Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFBA

2024
Dissertações
1
  • CINTIA GLÓRIA LIMA
  • “PRECISA-SE DE UMA MENINA DE COR PARA OS SERVIÇOS DOMÉSTICOS”: A INFÂNCIA E O MERCADO DE TRABALHO DOMÉSTICO EM SALVADOR (1890-1918)

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • IACY MAIA MATA
  • KARINE TEIXEIRA DAMASCENO
  • Data: 15/01/2024

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo teve como objetivo analisar as experiências de meninas no mercado de trabalho doméstico em Salvador, entre 1890 à 1918, buscando compreender as relações entre menores e seus patrões, demonstrando seus protagonismos, as formas de negociação, a subalternização, conflitos e estratégias de resistência em busca de sua própria liberdade e protagonismo. Foi observado que uma série de meninas fugiram das casas em que trabalhavam, algumas com auxílio de seus familiares, outra com o apoio de amigos e outras redes de solidariedade. Buscamos compreender os motivos que levaram a esse gesto de abandono de seus postos de trabalho, e, para isso, foi necessário a realização de um estudo sobre o mercado de trabalho doméstico, destacando como se deu a entrada dessas menores, quais as formas de precarização e exploração da mão de obra delas, entre outros. O estudo desses casos nos possibilita identificar qual o lugar que as meninas ocupavam dentro da sociedade, suas características, suas relações construídas, os vínculos com seus familiares, amigos e relacionamentos amorosos, bem como os lugares em que elas circulavam, seus pensamentos, entre outros aspectos. Essas caracterísitcas presentes nos anúncios de fuga, descritas pelos patrões, demonstram valores e costumes de determinados segmentos da sociedade. Embora a "vida" das meninas esteja regulamentada pelos contratos de tutela e de solada, pelas orientações médicas e jurídicas, ou pelos acordos informais entre a família delas e os patrões, elas fugiam, denunciavam e até arriscavam a própria vida. Isso revela uma contradição nas relações de trabalho estabelecidas  no período do pós-abolição: quando elas fugiam,  provocavam um desarranjo na sociedade e se constutíam  como sujeitos ativos, elaborando  sua própria experiência, a partir de seus gestos de desobediência. Percebemos, nos documentos, a  necessidade que havia de descrevê-las, de singularizá-las, de contê-las. 


  • Mostrar Abstract
  • The present study aimed to analyze the experiences of young women in the domestic labor market in Salvador, between 1890 and 1918, seeking to understand the relationships between minors and their employers, demonstrating their roles, forms of negotiation, conflicts and strategies of resistance in search of their own freedom and protagonism. It was observed that a number of them fled the homes where they worked, some with the help of their families, others with the support of friends and other solidarity networks. We sought to understand the reasons that led to this gesture of abandoning their jobs, and, for this, it was necessary to carry out a study on the domestic labor market, highlighting how these minors entered, what forms of precariousness and exploitation of their labor, among other questions. The study of these cases allows us to identify the place that the girls occupied within society, their characteristics, their relationships, the bonds with their family, friends and romantic relationships, as well as the places in which they circulated, their thoughts. Those characteristics, found in escape advertisements, described by employers, demonstrate the values and customs of certain segments of society. Although the women' "life" was regulated by guardianship and sole contracts, by medical and legal guidelines, or by informal agreements between their families and employers, they ran away, reported problems and even risked their own lives, which reveals a contradiction in the work relationships established in the post-abolition period: when they fled, they caused a disruption in society and constituted themselves as active subjects, elaborating their own experience, based on their gestures of disobedience. We noticed, in the documents, the need to describe them, to single them out, to contain them.

2
  • IGOR SANTIAGO COSTA
  • Escrita e reescrita de uma memória: madre Jerónima de la Asunción (1556-1630), uma monja missionária

  • Orientador : MORENO LABORDA PACHECO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FEDERICO PALOMO DEL BARRIO
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • MORENO LABORDA PACHECO
  • Data: 29/01/2024

  • Mostrar Resumo
  • Nas primeiras décadas do século XVII, uma freira por nome Jerónima de la Asunción liderou uma expedição conventual feminina em Manila, nas Filipinas. Ela e suas companheiras saíram de Toledo, na Espanha, e viajaram entre o Atlântico e Pacífico durante um ano e meio, tendo feito uma escala na América, na Nova Espanha. Sobre essa trajetória, foram escritos alguns textos na primeira metade daquela centúria e, dentre eles, um de autoria de uma das freiras que participaram daquela jornada, a madre Ana de Christo.

    Essa dissertação cuida em especial da construção da memória sobre a comandante dessa fundação  conventual e algumas das formas pelas quais esses autores articularam em torno dela uma imagem de  monja missionária, dentre outros argumentos que viessem a corroborar com sua fama de santidade  e o endosso do seu processo de beatificação, iniciado pouco tempo depois do seu  falecimento, em 1630. Em um contexto que impelia as mulheres a duas alternativas de vida, o  convento e o casamento, o exemplo proposto e perpetuado por madre Jerónima e suas companheiras  pode ser compreendido à luz da inúmeras alternativas que mulheres católicas procuraram delinear com  vistas a uma maior autonomia e liberdade.


    Partindo das biografias devotas redigidas sobre essa monja, este trabalho busca compreender o manejo das memórias em torno dela e como os topoi agenciados nesses escritos se coadunavam com as  expectativas confessionais do período, além de sondar se, mesmo em meio a esse processo  normalizador, a exploração de algumas brechas possibilitaram - a ela e a muitas outras religiosas - a  construção e o acesso a espaços de poder e autoridade dentro do mundo masculinizado do catolicismo. 


  • Mostrar Abstract
  • In the first decades of the seventeenth century, a nun named Jerónima de la Asunción led a convent expedition of women in Manila, Philippines. She and her companions left Toledo, Spain, and traveled across the Atlantic and the Pacific for a year and a half, stopping on the way in America, in New Spain. Several texts written in the first half of that century memorialize this journey, among them, one written by a nun who was part of the expedition, mother Ana de Cristo.

    This dissertation focuses on the textual construction of memory around the leader of this overseas conventual founding, and in particular on the ways in which her biographers painted an image of her as a missionary nun, among other arguments put forward in support of her holiness and the case for her beautification, a process which began shortly after her death in 1630. In a world where women were left to choose between convent or marriage, the example set by madre Jerónima and her companions can be understood as part of a larger effort on the part of catholic women to outline alternatives and secure greater autonomy and freedom.

    Starting from the devout biographies written about Jerónima, this work seeks to understand the management of memories around her and how the topoi used in these texts responded to confessional expectations of the period. In addition, it will probe whether, even in the midst of this normalizing process, the identification and exploitation of certain loopholes enabled her and other religious women to build and access spaces of power and authority within the masculinized word of catholicism.

3
  • MONA LISA NUNES DE SOUZA
  • ‘O QUE É QUE VOCÊ QUER SER? CARROCEIRO? ’: A LABUTA DOS TRABALHADORES DO TRANSPORTE EM SALVADOR NO SÉCULO XIX

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDRIN ARMSTRONG SILVA CASTELLUCCI
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 31/01/2024

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem como objetivo investigar a experiência de trabalhadores do transporte na cidade de Salvador na segunda metade do século XIX, tendo como principal fonte registros de matrículas dos trabalhadores urbanos, no qual constam dados sobre 713 homens. Centra-se na análise e interpretação da maneira como carroceiros, cocheiros, boleeiros condutores e aprendizesforam elaborando maneiras próprias de relações sociais e de trabalho que eram compartilhadas nas ruas da cidade de Salvador entre 1866-1874. 

    Além disso, a partir da análise da série de correspondências expedidas da câmara municipal para a presidência da província entre as décadas de 1850, 1860 e 1870, foi possível levantar os assuntos que envolviam serviços urbanos como a distribuição de gás, de água, de carne verde e da limpeza das ruas e praças, bem como da locomoção de passageiros e demais modalidades. Isso nos permitiu perceber que determinadas prestações de serviços dependeram por muito tempo do uso de carros e carroças, assim como de seus condutores. 

    Embora existisse certa hegemonia em torno do trabalho de carrego realizado quase exclusivamente por carregadores africanos. escravizados, a partir do fim do tráfico em 1850, novos investimentos nas cidades e modificações no mundo do trabalho tiveram que ser pensadas. Isso contribuiu para a maior modificação e aplanamento das ruas para o uso de carros, carroças e bondes que paulatinamente foi sendo implementadas no perímetro urbano de Salvador no período estudado.


  • Mostrar Abstract
  • This work investigates the experience of transport workers in the city of Salvador in the second half of the 19th century, using registration records of urban workers as its main source, which contains data on 713 men. It focuses on the analysis and interpretation of the way in which carters, coachmen, drivers and apprentices were developing their own ways of social and work relationships that were shared on the streets of the city of Salvador between 1866-1874. From the analysis of the series of correspondence sent from the city council to the province's presidency between the 1850s, 1860s and 1870s, it was possible to raise issues involving urban services such as the distribution of gas, water, meat greenery and cleaning of streets and squares, as well as passenger movement and other modalities, services provided for a long time by cars and carts, as well as their drivers.
    Although there was a certain hegemony surrounding the carrying work carried out almost exclusively by African slaves, after the end of the slave trade in 1850, new investments in cities and changes in the world of work had to be made. This contributed to the greater modification and flattening of streets for the use of cars, carts and trams that were gradually implemented in the urban perimeter of Salvador during the period studied.

2023
Dissertações
1
  • Igor Barbosa Reis
  • "Ardendo no fogo de tantos vícios”: modelos e condutas morais na Bahia do século XVIII

  • Orientador : GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • JULIANA TORRES RODRIGUES PEREIRA
  • JAIME RICARDO GOUVEIA
  • Data: 09/01/2023

  • Mostrar Resumo
  • O processo de disciplinamento encontrou vigor na Bahia a partir do século XVIII, em função de ações variadas para torná-la uma metrópole religiosa no Atlântico Português. Dentre elas, figurou a produção de discursos morais que mobilizou significativamente os agentes e instituições da Igreja católica na metrópole e na colônia. A dissertação pretende analisar alguns destes discursos em significativo diálogo com as condutas dos diferentes indivíduos e grupos que viviam no Arcebispado. Tem a pretensão de investigar também os próprios comportamentos da cristandade que emergem numa sociedade colonial multiétnica e hierarquizada onde a experiência de fé nem sempre condiz com as determinações disciplinadoras.


  • Mostrar Abstract
  • The process of disciplining found vigour in Bahia from the 18th century onwards, as a result of various actions to make it a religious metropolis in the Portuguese Atlantic. Among these, figured the production of moral discourses that significantly mobilized the agents and institutions of the Catholic Church in the metropolis and in the colony. The dissertation intends to analyze some of these discourses in significant dialogue with the conduct of different individuals and groups who lived in the Archbishopric. It also intends to investigate the very behaviors of Christianity that emerge in a multi-ethnic and hierarchical colonial society where the experience of faith does not always match the disciplinary determinations.

2
  • Juan Michel Montezuma dos Santos
  • É POSSÍVEL ESCREVER A HISTÓRIA DO BRASIL? O LUGAR DA ANPUH NA CONSOLIDAÇÃO DA HISTORIOGRAFIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA (1961-1967)

  • Orientador : RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WAGNER GEMINIANO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • Data: 29/03/2023

  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho será analisado a criação da Associação Nacional de Professores Universitários de História no ano de 1961, assim como também a sua trajetória político institucional até o ano de 1967. O objetivo geral é compreender o lugar da ANPUH na História da historiografia acadêmica, do ensino superior e da pesquisa no campo dos estudos históricos brasileiros. As principais Fontes da presente pesquisa são os anais do simpósio da ANPUH que foram realizados entre 1961 até 1967. Parte-se da premissa de que a criação da ANPUH é um fenômeno sem precedentes na História da historiografia Brasileira não apenas por promover a interlocução entre diversos núcleos de produção do conhecimento histórico dispersos no território nacional, mas também por um espaço social de difusão da cultura historiográfica acadêmica na década de 1960. Tendo isso em vista, a presente pesquisa busca responder como essa Associação foi construída enquanto espaço de debate científico. E, como sua trajetória político-institucional, lidou com o contexto das reformas sociais que pautavam a vida política da sociedade brasileira no início da segunda metade do séc. XX.


  • Mostrar Abstract
  • This work will analyze the creation of the national association of university professors of history in 1961, as well as its institutional political trajectory until 1967. The general objective is to understand the place of ANPUH in the history of historiography, teaching and research in the field of Brazilian historical studies. The main sources of this research are the annals of the ANPUH symposium that were held between 1961 and 1967. It is based on the premise that the creation of ANPUH is an unprecedented phenomenon in the history of Brazilian historiography not only because it promoted the interlocution between several centers of historical knowledge production scattered in the national territory, but also by a social space of diffusion of academic historiographic culture in the 1960s. With this in mind, does this research seek to answer how this association was constructed as a space for scientific debate? And, like its political-institutional trajectory, it dealt with the context of the social reforms that guided the political life of Brazilian society at the beginning of the second half of the century XX.

3
  • Raphael da Silva Paranhos Costa
  • SER FORRO SOB CONDIÇÃO: UMA HISTÓRIA SOCIAL DA ALFORRIA CONDICIONAL NO RIO DE JANEIRO (1821 – 1837)

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • JULIANA BARRETO FARIAS
  • KATIA LORENA NOVAIS ALMEIDA
  • Data: 26/05/2023

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa pretende colaborar com os estudos sobre a prática da alforria condicional no Rio de Janeiro. Tem como objetivo principal compreender a prática da alforria condicional e seus significados para os cativos, proprietários de escravos e Estado ao longo das décadas de 1820 e 1830. Para isso, procuro reconstituir experiências de vida de libertos e libertas sob condição que tiveram suas respectivas alforrias condicionais revogadas por vias judiciais. Compreender os significados e incertezas de estar entre o cativeiro e a liberdade é a inquietação que move a presente pesquisa. O período definido, corresponde a um momento em que a lei permitia a revogação da alforria devido à ingratidão do alforriado contra o outorgante da alforria (1821 – 1837). As ações cíveis foram as principais fontes utilizadas, mas também foram consultados periódico, legislação, cartas de alforria e outros documentos pontuais. O recorte geográfico é a província do Rio de Janeiro. Embora as alforrias condicionais tivessem sido negociadas em outras regiões do país e em outros períodos e que já haja estudos sobre este tema, ainda há pontos que podem ser ampliados e aprofundados. Selecionei o Rio de Janeiro como local privilegiado deste estudo, porque, sendo a capital do Império na época, foi centro de embates jurídicos processados na Casa de Suplicação do Brasil e no Tribunal da Relação do Rio de Janeiro. 

     


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to collaborate with studies on the practice of conditional manumission in Rio de Janeiro. Its main objective is to understand the practice of conditional manumission and its meanings for captives, slave owners and the State throughout the 1820s and 1830s. Conditions revoked through judicial means. Understanding the meanings and uncertainties of being between captivity and freedom is the concern that drives this research. The defined period corresponds to a time when the law allowed the revocation of manumission due to the ingratitude of the manumitted against the grantor of manumission (1821 – 1837). Civil actions were the main sources used, but journals, legislation, manumission letters and other specific documents were also consulted. The geographical clipping is the province of Rio de Janeiro. Although conditional manumissions had been negotiated in other regions of the country and in other periods and that there are already studies on this subject, there are still points that can be expanded and deepened. I selected Rio de Janeiro as the privileged location for this study, because, being the capital of the Empire at the time, it was the center of legal disputes processed in the Casa de Suplicação in Brazil and in the Court of Appeal in Rio de Janeiro.

     

4
  • ANA CLAÚDIA DE JESUS LOPES
  • Viver na Conceição da Praia: população de cor e arranjos de moradia em uma freguesia de Salvador (1824-1836)

     
  • Orientador : IACY MAIA MATA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • Data: 15/06/2023

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo desta dissertação é analisar arranjos de moradia na Freguesia da Conceição da Praia, bairro comercial e portuário da cidade de Salvador, entre os anos de 1824 e 1836. Tomada por uma população escravizada e liberta, que, juntamente com a população branca, comerciante e /ou empobrecida, dividia os mais diversos espaços para viver. Além disso, mapeamos a Freguesia da Conceição entendendo como a população estava dividida entre ruas, becos, vielas e escadarias. Para nos ajudar nesse olhar sobre essa localidade, tomamos como base os registros eclesiásticos de batismo e óbitos produzidos por Dendê- Bus que trazem inúmeros indícios que nos ajudam a traçar possibilidades de como a população da Conceição da Praia vivia naquela localidade no período estudado. É através das descrições desse pároco sobre essa localidade e seus moradores que conseguimos mapear ruas, becos, vielas, praças. Utilizamos, também, na construção dessa narrativa, outras fontes, como: periódico, documentos policiais e dos juízes de paz, leis imperiais e posturas, para entender as relações cotidianas entre a população de cor liberta e escravizada e mapear as estratégias de negociação e arranjos para conseguir um lugar para descansar ao final do dia, ou simplesmente de maior privacidade para si e os seus.

     

  • Mostrar Abstract
  • The aim of this dissertation is to examine the housing arrangements in the parish of Conceição da Praia, the commercial and port district of Salvador, between 1824 and 1836. Taken by a enslaved and liberated population, which, together with the white, merchant and /or impoverished population, divided the most diverse spaces to live. In addition, we map the parish of Conceição, understanding how the population was divided between streets, alleys and staircases. Dendê-Bus ecclesiastical records of baptism and deaths are used to trace the possibilities of how the population of Conceição da Praia lived in that locality during the period studied to help us analyze this location.  It is through the descriptions of this parish priest about this location and its residents that we can map streets, alleys, squares. We also used in the construction of this narrative, other sources, such as: periodical, police documents and judges of peace, imperial laws and postures, to understand the everyday relationships between the population of color liberates and enslaved and map the negotiation strategies and arrangements to get a place to rest at the end of the day, or simply of greater privacy for themselves and their own.

     
5
  • Diego Silva Meira
  • EUFROSINA MARIA DE OLIVEIRA: CONCUBINATO, MOBILIDADE E INSERÇÃO SOCIAL NA IMPERIAL VILA DA VITÓRIA, SÉCULO XIX.

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISNARA PEREIRA IVO
  • MARIA LÚCIA PORTO SILVA NOGUEIRA
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • Data: 16/06/2023

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho objetiva analisar a trajetória de Eufrosina Maria de Oliveira, nascida em 1859, no Panela, região de Campo Formoso, território pertencente à Imperial Vila da Vitória, no sertão da Ressaca, filha da liberta Maria Bernarda de Oliveira e do abastado coronel João de Oliveira Freitas. Tomando a trajetória dessa mulher como referência, serão abordados os mecanismos de sua ascensão social na Imperial Vila da Vitória. Eufrosina ficou mais conhecida na região como Fulô do Panela ou Fulô Roxa, uma pessoa mitificada regionalmente, como pode ser verificado na literatura regional. Tal qual sua mãe, Eufrosina manteve relações com homens ricos e influentes, e, em parte, isso explica a sua ascensão social no sertão da Bahia. Por meio de fontes documentais ainda inéditas e de trabalhos de memorialistas, busco evidenciar outros aspectos que lhe asseguraram tal condição. Este estudo insere-se no contexto da historiografia das mulheres, voltado à análise do protagonismo destas na vida econômica, política, social e cultural. Como referido, a trajetória de Eufrosina foi marcada por sua expressiva participação na vida pública, mas muitas vezes foi resumida ao fato de ter se relacionado, no plano pessoal, com homens ricos e importantes. Nesta releitura a contrapelo, mostrarei como sua vida foi marcada por iniciativas em variados e rentáveis negócios, que lhes garantiram projeção econômica e social na sociedade do seu tempo.


  • Mostrar Abstract
  • This work has the objetive to analyze the trajectory of Eufrosina Maria de Oliveira, born in 1859, at the Panela, Campo Formoso region, territory belonging to Imperial Vila da Vitória, in the backlands of Ressaca, daughter of the freedwoman Maria Bernarda de Oliveira and the wealthy colonel João de Oliveira Freitas. I try to analyze the trajectory of this woman, born in 1859, approaching the mechanisms of her social ascension in Imperial Vila da Vitória. Eufrosina became better known in the region as Fulô do Panela or Fulô Roxa, a regionally mythologized person, as can be seen in the regional literature. Like her mother, Eufrosina maintained relationships with rich and influential men, and this partly explains her social ascension in the backlands of the state of Bahia. Through the analysis of unpublished documental sources and works by memorialists, I seek to point up other aspects that ensured this condition. This study is part of the context of women's historiography, aimed at analyzing their role in economic, political, social and cultural life. Eufrosina's trajectory, marked by her expressive participation in public life, but was often summarized by the fact that she had a personal relationship with rich and important men. In this re-reading against the grain, I try to show how her life was marked by initiatives in various and profitable businesses, which ensured economic her social projection in the society of her time.

6
  • Laysse Leda Dantas Cavalcanti Libâno
  • A PLURALIDADE DA DEUSA AFRODITE NAS FONTES LITERÁRIAS GREGAS DO PERÍODO ARCAICO

  • Orientador : MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRAIN GORDON LUTALO KIBUUKA
  • MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • TADEU BRUNO DA COSTA ANDRADE
  • Data: 29/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • A deusa Afrodite desde a década de setenta vem ganhando destaque dentre os estudos voltados para as divindades gregas. A deusa é plural, com esferas de atuação discretas e sobrepostas, seus poderes influenciam desde os deuses no Olimpo até os humanos, os animais e a natureza, ela se faz presente em momentos determinantes no universo mitológico grego e é invocada em diferentes contextos. Apesar disso, há muitos artigos científicos e dicionários mitológicos que partindo das informações existentes acerca da deusa, informações estas de natureza literária, definem-na exclusivamente como “deusa do amor”, reduzindo a dimensão do seu poder. Porém, quando os poemas épicos do período arcaico são analisados cuidadosamente observamos as várias facetas de Afrodite e como seus poderes influenciam diretamente no curso dos eventos. Portanto, essa dissertação pretende analisar a deusa Afrodite, segundo seus dons, esferas de atuação e personalidade a partir do cruzamento das fontes literárias do período arcaico da Grécia antiga, isto é, a Ilíada, Odisseia, Teogonia, Hinos Homéricos e os Cantos Cíprios.


  • Mostrar Abstract
  • The goddess Aphrodite since the seventies has been gaining prominence among studies focused on Greek gods. The goddess is plural, with discrete and overlapping spheres of action, her powers influence from the gods on Olympus to humans, animals and nature, she is present at decisive moments in the Greek mythological universe and is invoked in different contexts. Despite this, there are many scientific articles and mythological dictionaries that, based on existing information about the goddess, information of a literary nature, define her exclusively as a “goddess of love”, reducing the dimension of her power. However, when the epic poems of the archaic period are carefully analyzed, we observe the various facets of Aphrodite and how her powers directly influence the course of events. Therefore, this dissertation intends to analyze the goddess Aphrodite, according to her gifts, spheres of action and personality from the crossing between the literary sources of the archaic period of ancient Greece, that is, the Iliad, Odyssey, Theogony, Homeric Hymns and Cyprian Songs.

7
  • Wagner de Souza Pimentel
  • A ATUAÇÃO DOS EMEDEBISTAS NO LEGISLATIVO DE ALAGOINHAS EM TEMPOS DE DITADURA MILITAR (1967-1973)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSÉ JORGE ANDRADE DAMASCENO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • JOSE ALVES DIAS
  • Data: 03/10/2023

  • Mostrar Resumo
  • A finalidade desse trabalho é estudar a atuação dos vereadores do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) na Câmara Municipal de Alagoinhas, no período de 1967 e 1973, demonstrando a participação e o papel da pequena e média burguesia e dos setores médios do município dentro do poder legislativo. Ficou constatado que entre os membros da classe dirigente alagoinhense, tanto os emedebistas quanto os arenistas, havia convergência ideológica por um desenvolvimento econômico pautado na industrialização e pelos princípios morais da Ditadura Militar. Nas duas legislaturas analisadas ficou nítido a presença desses dois elementos comuns entre os parlamentares eleitos. Ademais, esse estudo quer contribuir, também, para a compreensão no âmbito local, de como foram forjadas as relações políticas locais durante a institucionalização do bipartidarismo, relacionando as disputas do poder municipal entre a classe dirigente alagoinhense em duas situações: o episódio do assassinato do vereador eleito pelo MDB, o comerciante Celso Magalhães Dantas, e a influência política do governador Antônio Carlos Magalhães no jogo político local. A leitura das Atas das Sessões ordinárias e Extraordinárias da Câmara Municipal de Alagoinhas, juntamente com os periódicos da Bahia e de outros estados e os documentos de informações do SNI, digitalizados e disponibilizados no site do SIAN, serviram de base fundamental para a construção dessa pesquisa. Essas fontes foram tomadas como indispensáveis para averiguar a contribuição histórica que uma parte da escrita da história política de Alagoinhas pode contribuir para a historiografia da Bahia e do Brasil.


  • Mostrar Abstract
  • The purpose of this thesis is to examine the performance of the councillors of the Movimento Democrático Brasileiro Brasileiro (MDB) councillors in Alagoinhas City Council, from 1967 to 1973, showing the participation and the role of the petty and middle bourgeoisie and the middle sectors of the of the municipality within the legislature.  It was noted that among the members of the class of Alagoinhas, both MDB and ARENA party members, there was an ideological convergence for economic development based on industrialisation and the moral principles of the Military Dictatorship. In the two legislatures analysed, the presence of these two elements was clear and common among the elected parliamentarians.  In addition, this study also aims to contribute to the understanding of how local political relations were institutionalised during the power struggles between the ruling class of Alagoinhas in two situations: the episode of the murder of the elected councillor by the MDB, the merchant Celso Magalhães Dantas, and the political influence of the governor, Antônio Carlos Magalhães, in the local political game.  The reading of the minutes of the Ordinary and Extraordinary Meetings of the Alagoinhas City Council, together with Bahian and foreign periodicals and the SNI information documents, digitised and made available on the SIAN website, served as a fundamental basis for the construction of this research. These sources were considered indispensable in order to determine the historical contribution that a part of the writing of the political history of Alagoinhas can make to the historiography of Bahia and Brazil.

8
  • Kaique Moreira Léo Lopes
  • O ENGENHO DE SANTANA EM DOIS TEMPOS (c.1537 e c.1730)

  • Orientador : JOAO JOSE REIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOAO JOSE REIS
  • LUIS NICOLAU PARES
  • MARCELO HENRIQUE DIAS
  • Data: 04/10/2023

  • Mostrar Resumo
  • A dissertação investiga o Engenho de Santana de Ilhéus, a partir de diferentes momentos da sua trajetória histórica no período colonial. Na primeira parte, busca-se entender o contexto regional e político que possibilitou o surgimento da propriedade, bem como a perpetuação administrativa do negócio. Em seguida, observa-se os domínios do engenho em dois tempos, com foco nos seus artefatos e estruturas matérias, a fim de discutir seu papel na economia e na sociedade que plasmou. Ao explorar esses elementos, a pesquisa lança luz sobre as complexidades históricas que embalaram o destino de indígenas, cativos e colonos na Ilhéus colonial.


  • Mostrar Abstract
  • The dissertation investigates the Engenho de Santana in Ilhéus, from different moments of its historical trajectory during the colonial period. Initially, the aim is to understand the regional and political context that enabled the emergence of the property, as well as its administrative perpetuation. Subsequently, the engenho's domains and interior are observed, focusing on its artifacts and material structures, in order to discuss its role in the economy and the society it shaped. By exploring these elements, the research sheds light on the historical complexities that influenced the destinies of indigenous people, captives, and settlers in colonial Ilhéus.

     


9
  • JAQUES LEONE MATOS DE OLIVEIRA
  • “O SOL DA FRATERNIDADE RASGOU A TREVA DAS SENZALAS”: MEMÓRIAS DA ESCRAVIDÃO E DA ABOLIÇÃO NO JORNAL FOLHA DO NORTE (1909-1933)

     
     
  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • ALDO JOSE MORAIS SILVA
  • Data: 06/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • O silenciamento persistente em relação à escravidão, abolição e a presença negra na cidade de Feira de Santana, destaca como as elites e a imprensa feirense buscaram construir uma identidade civilizada para a cidade, adotando estratégias de silenciamento e marginalização da população negra por meio de afastamentos do centro da cidade, proibições e exclusão social, bem como a supressão de suas narrativas e memórias. A associação entre a escravidão, abolição e uso político da memória no início do século XX pelos articulistas da imprensa feirense, será o tema fundamental desta dissertação. Este trabalho procura investigar a experiência de Feira de Santana com o pós-abolição através dos editoriais comemorativos à passagem do 13 de Maio, publicados no jornal Folha do Norte, entre os anos de 1909 a 1933.

     
     

  • Mostrar Abstract
  • The persistent silencing in relation to slavery, abolition and the black presence in the city of Feira de Santana, Bahia – Brazil, highlights how Feira's elites and journalistic press sought to build a civilized identity for the city adopting strategies of silencing and marginalizing the black population through removals from the center of the city, prohibitions and social exclusion, as well as the suppression of their narratives and memories. The association between slavery, abolition and the political use of memory, at the beginning of the 20th century by writers from the feirense journalistic press, will be the fundamental theme of this dissertation. This work seeks to investigate Feira de Santana's post-abolition experience through the commemorative editorials relating the passage of May 13th published in the newspaper Folha do Norte between the years 1909 to 1933.

     
     
Teses
1
  • Daniel Vital Silva Duarte
  • O ROL DOS PERVERSOS: HOMOSSEXUALIDADE MASCULINA E PSIQUIATRIA NA BAHIA DO SÉCULO XIX (1880-1900)

  • Orientador : LIGIA BELLINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANA BASTOS
  • JAMES NAYLOR GREEN
  • FELIPE BRUNO MARTINS FERNANDES
  • LIGIA BELLINI
  • MAGALI GOUVEIA ENGEL
  • Data: 23/01/2023

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese pretende responder a duas questões, e seus desdobramentos. Em primeiro lugar, investiga-se de que maneira discursos acerca das práticas erótico-afetivas entre homens, presentes em obras médicas escritas na Bahia na década de 1890, passaram a tratar esses comportamentos como o produto de determinados corpos, caracterizados como intrinsecamente anômalos; em segundo lugar, como a Psiquiatria propiciou instrumentos e vocabulário para pensar distinções entre seres humanos com base num erotismo não-heterocentrado, ao longo do processo de estabelecimento e consolidação deste campo do saber médico na Faculdade de Medicina da Bahia. Mais que elaborações abstratas, conceitos como ‘homo-sexual’, ‘homo-sexualismo’, ‘inversão sexual’ e ‘androphilismo’, permitiram tematizar tensões sociais do Brasil urbano em fim dos oitocentos. Derivado das questões anteriores, pretende-se entender de que maneira os discursos de inspiração psiquiátrica acerca de sujeitos que se dedicavam a práticas erótico-afetivas não-heterocentradasse articulavam com outros, envolvendo as distinções entre os gêneros, e as pretensas hierarquias naturais entre raças humanas. Tal conexão permitiria discorrer sobre práticas erótico-afetivas individuais consideradas dissidentes destacando suas repercussões no plano social. Para levar a cabo este estudo, foi realizada uma pesquisa nas teses sustentadas pelos finalistas do curso médico na Faculdade de Medicina da Bahia entre 1880 e 1900, que trataram do tema quer direta, quer tangencialmente, valendo-se de conceitos e noções elaborados pela Psiquiatria. Este corpus documental foi suplementado por periódicos especializados, textos literários e/ou de outros campos do saber que possuem partilhas, inclusive temáticas e conceituais, com os assuntos das teses. A análise está ancorada sobretudo num diálogo com a historiografia no campo de História da Medicina e da Psiquiatria no século XIX, bem como com estudos sobre História da Homossexualidade masculina nos oitocentos, em particular na Bahia. Também se realizou, quando pertinente, o diálogo com a historiografia referente à produção da raça como uma questão científica no Brasil do período.


  • Mostrar Abstract
  • The present doctoral dissertation intends to answer two questions and their unfoldings. First, it investigates how discourses about same-sex eroticism among men, present in medical works written in Bahia in the 1890s, began to treat these behaviors as the product of certain bodies, characterized as intrinsically anomalous; second, how Psychiatry provided instruments and vocabulary to think distinctions between beings based on a non-heterocentered eroticism, during the process of establishment and consolidation of this field of medical knowledge in the Bahia Medical College. More than abstract elaborations, concepts such as “homo-sexual”, “homo-sexuality”, “sexual inversion”, and “androphilism”, allowed the thematization of social tensions in urban Brazil in the late 1880s and 1890s. Derived from the previous questions, it is intended to understand how discourses inspired by Psychiatry about subjects who engaged in same sex eroticism were articulated with others, involving the distinctions between genders, and the alleged natural hierarchies between human races. Such a connection would allow us to discuss individual erotic-affective practices considered dissident by highlighting their repercussions at the social level. To carry out this study, research was made on the doctoral dissertations sustained by the finalists of the medical course at the Bahia Medical College between 1880 and 1900, who dealt with the theme either directly or tangentially, making use of concepts and notions elaborated by Psychiatry. This documental corpus was supplemented by specialized periodicals, literature, and texts from other fields of knowledge that share common themes with the subjects of these works. The analysis is anchored mainly in a dialogue with historiography in the field of History of Medicine and Psychiatry in the 19th century, as well as with studies on the History of Homosexuality in the 1800s, particularly in Bahia. When pertinent was dialogue with historiography concerning the production of race as a scientific issue in Brazil of the periodwas also stablished

2
  • Cândido Eugênio Domingues de Souza
  • O tráfico negreiro da Bahia: agentes, investimentos e redistribuição (1690-1817)

  • Orientador : JOAO JOSE REIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAXIMILIANO MAC MENZ
  • ROQUINALDO FERREIRA
  • MARIA LEONOR FREIRE COSTA
  • PEDRO ANTÓNIO ALBUQUERQUE E CASTRO ALMEIDA CARDIM
  • JORGE MIGUEL DE MELO VIANA PEDREIRA
  • JOAO JOSE REIS
  • Data: 05/04/2023

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho tem como objetivo analisar o tráfico de africanos escravizados desenvolvido em Salvador da Bahia no período de 1690 a 1817. Pretendeu-se demonstrar dimensões políticas e econômicas globais do tráfico, anteriormente não consideradas. A pesquisa dividiu-se em duas partes. A primeira discute a organização do tráfico da Bahia, na primeira metade do século XVIII, inserida nas discussões sobre a política e diplomacia, buscando entender como questões supranacionais interferiram nas relações de Salvador com a Costa da Mina. Depois, analisa como os homens de negócio da Bahia se organizaram para defender seus interesses comerciais na Costa da Mina, mas mantendo suas ligações com correspondentes e agentes mercantis em Lisboa. Os dois capítulos refutam uma discussão historiográfica nacionalista centrada no protagonismo dos comerciantes de Salvador, rivalizando com seus pares reinóis e centrados no comércio bilateral entre a Bahia e a África. A segunda parte buscou mostrar que o tráfico da Bahia seguiu regras tradicionais da cultura mercantil europeia utilizando os mesmos instrumentos para o seu financiamento como as letras de risco, as carregações e as sociedades. Este comércio também apresentou mecanismos tradicionais da própria praça baiana, como a larga participação social nos investimentos no tráfico. Ficou evidente que o tráfico era sustentado pelo crédito e foi desenvolvido em dois níveis: um mais concentrado em mãos de homens de negócios profissionais, que detinham o capital e poder político, estavam inseridos em redes globais de negócios e eram importantes credores da praça. O outro era mais disperso entre centenas de médios e pequenos investidores nos navios negreiros. Algumas mulheres destacaram-se no primeiro nível, por integrarem famílias de negreiros, investir ao longo da vida e administrar os negócios quando viúvas. Por fim, a pesquisa buscou dialogar com a História Global mirando as relações entre os mercados negreiros da Bahia e de outras praças do Brasil, assim como o mercado brasileiro de mercadorias tropicais (açúcar, tabaco, ouro), com os consumidores europeus, considerando ainda as relações com o Oriente. Foi importante, também, ressaltar as relações entre os homens de negócios de Salvador com seus pares europeus e asiáticos


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to analyze the Africans slave trade in Salvador da Bahia between 1690 and 1817. What is intended is to demonstrate the global political and global economic dimensions of slave trade, not previously considered. The research was divided into two parts. The first discusses the organization of slave trade in Bahia, in the first half of the 18th century. From discussions about politics and diplomacy it seeks to understand how supranational issues interfered in Salvador´s relation with Costa da Mina. Then, it analyzes how Bahia´s businessman organized themselves to defend their commercial interests in Costa da Mina, while maintaining their trade relations with commercial agents in Lisbon. The two chapters refute a nationalist historiographical discussion, centered on the protagonism of merchans from Salvador, against the Portuguese counterparts and centered on bilateral trade between Bahia and Africa. The second part shows that the slave trade in Bahia followed traditional rules of European mercantile culture, using the same instruments for financing the business, like risk notes, shipments, and societies. Bahia´s slave trade also presented specific settings like broad social participation in investments. It became clear that slave trade was supported by loan in two levels: the first concentrate in professional creditors businessman with capital, power political and inserted in global business networks. The second marked by medium and small investors. Some women stand out at first level, integrating slaver families, investing in slave trade in lifelong or managing the business when turn widow. The research dialogues with Global History, focusing on relationship between Bahia´s slave trade and other Brazilian marketplaces, topicals commodities (sugar, tobacco, gold), European consumers and Asian partners.

3
  • ELISEU SANTOS FERREIRA SILVA
  • “HOMENS SEM PATRIMÔNIO” NA CRISE DO ESCRAVISMO: (des)ordem social e resistências possíveis na Bahia (Bahia, 1870-1880)

     
  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • IGOR GOMES SANTOS
  • JOANA MEDRADO NASCIMENTO
  • LUCIANA DA CRUZ BRITO
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 26/06/2023

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo teve por objetivo analisar o acirramento e ações de controle social na crise da escravidão. Veremos aqui a criminalização e tentativas de disciplinar o tempo, dificultando alternativas econômicas dos “homens sem patrimônio”; escravizados; desertores, trabalhadores assalariados e retirantes, na gramática do Estado, pessoas da “gente do povo”. Práticas de furtos e roubos passam a ser cada vez mais perseguidas diante do discurso da salvaguarda e ameaça à propriedade dos cidadãos de bem num contexto de falência política e jurídica do escravismo. Os grupos em condições subalternas são postos como entrave à ordem pública e ao mundo do trabalho livre, portanto, deveriam ser combatidos pelo Estado, especialmente em um cenário de aguda crise econômica, política e social. Esses sujeitos viviam em negociações e conflitos com poderosos locais, em meio às incertezas que a crise do escravismo gerava. Para tanto, foram analisados documentos como correspondências policiais e judiciais, relatórios de presidentes e vice-presidentes da província, relatório do Ministério da Justiça, anais dos debates legislativos, processos criminais, jornais, censos demográficos.

     

  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to analyze the escalation and social control actions by the government in the crisis of slavery time. We will see here the analize about the criminalization and attempts to discipline the time hampering economic alternatives from “men without assets”; enslaved; deserters, salaried workers and migrants, in the grammar of the State, people of the “common people”. Practices of thefts and robberies were increasingly being persecuted in the face of the discourse of safeguarding and threatening the property of good citizens. Groups in subaltern conditions are placed as an obstacle to public order and the world of work, therefore, they should be fought by the State, especially in a scenario of acute economic, political and social crisis. These subjects lived in negotiations and conflicts with powerful locals, during the uncertainties that the crisis of slavery generated. For this purpose, documents such as police registrations and judicial correspondence, reports from presidents and vice presidents of the province, a report by the Ministry of Justice, annals of legislative debates, criminal cases, newspapers, demographic censuses were analyzed.

     
4
  • UIÁ FREIRE DIAS DOS SANTOS
  • A prática nos sertões na capitania de Porto Seguro: paulistas e indígenas na (trans)formação da sociedade colonial (1585-1700)

  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ DE ALMEIDA RÊGO
  • BARTIRA FERRAZ BARBOSA
  • FABRICIO LYRIO SANTOS
  • FRANCISCO EDUARDO TORRES CANCELA
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • PABLO ANTONIO IGLESIAS MAGALHAES
  • Data: 04/07/2023

  • Mostrar Resumo
  • A tese que ora apresentamos se propôs analisar a experiência histórica da Capitania de Porto Seguro no período entre os conflitos que causaram a expulsão dos jesuítas, nos anos finais do século XVI, até a fundação da Vila de Santo Antônio do Rio das Caravelas, em 1701. Como chave interpretativa ou fio condutor da análise nos valemos das experiências e processos históricos que puseram em evidência a continuidade e dependência da exploração das diversas formas de recrutamento e exploração do trabalho dos indígenas como meio de manutenção de uma colonização pouco expressiva e de limitado desenvolvimento. Através de um variado conjunto de fontes, depositadas em arquivos e fundos diversos, buscamos entender a condição precária da presença portuguesa na Capitania de Porto Seguro em contraposição à massiva e resistente presença indígena no território recortado. Evidenciamos que o pouco sucesso econômico da capitania teve como resultado a mobilização e deslocamento de grupos indígenas variados por meio do uso abusivo do recurso à violência que provocou a reiteração da exaustão de populações acompanhada da busca pela recomposição de mão de obra nas povoações coloniais e aldeamentos. Finalmente, a análise pôs em evidência que a exaustão dos grupos que habitavam o litoral, pela intensa exploração do trabalho, guerras e doenças infectocontagiosas forçou descimentos de grupos que habitavam regiões cada vez mais distantes do litoral tendo como resultado o crescimento da ocupação dos núcleos coloniais de indígenas do grupo Macro-Jê nas povoações portuguesas da Capitania de Porto Seguro. Para tanto, operamos de forma crítica com o conceito de sertão e seus múltiplos significados objetivando evidenciar o recurso à sua circulação praticado pelos agentes bem como pelos indígenas. Todo o processo foi acompanhado por uma leitura e interpretação crítica das leis oriundas da política indigenista da Coroa portuguesa.


  • Mostrar Abstract
  • The thesis presented here proposed to analyze the historical experience of the Captaincy of Porto Seguro in the period between the conflicts that caused the expulsion of the Jesuits, in the final years of the 16th century, until the foundation of Vila de Santo Antônio do Rio das Caravelas, in 1701 As an interpretative key or guiding principle of the analysis, we used the experiences and historical processes that highlighted the continuity and dependence of the exploitation of the different forms of recruitment and exploitation of indigenous labor as a means of maintaining an insignificant colonization and limited development . Through a varied set of sources, deposited in archives and various funds, we seek to understand the precarious condition of the Portuguese presence in the Captaincy of Porto Seguro as opposed to the massive and resistant indigenous presence in the cut territory. We evidenced that the little economic success of the captaincy resulted in the mobilization and displacement of varied indigenous groups through the abusive use of the resource to violence that provoked the reiteration of the exhaustion of populations accompanied by the search for the recomposition of labor in the colonial settlements and villages. Finally, the analysis showed that the exhaustion of the groups that inhabited the coast, due to the intense exploitation of labor, wars and infectious diseases, forced the descent of groups that inhabited regions increasingly distant from the coast, resulting in the growth of occupation of colonial centers of indigenous people from the Macro-Jê group in the Portuguese settlements of the Captaincy of Porto Seguro. To do so, we operate critically with the concept of sertão and its multiple meanings, aiming to highlight the use of its circulation practiced by the agents as well as by the indigenous people. The entire process was accompanied by a critical reading and interpretation of the laws arising from the Portuguese Crown's indigenist policy.

5
  • RENATA FERREIRA DE OLIVEIRA
  • “O VASTO TEATRO CIVILIZATÓRIO”: OS INDÍGENAS E O TRABALHO NO BRASIL IMPERIAL ENTRE 1845 A 1890 NA REGIÃO DO JEQUITINHONHA

     
  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • TATIANA GONÇVALVES DE OLIVEIRA
  • ALDEMIR BARROS DA SILVA JUNIOR
  • ANDRÉ DE ALMEIDA RÊGO
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • Data: 31/08/2023

  • Mostrar Resumo
  • Essa tese analisa a reorganização dos indígenas na região do Rio Jequitinhonha, a partir do Regulamento das Missões e catequese, para a utilização da sua mão de obra pelo Estado e particulares como possibilidade de ser uma alternativa à crise gerada pelo fim do tráfico de africanos, nos anos de 1845 a 1890. A temporalidade é demarcada pelo Decreto 426 de 1845 que é considerado a primeira sistematização da política indigenista Imperial.4 A análise se estenderá até a década de 1890, quando o Estado, na virada para a República, passou a adotar uma postura contrária à permanência da catequese e aldeamentos na área de Estudo. A região do Jequitinhonha foi escolhida por ser uma zona fronteiriça em expansão e por compreender um território indígena que abrigou diversos povos ao longo do seu curso. No entanto, precisei abranger a área para dar conta de entender a dinâmica das mobilidades indígenas ocorridas entre o sul da Bahia e o Vale do rio Mucuri. Todavia, não se trata de uma pesquisa que analisa aldeamentos in loco, mas de uma investigação da imbricada relação entre a política indígena e indigenista no contexto da aplicação do Decreto 426.

     

  • Mostrar Abstract
  • This thesis analyzes the reorganization of indigenous peoples in the Jequitinhonha River region, based on the Regulations of Missions and Catechesis, for the utilization of their labor by the State and private individuals as a potential alternative to the crisis generated by the end of the African slave trade, from 1845 to 1890. The timeframe is marked by Decree 426 of 1845, which is considered the first systematization of Imperial indigenous policy. The analysis extends until the 1890s when the State, during the transition to the Republic, began to adopt a stance against the continuation of catechesis and settlements in the study area. The Jequitinhonha region was chosen because it is an expanding border zone and encompasses an indigenous territory that has housed various peoples throughout its course. However, I needed to include the broader area to comprehend the dynamics of indigenous mobilities that occurred between southern Bahia and the Mucuri River Valley. Nevertheless, this is not a study that analyzes settlements in situ, but rather an investigation of the intricate relationship between indigenous and indigenist policies in the context of the implementation of Decree 426.

     
6
  • DANILLO RANGELL PINHEIRO PEREIRA
  • Rastos do Concílio Vaticano II nos escritos de Joseph Ratzinger e Leonardo Boff (1965 2007)

     
  • Orientador : IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • EDILECE SOUZA COUTO
  • ELIZETE DA SILVA
  • GERALDO LUIZ DE MORI
  • Data: 22/11/2023

  • Mostrar Resumo
  • Neste estudo foi desenvolvida uma investigação acerca das interpretações sobre o Concílio Vaticano II, presentes em escritos publicados pelos teólogos Joseph Ratzinger, papa Bento XVI – Reinante entre 2005 e 2013; Emérito entre 2013 e 2022 – e Leonardo Boff, teólogo e filósofo expoente da Teologia da Libertação latino-americana. Nas fontes pesquisadas, foi dada uma maior ênfase a livros publicados pelos dois estudiosos católicos entre 1965 e 2007. Contudo, para aprofundar a compreensão das obras e do contexto de suas confecções, incluímos artigos, entrevistas e livros posteriores dos intelectuais alemão e brasileiro, assim como textos oficiais da Igreja Católica, a exemplo de: 1) documentos conclusivos do Concílio Vaticano II (Constituições, decretos e declarações); 2) das segunda, terceira, quarta e quinta Conferências do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam); 3) Pronunciamentos e Encíclicas papais; 4) textos da Congregação para Doutrina da Fé; 5) correspondências do ex-padre franciscano, que trataram do processo doutrinal empreendido pelo órgão responsável pelo controle da sã doutrina, na época administrada pelo cardeal bávaro, contra seu livro Igreja: carisma e poder. Ensaios sobre eclesiologia militante. O vigésimo primeiro Concílio Católico foi realizado em quatro seções, entre os anos de 1962 a 1965, e contou com a participação de dois papas (João XXIII e Paulo VI), cardeais, bispos, padres e cristãos de todo o mundo conhecido. Despertou o interesse de parcela significativa da imprensa mundial, da comunidade teológica internacional – para além do catolicismo –, assim como de filósofos, cientistas sociais, historiadores, leigos engajados nas comunidades católicas, entre outros. Após o encerramento da última sessão, em sete de dezembro de 1965, iniciaram os esforços de estudos de seus documentos, interpretações, aplicações e atualizações em distintos contextos. Deles resultaram múltiplas respostas, competições pela sua legítima compreensão, que dificultaram possibilidades de monopólio total das autoridades romanas em relação a sua correta herança. Como estudiosos do Cristianismo, Ratzinger e Boff refletiram, em momentos distintos de suas produções intelectuais, o legado daquele acontecimento; enfrentaram debates sobre temas intensamente discutidos na história da teologia, de modo particular no catolicismo, tais como: 1) o diálogo com o chamado mundo moderno, incluindo as contribuições da Filosofia, ciências, o ateísmo; 2) a concepção da Igreja Católica como povo de Deus e corpo místico de Cristo; 3) perspectivas existentes em relação à revelação divina, liturgia; 4) a origem da autoridade e organização da Igreja de Jesus Cristo; 5) o ecumenismo, destacando abordagens sobre o pluralismo das culturas e religiões no interior do credo cristão e fora dele. O Concílio do século passado, para os dois autores – reconhecidos como referências importantes na história da teologia nas últimas décadas do século XX e início do XXI –, fora um ponto de partida indispensável em suas propostas e reflexões.

     

  • Mostrar Abstract
  • In this study, we conducted an investigation on the interpretations about the Second Vatican Council that are found in publications by theologian Joseph Ratzinger, Pope Benedict XVI - Ruler between 2005 and 2013; emeritus from 2013 to 2022 -, and theologian and philosopher Leonardo Boff, exponent of the Latin-American Theology of Liberation.  In the sources searched, greater emphasis was given to books published by these two catholic scholars between 1965 and 2007.  However, to deepen the understanding of their work and its context, we included articles, interviews and later published books by the German and Brazilian intellectuals, as well as Catholic Church’s official texts, namely:  1) concluding documents of the Second Vatican Council (Constitutions, decrees and declarations); 2) of the second, third, fourth and fifth Conferences of the Latin American Episcopal Council (Celam); 3) Papal Announcements and Encyclicals; 4) texts of the Congregation for the Doctrine of the Faith; 5) correspondence of the former Franciscan priest that dealt with the doctrinal process undertaken by the body responsible for the control of  the sound doctrine, at the time, administered by the Bavarian Cardinal, against his book Igreja: carisma e poder. Ensaios sobre eclesiologia militante. The twenty-first Catholic Council took place in four sections, between the years of 1962 and 1965, and was attended by two Popes (John XXIII and Paul VI), Cardinals, Bishops, Fathers, and Christians from all over the known world.  It has sparkled interest in a significant part of the world media, the international theological community - beyond the catholicism - , as well as philosophers, social scientists, historians, lay people engaged in Catholic communities, among others.  After the closing of the last session, on December 7, 1965, efforts to study its documents, interpretations, applications and updates in different contexts began. Several responses and competitions over the legitimate understanding came from it, which made difficult the possibilities of total monopolization by the Roman authorities regarding the correct legacy. As scholars of the Christianism, Ratznger and Boff reflected, at different moments of their intellectual productions, on the legacy of that event; faced debates about intensely discussed topics in the history of theology, in particular, in the Catholicism, such as:  1) dialogue with the so-called modern world, including the contributions of philosophy, science, atheism; 2) the conception of the Catholic Church as people of God and mystical body of Christ; 3) existing perspectives in relation to divine revelation, liturgy; 4) the origin of the authority and organization of the Church of Jesus Christ; 5) ecumenism, highlighting approaches to the pluralism of cultures and religions within and outside the Christian creed. The last century Council, for both authors - recognized as important references in the history of theology in the last decades of the 20th century and the beginning of the 21st century - was an indispensable starting point in their proposals and reflections.

     
7
  • ALAN COSTA CERQUEIRA
  • TOMAR O PRÓPRIO DESTINO:  INFÂNCIA ABANDONADA, LEI E TRABALHO DOMÉSTICO NA BAHIA (1862-1912)

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IDALINA MARIA ALMEIDA DE FREITAS
  • HENRIQUE ESPADA LIMA FILHO
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • ROBERIO SANTOS SOUZA
  • Data: 04/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese investiga as trabalhadoras domésticas e o trabalho doméstico em meio a formação do mercado de trabalho, através de diferentes dimensões que formaram a categoria das chamadas criadas de servir, partindo das experiências construídas no Asilo dos Expostos na cidade de Salvador entre os anos 1862 e 1912. Através de documentos que compõe pequenas trajetórias, literatura, charges, poemas, editoriais e anúncios de jornais, leis, contratos de trabalho e documentação oficial, procuro compreender diferentes aspectos deste segmento do mercado de trabalho. O objetivo é entender a atuação das órfãs e a instituição a que estiveram vinculadas no mundo do trabalho doméstico. Apesar de terem construído concepções preconceituosas sobre as criadas, os textos literários e as charges ofertaram diferentes contextos em que estes conflitos poderiam acontecer. Este cenário ajuda a entender inclusive o próprio “mundo dos patrões”. Argumento que a condição social e jurídica na qual as expostas da Santa Casa se constituíram, isto é, enquanto trabalhadoras domésticas, foi parte de uma atuação sistematizada do Asilo dos Expostos da Santa Casa, que agiu no mercado de trabalho como uma espécie de agência de serviços domésticos, concretizando seu objetivo de formar criadas dóceis e compreendidas como obedientes para ofertá-las aos patrões, membros das elites da cidade. A tese trabalha com um enfoque teórico-metodológico que analisa as tensões raciais, as desigualdades de gênero e a composição diversificada no processo de formação da classe trabalhadora, a partir de diferentes arranjos de contrato e experiências em meio ao desmantelo da escravidão até o pós-abolição, além de observar os diferentes aspectos deste mercado de trabalho, como salários, tentativas de regulamentação e restrição da liberdade. Por fim, busquei, a partir do Asilo dos Expostos, elaborar um panorama geral deste mercado para entender melhor os caminhos desta categoria laboral em meio à formação da classe trabalhadora, especialmente para tentar compreender a circulação das órfãs em comparação aos demais trabalhadores domésticos. Foi possível observar que ambos estavam na mesma localização, nas zonas centrais, nas quais o trabalho urbano era praticado, mas, que atenderam a diferentes dinâmicas deste lugar tão amplo e diversificado. 

     

     serviço doméstico; crianças abandonadas; Asilo dos Expostos; escravidão; pós-abolição; século XIX. 


  • Mostrar Abstract
  • This thesis investigates domestic workers and domestic work in the midst of the formation of the labor market, through different dimensions that formed the category of those called servants, based on the experiences built in the Asilo dos Expostos in the city of Salvador between the years 1862 and 1912. Through documents that make up short trajectories, literature, cartoons, poems, editorials and newspaper advertisements, laws, employment contracts and official documentation, I try to understand different aspects of this segment of the job market. The objective is to understand the role of orphans and the institution to which they were linked in the world of domestic work. Despite having constructed prejudiced conceptions about the maids, the literary texts and cartoons offered different contexts in which these conflicts could happen. This scenario helps to understand the “world of bosses” itself. I argue that the social and legal condition in which those exposed at Santa Casa were constituted, that is, as domestic workers, was part of a systematized action by the Asilo dos Expostos da Santa Casa, which acted in the labor market as a kind of agency of domestic services, achieving its objective of training docile maids who were understood as obedient to offer them to employers, members of the city's elites. The thesis works with a theoretical-methodological approach that analyzes racial tensions, gender inequalities and the diverse composition in the process of formation of the working class, based on different contract arrangements and experiences amid the dismantling of slavery until the post- abolition, in addition to observing the different aspects of this labor market, such as wages, attempts at regulation and restriction of freedom. Finally, based on the Asilo dos Expostos, I sought to develop a general overview of this market to better understand the paths of this labor category in the midst of the formation of the working class, especially to try to understand the circulation of orphans in comparison to other domestic workers. It was possible to observe that both were in the same location, in the central areas, where urban work was practiced, but that they responded to different dynamics of this large and diverse place.

     

8
  • ALEXSANDRO RIBEIRO DO NASCIMENTO
  • “SOMOS OS FILHOS DA REVOLUÇÃO”: OS VILLELA TAVARES E AS
    IDEIAS POLÍTICAS DE PERNAMBUCO NO SÉCULO XIX

  • Orientador : RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCUS JOAQUIM MACIEL DE CARVALHO
  • BRUNO AUGUSTO DORNELAS CÂMARA
  • HELIO MAURICIO PIRAJA CANNONE
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • Data: 15/12/2023

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese tem o objetivo compreender as linguagens dentro do seu contexto social e
    político no oitocentos, especialmente em Pernambuco. Analisa, também, as redes, as
    relações de poder, o discurso político e a produção intelectual desses bacharéis. Para essa
    investigação procuramos analisar a atuação de dois atores jurídicos e políticos que
    estavam em bastante evidência na arena pública pernambucana no Período Regencial e
    no Segundo Reinado: Jerônimo Villela de Castro Tavares (1815-1869) e Joaquim Villela
    Tavares (1816-1858). Formados nas primeiras turmas do Curso Jurídico de Olinda, eles
    estavam envolvidos nos acontecimentos da província e, também, nas discussões políticas
    na Assembleia Geral e ainda foram professores da instituição de ensino citada. A partir
    destes personagens relacionamos as normas brasileiras do século XIX e sua tensão com
    o sistema monárquico como o enfraquecimento do absolutismo e as transformações do
    liberalismo; Analisar a cultura jurídica do XIX correlacionando com os discursos dos
    bacharéis e seu comportamento perante outros grupos sociais; Investigar a atuação dos
    irmãos Vilella Tavares na Insurreição Praieira e suas posições dentro dos partidos
    conservador e liberal; e analisar a produção intelectual dos Vilella Tavares através de suas
    obras, escritos e como professores da Faculdade de Direito de Olinda. O recorte histórico
    da tese começa com a Revolução Pernambucana, de 1817, e termina com a morte de
    Jerônimo Villela de Castro Tavares, em 1869. A inspiração teórica do trabalho está nas
    reflexões desenvolvidas por Jonh Pocock sobre o exame dos textos políticos produzidos
    em outras épocas. Para chegarmos às nossas conclusões, utilizamos os documentos do
    Arquivo da Faculdade de Direito do Recife, do Arquivo Público do Recife, dos arquivos
    encontrados nos sites da Câmara dos Deputados e do Senado Federal brasileiro onde
    foram analisados os Anais do Parlamento Brasileiro, da Hemeroteca Digital da Biblioteca
    Nacional, e seus diversos periódicos e documentos do período do oitocentos.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis aims to understand languages within their social and political context in the
    19th century, especially in Pernambuco. It also analyzes the networks, power relations,
    political discourse and intellectual production of these bachelors. For this investigation,
    we sought to analyze the work of two legal and political actors who were very prominent
    in Pernambuco's public arena during the Regency Period and the Second Reign: Jerônimo
    Villela de Castro Tavares (1815-1869) and Joaquim Villela Tavares (1816-1858).
    Graduates of the first classes of the Olinda Legal Course, they were involved in the events
    of the province and also in the political discussions in the General Assembly and were
    also professors at the aforementioned educational institution. Based on these characters,
    we will relate the Brazilian norms of the 19th century and their tension with the
    monarchical system, such as the weakening of absolutism and the transformations of
    liberalism; Analyze the legal culture of the 19th century, correlating it with the speeches
    of the bachelors and their behavior towards other social groups; Investigate the role of the
    Vilella Tavares brothers in the Praieira Insurrection and their positions within the
    conservative and liberal parties; and analyze the intellectual production of the Vilella
    Tavares through their works, writings and as professors at the Olinda Law School. The
    thesis begins with the Pernambuco Revolution of 1817 and ends with the death of
    Jerônimo Villela de Castro Tavares in 1869. The theoretical inspiration for the work lies
    in the reflections developed by John Pocock on the examination of political texts
    produced in other eras. To reach our conclusions, we used documents from the Recife
    Law School Archive, the Recife Public Archive, the archives found on the websites of
    the Chamber of Deputies and the Brazilian Federal Senate, where the Annals of the
    Brazilian Parliament were analyzed, the Digital Library of the National Library, and its
    various periodicals and documents from the 19th century.

2022
Dissertações
1
  • YURI AUGUSTO DE OLIVEIRA
  • SOB OS OLHOS DE FÉBRUO: O COTIDIANO DA MORTE NA ROMA MEDITÊRRANEA (II A.C. e II D.C.)

  • Orientador : MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PEDRO PAULO ABREU FUNARI
  • MARGARIDA MARIA DE CARVALHO
  • MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • Data: 14/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • Morrer, assim como nascer, são processos naturais, contudo, o modo como as pessoas morrem, são enterradas, comemoradas, lamentadas e lembradas, são elementos construídos culturalmente. Assim, embora todas as sociedades se organizem com a morte, pois a morte é um elemento indissociável das sociedades, a forma como cada sociedade se organiza modifica-se de acordo com a localidade, com o grupo social e com a época. Desse modo, o fenômeno da morte deve ser pensado como um fenômeno histórico-cultural. Além disso, as diversas dimensões de costumes e as crenças que orbitam a morte podem nos ajudar a entender melhor a sociedade romana. Portanto, essa dissertação pretende analisar aspectos da morte, do luto, da memoração dos mortos e da sociabilidade na Roma antiga, a partir do cruzamentos de evidências de natureza literária com fontes da cultura material.


  • Mostrar Abstract
  • Dying, like being born, are natural processes, however, the way people die, are buried, commemorated, mourned and remembered are culturally constructed elements. Thus, although all societies are organized with death, as death is an inseparable element of societies, the way each society is organized changes according to location, social group and time. Thus, the phenomenon of death must be thought of as a culturalhistorical phenomenon. Furthermore, the different dimensions of customs and beliefs that orbit death can help us to better understand Roman society. Therefore, this dissertation intends to analyze aspects of death, mourning, the memory of the dead and sociability in ancient Rome, from the crossing of evidence of a literary nature with sources of material culture.

2
  • JOSE PEDRO CARRANO DA SILVA
  • As crianças e o cativeiro do trabalho: Políticas para orientação de ingênuos e menores desvalidos ao trabalho na Bahia, entre a era da emancipação e o pós-abolição.

  • Orientador : FELIPE AZEVEDO E SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DAVID PATRÍCIO LACERDA
  • FELIPE AZEVEDO E SOUZA
  • ROBERIO SANTOS SOUZA
  • Data: 17/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho investiga e analisa as políticas que foram debatidas e implementadas na província da Bahia, relacionadas a orientação de crianças desvalidas ao trabalho, com especial atenção aos ingênuos da Lei do Ventre Livre de 1871. Após o advento da lei, parlamentares, proprietários e outros setores da sociedade baiana, debateram exaustivamente de que maneira iriam desenvolver políticas para a manutenção do uso da mão-de-obra infantil, em meio a nova legislação e as pressões abolicionistas. Em articulações dentro da Câmara, justificaram a promoção de iniciativas que orientaram crianças ingênuas e desvalidas ao trabalho, como a fundação de colônias agrícolas. Através da análise do corpo documental, a pesquisa busca evidenciar como foram traçados caminhos para integração coercitiva da infância desvalida e ingênua à reorganização social do trabalho na província da Bahia entre a era da emancipação e os primeiros anos do pós-abolição.


  • Mostrar Abstract
  • The present work investigates and analyzes the policies that were debated and implemented in the province of Bahia, related to the guidance of underprivileged children to work, with special attention to the ingênuos of the Law of Ventre Livre of 1871. After the advent of the law, parliamentarians, landowners, and other sectors of Bahian society, exhaustively debated how they would develop policies to maintain the use of child labor, during new legislation and abolitionist pressures. In articulations within the Chamber, they justified the promotion of initiatives that guided ingênuos and underprivileged children to work, such as the foundation of agricultural colonies. Through the analysis of the documentary body, the research seeks to show how paths were traced for the coercive integration of helpless and ingênuos children to the social reorganization of work in the province of Bahia between the emancipation era and the first post-abolition years.

3
  • DIANA SANTOS SOUZA
  • “A SUA SENHORA ESTA SANTA CASA”:TRABALHADORES, ESCRAVIDÃO E LIBERDADES NA MISERICÓRDIA DA BAHIA OITOCENTISTA

    (1830–1872)

     

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • LUCIANA DA CRUZ BRITO
  • Data: 25/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Em 1830 a Santa Casa da Bahia, instituição de assistência e caridade, criou o livro de registro de Escravos da Misericórdia. Embora tenha feito uso da força de trabalho de escravizados nas atividades de seus estabelecimentos de assistência urbana, e propriedades rurais desde o século XVIII, este foi o primeiro e único documento desenvolvido na instituição com esta finalidade. O registro relacionou e documentou eventos da vida dos trabalhadores escravizados desde seu ingresso, ou nascimento, na instituição até sua morte. Nesta pesquisa investigamos as condições de vida e trabalho de trabalhadores escravizados pela Misericórdia da Bahia, empregados em seus estabelecimentos de assistência urbana. Analisamos a coexistência do trabalho livre, trabalho escravo e do trabalho compulsório ao qual estavam submetidos os africanos livres, egressos das apreensões de navios negreiros decorrentes da proibição do tráfico. Discutimos a decisão institucional de alforriar coletivamente os escravos da Misericórdia no ano de 1872 e todo o processo de reconfiguração das relações e provimento dos postos de trabalho a partir emprego de órfãos, mulheres recolhidas, religiosas e africanos livres.


  • Mostrar Abstract
  • In 1830 the Santa Casa de Misericórdia da Bahia, a care and charity institution, created a registry of Slaves of the Misericórdia. Although it had used enslaved labor to run its urban care institutions and rural properties since the 18th century, this was the first and only document developed by the institution with this aim. The registry reported on and documented events from the lives of enslaved workers starting from their entry into or birth in the institution up until their death. In this thesis, we investigate the living and working conditions of workers enslaved by the Misericórdia da Bahia, used in their urban care institutions. We analyze the coexistence of free labor, slave labor and the compulsory work to which freed Africans were submitted, having come from slave trading ships apprehended following the prohibition of the trade. We discuss the institutional decision to collectively emancipate those enslaved by the Misericórdia in 1872 and the whole process of reconfiguration of the relations and provision of working positions based on the employment of orphans, shelteredwomen, nuns and freed Africans.

4
  • MATEUS JOSÉ DA SILVA SANTOS
  • “DAS POTÊNCIAS NÃOALINHADAS”: O EGITO E A POLÍTICA EXTERNA INDEPENDENTE DE JÂNIO QUADROS E JOÃO GOULART (1961 SALVADOR 20221962)

  • Orientador : ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • MUNIZ GONCALVES FERREIRA
  • Data: 02/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo principal desta dissertação é analisar os limites e as possibilidades de relacionamento entre brasileiros e egípcios durante os primeiros passos da Política Externa Independente. Considerando o complexo quadro envolvend o a existência de iniciativas favoráveis à ampliação dos laços entre os dois países a partir do início do governo Jânio Quadros e as tensões decorrentes do confronto entre diferentes perspectivas de Política Externa e leituras sobre o cenário internacional nos anos 1950 e 1960, discutiremos como as relações Brasil Egito obedeceram aos sentidos de uma aproximação incômoda. Numa atmosfera de conflitos em torno da PEI, diferentes atores sociais disputaram seus rumos a partir de um confronto entre perspectiva s sobre o lugar do Brasil do mundo, produzindo interessantes análises acerca das relações exteriores. Intelectuais como Eduardo Portella, diplomatas como Roberto Campos e Adolpho Justo Bezerra de Menezes, exligados à Política Externa como Sa parlamentares n Tiago Dantas e Afonso Arinos, além de militares como o Almirante Carlos Penna Botto alimentaram os debates acerca dos caminhos empreendidos pelos governos Jânio Quadros e João Goulart (1961ou extemporâneas à PEI, 1962). A partir de obras contemporâneas além de artigos publicados na Revista Brasileira de Política Internacional, tais indivíduos apontavam para novas possibilidades para a PEB ou apelavam pela manutenção das linhas de ação tradicionais, levando em conta diferentes demandas domésticas e as opo rtunidades existentes num contexto de mudança no sistema e na ordem internacional. Identificando as diferentes percepções sobre o Egito, que variavam desde o sentimento de uma concorrência para o Brasil na conquista de uma liderança entre os países do cont inente negro e o mundo subdesenvolvido até aos questionamentos sobre o regime político liderado por Nasser e suas relações com outros atores na cena internacional, discutiremos as principais variáveis que constituíam a existência de um complexo quadro para aproximação entre brasileiros e egípcios. Num ambiente marcado pela desconfiança, medo, cautela e entusiasmo frente aos rumos da PEB, um Egito de oportunidades também foi impulsionado por Jânio Quadros. Por meio de textos de O Cruzeiro en e dos memorandos caminhados ao Itamaraty durante seu curto governo, destacaremos como o então candidato e, posteriormente, presidente da República foi um ator relevante dentro das possibilidades de aproximação, acenando positivamente para o Egito a partir de sua admiração pelo presidente Gamal Abdel Nasser e pela atribuição de papel estratégico ao país africano em suas concepções acerca da política internacional e das relações exteriores do Brasil. Se as características das políticas externas dos dois países impulsionavam o estreitamento de laços na esfera bilateral e multilateral, somado ao engajamento de distintos atores domésticos, o nível do debate intelectual sobre as relações exteriores a partir dos sujeitos da PEI evidenciava os incômodos existentes no cenário domésti co brasileiro para o aprofundamento de suas relações com o Egito e nas concepções acerca do papel do país africano na arquitetura internacional.


  • Mostrar Abstract
  • The main objective of this dissertation is to analyze the limits and possibilities of the relationship between Brazilians and Egyptians during the first steps of the Independent Foreign Policy (IFP). Considering the complex situation involving the existence of initiatives favorable to the expansion of ties between the two countries from the beginning of the Jânio Quadros government and the tensions arising from the confrontation between different perspectives of Foreign Policy and readings on the international scenario in the 1950s and 1960s, we will discuss how brazilian-egyptian relations obeyed the meanings of an uncomfortable approach. In an atmosphere of conflicts around the IFP, different social actors disputed its course based on a confrontation differing perspectives of Brazil's place in the world, producing interesting analyzes about foreign relations. Intellectuals such as Eduardo Portella, diplomats such as Roberto Campos and Adolpho Justo Bezerra de Menezes, former parliamentarians linked to Foreign Policy such as San Tiago Dantas and Afonso Arinos, as well as military personnel such as Admiral Carlos Penna Botto fueled debates about the paths taken by the Jânio Quadros and João Goulart governments (1961-1962). From contemporary or extemporaneous works to the PEI, in addition to articles published in the Revista Brasileira de Política Internacional, these individuals pointed to new possibilities for the PEB or called for the maintenance of traditional lines of action, taking into account different domestic demands and existing opportunities in a context of change in the international system and order. Identifying the different perceptions about Egypt, which ranged from the feeling of competition against Brazil in the conquest of a leadership between the countries of the black continent and the underdeveloped world to the questions about the political regime led by Nasser and its relations with other actors on the international scene, we will discuss the main variables that constituted the existence of a complex framework for the rapprochement between brazilian and egyptian diplomacy. In an environment marked by distrust, fear, caution and enthusiasm in the face of IFP’s directions, an Egypt of opportunities was also promoted by Jânio Quadros. Through texts by “O Cruzeiro” and the memoranda sent to Itamaraty during his short government, we will highlight how the then candidate and later president of the Republic was a relevant actor within the possibilities of approximation, waving positively to Egypt due to his admiration for President Gamal Abdel Nasser and for attributing a strategic role to the african country in its conceptions of international politics and Brazil's foreign relations. If the characteristics of the foreign policies of the two countries boosted the strengthening of ties in the bilateral and multilateral spheres, in addition to the engagement of different domestic actors, the intellectual debate about foreign relations from the subjects of the IFP evidenced the existing discomforts in the domestic scenario around the deepening of the relations between the two countries and the brazilian conceptions about the role of the african country in the international architecture. 

5
  • HEMERSON DOS SANTOS JUNIOR
  • “QUE POLÍCIA!” EMBATES ENTRE IMPRENSA E POLÍCIA NO ALVORECER REPUBLICANO (RIO DE JANEIRO, 1898 – 1899)

  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • MARCOS LUIZ BRETAS DA FONSECA
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 08/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo principal dessa dissertação é analisar a representação da polícia do Distrito Federal na imprensa periódica do Rio de Janeiro durante os anos de 1898 e 1899. Foi durante esse período que Sampaio Ferraz, eminente político de então, assumiu pela segunda vez o cargo de chefe de polícia e buscava reformar a instituição.Trata-se de pesquisa no campo da história social, levando em consideração questões que afetavam o cotidiano urbano da capital federal e os costumes da população. No primeiro capítulo discutiremos o perfil de Sampaio Ferraz e o contexto histórico dos anos de 1898 e 1899. No segundo capítulo discutiremos um roubo ocorrido no Rio de Janeiro e as discussões que surgiram a partir desse fato. No terceiro capítulo buscamos entender os recursos utilizados pelos jornais para minar o capital político do chefe de polícia. As principais fontes são a imprensa, correspondência policial e administrativa.


  • Mostrar Abstract
  • The main objective of this dissertation is to analyze the portrayal of the Federal District's police in Rio de Janeiro’s press during the years 1898 and 1899. It was during this period that Sampaio Ferraz, eminent politician at the time, assumed the role of police’s chief officer at the Federal District for the second time and sought to reform the institution. Our analysis is based on social history, taking into account issues that affected the population’s daily life. In the first chapter, we will discuss Sampaio Ferraz’s profile and its context. In the second chapter, we will discuss a robbery that took place in Rio de Janeiro and its consequences. In the third chapter, we seek to analyze the expedients used by the press to undermine Ferraz’s political image.

6
  • RAFAELA CECCONI PANTALEÃO AMORIM
  • O QUE NÃO ESTÁ NOS AUTOS NÃO ESTÁ NO MUNDO: A ATUAÇÃO DOS DESEMBARGADORES DO TRIBUNAL DA RELAÇÃO DA BAHIA NAS DEVASSAS DA CONJURAÇÃO BAIANA DE 1798

  • Orientador : PATRICIA VALIM
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ FIGUEIREDO RODRIGUES
  • CLÁUDIA CRISTINA AZEREDO ATALLAH
  • PATRICIA VALIM
  • Data: 28/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • No final do século XVIII, a cidade de Salvador foi sacudida pelo inquérito e julgamento dos acusados de participação na Conjuração Baiana de 1798. Esses homens foram acusados pelo crime de lesa-majestade de primeira cabeça, passível de punição com pena de morte. Os juízes do Tribunal da Relação da Bahia foram os responsáveis por conduzir as devassas e tiveram que lidar com a tarefa de dar uma resposta adequada à dimensão de um movimento que foi capaz de preocupar a coroa portuguesa. Tal qual muitos de seus pares na Relação da Bahia, estes magistrados possuíam uma trajetória turbulenta em suas carreiras, marcadas por queixas de condutas impróprias ao cargo que ocupavam. A partir das reformas pombalinas no campo do direito e da justiça, a administração portuguesa pretendeu transformar e modernizar suas leis e preparar seus magistrados para exercer as funções de justiça com maior eficácia: como os magistrados da Relação da Bahia se encaixam nisso? Nosso objetivo aqui é analisar como essas transformações aparecem nos autos das devassas da Conjuração Baiana de 1798 conduzidas por eles.


  • Mostrar Abstract
  • In the end of the 18º century, the city of Salvador was shaken by the trial of the accused of participation in the Conjuração Baiana. These man were charged with the crime of lesemajesty, punishable with death penalty. The judges of the High Court of Bahia were responsible for the legal proceedings and had to deal with the task of provide an adequate response for the dimension of the movement, which was able of worrying the portuguese crown. Like many of their peers in the High Court of Bahia, these magistrates had a turbulent trajectory in their careers, marked by complaints of misbehavior. Since the pombaline reforms in the field of law and justice, the portuguese administration intended to transform and modernize their legal system and prepare their judges to exercise the functions of justice more effectively: how do the magistrates of the High Court of Bahia fit into this? Our objective here is to analyze how these transformations appear in the case files of the Conjuração Baiana de 1798 conducted by them.

7
  • PEDRO CAMARGO RODRIGUES UZÊDA
  • GALÍCIA ESPORTE CLUBE: O JOGO DA IDENTIDADE NA CIDADE DO SALVADOR (1933-1945)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABIANA PAIXÃO VIANA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • VINICIUS DONIZETE DE REZENDE
  • Data: 06/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • Fundado em primeiro de janeiro de 1933, na cidade do Salvador, o Galícia Esporte Clube é uma agremiação esportiva voltada essencialmente para a prática do futebol. Contudo, ainda que não ignore os feitos esportivos, este trabalho analisou as principais ações do Clube voltadas para a imaginação da comunidade política da Galiza enquanto distinguia-se socialmente a partir da construção identidade galega na capital da Bahia. Inserido na vertente da História Social, as pretensões identitárias do Galícia foram enquadradas no contexto das correntes migratórias, popularização do futebol, difusão dos nacionalismos e nas conjunturas políticas entre os anos de 1930 e 1940, no Brasil e na Espanha. Para atingir esta finalidade, utilizamos o recurso de uma história transnacional que instrumentaliza o intercâmbio historiográfico entre as produções brasileiras e as galegas. Assim levamos em consideração as bibliografias especializadas, as documentações históricas a exemplo das fontes orais, periódicos e registros migratórios daqueles indivíduos que fizeram esta história.


  • Mostrar Abstract
  • Founded on January 1, 1933, in the city of Salvador, Galícia Esporte Clube is a sports association essentially dedicated to the practice of football. However, although it does not ignore the sporting achievements, this work analyzed the main actions of the Club aimed at the imagination of the political community of Galicia while socially distinguishing itself from the construction of Galician identity in the capital of Bahia. Inserted in the Social History aspect, Galicia's identity claims were framed in the context of migratory currents, popularization of football, diffusion of nationalisms and in the political conjunctures between the 1930s and 1940s, in Brazil and Spain. To achieve this end, we use the resource of a transnational history that instrumentalizes the historiographical exchange between Brazilian and Galician productions. Thus, we take into account specialized bibliographies, historical documentation, such as oral sources, periodicals and migratory records of those individuals who made this history.
8
  • ANA APARECIDA GONZAGA DA SILVA
  • Mobilidade social de africanos libertos em Salvador, Bahia: as trajetórias de Victorino, Emiliano e Manoel Grave no século XIX

  • Orientador : JOAO JOSE REIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOAO JOSE REIS
  • IACY MAIA MATA
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • Data: 17/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo segue os Graves para reconstruir a trajetória de gerações de sobreviventes da escravidão que, ao longo do século XIX, alcançaram a mobilidade social e se tornaram senhores de escravos na Bahia. Também apresenta uma discussão, baseada em outros indivíduos que deixaram vestígios nos arquivos, sobre como conseguiram a liberdade, por vezes mediante apelos à Justiça. O cruzamento de fontes com informações diversas e a utilização de uma abordagem qualitativa e quantitativa de inventários, testamentos, registros eclesiásticos, notícias de jornais, processos judiciais, passaportes e correspondências propiciaram estudar as identidades dos africanos libertos. Finalmente, o exame da trajetória do africano liberto Victorino Grave foi um princípio orientador da pesquisa, que buscou entender como a sua rede de relacionamentos proporcionou melhores condições de vida para seus familiares e agregados, como os libertos Emiliano e Manoel Grave. Esta cooperação foi estabelecida a partir de relações hierárquicas de paternalismo, o que assegurou uma ligação com o mundo dos brancos, mas sem que deixassem de compartilhar a vida cotidiana com indivíduos subalternos e promover a livre circulação para a comunidade negra. Palavras–chave: Bahia; escravidão e liberdade; Africanos Libertos; mobilidade social; biografia; família Grave.


  • Mostrar Abstract
  • This study follows the Graves family to reconstruct the trajectory of generations of survivors of slavery who, during the 19th century, achieved social mobility and became slave masters in Bahia. It also presents a discussion, based on other individuals who left traces in the archives, about how they achieved their freedom, sometimes through protest in court. Crossing over information in diverse sources and the use of a qualitative and quantitative approach of inventories, wills, ecclesiastical records, newspaper news, lawsuits, passports, and correspondence made it possible to study the identities of freed Africans. Finally, the examination of the trajectory of the freed African Victorino Grave was a guiding strategy for the research, which sought to understand how his network of relationships provided better living conditions for his relatives and aggregates, such as the freedmen Emiliano and Manoel Grave. This cumplicity derived from hierarchical relationships of paternalism, which ensured a connection with the world of whites, but without ceasing to share daily life with subaltern individuals and promote free movement within the black community. Keywords: Free Africans. Victorino Grave. Emiliano Grave. Manoel Grave. Relationship Networks

9
  • RAFAEL DE JESUS DANTAS DE OLIVEIRA
  • “A Persistência Estética Faraônica no Egito Romano: as representações dos imperadores faraós e a força de tradições.”

  • Orientador : MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • MÁRCIA SEVERINA VASQUES
  • THAÍS ROCHA DA SILVA
  • Data: 08/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • As marcas de um passado faraônico não desapareceram com as invasões pós Alexandre, O Grande, e as dinastias ptolomaicas. O Egito Romano esteve, portanto, imerso em um panorama sociocultural complexo, com uma série de articulações, negociações, persistências, conflitos e tradições, onde diversas construções são testemunhas dessas ações. Esses monumentos, sejam para fins religiosos ou de autopromoção com pretensões e ambições políticas, carregam em suas estruturas um inventário de intenções, estilos e técnicas, cicatrizes de modificações sob as alegações das mais variadas. Tudo isso assinala o que os antigos desejaram que deveria ser mantido para a posterioridade ou ocultado sob a forma de escombros reutilizados ou postergados em ruínas: uma legitimação política na forma de uma “estética” de dominação. O templo em Philae foi um desses lugares, símbolo de tradições e seus mais variados usos.


  • Mostrar Abstract
  • The marks of a pharaonic past did not disappear with the post-Alexander the Great and Ptolemaic dynasties. Roman Egypt was, therefore, immersed in a complex sociocultural panorama with a series of articulations, negotiations, persistence, conflicts and traditions, where several constructions are witnesses of these actions. These monuments, whether for religious purposes or for self-promotion with their political pretensions and ambitions, carry in their structures an inventory of intentions, styles and techniques, scars of modifications under the most varied allegation. All this marks what the ancients wished that should be kept for posterity or hidden in the form of reused rubble or put off in ruins. A political legitimation in the form of an “aesthetic” of domination. The temple at Philae was one of those places, a symbol of traditions and their most varied uses.

     

10
  • MICHELLE DE FARIAS SANTOS
  • FRANCISCO DIAS D’ÁVILA, SENHOR DA TORRE DE TATUAPARA: SERTANISMO E CULTURA POLÍTICA NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVII

  • Orientador : ANA PAULA MEDICCI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA MEDICCI
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • TÂNIA MARIA PINTO DE SANTANA
  • Data: 09/08/2022

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objeto central a trajetória de vida do sertanista e senhor da Torre de Tatuapara, Francisco Dias d’Ávila. Nele é feita a análise da sua participação (e da sua família) nas conquistas dos sertões nordestinos da América Portuguesa e na dinâmica da cultura política do Império Português moderno na segunda metade do século XVII. Esse período foi marcado pela chamada Guerra dos Bárbaros, que foram conflitos territoriais protagonizados pelos luso-brasileiros que intentavam expandir seus domínios e também pelos povos que tradicionalmente ocupavam os sertões do norte (regiões hoje que compõem o nordeste brasileiro) e buscavam defender seus territórios. Através da investigação das ações do Francisco Dias d’Ávila, nas expedições e conquistas dos sertões e da sua participação nessa guerra, busca-se problematizar e evidenciar algumas características da administração Ultramarina do Império Português Moderno nesse momento da História Colonial brasileira. O sistema de mercês mostra como através da delegação de tarefas em troca de cargos, patentes e sesmarias (como ocorreu largamente entre os d’Ávilas) o Império português ultramarino buscou basear o seu governo. A prática do sertanismo, a doação de sesmarias com dimensões continentais e a formação e consolidação de uma elite local que se autodenominava Nobreza da Terra são implicações dessa administração na qual o objeto desta pesquisa está inserido.


  • Mostrar Abstract
  • The present work has as its central object the life trajectory of the sertanista and lord of Torre de Tatuapara, Francisco Dias d’Ávila. It analyzes his (and his family's) participation in the conquests of the northeastern hinterlands of Portuguese America and the dynamics of the political culture of the modern Portuguese Empire in the second half of the 17th century. This period was marked by the so-called War of the Barbarians, which were territorial conflicts carried out by the Luso-Brazilians who wanted to expand their domains and also by the peoples who traditionally occupied the northern hinterland (regions that today make up the Brazilian northeast) and sought to defend their territories. Through the investigation of Francisco Dias d’Ávila’s actions, in the expeditions and conquests of the hinterlands and his participation in the war, we seek to problematize and highlight some characteristics of the Overseas administration of the Modern Portuguese Empire at that moment in Brazilian Colonial History. The favor system shows how, through the delegation of tasks in exchange for positions, patents and land grants (as occurred largely among the d’Ávilas) the Portuguese overseas empire sought to base its government. The practice of sertanismo, the donation of land grants with continental dimensions and the formation and consolidation of a local elite that called itself Nobreza da Terra are implications of that administration in which the object of this research is inserted.

11
  • JÚLIO ERNESTO SOUZA DE OLIVEIRA
  • A SAGA DA SOJA NIPO-BRASILEIRA: DITADURA MILITAR E IMPLEMENTAÇÃO DO PRODECER NOS CERRADOS BRASILEIROS (1964-1979)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLOVIS CARIBE MENEZES DOS SANTOS
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MARCIAL HUMBERTO SAAVEDRA CASTRO
  • Data: 23/09/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho pretende analisar o processo de modernização conservadora da agricultura brasileira, a partir de um projeto de cooperação nipo-brasileira denominado PRODECER (1979-2001). Para tanto, analisaremos o rearranjo dos direitos de propriedade privada da terra durante a primeira década da ditadura militar brasileira (1964-1985), bem como a atuação da EMBRAPA no bioma do Cerrado, visando a difusão e implementação de um modelo de modernização da produção agrícola advindo do pós-Segunda Guerra Mundial, pensado como Revolução Verde. Em seguida, a política externa nipo-americana será objeto de análise deste trabalho, observando o contexto de crise mundial gerado pela Crise Petrolífera de 1973 e a aproximação da diplomacia japonesa ao Brasil após o embargo na exportação de grãos imposto pelos EUA, a mudança de paradigma no seio da política externa brasileira ocorrida entre os governos de Castelo Branco e de Geisel, bem como o discurso de complementariedade criado entre os dois governos para justificar, do ponto de vista político, o estabelecimento de uma cooperação agrícola entre ambos países. Por último, prescrutaremos a implementação da 1ª fase do PRODECER no Noroeste do estado de Minas Gerais, onde analisaremos os elementos territoriais e socioeconômicos do mesmo, a resistência empreendida pela CPT juntamente com trabalhadores rurais da área ao projeto, para finalmente observar o reordenamento territorial concretizado em uma área dos Cerrados brasileiros, possibilitado a partir da mobilização de trabalhadores rurais advindos da região Sul do país. Trocando em miúdos, esta dissertação visa lançar luz a aspectos específicos do processo de modernização conservadora da agricultura no Brasil, durante a ditadura militar, a partir das noções de propriedade privada da terra, desenvolvimento, ocupação territorial e alteração de padrão agrícola


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to examine the process of conservative modernisation of Brazilian agriculture, based on a Japanese-Brazilian cooperation project called PRODECER (1979-2001). To this end, we will analyse the rearrangement of private land property rights during the first decade of the Brazilian military dictatorship (1964-1985), as well as EMBRAPA's activities in the Cerrado biome, aimed at disseminating and implementing a post-World War II agricultural production modernisation model, known as the Green Revolution. Next, Japanese-American foreign policy will be the object of this work's analysis, observing the context of global crisis generated by the 1973 Oil Crisis and the Japanese diplomatic approach to Brazil after the US embargo on grain exports, the paradigm shift within Brazilian foreign policy that occurred between the governments of Castelo Branco and Geisel, as well as the discourse of complementarity created between the two governments to justify, from a political standpoint, the establishment of agricultural cooperation between both countries. Finally, we will prescribe the implementation of the first phase of PRODECER in the north-west of the state of Minas Gerais, where we will analyse the territorial and socioeconomic elements of the project, the resistance undertaken by the CPT together with rural workers in the area, and finally observe the territorial reorganisation achieved in an area of the Brazilian Cerrados, made possible by the mobilisation of rural workers from the south of the country. In short, this dissertation aims to shed light on specific aspects of the process of conservative modernization of agriculture in Brazil during the military dictatorship, based on notions of private land ownership, development, territorial occupation and change in the agricultural pattern.

12
  • Érica Mendes Costa
  • Título: Casa Pia e Colégio dos Órfãos de São Joaquim: a inserção de meninos "pretos" no Pós- Abolição (1893-1927)

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • IONE CELESTE JESUS DE SOUSA
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • Data: 30/11/2022

  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho, procuramos analisar a inserção de órfãos "pretos" na Casa Pia e Colégio dos Órfãos de São Joaquim no início da Primeira República. O foco deste estudo é a educação fornecida pela Casa aos órfãos e seus  possíveis destinos  após o período de asilamento. Ao analisar a saída dos alunos, observa-se a queda do protagonismo da instituição na intermediação de mão de obra, consequentemente agravando as condições de sobrevivência da população mais pobre na Salvador Republicana. Desta forma, tentamos compreender as experiências de escolarização e trabalho entre os anos de 1893 e 1927. Utilizamos como principais fontes dois estatutos da Casa, um de 1828 e outro de 1910, os livros de atas, as pastas de cadastros dos órfãos e os termos de saída.


  • Mostrar Abstract
  • In this study, we aim to analyze the insertion of "black" orphans in the Casa Pia and Colégio dos Órfãos de São Joaquim at the beginning of the First Republic. The main object  of this study is the education provided by the Casa to the orphans and their possible destinations after the period of asylum. By analyzing the departure of the students it is possible to observe the decline of the institution's role  in the intermediation of labor as well as the  worsening of the conditions of survival of the poorest population in Republican Salvador. In this way, we try to understand the experiences of schooling and work between 1893 to 1927. The main sources of this research were the statutes of the Casa Pia, one from 1828 and the other from 1910, the minutes books, the orphans' registration folders and the terms of exit.

Teses
1
  • CRISTIANE LOPES DA MOTA
  • INTERIORIZAÇÃO DO GOLPE DE 1964 NO RECÔNCAVO BAIANO: ESTRATÉGIAS, ADESÕES E OPOSIÇÕES (1962-1970)

     
  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • ANDERSON DA SILVA ALMEIDA
  • CÉLIA COSTA CARDOSO
  • PAULO SANTOS SILVA
  • Data: 19/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • O recorte temporal-espacial da tese engloba uma análise de três cidades baianas a partir do processo de interiorização do golpe de 1964. As motivações anteriores e posteriores ao golpe guiam a análise comparativa, cujo pressuposto é destacar o caráter individual e único de cada objeto observado. Os documentos confirmaram a tese de que o contexto de cada lugar, anterior ao desferimento do golpe, singularizou os desdobramentos e marcou, de forma profunda, o modus operandi da política local, confirmando o quanto a ditadura interferiu e controlou a história dos sujeitos, que viveram no interior do Brasil. Em Santo Antônio de Jesus, a política institucional demonstrou alinhamento aos governos ditatoriais, mas houve vozes dissonantes, mesmo que minoritárias e isoladas, que se tornaram alvos da repressão. De forma diferente, o município de São Miguel das Matas conservou expressiva oposição ao golpe e à ditadura, a exemplo da Juventude Agrária Católica e do Sindicato do Trabalhador Rural, direcionados pela ação progressista do Padre Gilberto Vaz Sampaio. Contudo, este setor enfrentou Ademário Villas Boas, exmilitar e várias vezes prefeito dessa localidade, defensor fervoroso dos militares e civis golpistas, fato que favoreceu uma permanente vigilância e ações repressivas destinadas à região e ao seu entorno. Já em Cruz das Almas, a história política foi marcada pela forte presença da oligarquia dos Passos. Este poder de cunho conservador passou a sofrer reveses com o crescimento do Partido Trabalhista Brasileiro, ao elegerem membros progressistas para a Câmara dos Vereadores. Ademais, a expansão de uma consciência nacionalista e crítica aos efeitos do imperialismo foi demarcada pela formação da Frente Nacionalista de Cruz das Almas. Essa cidade, retratada como o “lócus dos comunistas”, conviveu com o expressivo Movimento Estudantil (secundário e universitário), oriundos do Colégio Alberto Torres e da Escola Agronômica da Bahia, respectivamente. Adesões e resistências foram dois polos constitutivos das três cidades do Recôncavo Baiano, fato observado no decorrer dos primeiros governos militares. Os conflitos e negociações foram evidenciados nas fontes oficiais, produzidas pelo poder legislativo, imprensa e fontes de natureza repressiva, entendidas como documentos sensíveis produzidos pelo Estado. Na ausência de arquivos municipais ou de acervos organizados, adotamos o método da história oral como fio condutor para captar histórias encobertas pelas narrativas oficiais. Deste modo, descobrimos que houve graus diferenciados de resistência à ditadura e passamos a recolher depoimentos de sujeitos que deixaram sua família, seus amores, sua identidade para seguir lutando em favor da liberdade, através da crença de que somente a luta armada seria capaz de derrotar a ditadura. Outros, por sua vez, de forma mais moderada e pacífica, preservam lembranças e esquecimentos de um tempo difícil, em que eles, os seus familiares e amigos sofreram com interrogatórios, indiciamentos, prisões arbitrárias e cerceamentos de todo tipo. Por fim, a história e a memória, concebidas enquanto embate de forças opostas, foram tomadas como perspectivas teóricas dessa tese, cujo valor é demonstrar a ocorrência da luta política no interior da Bahia, como parte importante da recente história do Brasil, que até hoje nos atormenta.

     

  • Mostrar Abstract
  • The time-space scope of this dissertation covers a study on three towns in Bahia, Brazil, taking into account the consequences of the 1964 Coup d’état in the countryside. Anterior and posterior stimulus to the Coup guide the comparative analysis, whose assumption is to highlight the individual and unique disposition of the object of study. Our thesis is supported by documents that inform how the context of each city distinguished the Coup’s unfolding and intensely marked local politics and its modus operandi. By that, it becomes evident the extent of Brazilian dictatorship’s interference and control of the lives of those who lived in the countryside. Town-government in Santo Antônio de Jesus aligned with Federal dictatorship, even though there were some resistance by few people, who were then targeted by repressive authorities. The town of São Miguel das Matas followed a different inclination and manifested great resistance to the Coup and to the dictatorship, as local organizations such as the Young Rural Catholics and the Rural Workers Syndicate, guided by Father Gilberto Vaz Sampaio, a progressive priest. However, such resistance faced Ademário Villas Boas, a former military officer who had been the local mayor in different terms and who also was an enthusiast of civil and military supporters of the dictatorship, and that resulted in repressive surveillance and actions in the region. In the town of Cruz das Almas, politics history was influenced by a local oligarchy known as dos Passos. Such conservative state of affairs suffered a setback when Brazilian Workers’ Party broadened in importance by electing many local councilors. Besides that, at that moment, a nationalist conscience and a critique of imperialism effects were spread mainly by means of the work of Cruz das Almas Nationalist Front. That town became the communist site due to its important Students Mobilization (college and secondary levels), from Alberto Torres School and Agronomy School of Bahia. Alignment and resistance were the opposing forces that dominated in the three towns in Recôncavo Baiano, a situation that characterized the first years of military governments. Conflict and negotiation were confirmed by official sources such as the legislative power, the press and other sources of a repressive sort, which considered such documents as state sensitive data. Because of the lack of local archives, we rely on oral stories in order to trace the history covered-up by official narrative. Thus, we found out different forms of resistance to the dictatorship and so we collected testimonies from people who left family, partners and their identities behind, so that they could fight for freedom. That reaction came out from the belief that only the armed struggle could defeat the dictators. Other people, who opted to a rather moderate and pacific response, handle a process in which memory and oblivion shape a harsh moment in which family members and friends were targets of interrogation, indictments, arbitrary arrests and every sort of curtailment. By way of conclusion, memory and history are considered in a field of opposing forces, and such is the theoretical perspective of this dissertation. It aims to demonstrate political struggles in Bahia’s interior, which is an important part of Brazilian’s recent history and it is still haunting the present.

     
2
  • ALOISIO SANTOS DA CUNHA
  • ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO: A CONSTRUÇÃO DA ESTRADA DE RODAGEM DE SENHOR DO BONFIM A UAUÁ (BAHIA, DÉCADA DE 1920).

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • RAFAEL SANCHO CARVALHO DA SILVA
  • ANTONIO FERNANDO GUERREIRO MOREIRA DE FREITAS
  • DILMA ANDRADE DE PAULA
  • KATIA VINHATICO PONTES
  • Data: 11/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese objetiva estudar a construção de uma estrada de rodagem entre os municípios de Senhor do Bonfim e Uauá no centro-norte da Bahia. A abertura de estradas de rodagem, notadamente aquelas previstas na Lei 1.847, de 28 de agosto de 1925, que instituiu o Plano Rodoviário do Estado, foi uma importante característica do governo Góis Calmon (1924- 1928) e a ampliação da malha viária baiana com estradas aptas ao uso pelo automóvel foi fundamental no processo de espacialização de várias áreas do território da Bahia, contribuindo para criar novas regionalidades que, muitas das vezes, romperam com centralidade exercida por Salvador, ponto para onde deveriam convergir, conforme pensavam as poderosas elites da capital, todos os movimentos do estado e dos vizinhos. As elites bonfinenses e uauaenses, principalmente as primeiras, abriram uma estrada de 132 km entre as duas localidades visando facilitar a comunicação entre elas e drenar para Senhor do Bonfim, então a mais desenvolvida cidade dessa região, as mercadorias e pessoas de grande porção que ia dos limites da própria região até áreas de Sergipe, Alagoas e Pernambuco. Intentaram os grupos de poder da cidade, ampliar o controle regional exercido por Bonfim desde o século XIX sobre a região imediatamente próxima à cidade e ampliá-lo até as divisas de outros estados, exercendo o virtual controle de todo nordeste da Bahia. Neste estudo, discutimos a formação do sistema de viação baiano dos seus primórdios até a década de 1920, trabalhamos com as noções de região e hierarquias urbanas, analisamos a construção das parcerias público-privadas entre as elites interioranas e o governo estadual, observamos como essas relações se processaram em meio a conturbada política baiana da Primeira República e a forma como as elites bonfinenses se relacionaram com a política da capital, bem como procuramos entender as falhas no projeto de poder do grupo baseado em Bonfim e o legado deixado pela obra da estrada para a região.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis aims to study the construction of a road between the county of Senhor do Bonfim and Uauá in the center-north of Bahia. The construction of roads, notably those foreseen in the Law 1.847, of august 28 of 1925 that has done the State of Bahia Roads Plan, was an important feature of Góis Calmon (1924-1928) government and the enlargement of the Bahia‘s road network with roads suitable for use by the automobile was fundamental to process of spatialization of some areas of Bahia's territory, contributed to create new regionalities that, many times, broke up with the centrality exercised by Salvador, point where should converge, as though the powerful elites of the capital, all state and neighbor movements. The bonfinenses and uauaenses elites, principally the first, opened a road with 132 km between these two places aiming to facilitate the communications between then and drain to Senhor do Bonfim, in this moment the most developed city in this region, the products and the people from the great portion that went out bounds of the own region to areas of Sergipe, Alagoas and Pernambuco. The power group of the city intended to enlarge the regional control exercised by Bonfim since the XIX century about region immediately next to the city and zoom it up to the boundaries of the other states, exercised the virtual control of all Bahia's northwestern. In this study, we discuss the formation of Bahia transportation system from its beginnings to the decade of 1920, we work with region and urban hierarchy notions, we analyze the creation of public-privates partnerships between country elites and the State government, we observe how this relations are processed in the middle of the troubled bahian policy form the First Republic and the how the bonfinenses elites related to the capital policy, as well we try to understand the failures on the project of power of the group based in Senhor do Bonfim and the legacy of the road to the region. 

3
  • GUSTAVO GOBBI NOVAES
  • TENSÕES E DISPUTAS ENTRE SAMBISTAS CARIOCAS E BAIANOS NO RIO DE JANEIRO (1920-1950)

  • Orientador : MILTON ARAUJO MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS SANDRONI
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • MARILDA DE SANTANA SILVA
  • MICHAEL ZENRYU IYANAGA
  • MILTON ARAUJO MOURA
  • Data: 20/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho, trago à apreciação do/a caro/a leitor/a um esforço de investigação, a fim de observar a natureza de embates discursivos, entre agentes do universo do samba baiano e carioca, na chamada era do rádio (1920-1950). Ao tratar da natureza de querelas, polêmicas e embates, entre sambistas, jornalistas, literatos, folcloristas e acadêmicos, procurei visualizar mais detidamente o campo das diferentes concepções e posições discursivas, acerca da origem do samba, se na Bahia ou no Rio de Janeiro, arengas e provocações musicadas,envolvendo sambistas baianos e cariocas, e tensões e ressentimentos nativos, dados a partir da ascensão de um Rio de Janeiro central e moderno, em detrimento da situação periférica da Bahia, sua capital e a região do Recôncavo, no contexto da construção sociocultural de uma identidade de povo e nação brasileira. Observou-se que tais embates e tensões discursivas colocaram-se a partir de lealdades identitárias próprias, construções de tradições e discursos de exaltação e defesa de lugares de origem.Estes processos foram identificados diante de elementos conceituais e explicativos relacionados aos estudos sobre construção de identidades, em que as concepções de autores, como Stuart Hall (2006; 2009), Kathryn Woodward (2009) e Tomaz Tadeu da Silva (2009), constituem os principais aportes teóricos. O conjunto de fontes utilizadas, compreendendo jornais, revistas, letras de sambas, depoimentos, entrevistas, filmes, documentários, programas de televisão, obras literárias e acadêmicas, sob o prisma da Análise Crítica do Discurso,de Norman Fairclough (2001; 2003) e Teun A. van Dijk (2018), revelou muito de um universo combativo, eivado de disputas, que buscaram hegemonizar narrativas, tradições e posições nativas, musicais, técnicas e estéticas, levando a uma melhor visualização dos embates ocorridos, entre sujeitos baianos e cariocas envolvidos no contexto sambista da época. 


  • Mostrar Abstract
  • In the present thesis, I bring for appreciation of the reader, an effort of investigation in order to watch the nature of discursive clashes between agents of the samba universe bahian and carioca, in the so-called radio age (1920-1950). About these controverses and clashes, between samba players, journalists, writers, folklorists, and scholars, I searched watch more closely the field of different conceptions and discursive positions, about the origin of samba, whether in Bahia or Rio, musical provocations involving samba players and native tensions and resentments. All this within the context of the rise central and modern Rio de Janeiro, to the detriment of the peripheral situation of Bahia, your capital and the region of Recôncavo, in the context of the construction sociocultural of an identity of the brazilian people and nation. It was observed that such clashes and discursive tensions were based on their own identity loyalties, constructions of traditions and discourses of exaltation and defense of places of origin. These processes were identified in view of conceptual and explanatory elements related to studies on the construction of identities, in which the conceptions of authors such as Stuart Hall (2006; 2009), Kathryn Woodward (2009) and Tomaz Tadeu da Silva (2009), constitute the main theoretical contributions. Under the prism of Critical Discourse Analiysis, by Norman Fairclough (2001; 2003) and Teun A. van Dijk (2018), the set of documents used – newspapers, magazines, samba lyrics, testimonials, interviews, films, documentaries, television programs, literary and academic works – revealed much of a combative universe, full of disputes, that sought to hegemoize narratives, traditions and native, musical, technical and aesthetic positions, leading to a better visualization of the clashes that ocurred between bahian and carioca subjets involved the samba in context of radio age.

4
  • JORGE EMANUEL LUZ DE SOUZA
  • “É PROHIBIDA A VENDA E USO DO PITO DO PANGO”: O PROIBICIONISMO DA CANNABIS NO RIO DE JANEIRO DO SÉCULO XIX.

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAMILLA AGOSTINI
  • MARCOS ABREU LEITÃO DE ALMEIDA
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • JULIANA BARRETO FARIAS
  • LUCILENE REGINALDO
  • Data: 27/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • O trabalho percorre diferentes espaços conectados pelo Atlântico onde se desenvolveu uma cultura da Cannabis para compreender os motivos que levaram à sua proibição pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro em 1830, ponto de partida de uma crescentecondenação social da planta e seus usos no Brasil. Cidade em acelerada expansão urbana e demográfica, o Rio de Janeiro possuía grande população negra, cuja maioria cativa era africana banto proveniente das regiões centro-ocidental e oriental. Muitos povos dessas duas regiões do continente africano, bem como os europeus, se relacionavam há séculos, e de múltiplas formas, com as plantas Cannabis indica eCannabis sativa. Havia um consumo cotidiano da Cannabis como droga psicoativa entre os escravizados das maiores nações africanas da Corte, conhecida como pito do pango ou apenas pango. A tese central desta pesquisa é a de que a proibição municipal de 1830 teve como alvo esse uso, especificamente, devido ao receio dos seus efeitos psicoativos sobre os africanos, em um contexto de recrudescimento do controle sobre as populações negras na cidade. Além disso, demonstra-se que esse processo estava profundamente conectadoao ideário proibicionista que vinha sendo construído através do contato entre os europeus e as culturas da Cannabis de africanos e asiáticos a partir do século XVI.


  • Mostrar Abstract
  • The work travels through different spaces connected by the Atlantic where a culture of Cannabis was developed to understand the reasons that led to its prohibition by the City Council of Rio de Janeiro in 1830, the starting point of a growing social condemnation of the plant and its uses in Brazil. A city undergoing rapid urban and demographic expansion, Rio de Janeiro had a large black population, the majority of which were Bantu Africans from the central-western and eastern regions. Many peoples of these two regions of the African continent, as well as Europeans, have been related for centuries, and in multiple ways, with the plants Cannabis indica and Cannabis sativa. There was a daily consumption of Cannabis as a psychoactive drug among the enslaved of the largest African nations of the Court, known as pito do pango or just pango. The central thesis of this research is that the municipal prohibition of 1830 targeted this use, specifically, due to the fear of its psychoactive effects on Africans, in a context of increased control over black populations in the city. Furthermore, it is shown that this process was deeply connected to the prohibitionist ideology that was being built through the contact between Europeans and African and Asian cannabis cultures from the 16th century onwards.

5
  • CHINTAMANI SANTANA ALVES
  • REGISTROS DA LIBERDADE: CONDIÇÕES E POSSIBILIDADES PARA ALFORRIA EM FEIRA DE SANTANA (BAHIA, 1850-1880)

  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLOVIS FREDERICO RAMAIANA M OLIVEIRA
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • KARINE TEIXEIRA DAMASCENO
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 06/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • A tese investiga a relação entre alforrias e o tráfico interprovincial em Feira de Santana na segunda metade do oitocentos. Examinamos o impacto da intensificação do comércio interno sobre a vida dos escravizados, atentos as suas relações familiares, a valorização da cor como critério de hierarquização social e as restrições das possibilidades de obtenção da liberdade. Nossa análise conjugou tanto a experiência de luta dos cativos quanto as determinações estruturais que pesavam sobre suas escolhas. Para tanto, utilizamos registros de batismo, cartas de liberdade, escrituras de compra e venda de cativos, além de procurações que autorizavam a sua negociação.


  • Mostrar Abstract
  • The thesis investigates the relationship between manumissions and interprovincial trafficking in Feira de Santana in the second half of the 19th century. We examine the impact of the intensification of internal trade on the lives of enslaved people, taking into account their family relationships, the valorization of color as a criterion for social hierarchy and the restrictions on the possibilities of obtaining freedom. Our analysis combined both the slaves' struggle experience and the structural determinations that weighed on their choices. For this, we used baptism records, letters of freedom, deeds of purchase and sale of captives, in addition to powers of attorney that authorized their negotiation.

6
  • CRISTIAN BARRETO DE MIRANDA
  • ENTRE VERMELHOS E AZUIS, OS “COMUNISTAS DE CRISTO” FORMAM PARTIDO: POLÍTICA E RELIGIÃO NA REGIÃO SISALEIRA DA BAHIA (CONCEIÇÃO DO COITÉ, 1970-2000)

  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CÉLIA COSTA CARDOSO
  • JOSE ALVES DIAS
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • RAIMUNDO NONATO PEREIRA MOREIRA
  • Data: 15/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho aborda as relações entre política e religião, tecidas no município de Conceição do Coité, situado na Região Sisaleira da Bahia. O objeto de estudo está centrado nas ações de leigos e leigas católicos que, imbuídos pelo pensamento das diretrizes do Concílio Ecumênico Vaticano II e da Teologia da Libertação, fundaram o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, em 1986. Sob essa legenda, os filiados disputaram o poder local com os grupos políticos hegemônicos, denominados de Azul e Vermelho, agremiações coloridas conduzidas, respectivamente, pelos empresários sisaleiros Misael Ferreira de Oliveira e Hamilton Rios de Araújo, que consolidaram as suas lideranças a partir da década de 1970. Com isso, eles vincularam as suas bases de legitimação durante o período de vigência da ditadura civil-militar, razão pela qual o recorte temporal dessa pesquisa foi inicialmente balizado. Nesse sentido, houve a especial atenção na trajetória desses agentes religiosos antes da fundação do Diretório petista, sobretudo a atuação religiosa que viabilizou a vivência da denominada Igreja Popular, base sociopolítica do lócus progressista desenvolvido pela ação desses leigos e leigas, que em meio aos embates com as agremiações coloridas, foram categorizados de “comunistas”. As diversas tipologias de fontes analisadas, como documentos oficiais, jornalísticos, memorialísticos, eclesiásticos, registros audiovisuais e fontes orais, foram cruciais para o alcance do objetivo central dessa investigação, que correspondeu às disputas entre os leigos e os empresários pelo poder político de Conceição do Coité. A pesquisa encontrou sustentação nos procedimentos teórico-metodológicos da história do tempo presente e dos pressupostos adotados pela nova abordagem da historiografia política e da história regional e local. Essa investigação foi norteada pela hipótese de que as táticas elaboradas pelos católicos, denominados “Comunistas de Cristo”, no enfrentamento dos partidos hegemônicos, mobilizaram processos de socialização para o fortalecimento da participação popular. Leigos/as atuaram junto aos trabalhadores rurais do sisal, modificando o campo político coiteense com novas regras no jogo político, em detrimento de um comportamento político em que o voto era tido como objeto de barganha e a utilização da violência como uma ação legítima do conflito eleitoral. Ademais, eles/as consolidaram a Igreja Popular na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição do Coité entre a década de 1990 e nos idos de 2000, vinculando a realidade eclesial ao contexto mais amplo do clero “progressista”, presente na Região Sisaleira no início de 1960. Por fim, a análise desses embates é uma significativa contribuição para a historiografia, especialmente a baiana, uma vez que possibilita o conhecimento da experiência de sujeitos de outras regiões da Bahia, de lugares considerados periféricos na pesquisa histórica. Essa relevância, portanto, se assenta na compreensão de como o estudo em escala menor ilumina e modifica certezas antes cristalizadas pela historiografia de caráter mais pretensamente abrangente, para não dizer baseada em modelos explicativos desconectados com o real, local, histórico e repleto de possibilidades de transformação.


  • Mostrar Abstract
  • This work discusses the relationship between politics and religion, drawn in the county of Conceição do Coité, located in the Sisal Region in the state of Bahia. The object of study is centered on the actions of Catholic lay people that, imbued by the thought of the directives of the Second Vatican Council and the Theology of Liberation, founded the Municipal Directory of the Workers Party, in 1986. Under this legend, the affiliates disputed local power with the hegemonic political groups, called Blue and Red, colored groups led, respectively, by the sisal businessmen Misael Ferreira de Oliveira and Hamilton Rios de Araújo, that consolidated their leadership from the 1970s onwards. Thus, they linked their bases of legitimation during the period of validity of the civil-military dictatorship, the reason why the temporal cut of this research was initially marked out. In this regard, a special attention was paid to the trajectory of these religious agents before the inception of the Workers Party (PT) Directory, especially the religious activity that made possible the experience of the so-called Popular Church, the sociopolitical base of the progressive locus developed by the action of these lay people that, in the midst of the clashes with the colored associations, were categorized as “communists”. The different typologies of analyzed sources, such as official documents, journalistic, memorialistic, ecclesiastical documents, audiovisual records and oral sources, were crucial to reach the central objective of this investigation, which corresponded to the disputes between lay people and businessmen for the political power of Conceição do Coité. This research found support in the theoretical and methodological procedures of the history of the present time and the assumptions adopted by the new approach to political historiography and regional and local history. This investigation was guided by the hypothesis that the tactics developed by Catholics, called “Communists of Christ”, in the confrontation of the hegemonic parties, mobilized socialization processes to strengthen the popular participation. Lay people worked closely with the rural workers of the sisal environment, modifying the political field of Coité with new rules in the political game, to the detriment of a political behavior in which the vote was seen as an object of bargaining and the use of violence as a legitimate action of the electoral dispute. Furthermore, they consolidated the Popular Church in the Parish of Nossa Senhora da Conceição do Coité between the 1990s and the 2000s, linking the ecclesial reality to the broader context of the “progressive” clergy, present in the Sisal Region in the early 1960s. Finally, the analysis of these clashes is a significant contribution to historiography, especially the Bahian one, since it allows to know the experience of subjects from other regions of Bahia, from places considered peripheral in the historical research. This relevance, therefore, is based on the understanding of how the study on a smaller scale illuminate and modifies certitudes previously crystallized by historiography of a more comprehensive character, not to say based on explanatory models disconnected from the reality, place, historical and full of possibilities for transformation.

7
  • POLLIANA MORENO DOS SANTOS
  • A MEMÓRIA MIDIÁTICA NOS 50 ANOS DO GOLPE DE 1964: ALBERTO DINES, “CHUMBO QUENTE ” E O OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA

  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARILÉCIA OLIVEIRA SANTOS
  • LÍVIA DIANA ROCHA MAGALHÃES
  • ANA RITA FONTELES DUARTE
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • Data: 09/09/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho analisa a memória midiática acerca da atuação da imprensa nos anos da ditadura civil-militar no Brasil, presente em Chumbo Quente, série televisiva exibida em 2014, na efeméride dos 50 anos do golpe civil-militar de 1964, produzida pelo programa Observatório da Imprensa, que era apresentado por Alberto Dines, intelectual do jornalismo brasileiro. O contexto de criação e exibição da referida produção foi influenciado pelos trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, instituída pela Lei n. 12.528/2011 e cujo Relatório Final resultou em debates intensos na sociedade, visto que muitos atores se reuniram para rememorar e também reinvindicar a verdade e a justiça. Investigou-se como Chumbo Quente se propõe a ser uma síntese explicativa inscrita na história pública e que tem no seu cerne a inserção do testemunho na história, especialmente de jornalistas e outros sujeitos que vivenciaram os anos da ditadura. Para tanto, buscou-se compreender como esta produção dialoga com uma memória já existente sobre esse período, bem como se insere no debate público entre críticos e defensores da ditadura à medida que seu conteúdo se expande para o formato das plataformas digitais. Para a compreensão de como a memória midiática sobre o regime se organizou, foi igualmente importante mergulhar na trajetória de Alberto Dines, arquiteto do Observatório e de Chumbo Quente. Esta pesquisa aproximou-se dos campos da história, da memória e da comunicação, compreendendo a memória midiática como a representação simbólica e as narrativas sobre a história das sociedades que são veiculadas pelos meios de comunicação. Recorreu-se a realização de entrevistas, com base na História Oral, com pessoas próximas a Alberto Dines e membros do Observatório da Imprensa; análise de escritos de Alberto Dines e de material de natureza repressiva acerca desse jornalista; o estudo dos testemunhos e dos recursos ficcionais e não ficcionais em Chumbo Quente; a busca por fontes digitais para recuperar a história do Observatório da Imprensa e a análise dos comentários sobre a série no Youtube por meio da ferramenta Iramuteq. Esse estudo permitiu compreender um gênero televisivo que se sustenta nos testemunhos de um passado traumático, cujo relato é acrescido da narrativa historiográfica produzida na Academia e atuam como agentes empreendedores da memória. A composição de Chumbo Quente também revela silenciamentos, esquecimentos e memórias enquadradas sobre o jornalismo brasileiro no período da ditadura civil-militar. Igualmente, constatou-se uma compreensão difusa na interação dos internautas com a série no Youtube. Conclui-se que Chumbo Quente fez parte de uma tradição do Observatório em narrar a história da imprensa na ditadura e também como esforço de Alberto Dines em recompor a memória sobre suas vivências nesse período. E, embora o programa tenha deixado de existir, a série permanece disponível nos meios digitais de modo a perpetuar esse conteúdo a um público amplo.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis analyses the historical narrative and the media memory regarding the influence of the press during the Brazilian civil-military dictatorship present on Chumbo Quente, television series shown in 2014, on the 50th anniversary of the civil-military coup of 1964, produced by the program Observatório da Imprensa, which was presented by Alberto Dines, an intellectual in Brazilian journalism. The context of creation and exhibition of this production was influenced by the work of the Comissão Nacional da Verdade (National Truth Commission), established by Law n. 12.528/2011 and which Final Report resulted in fiery debates in society, as many actors gathered to recollect and also claim truth and justice. It was investigated how Chumbo Quente proposes to be an explanatory synthesis inscribed in public history and which has at its core the insertion of testimony in history, especially of journalists and other people who experienced the years of the dictatorship. In order to do so, we sought to understand how this production dialogues with an existing memory of that period, as well as how it is inserted in the public debate between critics and defenders of the dictatorship as its content expands to the format of digital platforms. To understand how the media memory of the regime was organized, it was equally important to delve into the trajectory of Alberto Dines, architect of the Observatório and Chumbo Quente. This research approached the fields of history, memory and communication, understanding how media coveyed media memory as the symbolic representation and the narratives about the history of societies. Interviews were used, based on Oral History, with people close to Alberto Dines and members of the Observatório da Imprensa; analysis of writings by Alberto Dines and material of a repressive nature about this journalist; the study of testimonies and fictional and non-fictional resources in Chumbo Quente; the search for digital sources to recover the history of the Observatório da Imprensa and the analysis of the comments about the series on Youtube using the Iramuteq tool. This study allowed us to understand a television genre that is based on the testimonies of a traumatic past, whose report is added to the historiographical narrative produced at the Academy and act as enterprising agents of memory. The composition of Chumbo Quente also reveals silences, forgetfulness and framed memories about Brazilian journalism in the period of the civil-military dictatorship. Likewise, there was a diffuse understanding in the interaction of Internet users with the series on Youtube. It is concluded that Chumbo Quente was part of a tradition of the Observatório to narrate the history of the press in the dictatorship and also as an effort by Alberto Dines to recompose the memory of his experiences in that period. And while the show has ceased to exist, the series remains available on digital media in order to perpetuate that content to a broad audience.

8
  • ITAN CRUZ RAMOS
  • Saraiva, Dantas e Cotegipe: baianismo, escravidão e os planos para o pós-abolição no Brasil (1880-1889)

  • Orientador : ANTONIO LUIGI NEGRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • FELIPE AZEVEDO E SOUZA
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • ANA FLAVIA MAGALHAES PINTO
  • Data: 07/11/2022

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese investiga o baianismo e suas implicações sobre a escravidão ao longo da década de 1880. O baianismo consiste, originalmente, num fenômeno político que evidencia a preponderância numérica de baianos nos gabinetes ministeriais do Segundo Reinado. Nesta pesquisa analisa-se especificamente os governos de José Antonio Saraiva (1880-1882;1885), de Manuel Pinto de Souza Dantas (1884-1885) e de João Maurício Wanderley, barão de Cotegipe (1885-1888), demonstrando como esses homens, oriundos da Bahia, exerceram a política da escravidão, procurando estender a existência do cativeiro ao máximo, precarizando a experiência de liberdade da população livre e liberta, criminalizando toda a população de cor sob o pretexto de evitar o que chamavam de “desorganização do trabalho”, além de trabalharem para garantir indenização às classes senhoriais. Ao longo das páginas seguintes, demonstra-se como o baianismo não era um fenômeno político homogêneo e harmônico entre si, podendo até comportar posições políticas antagônicas, alcançando escravocratas empedernidos e abolicionistas decididos. Tampouco estava restrito aos homens e aos seus ministérios, mas, antes disso, abrangia a dimensão íntima das relações pessoais dos imperantes, incluindo mulheres, como Luiza Margarida Portugal de Barros, condessa de Barral e da Pedra Branca, e pessoas negras livres, a exemplo de André Rebouças, Maria Amanda Lustosa da Cunha Paranaguá e Franklin Américo de Menezes Dória.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis investigates baianismo and its implications on slavery throughout the 1880s. The baianismo is originally a political phenomenon that evidences the numerical preponderance of bahians in the ministerial cabinets of the Second Reign. This research specifically analyzes the governments of José Antonio Saraiva (1880-1882; 1885), Manuel Pinto de Souza Dantas (1884-1885) and João Maurício Wanderley, baron of Cotegipe (1885-1888), demonstrating how these men, originally from Bahia, exercised the politics of slavery, trying to extend the existence of captivity as much as possible, making the experience of freedom of the free and freed population more precarious, criminalizing the entire colored population under the pretext of avoiding what they called "labor disorganization," and working to guarantee compensation to the slaverholders. In the following pages, it is shown how baianismo was not a homogeneous and harmonious political phenomenon, but could even hold antagonistic political positions, reaching both hardened slavocrats and decided abolitionists. Nor was it restricted to men and their ministries, but rather encompassed the intimate dimension of the emperors' personal relationships, including women, such as Luiza Margarida Portugal de Barros, countess of Barral and Pedra Branca, and free black people, such as André Rebouças, Maria Amanda Lustosa da Cunha Paranaguá, and Franklin Américo de Menezes Dória.

9
  • MOISES AMADO FRUTUOSO
  • “MURMURANDO O SAGRADO NOME DA PÁTRIA”: JUÍZES DE PAZ, ELITES E ANTILUSITANISMO EM RIO DE CONTAS (1822-1832

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • SERGIO ARMANDO DINIZ GUERRA FILHO
  • LIELVA AZEVEDO AGUIAR
  • NORA DE CASSIA GOMES DE OLIVEIRA
  • RAFAEL SANCHO CARVALHO DA SILVA
  • Data: 24/11/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo tem por objetivo investigar as estratégias e articulações dos juízes de paz do termo de Rio de Contas, no alto sertão da Bahia, no decorrer de um conflito político intraelites em curso nesta vila. O recorte temporal estabelecido compreende os anos de 1822 e 1832, em meio à grande instabilidade social e política na província da Bahia e nesta localidade dos sertões de cima. Neste período, ocorreu a implementação de reformas liberais que possibilitaram o surgimento de novas instituições no Império do Brasil. A criação dos Juizados de Paz, empreendida pelos liberais moderados, foi uma importante inovação na estrutura judiciária imperial. Os magistrados leigos, previstos na Constituição de 1824 e regulamentados por meio da lei de 15 de outubro de 1827, fizeram parte de um movimento reformista que visou a ampliação da autonomia local. No decurso das transformações do aparato políticoadministrativo ocorridas no Primeiro Reinado, os juízes de paz passaram a ter grande relevância nas comunidades em que foram escolhidos através do voto. Em Rio de Contas, os magistrados eletivos eram vinculados aos segmentos sociais abastados da vila e a maioria deles participou ativamente do conflito intraelites em curso à época, posicionando-se contrários à parte da elite que se utilizou do antilusitanismo latente na sociedade rio-contense para atingir seus adversários. O ódio disseminado contra os portugueses natos, residentes na vila e seu termo, fizeram com que os nascidos em Portugal se tornassem vítimas de violência política – em episódios marcados por perseguições, espancamentos, roubos e, em casos extremos, assassinatos. Tais explosões violentas, comumente denominadas de mata-marotos, eram praticadas nesta localidade por bandoleiros patrocinados pelos potentados da região. 


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to investigate the strategies and articulations of the Judges of Peace of the term of Rio de Contas, in the alto sertão of Bahia, during an intra-elite political conflict underway in this village. The time frame established comprises the years 1822 and 1832, in the midst of the great social and political instability in the province of Bahia and in this locality of the sertões de cima. During this period, liberal reforms were implemented that allowed the emergence of new institutions in the Empire of Brazil. The creation of the Judges of Peace, undertaken by moderate liberals, was an important innovation in the imperial judicial structure. Lay magistrates, provided for in the 1824 Constitution and regulated by the law of October 15, 1827, were part of a reformist movement that aimed to expand local autonomy. In the course of the transformations of the political-administrative apparatus that took place in the First Reign, the Judge of Peace came to have great relevance in the communities in which they were chosen through the vote. In Rio de Contas, the elective magistrates were linked to the wealthy social segments of the village and most of them actively participated in the intraelite conflict underway at the time, positioning themselves against the part of the elite that used the latent antilusitanism in Rio-Contense society to hit your opponents. The widespread hatred against the native Portuguese, residing in the village and its territory, made those born in Portugal become victims of political violence – in episodes marked by persecution, beatings, robberies and, in extreme cases, murders. Such violent outbursts, commonly called mata-marotos, were practiced in this locality by bandits sponsored by the region's potentates.

10
  • Napoliana Pereira Santana
  • RAÍZES NEGRAS EM TERRAS DOS SERTÕES DA BAHIA: FAMÍLIAS E COMUNIDADES DE AFRICANOS, LIBERTOS E QUILOMBOLAS

    (URUBU, 1870 – 1930)

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NIVALDO OSVALDO DUTRA
  • JOANA MEDRADO NASCIMENTO
  • IACY MAIA MATA
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • Data: 20/12/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo trata das experiências de vida familiar e social de africanos e seus descendentes, escravizados e libertos, no processo de formação de comunidades negras rurais no interior de fazendas pecuaristas do sertão do São Francisco, tendo como recorte espacial a freguesia e a comarca de Santo Antônio do Urubu de Cima, na Bahia, entre os anos de 1870 a 1930. A pesquisa insere-se na conjuntura emancipacionista, com ampliação das lutas de escravizados em defesa de suas liberdades; as mudanças políticas com a Abolição e o advento da República; e as recomposições das riquezas regionais frente às mudanças conjunturais. Nesse contexto, o Urubu pode ser definido como uma sociedade marcadamente rural com forte concentração de riquezas e de terras sob o domínio de ricos fazendeiros, onde os mais pobres enfrentaram sérias dificuldades nos arrimos da sobrevivência. Buscou-se analisar estratégias de lutas forjadas por escravizados e libertos por espaços de autonomia que resultaram no acesso à terra e no seu usufruto costumeiro. Parte de leitura minuciosa de ampla e diversa documentação, quais sejam: inventários post-mortem, testamentos, processos cíveis, processos-crime, registros eclesiásticos (casamento, batismo e óbito), livros de razão de fazendeiro (registros contábeis), livros de viajantes e memorialistas, fotografias e fontes orais.  Esse conjunto documental lança luzes para a compreensão da ocupação ancestral de terras por africanos, libertos e seus descendentes. O cruzamento das fontes manuscritas com as fontes orais, a partir da metodologia da ligação nominativa, possibilitou reconstituir genealogias familiares, as quais permitiram compreender o enraizamento de famílias negras em terras de antigos currais de gado por sucessivas gerações, o que culminou na formação de atuais comunidades quilombolas do Território Velho Chico. 


  • Mostrar Abstract
  • This study is about African family social life experiences and their descendants, slaves, or freemen, in the formation’s process of black communities in the countryside cattle breeder farms locate in the backlands from São Francisco, has as spatial cutout the parish and division of Santo Antônio of Urubu de Cima, in Bahia, between the years 1870 to 1930. This research inserts itself in the emancipation conjecture with focus in enslavement fights in defense of their freedom, in the political changes after the Abolition process and Republic and the recomposition of regional riches in front of conjunctural changes. In this context the Urubu’s defined as a country society with high land and wealth concentration under riches farmers domain, where the poor population faced serious difficulties trying to survive. Sought analyze fights strategies forged by slaves and freeman for autonomy spaces resulting in the access and use of the land. Begins along a thorough read of a large and diversified documentation, which are composed of: post-mortem inventories, wills, civil lawsuits, crime lawsuits, ecclesiastic records (marriage, baptism, and death), accounting records, travelers’ books and memorialists, photographs, and oral sources. This documental set brings light to understanding the ancestral occupation of lands by Africans, freemen, and their descendants. Crossing manuscript sources with oral sources from the nominative link methodology made possible reconstruct family genealogies that allows to understand the black families rooting in the old stockyard by successive generations, which ended up in the formation of the current quilombolas communities in the Velho Chico territory.

2021
Dissertações
1
  • CARLOS AUGUSTO SANTOS NERI BRAGA
  • OPERÁRIAS NEGRAS: LUTAS E CONTROLE PATRONAL NA CIA. DE CHARUTOS DANNEMANN E NA COSTA PENNA & CIA (1910-1950).

  • Orientador : VINICIUS DONIZETE DE REZENDE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GLAUCIA CRISTINA CANDIAN FRACCARO
  • IACY MAIA MATA
  • VINICIUS DONIZETE DE REZENDE
  • Data: 18/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • A proposição dessa pesquisa foi investigar os laivos de um sistema de organização das atividades laborais nas empresas de charutos e cigarrilhas, onde busquei analisar as interações, resistências e lutas das operárias fumageiras contra um modelo de produção instalado no Recôncavo da Bahia, a partir do desenvolvimento do complexo fumageiro entre as décadas de 1910 e 1950. Foram escolhidas a Cia. de Charutos Dannemann e a Costa Penna & Cia, ambas localizadas nas cidades de São Félix e Muritiba. Essas firmas tiveram trajetórias destacadas no mercado dos artigos de fumo no Brasil, sendo a Cia de Charutos Dannemann a mais proeminente do ramo em sua época. O trabalho das mulheres negras foi o eixo central do desenvolvimento da indústria fumageira a partir da apropriação do saber e do trabalho das operárias na elaboração de charutos e cigarrilhas. Busquei justamente analisar os processos de trabalho e como eles foram sistematicamente reduzidos e fracionados nas manufaturas com vistas ao aumento da capacidade de produção e controle da força de trabalho. Este modelo de organização do trabalho traduziu expressões de racialização das trabalhadoras e lugares subalternizados de gênero, indicativo das estratégias patronais para reproduzir opressões sociais em tecnologias de dominação e de controle do trabalho para alargar a apropriação de mais valor. Esse processo demonstrou uma divisão entre concepção e execução do trabalho como elementos fundamentais para a formação de um aparelho burocrático de produção responsável pela gerência e controle dos processos de trabalho. Dessa forma, as operárias não ficaram inertes diante deste modelo de produção e desenvolveram diversas estratégias de lutas contra à exploração e lançaram investidas rumo ao controle dos processos de trabalho. As lutas operárias foram investigadas desde as lutas implícitas e latentes do chão de fábrica até as lutas abertas das greves, das paralisações e dos movimentos operários


  • Mostrar Abstract
  • The purpose of this research was to investigate the evidence of a system of organization of work activities in cigar and cigarillo companies, where I sought to analyze the interactions, resistance and struggles of tobacco workers against a production model installed in Recôncavo da Bahia, since the start of the development from the tobacco complex from 1910 to 1950. The companies studied in this papaer are Cia. de Charutos Dannemann and Costa Penna & Cia, both located in the cities of São Félix and Muritiba. These companies had outstanding trajectories in the tobacco products market in Brazil, with Cia de Charutos Dannemann being the most prominent in the field at that time. The work of black women was the central axis of the development of the tobacco industry based on the appropriation ofworker’s knowledge and work in preparation of cigars and cigarillos. I tried to precisely analyze the work processes and how they were systematically reduced and fractionated in the manufactures with a view of production increasing and control of the work force. This model of work organization translated expressions of racialization of female workers and subalternized places of gender, indicative of employers’ strategies to reproduce social oppression in technologies of domination and work control to expand the appropriation of surplus value. This process demonstrated a division between conception and execution of work as fundamental elements for the formation of a bureaucratic apparatus of production responsible for the management and control of work processes. In this way, the workers were not inert in the face of this production model and developed several strategies to fight against exploitation and launched advances towards the control of work processes. The working class ‘struggles were investigated from the implicit and latent struggles of the factory floor to the open struggles of strikes, stoppages and workers’ movements

2
  • JÚLIO NUNES SANDES MARTINS
  • MIGHTY MAN, LITTLE MAN, WHITE MEN: CHARGES, QUADRINHOS, ESCÂNDALOS E A GUERRA DE PROPAGANDA A FAVOR DO APARTHEID (ÁFRICA DO SUL, 1973 - 1979)

  • Orientador : LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABIO BAQUEIRO FIGUEIREDO
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • VINICIUS DONIZETE DE REZENDE
  • Data: 11/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • No final da década de 1970, o Escândalo da Informação abalou as estruturas da institucionalidade política do apartheid: o Rand Daily Mail, principal jornal de língua inglesa da África do Sul, revelou a existência de um programa secreto de propaganda do governo, levando a grandes danos políticos. líderes e colocando em xeque o futuro do sistema de dominação branca. Na génese deste programa estava a ideia de que a África do Sul era alvo de uma ofensiva total que, baseada em mentiras, construiu um ambiente de hostilidade internacional em relação ao país e, em particular, ao povo africâner. As ações de propaganda desenvolvidas desde então constituiriam uma estratégia de “defesa ativa” adotada para proteger a ordem social e política do país – uma guerra de propaganda nas próprias palavras do Departamento de Informação sul-africano. Duas dessas ações envolveram o uso de quadrinhos e desenhos animados: a criação da primeira revista em quadrinhos de super-heróis da África do Sul, Mighty Man, e o estabelecimento do primeiro jornal de língua inglesa a apoiar publicamente a agenda africânder, The Citizen. Este trabalho analisa o lugar desses quadrinhos e charges na campanha de propaganda desenvolvida pelo governo sulafricano, bem como o papel das charges publicadas pelo The Rand Daily Mail, jornal reconhecido pelo governo como seu principal adversário da imprensa.


  • Mostrar Abstract
  • In the late 1970s, the Information Scandal shook the structures of the apartheid’s political institutionality: the Rand Daily Mail, South Africa's leading English-language newspaper, revealed the existence of a secret government-run propaganda program, leading to great political damage National Party main leaders and putting the future of the white domination system in check. In the genesis of this program was the idea that South Africa was the target of a total offensive that, based on lies, built an environment of international hostility towards the country and, in particular, the Afrikaner people. The propaganda actions developed since then would constitute an “active defense” strategy adopted to protect the country's social and political order - a propaganda war in the very words of the South African Department of Information. Two of these actions involved the use of comics and cartoons: the creation of South Africa's first superhero comic book, Mighty Man, and the establishment of the first English-language newspaper to publicly support afrikaner agenda, The Citizen. This work analyzes the place of these comics and cartoons in the propaganda campaign developed by the South African government, as well as the role of the cartoons published by The Rand Daily Mail, the newspaper recognized by the government as its main press adversary.

3
  • LUCAS VIEIRA DE MELO SANTOS
  • GÊNERO, DIREITO E TRANSGRESSÕES RELIGIOSAS: AS FEITIÇARIAS E BRUXARIAS NOS TRIBUNAIS MONÁRQUICOS DO REINO DE CASTELA NOS SÉCULOS XV E XVI

     
  • Orientador : MARCELO PEREIRA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • MARCO ANTONIO NUNES DA SILVA
  • BRUNO GONÇALVES ALVARO
  • Data: 26/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • As feitiçarias e bruxarias foram configuradas ao longo dos séculos baixo medievais como transgressões religiosas, sendo alvos de preocupações cada vez mais específicas, centrais e recorrentes por parte dos tribunais castelhanos. Estas práticas passaram por um processo de heresialização e seus praticantes encontravam-se cada vez mais associados ao demoníaco e ao feminino. As mulheres que possuíam saberes e praticavam ofícios ligados ao mundo da cura passaram a ser controladas e perseguidas em Castela, sobretudo a partir do começo do século XVI. Nesta dissertação, buscamos ir além das descrições e constatações estatísticas de que houve mais mulheres do que homens sendo acusadas de praticar feitiçaria e/ou bruxaria. Privilegiando a análise das cartas ejecutorias, partimos de uma problemática principal que é saber se, como e por que as diretrizes de gênero interferiram na construção da regulamentação das práticas de feitiçaria e bruxaria nas regiões ao norte do Reino de Castela sob domínio da Real Chancelaria de Valladolid nos séculos XV e XVI, buscando identificar as (des)conexões entre as relações de poder e gênero na dinâmica do direito castelhano medieval.

     

  • Mostrar Abstract
  • Sorcery and witchcraft were configured throughout the centuries under medieval as religious transgressions, being targets of more and more specific, central and recurring concerns by the Castilian courts. These practices went through a process of heresialization and their practitioners were increasingly associated with the demonic and the feminine. In this process of (re) configuration, the practices of sorcery and witchcraft went through a process of heresialization and its practitioners were increasingly associated with the demonic and the feminine. Women who had knowledge and practiced crafts related to the world of healing began to be controlled and persecuted in Castile, especially from the beginning of the 16th century. In this dissertation, we seek to go beyond the descriptions and statistical findings that there were more women than men being accused of practicing witchcraft and / or witchcraft. Privileging the analysis of executory letters, we start from a main problem that is to know if, how and why the gender guidelines interfered in the construction of the regulation of witchcraft and witchcraft practices in the regions north of the Kingdom of Castile under the domain of the Royal Chancellery of Valladolid in the 15th and 16th centuries, seeking to identify the (dis) connections between power and gender relations in the dynamics of medieval Castilian law.

     
4
  • ALESSANDRO CERQUEIRA BASTOS
  • “Homem trabalhador, pai de família e de bom procedimento”: Masculinidades populares, violência e cotidiano em Feira de Santana (1960-1970)

  • Orientador : MAGALI GOUVEIA ENGEL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREA DA ROCHA RODRIGUES
  • MAGALI GOUVEIA ENGEL
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • Data: 14/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação investiga significados de masculinidades na experiência de homens das camadas populares em Feira de Santana, interior da Bahia, na década de 1960.Da mesma forma, nos perguntávamos como o recurso a violência e as noções de masculinidades e honra estão intimamente imbricados, sem recair não apenas na vilanização masculina, como também em voluntarismos diversos. Nesta investigação, os processos-crimes foram tomados como ferramentas privilegiadas a partir das quais é possível vislumbrar ideais normativos de ser homem e as reelaborações dessas normas no âmbito das disputas travadas na arena jurídica. Para tanto, recorremos a uma análise que joga luz especialmente nas relações cotidianas, em que normas, práticas, representações e discursos são reatualizados, manipulados e contestados pelos agentes sociais. Assim, realizamos uma análise histórica que combinou as categorias de gênero, classe, raça, sexualidade, ruralidade, etc., informada pelos pressupostos feministas, pelos estudos das masculinidades e pela História social da cultura.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation investigates the meanings of masculinities in the experience of men from the lower classes in Feira de Santana, in the interior of Bahia, in the 1960s. In the same way, we wondered how the use of violence and the notions of masculinities and honor are intimately interwoven, without fall not only in male vilanization, but also in different voluntarisms. In this investigation, the criminal proceedings were taken as privileged tools from which it is possible to glimpse normative ideals of human beings and as reworkings of these norms within the scope of disputes in the legal arena. For this, we resort to an analysis that sheds light especially on everyday relationships, in which norms, practices, representations and discourses are updated, manipulated and challenged by social agents. Thus, we conducted a historical analysis that combined as categories of gender, class, race, sexuality, rurality, etc., informed by feminist assumptions, studies of masculinities and the social history of culture.

5
  • JAMILE DE BRITO PALAFOZ
  • “DESORDEIRAS” E “TURBULENTAS”: AS PRESAS DA CORREÇÃO DE SALVADOR (1889-1890)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIANA EMANUELLE BARRETO DE GOIS
  • ANA MARIA CARVALHO DOS S OLIVEIRA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • Data: 30/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo desta dissertação é analisar um grupo de mulheres que tiveram em comum a experiência do encarceramento na Cadeia da Correção de Salvador entre os anos de 1889-1890. A partir de um dos registros de entrada e saída da instituição prisional, identificamos um grupo de 186 mulheres, envolvidas em 196 ocorrências. Presas majoritariamente sob a alcunha de “desordeiras”, essas mulheres eram também uma maioria de mulheres negras. Com isso, propomos um estudo acerca das relações sociais e do cotidiano destas mulheres, a partir da perspectiva interseccional. Além do espaço prisional, analisamos o perfil aproximado das presas e discutimos, mais detidamente, em que medida a categoria desordem e as outras motivações que levaram as mulheres negras ao encarceramento funcionavam como formas de controle e silenciamento. Por outro lado, também buscamos desnaturalizar as desordens promovidas de uma perspectiva negativa sobretudo do ponto de vista moral. Por fim, propomos uma reflexão das desordens enquanto mais uma das mais diversas formas de resistências acionadas pelas mulheres negras.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this dissertation is to analyze a group of women who had in common the experience of incarceration in the Correction Chain of Salvador between the years 1889-1890. From one of the prison institution's entry and exit records, we identified a group of 186 women, involved in 196 occurrences. Mostly imprisoned under the name of "rioters", these women were also a majority of black women. With that, we propose a study about the social relations and daily life of these women, from the intersectional perspective. In addition to the prison space, we analyzed the approximate profile of prisoners and discussed, in more detail, the extent to which the disorder category and the other motivations that led black women to incarceration functioned as forms of control and silencing. On the other hand, we also seek to denaturalize the disorders promoted from a negative perspective, especially from a moral point of view. Finally, we propose a reflection of disorders as yet another of the most diverse forms of resistance triggered by black women.

6
  • RAFAELA ALMEIDA LEOVEGILDO FRANCA
  • "COISAS DIGNAS DE MEMÓRIA": A ESCRITA FRANCISCANA NA NARRATIVA DA CUSTÓDIA DE SANTO ANTÔNIO DO BRASIL, DE FR. MANUEL DA ILHA (1621)

  • Orientador : MORENO LABORDA PACHECO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MORENO LABORDA PACHECO
  • LIGIA BELLINI
  • ANTÓNIO CAMÕES GOUVEIA
  • Data: 01/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • Entre os séculos XVI-XVII, observou-se, em Portugal, um período de efervescência da
    literatura religiosa. Neste período, identifica-se o crescimento da produção, tanto
    impressa quanto manuscrita, de diversas tipologias da literatura devota e espiritual. Entre
    as ordens religiosas, houve um destacado aumento do gênero cronístico. Religiosos dos
    diferentes institutos recorreram às crônicas com o intuito de construir uma memória
    ilustre para suas respectivas congregações. Nos escritos deste gênero, reuniam-se
    informações como a história de fundação dos conventos, biografias de frades ou freiras
    de vida exemplar, e os eventos considerados mais relevantes para a trajetória daquele
    determinado instituto. Fabricadas sob o comando e a supervisão das instâncias superiores
    das ordens religiosas, as crônicas assumiam o lugar de narrativa oficial, estando
    submetidas à vigilância e aprovação internas.
    O presente trabalho tem como principal objeto de análise uma dessas crônicas, fabricadas
    neste momento de evidência do gênero. A pesquisa aqui apresentada toma como ponto
    de partida a Narrativa da Custódia de Santo Antônio do Brasil, escrita em 1621 pelo
    franciscano Fr. Manuel da Ilha. Esta obra retrata o estabelecimento da Ordem dos Frades
    Menores no Brasil, descrevendo o processo de construção dos primeiros conventos e o
    cotidiano dos frades que os habitavam. Embora escrita por um cronista do reino, a
    Narrativa oferece um registro sobre a atuação dos franciscanos na conversão dos
    indígenas, narrando as dificuldades e, sobretudo, os sucessos alcançados pelos frades
    nesta empreitada.
    Colocando esta crônica em diálogo com outros registros franciscanos, fabricados no
    mesmo período, o estudo aqui desenvolvido procura examinar as principais linhas de
    força que conduziam a produção escrita da Ordem dos Frades Menores. O intuito é não
    apenas perceber como os textos franciscanos refletiam as questões de seu tempo, mas em
    que medida os frades capitalizaram a escrita como ferramenta de poder em meio a este
    contexto.


  • Mostrar Abstract
  • Between the 16th and 17th centuries, a period of effervescence in religious literature was
    observed in Portugal. In this period, the growth in production, both printed and
    handwritten, of different types of devotional and spiritual literature is identified. Among
    the Religious Orders, there was a marked increase in the chronical genre. Religious from
    different institutes resorted to chronicles in order to build an illustrious memory for their
    respective congregations. In the writings of this kind, information was gathered such as
    the history of the foundation of the convents, biographies of friars or nuns of exemplary
    life, and the events considered most relevant to the history of that particular institute.
    Produced under the command and supervision of the higher levels of Religious Orders,
    the chronicles took the place of official narrative, being subject to internal surveillance
    and approval.
    This dissertation aims to analyze one of these chronicles, written while the genre of the
    chronicles was going through one of its many peaks. The research presented here takes
    as its starting point the Narrativa da Custódia de Santo Antônio do Brasil, written in 1621
    by the franciscan Fr. Manuel da Ilha. This work portrays the establishment of the Order
    of Friars Minor in Brazil colony, and describes how the first convents were built and the
    daily life of the friars who inhabited them. Although written by a chronicler who lived in
    Portugal, the Narrativa offers a record of the Franciscans' work in converting the Indians,
    narrating the difficulties and, above all, the successes achieved by the friars in this
    endeavor.
    Confronting this chronicle with other Franciscan records, produced in the same period,
    the study developed here seeks to examine the main tendencies that guided the written
    production of the Order of Friars Minor. The purpose is not only to perceive how the
    Franciscan texts reflected the issues of their time, but also how the friars took on their
    writing skills as an instrument of power.

7
  • Tácio Alves de Lima Matos
  • RAÇA, GÊNERO E NAÇÃO NA BOLÍVIA ATRAVÉS DA OBRA DE ANTONIO DIAZ VILLAMIL (1922-1948)

  • Orientador : IACY MAIA MATA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • Data: 01/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa analisa as narrativas sobre raça na Bolívia na primeira metade do século XX, no período anterior à Revolução de 1952, por meio das obras do boliviano Antônio Díaz Villamil; autor que, além de ser um reconhecido literato, foi um atuante gestor da Educação Pública boliviana. Villamil introduziu em seus textos um discurso de gradação racial entre criollos, indígenas e mestiços. Enquanto integrante do Governo, participou dos esforços nacionais e transnacionais para elaboração de planos de inclusão dos povos indígenas no Estado nacional. Tanto na ficção de Villamil quanto na experiência social boliviana, o nacionalismo é projetado e proposto como uma ferramenta capaz de fomentar a coexistência pacífica entre grupos subalternos e a elite branca local. Essa realidade social é reproduzida com verossimilhança nas obras do autor – especialmente em La ninña de sus ojos de 1948-, habilitando-as enquanto fonte e fornecedoras de pautas para o debate político do seu período de produção e lançamento. Além das novelas produzidas por Villamil, para compor o estudo do contexto histórico e social, foram utilizados periódicos publicados na década de 1940, atas e boletins que registram encontros entre chefes de estados e intelectuais.


  • Mostrar Abstract
  • The research analyzes the narratives about race in Bolivia in the first half of the 20th century, in the period before the 1952 Revolution, through the works of the Bolivian Antonio Díaz Villamil; author who, in addition to being a recognized writer, was a great manager in Bolivian Public Education. Villamil introduced in his texts a discourse of racial gradation between criollos, indigenous and mestizos. As a member of the Government, he made contributions to national and transnational efforts to develop plans for the inclusion of indigenous peoples in the national state. Both in Villamil's fiction and in the Bolivian social experience, nationalism is projected and proposed as a tool with the purpose of fostering peaceful coexistence between subordinate groups and the local white elite. This social reality is reproduced with verisimilitude in the author's works – especially in La ninña de sus ojos, from 1948 -, turning the literary works into sources of guidelines for the political debate in his period of production and publication of the book. In addition to the use of novels produced by Villamil, to compose the study of the historical and social context, periodicals published in the 1940s, minutes and bulletins that record the meetings between state leaders and intellectuals were used

8
  • BEATRIZ CAFÉ SACRAMENTO
  • “ME LEVE SEMPRE AO CINEMA, VOS SUPLICO SANTA EMMA”: O CINEMA E AS ELITES EM FEIRA DE SANTANA (1912-1938)

  • Orientador : MORENO LABORDA PACHECO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • LIELVA AZEVEDO AGUIAR
  • MORENO LABORDA PACHECO
  • Data: 15/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • Entre o fim do século XIX e início do século XX, diante de um aumento populacional
    expressivo, as elites de Feira de Santana buscavam por transformações urbanas a fim de
    fortalecer o comércio local. Os ideais de novo, moderno, de progresso e de civilidade foram
    acionados por elites que desenharam a cidade de acordo com seus interesses, tendo como base
    os padrões estéticos europeus e estadunidenses, para que fosse mantido e garantido seu poder.
    Para isso, as elites feirenses ocuparam diversas esferas sociais e instituições, dentre elas as
    sociedades filarmônicas, a Santa Casa de Misericórdia, os jornais locais, os grêmios dramáticos,
    a sociedade de tiro e o cinema local, representado na maior parte do tempo do recorte temporal
    deste trabalho pelo Teatro/Cineteatro Sant’Anna. Com base nessa premissa, este estudo busca
    compreender como se deu a relação entre as elites e o cinema em Feira de Santana. O recorte
    temporal foi definido entre os anos de 1912 e 1938, partindo de uma querela entre dois
    conselheiros municipais (Quintiliano Martins, coronel, e Celso Valverde Martins, major e
    negociante) ocorrida dentro do até então Teatro Sant’Anna, durante uma sessão de cinema, e se
    encerra após o lançamento do Código de Posturas que, em 1937, buscava repaginar a cidade
    dali em diante.


  • Mostrar Abstract
  • By the end of the 19th and the first few decades of the 20th century, the elites of Feira de
    Santana were fostering a whole set of urban transformations in order to deal with a significant
    boom in the city`s population but also to strengthen the local commercial activities. The ideals
    of newness, modernity, progress and civility were mobilized by those who were redesigning
    the city according to their interests and based on European and American aesthetic standards,
    so that their power could be maintained or even reinforced. In order to achieve this, the elites
    occupied several institutions, among them the philharmonic societies, the Santa Casa de
    Misericórdia, the local newspapers, the dramatic guilds, the shooting society and the local
    cinema, represented in most of the time frame studied here by the Teatro / Cineteatro Sant'Anna.
    Based on this premise, this study seeks to understand how the relationship between the elites
    and the cinema took place in Feira de Santana. The time frame goes from 1912 to 1938, starting
    with a quarrel between two municipal councilors (Quintiliano Martins, colonel, and Celso
    Valverde Martins, major and businessman) that took place inside the theater, after a movie
    session, and ending with the launch of new set of laws for urban development, in 1937, designed
    to revamp the city from then on.

9
  • LUÃ PEDRO ROCHA CARVALHO
  • "O HAITI E A BAHIA: AS REPRESENTAÇÕES DA PRIMEIRA NAÇÃO NEGRA DA AMÉRICA NOS JORNAIS BAIANOS DO SÉCULO XIX (1831-1853)"

  • Orientador : IACY MAIA MATA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • ALAN EL YOUSSEF
  • LUCIANA DA CRUZ BRITO
  • Data: 11/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Na pesquisa desenvolvida neste trabalho, buscou-se compreender como as retóricas envolvendo
    o Haiti eram utilizadas nos jornais baianos entre 1831 e 1853. Os periódicos não eram
    uníssonos, porém puderam rememorar a Revolução Haitiana e suas consequências em
    diferentes ocasiões e com distintos interesses. Esta dissertação almeja esclarecer o desenrolar
    dos acontecimentos que resultaram no nascimento da primeira nação negra da América para,
    com o entendimento das conexões transnacionais, perceber como a apropriação das narrativas
    envolvendo o Haiti poderia favorecer às retóricas dos jornais baianos. Dessa forma, para uma
    averiguação mais cautelosa, o recorte temporal foi dividido em dois. Em um primeiro momento,
    investigamos os periódicos durante o período regencial e, posteriormente, os anos entre 1844 e
    1853, especialmente em razão dos debates sobre o tráfico transatlântico, a escravidão e o
    republicanismo.


  • Mostrar Abstract
  • Through the research developed in this paper, we sought to understand how the rhetoric
    involving Haiti was used in Bahia newspapers between 1831 and 1853. The periodicals were
    not unison, but were able to recall the Haitian Revolution and its consequences on different
    occasions and with different interests. This dissertation aims to clarify the course of events that
    resulted in the birth of the first black nation in the Americas, in order to understand the
    transnational connections and how the appropriation of narratives involving Haiti could favor
    the rhetoric of Bahia's newspapers. Thus, for a more careful investigation, the time frame was
    divided in two. In a first moment investigating the periodicals during the regency period and,
    afterwards, the years between 1844 and 1853, especially due to the debates on the transatlantic
    traffic, slavery and republicanism.

10
  • EDUARDO FERREIRA DA SILVA PEREIRA
  • O CAMINHO DA “GRANDE COMUNIDADE”: REFORMA EDUCACIONAL E REDEMOCRATIZAÇÃO BURGUESA NA BAHIA (1947-1951)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILBERTO GRASSI CALIL
  • ARUÃ SILVA DE LIMA
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • Data: 09/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação analisa a reforma educacional realizada durante a gestão do intelectual Anísio Teixeira na Secretaria de Educação e Saúde Pública do Estado da Bahia do governo de Otávio Mangabeira. A pesquisa documental, apoiada no escrutínio da bibliografia relativa ao tema, se dedicou à análise de correspondências oficiais e pessoais do secretário; discursos, leis e planos que regeram o desenvolvimento das políticas educacionais implementadas na reforma, bem como periódicos, levantamentos estatísticos e registros de ações administrativas da Secretaria de Educação. Como resultado desse exercício, busca-se demonstrar, com a ênfase no desempenho de funções intelectuais por parte de Anísio Teixeira e da elite política demoliberal na Bahia, que a reforma esteve alinhada aos interesses objetivos das classes dominantes do estado durante a redemocratização. A oportunidade de dirigir a transição democrática no estado da Bahia, após a queda do Estado Novo e a promulgação da Constituição de 1946, foi conquistada pelos representantes políticos do demoliberalismo com a vitória de Otávio Mangabeira no pleito de 1947, pela legenda da União Democrática Nacional (UDN). Nesse sentido, a reforma educacional se apresentou como uma ferramenta para o desenvolvimento capitalista da formação social baiana, em direção a uma sociedade regida pelos interesses e princípios do modelo liberal-burguês de democracia, cujos eixos de articulação eram as propostas de harmonização social e descentralização político-administrativa do poder estatal, mediada pelo imperativo da manutenção da ordem como fundamento da democracia e como limite para o exercício da cidadania.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation analyzes the education reform carried out during the administration of the intellectual Anísio Teixeira in the Secretariat of Education and Public Health of the State of Bahia, during the government of Otávio Mangabeira. The documentary research, supported by the scrutiny of the bibliography on the subject, was dedicated to the analysis of official and personal correspondence of the secretary; speeches, laws and plans that governed the development of the educational policies implemented in the reform, as well as periodicals, statistical surveys and records of administrative actions of the Secretariat of Education. As a result of this exercise, we seek to demonstrate, with emphasis on the performance of intellectual functions by Anísio Teixeira and the demoliberal political elite in Bahia, that the reform was aligned with the objective interests of the state's dominant classes during the re-democratization. The opportunity to lead the democratic transition in the state of Bahia, after the fall of the Estado Novo and the promulgation of the 1946 Constitution, was won by the political representatives of the demoliberals with the victory of Otávio Mangabeira in the 1947 election, with the National Democratic Union (UDN). In this sense, the educational reform was presented as a tool for the capitalist development of Bahia's social formation, towards a society governed by the interests and principles of the liberal-bourgeois model of democracy, whose articulation axes were the proposals of social harmonization and politicaladministrative decentralization of state power, mediated by the imperative of maintaining order as the foundation of democracy and as a limit to the exercise of citizenship.

11
  • PABLO GABRYEL ALMEIDA DA PURIFICAÇÃO
  • A Ba(h)ía dos Marinheiros: trabalhadores do mar na cidade de Salvador (c.1850-c.1890)

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVANA CASSEB JEHA
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • IACY MAIA MATA
  • Data: 24/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho se propôs a estudar a vida dos marinheiros na Bahia, mais detalhadamente em Salvador, na segunda metade do século XIX, buscando compreender este campo de trabalho em que havia pessoas livres e escravizadas trabalhando lado a lado no período final da escravidão brasileira. O foco foi traçar um perfil sociorracial destes marinheiros, tanto da marinha mercante, quanto da Armada Imperial, para a partir daí compreender suas trajetórias de vida, e de resistências ante às instituições que os dominavam.


  • Mostrar Abstract
  • The present work proposed to study the life of sailors in Bahia, in more detail in Salvador, in the second half of the 19th century, seeking to understand this field of work in which there were free and enslaved people working side by side in the final period of Brazilian slavery. The focus was to draw a socio-racial profile of these sailors, both from the merchant navy and from the Imperial Navy, in order to understand their life trajectories and resistance to the institutions that dominated them.

12
  • MATHEUS DA SILVA CONCEIÇÃO
  •  

    A Guerra do Cadó: sublevação militar, conflitos familiares e poder em Vila Nova da Rainha (1831-1833)

  • Orientador : ANA PAULA MEDICCI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA MEDICCI
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • JACKSON ANDRÉ DA SILVA FERREIRA
  • Data: 30/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem por objetivo compreender as razões para a sublevação de militares ocorrida em Vila Nova da Rainha, atual cidade de Senhor do Bonfim e região. O movimento aconteceu durante o conflito entre as principais famílias do município, os Silva e os Passos. O evento ficou conhecido como guerra do Cadó e se prorrogou de 1831 até 1835. Durante os anos de 1832/33, um destacamento da Primeira Linha foi enviado para apaziguar a situação. Comandados pelo tenente-coronel Ignácio Joaquim Pitombo, conseguiram contornar a situação em um primeiro momento. Porém, a chegada do Padre Severo Cuim Atuá, irmão do chefe dos Silva, Joaquim Simões da Silva, o Cadó, que instigou a retomada do conflito. O tenente-coronel tomou partido dos Silva, que expulsaram os Passos do município. Contudo, alguns soldados juntaram-se aos Passos, para resolverem desavenças com seu comandante, trazidas desde as mudanças nas fileiras do Exército, no início da década de 1830. A troca de comando acabou trazendo insatisfação aos praças que se revoltaram durante parte da Regência. Os sublevados tentaram assassinar o comandante Pitombo, porém, falharam e foram presos. Uma devassa foi pedida pelo Comandante das Armas, Alexandre Argolo Ferrão, e foi a principal fonte para essa pesquisa. Um novo destacamento acabou sendo enviado para Vila Nova da Rainha para substituir as tropas do tenente-coronel Pitombo. A guerra entre famílias, porém, só seria encerrada em 1835, com uma nova expulsão dos Passos. 


  • Mostrar Abstract

  • This work deals with the uprising carried out by the military in the village of Vila Nova da Rainha, the current city of Senhor do Bonfim in northern Bahia. The movement took place during the conflict between the main families in the municipality, the Silva and the Passos. The event became known as the Cadó War and lasted from 1831 to 1835. During the years 1832/33, a detachment of the First Line was sent to appease the situation. Commanded by Lieutenant Colonel Ignácio Joaquim Pitombo, they managed to get around the situation at first. However, the arrival of Padre Severo Cuim Atuá, brother of the Silva chief, Joaquim Simões da Silva, known as Cadó, instigated the resumption of the conflict. The lieutenant colonel sided with the Silva, who expelled Passos from the municipality. However, some soldiers joined the Passos, to resolve disagreements with their commander, brought about since the changes in the ranks of the Army, in the early 1830s. The change of command ended up bringing dissatisfaction to the soldiers who revolted during part of the Regency. The uprisings tried to assassinate Commander Pitombo, but failed and were arrested. An inquiry was requested by the Commander of Arms, Alexandre Argolo Ferrão, and was the main source for this research. A new detachment was eventually sent to Vila Nova da Rainha to replace Lieutenant Colonel Pitombo's troops. The war between families, however, would only be ended in 1835, with a new expulsion from Passos. 

     

13
  • MANOEL REINALDO SILVA RÊGO
  • “O que é bom para os Estados Unidos é bom para o Brasil”: Juracy Magalhães e a defesa do alinhamento bilateral Brasil/EUA (1934 - 1967)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS NASSARO ARAUJO DA PAIXÃO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • JOSE ALVES DIAS
  • Data: 09/11/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste trabalho é analisar a defesa do alinhamento bilateral entre Brasil/EUA defendido por Juracy Magalhães. Com isso, esta dissertação abordará o posicionamento desse político baiano que, a partir de 1934, à frente do governo do estado da Bahia, começa a demonstrar simpatia pelo modelo político estadunidense como alternativa à polarização entre comunistas e integralistas no Brasil, em especial na Bahia. Pretende-se neste estudo abordar aspectos do posicionamento político de Juracy Magalhães durante o período do Estado Novo, quando ele deixa o cargo de governador da Bahia e volta aos quartéis. Com o surgimento da experiência democrática, entre 1945 e início de 1964, será analisado Juracy Magalhães como um incisivo defensor do alinhamento entre o Brasil e os EUA. Depois, será discutida a reaproximação do político baiano com o varguismo na década de 1950. O enfoque, na década de 1960, mostra que Juracy Magalhães passa a conspirar contra o governo de João Goulart. Por último, será abordado como, a partir do golpe de 1964, o ex-governador da Bahia torna-se um dos intelectuais orgânicos do reposicionamento da política externa brasileira no primeiro governo da ditadura.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this work is to analyze the defense of the bilateral alignment between Brazil/USA defended by Juracy Magalhães. Thus, this dissertation will address the position of this Bahian politician who, from 1934 onwards, at the head of the Bahia State government, begins to show sympathy for the US political model as an alternative to the polarization between communists and integralists in Brazil, especially in Bahia. The aim of this study is to approach the biographical aspects of Juracy Magalhães during the Estado Novo period, when he leaves the position of governor of Bahia and returns to the barracks. With the emergence of the democratic experience, between 1945 and early 1964, the incisive position of Juracy Magalhães as a defender of the alignment between Brazil and the US will be analyzed. Afterwards, the approximation of the Bahian politician with Varguismo in the 1950s will be discussed. The approach, in the 1960s, shows that Juracy Magalhães began to conspire against the government of João Goulart. Finally, it will be discussed how, after the 1964 coup, the exgovernor of Bahia became one of the organic intellectuals in the repositioning of Brazilian foreign policy in the first government of the dictatorship.

14
  • ELIAS DOS SANTOS CONCEIÇÃO
  • Fragmentos de vida: militância de José Rodrigues Filho no movimento estudantil de Cruz das Almas (Bahia, 1969-1973)

  • Orientador : ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • JOSE VIEIRA DA CRUZ
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • Data: 08/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação analisa a trajetória política do militante e intelectual comunista pernambucano José Rodrigues Filho (1943-), estudante da Escola de Agronomia (EA) da Universidade Federal da Bahia (UFBA), faculdade edificada na cidade de Cruz das Almas, no Recôncavo da Bahia. A investigação discute a trajetória de Rodrigues Filho entre 1969 a 1973, a partir de sua atuação no Diretório Acadêmico Landulfo Alves (DALA), do cotidiano estudantil da Escola Agronômica da Bahia (EAB) e na cidade desta, e de sua atuação na célula do Partido Comunista do Brasil (PCB) na EA. Utilizamos fontes impressas, a exemplo do jornal O DALA, que teve o sujeito da pesquisa como um dos fundadores, no qual constam várias poesias e artigos de sua autoria. Ainda faremos uso de depoimentos orais, resultado de entrevistas realizadas com Rodrigues Filho a respeito de sua trajetória da EA, da socialização política estudantil e da sua atuação na célula do PCB.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation analyzes the political trajectory of the communist militant and intellectual from Pernambuco José Rodrigues Filho (1943-), a student at the School of Agronomy (EA) of the Federal University of Bahia (UFBA), a college built in the city of Cruz das Almas, in the Recôncavo da Bahia. The investigation discusses the trajectory of Rodrigues Filho between 1969 and 1973, based on his work at the Landulfo Alves Academic Directory (DALA), on the student daily life at the Agronomic School of Bahia (EAB) and in the city of Bahia, and on his work in the cell of the Communist Party of Brazil (PCB) at EA. We used printed sources, such as the newspaper O DALA, which had the research subject as one of the founders, in which there are several poems and articles of his authorship. We will still make use of oral testimonies, the result of interviews with Rodrigues Filho about his trajectory in EA, student political socialization and his performance in the PCB cell.

Teses
1
  • LARISSA PENELU BITENCOURT PACHECO
  • REDES DE INTELECTUAIS E INTERCÂMBIO BRASILIANISTA: A TRAJETÓRIA DE ROLLIE EDWARD POPPINO COMO HISTORIADOR (1949-1973)

  • Orientador : LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA PALAMARTCHUK
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • PAULO SANTOS SILVA
  • RINALDO CESAR NASCIMENTO LEITE
  • Data: 15/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa problematiza a função do brasilianista clássico como intelectual decisivo na escrita da concepção da democracia brasileira no bojo do pós-Guerra e da Guerra Fria. O estudo da trajetória de Rollie Edward Poppino se revelou um percurso frutífero de discussão sobre concepções a respeito das lutas sociais e da história política no Brasil nesse contexto. Percebemos a partir dessa abordagem de caso a ação dos intelectuais através de solidariedades acadêmicas e acordos interinstitucionais, montados pela via do aproveitamento das ações culturais na política externa norte-americana e brasileira entre os anos 1949 e 1973. O ponto de partida metodológico é a consideração da atuação do pesquisador no interior de agências de saber na Bahia e de acordos bilaterais. A noção de Antonio Gramsci sobre o americanismo, o pano de fundo da discussão, que se complementa com novas abordagens sobre a Guerra Fria e a cultura. Outros autores, como Perry Anderson, Francis Saunders são levados em consideração para reafirmar a hegemonia norte-americana no campo da cultura e da ação intelectual. A ação do sujeito é entendida além de sua biografia, pela via da remontagem de redes acadêmicas, vistas a partir de fontes bibliográficas, periódicos e discussões em paratextos que apontam parcerias fundamentais para aqueles que buscaram conduzir o debate sobre o Brasil recente com o suporte de intelectuais norte-americanos. Na escrita de Poppino, verificamos um conteúdo narrativo contrário às lutas de classes, calcada em concepções de história e de abordagem da sociedade que se protegiam no escopo pró “mundo livre”, mas que muitas vezes se demonstraram partidárias do autoritarismo.


  • Mostrar Abstract
  • This research questions the role of the classical Brazilianist as a decisive intellectual in the writing of the concept of Brazilian democracy in the midst of the post-war and cold war. The study of Rollie Edward Poppino's trajectory proved to be a fruitful path of discussion about conceptions about social struggles and political history in Brazil in this context. We perceive from this case approach the action of intellectuals through academic solidarity and interinstitutional agreements, assembled through the use of cultural actions in American and Brazilian foreign policy between the years 1949 and 1973. The methodological starting point is the consideration the researcher's work within knowledge agencies in Bahia and bilateral agreements. Antonio Gramsci's notion of Americanism, the backdrop to the discussion, which is complemented by new approaches to the Cold War and culture. Other authors, such as Perry Anderson, Francis Saunders are taken into consideration to reaffirm the American hegemony in the field of culture and intellectual action. The subject's action is understood in addition to his biography, through the reassembly of academic networks, seen from bibliographical sources, journals and discussions in paratexts that point out fundamental partnerships for those who sought to conduct the debate on recent Brazil with the support of American intellectual supports. In Poppino's writing, we verified a narrative content contrary to the class struggles, based on conceptions of history and approach to society that were protected in the scope of the “free world”, but which often proved to be in favor of authoritarianism.

2
  • JOÃO REIS NOVAES
  • TECELÕES DA (DES)ORDEM: COTIDIANO E POLICIAMENTO NOS SERTÕES DA BAHIA (1891-1930)

  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • JOSÉ MIGUEL ARIAS NETO
  • MARCOS LUIZ BRETAS DA FONSECA
  • RINALDO CESAR NASCIMENTO LEITE
  • Data: 26/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • Tecelões da (Des)Ordem: Policiamento e Cotidiano nos Sertões da Bahia (1891-1930) tem como objetivo problematizar as relações instáveis e tensas estabelecidas entre os integrantes da força pública e a população que vivia nos sertões da Bahia ao longo da Primeira República. É preciso acentuar que essa problematização é orientada pelos pressupostos estabelecidos pelo método indiciário, ou seja, está fundamentada na análise dos detalhes, dos dados marginais, dos resíduos tomados enquanto pistas, indícios, sinais ou vestígios, capazes de proporcionar a compreensão da experiência humana ao longo do tempo. Nessa perspectiva, a construção do conhecimento histórico deve partir de uma investigação minuciosa que possibilite desvendar as nuances dos acontecimentos a partir dos indícios imperceptíveis para a maioria das pessoas, pois esses indícios, quando inquiridos e contextualizados, fornecem respostas não só para a pergunta o que a documentação consultada pode “dizer”, mas, sobretudo, o que está nas entrilinhas do que ela é capaz de “dizer” a respeito dos mais diversos acontecimentos históricos. Orientado pelos preceitos desse método, compreendi, a partir da documentação e da bibliografia consultada, como os policiais, mesmo tendo seu campo de ação limitado, seja pelos preceitos legais, seja pela disciplina e hierarquia propagada por sua corporação, seja pela resistência ou alianças estabelecidas com os indivíduos que deveriam ser policiados, conseguem garantir vantagens pessoais durante o desempenho de suas funções. Como se vê, a problemática norteadora desse trabalho extrapola a habitual insistência na construção de uma narrativa responsável por enfatizar uma história institucional da polícia, relegando, a um segundo plano, as experiências dos policiais e a sua interação com milhares de homens e de mulheres que viviam nos sertões da Bahia. Isso é possível porque os integrantes da força pública, homens de carne e osso que sentiam as suas experiências, que possuíam suas aspirações, seus sonhos e seus medos, acabavam ressignificando, cotidianamente, o papel projetado para eles pela a alta hierarquia de sua instituição e pelas autoridades políticas, pois, os policiais, a serviço nos sertões da Bahia, gozavam de certa margem de independência nas suas ações e uma capacidade de arbitragem que usavam geralmente em benefício próprio. Consequentemente, na tentativa de garantir os seus interesses particulares, os agentes da instituição policial, responsáveis por garantir a “ordem” pública, foram, em muitos momentos, responsáveis pela instalação da desordem nos sertões da Bahia. Em outras palavras, no labor cotidiano dos policiais, as fronteiras entre o mundo da “ordem” e o da “desordem” se separam por uma linha tênue e movediça que, em questão de instantes, a depender das ações dos policiais, poderia levá-los da condição de sentinela da “paz pública”, como idealizado por sua corporação, a mais um agente da “desordem” – daí surgiu à ideia do título dessa tese. Ademais, lançar um olhar minucioso sobre esses aspectos ajudará a refletir e a compreender o que se passava nos sertões da Bahia no decorrer do processo de consolidação da República brasileira, pois, sendo uma das principais instituições estadual, a polícia militar tornou-se uma imagem localizada da história do próprio Estado da Bahia


  • Mostrar Abstract
  • Weavers of (Dis) Order: Policing and Daily Life in the Hinterlands of Bahia (1891-1930) aimed to problematize the unstable and tense relations established between members of the public force and the population that lived in the hinterlands of Bahia during the First Brazilian Republic. It is necessary to emphasize that this problematization is guided by the assumptions established by the indiciary method, that is, it is based on the analysis of details, of marginal data, of residues taken as clues, indications, signs or traces, capable of providing the understanding of human experience over time. In this perspective, the construction of historical knowledge must start from a thorough investigation that makes it possible to unveil the nuances of the events from the indications that are imperceptible to most people, because these indications, when inquired and contextualized, provide answers not only to the question what the documentation consulted can "say", but, above all, what lies behind what it is able to "say" about the most diverse historical events. Guided by the precepts of this method, I understood, based on the documentation and the bibliography consulted, how the policemen, even having their field of action limited, whether by legal precepts, or by the discipline and hierarchy propagated by their corporation, or by the resistance or alliances established with the individuals who should be policed, are able to guarantee personal advantages during the performance of their functions. As can be see, the guiding problematic of this work exceeds the usual insistence on the construction of a narrative that emphasizes an institutional history of the police, relegating to a second plan the experiences of the policemen and their interaction with thousands of men and women who lived in the backlands of Bahia. This is possible because the members of the public force, flesh and blood men who felt their experiences, who had their aspirations, their dreams and their fears, ended up resignifying, quotidianly, the role projected to them by the high hierarchy of their institution and by the political authorities, for the policemen, serving in the hinterlands of Bahia, enjoyed a certain degree of independence in their actions and an arbitration capacity that they generally used for their own benefit. Consequently, in an attempt to guarantee their particular interests, the agents of the police institution, responsible for guaranteeing public "order", were at many moments responsible for the installation of disorder in the backlands of Bahia. In other words, in the daily work of the policemen, the boundaries between the world of "order" and that of "disorder" are separated by a tenuous and unstable line that, in a matter of moments, and depending on the actions of the policemen, could take them from the condition of sentinel of "public peace", as idealized by their corporation, to one more agent of "disorder" – hence came the idea of the title of this thesis. Furthermore, taking a close look at these aspects will help to reflect and understand what was happening in the hinterlands of Bahia during the process of consolidation of the Brazilian Republic, since, as one of the main state institutions, the military police became a localized image of the history of the state of Bahia itself

3
  • JACÓ DOS SANTOS SOUZA
  • Outros Sujeitos da Abolição

    Itinerários de Abolicionistas no Recôncavo da Bahia (Cachoeira, 1880-1891)

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • IONE CELESTE JESUS DE SOUSA
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • WALTER DA SILVA FRAGA FILHO
  • Data: 15/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • Neste estudo analiso itinerários dos abolicionistas cachoeiranos Cincinato Ricardo Pereira da Franca, Manuel Tranquilino Bastos e Cesário Ribeiro Mendes, entre os agitados anos de 1880 a 1891. Através das histórias de vida desses sujeitos, procuro compreender as tensões e embates sociais relacionados aos encaminhamentos da abolição e os primeiros anos do pós-emancipação, na cidade de Cachoeira, Recôncavo da Bahia. As trajetórias desses abolicionistas aparecem atreladas às lutas pela liberdade e evidenciam, além de relações conflituosas com senhores nos instantes finais da escravidão, as expectativas e esperanças de inúmeros escravizados que elaboraram diversas formas de resistência e enfrentamento ao mundo escravista. O cruzamento de diferentes documentos como ações de liberdade, inventários, correspondências policiais, assentos de batismo, periódicos, processos criminais entre outros, permitiu constatar que os abolicionistas deste estudo, aliados a tantos outros indivíduos, tiveram participação ativa nos processos de desmonte da escravidão, tensionando o secular poder senhorial no Recôncavo da Bahia. Neste sentido, argumento que, apesar da postura combativa adotada pelos abolicionistas Cincinato Franca, Tranquilino Bastos e Cesário Mendes, a historiografia que tratou dos últimos anos da escravidão privilegiou ações e estratégias de outros sujeitos envolvidos nas campanhas pela abolição, notadamente os que atuaram na região sudeste do país, tomados como expressão máxima do abolicionismo brasileiro. As ações dos abolicionistas que atuaram no Recôncavo da Bahia apontam a necessidade de ampliar o olhar para outros sujeitos que mobilizaram temas cruciais em finais do século XIX e, deste modo, repensar a historiografia da abolição cristalizada em torno dos abolicionistas que atuaram no eixo Rio-São Paulo.


  • Mostrar Abstract
  • In this doctoral study, I analyse the itinerary of the Cachoeiranos Cincinato Ricardo Pereira da Franca, Manuel Tranquilino Bastos and Cesário Ribeiro Mendes, between the turbulent years of 1880 and 1891. Through the life histories of these individuals, I seek to figure out the tensions and social clashes related with the directions concerning abolition and the first years after emancipation, in Cachoeira town, in the Recôncavo of Bahia region. The trajectories of these abolitionists appear related with struggle for freedom and they evidence, besides the conflicting relationships with the land owners, in the final moments of slavery, the expectations and hope of several enslaved men, who elaborated various forms of resistance and confrontation of the slavery world. The crossing of different documents, such as freedom actions, inventories, police correspondences, baptism registers, journals, criminal cases, among others, allowed me to verify that the abolitionists of this study, allied with many others individuals, had active participation in the slavery deconstruction process, tensioning the secular land owner power in the Recôncavo of Bahia region. In this regard, I argue that, in spite of the fighting stance adopted by the abolitionists Cincinato Franca, Tranquilino Bastos and Cesário Mendes, the historiography, which approached the last years of the slavery, favored the actions and strategies of other subjects involved in the campaign for abolition, notably the ones who acted in the southeast of the country, regarded as the Brazilian abolitionism maximum expression. The abolitionists’ actions, who acted in the Recôncavo of Bahia region, point to the need to increase the view towards other subjects, who mobilized critical topics in the later years of the XIX century and, therefore, rethink the abolition historiography solidified in the abolitionists who acted in the Rio-São Paulo axis.

4
  • RAFAEL SANCHO CARVALHO DA SILVA
  • O “GRANDE SERTÃO” DO IMPÉRIO: TENSÕES POLÍTICAS E SOCIAIS NOS SERTÕES DO RIO SÃO FRANCISCO (1827 – 1889)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO FERNANDO GUERREIRO MOREIRA DE FREITAS
  • CLOVIS CARIBE MENEZES DOS SANTOS
  • JOÃO REIS NOVAES
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • Data: 13/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • A tese “O “Grande Sertão” do Império: tensões políticas e sociais nos sertões do rio São Francisco (1827 – 1889)” tem como objeto de estudo as autoridades do sertão do rio São Francisco entre 1827 e 1889. É uma pesquisa de História Regional que, a partir do estudo das autoridades da comarca do rio São Francisco, analisa as relações de poder e a constituição deste sertão enquanto região. Assim, a partir da abordagem da História Regional é que atrelamos a História Social e a História Política. O objetivo desta tese é analisar a atuação das autoridades do Estado Imperial brasileiro no sertão do rio São Francisco e a organização de suas redes de apoio a partir das tensões sociais e políticas na região. Desse modo, atentamos para a circulação e carreira política e burocrática dos agentes do Estado Imperial e, também, para as interferências dos governos nacional e provincial na organização territorial. A comarca do rio São Francisco é uma parte do sertão com o mesmo nome e ela foi anexada ao território da província da Bahia em 1827. Ela foi criada em 1820 e, em 1824, foi transferida para a província de Minas Gerais onde permaneceu provisoriamente até 1827 quando ocorreu a transferência, em caráter provisório, para a Bahia. Assim a pesquisa estabeleceu o recorte cronológico a partir da transferência para a Bahia até o fim do regime monárquico em 1889. Analisamos como o conceito de sertão foi moldado a partir da herança colonial na qual o interior ficou atrelado a oposição ao litoral e percebido como fronteira civilizacional pelos agentes do Estado brasileiro. A participação das autoridades pode ser observada a partir das percepções sobre ordem e civilidade, ambas pelo prisma eurocêntrico, mas também pela sua atuação na repressão aos movimentos rebeldes e pelas alianças com as elites locais nas disputas de poder. Tais autoridades serviam como peça importante nos jogos de controle das camadas subalternas, além de serem agentes políticos na conformação do poder regional. A tese está dividida em 07 seções: 1) Introdução: apresentamos as ideias gerais da pesquisa, uma revisão bibliográfica sobre os conceitos de Região e História Regional e a síntese das seções seguintes. 2) aborda a noção de sertão e de sertão do rio São Francisco observando a construção do conceito como parte de uma perspectiva eurocêntrica das camadas dirigentes sobre a população sertaneja; 3) trata das relações entre o Estado brasileiro e o sertão do rio São Francisco. Assim, discutimos a formação e transferências da comarca do rio São Francisco, os projetos de criação de província e a estrutura econômica; 4) debatemos as tensões sociais e as ações das autoridades para reprimir e controlar as camadas subalternas; 5) analisamos as tensões políticas e a ação das autoridades sertanejas nas lutas dos potentados locais; 6) analisamos a participação das autoridades sertanejas nas articulações políticas regionais. 7) A última seção são as Considerações Finais. A tese utilizou uma variedade de fontes como documentos manuscritos (em especial correspondências de juízes e câmaras de vereadores para o governo provincial), obras e dicionários produzidos ao longo do século XIX, imprensa e cartografia.


  • Mostrar Abstract
  • This Thesis analyzes the authorities of the sertão of the São Francisco river between 1827 and 1889. It’s a Regional History research that, based on the study of the authorities of the São Francisco River region, analyzes the power relations and the constitution of this hinterland as a region. Thus, from the approach of Regional History, we link Social History and Political History. The objective of this thesis is to analyze the actions of the authorities of the Brazilian Imperial State in the sertão of the São Francisco River and the organization of their support networks based on social and political tensions in the region. In this way, we pay attention not only to the circulation and political and bureaucratic career of the agents of the Imperial State, but also to the interference of the national and provincial governments in the territorial organization. The São Francisco’s district is a part of the sertão of the São Francisco river and it was annexed to the territory of the province of Bahia in 1827. It was created in 1820 and, in 1824, it was transferred to the province of Minas Gerais where it remained provisionally until 1827 when the transfer, on a provisional basis, to Bahia occurred. Thus, this research established the chronological cut from the transfer to Bahia until the end of the monarchical regime in 1889. Throughout the research we analyzed how the concept of sertão was shaped from the colonial heritage in which the interior was tied not only with the opposition to the coast, but was also perceived as a civilizational frontier by the agents of the Brazilian state. The participation of the authorities can be observed from the perceptions about order and civility, both by the Eurocentric prism, but also by its action in the repression of rebel movements and alliances with local elites in power disputes. Such authorities served as an important player in the games of control of the subordinate layers, as well as being political agents in the formation of regional power. The thesis is divided into 7 sections: 1) Introduction: we present the general ideas of the research, a bibliographic review on the concepts of Region and Regional History and the synthesis of the following sections; 2) addresses the notion of sertão and sertão of the São Francisco river observing the construction of the concept as part of a Eurocentric perspective of the ruling layers on the rural population; 3) deals with relations between the Brazilian State and the São Francisco River hinterland. Thus, we discuss the formation and transfers of the São Francisco River District, the projects of province creation and the economic structure; 4) we discuss the social tensions and the actions of the authorities to repress and control the subaltern layers; 5) We analyzed the political tensions and the action of the regional authorities in the struggles of the local potentates; 6) we analyzed the participation of the regional authorities in the regional political articulations; 7) The last section is Final Considerations. The thesis used a variety of sources such as handwritten documents (in particular correspondence of judges and councilors' chambers to the provincial government), rare works, 19th-century dictionaries, press and maps.

5
  • RAFAEL DOS SANTOS BARROS
  • OS SERTÕES EM MOVIMENTO: SERTANISTAS, INDÍGENAS E ESCRAVIDÃO NA BAHIA COLONIAL 1651-1720

  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BARTIRA FERRAZ BARBOSA
  • HELIDA SANTOS CONCEICAO
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • PABLO ANTONIO IGLESIAS MAGALHAES
  • Data: 30/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • O tema desta tese é a itinerância pelos sertões da Bahia colonial, processo arquitetado com muito cuidado pela Coroa portuguesa com o objetivo de aumentar a fronteira territorial, incorporando os povos indígenas ao projeto colonial. Seu eixo de estudos abrange as expedições que adentraram o interior, partindo da Capitania de Ilhéus e das vilas do Recôncavo baiano durante a segunda metade do século XVII e primeira metade do XVIII, culminando no encontro das minas de Rio de Contas, de Jacobina, na exploração do salitre, na escravização de inúmeros grupos indígenas e na abertura de vários caminhos, ligando o litoral ao interior. As possibilidades de reflexão que se pretendeu abrir com essa pesquisa não se encerraram nas “guerras (in)justas”, permitiu-nos pensar também a legislação, a estrutura fundiária e os homens que percorreram essa região, tornando-se as autoridades locais, muitas vezes com força e privilégios para questionar as ações do Rei, fazendo valer suas demandas em um universo controlado por quem possuía mais capacidade de reagrupar mão de obra armada sob seu comando.


  • Mostrar Abstract
  • The theme of this thesis is the roaming through the backlands of colonial Bahia, a process carefully designed by the Portuguese Crown with the aim of increasing the territorial frontier, incorporating indigenous peoples into the colonial project. Its axis of studies covers the expeditions that entered the interior, departing from the Captaincy of Ilhéus and from the villages of Bahia's Recôncavo during the second half of the 17th century and the first half of the 18th, culminating in the meeting of the mines of Rio de Contas, in Jacobina, in exploitation of saltpeter, the enslavement of countless indigenous groups and the opening of several paths, connecting the coast to the interior. The possibilities for reflection that we intended to open with this research did not end in “(un) just wars”, it also allowed us to think about the legislation, the land tenure structure and the men who visited this region, becoming the local authorities, many times with strength and privileges to question the King's actions, asserting his demands in a universe controlled by those who had more capacity to regroup armed labor under his command.

6
  • CAIO FERNANDES BARBOSA
  • FAZENDO-OS OBEDECER moralidade, educação e trabalho nas políticas do IPES para a juventude brasileira durante a Guerra Fria (1961-1969)

  • Orientador : LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BENJAMIN COWAN
  • ANA RITA FONTELES DUARTE
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • RAIMUNDO NONATO PEREIRA MOREIRA
  • Data: 03/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Acompanhando um grupo de intelectuais conservadores brasileiros ligados à Escola Superior de Guerra das Forças Armadas do Brasil, à Igreja Católica, à Liga de Defesa Nacional, à Associação Brasileira de Escoteiros e ao Instituto de Pesquisa Sociais – uma organização fundada no início da década de 1960 que desempenhou um papel chave durante o golpe de 1964 e foi influente durante a formulações de políticas para a ditadura. Analiso o importante papel desses intelectuais na difusão de ideias sobre as juventudes e na promoção de políticas modernistas autoritárias, a fim de engrendrar pânico moral. Defendo que esses intelectuais construíram uma agenda moral que guiou as políticas voltadas para as juventudes no Brasil. Exploro propostas conservadoras como a extinção da UNE (União Nacional dos Estudantes), a criação do Movimento Universitário para o Desenvolvimento Social (MUDES), a preparação de material didático, a tentativa de reintrodução do ensino religioso em instituições educacionais públicas, a criação da disciplina de Educação Moral e Cívica no ensino médio e Estudos dos Problemas Brasileiros nas universidades, a criação do Conselho Nacional de Moral e Cívica, a influência desses intelectuais na reforma universitária de 1969 e a formulação de uma abordagem educacional centrada nos negócios, que uniu o mercado de trabalho e o desenvolvimento, a tentativa de controle da juventude.


  • Mostrar Abstract
  • Following a group of conservative Brazilian intellectuals linked to the Superior War School of the Armed Forces of Brazil, the Catholic Church, the National Defense League, the Brazilian Scouts Association and the Social Research Institute, an organization founded in the early 1960s who played a key role during the 1964 coup and was influential in formulating policy for the dictatorship. I analyze the role of these intellectuals in spreading ideas about youth and in promoting authoritarian modernist policies. I argue that these intellectuals built a moral agenda that guided youth-oriented policies in Brazil. I explore conservative proposals such as the extinction of the UNE (National Union of Students), the creation of the University Movement for Social Development (MUDES), the preparation of teaching materials, the attempt to reintroduce religious teaching in public educational institutions, the creation of the discipline of Moral and Civic Education in high school and Studies of Brazilian Problems in universities, the creation of the National Council of Moral and Civics, the influence of these intellectuals on the 1969 university reform, and the formulation of a business-centered educational approach that united the market and development, the attempt to control youth.

7
  • VANESSA DE ALMEIDA DÓCIO
  • CONSTRUINDO NARRATIVAS PELOS CAMINHOS DA SALVAGUARDA: GUSTAVO BARROSO NO ENTORNO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL (1930 – 1945)

  • Orientador : LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RODRIGO CHRISTOFOLETTI
  • ÉRIKA MORAIS CERQUEIRA
  • GILBERTO GRASSI CALIL
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • VINICIUS DONIZETE DE REZENDE
  • Data: 10/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese tem como objeto de estudo o processo de construção da memória pessoal de Gustavo Barroso (1888-1959), intelectual brasileiro cujo nome ficou fortemente marcado pela longa atuação como diretor do Museu Histórico Nacional (MHN), cargo que exerceu por mais de três décadas, e por sua inserção no contexto de criação da política de preservação do patrimônio histórico e artístico nacional, desenvolvida durante o chamado Primeiro Governo Vargas (1930 – 1945). Esse intelectual multifacetado manejou as suas diversas áreas de atuação profissional de modo a se inserir no contexto político específico do Primeiro Governo Vargas, ora se aproximando das disputas próprias do jogo político empreendido por Getúlio Vargas, ora se distanciando das situações que lhe eram indesejáveis. Nesta pesquisa, por meio da investigação em fontes jornalísticas diversas – notícias de jornais, revistas e periódicos – buscamos perceber como, no âmbito público, Barroso, fazendo uso do seu trabalho como funcionário público, escritor, jornalista e redator, procurou construir três imagens públicas distintas, porém inter-relacionadas: o escritor vinculado à Academia Brasileira de Letras (ABL), o homem do museu e do patrimônio nacional, que emergia da sua atuação junto à direção do MHN, e o político; essa última marcada, principalmente, pela adesão à Ação Integralista Brasileira (AIB), em 1933. Gustavo Barroso, nos anos finais do Primeiro Governo Vargas, manejaria as suas imagens públicas, elegendo o “homem do museu e do patrimônio” como ponto principal da sua trajetória, fio condutor de uma narrativa autobiográfica que visava assegurar a divulgação de uma versão oficial norteada por interesses pessoais e políticos. Tendo em vista que os argumentos elaborados por Barroso em torno da questão do museu e do patrimônio aparecem como representações de suas próprias posições políticas e sociais no momento da escrita, analisamos os motivos que influenciaram as suas opções narrativas, investigando como se articulam e antagonizam as diferentes faces de sua vasta atuação em uma dinâmica complexa de construção e reconstrução memorialística. Ao pesquisar o intercâmbio existente entre a atuação intelectual e política e o espaço ocupado por esse personagem no final do governo Vargas, tornou-se possível analisar a atuação de Gustavo Barroso no processo de elaboração de uma narrativa – repleta de traços autobiográficos – que procurava enquadrar a memória oficial por meio da reinterpretação do passado, colocando-o no centro do processo de construção da política preservacionista empreendida por Getúlio Vargas, ao mesmo que o colocava à margem dos conflitos políticos característicos dos anos de 1930. Por fim, a iniciativa de Barroso enfrentou resistência de outros atores políticos em atuação na área do patrimônio, a exemplo de Rodrigo de Andrade, que, na condição de diretor do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), construiria a sua própria narrativa dando conta da história da preservação no Brasil, na qual Barroso foi preterido.


  • Mostrar Abstract
  • The subject of study of this dissertation is the process of construction of the personal memory of Gustavo Barroso (1888-1959), a Brazilian intellectual whose name was strongly marked by his long performance as director of the National Historical Museum (MHN), a position he held for more than three decades, and by his insertion in the context of the creation of the policy for the preservation of the national historical and artistic heritage, developed during the so-called First Vargas Government (1930 – 1945). This multifaceted intellectual managed his various areas of professional activity in order to insert himself in the specific political context of the First Vargas Administration, at times approaching the typical disputes of the political game undertaken by Getulio Vargas, other times distancing himself from situations that were undesirable to him. In this research, through the investigation of various journalistic sources - news from newspapers, magazines and periodicals - we seek to understand how, in the public sphere, Barroso -making use of his work as a public servant, writer, journalist and editorsought to build three distinct, however interrelated public images: the writer linked to the Brazilian Academy of Letters (ABL), the man from the museum and national heritage who emerged from his role in the direction of the MHN, and the politician; the latter mainly marked by the adhesion to the Brazilian Integralist Action (AIB) in 1933. In the final years of the First Vargas Government, Gustavo Barroso would manage his public images, electing the “man of the museum and heritage” as the main point of his trajectory, the guiding principle of an autobiographical narrative that aimed to ensure the dissemination of an official version that was guided by personal and political interests. Considering the fact that the arguments that around the issue of the museum and heritage that were elaborated by Barroso appear as representations of his own political and social positions at the time of his writing, we analyze the reasons that influenced his narrative options, investigating how they articulate and antagonize the different faces of his vast performance in a complex dynamic of memorial construction and reconstruction. By researching the existing interchange between intellectual and political performance and the space that was occupied by this character at the end of the Vargas government, it became possible to analyze the performance of Gustavo Barroso in the process of elaborating a narrative – replete with autobiographical traits – which sought to frame the official memory through the reinterpretation of the past, placing it at the center of the process of construction of the preservationist policy undertaken by Getúlio Vargas, while placing it aside from the characteristic 1930s political conflicts. Finally, Barroso's initiative faced resistance from other political actors operating in the area of heritage, such as Rodrigo de Andrade, who, as director of the National Historical and Artistic Heritage Service (SPHAN), would build his own narrative explaining the history of preservation in Brazil, in which Barroso was passed deferred.

8
  • DANIEL REBOUÇAS CARVALHO
  • A LIBERDADE EM CENA: TEATRO, HUMOR E RACISMO NO TEMPO DA ABOLIÇÃO E ALÉM (SALVADOR, BAHIA; 1884-1906)

  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARTHA CAMPOS ABREU
  • MARCELO BALABAN
  • CELSO T. CASTILHO
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 13/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • A associação entre o processo de fim da escravidão e uso político do teatro, no final do século XIX, por militantes abolicionistas para debater a sociedade brasileira, será o centro fundamental desta tese. Partindo da premissa que o teatro foi um importante espaço de ação política e um ambiente de imaginação social sobre o futuro do pais, analisarei parte da produção dramatúrgica de engenheiro Sílio Boccanera Júnior e do poeta Alexandre Fernandes. Mesclando teatro ligeiro com um humor de inspiração moralizante, minha principal hipótese é que os autores, em conjunto com outros homens de letras engajados no teatro, levaram a politização do espaço teatral para os anos após a lei áurea e início da República, com objetivo de convencer outros setores sobre o encaminhamento do país: instrução e a arte como meio de “civilizar” os “novos” cidadãos. Para isso, os autores usaram do humor e da marcação racial em cena, de variadas formas, como arma para defender seu projeto sobre o futuro da nação. Contudo, as reações do público foram além do previsto, apontando como a polissemia das performances, a complexidade da cena teatral e a diversidade do público, colocaram diferentes entendimentos sobre os papéis sociais dos sujeitos representados e sobre o o recente nação republicana.


  • Mostrar Abstract
  • The association between the process of eradicating slavery and the political use of theater, in the late nineteenth century, by abolitionist militants to debate Brazilian society, will be the fundamental center of this thesis. Starting from the premise that theater was an important space for political action and an environment of social imagination about the future of the country, I will analyze part of the dramaturgical production of engineer Sílio Boccanera Júnior and poet Alexandre Fernandes. Mixing light theater with moralizing inspiring humor, my main hypothesis is that the authors, along with other theater literati, took the politicization of theatrical space to the years after the Golden Law and the beginning of the Republic, in order to convince other sectors about the country's trajectory: education and art as a means of “civilizing” the “new” citizens. For this, the authors used humor and racial marking on stage, in various ways, as a weapon to defend their project on the future of the nation. However, the reactions of the audience went beyond expectations, pointing out how the polysemy of the performances, the complexity of the theatrical scene and the diversity of the audience, put different understandings on the social roles of the subjects represented and their contributions to the brazilian republic.

9
  • EDE RICARDO DE ASSIS SOARES
  • A REVOLUÇÃO ABANDONADA: OS COMUNISTAS, A III INTERNACIONAL, A CRISE DOS ANOS VINTE E O MOVIMENTO DE OUTUBRO DE 1930

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELO APARECIDO PRIORI
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • EURELINO TEIXEIRA COELHO NETO
  • MARLY DE ALMEIDA GOMES VIANNA
  • PAULO SANTOS SILVA
  • Data: 16/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese analisa a atuação do Partido Comunista do Brasil, o PCB, durante a revolução de 1930. Analisamos primeiramente o processo de fundação do partido e sua relação com a III Internacional, a IC. Em seguida examinamos a influência dos levantes tenentistas para a construção da tese pecebista sobre a revolução brasileira - a revolução democrático pequeno burguesa - bem como as consequências de sua aplicação na realidade nacional. Por fim, esquadrinhamos como o partido e seus membros portaramse diante do processo de desagregação do poder oligárquico, finalizado com a tomada do poder pela Aliança Liberal, e as consequências imediatas da revolução para o PCB


  • Mostrar Abstract
  • This thesis analyzes the performance of the Brazilian Communist Party, the PCB, during the 1930 revolution. We first analyze the founding process of the party and its relationship with the III International. Next, we examine the influence of the tenentist uprisings for the construction of the PCB thesis on the Brazilian revolution, the petty bourgeois democratic revolution, as well as the consequences of their application in the national reality. Finally, we examine how the party and its members behaved in the face of the disintegration process of oligarchic power, which ended with the Liberal Alliance's takeover, and the consequences of the revolution to the PCB.

10
  • Jamille Macêdo Oliveira Santos
  • Entre aldeamentos, mocambos e engenhos: etnogêneses e reconfigurações sociais indígenas no Recôncavo da Bahia (1580-1697)

  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDILECE SOUZA COUTO
  • FRANCISCO EDUARDO TORRES CANCELA
  • MARCO ANTONIO NUNES DA SILVA
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • PABLO ANTONIO IGLESIAS MAGALHAES
  • Data: 20/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • A tese que ora apresentamos se propõe dar visibilidade a presença indígena na formação histórica do Recôncavo da Bahia para além dos primeiros momentos da colonização, tendo como chave interpretativa ou fio condutor as experiências e processos históricos vivenciados pelos grupos indígenas na reconstrução de seus mundos. Através das fontes inquisitoriais, missionárias e administrativas lançamos nosso olhar para além dos domínios de Jaguaripe e damos lugar as outras Santidades – no sertão do Orobó, em Paripe, em Sergipe do Conde, em Matoim e até em Cachoeira – e seguimos as pistas da sua permanência e remanejamento no século XVII. Acompanhando os vestígios deixados na documentação inquisitorial e nas trilhas da Nova História Indígena podemos pensar a Santidade não apenas como movimento ou evento de rebeldia, compreendemos a como uma experiência histórica para a reconstrução de seus mundos e reinvenção de suas liberdades. A investigação de fontes inquisitoriais e o levantamento de novas fontes, nos possibilitou reavaliar as dimensões do projeto de anticatequese empreendido pelas Santidades indígenas, bem como os próprios limites da empreitada jesuítica de catequização e conversão dos gentios. A partir da ação política indígena que atrelada ao religioso desafiou os fundamentos da colonização cristã lançamos um novo olhar sobre a religião tupinambá sua propagação e adesão na Bahia quinhentista e seiscentista.


  • Mostrar Abstract
  • The thesis we present here intends to give visibility to the indigenous presence in the historical formation of the Recôncavo da Bahia beyond the first moments of colonization, having as an interpretative key or guiding line the experiences and historical processes experienced by indigenous groups in the reconstruction of their worlds. Through the inquisitorial, missionary and administrative sources, we look beyond the domains of Jaguaripe and give place to the other sanctities – in the Orobó hinterland, in Paripe, in Sergipe do Conde, in Matoim and even in Cachoeira – and follow the tracks of their permanence and relocation in the 17th century. Following traces left in the inquisitorial documentation and in the trails of the New Indigenous History, we can think of Holiness not only as a movement or event of rebellion, we understand it as a historical experience for the reconstruction of their worlds and reinvention of their freedoms. The investigation of inquisitorial sources and the survey of new sources allowed us to reassess the dimensions of the anti-catechesis project undertaken by the indigenous sanctities, as well as the very limits of the Jesuit enterprise of catechizing and converting the Gentiles. From the indigenous political action that linked to the religious challenged the foundations of Christian colonization, we launched a new look at the Tupinambá religion, its propagation and adherence in 16th and 17th century Bahia.

2020
Dissertações
1
  • LAURA MARIA DE CARVALHO MATOS
  • República das Letras para os Hispano-Americanos: aprendizagem, redes de comunicação, liberdade de expressão e igualdade nas décadas finais do século XVIII

  • Orientador : IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • IACY MAIA MATA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • Data: 03/02/2020

  • Mostrar Resumo

  • No meio de todos os governos que decidiam o destino dos homens, a maioria deles despóticos, governados por soberanos ou magistrados cuja autoridade se estendia sobre pessoas e propriedades, existia um império que reivindicava influência na mente humana, denominado como República das Letras. Fruto da modernidade, a República das Letras era uma espécie de comunidade (de certa forma) livre, que ao compartilharem valores comuns – cosmopolitas, tolerantes e racionais – garantiriam as trocas colaborativas de conhecimento. Desse modo, como o espaço literário tinha uma dinâmica distinta do reino político, ao ser mais fraterno entre os seus, os conflitos se tornaram evitáveis para buscar-se a máxima do saber. Com os séculos XVII e XVIII, esta concepção adquiriu maturidade e chegou às terras americanas juntamente com uma otimista expectativa em prosperar à “luz da razão”. Por conseguinte, esta dissertação estuda quais significados os hispano-americanos deram em associar-se a esse vasto reino da mente, diante das suas realidades particulares, baseando-se por quatro conceitos continuamente referenciados como classificadores da República das Letras, são eles: espaço de aprendizagem; extrapolação dos limites geográficos (redes de comunicação); igualdade entre seus membros; liberdade de expressão. A análise desenvolve-se por intermédio dos periódicos iluministas hispano-americanos, criados nas duas décadas finais do século XVIII, tendo, como objetivo principal, comprovar a iniciante, porém, empenhada, interlocução entre regiões distintas da Hispano-América (e da América com o resto do mundo), em uma aberta tentativa de robustecer o espaço literário americano. Dessa forma, a pesquisa propõe compreender se haveria, nos planos literários americanos, o indicativo de uma consciência nacional em formação. 


  • Mostrar Abstract
  • RESUMEN En medio de todos los gobiernos que decidieron el destino de los hombres, gran parte de ellos despóticos, gobernados por soberanos o magistrados cuya autoridad se extendía sobre las personas y las propiedades, había un imperio que reivindicaba influencia en la mente humana, llamado la República de las Letras. Fruto de la modernidad, la República de las Letras era una especie de comunidad libre (en cierto modo) que, al compartir valores comunes: cosmopolita, tolerante y racional, garantizaría intercambios de conocimiento en colaboración. Así, como el espacio literario tenía una dinámica diferente de la del ámbito político, ya que era más fraternal entre sí, los conflictos se volvieron evitables para buscar la máxima del conocimiento. Con los siglos XVII y XVIII, este concepto adquirió madurez y llegó a las tierras americanas junto con una expectativa optimista de prosperar a la "luz de la razón". Por lo tanto, esta disertación estudia qué significados dieron los hispanoamericanos para asociarse con este vasto ámbito de la mente, frente a sus realidades particulares, en base a cuatro conceptos continuamente referidos como clasificadores de la República de las Letras, que son: espacio de aprendizaje; extrapolación de límites geográficos (redes de comunicación); igualdad entre sus miembros; la libertad de expresión. El análisis se lleva a cabo a través de las publicaciones periódicas de la Ilustración hispanoamericana, creadas en las últimas dos décadas del siglo XVIII, con el objetivo principal de demostrar al principiante, sin embargo, una interlocución comprometida entre diferentes regiones de Hispanoamérica (y América con el resto del mundo), en un intento abierto de fortalecer el espacio literario americano. De esta manera, la investigación propone comprender si, en los planes literarios americanos, habría una indicación de una conciencia nacional en formación. Palabras clave: República de las Letras en Hispanoamérica. Espacio de aprendizaje Redes de comunicación. Igualdad entre iguales. La libertad de expresión.

2
  • SILMÁRIA REIS DOS SANTOS
  • A INSERÇÃO DOS TRABALHOS DE JÖRN RÜSEN NO BRASIL E A INTERPRETAÇÃO DA TEORIA DA DIDÁTICA DA HISTÓRIA NAS PESQUISAS BRASILEIRAS (2010-2017)

  • Orientador : ANA CAROLINA BARBOSA PEREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA CAROLINA BARBOSA PEREIRA
  • MARIA CLAUDIA CARDOSO FERREIRA
  • MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • RONALDO CARDOSO ALVES
  • Data: 13/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem como objetivo compreender e analisar o processo de inserção do
    pensamento teórico de Jörn Rüsen no campo de pesquisa brasileiro. Buscamos elaborar uma
    “sociologia das obras” como ponto de partida para compreendermos seu “lugar social” na
    historiografia ocidental, bem como na historiografia brasileira. Para isso, fizemos uma
    investigação em revistas científicas brasileiras que publicaram os trabalhos de Rüsen como
    referência teórica, realizamos uma análise de textos e paratextos das obras do próprio autor,
    traçando uma trajetória cronológica das traduções e dos usos desses trabalhos entre
    pesquisadores(as) brasileiros(as). Sendo a vertente teórica mais utilizada nas nossas pesquisas,
    também, examinamos a definição de Didática da História na perspectiva brasileira e alemã,
    delineando proximidades e distinções. Como forma de entender o porquê da teoria de Rüsen
    ser tão bem aceita no Brasil, fizemos uma série de entrevistas com os seus principais
    comentadores(as), tradutores(as) e divulgadores(as) brasileiros(as). Em relação às entrevistas,
    percebemos um diálogo convergente entre os(as) entrevistados(as), indicando uma recepção
    pouco crítica em relação à teoria desse autor. No que se refere à produção acadêmica dos
    nossos(as) pesquisadores(as) e ao número significativo de teses e dissertações (stricto sensu),
    que foram produzidas e publicadas entre os anos de 2010 e 2017, voltados à reflexão da
    Didática da História rüseniana, fizemos uma avaliação temática e dos objetos de pesquisas,
    além de atentar-nos à localização institucional. Nesse sentido, daremos prosseguimento a uma
    análise historiográfica já vigente nas nossas pesquisas, visando contribuir para novas
    atualizações e reflexões para área.




  • Mostrar Abstract
  • This dissertation aims to understand and analyze the process of insertion of Jörn Rüsen’s
    theoretical thought on the research field in Brazil. We aim to elaborate a “sociology of works”
    as a starting point to understand its “social place” on western historiography, as well as in
    Brazilian historiography. For that purpose, we researched Brazilian scientific journals that
    published Rüsen’s work as a theoretical reference, we realized an analysis of the author’s own
    texts and paratexts, tracing a timeline of translations and of the use of said works amongst
    Brazilian researchers. Being the most widely used theoretical line in our research, we also
    examine the definition of the didactics of history in the German and Brazilian perspectives,
    outlining proximities and distinctions. As a way of understanding why Rüsen’s theory has
    been so well received in Brazil, we did a series of interviews with important Brazilian
    translators, commentators and publishers. In regards to the interviews, we perceived highly
    convergent dialogue among translators and promoters of Rüsen’s work in Brazil, indicating a
    lowly critical reception in regards to this author’s theory. With respects to the academic
    production of our researchers and the significant number of theses and dissertations (stricto
    sensu) that were produced and published between the years of 2010 and 2017, focused on
    Rüsen’s didactics of history, we realized a thematic and object of research evaluation, also
    considering geographical location. In this sense we will give continuity to a historiography of
    analysis of Rüsen’s thought already present in our research, with the aim of contributing to
    new updates and reflections on the field.

3
  • BENTO CHASTINET SILVA
  • Estratégias de liberdade e projetos de emancipação da Sociedade Libertadora Sete de Setembro, 1870

  • Orientador : PATRICIA VALIM
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA BARRETO FARIAS
  • PATRICIA VALIM
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 25/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • A Sociedade Libertadora Sete de Setembro foi a mais importante e robusta sociedade emancipacionista nos anos de 1870 da Província da Bahia. Desse modo, esta dissertação pretende analisar as estratégias de libertação e os projetos de emancipação desta agremiação baiana. Para este fim, fez-se necessário investigar os significados envoltos na constituição do nome da Sociedade Libertadora Sete de Setembro em terras baianas e a sua linguagem política, tendo em vista, sobretudo, as relações que envolviam a Província da Bahia e as Províncias do eixo centro-sul. Ademais, fez-se, igualmente, necessário alargar a esteira do político para entender as agências de pessoas que não compuseram a esfera política formal, assim como a relação que a Sociedade Libertadora Sete de Setembro teceu com as pessoas escravizadas que buscavam alforriar a si e aos seus naqueles anos.


  • Mostrar Abstract
  • Sociedade Libertadora Sete de Setembro was the most important and robust emancipacionist society in the seventies from the Province of Bahia. Threfore, this dissertation intends to analise strategies of libertation and projects of emancipation of this association. For this purpose, it is needed to investigate meanings that involved the Sociedade Libertadora Sete de Setembro’s name in baiana’s land and its political language, specially taking into consideration the relationship between Province of Bahia and Provinces of the Center-South region. Futhermore, it is also needed to extend the notion of politic in order to understand agencies of people who did not belong to the formal political sphere, as well as the relationship that Sociedade Libertadora Sete de Setembro kept with enslaved people who pursuit to set themselves, their children and families free in those years.

4
  • SIVALDO DOS REIS SANTOS
  • "COMO NEGRO QUE SOU"! A TRAJETÓRIA E MILITÂNCIA DE UM AFRICANO NA BAHIA: MAXWELL ASSUMPÇÃO ALAKIJA (1871-1933)

  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • ANA FLAVIA MAGALHAES PINTO
  • LISA LOUISE EARL CASTILLO
  • Data: 26/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa buscou analisar a trajetória do descendente de família agudá, Maxwell Porfírio de Assumpção Alakija em Salvador na Primeira República. “Homem de cor”, nascido em Lagos- Nigéria, Maxwell decidiu se estabelecer em Salvador por volta de 1898. Na capital baiana, formou-se em direito e exerceu a profissão de advogado e professor de inglês. Em sua trajetória na cidade, o advogado africano construiu uma ampla rede de sociabilidade com diferentes classes sociais. Constatamos na pesquisa que o advogado africano militou contra o racismo e as desigualdades sociais na cidade; suas cartas de protesto contra o preconceito de cor, a liderança na Sociedade Beneficente dos Lavradores, as aulas de inglês para os aprendizes maquinistas analfabetos, foram algumas de suas práticas políticas que demonstraram o quanto ele estivera preocupado com a cidadania da população negra e mais pobre na capital baiana nas primeiras décadas do século XX.


  • Mostrar Abstract
  • This study sought to analyze the trajectory of the descendant of an Agudá family, Maxwell Porfírio de Assumpção Alakija in Salvador during Brazil’s First Republic. A “colored man”, born in Lagos- Nigeria, Maxwell decided to settle in Salvador around 1898. In the capital of Bahia, he earned, a degree in law and worked as both a lawyer and an English teacher. In his trajectory in the city, the African lawyer built a wide network with people of various as evidenced by lawyer fought against racism and social inequalities in the city; his letters of protest against color prejudice, his leadership in the Beneficent Society of Rural Workers (Sociedade Beneficente dos Lavradores), and his English teaching to illiterate machinist apprentices. These political practices showed his concern with the structural problems facing the black population and the poor in the capital of Bahia during the first decades of the 20th century.

5
  • DIELSON BISPO DE SANTANA
  • Leituras religiosas do processo da Proclamação da República na Bahia (1889-1898)

  • Orientador : EDILECE SOUZA COUTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LEANDRO ANTONIO DE ALMEIDA
  • EDILECE SOUZA COUTO
  • RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • Data: 19/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo teve como objetivo abordar o antagonismo entre conservação e modernização no início da República. Pretendemos, especificamente, analisar as reações dos conservadores católicos diante do projeto de modernização trazido no contexto da Proclamação da República. Dentre esses projetos modernizadores do país estava o estabelecimento de novas relações que o Estado republicano deveria ter com as religiões, de modo especial, com Igreja Católica. Assim, a separação entre os poderes espiritual e temporal, a instituição do casamento civil, a laicização do ensino e dos cemitérios, dentre outras medidas tomadas pelo Governo provisório da República foram interpretadas, pelos conservadores católicos, como uma ofensa aos direitos de Deus e da Igreja. Desde então o que se viu foram às inúmeras criticas da hierarquia conservadora da Bahia ao regime republicano. Tomamos os anos de 1889-1898 como recorte para este estudo, porque buscamos dar uma maior ênfase aos escritos do Monsenhor Clarindo de Souza Aranha que à frente do jornal católico Leituras Religiosas foi um dos conservadores e combatentes dessa modernização republicana que se abateu contra os pressupostos católicos. O ano de 1889 marca o ano de fundação do periódico e casa-se, também, com o ano da Proclamação da República; já 1898 marcou a morte e o fim dos escritos desse mesmo clérigo nas páginas daquele jornal. Nossa metodologia pautou-se na pesquisa bibliográfica e documental. A partir deste estudo concluímos dentre outras coisas que: para esse setor do catolicismo à frente da Arquidiocese de Salvador da Bahia, a República não seria tratada de forma tão hostil se a combinação entre conservação e modernização guiasse o espírito dos legisladores republicanos. Por outro lado, mesmo em oposição ao Governo da República, os textos os quais analisamos em nenhum momento fez menção a uma restauração monárquica, como fizeram os monarquistas católicos em outros estados do país.


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to address the antagonism between conservation and modernization in the beginning of the Republic. We intend, specifically, to analyze the reactions of Catholic conservatives to the modernization project brought in the context of the Proclamation of the Republic. Among these modernizing projects in the country was the establishment of new relations that the republican state should have with religions, especially with the Catholic Church. Thus, the separation between spiritual and temporal powers, the institution of civil marriage, the secularization of teaching and cemeteries, the expulsion of Jesuits, among other measures taken by the Provisional Government of the Republic, were interpreted, by Catholic conservatives, as an offense to rights of God and the Church. Since then, what has been seen has been the innumerable criticisms of Bahia's conservative hierarchy to the republican regimen. We took the years 1889-1898 as a cut-out for this study, because we seek to place a greater emphasis on the writings of Monsignor Clarindo de Souza Aranha who, in front of the Catholic newspaper Leituras Religiosas, was one of the conservatives and combatants of this republican modernization that fell against the assumptions Catholics. The year 1889 marks the year of foundation of the periodical and is also married to the year of the Proclamation of the Republic; 1898 already marked the death and end of the writings of that same cleric on the pages of that newspaper. Our methodology was based on bibliographic and documentary research. From this study we conclude, among other things, that for this sector of Catholicism at the head of the Archdiocese of Salvador da Bahia, the Republic would not be treated so hostile if the combination of conservation and modernization guided the spirit of Republican legislators. On the other hand, even in opposition to the Government of the Republic, the texts which we analyzed at no time made mention of a monarchical restoration, as did Catholic monarchists in other states of the country.

6
  • HENRIQUE SILVA DE OLIVEIRA
  • “OS GATUNOS AGEM À VONTADE”: POLÍCIA, CIÊNCIA E IDENTIFICAÇÃO CRIMINAL EM SALVADOR (1911 - 1922)

  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DIEGO ANTONIO GALEANO
  • JUAN MANUEL SANCHEZ ARTEAGA
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 19/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • O objeto dessa dissertação é a construção da gatunagem como crime e problema social nas perspectivas da imprensa, da polícia e da ciência. O objetivo dessa pesquisa é abordar os mecanismos de produção da identificação criminal em Salvador, nas primeiras décadas do século XX. As principais fontes são as notícias de jornais acerca dos sujeitos que eram acusados de serem “gatunos”. Através das páginas dos jornais circulavam fotografias e entrevistas com suspeitos, notícias sobre roubo, e os debates criminológicos da Sociedade de Medicina Legal e Criminologia, num contexto em que os crimes e os criminosos se tornaram objetos de tema público. Assim como os relatórios dos primeiros anos de funcionamento produzidos pelo Gabinete de Identificação e Estatística, fundado em 1911 como um departamento da estrutura da Secretaria de Segurança. A função do Gabinete de Identificação e Estatística era fornecer os documentos de identificação civil, criminal, passaportes e produzir estatísticas criminais, além de auxiliar nas investigações policiais. A criação do Gabinete de Identificação e Estatística era parte de uma ampla reforma policial adotada pelo governo baiano, que pretendia dar um caráter científico e técnico as instituições policiais, que culminou também na criação da Guarda Civil em 1912 e na Escola de Polícia em 1916.


  • Mostrar Abstract
  • The object of this dissertation is the construction of gatunage as a crime and social problem from the perspectives of the press, police and science. The objective of this research is to address the mechanisms of production of criminal identification in Salvador in the first decades of the 20th century. The main sources are newspaper reports about the subjects who were accused of being "gatunos". Through the pages of the newspapers, photographs and interviews with suspects, news about theft, and the criminological debates of the Society of Forensic Medicine and Criminology circulated in a context in which crimes and criminals became objects of public theme. As well as the reports of the first years of operation produced by the Bureau of Identification and Statistics, founded in 1911 as a department of the structure of the Secretariat of Security. The function of the Bureau of Identification and Statistics was to provide civil, criminal, and passport identification documents and to produce crime statistics, in addition to assisting police investigations. The creation of the Identification and Statistics Office was part of a broad police reform adopted by the Bahian government, which intended to give a scientific and technical character to police institutions, culminating also in the creation of the Civil Guard in 1912 and the Police School in 1916.

7
  • MILENA PINILLOS PRISCO TEIXEIRA
  • AO SABOR DAS CIRCUNSTÂNCIAS: JUSTIÇA E PODER NA CAPITANIA DA BAHIA (1777-1801)

  • Orientador : PATRICIA VALIM
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLÁUDIA CRISTINA AZEREDO ATALLAH
  • NUNO CAMARINHAS
  • PATRICIA VALIM
  • Data: 24/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação propõe-se a investigar aspectos da justiça e do poder na capitania da Bahia entre os anos de 1777-1801. Entende-se que este período foi marcado pela transição do pluralismo jurídico para a modernidade jurídica, movimento que teve início com as reformas jurídicas empreendidas durante o Ministério Pombalino. Defende-se que, num ambiente marcado por conflitos de jurisdições, tal transição aconteceu de maneira incompleta e que os embates entre as diversas instâncias do poder colonial são um sintoma dessa incompletude. Primeiramente, apresenta-se um quadro das referências filosóficas e jurídicas que influenciaram o reformismo ilustrado português. No que se refere ao controle do direito e da justiça, instaurouse com a Lei da Boa Razão de 1769 um novo princípio que até então não tinha precedentes. Em segundo lugar, revela-se um panorama dos conflitos ocorridos na capitania da Bahia no final do século XVIII, tendo como referência a administração da justiça nas comarcas da Bahia, Jacobina, Ilhéus e Porto Seguro. Por fim, discute-se os caminhos percorridos pelo crime de lesamajestade na legislação portuguesa a partir de um conflito de jurisdição entre as instâncias civil e militar.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation intends to investigate aspects of justice and power in the captaincy of Bahia between the years 1777-1801. It is understood that this period was marked by the transition from legal pluralism to legal modernity, a movement that began with the legal reforms undertaken during the Pombaline Ministry. It is argued that, in an environment marked by conflicts of jurisdictions, such a transition happened in an incomplete way and that the clashes between the various instances of colonial power are a symptom of this incompleteness. Firstly, a picture of the philosophical and legal references that influenced the Portuguese Enlightened Reformism is presented. With regard to the control of law and justice, a new principle was established with the Law of Good Reason of 1769, which until then had no precedent. Secondly, it reveals an overview of the conflicts that took place in the captaincy of Bahia at the end of the 18th century, having as reference the administration of justice in the counties of Bahia, Jacobina, Ilhéus and Porto Seguro. Finally, it discusses the paths taken by the crime of lesemajesty in Portuguese legislation based on a jurisdictional conflict between the civil and military bodies.

8
  • IASMIM DE OLIVEIRA CEZAR
  • A última rota atlântica: o comércio interno de escravizados rumando os sertões da Bahia setecentista, c. 1759 - c. 1798

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO HENRIQUE DUQUE SANTOS
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • ROBERT WAYNE ANDREW SLENES
  • Data: 15/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação analisa o funcionamento do sistema de redistribuição de escravizados africanos e crioulos para os sertões da capitania da Bahia, durante a segunda metade do século XVIII. Por meio da análise de um conjunto de guias de passaportes que abarcam as remessas de cativos comercializados da Cidade da Bahia (Salvador) para o mercado interno da América lusa, este estudo busca entender como era realizado o abastecimento dos mercados negreiros presentes no interior da Bahia através do processo de redistribuição operacionalizado por múltiplos agentes comerciais. Percorrendo os principais roteiros sertanejos (agentes ocasionais e regulares) ou encaminhando levas de cativos (comerciantes da praça mercantil baiana), tais agentes eram incumbidos pela execução de pequenos empreendimentos responsáveis pela transferência de expressivas somas de escravizados para os sertões da Bahia setecentista. Com isso, a partir da análise dos registros de passaportes datados de 1752-1772 e 1778-1798, das séries documentais existentes para o período, juntamente com o acesso à base de dados transatlantic slave trade, é objetivo deste estudo compreender a redistribuição como uma extensão do comércio transatlântico de escravizados, atentando-se especialmente, para a atuação dos agentes mercantis, encarregados por conectar os sertões da Bahia ao sistema mercantil escravista atlântico através do comércio interno, aqui entendido como a última rota atlântica.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation analyzes the functioning of the system of redistribution of African and Creole enslaved to the hinterlands of the captaincy of Bahia during the second half of the eighteenth century. Through the analysis of a set of passport guides covering the shipments of captives traded from the City of Bahia (Salvador) to the domestic market of Portuguese America, this study seeks to understand how the supply of African slave markets present in the countryside of Bahia was accomplished through redistribution process operationalized by multiple commercial agents. Traversing the main sertanejo routes (occasional and regular agents) or taking captive groups (traders of the Bahian market square), such agents were responsible for the execution of small tasks, which were responsible for the transfer of significant sums of enslaved to the Sertões of the eighteenth century Bahia. Thus, from the analysis of passport records dated 1752-1772 and 1778-1798, from the existing documentary series for the period, along with the access to the transatlantic slave trade database, it is the aim of this study to understand redistribution as an extension of the transatlantic enslaved trade, paying special attention to the activities of the mercantile agents, who are responsible for connecting the hinterlands of Bahia to the Atlantic slave mercantile system through internal trafficking, understood here as the last Atlantic route.

9
  • NEIDE GONÇALVES DE OLIVEIRA
  • “ME CHAMO ELIZETH CARDOSO. SOU UMA CANTORA BRASILEIRA." NOTAS SOBRE A TRAJETÓRIA DA DIVINA (1936-1965)

  • Orientador : MILTON ARAUJO MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • MARILDA DE SANTANA SILVA
  • MILTON ARAUJO MOURA
  • Data: 17/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa propõe identificar e compreender as condições históricas que caracterizaram a inserção de Elizeth Cardoso, mulher negra oriunda de uma família de poucos recursos econômicos, no cenário cultural e artístico da cidade do Rio. Lá, conquistou reconhecimento e prestígio profissionais tanto entre a classe operária quanto entre as elites, pontuando suas relações sociais, a fim de compreendermos como se deu este processo considerando que, em tal contexto, vigorava uma série de demarcações de lugares sociais para homens e mulheres, fossem brancos ou negros. O limite proposto como foco de análise compreende os anos de 1936 a 1965. A baliza temporal inicial em 1936 se justifica por ser este o momento da estreia artística de Elizeth Cardoso na Rádio Guanabara. Quanto à demarcação final em 1965 foi por ter sido o ano da sua consagração artística, quando se apresentou nos teatros municipais de São Paulo e do Rio de Janeiro, interpretando Villa Lobos, ocasião na qual foi aclamada e artisticamente consagrada nos espaços considerados elitizados e quando ao mesmo tempo, contraditoriamente foi duramente criticada por um seguimento da imprensa crítico de música erudita. A partir desse momento verifica-se uma guinada na sua trajetória e regresso às suas origens: o samba de raiz, quando ela gravou o simbólico disco Elizete sobe o morro. Para realizar esta pesquisa foi utilizada uma bibliografia que inclui livros, artigos científicos, obras literárias e as fontes hemerográficas disponíveis na hemeroteca da Biblioteca Digital Nacional e das quais utilizamos notícias, crônicas, entrevistas e pequenos anúncios; do acervo do Instituto Moreira Sales, que reúne fotografias, correspondências e panfletos; o depoimento da cantora gravado para posteridade no Museu da Imagem e do Som; entrevistas disponíveis em acervos de Jornais particulares como Acervo Globo e Folha São Paulo; entrevistas audiovisuais concedidas a programas diversos de TV e disponíveis no canal You tube e, finalmente, de programas de Rádio sobre a cantora. O procedimento metodológico se construirá conforme as demandas, mas visando alcançar o contexto que pede toda pesquisa histórica.


  • Mostrar Abstract
  • This research proposes to identify and understand the historical conditions that characterized the insertion of Elizeth Cardoso, a black woman from a family with few economic resources, in the cultural and artistic scene of the city of Rio. There, she gained professional recognition and prestige both among the working class and among the elites, punctuating their social relations, in order to understand how this process took place considering that, in such a context, there was a series of demarcations of social places for men and women, whether white or black. The limit proposed as the focus of analysis comprises the years 1936 to 1965. The initial time frame in 1936 is justified because this is the moment of Elizeth Cardoso's artistic debut on Radio Guanabara. As for the final demarcation in 1965, it was the year of his artistic consecration, when he performed at the municipal theaters of São Paulo and Rio de Janeiro, playing Villa Lobos, when he was acclaimed and artistically consecrated in the spaces considered elite and when at the same time, it was contradictorily harshly criticized by a following of the critical press of classical music. From that moment on, there was a turn in her trajectory and a return to her origins: the samba de Root, when she recorded the symbolic album Elizete goes up the hill. To carry out this research, a bibliography was used that includes books, scientific articles, literary works and the hemerographic sources available in the hemeroteca of the National Digital Library and from which we use news, chronicles, interviews and small advertisements; from the Moreira Sales Institute's collection, which gathers photographs, correspondence and pamphlets; the testimony of the singer recorded for posterity at the Museum of Image and Sound; interviews available in collections of private newspapers such as Acervo Globo and Folha São Paulo; audiovisual interviews given to various TV programs and available on the You tube channel and, finally, radio programs about the singer. The methodological procedure will be built according to the demands, but aiming to reach the context that requires all historical research.

10
  • MARIA CLARA PORTO LIMA
  • Conciliando Interesses: As relações político-mercantis entre chineses, portugueses e japoneses no Mar da China (Séc. XVI-XVII)

  • Orientador : ANA PAULA MEDICCI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA MEDICCI
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • MARIA DE DEUS BEITES MANSO
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho “Conciliando interesses: as relações político-mercantis entre os portugueses, chineses e japoneses no Mar da China (XVI-XVII)” tem como objetivo analisar as questões políticas existentes entre a China Ming e o Japão e a mediação comercial portuguesa. Estabeleceu-se como principais pontos para este estudo as informações apresentadas pelas documentações sínicas e nipônicas, como também portuguesas, e pelo uso de uma bibliografia especializada tanto nas questões asiáticas quanto ibéricas. O recorte cronológico parte um pouco antes da chegada dos lusitanos nas feiras de Cantão em 1519 até a expulsão dos mesmos do arquipélago japonês em 1640 e o derradeiro fim da rota Macau-Nagasaki. A discussão é pautada na análise das políticas costeiras do governo chinês e nas proibições comerciais impostas ao vizinho japonês, fragilizado pelos conflitos internos. Tanto a China quanto o Japão dependiam muito do comércio marítimo para o desenvolvimento econômico e social dos seus territórios. O Japão importava boa parte dos produtos chineses, enquanto exportava algo de extrema importância para a China Ming, prata. Com as constantes proibições do comércio marítimo, os dois países ficavam impossibilitados de obter o que queriam, eis então que surge um terceiro grupo que resolve essas questões: os lusitanos. A partir de então foram mais de 100 anos de conciliação de interesses entre estes três elementos que, durante o período estudado, transformou o Sudeste Asiático em um dos pontos comerciais mais lucrativos no Império Português.


  • Mostrar Abstract
  • The present work “Reconciling interests: political-market relations between the Portuguese, Chinese and Japanese in the China Sea (XVI-XVII) aims to analyze the political issues existing between China Ming and Japan and Portuguese commercial mediation. The main points for this study were established as information by the Sinic and Japanese documents, as well as Portuguese, and by the use of a specialized bibliography both in Asian and Iberian issues. The chronological cut starts just before the arrival of the Lusitanians at the Canton fairs in 1519 until their expulsion from the Japanese archipelago in 1640 and the final end of the Macau-Nagasaki route. The discussion is based on the analysis of the Chinese government's coastal policies and the commercial prohibitions imposed on the Japanese neighbor, weakened by internal conflicts. Both China and Japan depend heavily on maritime trade for the economic and social development of their territories. Japan imported a good part of the products found in sinic, while it exported something of extreme importance to China Ming, silver. With the constant prohibitions of maritime trade, the two countries were unable to get what they wanted, then a third group emerges that solves these issues: the Portuguese. Since then, there have been more than 100 years of conciliation of interests between these three elements that, during the studied period, transformed Southeast Asia into one of the most profitable points in the Portuguese Empire.

11
  • MARINA FRANCO SANTA ROSA
  • SANTA ROSA, Marina Franco. ASSISTÊNCIA, FILANTROPIA E POLÍTICA SANITÁRIA EM RIACHÃO DO JACUÍPE: AÇÕES DO HOSPITAL ADELAIDO RIBEIRO (1955-1972). 2020. 124 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2020.

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLEIDE DE LIMA CHAVES
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MARINÉLIA SOUSA DA SILVA
  • RICARDO DOS SANTOS BATISTA
  • Data: 28/12/2020

  • Mostrar Resumo
  •  

    Este trabalho analisa os atendimentos no Hospital Adelaido Ribeiro, situado no município de Riachão do Jacuípe, cidade localizada na bacia do Jacuípe, no interior baiano, a 197 km da capital do estado da Bahia, tendo sua baliza cronológica desde a sua fundação em 1955 até o ano de 1972, sendo o primeiro período marcado pela fundação da Liga Jacuipense de Proteção à Maternidade e à Infância (LJPMI), que era referência filantrópica e que prestava serviços assistenciais à saúde; e, o segundo, por meio da adesão do Hospital à política pública do FUNRURAL- Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural, e problematizações após um ano de atendimentos através da mesma. Objetiva-se então discutir as mudanças no que concerne a assistência à saúde da população civil, mais precisamente as(os) trabalhadoras(es) com a adesão da política pública, verificando se de fato houve a inserção desta classe social. Faz parte desta pesquisa a identificação da ausência das mulheres negras nos espaços de destaque, de poder e, mais precisamente, analisar o lugar social que as mesmas ocupavam, haja vista questões sociopolíticas que possivelmente clivavam essas personalidades sociais neste contexto micro que se relacionavam com questões macro nacionais.


  • Mostrar Abstract
  • This work analyzes the attendance at the Hospital Adelaido Ribeiro, located in the city of Riachão do Jacuípe, located in the Jacuípe basin, in the countryside of Bahia, 197 km from the capital of the state, having its chronological goal from its foundation in 1955, and 1972, the first period marked by the founding of the Jacuipense League for the Protection of Maternity and Childhood (LJPMI), which was a philanthropic reference and provided health care services, and the second, through the Hospital's adherence to the policy FUNRURAL - Rural Worker Assistance Fund, and problems after a year of assistance through the same. The objective is to problematize the possible changes regarding the health care of the civilian population, more precisely the workers with the adhesion of public policy, verifying if in fact there was the insertion of this social class. It is part of this research the verification of the absence of black women in the prominent spaces, being, therefore, of power, and more precisely to analyze the social place that they occupied, considering sociopolitical questions that possibly cleaved these social personalities in this micro context that were related with national macro issues.

Teses
1
  • MARIANA ELLEN SANTOS SEIXAS
  • INTELECTUAIS E POLÍTICOS: DISCURSOS SOBRE A LIBERDADE RELIGIOSA NO BRASIL DO SÉCULO XIX

  • Orientador : EDILECE SOUZA COUTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDILECE SOUZA COUTO
  • ELIZETE DA SILVA
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • SOLANGE RAMOS DE ANDRADE
  • SUELI RIBEIRO MOTA SOUZA
  • Data: 05/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO

    Considerando o cenário político de século XIX, as demandas pelas garantias de direitos civis para
    pessoas não católicas eram um tópico em alta nas discussões que apareciam nos jornais e nos
    discursos dos políticos no Parlamento brasileiro. Os grupos protestantes, principais beneficiários
    desses direitos, a princípio, durante muito tempo disseminavam a ideia que o Estado Imperial lhes
    abriu as portas voluntariamente, criando um mito de origem que foi considerado durante muito
    tempo o ponto de partida de vários estudos sobre o protestantismo no Brasil. Neste trabalho, o
    objetivo é questionar essa ideia e, através dos discursos proferidos por intelectuais do período,
    mostrar os dilemas que envolviam a liberdade religiosa, liberdade de culto, imigração,
    “modernização” do país e imigração, bem como discutir como não foi, de forma alguma, um
    consenso a crença na melhoria do país através da importação de imigrantes europeus não católicos,
    a permanência da escravidão como modelo de relações de trabalho e o cotidiano de debates que
    misturavam os poderes seculares e os espirituais.


  • Mostrar Abstract
  • Given the nineteenth-century political landscape, demands for civil rights guarantees for non-
    Catholic people were a hot topic in the discussions that appeared in the newspapers and in the speeches of politicians in the Brazilian Parliament. Protestant groups, the main beneficiaries of

    these rights, had for a long time at first spread the idea that the Imperial State voluntarily opened its
    doors to them, creating a myth of origin that was long considered the starting point of several
    studies of Protestantism in the Brazil. In this paper, the objective is to question this idea and,
    through the speeches given by intellectuals of the period, show the dilemmas that involved religious
    freedom, freedom of worship, immigration, “modernization” of the country and immigration, as
    well as discuss how it was not, by no means, a consensus on the belief in the improvement of the
    country through the importation of non-Catholic European immigrants, the permanence of slavery
    as a model of labor relations and the daily debate that mixed the secular and spiritual powers.

2
  • RAFAEL ROSA DA ROCHA
  • Curas Maravilhosas: curadores itinerantes no Brasil Republicano (1898-1905).

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANA SCHETTINI PEREIR
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MAGALI GOUVEIA ENGEL
  • ROBERT WAYNE ANDREW SLENES
  • TANIA SALGADO PIMENTA
  • Data: 19/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • Nesta tese abordamos a relação entre o sobrenatural e a ciência no contexto republicano, a partir de lances da trajetória de três curadores brancos e letrados que curavam a partir da imposição das mãos, a saber: Eduardo Silva, Faustino Ribeiro Júnior e Domingos Ruggiano. Para tanto, discutimos as estratégias de divulgação de seus poderes curativos e as distinções que eles tentavam fazer de sua prática em relação à medicina alopática, já que atraiam gente dos mais diversos grupos dos locais por onde passavam. Buscamos entender como o sobrenatural foi utilizado ora para interpretar a prática curativa como "maravilhosa", ora utilizada para desqualificar os praticantes de artes curativas de origem africana qualificando-as como "supersticiosas". Destacamos, a partir da popularização da prática dos curadores, as tensões em torno da liberdade profissional, questão sensível durante o período estudado, tentando entender em que direção caminhava o pensamento médico e jurídico em relação ao tema. Analisamos ainda a forma como médicos e políticos entendiam a atuação dos curadores, dizendo que eles curavam a partir dessa ou daquela influência, colocando em perspectiva a noção de “sugestão” utilizada com maior frequência pelos doutores para enquadrá-los no exercício ilegal da medicina. Finalmente, ponderamos sobre a itinerância de Faustino Ribeiro pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e Pará, o que permite entender como diferentes instituições de diferentes lugares lidaram com o curador e sua prática curativa e as estratégias que ele utilizou para lidar com essa realidade. A partir desse conjunto elementos, buscamos compreender o porquê de tamanha adesão ao processo curativo dos curadores no contexto em que a medicina passava por significativos avanços na maneira com compreendia as enfermidades e na forma de lidava com os enfermos. 


  • Mostrar Abstract
  • In this thesis, we approach the relationship between the supernatural and science in the republican context, based on the trajectory of three white and literate healers who cured from the imposition of hands, namely: Eduardo Silva, Faustino Ribeiro Júnior and Domingos Ruggiano. We discuss the disclosure strategies of their curative powers and the distinctions they tried to build between curative practice they practiced from the allopathic doctors, since they attracted people from the most diverse groups of the places they passed by. We seek to understand how the supernatural was sometimes used to interpret healing practice as "wonderful," sometimes used to disqualify practitioners of African-origin healing arts as "superstitious". We highlight, based on the popularization of the practice of curators, the tensions surrounding professional freedom, a sensitive issue during the period studied, trying to understand in which direction medical and legal thinking were heading in relation to the theme. We analyze as well the way doctors and politicians understood the healers' acts, saying they cured with this or that influence, putting in evidence the notion of "suggestion" frequently used by doctors to accuse them of illegal medicine exercise. Finally, we reflect about the movements of Faustino Ribeiro, through the states of São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco and Pará, what allow us to understand how different institutions of different places dealt with the healer and his healing practice and the strategies he used to deal with that reality. From this set of elements, we seek to understand why there was such adherence to the healing process of curators in the context in which medicine underwent significant advances in the way it understood the diseases and the way they dealt with the sick. 

3
  • EDMUNDO CUNHA MONTE BEZERRA
  • OS ÍNDIOS XUKURU E A SERRA DO ORORUBÁ: História, Natureza e o trabalho indígena no universo agroindustrial em Pesqueira/PE (1940-1960)

  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BARTIRA FERRAZ BARBOSA
  • DILTON OLIVEIRA DE ARAUJO
  • EDSON HELY SILVA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • Data: 30/03/2020

  • Mostrar Resumo
  • Neste estudo, analisamos as experiências de trabalho dos Xukuru do Ororubá na agroindústria em Pesqueira/PE, entre as décadas de 1940-1960, como agricultores, fornecedores de frutas e operários nas indústrias instaladas naquele município, sobretudo na Fábrica Peixe. Pensamos os percursos teórico-metodológicos a partir
    dos relatos de memórias orais dos indígenas, e de uma diversidade de registros documentais e bibliográficos cujos enfoques e abordagens dialogaram ou discutiram sobre a presença dos índios e outros sujeitos sociais nos mundos do trabalho, somando-se aos estudos e pesquisas nos campos da História Social e Ambiental. Em nossas análises, também buscamos evidenciar as mudanças ambientais ocorridas na Serra do Ororubá, onde habitam os Xukuru, em razão das ações de fazendeiros criadores de gado e industriais, diante da diversidade de recursos naturais destinados, principalmente, aos engendramentos fabris. Como exemplo, elencamos as extensas áreas desmatadas para a monocultura do tomateiro, utilizado na fabricação de polpas, extratos e outros tipos de conservas. O recorte temporal foi pensando a partir dos relatos de memórias dos índios Xukuru do Ororubá sobre o ambiente de moradia e das experiências de trabalho na agroindústria, em meados de 1940. E o período final de nossas análises, no início da década de 1960, está relacionado à estratégia adotada, na época, pelos diretores
    das Indústrias Peixe para manutenção das atividades, com o chamado “Sistema de Parceria”, motivando a substituição do trabalho temporário assalariado e o aumento da exploração da mão de obra na região. Buscamos com a pesquisa realizada, ampliar os conhecimentos sobre os índios na História do Nordeste, a partir da ótica
    dos próprios Xukuru do Ororubá, e também contribuir com as discussões e análises que evidenciam os protagonismos dos índios na História de Pernambuco.


  • Mostrar Abstract
  • In this study, we analyzed the work experiences of the Xukuru do Ororubá in the agroindustry in Pesqueira/PE, between the 1940s and 1960s, as farmers, fruit suppliers and workers in industries installed in that municipality, especially at Fábrica Peixe. We think about the theoretical and methodological paths based on the reports 
    of oral memories of the indigenous people, and a diversity of documentary and bibliographic records whose focuses and approaches dialogued or discussed about the presence of the indians and other social subjects in the worlds of work, adding to the studies and research in the fields of Social and Environmental History. In our 
    analyzes, we also seek to highlight the environmental changes that have occurred in the Serra do Ororubá, where the Xukuru inhabit, due to the actions of cattle ranchers and industrialists, given the diversity of natural resources destined, mainly, to industrial developments. As an example, we list the extensive areas deforested for 
    the monoculture of tomatoes, used in the manufacture of pulps, extracts and other types of canned products. The time frame was based on the reports of memories of the Xukuru do Ororubá indians about the living environment and work experiences in the agro-industry, in the mid-1940s. And the final period of our analysis, in the early 
    1960s, is related to the strategy adopted, at the time, by the directors of Indústrias Peixe for maintenance of activities, with the so-called “Partnership System”, motivating the replacement of temporary salaried work and an increase in the exploitation of labor in the region. With the research carried out, we seek to expand knowledge about the indians in the History of the Northeast, from the perspective of the Xukuru do Ororubá themselves, and also to contribute to the discussions and analyzes that show the protagonism of the indians in the History of Pernambuco.

4
  • AUGUSTO FAGUNDES DA SILVA DOS SANTOS
  • É FIADO OU EM DINHEIRO DE CONTADO? O CRÉDITO NA BAHIA COLONIAL (1777-1808)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA CARVALHO DOS S OLIVEIRA
  • ANGELO ALVES CARRARA
  • EDUARDO JOSÉ SANTOS BORGES
  • IDELMA APARECIDA FERREIRA NOVAIS
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • Data: 25/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese analisa o mercado creditício da Bahia e o seu nível de liquidez, com ênfase na
    importância do crédito para a retomada da sua economia de exportação no período
    compreendido entre 1777 a 1808. Identifica o perfil dos agentes que viabilizaram este
    financiamento, destacando os principais negociantes da praça comercial da Bahia. Estes
    indivíduos induziram o estabelecimento de mecanismos políticos capazes de reduzir a
    concorrência de algumas instituições no mercado creditício da Bahia no final do período
    colonial. Esta estratégia adotada pela alta elite econômica baiana permitiu investir cada vez
    mais, e com liberdade, no grosso trato da atividade creditícia local. Este aspecto consistiu em
    um dos principais fatores endógenos para explicar a retomada da produção açucareira e o
    alavancamento de demais culturas de exportação da Bahia no período. Esta pesquisa também
    relativiza uma vinculação tácita corrente na historiografia entre atividade creditícia e escassez
    monetária, demonstrando que a referida exiguidade de moedas não era uma característica de
    ordem estrutural, mas sim, conjuntural. Na Bahia do final do período colonial não havia
    escassez monetária; o que ocorreu foi uma crescente manipulação artificial desta escassez e
    do crédito, praticada pelos negociantes da praça mercantil da Bahia através do controle da
    política de fornecimento de crédito, promovendo uma hiperconcentração da moeda e do
    crédito sob sua posse e controle. Deste modo, o crédito e a moeda circularam de modo
    diferente nos diversos segmentos sociais. Por fim, analisamos a trajetória econômica de
    Custódio Ferreira Dias, um dos mais ricos negociantes e mais poderosos credores da Bahia no
    final do período colonial. Sua trajetória desvela, em boa medida, o comportamento social do
    grupo dos homens de negócio na Bahia. Investigou-se os seus investimentos, estratégias e
    atitudes, seus principais locais de atuação e a composição do seu patrimônio, destacando a
    relevância das dívidas ativas em seu processo de enriquecimento.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis analyzes the credit market in Bahia and its liquidity level, with emphasis on the
    importance of credit for the resumption of its export economy in the period between 1777 to
    1808. It identifies the profile of the agents that made this financing possible, highlighting the
    main merchants in the commercial square of Bahia. These individuals led to the establishment
    of political mechanisms capable of reducing competition from some institutions in the credit
    market in Bahia at the end of the colonial period. This strategy adopted by the high Bahian
    economic elite allowed it to invest more and more freely in the bulk of local credit activity.
    This aspect was one of the main endogenous factors to explain the resumption of sugar
    production and the leverage of other export cultures in Bahia in the period. This research also
    relativizes a current tacit link in the historiography between credit activity and monetary
    scarcity, demonstrating that the aforementioned small number of currencies was not a
    structural characteristic, but a conjunctural one. In Bahia at the end of the colonial period
    there was no shortage of money; what occurred was an increasing artificial manipulation of
    this scarcity and credit, practiced by merchants in the mercantile square of Bahia through the
    control of the credit supply policy, promoting a hyper-concentration of the currency and credit
    under their possession and control. In this way, credit and currency circulated differently in
    different social segments. Finally, we analyze the economic trajectory of Custódio Ferreira
    Dias, one of the richest traders and most powerful creditors in Bahia at the end of the colonial
    period. Its trajectory reveals, to a large extent, the social behavior of the group of businessmen
    in Bahia. Their investments, strategies and attitudes, their main areas of activity and the
    composition of their assets were investigated, highlighting the relevance of active debts in
    their enrichment process.

5
  • RUTE ANDRADE CASTRO
  • Mundos do trabalho no seu fazer-se. Britânicos, livres, libertos e escravizados (Brasil, 1880-1905).

  • Orientador : ANTONIO LUIGI NEGRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDRIN ARMSTRONG SILVA CASTELLUCCI
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • CRISTIANE BATISTA DA SILVA SANTOS
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • FELIPE AZEVEDO E SOUZA
  • Data: 25/08/2020

  • Mostrar Resumo
  • A tese aqui apresentada mostra importantes aspectos dos mundos do trabalho no Brasil entre 1880 e 1905, desvelando complexidades, nuances e, dessa maneira, contribuindo para a historiografia sobre o trabalho e os trabalhadores no Brasil em um período tão caro da nossa história, quando as discussões em torno do trabalho de livres e escravizados eram tão vívidas. Tal tema é bastante amplo, e esta tese de modo algum tem ambição de esgotá-lo, tendo sido adotada uma metodologia de maneira a delimitar a discussão através da priorização de fontes produzidas por britânicos no Brasil, as quais mostraram peculiaridades e complexidades de relações de trabalho rurais que são pouco conhecidas ou debatidas. Assim, tem por objetivo apresentar como os britânicos viram os mundos do trabalho no Brasil, debatendo seus diferentes pontos de vista sobre um tema tão complexo, bem como discutir a participação de alguns deles nesses mesmos ambientes laborais os quais eles não apenas observaram, mas por vezes também vivenciaram e sobre o qual redigiram. Trata-se de textos jornalísticos, relatos de viagem e documentação consular de onde se mostrou possível extrair a forma através da qual muitos deles registraram suas experiências relacionadas aos mundos do trabalho no Brasil, num constante exercício de alteridade. Opinaram sobre a escravização de povos africanos e seus descendentes, criticaram os trabalhadores livres do interior do país, e também muitos de seus próprios conterrâneos, trabalharam junto com os brasileiros, contrataram mão de obra cativa, liberta ou livre, tudo de acordo com suas conveniências, enfim, escreveram sobre o que viram e viveram, é certo, às vezes com seus próprios olhos, às vezes com os do Império Britânico. 


  • Mostrar Abstract
  • This thesis presents important aspects of the labor environment in Brazil between 1880 and 1905. By unveiling complexities and nuances, it contributes to the historiography of labor and laborers in Brazil at a time in its history when discussions about free and enslaved labor were so animated. This theme is quite broad, but this thesis is not so ambitious as to try to cover the topic in its entirety. Rather, a methodology was adopted in order to focus the discussion by prioritizing sources produced by Englishmen in Brazil. These sources show peculiarities and complexities of rural labor relations little known or debated. Thus, it aims to present the British perspective on the worlds of labor in Brazil by analyzing their different points of view on such a complex topic, as well as discussing their participation in these same working environments which they not only observed, but also experienced and wrote about at times. Using journals, travel reports, and consular documentation, their recorded experiences made it possible to surmise their singular perspective as foreign on their adopted labor environment in Brazil. They expressed their opinions on the enslavement of African people and their descendants, and they criticized free workers in the interior of the country and also many of their own countrymen. They worked alongside Brazilians, likewise they hired enslaved, freed, or free laborers according to their own convenience. At long last, they wrote about what they saw and experienced, albeit sometimes with their own eyes, and sometimes with those of the British Empire. 

6
  • HALYSSON GOMES DA FONSECA
  • A INTENDÊNCIA DA MARINHA E ARMAZÉNS REAIS NO ARSENAL DA BAHIA (1770-1808)

  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • LUCIANO FIGUEIREDO
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • ROBERTA STUMPF
  • ÂNGELA DOMINGUES
  • Data: 03/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo foi dedicado às reformas aplicadas à administração portuária e fazendária da Capitania da Bahia, na segunda metade do século XVIII, concebidas na criação da Intendência da Marinha e seu funcionamento, a partir de 1770. Como um instrumento de reforma da Junta da Fazenda na Bahia, ela foi criada para concentrar as funcionalidades das repartições Provedoria da Fazenda e Vedoria do Exército, e eliminá-las enquanto cargos. Atingindo a vida militar da população baiana, foi expandida aos domínios ultramarinos com provimento régio de oficiais da Armada a intendentes da marinha a partir de 1797. Este estudo traz a Intendência da Marinha como uma repartição que, por meio da sua regulamentação e provimentos régios, promoveu o esvaziamento da relativa autonomia dos poderes locais na Bahia. A presença de intendentes de marinha na Bahia contribuiu com o novo projeto fiscalista da metrópole inaugurado com o Erário Régio (1761), requerendo mudanças nas relações de poder das principais zonas portuárias do Império português e em suas Juntas de Fazenda, onde foram deputados. O controle exercido sobre as diversas atividades ligadas à construção naval ligava os intendentes ao controle sobre as matas e a navegação, com a fiscalização das embarcações eles fomentaram o tráfico de escravos, bem como diversas atividades econômicas por meio do controle dos Armazéns Reais e Arsenal, contribuindo para a melhor arrecadação régia. Na América portuguesa, diferentes capitanias demonstraram insatisfação com a presença desses agentes reinóis. Em Salvador, a insatisfação se manifestou nas reivindicações da Conjuração Baiana em 1798. Com a chegada da Família Real portuguesa na Bahia, a partir da abertura dos portos em 1808, quando a Intendência da Marinha sofreria alterações funcionais que justificam o recorte temporal entre os anos de 1770 e 1808.


  • Mostrar Abstract
  • This study regards the reforms applied to the port and fiscal administration of the Captaincy of Bahia in the second half of the 18th century, conceived in the creation of the Bahia Navy Intendancy and its operation, since 1770. As an instrument of reform of the Board of Finance in Bahia, it was created to concentrate the functionalities of the departments of Finance Provider and Army Controller, and extinguish them as departments. Impacting the military life of the population from Bahia, the office it was expanded to overseas domains with a royal provision of Navy Intendants in1797. This study brings, as central hypothesis, the Navy Intendency as a division that, through its regulation and regal provisions, promoted the reduction of the relative autonomy of local authority powers in Bahia. The presence of Navy officers in Bahia contributed to the new fiscal project of the metropolis inaugurated with the Royal Exchequer (1761), demanding changes in the power relations of the main port areas of the Portuguese Empire and in their Boards of Finance, where they were delegated. The control employed over the various activities related to shipbuilding connected Navy Intendancy them to the control over the forests and navigation. They supervised the vessels and fostered the slave trade, as well as various economic activities through the control of the Royal Warehouses and Arsenal, contributing to a better regal collection. In Portuguese America, different captaincies showed dissatisfaction with the presence of these Kingdom agents. In Salvador, dissatisfaction was demonstrated in the claims of the Bahia Conjuration in 1798. With the arrival of the Royal Family in Bahia, from the opening of the ports in 1808, the Navy Intendency would undergo functional changes that justify the time cut between the years of 1770 and 1808.

2019
Dissertações
1
  • GABRIEL SILVA DE JESUS
  • TANTO NEGÓCIO E TANTO NEGOCIANTES: A CIDADE DE SALVADOR, NA COLÔNIA UMA CIDADE COMERCIAL (1750-1808)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • LUIZ ANTONIO SILVA ARAUJO
  • MARIA JOSE RAPASSI MASCARENHAS
  • Data: 05/02/2019

  • Mostrar Resumo

  • Esta dissertação tem por objeto de estudo a atuação dos comerciantes denominados lojistas de
    secos e vendedoras (es) de molhados, na cidade de Salvador, no período de 1750 a 1808. A
    pesquisa procurou discutir as atividades mercantis desenvolvidas por eles, procurando
    observar, em grande parte, suas articulações dentro da economia colonial. Deve-se, em todo
    caso, considerar determinados elementos viabilizadores das nossas análises, por exemplo,
    quais seriam suas estratégias para buscar crédito, receber e pagar as dívidas, diversificar sua
    economia e dinamizar os espaços atuantes mercantis. Dessa forma, analisaremos as
    mercadorias das lojas e vendas, demonstrando haver diferenças de tipos e preços, permitindo
    observá-las dentro das condições hierárquicas na sociedade colonial, fazendo com que as
    vendas se voltassem mais para o consumo dos pobres e as lojas atendessem aos moradores
    dos setores intermediários. Além disso, traçamos um perfil desses comerciantes, os quais
    encontramos atuando nos regimentos militares, adquirindo as principais vestimentas da Corte
    e cadeiras de arruar. Verificaremos como os lojistas e os vendedores se inseriam na camada
    social intermediária, não se incluindo no grupo dos mais abonados negociantes na Capitania.
    A documentação utilizada para analisar esses comerciantes foram os inventários e testamentos
    presentes no Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB).


  • Mostrar Abstract
  • The purpose of this dissertation is to study the activities of merchants named dry and wet
    shopkeepers in the city of Salvador, from 1750 to 1808. The research sought to discuss the
    mercantile activities developed by them, their articulations within the colonial economy. In
    any case, we must consider certain elements that are conducive to our analysis, for example,
    what would be their strategies to seek credit, receive and pay debts, diversify their economy
    and dynamize the trading venues. In this way, we analyze the merchandise of the stores and
    sales, showing that there are differences in types and prices, allowing them to be observed
    within the hierarchical conditions of colonial society, causing sales to be turned more towards
    the consumption of the poor and the stores serving more to residents of the intermediate
    sectors. In addition, we have outlined a profile of these merchants, which we found working
    in the military regiments, acquiring the main court dress and chairs of arruar. We will see how
    shopkeepers and sellers were inserted in the middle social stratum, were not included in the
    group of the most subscribed dealers in the Capitania. The documentation used to analyze
    these merchants was the inventories and wills present in the Public Archive of the State of
    Bahia.

2
  • HUGO SANTIAGO MENDES
  • O BOMBARDEIO DE 1912: Disputa política e cotidiano na Bahia na Primeira República.

  • Orientador : ANTONIO LUIGI NEGRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • FELIPE AZEVEDO E SOUZA
  • PHILIPE MURILLO SANTANA DE CARVALHO
  • Data: 11/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho analisa o processo de luta pelo poder travado no estado da Bahia durante
    as primeiras décadas da Primeira República, fator fortemente influenciado pelo projeto
    político federal denominado pela historiografia brasileira de política das salvações. O
    salvacionismo executado durante o governo do presidente Hermes da Fonseca que
    visava a substituição dos grupos políticos tradicionais nos estados da nação, grupos que
    por algum motivo não conseguiram estabelecer os acordos necessários entre estado e
    União, atingiu a Bahia em janeiro de 1912. A busca pelo poder entre os grupos
    oligárquicos tradicionais, representado por Severino Vieira, José Marcelino, Aurélio
    Vianna e Rui Barbosa, contra um grupo oligárquico que busca ascensão, capitaneado
    por José Joaquim Barbosa resultou no bombardeio da cidade do Salvador em 10 de
    janeiro de 1912. Neste conflito onde as fortificações da cidade, o Exercito a Polícia
    Militar e a imprensa, foram utilizados pelos grupos políticos de acordo com as seus
    interesses, a população se viu envolvida num conflito que alterou o cotidiano da cidade
    por dias. As ações populares frente ao bombardeio e as consequências desta luta pelo
    poder serão refletidas nesta pesquisa.


  • Mostrar Abstract
  • This MA dissertation analyzes the process of power struggle in the state of Bahia during
    the first decades of the First Republic, a factor strongly influenced by the federal
    political project called by the Brazilian historiography of politics of salvation.
    Salvationism during the administration of President Hermes da Fonseca aimed at
    replacing traditional political groups in the nation states, groups that for some reason
    failed to establish the necessary agreements between state and Union, reached Bahia in
    January 1912. The quest by power between the traditional oligarchic groups,
    represented by Severino Vieira, José Marcelino, Aurélio Vianna and Rui Barbosa,
    against an oligarchic group that seeks ascension, led by José Joaquim Barbosa resulted
    in the bombing of the city of Salvador on January 10, 1912. In this conflict where the
    fortifications of the city, the Military Police and the press were used by the political
    groups according to their interests, the population was involved in a conflict that
    changed the daily life of the city for days. The popular actions against the bombing and
    the consequences of this power struggle will be reflected in this research.

3
  • VALNEY MASCARENHAS DE LIMA FILHO
  • COMÉRCIO E TRÁFICO INTERPROVINCIAL DE ESCRAVOS EM SALVADOR 1840-1880

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • ROBERT WAYNE ANDREW SLENES
  • Data: 24/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esse trabalho aborda traficantes que se dedicaram ao tráfico interno de escravos na
    província da Bahia entre 1840-1880. O tráfico interno de escravos remonta ao século
    XVIII, e foi responsável pelo envio de africanos escravizados para exploração de ouro no
    interior do Império. Contudo, com o fim do contrabando ilegal de africanos, em 1850, o
    tráfico interno de escravos foi o único responsável pelo abastecimento da mão de obra
    necessária para a produção nas fazendas de café do Sul. Nesse contexto, pessoas
    escravizadas saíram da província da Bahia, por intermédio dos traficantes internos de
    escravos que mobilizaram amplas redes comerciais. Esse tráfico foi muito lucrativo,
    traficantes internos estavam inseridos em diferentes ramos do comércio e da indústria e,
    certamente, o capital do tráfico impulsionou seus negócios. Na Bahia, Salvador foi uma
    cidade importante nesse trânsito comercial. Este trabalho aborda o tráfico interno através
    dos registros das Emissões de Passaporte e das escrituras de compra e venda de escravos
    da freguesia da Sé, em Salvador, entre os anos de 1840-1880.


  • Mostrar Abstract
  • This work deals with traffickers who engaged in internal slave trade in the province of
    Bahia between 1840 and 1880. The internal slave trade dates back to the 18th century,
    and was responsible for sending enslaved Africans to explore gold within the Empire.
    However, with the end of the illegal smuggling of Africans in 1850, the internal slave
    trade was the only one responsible for the supply of labor necessary for production in the
    coffee farms of the South. In this context, enslaved people left the province of Bahia ,
    through internal slave traders who mobilized extensive commercial networks. This traffic
    was very lucrative, internal traffickers were embedded in different branches of commerce
    and industry and certainly the capital of traffic boosted its business. In Bahia, Salvador
    was an important city in this commercial transit. This work deals with internal traffic
    through the records of Passport Issues and deeds of purchase and sale of slaves from the
    parish of Sé, in Salvador, between the years 1840-1880.

4
  • GEORGE SOUZA BRITO
  • História de Salvador em tempo presente: o princípio da sustentabilidade e dois projetos de modernidade em disputa
    (2004-2016)

  • Orientador : LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA MARIA FERNANDES
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • Data: 23/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • Entre 2004 e 2016, dois projetos de modernidade urbana disputaram o futuro da cidade de Salvador, por meio de um embate pela elaboração das regras urbanísticas que definiriam a forma de ocupação do espaço urbano soteropolitano, principalmente o da região da Avenida Luiz Viana Filho (Paralela). Essa se tornou a grande referência espacial da disputa. Sem escapar de ações e discursos complexos, ambíguos e até contraditórios, esses projetos partiram de compreensões conflitantes sobre a cidade nas diferentes apropriações de sentido sobre a noção de desenvolvimento sustentável. As distintas significações atualizaram cada uma à sua maneira dúvidas, típicas da modernidade contemporânea, sobre as consequências do progresso técnico, científico e econômico e a relação dele com a natureza. Nessa tensão, ambos os projetos partiram de uma mesma matriz política e epistemológica, denominada de “princípio da sustentabilidade”, apropriando-se de saberes jurídicos e científicos do Direito e do Urbanismo, que foram utilizados como recursos político-discursivos na esfera pública para construção de significados sociais sobre como deveria ser o desenvolvimento urbano da capital baiana. De um lado, ambientalistas, cientistas do urbano e promotores de Justiça, colocando-se como tutores da democracia urbana e ambiental, acionaram, como elemento interno do desenvolvimento sustentável, a ideia de direito à cidade, reatualizando o horizonte de expectativa da fase de redemocratização do Brasil institucionalizado no pacto constitucional de 1988. Na defesa desse projeto, eles formaram o que é chamado aqui de “aliança verde”. Do outro lado, agentes do Poder Público municipal, governo e parlamento, e empresários do setor imobiliário formaram a “aliança imobiliária”. Essa acionou um sentido de sustentabilidade no qual a privatização do espaço foi apresentada como garantia de preservação do meio ambiente. Por meio do poder econômico e político, a “aliança imobiliária” enfraqueceu a recepção prática da agenda do direito à cidade na sociabilidade urbana, que se relacionou no período a demandas cotidianas e às respostas dadas a elas na reprodução do capital. Nessa disputa que pautou o debate público local, o último projeto predominou nas transformações urbanísticas ocorridas na cidade, sobretudo na região da avenida. Embora tenha atenuado o alcance da privatização do espaço urbano por meio da ênfase à proteção do meio ambiente, a “aliança verde” viu a noção político-epistemológica de direito à cidade perder força como se apartada fosse do desenvolvimento sustentável. Como resultado, a ideia de democracia urbana foi derrotada, expondo os limites do horizonte da Nova República.


  • Mostrar Abstract
  • Between 2004 and 2016, two projects of urban modernity disputed the future of the city of Salvador, by means of a conflict for the elaboration of the urban rules that would define the form of occupation of the soteropolitan urban space, mainly the one of the region Luiz Viana Filho Avenue (Paralela). This became the great spatial reference of the dispute. Without escaping from complex, ambiguous, and even contradictory actions and discourses, these projects started from generally conflicting understandings about the city in the different appropriations of meaning made on the notion of sustainable development. The different meanings each updated in their own way doubts, typical of contemporary modernity, about the consequences of technical, scientific and economic progress and the relationship between it and nature. In this tension, both projects started from the same political and epistemological matrix, denominated "sustainability principle", appropriating legal and scientific knowledge of Environmental Law and Urbanism, which were used as political-discursive resources in the public sphere for construction of social meanings on what should be the urban development of the capital of Bahia. On the one hand, environmentalists, urban scientists and prosecutors, acting as tutors of urban and environmental democracy, triggered, as an internal element of sustainable development, the idea of the right to the city, re-updating the horizon of expectation of the re-democratization phase of Brazil institutionalized in the 1988 constitutional pact. In defense of this project, they formed what is called here the "green alliance". On the other side, political actors and real estate businessmen formed the "real estate alliance." This triggered a sense of sustainability in which the privatization of space was presented as a guarantee of preservation of the environment. Thus, through the economic and political power, the practical reception of the agenda of the right to the city in urban sociability was weakened, which was related in the period to daily demands and the answers given to them in the reproduction of capital. In this dispute that guided the local public debate, the last project predominated in the urban transformations occurred in the city, especially in the region of the avenue. Although the "green alliance" has attenuated the scope of the privatization of urban space by emphasizing the protection of the environment, it has seen the political-epistemological notion of the right to the city lose strength as if apart from sustainable development. As a result, the idea of urban democracy was defeated, exposing the boundaries of the New Republic's horizon. 

5
  • JONATAS PEREIRA DA SILVA
  • REVOLUÇÃO E REPRESSÃO, MARCAS NO CORPO E ALMA; POR QUE NÃO ALBERTINA TORRES? (1964-1978)

  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • PAULO SANTOS SILVA
  • Data: 17/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • Os impactos dos longos anos de ruptura democrática no Brasil, têm despertado interesse considerável dos estudos históricos contemporâneos. Por sua vez, as possibilidades de fontes trazidas pela Nova História Política, têm sido frequentemente aplicadas no percurso da construção desse “passado”. Ao aprofundamos os estudos acerca da ditadura civil-militar brasileira, por intermédio da autobiografia, da história oral, dos registros íntimos e pessoais e documentos oficiais de origem repressiva, somos colocados em contato com a trajetória de Albertina Rodrigues, mulher baiana com alma de artista, companheira de Nelson Pires, que teve sua vida atravessada pelos desdobramentos do Golpe de 1964. Estudante de Belas Artes, suas performances artísticas eram marcas no seu dia a dia, até mesmo quando atuou no movimento estudantil e na luta armada, sendo presa e torturada no Rio de Janeiro. Inimiga do Estado, a “opção” pela clandestinidade e pelo exílio, era o que lhe restava para permanecer viva, romper suas próprias barreiras, suportar a distância do filho e as dificuldades enfrentadas em outros países, eram desafios a serem cumpridos na (re)descoberta de si. Assim, ao ouvir o chamado de Albertina, estaremos próximos a uma das vozes femininas que se insurgiram contra a repressão e em defesa da democracia, nos apercebendo das questões subjetivas e de gênero que permearam esse percurso. Deste modo, se torna mais uma voz que se levanta e nos mostra como as representações do passado podem apresentar marcas deixadas pela conjuntura política do Brasil, ao menos até 1985.


  • Mostrar Abstract
  • The impacts of long years in democratic rupture in Brazil have aroused considerable interest in contemporary historical studies. In turn, the possibilities of sources brought by the New Political History have often been applied in the course of building about this "past". We deepened the studies about the Brazilian civil-military dictatorship, through the autobiography, the oral history, the intimate and personal records and official documents of repressive origin. We are put in touch with the trajectory of Albertina Rodrigues, a woman from Bahia with one artistic soul, life companion of Nelson Pires, who had Her life crossed by unfolding of the 1964 coup. She was student of Fine Arts, Her artistic performances were marks in Her daily routine, even when she acted in the student movement and in the armed battles being arrested and tortured in Rio de Janeiro. She was the Enemy of the State, the "option" for hiding and exile, that's all She had left to stay alive, breaking Her own barriers, endure hardship faced in exile and face away from the distance of His son in another country were challenges to be fulfilled in the (re) discovery of Herself. Thus, upon hearing the call of Albertina, We will be near to one of the female voices that rebelled against the repression and in defense of democracy, realizing the subjective and gender issues that permeated this route. Thus, it becomes a voice rising and shows how the representations of the past may have marks left by the political situation in Brazil at least until 1985.

6
  • ANTONIO SALES DA CRUZ JÚNIOR
  • REORGANIZAÇÃO DO MOVIMENTO PETROLEIRO E PETROQUÍMICO E A CRIAÇÃO DO PT EM ALGOINHAS/BA (1974-1984).

  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE ALVES DIAS
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • RAIMUNDO NONATO PEREIRA MOREIRA
  • Data: 28/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • A dissertação analisa a história do movimento dos petroleiros e petroquímicos da
    Bahia, entre os anos de 1974-1984, e a sua influência na criação do PT em Alagoinhas/BA. O
    problema teórico-metodológico enfrentado por nós nesse estudo foi o da totalidade, da qual os
    eventos analisados são um momento determinado. Contudo, não deixamos de reconhecer as
    singularidades de cada um deles. Nos anos 1960, ocorreu, na Bahia, a primeira greve
    petroleira do país. No inicio, a Petrobrás não praticava um salário nacional, e os operários da
    RLAN, por não acharem justo receber menos que os seus co-irmãos da refinaria de
    Cubatão/SP, deflagraram o movimento denominado ―equipara ou pára aqui‖. Em 1962
    conseguiram receber integralmente igual aos paulistas e já participavam das tomadas de
    decisões administrativas da refinaria de Mataripe. Mas veio o golpe de 1964, as intervenções
    nos sindicatos e uma gestão militarizada que não dava espaço aos representantes dos
    trabalhadores. Dez anos depois, com o anúncio da distensão política e a vitória das oposições
    nas eleições, vieram as mobilizações pela correção monetária do período 1973-1977, devido
    ao ―erro‖ do governo no cálculo do índice inflacionário de 1973. O equívoco desaguou na
    reativação da vida sindical no país, com o retorno das grandes greves. Tudo isso – junto às
    movimentações nas bases petroleiras (principalmente no Rio Grande do Sul e Paulínia/SP,
    onde correu um abaixo-assinado pela correção monetária) – levou a direção da Petrobrás a
    voltar a negociar com os sindicatos. Nesse ínterim, as ―lideranças autênticas‖ já sentiam a
    necessidade de um partido para a classe trabalhadora e, em 1978, apresentaram pela primeira
    vez essa proposta num Encontro dos petroleiros, realizado em Salvador/BA.


  • Mostrar Abstract
  • The dissertation analyzes the history of the movement of oil tankers and
    petrochemicals from Bahia, between 1974-1984, and its influence on the creation of the PT in
    Alagoinhas / BA. The theoretical-methodological problem faced by us in this study was that
    of wholeness, of which the events analyzed are a given moment. However, we do not fail to
    recognize the singularities of each of them. In the 1960s, the first oil strike in the country took
    place in Bahia. In the beginning, Petrobrás did not pay a national salary, and RLAN workers,
    because they did not think it was fair to receive less than their co-brothers from the Cubatão /
    SP refinery, started the so-called ―equate or stop here‖ movement. In 1962 they were able to
    receive in full the same as those from São Paulo and already participated in the administrative
    decisions of the Mataripe refinery. But then came the 1964 coup, union interventions, and
    militarized management that gave no space to workers' representatives. Ten years later, with
    the announcement of political distension and the victory of opposition in the elections, came
    the mobilizations for the monetary correction of the period 1973-1977, due to the
    government's ―mistake‖ in calculating the inflation rate of 1973. The mistake led to the
    reactivation of union life in the country, with the return of the great strikes. All this - together
    with the movements in the oil bases (mainly in Rio Grande do Sul and Paulínia / SP, where a
    petition for the monetary correction ran) - led the management of Petrobrás to negotiate again
    with the unions. In the meantime, the ―authentic leaders‖ already felt the need for a workingclass
    party and, in 1978, presented this proposal for the first time at a meeting of the oil
    tankers, held in Salvador / BA.

7
  • TELMA FERREIRA DE CARVALHO
  • NA CASA E NA MESA: CULTURA MATERIAL E SOCIABILIDADE NA BAHIA DO SEGUNDO REINADO (1841-1889)

  • Orientador : MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • SABRINA DAMASCENO SILVA
  • SUELY MORAES CERAVOLO
  • Data: 03/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação objetiva analisar, do ponto de vista do estudo da cultura material da Bahia do século XIX, os usos dos elementos de distinção social, material e simbólica, pelas famílias vinculadas à burocracia imperial, para o fortalecimento e manutenção do status quo social. Ademais, verificamos como as mudanças nos estilos e nos usos da cultura material em análise possuem relação direta com as práticas de sociabilidade, com as dinâmicas socioculturais e com a mobilização de símbolos de poder e afetos no jogo cotidiano do século XIX. A proposta é situar historicamente os artefatos no seu contexto de produção e usos nas casas das elites da Bahia oitocentista, na tentativa de compreender a razão pela qual sobreviveram aos tempos e o processo de sua singularização nos centros culturais da Cidade do Salvador da Bahia como símbolos associados à representação nacional. Assim, pela especificidade da proposição da pesquisa, elegemos e examinamos objetos acondicionados nos seguintes museus de Salvador: no Museu de Arte da Bahia (MAB), no Museu Carlos Costa Pinto (MCCP) e na Academia de Letras da Bahia (ALB). A leitura da iconografia desta cultura material explicitou possíveis estratégias dos proprietários na materialização da distinção social por meio dos objetos e, portanto, serviu como fio condutor para uma leitura das redes de sociabilidade entre as elites da Bahia do Segundo Reinado (1841-1889), recorte deste estudo. Trata-se de uma análise que articula fontes de natureza distinta, úteis para situar e compreender a historicidade desses artefatos que se encontram descontextualizados nesses centros de memória e, com isso, produzir uma interpretação histórica acerca do sentido dos seus usos nas casas e mesas das elites na sociedade brasileira, à época. Vimos como as casas e as mesas das elites da Bahia oitocentista tiveram um papel importante na orientação pedagógica dos sentidos e na condução de práticas sociais que contribuíram para o fortalecimento da coesão das elites no império brasileiro sob o manto de dom Pedro II.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation aims to analyze the usage of social, material and symbolical distinctiveness elements by families linked to the imperial bureaucracy for strengthening and maintaining the social status quo from the point of view of the studies of the material culture of XIX century Bahia. Furthermore, we investigate how the changes in style and usage of the aforementioned material culture are directly related to the practicing of sociability, to the socio-cultural dynamics and to the mobilization of power symbols constructed in the daily game of the period hereby discussed. The purpose here is to locate the artifacts historically into their context of making and usage in the houses of the eight-hundreds Bahia elites, in an attempt to understand the reason for which they endured the times and the process of their singling out in the cultural centers of the city of Salvador in Bahia as symbols associated with national representation. As such, we chose and examined objects kept in the following museums of Salvador: the Art Museum of Bahia (MAB), the Carlos Costa Pinto Museum (MCCP) and the Academy of Letter Arts of Bahia (ALB) for the specificity of the research proposition. The reading of this material culture's iconography disclosed possible strategies of the owners for the materialization of the social distinction through the objects, and, therefore, served as a guideline for a reading on the sociability networks among the elites of the Second Reign (1841-1889) Bahia, this study's frame. It is an analysis that joins sources of different character, useful to locate and understand the historicity of these artifacts that stand out of context in these centers of memory and, out of that, construct a historical interpretation on the meaning of their usage in the houses and tables of the elites in the Brazilian society at the time. We have seen how the houses and tables of the eight-hundreds Bahia performed an important role in the pedagogical orientation of the meanings and the carrying out of the social practices that contributed to the strengthening of the cohesion of the elites in the Brazilian empire under the cloak of Dom Pedro II. 

8
  • ELLEN CRISTINA MARQUES LUZ
  • DOM TOMÁS DA ENCARNAÇÃO COSTA E LIMA: PERFIL DE UM PRELADO POMBALINO (1723-1784)

  • Orientador : GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BRUNO GUILHERME FEITLER
  • EDIANA FERREIRA MENDES
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • Data: 04/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação tem por objetivo o de discutir, através da trajetória e ação episcopal do décimo bispo de Pernambuco, D. Tomás da Encarnação Costa e Lima, o perfil dos prelados diocesanos nomeados durante o período historiograficamente designado como “pombalino”, que coincide com os vinte e sete anos do reinado de D. José I, de 1750 a 1777, e da ação ministerial de Sebastião José de Carvalho e Melo, conde de Oeiras e marquês de Pombal. Os impactos das reformas pombalinas de cunho regalista no seio da Igreja portuguesa foram duradouros. Como o termo regalista deixa entrever, estas reformas pretenderam submeter todo o temporal da Igreja ao domínio do Estado, que se pretendia centralizador, e para isso contou com um grande número de agentes e de mecanismos que garantiram o sucesso do projeto pombalino para a igreja portuguesa. Os bispos, com o seu caráter misto de homens da igreja e de homens do estado, foram contributos essenciais nesse processo, tanto no que tange à defesa teórica do regalismo pombalino, quanto à aplicação prática das suas reformas.


  • Mostrar Abstract
  • This master’s thesis aims to discuss, through the trajectory and episcopal action of the 10th bishop of Pernambuco, D. Tomás da Encarnação Costa e Lima, the profile of the appointed diocesan bishops during the period designated by the historians as “pombalino”, which coincides with the twenty-seven years of the reign of D. Joseph I, from 1750 to 1777, and the ministerial action of Sebastião José de Carvalho e Melo, count of Oeiras and marquis of Pombal. The impacts of the “pombalinas” reforms, which were of “regalista” nature, within the Church in Portugal were lasting. The term means that the reforms intended to submit all the Church’s temporal power to the domain of the State, which was intended to centralization, and this was attended by a large number of agents and mechanisms that ensured the success of the pombaline project. The bishops, with its mixed character of men of the church and men of the state, were an essential contribution in this process, both in terms of the theoretical defense of the “regalismo pombalino”, and also regarding the practical execution of the reforms.

9
  • GILBERTO COUTO OLIVEIRA
  • REPRESSÃO A NELSON SOARES PIRES DURANTE A DITADURA MILITAR: UFBA, PROCESSO E EXÍLIO
    (1964-1979)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS NASSARO ARAUJO DA PAIXÃO
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • Data: 04/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esse trabalho tem por objetivo analisar a trajetória de Nelson Soares Pires entre os anos de 1964 a 1979, a partir do golpe civil-militar, tendo como foco principal a sua luta jurídica para se aposentar como professor da UFBA, o processo nº 30/66 que culminou na sua condenação em 27 de fevereiro de 1970 e seu posterior exilio de 1970 a 1979. O trabalho tentará mostrar como se deu a sua perseguição dentro da Faculdade de Medicina, e os pormenores do processo movido pelo Estado, na esfera criminal, que se arrastou por 6 anos, e que se mostrou repleto de erros e manobras jurídicas que postergaram o resultado do veredito. Demonstrarei também seu percurso no exílio no Chile, Portugal e Espanha que culminou com a sua volta em 1979, beneficiado pela Lei da Anistia.  


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to analyze the trajectory of Nelson Soares Pires between the years 1964 to 1979, from the civil-military coup, having as main focus his legal struggle to retire as a professor at UFBA, process nº 30/66 which culminated in his conviction on February 27, 1970 and his subsequent exile from 1970 to 1979. The work will try to show how his persecution took place inside the Faculty of Medicine, and the details of the process brought by the State, in the criminal sphere, which it dragged on for 6 years, and it was full of errors and legal maneuvers that postponed the outcome of the verdict. I will also demonstrate his journey in exile in Chile, Portugal and Spain that culminated in his return in 1979, benefited by the Amnesty Law. 

10
  • CARLA DA SILVA DE SALES
  • A IMPRENSA QUE EDUCA: O JORNAL DAS SENHORAS E A FORMAÇÃO MORAL E INTELECTUAL FEMININA (1852-1855)

  • Orientador : LIGIA BELLINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LIGIA BELLINI
  • MORENO LABORDA PACHECO
  • ADRIANA DANTAS REIS
  • Data: 05/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho versa sobre o Jornal das Senhoras, periódico brasileiro que circulou no Rio de Janeiro e províncias entre 1852 e 1855. Fundado e dirigido, durante os quatro anos de sua existência, apenas por mulheres, o jornal teve por principal finalidade a ilustração, o melhoramento social e a emancipação moral da mulher. Os textos nele veiculados eram de cunho informativo, recreativo e, sobretudo, educativo. É a este último aspecto que o presente trabalho direciona centralmente sua análise. No século XIX, a imprensa no Brasil, influenciada pelos ideais das Luzes, assumiu a função de agente educativo, e o conteúdo por ela propagado visava, entre outros objetivos, promover a instrução do seu público. O Jornal das Senhoras abordou a educação da mulher nos âmbitos intelectual, cultural, social e comportamental, com vistas à formação daquelas a quem ele dedicava as suas páginas. O objetivo desta dissertação é discutir os modos como o periódico investia na produção da mulher “ilustrada”, e compreender quais características ela deveria possuir para ser identificada como tal. 


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation deals with the Jornal das Senhoras, Brazilian publication that circulated in Rio de Janeiro and in the country’s provinces from 1852 to 1855. Founded and directed, during its four-year existence, only by women, the publication’s main purpose was illustration, the social improvement and the moral emancipation of women. The texts published in it were informative, recreational and, above all, educational. It is to this last aspect that the present work centrally directs its analysis. In the nineteenth century, the printed press in Brazil, influenced by Enlightenment ideals, played the role of educational agent, and the content propagated by it aimed, among other objectives, to promote the instruction of its audience. The Jornal das Senhoras addressed the education of women in the intellectual, cultural, social and behavioral areas. The aim of this dissertation is to discuss the ways in which the publication invested in the production of the "illustrated" woman, and to understand what characteristics she should have to be identified as such. 

11
  • MAYARA PRISCILLA DE JESUS DOS SANTOS
  • MARIA ODÍLIA TEIXEIRA: A PRIMEIRA MÉDICA NEGRA DA FACULDADE DE MEDICINA DA BAHIA (1884- 1937)

  • Orientador : IACY MAIA MATA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MAGALI GOUVEIA ENGEL
  • Data: 05/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Na presente dissertação tratamos das possibilidades apresentadas à população de cor no contexto do pós-abolição. Para tanto, utilizamos como lente a trajetória da primeira médica negra da Faculdade de Medicina da Bahia, Maria Odília Teixeira. A partir disso, discutimos a entrada das mulheres no ensino superior no Brasil; as possibilidades de estudo para as mulheres de cor; o desenvolvimento das carreiras das pioneiras na medicina; e as dimensões do casamento para essas pioneiras. Assim, percebemos que o período do pós-abolição foi palco de diversas tensões que envolviam o recorte racial e de gênero. Além da população de cor, as mulheres se fizeram atores centrais das mudanças e lutas que o início do século XX apresentava.

     


  • Mostrar Abstract
  • In this dissertation we deal with the possibilities presented to the colored population in the context of post-abolition. For that, we used as a lens the trajectory of the first black doctor at the Bahia Medical School, Maria Odília Teixeira. We discuss the access of women to higher education in Brazil; study possibilities for women of color; the development of the careers of medical pioneers; and the dimensions of marriage for these pioneers. Thus, we realized that the post-abolition period was the scene of several tensions that involved racial and gender issues, in which women became central players in the changes and struggles that the early twentieth century presented.

12
  • MICHELE SODRÉ DAS NEVES
  • "Mário Conde e Iván Cárdenas: personagens-testemunhas da narrativa pós-soviética de Leonardo Padura"

  • Orientador : LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • IACY MAIA MATA
  • DERNIVAL VENÂNCIA RAMOS JUNIOR
  • Data: 19/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • A análise desenvolvida nesta dissertação é centrada na narrativa do escritor Leonardo Padura, tendo como base a tetralogia “Estações Havana” (Pasado perfecto, Vientos de cuaresma, Mascaras, Paisaje de otoño), publicada na década de 1990, e o “O homem que amava os cachorros” (2009). Com os personagens principais de tais obras, Mario Conde e Iván Cárdenas, respectivamente, Padura reinterpreta a Cuba pós-soviética por uma perspectiva crítica e desencantada, abrindo espaço para o estudo do deslocamento do gênero policial para a América Latina. A narrativa do escritor colabora ainda para a investigação sobre o impacto da política cultural da parametrização e do “período especial” sobre os cubanos


  • Mostrar Abstract
  • The analysis conducted in this dissertation focuses on the narrative of the writer Leonardo Padura. It is based on the tetralogy “The Havana Quartet” (Havana Blue, Havana Gold, Havana Red and Havana Black) published in the 1990s and on “The Man who Loved Dogs” (2009). Pardura reinterpret post-Soviet Cuba in these books through the narrative of the main characters Mario Conde and Iván Cárdenas. He brings a critique and realist view to the story, by analyzing the police movement in Latin America. The writer also contributed to the research on the impact of cultural politics relared to standardization and to the “special time” on Cubans. Keywords: Leonardo Padura, Mario Conde, Iván Cárdenas, parametrization, special time, disenchantment.

13
  • IGOR ANTONIO SANTIAGO SOARES
  • “A JOGATINA DESENFREADA”: TRABALHO, LAZER E SOCIABILIDADES EM SALVADOR (1890- 1920)

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • LEONARDO AFFONSO DE MIRANDA PEREIRA
  • Data: 30/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação aborda os jogos de azar em Salvador. O marco inicial da pesquisa é a promulgação do Código Penal Republicano de 1890 e como limite final elegemos o ano de 1920, pois a partir desta década acreditamos que as configurações de repressão às apostas ilegais passam a ocorrer sob outros prismas, que vão desembocar nos esforços de criação da Delegacia de Jogos e Costumes. As fontes principais são os periódicos soteropolitanos, que nos auxiliam a entender as dinâmicas sociais existentes à época. Através deles foi possível identificar as diferentes atividades que envolviam a sorte e o azar e analisar os diferentes argumentos dos órgãos de imprensa que se esforçavam em atrelar as apostas ilegais especificamente aos trabalhadores, homens e mulheres pobres e de cor. Muitas vezes as matérias dos periódicos clamavam por ação policial, elaborando campanhas que buscavam traduzir os ideais propagados nos textos para ações no plano material. Os agentes de segurança pública também se tornam alvos dos periódicos, pois compartilhavam das mesmas práticas dos sujeitos que deviam coibir. Por fim, fica demonstrado que as apostas ilegais faziam parte de um amplo cenário de diversões, lazer e sociabilidades integrados ao comércio urbano, sendo os jogos de azar um elemento para pensarmos as formas de relação de trabalho e as dimensões de liberdade no pós-abolição.


  • Mostrar Abstract
  • This work purpose is to analyze the gambling in Salvador in the end of the 19th and the first decades of the 20th centuries. The starting point is the 1890's Brazilian Penal Code and the end is the year of 1920, when rules against gambling changed. The main documents used in this work are the Salvador newspapers, mainly the Diário de Notícias. The newspapers allow us to study the city and its workers daily routine, as well as to examine the arguments used against gambling. The press tried to blame workers for all the city’s gambling problems, usually poor and black men and women from the working class. The newspapers demanded police attention, requesting repressive actions. We discussed how the problems related to gambling were more profound, having to do not only with recreation control. The gambling was a new element who was part of the entertainment market in the new Brazilian Republic and the repression against it involved discussions about what was considered the real work after the recent abolition of slavery.

14
  • MARLOS CANDIDO SOUZA REZENDE
  • “PREMIAR CONFORME O MERECIMENTO”: SERVIÇO AO REINO E REQUISIÇÃO DO MERCÊS NA SOCIEDADE COLONIAL DE PORTO SEGURO (1796-1803)

  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • ANA PAULA MEDICCI
  • EDUARDO JOSÉ SANTOS BORGES
  • PABLO ANTONIO IGLESIAS MAGALHAES
  • Data: 26/09/2019

  • Mostrar Resumo
  • Nesta pesquisa analisamos os desdobramentos de um ataque francês ocorrido na Freguesia de
    Santa Cruz, termo da Comarca de Porto Seguro, observando como alguns envolvidos no
    combate aos franceses converteram o episódio numa possibilidade de ganhos honoríficos e
    materiais, respaldando-se na política de mercês da Coroa de Portugal. Por meio do processo de
    Justificação de Serviços do capitão da quarta Companhia de Homens Pardos de Porto Seguro,
    Antônio Mariano Borges, mapearemos os procedimentos burocráticos para se beneficiar da
    Economia de Mercê e o conjunto de ações mobilizadas por indivíduos estigmatizados por sua
    ascendência para alcançar uma melhor posição social. O referido ataque ocorreu no dia 12 de
    agosto de 1796, em meio a um contexto de disputas entre governos monárquicos e a França
    revolucionária, impulsionando a Coroa portuguesa a lançar mão dos súditos na defesa de seus
    domínios. Com a pesquisa, demonstraremos que mesmo em meio a crise do Antigo Regime, a
    monarquia portuguesa não abdicou de sua cultura política, mas reafirmou seus valores,
    combateu os novos e beneficiou os súditos em troca de sua fidelidade e de seus serviços.


  • Mostrar Abstract
  • In this research we analyze the consequences of a French attack in the parish of Santa Cruz,
    that belonged to the district of Porto Seguro, observing some people involved in the fight against
    the French have converted the episode into a possibility of honorary and materials gains,
    warmed up by Portuguese Crown's merchant policy. Through the process of justification of
    services of the captain of the fourth company of Brown men of Porto Seguro, Antônio Mariano
    Borges, we will map the bureaucratic procedures to benefit the economy of Mercy and the set
    of actions mobilized by Individuals stigmatized by their ancestry to achieve a better social
    position. The aforementioned attack took place on August 12, 1796, amid a context of disputes
    between monarchic governments and revolutionary France, propelling the Portuguese crown to
    lay hands on the subjects in the defense of their domains. With the research, we will demonstrate
    that even amid the crises of the old regime, the Portuguese monarchy did not abdicate its values,
    fought the new ones and rewarded the subjects in exchange for their fidelity and their services.

15
  • LÍVIA CAROLINE SANTOS ALVES
  • A PRÁTICA DE ENSINO NO CURSO DE HISTÓRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (2001-2008)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CELESTE MARIA PACHECO DE ANDRADE
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • Data: 07/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • Com a constituição do campo do ensino de História, na década de 1970, criou-se uma
    legitimidade para a prática de ensino. Não mais vista como uma técnica, começou a ser estudada
    como um espaço de saber; um dos resultados da nova postura vieram com a criação de leis e
    diretrizes para aperfeiçoa-la. A pesquisa objetivou analisar como a prática de ensino, afirmada
    pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica,
    em 2001, foi implementada no curso de História da Universidade Federal da Bahia, em 2008.
    Com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei no 9394/96 houve a disponibilidade
    300 horas para prática de ensino, atualizadas em 2001, pelas Diretrizes Curriculares Nacionais
    para a Formação de Professores da Educação Básica para 800 horas (400 horas para a Prática
    como Componente Curricular e 400 horas para o Estágio Curricular Supervisionado).
    Evidenciaremos como as disputas do campo do ensino de História por legitimidade se
    conformou no currículo da Universidade Federal da Bahia e como as 800 horas foram
    implementadas na reforma. A distribuição da carga horária evidenciou como os sujeitos que
    trabalharam o currículo lidaram com a legislação, com os seus conceitos de prática de ensino e
    formação do profissional de História. As mudanças não aconteceram automaticamente, mas
    influenciadas por toda uma concepção existente. Analisar a prática de ensino se faz necessário
    para refletir o arranjo possível do curso de História da Universidade Federal da Bahia. Posições
    adotadas foram observadas por meio do Projeto Pedagógico do Curso e pela ementa das
    disciplinas. Embora o currículo ressaltasse a importância da formação do professor, existia uma
    visão tradicional da prática de ensino. Começamos a dissertação com a criação das primeiras
    universidades e cursos de História, e como se desenrolou uma insatisfação e constituição do
    campo do ensino de História na redemocratização. Terminamos com a análise da Lei de
    Diretrizes e Bases da Educação Nacional e das Diretrizes Curriculares Nacionais para a
    Formação de Professores da Educação Básica e como elas se apresentaram no currículo do
    curso de História da Universidade Federal da Bahia, em 2008.


  • Mostrar Abstract
  • With the constitution of the field of History teaching, in the 1970s, legitimacy for teaching
    practice was created. No longer seen as a technique, it started to be studied as a space of
    knowledge; one of the results of the new stance came with the creation of laws and guidelines
    to improve it. The research aimed to analyze how the teaching practice, affirmed by the National
    Curriculum Guidelines for the Formation of Teachers of Basic Education, in 2001, was
    implemented in the History course of the Federal University of Bahia, in 2008. With the Law
    of Guidelines and Bases of National Education - Law No. 9394/96 there were 300 hours
    available for teaching practice, updated in 2001, by the National Curriculum Guidelines for the
    Training of Basic Education Teachers for 800 hours (400 hours for Practice as a Curricular
    Component and 400 hours for Supervised Curricular Internship). We will show how the
    disputes in the field of history teaching for legitimacy conformed in the curriculum of the
    Federal University of Bahia and how the 800 hours were implemented in the reform. The
    distribution of the workload showed how the subjects who worked on the curriculum dealt with
    the legislation, with their concepts of teaching practice and training of history professionals.
    The changes did not happen automatically, but were influenced by an existing concept.
    Analyzing teaching practice is necessary to reflect the possible arrangement of the History
    course at the Federal University of Bahia. Adopted positions were observed through the
    Course's Pedagogical Project and the subjects' menu. Although the curriculum emphasized the
    importance of teacher education, there was a traditional view of teaching practice. We started
    the dissertation with the creation of the first universities and History courses, and as a
    dissatisfaction and constitution of the field of History teaching in the redemocratization
    unfolded. We finished with the analysis of the Law of Guidelines and Bases of National
    Education and of the National Curriculum Guidelines for the Formation of Teachers of Basic
    Education and how they were presented in the curriculum of the History course of the Federal
    University of Bahia, in 2008.

16
  • ANNE ALVES DA SILVEIRA
  • SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO ESPIONADO: A ATUAÇÃO DO SERVIÇO DE INFORMAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA (1972-1979)

  • Orientador : ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • RODRIGO PATTO SÁ MOTTA
  • Data: 08/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa analisa o processo de criação e atuação da Assessoria Especial de Segurança e
    Informação, implantada na Universidade Federal da Bahia em 1972. Pertencente à estrutura de
    repressão do Estado ditatorial, este órgão teve por intuito coletar informações sobre a
    comunidade acadêmica, assessorando o reitor, no que fosse possível, em prol da “Segurança
    Nacional”. Por meio da vigilância, a Assessoria visava manter o controle da Universidade,
    evitar a proliferação da “subversão” e garantir que os atos de “rebeldia” fossem punidos pelos
    dirigentes. Para a pesquisa, foram utilizados documentos produzidos pela própria assessoria
    como relatórios, ofícios confidenciais enviados e recebidos por órgãos de informação e de
    segurança, regimentos internos, decretos, portarias e anexos como clipping de jornais
    comerciais de várias regiões do país, publicações produzidas por estudantes e as anônimas–
    divulgadas em ambientes universitários ou encontradas sob posse de universitários.
    Realizamos também entrevistas tanto com pessoas que trabalharam na assessoria, quanto com
    membros da comunidade. Além disso, algumas oitivas produzidas pela Comissão Milton Santos
    de Memória e Verdade foram investigadas. Esses documentos ampararam uma análise do
    contexto em que se deu a atuação da Assessoria, bem como dos impactos das intervenções do
    aparato repressivo no ambiente universitário.


  • Mostrar Abstract
  • The research analyzes the process of creation and performance of the Special Advisory Office
    of Security and Information, implanted in the Federal University of Bahia in 1972. Belonging
    to the structure of repression of the dictatorial state, this body had the purpose to collect
    information about the academic community, advising the dean, wherever possible, in favor of
    "National Security". Through surveillance, the Advisory Board aimed to maintain control of
    the University, prevent the proliferation of "subversion" and ensure that acts of "rebellion" were
    punished by the leaders. For the research, were used documents produced by the advisory itself
    as reports, confidential letters sent and received by information and security agencies, bylaws,
    decrees, ordinances and attachments as clipping of commercial newspapers from various
    regions of the country, student-produced and anonymous publications - published in university
    settings or found under university ownership. We also conducted interviews with both staff
    members and community members. In addition, some hearings produced by the Milton Santos
    Commission on Memory and Truth were investigated. These documents supported an analysis
    of the context in which the Advisory's action took place, as well as the impacts of repressive
    apparatus interventions on the university environment.

17
  • LEANDRO DIAS DOS SANTOS
  • Devo que pagarei: comércio e crédito na Vila de Ilhéus na primeira metade do oitocentos

  • Orientador : ANA PAULA MEDICCI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA MEDICCI
  • MARCELO HENRIQUE DIAS
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • Data: 10/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO

    Esta investigação visa analisar as práticas creditícias na Vila de Ilhéus na primeira metade do
    Oitocentos, assim como seus agentes e as redes financeiras presentes na dinâmica econômica
    e social daquela vila. Nessa perspectiva, o estudo propõe compreender, a partir do crédito, as
    diversas estratégias utilizadas pelos moradores da Vila de Ilhéus para se obter bens e capitais
    num período de escassez monetária e num lugar tido como pobre e isolado do circuito
    comercial, de acordo com parte da bibliografia especializada. A base empírica dessa pesquisa
    é composta pelo banco de dados de escrituras, procurações, assim como os registros
    eclesiásticos de terras, os testamentos e; os inventários post-mortem dos principais agentes de
    crédito daquela Vila. Estas fontes revelaram uma considerável circulação monetária através
    de compras e vendas à vista de imóveis urbanos, rurais, escravizados e bens mercantis. Além
    disso, a documentação estudada mostra um importante mercado de crédito que envolveu
    pessoas de diferentes categorias sociais, que variavam desde grandes senhores de engenhos,
    pequenos lavradores, comerciantes, indivíduos detentores de cargos públicos e, até mesmo,
    escravizados. Foi possível perceber também que as relações interpessoais de amizade,
    compadrio, matrimônio e de ajuda mútua foram fundamentais para um indivíduo conseguir
    bens e capitais. A partir da análise dos inventários post-mortem dos personagens que mais
    atuaram nas escrituras de compras e vendas à vista ou a prazo, pudemos inferir que havia uma
    elite de prestamistas na localidade e que estes homens conseguiram montar redes creditícias
    que ultrapassavam as fronteiras da então Vila de Ilhéus. Assim, foi possível afirmar que
    Ilhéus no período em foco estava vivendo uma época de gradual desenvolvimento, tendo
    como elementos basilares o crédito, a especulação de terras e a produção de açúcar,
    aguardente, gêneros alimentícios e cacau, produto último que transformou a futura cidade de
    Ilhéus numa das principais cidades da Bahia no final do século XIX e ao longo do século XX.


  • Mostrar Abstract
  • This research aims to analyze the credit practices in the village of Ilhéus in the first half of the
    Eight Hundred, as well as their agents and the financial networks present in the economic and
    social dynamics of that town. From this perspective, the study proposes to understand, from
    credit, the various strategies used by the residents of Ilhéus to obtain goods and capital in a
    period of monetary scarcity and in a place considered as poor and isolated from the
    commercial circuit, according to part from the specialized bibliography. The empirical basis
    of this research is the database of scriptures, powers of attorney, as well as ecclesiastical land
    records, wills, and; the post-mortem inventories of the main loan officers in that village.
    These sources have revealed considerable cash circulation through spot purchases and sales of
    urban, rural, enslaved and commercial real estate. In addition, the documentation studied
    shows an important credit market involving people from different social categories, ranging
    from large landowners, small farmers, merchants, individuals holding public office, and even
    enslaved. It was also possible to realize that interpersonal relationships of friendship,
    cronyism, marriage and mutual help were fundamental for an individual to obtain goods and
    capital. From the analysis of the post-mortem inventories of the characters that most acted in
    the deeds of purchase or sales in sight or in installments, we could infer that there was an elite
    of lenders in the locality and that these men were able to set up credit networks that crossed
    the borders of the time. Ilhéus village. Thus, it was possible to state that Ilhéus in the period in
    focus was living a time of gradual development, having as its basic elements credit, land
    speculation and production of sugar, spirits, foodstuffs and cocoa, the last product that
    transformed the future city of Ilhéus in one of the main cities of Bahia in the late nineteenth
    century and throughout the twentieth century.

18
  • Sulamita Pinto Lima
  • O Signo do Diabo em forma de Mulher: A Inquisição na Bahia de Todos os Santos 1591- 1699.

  • Orientador : MARCELO PEREIRA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA DANTAS REIS
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • MARCO ANTONIO NUNES DA SILVA
  • Data: 04/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • : O imaginário da mulher bruxa e feiticeira levou centenas de mulheres ao Tribunal do Santo Ofício durante sua existência. Imaginário este fortalecido pelas elites religiosas com o intuito de disciplinarizar e domesticar os corpos femininos. Na busca por moralidade e bom comportamento de seus fiéis, a Igreja, juntamente com a Inquisição Portuguesa, perseguiu práticas consideradas hereges na tentativa de extirpar esses tipos de transgressões do reino e de seus territórios ultramarinos. Com base em nove denúncias do Caderno do Promotor, mas também nos códigos civis e manuais temos como acusados diversos homens e mulheres, brancas/os, pretas/os e indígenas/os. Buscaremos compreender neste trabalho como os papéis de gênero impunham-se às mulheres um caráter demonizador e estigmatizador, que circulavam no Brasil colônia. Deseja-se mapear quais estereótipos foram atribuídos a esses sujeitos considerados agentes do Diabo e que impacto tiveram na manutenção e propagação dos seus ritos em uma sociedade que se dizia estritamente cristã.


  • Mostrar Abstract
  • The imagery of the witch and sorceress woman took hundreds of women to the Tribunal of the Holy Office during her existence. This imaginary is strengthened by religious elites in order to discipline and domesticate female bodies. In the search for morality and good behavior of its faithful, the Church, together with the Portuguese Inquisition, pursued practices considered heretics in an attempt to root out these types of transgressions from the kingdom and its overseas territories. Based on nine complaints from the Prosecutor's Notebook, but also on civil and manual codes, we have several accused men and women, white, black and indigenous. We will seek to understand in this work how gender roles were imposed on women with a demonizing and stigmatizing character, which circulated in colony Brazil. We want to map which stereotypes were attributed to these subjects considered agents of the Devil and what impact they had on the maintenance and propagation of their rites in a society that called itself strictly Christian.

19
  • THASIO FERNANDES SOBRAL
  • MOVIMENTOS HOMOSSEXUAIS NO JORNAL LAMPIÃO DA ESQUINA (1978-1981)

  • Orientador : MARCELO PEREIRA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIAS FERREIRA VERAS
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • Data: 04/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Lampião da Esquina foi um periódico editado entre abril de 1978 e julho de 1981 no eixo Rio de Janeiro e São Paulo. Elaborado por um grupo intelectualizado de homens homossexuais, rodou 38 edições, sendo o primeiro distribuído por todo Brasil, a fomentar os debates e os movimentos sociais sobre sexualidades dissidentes no país. Abertamente opinativos, estes homens buscaram abordar de maneira política as homossexualidades. O Lampião da Esquina foi um jornal desviante e as posturas desse mensário propõe alguns caminhos que nos levam ao objetivo dessa pesquisa. Busca-se investigar as relações do Lampião com os movimentos homossexuais que aparecem em suas páginas. Para tal, estudamos suas edições dando evidência às sexualidades dissidentes e as suas diferentes formas de repressão moral, devido aos mecanismos censórios dos governos militares. Além de discutir os deslocamentos e sofisticações de discursos e instrumentos utilizados para perseguir os grupos protagonistas desta dissertação. Analisou-se, através de sua trajetória, os vínculos do Lampião com alguns jornais próximos a uma esquerda tradicional heteronormativa. Investigou-se, também, os debates dos movimentos das minorias presentes no seu tempo e as disputas de projetos políticos para o movimento homossexual, do qual nosso periódico homoerótico foi um dos principais articuladores e protagonistas. Por fim, inqueriu-se seus discursos sobre as organizações políticas dos homossexuais ao examinar três seções do mensário: Opinião, Ativismo e Cartas na Mesa, ao debater as posições e os silenciamentos do jornal, evidenciando suas confluências e contradições.


  • Mostrar Abstract
  • Lampião da Esquina was a journal published between April 1978 and July 1981 on the Rio de Janeiro and São Paulo axis. Developed by an intellectualized group of homosexual men, it rolled 38 editions, the first to being distributed throughout Brazil, and to foster debates and social movements about dissident sexualities in the country. Overtly opinionated, these men sought to approach homosexualities politically. The Lampião da Esquina was a deviant newspaper and his postures offers us some ways that lead to the objective of this work. It seeks to investigate Lampião's relations with the homosexual movements that appear in its pages. To this end we evaluate their editions giving evidence of dissident sexualities and their different forms of moral repression, due to the censorship mechanisms of military governments. Therefore, we investigate its pages giving evidence to the dissident sexualities and their different forms of moral repression, due to the censorship mechanisms of the military governments. Besides, to debate about the displacements and sophistication of discourses and instruments used to persecute the protagonist groups of this dissertation. Through its trajectory, it was analyzed the links of Lampião links with some journals close to a traditional heteronormative left. It sought to investigate, as well, the debates of minority movements present in its time, as well about disputes over political projects for the homosexual movement, of which our homoerotic journal was one of the main articulators and protagonists. Lastly, its opinions on the political organization of homosexuals by analyzing three sections of the journal: Opinião, Ativismo and Cartas na Mesa, investigating of the newspaper's postures and silences, presenting the confluences and contradictions.

20
  • GEORGIA DOMINIQUE VANESSA CEDRAZ LOPES
  • “TRABALHANDO POR CONTA PRÓPRIA”: MULHERES DE COR E TRABALHO URBANO NA HAVANA ENTREGUERRAS (1868-1880)

  • Orientador : IACY MAIA MATA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • JULIANA BARRETO FARIAS
  • YNAÊ LOPES DOS SANTOS
  • Data: 05/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • As duas primeiras guerras por independência e abolição da escravidão em Cuba (Guerra de Dez Anos e Guerra Chiquita) começaram no setor Oriental da ilha; posteriormente, se estenderam ao Centro; todavia, o front de combates bélicos, que devastou inúmeras cidades e vilas, zonas rurais e urbanas, não chegou a Havana, capital da colônia espanhola. Ainda assim, a população havaneira sofreu os reflexos socioeconômicos dos conflitos. Neste cenário de tensões sociais, de mudanças profundas, analisamos o mundo do trabalho urbano executado por mulheres de cor em Havana durante a segunda metade do século XIX, quando os conflitos armados ocorreram; entre 1868 e 1880. Esta pesquisa permitiu ampliar as considerações elaboradas pela historiografia acerca das contribuições socioeconômicas que as mulheres de cor deram à sociedade colonial cubana; concluímos a princípio que, muito mais que números expressivos e mão de obra basilar para o funcionamento das cidades coloniais, mesmo em meio às guerras, estas mulheres incrementaram a economia ao lutar cotidianamente por sobrevivência e liberdade, ainda que, nem sempre isso tenha significado sair do cativeiro ou ascender socialmente, e, muito pelo contrário tenha significado, incontáveis vezes, permanecer numa vida de miserabilidade. Concluímos, também que, muito mais que numerosas trabalhadoras, amplamente notadas por viajantes e expressamente presentes nos censos elaborados pelas autoridades coloniais, estas mulheres seguiram sendo incansáveis expoentes dos direitos dos de cor, iniciando processos judiciais, todavia, com novos argumentos, explicitando estarem atentas às mudanças sociais e legais que lhes rodeavam; isto é, seguiram apresentando contundentes alegações contra senhores/as de escravos, movendo processos na busca por uma vida melhor, ao mesmo tempo em que os homens de cor lutavam por liberdade no Exército Libertador. As páginas desta pesquisa tentam transpor, então, o cenário de batalhas no front, voltando-se para a análise dos combates diários que as mulheres de cor travaram mesmo não pegando em armas. Analisamos de que modo negras e mestiças lutaram para que seus ideais de liberdade e justiça fossem vitoriosos na batalha cotidiana contra a sociedade colonial. Analisamos, sob a perspectiva da História Social, as estratégias utilizadas por essas mulheres na luta por uma vida menos cruel; por acesso a espaços públicos em que a suspeição não fosse uma premissa; por uma vida sem vigilância. Ao fim e, ao cabo, concluímos que, em verdade, mesmo antes da segunda metade do Oitocentos, quando as guerras sequer haviam começado, as mulheres de cor já tinham uma tradição de luta por liberdade e melhores condições de vida, todavia, com os conflitos bélicos se expandindo por longos anos do século XIX e mudanças nas legislações e na economia ocorrendo dentro e fora da sociedade colonial espanhola, a vida dessas mulheres sofreu importantes reveses mas também seguiu em meio a relevantes permanências.


  • Mostrar Abstract
  • The first two wars for independence and the abolition of slavery in Cuba (Ten Year War and Chiquita War) started in the eastern sector of the island; later, they extended to the Center; however, the war front, which devastated countless cities and towns, rural and urban areas, did not reach Havana, capital of the Spanish colony. Even so, the people of Havana suffered from the socioeconomic consequences of the conflicts. In this scenario of social tensions, of profound changes, we analyze the world of urban work performed by women of color in Havana during the second half of the 19th century, when armed conflicts occurred; between 1868 and 1880. This research allowed to expand the considerations elaborated by historiography about the socioeconomic contributions that women of color gave to the Cuban colonial society; we concluded in principle that, much more than expressive numbers and basic labor for the functioning of colonial cities, even in the midst of wars, these women increased the economy by fighting daily for survival and freedom, although, this did not always mean leaving captivity or to ascend socially, and quite the contrary has meant, countless times, to remain in a life of poverty. We also concluded that, much more than numerous workers, widely noticed by travelers and expressly present in the censuses prepared by the colonial authorities, these women continued to be tireless exponents of the rights of those of color, initiating legal proceedings, however, with new arguments, explaining that they were attentive to the social and legal changes that surrounded them; that is, they continued to make strong claims against slave masters, moving lawsuits in search of a better life, at the same time that men of color were fighting for freedom in the Liberating Army. The pages of this research try to overcome, then, the battle scenario on the front, turning to the analysis of the daily combats that women of color fought even without taking up arms. We analyze how blacks and mestizos fought for their ideals of freedom and justice to be victorious in the daily battle against colonial society. We analyzed, from the perspective of Social History, the strategies used by these women in the struggle for a less cruel life; for access to public spaces where suspicion was not a premise; for a life without surveillance. In the end, and in the end, we concluded that, in truth, even before the second half of the nineteenth century, when the wars had not even started, women of color already had a tradition of fighting for freedom and better living conditions, however, with the war conflicts expanding for long years of the 19th century and changes in legislation and the economy occurring inside and outside Spanish colonial society, the lives of these women suffered important setbacks but also continued in the midst of relevant stays.

21
  • SAMUEL SANTOS FREITAS
  • Jovens Unidos do Calabar (JUC): Experiência de um Movimento de Bairro de Salvador (1977-1985)

  • Orientador : IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIA DOS SANTOS GARCIA
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • Data: 06/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação tem por objetivo analisar a trajetória do grupo de Jovens Unidos do Calabar (JUC), movimento de bairro de Salvador – Bahia, entre os anos de 1977 e 1985. Neste estudo, buscou-se compreender o protagonismo juvenil durante o processo de formação do movimento de bairro do Calabar. A trajetória do JUC é um importante instrumento para pensar as lutas sociais encampadas pelos moradores dos bairros populares de Salvador no período de distensão política da ditadura militar brasileira. A consciência sobre o espaço que ocupavam na cidade, formada no contexto dos movimentos populares de Salvador, da influência de setores da Igreja Católica e das próprias experiências cotidianas na comunidade e no âmbito da cidade, permitiram aos jovens do Calabar a construção de redes de parceiras com organizações políticas e sociais, que dinamizaram a luta comunitária do bairro. Na elaboração deste estudo, foram utilizadas como fontes históricas uma diversidade de documentos, a exemplo de regulamentos, certidões institucionais, estatutos, atas de reuniões, cartas, correspondências, comunicados, panfletos, fotos, censos, jornais comunitários, jornais da imprensa comercial e relatos orais. A partir da análise desses registros históricos, percebeuse que o movimento de bairro do Calabar se constituiu dentro de um processo de luta por equipamentos e bens de consumo coletivo e direito à moradia, ou seja, pelo direito à cidade. Compreende-se o movimento de bairro do Calabar, experenciado nos anos 1970 e 1980, como um marco histórico no processo de construção da identidade dos moradores do Calabar.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis has as an objective to analyze the trajectory of the group Jovens Unidos do Calabar (JUC), neighborhood movement from Salvador - Bahia, from years 1977 to 1985. In these studies, we seek to comprehend the juvenile protagonism during the formation process of Calabar‟s neighborhood movement. The trajectory of the JUC group is an important instrument to think of social fights that were taken on by residents from popular neighborhoods of Salvador, in a period of political distension in the Brazilian military dictatorship. The conscience over the space occupied by juveniles in the city, conceived within the context of popular movements from Salvador, the influence of sectors of the Catholic Church and their own day-to-day experiences in the community and concerning the city allowed the juveniles from Calabar to create partnership networks, with social and political organizations, which dynamized the fight of the community in the neighborhood. In the development of these studies, we utilized as historical sources: regulations, institutional certificates, statutes, meeting minutes, letters, correspondences, releases, brochures, photographs, census, community newspapers, trade press newspapers and oral sources. From the analysis of those historical records, we understand that Calabar‟s neighborhood movement was conceived within a process of fighting for equipments and collective common goods, and also for housing rights. In other words, the right to the city. We comprehend Calabar‟s neighborhood movement, experienced between the years 1970 to 1980, as a landmark in the process of construction of Calabar‟s residents‟ identity.

Teses
1
  • ALEX DE SOUZA IVO
  • O SINDICALISMO PETROLEIRO E A QUESTÃO NACIONAL, ENTRE A DEMOCRACIA E A DITADURA (BAHIA, 1957 – 1968)

  • Orientador : MARIA CECILIA VELASCO E CRUZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • MARIA CECILIA VELASCO E CRUZ
  • ANDRÉ KAYSEL VELASCO E CRUZ
  • ALDRIN ARMSTRONG SILVA CASTELLUCCI
  • Data: 18/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese trata do movimento sindical petroleiro na Bahia entre os anos de 1957 e 1968. A análise abarca o intervalo de tempo que vai da fundação do Stiep-Ba até a segunda leva de intervenções feita pela Ditadura Militar contra as entidades sindicais dos petroleiros baianos, voltada mais especificamente contra o Sindipetro-Ba. Nosso foco analítico está voltado para a abordagem que as agremiações operárias fizeram da questão nacional. Neste estudo, argumentamos que a conjuntura da década de 1950 ajudou a moldar a identidade sindical dos trabalhadores do petróleo, constituindo características que resistiram tanto às práticas mais repressivas e violentas perpetradas pelos militares quanto aos mecanismos mais sutis e sofisticados voltados para o controle operário. O estudo está amparado por um diversificado conjunto documental, que mescla depoimentos orais, obras memorialísticas, registros da imprensa, atas sindicais, registros produzidos pelos órgãos de controle e repressão, dentre outros.


  • Mostrar Abstract
  • This doctoral thesis is a study of the petroleum trade union movement in Bahia between the years of 1957 and 1968. The analysis board the time span from the foundation of Stiep-Ba (Trade Union of Workers of the Oil Extraction Industry, section Bahia), until the second intervention made by the Military Dictatorship against the trade unions of the Bahian oil tankers, directed more specifically against Sindipetro-Ba (Petroleum Workers' Union, section Bahia). The analytical focus is focused on the approach that the workers' associations have made of the national question. In this study, we argue that the conjuncture of the 1950s helped shape the trade union identity of oil workers, constituting characteristics that resisted both the most repressive and violent practices perpetrated by the military and the more subtle and sophisticated mechanisms aimed at controlling the laborers. The study is supported by a diverse set of documents, which combine oral testimonies, memorial works, press records, union records, records produced by the control and repression organs, among others.

2
  • KARINE TEIXEIRA DAMASCENO
  • PARA SEREM DONAS DE SI: MULHERES NEGRAS LUTANDO EM FAMÍLIA. FEIRA DE SANTANA, BAHIA, 1871-1888

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CECILIA CONCEICAO MOREIRA SOARES
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • JULIANA BARRETO FARIAS
  • ROBERT WAYNE ANDREW SLENES
  • Data: 12/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Neste estudo, reconstituo a experiência das mulheres negras escravizadas, libertas e livres enquanto lutavam pela liberdade legal para si mesmas, para suas filhas e filhos, para outras pessoas da família e demais integrantes da comunidade negra, em Feira de Santana, entre 1871 e 1888. Para tanto, foram analisados documentos como ações de liberdade, assentos de batismo, atestados de óbito, cartas de alforrias, escrituras de compra e venda de pessoas escravizadas, inventários e procurações. A partir de uma abordagem qualitativa e quantitativa, as marcas deixadas por essas mulheres em seu itinerário bem como de pessoas relacionadas a elas foram cruzadas. Desse modo, foi possível saber que, a despeito da opressão interseccional sofrida de classe, gênero e raça, as mulheres negras foram personagens centrais na luta pela liberdade legal. O cruzamento destes documentos permitiu constatar que as especificidades da escravidão feminina influenciaram suas escolhas por esse tipo de liberdade. Embora, na maior parte das vezes, suas vozes somente tenham podido ser ouvidas mediadas por outros personagens, a exemplo dos curadores que as representavam nas ações judiciais, suas atuações repercutiram nas avaliações e preocupações das autoridades, da classe senhorial e de integrantes do movimento abolicionista em âmbito nacional e internacional. 


  • Mostrar Abstract
  • In this study, I recreate the experience of free, freed and enslaved black women as they struggled for legal freedom for themselves, for their sons and daughters and for other members of their families and the black community in Feira de Santana between 1871 and 1888. To this end, documents such as actions of freedom, baptism and death certificates, letters of freedom, and inventories, requests and receipts for purchase and sale of enslaved people, were analyzed. Applying a quantitative and qualitative approach, the traces left by these women along the way, in addition to those of people associated with them, were compared. In this way, it was possible to understand that, regardless of the intersectional class, gender and race oppressions suffered, black women were central figures in the struggle for legal freedom. The comparison of these documents allowed us to perceive that the specificities of female slavery influenced their choices for this type of freedom. Although in the majority of cases, their voices could only be heard via those of other people, such as the public defenders who represented them in the judicial hearings, their actions resonated in the evaluations and concerns of the authorities, of the slave owning class and of members of the abolitionist movement both at the national and international level. 

3
  • LIELVA AZEVEDO AGUIAR
  • ENTRE A POLÍTICA E A MAGISTRATURA. O BARÃO DE CAETITÉ E SUAS ARTICULAÇÕES NO IMPÉRIO (ALTO SERTÃO DA BAHIA E ALÉM, 1840-1880)

  • Orientador : ANTONIO LUIGI NEGRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • FELIPE AZEVEDO E SOUZA
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • CAROLLINA CARVALHO RAMOS DE LIMA
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • Data: 23/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo apresenta a trajetória do magistrado José Antônio Gomes Neto, que, embora vivesse em Caetité, na região do alto sertão da Bahia, distante dos centros políticos do país, a exemplo da capital da província, Salvador, e da Corte, no Rio de Janeiro, manteve intensas e profundas articulações com a política imperial em diversos níveis. Por meio de correspondências pessoais preservadas por sua família – hoje salvaguardadas no Arquivo Público Municipal de Caetité – foi possível mapear, relacionar e analisar suas redes sociais, entre as décadas de 1840, depois que se graduou bacharel em ciências jurídicas pela academia de Olinda, e 1880, quando consolidou sua carreira, alcançando o título nobiliárquico de barão de Caetité.  Dessa forma, o presente estudo não só discute, de uma perspectiva bastante privilegiada, o quanto a formação superior foi importante para a tessitura de redes sociais no Império, no sentido de que as faculdades proporcionavam uma aproximação entre as elites de todo o país, mas também demonstra o quanto os homens mais destacados da corte, deputados, senadores, ministros e conselheiros, estiveram ligados às lideranças locais. Nessa perspectiva, também realça o papel decisivo dos termos e vilas e das lideranças regionais dentro do processo eleitoral, bem como a relação de dependência e as estreitas alianças mantidas entre o governo central e os chefes políticos locais, ponto salutar para se compreender o projeto de consolidação da nação. No caso de José Antônio Gomes Neto, a caminhada pari passu da vida profissional e política reflete ligações que ele mantinha fora do sertão, com magistrados e políticos diversos, ocupantes de diferentes posições no Império. Tendo uma carreira jurídica estabilizada, sua trajetória abre espaço para uma discussão muito fecunda sobre os meandros da política e da magistratura no Brasil imperial, palmilhando as questões em torno do público e do privado, já presente em outros estudos. A inserção em redes sociais influentes contribuiu para a conquista de posições de destaque para si, seus familiares e aliados políticos dentro e fora da Bahia, especialmente para seus sobrinhos, Joaquim Manuel Rodrigues Lima e Antônio Rodrigues Lima, que se tornaram exponenciais nas câmaras legislativas do Império. Para garantir poder político, prestígio e status, José Antônio Gomes Neto também atentou para a vida financeira, diversificando seus investimentos e alargando seu patrimônio para evitar abalos negativos em tempos de crise ou de mudanças na economia nacional. Sua trajetória desemboca na década de 1880, marcada por reformas políticas, leis relacionadas à abolição da escravatura e, por fim, à aclamação da República. Nenhum desses acontecimentos, no entanto, se interpôs ruinosamente sobre o império de poderes construído por José Antônio Gomes Neto, antes, ele soube atravessá-los com cautela e diplomacia, assegurando riqueza e poder para os seus descendentes. De modo geral, o presente estudo ilumina pontos de reflexão que devem ser considerados no estudo da política brasileira, a de outrora e a de hoje também, com suas permanências e rupturas.


  • Mostrar Abstract
  • This study presents the trajectory of magistrate José Antônio Gomes Neto, who, although living in Caetité, in the Alto Sertão, region of Bahia state, far from the political centers of the country, like the capital of the province, Salvador, and the Court, in Rio de Janeiro, maintained intense and deep articulations with the imperial policy in diverse levels.  Through personal correspondence preserved by his family - now safeguarded from Municipal Public Archive of Caetité - it was possible to map, relate and analyze his social networks between the 1840s, after he graduated a bachelor's degree in legal sciences from the Olinda Academy, and 1880, when he consolidated his race reaching the noble title of Baron of Caetité. Thus, the present study does not only discusses, from a very privileged perspective, the importance of higher education for the formation of social networks in the Empire, in the sense that the faculties provided an approximation between the elites of the whole country, but also, shows how the most prominent men of the court, deputies, senators, ministers and councilors, were linked to local leaders. In this perspective, it also highlights the decisive role of terms and villages and regional leaderships within the electoral process, as well as the dependency relationship and the close alliances between the central government and local political leaders, a salutary point of view for understanding the project consolidation of the nation. In the case of José Antônio Gomes Neto, the simultaneous walk of professional and political life reflects connections that he kept outside the Sertão, with magistrates and several politicians, occupants of different positions in the Empire. Having a stabilized juridical career, his trajectory opens space for a very fruitful discussion on the ins and outs of politics and magistracy in imperial Brazil, treading the public and private issues already present in other studies. The insertion in influential social networks contributed to the achievement of prominent positions for himself, his families and political allies in and outside Bahia, especially for his nephews, Joaquim Manuel Rodrigues Lima and Antônio Rodrigues Lima, who became exponential in the legislative chambers of the Empire. In order to guarantee political power, prestige and status, José Antônio Gomes Neto also focused on the financial life, diversifying his investments and expanding his assets to avoid negative shocks in times of crisis or changes in the national economy. His trajectory ends in the decade of 1880, marked by political reforms, laws related to the abolition of slavery and, finally, the acclamation of the Republic. None of these events, however, had ruined the empire of powers constructed by José Antonio Gomes Neto, before; he knew how to cross them with caution and diplomacy, ensuring wealth and power for his descendants. In general, the present study illuminates points of reflection that must be considered in the study of Brazilian politics, the one of yesterday and the one of today also, with its permanences and ruptures.  

4
  • GLAYBSON GUEDES BARBOZA DA SILVA
  • “Talvez Deus te dê boa sorte nas Lavras”: estratégias de trabalho e sobrevivência de mulheres livres e libertas nas Lavras da Bahia (Lençóis, 1850 – 1880)

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADRIANA DANTAS REIS
  • IGOR GOMES SANTOS
  • IONE CELESTE JESUS DE SOUSA
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • Data: 18/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo aborda estratégias de trabalho e sobrevivência de mulheres livres em Lençóis, Bahia, entre as décadas de 1840 e 1880. Embasado, principalmente em fontes judiciárias e cartorárias, e valendo-se também de documentos censitários, eclesiásticos e administrativos buscou-se explorar as agências das mulheres e seus significados em favor de sua inserção, participação, liberdade e progresso em uma sociedade marcada pelo poder masculino, como aquela que se desenvolveu no entorno dos garimpos de diamante na região da Chapada Nova, localizada no centro da então província da Bahia no período abordado. A narrativa histórica sobre os sujeitos da pesquisa foi construída através de um diálogo com a historiografia dos sertões baianos, assim como de outras regiões brasileiras de mineração – em especial das Minas Gerais – que surgiram até o período abordado, além de estudos históricos sobre a Corte e sobre a história das mulheres no Brasil e em outras partes do mundo colonial atlântico. Ao longo do trabalho demonstra-se que as mulheres lençoisenses, através do trabalho e outras agências, desenvolveram diferentes estratégias para escapar da pobreza, dos ditames de uma sociedade escravocrata e da opressão baseada na cor e no sexo, alcançando conquistas materiais e imateriais de variadas proporções. Por fim, defende-se que a atuação feminina forçou limites e gerou espaços de atuação, impulsionando a dinâmica socioeconômica da região. 


  • Mostrar Abstract
  • This study discusses free-women’s strategies of work and living at Lençóis, Bahia, during the 1840’s and 1850’s decades. Manly based on juridical and notarial sources as well on census, ecclesiastical and administrative papers it seeks to explore the meanings of female agencies on behalf of their own insertion, participation, freedom and progress onto a society characterized by male power as that one developed by mining-work at the Chapada Nova, central region of Bahia. The historical narrative presented in this work was made through a dialogue with historiography of Brazilian mining-areas emerged until 19th century second half – especially those about Minas Gerais –, also with studies about history of women, Brazilian Court and other regions of colonial Atlantic world. This study shows that the women from Lençóis used their labor and developed other kinds of agencies as base to create ways to escape from poverty, as well from the sets of a slavery society and the oppression founded on color and sex differences. By this turn, those women achieved distinct material and immaterial improvements. At last is assumed in this study that the women got able to push boundaries and conquer spaces to live by their agencies, boosting the social and economic dynamic of Chapada’s region. 

5
  • ANSELMO FERREIRA MACHADO CARVALHO
  • INTELECTUAIS E POLÍTICAS CULTURAIS NO CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA DA BAHIA (1968-1987)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MILTON ARAUJO MOURA
  • PAULO SANTOS SILVA
  • RAIMUNDO NONATO PEREIRA MOREIRA
  • RINALDO CESAR NASCIMENTO LEITE
  • Data: 29/11/2019

  • Mostrar Resumo
  • As questões culturais são importantes no entendimento da dinâmica social brasileira. A partir do estudo das políticas culturais, podemos analisar o pensamento e ação dos sujeitos e das instituições que tratam da cultura, como reagem às propostas implementadas e como o Estado lida com esse componente. O objetivo desta tese é analisar as políticas culturais desenvolvidas pelo Conselho Estadual de Cultura da Bahia (CEC), órgão consultivo e normativo, durante o período de 1968-1987. O caráter e os sentidos da política cultural aditada pelo CEC às diretrizes do estado baiano, estavam intimamente ligados às ideias e concepções sobre cultura, memória, patrimônio, política e Estado desenvolvidas pelos intelectuais que o compuseram. Membros de uma elite cultural da Bahia, esses intelectuais deram forma e vida ao Conselho com o objetivo de manter suas práticas culturais, num contexto em que elas estavam em declínio. Essas práticas são marcadas pelo fator geração, por uma sociabilidade endógena e por uma política de memória que confluía com seus interesses e projetos. Por isso, a necessidade de se investigar como se processou a relação entre intelectuais, cultura e Estado na conformação das políticas culturais na Bahia, analisando as suas contradições, diretrizes e estratégias tendo como locus o CEC. Buscouse discutir a efetividade dos seus projetos, a relação da entidade com a sociedade, seus interesses, a morfologia de sua composição e o alinhamento/autonomia ao contexto autoritário do período, analisando os limites e possibilidades de sua ação. A pesquisa utilizou como fontes as revistas nas quais escreviam os intelectuais, jornais do período, entrevistas com ex-conselheiros e sujeitos ligados à temática, atas, resoluções, iconografia e documentos administrativos do CEC, do IPAC, da UFBA; leis e regimentos referentes à ação do governo baiano e do governo federal relacionados às políticas culturais. Palavras – chave: Intelectuais. Políticas culturais. Conselho de Cultura. Elites


  • Mostrar Abstract
  • Cultural issues are important in understanding the Brazilian social dynamics. From the study of cultural policies, we can analyze the thinking and action of the subjects and institutions that deal with culture, how they react to the proposals implemented and how the State deals with this component. The objective of this thesis is to analyze the cultural policies developed by the State Council of Culture of Bahia (CEC), an advisory and normative body, during the period 1968-1987. The character and meanings of cultural policy added by the CEC to the guidelines of the State of Bahia were closely linked to ideas and conceptions about culture, memory, heritage, politics and state developed by the intellectuals who composed it. Members of a cultural elite in Bahia, these intellectuals gave shape and life to the Council in order to maintain their cultural practices, in a context in which they were in decline. These practices are marked by the generation factor, endogenous sociability and a memory policy that converged with their interests and projects. Therefore, the need to investigate how the relationship between intellectuals, culture and state was processed in the conformation of cultural policies in Bahia, analyzing their contradictions, guidelines and strategies based on the CEC. We seek to discuss the effectiveness of their projects, the relationship of the entity with society, its interests, the morphology of its composition and the alignment/autonomy to the authoritarian context of the period, analyzing the limits and possibilities of its action. The research used as sources the journals in which the intellectuals, newspapers of the period wrote, interviews with former counselors and subjects related to the theme, minutes, resolutions, iconography and administrative documents of the CEC, IPAC, UFBA; laws and regulations regarding the action of the Government of Bahia and the federal government related to cultural policies. Keywords - key: Intellectuals. Cultural policies. Culture Council. Elites

6
  • DIOGO TRINDADE ALVES DE CARVALHO
  • PENSAMENTO GEOPOLÍTICO ANGLO-SAXÃO: OPOSIÇÕES ENTRE OS PODERES NAVAIS E CONTINENTAIS NO MUNDO DOS GAMES (2010-2015)

  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • LYNN ROSALINA GAMA ALVES
  • CHRISTIANO BRITTO MONTEIRO DOS SANTOS
  • MUNIZ GONCALVES FERREIRA
  • Data: 03/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • No decorrer desse trabalho, analisamos como as principais características do pensamento geopolítico-anglo-saxão foram representadas no enredo dos seguintes jogos de estratégia: Victoria II, Colonial Conquest, Supreme Ruler Ultimate e US and Them. Para traçarmos uma análise do desenvolvimento da literatura de grande estratégia produzida nos EUA, estudamos os clássicos da geopolítica escritos por, Alfred Mahan, Halford Mackinder, Geroge Frost Kennan e Zbigniew Brzezinski. Nosso estudo, partiu da hipótese de que os jogos eletrônicos são importantes instrumentos de propaganda e entretenimento, com grande apelo popular na atualidade e que recebem influência direta e indireta das reflexões produzidas por cânones da geopolítica norte-americana e inglesa. Para desvendarmos como a relação entre militarismo e entretenimento foi estabelecida, discutimos como o complexo de entretenimento militar contribuiu para a gênese dos jogos eletrônicos e se constituiu como um conceito que exemplifica a relação de simbiose entre as duas indústrias. Nós também refletimos como os games carecem de um ferramental metodológico que facilite os trabalhos dos historiadores ao trabalharem com esse tipo de fonte. No processo de pesquisa não analisamos somente os jogos e os originais desses autores, mas também utilizamos como fontes primárias os diários de desenvolvimento dos games, trailers, teasers, conteúdo dos sites dos jogos, depoimentos, publicações especializadas, entrevistas dos desenvolvedores e documentos oficiais do departamento de Estado norte-americano e outros órgãos governamentais 


  • Mostrar Abstract
  • In the course of this work, we analyze how the main features of Anglo-Saxon geopolitical thinking were represented in the plot of the following strategy games: Victoria II, Colonial Conquest, Supreme Ruler Ultimate and US and Them. In order to draw an analysis of the development of the major strategy literature produced in the USA, we study the classics of geopolitics written by Alfred Mahan, Halford Mackinder, George Frost Kennan and Zbigniew Brzezinski. Our study was based on the hypothesis that electronic games are important advertising and entertainment instruments, with great popular appeal today, which receive direct and indirect influence from the canons' reflections of the American and English geopolitics. To unravel how the relationship between militarism and entertainment was established, we discussed how the military entertainment complex contributed to the genesis of electronic games and was constituted as a concept that exemplifies the symbiotic relationship between the two industries. We also reflect on how games lack a methodological tool which could facilitate the work of historians when working with such sources. In the research process we not only analyze the games and the originals of these authors, but also use as primary sources game development diaries, trailers, teasers, game site content, testimonials, specialized publications, developer diaries and official documents from the US State Department and other government agencies 

7
  • LEANDRO PATRÍCIO DA SILVA
  • "PERNAMBUCANIDADE NA SUA EXPRESSÃO REPRESENTATIVAMENTE POLÍTICA": A FABRICAÇÃO DA CULTURA POLÍTICA DA PERNAMBUCANIDADE (1964-1988)

  • Orientador : MILTON ARAUJO MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MILTON ARAUJO MOURA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • GILMARIO MOREIRA BRITO
  • PABLO ANTONIO IGLESIAS MAGALHAES
  • WELLINGTON CASTELLUCCI JÚNIOR
  • Data: 16/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo desta tese é discutir o processo histórico de fabricação da pernambucanidade entre
    os anos 1964-1988. Especificamente, discute a criação das condições de produção, o início do
    processo de construção, a hegemonia e dissolução da pernambucanidade ao longo desses anos,
    apropriando-se da mesma a partir do conceito historiográfico de cultura política, entre outros,
    fundamentado nos trabalhos de autores como Serge Berstein, Odile Rudele, Jean-François
    Sirinelli, Rodrigo Patto de Sá Motta, entre outros autores. O corpus da pesquisa foi constituído
    por fontes, como o Diário Oficial do Estado de Pernambuco, alguns editoriais do Diário Oficial
    União, pelas Revistas e os Livro de Atas do Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico
    Pernambucano, as Revistas da Academia Pernambucana de Letras, alguns editoriais da revista
    Veja e do Boletim SHPHAN/Pró-Memória, algumas obras da Coleção Pernambucana, várias
    Atas dos Anais da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, inúmeros editoriais do
    Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio, entre outros, bem como pelo filme “Batalha dos
    Guararapes”, de 1978, e a música “Recife, minha cidade”, de 1984, entre outras fontes. Após
    um trabalho de compilação, foi dado a este corpus um tratamento crítico, não se tomando as
    informações das fontes como verdades, mas cruzando-as com as de outros documentos, naquilo
    que foi possível, para problematiza-las. O trabalho está organizado em quatro capítulos. No
    primeiro discute a criação das condições de fabricação da pernambucanidade; no segundo,
    discute a configuração que levou ao início do processo de construção da mesma; no terceiro, a
    configuração que levou a pernambucanidade a se tornar uma cultura hegemônica em
    Pernambuco; e, por fim, no quarto, discute os seus múltiplos sentidos e o processo que levou
    a sua dissolução, enquanto cultura política, no governo estadual. A tese defendida, como
    resultado da compilação, análise e interpretação dos dados coletados, sob as grades conceituais
    dos autores citados, é a de que a pernambucanidade foi uma cultura política fabricada e
    sustentada por intelectuais e políticos conservadores ligados a Academia Pernambucana de
    Letras e ao Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, liderados por
    Gilberto Freyre, que estiveram à frente dos órgãos responsáveis pelas políticas culturais do
    governo do Estado de Pernambuco e do governo federal durante praticamente todo o período
    da ditadura civil-militar e que tinham na memória idealizada das Batalhas dos Guararapes o seu
    mito-fundador. Esta tese pretende contribuir para a ampliação do conhecimento historiográfico
    acerca da colaboração de sujeitos e instituições da sociedade civil com o regime ditatorial, bem
    como para o melhor conhecimento da história do Brasil e, particularmente, da história de
    Pernambuco. Pretende, ainda, poder ser usada por indivíduos e grupos que desejem aprender a
    desvelar os dispositivos e mecanismos de racionalidade que fazem funcionar culturas políticas
    no presente.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this thesis is to discuss the historical process of the manufacture of Pernambucanity
    between 1964-1988. Specifically, it discusses the emergence, hegemony and decline of
    pernambucanity over these years, appropriating it from the historiographic concept of political
    culture, among others, based on the works of authors such as Serge Berstein, Odile Rudele,
    Jean-François Sirinelli, Rodrigo Patto de Sá Motta, among other authors. The corpus of the
    research was constituted by numerous sources, such as the editorials of the Official Gazette of
    the State of Pernambuco, some editorials of the Official Gazette Union, the Magazines and the
    Book of Minutes of the Pernambuco Historical and Geographical Archaeological Institute, the
    Magazines of the Pernambuco Academy of Letters. , some editorials from Veja magazine and
    SHPHAN / Pro-Memory Bulletin, some works from the Pernambucana Collection, several
    minutes of the Proceedings of the Pernambuco State Legislative Assembly, numerous editorials
    from the Pernambuco Diario, Jornal do Commercio, among others, as well as by “Batalha dos
    Guararapes”, 1978, and the song “Recife, my city”, 1984. After a compilation work, this corpus
    was given a critical treatment, not taking the source information as truths, but crossing it. with
    those of other documents, as far as possible, to problematize them. The work is organized into
    four chapters. The first discusses the historical configuration in which the emergence of
    Pernambuco identity emerged as an official concern for the state government of Pernambuco;
    in the second, it discusses the configuration that led to the consolidation of this identity as
    pernambucanity; in the third, the configuration that led Pernambuco to become a hegemonic
    culture in Pernambuco; and finally, in the fourth, it discusses its multiple meanings and the
    process that led to its decline as a political culture in the state government. The thesis defended,
    as a result of the analysis and interpretation of the collected data, under the conceptual
    frameworks of the authors cited, is that Pernambucanity was a political culture manufactured
    and sustained by conservative intellectuals and politicians linked to the Pernambuco Academy
    of Letters and the Archaeological Institute. , Historical and Geographic Pernambucano, led by
    Gilberto Freyre, who were at the head of the cultural policy bodies of the Pernambuco state
    government and the federal government during virtually the entire civil-military dictatorship
    and who had in the idealized memory of the Battles of Guararapes the its main identity
    referential. This thesis intends to contribute to the expansion of the historiographical knowledge
    about the collaboration of civil society subjects and institutions with the dictatorial regime, as
    well as for the better knowledge of the history of Brazil and, particularly, the history of
    Pernambuco. It also aims to help individuals and groups learn to unveil the rationality devices
    and mechanisms that make political cultures work in the present.

8
  • MARCIAL HUMBERTO SAAVEDRA CASTRO
  • PELA RAZÃO OU A FORÇA:

    TRAJETÓRIAS DOS EXILADOS BRASILEIROS NO CHILE (1964-1973)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLARICE COSTA PINHEIRO
  • MARCIA CAROLINA DE OLIVEIRA CURY
  • BELARMINO DE JESUS SOUZA
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • Data: 16/12/2019

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo da presente tese é analisar a história e as memórias do exílio dos brasileiros no Chile, entre 1964 e 1973 e, como a denominada “via chilena ao socialismo” impactou nas estratégias dos grupos brasileiros exilados naquele país, assim como a sua decisão de voltar ao Brasil ou ficar no Chile. Com base na pesquisa bibliográfica e de arquivos, além de fontes orais realizadas com brasileiros exilados no Chile e de chilenos que conviveram com brasileiros no exílio nesse país, o trabalho demonstra que o perfil dos exilados esteve maioritariamente formada por militantes oriundos da classe média, entretanto entre os entrevistados houve um operário de São Paulo que chegou ao Chile junto com os 70 banidos, em janeiros de 1971. Foi possível analisar, também, a inserção desses exilados na dinâmica política chilena, a sua militância ao interior dos partidos políticos de esquerda, principalmente no Partido Comunista chileno (PCCh), o Partido Socialista chileno (PS) e do Movimiento de Izquierda Revolucionaria (MIR), assim como a participação ativa no projeto do governo socialista da Unidade Popular. Além desse âmbito, os exilados brasileiros também se integraram em instituições acadêmicas e de pesquisa nacionais e internacionais, como a Comissão Econômica para América Latina e o Caribe (CEPAL), a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO) e o Centro de Estudios Socioeconómicos (CESO), entre outras. Desde o ponto de vista dos órgãos de segurança brasileiros, se analisa o monitoramento que o governo militar brasileiro manteve sobre os exilados no Chile, através do Centro de Informações do Exterior (CIEX), organismo que atuava ao amparo do Itamaraty e do Serviço Nacional de Informações (SNI). Os exilados brasileiros no Chile vivenciaram o golpe de Estado no Chile, o dia 11 de setembro de 1973, que derrubou o governo constitucionalista de Salvador Allende e truncou a experiência da “via chilena ao socialismo”, circunstancia esta, que levou aos exilados no Chile a buscar asilo em embaixadas e refúgios da ONU e, posteriormente, partir para um segundo exílio em Europa, África e América Latina.


  • Mostrar Abstract
  •  

    The main purpose of this thesis is to analyze the history and memories of the exile of Brazilians in Chile, between 1964 and 1973, and how the so-called “Chilean way to socialism” impacted the strategies of Brazilian groups exiled in that country as well as their decision to return to Brazil or stay in Chile. Based on bibliographic and archive research, in addition to oral sources obtained with Brazilians exiled in Chile and also Chileans who lived with Brazilians in exile in that country, this work shows that the exiles’ profile was mostly formed by militants from the middle class. However, among the interviewees, there was a worker from São Paulo who arrived in Chile with the 70 banished people, in January 1971. It was also possible to analyze the insertion of these exiles in the Chilean political dynamics, their militancy within the left political parties, mainly in the Chilean Communist Party (PCCh), the Chilean Socialist Party (PS) and the Revolutionary Left Movement (MIR), as well as their active participation in the Socialist government project of the Popular Unity. Furthermore, Brazilian exiles have also integrated themselves into national and international academic and research institutions, such as the Economic Commission for Latin America and the Caribbean (CEPAL), the Latin American Faculty of Social Sciences (FLACSO) and the Center for Socioeconomic Studies (CESO), among others. Regarding Brazilian security agencies, the monitoring that the Brazilian military government has maintained on exiles in Chile is analyzed, through the Foreign Information Center (CIEX), an organization that worked under the auspices of the Itamaraty and the National Service of Information (SNI). The Brazilian exiles in Chile experienced the coup d'état in Chile, on September 11, 1973, which overthrew the constitutionalist government of Salvador Allende and truncated the experience of the Chilean way to socialism, a circumstance that led the exiles in Chile to seek asylum in UN embassies and refuges and, subsequently, to leave for a second exile in Europe, Africa and Latin America.

2018
Dissertações
1
  • NILCEANNE NOGUEIRA LIMA
  • AS FÁBRICAS TÊXTEIS DO RIO UNA: HISTÓRIA SOBRE TRABALHO E INDÚSTRIA EM VALENÇA-BAHIA (1844-1887) 

  • Orientador : ANTONIO LUIGI NEGRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDRIN ARMSTRONG SILVA CASTELLUCCI
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • PHILIPE MURILLO SANTANA DE CARVALHO
  • ROBERIO SANTOS SOUZA
  • Data: 26/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • A Bahia, em meados do século XIX foi protagonista no processo de implementação de indústrias no Brasil, sendo a cidade de Valença, às margens do rio Una, um dos seus polos mais significativos. Nesse sentido, o presente trabalho analisou as características fundamentais do desenvolvimento fabril de Valença, entre os anos de 1844 e 1887, investigando as particularidades e trajetórias das fábricas Todos os Santos e Nossa Senhora do Amparo. Para tanto, examinamos as relações comerciais e familiares dos homens ligados a tais empreendimentos fabris, bem como as conexões que estes industriais desenvolveram com a política nacional. Além disso, procuramos identificar a composição da mão de obra destes estabelecimentos, em geral, formada por homens e mulheres, migrantes de outras províncias, nacionais livres, libertos e escravos. No epílogo desta pesquisa, ainda tratamos das experiências compartilhadas pelos trabalhadores da fábrica de tecidos Nossa Senhora do Amparo, que culminaram em um movimento paredista em 1878. Por fim, para confeccionar este trabalho utilizamos, principalmente, fontes de natureza administrativas oriundas das fábricas, assim como diversas correspondências entre os empresários e as autoridades provinciais e do Império, além de fontes hemerográficas e relatos de viagens. 


  • Mostrar Abstract
  • A Bahia, em meados do século XIX foi protagonista no processo de implementação de indústrias no Brasil, sendo a cidade de Valença, às margens do rio Una, um dos seus polos mais significativos. Nesse sentido, o presente trabalho analisou as características fundamentais do desenvolvimento fabril de Valença, entre os anos de 1844 e 1887, investigando as particularidades e trajetórias das fábricas Todos os Santos e Nossa Senhora do Amparo. Para tanto, examinamos as relações comerciais e familiares dos homens ligados a tais empreendimentos fabris, bem como as conexões que estes industriais desenvolveram com a política nacional. Além disso, procuramos identificar a composição da mão de obra destes estabelecimentos, em geral, formada por homens e mulheres, migrantes de outras províncias, nacionais livres, libertos e escravos. No epílogo desta pesquisa, ainda tratamos das experiências compartilhadas pelos trabalhadores da fábrica de tecidos Nossa Senhora do Amparo, que culminaram em um movimento paredista em 1878. Por fim, para confeccionar este trabalho utilizamos, principalmente, fontes de natureza administrativas oriundas das fábricas, assim como diversas correspondências entre os empresários e as autoridades provinciais e do Império, além de fontes hemerográficas e relatos de viagens. 

2
  • JOSEANE PEREIRA DE SOUZA
  • Relações de gênero e sexualidades no confessionário sacramental: a solicitação como transgressão nos Cadernos do Promotor e Regimentos da Inquisição, século XVII.

  • Orientador : MARCELO PEREIRA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA MEDICCI
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • MARCO ANTONIO NUNES DA SILVA
  • Data: 28/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação buscou analisar os casos de solicitação registrados nos Cadernos do Promotor do Tribunal da Inquisição de Lisboa, século XVII. A solicitação foi uma prática sexual e/ou amorosa ocorrida entre sacerdotes confessores e penitentes no confessionário sacramental, durante a realização da confissão. Essa prática foi considerada um delito da alçada inquisitorial devido a preocupação crescente em torno do sacramento da confissão, principalmente a partir Concílio de Trento. Neste concílio, projetou-se a reforma interna da Igreja católica e depositou-se sobre o clero a responsabilidade pela manutenção da ordem católica, por isso, houve uma maior preocupação com a moralização do corpo clerical. Nesse sentido, produziu-se um ideal de masculinidade clerical, o qual buscou-se analisar aqui. Por meio dos registros de solicitação, os Cadernos do Promotor também reproduziam estereótipos de masculinidades e feminilidades Dessa forma, buscamos mapear e analisar como a documentação determina ou não os lugares e funções sociais de sujeitos masculinizados e feminilizados, através dos casos de solicitação. Enfatiza-se a Inquisição, destacando as atividades e discursos do tribunal que atendiam aos interesses da Igreja, mas também do Estado. Almeja-se contribuir para a construção de uma História Relacional e Institucional do Gênero, a partir da pesquisa sobre as práticas de solicitação tendo o gênero como categoria de análise.


  • Mostrar Abstract
  • Abstract
    The present dissertation analyzed the processes of delegation in the Promoter’s Notebooks of the Court of the Inquisition of Lisbon, XVII. The request was a sexual and/or loving practice which happened among religious confessors and penitents into the sacramental confessionary during the confession. This practice was considered a crime of inquisitorial jurisdiction due to growing concern about the sacrament of confession, especially since the Council of Trent. Into this Council, an internal reform of the Catholic Church was projected and it was deposited on the clerics the responsibility for the maintenance of the Catholic Order, therefore, we had a greater concern about the moralization of the clerical institution. In this sense, an ideal of clerical masculinity was produced, which we sought to analyze in this paper. Through the request records, the Promoter’s Notebooks also reproduced stereotypes of masculinities and femininities. In this way, we seek to map and analyze how the documentation or didn‟t determined the spots and the social functions of the masculinized and feminized individuals through the request cases. The Inquisition is emphasized, putting highlights on the activities and speeches of the court that served the interests of the Church, but also of the State. We hope to contribute for the construction of a Relational and Institutional History of the Gender, from this research on the requesting practices having the subject as category of analysis.

3
  • EMANUELLE MAIA MOREIRA
  • VIVENDO SEM AMARRAS As viagens de africanos libertos entre a Bahia e a Costa da África (1840-1860)

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANA FERREIRA LYRIO XIMENES
  • LISA LOUISE EARL CASTILLO
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • Data: 28/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo se dedica a traçar o perfil demográfico de viajantes africanos libertos entre a Bahia e a Costa da África durante as décadas de 1840 e 1850. Tal período abrange as atividades intensas no tráfico ilegal de escravos, das quais muitos libertos africanos estavam inseridos. Passado o grande movimento de partidas em massa de africanos para a África por conta da Revolta dos Malês, em 1835, observou-se um fluxo contínuo de homens e mulheres que seguiram realizando as travessias durante a década de 1840. Assim, buscou-se investigar as diversas motivações para as viagens atlânticas, destacando aquelas que estavam inseridas nas atividades comerciais com a costa africana. Para este estudo, foi essencial a análise quantitativa dos livros de registros de passaportes, acompanhados de solicitações de viagem e informações sobre saídas de navios e passageiros contidas em periódicos. O cruzamento com outras fontes como inventários post mortem, testamentos e fontes eclesiásticas possibilitou traçar trajetórias particulares que complementaram o quadro sobre as viagens. Essas fontes permitiram lançar um olhar mais detalhado sobre africanos que viajaram durante aquele período e compreender as travessias para além do retorno definitivo para o continente de origem. 


  • Mostrar Abstract
  • This study is devoted to trace the demographic profile of African freed travelers between Bahia and the Coast of Africa during the 1840s and 1850s. This period covers the intense activities in the illegal slave trade, of which many freed Africans were embedded. After the great movement of mass departures of Africans to Africa on account of the Revolt of the Malês, in 1835, there was a continuous flow of men and women who continued to cross during the 1840s. Thus, it was sought to investigate the diverse motivations for the Atlantic voyages, highlighting those that were inserted in the commercial activities with the African coast. For this study, the quantitative analyzis of passport records was essential, accompanied by travel requests and departure informations from ships and passengers contained in periodicals. Crossing with other sources such as post-mortem inventories, wills and ecclesiastical sources made it possible to trace particular trajectories that complemented the framework on travel. These sources allowed us to take a more detailed look at Africans who traveled during that period and to understand the crossings beyond the definitive return to the continent of origin

4
  • ANTONILDO SANTOS DE MAGALHÃES
  • A COLHEITA DAS ALMAS DISPERSAS: as missões itinerantes jesuíticas na América portuguesa
    Salvador,

  • Orientador : GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABRICIO LYRIO SANTOS
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • TÂNIA MARIA PINTO DE SANTANA
  • Data: 31/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação estuda as missões do interior realizadas pela Companhia de Jesus, no arcebispado da Bahia, entre os anos de 1700 a 1752, com o objetivo de compreender o processo de controle dos comportamentos dos indivíduos efetivado pela Igreja na América portuguesa. Pautando-se pela noção de disciplinamento social, este trabalho investiga o papel desempenhado pelos missionários itinerantes na ação desenvolvida pela Igreja Católica que tinha o intuito de internalizar um conjunto de normas na população colonial. Dá-se bastante atenção ao aspecto dialético da ideia de disciplinamento, e para tanto são analisadas as constantes negociações e adequações demandadas pela realidade da colônia e da sua população. A partir da análise de documentos que tratam da ação missionária jesuítica, principalmente, as cartas ânuas, constata-se que as missões itinerantes foram bastante relevantes para a assistência religiosa da população que habitava os recôncavos e sertões da Bahia. Os inacianos levaram as palavras do Evangelho aos moradores que não tinham a presença regular de um pároco ou de um missionário e que temiam pela danação de suas almas. Os missionários itinerantes tiveram, também, o papel de enquadrar os indivíduos que não conheciam os preceitos da religião católica, ou ainda, aqueles que conheciam a doutrina católica, e que, por escolha, não os seguiam.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation aims to study the interior missions carried out by the Society of Jesus in the archbishopric of Bahia between 1700 and 1752, in order to understand the process of control of the individuals´ behavior implemented by the Church in the Portuguese America. Based on the notion of social discipline, this work investigates the role played by itinerant missionaries Jesuits in the action developed by the Catholic Church that had the intention of internalizing a set of norms into the colonial population. Much attention was paid to the dialectical aspect of the idea of disciplining, and for this purpose, the constant negotiations and adjustments demanded by the colony and the population´s reality were analyzed. It can be seen, from the analysis of documents about Jesuit missionary action, mainly the Annual Letters, that the itinerant missions were extremely relevant for the religious assistance of the population that lived at the Recôncavo and Sertões of Bahia. Jesuits took the words of the Gospel to the residents who did not have the regular presence of a priest or a missionary and who feared for the damnation of their souls. The itinerant missionaries also had the role of framing those who did not know the precepts of the Catholic religion, or those who knew the Catholic doctrine but, by choice, did not follow them.

5
  • DEBORA HEVELLY ALMEIDA PEREIRA
  • O DIABO NO CLAUSTRO: FREIRAS PACTUANTES NA INQUISIÇÃO DE LISBOA (SÉCULOS XVII-XVIII)

  • Orientador : GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • MORENO LABORDA PACHECO
  • MARCOS ANTONIO DE ALMEIDA
  • Data: 31/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    Entre os séculos XVII e XVIII, a Inquisição de Lisboa inquiriu seis religiosas do clero regular devido suas práticas heréticas que as enquadravam no crime de feitiçaria. Diferente da grande maioria dos processos abertos contra portuguesas leigas pelo mesmo delito, esses casos se iniciaram após as freiras terem confessado, voluntariamente, que realizaram pactos com o demônio, o adoraram, mantiveram relações sexuais com ele, dentre outros atos abominados pela Igreja. Tendo em vista os estudos da História Social e Cultural que se preocuparam em identifica o sentido da feitiçaria para os doutos e população não letrada, o nosso objetivo é analisar tais casos procurando compreender o que essas relações com o diabólico significaram para as Esposas de Cristo. Nesse sentido, primeiro nos preocuparemos em verificar a origem social das rés, por que e como ingressaram nas ordens religiosas e como poderia se viver em seus conventos. Em seguida, buscaremos captar que tipo de comportamento as levaram a cair nas malhas do Santo Ofício e sob quais meios elas se apresentaram. Por fim, analisaremos tais práticas com o demoníaco no contexto da religiosidade portuguesa da época, para entendermos o que poderia ter significado para essas mulheres seu suposto envolvimento com o diabólico. Com a nossa pesquisa, esperamos contribuir para um entendimento mais diversificado a respeito da vida conventual e agência feminina diante das condições impostas às mulheres no período moderno.


  • Mostrar Abstract
  • Between the seventeenth and eighteenth centuries, the Inquisition of Lisbon inquired six sisters of the regular clergy due to their heretical practices that framed them in the crime of witchcraft. Unlike the vast majority of cases opened against portuguese lay women for the same offense, these cases began after the nuns voluntarily confessed that they made pacts with the devil, worshiped him, had sexual relations with him, among other acts abhorred by the Church. In view of the studies of Social and Cultural History that have been concerned with identifying the meaning of witchcraft for the savant and illiterate population, our purpose is to analyze such cases to understand what these relations with the diabolical meant to the Wives of Christ. In this sense, first we will to be concerned with verifying the social origin of the culprit, why and how they entered religious orders, and how they could live in their convents. Then, we will try to capture what kind of behavior led the Inquisition to caught up them and under what means they betake themselves. Finally, we will analyze such practices with the demonic in the context of portuguese religiosity of the period, to understand what might have meant to these women their supposed involvement with the devil. With our research, we hope to contribute to a more diversified understanding of convent life and women's agency in the face of the conditions imposed on women in the modern period. Keywords: Portugal; nuns; witchcraft; Inquisition.

6
  • Jorge Roberto Chastinet de Souza
  • ENTRE O ESQUECIMENTO E O SILÊNCIO: MEMÓRIAS DE EX-ATIVISTAS ESTUDANTIS DA UNIVERSIDADE DA BAHIA (1960-1965)

  • Orientador : LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • LUCILEIDE COSTA CARDOSO
  • MARIA VICTORIA ESPINEIRA GONZALEZ
  • Data: 31/03/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esse trabalho tem por objetivo o estudo de memórias de ex-ativistas estudantis que estiveram na Universidade da Bahia, atualmente Universidade Federal da Bahia, entre os anos de 1960 a 1965. Busca-se, por meio do método da História Oral, problematizar o ato de rememorar dos depoentes, a partir de uma construção que se encerra no presente. A pesquisa aponta para alguns resultados, que emergiram das entrevistas realizadas com esses homens e mulheres, sendo possível perscrutar dois temas que circundam suas memórias, considerando o contexto histórico em que viveram. O primeiro, refere-se a presença do imaginário nacional desenvolvimentista como elemento motivador para atuação de ativismos estudantil. O segundo, mais particularizado, expressam os momentos que atuaram no ME, para narrar quadros gerais sobre os anos em que se seguiram o período ditatorial militar. Assim, com essa pesquisa constata-se que os ex-ativistas estudantis leram o passado através de novas posições políticas, sociais e cotidianas assumidas no presente, conformando uma história do período próxima de leituras historiográficas já realizadas por acadêmicos, jornalistas e literatos. Problematizar a questão da construção da memória e da história do momento do pré e pós golpe de 1964, se coloca como um grande desafio para seguimos em frente, pois, tentamos demonstrar o quanto o relato oral pode confirmar, avançar ou corrigir versões já cristalizadas pela própria historiografia, constituindo-se em novas (re)leituras do real e de sua representação.


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to study the memories of ex-student activists who were at the University of Bahia, currently the Federal University of Bahia, between the years of 1960 and 1965. It is sought, through the method of Oral History, to problematize the act to recall the deponents, from a construction that ends in the present. The research points to some results that emerged from interviews with these men and women, and it is possible to examine two themes that surround their memories, considering the historical context in which they lived. The first one refers to the presence of the national developmental imagination as a motivating element for student activism. The second, more particularized, express the moments that acted in the ME, to narrate general pictures about the years that followed the dictatorial military period. Thus, this research shows that the former student activists read the past through new political, social and daily positions assumed in the present, conforming a history of the period next to historiographical readings already made by academics, journalists and literati. To question the construction of memory and the history of the moment of the pre- and post-coup of 1964, poses itself as a great challenge for us to move forward, because we try to demonstrate how much the oral report can confirm, advance or correct versions already crystallized by own historiography, constituting itself in new (re) readings of the real and its representation.

7
  • JÉSSICA SANTOS LOPES DA SILVA
  • O IMPÉRIO DAS CIRCUNSTÂNCIAS: CARNAVAL E DISPUTAS POLÍTICAS NO PÓS-ABOLIÇÃO (SALVADOR, 1890-1910)

  • Orientador : WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • ERIC BRASIL NEPOMUCENO
  • Data: 10/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • O objeto desta dissertação são as festas carnavalescas de Salvador, durante as duas
    primeiras décadas da República. Seguindo o viés dos estudos da História Social da Cultura,
    enxergamos esse lugar festivo como espaço onde também são construídas as relações sociais,
    incluindo suas tensões e conflitos. A imprensa é uma das principais fontes, percebida não só
    como forma de divulgação, mas também como lugar de construção de imagens e práticas nos
    dias momescos. Portanto, através das crônicas carnavalescas, dos temas e versos apresentados
    nos desfiles, analisamos as escolhas dos grupos que festejavam e como estavam ligadas aos
    diferentes projetos de nação, e aos questionamentos acerca de problemáticas, provenientes
    daquela sociedade que encarava um novo regime. Nesta imprensa, percebemos a atuação de
    clubes negros, que através das exibições nos carnavais, renegavam estereótipos e afirmavam
    sua cidadania. Nesse trabalho, também buscamos identificar alguns sujeitos que participavam
    da organização dos carnavais e de alguns clubes. Por isso, as listas de participantes dos
    clubes, associações e das comissões carnavalescas são fontes aqui privilegiadas.


  • Mostrar Abstract
  • This research analyzes Salvador’s Carnivals during the two first decades of the
    Republic. By following study lines of the Social History of Culture, we perceive this festive
    space where social relationships are built, including its tensions and conflicts. The press is one
    of the most importante sources, taken not only as a form of propagation, but also as a place of
    construction of images and practices on Carnival days. Thus, through Carnival chronicles,
    themes and verses presented on the parades, we analyze the choices of groups which feasted,
    and how those choices were connected to different nation projects and questionings around
    problems coming from that society which faced a new regime. Also in this press, we can
    notice action from Black Clubs that revoked stereotypes and affirmed their own citizenship
    through Carnival performances. In this research, we also seek to identify people who
    participated organizing Carnivals and some Clubs as well. Hence, Clubs participants’ lists,
    associations and Carnival commissions are hereby privileged sources.

8
  • DAIANA SILVA BARBOSA
  • “DO QUE É TEATRO A BAHIA”: DISPUTAS POR CARGOS E JURISDIÇÃO NO SERTÃO DO SÃO FRANCISCO (1878-1880)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • ANTONIO FERNANDO GUERREIRO MOREIRA DE FREITAS
  • JOSE RICARDO MORENO PINHO
  • Data: 06/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • RESUMO
    O presente trabalho dedica-se à análise das disputas por cargos na estrutura jurídicoadministrativa
    do Império, na vila de Macaúbas, Sertão do São Francisco, e suas conexões entre
    a política local, provincial e central durante os anos de 1878 a 1880. As disputas ocorreram em
    um momento de mudança política no Brasil, quando ascendeu o Gabinete Liberal com a
    incumbência de realizar a reforma eleitoral. Tais conflitos tinham por motivação inicial as
    demissões e nomeações processadas a partir da política liberal na província da Bahia,
    especialmente nos quadros administrativos e policiais. Além disso, colocaram em terreno as
    rivalidades entre as parcialidades locais, liberal e conservadora, desencadeando um quadro de
    instabilidade política que comprometeu as funções policiais e jurídicas naquele termo.
    Examinamos o papel dos agentes estatais no Sertão do São Francisco, especialmente no que
    concerne suas relações e inserções políticas e como isso se processou no exercício de suas
    funções. Identificamos que tais agentes se encontravam entre a política e a estrutura estatal,
    estabelecendo relações, por vezes, sem distinção evidente entre as esferas pública e privada,
    assim, seus interesses, sobrepunham-se aos interesses do governo provincial e central,
    comprometendo a jurisdição naquele espaço. Privilegiamos, ainda, a análise dos discursos
    produzidos sobre os eventos, tanto pelas autoridades, através de relatórios, correspondências e
    discursos, quanto pela imprensa.
    Palavras-chave: Política; Disputas por cargos; Jurisdição; Sertão do São Francisco; Macaúbas.


  • Mostrar Abstract
  • The present work is dedicated to the analysis of the disputes for position in the Empire’s
    juridical-administrative structure, in Macaúbas village, São Francisco backwoods, and its
    connections between the local, provincial and central politics between the years 1878 and 1880.
    The disputes occurred at a time of political change in Brazil, when the Liberal Cabinet ascended
    with the incubation of carrying out electoral reform. These conflicts were initially motivated by
    layoffs and nominations made from liberal politics in the province of Bahia, especially in the
    administrative and police department. Furthermore, they placed on the ground the rivalries
    between the local partiality, liberal and conservative, unleashing a picture of political instability
    that compromised the police and legal functions in that term. We examine the role of state
    agents in the São Francisco backwood, especially regarding their relations and political
    insertions and how this was done in the exercise of their functions. We have identified that such
    agents were between politics and state structure, sometimes establishing relations without
    obvious distinction between the public and private spheres, so their interests sometimes
    overcame the interests of the provincial and central government, compromising jurisdiction in
    that area. We further privilege the analysis of the discourses produced on the events, both by
    the authorities, through reports, correspondence and speeches, as well as by the press.
    Keywords: Politics; Disputes for position; Jurisdiction; São Francisco backwood; Macaúbas

9
  • LUCAS ANDRADE DOS SANTOS
  • “EM QUE A RAÇA PRECISA DE DEFESA?” A FRENTE NEGRA DA BAHIA (1932-1934)

  • Orientador : IACY MAIA MATA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • IACY MAIA MATA
  • PETRONIO JOSÉ DOMINGUES
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • Data: 23/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Na presente dissertação, analiso a trajetória da Frente Negra da Bahia, que existiu em
    Salvador entre os anos de 1932 e 1934. Apresento também parte da trajetória de Marcos
    Rodrigues dos Santos, principal liderança da FNBa, além de alguns outros componentes
    que também a compuseram. Os anos 1930 foram deveras especiais para a história da
    República Brasileira, desse modo, buscar uma compreensão cada vez mais rica desse
    panorama histórico se apresenta como um requisito importantíssimo para entender
    melhor as relações de poder aí estabelecidas, as posturas dos trabalhadores diante
    daquele quadro, uma sociedade marcadamente hierarquizada e racializada e as suas
    reações. Uma rica tradição de associação por identidades sociais e de cor, junto com o
    sucesso da Frente Negra Brasileira (1931-1937), fatalmente potencializou a fundação da
    FNBa, que teve sua agenda concentrada principalmente na instrução, na política e nas
    eleições de maio de 1933 e na assistência social, com destaque para atuação de
    Departamento Feminino nessa atividade. Através de uma busca expressiva nos jornais
    de grande circulação de Salvador, em alguns periódicos da chamada “imprensa negra”,
    bem como na documentação judiciária e cível do período no APEB, consegui avançar
    significativamente nas discussões sobre a FNBa. Sua existência entre 1932 e 1934, sua
    aproximação com o integralismo na Bahia e sua inserção entre os trabalhadores e seu
    mundo, fomentando uma pauta racializada, não só entre as suas associações de classe,
    como em seus bairros, podem ser elencados como as principais contribuições que a
    Frente Negra da Bahia ofereceu, ao longo de sua existência, além de ter proposto
    ressignificações sobre a história do Brasil, com destaque para a positivação e o
    protagonismo negro nesse processo.


  • Mostrar Abstract
  • In this dissertation we analyze the trajectory of the Frente Negra da Bahia, which
    existed in Salvador between 1932 and 1934. We also present part of the trajectory of
    Marcos Rodrigues dos Santos, the main leadership of the FNBa, as well as some other
    components that also composed it. The 1930s were very special for the history of the
    Brazilian Republic. In this way, seeking an ever richer understanding of this historical
    panorama presents itself as a most important requirement to better understand the
    relations of power established there, the positions of the workers before that picture, a
    markedly hierarchical and racialized society and its reactions. A rich tradition of
    association with social and color identities, coupled with the success of the Frente
    Negra Brasileira (1931-1937), fatally potentiated the founding of the FNBa, whose
    agenda focused mainly on education, politics, and the May 1933 elections, in social
    assistance, highlighting the work of the Women's Department in this. Through an
    expressive search in the newspapers of great circulation in Salvador, in some periodicals
    of the so-called "black press", as well as in the judicial and civil documentation of the
    period in the APEB, I was able to make significant progress in the discussions on FNBa.
    Its existence between 1932 and 1934, its approach to integralism in Bahia and its
    insertion among the workers and their world, fomenting a racialized agenda, not only
    among its class associations, but also in its neighborhoods, besides having proposed
    resignifications on the history of Brazil, highlighting positivation and black protagonism
    in this process, can be described as the main contributions that the Black Front of Bahia
    contributed throughout its existence.

10
  • MAIARA ALVES DO CARMO
  • Rerum novus nascitur ordo: a trajetória de Francisco Agostinho Gomes (1769-1842).

  • Orientador : ANA PAULA MEDICCI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA MEDICCI
  • EDUARDO JOSÉ SANTOS BORGES
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • Data: 22/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • Francisco Agostinho Gomes atuou nos bastidores políticos, econômicos e intelectuais
    da Capitania e, posteriormente, Província da Bahia ao longo de sua vida. Porém, há
    poucos estudos sistemáticos e lacunas acerca de sua trajetória na historiografia.
    Pretende-se aqui vislumbrar a trajetória política e intelectual de Francisco Agostinho
    Gomes, inserindo-o no contexto de transformações políticas que agitaram a Bahia nas
    últimas décadas do século XVIII até a consolidação da Ordem Imperial brasileira.
    Objetiva-se também discutir as atividades literárias deste intelectual, suas publicações e
    experiência como jornalista à frente do “Jornal da Sociedade de Agricultura,
    Commercio e Industria da Provincia da Bahia” (1832-1836), bem como avaliar a sua
    fortuna e inserção econômica na Bahia. O referido personagem foi um dos ilustrados
    luso-brasílicos que atuaram no Império português, entre a segunda metade do século
    XVIII e primeira metade do século XIX, para fazer emergir uma nova ordem de coisas
    influenciadas pelo reformismo ilustrado português, alinhado aos seus interesses e com
    os da Coroa portuguesa. Esteve à frente de diversos empreendimentos com o objetivo
    de aprimorar a instrução pública, economia, comércio, agricultura, indústria e ciências
    na América portuguesa, tais como, entre outros, a Biblioteca Pública da Bahia e a
    Sociedade de Agricultura, Comércio e Indústria da Província da Bahia. Passados mais
    de um século e meio, sua vida e escritos permanecem pouco visibilizados. Sua obra
    política, jornalística e filosófica merece ser recuperada, antes que seja perdida em
    definitivo. O estudo de sua trajetória política e intelectual possibilita-nos uma nova
    perspectiva acerca da dinâmica social e econômica do Império português, sobretudo da
    Bahia, no referente período.


  • Mostrar Abstract
  • Francisco Agostinho Gomes worked in the political, economic and intellectual
    backstage of the Capitania and, later, Province of Bahia throughout his life. However,
    there are few systematic studies and gaps about his trajectory in historiography. It is
    intended here to glimpse the political and intellectual trajectory of Francisco Agostinho
    Gomes, inserting it in the context of political transformations that agitated Bahia in the
    last decades of the XVIII century until the consolidation of the Brazilian Imperial Order.
    It is also intended to discuss the literary activities of this intellectual, his publications
    and experience as a journalist at the head of the "Jornal da Sociedade de Agricultura,
    commercio e Industria da Provincia da Bahia" (1832-1836), as well as evaluate his

    fortune and economic insertion in Bahia. The character was one of the Portuguese-
    Brazilian illustrators who worked in the Portuguese Empire, between the second half of

    the eighteenth century and the first half of the nineteenth century, to emerge a new order
    of things influenced by Portuguese illustrated reformism, aligned with their interests
    and with those of the Portuguese Crown. He has been at the forefront of several projects
    aimed at improving public education, economics, commerce, agriculture, industry and
    science in Portuguese America, such as, among others, the Public Library of Bahia and
    the Society of Agriculture, Commerce and Industry of the Province from Bahia. After
    more than a century and a half, his life and writings remain scarcely visible. His
    political, journalistic and philosophical work deserves to be recovered, before it is
    finally lost. The study of its political and intellectual trajectory gives us a new
    perspective on the social and economic dynamics of the Portuguese Empire, especially
    of Bahia, in the reference period.

11
  • MARINA LEÃO DE AQUINO BARRETO
  • “CRIADA, NÃO, EMPREGADA!” CONTRASTES E RESISTÊNCIAS SOB A VIGÍLIA DOS PATRÕES NA REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DOMÉSTICO LIVRE AO FINAL DO SÉCULO XIX EM SALVADOR

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALDRIN ARMSTRONG SILVA CASTELLUCCI
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • IACY MAIA MATA
  • Data: 19/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Em 5 de janeiro de 1887, um conjunto de posturas para disciplinar o trabalho doméstico,
    em Salvador, foi publicado pela Câmara Municipal da cidade. Inspirado numa sucessão
    de regulamentos aprovados em outros lugares do Brasil e do mundo, estabelecia que os
    criados de servir fossem matriculados na Secretaria de Polícia e retornassem, anualmente,
    para atualização dos dados da matrícula. A normativa regia diversos aspectos das relações
    de trabalho, entre os empregadores e os trabalhadores domésticos, que viviam contexto
    de tensão, entre a necessidade de controle, por parte dos patrões, em um processo de
    abolição iminente, e a conquista de direitos e o sentimento de liberdade, por parte dos
    criados. É importante frisar o acirramento do conflito, em decorrência do crescente
    racismo científico e clima de suspeição aos trabalhadores. A necessidade de inscrição
    resultou em um conjunto de 897 matrículas, cujos dados são extremamente ricos,
    contendo diversas informações pessoais sobre os trabalhadores, acompanhadas de uma
    minuciosa descrição física, bem como o nome e endereço dos empregadores. Isto permitiu
    a realização de análises sobre possíveis clivagens de gênero, classe e raça dentro da
    própria categoria dos criados de servir. A profissão mais comum, também aquela presente
    na maioria das casas ou estabelecimentos dos empregadores, foi a de cozinheira,
    abrigando nela grande quantidade de matriculadas de cor preta. As profissões mais
    brancas tendiam a ser aquelas mais especializadas, como costureiras e jardineiros, por
    exemplo, alugados geralmente em casas, que já tinham à sua disposição principalmente a
    cozinheira. Em sobreposição a esta forte clivagem de cor, havia também uma clara
    diferenciação de gênero. Apesar de haver profissões ocupadas, tanto por homens quanto
    por mulheres, a maior parte delas era restrita a um dos grupos. Estes resultados refletem,
    igualmente, o que se observa hoje na caracterização geral do serviço doméstico: mulheres
    pretas confinadas aos trabalhos de cozinha, enquanto homens brancos ocupando posições
    que deram origem a categorias de trabalho, hoje destacadas do conceito de trabalhador
    doméstico (como os trabalhos de hotelaria e limpeza em estabelecimentos comerciais).
    Por fim, ainda que num contexto de constante vigilância e monitoramento, por parte dos
    patrões, estes trabalhadores domésticos do final do século XIX conseguiram manter seus
    grupos de sociabilidade e suas famílias, encontrando nestas relações de solidariedade o
    amparo imprescindível para a cotidiana resistência, necessária à construção de suas
    próprias liberdades.
    Palavras-chave: trabalho doméstico, criados, escravidão, abolição, século XIX.


  • Mostrar Abstract
  • On January 5th, 1887, a rule to discipline domestic labour in the urban area of Salvador
    was published by the City Council. This rule, inspired by a succession of regulations
    approved elsewhere in Brazil and the world, provided that all the servants were to be
    enrolled in the Police Department and annually proceed with the updating of their
    registration data. The regulation governed several aspects of labour relations between
    employers and domestic workers, which were in a context of tension between the
    employers' need for control in a process of imminent abolition and the conquest of rights
    and the feeling of freedom by the domestic servants. It is important to emphasize the
    intensification of the conflict due to the growing of the scientific racism and the
    atmosphere of suspicion of the workers. The data about the 897 registrations founded
    were extremely rich, containing various personal information about the workers,
    accompanied by a thorough physical description, as well as the name and address of their
    employers. This allowed the analysis of possible gender, class and racial cleavages within
    the category of servants. The most common profession, also the one present in most of
    the houses or establishments of employers, were the cooks, harboring in this profession a
    great number of black people. The whiter professions tended to be more specialized ones,
    such as seamstresses and gardeners, for example, usually rented out in houses where the
    cooks were already at their disposal. In overlapping this significative color cleavage, there
    was also a clear gender differentiation. Despite of some professions were occupied by
    men and women there were a strong sexual differentiation in most of the labour
    categories. These results also reflect what is observed today in the general
    characterization of domestic labour in Brazil: black women confined to the kitchen work,
    while mainly white men gave rise to their independent labour categories, nowadays
    detached from the concept of domestic worker. Finally, although in a context of constant
    vigilance and monitoring by the employers, these domestic workers of the late nineteenth
    century managed to maintain their social groups and their families, finding in these
    relations of solidarity the indispensable support for the daily resistance necessary to the
    construction of their own freedom.

12
  • ADRIANO FERREIRA DE SOUSA
  • A LABORIOSA CLASSE CAIXEIRAL: RELAÇÕES DE TRABALHO E ASSOCIATIVISMO NO COMÉRCIO DE SALVADOR (1875-1889)

  • Orientador : ANTONIO LUIGI NEGRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO LUIGI NEGRO
  • ALDRIN ARMSTRONG SILVA CASTELLUCCI
  • FABIANE POPINIGIS
  • Data: 27/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo desta dissertação é fazer uma análise das relações e condições de trabalho
    dependente mantida entre caixeiros e empregadores na cidade de Salvador entre 1875 e 1889.
    Além disso, visa apontar como associativismo caixeiral foi importante por organizar esses
    trabalhadores, forjar uma identidade de ofício, prover auxílios e, na medida em que o contexto
    permitia, se insinuar pela garantia de direitos. Argumenta-se, portanto, que embora as relações
    de trabalho fossem permeadas por práticas paternalistas e as associações de caixeiros
    mantivessem estreitos laços clientelistas com empregadores e outros setores das elites
    soteropolitanas, é possível perceber a agência política desses trabalhadores na defesa ou
    garantia de seus interesses.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this dissertation is to make an analysis of the relations and conditions of
    dependent work maintained between clerks and employers in the city of Salvador between
    1875 and 1889. In addition, it aims to point out how collective associations have been
    important for organizing these workers, forging an identity of office, providing aid and , to the
    extent that the context allowed, to insinuate itself by the guarantee of rights. It is argued,
    therefore, that although labor relations were permeated by paternalistic practices and the
    associations of clerks maintained close clientelistic ties with employers and other sectors of
    the soteropolitan elites, it is possible to perceive the political agency of these workers in the
    defense or guarantee of their interests.

Teses
1
  • ROGÉRIO DOS SANTOS FRANÇA
  • Entre viciados e criminosos: discurso antidrogas, controle social e biopolítica em Salvador (1970-1990).

  • Orientador : IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CLAUDIA MORAES TRINDADE
  • FABIANO CUNHA DOS SANTOS
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • OSMAR MOREIRA DOS SANTOS
  • Data: 07/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • O tema desta tese é o funcionamento da política de drogas em Salvador, capital da Bahia,
    entre os anos 1970 e 1990. Nosso objetivo foi analisar de que maneira essa política foi
    operacionalizada a partir de três instâncias: os discursos da mídia e dos operadores da
    segurança pública; a atuação dos órgãos do sistema de justiça criminal e, finalmente, a
    institucionalização das práticas de redução de danos. Para tanto, utilizamos os periódicos que
    circularam em Salvador durante o período para analisar de que maneira as drogas foram
    representadas na mídia; os dados estatísticos do sistema de segurança pública e do sistema
    penitenciário, para avaliar a pertinência entre esses números e os discursos que apontavam as
    drogas como “o maior dos problemas” da cidade e, por fim, os relatórios de atividades do
    Centro de Estudos e Terapia do Abuso de Drogas (CETAD), nos quais analisamos os
    impactos que as práticas de redução de danos causaram no cenário do consumo de substâncias
    psicoativas ilícitas da cidade. A hipótese que orientou essa pesquisa foi a de que não existia
    correspondência entre o discurso que estabelecia as drogas como o principal problema da
    cidade de Salvador e a representatividade dos delitos de uso e tráfico nas estatísticas do
    sistema de justiça criminal. Dessa maneira, afirmamos que os discursos antidrogas e a atuação
    dos operadores da justiça criminal atuaram massivamente para construir as drogas enquanto
    problema por excelência da cidade, estabelecendo as substâncias ilícitas e os sujeitos a elas
    relacionados enquanto fatores que explicavam a criminalidade. Esses discursos e práticas,
    embora hegemônicos, encontraram seu contraponto nos enunciados e nas ações de CETAD,
    responsável por colocar em movimento uma abordagem voltada para o fenômeno do consumo
    de drogas que foi além dos postulados clássicos do proibicionismo.


  • Mostrar Abstract
  • The theme of this thesis is the operation of drug policy in Salvador, capital of Bahia, between
    1970 and 1990. Our objective was to analyze how this policy was operationalized from three
    instances: the speeches of the media and the operators of the public security; the performance
    of the organs of the criminal justice system and, finally, the institutionalization of harm
    reduction practices. Therefore, we used the periodicals that circulated in Salvador during the
    period to analyze how drugs was represented in the media; the statistical data of the public
    security sysem and the penitentiary system to evaluate the pertinence between these numbers
    and the speeches that pointed to drugs as the “greatest problem” of the city and, lastly, the
    activity reports of the Center for Studies and Drug Abuse Therapy (CETAD), in which we
    analyze the impacts that harm reduction practices have caused in the city’s illicit psychoactive
    substance consumption scenario. The hypothesis that guied this research was that there was
    no correspondence between the discourse that established drugs as the main problem of the
    city of Salvador and the representativity of crimes of use and trafficking in statistics of the
    criminal justice system. In this way, we affirm that the anti-drug discourses and the work of
    the criminal justice operators acted massively to build drugs as a problem par excellence of
    the city, establishing illicit substances and related subject as factors that explained the
    criminality. These discourses and practices, although hegemonic, found their counterpoint in
    the statements and action of CETAD, responsible for putting in the motion an aprproach
    focused on the phenomenon of drugs use that went beyond the classical postulates of
    prohibitionism.

2
  • CINTHIA DA SILVA CUNHA
  • [...] a Bahia se mostrará digna do renome que a cerca1: Exposições na Primeira República (1908, 1922 e 1923)

  • Orientador : SUELY MORAES CERAVOLO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCELO NASCIMENTO BERNARDO DA CUNHA
  • MARINA REGIS CAVICCHIOLI
  • RINALDO CESAR NASCIMENTO LEITE
  • SABRINA DAMASCENO SILVA
  • SUELY MORAES CERAVOLO
  • Data: 26/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho aborda os preparativos, a elaboração e a apresentação do Estado da Bahia em três exposições realizadas nos anos de 1908, 1922 e 1923. A primeira aconteceu no Rio de Janeiro, como parte da Exposição Nacional Comemorativa do Centenário da Abertura dos Portos às Nações Amigas. A segunda ocorreu em 1922, com exposição preparatória em Salvador e evento principal no Rio de Janeiro, denominado Exposição do Centenário da Independência ou Exposição Internacional do Brasil. A terceira e última exposição foi realizada em 1923, ocorrida na cidade do Salvador, capital do Estado da Bahia, intitulada, pelos articuladores, Exposição da Verdadeira Emancipação, e comemorativa do Centenário da Independência na Bahia. Tratou-se de eventos derivados das exposições universais ocorridas desde 1851, portanto, desde o século XIX. Utilizadas para propagandear os valores da sociedade burguesa e, nesse mesmo contexto, estabelecer e difundir objetivos comerciais, a escolha das três exposições baianas contempladas nesta tese visou avaliar, através do viés expositivo, o desempenho desse estado na conjuntura da Primeira República. O viés escolhido traz à luz, com base em fontes textuais e iconográficas, os mecanismos que alimentaram a propagação do ideário de cunho modernizador. A tese se divide em capítulos que analisam os elementos propriamente materiais, a exemplo das características do Pavilhão baiano (1908), os produtos naturais ou manufaturados enviados (1922) e ou reapresentados (em 1923), e os narrativos e discursivos de natureza histórica, factual e cívica, declarados em catálogos, boletins e jornais, evidenciando os recursos utilizados para alinhar a Bahia à República. Do ponto de vista da categoria social participante desses eventos procura-se dar relevo ao contraste e ocultamento entre os sujeitos chamados a participar e os sujeitos ignorados. As contradições evidenciadas pelo contexto em que na exaltação das exposições, festas para os olhos, se contrapõem as condições internas do Estado da Bahia.


  • Mostrar Abstract
  • Abstract: This study focuses on the preparations, development and the representation of the State of Bahia in three exhibits held in the years 1908, 1922 and 1923. The first took place in Rio de Janeiro, as part of the National Commemorative Exposition of the Centenary of the Opening of the Ports to Friendly Nations. The second occurred in 1922, with a preparatory exhibit in Salvador and the main event in Rio de Janeiro, included in the Independence Centenary International Exposition or the Brazil World Expo. The third was held in 1923 in Salvador, the capital of the State of Bahia, and was given the name Exposition of the True Emancipation by its organizers, as it commemorated the Centenary of the Independence of Bahia. Based on the universal expos held since the 19th century, the exhibits were used as propaganda to promote the values of bourgeois society, and to establish and promote commercial ventures. The emphasis in the three events is on the way in which Bahia is represented in order to identify and evaluate, through the optics of the expositional bias, the functioning of the state within the context of the conjuncture of the First Republic, based on text and iconographic sources to explore the mechanisms that sustained the dissemination of a modernizing ideology. The chapters analyze the material elements, such as the characteristics of the Bahia Pavilion (1908), the natural or manufactured products included (1922) and/or reused (1923), and the narrative, discursive mechanisms of an historic, factual and civic nature presented in catalogs, periodicals and newspapers, showing the resources used to align Bahia with the ideals of the Republic. From the point of view of the social stratum participating in the events, emphasis is given to the contrast and the biased criteria used to select the subjects chosen to participate and those which were ignored. The conclusion reached is that the beauty of the exhibits, veritable festivals for the eyes, stands in stark contrast to the actual conditions inside the State of Bahia.

3
  • LEONARDO COUTINHO DE CARVALHO RANGEL
  • Esposas de Cristo: santidade e fingimento no Portugal seiscentista

  • Orientador : LIGIA BELLINI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CANDIDO DA COSTA E SILVA
  • FABRICIO LYRIO SANTOS
  • GEORGE EVERGTON SALES SOUZA
  • LIGIA BELLINI
  • PEDRO CLEMENTINO VILAS BOAS TAVARES
  • Data: 26/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese objetiva contribuir para o entendimento das complexidades relacionadas à santidade
    feminina, tanto na sua forma aprovada quanto na tida, pelas autoridades da Igreja, como
    simulada, no Portugal do século XVII. O trabalho se desenvolve em torno de estudos de caso,
    nomeadamente o de Mariana da Purificação (1623-1695), freira carmelita do Convento da
    Esperança de Beja, e os de Guiomar (~1601-1642+) e Maria Mazeda (~1615-1642+),
    terceiras franciscanas – todas acusadas de fingimento de santidade. As principais fontes
    empregadas foram a obra Fragmentos da prodigiosa vida da […] veneravel Madre Marianna
    da Purificaçam (1747) de Fr. Caetano do Vencimento; o processo inquisitorial de Mariana da
    Purificação (1668-1670), contendo os “cadernos” autógrafos da religiosa que serviram de
    base para os Fragmentos; e também os processos de Guiomar Mazeda e Maria Mazeda
    (ambos, 1641-1642). A maneira como se retratavam as veneráveis e as santas nas vitae seguia
    padrões que enquadravam trajetórias complexas como a de sóror Mariana em modelos
    preestabelecidos, visando atingir interesses específicos, incluindo os dos financiadores do
    livro. Para tanto, eliminavam-se e/ou reescreviam-se passagens possivelmente
    comprometedoras. Essas obras poderiam ainda ser uma forma de enquadramento dos
    manuscritos femininos, os quais, geralmente, serviam de base para a elaboração das vitae, a
    exemplo dos “cadernos” de Mariana. Estes foram retirados do seu contexto original e
    moldados conforme a visão das autoridades masculinas. Conquanto essa prática seja
    amplamente conhecida pelos especialistas, apenas em raros casos é possível ter acesso ao
    manuscrito em que se baseou a obra para observar as mudanças no discurso, bem como
    procurar entender as possíveis razões para as omissões e adições. A investigação evidencia
    que mesmo indivíduos inequivocamente considerados santos poderiam apresentar
    contradições e incoerências, próprias de todos os seres humanos, quando analisados sob a
    ótica de fontes cujo objetivo não era o de construir uma imagem laudatória, a exemplo da
    documentação inquisitorial. Verificou-se ainda que a simulação de santidade feminina poderia
    ser motivada ou causada pelas mais diversas razões, a exemplo de uma direção espiritual
    ineficiente; possíveis problemas psicológicos; bem como a situação de vulnerabilidade
    socioeconômica a que estavam expostas mulheres pobres e não-casadas. Isso leva a uma
    explicação menos simplista do que o mero desejo de fama, cuja importância pode ser
    superestimada se não se consideram outros fatores.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis aims to contribute to the comprehension of complexities related to female sanctity,
    whether in its approved form, whether in simulated, by the point of view of authorities of the
    Church, in the kingdom of Portugal of XVIIth century. The work is developed around case
    studies, namely of Mariana da Purificação (1623-1695), Carmelite nun from the Convento da
    Esperança de Beja, also Guiomar (~1601-1642+) and Maria Mazeda (~1615-1642+),
    Franciscan tertiaries – all of them accused of simulation of sanctity. The main sources used
    were the Fragmentos da prodigiosa vida da […] veneravel Madre Marianna da Purificaçam
    (1747) written by Fr. Caetano do Vencimento; the inquisitorial process of Mariana da
    Purificação (1668-1670), including the “notebooks” written by herself, which were used as
    the main source of the Fragmentos; also the processes of Guiomar Mazeda e Maria Mazeda
    (both from 1641-1642). The way vitæ portrayed the venerables and saints followed patterns
    that framed complex trajectories as sor. Mariana’s in pre-established patterns, aiming specific
    interests, including the financers’ of the book. Therefore, passages possibly compromising
    would be removed and/or rewritten. Those works could be also a way of framing feminine
    manuscripts, in which the vitæ where usually based, just as Mariana’s “notebooks”. Those
    were removed from their original context and they were shaped according to the vision of
    masculine authorities. Although this practice is widely know among scholars, only in few
    instances it is possible to access the manuscript that based the work and verify changes in
    discourse, and possible reasons to omissions and additions. The research also showed that
    even individuals unequivocally regarded as saints could present contradictions and
    incoherences, as any human being, when analyzed from the viewpoint of sources, which the
    main goal was not to build a praiseful image, as the inquisitorial documents. We verified also,
    that many reasons could cause or motivate female simulation of sanctity, for instance an
    inneficient spiritual guidance; possible psychological conditions; and the situation of
    socioeconomic vulnerability which poor and unmarried women were exposed. That leads to a
    less simplistic explanation than mere desire of fame, which significance could be
    overestimated if other possibilities are not considered.

4
  • DANIELE SANTOS DE SOUZA
  • TRÁFICO, ESCRAVIDÃO E LIBERDADE NA BAHIA NOS ANOS DE OURO DO COMÉRCIO NEGREIRO (c.1680-c.1790)

  • Orientador : JOAO JOSE REIS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOAO JOSE REIS
  • LUIS NICOLAU PARES
  • CRISTIANA FERREIRA LYRIO XIMENES
  • LUCILENE REGINALDO
  • ROBERT WAYNE ANDREW SLENES
  • Data: 13/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho é sobre a escravidão e o tráfico transatlântico de africanos na Cidade da Bahia (Salvador), ao longo do século XVIII. A análise abrange o período em que a Bahia consolidou sua presença na Costa da Mina como principal região fornecedora de mão de obra escrava, em fins do século XVII, até a emergência das revoluções atlânticas na última década do século XVIII, responsáveis por uma série de transformaçõesque acabaram reconfigurando o tráfico e a escravidão nas Américas. O comércio negreiro possui espaço privilegiado nesta pesquisa, sendo tomado como fio condutor que entrelaça os capítulos. Deste modo, busca-se compreender as vicissitudes e as disputas envolvendo homens de negócio sediados em Lisboa e Salvador, ao longo do período setecentista. Este estudo volta-se a entender a logística em torno do resgate de escravos, principalmente no que tange à composição de sua tripulação, bem como a produção e manutenção das embarcações negreiras. Investiga-se a estrutura de posse e o perfil dosproprietáriosde escravos da Bahia, demonstrando como o tráfico contribuiu com a disseminação da escravidão, transformando brancos, pobres,libertos e, até mesmo, escravos em senhores.O trabalho se baseia em vasta documentação salvaguardada por arquivos no Brasil e em Portugal e/ou disponibilizados online, abrangendo fontes produzidas pela administração colonial, registros paroquiais, cartoriais, testamentos,inventários post-mortem, entre outras fontes.


  • Mostrar Abstract
  • This doctoral thesis is a studyof African slavery and thetransatlantic slave trade in the City of Bahia, during the eighteenth century.It covers the period in which Bahia consolidated its presence on and made the Slave Coast in West Africa its main supplier of enslaved labor, from the end of the seventeen century, until the emergence of the Atlantic revolutions in the last decade of the eighteenth century, a series of transformations that ultimately reconfigured African slavery and the slave trade to the Americas. The slave trade has a privileged space in this research, it is threadthat binds all chapters together. In this way, it seeks to understand the adversity and the disputes involving business men in Lisbonand Salvador. It discusses the needed logistics for the Atlantic slave trade to unfold, mainly the composition of slave ship crews, as well as the construction and maintenance of such ships. Also discussed arethe structure of ownership and the profile of the slave owners in Bahia,demonstrating how the slave trade contributed to disseminate African slavery, transforming poor whites, freed persons and even slaves into slave masters. This work is based on a large volume of document stored in archivesin Brazil and Portugal or available online, which were produced by the colonial metropolitan administration, as well as parish, notarial, and probate records, among other source.

5
  • AMÉLIA SABACK ALVES NETA
  • “A CIÊNCIA DA VERDADE”: HISTÓRIA E ESCRITA DA HISTÓRIA NA OBRA DE BRAZ HERMENEGILDO DO AMARAL
    (1886-1943)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • EURELINO TEIXEIRA COELHO NETO
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • PAULO SANTOS SILVA
  • Data: 20/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • Nesta tese, examina-se a obra do historiador baiano Braz Hermenegildo do Amaral (1861-
    1949). Busca-se entender o tipo de história que ele produziu e os métodos empregados. O
    conjunto dos escritos analisados abrange artigos, livros e discursos concebidos sob os
    parâmetros de instituições comprometidas com a memória nacional e com a história da Bahia,
    a exemplo do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, do Instituto Histórico e Geográfico
    Brasileiro e da Academia de Letras da Bahia. Os textos de Braz do Amaral e a sua prática
    historiográfica revelam seu lugar institucional e sua concepção de história. Ressalta-se a
    importância do historiador para o estabelecimento de um corpo documental de relevância para
    a escrita da história, na medida em que criou condições para a divulgação de documentos e
    serviu como filtro historiográfico em relação aos estudos que se tornaram indispensáveis à
    historiografia brasileira. Discutem-se os temas de sua obra, destacando sua recorrência.
    Assim, evidencia-se a perspectiva do historiador ao lidar com os acontecimentos no tempo,
    salientando os seus critérios de seleção. A sua prática historiográfica também se vinculou às
    alianças políticas que favoreceram suas pesquisas. Conclui-se que Braz do Amaral contribuiu
    para instituir um modo de escrita da história na Bahia, conforme as necessidades e as
    condições de produção historiográfica de seu tempo.
    Palavras-chave: Braz do Amaral, história, historiografia, documento, instituições.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation examines the work of Braz Hermenegildo do Amaral (1861-1949), a
    historian from Bahia. It aims to understand what type of history he produced and the methods
    used. The selected writings analyzed comprehend articles, books and discourses conceived
    under the parameters of institutions committed to the national memory and the history of
    Bahia, for example, the Geographical and Historical Institute of Bahia, the Historical and
    Geographical Brazilian Institute and the Academy of Letters of Bahia. The texts of Braz do
    Amaral and his historiographical practice reveal his institutional position and his conception
    of history. It observes how the historian was important for the establishment of a relevant
    documental body for the writing of history, as he created the conditions for the dissemination
    of documents and served as a historiographical filter with regard to some works that became
    essential to the Brazilian historiography. This dissertation studies the subjects of his works,
    highlighting its recurrence. Accordingly, it evidences how the historian deal with the events in
    time, highlighting his selection criteria. His historiographical practice was bound to the
    political alliances that favored his researches. This study concludes that Braz do Amaral
    contributed for the institution of a writing style of the history of Bahia, according to the needs
    and conditions of historiographic production of his time.

6
  • MARCELO RENATO SIQUARA SILVA
  • A CULTURA LETRADA NA BAHIA (1821-1823):A EXPERIÊNCIA DA INDEPENDÊNCIA BRASILEIRA

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ARGEMIRO RIBEIRO DE SOUZA FILHO
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MILTON ARAUJO MOURA
  • RODRIGO PEREZ OLIVEIRA
  • SERGIO ARMANDO DINIZ GUERRA FILHO
  • Data: 13/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Após a Revolução do Porto (1820), a província da Bahia vivenciou uma nova dinâmica política. O antigo súdito do Império português, alçado a condição de cidadão, passou a desfrutar as benesses facultadas pelo liberalismo constitucional. No exercício político dos seus direitos e deveres, amparados nas Bases Constitucionais elaboradas pelas Cortes de Lisboa, e refletindo sobre um conjunto de conceitos esquadrinhados pelo Catecismo Político que circulou em Salvador, o cidadão português passou a sugerir mudanças e a questionar antigos problemas que afligiam a sociedade. A profusão de impressos e manuscritos, e as discursões suscitadas a partir da publicização de seus conteúdos, favoreceu a ampliação dessa participação. Além disso, o olhar crítico do cidadão sobre os projetos políticos defendidos pela maioria dos congressistas portugueses, que resultou na formação de partidos distintos na província, contribuiu para o agravamento no quadro de tensões. Cabe ressaltar que, a princípio, a luta pela independência brasileira esteve vinculada a manutenção da unidade do Império português, amparada no princípio da paridade de direitos. Porém, este desejo inicial sofreu uma viragem a partir do momento em que a proposta de construção do novo pacto social passou a ser percebida como um escuso projeto de recolonização. A partir de então, a opção pela ruptura, sob os auspícios do príncipe dom Pedro, tornou-se um caminho sem volta. De toda sorte, a vinculação da província da Bahia neste circuito de mudanças resultou na incidência de um conjunto de alterações – de ordem política, econômica, social e cultural. Enfim, diante do exposto, defendo que o estudo da cultura letrada na Bahia (1821-1823), a partir da análise da experiência da independência brasileira, será capaz de ampliar a percepção sobre o processo histórico que resultou na separação entre os reinos irmãos. Acredito que essa abordagem histórica produzirá respostas que expliquem as relações estabelecidas entre o Estado e a sociedade em um contexto liberal e constitucional. A análise e o confronto de variadas fontes – primárias e secundárias –, em arquivos brasileiros e portugueses, tende a contribuir para o sucesso dessa empreitada.


  • Mostrar Abstract
  • After the Oporto Revolution (1820), the province of Bahia experienced a new political dynamic. The old subject of the portuguese Empire, elevated to the condition of citizen, happened to enjoy the blessings provided by the constitutional liberalism. In the political exercise of their rights and duties, based on the Constitutional Bases elaborated by the Lisbon Cortes, and reflecting on a set of concepts scanned by the Political Catechism that circulated in Salvador, the Portuguese citizen began to suggest changes and to question old problems that afflicted the society. The profusion of forms and manuscripts, and the discursions aroused from the publicity of its contents, favored the expansion of this participation. Moreover, the critical look of the citizen on the political projects defended by the majority of the Portuguese congressmen, that resulted in the formation of distinct parties in the province, contributed to the aggravation in the tensions. It is important to emphasize that, in principle, the struggle for Brazilian independence was linked to the maintenance of the unity of the portuguese Empire, supported by the principle of parity of rights. However, this initial desire has undergone a turning point since the proposal of construction of the new social pact came to be perceived as an obscure project of recolonization. From then on, the option for the rupture, under the auspices of prince dom Pedro, became a path with no return. In any case, the linking of the province of Bahia to this circuit of change has resulted in a series of changes – political, economic, social and cultural. Finally, in the light of the foregoing, I argue that the study of the literate culture in Bahia (1821-1823), based on the analysis of the experience of Brazilian independence, will be able to broaden the perception about the historical process that resulted in the separation of the brother kingdoms. I believe that this historical approach will produce answers that explain the relations established between the State and society in a liberal and constitutional context. The analysis and confrontation of various sources – primary and secondary – in Brazilian and Portuguese archives tends to contribute to the success of this endeavor.

7
  • RAQUEL OLIVEIRA SILVA
  • A IMPRENSA BAIANA E O AMERICANISMO NA GUERRA CONTRA O EIXO (1942 – 1945)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • IRANEIDSON SANTOS COSTA
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • JOSE ALVES DIAS
  • PAULO SANTOS SILVA
  • Data: 14/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo desta pesquisa é analisar o reforço de um discurso favorável às instituições políticas, modelo econômico e padrão de vida dos Estados Unidos, disseminado nas páginas dos jornais editados em Salvador, entre os anos de 1942 e 1945. Discutimos o projeto de aproximação entre o país norte-americano e o Brasil, mais especificamente a Bahia, enfocando na atuação da Agência do Coordenador dos Assuntos Interamericanos (OCIAA), órgão governamental estadunidense que visava superar a influência do Eixo sobre a América Latina. Verificamos as articulações das classes dirigentes baianas a favor da difusão do americanismo na sociedade local, e as vinculações entre o processo de redemocratização do Brasil e o discurso sobre a democracia norte-americana na imprensa da Bahia. Investigamos de que forma as relações comerciais entre o Brasil e os Estados Unidos apareceram nos periódicos da capital baiana e a maneira pela qual a publicidade jornalística contribuiu para o esforço de guerra ianque. Além disso, analisamos os argumentos da imprensa baiana em defesa do pan-americanismo e as impressões de baianos ao viajarem para os Estados Unidos, alguns deles patrocinados pelo próprio governo norte-americano, como foi o caso de médicos, estudantes e jornalistas como Simões Filho, diretor do jornal A Tarde, e Wilson Lins, redator-chefe de O Imparcial. Mostramos como a imprensa baiana buscou propagar a existência de uma aproximação entre a Bahia e os Estados Unidos, do ponto de vista cultural e intelectual. Abordamos outros aspectos nos periódicos de Salvador sobre o americanismo, como o reforço de estereótipos sobre a América Latina e a questão do racismo nos Estados Unidos. E por fim, observamos a cobertura dos jornais baianos sobre a União Soviética e os comunistas, bem como acerca do Eixo e seus simpatizantes no Brasil.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this research is to analyze the reinforcement of a favorable discourse about political institutions, economic model and standard of living of the United States, disseminated in the pages of newspapers published in Salvador, between the years of 1942 and 1945. We discussed the project of approximation between American country and Brazil, specifically Bahia, focusing on the work of the Office of the Inter-American Coordinator of Inter-American Affairs (OCIAA), a US government agency that aimed to overcome German’s influence on Latin America, during World War II. We verified the articulations of Bahia’s ruling classes in favor of the diffusion of Americanism in local society, and the links between the process of redemocratization in Brazil and the discourse on American democracy in Bahia’s press. We saw how trade relations between Brazil and the United States have appeared in the periodicals of Bahia’s capital and the manner in which newspaper advertising has contributed to the Yankee war effort. In addition, we analyzed the arguments of Bahia’s press in defense of Pan-Americanism and the impressions of Bahia’s people traveling to the United States, some of them sponsored by the US government itself, such as doctors, students and journalists such as Simões Filho, A Tarde’s director, and Wilson Lins, O Imparcial’s editor-in-chief. We showed how Bahia’s press sought to propagate the existence of an approximation between Bahia and the United States, from a cultural and intellectual point of view. We discussed other aspects in Salvador's periodicals about Americanism, such as the reinforcement of stereotypes about Latin America and the question of racism in the United States. And finally, we saw the coverage of Bahia’s newspapers on the Soviet Union and the communists, as well as on the Axis and its sympathizers in Brazil.

8
  • IORDAN QUEIROZ GOMES
  • A família Pessôa, o prestígio e a tradição: encenações e práticas oligárquicas na Paraíba (1889-1942).

  • Orientador : MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO FERNANDO GUERREIRO MOREIRA DE FREITAS
  • CÉLIA COSTA CARDOSO
  • GERVÁCIO BATISTA ARANHA
  • MARIA HILDA BAQUEIRO PARAISO
  • RINALDO CESAR NASCIMENTO LEITE
  • Data: 19/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente tese tem por objetivo compreender como a família Pessôa construiu e defendeu um
    prestígio político, associado a construção de uma tradição familiar, alimentada historicamente
    enquanto uma estratégia de manutenção do status quo, constituídos como aspectos integrantes
    da configuração do poder político da família na Paraíba entre 1889 e 1942. Esse objeto de
    estudo foi sendo delineado a partir de uma série de preocupações oriundas da interpretação das
    fontes e da literatura que fundamentou a pesquisa. Assim, tracei o meu percurso a partir de duas
    ordens de questões. Na primeira, tento entender a criação e a defesa do prestígio enquanto
    aspecto fundamental para a configuração do poder político familiar. Na segunda ordem de
    questões, procuro perceber, paralelamente a criação e defesa do prestígio, de que maneira os
    Pessôa foram inventando uma tradição familiar enquanto uma estratégia para manutenção do
    status quo no curso do tempo. Para respondê-las, duas hipóteses se apresentam como centrais
    ao longo da tese. De um lado, defendo que em paralelo a produção da vida material, do aparato
    econômico e da parentela, a criação e a defesa desse prestígio – entendido enquanto sinônimo
    de status –, atravessado pela recorrência de um complexo jogo de cena, fundamentou e
    assegurou a eficácia do poderio político e influência da família Pessôa na Paraíba durante a
    temporalidade estudada. Por outro lado, defendo que na criação e defesa desse prestígio, os
    Pessôa acabaram por inventar uma tradição familiar, reivindicada pelos seus próprios
    promotores de acordo com a expectativa de manutenção do poder político no momento em que
    este apresentou sinais de declínio. No último caso, penso que inventar uma tradição familiar foi
    uma estratégia da família para manutenção do patrimônio imaterial – o prestígio – dos Pessôa.
    Essas hipóteses se interconectam historicamente ao longo do recorte temporal delineado e
    apoiam-se na premissa de que as posições sociais assumidas pelos personagens que analiso não
    estiveram desconectadas das suas atividades políticas, econômicas e culturais, isto é, separadas
    do campo das práticas e representações, dos gestos e comportamentos, da realidade e da sua
    apreensão imaginária.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis aims to understand how the Pessôa family built and defended a political prestige,
    associated with the construction of a family tradition, historically fed as a strategy for
    maintaining the status quo, constituted as integral aspects of the configuration of family political
    power in Paraíba between 1889 and 1942. This object of study was drawn from a series of
    concerns arising from the interpretation of the sources and the literature that founded the
    research. I have thus drawn my course from two sets of questions. In the first one, I try to
    understand the creation and defense of prestige as a fundamental aspect for the configuration
    of family political power. In the second order of questions, I try to perceive, parallel to the
    creation and defense of prestige, how the Pessôa were inventing a family tradition as a strategy
    for maintaining the status quo in the course of time. To answer them, two hypotheses are central
    to the thesis. On the one hand, I argue that in parallel to the production of material life, the
    economic apparatus and the kinship, the creation and defense of this prestige - understood as a
    synonym of status -, crossed by the recurrence of a complex game of scene, founded and
    effectiveness of the political power and influence of the family Pessôa in Paraíba during the
    studied temporality. On the other hand, I defend that in the creation and defense of this prestige,
    the Pessôa eventually invented a family tradition, claimed by its own promoters according to
    the expectation of maintaining political power at the time when it showed signs of decline. In
    the latter case, I think that inventing a family tradition was a family strategy for maintaining the
    immaterial heritage - the prestige - of the Pessôa. These hypotheses are interconnected
    historically throughout the time frame outlined and are based on the premise that the social
    positions assumed by the characters I analyze have not been disconnected from their political,
    economic and cultural activities, that is to say, separated from the field of practices and
    representations, of gestures and behaviors, of reality and of their imaginary apprehension.

9
  • ELIANA EVANGELISTA BATISTA
  • A BAHIA PARA OS BAIANOS: ACOMODAÇÃO E REAÇÃO POLÍTICA AO GOVERNO DE GETÚLIO VARGAS
    (1930-1937)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • FELIPE ABRANCHES DEMIER
  • MARIA ELISA LEMOS NUNES DA SILVA
  • PAULO SANTOS SILVA
  • Data: 21/12/2018

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese analisa os desdobramentos políticos da Revolução de 1930 na Bahia, destacando a
    atuação dos grupos políticos e partidários que se opuseram ao governo de Getúlio Vargas
    entre 1930 e 1937. Com base na pesquisa bibliográfica e de arquivo que analisou uma
    diversidade de fontes, a exemplo de cartas, manifestos, ofícios, livros de memórias e
    principalmente jornais editados no período, demonstra-se que a Revolução de 1930 teve uma
    base de sustentação política na Bahia formada por dissidências da oligarquia no estado,
    especialmente produtores em litígio doméstico com os governos de Góes Calmon (1924-
    1928) e Vital Soares (1928-1930). Depostos pelo movimento revolucionário de outubro, os
    remanescentes do governo calmonista e os mangabeiristas foram inicialmente substituídos por
    seabristas, que se juntaram à Aliança Liberal no ano de 1929. Diante da dificuldade em
    atender aos interesses dos grupos revolucionários, em razão da forte crise de hegemonia que
    se instalou no período, os interventores baianos que assumiram o governos nos primeiros
    meses após a revolução foram substituídos por um militar cearense, Juraci Magalhães, que
    atuou de forma discricionária e constitucional, entre os anos de 1931 e 1937. Contra ele e o
    projeto de governo centralizador que representava, insurgiu um grupo de baianos. Inimigo de
    véspera, este grupo que se autodenominou autonomista, liderado pelo deputado Otávio
    Mangabeira, envidou esforços para retomar as rédeas do governo do estado. Longe de
    significar apenas o desejo de devolver a Bahia à posse de si mesma, as lutas políticas e
    partidárias que daí emergiram, expressas no jogo das aparências de uma narrativa regionalista
    e intensificadas nas disputas eleitorais do conturbado jogo político constitucional da década
    de 1930, revelam a verdadeira face desse ajuntamento de oposição. Formada por produtores,
    comerciantes e políticos profissionais que participavam diretamente do controle do Estado,
    antes de 1930, os autonomistas buscavam resguardar os seus interesses materiais e mais que
    isso, confrontavam abertamente o novo modelo de Estado que estava sendo gestado em
    substituição ao federalismo oligárquico que defendiam, cuja existência estava ameaçada pelo
    forte aparato coercitivo do governo de Getúlio Vargas e pela incapacidade das oligarquias
    regionais em superar a crise de hegemonia nos diferentes estados, culminando no golpe de
    1937 que instalou o Estado Novo no Brasil.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis analyzes the political developments of the 1930 Revolution in Bahia, highlighting
    the actions of the political and partisan groups that opposed the government of Getúlio Vargas
    between the years of 1930 and 1937. Based on the bibliographical and archival research that
    analyzed a large number of sources — such as letters, manifests, memoirs, and mainly
    newspapers published at the time — it is shown that the Revolution of 1930 had a base of
    political support in Bahia formed by dissidents of the oligarchy in the state, especially
    producers in domestic litigation with the governments of Góes Calmon (1924-1928) and Vital
    Soares (1928-1930). Deposed by the revolutionary movement in October, the remnants of the
    calmonista government and the mangabeiristas were initially replaced by the seabristas, who
    joined the Liberal Alliance in 1929. In view of the difficulty in meeting the interests of the
    revolutionary groups, due to the strong hegemonic crisis that took place in the period, the
    Bahian intervenors who took over the government in the first months after the revolution were
    replaced by Juraci Magalhães, a citizen of the state of Ceará, who acted in a discretionary and
    constitutional manner between 1931 and 1937. Against him and the project of centralizing
    government that he represented, insurged a group of Bahians. Former enemy, this group that
    called itself autonomist, led by deputy Otávio Mangabeira, made efforts to take back the
    control of the state government. Far from signifying only the desire to return Bahia to selfpossession,
    the political and party struggles that emerged from it, expressed in the play of the
    appearances of a regionalist narrative and intensified in the electoral disputes of the troubled
    constitutional political game of the 1930s, reveal the true meaning behind this opposition
    gathering. Formed by producers, traders and professional politicians who participated directly
    in the control of the State, before 1930, the autonomists sought to safeguard their material
    interests. Besides that, they openly confronted the new state model that was being developed
    instead of oligarchic federalism, whose existence was threatened by the strong coercive
    apparatus of Getulio Vargas' government and the inability of regional oligarchies to overcome
    the crisis of hegemony in the different states, culminating in the coup of 1937 that installed
    the Estado Novo in Brazil.

2017
Dissertações
1
  • ANTONIO NONATO SANTOS OLIVEIRA
  • PARTICIPAÇÃO DE TERCEIROS NA ALFORRIA: ESCRAVIDÃO E LIBERDADE EM BARRA, BAHIA, 1827 A 1888

  • Orientador : GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • GABRIELA DOS REIS SAMPAIO
  • KATIA LORENA NOVAIS ALMEIDA
  • Data: 31/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação discute a participação de terceiros na alforria, a partir de Barra do
    Rio Grande, localizada no oeste da Bahia, no período de 1827 a 1888. Trata-se de um
    estudo de história social da escravidão, elaborado a partir de ampla pesquisa documental,
    utilizando como fontes principais ações de liberdade e cartas de alforrias registradas em
    livro de notas de tabelião. Os capítulos têm como fio condutor as experiências de três
    escravas: Raimunda, Maria e Lucinda. A partir de suas histórias, foi possível abordar
    aspectos relevantes sobre a escravidão e a liberdade e, especialmente, a intervenção de
    terceiros na alforria. A questão principal do trabalho foi compreender os motivos pelos
    quais outras pessoas interferiram na relação senhor-escravo. São discutidos também
    aspectos gerais da escravidão e da liberdade naquela região.


  • Mostrar Abstract
  • This thesis discusses the manumission of slaves in Barra do Rio Grande, a city in western
    Bahia, from 1827 to 1888. It focuses on the participation, during the manumission
    process, of some people that were neither slaves nor masters. The study, following the
    steps of the social history of slavery, was elaborated based on the research of different
    documents, mostly freedom actions (ações de liberdade) and letters of manumission
    registered in the notary's book of the city of Barra. The chapters are guided by the
    experiences of three slaves: Raimunda, Maria and Lucinda. Their stories allowed us to
    address relevant aspects of slavery and freedom and especially the intervention of other
    people in manumission. The work discusses the reasons why other people interfered in
    the slave/master relationship, and also tries to understand general aspects of slavery and
    freedom in that region.

2
  • KALINA FERNANDES GONÇALVES
  • POR UMA UTOPIA REALIZÁVEL: o feminismo e o socialismo utópico nas obras de Flora Tristan no século XIX

  • Orientador : MARCELO PEREIRA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • IOLE MACEDO VANIN
  • Data: 31/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • Esse trabalho tem como objetivo analisar o discurso feminista e socialista nas obras da
    autora francesa Flora Tristan (1803-1844), considerada uma das precursoras do
    feminismo e do socialismo utópico. Para a pesquisa, foram analisadas três obras da autora,
    dois relatos de viagem Peregrinações de uma Pária (1835), Passeios em Londres (1840)
    e um livro político União Obreira (1843). Parto da hipótese de que Flora Tristan concebeu
    um texto original ao unir duas concepções políticas e dois movimentos em voga no século
    XIX. A autora criou assim assimilações singulares com a junção da perspectiva feminista
    e da crítica e os ideais socialistas. A leitura dessas fontes é direcionada, portanto, a
    compreender a construção do discurso político da autora. Para além disso, Flora Tristan
    narrou sobre as sociedades (peruana e inglesa) e sobre os contextos político e sociais
    vivenciados por ela nesses locais (pós-independência do Peru e efervescência econômica
    da Inglaterra). A autora também apresentou o contexto social das mulheres na sociedade
    oitocentista, principalmente da mulher separada, traduzindo sua experiência pessoal em
    uma metáfora social, as mulheres como Párias da sociedade. Muitas outras identidades
    femininas são possíveis enxergar através dos escritos de Flora Tristan, a estrangeira, a
    mãe, a autora, a viajante etc, assim, como suas observações acerca da classe operária em
    suas condições e suas reinvindicações. Essa pesquisa tem como norte teórico os estudos
    feministas e as discussões de gênero. O trabalho insere-se na linha de pesquisa da História
    Social, História das Mulheres e História Contemporânea.


  • Mostrar Abstract
  • This work aims to analyze the feminist and socialist discourse in the works of the French
    author Flora Tristan (1803-1844). The author is considered one of the forerunners of
    feminism and a utopian socialist. For the research were analyzed three works of the
    author, two travel reports Peregrinations of a Pariah (1835), Tours in London (1840) and
    a political book Workers Union (1843). I start from the central hypothesis that Flora
    Tristan conceived an original text by uniting two political conceptions and two
    movements in vogue in the nineteenth century. The author has thus created singular
    assimilations with the junction of feminist and critical perspective and socialist ideals.
    The reading of these sources is directed, therefore, to understand the construction of the
    author's political discourse. In addition to this, Flora Tristan narrated in her important
    travels reports on Peru and English societies, and on the political and social contexts she
    lived in these places (post-independence of Peru and economic effervescence of
    England). The author also presented through her narratives the social context of women
    in the nineteenth-century society, especially the separated woman, translating her
    personal experience into a social metaphor, women as society pariahs. Many other
    feminine identities are possible to see through the writings of Flora Tristan, the foreigner,
    the mother, the author, the traveler. Thus, how his observations about the class would
    operate on its conditions and its claims. This research has as theoretical the theoretical
    feminist studies and the discussions of gender. The work is part of the research line of
    Social History, Women's History and Contemporary History.

3
  • AILTON JOSÉ DOS SANTOS CARNEIRO
  • Homossexuais em Trânsito: representações, militância e organização política homossexual na Bahia, 1978-1988.

  • Orientador : MARCELO PEREIRA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ELIAS FERREIRA VERAS
  • LIGIA BELLINI
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • Data: 31/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • A produção de uma identidade coletiva homossexual e a organização de uma militância em
    defesa das homossexualidades na Bahia nas décadas de 1970 e 1980 são os elementos
    constitutivos desta pesquisa. Nesse sentido, este trabalho tem como escopo discutir como se
    deu o processo de agitação político-cultural e formação de um movimento homossexual
    organizado em Salvador no período de abertura política e redemocratização do Estado
    brasileiro, de 1978 a 1988, dando-se grande ênfase à atuação do Grupo Gay da Bahia (GGB).
    Para tanto, faz-se uso de uma revisão bibliográfica acerca da temática, de uma análise de
    documentos – estatutos, boletins informativos, livros e folhetos produzidos pelos militantes
    homossexuais, jornais da época – que compõem a narrativa sobre esse passado, e de fontes orais
    que através da análise de discursos, reverberam toda a gama de representações, práticas e
    tensões envolvendo esses agentes históricos. A importância de tal abordagem parte ainda da
    concepção de que o movimento homossexual, por meio de sua atuação, desloca uma série de
    significantes e significados, bem como de representações, atribuídos aos amantes do mesmo
    sexo. Com isso, trata-se de mais uma tentativa de inserir a problemática da homossexualidade
    na historiografia numa prospectiva de luta contra as práticas e os discursos heteronormativos
    dominantes na sociedade.


  • Mostrar Abstract
  • The production of a homosexual collective identity and the organization of a militancy in
    defense of homosexuality in Bahia in the 1970s and 1980s are the constituent elements of this
    research. In this sense, this work has the objective to discuss how was the process of political
    and cultural upheaval and formation of an organized gay movement in Salvador in the period
    of political opening and democratization of the Brazilian State, 1978-1988, giving great
    emphasis on performance of Grupo Gay da Bahia (GGB). For this, use is made of a literature
    review on the theme, a document analysis (statutes, newsletters, books and pamphlets produced
    by homosexual militants, newspapers of the time) that make up the narrative of that past, and
    oral sources that through the analysis of speeches, reverberate throughout the range of
    representations, practices and tensions involving these historical agents. The importance of the
    approach also starts from the idea that the homosexual movement, through their performance,
    displace a series of signifiers and meanings, as well as representations, attributed to lovers of
    the same sex. Thus, it is more an attempt to set the issue of homosexuality in the historiography
    of a prospective fight against practices and dominant heteronormative discourse in society.

4
  • THIAGO MELO DE SOUZA
  • Mulheres bígamas e Inquisição no Recôncavo da Bahia colonial: casar e casar novamente (1695-1709

  • Orientador : MARCELO PEREIRA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA MEDICCI
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • MARCO ANTONIO NUNES DA SILVA
  • Data: 31/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação analisa a prática da bigamia feminina no Recôncavo da Bahia, a partir de dois caso de mulheres que foram processadas pelo Tribunal da Inquisição, sendo os casos de Joana Rodrigues e Catarina Pereira. A primeira natural da Freguesia de Santo Amaro de Itaparica e a segunda da Freguesia de São Bartolomeu de Itaparica. Com isso, buscamos perceber como o matrimônio foi normatizado entre os sacramento depois do concilio de Trento e como essas normas se fizeram presentes na América Portuguesa. Dessa forma, observamos como os códigos legislativos e regimentais (re)produzem hierarquias e assimetrias de gênero. Junto a isso, analisamos como o delito foi enquadrado pelo Tribunal de Santo Ofício e como o mesmo combateu essa prática em meio as disputas jurisdicionais, uma vez que essa transgressão tinha foro misto e era partilhado pelas justiças civis, eclesiásticas e inquisitoriais.


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation analyzes the practice of female bigamy in the Recôncavo da Bahia, based on two cases of women who were prosecuted by the Inquisition Court, with the cases of Joana Rodrigues and Catarina Pereira. The first natural of the Parish of Santo Amaro de Itaparica and the second of the Parish of St. Bartholomew of Itaparica. With this, we seek to understand how marriage was normalized between the sacrament after the Council of Trent and how these norms became present in Portuguese America. In this way, we observe how legislative and regimental codes (re) produce hierarchies and gender asymmetries. Along with this, we analyze how the crime was framed by the Court of Holy Office and how it fought this practice amid the jurisdictional disputes, since this transgression had a mixed forum and was shared by civil, ecclesiastical and inquisitorial justice.

5
  • TANIA MARIA MEIRA MOTA
  • VOTOS, MILAGRES, MISSÕES E OUTRAS RAZÕES PARA PEREGRINAR: EXPERIÊNCIAS DEVOCIONAIS NO SANTUÁRIO DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS DA GRUTA DA MANGABEIRA, ITUAÇU-BA (1900-1950)

  • Orientador : EDILECE SOUZA COUTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDILECE SOUZA COUTO
  • ELIZETE DA SILVA
  • MARCELO PEREIRA LIMA
  • Data: 29/09/2017

  • Mostrar Resumo
  • A tessitura deste trabalho tem como propósito geral a análise da vivência religiosa no santuário da Gruta da Mangabeira, em Ituaçu-Bahia, Chapada Diamantina, no período de 1900-1950, principalmente no que diz respeito à devoção ao Sagrado Coração de Jesus, às romarias e à atuação de agentes eclesiásticos no decorrer de suas visitas pastorais e das missões empreendidas na região. As práticas religiosas do catolicismo em Ituaçu, especificamente as que integram o período analisado, estão inseridas num contexto maior de profundas mudanças no Brasil, considerando aqui a proclamação da República, a separação entre a Igreja e o Estado e o fim do padroado. Nesse sentido, buscou-se analisar o caráter da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, o papel das romarias e identificar as tensões e negociações entre os atores sociais – clérigos, romeiros, devotos, missionários de diversas ordens religiosas e moradores locais – e as táticas utilizadas por eles para a manutenção da tradição local. Para tanto, transita-se pela oralidade – onde os sujeitos individuais e sociais evocam o passado, aflorando lembranças que permitem ao historiador o contato com experiências vivenciadas por uma determinada coletividade – pelas fontes memorialísticas escritas e, por fim, pelas fontes bibliográficas produzidas na localidade, bem como registros encontrados em arquivos institucionais e eclesiásticos do município e do Estado da Bahia.


  • Mostrar Abstract
  • The general purpose of this work is to analyze the religious experience in the Mangabeira grotto, in Ituaçu-Bahia, Chapada Diamantina, in the period 1900-1950, especially as regards devotion to the Sacred Heart of Jesus, to the pilgrimages and to the work of ecclesiastical agents in the course of their pastoral visits and missions undertaken in the region. The religious practices of Catholicism in Ituaçu, specifically those that form part of the period analyzed, are inserted in a larger context of profound changes in Brazil, considering here the proclamation of the Republic, the separation between Church and State and the end of the patronage. In this sense, we sought to analyze the character of devotion to the Sacred Heart of Jesus, the role of pilgrimages and to identify tensions and negotiations between social actors - clerics, pilgrims, devotees, missionaries of various religious orders and local residents - and the tactics used by them for the maintenance of local tradition. Therefore, it transits through orality - where individual and social subjects evoke the past, revealing memories that allow the historian the contact with experiences lived by a particular collectivity - by the written memorialistic sources and, finally, by the bibliographic sources produced in the locality , as well as records found in institutional and ecclesiastical archives of the municipality and the State of Bahia.

Teses
1
  • MAYARA PLÁSCIDO SILVA
  • Revolução sem sangue na decantada pátria de Lucas: Cidadania e experiências de trabalhadores negros/as e migrantes em Feira de Santana - Bahia (1890-1930)

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • IACY MAIA MATA
  • WLAMYRA RIBEIRO DE ALBUQUERQUE
  • CLOVIS FREDERICO RAMAIANA M OLIVEIRA
  • ELCIENE RIZZATO AZEVEDO
  • Data: 14/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • Os anos seguintes ao fim da escravidão na região de Feira de Santana, município localizado às
    portas do sertão baiano, apresentaram uma reorganização na produção, com a substituição do
    valor e dos lucros oriundos da posse de escravos/as por extensos rebanhos de gado, em função
    da pujante feira de animais ocorrida na cidade. Tal reorganização produtiva fora acompanhada
    pelo estabelecimento de uma lógica política controlada e gestada por indivíduos inseridos
    nesse contexto de acumulação de riqueza. Seus interesses foram explicitados na construção
    das leis municipais, com destaque para o Código de Posturas de 1893. Além desse,
    consultamos correspondências oficiais e resoluções da Intendência e Conselho Municipal para
    investigar os projetos locais de organização do trabalho nas primeiras décadas da república.
    Ademais, a despeito da documentação referente à produção agrícola e pecuária local,
    percebemos a presença marcante de pequenos proprietários, lavradores/as, quitandeiras nas
    movimentações econômicas do município e, em contrapartida, o processo de desvalorização
    econômica de suas práticas, vide a lógica de comercialização do fumo, produzido por
    pequenos proprietários. Essa relação conflituosa, latente na documentação nos informa sobre
    a construção das relações políticas, econômicas e de trabalho no pós-abolição em Feira de
    Santana. Convém, portanto, investigar as disputas por autonomia e estratégias de
    sobrevivência da população egressa do cativeiro, inclusive, ex-escravos migrantes, a partir de
    suas experiências comuns. Para tanto, selecionamos um conjunto de processos-crime,
    inventários e arrolamentos disponibilizados no Centro de Documentação da UEFS – CEDOC.


  • Mostrar Abstract
  • The following years after the slavery time in the region of Feira de Santana, a town that is the
    door to the backwoods in Bahia, it was presented a reorganization in the production, with the
    substitution of the value and the profits which came from the possession of the slaves changed
    by the cattle, depending on the puncher animal fair that happened in the town. Such
    productive reorganization was accomplished by the establishment of a political logical
    controlled and managed by people inserted in that context of accumulation of wealth. Their
    interests were made explicit in the creation of the municipal laws, with emphasis on the
    Posture Codes in 1893. Besides that, we have consulted official letters and resolutions of the
    Intendance and Municipal Council to investigate the local projects of the organization of work
    in the earlier decades of the Republic. In addition, despite the documentation related to the
    agricultural production and local livestock, it is perceived the remarkable presence of the
    small landowners, farmers, women grocery stores in the economic movements in the town
    and in contrast, the process of the economic devaluation in their practices, vide the logical of
    the commercialization of tobacco, produced by the small landowners. That conflicting, latent
    in the documentation informs us about the political and economic relations of work in the
    post-abolition in Feira de Santana. It is therefore appropriate to investigate the disputes over
    citizenship of the population from the captivity, including the former slaves’ migrant, from
    their common experiences. For that, we have selected a set of crime-process, inventories
    available in the Documentation Center of UEFS – CEDOC.

2
  • LUIZ ANTÔNIO PINTO CRUZ
  • A GUERRA DO ATLÂNTICO NA COSTA DO BRASIL: RASTROS, RESTOS E AURA DOS U-BOATS NO LITORAL DE SERGIPE E DA BAHIA (1942-1945)

  • Orientador : LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • LAURA DE OLIVEIRA SANGIOVANNI
  • LINA MARIA BRANDAO DE ARAS
  • SUELY MORAES CERAVOLO
  • TEREZINHA OLIVA
  • Data: 27/10/2017

  • Mostrar Resumo
  • Esta tese propõe-se a estudar a dimensão social da ação beligerante dos U-boats no litoral de Sergipe e da Bahia, ao longo da Segunda Guerra Mundial. Com base na revisão da literatura especializada, aliada às informações emanadas das fontes primárias e das entrevistas orais, foi possível perceber como a costa do Brasil se integrou paulatinamente à Guerra do Atlântico (1939-1945). Em sua deflagração para os brasileiros, em agosto de 1942, as áreas marítimas adjacentes ao Porto de Salvador passaram a ser consideradas pelos marinheiros da época como um dos lugares mais arriscados para o exercício da navegação de cabotagem da América do Sul. Esta investigação precisou, então, variar o jogo das escalas de análise, pois a praia, um espaço por excelência marginal, tornou-se o lugar-central desta investigação micro-histórica. Era o que aparecia nela que gerava o acontecimento-monstro para os litorâneos. Foram ―os rastros e restos‖, que ajudaram a captar a aura da guerra naval, em outras palavras, os salvados tiveram o poder de criar imagens beligerantes, e assim, aproximar o que parecia distante: os submarinos alemães e italianos. Do ponto de vista metodológico, foi preciso estabelecer um diálogo com as ciências sociais para desenvolver uma análise histórica pautada na cultura material com o intuito de vislumbrar os salvados de guerra enquanto fontes históricas, ou, como diria Walter Benjamin, ―em documentos de barbárie‖. Daí a necessidade de se desenvolver uma investigação também voltada para a cultural material, especialmente no tocante aos significados sociais dos malafogados (catação dos salvados, prática social, memória coletiva, etc.); aos esquemas de apropriação dos praianos; aos conflitos entre militares e civis pelos malafogados; à comercialização dos objetos na cidade de Aracaju. Portanto, os restos navais trouxeram a aura da Segunda Guerra Mundial do oceano para o interior da vida social dos brasileiros. Por isso, adotou-se como marco temporal irradiador o dia 15 de agosto de 1942, quando se iniciaram os sucessivos ataques navais do U-507, encerrando-se, em 1945, com o fim da guerra na Europa, ou seja, da conjuntura político-militar que criou a Guerra do Atlântico. Mesmo após a capitulação da Alemanha, as águas brasileiras se transformaram em rota de fuga para os U-boats, que levavam a bordo os nazistas para alguns rincões costeiros da América do Sul. Ainda existem muitas histórias malafogadas na costa do Brasil ao longo da Segunda Guerra Mundial, resta saber: - até quando?


  • Mostrar Abstract
  • This dissertation proposed the study of the social dimension of the belligerent U-boats‘ actions on the coastline of the Brazilian states Sergipe and Bahia along the World War II. Based upon the reading of specialized literature, together with information stemming from primary sources and oral interviews, it was possible to notice the way that the Brazilian coastline was steadily integrated to the Battle of the Atlantic (1939-1945). With its outbreak for Brazilians, in August of 1942, the maritime areas adjacent to the port of Salvador started to be considered by the sailors of that time as one of the riskiest places for cabotage navigation in South America. The present investigation thus needed to vary the standards of the analysis scales, for, the beach, a marginal space par excellence, became the core place of this micro-historical investigation. What happened on the beach generated the monster-event for those living by the coast. The ―traces and remains‖ helped to understand the naval war‘s aura; in other words, the soldiers had the power to create belligerent images, and, therefore, bring closer what seemed to be distant: the Italian and the German submarines. From the methodological point of view, it was necessary to establish a dialogue with social sciences in order to develop a historical analysis based upon the material culture, aiming to understand the rescued remaining items of shipwrecks of the war as historical sources, or, as Walter Benjamin would say, ―in documents of barbarism‖. Because of that, it was necessary to develop an investigation which also comprehends the material culture, mainly regarding the social meanings of the so-called malafogados (which included the search for the remaining items of shipwrecks, social practice, collective memory, etc.), the coast dwellers‘ schemes of appropriation, the conflicts among the military and the civilians for the malafogados; the commercialization of objects in Aracaju. Therefore, the naval remains brought the aura of the World War II from the ocean to the social life of Brazilians. Because of that, the period from August 15, 1942, when the U-507 successive naval attacks started, through 1945, when the War in Europe, i.e., the political-military conjuncture that created the Battle of the Atlantic, ended, was adopted as a time frame. Even after the German capitulation, the Brazilian waters became an escape route for the U-boats, which carried Nazis to some South American coastal corners. There is still a lot of (un)sunk history in Brazilian coastline along the World War II, but there is a question left: -how long is it going to remain like that?

2016
Dissertações
1
  • FERNANDA GOMES ROCHA
  • Laços de família: Escravos e libertos em Minas do Rio de Contas - Bahia (1840 – 1888)

  • Orientador : MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISABEL CRISTINA FERREIRA DOS REIS
  • KATIA LORENA NOVAIS ALMEIDA
  • MARIA DE FATIMA NOVAES PIRES
  • Data: 31/03/2016

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste trabalho é estudar os laços de família consanguíneos e espirituais de escravos
    e libertos em Minas do Rio de Contas, região do alto sertão da Bahia, nos anos de 1840 e
    1888. Para tanto, foram analisados os registros eclesiásticos, inventários, livros de nota do
    tabelionato, procurando, sempre que possível, compreender o significado da família para a
    vida desses sujeitos e como, através do sacramento do batismo, casamento e óbito teceram
    redes de proteção e ajuda mútua com pessoas de diferentes estatutos jurídicos sociais. Teve a
    preocupação de investigar os apadrinhamentos a partir das experiências dos escravos e
    libertos, analisando suas escolhas pessoais e buscando interpretar os possíveis arranjos de
    sobrevivências cotidianos. Assim, foi possível identificar a formação de famílias extensas que
    envolviam não somente o parentesco consanguíneo (pai, mãe e filho), mas também o
    espiritual (padrinhos e madrinhas), entrelaçados pelo compadrio, pelas relações de
    sociabilidade, afetividades, companheirismos e laços comunitários. E ainda a importância dos
    laços espirituais constituídos na irmandade de Nossa Senhora do Rosário para a vida escrava,
    em especial no momento da morte.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this work is to study the spiritual and consanguineous family ties of slaves and
    freedmen in Minas do Rio de Contas, a region called alto sertão in Bahia state, in the years
    1840 and 1888. Thus, the church records were analyzed, inventories, books of notary note,
    trying, whenever possible, to understand the meaning of family in the lives of these
    individuals and how, through the sacrament of baptism, marriage and death they created
    safety nets and mutual help with people from different social legal status. It was a concern to
    investigate the sponsorship from the experiences of slaves and freedmen, analyzing their
    personal choices and seeking to interpret the possible arrangements of daily survival.
    Thereby, it was possible to identify the formation of large families that not only involved the
    consanguineous kinship (father, mother and son), but also the spiritual (godparents), entwined
    by the sponsorship, the relations of sociability, affectivity, fellowships and community ties.
    Furthermore, the importance of the spiritual bonds formed in the brotherhood of Our Lady of
    the Rosary for the slave life, especially at the time of death.

2
  • VIRGÍLIO SENA NERY
  • ENTRE LUTAS E DESPEDIDAS: DA DISSIDÊNCIA COMUNISTA DA GUANABARA À AUTOCRÍTICA DO MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO 8 DE OUTUBRO (1966-1976)

  • Orientador : CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO MAURICIO FREITAS BRITO
  • CARLOS ZACARIAS FIGUEIROA DE SENA JUNIOR
  • EURELINO TEIXEIRA COELHO NETO
  • Data: 31/03/2016

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho consiste em analisar a trajetória da Dissidência Comunista da Guanabara e do
    Movimento Revolucionário 8 de Outubro entre 1966 e 1976. Procuramos investigar a
    formação, áreas de atuação e formas de luta da organização na luta contra a ditadura militar.
    Analisamos a disputa pelos rumos da organização através da luta interna que resultou em
    cisões e desencontros. O processo de autocrítica e as repercussões na atuação do MR-8 no
    movimento social. A partir de documentos de circulação interna, jornais da organização e
    entrevistas orais, apresentamos essa trajetória.


  • Mostrar Abstract
  • This work is to analyze the trajectory of the Communist Dissent of Guanabara and
    Revolutionary Movement 8th October between 1966 and 1976. We seek to investigate the
    formation, areas of operation and organization of the fight forms in the fight against the
    military dictatorship . We have analyzed the dispute over the organization's direction through
    the internal struggle which resulted in divisions and disagreements. The process of selfcriticism
    and the repercussions on the MR-8 performance in the social movement. From
    internal circulation of documents, newspapers of the organization and oral interviews present
    this trajectory.

2015
Dissertações
1
  • BRUNO RAFAEL VÉRAS DE MORAIS E SILVA
  • PÉRIPLO DO OUVIR, VER E NARRAR: RETÓRICA, ALTERIDADE E REPRESENTAÇÃO DO OUTRO NA RIHLA DE IBN BATTUTA (1304-1377)

  • Orientador : LUIS NICOLAU PARES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE RIVAIR MACEDO
  • LUIS NICOLAU PARES
  • PAULO FERNANDO DE MORAES FARIAS
  • VALDEMIR DONIZETTE ZAMPARONI
  • Data: 30/03/2015

  • Mostrar Resumo
  • A viagem sempre foi um tema caro ao mundo muçulmano. Este fato não é vão, visto que um dos pilares da própria religião é a peregrinação religiosa à cidade sagrada de Meca (Hajj). A primeira metade do século XIV foi um período ímpar dentro do Dar al-Islam (Terra do Islã) e, consequentemente, para as viagens comerciais, religiosas ou diplomáticas que se realizavam neste espaço que ia desde o sul da península Ibérica até o extremo oeste da China. Tal qual o próprio ato de viajar, a escrita de viagens possuía grande importância dentro de diferentes reinos islâmicos que muito valor davam à escrita e a cultura erudita (adab). Neste contexto, destacamos um relato em específico, intitulado Tuhfat al-Nuzzar fi Ghara ‘ib al-Amsar wa-‘Aja ‘ib al-Asfar, podendo ser traduzido como Um presente para aqueles que contemplam as Belezas das Cidades e as Maravilhas da Viagem. Esta obra, mais conhecida como Rihla, é resultado da escrita das viagens estendida por quase 30 anos pelo qadi maghrebino Ibn Battuta (1304-1377). Tal livro foi escrito com auxílio do poeta e erudito Ibn Juzayy al-Kalbi (1321-1357), natural de Al-Andalus. Ele era então secretário do sultão Merínida Abu ‘Inan (1348-1358). O citado viajante percorreu boa parte do mundo islâmico de então e boa parte de suas bordas (da China à África Ocidental). O recorte geográfico da Rihla em que privilegiamos nossa análise foi o das viagens realizadas em Al-Andalus (1351) e ao Bilad al-Sudan (1352-1353). Para tanto, através de bibliografia especializada, procuramos contextualizar estes espaços, para então analisar os relatos reservados a estes lugares dentro da Rihla. Pensar o viajante e seus escritos, dentro de uma reflexão teórico-conceitual, foi algo percebido como essencial. Logo, uma reflexão metodológica foi ensaiada antes de partir para uma análise da representação do outro e da alteridade construída pelo viajante Ibn Battuta em seu relato. Escolhemos, para uma análise mais detida, as descrições de três tipologias do outro dentro da Rihla: o caso dos cristãos de Al-Andalus, dos berberes massufi bidan e dos negros do Bilad al-Sudan.


  • Mostrar Abstract
  • Travel has always been a central theme in the Muslim world. This is not a minor fact, considering that one of the pillars of the religion is the annual pilgrimage (Hajj) to the holy city of Mecca. The first half of the fourteenth century was a unique period in the Dar alIslam (land of Islam) and, consequently, for business, religious snd diplomatic travel that happened in the regions between the south of the Iberian Peninsula and the west of China. Just like the act of traveling, travel writing had great importance within different Islamic kingdoms that valued writing and high culture (adab). In this context, we highlighted a particular account, entitled Tuhfat al-Nuzzar fi Ghara ‘ib al-Amsar wa-‘Aja ‘ib al-Asfar, which can be translated as A Gift to Those who Contemplate the Wonders of Cities and the Marvels of Travelling. This work, known as Rihla, is the result of travel writing documented by the Maghrebian qadi Ibn Battuta (1304-1377) which extended for nearly 30 years. Accordingly, this book was written with the help of the poet and scholar Ibn Juzayy al-Kalbi (1321-1357), born in Al-Andalus. He was, at that time, secretary of the Marinid Sultan Abu 'Inan (1348-1358). The mentioned traveler visited much of the Islamic world and its borders, from China to West Africa. The geographic area of the Rihla, which we are focusing our analysis on, was connected with the journeys made in Al-Andalus (1351) and Bilad al-Sudan (1352-1353). For that purpose, through specialized literature, we attempted to contextualize these spaces, and thereafter analyze the reports related to these places within the Rihla. Ultimately, thinking about Ibn Battutta and his travel writings, in both a theoretical and conceptual reflection, are essential for our purposes. In this regard, a methodological reflection was undertaken before making an analysis of the representation of the other and of the alterity built on the account of Ibn Battuta and his writings. We chose, for a more detailed analysis, the descriptions of three typologies of the representation of the other within the Rihla: the cases of the Al-Andalusian Christians, the massufi bidan Berbers and the blacks from Bilad al-Sudan

SIGAA | STI/SUPAC - - | Copyright © 2006-2024 - UFBA