digestibility of nutritional compounds and the performance measures were higher
    (p≤0.05) in the animals fed with the fatty acid calcium salt diet. No differences were
    observed (p>0.05) in the measures of ingestive behavior and, urinary and blood
    parameters between the diets evaluated. There was higher (p≤0.05) intake of nutritional
    compounds in male lambs. The body weight, weight gain, feed efficiency and relative
    rate of growth were higher for the male lambs, however, the feed conversion was higher
    for the female lambs. We found higher intake and nitrogen retention in the male lambs,
    while in the female lambs there was higher absorption and excretion of nitrogen. The
    animals fed with the fat source, fatty acid calcium salts, showed better results when
    compared with the other lipid sources.

4
  • LARA MARIA SANTOS BRANT
  • FONTES ALTERNATIVAS PROTEICA E ENERGÉTICA EM DIETAS PARA OVINOS E BÚFALOS

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • LAYS DEBORA SILVA MARIZ
  • LAUDI CUNHA LEITE
  • Data: 26/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos de diferentes sítios (retículo e omaso) no fluxo ruminal de búfalos alimentados com dietas com coprodutos do biodiesel em substituição aos alimentos concentrados tradicionais. E avaliar os efeitos da substituição do milho por glicerina bruta e do farelo de soja por torta de algodão, associadas ou não, em dieta para búfalos, sobre a digestão de nutrientes no rúmen, cinética ruminal e fluxo pós-ruminal. Quatro búfalos da raça Murrah, machos, canulados no rúmen, com peso médio inicial de 637 ± 66,37 Kg foram distribuídos em delineamento em quadrado latino 4 x4, em esquema fatorial 2x2, com duas fontes de energia (milho moído e glicerina bruta) e duas fontes de proteína (farelo de soja e torta de algodão) utilizadas no concentrado, foram utilizados as seguintes dietas experimentais: 1) Dietas milho moído + farelo de soja a base de concentrado com farelo de soja, milho moído, mistura mineral e ureia; 2) Glicerina + torta de algodão, composta por glicerina, torta de algodão, mistura mineral e ureia; 3) milho moído + torta de algodão, composta pelo concentrado controle, substituindo o farelo de soja por torta de algodão e; 4) Glicerina + farelo de soja: composta pelo concentrado controle, substituindo o milho moído por glicerina bruta. Houve efeito de energia para o conteúdo ruminal MS, conteúdo ruminal de FDN, FDNi, FDNpd, pool ruminal de MS, MO, FDN e FDNpd com maiores teores quando os animais foram alimentados com glicerina (p<0,05), entretanto, causou menor digestibilidade da FDN e FDNpd. O conteúdo ruminal de FDN e FDNpd foi maior nos animais alimentados com torta de algodão, como fonte de proteína (p<0,05). A taxa de digestão da FDNpd, a taxa de passagem da FDNi e digestibilidade ruminal da FDNpd foi maior quando a coleta foi realizada no omaso (p<0,05), contudo a taxa de passagem da FDNpd foi superior na amostragem do reticulo. As coletas omasais foram mais representativas, no presente experimento, entretanto, mais pesquisas são necessárias avaliando a cinética ruminal em búfalos alimentados com diferentes dietas experimentais. A substituição total do milho pela glicerina promoveu menor digestibilidade ruminal da FDN, devendo ter cuidados na utilização dessa fonte energética quando for utilizada. A torta de algodão não causa diferença na dinâmica ruminal, podendo substituir totalmente o farelo de soja na dieta de búfalos confinados.


  • Mostrar Abstract
  • he objective of this work was to evaluate the effects of different sites (reticulum and omaso) on the ruminal flow of buffalo fed diets with biodiesel co-products in substitution to traditional concentrate feeds. And to evaluate the effects of the substitution of corn by crude glycerin and soybean meal by cottonseed meal, associated or not, in a buffalo diet, on rumen nutrient digestion, ruminal kinetics and post-ruminal flow. Four rumen cannulated male Murrah buffaloes with initial mean weight of 637 ± 66.37 kg were distributed in a 4 x 4 latin square design, in a 2x2 factorial scheme, with two energy sources (ground corn and crude glycerin). and two protein sources (soybean meal and cottonseed meal) used in the concentrate, the following experimental diets were used: 1) Diets ground corn + soybean meal concentrate with soybean meal, ground corn, mineral mixture and urea ; 2) Glycerin + cotton cake, consisting of glycerin, cotton cake, mineral mixture and urea; 3) ground corn + cotton cake, composed by the control concentrate, replacing soybean meal with cotton cake and; 4) Glycerin + soybean meal: composed by the control concentrate, replacing ground corn with crude glycerin. There was an energy effect on ruminal content DM, ruminal content of NDF, NDF, NDFpd, ruminal pool of MS, OM, NDF and NDFpd with higher contents when the animals were fed glycerin (p <0.05), however, caused lower NDF and NDFd digestibility. The ruminal content of NDF and NDFd was higher in animals fed cotton cake as a protein source (p <0.05). The NDFp digestion rate, the NDFp passage rate and rumen NDFp digestibility were higher when the collection was performed on the womb (p <0.05), however the NDpF passage rate was higher in the reticulum sampling. Omasal collections were more representative in the present experiment. However, further research is needed to evaluate ruminal kinetics in buffalo fed different experimental diets. The total substitution of corn by glycerin promoted lower ruminal digestibility of NDF, and care should be taken to use this energy source when used. Cottonseed cake makes no difference in ruminal dynamics and can completely replace soybean meal in the diet of confined buffalo.

5
  • PAULO ROBERTO SILVEIRA PIMENTEL
  • TANINOS CONDENSADOS ORIUNDOS DO EXTRATO DE ACACIA MEARNSII NA ALIMENTAÇÃO DE CABRITOS EM TERMINAÇÃO

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • LUÍS CARLOS VINHAS ITAVO
  • LUÍS GABRIEL ALVES CIRNE
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • Data: 29/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Dois experimentos foram realizados para determinar o melhor nível de inclusão (0, 16, 32 and 48 g/kg MS) de taninos condensados (CT) oriundos do extrato de Acacia mearnsii na dieta de cabritos confinados. Foi realizado um experimento com trinta e duas cabritos mestiços Boer castrados, com idade média de quatro meses e peso corporal médio (PC) de 19,7 ± 2,05 kg, para avaliar a ingestão de nutrientes e desempenho, e outro experimento foi desenvolvido com vinte animais, aos cinco meses de idade e 29,0 ± 2,45 kg PC, onde foram determinados os coeficientes de digestibilidade, balanço de nitrogênio, síntese de proteína microbiana, comportamento ingestivo e nitrogênio ureico sanguíneo (NUS). O consumo de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro (FDN), carboidratos não fibrosos (CNF) e nutrientes digestíveis totais (NDT) não se alterou significativamente (P> 0,05) com a adição do extrato de Acacia mearnsii nas dietas dos cabritos, mas a FDN g/kg PC (P=0,03) e PC0,75 (P= 0,04) aumentaram. Nenhum efeito foi observado na adição de taninos condensados sobre o tempo gasto na ruminação (P = 0,45), ócio (P=0,11), mastigação (P=0,84) ou no nº mastigação/bolo (P=0,41) ou eficiência de alimentação e ruminação da MS e FDN (P>0,05) dos cabritos. Observou-se uma tendência de aumentar o tempo gasto com a alimentação (P=0,07), mas com respostas acentuadas apenas na inclusão de CT acima de 32 g/kg de MS. A digestibilidade da MS, PB, FDN, CNF e NDT reduziu e a digestibilidade do EE (P=0,80) não foi afetada pela inclusão de taninos condensados. Não foi observado efeito do extrato de Acacia mearnsii no consumo de N (P = 0,66) e N retido (P = 0,11); no entanto, foi verificado elevação na excreção de N fecal (P<0,01) e uma tendência para uma diminuição linear na excreção urinária de N (P=0,08). Houve comportamento positivo para a síntese (P<0,01) e eficiência microbiana (P<0,01), peso corporal final (P = 0,01), GMD (P = 0,01), ganho total (P=0,01), a EA, peso de carcaça quente (P=0,02), e fria (P=0,03), bem como para o rendimento de carcaça quente (P=0,03) e fria (P=0,04). A inclusão de taninos condensados oriundos do extrato de Acacia
    10
    mearnsii até 17,7 g kg de MS, melhora a síntese e eficiência microbiana, aumentando o desempenho dos animais.


  • Mostrar Abstract
  • Two experiments were performed to determine the best level (0, 16, 32 and 48 g/kg DM) of inclusion of condensed tannins (CT) from Acacia mearnsii extract in the diet of goat kids in feedlot. An experiment was performed with thirty-two castrated crossbreed Boer goat kids, with a mean age of four months and mean body weight (BW) of 19.7 ± 2.05 kg, to measure nutrient intake and performance, and another experiment was developed with twenty Boer animals, at five months of age and 29.0 ± 2.45 kg BW, in which the digestibility coefficients, nitrogen balance, microbial protein synthesis, ingestive behavior and serum urea nitrogen (SUN) were determined. The intake of dry mater (DM), crude protein (CP), ether extract (EE), neutral detergent fiber (NDF), nonfibrous carbohydrates (NFC) and total digestible nutrients (TDN) did not change significantly (P>0.05) with the addition of Acacia mearnsii extract in the goat kid diets, but the NDF g/kg BW (P=0.03) and BW0.75 (P=0.04) increased. No effect was observed on the addition of condensed tannins on the time spent on rumination (P=0.45), idling (P=0.11), chewing (P=0.84), nº chews/bolus (P=0.41) or eating and the rumination efficiency of DM and NDF (P>0.05) of the goat kids. A tendency was observed to increase the time spent feeding (P=0.07) but with marked responses only at CT inclusion above 32 g/kg DM. The digestibility of DM, CP, NDF, NFC and TDN decreased in goat kids, and EE (P = 0.80) digestibility was not affected by an increase in the condensed tannins. No effect of Acacia mearnsii extract levels was observed on the N intake (P=0.66) and N retained (P=0.11); however, a linear increase in fecal N excretion (P<0.01) and a trend for a linear decrease in urinary N excretion (P=0.08) were observed. A quadratic increase was observed for the synthesis (P<0.01) and microbial efficiency (P<0.01), final body weight (P=0.01), ADG (P=0.01), total gain (P=0.01), the Gain:Feed ratio, hot weight (P=0.02), and cold (P=0.03) carcass weights, as well as for the hot (P=0.03) and cold (P=0.04) carcass yields. The loin eye area was not affected (P=0.75). The inclusion of condensed tannins from Acacia mearnsii extract up to 17.7 g/kg DM is recommended, as it improves the synthesis and efficiency of microbial production, increasing the Gain:Feed ratio and performance of animals.

6
  • FABIO NICORY COSTA SOUZA
  • RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS PARA SUÍNOS

    INTEIROS E IMUNOCASTRADOS

  • Orientador : PAULO LEVI DE OLIVEIRA CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FULVIO VIEGAS SANTOS TEIXEIRA DE MELO
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • PAULO LEVI DE OLIVEIRA CARVALHO
  • PRISCILA FURTADO CAMPOS
  • TALITA PINHEIRO BONAPARTE
  • Data: 07/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • Foram conduzidos quatro experimentos, com o objetivo de avaliar o desempenho, características de carcaça, qualidade de carne e os coeficientes de digestibilidade das rações entre duas linhagens genéticas e diferentes recomendações nutricionais. No experimento I foram utilizados 128 leitões, machos inteiros (MI), genéticas DBDanBred e PIC-Agroceres, com peso corporal médio inicial (PCI) de 14,02 ± 1,96 kg, submetidos a recomendações (NRC, 2012) Dieta - (A) e Rostagno et al., (2017) (B) , para fase de creche inicial. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com arranjo fatorial (2X2), sendo duas linhagens genéticas e duas recomendações nutricionais. Avaliaram-se parâmetros zootécnicos e uréia plasmática (UP). A dieta B promoveu maior peso corporal médio final (PCF) e ganho médio diário de peso (GMDP), melhor conversão alimentar (CA), eficiência alimentar (EA) (P<0,0001) e consumo médio diário de ração (CMDR) (P=0,0016). No experimento II foram utilizados 24 leitões MI, das genéticas DB e PIC, com PCI de 20,00 ± 1,41 kg, submetidos em ensaio de metabolismo, às dietas A e B, para determinação dos coeficientes de digestibilidade, nutrientes digestíveis, e UP. Houve interação entre dietas e genéticas para o coeficiente de digestibilidade da matéria seca (CDMS) (P=0,0217). Para os coeficientes de digestibilidade da matéria orgânica (CDMO) (P=0,0086), proteína bruta (CDPB) (P=0,0463) e energia bruta (CDEB) (P=0,0024) a dieta B foi melhor. Para os nutrientes digestíveis da matéria seca (MSD) houve interação (P=0,0188), enquanto para proteína bruta (PBD) (P<0,0001) e energia bruta (EBD) (P=0,0462) a dieta B foi mais nutritiva. A dieta B, promoveu melhor desempenho, embora tenha ocorrido interação entre dietas e genéticas, a digestibilidade da dieta B, sugere ter melhor disponibilidade de nutrientes. O índice de eficiência econômica (IEE) foi melhor para os tratamentos com a dieta B. Considerando o desempenho e IEE, a dieta B foi melhor, embora tenha ocorrido interação. No experimento III, foram utilizados 120 leitões MI, submetidos a imunocastração, oriundos das genéticas DB e PIC com PCI de 31,58 ± 5,25 kg. As recomendações nutricionais foram dieta A e Rostagno et al. (2011) dieta (C). Quatro fases foram definidas: crescimento I e II (CI e CII) e terminação I e II (TI e TII). Avaliou-se o desempenho, características de carcaça, qualidade de carne e UP. Os tratamentos submetidos a dieta C, apresentaram maior PCF (P<0,0001), GMDP e CMDR, em todas as fases, melhor CA e EA nas fases CI e TII. A UP foi menor com dieta A, nas fases CI, CII e TI. O peso de carcaça fria (PCAR), kg de carne magra (CMAG) (P<0,0001), perda por gotejamento (PG) (P=0,0010) e perda por cocção (PCC) (P=0,0338) foram melhores na dieta C. No experimento IV, foram utilizados 24 leitões MI, DB e PIC com PCI de 27,46 ± 2,91 kg, em ensaio de metabolismo, submetidos às dietas A e C. Os resultados mostraram que não houve diferenças para CDMS, CDMO, MSD E MOD. O CDPB (P=0,0002) foi maior para os tratamentos com a dieta C, seguindo a mesma resposta a PBD (P=0,0001). O CDEB (P=0,0486) e EBD (P=0,0487) diferiram apenas entre as genéticas, tendo a genética DB como mais eficiente no aproveitamento da energia. A dieta C promoveu melhor desempenho geral, características de carcaça e carne, além de maior disponibilidade e digestibilidade da PB.


  • Mostrar Abstract
  • Four experiments were carried out to evaluate performance, carcass characteristics, meat quality and feed digestibility coefficients between two genetic lines and different nutritional recommendations. In experiment I, 128 whole male (WM), DB-DanBred and PIC-Agroceres male pigs with initial average body weight (IABW) of 14.02 ± 1.96 kg were submitted to Diet - (A) (NRC, 2012). ) and Diet - (B) Rostagno et al., (2017). The experimental design was completely randomized with factorial arrangement (2X2), two genetic lines and two nutritional recommendations. Zootechnical parameters and plasma urea (PU) were evaluated. Diet B promoted higher final average body weight (FABW), average daily weight gain (ADWG), feed conversion (FC), feed efficiency (FE) (P <0.0001) and average daily feed intake (ADFI) ( P = 0.0016). In experiment II, 24 WM from the DB and PIC genetics, with 20.00 ± 1.41 kg IABW, submitted to metabolism test, to diets A and B were used to determine digestibility coefficients, digestible nutrients, and PU. There was interaction between diet and genetics for the dry matter digestibility coefficient (DMDC) (P = 0.0217). For the digestibility coefficients of organic matter (DCOM) (P = 0.0086), crude protein (DCCP) (P = 0.0463) and crude energy (DCCE) (P = 0.0024) diet B was better. For digestible nutrients of dry matter (DNDM) there was interaction (P = 0.0188), while for crude protein (DNCP) (P <0.0001) and crude energy (DNCE) (P = 0.0462) diet B It was more nutritious. Diet B promoted better performance, although there was interaction between diet and genetics, digestibility of diet B suggests better nutrient availability. The economic efficiency index (EEI) was better for treatments with diet B. Considering performance and EEI, diet B was better, although there was interaction. In experiment III, 120 WM piglets submitted to immunocastration from genetics DB and PIC with IABW of 31.58 ± 5.25 kg were used. The nutritional recommendations were diet A and Rostagno et al. (2011) diet (C). Four phases were defined: growth I and II (GI and GII) and termination I and II (TI and TII). Performance, carcass characteristics, meat quality and PU were evaluated. Treatments submitted to diet C presented higher FABW (P <0.0001), ADWG and ADFI in all phases, better FC and FE in phases GI and TII. PU was lower with diet A, in phases GI, IIC and TI. Cold carcass weight (CCW), lean meat kg (LM) (P <0.0001), drip loss (DL) (P = 0.0010) and cooking loss (CL) (P = 0.0338 ) were better in diet C. In experiment IV, 24 pigs WM, DB and PIC with IABW of 27.46 ± 2.91 kg were used in a metabolism test, submitted to diets A and C. The results showed that there were no differences for DMDC, DCOM, DNDM, and DNOM. The DCCP (P = 0.0002) was higher for treatments with diet C, following the same response to DNCP (P = 0.0001). The DCCE (P = 0.0486) and DNCE (P = 0.0487) differed only among the genetic ones, with DB being the most efficient in energy use. Diet C promoted better overall performance, carcass and meat characteristics, besides higher availability and digestibility of CP.

7
  • GLEICIANNY DE BRITO SANTOS
  • USO DO ÓLEO FUNCIONAL DE MAMONA E DA CASTANHA DE CAJU COMO ADITIVO FITOGÊNICO PARA LEITÕES NA FASE DE CRECHE.

  • Orientador : PAULO LEVI DE OLIVEIRA CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO LEVI DE OLIVEIRA CARVALHO
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • TALITA PINHEIRO BONAPARTE
  • ANA LÚCIA ALMEIDA SANTANA
  • FULVIO VIEGAS SANTOS TEIXEIRA DE MELO
  • Data: 02/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito da suplementação dietética com óleo
    funcional no desempenho, parâmetros sanguíneos, morfometria dos órgãos digestivos,
    ocorrência de diarreia, microbiologia e lesões intestinais em leitões na fase de creche.
    Foram utilizados 128 leitões desmamados, com peso médio inicial de 6,79 ± 1,76 kg,
    distribuídos em delineamento em blocos casualizados e esquema fatorial 2x2 (dois sexos
    e duas dietas), totalizando quatro tratamentos: machos sem óleo funcional (MSOF),
    machos com óleo funcional (MCOF), fêmeas sem óleo funcional (FSOF) e fêmeas com
    óleo funcional (FCOF). Os tratamentos foram compostos por dietas basais (pré-inicial I,
    pré-inicial II e inicial) com (1500 mg/kg de ração) e sem a inclusão do óleo funcional,
    uma mistura de óleo de mamona e óleo da casca da castanha de caju. No início e no final
    de cada fase experimental foram mensuradas as variáveis de desempenho: consumo diário
    médio de ração (CDMR), ganho diário médio de peso (GDMP) e conversão alimentar
    (CA) e analisadas as variáveis sanguíneas: hemograma completo e bioquímica sérica
    (proteínas totais, albuminas e globulinas) dos leitões. No final das fases pré inicial II e
    inicial foram abatidos 24 animais (6 animais/tratamento) para análise da morfometria dos
    órgãos, mensuração do pH do conteúdo estomacal e intestinal (jejuno, íleo, ceco e cólon),
    microbiologia, histologia e escore de lesão intestinal. Os dados foram submetidos a
    análise de variância, os quais foram testados os efeitos dos tratamentos e suas interações,
    as médias dos tratamentos foram comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5% de
    significância. Os resultados mostram que a suplementação dietética com óleo funcional
    aumentou a CA dos leitões nas fases pré-inicial I (P=0,0121) e total (P=0,0273). Na fase
    pré-inicial II, reduziu o GDMP (P=0,0022), o peso do estômago vazio (P=0,0068) e altura
    das vilosidades do íleo (AV, P=0,0189), porém, aumentou os valores de monócitos
    (MON, P=0,0241), proteína total (PT, P=0,0256), concentração microbiana de
    lactobacilos no jejuno (P<0001) e no íleo (P=0,0417) e a relação altura de vilosidades e
    profundidade das criptas (AV/PC, P=0,0436) do jejuno. Na fase inicial, aumentou os 20
    valores de concentração de hemoglobina corpuscular média (CHCM, P=0,0044) e o
    escore de lesão no jejuno (P=0,0012), e reduziu a relação AV/PC (P=0,0349) do jejuno.
    A adição do óleo funcional na dieta de leitões na fase de creche não teve efeito positivo
    no desempenho dos animais, porém, sem prejuízos aos parâmetros sanguíneos,
    morfometria dos órgãos e pH do trato intestinal. Na fase pré-inicial II, favoreceu o
    desenvolvimento de lactobacilos no jejuno e no íleo e o aumento da relação altura de
    vilosidades e profundidade das criptas do jejuno dos leitões, porém, sem qualquer efeito
    benéfico na microbiologia, histologia e lesões intestinais dos leitões na fase inicial.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effect of
    dietary supplementation with functional oil on performance, blood parameters, digestive
    organ morphometry, diarrhea occurrence, microbiology and intestinal lesions in piglets
    in the nursery phase. A total of 128 weaned piglets, with initial average weight of 6.79 ±
    1.76 kg, were distributed in a randomized block design and 2x2 factorial scheme (two
    sexes and two diets), totaling four treatments: males without functional oil (MWOFO),
    males with functional oil (MWFO), females without functional oil (FWOFO) and females
    with functional oil (FWFO). The treatments consisted of basal diets (pre-initial I, preinitial
    II and initial) with (1500 mg / kg feed) and without the inclusion of functional oil,
    a mixture of castor oil and cashew nut oil. At the beginning and end of each experimental
    phase the performance variables were measured: average daily feed intake (ADFI),
    average daily weight gain (ADWG) and feed conversion (FC) and analyzed the blood
    variables: blood count complete and serum biochemistry (total proteins, albumins and
    globulins) of piglets. At the end of the pré-initial II and initial phases, 24 animals were
    slaughtered (6 animals/treatment) for organ morphometric analysis, pH measurement
    stomach and intestinal (jejunum, ileum, cecum and colon) contents, microbiology,
    histology and intestinal injury score. The data were subjected to analysis of variance,
    which was tested the effects of treatments and their interactions, the means of treatments
    were compared by Tukey test at 5% significance level. The results show that dietary
    supplementation with functional oil increased the piglet CA in the pre-initial I (P=0.0121)
    and total (P=0.0273) phases. In the pre-initial phase II, reduced the ADWG (P=0.0022),
    stomach weight (P=0.0068) and ileum villous height (VH, P=0.0189), however, increased
    the values of monocyte (MON, P=0.0241), total protein (TP, P=0.0256), microbial
    concentration of lactobacilli in the jejunum (P<0001) and in the ileum (P=0.0417) and
    the relation of villus height and crypt depth (VH/CD, P=0.0436) of the jejunum. In the
    initial phase, the mean corpuscular hemoglobin concentration values (CACH, P=0.0044)
    and the jejunum injury score (P=0.0012) increased, and reduced the VH/CD ratio
    decreased (P=0.0349) of the jejunum. The addition of functional oil to the diet of piglets
    in the nursery phase did not have a positive effect on the animals' performance, however, 22
    without prejudice to blood parameters, organ morphometry and intestinal tract pH. In the
    pre-initial phase II, it favored the development of lactobacilli in the jejunum and ileum
    and an increase in the ratio of villus height and depth to the piglets' jejunum crypts,
    however, without any beneficial effect on the microbiology, histology and intestinal
    lesions of piglets in the initial phase.

8
  • RICARDO DINIZ GUERRA E SILVA
  • EFEITO DA CONDIÇÃO CORPORAL AO PARTO E GRUPO RACIAL SOBRE O DESEMPENHO PRODUTIVO E PERFIL METABÓLICO DE BÚFALAS NO PERÍODO DE TRANSIÇÃO

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO DE LISBOA RIBEIRO FILHO
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MARIA LEONOR GARCIA MELO LOPES DE ARAUJO
  • NELSON DE CARVALHO DELFINO
  • Data: 17/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este estudo avaliar o efeito do escore de condição corporal ao
    parto (ECCP) e raça sobre o desempenho produtivo e o perfil metabólico de fêmeas
    bubalinas no período de transição e início da lactação. Foram selecionados vinte animais
    da raça Mediterrânea e quinze animais da raça Murrah, todas gestantes e multíparas e
    que foram posteriormente divididas com base no ECCP em quatro grupos experimentais
    em um delineamento inteiramente casualizado: Grupo 1: MEC1 - búfalas da raça
    Mediterrâneo com valores de escore de condição corporal ao parto entre 1,5 – 2,5 (N=
    9); Grupo 2) MEC2 - búfalas da raça Mediterrâneo com valores de escore de condição
    corporal ao parto entre 2,51 – 3,51 (N= 11); Grupo 3) MUC1 - búfalas da raça Murrah
    com valores de escore de condição corporal ao parto entre 1,5 – 2,5 (N= 8) e; Grupo 4)
    MUC2 , búfalas da raça Murrah com valores de escore de condição corporal ao parto
    entre 2,51 – 3,51 (N= 7). Os animais foram monitorados durante os últimos 21 dias de
    gestação até os primeiros 21 dias pós-parto e mantidos sob as mesmas condições de
    manejo e alimentação. O peso e os valores de escore de condição corporal (ECC) foram
    obtidos com intervalos de 7 dias, 21 antes do parto até 42 dias pós-parto. Todas as
    amostras de sangue e urina, e dados de parâmetros clínicos foram coletados com
    intervalos de 7 dias, 21 antes do parto até 21 dias pós-parto. Os grupos MEC1 e MEC2
    apresentaram média de ECC de 2,28 e 2,93 respectivamente, enquanto os grupos MUC1
    e MUC2 médias de ECC de 2,37 e 2,67, respectivamente no período pré-parto. Os
    animais com ECCP de 1,5 a 2,5, independente da raça, apresentaram redução no ECCP
    de 0,177 pontos entre os dias -21 e o dia do parto (d0). O grupo MEC1 apresentou maior
    frequência cardíaca (P = 0,022) em relação ao grupo MEC2 no período pré-parto (56,42
    e 61,78 bat/min respectivamente). Os animais da raça Mediterrâneo apresentaram
    maiores produções de leite (P<0,001), produção de leite corrigida (P<0,001), e
    produções de gordura (P = 0,004), proteína (P = 0,024), lactose (P = 0,016) e extrato
    seco total (P = 0,011). Foi verificado efeito de interação entre as semanas avaliadas
    durante o período de transição e os grupos de ECCP na produção e composição do leite
    (P>0,05). Entretanto, não houve efeito do ECCP e grupo racial sobre o rendimento de
    mussarela, e contagem de células somáticas no leite no período avaliado (P>0,05). Os
    animais da raça Murrah apresentaram maiores valores de hemoglobina (P = 0,013),
    ureia (P = 0,032) e glicose (P = 0,021) no período pré-parto e leucócitos (P = 0,020) no
    período pós parto. De forma coerente os animais da raça Murrah apresentaram maiores
    valores ureia na urina (P = 0,012), no período pré-parto. Os resultados deste
    experimento sugerem que as diferenças de ECCP dos grupos trabalhados não
    demandam de grande stress metabólico para suprir as necessidades energéticas para
    produção de leite geneticamente exigida para este perfil. Búfalas com ECCP acima de
    3,51 e/ou capacidade produtiva geneticamente superior aos animais avaliados no
    presente experimento podem apresentar comportamento diferenciado com maior
    mobilização de reservas corporais.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effect of body condition score at calving
    (BCSC) and race on productive performance and metabolic profile of females buffalo
    during the transition period and early lactation. Twenty Mediterranean and fifteen
    Murrah animals were selected, all pregnant and multiparous and subsequently divided
    according the BCSC into four experimental groups: Group 1: MEC1 - Mediterranean
    buffaloes with body condition score at calving between 1.5 - 2.5 (N=9); Group 2:
    MEC2 - Mediterranean buffaloes with body condition score values at calving between
    2.51 - 3.51 (N=11); Group 3: MUC1 - Murrah buffaloes with BCSC values between 1.5
    - 2.5 (N=8) and; Group 4: MUC2 - Murrah buffaloes with calving body condition score
    values between 2.51 - 3.51 (N=7). The animals were monitored during the last 21 days
    of gestation until the first 21 days postpartum and kept under the same management and
    feeding conditions. Weight and body condition score (BCS) values were obtained at 7-
    day intervals, 21 before calving to 42 days postpartum. All blood and urine samples and
    clinical parameter data were collected at 7-day intervals, 21 before calving until 21 days
    postpartum. The MEC1 and MEC2 groups had a mean BCS of 2.28 and 2.93
    respectively, while the MUC1 and MUC2 groups had a mean BCS of 2.37 and 2.67,
    respectively, in the pre-partum period. Animals with BCSC between 1.5 to 2.5,
    regardless of breed, showed a reduction in BCS of 0.177 points between -21 and day of
    partum (d0). The MEC1 group had a higher heart rate (P = 0.022) compared to the
    MEC2 group in the pre-partum period (56.42 and 61.78 bat / min respectively).
    Mediterranean animals showed higher milk yield (P<0,001), corrected milk yield
    (P<0,001), and fat yield (P = 0.004), protein (P = 0.024), lactose (P = 0.016) and total
    dry extract (P = 0.011). An interaction effect was observed between the weeks evaluated
    during the transition period and the BCSC groups on milk yield and composition (P>
    0.05). However, there was no effect of BCSC and racial group on mozzarella yield and
    somatic cell count in milk during the evaluated period. Murrah animals presented higher
    values of hemoglobin (P = 0.013), urea (P = 0.032) and glucose (P = 0.021) in the
    prepartum period and leukocytes (P = 0.020) in the postpartum period. Consistently,
    Murrah animals presented higher values of urea in the urine (p=0.012) in the prepartum
    period. The results of this experiment suggest that the BCSC differences of the groups
    studied do not require major metabolic stress to meet the energy requirements for
    genetically milk production required for this profile. Buffaloes with BCSC above 3.51
    or genetically superior production capacity to the animals evaluated in the present
    experiment may present differentiated behavior with greater mobilization of body
    reserves.

2018
Dissertações
1
  • TAYANA NERY FRANCA
  • INFLUÊNCIA DA ALTA TEMPERATURA DE INCUBAÇÃO SOBRE OS
    PARÂMETROS MORFOFISIOLÓGICOS E ZOOTÉCNICOS DE PINTOS DE
    CORTE

  • Orientador : VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • LIA MUNIZ BARRETTO FERNANDES
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • Data: 28/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo do presente trabalho foi estudar a influência da alta temperatura de
    incubação sobre os parâmetros morfofisiológicos e zootécnicos de pintos de corte em
    máquinas incubadoras com controle de temperatura da casca. Utilizou-se 720 ovos de
    matrizes pesadas da linhagem Cobb® com idade de 44 semanas. A incubação ocorreu
    em quatro máquinas Premium Ecológica® IP200 de estágio único. Os tratamentos
    foram definidos por duas temperaturas de incubação, sendo 360 ovos identificados
    como tratamento C (Controle) e 360 ovos identificados como tratamento AT (Alta
    Temperatura). As máquinas de incubação foram reguladas para manter a temperatura
    em 37,8ºC (100ºF) e o teor de UR em 55% durante o período de incubação. Entre o
    oitavo e 18º dia de incubação, duas máquinas foram reguladas para manter a
    temperatura em 38,9ºC (102ºF) (Tratamento AT). Foram aplicados seis sensores na
    região equatorial do ovo para o controle da temperatura da casca. Após 516 horas de
    incubação, foi feita a contagem de pintos nascidos e em seguida foram separados ao
    acaso 40 pintos por tratamento para as análises posteriores. Verificou-se que a alta
    temperatura de incubação reduziu a eclodibilidade (p≤0,05) ocasionada pela elevação da
    mortalidade embrionária. A utilização de 38,9ºC (102ºF) resultou em maior peso de
    saco residual de gema, menor YFBM, menor comprimento do pintinho e qualidade
    inferior de umbigo. Adicionalmente, os pesos de coração, fígado e pulmão foram
    estatisticamente inferiores (p≤0,05) e houve redução das reservas de glicogênio hepático
    neste tratamento. Os valores dos parâmetros hemogasométricos foram semelhantes
    (p>0,05) entre os dois tratamentos, demonstrando que o mecanismo do equilíbrio ácidobásico

    de pintinhos foi eficiente em manter a homeostasia diante da exposição à alta
    temperatura. Conclui-se que a temperatura da casca dos ovos de 38,9ºC, entre o oitavo e
    18º dia de incubação não é recomendada, por reduzir a eclodibilidade, o
    desenvolvimento dos órgãos vitais e a qualidade dos pintinhos recém-eclodidos.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of present work was study the influence of high incubation temperature on
    morphological and zootechnical parameters of broiler chicks in incubator machines with control
    of shell temperature. 720 eggs of Cobb® broiler breeder at 44 weeks were used. The incubation
    was took place in four single-stage Premium Ecological® IP200 machines with capacity of 200
    eggs. The treatments were defined by two incubation temperatures, being 360 eggs identified as
    C treatment (Control) and 360 eggs identified as HT treatment (High Temperature). Incubation
    machines were set to maintain temperature at 37,8°C (100°F) and RH content of 55% during the
    incubation period. Between day 8 and 18 of incubation, two machines were set to maintain the
    temperature at 38.9°C (102°F) (HT Treatment). Six sensors were applied in equatorial region of
    egg, to control the shell temperature. After 516 hours of incubation, the chicks were counted and
    40 chicks were randomly separated by treatment for further analysis. It was verified that high
    incubation temperature reduced hatchability (p≤0.05) caused by elevation of embryonic
    mortality. The use of 38.9°C (102°F) resulted in larger residual yolk sac weight, lower YFBM,
    shorter chick length and lower navel quality. In addition, heart, liver and lung weights were
    statistically lower (p≤0.05) and there was a reduction in hepatic glycogen reserves in this
    treatment. The values of hemogasometric parameters were similar (p>0.05) between treatments,
    demonstrating that the acid-base balance mechanism of chicks was efficient in maintaining
    homeostasis before exposure of high temperature. It was concluded that egg shell temperature of
    38.9ºC, between day 8 and 18 of incubation, is not recommended because it reduces
    hatchability, development of vital organs and chick quality.

2
  • TAIS PINHEIRO BORGES DA SILVA
  • TÉCNICA DE MANIPULAÇÃO TÉRMICA PRÉ-NATAL: EFEITOS SOBRE O
    RENDIMENTO DE INCUBAÇÃO E CARACTERÍSTICAS
    MORFOFISIOLÓGICAS DE PINTOS DE CORTE

  • Orientador : VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • LIA MUNIZ BARRETTO FERNANDES
  • Data: 28/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Foram avaliados os efeitos da técnica de manipulação térmica pré-natal com
    controle da temperatura de casca do ovo sobre o rendimento de incubação e
    características morfofisiológicas de pintos de corte. 720 ovos de matrizes pesadas da
    linhagem Cobb®, com idade de 49 semanas, foram distribuídos em quatro incubadoras
    Premium Ecológica®200D de estágio único, com capacidade para 200 ovos. As
    incubadoras foram reguladas para manter a temperatura da casca do ovo (EST) em
    37,8ºC (100ºF) e o teor de UR de 55% durante o período de incubação. Entre o 8° e 18º
    dia de incubação, duas máquinas foram reguladas para manter a EST em 38,9ºC
    (102ºF), durante seis horas diariamente (Tratamento AT), e as outras duas incubadoras
    não sofreram mudança de temperatura (Tratamento Controle). Às 516 horas (21 dias) de
    incubação, os pintos eclodidos fora retirados para contagem de pintos nascidos, e
    posteriormente uma amostra ao acaso de 40 pintos por tratamento (20 pintos por
    máquina) foi separada para as análises posteriores. Os resultados não demonstraram
    diferença significativa nos parâmetros de incubação e qualidade do pintinho (P>0,05),
    Foram observadas alterações significativas na bioquímica sanguínea. Pintos oriundos do
    grupo MT apresentaram menores níveis (P≤0,05) de glicemia e glicogênio hepático e
    maiores níveis de lactato no plasma, além de diminuição no índice hematócrito, quando
    comparados aos pintos do grupo controle. Não foram encontradas diferenças
    significativas entre os tratamentos nos outros parâmetros hemogasométricos avaliados
    (pH, pCO2, pO2, Na+, K+, iCa, HCO3-, TCO2, SO2 e hemoglobina). A manipulação térmica utilizada no presente trabalho alterou o metabolismo energético dos embriões, mas não foi suficiente para afetar o equilíbrio ácido-básico dos pintos. Concluiu-se que esta técnica pode ser aplicada sem causar prejuízo no desempenho zootécnico de incubação.


  • Mostrar Abstract
  • It was evaluated the effects of prenatal thermal manipulation technique, with egg
    shell temperature control, on incubation yield, morphological and physiological
    characteristics of broiler chicks. 720 eggs from Cobb® broiler breeders at 49 weeks old,
    were distributed in four single-stage Premium Ecológica® 200D incubator machines,
    with capacity for 200 eggs Incubators were set to maintain egg shell temperature (EST)
    at 37.8°C (100°F) and RH content of 55% during incubation period. Between 8th and
    18th day of incubation, two machines were regulated to maintain EST at 38.9ºC (102ºF)
    for six hours daily (HT Treatment), and the other two incubators did not change
    temperature (Control Treatment). At 516 hours (21 days) incubation, hatched chicks
    were removed for counting born chicks, and a random sample of 40 chicks per
    treatment (20 chicks per machine) was separated for further analysis. The results
    showed no difference significant difference in incubation parameters and chick quality
    (P> 0.05). Significant changes in blood biochemistry were observed. Chicks from HT
    group had lower levels (P≤0.05) of glucose and hepatic glycogen, and higher levels of
    lactate in plasma, besides a decrease in hematocrit index when compared to chicks of
    control group. No significant differences were found between treatments in other
    hemogasometric parameters evaluated (pH, pCO2, pO2, Na+, K+, iCa, HCO3-,SO2
    and hemoglobin). Thermal manipulation used in the present study altered energetic
    metabolism of embryos, but it was not enough to affect acid-base balance of chicks. It
    was concluded that this technique can be applied without detriment to zootechnical
    performance of incubation

3
  • LILIANE OLIVEIRA DA SILVA
  • DIETAS DE ALTO CONCENTRADO CONTENDO TORTA DE DENDÊ PARA
    CABRAS DE DESCARTE

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • Data: 21/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar a inclusão de torta de dendê, em dietas de alto concentrado, para
    cabras de descarte terminadas em confinamento sobre os parâmetros produtivos,
    metabólicos e comportamentais. Foram utilizadas 32 cabras SPRD (Sem Padrão Racial
    Definido), não prenhas, com peso corporal inicial de 24,70 ± 3,72. Os animais foram
    distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com quatro dietas
    experimentais e oito repetições. As cabras foram alimentadas com 200 g.kg
    de feno de
    Tifton-85 e 800 g.kg
    -1
    de mistura concentrada composta por milho moído, farelo de
    soja, premix mineral e a inclusão, com base na MS, de 0; 120; 240 e 360 g.kg
    de torta
    de dendê, que constituíram as dietas experimentais. A inclusão de torta de dendê nas
    dietas propiciou efeito quadrático positivo (P<0,05) nos consumos das frações
    nutricionais e efeito linear (P<0,05) nos coeficientes de digestibilidade da matéria seca e
    matéria orgânica. O desempenho produtivo dos animais também foi afetado pela
    inclusão da torta de dendê com efeito quadrático (P<0,05) sobre os ganhos de peso total
    e médio diário. Houve efeito quadrático positivo (P<0,05) da torta de dendê no
    nitrogênio retido, redução linear (P<0,05) nas excreções de nitrogênio via fezes e urina.
    Com exceção dos teores plasmáticos de gama-glutamiltransferase que reduziu
    linearmente (P<0,05), devido à inclusão da torta de dendê, observou-se que as dietas
    afetaram de forma quadrática (P>0,05) as concentrações de séricas das enzimas alaninaaminotransferase,

    aspartato-aminotransferase. A torta de dendê pode ser incluída em
    dietas de alto concentrado, para cabras, até o nível de 111,2 g.kg

    -1
    .


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the inclusion of palm kernel, in high
    concentrate diets, for discarded goats finished in a feedlot on the productive, metabolic
    and behavioral parameters. Thirty-two SPRD (Without Racial Standard Defined) goats,
    not pregnant, with an initial body weight of 24.70 ± 3.72 kg were used. Animals were
    distributed in a completely randomized design, with four diets and eight replicates.
    Goats were fed with 200 g.kg
    -1
    of Tifton-85 hay and 800 g.kg
    -1
    of concentrate mixture
    composed of ground corn, soybean meal, mineral premix, and the inclusion, on dry
    matter basis of 0; 120; 240 and 360 g.kg
    -1
    of palm kernel cake, which constituted the
    experimental diets. The inclusion of palm kernel cake in the diets promoted a positive
    quadratic effect (P<0.05) on the intakes of nutritional fractions and linear effect
    (P<0.05) on the dry matter and organic matter digestibility coefficients. The productive
    performance of the animals was also affected by the inclusion of palm kernel cake with
    quadratic effect (P<0.05) on the total and average daily weight gains. There was a
    positive quadratic effect (P<0.05) of palm kernel cake on retained nitrogen, and a linear
    reduction (P<0.05) on the nitrogen excretions via feces and urine. With the exception of
    gamma-glutamyltransferase plasma levels that reduced linearly (P<0.05), due to the
    inclusion of palm kernel cake, it was observed that the diets affected in a quadratic form
    (P>0.05) the serum concentrations of alanine-aminotransferase,aspartateaminotransferase

    enzymes. Palm kernel cake can be included in high concentrate diets
    for goats up to the level of 111.2 g.kg
    .

4
  • JOCASTA MEIRA GALVÃO
  • RESÍDUOS DA INDÚSTRIA DE POLPAS DE FRUTAS NA ALIMENTAÇÃO DE CABRITOS.

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • ANNY GRAYCY VASCONCELOS DE OLIVEIRA LIMA
  • Data: 27/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo com esse estudo foi avaliar o melhor nível de inclusão dos resíduos de tamarindo na dieta de cabritos sobre o consumo, digestibilidade, comportamento ingestivo e balanço de nitrogênio. Foram utilizados 24 caprinos machos, não-castrados, mestiços Boer, com peso médio de 23,91 Kg, e aproximadamente, cinco meses de idade os quais foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e seis repetições. O período experimental teve duração de 23 dias, divididos em 15 dias de adaptação e 8 dias de coleta de dados. As dietas foram formuladas com base no NRC para ganho médio diário de 150g. A relação volumoso/concentrado foi 40:60. Como volumoso, utilizou-se o feno de Tifton-85 (Cynodon sp) moído em partícula de aproximadamente 5cm. O concentrado foi composto de farelo de milho, farelo de soja, premix mineral e resíduo de tamarindo nos níveis 0; 7,00; 14,00 e 21,00% de inclusão com base na matéria seca. O comportamento ingestivo foi avaliado no 16º dia, durante 24 horas. O ensaio de digestibilidade foi realizado do 17° a 23° dia via coleta total de fezes e urina. Os dados foram submetidos a análise de variância e regressão. O consumo de nutrientes não foi afetado pela inclusão de resíduo de tamarindo nas dietas até o nível de 21% MS. A inclusão de resíduo de tamarindo diminuiu linearmente (P=0,011) o coeficiente de digestibilidade do EE e apresentou tendência linear negativa (P=0,083) para o coeficiente de digestibilidade do CNF. A inclusão de resíduo de tamarindo aumentou o tempo em que os animais ingeriram as dietas, mas não afetou o tempo de ruminação, eficiência de ingestão, eficiência de ruminação e número de mastigações merícicas. A inclusão de resíduo de tamarindo até 21% MS não afeta o consumo.0,05) nas digestibilidades da MS e dos CNF (P<0,05). Por outro lado, não foi observado efeito sobre a digestibilidade dos demais nutrientes (P>0,05). Apesar do tempo dispendido em ingestão pelos animais ter sido influenciado de forma quadrática (P<0,05) pela adição de resíduo de maracujá, não foi observado efeito das dietas em relação aos tempos que os animais gastaram com as atividades de ruminação e ócio e duração média destas atividades(P>0,05). As eficiências de ruminação da MS e FDNcp, e o número de bolos / dia não foram afetados (P>0,05) pela inclusão do resíduo de maracujá. Por outro lado, foi verificado efeito quadrático das dietas (P<0,05) sobre as eficiências de ingestão de MS e FDNcp e, o mesmo comportamento, foi verificado nas mastigações merícicas.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the best level of inclusion of tamarind residues in the diet of goats on intake, digestibility, ingestive behavior, nitrogen balance and blood parameters. Twenty four crossbred Boer castrated goats with an average of 5 months old and initial weight of 23.91, kg were distributed in a completely randomized design. The experimental period lasted 23 days, divided into 15 days of adaptation and 8 days of data collection. The diets were formulated based on the NRC for average daily gain of 150g. The roughage / concentrate ratio was 40:60. The tifton-85 (Cynodon sp) hay as roughage source, the particle was approximately 5cm. The concentrate was composed of corn meal, soybean meal, mineral premix and tamarind residue at levels 0; 7.00; 14.00 and 21.00% inclusion based on the dry matter. Ingestive behavior was evaluated on the 16th day, for 24 hours. The digestibility assay was performed from day 17 to day 23 via total collection of feces and urine. The nutrient intake was not affected by the inclusion of tamarind residue in the diets up to the level of 21% DM. The inclusion of tamarind residue decreased linearly (P = 0.011) the coefficient of EE digestibility and linear negative trend (P = 0.083) for the NFC digestibility coefficient. The inclusion of tamarind residue increased the animals feeding time, but did not affect the time of rumination, ingestion efficiency, rumination efficiency and number of merit chews. The inclusion of tamarind residue up to 21% DM does not affect intake.

5
  • Crislaine Palmeira Barbosa de Oliveira
  • EUGENOL NO MANEJO DE PINTADO AMAZÔNICO (Pseudoplatystoma
    reticulatum X Leiarius marmoratus) E NO TRANSPORTE DE ACARÁ-
    BANDEIRA (Pterophyllum scalare)

  • Orientador : CARLOS EDUARDO COPATTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • JOSÉ FERNANDO BIBIANO DE MELO
  • RICARDO CASTELO BRANCO ALBINATI
  • Data: 26/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • O estudo objetivou avaliar o efeito de eugenol para indução e recuperação anestésica em
    juvenis de pintado amazônico e verificar sua efetividade na redução do estresse de
    manejo. Juvenis foram transferidos para aquários contendo diferentes concentrações de
    eugenol: 0 (controle), 10, 20, 30, 40, 50 e 60 µL L
    -1
    . Os peixes foram divididos em dois
    grupos: anestesiados com 50 µL L
    -1
    de eugenol e não anestesiados, e avaliados em 0, 1 e
    5 horas após o estresse de manejo através de variáveis bioquímicas e hematológicas. A
    mínima concentração efetiva para sedação e anestesia ocorreu com o uso de 20 e 50 µL
    L
    -1
    de eugenol, respectivamente. Ocorreu 25 e 50 % de mortalidade nos tempos 0 e 1 h
    após o manejo no grupo controle. Os níveis plasmáticos de cortisol foram maiores em
    peixes no grupo controle do que os anestesiados no tempo 0 h após o estresse (P < 0,05).
    Os níveis plasmáticos de AST e albumina foram maiores nos peixes no grupo controle
    quando comparados aos peixes anestesiados nos tempos 0 e 1 h após o manejo do estresse,
    respectivamente (P <0,05). No grupo controle, os níveis plasmáticos de cortisol, glicose,
    proteína total e albumina foram significativamente menores no tempo 5 h após o manejo
    do estresse (P <0,05). Os valores de trombócitos e neutrófilos foram menores no grupo
    de peixes controle quando comparados aos peixes anestesiados nos tempos 1 e 5 h após
    o manejo do estresse, respectivamente (P <0,05). O uso de 50 μL L
    de eugenol é
    indicado como anestésico para o pintado da Amazônico e reduz o estresse pósmanipulação,

    reduzindo a mortalidade, melhorando as respostas bioquímicas e
    promovendo o aumento da defesa do sistema imunológico.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate the effectiveness of eugenol for induction and anaesthesia
    recovery in Amazon catfish juveniles and to verify its effects in reducing handling stress.
    Juveniles were transferred to aquariums containing different concentrations of eugenol:
    0 (control), 10, 20, 30, 40, 50 and 60 µL L
    -1
    . The fish were divided into two groups:
    anaesthetized with 50 μL L
    -1
    eugenol and non-anaesthetized, and they were evaluated at
    0, 1 and 5 hours after handling stress through biochemical and haematological variables.
    The minimum effective concentration for sedation and anaesthesia occurred with the use
    of 20 and 50 μL L
    -1
    of eugenol, respectively. In the control fish, 25 and 50% mortality
    occurred at 0 and 1 h after handling stress. Plasma cortisol levels were higher in control
    fish than anaesthetized fish at 0 h after handling stress (P < 0.05). Plasma AST and
    albumin levels were higher in control fish when compared to anaesthetized fish at 0 and
    1 h after handling stress, respectively (P < 0.05). In control fish, plasma cortisol, glucose,
    total protein and albumin levels were significantly lower at 5 h after handling stress (P
    <0.05). Thrombocyte and neutrophils values were lower in control fish when compared
    to anaesthetized fish at 1 and 5 h after handling stress, respectively (P < 0.05). The use of
    50 μL L
    -1
    eugenol is indicated as an anaesthetic for Amazon catfish and reduces posthandling
    stress
    by
    reducing
    mortality,
    improving

    biochemical responses and promoting
    increased immune defence system.

6
  • Tamara Costa Damasceno
  • FARELO DE PALMA FORRAGEIRA (Nopalea cochenilifera), VARIEDADE MIÚDA, EM DIETAS PARA TILÁPIA DO NILO. 

  • Orientador : LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • CARLOS EDUARDO COPATTI
  • RICARDO CASTELO BRANCO ALBINATI
  • Data: 22/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • A inclusão de alimentos alternativos, como o farelo de palma forrageira (FPF), pode viabilizar o uso de ingredientes regionais, que estão à disposição dos produtores durante todo o ano e têm grande potencial de produção no semiárido brasileiro. A tilápia possui rápido crescimento, com desempenho adequado a diversos sistemas de produção e hábito alimentar onívoro que facilita a aceitação de diferentes tipos de dietas. O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos metabólicos e de crescimento da tilápia do Nilo com a inclusão do FPF em dietas extrusadas. Foi utilizado sistema fechado de recirculação de  água com 24 tanques de 310 L e 10 peixes por tanque durante 60 dias. Os animais foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, com uma dieta controle e cinco dietas experimentais (4, 8, 12, 16 e 20% de inclusão do FPF) com quatro repetições. Foram avaliadas variáveis de desempenho, variáveis sanguíneas, composição da carcaça e a atividade da amilase intestinal. Para a análise estatística os dados foram submetidos a análise de variância e regressão polinomial com significância de 5% (P<0,05). Não houve efeito dos tratamentos para as variáveis de desempenho rendimento de carcaça e taxa de retenção energética e para as variáveis sanguíneas glicose, colesterol, triglicérides, VLDL e VLDL+HDL. Para composição de carcaça houve efeito quadrático para deposição da matéria mineral e redução na deposição de energia bruta. A concentração de HDL sérico aumentou e a de LDL reduziu e para as variáveis de desempenho peso final, ganho de peso, biomassa final e ganho em biomassa houve uma estabilidade até 8% da inclusão, posterior uma redução linear dos ganhos com o aumento da inclusão do FPF. De acordo com as variáveis avaliadas, o farelo de palma pode ser incluído em dietas para tilápia até o nível de 8% sem efeitos negativos no seu desempenho e metabolismo. 


  • Mostrar Abstract
  • The tilapia has a fast growth, an adequate performance in diverse production systems and omnivorous alimentary habit that facilitates the acceptance of different types of rations. The inclusion of alternative foods, such as palm meal (FP), may be a way to make feasible the use of regional ingredients that are available to growers throughout the year, with great potential in the Brazilian semi-arid region. The objective of the study was to evaluate the best level of inclusion of forage FP in diets extruded for Nile tilapia. The experiment was carried out at the Federal University of Recôncavo da Bahia (UFRB - Cruz das Almas), at the Fish Nutrition and Behavior Laboratory of Fish, with a duration of 60 experimental days. A closed water recirculation system was used with 24 310 L tanks and 10 fish per tank. The animals were distributed in a completely randomized design with a control diet and five experimental diets with four replicates. Physical and chemical variables of water, temperature, pH, ammonia and OD were monitored throughout the experimental period. Experimental diets were the treatments, where the tested levels of PF inclusion were: 4, 8, 12, 16 and 20%. Performance parameters, blood parameters, carcass composition parameters and intestinal amylase activity were evaluated. For the statistical analysis the data were submitted to analysis of variance, polynomial regression and a linear response plateau analysis was performed through the Linear Response Plateau system, with significance of 5% (P <0.05). Significant differences (P <0.05) were observed for total food intake, PF, GP, BF, GB, CA, MM, and EB of the carcasses and for the LDL and HDL blood parameters. According to the parameters evaluated, the PF can be included in diets for tilapia up to the level of 8% without impairment in their performance. 

7
  • RODRIGO NEIVA SANTOS
  • FIBRA EM DETERGENTE NEUTRO EM DIETAS PARA OVINOS

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • LUÍS GABRIEL ALVES CIRNE
  • Data: 21/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • bjetivou-se avaliar o efeito dos níveis de fibra em detergente neutro (FDN) sobre o consumo e digestibilidade de nutrientes, comportamento ingestivo, consumo, pH ruminal e produção de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) em ovinos fistulados.
    Foram utilizados 4 ovinos Santa Inês machos, não castrados, fistulados no rúmen, com peso vivo médio de aproximadamente 40kg. Os animais foram distribuídos em delineamento experimental quadrado latino incompleto (DQL) 5 x 5 (5 tratamentos e 5 períodos), em que os tratamentos experimentais consistiram em cinco dietas contendo níveis de fibra em detergente neutro (FDN) na dieta (28%; 40%; 52%; 64% e 76%). Os animais foram confinados por 105 dias, sendo os 15 primeiros dias de cada período experimental adaptação às dietas, e 6 dias de coleta de dados, onde foram realizadas coletas total de sobras para avaliação do consumo, coleta total de fezes para avaliação da digestibilidade aparente , avaliação do comportamento ingestivo e coleta de amostras de líquido ruminal para determinação do pH, concentrações de nitrogênio amoniacal e ácidos graxos de cadeia curta. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância com a utilização do software Statistical Analysis System - SAS (versão 9.2). Os consumos de todos os componentes nutricionais avaliados tiveram efeito quadrático com ponto máximo entre os níveis de inclusão 40% e 52%, sendo o consumo de FDN o único a diferir tendo ponto máximo ao nível de 70,5%. As digestibilidades dos componentes nutricionais reduziram linearmente de acordo com a elevação de FDN na dieta, ao passo que a fibra, assim como a produção de AGVs, foi mais digestível no nível de inclusão próximos de 52%. O pH ruminal apresentou maiores quedas em dietas com menores teores de FDN, porém afetando negativamente o consumo e digestibilidade apenas em dietas com inclusão de FDN abaixo de 40%. O teor de fibra em detergente neutro entre 40 e 64% na dieta de ovinos confinados otimizou o consumo dos componentes nutricionais, permitindo seu maior aproveitamento e maior eficiência energética, sem causar efeitos negativos à sua saúde metabólico-ruminal.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effect of neutral detergent fiber (NDF) on nutrient intake and digestibility, ingestive behavior, consumption, ruminal pH and production of short chain fatty acids (SCFA) in fistulated sheep. Four male Santa Inês sheep, uncastrated, rumen fistulated, with a mean live weight of approximately 40 kg were used. The experimental treatments consisted of five diets containing neutral detergent fiber (NDF) levels in the diet (28%; 40%); %, 52%, 64% and 76%). The animals were confined for 105 days, with the first 15 days of each experimental period adapting to the diets, and 6 days of data collection, where total leftover samples were collected for consumption evaluation, total collection of feces for evaluation of apparent digestibility , evaluation of ingestive behavior and collection of ruminal liquid samples for determination of pH, concentrations of ammoniacal nitrogen and short chain fatty acids.
    The data obtained were submitted to analysis of variance using the software Statistical Analysis System - SAS (version 9.2). The intakes of all nutritional components evaluated had a quadratic effect with a maximum point between inclusion levels of 40% and 52%, with NDF consumption being the only one to be deferred, having a maximum point at 70.5%. The digestibilities of the nutritional components reduced linearly according to the increase of NDF in the diet, whereas the fiber, as well as the production of AGVs, was more digestible in the level of inclusion close to 52%. Ruminal pH presented higher decreases in diets with lower NDF contents, but negatively affecting intake and digestibility only in diets with NDF inclusion below 40%. The neutral detergent fiber content between 40 and 64% in the confined sheep diet optimized the consumption of the nutritional components, allowing its greater utilization and greater energy efficiency, without causing negative effects on its metabolic-ruminal health.

Teses
1
  • TAMIRES DA SILVA MAGALHAES
  • CAROÇO DE ALGODÃO INTEGRAL OU MOÍDO E QUITOSANA
    EM DIETAS PARA CORDEIROS

  • Orientador : EDSON MAURO SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS EMANUEL EIRAS
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • LAUDI CUNHA LEITE
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • Data: 19/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o efeito do caroço de algodão (inteiro ou moído) associado ou não à
    quitosana em dietas para cordeiros sobre o consumo e digestibilidade da matéria seca e
    dos componentes nutricionais, ganho de peso, balanço de nitrogênio, síntese microbiana,
    características da carcaça, qualidade da carne, histopatologia do rúmen e parênquima
    hepático e renal. Oitenta ovinos, da raça Santa Inês não castrados, com peso médio de
    22,6 ± 2,2 kg, com 04 a 05 meses de idade foram distribuídos em um delineamento
    inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2 x 2, com o uso do caroço de algodão inteiro
    ou moído e quitosana (0 ou 136 mg/kg de peso vivo).. A digestibilidade da matéria seca
    e da matéria orgânica foi significativa para o processamento do caroço de algodão. Não
    foram observadas diferenças (P>0,05) para o balanço de nitrogênio entre o uso do caroço
    de algodão e quitosana para o nitrogênio ingerido, em fezes e urina. Contudo, houve
    interação (P>0,05) entre o efeito do processamento e o uso da quitosana para a síntese de
    proteína microbiana. Não houve diferença (P>0,05) para o ganho médio diário, conversão
    alimentar (CA) e eficiência alimentar (EA). O comportamento ingestivo não foi
    influenciado pelas dietas, o que indica que o caroço de algodão pode ser utilizado tanto
    moído quanto inteiro, sem a necessidade de quitosana. As características da carcaça e a
    composição físico-química carne, bem como o rendimento dos cortes comerciais de
    cordeiros não são afetados pela forma de fornecimento do caroço de algodão e quitosana,
    na dieta. A associação do caroço de algodão com a quitosana aumenta os teores de ácidos
    graxos essenciais rumênico (18:2 c9 t11) e eicosapentenóico (20:5) da carne de cordeiros.
    De acordo com o perfil metabólico sanguíneo, dietas com caroço de algodão em
    associação à quitosana não promoveram danos à saúde do animal e nenhum tipo de
    doença metabólica. Com isso, conclui-se que não há a necessidade de moer o caroço de
    algodão para uso em dietas para cordeiros, no entanto, a adição de quitosana aumenta o
    nível de ácidos graxos essenciais (rumênico - 18:2 c9 t11- e eicosapentenóico - 20:5-) na
    carne de cordeiros e diminui os processos inflamatórios no fígado, rim e rúmen.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effect of chitosan (whole or ground) on
    diet and dry matter digestibility and nutrient components, weight gain, nitrogen balance,
    microbial synthesis, carcass, meat quality, histopathology of the rumen and hepatic and
    renal parenchyma. Eighty Santa Inês lambs, with an average weight of 22.6 ± 2.2 kg, with
    04 to 05 months old were distributed in a completely randomized design, in a 2 x 2
    factorial arrangement, with the use of the core of whole or ground cotton and chitosan (0
    or 136 mg / kg body weight). The digestibility of dry matter and organic matter was
    significant for the processing of cottonseed. No differences (P> 0.05) were observed for
    the nitrogen balance between the use of cotton seed and chitosan for ingested nitrogen in
    feces and urine. However, there was interaction (P> 0.05) between the effect of the
    processing and the use of chitosan for the synthesis of microbial protein. There was no
    difference (P> 0.05) for the average daily gain, feed conversion (CA) and feed efficiency
    (EA). The ingestive behavior was not influenced by the diets, indicating that the cotton
    seed can be used both whole and milled without the need for chitosan. The characteristics
    of the carcass and the physical-chemical composition of the meat, as well as the yield of
    the commercial cuts of lambs are not affected by the way of supplying the cotton and
    chitosan stone in the diet. The association of cotton seed with chitosan increases the levels
    of ruminal (18: 2 c9 t11) and eicosapentenoic (20: 5) fatty acids of lamb meat. According
    to the blood metabolic profile, chitosan-associated cotton seed diets did not promote
    damage to the animal's health and no type of metabolic disease. Therefore, it is concluded
    that there is no need to grind the cotton seed for use in lamb diets, however, the addition
    of chitosan increases the level of essential fatty acids (ruminal - 18: 2 c9 t11- and
    eicosapentenoic - 20: 5-) in the flesh of lambs and decreases inflammatory processes in
    the liver, kidney and rumen.

2
  • ISIS MIRANDA CARVALHO NICORY
  • CONTAMINAÇÃO POR MICOTOXINAS EM SISTEMAS DE 
    PRODUÇÃO LEITEIROS NA REGIÃO SEMIÁRIDA DA BAHIA E  
    AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO LEITE E QUEIJO EM 
    DIFERENTES GENÓTIPOS DE CABRA

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • MARIA LEONOR GARCIA MELO LOPES DE ARAUJO
  • MARION PEREIRA DA COSTA
  • BRUNA MARA APARECIDA DE CARVALHO
  • LAUDI CUNHA LEITE
  • Data: 15/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • O estudo foi realizado com o objetivo de caracterizar e tipificar os Sistemas de Produção
    Leiteiros (SPL) e a ocorrência de contaminação por micotoxinas e aflatoxina M1 (AFM1)
    na região do Sisal da Bahia, identificando seus principais motivos e ocorrência regional.
    Na primeira etapa foram estudados 111 SPL. Os produtores foram submetidos a uma
    entrevista semiestruturada e questionário guia aprovado, relativo a variáveis quantitativas
    e qualitativas. Foi utilizada a Análise Fatorial Múltipla (AFM) seguida de Tipologia dos
    SPL. Foram realizadas análises qualitativas para AFM1 em todos os SPL. A segunda
    etapa teve início após triagem, na qual 23 SPL foram acompanhados durante um ano e
    colhidas amostras de alimentos e leite de cabra para detecção de micotoxinas e AFM1 no
    inverno e na primavera. Foi determinada a probabilidade de contaminação por
    micotoxinas e AFM1 e as correlações entre a contaminação delas dentro de cada Tipo.
    Foram colhidas amostras de leite para avaliação físico-química dos componentes em
    função dos Tipos de SPL utilizando AFM. Utilizou-se o Software R 2.15.0 e pacote Factor
    Miner em todas as análises. As dimensões 1 e 2 foram caracterizadas pelas variáveis
    sociais e manejo sanitário, respectivamente. A partir da tipologia foram obtidos três Tipos
    de SPL. Foram detectadas seis amostras positivas para micotoxinas (AF B1, B2, G2 e
    Zearalenona) em 8,22% (06/73) amostras de alimentos colhidos nos SPL selecionados.
    Houveram dois resultados positivos no inverno e quatro na primavera. Houveram três
    amostras positivas para AFM1 (0,01 a 0,04 µg/kg) e em nenhuma das amostras os níveis
    de concentração excederam os limites máximos do Brasil (0,5 µg/kg) e da União Europeia
    (0,05 µg/kg). Todos os casos positivos de contaminação ocorreram no Tipo 3. O Tipo 3
    apresentou 25% (p< 0,01) de probabilidade estimada para contaminação por micotoxinas
    e 29% (p< 0,01) para AFM1 e os Tipos 1 e 2 apresentaram 0% (p> 0,01). A associação
    bidirecional via correlação demonstrou que a micotoxina teve correlação de 85% com a
    AFM1 no teste de Kendall e de 88% no teste de Spermean. As comparações das
    probabilidades de contaminação por micotoxinas e AFM1 entre os Tipos demonstraram
    que o Tipo 3 foi diferente (p<0,05) dos Tipos 1 e 2, e os Tipos 1 e 2 não foram diferentes
    (p>0,05) entre si. As variáveis de qualidade do leite não diferiram (p>0,05) entre os Tipos.
    Características climáticas, de gestão (anotações zootécnicas, decisão e centralização), de
    manejo sanitário e alimentar, e o número de atividades desenvolvidas no SPL diferenciam
    muito os produtores quanto a contaminação. Houve contaminação para micotoxinas e
    AFM1 nos SPL mais especializados em produção de leite (Tipo 3), porém não
    apresentaram risco aos consumidores da região estudada em 2016.


  • Mostrar Abstract
  • ABSTRACT: The objective of this study was to characterize and typify Milk Production
    Systems (MPS) and the occurrence of contamination by mycotoxins and aflatoxin M1
    (AFM1) in the Sisal Region of Bahia, identifying their main reasons, regional occurrence,
    and prevalence. In the first stage, 111 MPS were studied. The producers were submitted
    to a semi-structured interview and approved guide questionnaire following the
    methodologies described by Foody (2003) and Ramos (2008), regarding quantitative and
    qualitative variables. It was used a Multiple Factorial Analysis (MFA) followed by MPS
    Typology. Qualitative analyzes were performed for AFM1 in all MPS. The second stage
    started after the screening, in which 23 MPS were followed for one year and food and
    milk samples were collected for mycotoxins and AFM1 detection in the winter and spring.
    The probability of contamination by mycotoxins and AFM1 and the correlations between
    the contamination of them within each Type were determined. Milk samples were
    collected for physicochemical analysis of the components according to MPS Types using
    AFM. Software R 2.15.0 and Factor Miner package were used in all analyzes. Dimensions
    1 and 2 were characterized by social variables and sanitary management, respectively.
    From the typology, three types of MPS were obtained. Six positive samples for
    mycotoxins (AF B1, B2, G2 and Zearalenone) were detected in 8.22% (06/73) samples
    of foods collected from the selected MPSs. There were two positive results in the winter
    and four in the spring seasons. There were three positive samples for AFM1 (0.01 to 0.04
    μg / kg) and, in none of the samples, did the concentration levels exceed the maximum
    Brazilian limits (0.5 μg / kg) (BRASIL, 2011) and the European Union (EU) (0.05 μg /
    kg). All positive cases of contamination occurred in Type 3. Type 3 presented 25%
    (P<0.01) of probability estimated for mycotoxin contamination and 29% (P<0.01) for
    AFM1 and, Types 1 and 2, presented 0% (P>0.01). Bidirectional association via
    correlation showed that mycotoxin had a correlation of 85% with AFM1 in the Kendall
    and 88% in the Spermean tests. Comparisons of probabilities of contamination by
    mycotoxins and AFM1 among Types showed that Type 3 was different (P<0.05) from
    Types 1 and 2, and Types 1 and 2 were not different (P>0.05) between them. The milk
    quality variables did not differ (P>0.05) between the types. Climatic characteristics,
    management (zootechnical notes, decision, and centralization), of sanitary and food
    management, and the number of activities developed in the MPS greatly differentiate
    producers from contamination. There was contamination for mycotoxins and AFM1 in
    more specialized MPS in milk production (Type 3); however, did not present risk to the
    consumers of the studied region in 2016.

3
  • NELSON DE CARVALHO DELFINO
  • EFEITO DO ESCORE DA CONDIÇÃO CORPORAL AO PARTO E ESTÁDIO DE MATURIDADE SOBRE O STATUS METABÓLICO E COMPOSIÇÃO DO LEITE DE BÚFALAS MURRAH

  • Orientador : JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • ARACELE VIEIRA SANTOS
  • CARLINDO SANTOS RODRIGUES
  • LAUDI CUNHA LEITE
  • Data: 27/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este estudo avaliar a influência do escore da condição corporal ao parto (ECCP) e estádio de maturidade sobre o status metabólico de búfalas Murrah no período de transição. No experimento 1 foram usadas trinta e sete búfalas gestantes (multíparas) monitoradas durante o período de transição com base no escore da condição corporal (ECC) e na data prevista de parto. Foram formados dois grupos de búfalas: 1) búfalas com ECCP> 3,5 (n = 17); esses animais foram classificados como o grupo de alto escore de condição corporal ao parto (AECCP), e; 2) búfalas com ECCP ≤ 3,5, (n = 20) esse grupo foi classificado e nomeado como o grupo com baixa condição corporal ao parto (BECCP). No experimento 2 foram avaliadas trinta búfalas gestantes selecionadas e monitoradas durante o período de transição, com base no número de partos e na data estimada de parto. Dois grupos foram formados: 1) búfalas primíparas (n = 15) e; 2) búfalas multíparas (n = 15). Os animais foram monitorados durante os últimos 30 dias de gestação e os primeiros 70 dias pós-parto e mantidos no mesmo
    ambiente e nas condições de alimentação e manejo. Os valores médios para o ECCP foram de 2,98 ± 0,9 (média ± DP) e 4,21 ± 0,9 (média ± DP) para os grupos BECCP e AECCP, respectivamente. O grupo AECCP apresentou maior teor (p = 0,007) e produção de gordura no leite (p = 0,027) e maior concentração de nitrogênio ureico do
    leite (p < 0,001) do que o grupo BECCP. O grupo BECCP apresentou maior valor de pH da urina (p = 0,033) do que o grupo AECCP no período pré-parto (7,76 para o grupo AEECP versus 7,87 para o grupo BECCP). O grupo AECCP mostrou maior concentração de eritrócitos (p < 0,001) e hematócrito (p = 0,012) durante o período pósparto e maior concentração de hemoglobina (p=0,004) durante o período pré-parto.
    As búfalas multíparas apresentaram maiores teores de gordura (P = 0,019), proteína (P =0,045), lactose (P < 0,001), sólidos totais (P = 0,047), sólidos totais desengordurados (P = 0,003) e maiores concentraçôes de nitrogênio ureico no leite (P < 0,001) e caseína (P < 0,001) do que as búfalas primíparas. As bufalas primiparas por sua vez apresentaram maior valor de pH na urina (P < 0,001) do que as búfalas multíparas no período de préparto. Os animais primíparos apresentaram maior concentração de leucócitos (P < 0,001) e linfócitos (P < 0,001) pós-parto e maior concentração de hematócrito (P = 0,004) pré-parto.. Houve correlação positiva entre o escore condição corporal (ECC) na segunda semana de lactação e os teores de proteína bruta no leite (S2 = 0,400 P= 0,038), e estrato seco total (S2 = 0,448; P= 0,019). As búfalas primíparas durante o período de transição exibem inter-relações negativas entre as características metabólicas e as variações do desempenho produtivo no estresse oxidativo relacionado ao seu estado metabólico.


  • Mostrar Abstract
  • The purpose of this study was to evaluate the influence of body condition score (BCS)
    at calving and maturity stage on the metabolic status of female Murrah buffaloes in the
    transition period. In the experiment 1 were used thirty-seven pregnant buffaloes
    (multiparous) were selected and monitored during the transition period based on their
    body condition score and on the estimated calving date. Two groups were formed: 1)
    buffaloes with a BCS > 3.5 (n = 17); this group was classified and named ‘high BCS at
    calving’ (HBCS); and 2) buffaloes with a BCS ≤ 3.5 (n = 20); this group was classified
    and named ‘low BCS at calving’ (LBCS). All animals were monitored during the last 30
    days of pregnancy and the first 70 days post-calving and kept in the same environment
    and under the same feeding and management conditions. Mean values for BCS at
    calving were 2.98 ± 0.9 (mean ± SD) and 4.21 ± 0.9 (mean ± SD) for the HBCS and
    LBCS groups, respectively. In the experiment 12 were thirty pregnant buffaloes were
    selected and monitored during the transition period based on their calving number and
    on the estimated calving date. Two groups were formed: 1) Primiparous buffaloes (n=
    15) and; 2) Multiparous buffaloes (n= 15). The HBCS group showed higher milk fat
    content (p = 0.007) and milk fat yield (p = 0.027) and a higher concentration of milk
    urea nitrogen (p = 0.001) than LBCS buffaloes, which in turn had a lower urine pH
    value (p = 0.033) than HBCS buffaloes in the pre-calving period (7.86 for HBCS vs.
    7.76 for LBCS). The HBCS animals had a higher concentration of erythrocytes (p =
    0.001) and hematocrit (p = 0.012) post-calving and a higher hemoglobin concentration
    (p = 0.004) pre-calving. The multiparous buffaloes showed higher milk contents of fat
    (P= 0.019), protein (P= 0.045), lactose (P< 0.001), TDE

    (P = 0.047), NFDE (P= 0.003)
    and a higher concentration of milk urea nitrogen (P= 0.001) and casein (P= 0.001), than
    primiparous buffaloes, which in turn had a higher urine pH value (P< 0.001) than
    multiparous buffaloes in the pre-calving period. The primiparous animals had a higher
    concentration of leukocyte (P= 0.001) and lymphocytes (P< 0.001) post-calving and a
    higher hematocrit concentration (P= 0.004) pre-calving. Buffaloes during the transition
    period exhibited some variations in the oxidative stress related to their metabolic status.
    After calving, buffaloes with a high BCS at calving and greater lipid mobilization have
    a more marked alteration in oxidative status, but improved production performance.
    There was a positive correlation between the body condition score (ECC) in the second
    week of lactation and the crude protein levels in the milk (S2 = 0.400 P = 0.038), and
    total dry stratum (S2 = 0.448, P = 0.019). Primiparous buffaloes during the transition
    period exhibited negative inter-relationships between metabolic traits and productive
    performance variations in the oxidative stress related to their metabolic status.

4
  • BRUNA YASNAIA DE SOUZA OLIVEIRA
  • Torta de dendê na suplementação de cordeiros a pasto

  • Orientador : ADRIANA REGINA BAGALDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA REGINA BAGALDO
  • ANA PATRÍCIA DAVID DE OLIVEIRA
  • DANIELE REBOLÇAS SANTANA LOURES
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • Data: 23/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Investigou-se o efeito da inclusão da torta de dendê na suplementação de
    cordeiros mantidos em pasto de capim Massai (Panicum maximum cv. Massai) sobre o
    consumo e coeficiente de digestibilidade aparente dos nutrientes, comportamento
    ingestivo em pastejo, balanço de nitrogênio (N), produção de proteína microbiana
    (PMIC), metabólitos plasmáticos e desempenho produtivo em 90 dias. Utilizou-se 40
    ovinos machos (idade = 150 + 15 dias, peso corporal inicial = 22,7 + 2,6 kg), não
    castrados, raça Santa Inês, distribuídos em delineamento experimental inteiramente
    casualizado, com 4 tratamentos que consistiram em níveis de inclusão de torta de dendê
    (0%, 15%, 30% e 45%) na ração concentrada. O suplemento padrão foi composto por
    milho moído, farelo de soja, ureia e mistura mineral. A inclusão da torta de dendê reduziu
    o consumo de matéria seca (P <0,05) e não alterou o coeficiente de digestibilidade da
    matéria seca (P> 0,05), no entanto o consumo de carboidratos não fibrosos e o tempo de
    ruminação durante o pastejo foram reduzidos com o nível de inclusão da torta de dendê
    (P <0,01). O coeficiente de digestibilidade da proteína bruta aumentou (P <0,05), a
    excreção de N nas fezes foi reduzida (P <0,01) e a PMIC não foi alterada (P> 0,10). A
    inclusão da torta não alterou a concentração da maioria dos metabólitos plasmáticos e das
    atividades enzimáticas hepáticas (P> 0,10). O peso corporal final, o ganho de peso total
    e o ganho de peso médio diário apresentaram comportamento quadrático com pesos
    mínimos de 30,99kg, 8,79kg e 93,41 g/dia (P <0,05). A inclusão de até 45% de torta de
    dendê no suplemento concentrado para cordeiros recriados a pasto reduziu o consumo de
    matéria seca e o desempenho de crescimento dos animais, melhorou a conversão
    alimentar e não afetou a digestibilidade dos nutrientes.


  • Mostrar Abstract
  • It was investigated the effect of the inclusion of palm kernel cake on the
    supplementation of lambs maintained in Massai grass (Panicum maximum cv. Massai) on
    the consumption and coefficient of apparent digestibility of nutrients, ingestive behavior
    on grazing, nitrogen balance (N), microbial protein production (PMIC), plasma
    metabolites and productive performance in 90 days. A total of 40 male sheep (age = 150
    + 15 days, initial body weight = 22.7 + 2.6 kg) were used, in a completely randomized
    experimental design, with 4 treatments, which consisted of inclusion of palm kernel cake
    (0%, 15%, 30% and 45%) in the concentrated feed. The standard supplement was ground
    corn, soybean meal, urea and mineral mix. The inclusion of palm kernel cake reduced the
    dry matter intake (P <0.05) and did not change the dry matter digestibility coefficient (P>
    0.05), however the consumption of non-fibrous carbohydrates and rumination time during
    grazing were reduced with the inclusion level of the palm dough (P <0.01). The
    digestibility coefficient of the crude protein increased (P <0.05), the excretion of N in the
    faeces was reduced (P <0.01) and the PMIC was not altered (P> 0.10). The inclusion of
    the pie did not alter the concentration of most of the plasma metabolites and of the hepatic
    enzymatic activities (P> 0.10). The final body weight, total weight gain and average daily
    weight gain presented a quadratic behavior with minimum weights of 30.99 kg, 8.79 kg
    and 93.41 g / day (P <0.05). The inclusion of up to 45% palm tar in the concentrate
    supplement for reared lambs reduced the dry matter intake and growth performance of
    the animals, improved feed conversion and did not affect nutrient digestibility.

5
  • EDGAR FRAGA SANTOS FARIA
  • INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS NA PRODUÇÃO DE SILAGEM PARA O SEMIÁRIDO BRASILEIRO

  • Orientador : GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAMILA MAIDA DE ALBUQUERQUE MARANHÃO
  • CLAUDIO DE OLIVEIRA ROMAO
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • STEFANIE ALVARENGA SANTOS
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este ensaio avaliar os efeitos da adição de dois níveis de farelo de
    soja, associados ou não a aditivos químimos (ureia e quitosana) sobre o perfil
    fermentativo, composição bromatológica e perdas fermentativas em silagens de palma
    forrageira (Opuntia fícus indica).Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado
    com três repetições, em esquema fatorial 3×3×5, correspondendo a níveis de farelo de
    soja (FS: 0, 15 e 30% base da matéria natural; aditivos químicos:AS-sem aditivo
    químico, U- com ureia, QUI- com quitosana), e aos 5 períodos de fermentação (3, 10,
    45, 90 e 180 dias). Todo o material foi ensilado em baldes plásticos com válvulas de
    busem.A adição de farelo de soja no nível de 30% da matéria natural influencia
    positivamente o padrão fermentativo, da silagem de palma forrageira armazenada por
    180 dias, e a composição química, além de redizir as perdas fermentativas.A quitosana
    associada ao farelo de soja reduz as perdas fermentativas da silagem de palma forrageira
    armazenada por 180 dias.A adição de ureia, no nível de 2% da matéria seca,influencia
    negativamente o padrão fermentativo, independente da associação ao farelo de soja.
    Entretanto quando associada ao farelo de soja, no nível de adição de 15% da matéria
    natural, promove redução nas perdas fermentativas das silagens de palma armazenadas
    por 180 dias.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the effects of adding two levels of soybean
    meal, associated or not to chemical additives (urea and chitosan) on the fermentation
    profile, bromatological composition and fermentative losses in forage palm silage
    (Opuntia fícus indica). It was used a completely randomized design with three
    replicates, in factorial scheme 3 × 3 × 5, corresponding to levels of soybean meal (FS: 0,
    15 and 30% of natural matter, chemical additives: AS- U- with urea, QUI- with
    chitosan), and the 5 fermentation periods (3, 10, 45, 90 and 180 days). All material was
    ensiled in plastic buckets with busem valves. The addition of soybean meal to the level
    of 30% of the natural matter positively influences the fermentative pattern, forage palm
    silage stored for 180 days, and the chemical composition, in addition to reducing
    fermentative losses. The chitosan associated with soybean meal reduces fermentative
    losses of forage palm silage stored for 180 days. The addition of urea, in the level of 2%
    of the dry matter, negatively influences the fermentative pattern, independent of the
    association with soybean meal. However, when associated with soybean meal, at the
    addition level of 15% of natural matter, it promotes a reduction in the fermentative
    losses of palm silages stored for 180 days.

6
  • CHARLLE ANDRERSON LIMA DE ALMEIDA
  • AVALIAÇÃO DE FONTES LIPÍDICAS SOBRE OS ASPECTOS 
    COMPORTAMENTAIS E NUTRICIONAIS EM DUAS ESPÉCIES DE PEIXES
    TROPICAIS TILÁPIA (Oreochromis niloticus) E TAMBAQUI (Colossoma
    macropomum)

  • Orientador : RODRIGO FORTES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RODRIGO FORTES DA SILVA
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • RICARDO CASTELO BRANCO ALBINATI
  • EDENILCE DE FÁTIMA FERREIRA MARTINS
  • DENISE SOLEDADE PEREIRA COSTA
  • Data: 04/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • O comportamento de alimentar de peixes tropicais e a ingestão de alimentos são regulados
    por uma série de fatores ambientais (por exemplo, estresse na aquicultura intensiva; tipo
    ou sazonalidade dos alimentos) e também por complexos mecanismos homeostáticos que
    envolvem necessidades nutricionais. Quando o acesso aos alimentos não é restrito, por
    ex. condições laboratoriais controladas, o crescimento e o comportamento dos peixes
    permanecem relativamente inalterados. Além disso, os peixes precisam de ácidos graxos
    na dieta e, embora alguns sejam notavelmente benéficos, como os óleos ômega-3 de
    cadeia longa, outras gorduras podem estar associadas a problemas de saúde,
    principalmente sob condições adversas. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho
    e a composição corporal de juvenis de tambaqui alimentados com diferentes fontes de
    óleo (peixe, linhaça e milho) (Experimento 1) e a influência de sinais pós-absortivos ou
    propriedades orossensoriais da fonte de óleo dietético na dieta (Experimento 2). Para o
    Experimento 1, juvenis de tambaqui (42,79 ± 0,92 g) foram colocados em dezoito tanques
    de 100 L (10 peixes por tanque). Três dietas (tratamentos) foram formuladas com três
    fontes de óleo (milho, linhaça e óleo de peixe). Três grupos de peixes foram alimentados
    separadamente com dietas duas vezes por dia durante 7 semanas. O experimento 2 avaliou
    a capacidade do tambaqui de selecionar fontes de óleo sem entrar em contato com as
    propriedades sensoriais da dieta. As mesmas dietas do Experimento 1 foram utilizadas,
    mas as dietas foram encapsuladas para isolar as propriedades sensoriais. Quarenta e oito
    peixes (41,26 ± 1,00 g, média ± DP) foram distribuídos em seis tanques de 250 L (oito
    peixes por tanque). No experimento 1, não encontramos efeitos da dieta sobre os
    parâmetros de crescimento, como peso corporal final, ganho de peso, consumo de ração,
    razão de eficiência alimentar, taxa de crescimento específica e eficiência proteica (p ≥
    0,05). No entanto, a proteína bruta corporal foi maior nos peixes alimentados com a dieta
    com óleo de milho (p ≤ 0,05), mas esse valor não afetou a taxa de eficiência proteica (p
    ≥ 0,05). Não houve diferenças entre os tratamentos para umidade, lipídios e cinzas (p ≥
    0,05). A composição de ácidos graxos do músculo refletia a fonte de óleo da dieta. No
    entanto, o tambaqui alimentado com óleo vegetal apresentou altos níveis de ácidos graxos
    poliinsaturados, enquanto a dieta com óleo de linhaça resultou em maior incorporação de


    37

    ácidos graxos n-3 altamente insaturados. No Experimento 2, os primeiros peixes não
    mostraram a capacidade de selecionar uma fonte de óleo sem propriedades orossensoriais,
    mas um desafio nutricional de privação de alimentar (10 dias) permitiu que os peixes
    selecionassem entre as dietas que continham fontes de óleo de peixe (p = 0,002) usando
    sinais pós-ingestivo. Nossos achados contribuem para o entendimento dos mecanismos
    relacionados ao metabolismo lipídico e ao comportamento alimentar em espécies da
    Amazônia de água doce, que vão além dos parâmetros de crescimento.


  • Mostrar Abstract
  • Tropical fish feeding behaviour and food intake are regulated by a number of
    environmental factors (e.g.: stress in intensive aquaculture; type or seasonality of food),
    and also by complex homeostatic mechanisms that envolve nutritional requirements.
    When access to food is not restricted, e.g. controlled laboratory conditions, fish growth
    and behaviour remain relatively unaffected. Moreover, fish need dietary fatty acids and,
    while some are remarkably beneficial, such as long-chain omega-3 oils, other fats can be
    associated with poor health, mainly under adverse conditions. This study aimed to
    evaluate the performance and body composition of tambaqui juveniles fed different oil
    sources (fish, linseed, and corn) (Experiment 1) and the influence of post-absorptive
    signals or orosensorial properties of the dietary oil source on diet preference (Experiment
    2). For Experiment 1, juvenile tambaqui (42.79 ± 0.92 g) were placed into eighteen 100
    L tanks (10 fish per tank). Three diets (treatments) were formulated with three oil sources
    (corn, linseed and fish oil). Three groups of fish were fed each separate diets twice a day
    for 7 weeks. Experiment 2 assessed tambaqui’s ability to select oil sources without
    coming into contact with the sensorial properties of diet. The same diets of Experiment 1
    were used, but diets were encapsulated to isolate sensorial properties. Forty-eight fish
    (41.26 ± 1.00 g, mean ± SD) were distributed into six 250 L tanks (eight fish per tank).
    In experiment 1, we found no effects of diet on growth parameters, such as final body
    weight, weight gain, feed intake, feed efficiency ratio, specific growth ratio and protein
    efficiency (p ≥0.05). However, body crude protein was higher in the fish fed the corn oil
    diet (p ≤0.05), but this value did not affect the protein efficiency ratio (p ≥ 0.05). No
    differences among treatments were observed for moisture, lipid and ash (p ≥ 0.05). The
    fatty acid composition of muscle reflected the dietary oil source. However, the tambaqui
    fed vegetable oil displayed high levels of polyunsaturated fatty acids, while the linseed
    oil diet resulted in a greater incorporation of n-3 highly unsaturated fatty acids. In
    Experiment 2, at first fish did not show the ability to select an oil source without
    orosensorial properties, but a nutritional challenge of food deprivation (10 days) enabled
    fish to select among the diets that contained fish oil sources (p =0.002) by using postingestive

    signals. Our findings contribute to the understanding of the mechanisms that
    relate to lipid metabolism and feeding behaviour in freshwater Amazon species, which
    goes beyond growth parameters.

7
  • Emellinne Ingrid de Sousa Costa
  • TANINOS CONDENSADOS NA DIETA DE CORDEIROS

  • Orientador : RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ GUSTAVO LEÃO
  • ANNY GRAYCY VASCONCELOS DE OLIVEIRA LIMA
  • RONALDO LOPES OLIVEIRA
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • VICTOR REZENDE MOREIRA COUTO
  • Data: 06/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • O mercado consumidor está cada vez mais exigente em relação ao consumo de alimentos considerados saudáveis e por esse motivo diversos estudos têm sido realizados buscando alternativas que promovam melhorias na qualidade da carne. Este estudo foi desenvolvido com o intuído de avaliar as características produtivas de cordeiros alimentados com dietas contendo tanino condensado, bem como avaliação da qualidade da carne destes animais. Foram utilizados 40 ovinos machos SPRD não- castrados, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e oito repetições/tratamentos. Os tratamentos corresponderam a níveis de inclusão de 0, 2, 4, 6 e 8% de tanino condensado (TC) na matéria seca. O experimento teve duração de 75 dias precedidos de 10 dias de adaptação, durante todo o período experimental foram avaliados o consumo e o desempenho dos animais, foi realizado também o ensaio de digestibilidade, onde foram quantificadas e coletadas amostras de sobras e fezes de cada animal durante esse período. Ao final do período experimental foi realizada coleta de sangue dos animais para dosagem de ureia, colesterol, triglicerídeos, glicose, proteínas totais, albumina, creatinina, e as enzimas hepáticas. Ao final do experimento os animais foram abatidos, após o abate foram determinadas os pesos e rendimentos das carcaças, cortes comerciais, morfometria, qualidade da carne, características físico-químicas, composição dos ácidos graxos e os atributos sensoriais.
    Os dados encontrados foram analisados por meio do software SAS® 9.1, com contrastes polinomiais para avaliar o efeito linear e quadrático e o efeito descontínuo Linear Response Plateau – LRP dos níveis, a 5% de significância. Foi observado efeito LRP até 4% de TC para as variáveis de consumo diário, consumo em peso corporal e metabólico das frações nutricionais. A digestibilidade dos nutrientes apresentou efeito linear decrescente, exceto para carboidrato não fibroso, este aumentou. No perfil metabólico obteve-se efeito linear decrescente para as concentrações de ureia, e efeito quadrático negativo para gama-glutamiltransferase, os demais metabólitos não foram influenciados pela adição de TC na dieta. O teor de N consumido, N retido e N urinário apresentaram efeito LRP com a inclusão de TC, e os animais do tratamento 6,0 e 8,0% TC apresentaram balanço de nitrogênio negativo. Observou-se efeito LRP até 4% para
    xi
    PF, GPT e GMD. Os pesos e rendimentos de CQ e CF, AOL, EGS, tiveram efeito linear decrescente. As medidas morfométricas na carcaça tiveram efeito linear decrescente para circunferência de perna, perímetro de peito e perímetro de garupa, bem como para o ICC e o peso dos cortes comerciais. Os valores de pH tiveram efeito quadrático positivo, e os parâmetros L, a e Chroma de cor apresentaram redução linear. O teor de EE na carne demostrou efeito LRP até 4% de TC. No perfil de ácidos graxos, a inclusão de até 8% de TC na MS, promoveu efeito linear crescente para os ácidos graxos C12:0, C16:1, C18:0, C18:1, C18:2, C18:3, C20:4, C20:5 e C22:5, e efeito linear crescente para o percentual de AGPI, ácidos graxos de cadeia impar e índice de aterogenicidade, as enzimas Δ9 dessaturase16,18 apresentaram efeito linear decrescente. O atributo sensorial apresentou efeito somente para maciez, reduzindo significativamente. A inclusão de tanino condensado na dieta torna-se viável, desde que seja respeitado o nível máximo de 4% na matéria seca, níveis acima devem ser evitados, uma vez que ocasiona efeitos deletérios no consumo, na digestibilidade, e mantem os animais em balanço nitrogênio negativo. No entanto, quando se relaciona a qualidade da carne, níveis de até 4% de TC não afetaram o desempenho dos animais, como também não trouxeram vantagem e benefício no perfil de ácidos graxos na carne, que seria o principal objetivo.
    Níveis acima é prejudicial à produção animal, visto que reduz o desempenho dos animais resultando em carcaças de qualidade inferior.


  • Mostrar Abstract
  • The consumer market is increasingly demanding in relation to the consumption of foods considered healthy and for this reason several studies have been carried out searching for alternatives that promote improvements in the quality of the meat. This study was developed with the aim of evaluating the productive characteristics of lambs fed diets containing condensed tannins, as well as evaluating the meat quality of these animals. 40 non-castrated male SPRD sheep were used, distributed in a completely randomized design with five treatments and eight replications / treatments. The treatments corresponded to inclusion levels of 0, 2, 4, 6 and 8% of condensed tannin (TC) in the dry matter. The experiment had a duration of 75 days preceded by 10 days of adaptation, throughout the experimental period were evaluated the consumption and performance of the animals, was also performed the digestibility test, where were quantified and collected samples of leftovers and feces of each animal during this period. At the end of the experimental period, blood was collected from the animals for the determination of urea, cholesterol, triglycerides, glucose, total proteins, albumin, creatinine, and hepatic enzymes. At the end of the experiment the animals were slaughtered, after carcass weights, commercial cuts, morphometry, meat quality, physicochemical characteristics, fatty acid composition and sensorial attributes were determined. The data were analyzed using SAS® 9.1 software, with polynomial contrasts to evaluate the linear and quadratic effect and the Linear Response Plateau - LRP discontinuity effect of the levels, at 5% significance level. LRP effect was observed up to 4% of TC for the variables of daily consumption, body weight and metabolic consumption of nutritional fractions. The digestibility of the nutrients presented linear decreasing effect, except for non-fibrous carbohydrate, this increased.
    In the metabolic profile, there was a linear decreasing effect for urea concentrations, and a quadratic negative effect for gamma-glutamyltransferase, the other metabolites were not influenced by the addition of CT in the diet. The content of N consumed, N retained and N urinary presented LRP effect with the inclusion of CT, and the animals of the treatment 6.0 and 8.0% TC presented negative nitrogen balance. LRP effect was observed up to 4% for PF, GPT and GMD. The weights and yields of CQ and CF, AOL, EGS, had linear decreasing effect. Morphometric measures in the carcass had a linear decreasing effect for leg circumference, chest perimeter and croup perimeter, as well as for ICC and the weight of commercial cuts. The pH values had a quadratic positive
    xiii
    effect, and the L, a and Chroma color parameters presented linear reduction. The EE content in the meat showed LRP effect up to 4% CT. In the fatty acid profile, the inclusion of up to 8% of TC in MS promoted a linear effect increasing for the fatty acids C12: 0, C16: 1, C18: 0, C18: 1, C18: 2, C18: 3, C20 : 4, C20: 5 and C22: 5, and increasing linear effect for the percentage of PUFA, odd-chain fatty acids and atherogenicity index, Δ9 desaturase enzymes16,18 showed a linear decreasing effect.
    The sensorial attribute showed only effect for softness, reducing significantly. The inclusion of condensed tannin in the diet becomes feasible, provided that the maximum level of 4% in dry matter is respected, above levels should be avoided, since it causes deleterious effects on consumption, digestibility, and keeps the animals in balance nitrogen. However, when meat quality was related, levels of up to 4% TC did not affect the performance of the animals, nor did they bring advantage and benefit in the profile of fatty acids in the meat, which would be the main objective. Levels above is detrimental to animal production as it reduces the performance of the animals resulting in inferior carcasses.

8
  • LUCAS FEITOSA SILVA
  • TORTA DE LICURI ORIUNDA DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL NA ALIMENTAÇÃO DE BOVINOS EM TERMINAÇÃO

  • Orientador : ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANALIVIA MARTINS BARBOSA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • ANDRÉ GUSTAVO LEÃO
  • VICTOR REZENDE MOREIRA COUTO
  • Data: 06/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o melhor nível de inclusão da torta de licuri na dieta de tourinhos Nelore terminados em confinamento em função do consumo, comportamento ingestivo, digestibilidade, balanço de nitrogênio, produção de proteína microbiana, desempenho, caraterísticas qualitativas e quantitativas da carcaça, qualidade da carne, parâmetros sanguíneos e hepáticos dos animais. Foram utilizados 32 tourinhos Nelore, com peso médio inicial de 346 ± 32,5 kg e idade média de 16 meses, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições. Os animais permaneceram alojados por um período de 84 dias. As dietas continham 40 % de feno de Tifton 85 e 60% de mistura concentrada contendo: milho moído, farelo de soja, ureia, sal mineral e quatro níveis de inclusão de torta de licuri na matéria seca: 0, 7, 14 e 21%. A inclusão da torta de licuri reduziu linearmente (P<0,01) o consumo (g/dia) de matéria seca, proteína bruta, fibra em detergente neutro, carboidratos não fibrosos e nutrientes digestíveis totais, já para o consumo de extrato etéreo (EE), ocorreu efeito quadrático, sendo que no nível de 11,4% de inclusão da torta de licuri, observou-se maior consumo da fração EE (0,46 kg/dia). Com a inclusão da torta de licuri houve redução de 12,4% no nível de ureia plasmático e redução de 88g/d no consumo de nitrogênio (N) do tratamento com 0% de inclusão da torta, para o de 21%. Com a inclusão da torta de licuri, o balanço de N expressou comportamento quadrático positivo, onde com o 2,55 % de inclusão da torta de licuri, houve a expressão do seu valor máximo (149 g/dia). A torta de licuri reduziu linearmente o peso corporal ao abate, ganho de peso total, do ganho médio diário (82; 71,2 (kg) e 0,79 (kg/d), respectivamente). Com a inclusão da torta de licuri os pesos de carcaça quente, rendimento de carcaça quente, peso de carcaça fria, rendimentos de carcaça fria, rendimento verdadeiro e o comprimento de carcaça reduziram em 61 kg, 4,2 %, 61 kg, 4 %, 4,7 % e 4 cm2, respectivamente. Com a inclusão de 8,92 % da torta de licuri na dieta dos animais, a área de olho de lombo aumentou em 5,7 cm2 e o grau de marmoreio no músculo Longissimus lumborum em 4,11%. A inclusão da torta de licuri aumentou em 28,2% a concentração do ácido mirístico (C14:0) na carne dos animais. A inclusão de 14,6% da torta de licuri, diminui em 41,6% o teor do ácido meristoleico (C14:1). A inclusão da torta de licuri não influenciou (P>0,10) os parâmetros sensoriais da carne dos animais, no entanto os provadores demonstraram preferência pela carne dos animais que não tinham a inclusão da torta em sua dieta. A inclusão da torta de licuri aumentou em 0,69 (mg/dL) a concentração sérica de proteínas totais. Não houve influência significativa para os parâmetros histopatológico do fígado dos animais alimentados com torta de licuri. A inclusão da torta de licuri reduz o consumo e o desempenho dos animais, não altera a composição físico-química e sensorial da carne, modifica o perfil de ácidos graxos da carne aumentando o conteúdo de ácidos graxos saturados e, não altera o perfil
    2
    proteico, energético e histopatológico de tourinhos Nelore terminados em confinamento.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to evaluate effects of the inclusion of licuri cake in the diet of confined finishing Nellore young bulls, based on the effects of this substitution on the intake, ingestive behavior, digestibility, N balance, microbial protein production, performance, qualitative and quantitative carcass characteristics, meat quality, plasma enzyme concentration, physiological and hepatic parameters of these animals. Were used 32 Nellore young bulls with initial weight of 346 ± 32.5 kg and mean age of 16 months. The animals were distributed in four treatments, consisting of diets with 0; 7; 14; and 21% inclusion of the licuri cake in the total dry matter (DM) of the diet. The concentrate was composed of ground corn, soybean meal, mineral mixture and licuri cake. The roughage used was milled Tifton grass hay with particle size of approximately 5 cm and the voluminous: concentrate ratio was 40:60. The period of confinement was 84 days. The inclusion of the licuri cake reduced linearly (P <0.01) the intakes (g/day) of dry matter, crude protein, neutral detergent fiber, no fiber carbohydrates and total digestible nutrients. However, the ether extract (EE) consumptions showed a quadratic effect (P <0.01), and in the 11.4% inclusion level of the licuri cake, higher EE fraction (0.46 kg/day). With the inclusion of the licuri cake there was a 12.4% reduction in the plasma urea level and a reduction of 88g/d in the nitrogen (N) consumption of the treatment with 0% of inclusion of the cake, to 21%. The N balance obtained a quadratic effect, where with the 2.55% inclusion of the licuri cake, obtained its maximum value (149 g/day). The licuri cake linearly reduced body weight at slaughter, total weight gain, mean daily gain (82; 71.2 (kg) and 0.79 (kg/d), respectively). With inclusion of the licuri cake the warm carcass weights, warm carcass yield, cold carcass weight, cold carcass yields, true yield and carcass length reduced by 61 kg, 4.2%, 61 kg, 4%, 4.7% and 4 cm2, respectively. With the inclusion of 8.92% of the licuri cake in the diet, the loin eye area increased by 5.7 cm2 and Marbling degree in the Longissimus lumborum muscle by 4.11%. The inclusion of the licuri cake increased the concentration of myristic acid (C14: 0) by 28.2% in the meat of the animals. The inclusion of 14.6% of the licuri cake, decreases the content of mesristoleic acid by 41.6% (C14: 1). The inclusion of the licuri cake did not affect the sensory parameters of the meat of the animals (P> 0.10), however the testers showed preference for the meat of the animals that did not include the cake in their diet. The inclusion of licuri cake increased the serum concentration of total proteins by 0.69 (mg/dL). There was no significant influence on the histopathological parameters of the liver of the animals fed with licuri cake. The inclusion of the licuri cake to the level of 21% in the diet of finishing Nellore cattle reduces the consumption but did not affect the digestibility of the nutrients. The inclusion of the licuri cake at the maximum level of 21% in dry matter promoted a reduction in carcass yields but did not generate alterations in the physical-chemical characteristics, and there was an increase in the concentration of C14:0 fatty acid in the meat of the animals studied. The inclusion of the licuri cake reduced consumption, did not affect the physical-chemical and sensorial composition of the meat, but decreased the performance of the animals and changed the fatty acid profile of the meat, promoting an increase in the content of saturated
    4
    fatty acids, but did not affect the protein, energetic and histopathological profile of young nellore bulls.

2017
Dissertações
1
  • LARISSA KIANA SANTOS AZEVEDO MARTINS
  • CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS E ZOOTÉCNICAS DE PINTOS VACINADOS IN OVO

  • Orientador : VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • LUIZ VITOR OLIVEIRA VIDAL
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • Data: 28/04/2017

  • Mostrar Resumo
  • A técnica de vacinação in ovo é uma ferramenta utilizada com o intuito de
    otimizar o processo de produção de pintos de um dia e apesar de ser uma metodologia
    bastante difundida, há relatos sobre a baixa eclodibilidade na rotina dos incubatórios
    industriais. Para melhor entendimento do processo, foi realizado em incubatório de
    escala comercial, um estudo sobre as características fisiológicas e zootécnicas de pintos
    provenientes de matrizes Cobb® com 35 semanas de idade, submetidos ou não à
    vacinação in ovo. O estudo foi dividido em duas fases experimentais, na primeira fase
    foram realizadas avaliações da qualidade dos ovos incubáveis e do processo de
    incubação. A segunda fase experimental compreendeu as análises de qualidade e dos
    parâmetros fisiológicos dos pintos. A eclodibilidade sobre os ovos férteis não foi
    afetada pela vacinação in ovo (P>0,05), apesar de o percentual de ovos bicados ser mais
    elevado quando o método foi utilizado (P<0,05). Pintos vacinados in ovo tiveram seu
    peso médio e comprimento, peso do pinto sem o saco vitelino, peso de saco vitelino
    residual e peso relativo de órgãos, semelhantes aos não vacinados (P>0,05), indicando
    que a técnica de vacinação in ovo não prejudica o desenvolvimento embrionário e a
    qualidade do pintinho. Además, a qualidade do umbigo foi mais elevada nos pintos
    vacinados (P<0,001). As concentrações de glicose, albumina, ácido úrico e LDL foram
    menores no sangue de pintos vacinados, assim como foram maiores as concentrações de
    colesterol total e HDL (P<0,05) nesses mesmos pintos. Os parâmetros sanguíneos
    indicaram que o maior aporte de O
    causado pela perfuração da casca na vacinação in
    ovo pode ter proporcionado uma otimização da eficiência de utilização de energia por
    meio dos lipídeos da gema e menor degradação protéica. As principais vias metabólicas
    utilizadas pelo embrião na fase perinatal necessitam ser melhor investigadas para a
    implantação de outras inovações em larga escala, como é o caso da nutrição in ovo.


  • Mostrar Abstract
  • The in ovo vaccination technique is a tool designed for optimizing the process of
    single-day chick production and. Although it is a highly spreed methodology, there are
    some accounts about low hatchability of industrial incubators' everyday. For better
    understanding this process, a study about physiological and zootechnical features of 35
    weeks of age chicks from Cobb® broiler breeders that some part have been submitted
    to in ovo vaccination and another pa have been, performed in commercial-scale
    incubators. The study was divided into two stages of experiments. In the first stage,
    quality evaluations of incubation process and of incubated egg had been performed. In
    the second one, it have been performed quality analysis and physiological parameters'
    analysis of chicks. The hatchability upon fertile eggs was not affected by the in ovo
    vaccination (P> 0.05), although the percentage of pecked eggs is higher when the
    method was employed (P<0.05). in ovo vaccinated chicks have shown greater weight
    and width, weight of chick without yolk sac, weight of residual yolk sac and relative
    weight of organs, similar to the non-vaccinated (P>0.05), suggesting that the in ovo
    vaccination technique does not harms the embryonic development and quality of the
    early chick. Besides, the quality of the umbilicus was higher in the vaccinated chicks
    (P<0.001). The concentrations of glucose, albumin, uric acid and LDL were lower in the
    blood of non-vaccinated chicks, as well as it was found higher concentrations of total
    cholesterol and HDL (P<0.05) in the same chicks. The blood parameters suggested that
    the higher acquest of O2 provoked by the bark drilling may produced an efficiency
    optimization on the energy consumption by lipid contexts and lower protein
    degradation. The main metabolically ways used by the embryo in the perinatal stage
    need to be better investigated for the implementation of other innovations in a large
    scale, such as the nutrition.

2
  • DAYANNA FERNANDES ADORNO
  • USO DE ANTIBIÓTICO ASSOCIADO A VACINAÇÃO IN OVO: RENDIMENTO DE INCUBAÇÃO E PARÂMETROS ZOOTÉCNICOS DE PINTOS DE CORTE

  • Orientador : VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VANESSA MICHALSKY BARBOSA
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • LIA MUNIZ BARRETTO FERNANDES
  • Data: 28/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • A utilização de antibiótico concomitantemente à vacinação in ovo tem sido realizada em alguns incubatórios industriais. Entretanto, pesquisas sobre as implicações deste procedimento são escassas. Foi realizado um experimento em larga escala para avaliar os efeitos do uso do antimicrobiano gentamicimina associado à vacinação in ovo sobre o rendimento de incubação, qualidade e morfofisiologia dos pintos recém-eclodidos. Ovos provenientes de matrizes Cobb® com 35 semanas de idade foram divididos em dois tratamentos, baseados na aplicação ou não do antibiótico no momento da vacinação in ovo.
    O estudo foi divido em duas fases experimentais. Na primeira fase, foram realizadas as análises de qualidade dos ovos incubáveis e de rendimento de incubação. Na segunda fase, foram avaliados a qualidade e parâmetros fisiológicos dos pintinhos de 1 dia. A eclodibilidade sobre os ovos férteis não foi afetada pela inclusão de antibiótico in ovo (P>0,05), assim como não houve alteração na mortalidade embrionária (P>0,05). Os pintos que receberam antibiótico apresentaram variáveis de qualidade como peso, YFBM e comprimento maiores (P<0,05) quando comparado aos pintos que não receberam antibiótico. O escore de umbigo não apresentou diferença significativa. Em relação ao peso dos órgãos, os embriões que receberam o antimicrobiano apresentaram maiores (P<0,05) pesos absolutos do coração, fígado e pulmão. Glicose, lactato e ácido úrico foram os parâmetros bioquímicos analisados e os resultados são sugestivos de que os pintos oriundos de ovos inoculados com antibiótico mobilizam menos proteína muscular no processo de eclosão. Estudos aprofundados sobre o uso de antibióticos in ovo devem ser realizados na fase de criação e abate das aves para elucidar os impactos zootécnicos e de segurança alimentar desta prática.


  • Mostrar Abstract
  • The use of antibiotics concomitantly with in ovo vaccination has been performed in some industrial hatcheries. However, research on the implications of this procedure is scarce. A large-scale experiment was carried out to evaluate the effects of the antimicrobial gentamicimin associated with in ovo vaccination on the incubation yield, quality and morphology of newly hatched chicks. 35-week-old Cobb® eggs were divided into two treatments, based on whether or not the antibiotic was applied at the time of in ovo vaccination. The study was divided into two experimental phases. In the first phase, quality analyzes of hatching eggs and incubation yield were performed. In the second phase, the quality and physiological parameters of 1-day chicks were evaluated.
    Hatchability on fertile eggs was not affected by the inclusion of antibiotic in ovo (P> 0.05), nor was there any change in embryo mortality (P> 0.05). The chicks that received antibiotics presented quality variables such as weight, YFBM and longer length (P <0.05) when compared to chicks that did not receive antibiotics. The navel score did not present a significant difference. Regarding the organ weight, the embryos that received the antimicrobial presented higher (P <0.05) absolute weights of the heart, liver and lung.
    Glucose, lactate and uric acid were the biochemical parameters analyzed and the results are suggestive that the chicks from eggs inoculated with antibiotics mobilize less muscle protein in the hatching process. It was concluded that the use of the antibiotic gentamicin associated with in ovo vaccination at a dose of 0.20mg / egg does not alter the incubation yield and produces one day chicks of better quality. However, more studies on the use of antibiotics in ovo should be conducted at the stage of poultry breeding and slaughter to elucidate the zootechnical and food safety impacts of this practice.

3
  • LILIANA BURY DE AZEVÊDO DOS SANTOS
  • FARINHA DE ALGAS MARINHAS CALCÍTICAS (Lithothamnium calcareum) NA ALIMENTAÇÃO DE LEITÕES NA FASE DE CRECHE

  • Orientador : PAULO LEVI DE OLIVEIRA CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA LÚCIA ALMEIDA SANTANA
  • JULIANA CANTOS FAVERI
  • TALITA PINHEIRO BONAPARTE
  • Data: 07/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este estudo avaliar a utilização da Farinha de Algas Marinhas Calcíticas (FAMC), na alimentação de leitões em fase de creche e seus efeitos na disponibilidade de cálcio, no desempenho, nosparâmetros sanguíneos e a viabilidade econômica. No experimento I, foi realizado um ensaio de disponibilidade, sendo utilizados 24 leitões mestiços, machos inteiros, com peso médio inicial de 15,17 ± 0,70 kg, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado (DIC), com seis repetições e um animal por unidade experimental. Os tratamentos foram constituídos por: T1 = ração basal contendo o mínimo de cálcio(0, 068%), T2 = ração contendo calcário calcítico, T3 = Ração contendo baixo nível de cálcio (0, 018%) para determinar o cálcio endógeno excretado nas fezes, e T4= ração contendo a farinha de algas marinhas calcíticas. Os alimentos avaliados foram: o calcário calcítico (CC) e a FAMC que substituíram a ração basal em quantidades variadas, de modo a fornecer 0,82% de Ca total, sendo que a relação de Ca:P foi corrigida utilizando-se o fosfato monoamônio. No experimento II de desempenho, utilizou-se 96 leitões mestiços, machos inteiros, com peso médio inicial de 6,01 ± 0,7 kg e peso médio final de 24,39 ± 3,32 kg, distribuídos em um delineamento de blocos casualizados, com três tratamentos, oito repetições e quatro animais por unidade experimental. Os tratamentos foram compostos por: T1= CC; T2=CC+FAMC e T3= Farinha de algas marinhas calcíticas (FAMC). As variáveis estudadas foram: Peso final (PF), consumo diário de ração (CDR), ganho diário de peso (GDP) e conversão alimentar (CA). As comparações entre médias de tratamento foram efetuadas respeitando-se o nível de 5% de significância por meio do teste de média.Os resultados obtidos mostram que as diferentes fontes de cálcio (CC e FAMC) não influenciaram (P>0,05) nos coeficientes de digestibilidade aparente (CDA) e nos coeficientes de digestibilidade verdadeira(CDV) e balanço de cálcio dos leitões. A utilização da farinha de algas marinhas calcíticas, em substituição à fonte de cálcio tradicional, pode ser incluída às rações de leitões em fase de creche, sem prejudicar os parâmetros de desempenho e tendo influência no pH do ceco de leitões apresentando um melhor resultado. Contudo, a viabilidade econômica de sua utilização depende da relação de preços entre os ingredientes utilizados na formulação da dieta.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the use of Calcitic Seaweed Flour (CSF) in the feeding of piglets during the nursery phase and its effects on the calcium availability, growth performance, blood parameters and economic viability. In the experiment I, an availability assay was carried out, using 24crossbreed entire males, with an initial average body weight of 15.17 ± 0.7 kg, distributed in a randomized block design, with six replicates and one animal per experimental unit. The treatments consisted of: T1 = basal diet containing the minimum calcium (0.068%), T2 = diet containing calcitic limestone, T3 = diet containing low calcium level (0.018%) to determine the endogenous calcium excreted in feces, and T4 = diet containing CSF. The evaluated foods were calcitic limestone (CL) and CSF that replaced the basal diet in varied amounts, in order to provide 0.82% of total Ca, and the Ca:P ratio was corrected using monoammonium phosphate. At the growth performance (Exp. II), 96 crossbreed piglets were used, entire males, with an initial average body weight of 6.01 ± 0.7 kg and final average body weight of 24.39 ± 3.32 kg, distributed in a randomized complete block design, with three treatments, eight replicates and four animals per experimental unit. The treatments were composed of: T1 = CL; T2 = CL + CSF and T3 = CSF. The variables determined were: Final weight (FW), daily feed intake (DFI), daily weight gain (DWG) and feed conversion (FC). The comparisons between averages of treatment were made respecting the level of 5% of significance by the mean test. The results indicate that the different sources of calcium (CSF and CL) did not influence (P> 0.05) onapparent digestibilitycoefficient and true digestibilitycoefficient,nor on the calcium balance of piglets. The use of CSF in replacing the traditional calcium source may be included for piglet diets in nursery phase, without harm the performance parameters and having influence on the cecal pH of piglets showing better results. However, the economic viability of its use depends of the price relation between the ingredients used in the diet formulation.

Teses
1
  • ADIN DAZA GARATE
  • USO DO LICURI (Syagrus coronate) MOÍDO NA ALIMENTAÇÃO DE CORDEIROS

  • Orientador : CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • JOÃO PAULO ISMÉRIO DOS SANTOS MONNERAT
  • MAIKAL SOUZA BORJA
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • Data: 11/08/2017

  • Mostrar Resumo
  • Os objetivos deste estudo foram determinar os efeitos do licuri de solo em dietas de cordeiros mestiços Dorper x Santa Inês sobre seu desempenho e metabolismo ruminal em dois experimentos. Experimento 1. O objetivo foi avaliar o consumo, a digestibilidade aparente, eficácia física NDF, balanço de nitrogênio, síntese de proteína microbiana, mastigação atividade, desempenho, características de carcaça e parâmetros sanguíneos de cruzamentos x Santa Ines cordeiros alimentados com níveis crescentes (0, 5, 10 e 15% da MS base das dietas) do solo licuri. Quarenta cordeiros machos (20,89 kg ± 3,97 PV kg) foram utilizados em um experimento desenhar.

    O experimento durou 75 dias. Os cordeiros foram alimentados com uma mistura de feno de Tifton (29 %), subprodutos da silagem de sisal (17%) e mistura concentrada (54%), com 46:54 forragem: taxas de concentrado. O desempenho foi registrado (kg) a cada 25 dias e a digestibilidade os dados foram coletados entre 41 e 45 dias. Os animais foram alimentados duas vezes ao dia, às 8:00 h e 16:00 h, garantindo um excedente de 10% e abastecimento de água foi ad libitum, e significado foi declarado em P≤0,05 para ambos os experimentos. A inclusão de licuri mostrou diminuição efeitos lineares (P <0,05) no consumo de MS e NDT. A ingestão e digestibilidade de EE apresentou efeito linear crescente (P <0,05). Os coeficientes de digestibilidade aparente do MS permaneceu inalterado. A inclusão do licuri no solo não afetou o balanço de nitrogênio (P> 0,05). O MPS e o EMPS foram afetados negativamente (P <0,05). O peso total ganho, ganho médio diário e características de carcaça diminuíram linearmente (P <0,05). O a  inclusão de licuri no solo não afetou o balanço de nitrogênio (P> 0,05). O MPS, total ganho de peso e características de carcaça diminuíram linearmente (P <0,05). O produto químico e características físicas do longissimus dorsi foram semelhantes entre os tratamentos.

    A mastigação a atividade não foi afetada (P> 0,05) e a FDN (g) por bolo diminuiu linearmente (P <0,05). O ureia sanguínea mostrou efeito linear aumentado (P <0,05), enquanto a glicose sérica diminuiu linearmente (P <0,05). Experimento 2. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do suplementação de licuri ground 0; 4; 8; 12 e 16% da MS com base nas dietas de ingestão, digestibilidade, balanço de nitrogênio, MPS, EMPS, parâmetros ruminais e parâmetros sanguíneos. Cinco mestiços Dorper x Santa Ines, machos não castrados, com peso corporal médio de 42,5 kg foram utilizados em delineamento quadrado latino 5 × 5, com 5 períodos de 16 dias.

    Os cordeiros 15 foram alimentados com uma mistura de feno de tifton (26%), silagem de sisal (28%) e uma mistura concentrada (47%) (V: C 53:47). A inclusão do licuri em solo não afetou (P> 0,05) a ingestão de nutrientes, digestibilidade de nutrientes, parâmetros de fermentação ruminal, balanço de nitrogênio, MPS, EMPS e parâmetros sanguíneos. O pH e a concentração de NH3-N, acetato, propionato, butirato e VFA total, apresentou efeito quadrático (P <0,05) entre os tempos de coleta (0, 2, 4, 6 e 8 horas após a alimentação).

    A inclusão do licuri no solo não mostrou efeito (P> 0,05) interações tempo x tratamentos dos parâmetros de fermentação ruminal. O licuri do solo a inclusão aumentou a NDF, EE e diminuiu NFC como foi incluído nas dietas.

    As respostas dos animais nesses experimentos foram contraditórias e, portanto, necessários estudos subsequentes com ajustes da FDN na dieta para determinar a nível de inclusão de licuri no solo.


  • Mostrar Abstract
  • The objectives of this study were to determine the effects the ground licuri in the
    diets of crossbred Dorper x Santa Inês lambs on its performance and rumen metabolism
    in two experiments. Experiment 1. The aim was to evaluate intake, apparent digestibility,
    physical effectiveness NDF, nitrogen balance, microbial protein synthesis, chewing
    activity, performance, carcass characteristics, and blood parameters of crossbreed x Santa
    Ines lambs fed increasing levels (0, 5, 10, and 15 % DM basis of the diets) of ground
    licuri. Forty male lambs (20,89 kg ± 3,97 BW kg) were used in a complete randomized
    design. The experiment lasted 75 days. The lambs were fed a mixture of Tifton hay (29
    %), sisal silage by-products (17 %) and a concentrated mixture (54 %), with 46:54 forage:
    concentrate rates. The performance was recorded (kg) every 25 days, and the digestibility
    data were collected between 41 and 45 days. The animals were fed twice daily, at 8:00 h
    and 16:00 h, ensuring a 10% surplus and water supply was ad libitum, and significance
    was declared at P≤0.05 for both experiments. The licuri inclusion showed decreased
    linear effects (P<0.05) on intake of DM and TDN. The intake and digestibility of EE
    showed increasing linear effect (P<0.05). The apparent digestibility coefficients of DM
    remained unchanged. The ground licuri inclusion did not affect the nitrogen balance
    (P>0.05). The MPS and EMPS were affected negatively (P<0.05). The total weight
    gain, average daily gain, and carcass characteristics decreased linearly (P<0.05). The
    ground licuri inclusion did not affect the nitrogen balance (P>0.05). The MPS, total
    weight gain, and carcass characteristics decreased linearly (P<0.05). The chemical, and
    physical characteristics of longissimus dorsi were similar among treatments. The chewing
    activity was no affected (P>0.05) and NDF (g) per bolus decreased linearly (P<0.05). The
    blood urea showed increased linear effect (P<0.05), while the serum glucose decreased
    linearly (P<0.05).
    Experiment 2. The objective this study was to evaluate the effects of the
    supplementation of licuri ground 0; 4; 8; 12 and 16% DM basis on the diets on intake,
    digestibility, nitrogen balance, MPS, EMPS, ruminal parameters, and blood parameters.
    Five crossbred Dorper x Santa Ines, non-castrated males ram, with average body weight
    of 42.5 kg were used in a 5 × 5 Latin square design, with 5 periods of 16 days. The lambs
    15

    were fed a mixture of tifton hay (26 %), sisal silage (28 %) and a concentrated mixture
    (47 %) (V:C 53:47). The ground licuri inclusion did not affect (P>0.05) nutrient intake,
    nutrient digestibility, rumen fermentation parameters, nitrogen balance, MPS, EMPS, and
    blood parameters. The pH and concentration of NH
    3
    -N, acetate, propionate, butyrate, and
    total VFA, showed quadratic effect (P<0.05) among collection times (0, 2, 4, 6 and 8
    hours after feeding). The ground licuri inclusion showed no effect (P>0.05) on the
    treatments x time interactions of the rumen fermentation parameters. The ground licuri
    inclusion increased the NDF, EE, and decreased NFC as was included in the diets.
    The animals responses in these experiments were contradictory and therefore
    required subsequent studies with NDF adjustments in the diet to determine the appropriate
    level of ground licuri inclusion.

2
  • JOCELY GOMES DE SOUZA
  • ÁCIDOS GRAXOS DE CADEIA MÉDIA NA ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES

  • Orientador : CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIO VAZ DI MAMBRO RIBEIRO
  • JOSE ESLER DE FREITAS JUNIOR
  • THADEU MARINIELLO SILVA
  • DIMAS ESTRASULAS DE OLIVEIRA
  • MAIKAL SOUZA BORJA
  • Data: 26/10/2017

  • Mostrar Resumo
  • Com o objetivo de se avaliar os efeitos da dieta sobre a ruminação e, da ruminação sobre a gordura do leite, uma meta-análise foi conduzida. E com o intuito de se estudar o efeito dos ácidos graxos de cadeia média sobre o metabolismo e produção animal, dois experimentos foram conduzidos. No primeiro experimento foi conduzida uma meta-análise com o objetivo de entender a variação do tempo de ruminação e comportamento alimentar e a relação com a gordura do leite. A meta-análise incluiu 115 artigos em inglês entre os anos de 1986 e 2017, que reportaram dados de ruminação com vacas lactantes da raça holandesa. A média para o tempo total de ruminação foi de 449 min/d. Foi observada uma relação quadrática entre o tempo de ruminação (min/d) e a produção de leite (kg/d; R2= 0,22), %gordura no leite (R2=0,08). O modelo da análise multivariada para predição do tempo total de ruminação incluiu produção de leite, concentração de gordura e CMS (Tempo total de ruminação, min/d= 96,73 + 9,96 x leite + 64,10 x % gordura – 4,86 x CMS; total R2= 0,37e RMSE = 79,72). O segundo experimento teve como objetivo avaliar o efeito da suplementação de óleo de coco sobre as taxas de biohidrogeção (BH) do ácido linoleico (AL) utilizando uma abordagem in vivo. Foram utilizadas quatro vacas da raça holandesa em um delineamento cross over com dois tratamentos. No tratamento controle foi infundido uma única dose de 200 g de óleo de cartámo e 12 g de C17:0 via canula ruminal. O tratamento com óleo de côco (COO) foi infundido 430 g de óleo de côco via canula ruminal + uma única dose de 200 g de óleo de cartámo e 12 g de C17:0 via canula ruminal. O COO não afetou o consumo de matéria seca (CMS), a produção de leite e a gordura do leite. O COO não afetou a taxa de desaparecimento do C:17:0 com média de 6,9%/h e 7,5%/h para os tratamento controle e COO respectivamente, mas aumentou o pH ruminal (6,6 vs 6,5) e a concentração de C18:1 trans-11 no leite. O terceiro experimento foi conduzido utilizando 20 borregos confinados, e foi avaliada a substituição da torta de girassol pela torta de dendê sobre o consumo de nutrientes, digestbilidade, parâmetros sanguíneos, balanço de nitrogênio e síntese de proteína microbiana. Os tratamentos foram: 100% torta de girassol; 66% de torta de girassol e 33%
    23
    torta de dendê; e 33% torta de girassol e 66% torta de dendê e 100% de torta de dendê. A inclusão de torta de dendê afetou cúbicamente (P≤0,05) o consumo de todos os nutrientes, a digestibilidade da MO e NDT e o nitrogênio retido. A substituição da torta de girassol pela torta de dendê aumentou linearmente a concentração sanguínea de NEFA.


  • Mostrar Abstract
  • In order to evaluate the effects of diet on rumination and rumination on milk fat, a metaanalysis
    was
    performed.
    And
    in
    order
    to
    study
    the
    effect
    of
    medium
    chain
    fatty
    acids
    on

    metabolism

    and animal production, two experiments were performed. In the first
    experiment, a meta-analysis was conducted to understand the variation of rumination time
    and feeding behavior and its relationship with milk fat. The meta-analysis included 115
    peer reviewed papers in English between 1986 and 2017, which report rumination data
    with Holsteins lactating cows. The total rumination time averaged 449 min/d. A quadratic
    relationship between rumination time (min/d) and milk yield (k/d; R
    2
    = 0.22), milk fat
    concentration (R
    2
    = 0.08) was observed. The final multivariant model to predict total
    rumination time included milk yield, milk fat concentration and DMI (Total rumination
    time, min/d = 96.73 + 6.96 × milk + 64.10 × fat% – 4.86 × DMI; Total R
    = 0.37 and
    RMSE = 79.72). The objective of the second study was to evaluate the effect of coconut
    oil (COO) on the on biohydrogetion rates (BH) of linoleic acid (LA) using an in vivo
    approach. There were four Holsteins cows in a cross over desing with two treatments.
    The control treatment was infused in a single bolus dose of 200 g of safflower oil and 12
    g C17:0 via ruminal cannula. The treatment with coconut oil (COO) was infused 430 g
    of coconut oil via ruminal cannula + a single dose of 200 g of safflower oil and 12 g C17:0
    via ruminal cannula. The COO did not affect DMI, milk yield and milk fat. The COO did
    not affect the disappearance rate of C17:0 and averaged 6.98% / h and 7.54% / h for the
    control and COO treatments respectively. It increased ruminal pH (6.56 vs 6.47) and
    C18:1 trans-11 concentration in milk. The third experiment was conducted using 20
    feedlot lambs, to evaluate effect of the replacement of sunflower cake for palm cake on
    nutrients intake and digestibility, blood parameters, nitrogen balance and microbial
    protein synthesis. The treatments were: 100% sunflower cake; 66% sunflower cake and
    33% palm cake; 33% sunflower cake 66% palm cake and, 100% of palm cake. The Palm
    cake inclusion cubically affected (P≤0.05) all the nutrients intake, digestibility of OM and
    TDN and the nitrogen retained. The replacement of sunflower cake by palm cake linearly
    increased NEFA blood concentration.

    The inclusion of palm cake decreased the intake of EE, non fiber carbohydrate (NFC)
    and total digestible nutrients (TDN). Also decreased the organic matter, crude protein,
    NFC and TDN digestibility. The nitrogen retained and NEFA concentration in blood were
    decreased.

3
  • MARIA LEONOR GARCIA MELO LOPES DE ARAUJO
  • IMPACTO DA UREIA NO PROCESSO FERMENTATIVO DA SILAGEM DE  SORGO E O SEU USO EM DIETAS PARA  CORDEIROS

  • Orientador : EDSON MAURO SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DAIANE LAGO NOVAIS
  • DOUGLAS DOS SANTOS PINA
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • MANUELA SILVA LIBANIO TOSTO
  • THIAGO CARVALHO DA SILVA
  • Data: 24/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar os efeitos da utilização da ureia como aditivo químico sobre a
    microbiologia, perfil e perdas fermentativas, estabilidade aeróbica e valor nutritivo na silagem
    de sorgo. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com quatro
    tratamentos e cinco repetições, sendo avaliados os seguintes tratamentos: T1 – 0 g/kg (silagem
    controle); T2 – 5 g/kg de ureia; T3 – 10 g/kg de ureia; T4 - 20 g/kg de ureia adicionada com base
    na matéria natural no momento da ensilagem. Após a homogeneização do aditivo com o sorgo,
    o material foi armazenado em 20 mini-silos experimentais de PVC com 10 centímetros de
    diâmetro e altura variando de 35 a 40,5 cm, objetivando-se densidade de compactação de
    600kg/dm³, os quais foram armazenados por um período de 150 dias. Após este período, os silos
    foram abertos sendo realizada uma nova pesagem para estimar as perdas fermentativas avaliadas
    por meio de análise de regressão. Posteriormente, em torno de 1,5 kg do material de cada minisilo

    foi transferido para novos mini-silos para ser realizado o ensaio de estabilidade aeróbica
    durante 72 horas, sendo mensuradas as temperaturas interna e ambiente a cada 2 horas. A partir
    das mini-silos individuais foi realizado um pool de amostras por tratamento, nos tempos 0 e 72
    horas, para a avaliação da população microbiana e os teores de ácidos orgânicos, lático, etanol.
    O perfil fermentativo, assim como a composição bromatológica das silagens foram avaliados
    com um delineamento inteiramente casualizado em esquema de parcela subdividida (2 x 4, em
    que foram analisados os tempos de exposição aeróbica – 0 e 72 horas) e os níveis de ureia
    aplicados na silagem de sorgo (0, 5, 10 e 20 g/kg com base na matéria natural). A inclusão de
    até 20 g/kg de ureia não reduz perdas fermentativas na silagem de sorgo. Além disso, os níveis
    avaliados não promove maior estabilidade aeróbica durante 72 horas, em comparação a silagem
    de sorgo sem aditivo. Os níveis de ureia e períodos de exposição aeróbica promovem mudanças
    na composição bromatológica das silagens e produção de ácidos orgânicos com redução da
    produção de etanol. Contudo, a ureia não inibe o crescimento de leveduras tanto no tempo 0,
    como também após 72 horas de exposição aeróbica.


  • Mostrar Abstract
  • The study aimed to evaluate the effects of the use of urea as a chemical additive on microbiology
    counts, fermentative profile and losses, aerobic stability and nutritive value in sorghum silages.
    It was used the completely randomized experimental design with four treatments and five
    replicates. The treatments evaluated were the different amounts of urea added to the sorghum at
    the ensiling, on natural matter basis: T1 – 0 g/kg (controle silage); T2 – 5 g/kg of urea; T3 – 10
    g/kg of urea; T4 - 20 g/kg of urea. After the homogenization of the additive with the sorghum,
    the material was stored in 20 experimental PVC mini-silos of with 10 centimeters in diameter
    and height ranging from 35 to 40.5 cm, with density of 600kg/dm³, which were stored for a period
    of 150 days. After the storage period, the silos were opened and a new weighing was performed
    to estimate the fermentation losses (losses by gases and effluents, and dry matter recovery) that
    were evaluated through regression analysis. Subsequently, about 1.5 kg of material from each
    mini-silo was transferred to new mini-silos to perform the aerobic stability test for 72 hours, and
    the internal and ambient temperatures were measured every 2 hours. From the individual minisilos,
    a
    pool
    of
    samples
    per
    treatment
    at
    0
    and
    72
    hours
    after
    aerobic
    exposure
    was
    carried
    out
    to

    perform
    the
    microbial
    population
    and
    the
    content
    of
    organic
    acids
    (acetic,
    propionic),
    lactic
    acid,

    ethanol.
    The fermentative profile (pH, buffering capacity, ammoniacal nitrogen, water solublecarbohydrates) as well as the bromatological composition of the silages were evaluated with a completely randomized design in a split-plot scheme (2 x 4, in which the aerobic - 0 and 72 hours) and the levels of urea used in sorghum silage (0, 5, 10 and 20 g / kg based on natural matter). The inclusion of up to 2.0% of urea does not reduce fermentative losses by gases or increases recovery in dry matter in sorghum silage. In addition, at the evaluated levels it does not promote greater aerobic stability for 72 hours, compared to sorghum silage without additive. Despite The levels of urea addition and aerobic exposure promote changes in the bromatological composition of silages and organic acid production, with ethanol reduction. However, urea does not inhibit yeast growth both at time 0 and after 72 hours of aerobic exposure.

2015
Dissertações
1
  • BEATRIZ MARQUEZINI ALVARENGA DIAS
  • SILAGEM DE CAPIM-TANZÂNIA (PANICUM MAXIMUM Jacq cv.
    Tanzânia) COM NÍVEIS DE TORTA DE DENDÊ

  • Orientador : OSSIVAL LOLATO RIBEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • OSSIVAL LOLATO RIBEIRO
  • GLEIDSON GIORDANO PINTO DE CARVALHO
  • BRAULIO ROCHA CORREIA
  • Data: 30/04/2015

  • Mostrar Resumo
  • 4.1RESUMO

    Silagem de capim-Tanzânia aditivada com níveis de torta de Dendê

    Objetivou-se com este trabalho avaliar o perfil fermentativo e a composição químico-
    bromatológica de silagem de capim-Tanzânia aditivada com níveis de torta de dendê.
    Utilizou-se 4 tratamentos: 0, 10%, 20% e 30% de torta de dendê adicionados no capim in
    natura. Foram feitas cinco repetições por tratamento, totalizando vinte mini-silos
    experimentais. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado. Após 30 dias, os silos
    foram abertos e as amostras coletadas para pré-secagem, moagem e posteriores análises. A
    torta de dendê causou efeito linear crescente na matéria seca e pH das silagens, favorecendo
    uma melhoria no processo fermentativo quando comparado com a ensilagem do capimTanzânia

    sem aditivo. Também proporcionou aumento no teor de proteína bruta e extrato
    etéreo. O efeito quadrático foi obtido para os teores de ácidos orgânicos, sendo que o melhor
    resultado foi o com a adição de 20% de torta de dendê. Houve efeito linear decrescente para
    as perdas por efluentes e perdas por gases à medida que a matéria seca aumentou. O uso da
    torta de dendê como aditivo na ensilagem de capim-Tanzânia é recomendado, pois
    proporcionou melhorias no perfil fermentativo e no valor nutricional da silagem
    independentemente do nível avaliado.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to evaluate the fermentation characteristics and the
    chemical composition of silage additives Tanzania with palm cake levels. We used four
    treatments: 0, 10%, 20% and 30% of palm kernel cake added in the grass in nature. Five
    replications were used per treatment, total twenty experimental little silos. The design was
    completely randomized. After 30 days, the silos were opened and samples collected for
    drying, grinding and further analysis. The palm kernel cake caused a linear increase in dry
    matter and pH of silages, favoring an improvement in the fermentation process when
    compared with the fermentation of grass Tanzania without additive. Also led to an increase in
    crude protein and ether extract content. The quadratic effect was obtained for the
    concentration of organic acids, and the best result was achieved with the addition of 20%
    palm cake. Decreased linearly for losses and losses effluent gases as the dry matter increased.
    The use of palm kernel cake as an additive in Tanzania grass silage is recommended because
    it provided improvements in fermentation profile and nutritional value of silage regardless of
    the assessed level.

SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2024 - UFBA